Universidade Federal de Juiz de Fora Departamento de Nutrição Curso de Nutrição MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Federal de Juiz de Fora Departamento de Nutrição Curso de Nutrição MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS"

Transcrição

1 Universidade Federal de Juiz de Fora 0 MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS Professores: Renato Moreira Nunes Cristiane Gonçalves de Oliveira Fialho Paulo Henrique Fonseca da Silva Renata Maria Souza Oliveira Céphora Maria Sabarense Juiz de Fora 10 de agosto de 2010

2 1 Lista de Anexos: Página A. Resumo dos principais aspectos dos trabalhos acadêmicos e científicos 06 Lista de Figuras 1. Capa de relatório Sumário 03 Sumário 1. Importância Apresentação e Conteúdo Organização do relatório Capa e Título Sumário Texto Principal 03 a. Introdução 03 b. Objetivos 04 c. Metodologia Desenvolvimento e resultados Considerações Finais Anexos e Apêndices Referências Bibliográficas Referência Bibliográfica Anexos 06 OBS. Pode ser copiado desde que citada a fonte: Citação: NUNES, R. M.; FIALHO, C. G. O.; SILVA, P. H. F.; OLIVEIRA, R. M. S.; SABARENSE, C. M. Manual de relatório de aulas práticas do - - Universidade Federal de Juiz de Fora. UFJF. Juiz de Fora, Disponível em:

3 NNUUTT Universidade Federal de Juiz de Fora Confecção de Relatórios de Aulas 2 TÉCNICA DIETÉTICA I NUT 005 TÉCNICA DIETÉTICA II - NUT007 COMPOSIÇÃO E VALOR NUTRICIONAL DE ALIMENTOS- NUT 030 Manual de Confecção de Relatório de Aulas Práticas 1. IMPORTÂNCIA: A confecção bem elaborada e dentro das normas técnicas de um relatório de atividades é importantíssima para o treinamento, rendimento e avaliação de quem os executa. No relatório, documentam-se, em síntese, as atividades desenvolvidas, conclusões são feitas, e ainda, fazem-se sugestões. No caso das aulas práticas, tais sugestões podem ser de grande valia e representar mudanças significativas na execução das aulas. Além disso, podendo o relatório documentar atividades, o mesmo servirá de guia para os trabalhos dos próximos alunos. Este manual tem como objetivo padronizar os relatórios das aulas práticas de Técnica Dietética e Composição de Alimentos e orientar os alunos na boa elaboração do referido relatório. 2. APRESENTAÇÃO E CONTEÚDO: Para que se tenha um relatório bem elaborado, é necessário atentar para alguns itens: 2.1 Objetividade e clareza são elementos essenciais. Detalhes, principalmente com o objetivo de se alongar o texto, não devem ser mencionados. Atenção deve ser dada à redação das idéias que se deseja apresentar, as quais devem estar na linguagem culta e dentro da terminologia técnica. Erros de ortografia tiram a validade de um texto bem elaborado. Redigir sempre em linguagem impessoal, verbo no infinitivo. 2.2 Visando a aprendizagem científica todas as referências devem ser de fontes confiáveis, como livros didáticos, artigos científicos de revistas indexadas e informações do governo. Não serão aceitos referências de sites da internet que não estejam vinculados aos anteriores citados. 2.3 A precisão deve ser preferida em lugar de expressões vagas e não exatas. 2.4 O relatório deve ser impresso em papel ofício branco de um único lado e entregue na próxima aula teórica, uma semana após a aula prática impreterivelmente. 2.5 A fonte deve ser tamanho 14 para títulos e 12 para os tópicos, os subtópicos e texto em geral, obrigatoriamente. O tipo de fonte recomendado é Times New Roman ou Arial, espaçamento 1,5 exceto nas tabelas, ilustrações e notas de rodapés, alinhamento justificado. 2.6 Os relatórios deverão ser enviados por para o endereço dos professores das referidas disciplinas Técnica Dietética I (Renato e Cristiane), Técnica Dietética II (Céphora) e Composição e Valor Nutricional dos Alimentos (Paulo Henrique) na véspera da aula prática. 2.7 As páginas são numeradas seqüencialmente, exceto as folhas que precedem o texto principal. No entanto, a contagem se dá a partir da página de rosto. A numeração deve ser iniciada no Tópico Introdução, utilizando-se algarismos arábicos, deve ficar alinhada à direita da borda superior, usando-se se números de tamanho Partes do texto, quando não de autoria pessoal, devem ser sempre relacionadas à bibliografia consultada. 2.9 Quando houver tabelas, ilustrações ou anexos, estes devem estar sempre relacionados com o texto.

4 3 3. ORGANIZAÇÃO DO RELATÓRIO 3.1 Capa-Título É um elemento usado com objetivo de proteção e melhor apresentação. Nela deve constar o Cabeçalho, título do relatório, nome da equipe, matrícula, turma, data e local como mostrado na figura 01 e 02 Fig 1. Capa de Relatório Fig 2. Sumário 3.2 Sumário Registram-se aqui os tópicos que compõem o relatório como pode ser observado na Figura 2. Exemplo: - Introdução; - Objetivo; - Revisão de literatura; - Descrição das Atividades realizadas; - Resultados; - Discussão dos resultados; - Considerações e Sugestões; - Referências Bibliográficas; - Anexos. 3.3 Texto principal Constitui a parte principal do trabalho, devendo apresentar: a) Introdução Descrição do assunto (descrever em linhas gerais o assunto a ser tratado. Os principais conceitos e pesquisas desenvolvidas na área). Buscar na literatura (livros e periódicos) as definições, características e especificidades do que será objeto de trabalho da atividade que se refere o relatório. Justificativa (demonstrar o porquê do desenvolvimento do trabalho, a importância do mesmo). Fazer uma breve descrição sobre o grupo de alimentos abordado no experimento, conceituando e destacando propriedades, ao final da introdução apresente um parágrafo que justifique o trabalho. Deixar o último parágrafo para justificar o trabalho: Diante do exposto o presente trabalho justifica-se por... ;

5 4 b) Objetivos Objetivo = Habilidade desenvolvida + qual a razão de desenvolver essa habilidade. O Verbo deverá ser colocado no infinitivo. Ao final deste trabalho o aluno deverá ser capaz de: Geral informar, de maneira geral para que se está realizando o trabalho (usar verbos no infinitivo - avaliar, demonstrar, analisar). Específicos descrever, também com verbos no infinitivo as etapas específicas das ações que levarão a atingir o objetivo geral. c) Metodologia Material e Métodos, no caso de envolver pessoas usar Casuística Deve ser listado todo o material utilizado e a técnica adotada para alcançar os resultados. Deve ser feito de modo bastante detalhado, permitindo que o leitor seja capaz de reproduzir o mesmo procedimento e obter resultados semelhantes; Lembrar que você relatou, portanto os verbos deverão estar no passado e de forma impessoal. Ex: Foi medido 150 ml de leite em um copo tipo americano Desenvolvimento e Resultados Preencher as tabelas ou quadros oferecidos durante as aulas práticas com os resultados encontrados. Os Títulos das tabelas devem ser apresentados acima das mesmas e das figuras (gráficos) abaixo. Caso tenha fotografado algo na aula, as legendas das fotos devem vir abaixo. Deve ser feita a descrição de todos os resultados obtidos, iniciando com um parágrafo escrito para orientar o leitor a respeito do que será apresentado. Deve-se argumentar em função dos resultados obtidos, com base na sua experiência em referências de outros autores. Sempre fazer citações de outros autores (inclusive a legislação) que falaram sobre o objeto do relatório. Discutir, os resultados encontrados fazendo uma análise crítica, abordando as propriedades químicas, físicas e bromatológicas que interferem nas preparações dos alimentos, especialmente as relacionadas com fator de correção, fator de rendimento, custo Considerações finais Análise das atividades confrontadas com o referencial teórico, análise e discussão dos resultados. Conclusões ou considerações finais Devem estar atreladas aos objetivos, respondendo ao que foi proposto no início do estudo. Deve ser redigido de forma direta e objetiva o que foi possível responder quanto aos objetivos. Recomendações e Sugestões (se necessárias) Consistem em indicações, de ordem prática, de intervenções na natureza ou na sociedade, de acordo com as conclusões da pesquisa. 3.6 Anexos e apêndices São informações complementares que enriquecem o trabalho. Devem ser referenciados no texto principal e devidamente numerados. Sua inclusão depende da necessidade. No entanto, sua não inclusão não pode impedir o entendimento do texto principal. Exemplo de anexos, tabelas e dados coletados na aula.

6 5 3.7 Referências bibliográficas Incluir todas as referências bibliográficas e eletrônicas consultadas para a elaboração do relatório, de modo ordenado, organizado por autor, em ordem alfabética, segundo as normas da ABNT. Segundo Cyranka (1998, p. 27), nas referências bibliográficas, aparece a lista das obras efetivamente utilizadas na elaboração do trabalho (em ordem alfabética). Na organização dessa listagem, utilizam-se as normas de referenciação apresentadas pela ABNT como sendo um Conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação individual (NBR, 6023/02). Podem ser livros, revistas científicas indexadas ou informações governamentais ou de órgãos oficiais relacionados á nutrição. 4. REFERÊNCIA BIBLIOGRAFIA ARROYO, M. Ofício de Mestre: imagens e auto-imagens. 6. ed. Petrópolis: Vozes, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS ABNT. Informação e documentação citações em documentos apresentação. NBR Rio de Janeiro: CYRANKA, L. F. M.; SOUZA, V. P. Orientações para normalização de trabalhos acadêmicos. 3. ed. Juiz de Fora: EDUFJF, ECO, U. Como se faz uma tese. 18. ed. São Paulo: Perspectiva, FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 44. ed. São Paulo: Cortez, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Biblioteca Central. Normas para apresentação de trabalhos. 5. ed. Curitiba: EDUFPR, ALBUQUERQUE, H. M. C.; SILVA, A. P. L. Projeto e monografia: guia para elaboração de trabalho em graduação. Juiz de Fora: FMG, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS ABNT. Informações e documentação referências elaboração. NBR Rio de Janeiro: BRASIL. Presidência da República. Manual de redação da Presidência da República. Gilmar Ferreira Mendes et al. Brasília: Presidência da República, FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário de língua portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, GARCIA, O. M. Comunicação em prosa moderna. 13. ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, LUFT, C. P. Novo manual de Português. 9. ed. Rio de Janeiro: Globo, l989.

7 6 5. ANEXO I Tabela 1. Resumo dos principais aspectos dos trabalhos acadêmicos e científicos ITEM CARACTERÍSTICAS OBSERVAÇÕES 1 Tamanho da página A4 (210 x 297 mm). A folha deve ser branca, sem marcas d água, não se utilizando o verso da mesma. 2 Tipo da fonte Times New Roman ou Arial. Incluindo títulos, tópicos e subtópicos. 3 Espaçamento 1,5 Exceto tabelas, figuras e rodapés (1,0). 3 Tamanho da fonte 4 Citação 4.1 Citação direta - Títulos: 14 maiúsculas e em Ex.: INTRODUÇÃO negrito; - Tópicos: 12 só a primeira letra Ex.: 3.1 Recrutamento maiúscula e em negrito; -Subtópicos: 12 só a primeira Ex.: Seleção maiúscula e sem negrito; Menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte. Podem ser: diretas ou indiretas Curtas: - Até 3 linhas; - Entre aspas duplas (não se esquecer de acrescentar a fonte da citação). Longas: - Mais de 3 linhas; - Devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, com letra menor que a do texto utilizado (11 ou 10, por exemplo) e sem aspas; - Antes e depois da citação deverá existir um espaço de 1,5 cm, exceto quando iniciar uma página. Neste caso haverá espaço somente depois da citação; - Usa-se espaço simples entre linhas nas citações. Exemplo: No texto Conscientização, Paulo Freire, afirma que Se os homens, como seres que atuam, continuam aderindo a um mundo feito ver-se-ão submersos numa nova obscuridade. (1980, p. 27). Exemplo: O mesmo autor citado acima enfocando a estrutura desumanizante defende: [...] que o anúncio não é anúncio de um anteprojeto, porque é na práxis histórica que o ante projeto se torna projeto; na minha biblioteca tenho um anteprojeto que se faz projeto por meio da práxis e não por meio do blábláblá. (FREIRE, 1980, p. 28).

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CORNÉLIO PROCÓPIO - PR ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 1 INTRODUÇÃO As orientações aqui apresentadas são baseadas

Leia mais

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC)

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) RIO DE JANEIRO 2009 2 APRESENTAÇÃO Estas diretrizes têm por objetivo padronizar a apresentação dos Trabalhos

Leia mais

DE ARTIGO CIENTÍFICO

DE ARTIGO CIENTÍFICO CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, TURISMO, DIREITO E PÓS-GRADUAÇÃO Maria Paulina Gomes Maria Paulina Gomes Manual elaborado para orientar os alunos que estão realizando a disciplina Trabalho de Conclusão

Leia mais

ESTRUTURA DO ARTIGO CIENTÍFICO

ESTRUTURA DO ARTIGO CIENTÍFICO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ COLEGIADO DE LETRAS: EAD/UAB/UESC PROFª MSC. RITA LÍRIO DE OLIVEIRA ESTRUTURA DO ARTIGO CIENTÍFICO ITABUNA - BAHIA 2013 PROFª MSC. RITA LÍRIO DE OLIVEIRA ESTRUTURA DO

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO FORMATAÇÃO GERAL DO TEXTO Margens: o Superior e esquerda: 3,0 cm o Inferior e direita: 2,5 cm. Papel A4- cor branca Fonte para itens: Arial tamanho 12 com

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

Laboratório didático de Física

Laboratório didático de Física Laboratório didático de Física Como redigir um relatório Como escrever um relatório? Esperamos nos próximos parágrafos passar algumas informações úteis para escrever um relatório. É possível que algumas

Leia mais

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior Objetivo: As normas da ABNT tem o objetivo de facilitar e determinar um padrão nos trabalhos, facilitando assim a avaliação das escolas e universidades, dentro de um mesmo parâmetro de apresentação. Elas

Leia mais

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais.

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais. APRESENTAÇÃO Para ficar claro, é necessário fazer distinções entre padrões e normas, já que normas da ABNT são constituídas de regras a serem seguidas, objetivando a qualidade em produções científicas,

Leia mais

ARTIGOS CIENTÍFICOS. MANUAL DE NORMAS FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO CENTRO DO PARANÁ - UCP PITANGA/PR biblioteca@ucpparana.edu.

ARTIGOS CIENTÍFICOS. MANUAL DE NORMAS FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO CENTRO DO PARANÁ - UCP PITANGA/PR biblioteca@ucpparana.edu. ARTIGOS CIENTÍFICOS Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas, Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e

Leia mais

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Alta Floresta-MT 2015 Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA

Leia mais

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO CURSO DE PEDAGOGIA EaD PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1. CARACTERÍSTICAS E CONCEITUAÇÃO Este texto trata a respeito das Normas da ABNT com a finalidade de orientar os acadêmicos

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS Estas regras são aplicadas a todos os Trabalhos acadêmicos ou similares (trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar,

Leia mais

Profª. Drª. Sílvia Maria Agatti Lüdorf

Profª. Drª. Sílvia Maria Agatti Lüdorf UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS NORMAS PARA A FORMATAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) - MONOGRAFIA E ARTIGO CIENTÍFICO

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos 2011 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com NBR

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

Normalização de trabalhos Acadêmicos. ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos-

Normalização de trabalhos Acadêmicos. ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos- Normalização de trabalhos Acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos- Esta norma específica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses,

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO VIEIRA FACULDADE JOSÉ AUGUSTO VIEIRA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Lagarto/SE, 2009 1 SUMÁRIO

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE FUNDAÇÃO EDUCACIONAL VALE DO SÃO FRANCISCO ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA (laboratório ou campo) E VISITAS TÉCNICAS. IGUATAMA-MG 2010 2 Atualizada

Leia mais

UM OLHAR PARA O FUTURO: INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

UM OLHAR PARA O FUTURO: INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE COORDENAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL CRONOGRAMA MOSTRA CIENTÍFICA 2016 1 TRIMESTRE UM OLHAR PARA O FUTURO: INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE A MOSTRA CIENTÍFICA 2016 do Colégio João Paulo I objetiva propiciar aos

Leia mais

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart Biblioteca da Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC São Paulo, 2014 ii FORMATO DO TCC Tamanho do papel: A4 (21 cm 29,7 cm);

Leia mais

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE.

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. CANOAS/2014 A estrutura deste manual foi elaborada com base

Leia mais

MODELO TRABALHO ESCOLAR

MODELO TRABALHO ESCOLAR SOCIEDADE DIVINA PROVIDÊNCIA COLÉGIO STELLA MARIS Av. João Pessoa, 100 Magalhães Laguna / Santa Catarina CEP 88790-000 (48) 3646-0425 Fax: (48) 3646-1206 http://www.stellamaris.g12.br E-mail: stella@stellamaris.g12.br

Leia mais

As partes que compõem o trabalho acadêmico são:

As partes que compõem o trabalho acadêmico são: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Picos, 2009 Apresentação O conhecimento científico tem como princípio fundamental a objetividade, tendo como premissa a sua legitimidade junto à comunidade científica.

Leia mais

FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO

FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO Rio de Janeiro 2007 NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO Projeto de pesquisa apresentado para a Programa de Iniciação à Pesquisa das FSJ, ou para elaboração

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO EMPRESARIAL PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO EMPRESARIAL PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e análise de práticas de gestão em empresas de médio porte. OBS: O Projeto deverá ser

Leia mais

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos Escola SENAI Jose Polizotto Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos Marília 2008 Biblioteca - Escola SENAI José Polizotto Manual para elaboração de trabalhos

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS NA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO

ORIENTAÇÕES BÁSICAS NA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO 1 ORIENTAÇÕES BÁSICAS NA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO Betylaine Amaral Mesquita 1 Prof. Dr. Damião Carlos Amaral Mesquita 2 RESUMO: Este texto trata a respeito das Normas da ABNT com a finalidade de

Leia mais

Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância

Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância Regulamento Específico para os Estágios Supervisionados do Curso de Licenciatura em Geografia a Distância As disciplinas Estágio Supervisionado I e II, devendo perfazer o total de 200 (duzentas) horas

Leia mais

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) Um resumo das normas Este resumo é indicado, principalmente, para quem for escrever um trabalho científico. Como a própria ABNT diz, ao introduzir o texto

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA - IFSC CURSO DE XXXX - XXX NOME

INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA - IFSC CURSO DE XXXX - XXX NOME 0 INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA - IFSC CURSO DE XXXX - XXX NOME Nome do (s) autor (s). Se tiver mais de um autor, inserir os nomes em ordem alfabética. NBR 10719: apresentação de relatórios técnico-científicos

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS APRESENTAÇÃO Esse documento é dirigido aos docentes e discentes da Fesp Faculdades com a finalidade de adotar normas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO - capa A capa é a proteção externa do trabalho, padronizada. CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV Nome do curso TODO O TRABALHO: Os textos devem ser apresentados em papel branco (sem marca

Leia mais

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE TURISMO 1 NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Conforme estabelecido pela ABNT - NBR 14724:2011 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação As informações

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) Maceió 2011 1 TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Na academia de ensino superior podemos encontrar os seguintes tipos de trabalhos:

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES GOIÂNIA - 2012 1 ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES Baseado nas regras da ABNT A pesquisa escolar é uma maneira inteligente de estudar

Leia mais

Esquema para elaboração de trabalho escolar conforme as normas da ABNT

Esquema para elaboração de trabalho escolar conforme as normas da ABNT Maria Angélica Brandolff* Indiara Silveira** Esquema para elaboração de trabalho escolar conforme as normas da ABNT Esteio 2013 *Bibliotecária CRB10/2234 **Graduanda de Biblioteconomia UFRGS ***Apresentação

Leia mais

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica

Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica Orientações Gerais para Elaboração de Projeto 4º Prêmio CISER de Inovação Tecnológica O projeto deverá ser encaminhado contendo todas as informações solicitadas no roteiro a seguir, inclusive seguindo

Leia mais

Disciplina: Seminários. Curso: Administração

Disciplina: Seminários. Curso: Administração Disciplina: Seminários Curso: Administração Texto 5: NORMAS PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO / ACADÊMICO NBR 14724/2005 A normalização de documentos técnico-científicos tem como finalidade tornar

Leia mais

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores Diretrizes para Autores Os manuscritos recebidos eletronicamente (em ), que estiverem de acordo com as normas da revista e forem considerados potencialmente publicáveis pela,

Leia mais

Aula 4 O PROJETO DE PESQUISA. Gláucia da Conceição Lima Glauber Santana de Sousa

Aula 4 O PROJETO DE PESQUISA. Gláucia da Conceição Lima Glauber Santana de Sousa Aula 4 O PROJETO DE PESQUISA META Apresentar as etapas de elaboração de um projeto de pesquisa. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: defi nir projeto de pesquisa; identifi car a importância da

Leia mais

Aula 8 ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA. Weverton Santos de Jesus João Paulo Mendonça Lima

Aula 8 ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA. Weverton Santos de Jesus João Paulo Mendonça Lima Aula 8 ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA META Apresentar e descrever a construção de um projeto de pesquisa e seus elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais; OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno

Leia mais

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre no funcionamento dos sistemas de Saúde

Leia mais

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE FRANCA. Dr. THOMAZ NOVELINO DIGITE NOME. TÍTULO (DIGITE: TEXTO FORMATADO) Subtítulo (use se necessário)

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE FRANCA. Dr. THOMAZ NOVELINO DIGITE NOME. TÍTULO (DIGITE: TEXTO FORMATADO) Subtítulo (use se necessário) CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE FRANCA Dr. THOMAZ NOVELINO FORMATO DA FOLHA A4(21 CM X29,7 CM) ESPAÇAMENTO 1,5 MARGEM: SUPERIOR E ESQUERDA- 3 CM INFERIOR E DIREITA - 2 CM [f1] Comentário:

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Os artigos devem ser enviados exclusivamente por meio eletrônico para o endereço: revistainnovare@cescage.edu.br - Revista

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022)

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022) UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Coordenação do TCC de Enfermagem BACHARELADO EM FISIOTERAPIA Coordenação do TCC de Fisioterapia NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES 1 MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES Primeiro Autor (aluno) e-mail Formação Segundo Autor (aluno) e-mail Formação Professor Orientador e-mail

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES COLÉGIO DA POLICIA MILITAR DA BAHIA PROFESSOR CARLOS ROSA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES Por: CPM Professor Carlos Rosa Alagoinhas 2016 1 SUMÁRIO OBJETIVO... 3 1 APRESENTAÇÃO GRÁFICA DO

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Gestão de Pessoas Coordenação de Desenvolvimento Pessoal Gerência de Desenvolvimento

Leia mais

Orientação de projetos. Suely Franco S. Lima

Orientação de projetos. Suely Franco S. Lima Orientação de projetos educacionais Suely Franco S. Lima Objetivo do Curso Disseminar conhecimento e as possibilidades do uso das tecnologias espaciais para professores da Educação Básica. Espera-se que

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2013 Jaciara-MT 2013 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO FORMATO Os trabalhos acadêmicos devem ser em conformidade com os apontamentos a seguir. Papel branco, Formato A4 (21

Leia mais

PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO

PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO MANUAL DE NORMAS TÉCNICAS 1 PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO PENAL IBCCRIM-COIMBRA, REALIZADO PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS (IBCCRIM)

Leia mais

COMO ELABORAR UM TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

COMO ELABORAR UM TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Série: 3º ANO ENSINO MÉDIO MATERIAL COMPLEMENTAR COMO ELABORAR UM TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO São Paulo 2012 1 1. APRESENTAÇÃO GRÁFICA: Todo trabalho escolar deve conter impressão de boa qualidade,

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Considera-se projeto de pesquisa um plano ou uma orientação metódica acerca dos passos que devem ser executados na pesquisa de forma concreta, atendendo a

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO DA SMS-RIO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO DA SMS-RIO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO DA SMS-RIO Nome do aluno (apenas as letras iniciais em maiúscula) - Arial 12, sem negrito Título em arial 14, espaçamento 1,5, apenas a primeira letra em caixa alta, negrito

Leia mais

Manual de. Estágio Curricular Supervisionado. Bacharelado

Manual de. Estágio Curricular Supervisionado. Bacharelado 1 Manual de Estágio Curricular Supervisionado Bacharelado 2 APRESENTAÇÃO O Manual de Estágio Curricular Supervisionado está organizado de forma objetiva e prática, buscando definir informações e conceitos

Leia mais

Modelos de Instrumentos de Pesquisa COLÉGIO COSMOS. Tema da Pesquisa. Nome do Aluno Nº - Série/Ano. Disciplina Professor(a)

Modelos de Instrumentos de Pesquisa COLÉGIO COSMOS. Tema da Pesquisa. Nome do Aluno Nº - Série/Ano. Disciplina Professor(a) 1 Capa Modelos de Instrumentos de Pesquisa COLÉGIO COSMOS Tema da Pesquisa Nome do Aluno Nº - Série/Ano Disciplina Professor(a) Campo Limpo Paulista, de de 2012 Relatório INTRODUÇÃO (Produção textual do(a)

Leia mais

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis.

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. 2 Sumário Necessidade do estágio... 3 Realização do Estágio... 3 Documentações

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE Este documento refere-se às Normas de Apresentação

Leia mais

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O presente Manual de Estágio apresenta as orientações básicas para o desenvolvimento das atividades

Leia mais

ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA

ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO/ARTIGO 1. O PROJETO DE PESQUISA A primeira etapa para a organização do TCC nos cursos de pós-graduação lato sensu a distância consiste na elaboração do projeto de pesquisa,

Leia mais

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO - TDE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS

Leia mais

REGRAS PARA A PULICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA REVISTA JURÍDICA DA AJUFESC

REGRAS PARA A PULICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA REVISTA JURÍDICA DA AJUFESC REGRAS PARA A PULICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA REVISTA JURÍDICA DA AJUFESC 1. O artigo deve apresentar enfoque INÉDITO e abordar tema relativo à Jurisdição Federal. O tema deve ser preferencialmente

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico.

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO Aula 3 META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno(a) deverá: ler

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ISSN online: 2318-4299 MANUAL PARA ELABORAÇÃO E NORMATIZAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS 2ª Edição revisada e ampliada www.incentivoaciencia.com.br Brasil 2015 APRESENTAÇÃO A Associação Brasileira de Incentivo

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 Jaciara-MT COMPOSIÇÃO DA MONOGRAFIA MONOGRAFIA Recebe nº página CAPA FOLHA DE ROSTO FOLHA DE APROVAÇÃO DEDICATÓRIA (OPCIONAL) AGRADECIMENTO (OPCIONAL) EPIGRAFE

Leia mais

MARIA BERNADETE MIRANDA

MARIA BERNADETE MIRANDA MARIA BERNADETE MIRANDA Trabalhos Acadêmicos segundo a ABNT-NBR 14724:2002 NORMALIZAÇÃO DOCUMENTÁRIA! Referências! Citações em documentos! Trabalhos Acadêmicos ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS!

Leia mais

Normas ABNT para Trabalhos

Normas ABNT para Trabalhos Normas ABNT para Trabalhos CAPA: Nome da Instituição: fonte tamanho 12 e centralizado. Nome dos autores: fonte tamanho 12, centralizado em ordem alfabética. Título: fonte tamanho 14 em negrito e centralizado.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM VISTAS AO COMITE DE ÉTICA EM PESQUISA DA SMSDC/RJ

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM VISTAS AO COMITE DE ÉTICA EM PESQUISA DA SMSDC/RJ Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Gestão de Pessoas Coordenação de Desenvolvimento Pessoal Gerência de Desenvolvimento

Leia mais

INSTITUTO CAMPINENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CURSO DE ENFERMAGEM. NOME DOS ALUNOS (equipe de 4 pessoas) TÍTULO DO PROJETO

INSTITUTO CAMPINENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CURSO DE ENFERMAGEM. NOME DOS ALUNOS (equipe de 4 pessoas) TÍTULO DO PROJETO 1 INSTITUTO CAMPINENSE DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CURSO DE ENFERMAGEM NOME DOS ALUNOS (equipe de 4 pessoas) TÍTULO DO PROJETO CAMPINA GRANDE-PB 2014 2 NOME DOS ALUNOS (equipe de 4

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

Roteiro para elaboração do Projeto de Monografia do Curso de Graduação em Ciências Econômicas Rio de Janeiro

Roteiro para elaboração do Projeto de Monografia do Curso de Graduação em Ciências Econômicas Rio de Janeiro FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS ESCOLA BRASILEIRA DE ECONOMIA E FINANÇAS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS Roteiro para elaboração do Projeto de Monografia do Curso de Graduação em Ciências Econômicas Rio de Janeiro

Leia mais

Algumas observações pertinentes sobre os elementos obrigatórios:

Algumas observações pertinentes sobre os elementos obrigatórios: CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA INSTITUTO DE COMUNICAÇÃO E ARTES Roteiro para Elaboração do Projeto de TCC Um trabalho de conclusão de curso (em qualquer modalidade) tem início com a elaboração de seu projeto.

Leia mais

EDITORAÇÃO. Iniciação à Pesquisa em Química

EDITORAÇÃO. Iniciação à Pesquisa em Química EDITORAÇÃO Iniciação à Pesquisa em Química Módulo V 20/05/2004 Prof JulioTrevas 1 Programação 1.Apresentação Gráfica 2.Elementos Textuais e Não Textuais 3.Citações 4.Referências 2 Apresentação Gráfica

Leia mais

Orientações para Mostra Científica IV MOSTRA CIENTÍFICA 2014 COLÉGIO JOÃO PAULO I

Orientações para Mostra Científica IV MOSTRA CIENTÍFICA 2014 COLÉGIO JOÃO PAULO I Orientações para Mostra Científica IV MOSTRA CIENTÍFICA 2014 COLÉGIO JOÃO PAULO I Tema VIDA EFICIENTE: A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA A SERVIÇO DO PLANETA Cronograma Orientações Pré-projeto Metodologia Relatório

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006) 1 COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA (itens em negrito são obrigatórios) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa

Leia mais

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS SIMPLES E TRABALHOS COMPLETOS PARA O XI CONGRESSO FLORESTAL ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS SIMPLES E TRABALHOS COMPLETOS PARA O XI CONGRESSO FLORESTAL ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RESUMOS SIMPLES E TRABALHOS COMPLETOS PARA O XI CONGRESSO FLORESTAL ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL O 11º Congresso Florestal Estadual do Rio Grande do Sul e 2º Seminário Mercosul

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE O formato de trabalhos aceitos será o Resumo Expandido ou Trabalho

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES REVISADO EM SETEMBRO DE 2011 DE ACORDO COM RESOLUÇÃO

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE FOLHETOS DE EXTENSÃO

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE FOLHETOS DE EXTENSÃO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE FOLHETOS DE EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CAMPUS

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO. Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral.

FICHA DE INSCRIÇÃO. Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral. FICHA DE INSCRIÇÃO NOME DO AUTOR: ID CRC ENDEREÇO DO AUTOR: CIDADE: RG: CO-AUTOR (ES) 1 2 3 ESTADO: TELEFONE: Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral. (Estado), de de 2015.

Leia mais

Trabalho Bimestral PRODUÇÃO GRÁFICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INFORMÁTICA BÁSICA

Trabalho Bimestral PRODUÇÃO GRÁFICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INFORMÁTICA BÁSICA PRODUÇÃO GRÁFICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INFORMÁTICA BÁSICA Professor Rodolfo Nakamura Trabalho Bimestral PARTE 1 APRESENTAÇÃO GERAL O trabalho bimestral visa concentrar e avaliar a fixação das atividades

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A):

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): MATRÍCUL A ALUNO (A) REUNI ÃO ORIENTAÇ ÕES TCC Entregue Corrigida Nota Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador:

Leia mais

Normas para publicação

Normas para publicação Normas para publicação A revista LifeStyle Jounal recebe trabalhos para os próximos números, em regime de fluxo contínuo, não sendo necessária a abertura de chamadas especiais. No entanto, a periodicidade

Leia mais

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO:

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: I - RESUMO EXPANDIDO: Modalidade: Destinada a alunos de graduação,

Leia mais

RESOLUÇÃO COTEA N 1/2013 TERMO ADITIVO, de 23 de janeiro de 2013.

RESOLUÇÃO COTEA N 1/2013 TERMO ADITIVO, de 23 de janeiro de 2013. RESOLUÇÃO COTEA N 1/2013 TERMO ADITIVO, de 23 de janeiro de 2013. Art. 1 O aluno que estiver apto a matricular-se no TCC1- PROJETO DE PESQUISA deverá procurar o orientador de TCC que mais se aproxime do

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES COORDENAÇÃO DO ENSINO MÉDIO - CEM

Leia mais

FACULDADEPOLIS DAS ARTES Curso de Pedagogia. Nome completo em ordem alfabética TÍTULO DO TRABALHO

FACULDADEPOLIS DAS ARTES Curso de Pedagogia. Nome completo em ordem alfabética TÍTULO DO TRABALHO FACULDADEPOLIS DAS ARTES Curso de Pedagogia Nome completo em ordem alfabética TÍTULO DO TRABALHO Embu das Artes 2015 FACULDADEPOLIS DAS ARTES Curso de Pedagogia Nome completo em ordem alfabética TÍTULO

Leia mais

NORMAS PARA RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA DO CURSO DE QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

NORMAS PARA RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA DO CURSO DE QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL NORMAS PARA RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA DO CURSO DE QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL Aulas práticas realizadas em laboratório geralmente incluem a elaboração de um relatório descrevendo a observação ou o experimento

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Sociais Aplicadas Curso de Ciências Contábeis

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Sociais Aplicadas Curso de Ciências Contábeis Curso de Ciências Contábeis DISCIPLINA: Trabalho de Conclusão de Curso I PERÍODO: 7º - MATRIZ CURRICULAR: 321 SEMESTRE/ANO: 2º/2014 PROCEDIMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DA DISCIPLINA Apresentação dos temas

Leia mais

Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC

Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC Modelo de artigo para Revista Técnico Científica do IFSC 5 Autor1 1, Autor2 2 1 Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Professor de xxxxx, Campus xxxxxxxx, autor1@ifsc.edu.br 2 Instituto Federal de

Leia mais

Nosso ISSN: 2317-1170 (International Standard Serial Number), é o código numérico que garante uma visibilidade qualificada à Revista.

Nosso ISSN: 2317-1170 (International Standard Serial Number), é o código numérico que garante uma visibilidade qualificada à Revista. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DIRETORIA DE APOIO PEDAGÓGICO ÀS ESCOLAS GERÊNCIA DE ORGANIZAÇÃO DO CURRÍCULO ESCOLAR A Revista Eletrônica

Leia mais

Manual de Normas Técnicas *Apresentação de artigos e pôsteres*

Manual de Normas Técnicas *Apresentação de artigos e pôsteres* 17º Encontro Nacional de Apoio à Adoção (ENAPA) Projeto Fortalecimento da Rede Nacional de Apoio à Adoção e Convivência Familiar e Comunitária Manual de Normas Técnicas Brasília/DF 2012 Comissão Executiva

Leia mais