VIRIATO GRÃO VASCO AMOR DE PERDIÇÃO AQUILINO RIBEIRO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VIRIATO GRÃO VASCO AMOR DE PERDIÇÃO AQUILINO RIBEIRO"

Transcrição

1 ÃO LAFÕES ROTAS D VIRIATO GRÃO VASCO AMOR DE PERDIÇÃO AQUILINO RIBEIRO

2 DÃO LAFÕES REGIÃO DE TURISMO Dão Lafões, localizada bem no centro de Portugal, no coração das Beiras, distingue-se pela sua muito especial riqueza natural quatro rios, cinco serras e uma diversidade, única no país, de águas termais de excelência -, pela sua expressiva presença ao longo da História - berço e destino de ilustres personalidades da cultura e da história portuguesas - e por uma riquíssima gastronomia regional. A atractividade turística de Dão Lafões afirma-se pois nos novos paradigmas do turismo do séc. XXI, oferecendo um perfil turístico assente na natureza, na saúde e bem-estar, na cultura histórica, no desporto activo, na gastronomia e vinhos. Em Dão Lafões há um Mundo de Experiências à sua espera e para ajudar à escolha, quando a oferta é tão rica e diversificada, concebemos as ROTAS Dão Lafões, uma proposta inovadora, que permite a cada um, traçar a sua própria Rota, partindo de quatro Percursos Temáticos em Viseu. Adriano Azevedo, Presidente da Região de Turismo Dão Lafões 2

3 ROTAS DÃO LAFÕES São quatro as Rotas Dão Lafões com Percursos Temáticos localizados em Viseu, assentes na riqueza histórica e cultural da cidade, dos romanos até ao séc. XX e que se desenvolvem pelo Mundo de Experiências Dão Lafões. Na Rota de Viriato/ Viseu dos Romanos à Idade Média, propomos uma viagem ao mais profundo da nossa história, uma visita ao tempo da presença dos romanos em terras de lusitanos até à época Medieval; na Rota de Grão Vasco/ Viseu do Renascimento faremos uma incursão na cidade quinhentista que foi um importante centro artístico, guiados por Grão Vasco e D. Miguel da Silva; na Rota Amor de Perdição/ Viseu Romântico do séc. XIX, viajaremos por caminhos inspirados neste romance de Camilo Castelo Branco; e, finalmente, na Rota Aquilino Ribeiro/ Viseu Republicano do séc. XX, conheceremos os itinerários do escritor em Viseu e a forma como sentiu a cidade na primeira metade do último século. E como em Dão Lafões há um Mundo de Experiências à sua espera Termas e SPAs Termais, Cultura, Monumentos, Sabores, Desporto Activo e Artesanato a nossa proposta é que faça você mesmo a sua opção no Mundo de Experiência Dão Lafões, e trace o perfil da sua Rota, utilizando toda a informação disponível neste suporte, ou recolhendo indicações complementares em ou em qualquer um dos postos da Região de Turismo. TOME NOTA O que é uma Rota Dão Lafões? É um modo inovador e cómodo de conhecer Dão Lafões. Cada Rota é constituída por 3 elementos base: Percurso Temático em Viseu, escolha(s) do Mundo de Experiências Dão Lafões e estadia(s) na Região. Como traçar a sua própria Rota? Se quiser, você mesmo, traçar a sua Rota no Mundo de Experiências Dão Lafões, escolha um percurso temático em Viseu e depois opte pela diversificada oferta que a Região lhe oferece (páginas centrais). Qualquer apoio ou informação complementares, pode encontrá-los em ou nos postos de Turismo da Região. VISITAS EXCLUSIVAS EM VISEU. Diariamente, no Posto de Turismo de Viseu, estão abertas inscrições para os Percursos temáticos em Viseu orientados por pessoas da região, que integram as Rotas Dão Lafões. Tempo aproximado de cada visita: de duas a três horas. Informe-se dos horários e condições da visita. 3

4 ... Viriato, nascido e criado nas mais altas montanhas da Lusitânia, onde foi pastor desde criança, conseguiu reunir o apoio de todo o seu povo, para sacudir o jugo romano, e fundar uma grande nação livre na Hispânia.... Floro ROTA DE VIRIATO Viseu dos Romanos à Idade Média Esta Rota começa junto à Cava de Viriato, passa junto à Casa da Ribeira (Centro de Artesanato) onde se tem uma panorâmica sobre o rio Pavia. No Largo Mouzinho de Albuquerque segue pela R. Direita até à R. Formosa (4 Esquinas) e descendo um pouco descobrem-se as Ruínas da Muralha Romana. Posteriormente segue-se até ao Centro histórico pela R. da Árvore e R. Augusto Hilário e termina com um passeio em torno da Sé Catedral. Duração da Rota aprox. 2 Horas. Distância a percorrer: + - 2km A NÃO PERDER n Cava de Viriato (Monumento Nacional) Hoje, tal como a podemos ver, a Cava foi sujeita a algumas modificações e muitas destruições, mas o perímetro é ainda reconhecível. Ao que tudo indica, ela possuía um relativamente complexo sistema de engenharia hidráulica, na medida em que o seu interior e os fossos em redor estavam ligados ao rio Pavia e à ribeira de Santiago In Por volta do século I a. C. terão ocorrido os primeiros contactos com os recém-chegados Romanos. Contudo, é no séc. I d. C. que surge a verdadeira urbe romana. Viseu foi então capital de um vasto território Civitas- e um importante eixo viário de onde partiam e chegavam 8 estradas. Actualmente considera-se a possibilidade da denominada Cava de Viriato ser um acampamento fortificado muçulmano, edificado na época de Almançor (séc. X), que terá aproveitado o local de implantação de um acampamento militar romano desde a campanha de Bruto Calaico, atribuível a finais do século I a.c. Com mais de 2 km de perímetro e 38 hectares de área possuiu taludes reforçados por um largo fosso com cerca de 8 metros de largura para melhor defesa. A ligação da Cava a Viriato deverá ter ocor-

5 rido apenas no século XVI, por via erudita, numa época em que todas as povoações queriam apresentar algo que os ligasse às origens do povo português. ( ) na face do talude mais ocidental levantou-se um curioso monumento de granito e bronze alusivo à lenda do caudilho e dos seus inimigos. (Escultura de Mariano Benliure). n Muralhas Importante vestígio romano que reflecte de forma clara a importância de Viseu como capital de Civitas. O Troço da Muralha (agora musealizada) foi edificado por volta do ano de 260 d.c. Esta mediria 3,70m de largura e teria cerca de 10m. altura, constituindo uma defesa dificilmente transponível. É provável a existência de algumas portas que dariam acesso ao interior da cidade. Animação da Rota em Viseu Tiro com arco junto à Cava de Viriato Jogos tradicionais junto à Cava de Viriato Caça ao Tesouro Descubra Viseu na época dos romanos Vinho do Dão No Solar do vinho do Dão aprenda a degustar o vinho do Dão. Veja também as Quintas produtoras que poderá visitar na Região Actividades não incluídas nas visitas acompanhadas e apenas disponíveis para grupos. Podem ser organizadas pelas empresas de animação turística (vêr página 15, em Empresas de Animação Turística) n Centro Histórico Pelo século VI, com a decadência do Império Romano, a urbe romana, agonizante, havia-se transformado numa cidade muralhada, sacrificando até áreas urbanas que se encontravam na sua periferia. A concentração do casario numa malha estreita de ruas é sinal da nova realidade onde a insegurança imperava. n Forum Romano/Sé Catedral Na colina da Sé reconhecem-se os efeitos da romanização sistemática. A implementação habitual do Forum no cruzamento do cardo maximus (R. Direita) e decumanus maximus (Rua do Gonçalinho ou da Prebenda), sugere a área de implantação do Fórum na encosta da Sé. Do Fórum, centro político, religioso e económico da cidade romana restam, apenas, algumas pedras reaproveitadas para a construção da Sé Catedral. MUNDO DE EXPERIÊNCIAS DÃO LAFÕES Escolhida a Rota, decida você mesmo, os seus perfis e conteúdos complementares. Há um Mundo de Experiências em. Dão Lafões à sua espera. Número de dias, experiências a conhecer, sabores a experimentar, locais onde dormir, propostas de entertenimento a optar, é um mundo de emoções para escolher e traçar, você mesmo, de preferência em grupo, a sua própria Rota. Para conhecer as seduções irresistíveis de Dão Lafões. Tudo nas centrais desta edição.

6 Grão Vasco ou Vasco Fernandes ( ), foi o principal pintor da época da Renascença em Portugal, graças ao mecenato de D. Miguel da Silva. Viseu foi um importante centro artístico no século XVI. A cidade passou por esta altura a desenvolver-se no alto da Sé, tornado-o centro da urbe. ROTA DE GRÃO VASCO Viseu do Renascimento Esta Rota começa inevitavelmente junto ao Museu Grão Vasco em pleno Adro da Sé com uma visita sobre o Renascimento. Segue-se uma visita aos Claustros de D. Miguel da Silva (Mecenas de Grão Vasco) e ao interior da Sé onde se encontra o Museu de Arte Sacra. A Rota percorre a R. Calçada da Vigia (Casa do Miradouro à esquerda) e continuando a descer chega ao Largo Mouzinho de Albuquerque. Para chegar ao Paço Episcopal dirige-se à Porta dos Cavaleiros (à esquerda) e segue pela R. do Arco. Na rotunda entra na R. Eng.º Fuschini, início da antiga Quinta do Fontelo com o Paço Episcopal e seu Jardim do Fontelo. Duração da Rota aprox. 3Horas. Distância a percorrer: + - 3,5 km A NÃO PERDER n Museu de Grão Vasco Situado no Adro da Sé, no edifício do Paço dos Três Escalões (séc. XVI) de arquitectura civil de cariz religioso, renascentista, detém no seu acervo escultura, pintura portuguesa naturalista, cerâmica, mobiliário, bem como os retábulos renascentistas provenientes da Sé de Viseu, de autoria de Vasco Fernandes, o Grão Vasco. n Claustro D. Miguel da Silva (Sé Catedral) O claustro da Sé de Viseu é uma das principais obras do Renascimento Português. Foi executada na primeira metade do séc. XVI, pelo arquitecto italiano Francesco de Cremona que trabalhara também nas obras de S. Pedro do Vaticano. O Claustro caracteriza-se por um classicismo e forte rigor geométrico, introduzindo uma nova linguagem plástica em Portugal. Na Sé Catedral terá acesso ao Museu de Arte Sacra. 6

7 D. Miguel da Silva, Bispo de Viseu, senhor de uma vasta cultura humanista constitui-se, depois do seu regresso de Roma, como um dos mais prestigiantes mentores estéticos do novo estilo o renascimento. A ele é dedicado O Cortesão, uma das obras de referência do humanismo, escrita em 1528, por Baltazar Castiglione. Um manual do perfeito cavalheiro renascentista, a quem se exige ser culto, elegante e hábil. n Casa do Miradouro Igualmente do arquitecto Francesco de Cremona, a Casa do Miradouro possui uma arquitectura civil residencial, manuelina, maneirista e barroca. Mandada construir por Fernão Ortiz de Vilhegas, chantre de Viseu, (~1520) é um dos mais expressivos edifícios do Renascimento na região. Destacam-se as graciosas janelas geminadas e o brasão dos Ortiz. O seu elegante portal mantém afinidade evidente com o Claustro da Sé Catedral. n Paço Episcopal Data desde meados do séc. XII a aquisição da Quinta do Fontelo (hoje Solar do Dão), para residência dos Bispos de Viseu. D. Miguel da Silva, em conjunto com o seu arquitecto Francesco de Cremona imprimiu-lhe uma linguagem renascentista de que hoje não resta vestígios. Supõe-se que na pintura de Vasco Fernandes, Cristo em casa de Marta e Maria, o interior fosse uma representação deste Paço Episcopal. Animação da Rota em Viseu Peddy Paper Por caminhos renascentistas Actividades não incluídas nas visitas acompanhadas e apenas disponíveis para grupos. Podem ser organizadas pelas empresas de animação turística (vêr página 15, em Empresas de Animação Turística) n Jardim do Paço O Jardim que ladeia o antigo Paço Episcopal, foi o jardim privativo de D. Miguel da Silva que, ao bom gosto humanista, está repleto de espécimes botânicos raros. Julga-se que, as árvores estivessem protegidas por passarolas de grandes dimensões, com diversas espécimes de aves exóticas. MUNDO DE EXPERIÊNCIAS DÃO LAFÕES. Escolhida a Rota, decida você mesmo, os seus perfis e conteúdos complementares. Há um Mundo de Experiências em Dão Lafões à sua espera. Número de dias, experiências a conhecer, sabores a experimentar, locais onde dormir, propostas de entertenimento a optar, é um mundo de emoções para escolher e traçar, você mesmo, de preferência em grupo, a sua própria Rota. Para conhecer as seduções irresistíveis de Dão Lafões. Tudo nas centrais desta edição.

8 MUNDO DE EXPERIÊNC VISEU, AGUIAR DA BEIRA, CASTRO DAIRE, MANGUALDE, NELAS, OLIVEIRA DE FRADES, TERMAS Termas de Alcafache Viseu Programas de Saúde e Bem-estar e Vinoterapia Termas Caldas da Felgueira Nelas Programas de Saúde e Bem-estar Termas do Carvalhal Castro Daire Programas de Saúde e Bem-estar Caldas de Sangemil Tondela Programas de Saúde Termas de S. Pedro do Sul S. Pedro do Sul Programas de Saúde e Bem-estar CULTURA Museus Museu Almeida Moreira Viseu Museu do Caramulo - Tondela Museu Etnográfico de Paços de Silgueiros - Viseu Museu Grão Vasco - Viseu Museu do Quartzo - Viseu Abertura em 2008 Museu Rural - Bioparque Carvalhais S. Pedro do Sul Museu Municipal de Castro Daire - Castro Daire Museu Municipal de Vouzela Vouzela Museu Municipal de Oliveira de Frades - Oliveira de Frades Museu Tesouro de Arte Sacra Viseu Eco Museu Torredeita - Viseu Eco Museu Vila Chã de Sá Viseu Artes & Espectáculos ACERT - Tondela Teatro, cinema, concertos e exposições Teatro Regional da Serra do Montemuro Gosende, Castro Daire Teatro Viriato - Viseu Igreja Matriz - Nelas Igreja da Misericórdia - Viseu Igreja dos Terceiros - Viseu Orca de Juncais Vila Nova de Paiva Palácio dos Condes de Anadia - Mangualde Visita à casa do Séc. XVIII. Destaque: azulejaria e mobiliário característicos da época. Pelourinho - Oliveira de Frades Igreja Romana - Vouzela Santuário do Senhor dos Caminhos - Rãs - Sátão Sé Catedral - Viseu Solar da Quinta da Ínsua - Penalva do Castelo Torre do Relógio - Aguiar da Beira SABORES Vinho do Dão Viistas a Adegas com provas e venda de vinho Adega Cooperativa de Mangualde - Quinta do Melo Gandufe, Mangualde Adega Cooperativa de Penalva do Castelo Penalva do Castelo Casa da Ínsua Visitas ao solar do séc XVIII Casa de Santar - Santar, Nelas Visitas ao solar do séc XVII e XVIII 8 MONUMENTOS Castro da Cárcoda Carvalhais S. Pedro do Sul Povoado castrejo romanizado Ermida de Nossa Sra. do Castelo - Mangualde Igreja da Ermida Ermida do Paiva - Castro Daire Igreja Matriz - Tondela Cooperativa agrícola de Nelas, CRL - Nelas CVRD-Comissão Vitivinícola Regional do Dão Rota do Vinho do Dão Quinta da Comenda S. Pedro do Sul Quinta de Lemos Silgueiros Viseu Quinta do Perdigão Pindelo de Silgueiros, Viseu

9 IAS DÃO LAFÕES PENALVA DO CASTELO, S. PEDRO SUL, SÁTÃO, TONDELA, VILA NOVA DE PAIVA E VOUZELA Quinta da Fata - Nelas UDACA União das Adegas Cooperativas do Dão Cabanões Viseu Vinícola de Nelas S.A. Quinta das Estrémulas - Nelas Queijo Serra da Estrela Produtores DOP, venda directa Lucília Rosa de Assunção Loureiro Vilar Seco - Nelas Queijaria Germil Penalva do Castelo Queijaria Real Penalva do Castelo Quinta da Lagoa Vale de Madeiros Canas de Senhorim - Nelas Sala de provas. Visita a uma unidade produtora de Queijo da Serra da Estrela DOP Outros Ervital - Plantas Aromáticas e Medicinais, Lda Mezio - Castro Daire Agricultura biológica Fumeiro Casa do Petisco Penalva do Castelo Fumeiro regional certificado ARTESANATO Associações e Similares Casa da Ribeira Centro de artesanato - Viseu Centro Regional de Artesanato de Montemuro - Mezio Artesanato regional em linho, algodão e lã, cestaria, trabalhos em Madeira... Cooperativa de Combate ao Frio - Relvas - Monteiras Trabalhos artesanais em Tricot Lã e Linho Cooperativa Capuchinhas de Montemuro - Campo Benfeito Castro Daire Fabrico Artesanal de Vestuário em lã e linho Cooperativa Ventosa Artesanal Ventosa - Vouzela Trabalho em Linho desde a produção até à tecelagem de toalhas de mesa e de mão. Estação de Artes e Sabores S. Pedro do Sul Lançadeiras do Picão Picão Tecelagem em Linho Outros Artesãos de Molelos - Barro Negro Bordados de Tibaldinho Moinho da Carvalha Gorda, Papel para Artes Lda Campia Vouzela Visitas explicativas do processo de fabricação artesanal de papel; DESPORTO ACTIVO BIOPARQUE Carvalhais S. Pedro do Sul Passeios Pedestres, Passeios de Charrete, Parque de Merendas, Piscinas, Campo de Futebol, e Campo de Volei de Praia, Arborismo, Escalada, Rappel, Slide GOLF Golf do Montebelo Farminhão - Viseu TURISMO EQUESTRE Centro Hípico Montebelo Farminhão - Viseu Bioparque Carvalhais - S. Pedro do Sul DESPORTOS DE ÁGUA Canoagem Rio Dão, Rio Vouga Rafting Rio Paiva Canyoning Rio Teixeira DESPORTOS DE MONTANHA Passeios de Jipe B BTT A Passeios Pedestres A DESPORTOS DE DINÂMICAS DE GRUPO Caça ao Tesouro A Paintball A Rappel /Slide / Escalada B Orientação B Tiro com arco Zarabatana B A B Toda a região Serra de Arada, Caramulo, Freita, Leomil e Montemuro e nas Aldeias de Xisto e Granito Beirãs. 9

10 Viseu, cidade beirã de lendas e paixões, foi o local escolhido por Camilo Castelo Branco, para o desenlace da história do Amor de Perdição, entre casas solarengas e jardins escondidos. ROTA AMOR DE PERDIÇÃO Viseu Romântico do séc. XIX Esta Rota tem como centro o Largo Mouzinho de Albuquerque onde se pode observar o local que foi cenário do filme baseado no livro Amor de Perdição de Camilo Castelo Branco pelo cineasta Manoel de Oliveira. Inspirados por histórias de fidalguias, visitaremos também outros solares dispersos pela cidade e igrejas que ilustram uma época de grande riqueza onde o Barroco mostra a sua exuberância. Duração da Rota: aprox. 2 Horas. Distância a percorrer: km Amor de Perdição (1862) é uma história intemporal de ódios e amores, de segredos murmurados e paixões declamadas. É uma das obras literárias de referência do ultra- -romantismo português, uma história de amor eterno entre Simão Botelho e Teresa Albuquerque. Folheando os livros de antigos assentamentos no cartório das Cadeias da relação do Porto, li, no das entradas dos presos desde 1803 a 1805, a folhas 232 o seguinte: Simão de António Botelho, que assim diz chamar-se, ser solteiro, e estudante na Universidade de Coimbra, natural da Cidade de Lisboa, e assistente na ocasião de sua prisão na cidade de Viseu Amor de Perdição, Introdução. Camilo Castelo Branco ( ) - É o grande romancista do Romantismo português. Magistral nos lances arrebatados e místicos da paixão exacerbada, dos laços familiares conflituosos, assim como na sátira social. A NÃO PERDER n Solar dos Albuquerques É costume ligar a Casa do Arco ao Amor de Perdição, publicado em Em Viseu, os Albuquerques do Arco e a sua nobre casa foram um dos palcos do drama. Seria a casa de Tadeu de Albuquerque, pai de Teresa, a malograda heroína da trágica história de amor. Tudo não passou de pura fantasia. Contra a identificação de algumas personagens com os fidalgos do Arco se insurgiu mesmo, o então Senhor da Casa, D. António de Albuquerque, que escreveu a Camilo, perguntando-lhe com que direito se servira do nome de sua família. Respondeu-lhe o escritor que fora simples coincidência, porque só os nomes de sua (dele, Camilo) família, - os Botelho, caso de seu tio Simão eram verdadeiros e todos os demais, incluído os Albuquerque, eram pura fantasia. Mas a ideia ficou. E o facto de, posteriormente, cineastas ali terem filmado algumas cenas, veio reforçar a imaginação popular. Sobre este assunto, leia-se Manuela de Azevedo, Amor de Perdição, in Beira Alta Viseu, 1955, Vol XIV, fasc. I e II. Este Solar, Casa do Arco, Solar dos Fidalgos do Arco ou Solar dos Albuquerques é hoje a Escola Secundária Emídio Navarro. Do Solar do século XVIII, de realçar no interior, os azulejos barrocos que envolvem a escadaria e o brasão dos Albuquerques sobre a porta central. No final do séc. XIX foi aí oferecida uma solene recepção à última Rainha de Portugal, D. Amélia. 10

11 n Fonte de S. Francisco Anda o chafariz desde 1861 ligado à aura camiliana do Amor de Perdição. Com efeito pretende a tradição popular situar ali a monumental cena de pancadaria, quando Simão Botelho, sob o olhar aflito de Teresa de Albuquerque, armado em fueiro que descravou de um carro, partiu muitas cabeças e escaqueirou todos os cântaros, em desforço de um seu criado, espancado por populares. ( ) Alexandre Alves in Revista Beira Alta Mandada erguer por António de Albuquerque, fidalgo do Arco, a sua arquitectura pertence ao primeiro barroco, onde se evidencia a imagem de S. Francisco de Assis. Pode-se também admirar o brasão da casa real portuguesa na zona central e nas costas o azulejo do brasão das armas de Viseu O Chafariz que lhe deu origem foi construído no século XV, datando do século XVIII a sua forma actual. Animação da Rota em Viseu Orientação/ Peddy Paper Ao encontro dos Solares de Viseu Peddy fotográfico À descoberta do Amor de outrora. Entre no jogo e descubra os recantos de perdição da Cidade Jogos tradicionais Actividades não incluídas nas visitas acompanhadas e apenas disponíveis para grupos. Podem ser organizadas pelas empresas de animação turística (vêr página 15, em Empresas de Animação Turística) n Convento do Bom Jesus - Terreiro das Freiras Arquitectura religiosa, maneirista, barroca. Convento beneditino do séc. XVII, é hoje o Lar-Escola de S. António. O Convento tem ligação directa à capela de devoção a S. António, datada do séc. XVII-XVIII, de decoração tipicamente barroca, onde se destacam os painéis de azulejaria e o aspecto conventual marcado pela grade que separava as beneditinas do mundo exterior. ( ) receando o velho (pai de Teresa) algum incidente no espaço de tempo que mediava até se conseguirem as licenças, resolveu não ter consigo Teresa, e solicitou a retenção temporária dela num convento de Viseu. In Amor de Perdição Cap. VII pág. 72 MUNDO DE EXPERIÊNCIAS DÃO LAFÕES Escolhida a Rota, decida você mesmo, os seus perfis e conteúdos complementares. Há um Mundo de Experiências em. Dão Lafões à sua espera. Número de dias, experiências a conhecer, sabores a experimentar, locais onde dormir, propostas de entertenimento a optar, é um mundo de emoções para escolher e traçar, você mesmo, de preferência em grupo, a sua própria Rota. Para conhecer as seduções irresistíveis de Dão Lafões. Tudo nas centrais desta edição.

12 12 Viseu, ( ) um velho burgo, enrodilhado como todos os aglomerados urbanos que vêm da idade média, ou atrás ainda, à volta de um núcleo que, ( ), é a Sé Catedral In Arcas Encoiradas, p. 169 Foto da Confraria Aquiliniana Aquilino Ribeiro ( ) - Verdadeiro homem de acção, um tipo social que o princípio do século XX muito exaltou, adere por completo às movimentações republicanas, quer através de um posicionamento pela escrita, quer através da participação em actividades que acabam por levá-lo à cadeia Aquilino chegava de Soutosa, além do Rio Paiva, das terras agras que ele havia de chamar Terras do Demo tinha então 17 anos e era estudante. Viria em breve o tempo de andar por seca e meca. Mas sempre que voltava ao chão da Beira, Aquilino fazia pouso em Viseu. Foi então que fez, na cidade, a sua roda de amigos. ROTA AQUILINO RIBEIRO Viseu Republicano do séc. XX Esta Rota começa na R. do Arco, junto à Porta dos Cavaleiros por onde Aquilino Ribeiro ( ) terá entrado pela primeira vez em Viseu. Segue-se pelo Largo Mouzinho de Albuquerque até à R. Direita onde, subindo as Escadinhas da Sé e torneando a Catedral, se chega ao Adro da Sé, onde se situa o Museu Grão Vasco. Passando pelo Largo Pintor Gata e descendo a R. Nunes Carvalho acerca-se do Jardim das Mães onde à esquerda se encontra o Museu Almeida Moreira. Chegados ao centro actual da Cidade, no Rossio, a Rota convida a uma pausa de descanso no Parque da Cidade com o nome do autor. Depois, voltando ao Rossio, segue-se pela R. Formosa, pela R. João Mendes e R. Maria do Céu Mendes, alcançando-se o Paço do Fontelo, onde Aquilino Ribeiro esteve preso e de onde se evadiu. Duração da Rota: aprox. 2:30Horas. Distância a percorrer: + - 2,5 km A NÃO PERDER n Sé Catedral A isolá-lo do mundo tivera, como redoma espiritual, aquela austera e silente praçazinha, a que formavam amparo a Sé de frontaria compósita e rotundos campanários, o paço dos três escalões em granito de fortaleza, a Misericórdia com a escalinata e torres aladas, e o aljube, agora oficina, de panos amarelos e terraço de ameias. In O Homem que Matou o Diabo, p. 40 n Museu Grão Vasco Ainda aquela montanha, toda em silharia, que se ergue sobre o bairro como um severo e imponente morrião, não é pedra morta. Francisco Almeida Moreira, um destes homens que tiveram o dom de Engenho e Arte, tocou-a com a varinha de condão, e essa mole, o Museu Grão Vasco, é hoje um dos relicários de arte mais curiosos de Portugal. In Arcas Encoiradas, p.179

13 n Casa Museu Almeida Moreira A Sua Casa, com o velho Bernardo, ecónomo, mordomo, era o caravansará de quantos em Portugal honravam as letras e as artes. Por amizade, primeiro, depois em boa estratégia, tinha ali Almeida Moreira liberal mesa e a albergaria certa. Quem resiste a um vinho do Dão, na justa idade ( )? In Arcas Encoiradas, p.190 n Parque Aquilino Ribeiro Parque da cidade que por homenagem ao escritor tomou o seu nome. No parque encontrará a capela de Nossa Senhora da Vitória, século XVII. A capelinha, que existia no topo do Rossio ( ) mais se recomendava pela sua modéstia prazenteira, do que pela arquitectura, fachadazinha em estilo severo, com duas colunas à banda do pórtico, corroídas pelo salitre. Merecia, no entanto, que se deslocasse dali para sítio onde continuaria como raiozinho de sol pálido a irradiar a sua ternura simples. In Arcas Encoiradas, p.184 Animação da Rota em Viseu Jogos de dinâmica de grupo / Gincana Parque Aquilino Ribeiro ou Fontelo A Fuga de Aquilino Peddy Fotográfico Descobrir as paisagens descritas por Aquilino. Actividades não incluídas nas visitas acompanhadas e apenas disponíveis para grupos. Podem ser organizadas pelas empresas de animação turística (vêr página 15, em Empresas de Animação Turística) n Paço do Fontelo (A Cadeia) Aquilino entrou no Paço (hoje Solar do Dão) em 1927, quando nele havia um espaço de prisão. Inquieto com o destino da nação, aproveita a circunstância de uma revolta do regimento de Pinhel, intenta de novo a acção cívica, mas é preso em Contenças, no concelho de Mangualde. E com o companheiro, Dr. António Gomes Mota, dá entrada no presídio do Fontelo. Ajudado por amigos conseguiu evadir-se a 15 de Agosto. Não perca a oportunidade de conhecer o Parque do Fontelo, lugar de percursos botânicos, de lazer, deleite e cultivo do corpo e da mente. MUNDO DE EXPERIÊNCIAS DÃO LAFÕES. Escolhida a Rota, decida você mesmo, os seus perfis e conteúdos complementares. Há um Mundo de Experiências em Dão Lafões à sua espera. Número de dias, experiências a conhecer, sabores a experimentar, locais onde dormir, propostas de entertenimento a optar, é um mundo de emoções para escolher e traçar, você mesmo, de preferência em grupo, a sua própria Rota. Para conhecer as seduções irresistíveis de Dão Lafões. Tudo nas centrais desta edição.

14 PERCURSOS TEMÁTICOS EM MAIS EMOÇÕES EM DÃO LAFÕES Para além das muitas propostas incluídas no Mundo de Experiências Dão Lafões, divulgadas nas páginas anteriores, existem, a todo o momento, novas emoções e propostas inovadoras que pode experimentar na sua visita a Dão Lafões. Desde um passeio de jeep na Serra de S. Macário, Montemuro ou Caramulo, até ao novo Passeio Pedestre dos Pastores ao longo das aldeias de Xisto da serra da Arada, o limite para novas emoções é o céu Visite tambem as diversas Aldeias Típicas e Medievais existentes na região. Zona histórica Parques e/ou jardins Rota Viriato Início na Cava do Viriato e termina junto da Sé Catedral. Rota Grão Vasco Início no Adro da Sé e termina no Jardim do Fontelo. Rota Amor de Perdição Início no Largo Mouzinho de Albuquerque e termina na R. do Arco. Rota Aquilino Ribeiro Início na R. do Arco e termina no Paço do Fontelo.

15 VISEU DAS ROTAS DÃO LAFÕES EMPRESAS DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA ANIMADORES DAS ROTAS Bioparque do Pisão Carvalhais S. Pedro do Sul: Carcorest - Animação Turística Carvalhais SPS São Pedro do Sul Tel Fax Telm Alvará DGT 41/2005 RitualTTerra R. Sta. Eulália, Moçâmedes Vouzela Telm / Alvará DGT 10/2006 Cankay Empresa de animação Turística Tel: / Alvará DGT 26/2003 N Desafios Caramulo Actividades de animação, Lda R. da Escola, Pavilhão Municipal do Caramulo, R/c Trás Caramulo Tel Fax Alvará DGT 44/2002 VISITAS EXCLUSIVAS EM VISEU A Região de Turismo Dão Lafões promove visitas temáticas orientadas à cidade de Viseu de modo a promover o conhecimento da sua riqueza histórica, cultural e artística. No posto de turismo terá acesso a toda a calendarização das visitas. Visitas pagas em Bilingue (português, Inglês). Possibilidade de visitas noutros idiomas desde que previamente solicitado e acordado. Para grupos superiores a 10 pessoas é necessário fazer pré-reserva com um mínimo de 24 horas de antecedência. Inscrições e mais informações na Região de Turismo Dão Lafões 15

16 DÃO LAFÕES REGIÃO DE TURISMO Postos de Turismo Viseu Av. Gulbenkian, Viseu Tel.: Fax: Aguiar da Beira Ed. Câmara Municipal, Aguiar da Beira Tel.: Caramulo Av. Abel Lacerda, Caramulo Tel/Fax: Mangualde Ed. Câmara Municipal, 3530 Magualde Tel.: Nelas Largo Prof. Veiga Simão, 3520 Nelas Tel.: S.Pedro do Sul Largo dos Correios, Termas, Várzea SPS Tel.: Tondela Av. Humberto Delgado, Tondela Tel.: Fax: Vouzela Largo Conselheiro Morais Carvalho, 3670 Vouzela Tel.:

Ficha de Caraterização dos Troços Concelhios do Caminho Português Interior de Santiago

Ficha de Caraterização dos Troços Concelhios do Caminho Português Interior de Santiago Ficha de Caraterização dos Troços Concelhios do Caminho Português Interior de Santiago 1. CARATERIZAÇÃO GERAL Município Freguesias atravessadas do troço concelhio (paisagens atravessadas, enquadramento

Leia mais

Locais a Visitar na Vila de Almodôvar

Locais a Visitar na Vila de Almodôvar Locais a Visitar na Vila de Almodôvar Igreja Matriz de Almodôvar A matriz é o monumento mais visitado do Concelho de Almodôvar e é dedicada a Santo Ildefonso, sendo que D. Dinis doou-a à Ordem de Santiago,

Leia mais

PORTUGAL PROGRAMA I Co-financiamento Co-financiamento www.rdtours.com

PORTUGAL PROGRAMA I Co-financiamento Co-financiamento www.rdtours.com Co-financiamento DIA 1 - LISBOA Chegada ao Aeroporto de Lisboa e translado para o hotel. Tempo livre para os primeiros contatos com esta maravilhosa Capital Europeia, conhecida pela sua luminosidade única

Leia mais

Simply b experiências que marcam...

Simply b experiências que marcam... Simply b experiências que marcam... Degustação de produtos regionais Destaque! Highlight! As degustações Aldeias da Beira são compostas pelos melhores queijos, enchidos, vinhos, azeites, compotas, pão

Leia mais

PAPA LÉGUAS. Distrito. Portalegre INTRODUÇÃO

PAPA LÉGUAS. Distrito. Portalegre INTRODUÇÃO PAPA LÉGUAS Distrito INTRODUÇÃO Este Diário de Viagem em Autocaravana é uma pequena contribuição para um Turismo Itinerante pelo Distrito de. Promover os sítios mais relevantes e sugerir locais para almoçar,

Leia mais

Programa de acompanhantes

Programa de acompanhantes Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012 9:30 Saída em autocarro do Hotel Axis 10:00 Chegada a Barcelos Visita ao centro Histórico de Barcelos Programa de acompanhantes O concelho de Barcelos é um exemplo

Leia mais

A Vila. Na vila de Barrancos

A Vila. Na vila de Barrancos Locais a visitar A Vila Na vila de Barrancos podem ainda encontrar-se belos exemplares do típico casario alentejano, de arquitectura popular: casas caiadas de branco, de piso térreo, construídas em taipa,

Leia mais

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos Mosteiro dos Jerónimos Guia de visita dos 6 aos 12 anos Serviço Educativo do Mosteiro dos Jerónimos/ Torre de Belém Bem-vindo ao Mosteiro dos Jerónimos A tua visita de estudo começa logo no Exterior do

Leia mais

A Tradição Islâmica I Século XVI

A Tradição Islâmica I Século XVI A Tradição Islâmica I Século XVI As primeiras utilizações conhecidas do azulejo em Portugal, como revestimento monumental das paredes, foram realizadas com azulejos hispanomouriscos, importados de Sevilha

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO ESCOLA JOÃO AFONSO DE AVEIRO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO ESCOLA JOÃO AFONSO DE AVEIRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO ESCOLA JOÃO AFONSO DE AVEIRO PROGRAMA DA VISITA DE ESTUDO: POR TERRAS DA MACARONÉSIA ROTEIRO GEOLÓGICO E PAISAGÍSTICO EM S. MIGUEL E SANTA MARIA (AÇORES) ANO LECTIVO DE

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 524/VIII ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DE ANCEDE, NO CONCELHO DE BAIÃO, À CATEGORIA DE VILA. I Contributo histórico

PROJECTO DE LEI N.º 524/VIII ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DE ANCEDE, NO CONCELHO DE BAIÃO, À CATEGORIA DE VILA. I Contributo histórico PROJECTO DE LEI N.º 524/VIII ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DE ANCEDE, NO CONCELHO DE BAIÃO, À CATEGORIA DE VILA I Contributo histórico Ancede, população que sé estende ao longo do rio Douro, tem raízes históricas

Leia mais

Programa exemplo 2 para 3 Noites / 4 Dias. Terra Fria Transmontana. Primavera / Verão 2012

Programa exemplo 2 para 3 Noites / 4 Dias. Terra Fria Transmontana. Primavera / Verão 2012 Programa exemplo 2 para 3 Noites / 4 Dias Terra Fria Transmontana Primavera / Verão 2012 (Bragança, Miranda do Douro, Parque do Douro Internacional (Arribas), Parque Natural de Montesinho, Vinhais e Parque

Leia mais

TOUR FÁTIMA 13 DE OUTUBRO PEREGRINAÇÃO FÁTIMA PORTUGAL. Partidas dos locais de origem 09 de Outubro de 2015

TOUR FÁTIMA 13 DE OUTUBRO PEREGRINAÇÃO FÁTIMA PORTUGAL. Partidas dos locais de origem 09 de Outubro de 2015 TOUR FÁTIMA 13 DE OUTUBRO PEREGRINAÇÃO FÁTIMA PORTUGAL Partidas dos locais de origem 09 de Outubro de 2015 Partidas para os locais de origem 16 de Outubro de 2015 ITINERÁRIO PROGRAMA 8 DIAS DESTAQUE PORTUGAL

Leia mais

Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa

Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa HORTO DO CAMPO GRANDE MAGAZINE 14 HORTO DO CAMPO GRANDE MAGAZINE 15 FOTOS: Miguel Serradas Duarte FOTOS: Miguel Serradas Duarte Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa HORTO

Leia mais

Urbanismo em Braga Dos Romanos ao Renascimento

Urbanismo em Braga Dos Romanos ao Renascimento Índice Objectivos... 2 Introdução... 3 As origens urbanas de Braga... 4 Evolução da paisagem urbana de Braga... 6 Planificação - Renascimento... 8 O Paço Arquiepiscopal... 10 Conclusão:... 11 Netgrafia...

Leia mais

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA NOME OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA ESTABELEÇO RELAÇÕES DE PARENTESCO : avós, pais, irmãos, tios, sobrinhos Quem pertence à nossa família? Observa as seguintes imagens. Como podes observar, nas imagens estão

Leia mais

PORTUGAL. 1º. DIA -Lisboa. 2º. Dia - Sintra, Cascais e Estoril

PORTUGAL. 1º. DIA -Lisboa. 2º. Dia - Sintra, Cascais e Estoril PORTUGAL 1º. DIA -Lisboa Saída do Hotel para visita da cidade de Lisboa. Visitaremos o centro da cidade como Praça do Rossio, Avenida da Liberdade, Praça do Marquês de Pombal, Parque Eduardo VII. Colina

Leia mais

PORTAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS Programas de eventos e actividades de visitação

PORTAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS Programas de eventos e actividades de visitação PORTAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS Programas de eventos e actividades de visitação PORTA DO LINDOSO Sábado - 29 de Maio Pinturas faciais (motivo das pinturas: fauna do Parque Nacional da Peneda-Gerês)

Leia mais

VIAGEM A ESPANHA. Salamanca, Segóvia, Ávila e Toledo

VIAGEM A ESPANHA. Salamanca, Segóvia, Ávila e Toledo VIAGEM A ESPANHA Salamanca, Segóvia, Ávila e Toledo 02 a 06 de Outubro de 2012 Espanha é o segundo país do mundo com maior número de lugares declarados Património da Humanidade pela UNESCO. A lista inclui

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia Tourais - Seia

Dossier Promocional. Moradia Tourais - Seia Dossier Promocional Moradia Tourais - Seia 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

Cronologia do Mosteiro de S. Bento da Saúde

Cronologia do Mosteiro de S. Bento da Saúde Cronologia do Mosteiro de S. Bento da Saúde 1 1545 1563 Concílio de Trento. 2 1567 Fundação da Congregação de S. Bento no reino de Portugal. 3 1569 O Mosteiro beneditino de São Martinho de Tibães torna-se

Leia mais

EXCURSÕES EM BARCELONA INV 2010/2011

EXCURSÕES EM BARCELONA INV 2010/2011 EXCURSÕES EM BARCELONA INV 2010/2011 BARCELONA CLÁSSICA Partidas: Diárias às 09h45 de Nov 2010 até 28 Fev 2011 (excepto 01 Nov, 25 e 26 Dez) Local Pick up e Drop off: Ronda Universidad, 5 Duração: 3h30

Leia mais

MONTEBELO VISEU HOTEL & SPA*****

MONTEBELO VISEU HOTEL & SPA***** MONTEBELO VISEU HOTEL & SPA***** O Montebelo Viseu Hotel & Spa constitui a essência de um cinco estrelas, no requinte dos espaços, no ambiente exclusivo, na atenção aos menores detalhes. Um conjunto notável

Leia mais

EVENTO ACTIVIDADE MONUMENTO SÍTIO LOCAL DIA HORÁRIO PARTICIPAÇÃO APOIOS INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES LOCALIDADE

EVENTO ACTIVIDADE MONUMENTO SÍTIO LOCAL DIA HORÁRIO PARTICIPAÇÃO APOIOS INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES LOCALIDADE Mosteiro - Sala do Capítulo Palestra a cargo do Eng. Pedro Tavares: A importância da água e o Sistema Hidráulico Cisterciense, que incidirá sobre a importância da água no geral, e em particular no "funcionamento"

Leia mais

20,98 km2. 3,8 Hab/km2. Idanha-a-Nova. 11,6 km. Paulo Jorge Paiva Monteiro. Var. Total 0-14 15-24 25-64 65 ou mais -20,25-50,00-25,00-37,50-2,56

20,98 km2. 3,8 Hab/km2. Idanha-a-Nova. 11,6 km. Paulo Jorge Paiva Monteiro. Var. Total 0-14 15-24 25-64 65 ou mais -20,25-50,00-25,00-37,50-2,56 1. TERRITÓRIO Área Densidade Populacional (2001) 20,98 km2 3,8 Hab/km2 Anexas - Concelho Distância à sede de Concelho Idanha-a-Nova 11,6 km 2. ÓRGÃOS EXECUTIVOS DA FREGUESIA Presidente Paulo Jorge Paiva

Leia mais

Casa do Mundo Rural de Prados

Casa do Mundo Rural de Prados Casa do Mundo Rural de Prados A Casa do Mundo Rural de Prados, pretende retratar uma época em que a agricultura, associada à pastorícia eram as principais actividades económicas da população, praticando

Leia mais

1. Circuito Turístico A

1. Circuito Turístico A TURISMO DE LISBOA E VALE DO TEJO PROGRAMAS DE VISITA NO RIBATEJO 1. Circuito Turístico A Ponto de partida: Santarém Ponto de chegada: Santarém Duração: Um dia Programa para grupos 9:00H Partida de Santarém

Leia mais

ALSÁCIA E FLORESTA NEGRA

ALSÁCIA E FLORESTA NEGRA ALSÁCIA E FLORESTA NEGRA STRASBOURG * COLMAR * FREIBURG * TITISEE Luxembourg * Baden-Baden * Heidelberg 7 Dias / 6 Noites 1º DIA LISBOA / LUXEMBOURG Comparência no Aeroporto da Portela. Formalidades e

Leia mais

Programa de Promoção Turística e Cultural

Programa de Promoção Turística e Cultural Programa de Promoção Turística e Cultural Sintra encontra-se em 11º lugar no ranking dos 50 melhores lugares a visitar, nas escolhas dos leitores do jornal New York Times? Sintra é uma das 21 finalistas

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------------------------- GOVERNA DA CIDADE DE MAPUTO DIRECÇÃO DE TURISMO DA CIDADE. As 10 Maravilhas da Cidade de Maputo

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------------------------- GOVERNA DA CIDADE DE MAPUTO DIRECÇÃO DE TURISMO DA CIDADE. As 10 Maravilhas da Cidade de Maputo REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------------------------- GOVERNA DA CIDADE DE MAPUTO DIRECÇÃO DE TURISMO DA CIDADE As 10 Maravilhas da Cidade de Maputo Igreja de Santo António da Polana A Igreja de Santo António

Leia mais

Património. Projecto em.cantos

Património. Projecto em.cantos Património Património gastronómico As especialidades gastronómicas do concelho fazem parte dos encantos de Serpa, revestindo-se de saberes seculares, usos, costumes e modos de fazer antiquíssimos, o que

Leia mais

PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA

PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA TURISMO REGIÃO CENTRO 2014 PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA Enoturismo Sabores da Rolha ROTEIRO TURÍSTICO Z. CENTRO Sabores da Rolha propõe uma visita a uma região rica em diversidade cultural e paisagística

Leia mais

Lisboa Clássica Meio-dia

Lisboa Clássica Meio-dia Lisboa Clássica Meio-dia Atrações Principais: Mosteiro dos Jerónimos*, Torre de Belém, Padrão dos Descobrimentos, Museu dos Coches*, Alfama e Rossio. *Ambos encerrados à 2ª feira e substituídos pelo Palácio

Leia mais

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças >>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico as nossas cidades retratadas por crianças ----------------------------------------------------------- departamento de promoção da arquitectura educação pela arquitectura

Leia mais

No Açor em redor do xisto

No Açor em redor do xisto No Açor em redor do xisto Casas de negro vestidas No meio de serras erguidas Mulheres de negro trajadas Rostos marcados De rugas sulcadas. M. Teresa Sá Carvalho [48] ROTAS DA REGIÃO Jan Fev Mar 2012 ELM

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 126/VIII REELEVAÇÃO DE ANÇÃ À CATEGORIA DE VILA. I - Introdução

PROJECTO DE LEI N.º 126/VIII REELEVAÇÃO DE ANÇÃ À CATEGORIA DE VILA. I - Introdução PROJECTO DE LEI N.º 126/VIII REELEVAÇÃO DE ANÇÃ À CATEGORIA DE VILA I - Introdução A freguesia de Ançã foi outrora sede do município do mesmo nome, provavelmente desde a segunda metade do século XIV, usufruindo

Leia mais

Como chegar Gestão Curiosidades Estatísticas Festas Populares

Como chegar Gestão Curiosidades Estatísticas Festas Populares Como chegar Gestão Curiosidades Estatísticas Festas Populares Geografia História Tradição Util Pública Centro urbano Além da oferta municipal, com clima agradável, incontáveis rios, cachoeiras e vilas

Leia mais

ADREPAL - Espaço Fortuna artes e ofícios Quinta do Anjo, Palmela tel: 212 871 068 www.espacofortuna.com e-mail: geral@espacofortuna.

ADREPAL - Espaço Fortuna artes e ofícios Quinta do Anjo, Palmela tel: 212 871 068 www.espacofortuna.com e-mail: geral@espacofortuna. ADREPAL - Espaço Fortuna artes e ofícios Quinta do Anjo, Palmela tel: 212 871 068 www.espacofortuna.com e-mail: geral@espacofortuna.com 1 ADREPAL Espaço Fortuna artes e ofícios Tel. 212 871 068 Fax. 212

Leia mais

Emergência de instrumentos e mecanismos de liderança a e participação em territórios rios de baixa densidade

Emergência de instrumentos e mecanismos de liderança a e participação em territórios rios de baixa densidade Emergência de instrumentos e mecanismos de liderança a e participação em territórios rios de baixa densidade O caso dos PROVERE Joaquim Felício CCDRC/MAIS CENTRO Coimbra, 24 novembro 2014 1 política pública

Leia mais

ANEXO 2 - GUIA DE RECURSOS LOCAIS. No âmbito do Programa Rede Social, a elaboração do Guia de Recursos Locais

ANEXO 2 - GUIA DE RECURSOS LOCAIS. No âmbito do Programa Rede Social, a elaboração do Guia de Recursos Locais ANEXO 2 - GUIA DE RECURSOS LOCAIS No âmbito do Programa Rede Social, a elaboração do Guia de Recursos Locais do Concelho de Vouzela, pretende ser um instrumento facilitador da articulação entre os recursos

Leia mais

as s FESTIVAL DE ARTES

as s FESTIVAL DE ARTES as s ARTES MÚSICA WORKSHOPS SOLIDÁRIO FESTIVAL DE ARTES Festival ASAS Apresentação: ATB e Município de Penela Conceito Método Objetivos Cronograma/programação Projetos de intervenção social A região de

Leia mais

Património cultural Museus. http://www.cmpedrogaogrande.pt/index.php?option=com_content&view=a. rticle&id=132&itemid=123. rticle&id=132&itemid=123

Património cultural Museus. http://www.cmpedrogaogrande.pt/index.php?option=com_content&view=a. rticle&id=132&itemid=123. rticle&id=132&itemid=123 Atelier Túllio Victorino Sertã / Cernache do Bonjardim CASA MUSEU COMENDADOR MANUEL NUNES CORRÊA MUSEU PEDRO CRUZ MUSEU DE ARTE SACRA (Misericórdia) Museu Arqueologia Mação Centro Geodésico de Portugal

Leia mais

Vinho Verde História, Economia, Sociedade e Património 2º Congresso Internacional APHVIN/GEHVID 2012

Vinho Verde História, Economia, Sociedade e Património 2º Congresso Internacional APHVIN/GEHVID 2012 Vinho Verde História, Economia, Sociedade e Património 2º Congresso Internacional APHVIN/GEHVID 2012 9 de Outubro Casa do Vinho Verde Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes - CVRVV 09.00h

Leia mais

Excursão de 3 dias em Portugal saindo de Lisboa: Fátima, Sintra, Évora, Cascais e Costa do Estoril

Excursão de 3 dias em Portugal saindo de Lisboa: Fátima, Sintra, Évora, Cascais e Costa do Estoril Excursão de 3 dias em Portugal saindo de Lisboa: Fátima, Sintra, Évora, Cascais e Costa do Estoril Operador: Viator Inc Dias de Saída na Semana Moeda: US$ Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom Dias Limite para Venda:

Leia mais

Dossiê de apresentação

Dossiê de apresentação Dossiê de apresentação CAMINHOS DE LUZ MERCADO DE NATAL CASINHA DOS SONHOS CONCERTOS DE NATAL OFICINAS & EXPOSIÇÕES GALAS SOLIDÁRIAS VINHOS DE INVERNO & FESTIVAL LITERÁRIO XMAS RUN PASSAGEM DE ANO: SÉCULOS

Leia mais

Convento de Cristo Tomar

Convento de Cristo Tomar Convento de Cristo Tomar 8 Convento de Cristo APRESENTAÇÃO O Convento de Cristo forma, com o Castelo Templário de Tomar fundado por Gualdim Pais (1118-1195), Mestre da Ordem do Templo em Portugal, um

Leia mais

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR À convite do NERGA Associação Empresarial da Região da Guarda e NERCAB Associação Empresarial de Castelo

Leia mais

Festas, Feiras e Romarias

Festas, Feiras e Romarias Festas, Feiras e Romarias Feira de Velharias Feira de Velharias de Olhos de Água Data: 1.º domingo de cada mês Local: Junto ao Mercado Municipal de Olhos de Água Contato: Junta de Freguesia de Albufeira

Leia mais

10º Dia CAMPOS DO JORDÃO CIRCUITO TURISTICO MANTIQUEIRA 19

10º Dia CAMPOS DO JORDÃO CIRCUITO TURISTICO MANTIQUEIRA 19 CAMPOS DO JORDÃO Distante 167 km de São Paulo, a cidade mais alta do Brasil começou a ser procurada no chamado ciclo da cura, que teve início no final do século XIX, quando o português Matheus da Costa

Leia mais

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti Palácio de Versailles Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti O Palácio de Versalhes (em francês Château de Versailles) é um château real localizado na cidade de Versalhes, uma aldeia

Leia mais

PORTO - EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE ORQUÍDEAS,

PORTO - EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE ORQUÍDEAS, PORTO - EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE ORQUÍDEAS, A CIDADE E O DOURO PARQUE DA CIDADE, EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE ORQUÍDEAS (JARDINS DO PALÁCIO DE CRISTAL), MUSEU NACIONAL SOARES DOS REIS, CAVES TAYLOR, BARÃO

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 168/IX ELEVAÇÃO DA VILA DO LUSO, NO CONCELHO DA MEALHADA, À CATEGORIA DE CIDADE. I Das razões históricas

PROJECTO DE LEI N.º 168/IX ELEVAÇÃO DA VILA DO LUSO, NO CONCELHO DA MEALHADA, À CATEGORIA DE CIDADE. I Das razões históricas PROJECTO DE LEI N.º 168/IX ELEVAÇÃO DA VILA DO LUSO, NO CONCELHO DA MEALHADA, À CATEGORIA DE CIDADE I Das razões históricas Se há vilas no concelho da Mealhada que mergulhem nos pergaminhos da sua história,

Leia mais

Museu Nacional da Arte Antiga

Museu Nacional da Arte Antiga Museu Nacional da Arte Antiga Índice 1. Horários e localização: 2. Ingresso 3. História do museu 4. Informações acerca do museu 5. As 10 obras de referência do MNAA 6. Coleções 1 - Horário e Localização

Leia mais

Breve Apontamento Biográfico

Breve Apontamento Biográfico Breve Apontamento Biográfico José Rodrigues de Sucena No 80º. Aniversário do seu Falecimento 15.Abril.2005 Conde de Sucena. Quem foi? O que fez? Quando? Serão perguntas que as próximas gerações farão,

Leia mais

PEDDY PAPER. carta de prova. à descoberta do centro histórico de Beja. centro histórico. facebook.com/camaramunicipaldebeja

PEDDY PAPER. carta de prova. à descoberta do centro histórico de Beja. centro histórico. facebook.com/camaramunicipaldebeja PEDDY PAPER à descoberta do centro histórico de Beja carta de prova PEDDY PAPER centro histórico www.cm-beja.pt facebook.com/camaramunicipaldebeja Esta aventura tem como ponto de partida o Núcleo Museológico

Leia mais

FLORENÇA. Data do Sec. I a. C.

FLORENÇA. Data do Sec. I a. C. FLORENÇA Data do Sec. I a. C. Cópia do Sec. XIX Pianta della Catena A cidade nasce da política, da observação do que existe, dos levantamentos feitos e da meditação na realidade a cidade não nasce, vai-se

Leia mais

BAVIERA ROTA ROMÂNTICA

BAVIERA ROTA ROMÂNTICA BAVIERA ROTA ROMÂNTICA Mais de 400km de História Arte Cultura Cidades medievais * Castelos de Contos de Fadas * Palácios barrocos Aldeias pitorescas * Fortalezas * Catedrais góticas 6 Dias / 5 Noites 1º

Leia mais

Amares Caniçada Júnias - Régua Pinhão Foz Côa - Amarante

Amares Caniçada Júnias - Régua Pinhão Foz Côa - Amarante Amares Caniçada Júnias - Régua Pinhão Foz Côa - Amarante INTRODUÇÃO Algumas maravilhas de Portugal! Uma viagem ao interior de Portugal. A sua genuinidade, as suas tradições. Uma viagem por duas regiões

Leia mais

Rota dos 3 Castelos. 2.ºAbrantes. 3.º Belver. 1.ºAlmourol. Monte da Várzea Almourol. 38 km. Almourol Abrantes. 20 Km. Abrantes Belver.

Rota dos 3 Castelos. 2.ºAbrantes. 3.º Belver. 1.ºAlmourol. Monte da Várzea Almourol. 38 km. Almourol Abrantes. 20 Km. Abrantes Belver. 2.ºAbrantes 1.ºAlmourol 3.º Belver Monte da Várzea Almourol 38 km Rota dos 3 Castelos Almourol Abrantes 20 Km Abrantes Belver 30 Km Belver Monte da Várzea 11 Km Partida: Casa Branca, Monte da Várzea 2

Leia mais

CATEDRAL DE VISEU Abóbada dos nós.

CATEDRAL DE VISEU Abóbada dos nós. CATEDRAL DE VISEU A Sé Catedral de Viseu, domina de forma alternativa o Centro Histórico de Viseu. Nela estão quase dez séculos de história. A Catedral de Viseu é um ímpar mosaico de estilos arquitectónicos.

Leia mais

10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL)

10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL) 10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL) Edifício na Estrada do Cemitério, n.º 6 (Casa Azul) 10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL) 10.1 INFORMAÇÃO GERAL Nome Localização

Leia mais

Museu Nacional de Soares dos Reis Porto

Museu Nacional de Soares dos Reis Porto Museu Nacional de Soares dos Reis Porto 4 Museu Nacional de Soares dos Reis APRESENTAÇÃO O Museu ocupa, desde 1940, o Palácio dos Carrancas, construído nos finais do séc. XVIII para habitação e fábrica

Leia mais

Onde dormir. Sugestões...

Onde dormir. Sugestões... Portalegre 25, 26 e 27/Out/2012 Onde dormir Sugestões... ser o resultado de uma escolha, e não a consequência de um destino. 1 Onde dormir: A oferta aqui descrita não esgota tudo o que existe na Região

Leia mais

ALOJAMENTO AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL 59,00 65,00

ALOJAMENTO AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL 59,00 65,00 AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL O Axis Porto Business & SPA Hotel, é o novo hotel de 4 estrelas do Grupo AXIS, situado em pleno pólo universitário, numa das zonas de melhor acessibilidade à Invicta, junto

Leia mais

ESTRADA REAL. Melhor época

ESTRADA REAL. Melhor época ESTRADA REAL Bem-vindo(a) ao Brasil do século XVIII. Era ao longo destes caminhos que as coisas aconteciam durante os 100 anos em que este foi o eixo produtivo mais rico do jovem país que se moldava e

Leia mais

Agenda 2014, 2.º semestre

Agenda 2014, 2.º semestre Agenda 2014, 2.º semestre julho 2013 de 27 de junho a 27 de julho Exposição de pintura «As Idades da Mulher» de Maria Guia Pimpão Local: Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques Organização: C. M. Lousã Apoio:

Leia mais

Evento. Âmbito. Regulamento

Evento. Âmbito. Regulamento Evento Decorrerá nas ruas de Leiria e terá lugar no dia 17 de Setembro de 2006 com a distância de 3.000 metros. Dado o cariz social e de lazer deste evento, realizarse-á, em simultâneo com a corrida, um

Leia mais

Portugal e Espanha. de Mota Grandes Eventos pelo caminho... O Mercado Medieval no Castelo de Obidos.

Portugal e Espanha. de Mota Grandes Eventos pelo caminho... O Mercado Medieval no Castelo de Obidos. 1 Portugal e Espanha de Mota Grandes Eventos pelo caminho... O Mercado Medieval no Castelo de Obidos. As Festas da Senhora del Carmen en Huelva ( Andaluzia ) E a maior concentração de motos da Europa em

Leia mais

Relatório de associação de Códigos Postais a Postos de Recenseamento. 060313 Coimbra > Coimbra > Eiras

Relatório de associação de Códigos Postais a Postos de Recenseamento. 060313 Coimbra > Coimbra > Eiras Códigos Postais associados: 3020 085 COIMBRA [ Sem Nome Coimbra] 3020 095 COIMBRA [Rua Alves Redol Bairro de Santa Apolónia Coimbra] 3020 096 COIMBRA [Rua Aquilino Ribeiro Bairro de Santa Apolónia Coimbra]

Leia mais

O ENOTURISMO. Conceito:

O ENOTURISMO. Conceito: Conceito: O conceito de enoturismo ainda está em formação e, a todo o momento, vão surgindo novos contributos; Tradicionalmente, o enoturismo consiste na visita a vinhas, estabelecimentos vinícolas, festivais

Leia mais

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa 18 Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva APRESENTAÇÃO Instalado no Palácio

Leia mais

Excursão em ônibus panorâmico pela cidade do Porto. cruzeiro fluvial opcional e degustação de vinho

Excursão em ônibus panorâmico pela cidade do Porto. cruzeiro fluvial opcional e degustação de vinho Excursão em ônibus panorâmico pela cidade do Porto com cruzeiro fluvial opcional e degustação de vinho Operador: Viator Inc Dias de Saída na Semana Moeda: US$ Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom Dias Limite para

Leia mais

Comercialização e Inovação em Espaços Rurais e Naturais

Comercialização e Inovação em Espaços Rurais e Naturais Comercialização e Inovação em Espaços Rurais e Naturais Paulo Almeida Lopes Roteiros do Brasil 29.Maio.2010 O projecto Oficina da Natureza OBJECTIVOS DO PROJECTO Identificar e desenvolver novas práticas

Leia mais

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico.

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico. CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL 8 de Abril a 1 de Julho (interrupção no dia 10 de Junho que é feriado) 4ª feira, das 18h 30m às 20h 30m 24h, 12 sessões PROGRAMA 1. A Idade Média 1.1.

Leia mais

PROGRAMA PEDAGÓGICO 2015 / 2016. www.escolaequestreaveiro.com 234 912 108 969 428 670 quintapedagogica@grupomayaseco.com

PROGRAMA PEDAGÓGICO 2015 / 2016. www.escolaequestreaveiro.com 234 912 108 969 428 670 quintapedagogica@grupomayaseco.com PROGRAMA PEDAGÓGICO 2015 / 2016 www.escolaequestreaveiro.com 234 912 108 969 428 670 quintapedagogica@grupomayaseco.com A QUINTA PEDAGÓGICA de AVEIRO, situa-se a 4km do centro de AVEIRO, o que permite

Leia mais

I ITALY NÓS O CONVIDAMOS PARA CONHECER A MAGIA DA ITÁLIA QUANTO A CONFORTO, LUXO E ESTILO!

I ITALY NÓS O CONVIDAMOS PARA CONHECER A MAGIA DA ITÁLIA QUANTO A CONFORTO, LUXO E ESTILO! ITALY ItalyEvents5Stars NÓS O CONVIDAMOS PARA CONHECER A MAGIA DA ITÁLIA QUANTO A CONFORTO, LUXO E ESTILO! é um operador de turismo do luxo na Itália. Somos uma marca de 18 Holes 5 Stars, um agente de

Leia mais

O PROJECTO DE SINALIZAÇÃO TURÍSTICA DA REGIÃO DE LISBOA E VALE DO TEJO. A sinalização turística como integradora de uma rede de circuitos turísticos

O PROJECTO DE SINALIZAÇÃO TURÍSTICA DA REGIÃO DE LISBOA E VALE DO TEJO. A sinalização turística como integradora de uma rede de circuitos turísticos O PROJECTO DE SINALIZAÇÃO TURÍSTICA DA REGIÃO DE LISBOA E VALE DO TEJO A sinalização turística como integradora de uma rede de circuitos turísticos ...não sei, não conheço, não sou daqui talvez se virar

Leia mais

Programa de Incentivo em Lisboa Top Vip

Programa de Incentivo em Lisboa Top Vip Programa de Incentivo em Lisboa Top Vip Dia 1 Chegada dos participantes. Transfere para Belém em autocarro com acompanhamento de guia. Em Belém, área dedicada ao período das Descobertas, iremos encontrar

Leia mais

Nesta edição, poderá consultar o programa de Oficinas de páscoa e primavera e escolher entre 13 propostas diferentes.

Nesta edição, poderá consultar o programa de Oficinas de páscoa e primavera e escolher entre 13 propostas diferentes. O ficinas Sazonais P E L O U R O D A I N O V A Ç Ã O E Procurando alargar as atividades de educação ambiental aos períodos de férias escolares, em particular às famílias, o Pelouro da Inovação e Ambiente

Leia mais

AS DINÂMICAS REGIONAIS E OS SEUS ACTORES Conhecer para estruturar e promover o sector do turismo

AS DINÂMICAS REGIONAIS E OS SEUS ACTORES Conhecer para estruturar e promover o sector do turismo AS DINÂMICAS REGIONAIS E OS SEUS ACTORES Conhecer para estruturar e promover o sector do turismo Situa-se junto ao IC2, e entre as duas principais metrópoles do país, Lisboa e Porto. De destacar a sua

Leia mais

Mosteiro dos Jerónimos Lisboa

Mosteiro dos Jerónimos Lisboa Mosteiro dos Jerónimos Lisboa 10 Mosteiro dos Jerónimos APRESENTAÇÃO Associado pela sua fundação às figuras de D. Manuel e de Vasco da Gama, o Mosteiro dos Jerónimos é uma obra-prima da arquitectura manuelina,

Leia mais

PROJETO FINANCIADO POR:

PROJETO FINANCIADO POR: PROJETO FINANCIADO POR: EDV TOUR TOURS TOURS TOUR EDV ENTRE DOURO E VOUGA O Entre Douro e Vouga está, ao nível turístico, abrangido pelo região de Turismo do Porto e Norte de Portugal. Venha viver atividades

Leia mais

ESPAÇOS VERDES PRINCIPAIS PARQUES E JARDINS. Foi ampliado entre 1930-1934. Jardim da Av. Bento Gonçalves 30 000 anos 30 séc. XX - Novo projecto do

ESPAÇOS VERDES PRINCIPAIS PARQUES E JARDINS. Foi ampliado entre 1930-1934. Jardim da Av. Bento Gonçalves 30 000 anos 30 séc. XX - Novo projecto do ESPAÇOS VERDES PRINCIPAIS PARQUES E JARDINS área (m²) Período de Construção Parque Catarina Eufémia (antigamente designado 15 000 1939 como Parque Oliveira Salazar) Jardim dos Franceses 5 000 1918-1922

Leia mais

França: Paris e a Rota dos Três Vales Em Detalhe

França: Paris e a Rota dos Três Vales Em Detalhe Circuito de 9 dias França: Paris e a Rota dos Três Vales Em Detalhe Descubra os pontos mais emblemáticos de França Percorra em Paris o bairro boémio de Montmartre, visite o Museu do Louvre, realize um

Leia mais

100 pts.= 5 CP s desvio até 5 pts. = 4 CP s desvio até 10 pts. = 3 CP s desvio até 20 pts. = 2 CP s desvio superior a 20 pts.

100 pts.= 5 CP s desvio até 5 pts. = 4 CP s desvio até 10 pts. = 3 CP s desvio até 20 pts. = 2 CP s desvio superior a 20 pts. 1ª Etapa Multiactividades - Score 100 (BTT, Orientação, Canoagem, Jogos Populares, Jogos de Cooperação) 10h00 (de dia 22 de Maio, quinta-feira) 13h00 (de dia 22 de Maio, quinta-feira) Escola Secundária,

Leia mais

FICHA DE INVENTÁRIO 2.CARACTERIZAÇÃO

FICHA DE INVENTÁRIO 2.CARACTERIZAÇÃO FICHA DE INVENTÁRIO 1.IDENTIFICAÇÃO Designação- Imóvel Local/Endereço- Largo da Sé velha, nº4 a 8 Freguesia- Sé Nova Concelho- Coimbra Distrito- Coimbra 2.CARACTERIZAÇÃO Função Origem Habitação. Função

Leia mais

2. A OFERTA E A PROCURA TURÍSTICA NO NORTE DE PORTUGAL

2. A OFERTA E A PROCURA TURÍSTICA NO NORTE DE PORTUGAL 2. A OFERTA E A PROCURA TURÍSTICA NO NORTE DE PORTUGAL A análise realizada tem como base principal as estatísticas oficiais e alguns dados quantitativos de elaboração própria. Focamos a atenção nas mudanças

Leia mais

TURISMO RURAL U.C. Desenvolvimento Rural

TURISMO RURAL U.C. Desenvolvimento Rural U.C. Desenvolvimento Rural Trabalho realizado por: Alexandre Verde, nº18296 José Nunes, nº32240 1 INTRODUÇÃO Com este trabalho pretendemos mostrar o que é o turismo rural, e a sua importância para o desenvolvimento

Leia mais

SERVIÇO DE PÚBLICOS E DESENVOLVIMENTO CULTURAL DIRECÇÃO DA CULTURA DA SCML

SERVIÇO DE PÚBLICOS E DESENVOLVIMENTO CULTURAL DIRECÇÃO DA CULTURA DA SCML SERVIÇO DE PÚBLICOS E DESENVOLVIMENTO CULTURAL DIRECÇÃO DA CULTURA DA SCML Largo Trindade Coelho 1200-470 Lisboa Tel. 213 235 233/824/065 www.scml.pt/ www.museu-saoroque.com info@museu-saoroque.com Transportes

Leia mais

RIO DE JANEIRO - RJ (BRASIL)

RIO DE JANEIRO - RJ (BRASIL) RIO DE JANEIRO - RJ (BRASIL) A Cidade Maravilhosa Rio de Janeiro, também conhecida como a Cidade Maravilhosa, é a segunda maior cidade do Brasil, e com certeza faremos com que você tenha um maravilhoso

Leia mais

"Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios"

Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios "Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios" Oferecer o que temos, somos e fazemos como produto turístico Vasco Estrela Presidente da Câmara Municipal de Mação Cultura e Turismo

Leia mais

Câmara Municipal da Amadora. Férias. Julho 2014. na Cidade

Câmara Municipal da Amadora. Férias. Julho 2014. na Cidade Câmara Municipal da Amadora Férias Julho 2014 na Cidade Férias? Na Cidade! Férias de Verão significam tempo e oportunidade para dar uso à imaginação, à iniciativa, ao divertimento e à amizade. Férias na

Leia mais

JOGOS A REALIZAR ENTRE 04/01/2013 E 06/01/2013

JOGOS A REALIZAR ENTRE 04/01/2013 E 06/01/2013 JOGOS A REALIZAR ENTRE 04/01/2013 E CAMPEONATO DISTRITAL SENIORES DIVISAO HONRA - F11 DIVISAO HONRA 300. 01. 113. 0 300. 01. 114. 0 300. 01. 115. 0 C DESP R MOIMENTA BEIRA SPORTING CLUBE LAMEGO A DESP

Leia mais

Segunda Reunião sobre Ungulados Silvestres Ibéricos. Informação Útil

Segunda Reunião sobre Ungulados Silvestres Ibéricos. Informação Útil Informação Útil Como chegar? Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro Coordenada GPS: 40º38 01-51 N 08º39 33,91 W Gerar itinerário: GoogleMaps (http://maps.google.com/, destino: Universidade

Leia mais

Portugal Completo com Santiago de Compostela - PT12

Portugal Completo com Santiago de Compostela - PT12 Portugal Completo com Santiago de Compostela - PT12 Operador: Rdmc Incoming & Outgoing Dias de Saída na Semana Moeda: Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom Dias Limite para Venda: 30 X X X X X X X Quantidade mínima

Leia mais

C I R C U I T O S 3 C A P I T A I S

C I R C U I T O S 3 C A P I T A I S CIRCUITOS 3 CAPITAIS Este é o convite para compreender as origens de Portugal e descobrir as suas principais cidades: Porto, património mundial, cuja história se mistura com a fundação de Portugal. Cidade

Leia mais

PERÍODO DE 22 À 26/10/14

PERÍODO DE 22 À 26/10/14 BELO HORIZONTE + CONGONHAS + TIRADENTES + SÃO JOÃO DEL REI + MARIANA + OURO PRETO Viagem no Túnel do tempo para conhecer parte da História do nosso Brasil e vivenciar pessoalmente tudo aquilo que está

Leia mais

Michel Giacometti : 80 anos, 80 imagens

Michel Giacometti : 80 anos, 80 imagens I Paisagem e Arquitectura 684/01 Vista Parcial Meã, Parada de Ester, Castro d Aire Agosto 1963 A aldeia da Meã, localizada na Serra de Montemuro, à beira do Rio Paiva, remonta as suas origens à Alta Idade

Leia mais

Ações Integradas de Âmbito Municipal para a Promoção do Desenvolvimento Económico no Alto Minho

Ações Integradas de Âmbito Municipal para a Promoção do Desenvolvimento Económico no Alto Minho Ações Integradas de Âmbito Municipal para a Promoção do Desenvolvimento Económico no Alto Minho Sessão Desenvolvimento e Competitividade Económica: O Papel do Poder Local Viana do Castelo, 9 de abril de

Leia mais

Lista Monumentos. Edif. Do centro autárquico e Junta de Freguesia de Quarteira.

Lista Monumentos. Edif. Do centro autárquico e Junta de Freguesia de Quarteira. Cidades Lista Monumentos Faro Largo da Sé; Jardim Manuel Bivar; Arco da Vila; ; Ed. Governo Civil. Loulé Quarteira Edif. Paços do Concelho; Edif. Duarte Pacheco (Assembleia Municipal); Monumento Eng. Duarte

Leia mais