UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAIS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAIS"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAIS Av. Governador Lindemberg, 316, Jerônimo Monteiro ES, CEP C. Postal 16 Telefone: (28) Fa: (28) PLANO DE AULA DISCIPLINA: Sistemas de Informações Geográficas CARGA HORÁRIA TOTAL (h): 60 horas CURSO Mestrado em Ciências Florestais PRÉ-REQUISITO(S): Horas ( Teórica + Prática): 60 ( ) CENTRO: Ciências Agrárias CÓDIGO: PGCF 656 CRÉDITOS: 4 PROFESSOR(ES): Aleandre Rosa dos Santos EMENTA: Conceituação e importância. Aquisição de dados espaciais. Elaboração de mapas. Modelos de dados. Criação de uma base de dados georreferenciada. Operações algébricas. Estudos de caso. Alegre (ES).../.../... ASSINATURA(S): PROFESSOR COORDENADOR DO PPGCF

2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO MINISTRADO UNIDADES E SUB-UNIDADES I- Fundamentos teóricos teoria: Dados espaciais os suportes dos SIGs; Definição de SIG; Inter-relações entre SI; CADD, SGBD, SMDE e SR; Introdução aos computadores. Capítulo 1: Conhecendo o ArcGis8.3 Capítulo 2: Usando o ArcMap:Eercícios 1, 2, 3, 4 e 5. II - História dos Sistemas de Informações: 1. Século XIX; 2. Século XX. Capítulo 2: Usando o ArcMap:Eercícios 1, 2, 3, 4 e 5. Capítulo 3: Editando no ArcMap:Eercícios 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8. III - Captura de dados para SIG: Processos de captura de dados; Dados vetoriais; Dados raster; Conversão de dados do formato vetorial e dados em formato raster e vice-versa; Eemplos de dados em SIG; saída de dados. Capítulo 3: Editando no ArcMap:Eercícios 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8. Capítulo 4: Usando o SpatialAnalyst:Eercícios 1, 2 e 3. IV- Banco de Dados: Banco de dados em rede; Banco de dados relacional; Banco de dados hierárquico; Banco de dados orientado ao objeto; Principais banco de dados comerciais; Capítulo 4: Usando o SpatialAnalyst:Eercícios 1, 2 e 3. Capítulo 5: Usando o ArcCatalog:Eercícios 1, 2, 3 e 4. Capítulo 6: Usando o ArcGIS 3DAnalyst:Eercícios 1, 2, 3 e 4. V - Funções dos SIGs: Consulta; reclassificação; Análise de proimidade; Análise de contigüidade; Operações de superposição; Análise algébricas não cumulativas; Análise algébricas cumulativas; Análise de rede. Capítulo 7: Usando o Arc TollBo:Eercícios 1, 2, 3, 4, 5 e 6. Capítulo 8: Usando o ArcGISGeostatistical Analyst:Eercícios 1, 2, 3, 4, 5 e 6. Capítulo 9: Usando o ArcReadere ArcGIS Publisher:Eercícios 1, 2 e 3. CARGA HORÁRIA TEÓRICA

3 CARGA HORÁRIA TOTAL TOTAL GERAL OBJETIVOS: 1.1. Geral: Levar o aluno à plena utilização das técnicas de Sistemas de Informações Geográficas para planejar, coletar, manipular, elaborar e interpretar dados geográficos oriundos de tabelas, gráficos e, sobretudo, mapas digitais e analógicos Específicos: Que o estudante seja capaz de: Entender a origem e evolução dos Sistemas de Informações Geográficas; Caracterizar os componentes de um Sistema de Informações Geográficas (SIG) e seus sub-sistemas; Aplicar as técnicas de SIG em diferentes áreas de atuação como: agricultura, silvicultura, gerenciamento da vida silvestre, arqueologia, geologia, aplicações municipais, entre outras. 2. METODOLOGIA: Aulas Epositivas Leituras - Debates Dirigidos - Mesa Redonda ou Painel - Trabalhos de Campo Trabalhos teóricos Trabalhos para publicação Eercícios Práticas de Laboratório Outros Métodos (Especificar): 3. AVALIAÇÃO: TIPO DATA QUANTIDADE VALOR (%) Teste Rápido Teste Parcial Prova escrita A definir 02 50

4 Prova Oral Prova Final A definir 01 Trabalho Prático A definir Outros (eercícios) A definir BIBLIOGRAFIA: Obs: Os 06 primeiros livros são livros publicados pelo prof. Dr. Aleandre Rosa dos Santos SANTOS, A. R.; LOUZADA, F. L. R. O.; EUGÊNIO, F. C. ARCGIS 9.3 total : aplicações para dados espaciais. Alegre, ES : CAUFES, p. : il. ; 30 cm. SANTOS, A. R; PELUZIO, T. M.; FIELDER, N. C. Mapeamento de áreas de preservação permanente no ArcGIS 9.3. Alegre : CAUFES, p. : il. ; 30 cm. SANTOS, A. R.; LOUZADA, F. L. R. O. Delimitação de corredores ecológicos no ArcGIS 9.3Ç. Alegre : CAUFES, p. : il. ; 30 cm. SANTOS, A. R; PELUZIO, T. M.; SAITO, N. S. SPRING : passo a passo : aplicações práticas. Alegre, ES : CAUFES, p. : il. ; 30 cm. SANTOS. A. R. GEOMÁTICA & ANÁLISE AMBIENTAL: Aplicações Práticas. (Livro escrito pelo Prof. Dr. Aleandre Rosa dos Santos e será publicado em novembro de 2006 / Este livro já está sendo utilizado nas disciplinas do departamento de geografia). SANTOS. A. R. Atlas das áreas com potencial de risco do Estado do Espírito Santo ARES. (Atlas elaborado pelo Prof. Dr. Aleandre Rosa dos Santos e será publicado em novembro de 2006 / Este atlas já está sendo utilizado nas disciplinas do departamento de geografia). ARONOFF, S. Geographical information system: a management perpective. Ottawa: WDL Publications, BERTALANFFY, L. General system theory. New York: Brazilier, BUNGE, W. Ethics and logic in geography. In: CHORLEY, R., ed. Directions in geography. London: Methuen, p BUNGE, W. Theoretical geography. 2nd. Lund: Gleerup BURROUGH, P. Principles of geography information systens for land resources assessment. Oford: Clarendon Press, 89. CAMARA, G. Anatomia de sistemas de informações geográficas: visão atual e perpectivas de evolução. In: ASSAD, E., SANO, E., ed. Sistema de informações geográficas: aplicações na agricultura. Brasília, DF: Embrapa, CINTRA, J. P. Modelos digitais do terreno. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE GEOPROCESSAMENTO, 1., 1990, s. Paulo. Anais... S. Paulo: EPUSP, p COFFEY, W. Geography: towards a general spatial systems approach. New York: Methuen, 1981.

5 GOOLEDGE, R., LOMIS, J., KATZKY, R. Auditory maps as alternatives to tactile maps for wayfinding. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE MAPAS E GRÁFICOS PARA DEFICIENTES VISUAIS, 4, 1994, S. Paulo. Anais... S. Paulo: USP, p. 14. HALL, A., FAYGEN, R. Definition of system. In: BUCKLEY, W., ed. Modern systems research for the behavioral scientist. Chicago: Aldine, p HARLEY, J. B. Deconstructing the map. Cartographica. V.26, n.2, p. 1-20, HARVEY, D. Eplanation in geography. New York: St. Martin's, 1969.

Banco de Dados Geográficos. Márcio Fernando Machry Rafael Orssatto

Banco de Dados Geográficos. Márcio Fernando Machry Rafael Orssatto Banco de Dados Geográficos Márcio Fernando Machry Rafael Orssatto Sistema de Informação Geográfico (SIG) Um Sistema de Informação Geográfico (SIG ou GIS Geographic Information System) é um sistema de hardware,

Leia mais

Sistema de Informação Georreferenciada para obter Indicadores de Saúde em Comunidades carentes

Sistema de Informação Georreferenciada para obter Indicadores de Saúde em Comunidades carentes Sistema de Informação Georreferenciada para obter Indicadores de Saúde em Comunidades carentes Dr. Romualdo Wandresen Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da Saúde PUCPR SUMÁRIO 1. Introdução 2. Objetivos

Leia mais

SENRORIAMENTO REMOTO E SIG. Aula 1. Prof. Guttemberg Silvino Prof. Francisco das Chagas

SENRORIAMENTO REMOTO E SIG. Aula 1. Prof. Guttemberg Silvino Prof. Francisco das Chagas SENRORIAMENTO REMOTO E SIG Aula 1 Programa da Disciplina 1 CONCEITOS, HISTÓRICO E FUNDAMENTOS (8 aulas) 2 Sensoriamento remoto. Histórico e definições 3 Domínios do Sensoriamento Remoto 4 Níveis de Coleta

Leia mais

Relações mais harmoniosas de convívio com a natureza; O mundo como um modelo real que necessita de abstrações para sua descrição; Reconhecimento de

Relações mais harmoniosas de convívio com a natureza; O mundo como um modelo real que necessita de abstrações para sua descrição; Reconhecimento de Relações mais harmoniosas de convívio com a natureza; O mundo como um modelo real que necessita de abstrações para sua descrição; Reconhecimento de padrões espaciais; Controle e ordenação do espaço. Técnicas

Leia mais

SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE

SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE Prof. Luciene Delazari Grupo de Pesquisa em Cartografia e SIG da UFPR SIG Aplicado ao Meio Ambiente - 2011 GA020- SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE Prof. Luciene S. Delazari -

Leia mais

LEVANTAMENTO E MONITORAMENTO DOS RECURSOS FLORESTAIS DOS TABULEIROS COSTEIROS DO NORDESTE DO BRASIL*

LEVANTAMENTO E MONITORAMENTO DOS RECURSOS FLORESTAIS DOS TABULEIROS COSTEIROS DO NORDESTE DO BRASIL* LEVANTAMENTO E MONITORAMENTO DOS RECURSOS FLORESTAIS DOS TABULEIROS COSTEIROS DO NORDESTE DO BRASIL* BOLFE, É. L. 1 I. INTRODUÇÃO A necessidade de conhecer os modelos atuais de uso da terra e as modificações

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (I)

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (I) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB450 TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO II PROF. DR. CARLOS ALBERTO VETTORAZZI

Leia mais

Palavras chave Sistema de Informações Geográficas, Banco de Dados, Geoprocessamento

Palavras chave Sistema de Informações Geográficas, Banco de Dados, Geoprocessamento IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS PARA O MUNICÍPIO DE TERESÓPOLIS, EM LABORATÓRIO DO UNIFESO José Roberto de C. Andrade Professor do Centro de Ciências e Tecnologia, UNIFESO Sergio Santrovitsch

Leia mais

CADASTRO DE METADADOS POR SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICO (SGBD) EM SIG PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CADASTRO DE METADADOS POR SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICO (SGBD) EM SIG PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CADASTRO DE METADADOS POR SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS GEOGRÁFICO (SGBD) EM SIG PARA UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Raphael de Oliveira Fernandes Vivian Castilho da Costa

Leia mais

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO GEOPROCESSAMENTO. Introdução ao Geoprocessamento. Conceitos básicos 18/06/2015. Conceitos básicos

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO GEOPROCESSAMENTO. Introdução ao Geoprocessamento. Conceitos básicos 18/06/2015. Conceitos básicos GEOPROCESSAMENTO INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Prof. Esp. André Aparecido da Silva Introdução ao Geoprocessamento Conceitos básicos Conceitos básicos Componentes de um SIG Entrada de Dados em Geoprocessamento

Leia mais

Plano de Aula. Sumário

Plano de Aula. Sumário P r o f. Ti a g o B a d r e M a r i n o G e o p r o c e s s a m e n t o D e p a r t a m e n t o d e G e o c i ê n c i a s I n s t i t u t o d e A g r o n o m i a U F R R J 2 Sobre o Professor - Formação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MANEJO DE SOLO E ÁGUA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MANEJO DE SOLO E ÁGUA PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA CÓDIGO NOME NATUREZA PMS0013 GEOPROCESSAMENTO APLICADO AO MANEJO DE SOLO E ÁGUA PROFESSOR(ES): Paulo Cesar Moura da Silva [ ] Obrigatória [

Leia mais

INTRODUÇÃO 1.1 POR QUE GEOPROCESSAMENTO?

INTRODUÇÃO 1.1 POR QUE GEOPROCESSAMENTO? 1 INTRODUÇÃO 1.1 POR QUE GEOPROCESSAMENTO? O termo Geoprocessamento denota a disciplina do conhecimento que utiliza técnicas matemáticas e computacionais para o tratamento da informação geográfica. Esta

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL

ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL 1. INTRODUÇÃO E REFERENCIAL TEÓRICO A área de geoprocessamento

Leia mais

Módulo 4. Uso do GPS voltado para coleta de dados e a práticas educacionais.

Módulo 4. Uso do GPS voltado para coleta de dados e a práticas educacionais. UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Licenciatura Plena em Geografia Disciplina: Cartografia B Carga Horária: 60hs Teórica: 32hs Prática: 28hs Semestre: 2013.2 Professor: Antonio Marcos dos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS (SP) Área de conhecimento: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: GEOGRAFIA

Leia mais

GEORREFERENCIAMENTO DE MAPAS TEMÁTICOS E IMAGENS DE SATÉLITE NO APLICATIVO IDRISI

GEORREFERENCIAMENTO DE MAPAS TEMÁTICOS E IMAGENS DE SATÉLITE NO APLICATIVO IDRISI GEORREFERENCIAMENTO DE MAPAS TEMÁTICOS E IMAGENS DE SATÉLITE NO APLICATIVO IDRISI NOGUEIRA R.N. ; SILVEIRA R.J.C da & PEREIRA R.S. UFSM/ CCR/ Depto. Eng. Rural - Campus Universitário - CEP 979-900 - Santa

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA

ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA 1. Introdução Nos últimos anos, a área de geotecnologias ganhou maior visibilidade através da popularização

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc.

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. SUMÁRIO Apresentação da ementa Introdução Conceitos Básicos de Geoinformação Arquitetura de SIGs Referências Bibliográficas APRESENTAÇÃO

Leia mais

OBSERVATÓRIO RIO DAS METROPOLES NÚCLEO RM NATAL (CCHLA-UFRN) & GRUPO DE GOPROCESSAMENTO DO NORDESTE (CRN INPE)

OBSERVATÓRIO RIO DAS METROPOLES NÚCLEO RM NATAL (CCHLA-UFRN) & GRUPO DE GOPROCESSAMENTO DO NORDESTE (CRN INPE) OBSERVATÓRIO RIO DAS METROPOLES NÚCLEO RM NATAL (CCHLA-UFRN) & GRUPO DE GOPROCESSAMENTO DO NORDESTE (CRN INPE) APRESENTAÇÃO 1. O ATLAS SOCIO-ECONÔMICO-AMBIENTAL DA RM NATAL, COM BASE EM APLICATIVO DESENVOLVIDO

Leia mais

USO DO GEOPROCESSAMENTO APLICADO À GESTÃO DE SISTEMAS DE LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO NO RIO GRANDE DO NORTE

USO DO GEOPROCESSAMENTO APLICADO À GESTÃO DE SISTEMAS DE LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO NO RIO GRANDE DO NORTE USO DO GEOPROCESSAMENTO APLICADO À GESTÃO DE SISTEMAS DE LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO NO RIO GRANDE DO NORTE Adriana Dias Moreira PIRES (1); Bruno César Dias de ALBUQUERQUE (2); Daniel Bruno Alves dos SANTOS

Leia mais

3.0 Sistemas de Informação Geográfica

3.0 Sistemas de Informação Geográfica 3.0 Sistemas de Informação Geográfica Neste capítulo será feita uma revisão sobre os temas relacionados aos sistemas de informação geográfica, assim como suas aplicações a transporte. A apresentação do

Leia mais

Figura 1 Classificação Supervisionada. Fonte: o próprio autor

Figura 1 Classificação Supervisionada. Fonte: o próprio autor ANÁLISE DAS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO JUQUERY ATRÁVES DE TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO E IMAGENS DE SENSORIAMENTO REMOTO 1. INTRODUÇÃO Ultimamente tem-se visto uma grande

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional:

Leia mais

Técnicas de Cartografia Digital

Técnicas de Cartografia Digital Técnicas de Cartografia Digital Maria Cecília Bonato Brandalize 2011 Aula 4 Cartografia Digital x SIG Em aulas anteriores forma estabelecidos os conceitos de CD e SIG Qual o conceito de CD? Um conjunto

Leia mais

E D I T A L. 2 - Da documentação exigida para inscrição no Exame de Seleção e Admissão:

E D I T A L. 2 - Da documentação exigida para inscrição no Exame de Seleção e Admissão: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação - Curso de Mestrado (Aprovado

Leia mais

INPE-8562-PRE/4306 INTRODUÇÃO: POR QUE GEOPROCESSAMENTO?

INPE-8562-PRE/4306 INTRODUÇÃO: POR QUE GEOPROCESSAMENTO? INPE-8562-PRE/4306 INTRODUÇÃO: POR QUE GEOPROCESSAMENTO? Gilberto Câmara Clodoveu Davis INPE São José dos Campos 2001 1 INTRODUÇÃO Gilberto Câmara Clodoveu Davis 1.1 POR QUE GEOPROCESSAMENTO? A coleta

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DE ÁREAS VERDES EM MEIO URBANO UTILIZANDO SIG: UM CASO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

ANÁLISE COMPARATIVA DE ÁREAS VERDES EM MEIO URBANO UTILIZANDO SIG: UM CASO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO ISSN 1984-9354 ANÁLISE COMPARATIVA DE ÁREAS VERDES EM MEIO URBANO UTILIZANDO SIG: UM CASO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Rodrigo Lauriano Roza (Fatec - Faculdade de Tecnologia de São José do Rio Preto - SP)

Leia mais

ANEXO II: Resumo do Projeto

ANEXO II: Resumo do Projeto ANEXO II: Resumo do Projeto A- PROJETO 1-Título: Aplicação de Geoprocessamento Visando Controle e Contenção de Desmoronamentos e Deslizamentos dos Morros no Município de Jaboatão dos Guararapes - PE: Uma

Leia mais

DEFINIÇÃO DE ÁREAS POTENCIAIS AO RISCO DE DESLIGAMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO DEVIDO A INCÊNDIOS - PLANEJAMENTO E CRITÉRIOS DE MANUTENÇÃO

DEFINIÇÃO DE ÁREAS POTENCIAIS AO RISCO DE DESLIGAMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO DEVIDO A INCÊNDIOS - PLANEJAMENTO E CRITÉRIOS DE MANUTENÇÃO DEFINIÇÃO DE ÁREAS POTENCIAIS AO RISCO DE DESLIGAMENTO DE LINHAS DE TRANSMISSÃO DEVIDO A INCÊNDIOS - PLANEJAMENTO E CRITÉRIOS DE MANUTENÇÃO Giovani Eduardo Braga(1) Leonardo Santana O. Dias(2) Carlos Alberto

Leia mais

VI-029 - FUNDAMENTOS DE GEOPROCESSAMENTO E SUAS APLICAÇÕES ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

VI-029 - FUNDAMENTOS DE GEOPROCESSAMENTO E SUAS APLICAÇÕES ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina VI-029 - FUNDAMENTOS DE GEOPROCESSAMENTO E SUAS APLICAÇÕES ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

Leia mais

Márcio de Carvalho Saraiva marcio@dsc.ufcg.edu.br

Márcio de Carvalho Saraiva marcio@dsc.ufcg.edu.br DSC/CEEI/UFCG Márcio de Carvalho Saraiva marcio@dsc.ufcg.edu.br 1 o geoprocessamento? o SIG? o o aplicação simples o aplicação complexa o o 2 SIG? o "Geoprocessamento é o conjunto de tecnologias que utilizam

Leia mais

Tabela 03: Dados agregados por setor censitário do Censo de 2010, referente a concentração de crianças na faixa etária de 0 a 5 anos em Mumbaba

Tabela 03: Dados agregados por setor censitário do Censo de 2010, referente a concentração de crianças na faixa etária de 0 a 5 anos em Mumbaba Tabela 03: Dados agregados por setor censitário do Censo de 2010, referente a concentração de crianças na faixa etária de 0 a 5 anos em Mumbaba O Mapa Temático II representa a distribuição, por setor censitário,

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA Jugurta Lisboa Filho Departamento de Informática Universidade Federal de Viçosa (MG) jugurta@dpi.ufv.br Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática Tópicos

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura

Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento Engenharia Agrícola Pós-Graduação em Engenharia Agrícola Disciplina: Seminário I Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO. Herondino Filho

GEOPROCESSAMENTO. Herondino Filho GEOPROCESSAMENTO Herondino Filho Sumário 1. Introdução 1.1 Orientações Avaliação Referência 1.2 Dados Espaciais 1.2.1 Exemplo de Dados Espaciais 1.2.2 Aplicações sobre os Dados Espaciais 1.3 Categoria

Leia mais

Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica

Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica Computação Gráfica II Sistemas de Informação Geográfica Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática Introdução aos Sistemas de Informação Geografica

Leia mais

SIG - Sistemas de Informação Geográfica

SIG - Sistemas de Informação Geográfica SIG - Sistemas de Informação Geográfica Gestão da Informação Para gestão das informações relativas ao desenvolvimento e implantação dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica

Leia mais

GEOCODIFICAÇÃO DE ENDEREÇOS

GEOCODIFICAÇÃO DE ENDEREÇOS GEOCODIFICAÇÃO DE ENDEREÇOS Sergio Vicente Denser Pamboukian 1, Gabriella Teixeira Dias Leite 2, Larissa Porteiro Carminato 3 Resumo Muitas vezes, informações referenciadas apenas pelo endereço do seu

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável Prof. Pablo Santos 4 a Aula SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA - SIG Introdução Definições Necessárias

Leia mais

Diferenças entre Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados para GIS - SGBDs

Diferenças entre Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados para GIS - SGBDs Diferenças entre Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados para GIS - SGBDs O objetivo deste documento é fazer uma revisão bibliográfica para elucidar as principais diferenças entre os SGBDs, apontando

Leia mais

BANCO DE DADOS E MAPAS ATUALIZADOS SOBRE POPULAÇÕES DE PRIMATAS BRASILEIROS CRITICAMENTE EM PERIGO DE EXTINÇÃO

BANCO DE DADOS E MAPAS ATUALIZADOS SOBRE POPULAÇÕES DE PRIMATAS BRASILEIROS CRITICAMENTE EM PERIGO DE EXTINÇÃO BANCO DE DADOS E MAPAS ATUALIZADOS SOBRE POPULAÇÕES DE PRIMATAS BRASILEIROS CRITICAMENTE EM PERIGO DE EXTINÇÃO LIMA, A. B. de 1 ; ALFONSO-SILVA, S. P. 2 ; ASSIS, A. B. de 3 & JERUSALINSKY, L. 4 RESUMO:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL Nº 077/2011 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade Federal de São Carlos, no uso da competência que lhe foi delegada pela Portaria

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: AMBIENTE E SAÚDE Habilitação Profissional: Especialização Profissional Técnica

Leia mais

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.1 DISCIPLINA. CÓDIGO DA DISCIPLINA Matemática Financeira.

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.1 DISCIPLINA. CÓDIGO DA DISCIPLINA Matemática Financeira. Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Fundação Seade. www.seade.gov.br

Fundação Seade. www.seade.gov.br Julho de 00 N o 9 Parceria Seade-Agemcamp para gerenciamento dos portais na Internet Portais web para divulgação institucional, atração de investimentos e promoção da cultura e do turismo de negócios na

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB210 GEOPROCESSAMENTO SEGUNDO SEMESTRE DE 2013 PROF. DR. CARLOS ALBERTO

Leia mais

Acesso a dados digitais espaciais publicados em um site acadêmico: um indicador de demanda?

Acesso a dados digitais espaciais publicados em um site acadêmico: um indicador de demanda? Acesso a dados digitais espaciais publicados em um site acadêmico: um indicador de demanda? Heinrich Hasenack Eliseu Weber Laboratório de geoprocessamento (www.ecologia.ufrgs.br/labgeo) IB - Centro de

Leia mais

Seminário. Banco de Dados II Banco de Dados Espaciais. Alunos: Lucas Alves Teixeira e Vinícius Dias Villar Professor: Guilherme Tavares de Assis

Seminário. Banco de Dados II Banco de Dados Espaciais. Alunos: Lucas Alves Teixeira e Vinícius Dias Villar Professor: Guilherme Tavares de Assis Seminário Banco de Dados II Banco de Dados Espaciais Alunos: Lucas Alves Teixeira e Vinícius Dias Villar Professor: Guilherme Tavares de Assis Descrição do Tema Bando de Dados Espaciais é um recurso que

Leia mais

INFLUÊNCIA DA OCUPAÇÃO URBANA NO MEIO AMBIENTE DA PLANÍCIE COSTEIRA DO CAMPECHE SC, COM O USO DE GEOPROCESSAMENTO

INFLUÊNCIA DA OCUPAÇÃO URBANA NO MEIO AMBIENTE DA PLANÍCIE COSTEIRA DO CAMPECHE SC, COM O USO DE GEOPROCESSAMENTO INFLUÊNCIA DA OCUPAÇÃO URBANA NO MEIO AMBIENTE DA PLANÍCIE COSTEIRA DO CAMPECHE SC, COM O USO DE GEOPROCESSAMENTO PROFª MSC. MARIANE ALVES DAL SANTO MAURICIO SILVA Laboratório de Geoprocessamento - GeoLab

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec MONSENHOR ANTÔNIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA EE: Controle e Processos Industriais Eixo Tecnológico:

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC de Mairiporã Código: 27 Município: Mairiporã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de técnico

Leia mais

INTRODUÇÃO À CIÊNCIA DA GEOINFORMAÇÃO

INTRODUÇÃO À CIÊNCIA DA GEOINFORMAÇÃO INPE-10506-RPQ/249 INTRODUÇÃO À CIÊNCIA DA GEOINFORMAÇÃO Editado e organizado por Gilberto Câmara Clodoveu Davis Antônio Miguel Vieira Monteiro INPE São José dos Campos 2001 1 INTRODUÇÃO Gilberto Câmara

Leia mais

Introdução ao ArcGIS

Introdução ao ArcGIS Introdução ao ArcGIS Maria Cecilia Brandalize Novembro, 2011 Tópicos O que é um SIG? A estrutura do ArcGIS Dados utilizados no ArcGIS Operações básicas com o ArcGIS Edição de dados Combinação de dados

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA PARA APLICAÇÕES AMBIENTAIS E CADASTRAIS: UMA VISÃO GERAL

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA PARA APLICAÇÕES AMBIENTAIS E CADASTRAIS: UMA VISÃO GERAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA PARA APLICAÇÕES AMBIENTAIS E CADASTRAIS: UMA VISÃO GERAL Gilberto Câmara Divisão de Processamento de Imagens - DPI Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE com

Leia mais

SIG aplicado ao Ensino de Geografia GIS applied to the teaching of Geography

SIG aplicado ao Ensino de Geografia GIS applied to the teaching of Geography SIG aplicado ao Ensino de Geografia GIS applied to the teaching of Geography Liane Maria Azevedo Dornelles Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ Departamento de Geografia Física - Instituto de

Leia mais

MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Unidade III MODELAGEM DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Daniel Arthur Gennari Junior Sobre esta aula Ciclo de Vida de Sistemas Engenharia de Software Aplicações de Software Diagramação de Software Ciclo

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR

CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE NÚCLEO DE TELESSAÚDE CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL Nº 56 de 16 de JUNHO de 2016, publicado

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Infraestrutura Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Edificações FORMA/GRAU: ( X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS PLANO DE ENSINO - 1S - 2011 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO: Curso Superior de Tecnologia em Negócios Imobiliários TURNO: Noturno DISCIPLINA: Gestão Mercadológica de Vendas SEMESTRE: 3º semestre

Leia mais

Introdução ao SIG. Objetivos Específicos 18/11/2010. Competência: Apresentar: Utilidade de um SIG

Introdução ao SIG. Objetivos Específicos 18/11/2010. Competência: Apresentar: Utilidade de um SIG MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE - ICMBio DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA - DIPLAN COORDENAÇÃO GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS -

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Médio ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS (SP) Área de conhecimento: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: GEOGRAFIA Série

Leia mais

Banco de Dados Geográficos para Delineamento de Ecorregiões Aquáticas

Banco de Dados Geográficos para Delineamento de Ecorregiões Aquáticas Banco de Dados Geográficos para Delineamento de Ecorregiões Aquáticas Leonardo de Carvalho Valentim da Silva Bolsista de Programa de Capacitação Interna, Geógrafo, M.Sc. Zuleica Carmen Castilhos Orientadora,

Leia mais

SPRING-ÍCARO. Interface WEB para bancos de dados geográficos

SPRING-ÍCARO. Interface WEB para bancos de dados geográficos SPRING-ÍCARO Interface WEB para bancos de dados geográficos Tárcio dos Santos Meireles tarcio.net@gmail.com http://icaro.geografia.fflch.usp.br Resumo Demonstra-se aqui neste trabalho como é possível através

Leia mais

ECOLOGIA APLICADA GESTÃO E ANÁLISE AMBIENTAL EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS

ECOLOGIA APLICADA GESTÃO E ANÁLISE AMBIENTAL EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS ECOLOGIA APLICADA GESTÃO E ANÁLISE AMBIENTAL EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS ANÁLISE DA BIODIVERSIDADE - 30 h/a Noções gerais sobre ecologia e manejo de recursos naturais. Caracterização dos ecossistemas brasileiros.

Leia mais

Importação de arquivos Raster e Vetorial no Terraview

Importação de arquivos Raster e Vetorial no Terraview MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Departamento de Modernização e Programas da Educação Superior DEPEM MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Executiva Diretoria de Desenvolvimento

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

APLICAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO AO GERENCIAMENTO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS

APLICAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO AO GERENCIAMENTO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS APLICAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO AO GERENCIAMENTO DE BACIAS HIDROGRÁFICAS MESSIAS, M ; Programa de Pós Graduação em Geociências Mestrado - UFF, Outeiro de São João Batista, s/nº - 5º andar Centro, Niterói

Leia mais

Município de Colíder MT

Município de Colíder MT Diagnóstico da Cobertura e Uso do Solo e das Áreas de Preservação Permanente Município de Colíder MT Paula Bernasconi Ricardo Abad Laurent Micol Julho de 2008 Introdução O município de Colíder está localizado

Leia mais

OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO

OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO ROGER TORLAY 1 ; OSVALDO T. OSHIRO 2 N 10502 RESUMO O sensoriamento remoto e o geoprocessamento trouxeram importantes avanços

Leia mais

Proposta para implantação e utilização de gerenciador corporativo de imagens georreferenciadas na CEMIG

Proposta para implantação e utilização de gerenciador corporativo de imagens georreferenciadas na CEMIG 06 a 10 de Outubro de 2008 Olinda - PE Proposta para implantação e utilização de gerenciador corporativo de imagens georreferenciadas na CEMIG Carlos Alberto Moura Ricardo Crispim Costa Fernando Iran Fonseca

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO: Fundamentos e Prática com o Software QGIS

GEOPROCESSAMENTO: Fundamentos e Prática com o Software QGIS GEOPROCESSAMENTO: Fundamentos e Prática com o Software QGIS Flávia F. Feitosa Disciplina PGT 035 Geoprocessamento Aplicado ao Planejamento e Gestão do Território Programa de Pós-Graduação em Planejamento

Leia mais

USO E COBERTURA DAS TERRAS NA ÁREA DE ENTORNO DO RESERVATÓRIO DA USINA HIDRELÉTRICA DE TOMBOS (MG)

USO E COBERTURA DAS TERRAS NA ÁREA DE ENTORNO DO RESERVATÓRIO DA USINA HIDRELÉTRICA DE TOMBOS (MG) USO E COBERTURA DAS TERRAS NA ÁREA DE ENTORNO DO Calderano Filho, B. 1 ; Carvalho Junior, W. 2 ; Prado, R.B. 3 ; Calderano, S.B. 4 ; 1 EMBRAPA - CNPS Email:braz.calderano@embrapa.br; 2 EMBRAPA- CNPS Email:waldir.carvalho@embrapa.br;

Leia mais

SIGs. Gerais e específicos

SIGs. Gerais e específicos SIGs Gerais e específicos Gerais ArcView É o SIG mais popular do mundo É possível: Usar a informação geográfica para apoiar na tomada de decisão; Visualizar e analisar dados espaciais; Criar e manter conjuntos

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA DE AMBIENTAL MATRIZ 519

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA DE AMBIENTAL MATRIZ 519 Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA DE AMBIENTAL MATRIZ 519 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL - Abertura e aprovação do projeto do curso:

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. FORMA/GRAU:( )integrado (x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. FORMA/GRAU:( )integrado (x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e comunicação CURSO: Técnico em Secretariado FORMA/GRAU:( )integrado (x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO E ANÁLISES ESPACIAIS APLICADOS À ARQUEOLOGIA

GEOPROCESSAMENTO E ANÁLISES ESPACIAIS APLICADOS À ARQUEOLOGIA GEOPROCESSAMENTO E ANÁLISES ESPACIAIS APLICADOS À ARQUEOLOGIA Jacqueline Freitas de Oliveira 1 Rafael Bartolomucci 2 Ana Cristina Machado Rodríguez 1 RESUMO Este trabalho envolve a aplicação do geoprocessamento

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Área de conhecimento: Ciências humanas e suas tecnologias. Componente Curricular: geografia Série:

Leia mais

A DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO TRÁFICO DE DROGAS EM BELO HORIZONTE E SUAS CORRELAÇÕES ESPACIAIS

A DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO TRÁFICO DE DROGAS EM BELO HORIZONTE E SUAS CORRELAÇÕES ESPACIAIS 66 A DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO TRÁFICO DE DROGAS EM BELO HORIZONTE E SUAS CORRELAÇÕES ESPACIAIS Resumo Nina Ferraz Tolentino 1 Orientador: Alexandre Magno Alves Diniz 2 O aumento da violência ao longo

Leia mais

Introdução ao Geoprocessamento

Introdução ao Geoprocessamento Sistema de Informação Geográfica SIG Introdução ao Geoprocessamento Professor: Daniel Luis Nithack e Silva O processo de urbanização marcha em um ritmo mais acelerado do que as possibilidades de planejar

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CURSO DE TECNOLOGIA EM NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CURSO DE TECNOLOGIA EM NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CURSO DE TECNOLOGIA EM NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR COMPUTAÇÃO GRÁFICA Disciplina: 08 Período: 4º José Eduardo

Leia mais

www.uff.br/sigcidades Conceitos de Geoprocessamento

www.uff.br/sigcidades Conceitos de Geoprocessamento www.uff.br/sigcidades Conceitos de Geoprocessamento Universidade Federal Fluminense / UFF Niterói, RJ 2014 SIGCidades: Mapeamento de Áreas Protegidas UFF - Instituto de Geociências - Departamento Análise

Leia mais

PTR 2355/2389 Princípios de Geoprocessamento. Atividade Prática: Laboratório SIG

PTR 2355/2389 Princípios de Geoprocessamento. Atividade Prática: Laboratório SIG PTR 2355/2389 Princípios de Geoprocessamento Atividade Prática: Laboratório SIG Docentes: Prof. Dr Claudio Luiz Marte Prof. Dr. José Alberto Quintanilha Elaboração Roteiro: Mariana Abrantes Giannotti Colaboração:

Leia mais

Anais do IV Congresso Sulbrasileiro de Ciências do Esporte

Anais do IV Congresso Sulbrasileiro de Ciências do Esporte USO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA COMO FERRAMENTAS DE AUXÍLIO NA COMPOSIÇÃO DE BANCO DE DADOS DOS INGRESSANTES DO CEFD/UFSM EM 2008. Rudemar Brizolla de Quadros Graduação em Educação Física pela

Leia mais

Dado Vetorial. Características do Dado Vetorial. Usa entidades como ponto, linha e polígono para identificar localizações;

Dado Vetorial. Características do Dado Vetorial. Usa entidades como ponto, linha e polígono para identificar localizações; Estrutura dos Dados Geográficos Organização lógica dos dados para preservar sua integridade e facilitar o seu uso. Vetorial Raster ou Matricial Dado Vetorial Usa entidades como ponto, linha e polígono

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas Curso: Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Preparação para o TCC (TCC Projeto) Módulo: 9º Carga Horária: 40 h PLANO DE ENSINO OBJETIVO(S) DA DISCIPLINA NO CURSO:

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Sistemas de Informação Professores: Marcos Eduardo Godinho Período/ Fase: 2º Semestre: 2º Ano: 2010

Leia mais

ANEXO II PORTARIA Nº 420, DE 26 DE OUTUBRO DE 2011 TERMO DE REFERÊNCIA DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL PARA REGULARIZAÇÃO DE RODOVIAS RCA

ANEXO II PORTARIA Nº 420, DE 26 DE OUTUBRO DE 2011 TERMO DE REFERÊNCIA DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL PARA REGULARIZAÇÃO DE RODOVIAS RCA ANEXO II PORTARIA Nº 420, DE 26 DE OUTUBRO DE 2011 TERMO DE REFERÊNCIA DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL PARA REGULARIZAÇÃO DE RODOVIAS RCA INTRODUÇÃO O presente Termo de Referência tem como objetivo

Leia mais

Estudo preliminar da vulnerabilidade do aqüífero livre localizado na região de Ponta da Fruta, Vila Velha ES.

Estudo preliminar da vulnerabilidade do aqüífero livre localizado na região de Ponta da Fruta, Vila Velha ES. Estudo preliminar da vulnerabilidade do aqüífero livre localizado na região de Ponta da Fruta, Vila Velha ES. Arthur Emilio Cossetti Barboza 1 Silvia Fernandes Rocha 1 Wellington Donizete Guimarães 1 1

Leia mais

Departamento de Engenharia Civil Caixa Postal 476 - CEP:88010/970 - Florianópolis, SC {lia, lapolli, franzoni}@ecv.ufsc.br

Departamento de Engenharia Civil Caixa Postal 476 - CEP:88010/970 - Florianópolis, SC {lia, lapolli, franzoni}@ecv.ufsc.br O Ensino de Sensoriamento Remoto, Sistema de Informações Geográficas e Fotogramentria nos Cursos de Graduação e Pós-Graduação em Engenharia Civil na UFSC LIA CAETANO BASTOS 1 ÉDIS MAFRA LAPOLLI 1 ANA MARIA

Leia mais

ViZon: visualizador de zoneamentos agroecológicos.

ViZon: visualizador de zoneamentos agroecológicos. 1 ViZon: visualizador de zoneamentos agroecológicos. Hilton Luís Ferraz da Silveira (1) (1) Analista; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; Recife, Pernambuco; hilton.ferraz@embrapa.br RESUMO: A

Leia mais

Wougran Soares Galvão 1 Paulo Roberto Meneses 2

Wougran Soares Galvão 1 Paulo Roberto Meneses 2 Geração do mapa de potencial à locação de estações na bacia do rio São Francisco como um produto estratégico de apoio às ações de planejamento de redes fluviométricas, através do uso de SIG e do classificador

Leia mais

205 - MONTAGEM DA BASE DE DADOS GEORREFERENCIADA ASSOCIADA AO BANCO DE DADOS CONVENCIONAL DA FAZENDINHA AGROECOLÓGICA KM 47 1

205 - MONTAGEM DA BASE DE DADOS GEORREFERENCIADA ASSOCIADA AO BANCO DE DADOS CONVENCIONAL DA FAZENDINHA AGROECOLÓGICA KM 47 1 Uso e Conservacao dos Recursos Naturais Monferrer 205 - MONTAGEM DA BASE DE DADOS GEORREFERENCIADA ASSOCIADA AO BANCO DE DADOS CONVENCIONAL DA FAZENDINHA AGROECOLÓGICA KM 47 1 Eli Lino de Jesus 2 ; Ricardo

Leia mais

DELIMITAÇÃO DAS ÁREAS DE PROTEÇÃO PERMANENTE DA BACIA HIDROGRÁFICA DO JI-PARANÁ

DELIMITAÇÃO DAS ÁREAS DE PROTEÇÃO PERMANENTE DA BACIA HIDROGRÁFICA DO JI-PARANÁ DELIMITAÇÃO DAS ÁREAS DE PROTEÇÃO PERMANENTE DA BACIA HIDROGRÁFICA DO JI-PARANÁ JULIA S. MELLO 1 ; DANIEL de C. VICTORIA 2 Nº 10505 RESUMO Sistemas de Informação Geográfica (SIG) são importantes ferramentas

Leia mais

Conteúdo Programático: I. Questões metodológicas nas ciências sociais aplicadas. 1. Ética em Pesquisa. 2. A multiplicidade de paradigmas

Conteúdo Programático: I. Questões metodológicas nas ciências sociais aplicadas. 1. Ética em Pesquisa. 2. A multiplicidade de paradigmas UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

Site da disciplina: Site do Laboratório de Geotecnologias Aplicadas: https://moodleinstitucional.ufrgs.br. http://www.ufrgs.

Site da disciplina: Site do Laboratório de Geotecnologias Aplicadas: https://moodleinstitucional.ufrgs.br. http://www.ufrgs. Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Geociências Departamento de Geografia Sistemas de Informações Geográficas I GEO 01007 Professora: Eliana Lima da Fonseca Site da disciplina: https://moodleinstitucional.ufrgs.br

Leia mais

USO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRAFICA NA SAÚDE: ANÁLISE ESPACIAL DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA EM PRESIDENTE PRUDENTE SP, BRASIL

USO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRAFICA NA SAÚDE: ANÁLISE ESPACIAL DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA EM PRESIDENTE PRUDENTE SP, BRASIL USO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRAFICA NA SAÚDE: ANÁLISE ESPACIAL DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA EM PRESIDENTE PRUDENTE SP, BRASIL USE OF GEOGRAPHIC INFORMATION SYSTEMS IN HEALTH: SPATIAL ANALYSIS

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional:

Leia mais