FecomércioSP participa da sanção do Supersimples no Palácio do Planalto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FecomércioSP participa da sanção do Supersimples no Palácio do Planalto"

Transcrição

1 n º 28 Agosto 2014 Informativo do Sindicato do Comércio Varejista de Araçatuba e Região n º 28 Agosto 2014 FecomércioSP participa da sanção do Supersimples no Palácio do Planalto Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV) Simulador financeiro Projeto deve entrar em vigor a partir de 2015 e estabelece a inclusão de 140 atividades econômicas no regime. Página 6 FecomércioSP lança calculadora para facilitar escolha do regime tributário das empresas. Página 4 O mais completo levantamento de vendas do comércio paulista que utiliza dados mensais informados pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. Página 3 Convenção Coletiva de Trabalho Entidades sindicais iniciam as negociações. Página 2 CONSULTA SERASA - CDL Araçatuba Rua XV de Novembro nº 300 Fone: Convênios e parcerias Centro de Estudos Littera. Pág. 4 Academia Corpo Tottal. Pág. 4 Universidade Anhaguera.Pág. 6

2 2 n º 28 Agosto 2014 PALAVRA DO PRESIDENTE As negociações salariais serão complexas e mais acaloradas neste ano á iniciaram as discussões das negociações dos reajustes salariais de diversas categorias, representantes de diversas classes sindicais e especialistas acreditam que as discussões serão mais complexas neste ano, por conta do baixo desempenho da economia, e do crescimento da inflação, e alto índice de inadimplência do consumidor e juros mais altos, que está diminuindo a renda, e consequentemente o poder de compra da população. A expectativa é que os reajustes em geral não serão tão generosos como em anos anteriores, EXPEDIENTE sem concessão de benefícios ou aumento real. Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), revelam o recuo de 3,2% no Índice de Confiança da Indústria (ICI) em julho em relação ao mês anterior. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), da mesma forma, anunciou também que o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) recuou 1% em julho em relação a junho, sendo um dos motivos alegados, a queda do ritmo das vendas neste ano. Considerando a conjuntura econômica que se apresenta e, diante deste cenário desanimador, acredito que as discussões serão bastante complexas e acaloradas dentro do setor do varejo, principalmente com a categoria dos comerciários, cujas negociações já se iniciou entre as federações e, rolarão por alguns meses devido a sua complexidade e dos muitos pontos que serão debatidos. Por sua vez, do lado dos empregados, esperamos muitas cobranças e reajuste com índice absurdo por conta do cenário inflacionário. Do outro lado, os dados mostram que há queda de faturamento em alguns setores, cuja defasagem com o custo de trabalho chegaram a 20%. Para os empresários, a expectativa para o crescimento da economia é desfavorável para o varejo, neste contexto, acredito que os reajustes salariais serão menores do que os almejados pelas categorias dos trabalhadores em geral. Gener Silva - Presidente do Sincomércio Araçatuba e Região Vice-Presidente da FecomércioSP CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Entidades sindicais iniciam as negociações s Federações do Comércio, de Bens Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FECOMÉRCIO-SP) e a Federação dos Empregados no Estado de São Paulo (FECOMERCIÁRIOS), já deram inicio às negociações da Convenção Coletiva de Trabalho, para reajustar os pisos salariais dos comerciários. As pautas de reivindicações contendo as cláusulas econômicas e sociais das categorias já estão sendo estudas, analisadas e discutidas pelas entidades e pelos sindicatos. Os trabalhadores por sua vez estão reivindicando um reajuste salarial de 12%, referente a correção da inflação (INPC do IBGE) mais o aumento real de 4%. As entidades patronais devem propor no máximo a reposição da inflação que deve ficar em torno de 6%, referente ao período dos últimos doze meses até setembro, data-base para o reajuste da categoria dos comerciários. Estamos num período economicamente crítico, com a desaceleração do ritmo das vendas no comércio, o aumento da inflação e da inadimplência vem sendo a grande preocupação dos comerciantes, e neste momento, precisamos ter muita cautela e, em função desse panorama, as negociações serão mais complicadas neste ano, podendo se prolongar por vários meses afirma Gener Silva Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Araçatuba e Região (SINCOMÉRCIO). Informativo de divulgação dos trabalhos e atividades realizadas pelo Sindicato do Comércio Varejista de Araçatuba e Região Tiragem 4 mil exemplares, distribuição gratuita para empresas do comércio varejista em geral. Projeto e editoração gráfica: Arlen Pontes CTP e impressão: Editora Folha da Região O informativo também está disponível no site do sindicato para leitura on line. Anúncio no jornal: Arnaldo Castilho e Tiago Castilho Endereço: Rua Silva Jardim, 798, V. São Paulo Araçatuba - SP / CEP Fone: (18) / Fax: (18) Site: Diretoria: Gener Silva Presidente, Antonio Eleutério da Silva Secretário e Takashi Habe - Tesoureiro. Nossa Missão: Representar, defender os interesses e direitos da categoria, estimular a livre iniciativa, propor soluções e serviços para gerar resultados positivos no desenvolvimento das empresas e da sociedade.

3 n º 28 Agosto ECONOMIA Pela terceira vez seguida, o comércio paulista amargou encolhimento de vendas Aponta resultado da pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV) realizado pela FecomercioSP a comparação anual no mês de maio de 2014, o comércio registrou faturamento 2% menor do que o apurado em maio de Com essa queda, o desempenho do varejo estadual em 2014 sofre novo revés, avançando 1,5% nesses cinco primeiros meses do ano abaixo dos 2,5% de crescimento até abril. O recuo de receita das vendas em maio foi causado pelos resultados negativos apontados por três atividades agrupadas na pesquisa. O mais significativo deles, pela relevância do segmento para o comércio em geral, foi registrado pelas concessionárias de veículos, após queda de 16%. As lojas de materiais de construção recuaram 9,3% no período. A maior diminuição porcentual, no entanto, foi a que sofreu a receita das lojas de eletrodomésticos e eletrônicos (-23,6%). O resultado foi 2% menor que o registrado no mesmo mês do ano passado, reduzindo a expansão do setor para 1,5% nos cinco primeiros meses de 2014 Por outro lado, o comportamento positivo das vendas em seis segmentos segurou uma redução maior da receita do varejo paulista. Os supermercados, por exemplo, conseguiram em maio crescimento de 2,9% sobre o mesmo mês do ano passado. Outro importante segmento que registrou elevação de faturamento no período foi o de lojas de vestuário, tecidos e calçados, com 1,1% de alta, Mas o melhor desempenho foi atingido pelas farmácias e perfumarias: ampliação de 8,6%. As lojas de departamentos obtiveram variação de 2,1%. Já os varejistas que atuam na atividade de autopeças e acessórios obtiveram alta de 3,1%. As lojas de móveis e decoração registraram elevação de 1,6%. As demais atividades do comércio em geral, com destaque para os postos de combustíveis, registraram aumento de 7,2%. Para os economistas da FecomercioSP, essa terceira queda seguida da receita do comércio em geral mostra claramente a difícil situação enfrentada pelos comerciantes paulistas desde fevereiro de Conforme recentes sondagens divulgadas pela Federação, até mesmo as datas comemorativas de maior movimento para o comércio Dia das Mães e Dia dos Namorados foram prejudicadas pela tendência de freio de consumo da população. As reduções nas vendas para essas datas, inclusive, são esperadas em maior ou menor grau para as próximas edições da PCCV. Além disso, indicadores de confiança tanto de empresários quanto de consumidores estão refletindo o mau humor generalizado diante de taxas de juros elevadas, de altos índices inflacionários e de desaquecimento do mercado de trabalho. Sem sinais de que o cenário econômico brasileiro melhore em curto prazo, também não existem boas perspectivas para o restante do ano. Fonte FecomércioSP texto condensado Comércio da região de Araçatuba registra em maio faturamento de R$ 641,9 milhões O varejo da região de Araçatuba registrou, em maio, receita de R$ 641,9 milhões. Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve queda de 4% do resultado das receitas de vendas considerada a inflação do período. Os números são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV), apresentada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz). Com R$ 201,6 milhões de faturamento em maio, os supermercados que respondem pela maior parcela do movimento financeiro do comércio da região, identificaram alta de 5,7% no intervalo de um ano. A segunda atividade mais representativa, composta pelas concessionárias de veículos, registrou no período queda de receita em 13,4%, aos R$ 68,9 milhões. Na sequência, as farmácias e perfumarias obtiveram R$ 43,8 milhões, após aumento de 3,1%. As lojas de materiais de construção, que faturaram R$ 43 milhões em maio último, registraram desempenho positivo, com alta de 2,3%. Já as lojas de vestuário, tecidos e calçados conseguiram um bom resultado ao constatarem elevação de faturamento em 22,2%, com os R$ 42,3 milhões registrados em maio. As lojas de departamentos, com R$ 19,9 milhões, conseguiram ampliar o faturamento em 6,5% sobre igual mês de A receita das lojas de autopeças e acessórios ficou em R$ 19,7 milhões, após baixa de 29,1% - o pior desempenho entre todas as categorias. Com R$ 16,4 milhões, as lojas de eletrodomésticos e eletrônicos apresentaram resultado 27,6% menor em um ano. Já a receita das lojas de móveis e decoração caiu 25,9%, totalizando R$ 7,2 milhões. As demais atividades do comércio em geral, entre as quais os postos de combustíveis são mais relevantes, registraram juntas faturamento de R$ 179,1 milhões, apontando baixa de 10,6%. Fonte: PCCV da FecomnércioSP DIGITAÇÃO DE DOCUMENTOS A empresa Adeus Papéis traz uma novidade para Araçatuba e região, prestando serviços de digitalização de documentos, incluindo gestão, indexação e armazenamento dos documentos digitalizados em mídia. A empresa trabalha digitalizando e catalogando documentos, facilitando o processo de manuseio e liberando espaços de arquivos mortos. Digitalizamos os documentos, com ou sem indexação, de acordo com os requisitos legais (Lei nº /2012). Conta, também, com profissionais capacitados, máquinas de tecnologia avançada para atender a demanda de diversos setores empresariais, instituições de ensino, entidades da administração pública em geral. Benefícios da digitalização: Facilidade de acesso e de distribuição dos documentos; Redução de custo com recuperação e duplicação; Integração de dados ativos e históricos; Redução de tempo das atividades que requerem a análise de documentos; Preservação do arquivo físico; Segurança; Produtividade; Qualidade e capacidade de atendimento; Contribua com o meio ambiente. (18) Comercial (18) Andre Theodoro / (18) Natáli Fernandes Skype: adeuspapeis / Site:

4 4 n º 28 Agosto 2014 PARCERIA EDUCACIONAL Centro de estudos Littera FecomercioSP lança calculadora para facilitar escolha do regime tributário Com o simulador é possível comparar os valores da carga tributária e o lucro propiciado Sincomércio firmou parceria com o Centro de Estudos LITTERA, com o objetivo de oferecer aos alunos o desenvolvimento e aprimoramento profissional nas mais diversas áreas do conhecimento, com a vantagem do desconto de 10% até 20% nas matrículas e nas mensalidades para as empresas associadas/filiadas ao sindicato, direcionado aos diretores seus dependentes e funcionários. O LITTERA em parceria com a UNIFRAN Universidade de Franca, hoje pertencendo ao grupo CRUZEIRO DO SUL, FMB Cursos Preparatórios, e ABRASCE Academia Brasileira de Ciência e Educação, oferece cursos semipresenciais, de graduação nas áreas administrativa humanas, tecnologia e de formação de professores. Na modalidade EAD à distância, oferece Cursos de Pós-graduação lato sensu e MBA nas áreas administrativas, de educação com preço promocional de R$ 139, 00 MENSAIS, até o dia 25/05/2014. Além desses cursos, o LITTERA oferece ainda ginástica cerebral, através de atividades para o desenvolvimento da memória, atenção, raciocínio lógico em sua ACADEMIA DO CÉREBRO LITTERA. O LITTERA oferece ainda, serviços de consultoria e cursos preparatórios para concursos nos diversos níveis e para carreira jurídica através de sua unidade do FMB Cursos Preparatórios. Mais informações: Centro de Estudos Littera Fones: e Cel.: , Rua América do Sul nº 251 Araçatuba-SP. com.br / Academia de ginástica Corpo Tottal Sincomércio firmou parceria com a academia Corpo Tottal com a finalidade de beneficiar empresários, seus dependentes e funcionários. A Corpo Total oferece desconto de 24% de desconto nas mensalidades, e 38% de desconto para estudantes, a academia possui ampla sala de ginástica, possui profissionais capacitados para acompanhamento, e conta agora também com aulas de zumba. A Corpo Tottal está oferecendo gratuitamente uma semana de academia. Mais informações fone: Rua Coelho Neto nº 203. próximo à Prefeitura Municipal e do Terminal Rodoviário facebook: corpo total Com a aprovação do PLC - Projeto de Lei da Câmara, nº 60 de Complementar, que trata da alteração do Simples Nacional, aprovado nesta quarta-feira (16) no Senado e a caminho da sanção presidencial, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) aconselha que as empresas façam uma análise de suas peculiaridades, bem como de seus gastos e custos. Para ajudar os empresários, a Entidade criou uma calculadora que, pela indicação da renda bruta mensal, compara as tributações e indica a carga tributária e o lucro obtido em cada um dos regimes. O objetivo é simular as opções antes da escolha entre Lucro Presumido, Lucro Real e Simples Nacional. O projeto deve entrar em vigor a partir de 2015 e estabelece a inclusão de 140 atividades econômicas classificadas como microempresas e empresas de pequeno porte no Simples Nacional, ampliando o rol para atividades antes não permitidas, como medicina, advocacia, odontologia, corretagem, auditoria, economia, gestão, organização, controle e administração, jornalismo e publicidade. Apesar de a abrangência representar um avanço por ampliar a relação de setores optantes pelo Simples Nacional, a Federação destaca que os novos setores serão incluídos em uma tabela de recolhimento em que as alíquotas variam entre 16,93% e 22,45%, superiores às taxas praticadas anteriormente no mesmo enquadramento - entre 4,35% e 16,85%. Dessa maneira, a alteração do projeto pode não ser tão vantajosa para as novas empresas que optarem por ingressar no Simples Nacional. A calculadora, disponível no site apresenta três tabelas com os dados de cada regime tributário: Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. O usuário preenche os dados solicitados por cada regime e, ao final, o simulador lista os valores da carga tributária e o lucro de cada um, comparando os três. Assim, o empresário se beneficia de um método comparativo que envolve um mesmo potencial empresarial nos diferentes regimes tributários, a fim de selecionar o que considera mais viável economicamente para o seu empreendimento. Apesar de o Simples Nacional dar tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas, nem sempre é mais vantajoso que os regimes comuns de tributação, como o Lucro Real (no qual é possível deduzir todas as despesas) e o Lucro Presumido (no qual, de acordo com o tipo de atividade, presume-se que a margem de lucro seja x%). Fonte: FecomércioSP

5 n º 28 Agosto A parceria do Sincomércio com a Fecomércio e a Qualicorp, oferece aos empresários e a sua família e funcionários, o que há de melhor em plano de saúde e seguros de vida. Você conta com atendimento nacional através da UNIPLN (Unimed) e Sul América, com ampla rede médica e hospitalar, reembolso e alto padrão de atendimento, além de preços e condições especiais. Neste plano não tem cobrança de coparticipação em consultas e exames, só o valor da mensalidade, não tem limite de consultas, exames ou diárias hospitalares. Para mais informações ligue: (11) ou (18) / (11) fale com Beatriz consultora credenciada.

6 6 n º 28 Agosto 2014 Fecomércio-SP participa da sanção do supersimples no palácio do planalto Projeto deve entrar em vigor a partir de 2015 e estabelece a inclusão de 140 atividades no regime omo uma das principais defensoras do projeto de alteração da Lei e do tratamento diferenciado previsto para as empresas enquadradas no regime, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) participou do evento representada pelo presidente do Conselho do Comércio Varejista e diretor da Federação, Paulo Roberto Gullo. O projeto estabelece a inclusão de 140 atividades econômicas classificadas como microempresas e empresas de pequeno porte no Simples Nacional, ampliando o rol para atividades antes não permitidas, como medicina, advocacia, odontologia, corretagem, auditoria, economia, gestão, organização, controle e administração, jornalismo, publicidade etc. Fecomércio é uma das principais defensoras do projeto de alteração da Lei do tratamento diferenciado previsto para as empresas enquadradas no regime. O texto também prevê que os processos de abertura, de registro, de alteração e de baixa da micro e pequena empresa deverão ter trâmites simplificados, podendo ser realizados por meio eletrônico através da Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios) que tem como previsão de implantação, conforme algumas informações do mercado, para o início do segundo semestre. A Federação sugeriu a criação de uma versão simplificada do esocial adequada à realidade das microempresas e empresas de pequeno porte, garantindo tratamento diferenciado estabelecido pelo artigo 179 da Constituição Federal, o que foi contemplado no PLP nº 221/2012. Sobre a dispensa da substituição tributária para as empresas optantes pelo Simples, o Projeto de Lei Complementar nº 221/2012 aborda a exclusão das empresas enquadradas no regime na substituição tributária, mas elenca uma gama de setores como exceção. A FecomercioSP continua combatendo a implementação da Substituição Tributária e defende ao longo dos últimos anos que todas as micro e pequenas empresas enquadradas no Simples Nacional sejam excluídas do regime. (Fonte Fecomércio-SP 08/2014 Foto: planalto.gov.br). A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços, e congrega 154 sindicatos patronais. PARCERIA EDUCACIONAL Universidade Anhanguera Polo Araçatuba Sincomércio firmou parceria com Universidade Anhanguera Educacional Polo Araçatuba/SP, com o objetivo de oferecer aos empresários do comércio, familiares e funcionários a vantagem de 10% de desconto nas mensalidades dos cursos de Graduação, para formação e qualificação profissional, que se estende às empresas associadas/filiadas ao sindicato. A Anhanguera Educacional disponibiliza cursos de graduação na modalidade de Educação à Distância, EAD Semipresencial com o auxílio do tutor presencial, uma vez por semana e EAD online, onde o aluno estuda como lhe convier, com aulas e material pela internet, com suporte de um tutor à distância. A Instituição oferece cursos de: Administração, Ciências Contábeis, Pedagogia, Serviço Social, Superior de Tecnologia em Logística, Superior de Tecnologia em Gestão de RH, Superior de Tecnologia em Marketing, Superior de Tecnologia em Gestão Comercial, entre outros. Valores à partir de R$ 179,99 (já com o desconto de 10% sobre a bolsa incentivo e pagamento até o 5º dia útil). A Universidade Anhanguera também oferece cursos de Pós-Graduação e MBA, totalmente online, em várias áreas: Enfermagem do Trabalho, MBA - Gestão e Estratégia de Negócios, MBA - Marketing e Vendas, entre outros. Condição especial de pagamento informado no site. Maiores informações acesse o site Universidade Anhanguera Polo Araçatuba/SP Rua Cussy de Almeida Jr. nº Centro Fones: , Cel.:

7 n º 28 Agosto DIA DO COMERCIANTE Sincomércio parabeniza os comerciantes, agentes da transformação e do avanço Setor gera cinco milhões de empregos no Estado de São Paulo e responde por cerca de 4% do PIB brasileiro data comemorada em 16 de julho é uma homenagem aos empreendedores do comércio varejista, profissionais que estão comprometidos com o avanço da economia brasileira. Somente no Estado de São Paulo, o comércio engloba mais de 1,8 milhão de atividades dos mais variados segmentos, como alimentação, turismo, serviços, vestuário, concessionárias de veículos, supermercados, lojas de departamentos, materiais de construção, autopeças, postos de gasolina, farmácias, perfumarias, entre inúmeros outros, que geram cinco milhões de empregos e respondem por cerca de 4% do PIB brasileiro. Por tudo isso, mais do que contribuir para o crescimento econômico, o comércio tem sido a atividade propulsora das transformações na sociedade, formando pessoas, convertendo crises em oportunidades de negócios. Você, comerciante, é o agente dessas mudanças e o responsável por esses números grandiosos. VISCONDE DE CAYRU O Dia do Comerciante foi instituído em 1953, por lei federal, em homenagem ao nascimento de José Maria da Silva Lisboa, o Visconde de Cayru, que teve grande influência na abertura dos portos brasileiros ao comércio. Nascido no dia 16 de julho de 1756, em Salvador, o político exerceu forte influência sobre Dom João VI, elencando as vantagens que o País teria com a abertura dos portos. O resultado é conhecido por todos: a Carta Régia de 24 de janeiro de 1808, que autorizou o comércio entre o Brasil e outros países. A história do comércio, no entanto, vem de tempos muito remotos, sendo praticamente impossível precisar quando as primeiras trocas começaram a fazer parte do cotidiano do homem. A única certeza é que, desde os mascates, vendedores ambulantes, feirantes, pequenos e médios comerciantes até os gigantes do atacado, varejo e a novidade do e-commerce, o que sempre norteou o profissional do comércio foi o empreendedorismo aliado à criatividade. INFORME CDL FCDLESP realizará 38ª Convenção dos Lojistas do Estado de São Paulo Lideranças lojistas se reunirão no final do mês em Águas de Lindóia, São Paulo, para a 38ª Convenção dos Lojistas do Estado de São Paulo. O evento vai contar com grandes nomes para debater o tema central do encontro, A Evolução do Varejo, assim como discutir o cenário, as tendências e influências das novas tecnologias no futuro do mercado varejista. Realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo (FCD- LESP), a 38ª Convenção dos Lojistas do Estado de São Paulo, principal evento destinado ao comércio varejista, irá debater a evolução do setor em toda sua trajetória. Além disso, abordará as tendências e as influências do mercado varejista em 2014, assim como o atual cenário econômico nacional e workshops com temas relacionados a estratégias de marketing e administração de franquias. A Convenção acontece entre os dias 29 e 31 de agosto no Hotel Monte Real Resorts, o evento, idealizado pela FCDLESP conta com apoio da CNDL (Confederação das Câmaras de Dirigentes Lojistas) e CDL s (Câmara de Dirigentes Lojistas). Para mais informações e inscrições, acesse SPC-BRASIL O SPC Brasil oferece a maior variedade de informações cadastrais sobre pessoas físicas e jurídicas (Consultas SPC e Serasa), visando facilitar e dar mais segurança nas operações de crédito entre as empresas e os consumidores. ASSOCIE-SE A CDL Faça parte da maior rede de empresários do Brasil, associe-se à Câmara de Dirigentes Lojistas de Araçatuba CDL. Fone (18) Rua XV de Novembro nº 300 e- -mail:

8 8 n º 28 Agosto 2014

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Venda de tecidos tem destaque em setembro

Venda de tecidos tem destaque em setembro Venda de tecidos tem destaque em setembro setembro / 2009 Temos avaliado, mês a mês, um ritmo favorável nas vendas e no faturamento do comércio que, em alguns segmentos, assume patamares pré-crise. Neste

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2014 PONTA GROSSA Este relatório, referente ao mês de Janeiro de 2014, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 2 SUMÁRIO Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita de

Leia mais

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Ainda durante este ano, o Congresso Nacional poderá aprovar novas vantagens para as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional,

Leia mais

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: O MOSSOROENSE DATA: 06.05.15 EDITORIA: EMERY COSTA. Classificação: Positiva

FECOMÉRCIO VEÍCULO: O MOSSOROENSE DATA: 06.05.15 EDITORIA: EMERY COSTA. Classificação: Positiva FECOMÉRCIO VEÍCULO: O MOSSOROENSE DATA: 06.05.15 EDITORIA: EMERY COSTA Classificação: Positiva VEÍCULO: PORTAL MERCADO ABERTO DATA: 05.05.15 Expectativa de vendas para o Dia das Mães é alta Uma pesquisa

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda, uma

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais/CVB s 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda,

Leia mais

Como funcionam as micro e pequenas empresas

Como funcionam as micro e pequenas empresas Como funcionam as micro e pequenas empresas Introdução Elas são 99,2% das empresas brasileiras. Empregam cerca de 60% das pessoas economicamente ativas do País, mas respondem por apenas 20% do Produto

Leia mais

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Quem somos? Nossa Missão:

Quem somos? Nossa Missão: Bem Vindos! Quem somos? A GEPC Consultoria Tributária é uma empresa especializada em consultoria para Farmácias e Drogarias com mais de 6 anos de mercado neste seguimento. Apoiando e atualizando nossos

Leia mais

Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos.

Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos. Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos. Nossa história Tudo começou em 1933, quando o prof. Mario Veiga de Almeida ensinava catecismo aos adolescentes

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE DEZEMBRO DE 2013 CURITIBA E R.M Este relatório, referente ao mês de Dezembro de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Data: Dezembro/98 N o 20 DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA O comércio é a ponta da cadeia produtiva e é o primeiro

Leia mais

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES + BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES CDL CARTÕES +FACILIDADE Com o objetivo de oferecer soluções para facilitar a vida dos associados e seus funcionários, a FCDL-MG se uniu à Valle Express,

Leia mais

RELATÓRIO. Outubro 2015. Ano 03-10

RELATÓRIO. Outubro 2015. Ano 03-10 RELATÓRIO Outubro 2015 Ano 03-10 APOIO: - CENTRO DE INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS FACISA Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas ÍNDICE DE CONFIANÇA EMPRESARIAL (ICE) ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR DE SINOP

Leia mais

POLÍTICA DE BENEFÍCIOS E CONVÊNIOS PARA A UNIDADE UNESC SERRA ES VIGÊNCIA A PARTIR DE 2015/1

POLÍTICA DE BENEFÍCIOS E CONVÊNIOS PARA A UNIDADE UNESC SERRA ES VIGÊNCIA A PARTIR DE 2015/1 POLÍTICA DE BENEFÍCIOS E CONVÊNIOS PARA A UNIDADE UNESC SERRA ES VIGÊNCIA A PARTIR DE 2015/1 1. FIES O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais

Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa intenções de compras para o Dia dos Pais Perfil do Consumidor para Grande Florianópolis DPLAN - Núcleo de Pesquisas PESQUISA INTENÇÕES DE COMPRAS

Leia mais

36,6% dos empresários gaúchos julgam que o. 74,4% dos empresários gaúchos consideram que. 66,0% das empresas contempladas pela medida a

36,6% dos empresários gaúchos julgam que o. 74,4% dos empresários gaúchos consideram que. 66,0% das empresas contempladas pela medida a 36,6% dos empresários gaúchos julgam que o faturamento é a melhor base tributária para a contribuição patronal. 74,4% dos empresários gaúchos consideram que a medida contribuirá parcialmente ou será fundamental

Leia mais

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO O Sr. Fúlvio Oliveira, empresário de uma loja de confecções, está seriamente preocupado com seu negócio. As dívidas não param de crescer. Vamos entender sua situação.

Leia mais

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO FORTALEZA Dezembro 2009 Apresentação 3 Delineamento da Amostra 5 Quadros Estatísticos 7 Tabela 2 - Faturamento - Variação Frente a Igual Período do Ano Anterior 9 Tabela

Leia mais

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Diretor de negócios Gigatron Franchising Diretor CTRA Centro Tecnológico da Região de Araçatuba Diretor ABRADI-isp Associação Brasileira

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados

Análise Setorial. Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Análise Setorial Fabricação de artefatos de borracha Reforma de pneumáticos usados Fevereiro de 2015 Sumário 1. Perspectivas do Cenário Econômico em 2015... 3 2. Balança Comercial de Fevereiro de 2015...

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista. Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014 Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 2 Semestre de 2013 e Expectativa de vendas para o 1 Semestre de 2014 2014 Apresentação Observar e entender como foram às vendas no início do ano são

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 07.04.15 EDITORIA: ECONOMIA. Classificação: Positiva

FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 07.04.15 EDITORIA: ECONOMIA. Classificação: Positiva FECOMÉRCIO VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 07.04.15 EDITORIA: ECONOMIA Classificação: Positiva VEÍCULO: BLOG DANILO EVARISTO DATA: 06.04.15 RN: Senac oferece 844 vagas para cursos de qualificação O Sistema

Leia mais

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012

Fase 2 (setembro 2012) Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 Apresentação A sondagem Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário 2012 Fase 2 apresenta a visão do empresário do transporte

Leia mais

Ponto de vista. Metodologia para um índice de confiança. E expectativas das seguradoras no Brasil

Ponto de vista. Metodologia para um índice de confiança. E expectativas das seguradoras no Brasil Ponto de vista 40 Metodologia para um índice de confiança E expectativas das seguradoras no Brasil Francisco Galiza Em 2012, no Brasil, algumas previsões econômicas não fizeram muito sucesso. Por exemplo,

Leia mais

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS ON-LINE Alterada dia 13/01/2015-13h00 Venha fazer parte do sucesso de vendas de camisetas que mais cresce na Internet... Já são mais de 100 micro-franqueados e franqueados no Brasil!

Leia mais

Acerca da atividade sindical e das contribuições para o Sindicato

Acerca da atividade sindical e das contribuições para o Sindicato Acerca da atividade sindical e das contribuições para o Sindicato Muito se discute hoje acerca das contribuições compulsórias destinadas aos Sindicatos, em especial das contribuições assistencial e confederativa.

Leia mais

GUIA DE BENEFÍCIOS FILIADOS SINDIGRAF - SP 2012

GUIA DE BENEFÍCIOS FILIADOS SINDIGRAF - SP 2012 GUIA DE BENEFÍCIOS FILIADOS SINDIGRAF - SP 2012 ÍNDICE Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo - SINDIGRAF-SP... 4 Benefícios... 5 Palestras técnicas, marketing e gestão...6 Assessoria

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO REGIÃO OESTE

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO REGIÃO OESTE FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE NOVEMBRO DE 2013 REGIÃO OESTE Este relatório, referente ao mês de NOVEMBRO de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

Indicadores de Desempenho Julho de 2014

Indicadores de Desempenho Julho de 2014 Alguns fatores contribuiram para acentuar a desaceleração da produção industrial, processo que teve início a partir de junho de 2013 como pode ser observado no gráfico nº 1. A Copa do Mundo contribuiu

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MATÉRIAS TRABALHO

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MATÉRIAS TRABALHO TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO MATÉRIAS TRABALHO Orientador Empresarial Microempreendedor Individual-Formalização-Setor de Serviços-Crescimento SETOR DE SERVIÇOS É CAMPEÃO EM

Leia mais

Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Direito Empresarial do Trabalho ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás

A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás. Acordo de Parceria - Convênios 2011. AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás A Faculdade Certificada pela FGV em Goiás Acordo de Parceria - Convênios 2011 AFFEGO Associação Funcionários do Fisco de Goiás ACORDO DE PARCERIA - CONVÊNIOS 2011 Preparada Por: Empreza Educação e Serviços

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006

DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006 DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006 Conteúdo 1. O Sistema SEBRAE; 2. Brasil Caracterização da MPE; 3. MPE

Leia mais

PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS. Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac.

PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS. Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac. PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac. 1 APRESENTAÇÃO Com a aproximação do Dia dos Pais, a Fecomércio/Ac,

Leia mais

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO 04 APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing,

Leia mais

COM. 02 - PUBLICAÇÕES

COM. 02 - PUBLICAÇÕES 1 de 9 PUBLICAÇÕES MACROPROCESSO MARKETING E PROCESSO PUBLICAÇÕES - PUBLICAÇÕES 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 DEFINIÇÃO DO SERVIÇO E SUA

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP:

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: A oportunidade de se tornar um facilitador de aprendizagem e/ou consultor para o sucesso das micro e pequenas empresas APRESENTAÇÃO Esta cartilha

Leia mais

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas Dia das Mães

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas Dia das Mães Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas Dia das Mães Panorama do movimento na economia durante o Dia das Mães na região de Blumenau Divisão de Planejamento Núcleo

Leia mais

Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA Ingresso Março 2016 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Pós-Graduação em Comunicação Corporativa O Pós em Comunicação Corporativa é um curso de Pós-Graduação

Leia mais

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS NOVEMBRO 20 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 POPULAÇÃO... 3 4 COLETA DE DADOS... 3 5 RESULTADOS... 4 Ilustração 1 -

Leia mais

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013 16 de dezembro de 2013 Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) NOVEMBRO/2013 O ICEC é um indicador da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) que visa medir o nível

Leia mais

VALE ALIMENTAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS

VALE ALIMENTAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS Prezados Senhores, Ref. VALE ALIMENTAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS A Associação Comercial de Ilhabela está disponibilizando para as empresas da cidade, que fornecem para seus funcionários cestas básicas (ou vale-alimentação),

Leia mais

CONTABILIDADE APLICADA AO DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014

CONTABILIDADE APLICADA AO DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014 CONTABILIDADE APLICADA AO DIREITO 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em

Leia mais

Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de Automóveis. Diretoria de Estudos Macroeconômicos/Dimac

Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de Automóveis. Diretoria de Estudos Macroeconômicos/Dimac Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de Automóveis Diretoria de Estudos Macroeconômicos/Dimac NOTA TÉCNICA IPEA Impactos da Redução do Imposto sobre Produtos Industrializados

Leia mais

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso 01 Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças

Leia mais

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc.

M = C. (1 + (i. T)) Juros compostos:- Como calcular juros compostos: montante, capital inicial, fórmula, taxa, tempo, etc. Material de Estudo para Recuperação 9 ano. Juros Simples O regime de juros será simples quando o percentual de juros incidirem apenas sobre o valor principal. Sobre os juros gerados a cada período não

Leia mais

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS

SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS SONDAGEM DE VENDAS DIA DAS CRIANÇAS OUTUBRO/2013 FECOMERCIO/TO Hugo de Carvalho Presidente Anselmo da Silva Moraes Vice Presidente Silmara Lustosa Ribeiro Superintendente INSTITUTO FECOMÉRCIO/TO Hugo de

Leia mais

TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO

TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE RIO CLARO AUTOR(ES):

Leia mais

1 Informações diversas Câmara aprova ampliação de parcelamento do Refis da crise O plenário da Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (21) a medida provisória que amplia o parcelamento de débitos tributários,

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

TEMA: A importância da Micro e Pequena Empresa para Goiás

TEMA: A importância da Micro e Pequena Empresa para Goiás TEMA: A importância da Micro e Pequena Empresa para Goiás O presente informe técnico tem o objetivo de mostrar a importância da micro e pequena empresa para o Estado de Goiás, em termos de geração de emprego

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já A Sombra do Imposto Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já Expediente A Sombra do Imposto Cartilha produzida pelo Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná).

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO VEÍCULO: NATAL NOTÍCIAS DATA: 02.12.15 01 Dez 2015 Presidente Marcelo Queiroz participa da 17ª Convenção do Comércio e Serviços

Leia mais

FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade

FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade A FIPECAFI (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras) e o CFC (Conselho Federal de Contabilidade)

Leia mais

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E-

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E- 2014 ÍNDICE 1. Cadastros básicos 2. Módulos básicos (Incluso em todas as versões) CMC BASE 3. Agenda 4. Arquivos 5. Empresas ou Cadastros de empresas 6. Pessoas ou cadastro de pessoas 7. Módulos que compõem

Leia mais

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015.

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015. Abril - 2015 Divulgado em 14 de maio de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014; no índice

Leia mais

98,3% 90,3% 64,2% 38% 63,3% 3º trimestre/2014. das empresas avaliaram o sistema 80,7% tributário brasileiro qualitativamente como ruim ou muito ruim.

98,3% 90,3% 64,2% 38% 63,3% 3º trimestre/2014. das empresas avaliaram o sistema 80,7% tributário brasileiro qualitativamente como ruim ou muito ruim. 3º trimestre/2014 das empresas avaliaram o sistema 80,7% tributário brasileiro qualitativamente como ruim ou muito ruim. 98,3% 90,3% 64,2% 38% 63,3% das indústrias gaúchas avaliam que o número de tributos

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

P R O P O S T A D E FRANQUIA

P R O P O S T A D E FRANQUIA P R O P O S T A D E FRANQUIA Conheça a Depil Out Com base na franca expansão do setor de prestação de serviços e acreditando nas perspectivas cada vez mais promissoras; após estudo minucioso de como seria

Leia mais

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior ASSESSORIA ECONÔMICA PAINEL PRINCIPAIS INDICADORES DA ECONOMIA BRASILEIRA Número 35 15 a 30 de setembro de 2009 EMPREGO De acordo com a Pesquisa

Leia mais

1 Ver Castelo (2005). 2 GVconsult (2005).

1 Ver Castelo (2005). 2 GVconsult (2005). A Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas na Construção Civil Relatório de Pesquisa Equipe Técnica Prof. Dr. Fernando Garcia Profa. Ms. Ana Maria Castelo Profa.Dra. Maria Antonieta Del Tedesco Lins Avenida

Leia mais

O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA EM 2011 E

O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA EM 2011 E O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA EM 2011 E 2012 Camila Cristina Farinhaki Henrique Alves dos Santos Lucas Fruet Fialla Patricia Uille Gomes Introdução Este artigo tem como objetivo

Leia mais

IMPOSTOS SOBRE O LUCRO! Imposto de Renda e Contribuição Social! As alterações mais recentes da legislação da Contribuição Social

IMPOSTOS SOBRE O LUCRO! Imposto de Renda e Contribuição Social! As alterações mais recentes da legislação da Contribuição Social UP-TO-DATE. ANO I. NÚMERO 43 IMPOSTOS SOBRE O LUCRO! Imposto de Renda e Contribuição Social! As alterações mais recentes da legislação da Contribuição Social João Inácio Correia (advcor@mandic.com.br)

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Consultoria Empresarial a distância

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Consultoria Empresarial a distância Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Consultoria Empresarial a distância A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 1) Conjuntura Econômica Em função dos impactos da crise econômica financeira mundial, inciada no setor imobiliário

Leia mais

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Micro Empreendedor individual Definição Microempreendedor Individual (MEI) é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Apresentação. Torne-se um Empreendedor Individual e traga para o seu negócio todos os benefícios da formalização. Guia do Empreendedor Individual

Apresentação. Torne-se um Empreendedor Individual e traga para o seu negócio todos os benefícios da formalização. Guia do Empreendedor Individual Apresentação Muitos brasileiros trabalham informalmente por conta própria, ou seja, não têm nenhum tipo de registro. E por isso ficam sem acesso a diversos benefícios, como a Previdência Social, cursos

Leia mais

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS ON-LINE Alterada dia 26/02/2015-16h00 Venha fazer parte do sucesso de vendas de camisetas que mais cresce na Internet... Já são mais de 100 micro-franqueados e franqueados no Brasil!

Leia mais

COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN

COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN COMO ENFRENTAR A INADIMPLÊNCIA NO SEGMENTO EDUCACIONAL SEGUNDO ESPECIALISTAS DA ACERPLAN - Treinar e capacitar os profissionais que cobram e atendem inadimplentes nas escolas; - Cadastrar os inadimplentes

Leia mais

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Comunicação Corporativa O MBA em Comunicação Corporativa é um curso de Pós-Graduação Latu Sensu que capacita profissionais para

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

Ingresso Agosto 2015

Ingresso Agosto 2015 Ingresso Agosto 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Marketing Estratégico Consolidar conhecimentos de marketing estratégico dentro de uma visão contemporânea. Desenvolver profissionais

Leia mais

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS ON-LINE Plano Promo ADQUIRA JÁ O SEU! Até dia 01/05/2015 Alterada dia 26/02/2015-16h00 Venha fazer parte do sucesso de vendas de camisetas que mais cresce na Internet... Já são

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS As taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser elevadas em janeiro/2015. Estas elevações podem ser atribuídas aos seguintes

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00.

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00. ESPE/Un SERE 2013 Nas questões a seguir, marque, para cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento válido para

Leia mais

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional A união faz a força O dito popular encaixa-se como uma luva quando o assunto é associativismo o assunto em pauta no meio sindical. As principais confederações patronais do País estão investindo nessa bandeira

Leia mais

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé?

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé? 1 INTRODUÇÃO As empresas, inevitavelmente, podem passar por períodos repletos de riscos e oportunidades. Com a complexidade da economia, expansão e competitividade dos negócios, tem-se uma maior necessidade

Leia mais

Pesquisa de Resultado de vendas do Dia das Crianças

Pesquisa de Resultado de vendas do Dia das Crianças Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa de Resultado de vendas do Dia das Crianças Panorama do movimento na economia de Florianópolis durante o Dia das Crianças de 2010 DPLAN - Núcleo

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

PROJETO EXPORTAR BRASIL

PROJETO EXPORTAR BRASIL CNPJ: 10692.348/0001-40 PROJETO EXPORTAR BRASIL Apresentação da GS Educacional A GS Educacional faz parte de um grupo que trabalha há vários anos com cursos e serviços na área de comércio exterior e vem

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica Edital 1/2014 Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica A (PoloSul.org) torna pública a presente chamada e convida os interessados para apresentar propostas de incubação

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 1. Introdução Em 31 de dezembro de 2014 a SANEAGO operava os sistemas de abastecimento de água e coleta e/ou tratamento de esgoto de 225 dos 246 municípios do Estado de Goiás,

Leia mais