RENOVÁVEIS. Os cinco principais riscos que enfrentam as empresas do sector das renováveis

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RENOVÁVEIS. Os cinco principais riscos que enfrentam as empresas do sector das renováveis"

Transcrição

1 ESTE SUPLEMENTO FAZ PARTE INTEGRANTE DO DIÁRIO ECONÓMICO Nº 5765 DE 25 DE SETEMBRO DE 2013 E NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE Energias RENOVÁVEIS Os cinco principais riscos que enfrentam as empresas do sector das renováveis Michael Buholzer / Reuters Painéis fotovoltaicos vão passar a ser sinónimo de poupança Produção de energia limpa bateu recordes até Junho Os negócios e as estratégias das maiores empresas

2 II Diário Económico Quarta-feira 25 Setembro 2013 ENERGIAS RENOVÁVEIS EDITORIAL Existo, logo produzo energia Quando poderão os portugueses produzir a sua própria electricidade? Estará o paradigma prestes a mudar? Os maiores riscos do sector das renováveis PÁGINA 4 Entrevista a António Sá da Costa, presidente da APREN PÁGINA 5 Painéis fotovoltaicos vão ser sinónimo de poupança PÁGINA 6 Entrevista à Associação Europeia da Indústria Fotovoltaica PÁGINA 6 Martifer tem o maior projecto da América Latina PÁGINA 8 As empresas do sector das energias renováveis PÁGINAS 10 A 15 Director: António Costa Director-executivo: Bruno Proença Subdirectores: Francisco Ferreira da Silva e Helena Cristina Coelho Editora: Irina Marcelino Redacção: Irina Marcelino e Raquel Carvalho Produção: Ana Marques (chefia), Artur Camarão, Carlos Martins e João Santos Departamento Gráfico: Dário Rodrigues (editor) e Ana Maria Almeida Tratamento de Imagem: Samuel Rainho (coordenação), Paulo Garcia e Tiago Maia Presidente: Nuno Vasconcellos Vice-presidente: Rafael Mora Administradores: Paulo Gomes, António Costa e Gonçalo Faria de Carvalho Director Geral Comercial: Bruno Vasconcelos Redacção Rua Vieira da Silva, nº45, Lisboa, Tel.: / Fax: Santiago Ferrero / Reuters Ahistória foi lembrada na semana passada no Finantial Times, que conta como Wildpolsried, uma vila alemã, se tornou mais do que auto- -sustentável. A electricidade consumida é produzida em painéis solares colocados nas casas. O calor é produzido numa central de biomassa comum. As turbinas eólicas são financiadas pelos moradores e as quintas agrícolas produzem electricidade com base no biogás. Conclusão? Os habitantes desta vila produzem cinco vezes mais do que a electricidade de que precisam. Além de a usarem, vendem a que não precisam à rede e ganham anualmente com isso cinco milhões de euros. A Alemanha é constantemente apresentada como exemplo na área das energias renováveis. Mas a crise também está a chegar a este país. E apesar de, estimam os especialistas, a Alemanha já ter investido um bilião de euros em subsídios às energias renováveis, são muitas as empresas que hoje estão a falir. O tema está a ser discutido a um nível bastante à frente do português. E discute-se porque o preço da electricidade na Alemanha é caro, mais do que no resto da Europa. Mas não só. Há ainda quem ponha em causa a necessidade de redes eléctricas de alta tensão para levar a energia das fontes renováveis para outros locais. Afinal, porque não podem as pessoas e as empresas produzir a sua própria energia (limpa), em locais próximos das suas casas ou nas suas próprias casas? Claro que já existem casos destes também em Portugal. Mas a maioria das pessoas - e das empresas - produz para vender à rede. Ou seja, produz energia só porque existe (ou existia) uma mais-valia financeira. Até ao final deste ano, esperam as associações, entrará em vigor um diploma que regulará todas as produções em regime especial. E a obrigatoriedade de vender 100% à rede - a que estavam votados os produtores - poderá mudar para a possibilidade de consumir o que se produz. A lei não resolverá tudo, como é óbvio. Os problemas relacionados com a armazenagem, a ligação a redes inteligentes ou as dificuldades de integração arquitectónica continuarão a existir, apesar de todos os dias surgirem novas soluções que podem abrir portas a um admirável novo mundo. É caso para se perguntar se chegou a hora de apostar na produção para consumo próprio. IRINA MARCELINO Afinal, porque não podem as pessoas e as empresas produzir a sua própria energia (limpa), em locais próximos das suas casas ou nas suas próprias casas?

3 PUB

4 IV Diário Económico Quarta-feira 25 Setembro 2013 ENERGIAS RENOVÁVEIS A DST RENOVÁVEIS tem actualmente projectos em fase final de negociação em África e na América do Sul, mas está também presente na Europa e na América do Norte. A actuar no sector da energia solar, com centrais fotovoltaicas, na eólica, como promotores de vários parques e na hídrica, com pequenas centrais, a empresa do Grupo DST, obteve, em 2012 uma facturação superior a 23,2 milhões de euros. Indefinição política lidera os riscos que enfrentam as empresas Empresas consideram que a indefinição da estratégia política para o sector tem afectado os seus negócios. IRINA MARCELINO E RAQUEL CARVALHO Aterceira tranche do empréstimo do Banco Europeu de Investimento ainda não chegou às mãos do cluster eólico ENEOPe,senãofosseaintervenção dos seus accionistas, que se subsituiram e injectaram dinheiro na empresa, provavelmente a empresa não teria tido capacidade de continuar a investir em Portugal, onde já tem 1000 MW instalados. Os problemas de financiamento do consórcio, constituído pela EDP, ENERCON, FINERGE, GENERG e TP têm acontecido porque o BEI pede cada vez mais garantias e pormenores técnicos, mais do que pediu para a primeira e segunda tranches do empréstimo, disse Aníbal Fernandes, presidente da ENEOP ao Diário Económico. Os problemas ligados ao financiamento são apontados por empresas de todos os quadrantes como um problema que as tem atingido, e o mesmo se passa na área das renováveis. Mas não só. A corretora de seguros Marsh, e que é também especialista em consultoria de risco fez, a pedido do Diário Económico, um ranking dos cinco principais riscos que as empresas do sector renovável enfrentam. O risco político aparece em primeiro lugar, as garantias de financiamento em segundo e o risco regulatório em terceiro. Três temas que as empresas portuguesas bem conhecem, quer no mercado português, quer em muitos dos mercados internacionais para onde se expandem. Ângelo Soares, responsável pelas Energias Renováveis da Efacec, considera que a situação económica global, e em particular a europeia, tem vindo a dificultar o acesso dos vários players, sejam eles promotores, fabricantes, instaladores ou investidores de longo prazo, aos financiamentos indispensáveis, ou quase, para que surjam novos projectos. Além disso, muitos países têm-se visto obrigados a rever os seus esquemas regulatórios e de suporte às renováveis, em alguns casos com efeitos retroactivos, o que tem posto em causa as expectativas de promotores e investidores. Por outro lado, as entidades financiadoras revêm as suas políticas em face destes novos riscos. A dificudade no financiamento e as constantes alterações às leis têm, assim como o des- Os cinco principais riscos do sector: 1º Risco Político 2º Garantias de Financiamento 3º Risco Regulatório 4º Business Interruption / Yield Guarantee 5º Transporte e Logística conhecimento em relação às políticas para o sector - tem sido, assim, inimigos do sector. De acordo com Miguel Matias, vice-presidente e fundador do grupo Selfenergy, não há nenhuma estratégia para o sector por parte do Governo, mas acredita que o novo Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, a quem o Diário Económico pediu uma entrevista sobre o sector mas que foi recusada, possa reverter esta nulidade de estratégia e acção e possa compensar nos dois anos que faltam o vazio de ideias e projectos destes dois anos. José Teixeira, presidente do conselho de administração da DST Renováveis, refere a acentuada diminuição das tarifas aplicadas à produção de energia com base em fontes renováveis como um factor que afectou um mercado interno que estva a ser pioneiro. O responsável defende ser importante o país ter um enquadramento legal que permita a continuidade deste sector, ainda que minimizando custos financeiros para o Estado, o que poderá ser feito através do lançamento de bases legais que enquadrem o sector. Falta acima de tudo entender as energias renováveis e a produção descentralizada de energias como desígnios estratégicos e deter políticas e planos de acção que não mudem a cada legislatura, defende Frederico Rosa, administrador da Sunenergy. Portugal possui empresas de grande capacidade, profissionais qualificados e um grande conhecimento interno transversal a toda a indústria, diz, lembrando também a indefinição do sector e o facto desta levar a que muitos profissionais saiam do País. Na opinião de Miguel Matias, para Portugal voltar a ser mais atractivo nas renováveis falta uma aposta mais coerente e consistente, sem entraves administrativos ou alterações constantes em leis. Seria muito interessante iniciar-se o processo da eficiência energética no sector público onde o Estado poderia poupar mais de um milhão de euros por semana, diz, frisando também a importância de se liberalizar a possibilidade de venda à rede de fontes renováveis, num regime de net metering, onde o que se vende poderá ser compensado pelo que se compra, sem necessidade de registos de renováveis na hora que se tornam num ano ou mais.

5 Quarta-feira 25 Setembro 2013 Diário Económico V O NÚMERO DE PATENTES portuguesas na área da ecoinovação tem vindo a descer desde 2009, ano em que bateu o recorde de 57 pedidos. Este ano foram pedidas 13 patentes nesta área, em , em e em Para o professor do ISCTE Business School Sandro Mendonça, que recolheu os dados desde 1908, o boom das patentes destas tecnologias está agora a acalmar devido às políticas seguidas. DESDE SETEMBRO QUE a fábrica da empresa portuguesa Energie produz bombas de calor, peças indispensáveis para o aquecimento de águas por via solar. Até ao momento, produzem cerca de 200 bombas de calor entre splites e monoblocos, que exportam 32 países, entre os quais o Reino Unido, França, Espanha e Itália. No próximo ano contam entrar nos Estados Unidos. OPINIÃO:???????????????????????????????????????????????? 3 PERGUNTAS A ANTÓNIO SÁ DA COSTA RESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE ENERGIAS RENOVÁVEIS Não cobrar o verdadeiro custo da electricidade leva a falsas ideias António Sá da Costa defende maior informação ao consumidor sobre o déficit tarifário e aponta o dedo à dupla tributação e à falta de incentivos para quem quer consumir a sua própria electricidade. Infografia: Marta Carvalho Quais as suas expectativas quanto ao que o novo ministro possa vir a fazer pelo sector? O ministro Jorge Moreira da Silva está no lugar hámenosdemêsemeioeestáatomarcontacto com o sector pelo que não vou apontar objectivos e metas. Tem um profundo conhecimento da área e das implicações que as alterações climáticas induzidas pela queima de combustíveis fósseis, pelo que irá certamente actuar tendo isto em linha de conta. A defesa de se estabelecer um calendário para implementação das redes transeuropeias de gás e electricidade são um bom indício. O que não devia ter sido feito em Portugal? No sector eléctrico, a falta de informação simples e clara para o consumidor do que se está a passar com o déficit tarifário, quem e como foi originado e como se vai ter que o eliminar. O facto de não se cobrar o verdadeiro custo da electricidade, desde a produção até à entrega no consumidor, leva a falsas ideias que a electricidade são baratas e não leva à poupança e eficiência. A factura eléctrica deveria ser expurgada de custo que não tem nada que ver com a electricidade, como a taxa audiovisual. Não se pode ter um discurso dizendo que se está a favor das renováveis e depois legislar- -se em sentido contrário, não ouvindo quem está no terreno, como na legislação produzida pelo anterior ministro da Economia, conduz a uma paragem da electricidade renovável e está a espalhar a desconfiança entre os investidores estrangeiros que estão a desfazer-se dos activos no país. O que falta para as pessoas e empresas produzirem e consumirem a sua própria electricidade? Não falta nada a nível legal, exceptuando um vazio provocado pela falta de um diploma, portaria ou regulamento, que clarifique tecnicamente esta actividade. Há falta de informação, de incentivos fiscais e de crédito bancário. Além disso, o auto produtor, como não é totalmente autosuficiente tem de estar ligado à rede, e o operador obriga-o a pagar uma tarifa de acesso, o que já é pago pelo facto de ele ser consumidor, isto é, há um duplo pagamento pelo mesmo acesso à rede. R.C.

6 VI Diário Económico Quarta-feira 25 Setembro 2013 ENERGIAS RENOVÁVEIS Alexandre Cruz,presidente da Associação de Empresas do Sector Fotovoltaico, acredita que a evolução tencológica trará soluções que vão facilitar a autoproduçao de energia eléctrica. 4 PERGUNTAS A MARIE LATOUR, SENIOR NATIONAL POLICY ADVISOR DA EPIA (ASSOCIAÇÃO EUROPEIA DA INDÚSTRIA FOTOVOLTAICA Paulo Alexandre Coelho Painéis fotovoltaicos vão passar a ser vistos como uma poupança O presidente da APESF acredita que o futuro está na produção para consumo. IRINA MARCELINO Osector fotovoltaico passa por uma fase conturbada, mas esta crise vai contribuir para uma mudança de paradigma, acredita o presidente da Associação Portuguesa das Empresas do Sector Fotovoltaico (APESF), Alexandre Cruz. As pessoas vão deixar de ver a instalação de painéis fotovoltaicos como um investimento financeiro e sim como uma forma de poupança energética e, em última análise, financeira, defende. Estamos a passar de uma política de venda à rede para uma política de autoconsumo, considera Alexandre Cruz, dizendo saber que o Governo estará a preparar um decreto-lei que vai regular o autoconsumo de energia eléctrica. Apesar de não saber exactamentequando sairá esse diploma e, concretamente qual será o seu conteúdo, a APESF acredita que os apoios à produção vão acabar totalmente. O mesmo já estará a acontecer, por exemplo, na Alemanha, onde o fim das tarifas feed in têm estado a contribuir para uma redifinição do sector(ver entrevista ao lado). Alexandre Cruz lembra, no entanto, que neste país há apoios a quem concilia produção com armazenamento. EmPortugal, a microprodução foi responsável por 117 GWh até Junho deste ano, um valor que ultrapassou o registado em 2012 por inteiro. No entanto, a maioria desta microprodução é vendida à rede, o que aliás é obrigatório por lei. Quem faz autoprodução explora uma série de vazios legais. Daí a importância de uma lei que regule a autoprodução. Será um incentivo, seja à poupança energética seja ao negócio da minigeração, que tem sido prejudicado, considera o presidente da APESF, que representa cerca de 37 empresas, entre os quais os maiores fabricantes de material fotovoltaico com expressão internacional. Ainda no que repeita à micro e miniprodução, Alexandre Cruz acredita que com o fim das tarifas apoiadas, este ano a oferta de de potência vai ser maior que a procura, tendência bastante diferente da registada até agora. Daí a importância da aposta na produção para consumo. Acredito em vários sistemas pequenos, em detrimento de sistemas grandes também porque uma das suas vantagens é alimentar pequenas e micro empresas que põem a economia a funcionar, acredita. A indefinição de políticas públicas na área das renováveis tem levado ao encerramento de muitas empresas, sendo a maioria precisamente micro e pequenas. A indefinição é um risco para qualquer sector, e tem estado a causar danos nas empresas do sector fotovoltaico. José Andrade, manager da Unidade de Negócio Solar da Schneider Electric Portugal, resume o problema: A paz de espírito é fundamental e hoje nem todas as empresas de energia solar fotovoltaica existentes podem oferecer garantias de que peças de reposição, serviços e suporte técnico estarão continuamente disponíveis nos próximos 20 ou mais anos de vida de uma instalação solar. com R.C. As empresas sobre a autoprodução As pessoas têm aderido à micro produção e o investimento continua a ser rentável. A auto produção aumentará a velocidade no sentido de mais pessoas serem produtoras. JOSÉ TEIXEIRA presidente do conselho de administração da DST Renováveis Já começam a aparecer os primeiros projectos de autoconsumo em Portugal, a juntarem-se aos projectos de ligação à rede existentes, sendo este um caminho imparável. FREDERICO ROSA Administrador da Sunenergy O futuro será sempre produzindo e consumindo a própria energia e não só electricidade, pois com a água quente se poderá passar o mesmo, utilizando mais o sol e a biomassa e menos o gás ou a electricidade. MIGUEL MATIAS Vice presidente e Fundador do Grupo Self Energy O potencial de Portugal no fotovoltaico é muito grande Que tipo de medidas considera necessárias para desenvolver mais o auto-consumo de electricidade em Portugal? Em primeiro lugar, a eliminação progressiva dos preços regulados da electricidade a nível retalhista - se for definido num nível em que não reflictam os custos, os preços regulados impedem a concorrência e representam uma barreira de entrada para o auto-consumo de electricidade fotovoltaica. Em segundo, para autorizar o auto-consumo, tem de se conceder o direito de consumir localmente a energia produzida pelo próprio consumidor ou produzida na mesma área. Para garantir uma distribuição justa dos custos da rede entre os vários stakeholders da rede, os auto-consumidores de fotovoltaico não devem pagar os custos da electricidade produzida e que não é injectada na rede porque é imediatamente consumida. Há ainda que se favorecer o desenvolvimento de smartmeters, melhorar a gestão da procura eoarmazenamentoatravés de incentivos de mercado e ou incentivos na área da investigação e desenvolvimento. Na Alemanha, as energias renováveis sempre foram uma obsessão, mas a crise parece ter chegado ao sector.como se explica? As tarifas feed-in têm vindo a ser reduzidas há mais de um ano e estão actualmente abaixo dos preços praticados no mercado da electricidade. Além de ser favorável para o desenvolvimento da auto-consumo, tal também significa que o mercado está a funcionar de forma diferente. Os consumidores têm agora um comportamento direccionado à poupança de energia, em vez de impulsionado pela rentabilidade esperada do investimento. As empresas terão de desenvolver novas estratégias de marketing e o mercado vai precisar de tempo para se adaptar. O que pensa sobre o potencial de Portugal nesta área? O potencial do fotovoltaico em Portugal é de facto muito grande. No relatório Connecting the Sun, da EPIA, as estimativas apontam para a possibilidade de Portugal ter mais de 3 GW ligados à rede em 2020 e 8 GW até Os apoios públicos são sempre fundamentais? Se não conseguir consumir 100% da electricidade que produz o que geralmente sucede no sector residencial - é necessário um certo nível de apoio público. Mesmo num cenário de consume a 100%, o quadro regulamentar deve sempre assegurar que é expectável uma rendibilidade do investimento. O que significa que nenhuma taxa adicional de rede deve ser imposta, pois isso reduziria a rentabilidade e poderia tornar os investimentos inviáveis. I.M.

7 PUB

8 VIII Diário Económico Quarta-feira 25 Setembro 2013 ENERGIAS RENOVÁVEIS Martifer Solar tem em mãos o maior projecto da América Latina Empresa acredita ser na América Latina e na Ásia que haverá mais procura de energia solar. Bruno Barbosa Efacec aposta na Europa Central e África do Sul O novo conceito de negócio já tem parceiros e vai permitir alterar a forma como vemos a rede energética. Bruno Barbosa Grupo Jayme da Costa aposta na internacionalização A Jayme da Costa é um dos grandes grupos portuguesas a trabalhar no sector fotovoltaico. Presente em Angola, Cabo Verde, Moçambique, Macau, Brasil, Uruguai, Espanha, França, Roménia e Itália, a empresa, uma das mais conceituadas no ramo da engenharia, construção de equipamentos eléctricos e instalações de baixa e média tensão, tem uma esfera de acção bastante alargada, construindo centrais hidroeléctricas, centrais solares fotovoltaicas, térmicas e actuando ainda na área da cogeração e de parques eólicos. A Martifer Solar tem em execução um projecto chave-na-mão no México, com uma capacidade de 38 MW, o maior da América Latina, informa Gustavo Fernandes, COO da Martifer Solar. A empresa tem nos mercados internacionais grande parte do foco de acção, estando presente em cerca de 25 países, em quatro continentes. O responsável diz acreditarqueaaméricalatinaeaásia são os mercados onde a Martifer Solar prevê que possa haver um crescimento da procura de energia solar nos próximos anos, daí que se esteja a posicionar nestas geografias. A capacidade da empresa no sector é comprovada pelo seu track record internacional de 400 MW instalados em 475 sistemas fotovoltaicos, frisa Gustavo Fernandes que revela que 2013 está a mostrar algum crescimento da actividade principalmente fora da Europa. O responsável salienta que, com as recentes medidas impostas pela Comissão Europeia no que diz respeito às investigações sobre os equipamentos fabricados na China, que levaram ao aumento de preços, no sector prevê-se que a queda de investimento na Europa continue, e acredita que, com todas estas alterações decididas a um nível estritamente político levam a que o futuro do sector passe obrigatoriamente por novas geografias. A Martifer Solar é um player global, verticalmente integrado e com um papel de liderança no mercado fotovoltaico. Fundada em 2006, a empresa sediada em Oliveira de Frades e emprega cerca de 400 colaboradores. A empresa abrange todas as fases do negócio, com soluções completas para o desenvolvimento de projectos fotovoltaicos em qualquer parte do planeta, EPC, através de um modelo soluções completas 360º, serviço especializado de operação e manutenção e distribuição, através da marca MPrime. R.C. EDP Renováveis inaugura dois parques eólicos Só este mês a EDP Renováveis inaugurou dois parque eólicos, um na Polónia e outro em Espanha, mercado que juntamente com os EUA é dos mais fortes na actividade internacional da empresa que está presente em onze países. A empresa, do grupo EDP, está actualmente focada nos mercados externos e registou, no primeiro semestre de 2013, uma subida nas receitas de 12%. A EDP, por seu turno, é hoje o terceiro maior operador de energias renováveis na Península Ibérica e o terceiro maior player mundial em energia eólica. Europa Central, África do Sul e América do Sul são os novos destinos dos negócios da Efacec na área das energias renováveis. Ângelo Soares, director da Divisão de Renováveis da empresa, disse ao Diário Económico que a Efacec concretizou uma encomenda para dois projectos da EDP Renováveis na Roménia, um com 12 MW e outro com 10 MW, distantes mais de 100 quilómetros um do outro a sudoeste do país. Este terá sido a primeira incursão da EDP Renováveis na área fotovoltaica, razão pela qual, afirma Ângelo Soares, tem havido alguma aprendizagem conjunta, de forma a estabelecer os standards para os projectos futuros. Em opinião do responsável, esta obra passa a ser, sem dúvida, uma referência da maior relevância. Através dela, e potenciada pelo óptimo desempenho em exploração dos outros projectos construídos na Europa Central, espera-se que este continue a ser um mercado importante para a Efacec, apesar da incerteza no enquadramento das renováveis em alguns dos países da região. Ainda sobre o tema da internacionalização dos negócios das renováveis, a Efacec está de olhos postos na África do Sulum país onde o tema renováveis tem vindo a ser tratado duma forma bastante rigorosa fruto da aprendizagem com erros doutros países. Ainda em África, o responsável da Efacec refere uma vertente que tem vindo a ganhar expressão: o abastecimento de electricidade a regiões remotas de África, através de sistemas stand alone que associam centrais fotovoltaicas com sistemas de armazenagem e fontes tradicionais, onde a capacidade de engenharia e de integração da Efacec constituem uma mais-valia. Na América do Sul, onde vários países se vão interessando de forma cada vez mais notória pelas centrais fotovoltaicas, a Efacec já está a construir, no Brasil, uma obra de referência na sede de uma companhia distribuidora de electricidade. I.M.

9 Quarta-feira 25 Setembro 2013 Diário Económico IX OPINIÃO Renováveis: um desafio global A experiência portuguesa na integração das fontes renováveis na rede de transporte é um exemplo internacional. Portugal tem uma vasta experiência na integração e produção de energia eléctrica a partir de Fontes de Energia Renovável (FER), que remonta a meados do século XX como testemunha o aproveitamento sistemático do seu potencial hidroeléctrico. Na primeira década do novo milénio, Portugal assistiu a um novo impulso no domínio da integração de renováveis a partir de uma fonte endógena, a eólica, tendo sido, em 2012, responsável por 20% de toda a energia eléctrica consumida em Portugal continental, e, no primeiro semestre de 2013, contribuiu para que a parcela das FER atingisse uns expressivos 67% de toda a electricidade consumida nesse período. Neste âmbito, Portugal tem acompanhado e promovido activamente o desenvolvimento de novas tecnologias emergentes, JOÃO AFONSO Director de Planeamento e Energia da REN (Rede Eléctrica Nacional) O desenvolvimento da rede nacional de transporte é essencial para a integração sistemática e tecnicamente sustentada de energia renovável. quer ao nível da produção de eletricidade, nomeadamente a partir de fontes renováveis ou de fontes de geração distribuída, quer ao nível das infraestruturas, necessárias para transportar essa energia até aos pontos de consumo. O tipo de tecnologia não-convencional das novas centrais como, por exemplo, osnovosreforçosdepotência em aproveitamentos hidroeléctricos com grupos reversíveis de velocidade variável e o carácter intermitente das FER, para além de colocarem um desafio à gestão operacional das redes e do próprio sistema eléctrico global, apresentam características transitórias que estabelecem um novo paradigma e colocam ênfase no desempenho das redes em tempo real. O desenvolvimento da rede nacional de transporte é essencial para a integração sistemática e tecnicamente sustentada de energia renovável com aquelas características. Com a crescente consciência mundial sobreosimpactosambientais, a globalização deste tema tem posicionado as abordagens tradicionalmente de âmbito nacional para a esfera de planos regionais e intercontinentais, em que as interligações das redes constituem um aspecto central de desenvolvimento futuro, com vista ao cumprimento dos objectivos de política energética e à construção de um mercado integrado de âmbito europeu. O conhecimento que Portugal desenvolveu, fruto do investimento e consequente aumento de integração das energias renováveis no passado recente, é reconhecido internacionalmente. A partilha da nossa experiência, nomeadamente na integração em larga escala destas fontes de energia na rede de transporte, constitui um factor de reconhecimento e de aposta em Portugal e nas empresas portuguesas como parceiros neste domínio. PUB

10 X Diário Económico Quarta-feira 25 Setembro 2013 ENERGIAS RENOVÁVEIS DST Energias Renováveis, SGPS, S.A. Energie EST LDA Administradores José Gonçalves Teixeira Joaquim Gonçalves Teixeira Avelino Gonçalves Teixeira Áreas de Actuação/Serviços Energia Solar Fornecimento em regime EPC (Engineering, Procurement and Constrution) de Centrais Solares Fotovoltaicas de pequena e média dimensão (Micro e Minigeração), de Parques Solares Fotovoltaicos e de centrais solares térmicas. Produção de Módulos Fotovoltaicos. Eficiência Energética Realização de Auditorias Energéticas. Realização de Certificação Energética no âmbito do RSECE (Regulamento dos Sistemas Energéticos de Climatização de Edifícios) e do SGCIE (Sistema de Gestão de Consumidores Intensivos de Energia). Energia Hídrica Prospecção, licenciamento, construção e operação de Pequenas Centrais Hídricas (PCH). Energia Eólica Prospecção, licenciamento e construção de Parques Eólicos, nomeadamente, nas especialidades de engenharia civil (acessos, fundações, subestações). Manutenção e Operação e Monitorização Ambiental. JOSÉ TEIXEIRA Presidente do Conselho de Administração CONTACTOS Morada: Lugar de Bouçós, Gême Vila Verde, Portugal Tel.: / Fax: Site: Área de actuação Fabricação de painéis solares termodinâmicos FABRICA DE PAINÉIS SOLARES TERMODINÂMICOS E BOMBAS DE CALOR. Fundada em 1981, a ENERGIE é detentora de um know how de cerca de 30 anos na fabricação de Sistemas Solares Termodinâmicos e bombas de calor (AQS). Antecipar e evoluir são a chave de sucesso. Nada pode ser deixado ao acaso e nesse sentido a Energie é membro efectivo da AIE (Agência Internacional de Energia) participando activamente nas Tasck, onde se preparam as linhas das Normativas Europeias nesta matéria. Em 2013, a Energie está a efectuar um forte investimento na ampliação das instalações, construção de linha de fabricação dos termo- -acumuladores e construção de um novo Laboratório com câmara climática. Desta forma, consegue em tempo útil optimizar os elevados níveis de eficiência com as mais recentes técnicas, métodos e normas. Lançou recentemente Bombas de Calor para AQS e uma nova gama de equipamentos Solares Termodinâmicos, com os mais elevados Coeficientes de Performance Europeus. A internacionalização é um ponto forte da empresa portuguesa. A constante colaboração com o ICEP/IAPMEI permite à Energie afirmar- -se nos mais exigentes mercados mundiais. LUIS ANTÓNIO ROCHA Administrador CONTACTOS Morada: Zona Industrial de Laúndos Lt Laúndos Póvoa de Varzim Tel.: Fax: nacional: internacional: Site: EY Martifer Solar O nosso negócio é compreender os negócios dos nossos clientes e conseguir que o nosso aconselhamento seja relevante para as suas necessidades. Trabalhamos com as empresas enquanto estas transformam os seus negócios, apoiando na antecipação de problemas na melhoria da sua performance. O reconhecimento das nossas competências leva- -nos a trabalhar diariamente com os líderes do sector, resultando num profundo conhecimento prático das dinâmicas do mercado e dos principais drivers destes actores. A EY seleccionou Power & Utilities e Cleantech como sectores prioritários, tendo criado Centros de Excelência Globais cuja missão é a produção de conhecimento e de insights que criem valor para os nossos clientes. Fieis ao nosso objectivo global de ajudar a construir um melhor mundo de negócios, disponibilizamos este conhecimento gratuitamente em A nossa integração internacional torna-nos líderes globais em serviços de auditoria, assessoria fiscal, assessoria a transacções e assessoria de gestão. O nosso conhecimento sectorial permite-nos prestar serviços especializados, na aplicação de IFRS às energias renováveis, na auditoria a relatórios de sustentabilidade, no mapeamento dos novos enquadramentos regulatórios e na avaliação da atractividade de mercados para investimento em energias renováveis. Auditoria Ricardo Pinheiro Assessoria de Gestão Jorge Nunes Assessoria Fiscal João Sousa Assessoria a Transacções Miguel Farinha JOÃO ALVES Country Managing Partner CONTACTOS Morada: Av. da República, 90-3º Lisboa Tel.: Fax: Site: Áreas de actuação/ serviços A Martifer Solar tem um papel de liderança na indústria fotovoltaica, suportado pela grande experiência internacional, pela sua tecnologia de vanguarda e presença mundial. A Martifer Solar é especializada em soluções fotovoltaicas 360º para projectos EPC, incluindo desenvolvimento, consultoria financeira, gestão de projecto, produção de equipamento, construção e operação e manutenção (O&M). A grande capacidade de adaptação da Martifer Solar permite que a empresa se destaque num sector em constante mudança, assumindo todos os segmentos de negócio, desde instalações utility scale até sistemas off-grid. Como empresa orientada para o cliente, a Martifer Solar é um parceiro de primeira-classe em termos de segurança e confiança para o seu projecto. Transformamos a energia solar num negócio rentável e acompanhamos o cliente durante todas as fases do processo. A Martifer Solar, sediada em Portugal, está presente em mais de 20 países de 4 continentes (Europa, América do Norte e Latina, África e Ásia) e até ao momento já participou na implementação de mais de 400 MW de energia solar fotovoltaica em todo o mundo. Prémios Num ranking mundial elaborado pela IHS com 650 empresas do sector solar fotovoltaico, a MARTIFER SOLAR foi classificada na 12ª posição entre as empresas europeias e 31ª a nível global no ano fiscal de HENRIQUE RODRIGUES CEO FILIPE SANTOS CFO SILVÉRIO PEREIRA CTO GUSTAVO FERNANDES COO CONTACTOS Morada: Zona Industrial, Apartado Oliveira de Frades Tel.: Fax: Site:

11 Quarta-feira 25 Setembro 2013 Diário Económico XI PUB Áreas de Atuação/ Serviços Com escritórios centrais em Lisboa, Porto e Madrid, a plano térmico é uma das marcas do grupo Projeto+Verde com destaque na área da certificação energética de imóveis. A plano térmico é uma rede de serviços e têm como missão a eficiência perante o cliente de uma forma otimizada, apostando na diferenciação, inovação e na gestão controlada dos recursos. Na nossa empresa partilhamos o ponto de vista do cliente, respeitando a sua vontade e preocupando-se com os seus interesses. Prometemos disponibilidade, cortesia, credibilidade, simplicidade, transparência, rapidez, respeito e eficácia. A sua cobertura internacional no mercado ibérico é sustentada com as credenciais e técnicos altamente especializados no cumprimento dos prazos e na total garantia dos seus serviços. A plano térmico em fase de implementação da sua Certificação de Qualidade segundo a norma europeia ISO9001, nasceu a pensar no seu futuro. Certificação energética Consultoria Auditorias Equipamentos solares e energias renováveis Acústica Iluminação eficiente Poupança energética Reabilitação de Imóveis plano térmico Diretor Geral Pedro Silva Clientes Principais Particulares Entidades bancárias Gestores de imóveis Advogados FILIPE CAMPOS CEO Patrick Forsyth & Frances Kay ESTRATÉGIAS EFICAZES PARA TEMPOS DIFICEIS Solicitadores Promotores Gabinetes de projectos CONTACTOS Morada: Av. Montevideu, nº Porto Tlm: // Número Verde: Site: Disponível em ABB Quinta da Fonte, Edifício Plaza I Paço d Arcos Telef: Site: ACCIONA ENERGIA PORTUGAL Av.doForte,3- Edf.SuéciaIV,1ºA Carnaxide Telef: Site: ACM, LDA Rua dos Coriscos, Águas Santas Telef: Site: ADF, LDA Zona Industrial da Relvinha Sarzedo Apartado Arganil Telef: Site: AISP-ADVANCED INDUSTRY SUPPORT PARTNERS Rua José Joaquim Lopes Lima, R/C Loja Esq Aveiro Telef: Site: ALREN - ENERGIAS RENOVÁVEIS Lg. Da Fábrica Velha, nº Olhão Telef: Site: ALSOLAR - INSTALACÕES DE ENERGIA & ÁGUA, LDA. Parque Industrial, Lote 30 Boavista dos Pinheiros Odemira Telef: Site: AMBIENE Centro Empresarial da Lionesa, 446-E Leça do Balio Telef: Site: AMBIPRIME - CONSULTORIA E GESTÃO AMBIENTAL, LDA. Rua Miguel Ângelo Lupi Nr Porto Salvo - Oeiras Telef: Site: AMBISOLAR Av. da República, 6, 7º esq. Àvila Business Centre Lisboa Telef: Site: AMPER CENTRAL SOLAR,SA Central Fotovoltaica de Amareleja, Apartado Amareleja Telef: Site: ANOGUEIRA Rua D. José I, Alamel Penafiel Telef: Site: ANTONINO DIAS FERNANDES, LDA. Zona Industrial da Relvinha Sarzedo Apartado Arganil Telef: Site: AQUALOGUS Rua da Tóbis Portuguesa, Nr. 8 - Escritório Lisboa Telef: Site: ARCITELAVAC Ruas das Areias, Rio Tinto Telef: / Site: ARTSOLAR SISTEMAS DE ENERGIA SOLAR, LDA Rua Joaquim de Almeida nº85 Rch Montijo Telef: Site: ÁSERVES, LDA RuadoAve, Ronfe Telef: Site: ASM ENERGIA, S.A. Zona Industrial dos Padrões Apartado SeverdoVouga Telef: Site: ASUN Taguspark-Edf. Tecnologia II, Pav Porto Salvo Telef: Site: AUDITENE, PROJECTOS E AUDITORIAS ENERGÉTICAS, LDA. Rua Brito Capelo, Nr Matosinhos Telef: Site: BAXI - SISTEMAS DE AQUECIMENTO, UNIPESSOAL, LDA. Campo Grande, 35-10º D Lisboa Telef: Site: BIO RUMO CONSULTORIA EM AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE, LDA. Rua do Carvalhido, Porto Telef: Site: BIOETIQUETA RuadaAtalaia,86,3º Lisboa Telef: Site: BIORAMOS, RESÍDUOS AGROFLORESTAIS DO DÃO, LDA. Quinta Chão de Fora, Lobelhe do Mato Mangualde Telef: / BLAUWELT LDA. Monte da Provença Elvas Telef: Site: BLUEPRESTIGE, LDA RuaLuisdeCamõesN Benavente Telef: Site: BOSCH TERMOTECNOLOGIA Av. Infante D. Henrique -Lotes2Ee3E Lisboa Telef: Site: BP PORTUGAL COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES, S.A. Lagoas Park Edifício PORTO SALVO

12 XII Diário Económico Quarta-feira 25 Setembro 2013 ENERGIAS RENOVÁVEIS Telef: Site: BRIGANSOL ENERGIAS RENOVÁVEIS, UNIPESSOAL, LDA Bairro Artur Mirandela, Bloco A, Loja 1, Nr Bragança Telef: / Site: BRIGHT SOLAR, LDA Núcleo Empresarial Venda do Pinheiro, Urb. Quinta dos Estrangeiros, Rua D - Armazém Venda-do-Pinheiro Telef: Site: CARLO GAVAZZI, UNIPESSOAL, LDA. Rua dos Jerónimos, 38 B Lisboa Telef: Site: CATAVENTO PRODUÇÃO DE ENERGIA EÓLICA, S.A. Rua Castilho, 235 1º Lisboa Telef: Site: CCBS ENERGIA Rua Professor Mira Fernandes Lote 40, Loja Esquerda Lisboa Telef: Site: CEEETA-ECO, CONSULTORES EM ENERGIA, LDA. Rua Dr. António Cândido,Nr. 10-1º Lisboa Telef: Site: CERTIENE ENERGIA Praça de Alvalade, nº Lisboa Telef: Site: CHAMILAR ENERGIAS RENOVÁVEIS Rua da Castelhana, 73 Vila Chã de Sá Viseu Telef: Site: CHATRON, LDA. Travessa da Zona Industrial - 1, nº 95, Rossio Vila Cova do Perrinho Vale de Cambra Telef: Site: CIRELIUS, LDA. Zona Industrial de Avintes,nº V.N.GAIA Telef: Site: CLIMAESPAÇO Alameda dos Oceanos Lote LojaV Lisboa Telef: Site: COEPTUM - ENERGY SERVICES Rua da Demanda, nº Gandra, Esposende Telef: Site: COGEN PORTUGAL Rua de Salazares, Nr Porto Telef: Site: COSIM Rua Gorgel Amaral,, 4 CV- E Lisboa Telef: Site: CRITICAL KINETICS - ENERGY CONSULTANTS Rua dos Inventores Madan Parque - Parque de Ciência e Tecnologia de Almada / Setúbal Caparica Telef: Site: CRONOLAN TECLOLOGIAS, LDA Rua Dr. Miguel Bombarda Alhandra Telef: Site: DALKIA, SGPS, S.A. Estrada de Paço de Arcos, Paço de Arcos Telef: Site: DAPE, LDA. Estrada Nacional 101, 466 Nogueira Braga Telef: Site: DE VIRIS - NATURA E AMBIENTE SA Rua Alto do Montijo, Edif. Monsanto Lote 1/2 - Piso 3 B Carnaxide Telef: Site: DIGAL, S.A Rua das Lagoas Campo Raso Sintra Telef: Site: DM CERDEIRA, LDA Rua 1º de Maio de Maio, 3 Vale Figueira Sobreda Telef: Site: DONAUER SOLAR SYSTEMS LDA Núcleo Empresarial Sul, Nr Quinta dos Estrangeiros Venda do Pinheiro Telef: Site: DST ENERGIAS RENOVÁVEIS, SGPS, S.A. Lugar de Bouçós, Gême Vila Verde Telef: / Site: E. ENGENHARIA, SA Rua Engº Rolando Sousa Lima, Arm 3.22, Azores Parque Ponta Delgada Telef: Site: E3SEC Rua de Mocambique n11-2 esq Lisboa Telef: Site: ECOCHOICE, S.A. Edifício Atlas III Av. José Gomes Ferreira, Nr. 13-2º Miraflores Algés Telef: Site: ECOPOWER EQUIPAMENTO E SERVIÇOS DE ENERGIA, UNIPESSOAL, LDA. Carregado Park, Armaz. D - Lugar da Torre Carregado Telef: Site: ECOPREMIUM ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA Rua Boavista Vendas Novas Telef: Site: ECOPROGRESSO CONSULTORES EM AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO, S.A. AlfraPark Estrada do Seminário, 4 Edif. C Piso 1 Sul, Alfragide Amadora Telef: Site: EDF EN PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA. Rua Dr. António Cândido, Nr. 10-4º Lisboa Telef: Site: EDIA EMPRESA DE DESENVOLVIMENTO E INFRAESTRUTURAS DO ALQUEVA, S.A. RuaZecaAfonso,Nr Beja Telef: Site: EDP RENOVÁVEIS Calle Serrano Galvache 56, Edificio Olmo, 7ª planta Madrid Espanha Telef: Site: EEG EMPRESA DE ELECTRICIDADE E GÁS, LDA. (GRUPO EDA) Rua Francisco Pereira Ataíde, Ponta Delgada Telef: Site: EEVM EMPREENDIMENTOS EÓLICOS DO VALE DO MINHO Rua São José, Esposende Telef: Site: EFACEC ENGENHARIA - UNIDADE DE ENERGIAS RENOVÁVEIS Rua Engenheiro Frederico Ulrich, Apartado Moreira - Maia Telef: Site: ELECTRO POÇAS Edf. Do Mercado Municipal - Loja H - Britelo Celorico de Basto Telef: Site: ELECTROMINHO, LDA. Rua A Aurora do Lima, Viana do Castelo Telef: Site: ELOXEL PORTUGAL Praceta do Poder Local, 8B (Representante dos Aerogeradores ELOXEL em Portugal) Pontinha Telef: Site: ENAT - ENERGIAS NATURAIS Rua Francisco da Silva Pinto Júnior, Sta. Iria da Azóia Telef: / Site: ENC SOLUÇÕES DE ENERGIA, LDA. Av. Manuel Violas, Sala 28 São Félix da Marinha Vila Nova de Gaia Telef: Site: ENDESA GENERACIÓN PORTUGAL, S.A. Quinta da Fonte, Edif. Dom Manuel I, Piso 0, Ala B Paço de Arcos Telef: Site: ENDOVÉLICO ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA. R. Combatentes da Grande Guerra, Nr.32B-1K Aveiro Telef: Site: ENEÓLICA (GRUPO LENA) Rua Comissão da Iniciativa, 2 A, Edifício Torre Brasil, 7º - Sala Leiria Telef: Site: ENERCASA - ENERGIAS RENOVÁVEIS E CLIMATIZAÇÃO, LDA. RuaJoséEstevãonº Braga Telef: Site: ENERCONPOR - ENERGIAS RENOVAVEIS DE PORTUGAL, UNIP., LDA Pq. Empresarial da paria norte Av.caboverdenº Viana do castelo Telef: Site: ENERFUEL - PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS, LDA Zils - Zona 1, Lote 17 do Loteamento daparcelae Sines Telef: Site: ENERGENIUM - ENERGIAS RENOVÁVEIS E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, LDA. Av. Pedro Alvares Cabral, Centro Empresarial Sintra -Estoril V, Edifício C Sintra Telef: /94 Site: ENERGIA LATERAL, LDA. INOVISA - Tapada da Ajuda Lisboa Telef: Site: ENERGIA SOLAR ATLÂNTICO Rua Sandins 6,1º-E, Lamas LAMAS BRG Telef: Site: ENERGIA XXI, LDA RuaS.JoãodeDeus,3-R/C Loures Telef: Site: ENERGIE EST, LDA. Zona Industrial de Laúndos, Lt Póvoa de Varzim Telef: Site: ENERGIEKONTOR PORTUGAL ENERGIA EÓLICA, LDA. Edif. Centro da Parede, R. Capitão Leitão, s/n - 1º A Parede Telef: Site: ENERGY SOLUTIONS VISABEIRA GLOBAL Repeses Viseu Telef: Site: ENERGYBAND NOVAS ENERGIAS, LDA Zona Industrial da Pedrulha, Lote 12 Casal Comba Mealhada Telef: Site: ENERGYTOP Rua Stº António, Nr. 710/742 - Armazém J Stª Maria de Avioso - Maia Telef: Site: ENERMONTIJO, LDA Av.JoséMalhoa,nº2-2ºAndar Esc Lisboa Telef: Site: ENERNORTE - ENERGIAS, LDA. Rua do Monte, Nr Lomba - Amarante Telef: Site: ENERPAR SGPS, LDA. Av. José Malhoa, nº 2, 2º Andar Esc Lisboa Telef: /5 Site: ENERPELGY, LDA Rua Professor Ricardo Jorge, 7 a e B, R/C Miraflores Algés Telef: ENERPOWER - ENERGIA E AMBIENTE, LDA. Rua Dr. Francisco Duarte, lj Braga Telef: Site: ENERSIS - SOC. NACIONAL DE ENERGIA, S.G.P.S., SA Avenida Fontes Pereira de Melo, 14-5º Lisboa Telef: ENFORCE - ENGENHARIA DA ENERGIA, S.A. PARK DECOR - Centro de Inovação e Negócios Parque Industrial da Covilhã, lote C Covilhã Telef: Site: ENGICICLO, ENGENHARIA DO AMBIENTE, LDA. Rua Eng. Aurélio Galhardo Coelho,Lote29,r/cD Alverca Telef: Site: ENREPO LDA Parque Industrial Vendas Novas, Lote Vendas Novas Telef: Site: ENSUS - ENERGIA E SUSTENTABILIDADE Urb. Malvarosa Parque Nº 29 R/C Direito Alverca Do Ribatejo Vila Franca de Xira

13 Quarta-feira 25 Setembro 2013 Diário Económico XIII Telef: Site: ENVIENERGY AMBIENTE E ENERGIA, LDA RuadoCaseiro,n.º Vilar Aveiro Telef: Site: ENVIROGÁS, ENERGIA E BIOGÁS Av. Manuel Violas, 476, s São Félix da Marinha - V.N.G Telef: Site: ENVIROIL II - RECICLAGEM OLEOSUSADOSLDA Zona Industrial de Cotôas, Lt Torres Novas Telef: Site: ERCISCO, LDA. Rua João Villaret, Baguim do Monte Telef: ERGOSFERA - AMBIENTE E ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA. Rua do Raio, 10-2º ctr Braga Telef: / Site: ERL ENERGIAS RENOVAVEIS LUCENA, LDA Apartado Évora Telef: / Site: EST - EMPRESA SERVIÇOS TÉCNICOS, LDA. Rua da Granja, 10 B Boa Vista - Leiria Telef: Site: EURENER PORTUGAL Avenida das Forças Armadas, 4-3º C Lisboa Telef: Site: EWEN - SOLUÇÕES GLOBAIS EM ENERGIA E AMBIENTE, LDA. Aguda Parque Edifício J, Largo do Arcozelo, Arcozelo V. N. Gaia Telef: Site: EWG PARQUES ÉOLICOS ASS. TECNICA, LDA Estrada do Engenho, nº 320 Parque Empresarial de Lanheses Lanheses Telef: Site: F2SOLAR - ENERGIAS RENOVÁVEIS Praceta Carolina Beatriz Ângelo, Nr.5A-Loja Queluz Telef: Site: FF SOLAR ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA. Parque Industrial da Feiteirinha Lt Aljezur Telef: Site: FINERGE GESTÃO DE PROJECTOS ENERGÉTICOS, S.A. Av. Sidónio Pais 379-2º Porto Telef: Site: pt-pt/iberia/ FONTESOLAR Rua Ana Teixeira da Silva, nº 40, Cave Real Braga Telef: / Site: FORÇA ALTERNATIVA ENERGIAS RENOVÁVEIS Av. Teixeira de Pascoaes, 66 (Estádio Municipal de Amarante) Gatão Telef: Site: FORESTECH, S.A. Estrada Nac. 253, Horta do Bom Reparo, Apartado Alcácer do Sal Telef: Site: FORMATOVERDE EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE Rua São Roque da Lameira Porto Telef: Site: FUTURSOLUTIONS - SISTEMAS ELÉCTRICOS E DOMÓTICA, LDA. Loteamento da Patinha, Lote 11, Sítio da Santeira Pedreiras Porto de Mós Telef: Site: GALP POWER, S.A. Edifício Galp Energia, Rua Tomás da Fonseca Lisboa Telef: Site: GAMESA ENERGIA (PORTUGAL), S.A. RuaDra.IracyDoyle,43,1ºDto Cascais Telef: Site: GASFOMENTO Av. Infante D. Henrique, º Dto Lisboa Telef: Site: GAVEDRA COMERCIALIZAÇÃO ETÉCNICADEGÁS,S.A. Zona Industrial Vale da Goita - Paul Torres Vedras Telef: Site: GDF SUEZ ENERGIA PORTUGAL Av. da Liberdade, n.º 129, 5.º A Lisboa Telef: (GDF SUEZ Portugal)energia.pt Site: GENE ENERGY SYSTEMS, LDA. Edifício Burgo, Avenida da Boavista, 1837 Escritório Porto Telef: Site: GEOTERCEIRA (GRUPO EDA) R. Conselheiro Jacinto Candido Nº Angra do Heroismo Telef: Site: GERENERGIA - TECNOLOGIAS PARA PRODUÇÃO DE ENERGIAS RENOVAVEIS, LDA R.Dr. Sanches Semedo, Alcains Telef: Site: GES PORTUGAL Parque Ind. Vale do Alecrim, Lote nº Pinhal Novo Telef: Site: GLUBISOL ECS Bernardo -Apartado N. 38 São Bernardo Aveiro Telef: Site: GOSOLAR Rua Capitão Leitão, Lisboa Telef: Site: GOTAZUL ENERGY DIVISION - SOLUÇÕES EM ENERGIA Av. Marechal Craveiro Lopes,99 - Loja Quinta da Alagoa Carcavelos Telef: Site: GREEN VALUE ENERGY BUILDING SOLUTIONS LDA Edifício Pujol, Avenida do Forte, n.º8, Esc. P Carnaxide Telef: Site: GRUPITEL ALUGUER DE EQUIPAMENTOS, LDA. Rua da Garagem, Carnaxide Telef: Site: GRUPO A. NOGUEIRA - ENERGIAS RENOVÁVEIS RuaD.JoséI,101-Alamela Penafiel Telef: Site: GRUPO GENERG Av. Columbano Bordalo Pinheiro, 75 Fracção Lisboa Telef: Site: GRUPO PROEF, ENERGIAS RENOVÁVEIS Rua do Poente, 166 -Apartado Trofa Telef: Site: GRUPO SINERGIAE Ladeira da Paula, nº6, Antanhol Coimbra Telef: Site: HABIDOM Rua de Angeiras, Nr R/C Lavra - Matosinhos Telef: Site: HEMERA ENERGY Edificio Miraflores Office Center Av. das Tulipas, 6-6º C Algés Telef: Site: HIDROERG PROJECTOS ENERGÉTICOS, LDA. Rua Lusíadas, Nr. 9-4º D Lisboa Telef: HI-GTEL RENOVÁVEIS, LDA. Rua Augusto Nogueira da Silva, nº 305 Stª Maria Avioso Maia Telef: Site: IBERDROLA Av. da Liberdade, 180 A - 7º Edif. Tivoli Fórum Lisboa Telef: Site: IBERWIND Lagoas Parque,Edif. 5-A, 4º Piso Porto Salvo Telef: Site: IDEALCLIMA - ENERGIAS RENOVÁVEIS Rua Professor Manuel José Pereira, loja nº Caldas das Taipas Telef: Site: IMPORCHAMA Rua Comital 154 Ermesinde Porto Telef: Site: INENERGI ADVANCER Av. António Augusto de Aguiar, 163-5º Dto Lisboa Telef: Site: INFUSION GESTÃO DE PROJECTOS ENERGÉTICOS, UNIPESSOAL, LDA. Apartado 39 EC Porto de Mós Telef: Site: INOPOWER SISTEMAS DE GESTÃO DE ENERGIA, LDA ALFRAPARK - Edifício H Piso Alfragide Telef: Site: INTEMPER PORTUGAL Rua Hernâni Cidade, Nr. 3 Vale Fetal Charneca da Caparica Telef: Site: IS-ENERGY Urb. Industrial Pinheiral, Lote Lagos Chinicato Telef: Site: J. A. RAMOS, LDA. Zona Industrial via S2, Lotes Vila Viçosa Telef: Site: J. F. VILHENA, LDA Zona Industrial Ligeira, Lt Santiago do Cacem Telef: Site: JAPP - ENERGIAS E HIDRÁULICA, LDA. RuadaComital,Nr Ermesinde Telef: /2 Site: KEMA, LDA Alameda dos Oceanos lote A, 2ºB Lisboa Telef: Site: KW ALTERNATIVAS EM ENERGIA, LDA. R. de Stª Margarida, 215-1º Sala Braga Telef: Site: LA SABINA SOCIEDADE MINEIRA E TURÍSTICA, S.A. (PARQUE SOLAR SÃO DOMINGO) Avenida Marques Leal, 9 São João de Estoril Estoril Telef: Site: LNEG LABORATÓRIO NACIONAL DE ENERGIA E GEOLOGIA Estrada da Portela Bairro do Zambujal Apartado Alfragide Amadora Telef: /1 Site: LOBOSOLAR, ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA. Rua Sebastião Mendes Bolas, 18 Apartado Évora Telef: Site: LUSOCLIMA SOLUÇÕES DE ENGENHARIA, S.A Praça Manuel Guedes N.º 13 3º Sala Gondomar Telef: Site: M. AZEVEDO, LDA Rua Elias Garcia, Ermesinde Telef: Site: M.L.E. SOLUÇÕES DE CLIMATIZAÇÃO Praceta São João Lote 3 Loja B Cacém Telef: Site: MAKE IT ENERGY Rua Marcela Pires Messias, 5 1º Dto Paço de Arcos Telef: Site: MARTIFER RENEWABLES Av. D. João II, Lote B Edifício Mar Vermelho Lisboa Telef: Site: MARTIFER SOLAR Zona Industrial, Apartado Oliveira de Frades Telef: Site: MARTINERGE Estrada Nacional 11-1 nº 63 A Baixa-da-Banheira Telef: Site: MASOTÉCNICA, LDA Rua Dr. António Alves Palha, N.º Nogueiró - Braga Telef: Site: MECWIND ALTERNATIVE ENERGYS, LDA. Loteamento Quinta da Veiga, Lt Vila Real Telef: Site: MEDIDAÇOR CONSULTORIA EPROJECTOS,LDA. Rua da Vila Nova, Nr Ponta Delgada Telef:

14 XIV Diário Económico Quarta-feira 25 Setembro 2013 ENERGIAS RENOVÁVEIS Site: MEGAJOULE II CONSULTORIA EM ENERGIAS RENOVÁVEIS, S.A. Rua Eng. Frederico Ulrich, 2650 Tecmaia Moreira da Maia Telef: Site: MENTENÉRGICA, LDA. Edificio Quinta das Penas, loja Vila Nova de Cerveira Telef: Site: MIDE, MANUTENÇÃO E SERVIÇOS, LDA. RuadaEscola,71-A Gafanha da Encarnação Telef: Site: MOREME - MONTAGENS, REPARAÇÕES E MANUTENÇÃO ELECTROMECÂNICAS TravessadeS.PauloLt.117Serrado Casal de Cambra Belas Telef: Site: MOVITROM MANUTENÇÃO E SISTEMAS DE ENERGIA, LDA. RuadePédeMouro,Centro Empresarial Sintra-Estoril 3, Armazém B Linhó Sintra Telef: Site: NATIONAL INSTRUMENTS PORTUGAL Taguspark - Parque de Ciência e Tecnologia Núcleo Central, sala Oeiras Telef: Site: NEXTENERGY Av. Paço de Milhafre, 32 - CV Praia da Vitória Telef: Site: NOCTULA MODELAÇÃO E AMBIENTE Quinta da Alagoa Lote 222-1º Frente Viseu Telef: Site: NORDEX ENERGY GMBH - SUCURSAL PORTUGAL Rua Eng. Frederico Ulrich, 2650 Lt. 7 Zona Industrial Maia Maia Telef: Site: -online.com/en NORGEN ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA. Plano Parque Empresarial - Rua do Batel Pav. B Vila do Conde Telef: Site: NORGRUPO COMERCIAL Rua Parque da República, nº Vila Nova de Gaia Telef: /2 Site: NOVAMBIENTE, LDA. Largo António Vaz Mascarenhas, Nr São Bartolomeu de Messines Telef: Site: OPEN RENEWABLES, S.A. Zona Industrial Almeirim Norte Rua Anibal Tavares, 11 Apartado Évora Telef: Site: PARFRONTAL ENERGIAS, LDA. Rua das Pereiras, Valongo Telef: Site: PAULO ALEXANDRE GOMES, LDA. Rua Principal, Nr.23 - Casais da Marinela Carnota Alenquer Telef: / Site: PETROTANK - REPRESENTAÇÕES E MONTAGENS, LDA Apartado 1 Gandara - Senhorinha Sever do Vouga Telef: Site: PLANO TÉRMICO Av. Montevideu, nº Porto Tlm: / Número Verde: Site: PLURIGÁS SOLAR ENERGIAS, LDA Urb. António Aleixo Fafe Telef: Site: PRIO ENERGY S.A. TGL - Terminal de Granéis Líquidos PortodeAveiro-LoteB Gafanha da Nazaré Telef: Site: RAÍZ VERDE - ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA. Centro Comercial Nortevez Rua NunesdeAzevedo,41 Porta Arcos de Valdevez Telef: Site: RENOVASOLAR Rua Basilio Teles, 35, 3ºDto Lisboa Telef: Site: RESUL - EQUIPAMENTOS DE ENERGIA S.A. Parque Oriente, Rua D. Nuno Alvares Pereira, Bloco Bobadela Telef: Site: REVEZ-SOLAR ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA. Rua da Agricultura, 2 Parque Industrial Beja Telef: Site: RMRS - GÁS E SOLARES Rua Afonso de Albuquerque, 33 3º Esq Amadora Telef: / Site: RP GLOBAL PORTUGAL, LDA. Largo de Santos, Nr.13-2º Dt Lisboa Telef: (21) Site: RURALPREST Quinta da Ponte e Costa, Apartado Arruda dos Vinhos Telef: Site: SAS ENERGIA Prct. Bernarda Ferreira Lacerda, Porto Telef: Site: SCHNEIDER ELECTRIC Av. Marechal Craveiro Lopes, Lisboa Telef: Site: SDC - SAIR DA CASCA, CONSULTORIA EM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Rua Braamcamp, 88-3ºDto Lisboa Telef: Site: SEGMA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, GESTÃO E MANUTENÇÃO, LDA. (GRUPO EDA) Rua Francisco Pereira Ataíde, Nr Ponta Delgada Telef: Site: SELF ENERGY Rua Julieta Ferrão, 12 12º Lisboa Telef: /2 Site: SERNIS Quinta do Carreiro, Lote 9/14 Frossos Braga Telef: Site: SERVITIS, LDA. Rua Industrial das Lages, Canelas VNG Telef: / Site: SIEMENS, S.A. Rua Irmãos Siemens, Amadora Telef: Site: SINERSOL ENERGIAS ALTERNATIVAS R. Padre Manuel da Nóbrega,nº Porto Telef: Site: SMARTWATT Rua da Constituição,2105 2º Sala BU Porto Telef: Site: SOL QUENTE, LDA. Rua Cónego Ferreira Pinto,Nº 71, R/C Porto Telef: Site: SOLAR EARTH, LDA. Parque Industrial do Tortosendo, Lote 73 Fracção F Covilhã Telef: Site: SOLARINOX ENERGIAS RENOVÁVEIS LargodaFeira,1A Malveira Telef: Site: SOLARPROJECT SA. Rua dos Terços Nº 623 Canelas Vila Nova de Gaia Telef: Site: SOLARTWIN Lugar de Ageito Paredes de Coura Telef: Site: SOLINDIGOS, LDA. - ENERGIAS RENOVÁVEIS Av. Manuel Violas, 476 Centro de Incubação da Base Tecnológica de V. N. Gaia Parque Tecnológico de S. Félix da Marinha S. Félix da Marinha Telef: / Site: SOLUÇÕES INTERESSANTES, GEOTERMIA DE PORTUGAL, LDA. Rua Basilio Teles,Nr. 20 2º Dtº Amadora Telef: Site: SOLZAIMA SOLUÇÕES DE AQUECIMENTO A BIOMASSA, S.A. Rua dos Outarelos, Belazaima do Chão Telef: Site: SOMAGUE AMBIENTE SintraCascais Escritórios,Rua da Tapada da Quinta de Cima Linhó Sintra Telef: Site: SOTECLIMA, LDA. Rua do Outeiro, Zona Industrial da Maia Sector Gemunde - Maia Telef: / 51 Site: SOTECNEL SOCIEDADE TÉCNICA DE ELECTRICIDADE, LDA. Rua da Constituição,1368/ Porto Telef: Site: SOTECNISOL RuadoFerro,Fetais Camarate Telef: Site: SPAES-SOLARPRODUCTS AND ENERGY SOLUTIONS Av. Almirante Reis, 114-2ºG Lisboa Telef: Site: SRE SOLUÇÕES RACIONAIS DE ENERGIA, S.A. Zona Polígono Industrial,Pav. C 13 Ramalhal Torres Vedras Telef: Site: STML ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO, LDA. Estrada de Manique,1232 A/B,Armazém 10 - Alcoitão Alcabideche Telef: Site: STRIX - AMBIENTE E INOVAÇÃO R. Roberto Ivens º, Sala Matosinhos Telef: Site: SUNBD - SUN BUSINESS DEVELOPMENT Avenida Praia da Vitória,75-1º Esq Lisboa Telef: Site: SUNCORE - ENERGIAS, LDA. Av. Robert Smith, Centro Serviços Domus Qualitas, nº Braga Telef: energy.com Site: SUNENERGY Urbanização Glicínias Edif. 3, nº23 D Aveiro Telef: Site: SUNERGETIC, S.A. Parque Empresarial Pinhal do Forno, Arm. B Alhos Vedros Telef: Site: SUNOK Apartado Lisboa Telef: Site: SUNWAVE, LDA. Lugar Carvalhos,Nr. 1 - Sande Lamego Telef: Site: SUZLON ENERGY PORTUGAL, LDA. Av. do Forte, Nº 3, Edifício Suécia - Piso 3 - Sala Carnaxide Telef: Site: TECDRAGON TECNOLOGIAS DA ENERGIA DAS ONDAS, S.A. Alameda dos Oceanos, Lote D - 1º Piso - S2 Parque das Nações Lisboa Telef: /5 Site: TECNEIRA TECNOLOGIAS ENERGÉTICAS S.A. GRUPO PROCME Rua Rui Teles Palhinha, Nº 4 Leião Tagus Space Porto Salvo Telef: Site: TEGOPI INDUSTRIA METALOMECÂNICA, S.A. Rua do Jardim Nr VilardoParaíso Vila Nova de Gaia Telef: Site: TEJO ENERGIA, S.A. Quinta da Fonte, Edif. D. Maria I, Piso 2, Ala B Paço de Arcos Telef: Site: TORSUN Largo do Calvário, Nr. 10 Tortosendo Covilhã Telef: / / Site: TURBOMAR ENERGIA EQUIPAMENTOS DE PRODUÇÃO E SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA, LDA. Rua da Garagem, Nr Carnaxide Telef: Site:

15 Quarta-feira 25 Setembro 2013 Diário Económico XV TÜV RHEINLAND Rua Dr. António Loureiro Borges, 9, 3º Arquiparque, Edifício Zenith (Miraflores) Algés Telef: Site: UNION FENOSA COMERCIAL, S.L. Avenida Boavista 2121,4º-s Porto Telef: Site: USAENERGIA - SISTEMAS PARA AUTONOMIA E EFICIÊNCIA ENERGÉTICAS, LDA. Rua Dr. Francisco Duarte, 75 4º A Braga Telef: VALORSUL, S.A. Plataforma Ribeirinha da CP, Estação de Mercadorias da Bobadela S. João da Talha Telef: Site: VELUX PORTUGAL, LDA. Travessa das Pedras Negras, 1-2º Lisboa Telef: Site: VENTINVESTE, S.A. Rua Tomás da Fonseca, Torre C Lisboa Telef: Site: VERDESOLAR/RENECO LDA. Av. de Cabo Verde, Lote 10 Parque Industrial da Praia Norte Viana do Castelo Telef: Site: VESTAS PORTUGAL Avenida da Liberdade, nº 180A 5º Piso Edifício Tivoli Fórum Lisboa Telef: Site: VISMEC Parque Industrial de Coimbrões, Lt Viseu Telef: Site: VIVAPOWER / JESUS FERREIRA CONSULTORES Rua Joshua Benoliel Nº 6 B Lisboa Telef: Site: VOLTER ALBUQUERQUE & FREITAS, SA. Avenida Luís Martins, nº Repeses Telef: Site: WINENERGY, S.A. Av. Fontes Pereira de Melo, Nr.6 7ºDtº Lisboa Telef: Site: WS ENERGIA Taguspark, Edifício Tecnologia II Pavilhão Porto Salvo Telef: Site: YUNIT RENOVÁVEIS, LDA. RuaLauraAlves,Nr.7 8º Lisboa Telef: Site: ZANTIA - CLIMATIZAÇÃO, SA Zona Industrial do Mundão, Lote 10A Viseu Telef: Site: ZENERGIA Caminho Santa Quiteria Edificio Quiteria Park 29A Funchal Telef: Site: AGÊNCIAS ADENE AGÊNCIA PARA A ENERGIA Rua Dr. António Loureiro Borges, Nr. 5-6º (Arquiparque-Miraflores) Algés Telef: Site: ADEPORTO AGÊNCIA DE ENERGIA DO PORTO Rua Gonçalo Cristóvão, Nr Sala Porto Telef: Site: AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE Rua da Murgueira, Nr. 9/9A Zambujal - Apartado Amadora Telef: Site: AGENEAL - AGÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA DE ALMADA R. Bernardo Francisco da Costa, Almada Telef: Site: AMES AGÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA DE SINTRA Alameda Coronel, Linhares de Lima Colares - Sintra Telef: Site: AMESEIXAL - AGÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA DO SEIXAL R. Paiva Coelho, 23 Loja 42 A Seixal Telef: Site: AMVDN - AGÊNCIA REGIONAL DEENERGIADOVALEDODOURO NORTE Av. Carvalho Araújo, Vila Real Telef: Site: AREA ALTOMINHO - AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA E AMBIENTE DO ALTOMINHO Villa Moraes Rua João Rodrigues de Morais Ponte de Lima Telef: altominho.pt Site: AREAC - AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA E AMBIENTE DO CENTRO Zona Industrial Valfeijão Miranda do Corvo Telef: Site: AREAL - AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA E AMBIENTE DO ALGARVE Edifício do Centro de Estudos da Natureza Estrada de Albufeira - Apartado Vilamoura Telef: Site: AREAM - AGÊNCIA REGIONAL DA ENERGIA E AMBIENTEDA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Edifício Madeira Tecnopolo Funchal Telef: Site: AREANATEJO AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA E AMBIENTEDO NORTE ALENTEJANO E TEJO Rua D. Nuno Álvares Pereira, 61 1º Esq Portalegre Telef: Site: ARECBA - AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA DO CENTRO E BAIXO ALENTEJO Praceta Rainha D. Leonor, 1 Apartado Beja Telef: Site: CASCAIS ENERGIA AGÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA DE CASCAIS Complexo Multiserviços, Estrada de Manique, Nr Alcabideche Telef: Site: ENA - AGÊNCIA DE ENERGIA E AMBIENTE DA ARRÁBIDA Av. Belo Horizonte Edifício Escarpas de Sto. Nicolau Setúbal Telef: Site: ENA PORTUGAL - SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES, S.A Taguspark, Edifício Tecnologia 3, nº Oeiras Telef: Site: ENEOP 3 DESENVOLVIMENTO DE PROJECTO INDUSTRIAL, SA Av. Cabo Verde, nº 36 Parque Empresarial da Praia Norte Viana do Castelo Telef: /500 Site: ENERAREA - AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA E AMBIENTE DO INTERIOR Largo dos Bombeiros Voluntários Belmonte Telef: Site: ENERAREA - AGÊNCIA REG. DE ENERGIA E AMBIENTE DO INTERIOR R. dos Combatentes da Grande Guerra, 62-1º Covilhã Telef: Site: ENERDURA - AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA DA ALTA ESTREMADURA Edifício Maringá, nº 221, Torre2 2ºandar Leiria Telef: Site: ENERGAIA - AGÊNCIA DE ENERGIA DO SUL DA ÁREA METROPOLITANA DO PORTO Av. Manuel Violas, 476 Sala São Félix da Marinha Telef: Site: LISBOA E-NOVA AGÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA - AMBIENTE DE LISBOA Rua dos Fanqueiros, Nr. 38-1º Lisboa Telef: Site: OEINERGE - AGÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA E AMBIENTE DE OEIRAS Edif. Ex-Fundição de Oeiras, Rua Fundição de Oeiras,Sala Oeiras Telef: Site: RNAE - ASSOCIAÇÃO DAS AGÊNCIAS DE ENERGIA E AMBIENTE - REDE NACIONAL Avenida Manuel Violas, n.º 476, Sala 23 São Félix da Marinha VILA NOVA DE GAIA Telef: Site: S.ENERGIA - AGÊNCIA REGIONAL DE ENERGIA PARA OS CONCELHOS DO BARREIRO, MOITA, MONTIJO E ALCOCHETE Rua Gay-Lussac, nº Barreiro Telef: Site: INSTITUTOS AP2H2 ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A PROMOÇÃO DO HIDROGÉNIO Estrada do Paço do Lumiar, Nr. 22, Edf. Q Lisboa Telef: / Site: APE ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DA ENERGIA Av. da República,Nr. 45 5º Esq Lisboa Telef: /55 Site: APEA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ENGENHARIA DO AMBIENTE Av.InfanteSanto,Nr.32-3ºA Lisboa Telef: Site: APEMETA - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EMPRESAS DE TECNOLOGIAS AMBIENTAIS Campo Grande, 294-2º Dto. e Esq Lisboa Telef: Site: APISOLAR - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DA INDÚSTRIA SOLAR Av. das Forças Armadas, 4 3º E Lisboa Telef: Site: APREN ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ENERGIAS RENOVÁVEIS Av. Sidónio Pais, 18 R/C Esq Lisboa Telef: Site: CVR - CENTRO PARA A VALORIZAÇÃO DE RESÍDUOS Campus de Azurém da Universidade do Minho Guimarães Telef: Site: DGEG-DIRECÇÃOGERAL DE ENERGIA E GEOLOGIA Av. 5 de Outubro, Nr Lisboa Telef: / Site: DTEA - TRANSPORTES, ENERGIA E AMBIENTE Av. Rovisco Pais, Nr. 1 - Pav. de Mecânica I - 2º Lisboa Telef: Site: ERSE ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS Rua Dom Cristóvão da Gama, Nr.1-3º Lisboa Telef: Site: INAG - INSTITUTO DA ÁGUA Av. Almirante Gago Coutinho, n.º Lisboa Telef: Site: INEGI INSTITUTO DE ENGENHARIA MECÂNICA E GESTÃO INDUSTRIAL R. Dr. Roberto Frias, Nr Porto Telef: Site: INESC - INSTIT.DE ENGENHARIA DE SISTEMAS E COMPUTADORES PORTO Rua Dr. Roberto Frias, 378 Campus da FEUP Porto Telef: Site: INETI - INSTITUTO NACIONAL DE ENGENHARIA E TECNOLOGIA INDUSTRIAL Estrada do Paço do Lumiar, Lisboa Telef: /1 Site: LABORATÓRIO NACIONAL DE ENERGIA E GEOLOGIA Estrada da Portela Zambujal Alfragide Apartado Amadora Telef: Site: QUERCUS -ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE CONSERVAÇÃO DA NATUREZA Centro Associativo do Calhau Bairro do Calhau Parque Florestal de Monsanto Lisboa Telef: Site: RGESD - GRUPO DE INVESTIGAÇÃO EM ENERGIA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Av. Rovisco Pais. Pav. Mecânica I, 2.º Lisboa Telef: Site: WAVE ENERGY CENTRE - CENTRO DE ENERGIA DAS ONDAS(WAVEC) Rua Dom Jerónimo Osório, n.º 11, 1º andar Lisboa Telef: Site:

16 PUB

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life ENERGIA PARA A VIDA Energy for life A GREEN SOLUTIONS A ambição de uma empresa não se reflecte nos seus feitos individuais, mas antes na realização de projectos marcantes para sua indústria. O reconhecimento

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPDJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Antiga Estação de Comboios Av. D. João IV Urgeses 4810-534 Guimarães Tel.

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Rua de Santa Margarida, n.º 6 4710-306 Braga Tel: 253 204 250 Fx: 253 204 259

Leia mais

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071

Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127. Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Albufeira Loja de Albufeira Urbanização da Bela Vista, nº 12 A, Cód. Postal: 8200-127 Alcobaça Agente ACORDO - COMÉRCIO DE EQUIPA Av. Joaquim Vieira Natividade, nº 13 A, Cód. Postal: 2460-071 Seg. a Sex.

Leia mais

8, 9 e 10 NOVEMBRO 2011 LISBOA. Novos Mercados Encontro de Sectores INSCREVA-SE JÁ. Especial: MERCADOS INTERNACIONAIS. www.expoenergia2011.about.

8, 9 e 10 NOVEMBRO 2011 LISBOA. Novos Mercados Encontro de Sectores INSCREVA-SE JÁ. Especial: MERCADOS INTERNACIONAIS. www.expoenergia2011.about. 8, 9 e 10 NOVEMBRO 2011 LISBOA Centro de Congressos Univ. Católica Novos Mercados Encontro de Sectores Especial: MERCADOS INTERNACIONAIS ORGANIZAÇÃO PARCEIRO PATROCÍNIO INSCREVA-SE JÁ www.expoenergia2011.about.pt

Leia mais

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão

LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS. Rua da Cidade de Parthenay Bloco G - Loja 4 2200-235 Abrantes. Praceta Raúl Proença, 13-A 2725-116 Algueirão LOCALIDADE EMPRESA MORADA CONTACTOS ABRANTES ALGUEIRÂO ALJUSTREL ALMADA ALVERCA ANGRA DO HEROÍSMO AVEIRO BARCELOS BARREIRO AGOSTINHO J.G. FIGUEIRAS PEDRO GEIRINHAS UNIPESSOAL, LDA ELECTRO CRUZ DIMATECNICA,LDA

Leia mais

CONTACTOS DE COMERCIALIZADORES DE ELECTRICIDADES E GÁS NATURAL

CONTACTOS DE COMERCIALIZADORES DE ELECTRICIDADES E GÁS NATURAL CONTACTOS DE COMERCIALIZADORES DE ELECTRICIDADES E GÁS NATURAL ELECTRICIDADE Operadores das Redes de Distribuição Para além da EDP Distribuição existem várias cooperativas que funcionam como Operadores

Leia mais

Portugal. Staples Office Centre Rua Proletariado, nº 4, Portela 2795 Carnaxide Telefone: 21 4165970

Portugal. Staples Office Centre Rua Proletariado, nº 4, Portela 2795 Carnaxide Telefone: 21 4165970 Portugal Rua Proletariado, nº 4, Portela 2795 Carnaxide Telefone: 21 4165970 Casal da Eira - Sto. Onofre 2500 Caldas da Rainha Telefone: 262 870600 Estrada Nacional 9 2645 Alcabideche - Cascais Telefone:

Leia mais

DISTRIBUIDORES EM PORTUGAL AÇORES: AVEIRO: 1/9

DISTRIBUIDORES EM PORTUGAL AÇORES: AVEIRO: 1/9 1/9 DISTRIBUIDORES EM PORTUGAL AÇORES: FAGUNDES & LOURENÇO, LDA Rua do Galo, 2 e 3 9700-091 ANGRA DO HEROÍSMO Tlf: 295 213 428 flourencolda@outlook.com EUROILHAS - SOC., LDA Zona Comercial do Valados Rua

Leia mais

As PME do Sector Energético: desafios e estratégias APE/Energy Live Expo Lisboa, Março de 2013

As PME do Sector Energético: desafios e estratégias APE/Energy Live Expo Lisboa, Março de 2013 As PME do Sector Energético: desafios e estratégias APE/Energy Live Expo Lisboa, Março de 2013 Rethinking Energy Worldwide A Internacionalização de uma pequena empresa de serviços Miguel Ferreira Março

Leia mais

BOLSA DE PROJETISTAS

BOLSA DE PROJETISTAS BOLSA DE PROJETISTAS 1. DANIEL COELHO MARIA TÉCNICO DE CONSTRUÇÃO CIVIL Rua Ilha da Madeira, n.º 25 1.º Direito 2620-045 Olival Basto Tel.: 214 046 541 965 013 554 E-mail: daniel.maria@lycos.com Site:

Leia mais

ENTIDADES INTERESSADAS EM COLABORAR NA REABILITAÇÃO URBANA

ENTIDADES INTERESSADAS EM COLABORAR NA REABILITAÇÃO URBANA ENTIDADES INTERESSADAS EM COLABORAR NA REABILITAÇÃO OUTRAS S CONTACTOS 686 CONSTRUÇÕES, LDA. REABILITAÇÃO, ESTRUTURAS BETÃO ARMADO, PARQUES ESTACIONAMENTO MORADA: R RODRIGUES SAMPAIO, 31, 5º DTO., 1150-278

Leia mais

Eólicas aceitam mudanças, solares na expecativa

Eólicas aceitam mudanças, solares na expecativa Eólicas aceitam mudanças, solares na expecativa Tiragem: 14985 Pág: 4 Área: 27,11 x 32,99 cm² Corte: 1 de 5 São conhecidas algumas medidas, mas não todas. O sector sente-se parado, mas tem esperança que

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Apresentamos a Coversteel S.A., uma nova Empresa constituída em Dezembro de 2011, dirigida a uma oportunidade que apareceu no mercado nacional, na área dos revestimentos metálicos

Leia mais

MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA

MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA MAIOR EVENTO NACIONAL PARA O CRESCIMENTO VERDE E DESENVOLVIMENTO DAS CIDADES 04 / 06 MARÇO 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA Conselho Estratégico da Green Business Week Entidades Empresas convidadas

Leia mais

Ponta Delgada Gente de Palmo e Meio Rua de Lisboa, nº 14 Ponta Delgada www.palmoemeio.com

Ponta Delgada Gente de Palmo e Meio Rua de Lisboa, nº 14 Ponta Delgada www.palmoemeio.com Acordos celebrados com instituições com valência de 1º Ciclo do Ensino Básico Lisboa Colégio Alfragide Rua Ribeiro Vasconcelos Alfragide calfragide.grupolusofona.pt Colégio Luso Suiço Rua de Santo Amaro,

Leia mais

Sines 06.05.2009. João Martins da Silva. Direcção de Marketing Corporativo

Sines 06.05.2009. João Martins da Silva. Direcção de Marketing Corporativo Sines 06.05.2009 João Martins da Silva Em resposta ao desafio global, a UE definiu um Plano Energético Europeu assente em 3 pilares Sustentabilidade Desenvolvimento de renováveis e fontes de baixo teor

Leia mais

Powered by. Desenvolvimento

Powered by. Desenvolvimento Desenvolvimento de Sistemas Sustentáveis 1 Urbancraft Energia, S.A. FDO INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES, SGPS, S.A. ALEXANDRE BARBOSA BORGES, SGPS, S.A. 50% 50% A URBANCRAFT ENERGIA, S.A é uma sociedade

Leia mais

Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015

Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015 Parceria 5àsec - La Redoute 1 de Janeiro a 28 de Fevereiro 2015 Nome Loja Cidade Distrito ÁGUEDA PINGO DOCE ÁGUEDA Distrito Aveiro ALBERGARIA-A-VELHA RUA ALBERGARIA A VELHA Distrito Aveiro AVEIRO GLICÍNIAS

Leia mais

CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS. Marlene Viegas Freire Coordenadora. Maria Cecília Themudo Barata Assessora

CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS. Marlene Viegas Freire Coordenadora. Maria Cecília Themudo Barata Assessora CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS Marlene Viegas Freire Coordenadora Maria Cecília Themudo Barata Assessora Paula Faria Assessora Maria Manuela Matos Técnica de Apoio Parlamentar

Leia mais

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654 A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA Telef.: 213 173 630 Fax: 213 173 654 M.A. Morgado & Faria, Lda. Rua da Industria Corticeira, 17 2870-271 MONTIJO Telef.: 212 309 600 Fax: 212 309

Leia mais

Portugal Mapas e Números

Portugal Mapas e Números Plano Anual de Atividades 2011-12 Portugal Mapas e Números Código da atividade ogf3 Destinatários Toda a comunidade educativa da ESSM Intervenientes Responsáveis Prof. Augusto Cebola e Prof. Jorge Damásio

Leia mais

Energia, investimento e desenvolvimento económico

Energia, investimento e desenvolvimento económico Energia, investimento e desenvolvimento económico Aníbal Fernandes ENEOP Eólicas de Portugal Mesa Redonda Energia Eólica ERSE, 10 Fevereiro 2010 Prioridades de política energética e benefícios económicos

Leia mais

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar!

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar! GRUPO ROLEAR Porque há coisas que não podem parar! INOVAÇÃO COMO CHAVE DO SUCESSO Desde 1979, com sede no Algarve, a Rolear resulta da oportunidade identificada pelo espírito empreendedor do nosso fundador

Leia mais

Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC)

Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC) Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC) Serviços Prestados : Alteração de Elementos da Carta de Condução Revalidação da Carta de Condução Posto de Atendimento ao Cidadão - PAC Abrantes Praça Raimundo Soares,

Leia mais

Norte. Aveiro. Braga. Porto. Viana do Castelo

Norte. Aveiro. Braga. Porto. Viana do Castelo Norte Santa Maria da Feira Escola Secundária de Santa Maria da Feira Agrupamento de Escolas Doutor Ferreira de Almeida, Santa Maria da Feira Vale de Cambra Agrupamento de Escolas das Dairas, Vale de Cambra

Leia mais

Nome da Entidade Morada Código Postal Localidade Distrito Telefone website email

Nome da Entidade Morada Código Postal Localidade Distrito Telefone website email Nome da Entidade Morada Código Postal Localidade Distrito Telefone website email Carga Horária 1/2 Palavras Rua da Igreja, Lote 682 2685-061 Ferrão Ferro-Seixal Setúbal 212121722 www.ummeiodepalavras.pt

Leia mais

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são:

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Operadores financeiros que prestam às instituições bancárias as garantias que lhes permitem disponibilizar às PME empréstimos em condições mais favoráveis. Ao partilhar

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Green Value Energy Building Solutions Janeiro de 2014 Índice Apresentação Áreas de Negócio Consultoria em Eficiência Energética e Ambiental Clientes Contactos Auditorias energéticas

Leia mais

UNIDADE OFERTA / CONDIÇÕES MORADA WEB SITE EMAIL. -25% Rua da Escola Secundária, nº 104 www.ginasiosdavinci.com alcochete@davinci.com.

UNIDADE OFERTA / CONDIÇÕES MORADA WEB SITE EMAIL. -25% Rua da Escola Secundária, nº 104 www.ginasiosdavinci.com alcochete@davinci.com. UNIDADE OFERTA / CONDIÇÕES MORADA WEB SITE EMAIL ALCOCHETE -condicionado à disponibilidade de vaga e horário. Informações Rua da Escola Secundária, nº 104 alcochete@davinci.com.pt ALFORNELOS ALMADA AMORA

Leia mais

ÍNDICE PERFIL MERCADOS ONDE A A400 ESTÁ PRESENTE VOLUME DE NEGÓCIOS CERTIFICAÇÕES PROJECTOS DE REFERÊNCIA CONTACTOS

ÍNDICE PERFIL MERCADOS ONDE A A400 ESTÁ PRESENTE VOLUME DE NEGÓCIOS CERTIFICAÇÕES PROJECTOS DE REFERÊNCIA CONTACTOS DOSSIER DE IMPRENSA ÍNDICE 1 PERFIL - A Empresa - Os Colaboradores - Os serviços 2 MERCADOS ONDE A A400 ESTÁ PRESENTE - A Internacionalização VOLUME DE NEGÓCIOS 4 CERTIFICAÇÕES 5 PROJECTOS DE REFERÊNCIA

Leia mais

A APREN. A APREN é associada das seguintes entidades:

A APREN. A APREN é associada das seguintes entidades: 1. QUEM SOMOS 2 A APREN A APREN - Associação Portuguesa de Energias Renováveis, é uma associação sem fins lucrativos, constituída em Outubro de 1988, com a missão de coordenação, representação e defesa

Leia mais

Gestão e tecnologia para PME s

Gestão e tecnologia para PME s www.sage.pt Gestão e tecnologia para PME s Sage Porto Sage Lisboa Sage Portugal A longa experiência que temos vindo a acumular no desenvolvimento de soluções integradas de software de gestão para as pequenas

Leia mais

Insolvência Pessoa Coletiva Cateri III Acontecimentos e Cateri, Lda. Proc. nº 381/13,6TYLSB Tribunal do Comércio de Lisboa 4º Juízo LISTA PROVISÓRIA DE CRÉDITOS RECLAMADOS (ART. 154º C.I.R.E.) Nº Registo

Leia mais

DECISÃO DO CONSELHO DA AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA Ccent. 36/2005 ENDESA GENERACÍON, S.A. / FINERGE-GESTÃO DE PROJECTOS ENERGÉTICOS, S.A.

DECISÃO DO CONSELHO DA AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA Ccent. 36/2005 ENDESA GENERACÍON, S.A. / FINERGE-GESTÃO DE PROJECTOS ENERGÉTICOS, S.A. DECISÃO DO CONSELHO DA AUTORIDADE DA CONCORRÊNCIA Ccent. 36/2005 ENDESA GENERACÍON, S.A. / FINERGE-GESTÃO DE PROJECTOS ENERGÉTICOS, S.A. I INTRODUÇÃO 1. Em 16 de Maio de 2005, a Autoridade da Concorrência

Leia mais

A HIDROELETRICIDADE EM PORTUGAL

A HIDROELETRICIDADE EM PORTUGAL Ciclo de Mesas Redondas A APREN e as Universidades A HIDROELETRICIDADE EM PORTUGAL Comemoração do Dia nacional da Água 1 de outubro de 2014 2 A HIDROELETRICIDADE EM PORTUGAL PROGRAMA 10:30 10:50 Sessão

Leia mais

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Outras conclusões: Recrutamento na área de Marketing Digital registou crescimento de 15%. Área de E- commerce cresceu 6% Remuneração dos profissionais

Leia mais

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países MGI Internacional Presença em mais de 80 países Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores associações internacionais de empresas independentes

Leia mais

O novo sector elétrico

O novo sector elétrico O novo sector elétrico FISTA 2015 Lisboa, 11 de Março de 2015 A inovação no setor elétrico está a avançar a um ritmo acelerado Eólica offshore Solar PV escala utilities Veículos elétricos Baterias de rede

Leia mais

APRESENTAÇÃO LOCAL. As áreas de oportunidade propostas das sessões para o congresso são:

APRESENTAÇÃO LOCAL. As áreas de oportunidade propostas das sessões para o congresso são: APRESENTAÇÃO O Congresso Internacional Energia Políticas, Inovação e Negócios constitui uma oportunidade para que investigadores, técnicos e outros profissionais do sector possam partilhar ideias, analisar

Leia mais

PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS

PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS Enquadramento Protocolo de Quioto Cimeira de Joanesburgo Directiva Renováveis Estratégia Nacional de Desenvolvimento Sustentável Programa E4 Nova Resolução do Conselho de Ministros INTERREG Programas Regionais

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA. Escolas inscritas - DRELVT

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA. Escolas inscritas - DRELVT 1001415 Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico de D. Inês de Castro de Alcobaça Alcobaça Leiria 1001811 Escola Básica do 2º e 3º Ciclos com Secundária de D. Pedro I Escolas D. Pedro I Alcobaça

Leia mais

JPM Tecnologias para Energias Renováveis, SA. Filipe Fernandes

JPM Tecnologias para Energias Renováveis, SA. Filipe Fernandes JPM Tecnologias para Energias Renováveis, SA Filipe Fernandes Arouca, 2010 A JPM Automação e Equipamentos Industrias SA - Apresentação Historial Fundada há mais de uma década, a JPM é uma empresa tecnologicamente

Leia mais

minigeração # SINERGIAE Engineering for life...

minigeração # SINERGIAE Engineering for life... minigeração # SINERGIAE Engineering for life... O grupo SINERGIAE 2 í ndice O Grupo SINERGIAE... 3 O Que é a Minigeração... 4 Público Alvo... 5 Vantagens & Condições... 6 As nossas soluções... 7 Como fazer...

Leia mais

especial CALOR EFRIO LAR DICAS PARA O 22/11/13 SOL l 39 GETTY IMAGES/BRAND X

especial CALOR EFRIO LAR DICAS PARA O 22/11/13 SOL l 39 GETTY IMAGES/BRAND X especial LAR DICAS PARA O CALOR EFRIO GETTY IMAGES/BRAND X 22/11/13 SOL l 39 02/ 03 CLIMATIZAÇÃO/ LAR GETTY IMAGES/STOCKTREK IMAGES POUPE NA FACTURA DA ELECTRICIDADE Aqueça e refresque a casa de forma

Leia mais

Microgeração de Energia Enquadramento Legal

Microgeração de Energia Enquadramento Legal Microgeração de Energia Enquadramento Legal Inês Saraiva Azevedo Junho 2008 Enquadramento Legislativo Decreto-Lei n.º 363/2007 Benefícios Fiscais Confidencial 2 Enquadramento Legislativo Confidencial 3

Leia mais

Damos valor à sua energia

Damos valor à sua energia Damos valor à sua energia Invista em energias renováveis e eficiência energética e comece a poupar naturalmente. Energia O futuro do planeta está cada vez mais nas nossas mãos e a forma como obtemos e

Leia mais

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79 Serviço Standard Serviço Especial Peso (Kg) 1 2 3 4 5 Entrega até às 18:00H GRUPOL10H GRUPOL13H GRUPOLSAB GRUPOLMA Entrega até às 10:00H do dia seguinte Entrega até às 13:00H do dia seguinte Entrega ao

Leia mais

ÍNDICE 1. QUEM SOMOS 2. A ENERGIA EM PORTUGAL 3. CONTRIBUIÇÃO DAS RENOVÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL

ÍNDICE 1. QUEM SOMOS 2. A ENERGIA EM PORTUGAL 3. CONTRIBUIÇÃO DAS RENOVÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL ÍNDICE 1. QUEM SOMOS 2. A ENERGIA EM PORTUGAL 3. CONTRIBUIÇÃO DAS RENOVÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL 4. O PAPEL DE PORTUGAL NAS ENERGIAS RENOVÁVEIS 2 1. QUEM SOMOS 3 A APREN A APREN - Associação

Leia mais

Eficiência e Inovação no sector da energia. Jorge Cruz Morais

Eficiência e Inovação no sector da energia. Jorge Cruz Morais Eficiência e Inovação no sector da energia Jorge Cruz Morais Paradigma do século XX Energia abundante Energia barata factores da alteração Preço dos combustíveis fósseis Aumento da Procura Emissões de

Leia mais

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras SEDE Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro, 4 1649-007 LISBOA Telefone: 21 7115000 Fax: 21 7161595 Direcções e Delegações Regionais DIRECÇÃO REGIONAL DO CENTRO Director

Leia mais

PUBLIC SERVICE BUREAUS OF THE IMMIGRATION AND BORDERS SERVICE [SEF] TO PROCESS THE PAPERWORK OF FOREIGN CITIZENS

PUBLIC SERVICE BUREAUS OF THE IMMIGRATION AND BORDERS SERVICE [SEF] TO PROCESS THE PAPERWORK OF FOREIGN CITIZENS PUBLIC SERVICE BUREAUS OF THE IMMIGRATION AND BORDERS SERVICE [SEF] TO PROCESS THE PAPERWORK OF FOREIGN CITIZENS SEF - North Address Available from: CNAI do Porto Rua do Pinheiro, n.º 9 4050-484 Porto

Leia mais

Por onde passa o futuro das energias limpas

Por onde passa o futuro das energias limpas ESTE SUPLEMENTO FAZ PARTE INTEGRANTE DO DIÁRIO ECONÓMICO Nº 6043 DE 4 DE NOVEMBRO DE 2014 E NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE Energias A DESTACAR Portugal podia ter sido mais ambicioso que as metas europeias

Leia mais

A seguradora das famílias

A seguradora das famílias A seguradora das famílias Prévoir a decisão que nos muda a Vida A Prévoir-Vie é uma seguradora com mais de 100 anos de história. O conhecimento das famílias e da previdência permite-nos estudar melhor

Leia mais

4267-1986 ÉVORA ÉVORA SENHORA DA GLÓRIA MALAGUEIRA RUA ANTÓNIO ALEIXO, Nº 40 MORADIA TIPO T3 70.000,00 110 Não Não Não M 966

4267-1986 ÉVORA ÉVORA SENHORA DA GLÓRIA MALAGUEIRA RUA ANTÓNIO ALEIXO, Nº 40 MORADIA TIPO T3 70.000,00 110 Não Não Não M 966 4267-1986 ÉVORA ÉVORA SENHORA DA GLÓRIA MALAGUEIRA RUA ANTÓNIO ALEIXO, Nº 40 MORADIA TIPO T3 70.000,00 110 Não Não Não M 966 4625-2004 ÉVORA VIANA ALENTEJO AGUIAR AGUIAR RUA BENTO DE JESUS CARAÇA, RC.

Leia mais

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email Escola Secundária Raul Proença, Caldas da Rainha Caldas da Rainha Leiria Escola Secundária de Santa Maria do Olival, Tomar Tomar Santarém Insignare Associação de Ensino e Formação (Sede) Ourém Santarém

Leia mais

Jayme da costa. A Jayme da Costa desenvolve a sua actividade em várias áreas

Jayme da costa. A Jayme da Costa desenvolve a sua actividade em várias áreas SOMOS ENERGIA Jayme da costa Ao longo dos seus 95 anos de actividade, a Jayme da Costa tornou-se numa das mais conceituadas empresas no ramo da Engenharia. As suas realizações ao nível das instalações

Leia mais

f.c ficinadacidade PORTFOLIO

f.c ficinadacidade PORTFOLIO ficinadacidade PORTFOLIO ficinadacidade Oficina da Cidade, Lda. ARQUITECTURA GESTÃO DE IMÓVEIS CONSULTORIA IMOBILIÁRIA O Atelier Oficina da Cidade desenvolve a sua actividade desde 1990, dedicando-se à

Leia mais

INFORMAÇÃO AOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

INFORMAÇÃO AOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INFORMAÇÃO AOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Directores Executivos dos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) da Região de Lisboa e Vale do Tejo ACES Lisboa Norte Centros de Saúde de Alvalade, Benfica,

Leia mais

Portuguese Immigration Offices

Portuguese Immigration Offices Portuguese Immigration Offices Source: http://www.sef.pt October 2011 These are the Immigration Offices in each region: REGION OF THE NORTH Porto Rua D. João IV, 536 Apartado 4819 4013 Porto Telephone:

Leia mais

Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE)

Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE) Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE) Seminário : Inovação na Construção, Técnicas e Materiais de Construção sustentável Auditório da Associação

Leia mais

Unidade de Apoio Especializado

Unidade de Apoio Especializado Unidade de Apoio Especializado Equipa de Apoio às Escolas Lezíria do Tejo Telef.: 243352425 Escolas Fazendas de Almeirim - Almeirim Escola Básica Fazendas de Almeirim Unidade de Apoio Especializado Fazendas

Leia mais

Sistemas Logísticos de Portugal e Espanha no Desenvolvimento do Mercado Ibérico. 29 e 30 de Novembro de 2010 ENTIDADES ORGANIZADORAS

Sistemas Logísticos de Portugal e Espanha no Desenvolvimento do Mercado Ibérico. 29 e 30 de Novembro de 2010 ENTIDADES ORGANIZADORAS Sistemas Logísticos de Portugal e Espanha no Desenvolvimento do Mercado Ibérico 29 e 30 de Novembro de 2010 ENTIDADES ORGANIZADORAS A LOGISTEL S.A. é uma Sociedade Anónima de que são Accionistas o Grupo

Leia mais

A inscrição no congresso inclui os dois dias de participação no mesmo sendo o seu valor (com IVA incluído) o seguinte:

A inscrição no congresso inclui os dois dias de participação no mesmo sendo o seu valor (com IVA incluído) o seguinte: ENQUADRAMENTO Integrar a à escala local, nomeadamente nos bairros é cada vez mais um desafio que vai ser abordado no congresso LiderA 2012 que se realiza nos dias 18 e 19 de Junho de 2012, no Complexo

Leia mais

Jorge Cruz - Cartório: Rua Vitor Cordon, 14, - 1249-103 LISBOA - Telef. 21 3475020 - Telefax 21 3421885 e 21 3424583 - E-mail: jpcruz@mail.telepac.

Jorge Cruz - Cartório: Rua Vitor Cordon, 14, - 1249-103 LISBOA - Telef. 21 3475020 - Telefax 21 3421885 e 21 3424583 - E-mail: jpcruz@mail.telepac. AGENTES OFICIAIS DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL (Os Agentes Oficiais da Propriedade Industrial, como tal reconhecidos pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial, podem promover actos e termos do processo

Leia mais

Seja um Profissional em Energia Solar

Seja um Profissional em Energia Solar Seja um Profissional em Energia Solar Nós, da Blue Sol, acreditamos no empoderamento de todos os consumidores de energia elétrica no Brasil através da possibilidade de geração própria da energia consumida.

Leia mais

Água Quente Solar para Portugal

Água Quente Solar para Portugal INICIATIVA PÚBLICA AQSpP Água Quente Solar para Portugal J. Farinha Mendes Presidente da SPES www.spes.pt Portugal - um dos países da Europa com maior disponibilidade de recurso solar Eficiência Energética

Leia mais

Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) Município do Barreiro. Nota complementar e explicativa

Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) Município do Barreiro. Nota complementar e explicativa Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) Município do Barreiro Nota complementar e explicativa Setembro de 2012 IDENTIFICAÇÃO Título: Plano de Acção para a Energia Sustentável (PAES) - Município

Leia mais

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME 15.06.2010 Institucional \ Breve Introdução A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo

Leia mais

estatísticas rápidas dezembro 2013

estatísticas rápidas dezembro 2013 estatísticas rápidas dezembro 213 Nº 16 Índice A. Resumo B. As energias renováveis na produção de eletricidade 1. Energia e potência por fonte de energia 2. Energia e potência por distrito 3. Comparação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DO PORTO TRANSFERÊNCIAS 2010/2011

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DO PORTO TRANSFERÊNCIAS 2010/2011 162.024 Renata Sofia Mendes Barbosa Infantil Assoc. Rec. Luz e Vida Gondomarense Alunos de Meirim Futebol Clube 157.431 Bruno Manuel Ribeiro da Silva Juvenil Futebol Clube do Porto Alunos de Meirim Futebol

Leia mais

Patrocinadores: Apoiantes: Media Partners:

Patrocinadores: Apoiantes: Media Partners: Patrocinadores: Ouro: Prata: Apoiantes: Media Partners: ENQUADRAMENTO Num mercado em mudança a sustentabilidade pode ser uma oportunidade chave para dinamizar o sector e o LiderA um contributo na procura

Leia mais

Apresentação da empresa Setembro de 2013

Apresentação da empresa Setembro de 2013 Apresentação da empresa Setembro de 2013 1 ORGANIZAÇÃO DA R&C SGPS R&C, SGPS 80% RARI 80% CEDI 78% OVO Solutions 80% VSD 100% RARI GmbH 100% OVO Solutions S.L 100% OVO Service 2 HISTÓRIA DA R&C SGPS A

Leia mais

Programa ERASMUS+ - Ação 1

Programa ERASMUS+ - Ação 1 Programa ERASMUS+ - Ação 1 Resultados de Seleção 2015 Ensino Superior Mobilidades para Aprendizagem Número de candidatura Nome da instituição Endereço da instituição Subvenção atribuída Estatuto 2015-1-PT01-KA103-012420

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

AS RENOVÁVEIS EM PORTUGAL ABRIL DE 2013

AS RENOVÁVEIS EM PORTUGAL ABRIL DE 2013 AS RENOVÁVEIS EM PORTUGAL ABRIL DE 2013 ÍNDICE 1. QUEM SOMOS 2. DADOS GERAIS 3. A CONTRIBUIÇÃO DAS RENOVÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTOS NACIONAL 4. O IMPACTO DAS RENOVÁVEIS NA FACTURA DE ELECTRICIDADE E

Leia mais

Green Value Energy Building Solutions

Green Value Energy Building Solutions Company Presentation Green Value Energy Building Solutions Junho de 2010 Campo Grande 28, 1ºF 1700-093 Lisboa Portugal Tel: +351.21 817 100 Fax: +351.21 817 109 www.greenvalue.pt e-mail: geral@greenvalue.pt

Leia mais

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA

INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA 2 PROGRAMA INTERNACIONALIZAR EM PARCERIA A Mota-Engil Indústria e Inovação e a Caixa Capital celebraram um acordo para a concretização de um Programa, designado Internacionalizar

Leia mais

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA. M.A. Morgado & Faria, Lda. Rua da Industria Corticeira, 17 2870-271 MONTIJO

A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA. M.A. Morgado & Faria, Lda. Rua da Industria Corticeira, 17 2870-271 MONTIJO A. Reis Valle, Lda. Rua Tomás Ribeiro, 95 1050-227 LISBOA M.A. Morgado & Faria, Lda. Rua da Industria Corticeira, 17 2870-271 MONTIJO Laboratório Aeminium, Lda. Rua Dr. Paulo Quintela, 27 3030-393 COIMBRA

Leia mais

Essa energia pode então ser injectada e vendida na sua totalidade à rede a uma tarifa bonificada.

Essa energia pode então ser injectada e vendida na sua totalidade à rede a uma tarifa bonificada. O que é a geração fotovoltaica? A microgeração fotovoltaica é a produção, pelo próprio consumidor, de energia elétrica através da captação da radiação solar por um conjunto de painéis solares fotovoltaicos.

Leia mais

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS)

Escola Secundária de S. Pedro do Sul (AESPS) Sala B5 KFS ALEXANDRE DE ALMEIDA SILVA ALEXANDRE HENRIQUE DA ROCHA OLIVEIRA ALEXANDRE MIGUEL DE ALMEIDA PEREIRA ALEXANDRE SILVA FIGUEIREDO ANA CATARINA GOMES MOREIRA ANA CATARINA MARQUES GOMES ANA MARGARIDA

Leia mais

N o m e a ç õ e s Jogo Hora Visitado / Visitante Pavilhão Arbitros (1 / 2)

N o m e a ç õ e s Jogo Hora Visitado / Visitante Pavilhão Arbitros (1 / 2) Camp. Nac. Juniores - Sul D 3 de abril de 2014 1301 21:30 Paço d'arcos Benfica Paço d'arcos Jorge Ventura (Lisboa) 4 de abril de 2014 Camp. Nac. Juniores - Norte B 1242 22:15 Académico Carvalhos Porto

Leia mais

5. ROGÉRIO BARREIRA Construção Civil, Unipessoal, LDA.

5. ROGÉRIO BARREIRA Construção Civil, Unipessoal, LDA. BOLSA DE EMPREITEIROS 1. CONSTRUÇÕES PEDRINHO & FILHOS, LDA. Rua Dr. Gentil Martins, Lote 21, Bairro Novo de Santo Eloy 1675-020 Pontinha Tel.: 214 796 201 Telemóvel: 965 739 820 2. MANUEL ESTEVES MOREIRA,

Leia mais

ELECTRODOMÉSTICOS. Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa ELECTRODOMÉSTICOS ELECTRODOMÉSTICOS ELECTRODOMÉSTICOS ELECTRODOMÉSTICOS

ELECTRODOMÉSTICOS. Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa ELECTRODOMÉSTICOS ELECTRODOMÉSTICOS ELECTRODOMÉSTICOS ELECTRODOMÉSTICOS 0018 A. OLIVEIRA -, LDA Av. Almirante Reis, 91-A 0600 A. S. VEIGA, LDA Rua Reinaldo Ferreira, 31-C 1700-322 LISBOA 0632 ABEL S. OLIVEIRA, LDA Av. Jaime Cortesão, 32-B/C 1400-138 LISBOA 0660 AMÉRICO RODRIGUES

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ANÁLISE BIOENERGÉTICA

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ANÁLISE BIOENERGÉTICA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ANÁLISE BIOENERGÉTICA Listagem de Psicoterapeutas Analistas Bioenergéticos com e sem o grau de CBT Alcina Flambo Morada Cons.: Rua Bernardo Sequeira, Nº 231 - sala 12, 3210-457

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

A Exchange é uma marca da empresa Changebiz Rede de Consultores Financeiros, SA.

A Exchange é uma marca da empresa Changebiz Rede de Consultores Financeiros, SA. Exchange A EXCHANGE Quem somos A Exchange é uma marca da empresa Changebiz Rede de Consultores Financeiros, SA. Resulta de uma Parceria de Sucesso entre o Grupo Onebiz, referência no desenvolvimento de

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Selfenergy PARCEIRO: SCT Consulting SOLVING CHALLENGES TOGETHER Uma empresa com energia A Vivapower é uma

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO AO DECRETO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N.º 60/XII. Reorganização Administrativa de Lisboa

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO AO DECRETO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N.º 60/XII. Reorganização Administrativa de Lisboa PROPOSTA DE ALTERAÇÃO AO DECRETO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA N.º 60/XII Reorganização Administrativa de Lisboa Considerando que Sua Excelência O Presidente da República decidiu não promulgar o Decreto da

Leia mais

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores

Leia mais

REQUEST aproveitamento da energia solar na reabilitação

REQUEST aproveitamento da energia solar na reabilitação REQUEST aproveitamento da energia solar na reabilitação US Tile request aproveitamento da energia solar na reabilitação apisolar@ FIL 10out12 Índice apisolar apresentação e intervenção no projecto sistemas

Leia mais

REDE CLÍNICAS DENTÁRIAS Smile.up

REDE CLÍNICAS DENTÁRIAS Smile.up REDE CLÍNICAS DENTÁRIAS Smile.up Zona Norte Douro Dolce Vita Douro Piso 2 / Loja 213/214 Alameda de Grasse 5000-703 Vila Real Telefone: +351 259 241 250 E-mail: dvdouro@smileup.pt Direcção Clínica: Dra.

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1533/10.6TJVNF Insolvência de Ideias ao Acaso, Unipessoal, Lda Apenso da Reclamação

Leia mais

Identificação da Empresa. Serviços

Identificação da Empresa. Serviços WWW.CARTOGLOBO.COM CARTOGLOBO TOPOGRAFIA E PROJECTOS Identificação da Empresa Denominação Social: CARTOGLOBO TOPOGRAFIA E PROJECTOS, LDA. Localizações: - Avenida de Espanha, n.º 16-6º Dto. 6000-078 Castelo

Leia mais

PESQUISA DE PSICOTERAPEUTAS Listagem de Psicoterapeutas

PESQUISA DE PSICOTERAPEUTAS Listagem de Psicoterapeutas PESQUISA DE PSICOTERAPEUTAS Listagem de Psicoterapeutas Analistas Bioenergéticos com e sem o grau de CBT Alcina Flambo Rua Bernardo Sequeira, Nº 231 - sala 12, 3210-457 Braga Telemóvel: 918188139 Ana Botas

Leia mais

Inquérito ao Crédito. Relatório

Inquérito ao Crédito. Relatório Inquérito ao Crédito Relatório Março 2012 Destaques O crédito bancário é a fonte de financiamento mais significativa referida por cerca de 70% das empresas. O financiamento pelos sócios ou accionistas

Leia mais

ARRENDAMENTO JOVEM Mais e melhores oportunidades

ARRENDAMENTO JOVEM Mais e melhores oportunidades Mais e melhores oportunidades 2 3 PREENCHIMENTO DOS RENDIMENTOS COM BASE NA DECLARAÇÃO DE IRS DESTE ANO APOIO ATÉ 50% DAS RENDAS O Programa Porta 65 Jovem tem como objectivo regular os incentivos a atribuir

Leia mais

LISTA DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISE DE AZEITE PORTUGAL LABORATÓRIOS PÚBLICOS

LISTA DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISE DE AZEITE PORTUGAL LABORATÓRIOS PÚBLICOS LISTA DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISE DE AZEITE PORTUGAL LABORATÓRIOS PÚBLICOS ASAE AGÊNCIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E ECONÓMICA Estrada do Paço do Lumiar Campus do Lumiar 22 Edifício, F - 1ºandar 1649-038 Lisboa

Leia mais

PRINCIPAIS MARCOS DO SUCH

PRINCIPAIS MARCOS DO SUCH PRINCIPAIS MARCOS DO SUCH 2014 4 de dezembro - Aprovação, por maioria absoluta, em sede de Assembleia Geral, do novo Regime de Quotização e Benefícios dos Associados e do Plano de Ação e Orçamento para

Leia mais