FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA (laboratório ou campo) E VISITAS TÉCNICAS. IGUATAMA-MG 2010

2 2 Atualizada em 2010 Presidente William Garcia Protásio Direção Administrativa Lucivane Lamounier Faria Direção Pedagógica Inez Morais Macedo Cunha Bibliotecário Responsável Antonio Carlos de Mendonça

3 3 INTRODUÇÃO GERAL O relatório consiste na exposição escrita de um determinado trabalho, experiência laboratorial ou visita técnica. É o conjunto formado pela descrição experimental, pelos resultados obtidos e pelas idéias associadas, incluindo informações indispensáveis à compreensão de um trabalho. Um relatório é geralmente acompanhado de documentos demonstrativos, tais como tabelas, gráficos e outros. Sua elaboração estimula o raciocínio crítico e deve ser escrito utilizando uma linguagem simples, clara, objetiva e precisa. A divisão metodológica de um relatório em várias partes ajuda à sua organização e escrita, além de permitir ao leitor encontrar mais facilmente a informação que procura. Com base no exposto, todos os relatórios apresentados em qualquer disciplina desta instituição deverão estar de acordo com as normas aqui apresentadas.

4 4 NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA (laboratório ou campo) E VISITAS TÉCNICAS 1.Tema: Definido pelo professor (a) conforme o conteúdo da disciplina. 2. Norma de Apresentação de Relatório: 2.1 Identificação a) Capa: compreende a cobertura do trabalho, devendo conter as seguintes informações: Nome da instituição (por extenso, centralizado, caixa alta e em espaço simples) Título da monografia (centralizado) e maior destaque Nome completo do autor (alinhado à direita, somente as iniciais maiúsculas) Local (inicial maiúscula, centralizado) Ano de publicação (centralizado) Todos os itens apresentados acima deverão ser escritos em fonte Arial, tamanho 14 e negrito.

5 5 3cm FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE (fonte arial, tamanho 14, centralizado, negritado) 3 cm TÍTULO DO RELATÓRIO/VISITA TÉCNICA 2cm (fonte arial, tamanho 14, centralizado, negritado) Nome do aluno(a) Iguatama-MG ano 2cm

6 6 b) Folha de rosto: deve conter elementos essenciais que identifiquem a obra, na seguinte ordem. No anverso da folha de rosto deve constar os seguintes elementos: Autor: primeiro elemento da folha de rosto, inserido no alto da página, fonte Arial, tamanho 12, iniciais maiúsculas, negrito e centralizado; Título: deverá ter posição de destaque na folha de rosto, em fonte Arial, tamanho 14, caixa alta e negrito e o subtítulo: (se houver, deve ser precedido de dois pontos e apenas a inicial maiúscula). Nota de apresentação natureza (relatório); nome da instituição e disciplina. Devem ser digitados com alinhamento do meio para a direita, fonte Arial, tamanho 12 e espaçamento simples; Nome completo do professor responsável, com sua respectiva titulação Local: Iguatama-MG Data em que foi realizado o experimento ou visita técnica.

7 7 3cm Nome do aluno(a) (fonte arial, tamanho 12, centralizado, negritado) 3 cm TÍTULO DO RELATÓRIO/VISITA TÉCNICA 2cm (fonte arial, tamanho 14, centralizado, negritado, espaço simples) Relatório apresentado à disciplina da Escola Superior em Meio Ambiente, como parte das exigências do Curso de graduação em, para obtenção do título de Bacharel. Orientadora: Profa Ms. (tamanho 12, espaço simples) Iguatama-MG Xx/xx/2010 2cm

8 8 2.2 Listas (de Ilustrações, de tabelas, abreviaturas e siglas): opcional Fazer semelhante a um Sumário (contendo o nome e a página correspondente). Compreende a relação sequencial dos elementos ilustrativos ou explicativos do trabalho. Cada lista deve vir em folha separada, com o título correspondente na primeira linha da folha, em fonte tamanho 12, maiúscula, negrito e centralizado. A Lista de Ilustrações compreende ao sumário das ilustrações que aparecem no texto (desenhos, gravuras, imagens, esquemas, fluxograma, fotografias, quadros, gráficos, plantas, mapas, tabelas, retratos, etc.), na mesma ordem em que aparecem no texto, seguido de sua localização (página no texto). Recomenda-se a elaboração de uma lista para cada tipo de ilustração. A lista de Abreviaturas e Siglas é a relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas de seu correspondente por extenso. Elemento obrigatório para facilitar a leitura, entretanto, deve-se evitar ao máximo a utilização de abreviaturas. Caso necessário, consulte normas e dicionários para verificar a forma correta para abreviar as palavras. 2.3 Texto A. INTRODUÇÃO B. OBJETIVO (S) C. MATERIAIS E MÉTODOS D. RESULTADOS E DISCUSSÃO E. CONCLUSÃO F. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS. ANEXO/ APÊNDICE A) INTRODUÇÃO: Compreende o resumo da teoria que fundamenta a atividade prática ou visita técnica realizada, utilizando obrigatoriamente as respectivas citações bibliográficas. Descreve de forma clara, simples e geral o tema abordado, baseando-se em informações teóricas de livros, artigos científicos e demais publicações pertinentes. Deve conter a informação essencial à compreensão do trabalho, indicando a sua finalidade (justificativa) ou seja, as razões de ordem teórica e/ou prática que justificam a realização da aula.

9 9 Exemplo: As proteínas são as moléculas orgânicas mais sofisticadas do ponto de vista químico e estrutural. São polímeros de aminoácidos que, variam em estrutura e condições fisiológicas do meio. A variabilidade de suas funções biológicas é diretamente ligada à sua especificidade química nos processos celulares e esta, é uma função da conformação espacial que uma proteína adquire (conformação tridimensional). Esta relação estruturafunção, que é específica para cada proteína. Em alguns casos, a menor alteração na estrutura pode alterar a especificidade química (Alberts et al., 1997). B) OBJETIVOS: Compreende o resultado a ser alcançado com a atividade proposta, identificando claramente o problema. Descreve de forma sucinta o que se pretende obter com a aula. Exemplos: Caracterizar a morfologia de células vegetais. Conhecer o sistema de gestão ambiental da empresa (...) C) MATERIAIS E MÉTODOS (Procedimentos): Enumeração e descrição de todos os materiais utilizados na atividade, com suas respectivas quantidades. Descreve todas as etapas realizadas durante a aula (como uma receita ), ressaltando a seqüência da utilização dos materiais e das preparações destes reagentes. A descrição do detalhes é de fundamental importância para a realização da mesma atividade posteriormente sem dificuldades. OBS.: Esta etapa pode ser ilustrada com fotos, figuras, etc. ou esquematizada na forma de (diagrama, organograma, etc.) Nunca esquecer a unidade utilizada (ml, kg, g, m, cm), bem como demonstrar as conversões necessários aos cálculos realizados.

10 10 Exemplos: Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Química da Escola Superior em Meio Ambiente (esma). Os materiais utilizados na atividade foram: 01 Becker de 250ml 20ml de HCl (...) Para as análises foram utilizadas folhas de feijão, sem a nervura e coletadas às 14:00 horas, do dia 11/02/2008. Pesou-se 0,8g de hidróxido de sódio (NaOH) e a este foi adicionado 10ml de água destilada para obtenção de uma solução de NaOH 2N. Posteriormente, 0,5g de ácido dinitrosalicílico (DNS) foi adicionada a esta solução, juntamente com 30ml de água, agitando até completa dissolução (não havendo dissolução, recomenda-se levar esta solução ao banho-maria a 40ºC). Diluído o DNS, adicionou-se a essa solução 15g de Sal de Rochelle e completou-se o volume para 50ml. Este reagente foi acondicionado em balão volumétrico envolto por papel alumínio devido à instabilidade da solução na presença de luz e CO 2. Levou-se ao fogo (Bico de Buchen) até ferver, após colocar o 100 mg Agaricus blazei (cogumelo do sol). OBS. Ilustrações: tabelas e figuras são muito importantes, valorizam o trabalho e devem ser auto-explicativos, devendo ser construídas com cuidado para incluir todas as informações necessárias. As figuras e tabelas devem aparecer tão perto quanto possíveis do lugar em que são mencionadas, obedecendo à apresentação tipográfica recomendada pela norma da ABNT.

11 11 Todas as tabelas deverão ser numeradas sequencialmente (Tabela 1, Tabela 2,...). O título deve ser informado, colocado acima e justificado à esquerda. TABELA 1 - Procedimento para obtenção da curva padrão de açúcares redutores. Tubos Glicose (10mM) (ml) Água (ml) DNS (ml) µmol de AR 1 0,0 0,75 0,5 0,0 2 0,1 0,65 0,5 1,0 3 0,2 0,55 0,5 2,0 4 0,3 0,45 0,5 3,0 5 0,4 0,35 0,5 4,0 Todas as figuras (fotos, esquemas e gráficos) são numerados sequencialmente (Figura 1, Figura 2...). Seu titulo deve ser informativo, colocado abaixo e justificado à esquerda, descrevendo o que é mostrado. FIGURA 1 - Reação de redução do ácido 3,5-dinitrosalicílico, resultando num composto de coloração laranja (ácido 3-amino 5-salicílico). D) RESULTADOS E DISCUSSÃO: Visa apresentar os resultados obtidos com a atividade, incluindo o registro, o tratamento e análise dos dados, interpretação, argumentação e a explicação do que ocorreu na aula (de forma detalhada), oferecendo subsídios para a conclusão. Devem ser agrupados e ordenados convenientemente, acompanhados de tabelas ou figuras em geral (desenhos, gráficos, mapas, esquemas, modelos, fotografias etc.). Compreendem também a comparação dos resultados obtidos face ao objetivo pretendido, podendo também fazer comparações com outros resultados de trabalhos similares, possibilitando a ligação entre novas descobertas e os conhecimentos anteriormente levantados.

12 12 Exemplos: Pela análise dos dados foi constatado que (...). Através da atividade realizada, foi possível explicar e descrever (...) e correlacioná-lo com a literatura existente. Um dos problemas detectados e ressaltados foi à observação de (...), portanto estes inconvenientes poderiam ser contornados pela substituição de (...). Entretanto estas observações não podem ser conclusivas, uma vez que dados encontrados na literatura ressaltam (...), conforme (SILVA, 2005). Após a análise dos dados coletados, estes foram interpretados, ressaltase que os dados obtidos refletem apenas uma amostra pesquisada, sendo passíveis de modificações em futuras pesquisas. Os resultados assim obtidos salientam a (...). A Tabela 2 ilustra os valores de absorbância observados para as 4 repetições, nas 5 diferentes concentrações de açúcares redutores, e a média desses valores. TABELA 2 Valores de absorbância das concentrações diferentes de açúcares redutores Tubos Repetição 1 Repetição 2 Repetição 3 Repetição 4 Média 1 0,000 0,000 0,000 0,000 0, ,1584 0,1511 0,1693 0,1651 0, ,3754 0,3635 0,3929 0,3864 0, ,5856 0,6338 0,6101 0,5991 0, ,7746 0,7483 0,7792 0,8153 0,7794 A partir dos valores médios de absorbância e das concentrações conhecidas, estabeleceu-se a curva padrão para quantificação de açúcares redutores. Essas curvas foram construídas com e sem o ajuste da interseção da curva no ponto zero. F) CONCLUSÃO: Consiste na parte final do relatório em que são apresentadas conclusões de forma sucinta, correspondentes aos objetivos e/ou hipóteses levantadas durante as observações, podendo apresentar sugestões de novos estudos. É a síntese de toda a reflexão da aula, levando em consideração os conhecimentos pré-existentes na introdução, o que foi realizado, os resultados atingidos e a explicação do ocorrido. Deve-se evitar o excesso de conclusões, sendo estas precisas e sintéticas. Este item deve, ser coerente com a discussão dos resultados e não deve apresentar citações ou interpretações de outros autores.

13 13 Exemplos: Os resultados encontrados sugerem que (...). Pode-se concluir que (...). Com a atividade realizada (...). A elaboração de uma curva padrão requer habilidade com práticas laboratoriais durante pesagem, medição e pipetagem; É possível quantificar macro e micro moléculas de tecidos vegetais com precisão utilizando as curvas padrões. Quanto mais o R 2 se aproxima de 100%, maior a segurança de se empregar valores de absorbância na equação de uma reta de uma curva padrão; Para a maioria das biomoléculas quantificadas de folhas de milho, o extrator com maior eficiência foi a água. G) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: Toda a citação bibliográfica contida no texto deve aparecer listada de forma completa, por ordem alfabética, no final do trabalho. Toda a referência listada neste item deve aparecer citada em algum lugar do texto. Seguir normas da ABNT. NÃO LISTE SE NÃO CITAR NÃO CITE SE NÃO LISTAR ANEXOS/APÊNDICE: São partes integrantes do texto, mas destacadas deste modo para evitar descontinuidade na seqüência lógica das idéias e servem de comprovação. Textos, documentos, tabelas, diagramas, fotografias de outros autores (anexo) ou de autoria própria (apêndice), questionários, leis na íntegra; um folder institucional, entre outros recursos. São identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Exemplo: ANEXO A Propaganda da Coca Cola. Fonte: O Globo, 2006.

14 14 3. Apresentação Gráfica Todo o relatório de aula prática ou visita técnica deverá ser digitado. eletronicamente. 3.1 Formato (papel e fonte) Os trabalhos devem ser digitados em papel branco, formato A-4 (210 x 297 mm). A ABNT recomenda a utilização de fonte 12 e espaço de 1,5 entre linhas para o todo texto. Para citações longas, notas de rodapé, paginação, legendas de ilustrações e tabelas, optamos por utilizar fonte 10 e espaço simples para esses casos. Para a letra, recomendamos a utilização do tipo Arial. As margens devem obedecer à seguinte formatação: Margem superior e esquerda 3 cm; Inferior e direita 2 cm. A digitação dos trabalhos deve prever: A utilização de um só lado do papel; Espaçamento 1,5; exceto notas de rodapé, indicações de fontes de tabelas, referências bibliográficas, índices e anexos/apêndices que devem ser apresentados em espaço simples; Símbolos, sinais e outros caracteres não existentes no teclado do equipamento utilizado devem ser colocados à mão, com tinta da mesma cor. 3.2 Espaçamentos e Parágrafos Todo texto deverá ser digitado em espaço de 1,5 entre linhas. As citações longas, notas de rodapé, referências bibliográficas, legendas de ilustrações, tabelas e ficha catalográfica devem ser digitados em espaço simples e fonte tamanho 10. Entre os títulos de capítulos, seções e subseções e seu texto e entre o texto que o antecede, devem-se deixar dois espaços de 1,5, sempre. O parágrafo recuado a 1,25 da margem esquerda, sem espaços entre parágrafos. Cada capítulo (introdução, desenvolvimento, conclusão) deve iniciar em uma nova página. As seções (secundária e terciária) devem ser digitadas na mesma página, seguindo a seqüência do texto. As alíneas ou marcadores devem ser alinhadas à margem esquerda e digitados em espaço 1,5. Utilizar sempre o mesmo símbolo em todo o trabalho. Evitar exageros deste recurso gráfico Paginação A numeração das páginas deve aparecer a partir da primeira página do texto (Introdução), porém devem ser contadas as páginas preliminares desde a folha de rosto. Deve ser feita em algarismos arábicos (1,2...), dentro da margem superior à direita. Todo trabalho deverá ser numerado, incluindo apêndices e anexos Dados Complementares

15 Equações e Fórmulas Devem aparecer bem destacadas do texto de modo a facilitar a leitura. Quando houver várias equações e fórmulas, devem ser identificadas por números consecutivos, colocados entre parênteses, na margem esquerda da linha. Exemplo: c = a + b 2 (1) O relatório que não contemplar as exigências indicadas neste roteiro poderá receber nota ZERO. Toda a frase que não seja dos próprios autores, ou seja, tiradas de outros autores (livros, artigos, etc.), deve ser imediatamente seguida do nome dos verdadeiros autores e ano da referência. Exemplo: (...) (Silva, 1987). Para maiores informações, consultar as normas para elaboração de trabalhos acadêmicos (monografia), na página 47. Disponíveis no site: (biblioteca). NOTA IMPORTANTE: Seguir sempre as normas da ABNT.

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos 2011 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com NBR

Leia mais

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Considera-se projeto de pesquisa um plano ou uma orientação metódica acerca dos passos que devem ser executados na pesquisa de forma concreta, atendendo a

Leia mais

Disciplina: Seminários. Curso: Administração

Disciplina: Seminários. Curso: Administração Disciplina: Seminários Curso: Administração Texto 5: NORMAS PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO / ACADÊMICO NBR 14724/2005 A normalização de documentos técnico-científicos tem como finalidade tornar

Leia mais

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC)

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) RIO DE JANEIRO 2009 2 APRESENTAÇÃO Estas diretrizes têm por objetivo padronizar a apresentação dos Trabalhos

Leia mais

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE.

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. CANOAS/2014 A estrutura deste manual foi elaborada com base

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES REVISADO EM SETEMBRO DE 2011 DE ACORDO COM RESOLUÇÃO

Leia mais

Normas ABNT para Trabalhos

Normas ABNT para Trabalhos Normas ABNT para Trabalhos CAPA: Nome da Instituição: fonte tamanho 12 e centralizado. Nome dos autores: fonte tamanho 12, centralizado em ordem alfabética. Título: fonte tamanho 14 em negrito e centralizado.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO - capa A capa é a proteção externa do trabalho, padronizada. CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV Nome do curso TODO O TRABALHO: Os textos devem ser apresentados em papel branco (sem marca

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Departamento de Nutrição Curso de Nutrição MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS

Universidade Federal de Juiz de Fora Departamento de Nutrição Curso de Nutrição MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS Universidade Federal de Juiz de Fora 0 MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS Professores: Renato Moreira Nunes Cristiane Gonçalves de Oliveira Fialho Paulo Henrique Fonseca da Silva Renata Maria Souza

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CORNÉLIO PROCÓPIO - PR ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 1 INTRODUÇÃO As orientações aqui apresentadas são baseadas

Leia mais

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre no funcionamento dos sistemas de Saúde

Leia mais

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE TURISMO 1 NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Conforme estabelecido pela ABNT - NBR 14724:2011 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação As informações

Leia mais

MARIA BERNADETE MIRANDA

MARIA BERNADETE MIRANDA MARIA BERNADETE MIRANDA Trabalhos Acadêmicos segundo a ABNT-NBR 14724:2002 NORMALIZAÇÃO DOCUMENTÁRIA! Referências! Citações em documentos! Trabalhos Acadêmicos ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS!

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ISSN online: 2318-4299 MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS 2ª Edição revisada e ampliada www.incentivoaciencia.com.br Brasil 2015 APRESENTAÇÃO A Associação Brasileira de Incentivo

Leia mais

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) Um resumo das normas Este resumo é indicado, principalmente, para quem for escrever um trabalho científico. Como a própria ABNT diz, ao introduzir o texto

Leia mais

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart Biblioteca da Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC São Paulo, 2014 ii FORMATO DO TCC Tamanho do papel: A4 (21 cm 29,7 cm);

Leia mais

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Alta Floresta-MT 2015 Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA

Leia mais

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO CURSO DE PEDAGOGIA EaD PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1. CARACTERÍSTICAS E CONCEITUAÇÃO Este texto trata a respeito das Normas da ABNT com a finalidade de orientar os acadêmicos

Leia mais

DE ARTIGO CIENTÍFICO

DE ARTIGO CIENTÍFICO CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, TURISMO, DIREITO E PÓS-GRADUAÇÃO Maria Paulina Gomes Maria Paulina Gomes Manual elaborado para orientar os alunos que estão realizando a disciplina Trabalho de Conclusão

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO 1. VERSÃO FINAL O original da versão final da Dissertação deverá ser entregue pelo aluno a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE Este documento refere-se às Normas de Apresentação

Leia mais

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO - TDE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS

Leia mais

MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E TESE

MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS Estas regras são aplicadas a todos os Trabalhos acadêmicos ou similares (trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar,

Leia mais

Laboratório didático de Física

Laboratório didático de Física Laboratório didático de Física Como redigir um relatório Como escrever um relatório? Esperamos nos próximos parágrafos passar algumas informações úteis para escrever um relatório. É possível que algumas

Leia mais

As partes que compõem o trabalho acadêmico são:

As partes que compõem o trabalho acadêmico são: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Picos, 2009 Apresentação O conhecimento científico tem como princípio fundamental a objetividade, tendo como premissa a sua legitimidade junto à comunidade científica.

Leia mais

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais.

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais. APRESENTAÇÃO Para ficar claro, é necessário fazer distinções entre padrões e normas, já que normas da ABNT são constituídas de regras a serem seguidas, objetivando a qualidade em produções científicas,

Leia mais

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos Escola SENAI Jose Polizotto Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos Marília 2008 Biblioteca - Escola SENAI José Polizotto Manual para elaboração de trabalhos

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CAMPO GRANDE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO INTEGRADOR 2014/1

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CAMPO GRANDE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO INTEGRADOR 2014/1 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CAMPO GRANDE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO INTEGRADOR 2014/1 Versão 2014 /1 Campo Grande, fevereiro de 2014. Conselho

Leia mais

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS Apresentação gráfica Segundo normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e atualizado com as alterações da NBR 14724/11 Trabalhos Acadêmicos.

Leia mais

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Os artigos devem ser enviados exclusivamente por meio eletrônico para o endereço: revistainnovare@cescage.edu.br - Revista

Leia mais

Normas do relatório de estágio do curso Técnico Integrado em Agropecuária

Normas do relatório de estágio do curso Técnico Integrado em Agropecuária Normas do relatório de estágio do curso Técnico Integrado em Agropecuária O estágio supervisionado é obrigatório e propicia a complementação do ensino e da aprendizagem, constituindo-se em instrumento

Leia mais

EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE REITOR Josué Modesto dos Passos Subrinho VICE-REITOR Angelo Roberto Antoniolli EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Coordenador do Programa Editorial Péricles

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

1º Congresso Internacional e 2º Congresso Brasileiro da Raça Girolando.

1º Congresso Internacional e 2º Congresso Brasileiro da Raça Girolando. 1º Congresso Internacional e 2º Congresso Brasileiro da Raça Girolando. Normas para elaboração do Resumo Expandido INFORMAÇÕES GERAIS 1) Os resumos expandidos e a ficha de inscrição devidamente preenchida

Leia mais

ABNT NBR 14724 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação

ABNT NBR 14724 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 14724 Segunda edição 30.12.2005 Válida a partir de 30.01.2006 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Information and documentation Presentation of academic

Leia mais

Revista Cultivando o Saber

Revista Cultivando o Saber 1 FACULDADE ASSIS GURGACZ-FAG Cascavel - PR. Revista Cultivando o Saber INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS NA REVISTA CULTIVANDO O SABER Os trabalhos enviados à Revista Cultivando o Saber devem ser

Leia mais

FKB Biblioteca Padre Lambert Prins Tutorial de formatação MS-Word Agary Veiga Graf CRB/8-3809

FKB Biblioteca Padre Lambert Prins Tutorial de formatação MS-Word Agary Veiga Graf CRB/8-3809 1 INTRODUÇÃO Tutorial é um programa ou texto, contendo ou não imagens, que ensina passo a passo, didaticamente, como um aplicativo funciona. Regra geral a maioria dos educandos já conhece o Microsoft Office

Leia mais

FADIRE CURSO DE XXXXXXX NOME DO ALUNO. TÍTULO DO ARTIGO: subtítulo (se houver)

FADIRE CURSO DE XXXXXXX NOME DO ALUNO. TÍTULO DO ARTIGO: subtítulo (se houver) FADIRE CURSO DE XXXXXXX NOME DO ALUNO TÍTULO DO ARTIGO: subtítulo (se houver) Santa Cruz 2016 1 NOME DO ALUNO TÍTULO DO ARTIGO: subtítulo (se houver) Artigo apresentado como requisito parcial para obtenção

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) Maceió 2011 1 TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Na academia de ensino superior podemos encontrar os seguintes tipos de trabalhos:

Leia mais

Título do trabalho: subtítulo do trabalho

Título do trabalho: subtítulo do trabalho Título do trabalho: subtítulo do trabalho Resumo Este documento apresenta um modelo de formatação a ser utilizado em artigos e tem como objetivo esclarecer aos autores o formato a ser utilizado. Este documento

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior Objetivo: As normas da ABNT tem o objetivo de facilitar e determinar um padrão nos trabalhos, facilitando assim a avaliação das escolas e universidades, dentro de um mesmo parâmetro de apresentação. Elas

Leia mais

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011]

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] Professora Alcione Mazur 25/07/11 Cancela e substitui a edição anterior. ABNT NBR 14724: 2005 Não houve alterações na estrutura do trabalho, mas em uma

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

Regras e Normas Modelo de Resumo e de Banner XIV Semana da Engenharia e XIV SINCAL

Regras e Normas Modelo de Resumo e de Banner XIV Semana da Engenharia e XIV SINCAL Modelo de Resumo Configuração de página: Regras e Normas Modelo de Resumo e de Banner XIV Semana da Engenharia e XIV SINCAL Tamanho: A4 (210x297mm); Margens: 3 cm à esquerda e superior e 2 cm à direita

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS UNIPAC REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.)

UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS UNIPAC REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) Colaboração: Dirlhê Maria Lima Pereira Bibliotecária FUPAC Itabirito ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE SERVIÇO BARBACENA 2013 Sumário 1 Estrutura dos projetos de serviço...

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Ciências da Saúde. Universidade São Francisco

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Ciências da Saúde. Universidade São Francisco Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Ciências da Saúde Universidade São Francisco Manual de Orientação de Teses e Dissertações Bragança Paulista 2009 SUMÁRIO I. Apresentação... 1 II. Estrutura do trabalho

Leia mais

NORMALIZAÇÃO PARA RELATÓRIOS TÉCNICOS VERSÃO RESUMIDA

NORMALIZAÇÃO PARA RELATÓRIOS TÉCNICOS VERSÃO RESUMIDA NORMALIZAÇÃO PARA RELATÓRIOS TÉCNICOS VERSÃO RESUMIDA PADRÃO CESBOC ABNT 2015 O QUE É ABNT? Fundada em 1940, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o Órgão responsável pela normalização técnica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES COORDENAÇÃO DO ENSINO MÉDIO - CEM

Leia mais

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico As orientações abaixo estão de acordo com NBR 14724/2011 da Associação

Leia mais

Manual de Normas Técnicas do Trabalho Acadêmico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Manual de Normas Técnicas do Trabalho Acadêmico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Manual de Normas Técnicas do Trabalho Acadêmico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Aprovado pelo CONASU em 23/07/2015 Lauro de Freitas 2015 2 SUMÁRIO Apresentação 3 1 ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE FOLHETOS DE EXTENSÃO

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE FOLHETOS DE EXTENSÃO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE FOLHETOS DE EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CAMPUS

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação TCC

Departamento de Tecnologia da Informação TCC Departamento de Tecnologia da Informação TCC Roteiro com Orientações para Elaboração e Entrega do Trabalho de Conclusão de Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO GRÁFICA (NBR 6022, 2003) DE UM ARTIGO CIENTÍFICO

DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO GRÁFICA (NBR 6022, 2003) DE UM ARTIGO CIENTÍFICO DIRETRIZES PARA A APRESENTAÇÃO GRÁFICA (NBR 6022, 2003) DE UM ARTIGO CIENTÍFICO Considerando-se que artigos científicos integram o conteúdo de publicações mais amplas (publicações periódicas tais como

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FLORIANO/ 2012 É importante enfatizar que as regras constantes neste manual para a apresentação do projeto de TCC e para a apresentação do próprio

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) PALMAS TO, NOVEMBRO 2015 A disciplina Trabalho de Conclusão de Curso, na Faculdade Católica do Tocantins, está organizada

Leia mais

CONSULTIME GESTÃO DE ENSINO ADRIANA SARTÓRIO RICCO. NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Monografias e Trabalhos para Disciplinas)

CONSULTIME GESTÃO DE ENSINO ADRIANA SARTÓRIO RICCO. NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Monografias e Trabalhos para Disciplinas) CONSULTIME GESTÃO DE ENSINO Faculdade de Ciências e Educação do Espírito Santo UNIVES Faculdade de Educação de Vitória - AUFES Professora Organizadora: ADRIANA SARTÓRIO RICCO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006) 1 COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA (itens em negrito são obrigatórios) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa

Leia mais

NORMAS PARA RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA DO CURSO DE QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

NORMAS PARA RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA DO CURSO DE QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL NORMAS PARA RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA DO CURSO DE QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL Aulas práticas realizadas em laboratório geralmente incluem a elaboração de um relatório descrevendo a observação ou o experimento

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Editoração do Trabalho Acadêmico 1 Formato 1.1. Os trabalhos devem ser digitados em papel A-4 (210 X297 mm) apenas no anverso (frente) da folha. 2 Tipo e tamanho

Leia mais

MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) 1 MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) OBJETIVO: Destina-se a ser um guia prático para os alunos organizarem os aspectos formais de redação e apresentação do trabalho

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA E DO AMBIENTE Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

Diretrizes para Apresentação de Dissertações. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico

Diretrizes para Apresentação de Dissertações. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico 1 Diretrizes para Apresentação de Dissertações Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP 2 2014 Diretor Adjunto de Pós-Graduação

Leia mais

PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UPE/UFPB

PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UPE/UFPB PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UPE/UFPB NORMA PAPGEF UPE/UFPB N 002/2015 DISPÕE SOBRE A NORMATIZAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES NO PAPGEF UPE/UFPB. Art. 1. Os concluintes

Leia mais

Roteiro para Elaboração de Relatório de Aulas Práticas, Visitas técnicas e Trabalhos Acadêmicos

Roteiro para Elaboração de Relatório de Aulas Práticas, Visitas técnicas e Trabalhos Acadêmicos UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE SÃO LUIS DE MONTES BELOS TECNOLOGIA EM LATICÍNIOS Roteiro para Elaboração de Relatório de Aulas Práticas, Visitas técnicas e Trabalhos Acadêmicos

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO VIEIRA FACULDADE JOSÉ AUGUSTO VIEIRA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Lagarto/SE, 2009 1 SUMÁRIO

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico.

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO Aula 3 META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno(a) deverá: ler

Leia mais

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis.

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. 2 Sumário Necessidade do estágio... 3 Realização do Estágio... 3 Documentações

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO 1 NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO Sumário 1. POLÍTICA EDITORIAL... 1 1.1. FOCO E ESCOPO... 1 1.2. PÚBLICO ALVO... 2 1.3. SUBMISSÃO DOS ARTIGOS... 2 1.4. AVALIAÇÃO POR PARES...

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES COLÉGIO DA POLICIA MILITAR DA BAHIA PROFESSOR CARLOS ROSA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES Por: CPM Professor Carlos Rosa Alagoinhas 2016 1 SUMÁRIO OBJETIVO... 3 1 APRESENTAÇÃO GRÁFICA DO

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE O formato de trabalhos aceitos será o Resumo Expandido ou Trabalho

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1,5 espaçamento entre as linhas CURSO xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Nome do Estagiário 2 espaços 1,5 Fonte 14 Fonte 14 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Fonte 16 COLOCADO NO CENTRO DA FOLHA LOCAL ANO Fonte

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS DA UDESC (PADRÃO ABNT): TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO E RELATÓRIO DE ESTÁGIO

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS DA UDESC (PADRÃO ABNT): TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO E RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA DA UDESC - BU SETOR DE REFERÊNCIA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS DA UDESC (PADRÃO ABNT): TRABALHO DE CONCLUSÃO DE

Leia mais

IV ENCONTRO DE ENGENHARIA NO ENTRETENIMENTO 3E/UNIRIO 15 e 16 /03/2016

IV ENCONTRO DE ENGENHARIA NO ENTRETENIMENTO 3E/UNIRIO 15 e 16 /03/2016 IV ENCONTRO DE ENGENHARIA NO ENTRETENIMENTO 3E/UNIRIO 15 e 16 /03/2016 1ª CIRCULAR FORMATAÇÃO DE TRABALHOS FICHA DE CADASTRAMENTO DE SUBMISSÃO DE ARTIGO 1ª CIRCULAR Apresentação Temos o prazer de convidá-lo

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância

Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância As disciplinas Estágio Supervisionado I e II, devendo perfazer o total de 200 (duzentas) horas

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022)

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022) UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Coordenação do TCC de Enfermagem BACHARELADO EM FISIOTERAPIA Coordenação do TCC de Fisioterapia NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

EDITORAÇÃO. Iniciação à Pesquisa em Química

EDITORAÇÃO. Iniciação à Pesquisa em Química EDITORAÇÃO Iniciação à Pesquisa em Química Módulo V 20/05/2004 Prof JulioTrevas 1 Programação 1.Apresentação Gráfica 2.Elementos Textuais e Não Textuais 3.Citações 4.Referências 2 Apresentação Gráfica

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica O projeto deverá ser encaminhado contendo todas as informações solicitadas no roteiro a seguir, inclusive seguindo

Leia mais

FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO

FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO Rio de Janeiro 2007 NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO Projeto de pesquisa apresentado para a Programa de Iniciação à Pesquisa das FSJ, ou para elaboração

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO VI SENPEX NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Período de submissão: 10/07/2015 10/09/2015. 1. O VI do UNIBAVE: Ciência e tecnologia para promoção da educação e da vida", a ser realizado

Leia mais

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores Diretrizes para Autores Os manuscritos recebidos eletronicamente (em ), que estiverem de acordo com as normas da revista e forem considerados potencialmente publicáveis pela,

Leia mais

MODELO PARA FORMATAÇÃO DE ARTIGO PARA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE LINS PROF. ANTÔNIO SEABRA

MODELO PARA FORMATAÇÃO DE ARTIGO PARA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE LINS PROF. ANTÔNIO SEABRA MODELO PARA FORMATAÇÃO DE ARTIGO PARA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE LINS PROF. ANTÔNIO SEABRA Primeiro autor 1, Segundo autor 2 Orientador 3 1,2 Acadêmicos do Curso de... da Faculdade de Tecnologia de Lins

Leia mais

MANUAL PARA A APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NO CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL

MANUAL PARA A APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NO CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL MANUAL PARA A APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NO CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL Comissão de Estágio do Curso de Engenharia Florestal 2ª versão CURITIBA Fevereiro 2015 Este Manual foi desenvolvido

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS APRESENTAÇÃO Esse documento é dirigido aos docentes e discentes da Fesp Faculdades com a finalidade de adotar normas

Leia mais

Profª. Drª. Sílvia Maria Agatti Lüdorf

Profª. Drª. Sílvia Maria Agatti Lüdorf UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS NORMAS PARA A FORMATAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - MONOGRAFIA E ARTIGO CIENTÍFICO

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO EMPRESARIAL PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO EMPRESARIAL PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e análise de práticas de gestão em empresas de médio porte. OBS: O Projeto deverá ser

Leia mais

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 Nome completo do autor com sobrenome em CAIXA ALTA Nome completo do coautor com sobrenome em CAIXA ALTA RESUMO Identifique

Leia mais