Definindo o escopo do seu projeto de localização

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Definindo o escopo do seu projeto de localização"

Transcrição

1 Definindo o escopo do seu projeto de localização

2 Onde você precisa ir e quem pode ajudá-lo a chegar lá? Se sua empresa está pronta para lançar conteúdo em novos mercados ou estender o alcance a regiões que ainda não contam com esse tipo de serviço, chegou a hora de pensar em como fornecer um conteúdo interessante que atenda às expectativas culturais de seus clientes em potencial. Contratar um fornecedor de localização para ajudar nesse processo pode trazer vários benefícios. Você permite que o pessoal de marketing e vendas se concentre em suas atividades principais, em vez de realizar tarefas não relacionadas às suas especialidades. Há fornecedores de serviços linguísticos especializados em nuances culturais, em estratégias de localização, nas tecnologias relacionadas e (é claro) no idioma que você deseja. Eles podem simplificar esforços, aumentar a qualidade do conteúdo e obter o ROI que você espera com o empenho dedicado à internacionalização. No artigo do mês passado, Você decidiu ganhar o mundo. E agora?, apresentamos os tipos de fornecedores de serviços linguísticos disponíveis no mercado e falamos sobre os pontos fortes e fracos de cada um deles de maneira geral. Neste artigo, detalharemos a definição de escopo necessária à localização da sua empresa. Para concluir o processo de seleção de fornecedores, você deve determinar o escopo do empreendimento e alinhar suas necessidades às particularidades dos serviços oferecidos por cada tipo de fornecedor. Cada um dos quatro tipos de fornecedores de localização se concentra em atender exigências técnicas e linguísticas diferentes, com níveis variáveis de serviço e custo. Localizadores autônomos ou fornecedores de um único idioma (SLVs, Single Language Vendors), traduzem textos de um idioma para o outro. Por terem menos clientes, eles podem dar uma prioridade especial ao seu projeto. Já os fornecedores de idiomas regionais (RLVs, Regional Language Vendors) são mais estruturados e se concentram nos idiomas e dialetos de uma região em particular, como a América Latina. Por fim, os fornecedores multilíngues (MLVs, Multi-language Vendors) são empresas de grande porte que traduzem de cinco a sessenta idiomas, ou até mais. Fornecedores regionais e multilíngues atendem a necessidades que vão além da tradução, como localização de conteúdo multimídia, consultoria e gerenciamento de projetos. No entanto, esses serviços extras aumentam os custos, e os clientes maiores podem roubar a atenção de seu projeto. Veja os detalhes de cada um desses recursos na imagem abaixo. Localizador autônomo Pessoa Pessoa que pode trabalhar com dois idiomas, geralmente do inglês para sua língua materna Fornecedor de um único idioma (SLV) Pequeno fornecedor com características semelhantes ao autônomo, mas que pode processar volumes maiores e tem capacidade de gerenciamento de projeto Fornecedor de idiomas regionais (RLV) Fornecedor de médio porte com conhecimento em dois ou mais idiomas de sua região geográfica; em geral, o escopo de serviço é mais abrangente quando comparado a um SLV Fornecedor multilíngue (MLV) Fornecedor maior com capacidade de trabalhar com 5 a 60 idiomas (até mais); com escritórios em todo o mundo, tem a maior escalabilidade e oferece a maior gama de serviços

3 Defina o escopo de seu projeto de localização Para definir o escopo do seu projeto de localização, é necessário abordar as expectativas com seus colegas e superiores das principais áreas de estratégia, planejamento, implantação e gerenciamento. As necessidades de sua empresa serão consideravelmente diferentes de outras, mas se você puder responder as perguntas a seguir ficará mais fácil identificar seus requisitos: 1. Para quantos idiomas precisamos traduzir? Estamos considerando as diversas variantes? 2. Quais os mercados e canais nos quais pretendemos publicar e alcançar? 3. Qual o cronograma de todo o projeto? 4. Qual o prazo da primeira meta de publicação? 5. Temos um gerente de projetos interno dedicado? 6. Nosso conteúdo exige capacidades tecnológicas avançadas por parte do fornecedor de localização? 7. Qual nível de qualidade e precisão cada conteúdo localizado requer? 8. Estamos falando de um projeto único ou de um processo contínuo para sustentar nossos objetivos comerciais? 9. Qual o nosso orçamento inicial? Se necessário, podemos aumentar os gastos? 10. Planejamos traduzir somente textos ou também vamos localizar conteúdo multimídia? (Em caso positivo, consulte As 10 melhores práticas de localização de multimídia para a América Latina.) 11. Quantos recursos internos estão disponíveis e em que capacidade? 12. Que tipos de relatórios o fornecedor de localização deve enviar? 13. Precisamos que o fornecedor avalie o conteúdo e determine o que deve ser localizado? 14. Podemos consultar nossas equipes de vendas e marketing sobre o mercado local? Ou precisamos que um fornecedor de localização faça esse trabalho estratégico? A definição do escopo de seu projeto está estritamente relacionada à identificação dos serviços que você deve exigir de um fornecedor de localização. Depois de responder a essas perguntas, você estará pronto para fazer a correspondência entre o escopo e os tipos e níveis de serviço oferecidos pelos fornecedores de localização.

4 Correspondência do escopo com os serviços disponíveis Um parceiro de localização eficiente pode ajudá-lo com a estratégia, planejamento, implantação e gerenciamento de um esforço de localização bem-sucedido. Ainda assim, cada fornecedor tem suas especialidades, e sua seleção deve se basear no nível e tipo de serviço necessário nas quatro áreas a seguir:

5 Estratégia do projeto Seu parceiro de localização deve preparar a estratégia e fornecer consultoria ou sua empresa pretende fazer isso? Fornecedores menores terão menos conhecimento sobre essas áreas; assim, sua equipe interna terá mais responsabilidade sobre o trabalho estratégico. Por outro lado, fornecedores regionais e multilíngues podem oferecer um nível mais detalhado de planejamento e consultoria para ajudá-lo a contemplar áreas de desenvolvimento que talvez você não teria considerado. Após determinar o nível necessário de suporte estratégico e desenvolvimento, você estará pronto para escolher o fornecedor ideal. Briefings e workshops culturais Um briefing cultural eficaz rende informações sobre dados demográficos, segmentações psicográficas, personas do comprador e preferências locais para você compreender melhor as necessidades e anseios de seu público-alvo. Conhecendo as nuances culturais e perguntando quem são seus clientes e clientes em potencial, o fornecedor de localização pode orientá-lo quanto aos nichos adequados de mercado com base no conteúdo e objetivos da corporação. Além disso, o suporte de localização deve estar alinhado com sua estratégia de marketing, independentemente de onde estejam os escritórios. Em geral, os fornecedores de idiomas regionais são a melhor opção para projetos que exigem familiaridade com clientes e dialetos específicos de uma região. Desenvolvimento estratégico Seu fornecedor de localização deve estar preparado para compartilhar informações sobre cultura, economia, setor e mercado. Deste modo, você poderá auditar o conteúdo e determinar o que deve ser localizado. Além disso, ele deve ajudá-lo a entender os dados demográficos do mercado, fornecer informações sobre a dinâmica cultural e preferências de comunicação, e criar maneiras de você falar a língua do público-alvo, seja ela interna, de B2B ou de B2C.

6 Planejamento do projeto Um fornecedor de localização confiável fará perguntas sobre a tecnologia que você usa ou planeja usar, e isso indicará o nível de especialização necessário para a implantação dos projetos. Por exemplo, se o projeto contém uma grande quantidade de documentação técnica com poucas exigências de qualidade (como uma base de conhecimento para suporte de TI), a tradução automática pode oferecer a qualidade que você precisa. No entanto, se houver muito conteúdo multimídia que exija um alto nível de criatividade para transmitir adequadamente a ideia original para o idioma de chegada, você precisará de serviços de transcriação e engenharia de localização, cujas competências linguísticas e tecnológicas são mais avançadas. Plano e metas de projeto Qualquer projeto de localização traz consigo várias peças soltas e exige um plano sólido para garantir que a qualidade se faça presente. O planejamento do projeto deve incluir tarefas, resultados, metas e alocações de recursos para oferecer um plano de ação a cada integrante da equipe. Em geral, fornecedores regionais ou multilíngues oferecem um gerenciamento externo mais reforçado. No entanto, você deve negociar suas expectativas de comunicação e gerentes de projeto específicos. Fornecedores maiores podem trabalhar em vários projetos ao mesmo tempo, com revezamento de gerentes conforme necessário. Gerenciamento da marca e comunicação Além do plano de projeto, você e o fornecedor de localização devem estabelecer canais de comunicação e sistemas de gerenciamento de documentos e elementos de branding. Por exemplo, você adotará a mesma abordagem para o público latino nos Estados Unidos e na América Latina? Em espanhol e português, somente a primeira letra dos títulos é grafada em maiúscula. No entanto, algumas regiões preferem seguir o padrão inglês de capitalizar a primeira letra de cada palavra. Você saberia dizer que regiões são essas?

7 Implantação do projeto Depois de planejar as tarefas, resultados e metas, você estará pronto para pensar nas atividades que envolvem a localização do conteúdo. Tradutores individuais e fornecedores de um único idioma podem fazer a tradução do texto. Porém, eles podem não ter o conhecimento ou as habilidades necessárias para assumir outras tarefas. Fornecedores regionais e multilíngues também podem traduzir, mas estão mais preparados para ir além e oferecer suporte em editoração eletrônica, engenharia de localização e gerenciamento de projetos. Tradução do conteúdo Tradução é a parte na qual as pessoas mais pensam. Essencialmente, traduzir consiste em converter um texto de um idioma para outro. No entanto, há outras atividades envolvidas nesse processo. O fornecedor escolhido precisa ter tradutores nativos no idioma para o qual você deseja traduzir. Além disso, procure trabalhar com tradutores que moram no país ou região de interesse. Falantes nativos de outros idiomas e pessoas que moraram fora por muitos anos perdem o contato com a cultura e os dialetos, reduzindo a eficiência e relevância do seu esforço de localização. Editoração eletrônica Se o projeto requer atividades além da tradução de textos, você precisa das habilidades avançadas de um fornecedor de localização que ofereça serviços de editoração eletrônica. A editoração eletrônica não envolve a criação de imagens, mas a conversão de conteúdo visual, como imagens e gráficos, de um idioma para outro. Especialistas em editoração eletrônica darão a devida atenção ao layout original, mantendo a mesma aparência e sensação, sempre levando em consideração as expectativas culturais do público-alvo. Engenharia de localização A engenharia de localização exige um nível avançado de habilidades tecnológicas, além de um entendimento geral de localização de software e websites, testes online e até mesmo conhecimento de internacionalização. (Para obter detalhes sobre os erros mais comuns que as empresas praticam ao localizar websites, consulte Erro 404: Localização não encontrada). Os engenheiros de localização podem extrair textos ou conteúdo multimídia de um sistema no formato original do arquivo, distribuir o conteúdo para tradução e inserir de volta o conteúdo traduzido no sistema ou no arquivo sem corromper as estruturas nem alterar os códigos. Eles também podem fazer testes técnicos para garantir o correto funcionamento da geração e criação de builds, além de sincronizar áudio e vídeo com textos animados na tela e usar ferramentas CAT (Computer Assisted Translation) de apoio à tradução para aproveitamento de traduções anteriores e geração de economias de custo e tempo.

8 Gerenciamento do projeto Você pode até gerenciar projetos internamente, mas o gerente de um fornecedor de localização trará sempre mais valor ao seu projeto. Com um conhecimento extenso do processo, ele pode gerenciar projetos em muito menos tempo e por um custo consideravelmente menor em relação à sua equipe interna que, por sua vez, pode se concentrar no que sabe fazer melhor. Além disso, se seu parceiro conta com um gerente de fornecedores, esse profissional poderá encontrar os recursos mais adequados às suas necessidades técnicas ou linguísticas. Se quiser trabalhar sempre com o mesmo gerente de projetos sênior, pense em um meio-termo e contrate um fornecedor de idioma único ou regional, principalmente se seu orçamento de localização não alcançar os sete dígitos. Entretanto, se preferir contar uma estrutura maior e se sentir confortável trabalhando com os vários gerentes de projetos de uma empresa grande, com diferentes níveis de experiência e dedicação, um fornecedor multilíngue pode ser a melhor opção para atender às suas necessidades. Relatórios de progresso Com que frequência você espera receber relatórios de status do fornecedor? Você tem acesso direto ao gerente de projeto ou a comunicação precisa de um mediador? Qual é o tempo aceitável para a comunicação e solução de um problema quando ele surge? Descreva suas exigências de comunicação durante o planejamento do projeto; as respostas a cada uma dessas perguntas determinarão a escolha do seu fornecedor de localização. Entenda suas expectativas e verifique se elas estão alinhadas aos custos cobrados. Reuniões de andamento Mesmo se decidir confiar o gerenciamento dos projetos de localização ao seu fornecedor, esteja ciente dos possíveis problemas em termos de custo, qualidade e prazo. Garanta que os gerentes de projeto do seu fornecedor o mantenham a par das mudanças no cronograma e agende reuniões regulares para entender onde o processo pode ser aprimorado. Deseja se comunicar exclusivamente com pessoas que estejam no mesmo fuso horário? Fique de olho no próximo artigo da Ccaps, que detalha o gerenciamento de projetos pela perspectiva do cliente e do fornecedor.

9 Conclusão O escopo é uma das partes mais desafiadoras de qualquer esforço de localização. Portanto, ao definir o escopo do projeto com a precisão necessária, você estará no caminho certo para escolher seu fornecedor ideal. Você e os integrantes da equipe devem responder às perguntas aqui colocadas para esclarecer o que precisa ser feito e os serviços necessários para alcançar seus objetivos de localização. Em geral a tradução é a primeira tarefa associada aos seus esforços de globalização, e ela é uma peça importante do quebra-cabeça. Porém, como falamos anteriormente, não é a única. Além da tradução, é necessário contar com um fornecedor que gere resultados no cronograma alocado, com o orçamento dedicado e com o nível de qualidade que julgar aceitável. Não é nada fácil, sabemos disso. E é por esse motivo estamos aqui para ajudar. Fabiano Cid é Managing Director da Ccaps Translation and Localization, uma empresa que fornece suporte às necessidades linguísticas de marcas globais na América Latina desde Com mais de 15 anos de experiência em localização, Fabiano atuou como Chairman of the Board da Milengo e da GALA (Globalization and Localization Association). Membro ativo do setor linguístico, sendo frequentemente convidado para dar palestras e escrever artigos para publicações especializadas, Fabiano é um Embaixador da GALA, cocriador do Think Latin America e membro do comitê consultivo da série Think! da GALA. Compartilhe este artigo:

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

Índice. Introdução 2. Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4. Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD?

Índice. Introdução 2. Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4. Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD? Índice SUA EMPRESA DE TREINAMENTOS ESTÁ PARADA NO TEMPO? Introdução 2 Quais funcionalidades uma boa plataforma de EAD deve ter? 4 Quais são as vantagens de ter uma plataforma EAD? 6 A gestão de cursos

Leia mais

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa Ricardo Pereira Antes de começar por Ricardo Pereira Trabalhando na Templum Consultoria eu tive a rara oportunidade

Leia mais

Programa de Gestão de Fornecedores. da White Martins. Sua chave para o sucesso

Programa de Gestão de Fornecedores. da White Martins. Sua chave para o sucesso Programa de Gestão de Fornecedores da White Martins Sua chave para o sucesso Quem Somos A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais

Leia mais

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO No Modelo de Plano de Negócio, disponível no seu ambiente do Concurso você terá um passo a passo para elaborar o seu Plano, bem como todo o conteúdo necessário

Leia mais

percorrem 60% do ciclo de compra antes mesmo de entrar em contato com a empresa

percorrem 60% do ciclo de compra antes mesmo de entrar em contato com a empresa O marketing digital está revolucionando a forma como as empresas conquistam clientes. Consumidores tornaram-se mais independentes e, segundo pesquisas na área, percorrem 60% do ciclo de compra antes mesmo

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Realizar Aquisições Realizar a Garantia de Qualidade Distribuir Informações Gerenciar as

Leia mais

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas 10 Minutos sobre práticas de gestão de projetos Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas Destaques Os CEOs de setores que enfrentam mudanças bruscas exigem inovação

Leia mais

O GERENTE DE PROJETOS

O GERENTE DE PROJETOS O GERENTE DE PROJETOS INTRODUÇÃO Autor: Danubio Borba, PMP Vamos discutir a importância das pessoas envolvidas em um projeto. São elas, e não os procedimentos ou técnicas, as peças fundamentais para se

Leia mais

Introdução. Toda organização executa basicamente dois tipos de atividade: Projeto; e. Operação (execução).

Introdução. Toda organização executa basicamente dois tipos de atividade: Projeto; e. Operação (execução). Gestão de Projetos Introdução Toda organização executa basicamente dois tipos de atividade: Projeto; e Operação (execução). O projeto é uma atividade muito particular, cuja finalidade principal é dar origem

Leia mais

Informatização das administrações tributária e aduaneira Objetivos dos projetos de informatização da receita fiscal

Informatização das administrações tributária e aduaneira Objetivos dos projetos de informatização da receita fiscal Informatização das administrações tributária e aduaneira A informatização é uma parte importante dos projetos do Banco Mundial relacionados a impostos e alfândega. Baseando-se em projetos concluídos e

Leia mais

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão de Projetos Aperfeiçoamento/GPPP1301 T132 09 de outubro de 2013 Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de s em pequenas empresas Heinrich

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

competências FUNcioNaiS COMUNICAÇÃO INTERNA

competências FUNcioNaiS COMUNICAÇÃO INTERNA competências FUNcioNaiS COMUNICAÇÃO INTERNA DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS aprendiz SabEr Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando

Leia mais

Gestão de Projetos com o uso do dotproject

Gestão de Projetos com o uso do dotproject Gestão de Projetos com o uso do dotproject Eloi Cabral Vieira, Francisco Assis do Nascimento FACCAT Faculdades de Taquara Avenida Oscar Martins Rangel, 4500 RS 115 Taquara RS Brazil eloicabral,assis@nidus.org.br

Leia mais

:: aula 3. :: O Cliente: suas necessidades e problemáticas. :: Habilidades a ser desenvolvidas

:: aula 3. :: O Cliente: suas necessidades e problemáticas. :: Habilidades a ser desenvolvidas :: Nome do Curso Análise e Desenvolvimento de Sistemas :: Nome da Unidade Curricular Programação WEB :: Tema da aula O Cliente: levantamento de dados, suas necessidades e problemáticas. :: Fase / Etapa

Leia mais

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto Processos de gerenciamento de projetos em um projeto O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de cumprir seus requisitos.

Leia mais

PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas

PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas PowerPoint 2010 para o Office 365 para empresas Faça a migração O Microsoft PowerPoint 2013 tem uma aparência diferente das versões anteriores. Assim, veja a seguir uma visão geral dos novos recursos e

Leia mais

CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com 1. Introdução Após décadas de incontáveis promessas sobre como aumentar à produtividade e qualidade de software,

Leia mais

Sumário. Introdução ao Microsoft Project. 1 Microsoft Project, gerenciamento de projetos e você 3. 2 Visão geral do Project 11.

Sumário. Introdução ao Microsoft Project. 1 Microsoft Project, gerenciamento de projetos e você 3. 2 Visão geral do Project 11. Sumário Introdução... xiii A quem se destina este livro...xiii Como o livro está organizado...xiii Como baixar os arquivos de prática...xiv Suas configurações no Project...xv Suporte técnico...xvi Parte

Leia mais

PROJETO LÍNGUA DE FORA

PROJETO LÍNGUA DE FORA DESCRIÇÃO PROJETO LÍNGUA DE FORA O, de responsabilidade dos professores da disciplina de estágio supervisionado das línguas espanhola, francesa e inglesa, corresponde a 50 horas de estágio, das 200 horas

Leia mais

Conceito e Processo do Planejamento Estratégico

Conceito e Processo do Planejamento Estratégico ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Estratégia de Negócios em TI (Parte 2) Conceito e Processo do Planejamento Prof. Me. Walteno Martins Parreira Jr Vídeo: Os três porquinhos http://www.youtube.com/watch?v=eo4msbm113g

Leia mais

COMO COMEÇAR 2016 se organizando?

COMO COMEÇAR 2016 se organizando? COMO COMEÇAR 2016 se organizando? Como começar 2016 se organizando? Conheça estratégias simples para iniciar o novo ano com o pé direito Você sabia que, de acordo com o Sebrae, os principais motivos que

Leia mais

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos Sumário Sistemas de Informação para Processos Produtivos 1. Gerência de 2. Agentes principais e seus papéis 3. Ciclo de vida do gerenciamento de projetos M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Módulo 6

Leia mais

Você tem um sonho...

Você tem um sonho... Você tem um sonho... Divulgar mais sua empresa. Ter mais clientes? Vender mais? Um site pode ajudar... O QUE EU PRECISO SABER ANTES DE TER UM SITE? 1. É preciso ter a noção exata de qual produto/serviço

Leia mais

SITE - INFORMAÇÕES DE FRANQUIA

SITE - INFORMAÇÕES DE FRANQUIA SITE - INFORMAÇÕES DE FRANQUIA PROJETO As lojas Havaianas foram idealizadas para oferecer aos consumidores uma experiência completa com a marca. O modelo de franquia foi adotado porque acreditamos que

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo

Leia mais

INTRODUÇÃO A PROJETOS

INTRODUÇÃO A PROJETOS INTRODUÇÃO A PROJETOS Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GESTÃO DE PROJETOS Gestão Ágil de projetos Gestão de projetos com PMBOK GESTÃO ÁGIL DE PROJETOS GESTÃO ÁGIL

Leia mais

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Kit de Ação

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Kit de Ação #ElesPorElas Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Kit de Ação INTRODUÇÃO Este Kit de Ação foi desenvolvido para orientar a implementação geral do movimento

Leia mais

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Por Allan J. Albrecht Proc. Joint SHARE/GUIDE/IBM Application Development Symposium (October, 1979), 83-92 IBM Corporation, White Plains, New York

Leia mais

Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO

Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO Aula 0 Olá, pessoal! Estou aqui para estudar com vocês o conteúdo de LEGISLAÇÃO - GESTÃO DE PROJETOS E GESTÃO SOCIAL para o concurso de ANALISTA DE POLÍTICAS SOCIAIS do MPOG. Esta é uma carreira nova,

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos Contatos: E-mail: profanadeinformatica@yahoo.com.br Blog: http://profanadeinformatica.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/anapinf Concurso da Prefeitura São Paulo Curso Gestão de Processos,

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Inpar para discussão dos resultados referentes

Leia mais

Rubricas e guias de pontuação

Rubricas e guias de pontuação Avaliação de Projetos O ensino a partir de projetos exibe meios mais avançados de avaliação, nos quais os alunos podem ver a aprendizagem como um processo e usam estratégias de resolução de problemas para

Leia mais

INDICADORES DE PERFORMANCE PARA EMPRESAS DE SEGURANÇA. Como medir resultados e fugir de gargalos de recursos na sua organização

INDICADORES DE PERFORMANCE PARA EMPRESAS DE SEGURANÇA. Como medir resultados e fugir de gargalos de recursos na sua organização PERFORMANCE PARA EMPRESAS DE SEGURANÇA Como medir resultados e fugir de gargalos de recursos na sua organização INTRODUÇÃO Cada vez mais empresas de segurança brasileiras procuram a profissionalização

Leia mais

Planejamento de Marketing Digital

Planejamento de Marketing Digital .pdf [ebook] Planejamento de Marketing Digital 2012 2013 2014 2015 2016 Dicas para a leitura deste ebook Os itens do índice são todos clicáveis. Ao clicar no conteúdo de interesse você será levado para

Leia mais

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital 1 2 3 4 Já falamos muitas vezes sobre produção de conteúdo ser a base de uma estratégia de marketing digital de resultados para a sua empresa.

Leia mais

Um introdução. Guia do Workshop INSPIRAÇÃO IDEAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO. O Processo de Design. O Curso para o Design Centrado no Ser Humano

Um introdução. Guia do Workshop INSPIRAÇÃO IDEAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO. O Processo de Design. O Curso para o Design Centrado no Ser Humano Guia do Workshop INSPIRAÇÃO IDEAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO O Processo de Design Vamos começar! Nós sabemos por experiência que o único jeito de aprender o design centrado no ser humano é aplicando-o. Por isso,

Leia mais

BSC Balance Score Card

BSC Balance Score Card BSC (Balance Score Card) BSC Balance Score Card Prof. Gerson gerson.prando@fatec.sp.gov.br Uma das metodologias mais visadas na atualidade éobalanced ScoreCard, criada no início da década de 90 por Robert

Leia mais

Migrando para o Word 2010

Migrando para o Word 2010 Neste guia O Microsoft Word 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber as partes principais da nova interface,

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO PROFISSIONAL TALENTOS GLOBAIS

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO PROFISSIONAL TALENTOS GLOBAIS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO PROFISSIONAL TALENTOS GLOBAIS AIESEC em Belo Horizonte Rua dos Goitacazes, 1159 - Sala 2107 Barro Preto - Belo Horizonte - MG Fone: (31) 2512-1019 belohorizonte@aiesec.org.br facebook.com.br/aiesecbh

Leia mais

Plano Editorial Julho 2006

Plano Editorial Julho 2006 Plano Editorial Julho 2006 Missão Uma agência que noticia processos ocorridos no espaço público político (governo, Estado e cidadania), com foco nos interesses do cidadão brasileiro. Público-Alvo Cidadãos

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

meses e de ganhos financeiros muito maiores do que quando se é empregado é um erro comum. Além disso, a idéia de não ter chefe é extremamente

meses e de ganhos financeiros muito maiores do que quando se é empregado é um erro comum. Além disso, a idéia de não ter chefe é extremamente DICAS PARA ABRIR UM ESCRITÓRIO CONTÁBIL Começar um empreendimento requer coragem. Estar preparado para esse momento é fundamental, pois não vale, em hipótese alguma, aplicar o seu dinheiro no desconhecido.

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

51 Desafios para Empresas que buscam a Excelência

51 Desafios para Empresas que buscam a Excelência 51 Desafios para Empresas que buscam a Excelência As dificuldades fortalecem a mente, assim como o exercício fortalece o corpo. Antes de começar... Foco constante no PROBLEMA: Faz com ele se pareça muito

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015]

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Introdução As Organizações da Aliança Global Wycliffe desejam expressar a unidade e a diversidade do Corpo

Leia mais

Afiliados. Uma visão geral da sua oportunidade de ser um Afiliado Uglii. Every Business Every Country

Afiliados. Uma visão geral da sua oportunidade de ser um Afiliado Uglii. Every Business Every Country Afiliados Uma visão geral da sua oportunidade de ser um Afiliado Uglii Every Business Every Country Copyright SISS 2011 Oportunidade para Afiliados 18 de janeiro de 2011 Página 1 de 11 Índice Sumário...

Leia mais

Gerência de Projetos - Introdução

Gerência de Projetos - Introdução Especialização em Gerência de Projetos de Software Gerência de Projetos - Introdução Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br Gerência de Projetos de Software 2009 Faculdade de Computação

Leia mais

ISO 14004:2004. ISO14004 uma diretriz. Os princípios-chave ISO14004. Os princípios-chave

ISO 14004:2004. ISO14004 uma diretriz. Os princípios-chave ISO14004. Os princípios-chave ISO14004 uma diretriz ISO 14004:2004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Prof.Dr.Daniel Bertoli Gonçalves FACENS 1 Seu propósito geral é auxiliar as

Leia mais

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Página 1 NORMA ISO 14004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio (votação 10/02/96. Rev.1) 0. INTRODUÇÃO 0.1 Resumo geral 0.2 Benefícios de se ter um Sistema

Leia mais

O planejamento do projeto. Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos Aula 8 Prof. Rafael Roesler

O planejamento do projeto. Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos Aula 8 Prof. Rafael Roesler O planejamento do projeto Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos Aula 8 Prof. Rafael Roesler 2 Introdução Processo de definição das atividades Sequenciamento de atividades Diagrama de

Leia mais

QUANDO este projeto deve ser realizado e QUANTO este projeto deverá custar?

QUANDO este projeto deve ser realizado e QUANTO este projeto deverá custar? O PROJECT MODEL CANVAS (www.pmcanvas.com.br) é uma ferramenta que permite que um projeto seja entendido no contexto dos aspectos Fundamentals da teoria de gerenciamento de projetos. A metodologia facilita

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso:

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso: PLANO DE NEGÓCIOS Causas de Fracasso: Falta de experiência profissional Falta de competência gerencial Desconhecimento do mercado Falta de qualidade dos produtos/serviços Localização errada Dificuldades

Leia mais

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO ESTRATÉGIAS PARA PROVA TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS MENTALIDADE E CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO OBJETIVO DO MÓDULO SEU MAIOR CONCORRENTE É VOCÊ. SE VOCÊ IDENTIFICA OS PRÓPRIOS ERROS E ORGANIZA

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos

Leia mais

Plano de Negócios (PN): uma visão geral. O que é e para que serve

Plano de Negócios (PN): uma visão geral. O que é e para que serve Plano de Negócios (PN): uma visão geral. O que é e para que serve 6 PLANO DE NEGÓCIOS (PN): UMA VISÃO GERAL. O QUE É E PARA QUE SERVE Objetivo específico - Ao concluir este módulo, você vai ser capaz de

Leia mais

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Caros colegas, orienta o modo como nossa organização trabalha para selecionar, desenvolver, motivar e valorizar o bem mais importante da Bausch + Lomb nossas

Leia mais

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) O PMBoK diz que: O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Utilitário ConfigXpress no CA IdentityMinder a minha solução de gerenciamento de identidades pode se adaptar rapidamente aos requisitos e processos de negócio em constante mudança? agility

Leia mais

Procuramos empreendedores com as seguintes características:

Procuramos empreendedores com as seguintes características: SOBRE A ALPARGATAS Quem nunca usou um Bamba? Ou uma calça US Top, um tênis Rainha, uma sandália Havaianas, ou jogou com uma bola Topper? A Alpargatas e suas marcas estiveram e estarão sempre presentes

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro Matheus de Aguiar Sillos matheus.sillos@pmlog.com.br AGV Logística Rua Edgar Marchiori, 255, Distrito

Leia mais

GUIA DE BOAS PRÁTICAS

GUIA DE BOAS PRÁTICAS GUIA DE BOAS PRÁTICAS A RODADA DE NEGÓCIOS A RODADA DE NEGÓCIOS É UM EVENTO EMPRESARIAL ORGANIZADO PARA PROMOVER NEGÓCIOS E PARCERIAS. Em um mesmo local estão empresas convidadas com interesse em comprar,

Leia mais

Remuneração e Avaliação de Desempenho

Remuneração e Avaliação de Desempenho Remuneração e Avaliação de Desempenho Objetivo Apresentar estratégias e etapas para implantação de um Modelo de Avaliação de Desempenho e sua correlação com os programas de remuneração fixa. Programação

Leia mais

EQUIPE GLOBAL DE AUMENTO DE ASSOCIADOS

EQUIPE GLOBAL DE AUMENTO DE ASSOCIADOS Lions Clubs International EQUIPE GLOBAL DE AUMENTO DE ASSOCIADOS GUIA DE RECURSOS Bem-Vindo à Equipe de Liderança Global (GMT) de Lions Clubs International. O seu cargo na GMT é de vital importância para

Leia mais

PARA QUE SERVE O CRM?

PARA QUE SERVE O CRM? Neste mês, nós aqui da Wiki fomos convidados para dar uma entrevista para uma publicação de grande referência no setor de varejo, então resolvemos transcrever parte da entrevista e apresentar as 09 coisas

Leia mais

Modelagem de Processos de Negócio Aula 5 Levantamento de Processos. Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br

Modelagem de Processos de Negócio Aula 5 Levantamento de Processos. Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br Modelagem de Processos de Negócio Aula 5 Levantamento de Processos Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br Agenda Técnicas de levantamento de processos Análise de documentação Observação Story boarding

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Douglas Farias Cordeiro

Gerenciamento de Projetos. Douglas Farias Cordeiro Gerenciamento de Projetos Douglas Farias Cordeiro Conceito de Organização Uma organização pode ser descrita como um arranjo sistemático, onde esforços individuais são agregados em prol de um resultado

Leia mais

LONDRES Sessão de planejamento do GAC para a reunião em Los Angeles

LONDRES Sessão de planejamento do GAC para a reunião em Los Angeles LONDRES Sessão de planejamento do GAC para a reunião em Los Angeles Quinta feira, 26 de junho, 2014 08:00 a 08:30 ICANN Londres, Inglaterra CHAIR DRYDEN: Bom dia a todos. Vamos começar com a nossa agenda.

Leia mais

SEGURANÇA HOSPITALAR

SEGURANÇA HOSPITALAR SEGURANÇA HOSPITALAR Brasil, abril 2014. ESTUDO CONCEITUAL. Depois da leitura de muitos artigos sobre o tema de Segurança do Paciente e perceber o viés técnico das posições, gostaríamos de mostrar um modelo

Leia mais

Orientações para elaborar um. Plano de Negócios

Orientações para elaborar um. Plano de Negócios Orientações para elaborar um Plano de Negócios Maio de 2010 www.nascente.cefetmg.br Página 1 Apresentação Este documento contém um roteiro básico de Plano de Negócios. O objetivo é permitir que o futuro

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 28 Revisão para a Prova 2 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 28-28/07/2006 1 Matéria para a Prova 2 Gestão de projetos de software Conceitos (Cap. 21) Métricas (Cap.

Leia mais

Processo 2013. 05 de março de 2013. www.isebvmf.com.br

Processo 2013. 05 de março de 2013. www.isebvmf.com.br Processo 2013 05 de março de 2013 www.isebvmf.com.br Conselho Deliberativo do ISE (CISE) Órgão máximo de governança do índice Tem como missão garantir um processo transparente de construção do índice e

Leia mais

B. Braun Avitum. Fornecedora de Sistemas em Terapia de Substituição Renal. Avitum

B. Braun Avitum. Fornecedora de Sistemas em Terapia de Substituição Renal. Avitum B. Braun Avitum Fornecedora de Sistemas em Terapia de Substituição Renal Avitum B. Braun Avitum. Sempre com Paixão. Paixão pela Vida Pois fazer a vida ficar melhor é o melhor de tudo Pois não há nada melhor

Leia mais

INFORMAÇÕES GERENCIADAS

INFORMAÇÕES GERENCIADAS INFORMAÇÕES GERENCIADAS Gerenciamento de projeto sobre o qual é possível criar Soluções Primavera para engenharia e construção ORACLE É A EMPRESA Melhore o desempenho de projeto, a lucratividade e os resultados

Leia mais

objetivo Pesquisas online

objetivo Pesquisas online A U L A Pesquisas online 13 objetivo 1 Ao final do estudo do conteúdo desta aula, você deverá ser capaz de: identificar os processos de pesquisa de metodologia qualitativa que envolvem tecnologias de informação

Leia mais

Estruturas Organizacionais Habilidades Gerenciais

Estruturas Organizacionais Habilidades Gerenciais Estruturas Organizacionais Habilidades Gerenciais Planejamento e Gerenciamento de Projetos Centro de Informática UFPE Estruturas Organizacionais Objetivo Estudar aspectos da estrutura administrativa e

Leia mais

AUTODESK SUBSCRIPTION. Guia Rápido para acessar o Centro de Assinaturas e utilizar os benefícios do seu Subscription

AUTODESK SUBSCRIPTION. Guia Rápido para acessar o Centro de Assinaturas e utilizar os benefícios do seu Subscription AUTODESK SUBSCRIPTION Guia Rápido para acessar o Centro e utilizar os do seu Subscription Usar os O seu Autodesk Subscription vem com uma série de. Para acessar todos os seus, entre no sistema do Centro

Leia mais

Os anexos não serão contabilizados. O limite de 3 (três) folhas é para o texto da estratégia de mídia, sem os anexos.

Os anexos não serão contabilizados. O limite de 3 (três) folhas é para o texto da estratégia de mídia, sem os anexos. Florianópolis, 20 de janeiro de 2016. Para que todos tenham o mesmo entendimento, abaixo os questionamentos formulados por interessado na licitação Concorrência nº 23/2015, bem como os devidos esclarecimentos

Leia mais

Programação em papel quadriculado

Programação em papel quadriculado 4 NOME DA AULA: Programação em papel quadriculado Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 10 minutos Objetivo principal: ajudar os alunos a entender como a codificação funciona. RESUMO Ao "programar"

Leia mais

COMO FUNCIONA NOSSA CONSULTORIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM VENDAS ONLINE

COMO FUNCIONA NOSSA CONSULTORIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM VENDAS ONLINE www.agenciaatos.com.br COMO FUNCIONA NOSSA CONSULTORIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM VENDAS ONLINE APLICAÇÃO DA CONSULTORIA EM VENDAS ONLINE É assim que os resultados são gerados. No entanto, é

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE

QUALIDADE DE SOFTWARE QUALIDADE DE SOFTWARE - 02 Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 A ISO 9000-3 é um guia para a aplicação da ISO 9001 para o desenvolvimento, fornecimento e manutenção de software.

Leia mais

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Em vigor a partir de 01/04/2016 RINA Via Corsica 12 16128 Genova - Itália tel. +39 010 53851 fax +39 010 5351000 website : www.rina.org Normas

Leia mais

Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva

Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva Erros no Gerenciamento de Projetos em Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira Muito já se escreveu sobre gerenciamento de projetos. Mas será que gerenciar projetos de inteligência competitiva (IC)

Leia mais

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Eleve a experiência : como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Introdução Soluções da CA Por que é necessário melhorar a experiência dos usuários com os serviços de TI? A consumerização

Leia mais

Gerência de Projetos e EVTE. Fabiana Costa Guedes

Gerência de Projetos e EVTE. Fabiana Costa Guedes Gerência de Projetos e Fabiana Costa Guedes 1 Agenda O que é um Projeto O que é Gerenciamento de Projetos O Contexto da Gerência de Projetos PMI Project Management Institute Ciclo de Vida do Projeto Áreas

Leia mais

https://www.facebook.com/groups/formula.sucesso.online/ LANÇAMENTO DA CAMPANHA EDUCATIVA GRATUITA: Sua Vez de Estudar de Graça PARTICIPE&GANHE!

https://www.facebook.com/groups/formula.sucesso.online/ LANÇAMENTO DA CAMPANHA EDUCATIVA GRATUITA: Sua Vez de Estudar de Graça PARTICIPE&GANHE! https://www.facebook.com/groups/formula.sucesso.online/ LANÇAMENTO DA CAMPANHA EDUCATIVA GRATUITA: Sua Vez de Estudar de Graça PARTICIPE&GANHE! 1 - PREMIAÇÕES: 2 REGRAS DA CAMPANHA:. Item nº 01-1 curso

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

Índice. Índice... 1. Apresentando o Nextsite... 3. Recursos... 4. Recursos Opcionais... 6. Componentes externos... 7. Gerenciando sua conta...

Índice. Índice... 1. Apresentando o Nextsite... 3. Recursos... 4. Recursos Opcionais... 6. Componentes externos... 7. Gerenciando sua conta... Índice Índice... 1 Apresentando o Nextsite... 3 Recursos... 4 Recursos Opcionais... 6 Componentes externos... 7 Gerenciando sua conta... 8 Visualização Geral... 9 Central de mensagens... 12 Minha conta...

Leia mais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais ITIL Conteúdo 1. Introdução 2. Suporte de Serviços 3. Entrega de Serviços 4. CobIT X ITIL 5. Considerações Finais Introdução Introdução Information Technology Infrastructure Library O ITIL foi desenvolvido,

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo II: Metas de atividade

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo II: Metas de atividade COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo II: Metas de atividade Índice Introdução Defina o tipo certo de metas 03 5 2 Introdução Olá, Nessa segunda parte vamos comentar sobre como definir metas

Leia mais

As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição

As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição Page 1 of 5 As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição Por Rossano Tavares ( rossano.tavares@dm2tavares.com.br) Novas edições ou versões de manuais, programas, sistemas operacionais, livros,

Leia mais

Cinco restrições de desenvolvimento/teste que afetam a velocidade, o custo e a qualidade dos seus aplicativos

Cinco restrições de desenvolvimento/teste que afetam a velocidade, o custo e a qualidade dos seus aplicativos Série de ebooks sobre desenvolvimento em paralelo ágil: Capítulo 2 Cinco restrições de desenvolvimento/teste que afetam a velocidade, o custo e a qualidade dos seus aplicativos Novas pressões, mais restrições

Leia mais

Gerenciamento das Aquisições do Projeto (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento das Aquisições do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento das Aquisições do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Esta é a penúltima área do conhecimento do PMBoK, sendo o capítulo 12 do guia. O PMBoK diz que esta área inclui os processos necessários para comprar

Leia mais

Guia passo a passo. Como se tornar um pequeno produtor certificado FSC

Guia passo a passo. Como se tornar um pequeno produtor certificado FSC Guia passo a passo Como se tornar um pequeno produtor certificado FSC INTRODUÇÃO AO FSC O que é o FSC? O FSC é uma organização independente, não governamental e sem fins lucrativos criada para promover

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DE PROCESSOS INTRODUÇÃO

DOCUMENTAÇÃO DE PROCESSOS INTRODUÇÃO DOCUMENTAÇÃO DE PROCESSOS INTRODUÇÃO COMO USAR ESTE MANUAL? O manual que você tem em suas mãos é uma compilação dos aspectos mais importantes que você deve saber do conceito de Documentação de Processos

Leia mais