Investimento em Ações: Mestres e Mitos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Investimento em Ações: Mestres e Mitos"

Transcrição

1 CURSO INVESTMENT BANKING Investimento em Ações: Mestres e Mitos PALESTRA: CASOS COM PROFISSIONAIS DA INDÚSTRIA DE INVESTMENT BANKING PALESTRANTE.: BERNARDO CARNEIRO,CFA Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 1

2 Sumário Metodologia de Sucesso Inquestionável Parte 1: Análise Qualitativa Parte 2: Análise Quantitativa Parte 3: Crescimento Parte 4: Momentum Parte 5: Valuation Você é o seu pior Inimigo Bibliografia Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 2

3 Metodologia de Sucesso Inquestionável Ben Graham (Value) Anos 30 Philip Fisher (Growth) Anos 40 Margem de Segurança e Qualidade W. Buffet/W. Schloss/T. Knapp/B. Ruane/Irvin Kahn Anos 60 Peter Lynch 1980 John Templeton 1980 James Montier 1990 Seth Klarman 1990 O investidor inteligente procura oportunidades, e não empresas vencedoras bem administradas. Boas oportunidades incluem empresas à beira da falência, passando por prejuízos, mas que têm marcas valiosas, monopólios e ações que caíram muito Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 3

4 Parte 1: Análise Qualitativa 1) Simples, compreensível e firme Boa visibilidade de lucros futuros Baixa instabilidade de vendas e custos Potencial de crescimento orgânico evidente 2) Fortes vantagens competitivas Liderança de mercado, quase monopólio Marca poderosa Ativos bastante valiosos, raros, caros de se copiar Controle de custos e de preços (poder de barganha) 3) Controlador e diretoria excepcionais Ambição, experiência e reputação Cultura de dono e meritocracia Alinhamento de interesses (governança corporativa) Natura, Ambev, Drogasil, Arezzo Vale, CSN, M. Luiza, Gol Ambev, Itaú, Souza Cruz, Natura, Fleury Positivo, Submarino, Gafisa Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 4

5 Parte 2: Análise Quantitativa 4) Negócio Forte e Gerador de Caixa Elevado ROIC (> 15%) superior ao custo de capital Baixa necessidade de investimentos e CCC curto Cash Cow, grande geradora de caixa Endividamento controlado (caixa > passivo circulante) 5) História comprovada 10 anos consecutivos sem prejuízos Margem de lucro operacional sustentável no período Randon, TAM, Gafisa 6) Elevado retorno ao acionista Alto pay-out de dividendos e cancelamento de ações Multiplus, Odontoprev, Natura e Totvs Duratex, Positivo, Gol, M.Luiza Natura, Souza Cruz e Ambev Examine se a diretoria tem ações da empresa, é ambiciosa, honesta, competente e experiente no ramo e é motivada por fazer a empresa ser bem sucedida. Eles devem trabalhar obcecadamente, não ter outros negócios e sonhar em fazer a empresa crescer Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 5

6 Parte 3: Crescimento 7) Independência de Cenários Não importa o PIB Economias de escala crescentes Business protegido de crises econômicas 8) Demanda reprimida Consumo per capita ainda baixo ( carência ) Surgimento de novos mercados Demografia favorável de longo-prazo 9) Crescimento por consolidação Mercado fragmentado Potencial de fusões e aquisições Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 6

7 Parte 4: Momentum 10) Fluxo de notícias piorando Ciclo de baixa no setor Empresa com problemas temporários 11) Próximos resultados muito ruins Mercado e sell-side só enxerga o curto-prazo Comportamento vicioso de perpetuar status quo 12) Ação fora de moda Ignorada pelo sell-side e investidores Quase nenhum Buy do sell-side Nunca deixe de comprar a ação porque os últimos trimestres têm sido ruins. É justamente a melhor hora para comprar. Se você esperar ela divulgar o primeiro bom resultado a ação já terá subido bastante Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 7

8 Odontoprev: Momentum Ruim p/compra A Odontoprev é queridinha, a ação perfeita e está nas manchetes Muita cobertura do sell side (14 corretoras) Excelente comunicação com o mercado, analistas e investidores Ação perto do pico e negócio menos arriscado que os planos médicos Consenso de que é um case de sucesso em saúde...mas existem riscos que podem derrubar as ações em 2011 Dificuldades na integração de sistemas com o Bradesco Atrasos na formação da JV com o Banco do Brasil Possível reversão do quadro de pleno emprego no país Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 8

9 Parte 5: Valuation DCF, NAV, P/FCF e M&A 13) DCF apontando margem de segurança elevada Modelo simples, poucas linhas, pouca futurologia Premissas bastante conservadoras Cuidado para a base não ser muito forte ou fraca ( earnings normalizado ) 14) Net Asset Value superior ao preço em bolsa Exame cuidadoso do balanço patrimonial e itens off balance-sheet Desconto sobre recebíveis e estoques (NPV e PDD) Avaliação do ativo imobilizado através do feedback de consultores, empresários e pesquisa de campo Cuidado com contingências e litígios (passivos futuros) Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 9

10 Parte 5: Valuation 15) P/FCF ou FCF yield próximo da taxa livre de risco Cálculo do earnings power, fluxo de caixa normalizado Disclosure confiável do capex de manutenção Ajustes para estimar FCF recorrente no estágio maduro FCF yield condizente com análise qualitativa e custo de oportunidade Análise da Demonstração de Fluxo de Caixa 16) Múltiplos de M&A Amostra de fusões e aquisições no setor pelo mundo Transações em períodos distintos de liquidez/sentimento global Múltiplos de capacidade instalada e de resultados Significativo desconto vs mediana da amostra Esqueça os resultados contábeis e o DRE e examine os números das empresas sob o enfoque do mundo dos negócios: calcule a geração de caixa recorrente e nunca mais perca tempo com P/E e EV/EBITDA Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 10

11 Jogo dos 7 Erros: Relatório de Corretora 1) Empresas de diferentes países: múltiplos proporcionais ao custo de capital 2) Empresas em ciclos de investimento diferentes: a OHL Brasil não gerava caixa enquanto CCR tinha pouco o que investir; européias bastante maduras 3) Dois anos de resultados é pouco, concessões duram 20 a 30 anos 4) EBITDA não mede geração de caixa (cadê o investimento e os impostos)? 5) O lucro não contém os investimentos realizados e parte da outorga paga 6) Empresas pouco comparáveis (a OHL é muito exposta a construção pesada e energia elétrica) 7) Múltiplos de mercado não indicam valor justo: quanto vale a ação? Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 11

12 Conclusão Análise Qualitativa Análise Quantitativa Crescimento Momentum Valuation COMPRAR? Ninguém consegue prever o que acontecerá com a economia, a taxa de câmbio, os juros ou o mercado de ações. Portanto concentre-se em estudar as empresas a fundo e acompanhar o que está acontecendo com elas. Ignore oráculos, economistas, e videntes do mercado que fazem os jornalistas felizes Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 12

13 Você é o seu pior Inimigo Não use projeções como centro do seu método de investimento: evidências sugerem que os seres humanos são excessivamente otimistas e confiantes demais em suas estimativas (overconfidence) Não se desespere tentando aprender e ler sobre tudo: melhor informação não significa mais informação. As pessoas são obcecadas por notícias on-line e evidências das finanças comportamentais mostram que nossas decisões não mudam após certa quantidade de informação processada Evite falar com a diretoria da empresa: evidências mostram que são viesados, somos ruins em descobrir quem mente, fazemos perguntas já procurando certas respostas (confirmation bias) e tendemos a aprovar o que as autoridades dizem Cuidado com o excesso de confiança, a maioria dos investidores afirma ter retornos acima da média, projetar melhor que a média, etc... Ouça menos histórias, seja mais cético e estude os fatos: estudos provam que adoramos ouvir sobre uma nova empresa e que ficamos emocionalmente interessados Tome mais decisões sozinho, evite fóruns ou debates: as pessoas preferem errar juntas do que ter coragem de acreditar em suas crenças/análises Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 13

14 Bibliografia 1. Graham, Benjamin. The Intelligent Investor, 4th Revised ed. New York: Harper & Row Buffett, Warren The Superinvestors of Graham-and-Doddsville. Transcript of a speech given at Columbia University Klarman, Seth. Margin of Safety: Risk-Averse Value Investing Strategies for the Thoughtful Investor. New York: Harper Collings Fisher, Philip A. Common Stocks and Uncommon Profits and Other Writings by Philip A. Fisher. New York: John Wiley & Sons, Inc Hagstrom, Robert G. The Warren Buffett Way. New York: John Wiley & Sons, Inc Lowenstein, Roger. Buffett: The Making of an American Capitalist. New York: Random House Janjigian, Vahan. Even Buffet Isn t Perfect What You Can and Can t Learn from the World Greatest Investor. New York: Penguin Books Lynch, Peter and Rothschild, John. Beating the Street. Simon & Schuster Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 14

15 Bibliografia 9. Lynch, Peter and Rothschild, John. One up on Wall Street: How to Use What You Already Know To Make Money in the Market. Simon & Schuster Montier, James. Seven Sins of Fund Management a behavioural critique. Dresdner Kleinwort Wasserstein Clark, David e Buffet, Mary. O Tao de Warren Buffet. São Paulo. GMT Editores Tier, Mark. Investimentos: os Segredos de George Soros e Warren Buffett. São Paulo. Campus Nofsinger, John. The Psychology of Investing. New Jersey: Pearson, Bernstein, William. The Four Pillars of Investing: Lessons for Building a Winning Portfolio. New York: McGraw-Hill Shiller, Robert J.. Irrational Exuberance. New Jersey: Princenton University Press, Ponzio, Joe. F Wall Street. Avon: Adams Business, Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 15

16 Bernardo Carneiro,CFA Palestrante: Bernardo Carneiro,CFA PÁG. 16

7º Congresso Value Investing Brasil

7º Congresso Value Investing Brasil www.cvib.com.br 7º Congresso Value Investing Brasil 22 de maio de 2014 Value investing em private equity Cassiano Leme Constância Investimentos A CONSTÂNCIA INVESTIMENTOS não comercializa nem distribui

Leia mais

DOS 10 Maiores INVESTIDORES W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

DOS 10 Maiores INVESTIDORES W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R DOS 10 Maiores INVESTIDORES D O M U N D O W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

Relatório de Gestão 2 Trimestre 2013

Relatório de Gestão 2 Trimestre 2013 Johnny Loser era conhecido por não ter muita sorte no mundo dos investimentos. Quase todas as suas decisões mostravam-se equivocadas, provocando sucessivas perdas de capital. Certo dia, cansou de tentar

Leia mais

TIME UNICAMP CFA INSTITUTE RESEARCH CHALLENGE ANNA FOLTRAN GABRIEL DISSELLI GUSTAVO COELHO LUAN ORTEGA VICTOR PANETTA

TIME UNICAMP CFA INSTITUTE RESEARCH CHALLENGE ANNA FOLTRAN GABRIEL DISSELLI GUSTAVO COELHO LUAN ORTEGA VICTOR PANETTA TIME UNICAMP CFA INSTITUTE RESEARCH CHALLENGE ANNA FOLTRAN GABRIEL DISSELLI GUSTAVO COELHO LUAN ORTEGA VICTOR PANETTA Recomendação Preço atual BRL 15,95 Preço alvo BRL 17,49 UPSIDE 9,7% HOLD 21 19 Preço

Leia mais

Identificação da Vantagem Competitiva de Longo Prazo nas Demonstrações Financeiras da AmBev na Visão de Warren Buffett

Identificação da Vantagem Competitiva de Longo Prazo nas Demonstrações Financeiras da AmBev na Visão de Warren Buffett Identificação da Vantagem Competitiva de Longo Prazo nas Demonstrações Financeiras da AmBev na Visão de Warren Buffett WESLEI APARECIDO ANDRADE Universidade Presbiteriana Mackenzie SENICHIRO KOSHIO Universidade

Leia mais

Conhecimento é seu melhor ativo!

Conhecimento é seu melhor ativo! Conhecimento é seu melhor ativo! ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Entenda o método de precificação de ativos! ÍNDICE Tipos de Investimentos Por que investir em bolsa? Grafista x Fundamentalista Análise Fundamentalista

Leia mais

2010 Incapital Finance - 3

2010 Incapital Finance - 3 METODOLOGIAS PARA AVALIAÇÃO DE EMPRESAS BELO HORIZONTE - MG Apresentação: Palestra Fusões e Aquisições Cenários e Perspectivas Valuation Metodologias e Aplicações Desenvolvimento: Índice: 1. Introdução

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 3: Qual o Valor das Empresas que Abriram o Capital entre 2004 e 03/2006

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 3: Qual o Valor das Empresas que Abriram o Capital entre 2004 e 03/2006 SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 3: Qual o Valor das Empresas que Abriram o o A Quantidade do Capital Vendido o O Valor das Empresas no dia do IPO o O Valor das

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Os 10 HÁBITOS DE SUCESSO D O S I N V E S T I D O R E S E M VA L O R W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos,

Leia mais

Conceitos básicos de negociação em Ações

Conceitos básicos de negociação em Ações Conceitos básicos de negociação em Ações N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling Ação: título representativo de uma fração do capital social

Leia mais

cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 1 dicas dos especialistas Como investir em ações utilizando Análise Fundamentalista

cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 1 dicas dos especialistas Como investir em ações utilizando Análise Fundamentalista cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 1 dicas dos especialistas Como investir em ações utilizando Análise Fundamentalista cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 2 Como investir em ações utilizando

Leia mais

Investment Research Contest. Como preparar um relatório

Investment Research Contest. Como preparar um relatório Investment Research Contest Como preparar um relatório Agenda Buscando Informações Estruturando o Raciocínio A Importância do Valuation Tese de Investimento Comparáveis e Múltiplos As Etapas do Relatório

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE AMINISTRAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇAO EM ADMINISTRAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MERCADO DE CAPITAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE AMINISTRAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇAO EM ADMINISTRAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MERCADO DE CAPITAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE AMINISTRAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇAO EM ADMINISTRAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MERCADO DE CAPITAIS A ANÁLISE DE INVESTIMENTOS DE B. GRAHAM, W. BUFFETT E P.

Leia mais

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. "A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz." Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz. Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2 "A única maneira de fazer um grande trabalho é amar o que você faz." Steve Jobs Por Viva e Aprenda 2 Por Viva e Aprenda Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa O Segredo Das Ações"

Leia mais

FILOSOFIAS DE INVESTIMENTO

FILOSOFIAS DE INVESTIMENTO 1 O posicionamento perante o mercado de acções exige a construção de uma FILOSOFIA DE INVESTIMENTO; É esta que garante os princípios da coerência, consistência e disciplina essencial à obtenção de resultados

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação...2. Reminiscências de um especulador...3. Axiomas de Zurique...5

SUMÁRIO. Apresentação...2. Reminiscências de um especulador...3. Axiomas de Zurique...5 SUMÁRIO Apresentação...2 Reminiscências de um especulador...3 Axiomas de Zurique...5 Investimentos: Os segredos de George Soros e Warren Buffett...5 Negócios em Bolsa de Valores Estratégias para Investimentos...6

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Mary Buffett e David Clark. Warren Buffett. e a análise de BALANÇOS

Mary Buffett e David Clark. Warren Buffett. e a análise de BALANÇOS Mary Buffett e David Clark Warren Buffett e a análise de BALANÇOS Sumário Introdução 9 CAPÍTULO 1: A grande revelação que fez de Warren Buffett a pessoa mais rica do mundo 13 CAPÍTULO 2: Onde Buffett começa

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

Como funciona a análise fundamentalista de ações

Como funciona a análise fundamentalista de ações Como funciona a análise fundamentalista de ações Entenda como os investidores analisam balanços e fazem contas para avaliar se determinada empresa está ou não barata Julia Wiltgen, de EXAME.com GETTY IMAGES

Leia mais

www.cvib.com.br 2º Forum Value Rio 7 de março de 2013 Valuation for Value Investors Luiz Codorniz

www.cvib.com.br 2º Forum Value Rio 7 de março de 2013 Valuation for Value Investors Luiz Codorniz www.cvib.com.br 2º Forum Value Rio 7 de março de 2013 Valuation for Value Investors Luiz Codorniz Esta apresentação tem natureza meramente informativa e não caracteriza atividade de consultoria de valores

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto o O que é Abertura de Capital o Vantagens da abertura o Pré-requisitos

Leia mais

Avaliação de ações usando o modelo de crescimento de dividendos de Gordon: Um estudo de sua adequação ao mercado brasileiro

Avaliação de ações usando o modelo de crescimento de dividendos de Gordon: Um estudo de sua adequação ao mercado brasileiro Avaliação de ações usando o modelo de crescimento de dividendos de Gordon: Um estudo de sua adequação ao mercado brasileiro RESUMO Existem atualmente muitas formas de avaliação e precificação de ações,

Leia mais

O Papel do RI na Criação e Preservação de Valor. Seminário / Workshop Novembro de 2015

O Papel do RI na Criação e Preservação de Valor. Seminário / Workshop Novembro de 2015 O Papel do RI na Criação e Preservação de Valor Seminário / Workshop Novembro de 2015 PROGRAMA Abertura e boas vindas 9:00 Painel 1: Introdução ao conceitos de value 9:10 Coffee Break 10:30 Painel 2: As

Leia mais

Avaliação Econômica Valuation

Avaliação Econômica Valuation Avaliação Econômica Valuation Wikipedia The process of determining the current worth of an asset or company. There are many techniques that can be used to determine value, some are subjective and others

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Resultados do 1T14 09 de Maio de 2014

Resultados do 1T14 09 de Maio de 2014 Resultados do T4 09 de Maio de 204 Destaques do T4 x T3 FINANCEIROS Receita Bruta: R$ 287,6 milhões 7,6% Lucro Líquido Ajustado (cash earnings): R$ 33,3 milhões 4,7% Unidade de Títulos e Valores Mobiliários:

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 1: Casos Recentes no Brasil

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 1: Casos Recentes no Brasil SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 1: Casos Recentes no Brasil o O interesse das pessoas físicas e investidores estrangeiros o A relação demanda x oferta das aberturas

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Um guia para compreender o comportamento financeiro

Um guia para compreender o comportamento financeiro Um guia para compreender o comportamento financeiro O teste incomeiq compreender o PROJECTION comportamento financeiro OVER-OPTIMISM BIAS O teste incomeiq foi desenvolvido utilizando as teorias da psicologia

Leia mais

ANALISANDO A ESTRATÉGIA ENTRE O APORTE DE CAPITAL E EMPRÉSTIMOS DE ACIONISTAS

ANALISANDO A ESTRATÉGIA ENTRE O APORTE DE CAPITAL E EMPRÉSTIMOS DE ACIONISTAS ANALISANDO A ESTRATÉGIA ENTRE O APORTE DE CAPITAL E EMPRÉSTIMOS DE ACIONISTAS! Se as linhas de crédito estão escassas, qual a melhor estratégia para suprir a empresa com recursos?! É possível manter a

Leia mais

NUTRIPLANT ON (NUTR3M)

NUTRIPLANT ON (NUTR3M) NUTRIPLANT ON (NUTR3M) Cotação: R$ 1,79 (18/06/2014) Preço-Alvo (12m): R$ 2,10 Potencial de Valorização: 18% 4º. Relatório de Análise de Resultados (1T14) Recomendação: COMPRA P/L 14: 8,0 Min-Máx 52s:

Leia mais

Luminus. Prezados Investidores e Amigos, Mas, afinal, o que é investir em Ações? Carta do Gestor: Filosofia de Investimentos

Luminus. Prezados Investidores e Amigos, Mas, afinal, o que é investir em Ações? Carta do Gestor: Filosofia de Investimentos Prezados Investidores e Amigos, Em março de 2012 tomei a decisão de fundar a. Não era a primeira vez que seria um empresário, mas era um desafio muito diverso daqueles aos quais eu estava acostumado, pois

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 5: Os investidores

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 5: Os investidores SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 5: Os investidores o Quem são os investidores o Como o investidor decide o Métodos de Avaliação o Relações pós-abertura de capital

Leia mais

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros 1 Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros Tomás Awad Analista senior da Itaú Corretora Muito se pergunta sobre como ficariam os bancos num cenário macroeconômico

Leia mais

CRITÉRIOS / Indicadores

CRITÉRIOS / Indicadores CRITÉRIOS / Indicadores A lista de conceitos desta MELHORES E MAIORES Os valores usados nesta edição são expressos em reais de dezembro de 2014. A conversão para dólares foi feita, excepcionalmente, com

Leia mais

TRÓPICO LATIN AMERICA INVESTMENTS

TRÓPICO LATIN AMERICA INVESTMENTS TRÓPICO LATIN AMERICA INVESTMENTS Apresentação Institucional Value investing is simple to understand, but difficult to implement. The hard part is discipline, patience, and judgment Seth Klarman, Baupost

Leia mais

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito Disciplinas (*) Modalidade H/A (**) Núcleo Contabilidade Contabilidade Financeira Presencial 24 Contabilidade dos Investimentos em Participações Societárias

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Julho. Carteira Sugerida de Junho

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Julho. Carteira Sugerida de Junho A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES! A análise do desempenho histórico! Análise setorial! Análise de múltiplos! Elaboração de projeções de resultados! Determinação

Leia mais

The Warren Buffett Way

The Warren Buffett Way The Warren Buffett Way Investment Strategies of the World s Greatest Quando Buffett investe, ele vê uma empresa. A maioria dos investidores vê apenas um preço de ação. Eles gastam horas e esforço olhando,

Leia mais

RELATÓRIO HOGAN JUDGMENT

RELATÓRIO HOGAN JUDGMENT DECODIFICANDO SEUS ESTILOS DE PENSAMENTO E TOMADA DE DECISÃO 30, Junho, 2015 RELATÓRIO HOGAN Jane Doe ID UH565487 SUMÁRIO EXECUTIVO Este relatório examina os estilos de julgamento e de tomada de decisão

Leia mais

ANALISE DE EMPRESAS. Aluno: Thiago Medeiros Vidal Orientador: Marcelo Medeiros

ANALISE DE EMPRESAS. Aluno: Thiago Medeiros Vidal Orientador: Marcelo Medeiros ANALISE DE EMPRESAS Aluno: Thiago Medeiros Vidal Orientador: Marcelo Medeiros Introdução Foi feito um estudo dos diferentes métodos de avaliação de empresas usados pelos analistas dos mercado financeiro.

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 2: A Valorização das Ações

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 2: A Valorização das Ações SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 2: A Valorização das Ações o A valorização das ações no 1º dia o A valorização dos IPO s x A valorização do o Como as ações vão

Leia mais

Dar poder aos investidores através do conhecimento

Dar poder aos investidores através do conhecimento Dar poder aos investidores através do conhecimento Índice 3 4 6 8 10 incomeiq uma forma mais inteligente de pensar nas suas necessidades de rendimento A necessidade de rendimento nunca foi tão grande Qual

Leia mais

Destaques do 3º trimestre de 2015

Destaques do 3º trimestre de 2015 Destaques do 3º trimestre Principais Destaques Manutenção dos níveis de EBITDA consolidado e de margem EBITDA, apesar da sobreoferta de aço mundial e das adversidades econômicas no Brasil. Redução de 5,9%

Leia mais

Equity Research. Relatório de Análise. Saindo da mesmice, Small Caps no radar dos investidores

Equity Research. Relatório de Análise. Saindo da mesmice, Small Caps no radar dos investidores 16 de dezembro de 2013 Saindo da mesmice, Small Caps no radar dos investidores A BM&FBovespa firmou um convênio com a Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (APIMEC),

Leia mais

Aula 5 Contextualização

Aula 5 Contextualização Gestão Financeira Aula 5 Contextualização Prof. Esp. Roger Luciano Francisco Demonstrativos Contábeis e Análise Financeira Contabilidade é uma ciência aplicada que, por intermédio de uma metodologia específica,

Leia mais

LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro*

LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro* LOPES Adquire a PATRIMÓVEL, Maior Imobiliária do Mercado do Rio de Janeiro* * Em volume de vendas e unidades lançadas ri@lopes.com.br www.lopes.com.br/ri Aviso Importante Esta apresentação não constitui

Leia mais

GUIA RÁPIDO: FLUXO DE CAIXA. Conheça os 5 passos fundamentais para você controlar e planejar as suas finanças de forma rápida e confiável

GUIA RÁPIDO: FLUXO DE CAIXA. Conheça os 5 passos fundamentais para você controlar e planejar as suas finanças de forma rápida e confiável GUIA RÁPIDO: FLUXO DE CAIXA Conheça os 5 passos fundamentais para você controlar e planejar as suas finanças de forma rápida e confiável SUMÁRIO 1. Sobre o Guia Rápido 03 2. Passo 1 - Plano de Contas 04

Leia mais

Carta ao Investidor nº57 Tarpon HG - Setembro 2007

Carta ao Investidor nº57 Tarpon HG - Setembro 2007 Performance do 3º Trimestre de 2007 (Trimestre encerrado em 28 de setembro de 2007) Performance do trimestre... +3.95%* Performance do ano... +28.97%* Performance desde o início... +659.97%* * valores

Leia mais

2 Referencial Teórico

2 Referencial Teórico 2 Referencial Teórico Baseado na revisão da literatura, o propósito deste capítulo é apresentar a estrutura conceitual do tema de Avaliação de Investimentos, sendo dividido em diversas seções. Cada seção

Leia mais

EVA: O QUE É E POR QUE CALCULÁ-LO

EVA: O QUE É E POR QUE CALCULÁ-LO UP-TO-DATE. ANO I. NÚMERO 1 EVA: O QUE É E POR QUE CALCULÁ-LO LUCRO OPERACIONAL APÓS O IMPOSTO DE RENDA CUSTO DE TODOS OS CAPITAIS EMPREGADOS NA EMPRESA (PRÓPRIO E DE TERCEIROS) EVA Autor: Francisco Cavalcante

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

Carta Cardinal 1. Apresentação. Prezados leitores,

Carta Cardinal 1. Apresentação. Prezados leitores, Carta Cardinal 1 Apresentação Prezados leitores, É uma satisfação comunicarmo-nos em nossa primeira carta da Cardinal Partners. Os que nos leem dividem-se necessariamente em dois grupos: os que já são

Leia mais

Sumário O VEREDICTO DA HISTÓRIA RETORNO DAS AÇÕES E TÍTULOS DESDE 1802 3 PARTE I. CAPÍTULO l

Sumário O VEREDICTO DA HISTÓRIA RETORNO DAS AÇÕES E TÍTULOS DESDE 1802 3 PARTE I. CAPÍTULO l Sumário PARTE I O VEREDICTO DA HISTÓRIA CAPÍTULO l RETORNO DAS AÇÕES E TÍTULOS DESDE 1802 3 "Todo mundo está destinado a ser rico" 3 Retornos dos mercados financeiros desde 1802 5 A performance dos títulos

Leia mais

Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO. Prof. Jean Cavaleiro

Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO. Prof. Jean Cavaleiro Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Prof. Jean Cavaleiro Introdução Definir o papel da gestão financeira; Conceitos de Gestão Financeira; Assim como sua importância na gestão de uma organização;

Leia mais

XP Investor FIA 3T14. XP Investor FIA 3T14

XP Investor FIA 3T14. XP Investor FIA 3T14 O XP INVESTOR FIA é um Fundo de Ações que tem como objetivo proporcionar ganhos de capital no longo prazo a seus cotistas, por meio de gestão ativa no mercado acionário brasileiro. Para tanto, a equipe

Leia mais

BASES CONCEITUAIS DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS

BASES CONCEITUAIS DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS BASES CONCEITUAIS DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE EMPRESAS Pro. Alexandre Assaf Neto Este trabalho tem por objetivo básico apresentar as bases conceituais do processo de avaliação econômica de empresas. Avaliação

Leia mais

Mercado de Capitais. Análise Fundamentalista. Professor: Roberto César

Mercado de Capitais. Análise Fundamentalista. Professor: Roberto César Mercado de Capitais Análise Fundamentalista Professor: Roberto César Análise Fundamentalista A análise fundamentalista é um importante instrumento utilizado para a análise de investimento em ações. O princípio

Leia mais

GESTÃO DE CARTEIRA DE 3 ATIVOS

GESTÃO DE CARTEIRA DE 3 ATIVOS GESTÃO DE CARTEIRA DE 3 ATIVOS Eduardo Martin Alves Magaz (e.alves@grad.ufsc.br) Mercado de Capitais I Newton Carneiro Affonso da Costa Jr RESUMO Neste trabalho de conclusão de disciplina é apresentada

Leia mais

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Novo Negócio 12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Vinícius Gonçalves Equipe Novo Negócio Espero sinceramente que você leia este PDF até o final, pois aqui tem informações muito importantes e que

Leia mais

Trabalho de Conclusão do Curso AVALIAÇÃO FINANCEIRA DA GERDAU S.A. Alessandro Tommasini Mady

Trabalho de Conclusão do Curso AVALIAÇÃO FINANCEIRA DA GERDAU S.A. Alessandro Tommasini Mady INSPER INSTITUTO DE EDUCAÇÂO E PESQUISA PROGRAMAS CERTIFICATES Trabalho de Conclusão do Curso AVALIAÇÃO FINANCEIRA DA GERDAU S.A Alessandro Tommasini Mady 2 ÍNDICE 1. RESUMO... 3 2. INTRODUÇÃO... 4 3.

Leia mais

Capítulo 1. Avaliando Empresas Uma Introdução

Capítulo 1. Avaliando Empresas Uma Introdução Capítulo 1 Avaliando Empresas Uma Introdução A expressão avaliação de empresas é a tradução para a língua portuguesa do termo valuation, sendo sinônimo de valoração de empresas. A recente onda de fusões

Leia mais

A ordem é não mudar. Concorrência destrutiva

A ordem é não mudar. Concorrência destrutiva A ordem é não mudar Michael Porter, o grande especialista em estratégia da Harvard Business School, considerado por muitos "o pai da estratégia", fez uma palestra para o público da Wharton School sobre

Leia mais

Relatório Analítico 19 de abril de 2012

Relatório Analítico 19 de abril de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa AM BV4 Segmento de Atuação Principal Alimentos Categoria segundo a Liquidez 1 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 80,99 Valor Econômico por Ação (R$) 81,05 Potencial

Leia mais

Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica

Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica Análise Fundamentalista Origem remonta do final do século XIX e princípio do século XX, quando as corretoras de bolsa tinham seus departamentos de análise

Leia mais

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda

- Assessoria de Mercado de Capitais e Empresarial Ltda - Consultores Ltda 19/02/2010 CETIP S.A BALCÃO ORGANIZADO DE ATIVOS E DERIVATIVOS A Companhia A CETIP S.A. - Balcão Organizado de Ativos e Derivativos ( Companhia ou CETIP ) opera o maior Mercado Organizado para Ativos de

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS Disciplina: Economia 30 h/a Mercado e seu equilíbrio: teoria do consumidor e a curva de demanda; Teoria da produção, custos, e a curva de

Leia mais

A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios

A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios Vanessa da Silva Sidônio vanessa_sidonio@hotmail.com Professor Heber Lavor Moreira heber@peritocontador.com.br Trabalho da Disciplina Administração

Leia mais

André Fogaça 02/01/2016

André Fogaça 02/01/2016 Entrevista com Valter Bianchi Uma Conversa Franca Sobre Investimentos André Fogaça 02/01/2016 Tempo de leitura: 15 minutos Tendo em vista a boa repercussão da primeira entrevista que fiz para o blog, hoje

Leia mais

A arte da gestão de negociações

A arte da gestão de negociações A arte da gestão de negociações A nova pesquisa da Intralinks revela os desafios que os profissionais de desenvolvimento corporativo enfrentam ao administrarem um portfólio de transações estratégicas.

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Agenda Apresentação Planejamento Estratégico Stratec Perguntas Agenda David Azevedo davidazevedo@hotmail.com (019) 99764-4664 Clientes dos Segmentos Eletrodomésticos Home Appliances

Leia mais

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up Fevereiro de 2013 Aquisição da Wise Up Agenda SEÇÃO 1 Sumário da Transação SEÇÃO 2 Visão Geral da Wise Up 2 Seção 1: Sumário da Transação Sumário da Transação A Transação Aquisição de 100% do Grupo Ometz

Leia mais

Carta Mensal - Fevereiro 2013. sdasdasdasdasdasdasdasd. Carta Mensal. Fevereiro 2013

Carta Mensal - Fevereiro 2013. sdasdasdasdasdasdasdasd. Carta Mensal. Fevereiro 2013 Carta Mensal Fevereiro 2013 Conforme previsto na carta anterior, este mês optamos por focar nas teses de investimento com o intuiti de alinhar os investidores com as nossas posições atuais, promovendo

Leia mais

XP TOP Dividendos FIA

XP TOP Dividendos FIA XP TOP Dividendos FIA INTRODUÇÃO O XP TOP DIVIDENDOS FIA é um Fundo de Investimento em Ações que tem como objetivo proporcionar ganho de capital, no longo prazo, a seus cotistas, por meio da gestão ativa

Leia mais

IBRI Instituto Brasileiro de Relações com Investidores

IBRI Instituto Brasileiro de Relações com Investidores IBRI Instituto Brasileiro de Relações com Investidores COMUNICAÇÃO TRANSPARÊNCIA RELAÇÕES COM INVESTIDORES I O QUE É NECESSÁRIO PARA SER UM PROFISSIONAL DE RI II CONHECIMENTO DO SETOR EMPRESA INVESTIDOR

Leia mais

Abrasca elege OdontoPrev como destaque do setor de serviços médicos

Abrasca elege OdontoPrev como destaque do setor de serviços médicos Data: segunda-feira, 14 de junho de 2010 Site: FENASEG Seção: Viver Seguro OnLine Abrasca elege OdontoPrev como destaque do setor de serviços médicos A Associação Brasileira de Companhias Abertas (abrasca)

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE Teleconferência de Resultados Desempenho do 4T 2013 e de 2013 MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 Destaques 2013 Receita Líquida de Vendas de R$ 2.393,8 milhões em 2013,

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Kevin Anselmo (Duke) +1-919-660-7722 kevin.anselmo@duke.edu. CFOs: Queda no Otimismo Preocupação com Câmbio e Política Econômica

Kevin Anselmo (Duke) +1-919-660-7722 kevin.anselmo@duke.edu. CFOs: Queda no Otimismo Preocupação com Câmbio e Política Econômica CFO Panorama Global dos Negócios Queda acentuada do otimismo no Brasil, preocupação com câmbio e alta da taxa de juros estão entre os principais resultados da pesquisa. -------------------------------------------

Leia mais

CS&OP-P Certified S&OP Professional

CS&OP-P Certified S&OP Professional A achain é uma empresa especializada nas áreas de Supply Chain, Value Chain e Demand Chain Management, com atuação nas modalidades de serviços de treinamento e apoio administrativo. Missão achain: Proporcionar

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA A atividade empresarial requer a utilização de recursos financeiros, os quais são obtidos na forma de crédito e de

Leia mais

MBA IBMEC SÃO PAULO DISCIPLINAS AVULSAS FEVEREIRO 2007 MBA IBMEC SÃO PAULO. Disciplinas Avulsas Maio 2007

MBA IBMEC SÃO PAULO DISCIPLINAS AVULSAS FEVEREIRO 2007 MBA IBMEC SÃO PAULO. Disciplinas Avulsas Maio 2007 MBA IBMEC SÃO PAULO Disciplinas Avulsas Maio 2007 Disciplinas do MBA Finanças Negociação Estratégica A área de finanças lida com um constante conflito: recursos que serão transferidos de um investidor

Leia mais

Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza

Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza Um tempo atrás, escrevi um ensaio curto sobre como Warren Buffett havia enriquecido tanto, mas não mencionei o quão rico ele havia se tornado. Com

Leia mais

ATIVO PASSIVO 3) DESTINAÇÃO DO LUCRO

ATIVO PASSIVO 3) DESTINAÇÃO DO LUCRO ATIVO I PASSIVO ATIVO I PASSIVO F ATIVO PASSIVO 3) DESTINAÇÃO DO LUCRO ATIVO PASSIVO 3) ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO ATIVO PASSIVO ATIVO PASSIVO AC ativo circulante ANC ativo não circulante PC passivo

Leia mais

Mercado de Capitais IBRI. Outubro de 2007

Mercado de Capitais IBRI. Outubro de 2007 Mercado de Capitais IBRI Outubro de 2007 Histórico da Localiza 6 Fuscas 1973 1974 1975 1976 1977 Expansão Coprorativa 1978 1979 1980 Franchising Nacional 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 Carros ao consumidor

Leia mais

02/02/2013. Para onde correr?

02/02/2013. Para onde correr? 02/02/2013 Para onde correr? Juros historicamente baixos, crescimento modesto, inflação elevada e um ambiente menos hostil, mas ainda cheio de incertezas. Decidir onde aplicar, num cenário desses, é um

Leia mais

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8%

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8% Outubro de 2015 INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES O Geral Asset Long Term - GALT FIA é um fundo de investimento que investe em ações, selecionadas pela metodologia de análise

Leia mais

Resultados 4T14. Comentários da Administração:

Resultados 4T14. Comentários da Administração: Resultados 4T14 Resultados 4T14 Fleury ON (Bovespa FLRY3) (Bloomberg FLRY3 BZ; Thomson FLRY3-BR) Debêntures: BRFLRYDBS007, BRFLRYDBS015 e BRFLRYDBS023 Em 31 de dezembro de 2014: Total de Ações 156.293.356

Leia mais

FILOSOFIA DE INVESTIMENTO. Retorno esperado de um lançamento 80% 100% + 20% 100% ( ) = 60% ( 1 20% ) 20 =1,15%

FILOSOFIA DE INVESTIMENTO. Retorno esperado de um lançamento 80% 100% + 20% 100% ( ) = 60% ( 1 20% ) 20 =1,15% Através da CARTA TRIMESTRAL ATMOS esperamos ter uma comunicação simples e transparente com o objetivo de explicar, ao longo do tempo, como tomamos decisões de investimento. Nesta primeira carta vamos abordar

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais