UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE O USO DE NOVAS TECNOLOGIAS NO ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA Por: Cezar Figueiredo de Oliveira Orientador Profª. Drª Maria Cláudia Dutra Lopes Barbosa Rio de Janeiro 2009

2 2 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE <> <> <> <> <> <> O USO DE NOVAS TECNOLOGIAS NO ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA. <> <> <> <> <> Apresentação de monografia ao Instituto A Vez do Mestre Universidade Candido Mendes como condição prévia para a conclusão do curso de Pós Graduação Latu Sensu em Docência do Ensino Superior. Por: Cezar Figueiredo de Oliveira

3 3 AGRADECIMENTOS A Deus e as amigas companheiras de classe Dolores, Cris e Elisa pela paciência e motivação.

4 4 DEDICATÓRIA A minha família, em especial a minha mãe e esposa pelo carinho, dedicação e compreensão.

5 5 RESUMO Este estudo tem como principal objetivo, apresentar a importância de um ambiente virtual de aprendizagem no processo de educação a distância (EAD). Trata-se de uma pesquisa de cunho exploratório e bibliográfico, que apresenta o histórico do Ensino a Distância no Instituto A Vez do Mestre e traça um comparativo com as tecnologias utilizadas na Universidade Federal Fluminense. Através da evolução tecnológica e o surgimento da internet foram desenvolvidos ambientes virtuais de aprendizagem, estes ambientes oferecem funcionalidades que facilitam o desenvolvimento de cursos a distância. Através da análise dos ambientes e recursos que são oferecidos, verificamos quais os ambientes virtuais de aprendizagem são úteis para a educação a distância e necessários para a busca de novos domínios e novos públicos por meio da EAD. Palavras chave: Educação a distância, Novas Tecnologias de Comunicação e Informação, Prática de Ensino, Aprendizagem Colaborativa..

6 6 METODOLOGIA A concepção deste trabalho foi obtida através de estudo bibliográfico e de campo. A partir de um levantamento bibliográfico, foram identificados autores que desenvolveram trabalhos sobre ensino a distância. A leitura de livros, revistas, artigos da Internet foram os métodos que levaram ao problema proposto. Para contextualização da questão abordada, foi realizado em um primeiro momento um breve histórico do ensino a distância destacando as políticas e bases legais sobre ensino a distância no Brasil, em seguida um levantamento das ferramentas virtuais utilizadas no ensino a distância no Instituto A Vez do Mestre e na Universidade Federal Fluminense bem como um comparativo entre as duas instituições e por último fatores motivacionais no ensino a distância.

7 7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 8 CAPÍTULO I - Educação a distância 10 CAPÍTULO II - Ensino superior a distância no IAVM 17 CAPÍTULO III - Ensino superior a distância na UFF 22 CAPÍTULO IV - Motivação dos alunos no ensino superior a distância no Brasil 30 CONCLUSÃO 37 BIBLIOGRAFIA 39

8 8 INTRODUÇÃO Muitas instituições têm incentivado formas alternativas de ambientes de aprendizagem, entre as quais a Educação a Distância (EAD). A EAD gera condições de acesso ao ensino a todas as pessoas que não estejam satisfatoriamente sendo atendidas pelos meios de ensino tradicionais. Trata-se de um meio de democratização do saber, disponibilizando informação e educação a todos aqueles que não dispõem necessariamente de um horário fixo para se dedicar às aulas tradicionais: encontram-se ocupados com seu trabalho ou possuem dificuldade de se locomover até as instituições educacionais. Educação a distância (EAD) está crescendo e tomando espaço, com o propósito de suprir parte das deficiências existentes hoje na educação. Existem vários meios que são utilizados na educação a distância: material impresso, rádio, TV, computador e outros. O enfoque deste trabalho é a educação a distância e o uso de novas tecnologias. Como a tecnologia pode diminuir as dificuldades existentes pela distância física entre alunos e professores. A tecnologia da informática permite criar um ambiente virtual em que alunos e professores sintam-se próximos, contribuindo para o aprendizado colaborativo. Além disso, possibilitam o armazenamento, distribuição e acesso às informações independente do local. Na EAD, as ferramentas de comunicação são adotadas com o objetivo de facilitar o processo de ensino-aprendizagem e estimular a colaboração e interação entre os participantes, bem como necessários para a busca de novos domínios e novos públicos em EAD. Assim faz sentido a pergunta: Como a tecnologia pode auxiliar no ensino superior a distância? O ponto forte desse estudo está em levantar as tecnologias utilizadas no Instituto A Vez do Mestre e discutir a importância do uso de novas tecnologias no EAD. Inicialmente, no capítulo 1 é apresentado o EAD assim como seu histórico e sua evolução no Brasil.

9 9 São apresentadas no capítulo 2 as ferramentas virtuais utilizadas nos cursos superiores a distancia do Instituto A Vez do Mestre. O capítulo 3 apresenta às ferramentas utilizadas no ensino a distância na Universidade Federal fluminense, bem como um comparativo com as ferramentas utilizadas no Instituto A Vez do Mestre. Finalmente, no capítulo 4 são apresentados fatores motivacionais dos alunos do ensino superior a distância no Brasil assim como os problemas enfrentados pelos alunos.

10 10 CAPÍTULO I EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A constante necessidade de aperfeiçoamento faz com que muitas instituições incentivem formas alternativas de ambientes de aprendizagem, entre as quais a EAD, que gera condições de acesso ao ensino a todas as pessoas que não estejam satisfatoriamente sendo atendidas pelos meios de ensino tradicionais. A inserção das tecnologias de informação e comunicação nos projetos de aprendizagem abre perspectivas de mudanças na escola, tanto institucionais como pedagógicas, aproximando-a das expectativas dos adolescentes e dos jovens naquilo que pode ser oferecido a eles (RAZERA, 2004, p.1). Trata-se de um meio de democratização do saber, disponibilizando informação e educação a todos aqueles que não dispõem necessariamente de um horário fixo para se dedicar às aulas tradicionais: encontram-se ocupados com seu trabalho ou possuem dificuldade de se locomover até as instituições educacionais Histórico da Educação a Distância Uma das primeiras formas de ensino a distância de que se tem conhecimento são os cursos por correspondência, que se iniciou a partir do final do século XVIII, com o grande desenvolvimento do serviço postal na Europa. Durante o século XIX até meados do século XX, esta era única forma

11 11 de EAD de que se tinha conhecimento. A partir de então, a EAD passou a ser influenciada pelos novos meios de comunicação de massa como, por exemplo, o rádio e a televisão. Porém, a grande barreira da EAD se encontrava na comunicação entre professores e alunos. Tanto o rádio como a televisão eram meios de comunicação de uma única via, onde apenas o professor poderia transmitir a informação ao aluno. A EAD tinha carência de tecnologias que proporcionassem ao professor e ao aluno uma comunicação bidirecional, onde o aluno pudesse participar mais efetivamente e criticamente do processo de ensino-aprendizagem. A educação a distância é uma estratégia educativa baseada na aplicação da tecnologia a aprendizagem sem limitação de lugar, tempo, ocupação ou idade dos estudantes. Implica em novas relações para os alunos e para os professores, novas atitudes e novos enfoques tecnológicos. (LHAMAS, 1986, p.10) Mais recentemente, surgiram estudos que procuram definir mais precisamente o que é EAD. (Nunes, 1997) apresenta uma definição para EAD que engloba as várias formas de utilização da EAD no mundo. Nunes define quais são os cinco elementos principais no processo de ensino a distância: Separação física entre professor e aluno, o que a distingue do ensino presencial. Influência da organização educacional (planejamento, sistematização, plano, projeto, organização dirigida, etc), que a diferencia da educação individual. Utilização dos meios técnicos de comunicação, usualmente impressos, para unir o professor ao aluno e transmitir os conteúdos educativos. Previsão de uma comunicação de dupla via, onde o estudante se beneficia de um diálogo e da possibilidade de iniciativas de dupla via. Possibilidade de encontros ocasionais com propósitos didáticos e de socialização. Participação de uma forma industrializada da educação, a qual,

12 12 se aceita, contém o gérmen de uma distinção radical dos outros modos de desenvolvimento da função educacional Educação a Distância no Brasil A Educação a Distância (EAD) no Brasil é considerada nos termos da Lei de Diretrizes e Bases (LDB), uma forma de ensino que possibilita a autoaprendizagem, como a mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados, apresentados em diferentes suportes de informação, utilizados isoladamente ou combinados, e veiculados pelos diversos meios de comunicação. O conceito de EAD como a própria EAD, vem sofrendo alterações à medida que novas teorias, novas mídias, novos métodos de ensino estão sendo desenvolvidos. Para Llamas, a EAD é uma estratégia educativa baseada na aplicação da tecnologia à aprendizagem, e por isso, não obedece a limites de lugar, tempo, ocupação ou idade. Elementos que demandam novos papéis para alunos e professores, bem como novas atitudes e novos enfoques metodológicos. (et al. ALVES; ZAMBALDE & FIGUEIREDO, 2004) A EAD como uma estratégia educativa que utiliza a tecnologia como ferramenta. Tecnologia esta que não restringe a EAD ao uso do computador apenas. Isso é interessante porque, como dito anteriormente, a EAD se utiliza de diversos meios: cartas, textos impressos, radiodifusão,entre outros. Outros pontos destacados são a quebra da barreira espaço/tempo e a democratização do acesso. Qualquer pessoa, independentemente de idade, ocupação tempo e lugar pode fazer uso dessa estratégia. (ALVES; ZAMBALDE & FIGUEIREDO, 2004, p.36)

13 Educação Superior a Distância no Brasil Em termos institucionais, a oferta de cursos superiores a distância poderia ser classificada dentro das seguintes três grandes tendências: Instituições isoladas que são Universidades e Faculdades de Ensino Superior que já atuam na educação presencial e agora oferecem cursos a distância. Em geral começam com cursos de extensão, depois com cursos de especialização e atualmente estão organizando cursos de graduação. Associações e Consórcios, Instituições de Ensino Superior brasileiras que se unem seus esforços para oferecer cursos a distância em vários níveis e Instituições exclusivamente virtuais criadas exclusivamente para oferecer cursos a distância. A portaria 2253 do MEC, de 18/10/2001 permite que o currículo de cursos superiores reconhecidos possa ser oferecido a distância até vinte por cento da sua carga horária total. Como é uma portaria recente as universidades estão começando a encontrar formas de aplicá-lo. Algumas universidades começaram com alguns cursos de recuperação total ou parcialmente a distância. As universidades estão incentivando também o uso da Internet em disciplinas comuns a vários cursos e que podem ser aplicadas a maior número de alunos. Em geral os professores mais familiarizados com as tecnologias e os que atuam em Educação a Distância são os que se dispõem a experimentar e isso irá criando a cultura do virtual, o conhecimento dentro de cada instituição para avançar para propostas curriculares mais complexas, integradas e flexíveis, até encontrar em cada área de conhecimento e em cada instituição qual é o ponto de equilíbrio entre o presencial e o virtual. O vinte por cento é uma etapa inicial de criação de cultura on-line. Não podemos definir a priori uma porcentagem aplicável de forma generalizada a todas as situações. Algumas disciplinas necessitam de maior presença física, como as que utilizam laboratório, as que precisam de interação corporal

14 14 (dança, teatro...). O importante é experimentar diversas soluções para diversos cursos. Dentro de poucos anos esta discussão do presencial e a distância terá muito menos importância. Caminhamos para uma integração dos núcleos de educação a distância com os atuais núcleos ou coordenações pedagógicas dos cursos presenciais Por conseguinte, em face dessa nova realidade os papeis do professores e dos alunos demandam mudanças fato que vem ensejando trabalhos e ações investigativas. Há ainda outros aspectos da EAD que merecem destaque. O primeiro é que essa estratégia ou atividade de ensino com políticas que vem sendo implementadas no Brasil e no mundo que visam a universalização da educação. E um segundo aspecto é que a expansão e a popularização do aumento do computador vêm contribuindo para seu uso como ferramenta didático-pedagógica e isso, por conseguinte, contribui para que a EAD atenda, cada vez mais, a um número maior de pessoas Presencial x Distância A educação a distância pode ter ou não momentos presenciais ou semipresenciais, mas acontece fundamentalmente com professores e alunos separados fisicamente no espaço e ou no tempo, mas podendo estar juntos através de tecnologias de comunicação. O foco não está na quantidade de horas presenciais, mas na possibilidade de interação a distância entre os atores do processo, através da tecnologia. Aproximar as pessoas geograficamente distantes, possivelmente abrindo espaço à troca entre culturas diferentes, é o fator central que define essa modalidade de ensino. (ZULATTO, 2007, p.31)

15 15 Landin(1997) registra na tabela no anexo A um estudo comparativo entre os sistemas de Ensino presencial e de Educação Distância, segundo a obra de Garcia Aretio(1994): O ensino a distância está intimamente vinculado à transmissão de informação e organização das condições de aprendizagem. Este é uma etapa do processo educacional, enquanto a educação a distancia tem o compromisso de desenvolver a cidadania e o ser humano como ser participante do processo de interação social. Neste sentido não é apenas um recurso tecnológico, nem um meio de comunicação e sim um processo educacional. Apesar de funcionar de forma distinta em relação ao ensino presencial, a EAD vem se popularizando, principalmente como ferramenta complementar, por sua flexibilidade e em muitos casos pode ser tão eficaz quanto à primeira. Para compensar a falta de interatividade no ambiente virtual devido à separação física e/ou espacial entre docentes e discentes, é necessário um melhor planejamento das aulas, do material didático e estabelecer meios tecnológicos pelos quais as disciplinas serão ministradas, buscando soluções para tentar expressar o conteúdo da forma mais clara possível via texto ou arquivos multimídia. O sistema de educação a distância caracteriza-se pela não presencialidade ou pelo distanciamento das condutas docentes e discentes no tempo e/ou no espaço. Para vencer este isolamento temos que recorrer a outros meios que permitam a chegada da informação ao estudante. EAD distingue-se da modalidade de ensino presencial, por ser um sistema tecnológico de comunicação bidirecional, que pode ser massivo e que substitui a interação pessoal na sala de aula entre professor e aluno, como um meio preferencial de ensino pela ação sistemática e conjunta de diversos recursos didáticos, e o apoio de uma organização de tutoria que propiciam uma aprendizagem independente e flexível. Sendo assim, o método da EAD pode ser constituído por diversos fatores, dentre os quais podemos citar o uso de tecnologias a fim de melhorar a interatividade e tornar a comunicação mais confortável, e o papel do mediador que busca incentivar a autonomia do estudante, muitas vezes desgastado pelo método de ensino com caráter

16 16 isolado. Nesse contexto também podemos incluir como característica do ambiente virtual a separação física entre professores e estudantes, pois a relação se dará via meios de comunicação e por estudo independente, e por ultimo o conceito de comunicação bidirecional em que o estudante deixa de atuar apenas como receptor e passa a interagir e trocar informações com o professor a fim de tornar o método de ensino mais eficaz. O ensino a distância é uma metodologia que pode ser considerada antiga, com sua operacionalização assumindo as mais diferentes formas, que vão desde os cursos por correspondências, em que a comunicação se dá por uma única via, até os mais sofisticados arranjos que incluem esquemas interativos de comunicação não-presencial através de satélite ou de redes informatizadas. Para atuar, o ambiente virtual utiliza ferramentas tecnológicas além das usadas no ambiente presencial, sala de aula, visando sempre a melhor interatividade. Dentre essas ferramentas a mais, podemos citar o chat, meio pelo qual estudantes e professores podem interagir através de comunicação textual em tempo real em canal aberto ou mensagens privadas, a principal vantagem é que usa poucos recursos do sistema e permite salvar as conversações. Outra forma simples de manter relações de através de recursos virtuais é o , trata-se de uma caixa postal acessível através da internet em que o utilizador pode enviar ou receber mensagens eletrônicas, mantendo uma conversação assincrônica com outros usuários. Outra técnica bastante utilizada para aulas assincrônicas é o fórum, trata-se de um ambiente virtual dividido por temas onde os usuários podem inserir mensagens ou arquivos didáticos a fim de debater um determinado assunto em grupo. A interatividade da internet não restringe a EAD apenas a troca de mensagens, dentro desse contexto tornouse mais fácil a distribuição e acesso ao material didático dos cursos, agora acessíveis de qualquer computador com internet através de download, recurso pelo qual o estudante pode copiar apostilas disponibilizadas pelo professor em algum banco de dados na rede. Depois do exposto conclui-se que a principal diferença entre EAD e ensino presencial reside na relação entre professor e estudante, em que na primeira essa se dá por meio da interface virtual, que se caracteriza pela

17 17 separação espacial entre os envolvidos no processo e a outra diferença está nos recursos que são utilizados nos dois métodos de ensino. Salienta-se que nossa pretensão aqui não é a de valorar nenhum dos métodos, mas sim expor as diferenças. CAPÍTULO II 2. ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA NO INSTITUTO A VEZ DO MESTRE Foi lançado em janeiro de 2001 o Programa "A Vez do Mestre", nas modalidades de ensino distância. Credenciado pela Portaria MEC n º 399 de 12 de fevereiro de O Programa conta com mais de alunos oriundos de todas as regiões brasileiras (2/3 do país), em atividade através de suas bases regionais, oferecendo cursos de graduação e pós Graduação Lato Sensu a distância nos campos sócio-educacional e empresarial Graduação a distância. O Instituto a Vez do Mestre (IAVM) é uma instituição de ensino superior credenciada para o oferecimento de cursos superiores a distância e autorizada para o oferecimento do curso de graduação em Pedagogia a distância pela Portaria MEC nº de 28 de setembro de O IAVM oferece um único curso superior a distância, o curso de Pedagogia. A Graduação em Pedagogia a distância, de acordo com o parecer CNE/CP nº 5/2005, visa a formação a distância do profissional Licenciado em Pedagogia capaz de exercer as funções de magistério na Educação Infantil e nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos do Ensino Médio, na modalidade Normal, de Educação Profissional na área de serviços e apoio

18 18 escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos. O curso de Graduação em Pedagogia a distância do IAVM tem duração de três anos, e congrega atividades a distância, encontros presenciais, práticas em projetos e estágios supervisionados. O aluno terá acesso ao material didático das disciplinas, preparado dentro de uma perspectiva metodológica da Educação a distância, visando dinamizar seu processo de ensino aprendizagem. Além disso, o aluno matriculado neste curso conta com uma equipe de tutores e professores preparados para acompanhá-lo ao longo de toda a sua graduação Pós Graduação a Distancia A proposta básica e norteadora do Programa Vez do Mestre tem sido a democratização do acesso a pós-graduação e a conseqüente socialização do saber, dando "vez" a profissionais que não teriam condições financeiras para concluir sua especialização. Os cursos de Pós-Graduação a distância do IAVM compõem-se por 8 disciplinas. A carga horária de estudo prevista para cada disciplina é de 60 (sessenta) horas, totalizando trezentos e sessenta horas de curso (estipuladas por Lei). Cada curso tem sua grade curricular específica, sendo que todos os cursos do IAVM compõem-se pela disciplina de Metodologia da Pesquisa, e sua carga horária integraliza-se com a elaboração da monografia de conclusão do curso. Os cursos de pós graduação a distância do Instituto A Vez do Mestre estruturam-se em doze módulos, sendo seu tempo mínimo de conclusão de doze meses e máximo de vinte e quatro meses. Cada módulo corresponde a uma etapa a ser cumprida pelo aluno em seu processo de aprendizagem. Os primeiros oito módulos são módulos instrucionais e correspondem ao conteúdo das disciplinas do curso e os quatro módulos finais são direcionados à orientação e elaboração do Trabalho Monográfico.

19 19 O aluno tem disponibilidade de fazer consultas pela Internet, sobre qualquer assunto concernente ao conteúdo programático das diversas disciplinas, conversando com os professores, ou mesmo debatendo sobre um assunto previamente escolhido pela Coordenação Pedagógica Cursos oferecidos pelo IAVM A diferença da relação do ensino presencial e a distância ainda é muito grande no Instituto A Vez do Mestre, dos setenta cursos superiores oferecidos apenas 25,71% são a Distância. São dezessete cursos de pós graduação a distância, cinqüenta e dois cursos de pós graduação presenciais e um curso de graduação presencial. Os cursos de Pós Graduação a Distância são: Administração escolar, Arte terapia em educação, Docência do ensino superior, Educação ambiental, Educação especial e inclusiva, Educação infantil e desenvolvimento, Gestão de recursos humanos, Gestão estratégica e qualidade, Gestão pública, Marketing, Orientação educacional, Pedagogia empresarial, Psicomotricidade, Psicopedagogia institucional, Saúde da família, Sexualidade e Supervisão escolar. Os cursos de Pós Graduação presenciais são: Administração da qualidade, Administração e supervisão escolar, Administração em saúde, Arte terapia em educação e saúde, Auditoria e controladoria, Complementação pedagógica, Comunicação empresarial, Direito ambiental, Direito desportivo, Direito e processo do trabalho, Direito e processo penal, Direito empresarial e dos negócios, Direito internacional e direitos humanos, Direito nas relações de consumo, Direito processual civil, Direito público e tributário, Docência do ensino superior, Educação ambiental, Educação inclusiva, Educação infantil e desenvolvimento, Engenharia da produção, Excelência no direito imobiliário, Finanças e gestão corporativa, Gestão ambiental, Gestão de condomínios, Gestão de negócios inovadores, Gestão de pequenas e médias empresas, Gestão de projetos, Gestão de

20 20 recursos humanos, Gestão de varejo, Gestão em instituições financeiras, Gestão empresarial, Gestão estratégica de vendas e negociação, Gestão no setor petróleo e gás, Gestão perícia e auditoria ambiental, Gestão pública, Gestão, educação e segurança de trânsito, Logística empresarial, Marketing, MBA executivo em gestão de pessoas, MBA executivo em gestão negócios, MBA executivo em marketing, Mediação de conflitos com ênfase em família, Neurociência pedagógica, Orientação educacional e pedagógica, Pedagogia empresarial, Psicologia jurídica, Psicomotricidade, Psicopedagogia, Tecnologia educacional, Terapia cognitivo-comportamental e Terapia de família. E o curso de Graduação a Distância de Pedagogia Ferramentas virtuais no Ensino Superior a Distância Ambientes EAD podem ser vistos como sistemas de ensino ou modelos de instrução, visto que apresentam um conjunto de elementos integrados, interrelacionados e interdependentes que buscam um objetivo determinado, no caso a entrega de instrução. Cada ambiente EAD representa por si só um novo sistema de ensino. Eles diferem ligeiramente quanto a forma como trabalham, as dimensões controle e estrutura da instrução. Eles não estão amarrados a apenas uma teoria de ensino, seja ela comportamentalista, cognitivista ou humanista. Buscam, sim, integrar idéias e conceitos de cada uma das correntes teóricas de ensino e por meio disso montar uma proposta de ambiente de ensino. De modo geral, todos os ambientes trabalham com os fatores aluno, assunto e professor Ferramentas virtuais no IAVM Além da tradicional forma de envio pelos correios, o recebimento do material pode ser feito também por CD-ROM ou . Ao mesmo tempo que esta nova modalidade simplifica e agiliza o processo interno de manuseio e

21 21 remessa, barateia o custo final, benefício esse revertido para o aluno em forma de redução das mensalidades Instituto A Vez do Mestre On-Line O Instituto A Vez do Mestre na internet disponibiliza para seus alunos uma página na internet para terem acesso à Secretaria Virtual do que oferece os seguintes serviços: Consulta a dados cadastrais onde o aluno pode verificar seus dados e atualizálos; Quadro de horário dos professores, com link direto para o de cada orientador; Chats diários, de segunda a sexta, com a presença de um professor orientador, em horários previamente agendados, também disponíveis no site; Verificação de resultados nas avaliações; Acompanhamento do andamento dos módulos de orientação monográfica, através do acesso aos conceitos obtidos no Plano de Pesquisa e demais versões de seu trabalho de pesquisa; Mural do aluno: o aluno dos cursos de pós-graduação a distância do IAVM podem encaminhar suas dúvidas para as equipes de professores e tutores através do próprio site do Instituto. Estas dúvidas serão visíveis a todos e podem esclarecer questionamentos de outros alunos dos cursos. O mural é respondido diariamente. Como as perguntas publicadas no mural são públicas, o aluno deve tratar de temas gerais.

22 22 CAPÍTULO III 1. ENSINO SUPERIOR NA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE (UFF) A Universidade Federal Fluminense foi criada em 1960, com o nome de Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFERJ). Em 1961, a Universidade foi federalizada e foram incorporados os estabelecimentos de ensino a ela agregados. Em 1964, o Hospital Municipal Antônio Pedro, hoje Hospital Universitário Antônio Pedro, foi doado pela Prefeitura de Niterói. O nome Universidade Federal Fluminense UFF foi homologado no ano seguinte. A UFF desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, possuindo, na modalidade presencial, cinqüenta e três cursos de graduação (cadastrados no Inep), Cento e quinze cursos de especialização e trinta e cinco programas de pós-graduação, sendo quinze para mestrado doutorado. A Universidade Federal Fluminense tem várias parcerias com instituições de ensino onde são oferecidos dezenas de cursos. Parcerias como a do Departamento de Educação e Cultura do Exército que oferecem os cursos de pós graduação em Sistemas Modernos de Telecomunicações, Instrumentação para o ensino da Matemática e Criptografia e Segurança em Redes. Neste estudo vamos discutir apenas os cursos da Universidade Federal Fluminense oferecidos pelo CEDERJ CEDERJ - Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro Os cursos de graduação e pós graduação a Distância da Universidade Federal Fluminense são ministrados através do CEDERJ - Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro, um consórcio formado pelas

23 23 seis universidades públicas do Estado do Rio de Janeiro: Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ; Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro UENF; Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO; Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ; Universidade Federal Fluminense UFF; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro UFRRJ. O aluno do CEDERJ é regularmente matriculado em uma das universidades públicas consorciadas, como a UFF. Este estudante faz todo o curso de graduação ou pós graduação através do regime semipresencial,com sistema de tutoria por telefone, fax, internet e atendimento presencial, aulas de laboratório nos pólos regionais e estará apto a receber o mesmo diploma dos alunos dos cursos presenciais das universidades participantes. O objetivo do Consórcio CEDERJ é a formação integral dos alunos, para que se transformem em produtores de conhecimento e não em meros receptores de informações. A proposta é realizar cursos de nível superior a distância que ofereçam essa autonomia de estudo, utilizando-se a experiência educativa das universidades consorciadas. O Consórcio CEDERJ, a Educação a Distância media uma relação em que professor e alunos estão fisicamente separados. A interação dos estudantes com os docentes e entre si deve ser garantida por uma comunicação multidirecional, através de diferentes meios tecnológicos. E a aprendizagem deve se realizar pelos seguintes meios: material atraente em linguagem adequada; atividades relevantes e contextualizadas; troca de experiências e interação social; fontes de informação de qualidade. O material didático contém questões e tarefas de conteúdo específico, integrando a avaliação. No final dos cadernos didáticos há uma série de testes, ou exercícios avaliativos que ajudam o aluno a se auto-avaliar em cada disciplina. A interatividade, dos alunos entre si e dos alunos com seus tutores, é ser fortemente estimulada na realização desses exercícios. São desenvolvidas atividades de experimentação nos laboratórios dos Pólos Regionais sob a orientação dos profissionais do Consórcio CEDERJ.

24 24 Os alunos recebem o material didático das disciplinas em forma de material impresso e material digital, disponibilizado na Internet, contando com infra-estrutura de atendimento presencial, em centros locais, e a distância, por professores das universidades consorciadas. O material preparado para o ensino a distância obedece às recomendações do Ministério da Educação. O Consórcio CEDERJ considera que a integração de meios impressos, digitais, de videoconferência, dentre outros, cria ambientes de aprendizagem ricos e flexíveis. Assim, o material é desenvolvido para estimular o trabalho autônomo do aluno. O material é acompanhado de orientações dirigidas ao estudante, que esclarecem os objetivos e estratégias para um bom aproveitamento da educação a distância. Além disso, disponível em diferentes formatos e suportes, o material garante múltiplas alternativas de acesso à informação e prepara os alunos para as mudanças tecnológicas contemporâneas e futuras Ferramentas virtuais na UFF O Ambiente de Aprendizagem a Distância dos cursos de graduação do Consórcio CEDERJ do qual a UFF faz parte é desenvolvido na concepção de uma abordagem construtivista. O Ambiente de Aprendizagem estará disponível na Internet possibilitando o acesso aos conteúdos dos cursos. Esse sistema oferecerá aos alunos: Recursos pedagógicos: vídeos, animações, simulações, links, atividades interativas; opções interatividade com professores, tutores, alunos, biblioteca virtual e todo o conteúdo da Web à disposição; possibilidade de desenvolvimento de autonomia e mais facilidade na busca de informação. Hoje a Internet já é realidade no país, até nas regiões mais carentes. O Brasil já é, em números absolutos, um dos dez países com o maior número de internautas do mundo, que passam mais tempo online. Sabemos que

Unidade I TECNOLOGIA. Material Instrucional. Profª Christiane Mazur

Unidade I TECNOLOGIA. Material Instrucional. Profª Christiane Mazur Unidade I TECNOLOGIA EDUCACIONAL EM EAD Material Instrucional Profª Christiane Mazur Ensinar Ensinar é, também, a arte de estimular o desejo de saber. EAD - Brasil 1904: Correspondência impressos; 1923:

Leia mais

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Pedagógica Pós-graduação Epidemiologia Como surgiu a EAD O

Leia mais

Modelos educacionais e comunidades de aprendizagem

Modelos educacionais e comunidades de aprendizagem Modelos educacionais e comunidades de aprendizagem Temos literatura abundante sobre comunidades de aprendizagem, sobre a aprendizagem em rede, principalmente na aprendizagem informal. A sociedade conectada

Leia mais

RESUMO. PALAVRAS-CHAVE: Educação à distância; Informática; Metodologia.

RESUMO. PALAVRAS-CHAVE: Educação à distância; Informática; Metodologia. 1 O PAPEL DA INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: Um Estudo de Caso no pólo UNOPAR, Machadinho do Oeste - RO Izaqueu Chaves de Oliveira 1 RESUMO O presente artigo tem por objetivo compreender a importância

Leia mais

FAQ Estude Sem Dúvidas

FAQ Estude Sem Dúvidas FAQ Estude Sem Dúvidas Núcleo de Educação a Distância Faculdade Flamingo São Paulo Atualizado em: Outubro/2015 2 Estude sem dúvidas FAQ para os alunos de Pedagogia Presencial Caros alunos e alunas do curso

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD EDITAL 02/2015 - PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES TUTORES A Vice-Reitoria de Graduação e o Centro de Educação a Distância (CEAD/UCB),

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA EDUCAÇÃO ESPECIAL A DISTÂNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Andréa Tonini José Luiz Padilha Damilano Vera Lucia Marostega Universidade Federal de Santa Maria RS RESUMO A UFSM vem ofertando Cursos de Formação

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD!

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! MANUAL DO ALUNO MANUAL DO ALUNO Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! 1. APRESENTAÇÃO Preparado pela equipe da Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância (CEAD) da Universidade

Leia mais

Bem Vindo... 4. A Disciplina de Dependência Interativa... 5. A Organização da Disciplina... 7. O Processo de Ensino e Aprendizagem...

Bem Vindo... 4. A Disciplina de Dependência Interativa... 5. A Organização da Disciplina... 7. O Processo de Ensino e Aprendizagem... 1 2 Sumário Bem Vindo... 4 A Disciplina de Dependência Interativa... 5 A Organização da Disciplina... 7 O Processo de Ensino e Aprendizagem... 10 Sua Semana no Curso... 11 O apoio local ao Ensino Semipresencial...

Leia mais

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES

FACULDADE ZACARIAS DE GÓES FACULDADE ZACARIAS DE GÓES DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Valença Bahia Dezembro 2011 DIEGO DE JESUS BONFIM EDUCAÇÃO ONLINE Resenha a ser apresentada como avaliação da disciplina EAD em Ambiente

Leia mais

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA Ronaldo Vieira Cabral Abdias de Brito Aguiar Júnior José Sidney Nunes de Araújo Resumo: A parte das

Leia mais

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu Ambientação ao Moodle João Vicente Cegato Bertomeu AMBIENTAÇÃO A O MOODLE E S P E C I A L I Z A Ç Ã O E M SAUDE da FAMILIA Sumário Ambientação ao Moodle 21 1. Introdução 25 2. Histórico da EaD 25 3. Utilizando

Leia mais

Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte

Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte Sumário Apresentação O papel do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte Dúvidas 3 5 6 9 10 11 14

Leia mais

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação 2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA 11 PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA O PVANet é o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) de uso exclusivo da UFV. Os AVAs apresentam diferenças de layout, forma de acesso, funcionamento,

Leia mais

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF 1 SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF Fortaleza CE Junho/2009 Karla Angélica Silva do Nascimento - Faculdade Integrada da Grande Fortaleza karla@fgf.edu.br

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EAD CNEC - FAQ

PÓS-GRADUAÇÃO EAD CNEC - FAQ PÓS-GRADUAÇÃO EAD CNEC - FAQ 1 - Quem pode fazer um curso de Pós-Graduação à distância da CNEC? Os cursos de Pós- Graduação da CNEC EAD podem ser realizados por qualquer pessoa que tenha concluído curso

Leia mais

Escola Virtual ENAP: Relato de Experiência

Escola Virtual ENAP: Relato de Experiência 1 Escola Virtual ENAP: Relato de Experiência Maio/2005 190-TC-A5 Tarcilena Polisseni Cotta Nascimento Escola Nacional de Administração Pública ENAP Tarcilena.Nascimento@enap.gov.br Maria Fernanda Borges-Ferreira

Leia mais

Projeto de Design Instrucional

Projeto de Design Instrucional Projeto de Design Instrucional Curso: Educação Financeira Modalidade: EaD on-line o que é Design Instrucional? A ação institucional e sistemática de ensino, que envolve o planejamento, o desenvolvimento

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO (Área de Língua Portuguesa)

FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO (Área de Língua Portuguesa) 1 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Universidade de Brasília Proposta NNS/FUB n.º 017/2006. Referência: Edital de Licitação SEB/MEC Processo n.º 23.000005051/2006-27 Programa de Incentivo à Formação Continuada

Leia mais

Prof. Me. Gilson Aparecido Castadelli

Prof. Me. Gilson Aparecido Castadelli Projeto de Implantação do Núcleo Tecnológico de Educação Aberta - NTEA Prof. Me. Gilson Aparecido Castadelli Ourinhos - 2012 2 1- DADOS GERAIS 1.1 UNIDADE EXECUTORA FIO - FACULDADES INTEGRADAS DE OURINHOS

Leia mais

UMA ANÁLISE DO FORMATO DO ESTÁGIO NAS LICENCIATURAS A DISTÂNCIA DA UFRN. Natal/RN, 05/2009.

UMA ANÁLISE DO FORMATO DO ESTÁGIO NAS LICENCIATURAS A DISTÂNCIA DA UFRN. Natal/RN, 05/2009. 1 UMA ANÁLISE DO FORMATO DO ESTÁGIO NAS LICENCIATURAS A DISTÂNCIA DA UFRN Natal/RN, 05/2009. Auta Stella de Medeiros Germano - SEDIS-UFRN - autastella@yahoo.com.br Categoria (Gerenciamento e Logística)

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

FATORES DE QUALIDADE: PONTOS POSITIVOS DO EMPREGO DA TECNOLOGIA EAD NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DO CONSÓRCIO CEDERJ - UFRRJ

FATORES DE QUALIDADE: PONTOS POSITIVOS DO EMPREGO DA TECNOLOGIA EAD NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DO CONSÓRCIO CEDERJ - UFRRJ FATORES DE QUALIDADE: PONTOS POSITIVOS DO EMPREGO DA TECNOLOGIA EAD NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DO CONSÓRCIO CEDERJ - UFRRJ Rio de Janeiro, RJ, 02/05/2010 Silvestre Prado de Souza Neto UFRRJ silvestrenet0@uol.com.br

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 27/05/2004 (*) Portaria/MEC nº 1.502, publicada no Diário Oficial da União de 27/05/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

Prof.ª Dr.ª do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Prof.ª Dr.ª do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). AS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TICs) NO CONTEXTO DA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL (UAB) E O CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA (EAD) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM) AVINIO, Carina

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 02 PROCESSO DE INTERAÇÃO EM EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Interação em EAD A partir das novas mídias e tecnologias, tais como a televisão, o telefone

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Índice. Introdução... 3 Conhecendo Ambiente de estudo... 4

Índice. Introdução... 3 Conhecendo Ambiente de estudo... 4 Página 1 Índice Introdução... 3 Conhecendo Ambiente de estudo... 4 O QUE É EDUCAÇÃO A DISTANCIA (EAD)?... 4 O que é necessário para estudar em ead?... 4 Quais são as vantagens de estudar a distância?...

Leia mais

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça 1 O Instituto COPPEAD: O Instituto COPPEAD oferece o curso de especialização

Leia mais

05/2009. Ana Silvia Sartori Barraviera Seabra Ferreira Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho ana_silvia@ibb.unesp.

05/2009. Ana Silvia Sartori Barraviera Seabra Ferreira Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho ana_silvia@ibb.unesp. 1 Concepção, desenvolvimento e implantação de educação não presencial na área da saúde: graduação, pós-graduação, especialização e extensão universitária 05/2009 Ana Silvia Sartori Barraviera Seabra Ferreira

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NA BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS DA EAD

A IMPORTÂNCIA DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NA BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS DA EAD A IMPORTÂNCIA DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NA BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS DA EAD Data: 12/04/2007 Elvia Nunes Ribeiro - CEFET-GO elvianr@gmail.com Gilda Aquino de Araújo Mendonça CEFET-GO gaam@cefetgo.br

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - EAD

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - EAD Página 1 EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - EAD Manual de Orientação do Aluno Página 2 ATENÇÃO: O fato de ser A DISTÂNCIA não significa que o curso NÃO TEM TEMPO PARA SER CONCLUÍDO. A flexibilidade é de horário, local,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Perguntas Frequentes Pós-Graduação

Perguntas Frequentes Pós-Graduação 1. Quem pode fazer um curso de a distância da CNEC? Os cursos de da CNEC EAD podem ser realizados por qualquer pessoa que tenha concluído curso superior. Cada um dos cursos da CNEC EAD possui um público-alvo

Leia mais

AS RELAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO

AS RELAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO AS RELAÇÕES DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O TRABALHO DO TUTOR COMO MEDIADOR DO CONHECIMENTO SOEK, Ana Maria (asoek@bol.com.br) Universidade Federal do Paraná (UFPR) - Brasil HARACEMIV,

Leia mais

Projeto do Curso de Especialização em Informática na Educação

Projeto do Curso de Especialização em Informática na Educação Projeto do Curso de Especialização em Informática na Educação - Modalidade a Distância Coordenação FACULDADE DE INFORMÁTICA - FACIN Profa. Dr. Adriana Beiler FACULDADE DE EDUCAÇÃO FACED Profa. Msc. Sônia

Leia mais

XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO FNCE Belém do Pará

XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO FNCE Belém do Pará XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO FNCE Belém do Pará Educação Profissional em EAD; soluções para o Brasil remoto Francisco Aparecido Cordão facordao@uol.com.br EAD: dispositivos

Leia mais

ASPECTOS QUALITATIVOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: O CASO DO CURSO DE PEDAGOGIA EaD DA UFSM

ASPECTOS QUALITATIVOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: O CASO DO CURSO DE PEDAGOGIA EaD DA UFSM ASPECTOS QUALITATIVOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: O CASO DO CURSO DE PEDAGOGIA EaD DA UFSM AVINIO, Carina de S.¹; ENDERLE, Mariana G.²; VISENTINI, Lucas³. 1 Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação

Leia mais

UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE APRENDIZAGEM NO PORTAL ESPAÇO

UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE APRENDIZAGEM NO PORTAL ESPAÇO 1 UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE APRENDIZAGEM NO PORTAL ESPAÇO Luciana Guimarães Rodrigues de Lima Mestranda em Lingüística Aplicada - LATEC- UFRJ, lucianagrlima@globo.com Cristina

Leia mais

Educação a Distância, problemas e desafios. Carlos Bielschowsky. Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj

Educação a Distância, problemas e desafios. Carlos Bielschowsky. Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj Educação a Distância, problemas e desafios Carlos Bielschowsky Presidente da Fundação Cecierj / Consórcio Cederj Educação Superior a Distância no Brasil No exterior vem sendo amplamente utilizada a décadas,

Leia mais

GUIA DO ALUNO EAD EAD DO GUIA ALUNO

GUIA DO ALUNO EAD EAD DO GUIA ALUNO GUIA DO ALUNO EAD GUIA DO ALUNO EAD Guia do Aluno Seja bem-vindo(a) às disciplinas EAD! Agora que você já está matriculado na disciplina online, chegou o momento de ficar por dentro de informações muito

Leia mais

a) As características sob a forma de Ensino à Distância:

a) As características sob a forma de Ensino à Distância: Guia do curso EaD O parecer do Conselho Nacional de Educação, homologado pelo Ministro da Educação por meio de Portaria publicada no Diário Oficial, pode ser encontrado nos termos da Lei 9.394/96 (LDB),

Leia mais

WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES ISSN 2316-7785 WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES Arlam Dielcio Pontes da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco arllan_dielcio@hotmail.com

Leia mais

Consórcio das universidades públicas

Consórcio das universidades públicas GRADUAÇÃO Consórcio das universidades públicas UERJ UNIRIO UENF UFRJ UFF UFRRJ CEFET/ RJ O corpo docente pertence às universidades consorciadas. É dele a responsabilidade do preparo do projeto político

Leia mais

Educação a Distância: Opção Estratégica para Expansão do Ensino Superior Anaci Bispo Paim

Educação a Distância: Opção Estratégica para Expansão do Ensino Superior Anaci Bispo Paim Educação a Distância: Opção Estratégica para Expansão do Ensino Superior Anaci Bispo Paim Conselheira do Conselho Nacional de Educação Câmara de Educação Superior EAD NO BRASIL 1ª Fase: Década de 60 Ensino

Leia mais

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet 57 Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet Hoje em dia ter a Internet como aliada é um recurso indispensável para qualquer educador ou responsável por treinamento corporativo que atue em qualquer

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO Natália Aguiar de Menezes 1 RESUMO: Observa-se que com o passar dos anos o ensino superior

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 03 DOCÊNCIA E TUTORIA NA EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Introdução A Educação a Distância, por meio dos inúmeros recursos didáticos e tecnológicos,

Leia mais

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO GUIA DO ALUNO Prezado(a) Aluno(a), O Guia do Aluno é um instrumento normativo que descreve os padrões de qualidade dos processos acadêmicos e administrativos necessários ao desenvolvimento dos cursos de

Leia mais

PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa

PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa Resumo Este trabalho consiste no relato de experiência de coordenadores de área do Programa

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO NEAD - CESUMAR MANUAL DO ALUNO

PÓS-GRADUAÇÃO NEAD - CESUMAR MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO NEAD - CESUMAR MANUAL DO ALUNO MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO NEAD CESUMAR CURSOS OFERECIDOS Especialização em Administração Pública; Especialização em Atendimento Educacional Especializado

Leia mais

EDUCAÇÃO CONVENCIONAL X EDUCAÇÂO MEDIADA

EDUCAÇÃO CONVENCIONAL X EDUCAÇÂO MEDIADA EDUCAÇÃO CONVENCIONAL X EDUCAÇÂO MEDIADA por Anelise Pereira Sihler é Pedagoga, Especialista em Gestão de Pessoas, Gestão Educacional, Educação a Distância, Educação colaborativa, Relações Humanas, mestre

Leia mais

softwares que cumprem a função de mediar o ensino a distância veiculado através da internet ou espaço virtual. PEREIRA (2007)

softwares que cumprem a função de mediar o ensino a distância veiculado através da internet ou espaço virtual. PEREIRA (2007) 1 Introdução Em todo mundo, a Educação a Distância (EAD) passa por um processo evolutivo principalmente após a criação da internet. Os recursos tecnológicos oferecidos pela web permitem a EAD ferramentas

Leia mais

A TERCEIRA GERAÇÃO DA EAD E SUA INFLUÊNCIA NA DEMOCRATIZAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO

A TERCEIRA GERAÇÃO DA EAD E SUA INFLUÊNCIA NA DEMOCRATIZAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 624 A TERCEIRA GERAÇÃO DA EAD E SUA INFLUÊNCIA NA DEMOCRATIZAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO Fabiane Carniel 1,

Leia mais

PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO

PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO Carlos Eduardo Rocha dos Santos Universidade Bandeirante Anhanguera carlao_santos@yahoo.com.br Oswaldo

Leia mais

O USO DAS FERRAMENTAS DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PELOS ACADÊMICOS DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PROCESSOS GERENCIAIS DO NEAD-CESUMAR

O USO DAS FERRAMENTAS DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PELOS ACADÊMICOS DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PROCESSOS GERENCIAIS DO NEAD-CESUMAR O USO DAS FERRAMENTAS DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PELOS ACADÊMICOS DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PROCESSOS GERENCIAIS DO NEAD-CESUMAR Maringá PR Abril 2011 Adriana Maria Pavezi CESUMAR adriana.pavezi@ead.cesumar.br

Leia mais

PROPOSTAS DE EAD NO ENSINO SUPERIOR, SOB A ÓTICA DA LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL 1

PROPOSTAS DE EAD NO ENSINO SUPERIOR, SOB A ÓTICA DA LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL 1 PROPOSTAS DE EAD NO ENSINO SUPERIOR, SOB A ÓTICA DA LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL 1 Elaine Turk Faria 1 O site do Ministério de Educação (MEC) informa quantas instituições já estão credenciadas para a Educação

Leia mais

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS São Paulo SP Maio 2012 Setor Educacional Educação Corporativa Classificação das Áreas

Leia mais

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD.

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. 2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer a opinião

Leia mais

TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA

TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA 1 O acesso a plataforma educacional do colégio kadima deverá ser feito através do endereço: http://edunote.com.br/kadima/ 2 Na tela que segue,

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA A DISTÂNCIA DA UFF: UMA EXPERIÊNCIA COM ÊXITO. Kátia L. Dal Bello 1 Mauro de A. Santos 2 Regina C. M.

CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA A DISTÂNCIA DA UFF: UMA EXPERIÊNCIA COM ÊXITO. Kátia L. Dal Bello 1 Mauro de A. Santos 2 Regina C. M. CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA A DISTÂNCIA DA UFF: UMA EXPERIÊNCIA COM ÊXITO. Kátia L. Dal Bello 1 Mauro de A. Santos 2 Regina C. M. Bragança 3 Coordenação do curso de Licenciatura em Matemática a

Leia mais

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR)

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) 2- FÓRUM O fórum serve para avaliar os alunos através da participação na discussão sobre um ou mais assuntos, inserção de textos ou arquivos. Os fóruns de discussão compõem uma

Leia mais

Tutorial Moodle Visão do Aluno

Tutorial Moodle Visão do Aluno Tutorial Moodle Visão do Aluno A P R E S E N T A Ç Ã O A sigla MOODLE significa (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment), em inglês MOODLE é um verbo que descreve a ação ao realizar com gosto

Leia mais

Manual do aluno online

Manual do aluno online Manual do aluno online Os 10 mandamentos do aluno de educação online 1 1. Acesso à Internet: ter endereço eletrônico, um provedor e um equipamento adequado é prérequisito para a participação nos cursos

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Tópicos Especiais Informática Educativa no Brasil Professor: Fernando Zaidan 1 Referências: SANTINELLO, J. Informática educativa no Brasil e ambientes

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD

FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD 1 FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD Elisangela Lunas Soares UNICESUMAR Centro Universitário Cesumar elisangela.soares@unicesumar.edu.br Alvaro Martins Fernandes Junior UNICESUMAR Centro Universitário Cesumar

Leia mais

ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO

ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO COLÉGIO MILITAR DO RIO DE JANEIRO GUIA BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DA REDE COLABORATIVA Construçãoo de Saberes no Ensino Médio ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO CMRJ - 2010 2 LISTA DE FIGURAS Figura 01: Exemplo de

Leia mais

Relatório Técnico de Pesquisa

Relatório Técnico de Pesquisa Projeto 5: Projeto de Pesquisa: Tele-Enfermagem para a América Latina: implantando uma rede de facilitadores em informática em Enfermagem Coordenação: Prof a Drª Maria Madalena Januário Leite Equipe de

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONSULTORIA EMPRESARIAL A DISTÂNCIA VIA INTERNET

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONSULTORIA EMPRESARIAL A DISTÂNCIA VIA INTERNET CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONSULTORIA EMPRESARIAL A DISTÂNCIA VIA INTERNET EDUARDO GONÇALVES d AVILA FILHO, MARGARETE LAZZARIS KLEIS E SELMA KOVALSKI FERNANDES eduardo@ctai.rct-sc.br, margarete@sc.senai.br,

Leia mais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação

Leia mais

CRITÉRIOS E INDICADORES PARA A ESCOLHA DE MATERIAIS DIDÁTICOS EM CURSOS ON-LINE

CRITÉRIOS E INDICADORES PARA A ESCOLHA DE MATERIAIS DIDÁTICOS EM CURSOS ON-LINE CRITÉRIOS E INDICADORES PARA A ESCOLHA DE MATERIAIS DIDÁTICOS EM CURSOS ON-LINE 05/2007 Fátima Cristina Nóbrega da Silva Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) fatimacristina.hope@petrobras.com.br

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Rede São Paulo de Formação Docente MANUAL DO TUTOR Cursos de Especialização para o Quadro do Magistério São Paulo-2010 BEM-VINDO AOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO DA REDEFOR Prezado

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO

ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO CONCEPÇÃO DO CURSO O curso de Pós-graduação Lato Sensu Especialização em Propriedade Intelectual e Inovação faz parte do Programa de Capacitação dos

Leia mais

Módulo 1. Introdução. 1.1 O que é EAD?

Módulo 1. Introdução. 1.1 O que é EAD? Módulo 1. Introdução Cada vez mais o mundo social e do trabalho necessitam de sujeitos capazes de fazer a diferença através de suas ações e atitudes. A utilização do ambiente virtual, como meio de interação

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 70 A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O USO DE AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA Rita de Cássia Viegas dos Santos

Leia mais

Sistema Tutor Inteligente baseado em Agentes. Pedagógicas da Universidade Aberta do Piauí. Prof. Dr. Vinicius Ponte Machado

Sistema Tutor Inteligente baseado em Agentes. Pedagógicas da Universidade Aberta do Piauí. Prof. Dr. Vinicius Ponte Machado Sistema Tutor Inteligente baseado em Agentes na Plataforma MOODLE para Apoio às Atividades Pedagógicas da Universidade Aberta do Piauí Prof. Dr. Vinicius Ponte Machado Parnaíba, 14 de Novembro de 2012

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul ANEXO I MANUAL DE ALTERAÇÃO DE PPCs DE CURSOS SUPERIORES

Leia mais

Manual do Moodle para alunos. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1

Manual do Moodle para alunos. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 Manual do Moodle para alunos (Versão 1.0) 29/Junho/2009 Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 O que é?... 3 Acesso... 4 Atualizando suas informações... 4 Enviando Mensagens... 5 Acessando os seus cursos...

Leia mais

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3 ENSINO A DISTÂNCIA: UMA ANÁLISE DO MOODLE COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE (IFC) - CÂMPUS ARAQUARI

Leia mais

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área;

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n. 66/ 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Computação, Licenciatura

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E NEGÓCIOS

ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E NEGÓCIOS 1 ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E NEGÓCIOS Carga MBA Horária de A 420 DISTÂNCIA horas ou 12 meses Aprofundar Objetivo área de finanças conhecimentos e negócios. específicos relativos às habilidades dos profissionais

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

ESTUDO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR NA CIDADE DE PORTO VELHO

ESTUDO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR NA CIDADE DE PORTO VELHO ESTUDO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR NA CIDADE DE PORTO VELHO Porto Velho - RO - 03/2010 Sara Luize Oliveira Duarte, Universidade de Taubaté, saralod@msn.com Walace

Leia mais

Carloney Alves de OLIVEIRA Centro de Educação, Universidade Federal de Alagoas Maceió, Alagoas, 57.072-970, Brasil 2002)[6].

Carloney Alves de OLIVEIRA Centro de Educação, Universidade Federal de Alagoas Maceió, Alagoas, 57.072-970, Brasil 2002)[6]. Um olhar sobre o aprender e o navegar com as interfaces disponíveis no Moodle: o aluno online no curso de Licenciatura em Física a distância da UAB/UFAL Carloney Alves de OLIVEIRA Centro de Educação, Universidade

Leia mais

Elementos Centrais da Metodologia

Elementos Centrais da Metodologia Elementos Centrais da Metodologia Apostila Virtual A primeira atividade que sugerimos é a leitura da Apostila, que tem como objetivo transmitir o conceito essencial de cada conteúdo e oferecer caminhos

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle

Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle No INSEP, o ambiente virtual de aprendizagem oferecido ao acadêmico é o MOODLE. A utilização dessa ferramenta é fundamental para o sucesso das atividades em EAD,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 20/1/2005 (*) Portaria/MEC nº 174, publicada no Diário Oficial da União de 20/1/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais