ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES"

Transcrição

1 ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES LISBOA - 28 JANEIRO DE 2016 A 2 DE DEZEMBRO DE 2016

2 Bem-vindo ao Wilma Simões European Institute Como uma apaixonada pela Ortopedia Funcional dos Maxilares, é um prazer estar em contacto com médicos dentistas de todo o mundo interessados em compreender e aplicar esta abordagem terapêutica na sua pratica clínica. Esperamos corresponder às suas expectativas e criar no seu coração o desejo de aprofundar o conhecimento dos mecanismos envolvidos na fisiologia do sistema estomatognático para prevenir e tratar alterações do crescimento e desenvolvimento craniofacial. Dra. Carina Pereira Leite Esperancinha Presidente do Wilma Simões European Institute

3 Sobre o WSEI A missão do Wilma Simões European Institute é dotar médicos dentistas de competências técnicas na área da Ortopedia Funcional dos Maxilares. O Instituto promove e suporta projetos de investigação para produzir e difundir conhecimento científico sobre crescimento e desenvolvimento craniofacial e Ortopedia Funcional dos Maxilares. O Instituto gostaria de trazer para a comunidade científica europeia todo o conhecimento da Prof. Doutoura Wilma Simões, um dos maiores nomes mundiais nesta área. O objetivo do WSEI é transmitir e difundir todo o conhecimento científico acumulado pela Dra. Wilma Simões por mais de 50 anos de pesquisa, perpetuando o seu espírito científico e empreendedor.

4 PROGRAMA DE CURSO A má-oclusão é uma patologia que se caracteriza por trazer desconforto estético, psicológico e funcional ao paciente. A Organização Mundial de Saúde considera a má-oclusão como o 3º problema de saúde oral, pelo seu alto índice de prevalência. É prioritário a aplicação de procedimentos preventivos e interceptivos das más-oclusões, priorizando tratamentos precoces através de aparelhos ortopédicos funcionais que têm como objetivo a correção da estrutura basal, a obtenção de um correto equilíbrio funcional e a utilização do crescimento para correção da má-oclusão, produzindo resultados clínicos eficazes. Atualmente, em Portugal não existe oferta formativa específica nestatécnica, pelo que temos o objetivo de dotar os colegas de conhecimentos e ferramentas que lhes permitam diagnosticar, prevenir e corrigir más-oclusões assim que as detetem. No final da formação, o formando deverá ser capaz de: Adquirir conhecimento que lhe permita diagnosticar, prevenir e tratar as más oclusões; Aplicar técnicas ortopédicas funcionais e conhecer os aparelhos mais indicados para tratar cada tipo de má-oclusão; Reconhecer a importância do tratamento multidisciplinar no tratamento das más-oclusões.

5 28 E 29 DE JANEIRO DE 2016 MÓDULO 01 OFM: Definição, Princípios Fundamentais e Características Básicas da Ortopedia Funcional dos Maxilares Bases fisiológicas da OFM: Embriologia, Osteologia, Miologia Craniofacial e ATM Crescimento Craniofacial onde se pode atuar Mecanismos Básicos de Ação da OFM: Octógono da Prioridade Funcional, Teoria das Rédeas Musculares, 16 Tipos de Mudança de Postura Terapêutica; Neurofisiologia Oral aplicada à OFM Princípios da Reabilitação Neuro Oclusal (RNO): função mastigatória e equilibrio oclusal 4 Leis Planas do Desenvolvimento do Sistema Estomatognático 4 Conceitos Chave da Mastigação Traçado de modelos nas várias Mudanças de Postura Terapêuticas Exploração funcional dos ângulos funcionais mastigatórios de Planas 25 E 26 DE FEVEREIRO DE 2016 MÓDULO 02 Etiologia e prevenção das oclusopatias: níveis de prevenção em OFM Tratamento precoce das más-oclusões em crianças e em adolescentes como forma de prevenir periodontopatias e disfunções articulares em adulto Abordagem dos diferentes tipos de más-oclusões (mordida cruzada, casse II, classe III, mordida aberta, sobremordida, apinhamentos) através da OFM Desgastes seletivos e Pistas Diretas; Métodos de diagnostico em OFM: Diagnóstico Sintomatológico de Planas (Biotipologia facial) Panorograma de Simões de Simetria (Análise Simões de Desvio de Forma) Diagnóstico Radiológico: Análise Cefalométrica de Bimler e Análise de Lavergne e Petrovic Análise Cefalométrica de Bimler e Lavergne e Petrovic Desgaste seletivo em modelos de gesso

6 MÓDULO E 8 ABRIL DE 2016 Técnicas em RNO Binómio forma-função. Aparelhos Ortopédicos Funcionais: Mecanismos de Ação, Modus Operante, Indicações e Contra-indicações: PIPS Pistas Indiretas Planas Simples PIPC Pistas Indiretas Planas Compostas PE - Planas Especial Casos clínicos Tratamento das más oclusões de DDMs (Discrepâncias dento-maxilares). Laboratório Construção de aparelhos ortopédicos funcionais Clínica Colocação dos aparelhos nos pacientes. Ativação e manuseamento clínico dos Aparelhos Ortopédicos Funcionais MÓDULO E 06 DE MAIO DE 2016 Aparelhos Ortopédicos Funcionais: Mecanismos de Ação, Modus Operante, Indicações e Contra-indicações: Bimler A, C SN1 - Simões Network 1 Arco de Eschler ou de Progenia Tratamento das más-oclusões de Classe II e Classe III Laboratório - Construção de aparelhos ortopédicos funcionais Clínica Ativação e manuseamento clínico dos Aparelhos Ortopédicos Funcionais em pacientes

7 02 E 03 DE JUNHO DE 2016 MÓDULO 05 Aparelhos Ortopédicos Funcionais: Mecanismos de Ação, Modus Operante, Indicações e Contra-indicações: SN2, SN3 SN4, SN5, SN6 Acessórios e modificações Tratamento das más-oclusões de Mordida Aberta e Sobremordidas Laboratório - Construção de aparelhos ortopédicos funcionais Clínica Ativação e manuseamento clínico dos Aparelhos Ortopédicos Funcionais em pacientes 07 E 08 DE JULHO DE 2016 MÓDULO 06 Aparelhos Ortopédicos Funcionais: Mecanismos de Ação, Modus Operante, Indicações e Contra-indicações: SN7, SN8 SN9, SN10 SN11, SN12 Ancoragem nos aparelhos ortopédicos funcionais Tratamento das más oclusões de Mordidas Cruzadas Laboratório - Activação dos diferentes aparelhos ortopédicos funcionais Clínica Ativação e manuseamento clínico dos Aparelhos Ortopédicos Funcionais em pacientes

8 MÓDULO E 09 DE SETEMBRO DE 2016 Disfunção temporo-mandibular e tratamento com aparelhos ortopédicos funcionais - Simões Network Mecanismos de Ação, Modus Operante, Indicações e Contra-indicações: SN20, SN21 SN22, SN23 Tratamento das Disfunções temporo-mandibulares Seminários Apresentação e discussão de casos clínicos dos alunos Clínica Ativação e manuseamento clínico dos Aparelhos Ortopédicos Funcionais em pacientes MÓDULO E 14 DE OUTUBRO DE 2016 Estudo da Oclusão em OFM: Desenvolvimento da oclusão: arcos dentários decíduo e permanente. Anatomia oclusal decídua, mista e permanente; Oclusão anatómica e Oclusão Funcional; Movimentos mandibulares; Noções de ajuste oclusal. Dor e Disfunção temporomandibular Seminários Apresentação e discussão de casos clínicos dos alunos Clínica Ativação e manuseamento clínico dos Aparelhos Ortopédicos Funcionais em pacientes

9 10 E 11 DE NOVEMBRO DE 2016 MÓDULO 09 Fundamentação científica para o uso de técnicas ortopédicas funcionais Abordagem sistemática de cada aparelho ensinado para cada tipo de má-oclusão Revisão da ativação e manuseamento clínico dos AOF ensinados Revisão do diagnóstico e seleção do AOF nas diferentes más-oclusões Apresentação e discussão de casos clínicos dos alunos Clínica Ativação e manuseamento clínico dos Aparelhos Ortopédicos Funcionais em pacientes Jantar de encerramento e entrega de diplomas do curso 01 E 02 DE DEZEMBRO DE 2016 OPCIONAL MÓDULO 10 2 horas com cada aluno individualmente, sendo que os colegas poderão assistir os dois dias de discussão de casos clínicos dos colegas. Apresentação e discussão de casos clínicos dos alunos Diagnóstico e seleção do AOF nos diferentes casos clínicos Ativação e manuseamento clínico dos AOF

10 Prof. Dra. Wilma Simões Mestre em morfologia pela universidade federal de São Paulo Doutora em odontologia pela Universidade Cruzeiro do Sul Professora colaboradora da APCD São Paulo Professora coordenadora da Especialização em Ortopedia Funcional dos Maxilares da Universidade Cruzeiro do Sul Cordenadora do Centro de Ensino e pesquisa em crescimento Craniofacial CEPECRAF- Unicsul São Paulo Doutora Honoris Causa pela Universidade Camilo Castelo Branco São Paulo Prof. Dra. Patrícia Valério Ortopedista Funcional dos Maxilares Pesquisadora sénior pós-doc do departamento de fisiologia e biofísica da Universidade Federal de Minas Gerais Brasil Professora do curso de ortodontia da Universidade de Itauna Minas Gerais - Brasil Pesquisadora do CEPECRAF Centro de Ensino e Pesquisa em Crescimento Craniofacial e Ortopedia Funcional dos Maxilares Multidisciplinar Universidade Cruzeiro do Sul São Paulo Brasil Coordenadora do curso de Ortopedia Funcional dos Maxilares da Biofokus - Turquia Pesquisadora convidada da Universidade de Marmara Turquia, da Universidade da Loannina Grécia e da Universidade de Aveiro - Portugal Dra. Carina Pereira Leite Esperancinha Ortopedista Funcional dos Maxilares Coordenadora do curso de Ortopedia Funcional dos Maxilares no Wilma Simões European Institute - Lisboa Certificado de Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares pela Universidade Cruzeiro do Sul São Paulo Brasil Pesquisadora do CEPECRAF Centro de Ensino e Pesquisa em Crescimento Craniofacial e Ortopedia Funcional dos Maxilares Multidisciplinar Universidade Cruzeiro do Sul São Paulo Brasil Pós-graduada em Reabilitação Neuro-oclusal - Barcelona

11 INFORMAÇÕES Perto do Aeroporto Diversos hotéis locais Perto de área comercial de grande superfície Fácil acesso a transportes

12 LISBON SCHOOL OF FUNCTIONAL JAW ORTHOPEDICS O Lisbon School of Functional Jaw Orthopedics (LSFJO) pretende ser reconhecido como uma entidade de referência na área da Medicina Dentária, sendo o Ensino e a Investigação os pilares em que assenta o seu sucesso. Dotar profissionais de Medicina Dentária com novas competências técnicas, nomeadamente na especialidade de Ortopedia Funcional dos Maxilares, promovendo e apoiando simultaneamente projetos de investigação, individualmente ou em colaboração com outras instituições, tendo em vista a produção, o incremento e a difusão do conhecimento científico na área do Desenvolvimento Craniofacial. Av. D. João II, Lote , Edifício Infante, 10º C Parque das Nações, Lisboa Tel: (+351)

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES LISBOA - 28 JANEIRO DE 2016 A 2 DE DEZEMBRO DE 2016 28 E 29 DE JANEIRO DE 2016 MÓDULO 01 OFM: Definição, Princípios Fundamentais e Características Básicas da Ortopedia

Leia mais

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES LISBOA - 28 JANEIRO DE 2016 A 2 DE DEZEMBRO DE 2016 28 E 29 DE JANEIRO DE 2016 MÓDULO 01 OFM: Definição, Princípios Fundamentais e Características Básicas da Ortopedia

Leia mais

Prazo Normal - entre 03-05-2016 e 30-05-2016 Prazo Tardio - entre 31-05-2016 e 11-06-2016

Prazo Normal - entre 03-05-2016 e 30-05-2016 Prazo Tardio - entre 31-05-2016 e 11-06-2016 ATM - ARTICULAçãO TEMPOROMANDIBULAR (JUN 2016) - LISBOA Sabia que a disfunções da articulação temporo-mandibular (ATM) além de afetarem funções, como falar e mastigar, podem provocar outras patologias

Leia mais

Regulamento Interno do Colégio de Ortodontia

Regulamento Interno do Colégio de Ortodontia Regulamento Interno do Colégio de Ortodontia Regulamento n.º 85/2012. D.R. n.º 43, Série II de 2012-02-29 Preâmbulo Decorridos dois anos sobre a última revisão do regulamento interno do colégio de ortodontia,

Leia mais

CURSOS ICMDS INICIAÇÃO Á ORTODONTIA COM APARELHOS AUTOLIGÁVEIS

CURSOS ICMDS INICIAÇÃO Á ORTODONTIA COM APARELHOS AUTOLIGÁVEIS CURSOS ICMDS INICIAÇÃO Á ORTODONTIA COM APARELHOS AUTOLIGÁVEIS OBJECTIVOS O curso básico de ortodontia tem por objetivo possibilitar o médico dentista, por meio de conhecimento e treinamento técnico científico,

Leia mais

O ingresso no Programa de Mestrado é feito por meio do exame de seleção, que consta de:

O ingresso no Programa de Mestrado é feito por meio do exame de seleção, que consta de: EDITAL DE SELEÇÃO 002/2016 Estarão abertas, a partir do dia 04 de março de 2016, as inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Odontológicas nas Áreas de Concentração

Leia mais

ODONTOLOGIA MATRIZ CURRICULAR

ODONTOLOGIA MATRIZ CURRICULAR ODONTOLOGIA Coordenadores: Paulo César Ribeiro Campus I Elias Daruis Assad Neto Campus V Duração: 8 semestres Carga Horária Total: 4700 Situação Legal: Reconhecido Dec. Federal Nº 963/1992 MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 4º - Os alunos inseridos no regime anual seguem o currículo previsto na Resolução CONSEPE 38/96, até sua extinção.

RESOLUÇÃO. Artigo 4º - Os alunos inseridos no regime anual seguem o currículo previsto na Resolução CONSEPE 38/96, até sua extinção. RESOLUÇÃO CONSEPE 91/2000 ATERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CCBS. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso de suas atribuições

Leia mais

www.estheticschool.eu

www.estheticschool.eu www.estheticschool.eu Informações e inscrições: Email: geral@estheticschool.eu Tel: 22 600 94 05 PROGRAMA DO CURSO Metalo-cerâmica e ceramo-cerâmica As relações clínica/laboratório Prof. Dr. Marc OBRECHT

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Página: 2 Edição: 01 Revisão: 0 ÍNDICE

MANUAL DA QUALIDADE. Página: 2 Edição: 01 Revisão: 0 ÍNDICE Manual da Qualidade Página: 2 ÍNDICE CAP 1 Manual de Gestão da Qualidade 1.1 Objetivo do manual 1.2 Âmbito do Sistema de Gestão da Qualidade 1.2.1 Exclusões 1.3 Terminologia e abreviaturas usadas no manual

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS A Lei Complementar nº 395, de 26 de dezembro de 1996, e alterações posteriores, é uma das mais importantes leis do nosso Município, por definir a forma com que o Executivo Municipal

Leia mais

Especialidades Odontológicas

Especialidades Odontológicas Especialidades Odontológicas Urubatan Medeiros Doutor (USP) - Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária (UERJ/UFRJ) - Consultor do Ministério da Saúde I - Introdução A Odontologia

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. REQUISITOS MÍNIMOS DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM REUMATOLOGIA (R1 e R2) PRÉ REQUISITOS: 02 anos de Residência em Clínica Médica DURAÇÃO DO PROGRAMA: 02 anos INTRODUÇÃO A Reumatologia é uma especialidade

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior RESOLUÇÃO Nº CNE/CES 3, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2002

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior RESOLUÇÃO Nº CNE/CES 3, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2002 CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior RESOLUÇÃO Nº CNE/CES 3, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2002 Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia. O Presidente

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO 1) História da Terapia Ocupacional (30 hs) EMENTA: Marcos históricos que antecederam o surgimento formal da profissão de

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 3º - O Plano de Implantação, Conteúdo Programático e demais características do referido Curso constam do respectivo Processo.

RESOLUÇÃO. Artigo 3º - O Plano de Implantação, Conteúdo Programático e demais características do referido Curso constam do respectivo Processo. RESOLUÇÃO CONSEPE 56/2001 REFERENDA A CRIAÇÃO DO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA, NO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

COMUNICADO DE IMPRENSA. 2.º Congresso Europeu de Nutrição Funcional 10 Outubro 2015 10h Museu do Oriente, Lisboa

COMUNICADO DE IMPRENSA. 2.º Congresso Europeu de Nutrição Funcional 10 Outubro 2015 10h Museu do Oriente, Lisboa COMUNICADO DE IMPRENSA 2.º Congresso Europeu de Nutrição Funcional 10 Outubro 2015 10h Museu do Oriente, Lisboa Depois do sucesso da primeira edição, o Congresso de Nutrição Funcional volta a reunir especialistas

Leia mais

DIPLOMA UNIVERSITÁRIO DE IMPLANTOLOGIA E REABILITAÇÃO ORAL (30 ECTS)

DIPLOMA UNIVERSITÁRIO DE IMPLANTOLOGIA E REABILITAÇÃO ORAL (30 ECTS) DIPLOMA UNIVERSITÁRIO DE IMPLANTOLOGIA E REABILITAÇÃO ORAL (30 ECTS) Curso realizado em parceria entre a Universidade Fernando Pessoa e o Centro Europeu de Pós Graduação Medicina Dentária Objetivos do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA

PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA PREFEITURA MUNICIPAL NOVA SANTA BÁRBARA EDITAL N.º 002/ 2010. ANEXO III DESCRIÇÃO DOS CARGOS CARGO: 012- Ajudante Geral Requisitos: Conhecimentos gerais na área Atribuições do cargo: Proceder a limpeza

Leia mais

Curso de Prótese e Oclusão

Curso de Prótese e Oclusão Curso de Prótese e Oclusão Dr. Marc Obrecht - Director Científico 10 módulos no Porto com 1 dos módulos em parceria com ESORIB & New York University Início: 6 de dezembro de 2014 Durante os módulos são

Leia mais

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO COMUM PARA TODAS AS CATEGORIAS PROFISSIONAIS SAÚDE PÚBLICA E SAÚDE COLETIVA SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1. História do sistema de saúde no Brasil; 2. A saúde na

Leia mais

A N E X O I - E D I T A L 01/2015 A T R I B U I Ç Õ E S E R E Q U I S I T O S D O S C A R G O S C O N C U R S O P Ú B L I C O Nº 002/2015

A N E X O I - E D I T A L 01/2015 A T R I B U I Ç Õ E S E R E Q U I S I T O S D O S C A R G O S C O N C U R S O P Ú B L I C O Nº 002/2015 A N E X O I - E D I T A L 01/2015 A T R I B U I Ç Õ E S E R E Q U I S I T O S D O S C A R G O S C O N C U R S O P Ú B L I C O Nº 002/2015 NÍVEL SUPERIOR CIRURGIÃO DENTISTA BUCO MAXILO FACIAL - CEOCAM Realizar

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

EDITAL EXTRAORDINÁRIO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES CONSTITUIÇÃO DE CADASTRO 2016/1

EDITAL EXTRAORDINÁRIO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES CONSTITUIÇÃO DE CADASTRO 2016/1 Torno público que estão abertas, no período de 01 a 05/02/2016, as inscrições para a seleção de docentes da UNICASTELO, constantes no item 1 deste Edital, para a constituição de cadastro. 1. DAS VAGAS

Leia mais

TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPáTICO (CERTIFICAÇÃO ATMS) - LISBOA - MÓDULO 9

TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPáTICO (CERTIFICAÇÃO ATMS) - LISBOA - MÓDULO 9 TERAPIA MANUAL SEGUNDO O CONCEITO OSTEOETIOPáTICO (CERTIFICAÇÃO ATMS) - LISBOA - MÓDULO 9 Terapia Manual segundo o Conceito Osteoetiopático é uma formação única, reco alguns dos maiores nomes da fisioterapia

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA Plano Estratégico de Melhoria 2011-2012 Uma escola de valores, que educa para os valores Sustentabilidade, uma educação de, e para o Futuro 1. Plano Estratégico

Leia mais

UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL CARGA HORÁRIA 120

UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL CARGA HORÁRIA 120 UEPB EMENTAS DO CURSO DE ODONTOLOGIA Campus I ANATOMIA E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA BUCAL Desenvolvimento da face e da cavidade oral- Odontogênese - Desenvolvimento do Dente - Estrutura do Esmalte e Amelogênese

Leia mais

CURSOS ICMDS Mini-Placas em Ortodontia

CURSOS ICMDS Mini-Placas em Ortodontia CURSOS ICMDS Mini-Placas em Ortodontia OBJECTIVOS Capacitar o Especialista/MD no procedimento cirúrgico da colocação do Sistema de Apoio Óssea para Ancoragem Ortodôntica Viabilizar de maneira mais conservadora

Leia mais

I - Criação das especialidades: 1. ACUPUNTURA Aprovado. 2. HOMEOPATIA Aprovado. 3. HIPNOSE Aprovado. 4. TERAPIA FLORAL Aprovado

I - Criação das especialidades: 1. ACUPUNTURA Aprovado. 2. HOMEOPATIA Aprovado. 3. HIPNOSE Aprovado. 4. TERAPIA FLORAL Aprovado I - Criação das especialidades: 1. ACUPUNTURA Aprovado 2. HOMEOPATIA Aprovado 3. HIPNOSE Aprovado 4. TERAPIA FLORAL Aprovado 5. FITOTERAPIA Aprovado 6. ODONTOLOGIA DO ESPORTE Aprovado II - CRIAÇÃO DE PRÁTICAS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 099/CAEn/2013. RESOLVE:

RESOLUÇÃO Nº 099/CAEn/2013. RESOLVE: RESOLUÇÃO Nº 099/CAEn/2013. Dispõe sobre Adequação da Descrição dos Estágios Curriculares na Matriz Curricular Curso de Retroativo ao ano de 2010. O Reitor da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai

Leia mais

28º CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE FIXA SOBRE DENTES E IMPLANTES

28º CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE FIXA SOBRE DENTES E IMPLANTES 28º CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE FIXA SOBRE DENTES E IMPLANTES NORMAS DE FUNCIONAMENTO CALENDÁRIO O Curso de Aperfeiçoamento em prótese fixa sobre dentes e implantes decorrerá durante um período

Leia mais

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER NOVO PROGRAMA [Revisto & Atualizado] CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER CURSO MODULAR DE FORMAÇÃO DE ASSISTENTES DENTÁRIOS 6.ª edição Início a 21 de novembro de 2015 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DESCRIÇÃO

Leia mais

Formação profissional. Licenciatura em Medicina Dentária (2001), no Instituto de Ciências da Saúde Norte. Cursos

Formação profissional. Licenciatura em Medicina Dentária (2001), no Instituto de Ciências da Saúde Norte. Cursos CURRICULUM VITÆ Ricardo Capelas Morais 2008 Formação profissional Licenciatura em Medicina Dentária (2001), no Instituto de Ciências da Saúde Norte. Cursos - Curso de Dentisteria Operatória Prof. Luís

Leia mais

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS 1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS Disseção e Técnicas Cirúrgicas Joelho, Ombro e Coluna Vertebral 17 e 18 de Fevereiro de 2015 Coordenadores Professor Doutor João Goyri O Neill Dr. Gonçalo Neto

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2 ADMINISTRAÇÃO Formar administradores estrategistas, comprometidos com o desenvolvimento da sociedade. A UNIFEBE, através

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA APROVADO: MEC e CFO 1º. MÓDULO: 1º. DIA: Apresentação da Especialização / Aula teórica de Classificação das Más-oclusões 2º. DIA: Aula teórica de Etiologia

Leia mais

EDITAL FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ - NOVAFAPI

EDITAL FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ - NOVAFAPI FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ - NOVAFAPI EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA (4 a Turma). I. Público alvo: Cirurgiões Dentistas II. Prova de seleção: 11 de abril

Leia mais

Relatório formação b-on 2009

Relatório formação b-on 2009 Índice Índice...2 Índice de Tabelas...2 Índice de Figuras...2 Índice de Gráficos...3 1 Sumário...4 1.1 Enquadramento...4 2 Formadores...4 2.1 Objectivos...4 2.1.1 Utilizadores finais...5 2.1.2 Profissionais

Leia mais

Conselho Federal de Odontologia. Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil

Conselho Federal de Odontologia. Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Luciano M Sampaio Barreto ( Gerente de Tecnologia e Informação ) Conselho Federal de Odontologia - CFO Dezembro/2013 Histórico das Especialidades

Leia mais

C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOPEDIATRIA II Código: ODO-038 Pré-requisito:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria 2015l2017 ÍNDICE ÍNDICE: INTRODUÇÃO... 3 ÁREAS DE AÇÃO DE MELHORIA.... 4 PLANOS DE AÇÃO DE MELHORIA.. 5 CONCLUSÃO...

Leia mais

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 3ª edição - Curso Teórico-Prático www.apestetica.org CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 3ª edição - O sector da Medicina em geral e da Medicina Estética em particular, está em

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS

CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS Informações ao paciente Contém: 1. Explicação geral sobre cirurgias ortognáticas, 2. Perguntas e respostas, A cirurgia ortognática, também chamada de ortodontia cirúrgica, é um tipo

Leia mais

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA

CURSO MASTER EM MESOTERAPIA CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 4ª edição - Curso Teórico-Prático www.apestetica.org CURSO MASTER EM MESOTERAPIA - 4ª edição O sector da Medicina em geral e da Medicina Estética em particular, está em constante

Leia mais

Curso. Abordagem Multiprofissional na Prevenção e Tratamento de Feridas

Curso. Abordagem Multiprofissional na Prevenção e Tratamento de Feridas Curso Abordagem Multiprofissional na Prevenção e Tratamento de Feridas Promotores Coordenação Fernanda Maria Silva Graduada em Enfermagem -Bacharelado e Licenciatura- pela Universidade Estadual da Paraíba;

Leia mais

m.cruz@posgraduacao.eu

m.cruz@posgraduacao.eu Curso de Endodontia Prof. Dr. Miguel Albuquerque Matos Director Científico Prof. Dr.Luís França Martins 4 Módulos - Início em. de 2013 www.posgraduacao.eu Informações e inscrições: m.cruz@posgraduacao.eu

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação e Formação Especialização: E-learning e Formação a Distância (Regime a Distância) 14 15 Edição Instituto

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4.

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4. EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 1.ª Edição 2013/2014 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

Prazo Tardio - entre 14-06-2016 e 25-06-2016. Inscrição Tardia (25-06-2016) 389.00

Prazo Tardio - entre 14-06-2016 e 25-06-2016. Inscrição Tardia (25-06-2016) 389.00 TREINO AVANçADO DO CONTROLO MOTOR: DOR LOMBAR E PéLVICA - COM PAUL HODGES (JUN 2016) - LISBOA Paul Hodges é uma das grandes referências mundiais da Fisioterapia Músculo-Esquelética. O trabalho deste fisioterapeuta

Leia mais

Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012. Primeira edição

Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012. Primeira edição Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012 Primeira edição Curso Implantología Curso Formação Contínua 2012 Este curso é dirigido preferencialmente a vós, médicos dentistas que pretendem aprofundar

Leia mais

Mestrados em Fisioterapia MÚSCULO-ESQUELÉTICA E SAÚDE PUBLICA 2013-2015

Mestrados em Fisioterapia MÚSCULO-ESQUELÉTICA E SAÚDE PUBLICA 2013-2015 Mestrados em Fisioterapia MÚSCULO-ESQUELÉTICA E SAÚDE PUBLICA 2013-2015 INDICE Competências a Desenvolver 5 Área de Especialização Músculo-Esquelética 5 Área de Especialização Saúde Pública 6 Condições

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

Diploma Preliminar em Estudos de Gestão

Diploma Preliminar em Estudos de Gestão Diploma Preliminar em Estudos de Gestão Acreditamos que a educação é essencial para o desenvolvimento das nações. Trabalhamos em conjunto com os alunos para contribuir para o desenvolvimento de líderes

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia (ou equivalente legal à licenciatura) 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 2.ª Edição 2014/2015 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO.

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO. INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO. Grupo PET Administração Universidade Federal de Lavras UFLA Resumo Os jovens formam o conjunto

Leia mais

Uso de Toxina Botulínica em Odontologia

Uso de Toxina Botulínica em Odontologia Uso de Toxina Botulínica em Odontologia A presença toxina botulínica em odontologia é uma realidade que os profissionais não podem mais ignorar, logo precisam se preparar para o seu uso correto e racional.

Leia mais

Cursos de Primeiros Socorros Inscrições Particulares

Cursos de Primeiros Socorros Inscrições Particulares Rua dos Douradores, 106-118 1100-207 LISBOA tel. 218 459 440 fax 218 459 458 eso.geral@cruzvermelha.org.pt Cursos de Primeiros Socorros 01 Abril 2012 Encontre a Delegação Local CVP mais próxima: www.cruzvermelha.pt

Leia mais

Plano Anual Saúde Escolar

Plano Anual Saúde Escolar Escola Básica e Secundária de Velas Plano Anual Saúde Escolar 2015- Equipa de Saúde Escolar INTRODUÇÃO A Escola Básica e Secundária de Velas, através da Equipa de Saúde Escolar e conjuntamente com o Centro

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR FUNÇÃO: Educação para Saúde SUBFUNÇÃO OU COMPONENTE CURRICULAR: ANATOMIA

Leia mais

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs Ana Carla Rios O Exame do Sistema Estomatognático utilizando a análise oclusal é parte importante do processo diagnóstico

Leia mais

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES 21/06/2014 A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é a agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde

Leia mais

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde 212 Semestre: 2 Módulo: 8º Período e Mês Início do Módulo:216/1 Numero da Página: 1 Impresso em:16/12/215 11:48:45 5697 TÉCNICAS DE PESQUISA EM ODONTOLOGIA II DCOP(N/C)APS 2 1 Estudo dos tipos de trabalhos

Leia mais

Curriculum Vitae. Filipa Alexandra dos Santos Bexiga

Curriculum Vitae. Filipa Alexandra dos Santos Bexiga Filipa Alexandra dos Santos Bexiga Fevereiro de 2011 Índice Formação académica e profissional... 4 Formação académica.... 4 Formação profissional..... 4 Actividade docente e profissional..5 Instituto de

Leia mais

PROCESSOS SELETIVOS 1 OBJETIVO

PROCESSOS SELETIVOS 1 OBJETIVO PROCESSOS SELETIVOS 1 OBJETIVO Estabelecer a sistemática de recrutamento e seleção dos colaboradores de Unidades Educacionais e Departamento Regional do SENAC-RS, atendendo aos princípios da publicidade,

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 30 12 de fevereiro de 2013 779

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 30 12 de fevereiro de 2013 779 Diário da República, 1.ª série N.º 30 12 de fevereiro de 2013 779 Maria, de Ponta Delgada, da Horta e das Flores rege -se pelo disposto no Regulamento (CE) n.º 1794/2006, da Comissão, de 6 de dezembro

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. NOVA Medical School Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa

RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. NOVA Medical School Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa NOVA Medical School Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa Mestrado Integrado em Medicina - 6º ano Unidade Curricular: Estágio Profissionalizante Regente: Professor Doutor Fernando Miguel

Leia mais

18 a 20 de Novembro de 2011. Estoril. Organização: Auditório do Centro Escolar - ESHTE. www.cim-estoril.com

18 a 20 de Novembro de 2011. Estoril. Organização: Auditório do Centro Escolar - ESHTE. www.cim-estoril.com 18 a 20 de Novembro de 2011 Organização: Estoril Auditório do Centro Escolar - ESHTE www.cim-estoril.com Apresentação Na sequência das três edições realizadas em anos anteriores, a Associação Desportos

Leia mais

A sua empresa no período mais produtivo da Ortodontia. De 22 a 24 de setembro São Paulo Expo Center Norte

A sua empresa no período mais produtivo da Ortodontia. De 22 a 24 de setembro São Paulo Expo Center Norte A sua empresa no período mais produtivo da Ortodontia. De 22 a 24 de setembro São Paulo Expo Center Norte ORTO 2016 1 Promoção Realização Apoio Institucional 2 ORTO 2016 Orto 2016-SPO o futuro chegou.

Leia mais

Linhas Orientadoras de Cidadania do Agrupamento de Escolas Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira 2014/15

Linhas Orientadoras de Cidadania do Agrupamento de Escolas Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira 2014/15 Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira Linhas Orientadoras de Cidadania do Agrupamento de Escolas Engenheiro Fernando Pinto de Oliveira 2014/15 A prática da cidadania constitui um processo

Leia mais

Ficha de Inscrição Cursos de Formação 2016

Ficha de Inscrição Cursos de Formação 2016 PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2016 Ficha de Inscrição Cursos de Formação 2016 Para que a proposta de inscrição nos Cursos de Formação da Vulcano seja válida, é obrigatório o preenchimento de todos os campos de

Leia mais

Programa Laboratorial (hands on em Manequim)

Programa Laboratorial (hands on em Manequim) PROGRAMA DE CURSO DE EXCELÊNCIA EM ORTODONTIA COM 8 MÓDULOS DE 2 DIAS MENSAIS Prof. ROQUE JOSÉ MUELLER - Tratamento Ortodôntico de alta complexidade em adultos : diagnóstico, planejamento e plano de tratamento.

Leia mais

NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA FUNDAÇÃO SOUSÂNDRADE INSTITUTO UNIVERSITÁRIO ATLÂNTICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL - ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO: COGNIÇÃO E MOTRICIDADE A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IMBITUBA CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N o 01/2014 ANEXO I

PREFEITURA MUNICIPAL DE IMBITUBA CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N o 01/2014 ANEXO I RELAÇÃO S VINCULADA ÀS LEIS MUNICIPAIS N 3.135/07; 3.330/08 PROGRAMAS FERAIS NÍVEL SUPERIOR 001 MÉDICO CLÍNICO GERAL - ESF 002 MÉDICO GINECOLOGISTA - NASF 003 MÉDICO PEDIATRA - NASF 004 MÉDICO PSIQUIATRA

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 P L A N O D E C U R S O

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 P L A N O D E C U R S O CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOPEDIATRIA I Código: ODO-032 CH Total: 90h Pré-Requisito:

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO Orientador Empresarial Dentistas-Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia-Alteração RESOLUÇÃO

Leia mais

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições 1980L0155 PT 31.07.2001 002.001 1 Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições B DIRECTIVA DO CONSELHO de 21 de Janeiro de 1980 que tem por objectivo a coordenação

Leia mais

informação ocupacional: técnico em fisioterapia

informação ocupacional: técnico em fisioterapia informação ocupacional: técnico em fisioterapia LEONILDA D'ANNIBALLE BRAGA A Seção de Informação Ocupacional do ISOP solicitou preferência para divulgação de dados sôbre esta profissão, por haver verificado

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROLOGIA DO ADULTO - RIO Unidade Dias

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º AN001- ANATOMIA 1 OBRIG 30 60 90 4.0 Fórmula: HE011 E HE017 E HE019 E IN739 HE011 - HISTOLOGIA HE017 - CITOLOGIA HE019 - EMBRIOLOGIA ESTUDO DA MORFOLOGIA DOS DIVERSOS ÓRGÃOS QUE CONSTITUEM

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI Marcus Vinicius Neiva Nunes do Rego - NOVAFAPI Olívia de Freitas Mendes - NOVAFAPI Thaís Lima Rocha NOVAFAPI Núbia Queiroz

Leia mais

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo II Congresso Internacional da Montanha Desporto e Turismo Activo 23 a 25 de Novembro de 2007 Organização: Estoril Auditório do Centro Escolar - ESHTE www.cim-estoril.com Apresentação Na sequência das duas

Leia mais

SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008

SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008 SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS PROJETO PEDAGÓGICO I OBJETIVOS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Decreto - executivo nº 6/96 de 2 de Fevereiro

Decreto - executivo nº 6/96 de 2 de Fevereiro Decreto - executivo nº 6/96 de 2 de Fevereiro O Decreto nº 31/94, de 5 de Agosto, estabelece no ponto 2 do artigo 18º, a obrigatoriedade da criação e organização de Serviços de Segurança e Higiene no Trabalho

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2013/2015

PLANO DE AÇÃO 2013/2015 PLANO DE AÇÃO 2013/2015 INTRODUÇÃO: Os planos de formação previstos na alínea b) do n.º 2 do artigo 20.º e na alínea d) do artigo 33.º, ambos do Decreto -Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, devem conter,

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA Objetivos do Curso Curso da área da saúde, centrado nos aspectos ergonômicos e sociais da atividade humana. Visa à formação

Leia mais

Plano de Contingência UCP

Plano de Contingência UCP Universidade Católica Portuguesa Plano de Contingência UCP Lisboa Sede Campus de Sintra Residência Universitária Feminina Pandemia de Gripe A (H1N1) Lisboa-Versão02-28 Setembro 09 Índice 1. LISTA DE SIGLAS

Leia mais

Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil

Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil Dados e Informações Sobre as Especialidades Odontológicas no Brasil José Mário Morais Mateus Conselheiro Federal - MG Julho/2014 Histórico das Especialidades Odontológicas Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais

Leia mais

BRUXISMO EXCÊNTRICO COMO FATOR ETIOLÓGICO DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

BRUXISMO EXCÊNTRICO COMO FATOR ETIOLÓGICO DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR BRUXISMO EXCÊNTRICO COMO FATOR ETIOLÓGICO DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR Gustavo Dias Gomes da Silva(1); Anna Kássia Tavares Alves Chaves Santiago Ana Isabella Arruda Meira Ribeiro (3); Alcione Barbosa

Leia mais

Decreto - executivo nº 6/96 de 2 de Fevereiro

Decreto - executivo nº 6/96 de 2 de Fevereiro Decreto - executivo nº 6/96 de 2 de Fevereiro O Decreto nº 31/94, de 5 de Agosto, estabelece no ponto 2 do artigo 18º, a obrigatoriedade da criação e organização de Serviços de Segurança e Higiene no Trabalho

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO NEODENT E ILAPEO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO NEODENT E ILAPEO PROGRAMA DE FORMAÇÃO NEODENT E ILAPEO 2015 CONHEÇA O ILAPEO < O ILAPEO, Instituto Latino Americano de Investigação e Ensino Odontológico, criado em 2004, tem os seus princípios fundamentais baseados na

Leia mais

FISIOTERAPIA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES POR MEIO DE ATIVIDADES DE PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE

FISIOTERAPIA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES POR MEIO DE ATIVIDADES DE PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE FISIOTERAPIA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES POR MEIO DE ATIVIDADES DE PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE GERMANO¹, Cristina de Fátima Martins; LEMOS², Moema Teixeira Maia; LIMA 3, Vânia Cristina Lucena;

Leia mais

Diploma em Turismo e Gestão Hoteleira

Diploma em Turismo e Gestão Hoteleira Diploma em Turismo e Gestão Hoteleira Acreditamos que a educação seja essencial para o desenvolvimento das nações. Trabalhamos em conjunto com os alunos para contribuir para o desenvolvimento de líderes

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 2.891, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2002 Define o currículo do Curso de Graduação em Odontologia. O REITOR

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Objetiva ampliar os estudos científicos acerca da Atividade Física e do Exercício Físico, da Saúde Pública e da Saúde Coletiva, instrumentalizando

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA HOSPITALAR Unidade Dias

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MEDICINA E ENFERMAGEM MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DA SAÚDE PROCESSO SELETIVO 2016

DEPARTAMENTO DE MEDICINA E ENFERMAGEM MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DA SAÚDE PROCESSO SELETIVO 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA E ENFERMAGEM Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-3738 - Fax: (31) 3899-3905 -

Leia mais