Tabela 1 Matriz Curricular disciplinas do 1º ao 4º período.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tabela 1 Matriz Curricular disciplinas do 1º ao 4º período."

Transcrição

1 Tabela 1 Matriz Curricular disciplinas do 1º ao 4º período. Período MEC001 Introdução à Engenharia Mecânica MEC002 Cálculo I MEC003 Geometria Analítica 1º MEC004 Química Geral e Experimental MEC005 Expressão Gráfica MEC006 Algoritmos e Estrutura de Dados MEC007 Comunicação e Expressão º 3º 4º MEC008 Metodologia Científica MEC009 Cálculo II MEC MEC010 Álgebra Linear MEC011 Estatística I MEC012 Fundamentos da Mecânica Clássica MEC MEC013 Desenho Mecânico MEC MEC014 Linguagem de Programação MEC MEC015 MEC016 MEC017 MEC018 MEC019 MEC020 MEC021 MEC022 MEC023 MEC024 MEC025 MEC026 MEC027 MEC028 Ciências do Ambiente Cálculo III MEC Estatística II MEC Eletromagnetismo MEC Mecânica I MEC012 Termodinâmica I MEC002 Ciência e Tecnologia dos Materiais Mecânica dos Fluidos I MEC009 Cálculo Numérico MEC009 Instalações Elétricas MEC018 Ótica e introdução à Física Moderna Mecânica II MEC019 Termodinâmica II MEC020 Materiais de Construção Mecânica I

2 Tabela 1 (continuação) Matriz Curricular disciplinas do 5º ao 7º período. Período Prérequisito MEC029 Mecânica dos Fluidos II MEC022 MEC030 Mecânica dos Materiais I MEC019 MEC031 Eletrotécnica Industrial MEC024 5º MEC032 MEC033 MEC034 MEC035 Mecanismos Processos de Fabricação Mecânica I Transferência de Calor I Materiais de Construção Mecânica II MEC026 MEC020 MEC MEC036 Introdução à Administração º MEC037 MEC038 MEC039 MEC040 MEC041 MEC042 MEC043 MEC Controle Dimensional Mecânica dos Materiais II MEC030 Introdução à Eletrônica MEC031 Elementos de Máquinas I MEC030 Máquinas de Fluxo MEC022 Transferência de Calor II MEC034 Ensaios dos Materiais MEC Engenharia Econômica º MEC045 MEC046 MEC047 MEC048 MEC049 MEC050 Vasos de Pressão Tubulações e Tanques Vibrações Mecânicas Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos Elementos de Máquinas II Processos de Fabricação Mecânica II Máquinas Térmicas MEC038/ MEC041 MEC026/ MEC010 MEC040 MEC033 MEC MEC051 Seleção de Materiais MEC

3 Tabela 1 (continuação) Matriz Curricular disciplinas do 8º ao 10º período. Período 8º MEC052 MEC053 MEC054 MEC055 MEC056 MEC057 Lubrificação Instrumentação MEC037 Planejamento e Controle da Produção Refrigeração e Ar Condicionado MEC042 Usinagem MEC049 MEC038 Máquinas de Elevação e Transporte Optativa I Optativa II º MEC058 Direito e Ética Aplicados MEC059 Manutenção Mecânica MEC060 Pesquisa Operacional MEC061 Metodologia da Pesquisa MEC062 Controle de Sistemas Dinâmicos MEC016 MEC063 Empreendedorismo Optativa III Optativa IV º MEC064 MEC065 MEC066 MEC067 Segurança do Trabalho Sociologia e Cidadania Projeto de Graduação Trabalho de Conclusão de Estágio Optativa V Optativa VI TOTAL s Optativas Visando flexibilidade à formação do acadêmico, no curso de engenharia mecânica, são ofertadas disciplinas optativas, que por sua vez são distribuídas em quatro grandes áreas da engenharia mecânica:

4 Materiais (disciplinas na área de processos de fabricação e materiais); Naval (disciplinas na área de engenharia e construção naval); Sistemas mecânicos (disciplinas na área de projetos e sistemas mecânicos); Termofluidos (disciplinas na área térmica e fluidos). Formação Complementar. (disciplinas em outra área não especificada acima). O aluno deve cursar no mínimo 270 horas de disciplinas optativas para integralização da carga horária. A seguir apresentase a relação das disciplinas de cada grupo (Tabelas 2 a 6). Em cada grupo de disciplinas da engenharia mecânica é oferecida uma disciplina denominada tópicos especiais. Essa disciplina aborda conteúdos de interesse específico de setores da engenharia mecânica, especialmente aqueles relacionados com novas tecnologias, e ainda com a área de qualificação e de interesse dos docentes do curso. Além das disciplinas optativas da área de mecânica, são oferecidas disciplinas de outras áreas de conhecimentos para uma formação complementar do aluno (área de formação complementar).

5 Tabela 2 Termofluidos: relação das disciplinas específicas. MEC068 Motores de Combustão Interna MEC069 Fontes Alternativas de Energia MEC070 Ventilação e Poluição Industrial MEC071 Fenômenos de Transporte Computacional MEC072 Instalações de Vapor e de Gás MEC073 Refrigeração e Ar Condicionado II MEC074 Tópicos Especiais em Fluidos e Engenharia Térmica Tabela 3 Processos de Fabricação e Materiais: relação das disciplinas específicas. MEC075 Corrosão MEC076 Tribologia MEC077 Desgaste Abrasivo por Partículas Duras MEC078 Ensaios nãodestrutivos MEC079 Tópicos Especiais em Processos de Fabricação e Materiais Tabela 4 Sistemas Mecânicos: relação das disciplinas específicas. MEC080 MEC081 MEC082 MEC083 MEC084 MEC085 Confiabilidade e Taxa de Falhas Projeto Mecânico com Elementos Finitos Técnicas Preditivas em Manutenção Isolamento e Absorção de Vibrações Mecânica Automotiva Estruturas Metálicas Tópicos Especiais em Sistemas Mecânicos MEC086

6 Tabela 5 Engenharia Naval: relação das disciplinas específicas. MEC087 MEC088 MEC089 MEC090 MEC091 MEC092 Arquitetura Naval Hidrodinâmica Materiais e Processos de Construção Naval Mecânica Naval Projeto e Construção Naval Tópicos Especiais em Engenharia Naval Tabela 6 Formação Complementar: relação das disciplinas específicas. MEC093 Inglês Instrumental MEC094 Espanhol Instrumental MEC095 Libras MEC096 Tópicos Especiais em Formação Complementar

Aprovado no CONGRAD: 24.08.10 Vigência: ingressos a partir 2011/1 CÓD. 622 - CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA MANHÃ E TARDE

Aprovado no CONGRAD: 24.08.10 Vigência: ingressos a partir 2011/1 CÓD. 622 - CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA MANHÃ E TARDE Aprovado no CONGRAD: 24.08.10 Vigência: ingressos a partir 2011/1 CÓD. 622 - CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I - NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática 10021

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - CAMPUS SÃO LUIS - MONTE CASTELO PRÓ-REITORIA DE ENSINO Matrizes Curriculares

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO - CAMPUS SÃO LUIS - MONTE CASTELO PRÓ-REITORIA DE ENSINO Matrizes Curriculares Matriz 842 - Engenharia Mecânica Industrial (2002/1) Curso EM - Engenharia Mecânica Industrial Nível Periodicidade Regime Situação Superior Período Não-seriado Matriz em Vigor Per. Letivo Inicial 2002/1

Leia mais

Resolução nº 015, de 03 de março de 2015.

Resolução nº 015, de 03 de março de 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Aeronáutica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-480/2012, aprovou

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 096/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 148/2012, que altera o Currículo do Curso de Engenharia Aeronáutica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação. Resultado Avaliação Desempenho Docente 2012.1

Comissão Própria de Avaliação. Resultado Avaliação Desempenho Docente 2012.1 Comissão Própria de Avaliação Resultado Avaliação Desempenho Docente 1 Desempenho dos Docentes por Curso Curso Desempenho Eletrônica Industrial 90,54% Engenharia Mecânica (1º Trimestre) 88,38% Gestão da

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 11.09.07 Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02

Aprovado no CONGRAD: 11.09.07 Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02 Aprovado no CONGRAD: 11.09.07 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02 DISCIPLINAS E PRÁTICAS DO CURRÍCULO PLENO I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 40-40 Cálculo Diferencial e Integral I 80-80 Fundamentos da Administração 40-40 Introdução

Leia mais

Retificação do Edital nº 063, de 12/04/2016 Anexo I Quadro de Vagas

Retificação do Edital nº 063, de 12/04/2016 Anexo I Quadro de Vagas Retificação do Edital nº 063, de 12/04/2016 Anexo I Quadro de d) DOCENTES Inclusão da Jornada UNIDADE: CAMPUS AVANÇADO ARCOS Engenharia Mecânica - Bacharelado em Engenharia Mecânica, com Doutorado em Engenharia

Leia mais

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA Ciências Econômicas - 1º Semestre de 2016 EC2013 0094 - Economia Internacional II - EC04 0094 - Economia Internacional II - EC04 0093 - Econometria - EC04 0093 - Econometria - EC04 0097 - Trabalho de Conclusão

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:15:29 Curso : MATEMÁTICA

Leia mais

4084, 29/05/2013, 30/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 54/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM

4084, 29/05/2013, 30/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 54/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM INTERESSADA: ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO POLI/UPE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA ELETROTÉCNICA RELATORA: CONSELHEIRA NELLY MEDEIROS DE CARVALHO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Engenharia de Petróleo MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia de Petróleo da ESTACIO UNIRADIAL tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 40/ 2009 Altera o Artigo 4. e os Anexos II e III da Resolução nº. 64/2008 do CONSEPE,

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD de 26.08.14 Vigência: ingressos a partir de 2015/1 CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR CÓD. DISCIPLINAS

Leia mais

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT GR02149 GR02152 GR02161 GR02173 GR02177 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Algoritmos Computacionais 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016 Cálculo Fundamental 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015 1 º PERÍODO - 2 º SEMESTRE TURNO:Noite SALA: N º DE ALUNOS: Introdução à Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear PROFESSOR Introdução à Química

Leia mais

Grade Curricular - Engenharia Aeronáutica

Grade Curricular - Engenharia Aeronáutica Grade Curricular - Engenharia Aeronáutica SEMESTRE 1 - Obrigatórias FCM0101 Física I 6 0 6 FFI0180 Laboratório de Física Geral I SCE0103 Introdução à Ciência da Computação 2 2 4 SMA0300 Geometria Analítica

Leia mais

Matriz curricular do curso de graduação em Engenharia Ambiental campus de Chapecó Turno integral

Matriz curricular do curso de graduação em Engenharia Ambiental campus de Chapecó Turno integral Matriz curricular do curso de graduação em Engenharia Ambiental campus de Chapecó Turno integral 1 a 01 Matemática C 4 60-02 Geometria Analítica 4 60-03 Biologia Geral 3 45-04 Produção Textual Acadêmica

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO TURMA: 450116 - SALA: 102 Bloco I TURNO: VESPERTINO 1º PERÍODO (1º semestre/2014) 1ª Avaliação Regimental Fundamentos da Engenharia 20.03.2014 14:00 às 17:30 Comportamento

Leia mais

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica - Niterói O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO (147G) - Equivalências entre disciplinas Observações: A tabela a seguir contém disciplinas que são consideradas equivalentes (na coluna à direita) às disciplinas do currículo

Leia mais

Curso: Engenharia de Produção Mecânica. Escola de Engenharia de São Carlos

Curso: Engenharia de Produção Mecânica. Escola de Engenharia de São Carlos Curso: Engenharia de Mecânica Escola de Engenharia de São Carlos Informações Básicas do Currículo Duração Ideal - 10 semestres Mínima - 8 semestres Máxima - 18 semestres Carga Horária Aula Trabalho Subtotal

Leia mais

CERTIFICADO DE ESTUDOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES

CERTIFICADO DE ESTUDOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES CERTIFICADO DE ESTUDOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES 3º STT0618 Transporte Aéreo 2 3º STT0625 Introdução à Engenharia de Transportes 2 5º STT0610 Logística e Transportes 2 5º STT0616 Geomática

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Fase Cód. Disciplina Prérequisitos Carga Horária

Leia mais

Cod.Disc Requisito Administração 252 2 Matemática Financeira 3114 Matemática 3531

Cod.Disc Requisito Administração 252 2 Matemática Financeira 3114 Matemática 3531 Curso Grade Periodo Disciplina Cod.Disc Disciplina Requisito Cod.Disc Requisito Administração 22 2 Matemática Financeira 11 Matemática 1 22 Total Contabilidade Gerencial 111 Contabilidade Geral 09 Administração

Leia mais

2.7. ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM

2.7. ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM 2.7. ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 1º SEMESTRE 1. Antropologia Jurídica 03 45-2. Antropologia Teológica 02 30-3. Ciência Política e Teoria 04 60 - Geral do Estado 4. Português

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL Matriz Curricular do Curso de Arquitetura e Urbanismo 2016 (Vespertino)

FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL Matriz Curricular do Curso de Arquitetura e Urbanismo 2016 (Vespertino) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL Matriz Curricular do Curso de Arquitetura e Urbanismo 2016 (Vespertino) C U R S O: Arquitetura e Urbanismo 1º. Período Currículo: Bacharelado (Vespertino/Noturno)

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Civil para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº CIV- 574/2012, aprovou e eu

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº CIV- 575/2012,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2014/1 Fase

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 39/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 22/04/2013 I - RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 39/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 22/04/2013 I - RELATÓRIO: INTERESSADA: ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO - POLI / UPE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO RELATORA: CONSELHEIRA NELLY MEDEIROS DE CARVALHO

Leia mais

2º SEMESTRE. Cálculo I 04 00 60 Introdução ao Cálculo Álgebra Linear e Geometria Analítica

2º SEMESTRE. Cálculo I 04 00 60 Introdução ao Cálculo Álgebra Linear e Geometria Analítica Resolução CONSUN Nº 34/2014 de 29/10/2014 COD. NOME DA DISCIPLINA T P CH Pré-Requisito 1º SEMESTRE Introdução à 04 00 60 Introdução ao Cálculo 04 00 60 Química Geral Antropologia 02 00 30 Desenho Técnico

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - 2015 - válida para todos os anos a partir de 2015 1º ANO 1ºS 2ºS CH

MATRIZ CURRICULAR - 2015 - válida para todos os anos a partir de 2015 1º ANO 1ºS 2ºS CH MATRIZ CURRICULAR - 2015 - válida para todos os anos a partir de 2015 1º ANO 1ºS 2ºS CH Planejamento Urbano e Regional I e II 30 60 90 Topografia e Análise do Ambiente 30 0 30 Desenho do Ambiente e da

Leia mais

EDITAL: EXAME DE PROFICIÊNCIA 2016.1 ANEXO 1. Página 1 de 13

EDITAL: EXAME DE PROFICIÊNCIA 2016.1 ANEXO 1. Página 1 de 13 TIPO DE AVALIAÇÃO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA CH CÓDIGO TEÓRICA PRÁTICA LOCAL COMUNICAÇÃO COMUN. SOCIAL - HABILIT. EM PUBLIC. E PROPAGANDA 2012.1 7ª MARKETING POLÍTICO E ESTRATÉGIAS ELEITORAIS

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - 2015 - valida para todos os anos a partir de 2015 1º ANO 1ºS 2ºS CH. Planejamento Urbano e Regional I e II 30 60 90

MATRIZ CURRICULAR - 2015 - valida para todos os anos a partir de 2015 1º ANO 1ºS 2ºS CH. Planejamento Urbano e Regional I e II 30 60 90 MATRIZ CURRICULAR - 215 - valida para todos os anos a partir de 215 1º ANO 1ºS 2ºS CH Planejamento Urbano e Regional I e II 3 6 9 Topografia e Análise do Ambiente 3 3 Desenho do Ambiente e da Paisagem

Leia mais

SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA - ACEG MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO 2013

SOCIEDADE CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA - ACEG MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO 2013 MATRIZ CURRICULAR DO 2013 1 Semestre Direito Civil I 60 Ciência Política e Teoria do Estado 60 Metodologia da Pesquisa 60 Introdução ao Estudo do Direito e Ciência Jurídica 60 Português Jurídico 60 das

Leia mais

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção 1º SEMESTRE Carga Horária PRÉ-REQUISITO 1. Álgebra e Geometria Analítica 60-60 04-2. Antropologia Teológica 45-30 02-3. Cálculo Diferencial

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano letivo de 2001, para os matriculados na 3ª e na 4ª séries.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no início do ano letivo de 2001, para os matriculados na 3ª e na 4ª séries. RESOLUÇÃO CONSEPE 60/00 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL MODALIDADE MECÂNICA ÊNFASES EM AUTOMOBILÍSTICA E EM FABRICAÇÃO, REGIME SERIADO ANUAL, DO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS,

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR CURSOS DE GRADUAÇÃO

ESTRUTURA CURRICULAR CURSOS DE GRADUAÇÃO ADMINISTRAÇÃO PERÍODO DISCIPLINAS C.H. 1º Antropologia e Sociologia 60 Língua Portuguesa 60 Matemática Básica 60 Metodologia Científica 60 TGA I 60 2º Ciências da Religião 60 Instituições do Direito Público

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM POLÍMEROS UEZO CURRÍCULO NOVO (INGRESSOS A PARTIR DE 2010/01) DISCIPLINAS DO 1º PERÍODO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM POLÍMEROS UEZO CURRÍCULO NOVO (INGRESSOS A PARTIR DE 2010/01) DISCIPLINAS DO 1º PERÍODO CURRÍCULO NOVO (INGRESSOS A PARTIR DE 2010/01) Código POL1001 POL1002 POL1003 POL1004 POL1005 POL1006 POL1007 DISCIPLINAS DO 1º PERÍODO Disciplina Química Orgânica Química Geral Teoria Química Geral Experimental

Leia mais

2ª ETAPA - TURMA P e R

2ª ETAPA - TURMA P e R CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES PAIE 3 1ª ETAPA - TURMA P e R INTRODUÇÃO À ENGENHARIA

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2014 47 ADMINISTRAÇÃO. COORDENADORA Adriana Ventola Marra aventola@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2014 47 ADMINISTRAÇÃO. COORDENADORA Adriana Ventola Marra aventola@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 47 ADMINISTRAÇÃO COORDENADORA Adriana Ventola Marra aventola@ufv.br 48 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO Administrador é capacitado a gerir recursos de toda a

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 08/04/08 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 482 CURSO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02

Aprovado no CONGRAD: 08/04/08 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 482 CURSO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 Aprovado no CONGRAD: 08/04/08 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 482 CURSO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 02 I- NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Metodologia Científica e Tecnológica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Matriz curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Produção da UFERSA a partir de 2011.2. (Adequada à Matriz curricular do Curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia) Período Disciplinas Obrigatórias

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Curso de Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária Matriz Curricular válida a partir de 2016_3 Reestruturação Aprovada em janeiro de 2016 Natureza Horas-aula Disciplinas

Leia mais

Para visualizar ementas, programas e outros documentos relacionados ao curso, clique aqui.

Para visualizar ementas, programas e outros documentos relacionados ao curso, clique aqui. Para visualizar ementas, programas e outros documentos relacionados ao curso, clique aqui. Modalidade Eletrotécnica : O eletromagnetismo e o fascínio dos campos girantes, os circuitos elétricos de potência

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A Atualizado em 10 de junho BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO GERAL...

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1º Termo 2º Termo Comunicação e Expressão I 36 Comunicação e Expressão II 36 Direito

Leia mais

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA COORDENADOR Lúcio Paccori Lima lucio.lima@ufv.br 68 Currículos dos Cursos UFV ATUAÇÃO O curso de Licenciatura em Matemática oferece ao estudante a oportunidade de obter ampla

Leia mais

PERÍODO DISCIPLINA CH PRÉ-REQUISITO

PERÍODO DISCIPLINA CH PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA PERÍODO DISCIPLINA CH PRÉ-REQUISITO Psicologia da Educação 60 Integral I 90 Vetorial e Geometria Analítica 60 1 o. Semestre Português Instrumental 60

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br ENGENHARIA CIVIL COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2008 179 Currículo do Curso de Engenharia Civil Engenheiro Civil ATUAÇÃO Ao Engenheiro Civil compete o desempenho

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 138 Optativos: 36. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 138 Optativos: 36. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:16:06 Curso : MATEMÁTICA

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-479/2012,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA. 1.1.4.20.01 Lista Pré-Requisitos por Curso

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA. 1.1.4.20.01 Lista Pré-Requisitos por Curso Código Nome da Tipo Pré Requisito Curso: BAEQ ENGENHARIA QUIMICA Ano do Curriculo: 2010 Descrição da Estrutura: 2º SEMESTRE BA010903 FISICA II BA011004 CALCULO I BA010901 FISICA I BA010904 LABORATORIO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DE ENGENHARIA ENGENHARIA MECÂNICA. Ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre em engenharia mecânica

DEPARTAMENTO DE DE ENGENHARIA ENGENHARIA MECÂNICA. Ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre em engenharia mecânica DEPARTAMENTO DE DE ENGENHARIA ENGENHARIA MECÂNICA MECÂNICA Ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre em engenharia mecânica Tronco comum º ANO Cálculo Diferencial e Integral I 6 Cálculo Diferencial

Leia mais

INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR: DISCIPLINAS POR SEMESTRE/ANO, CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS E PRÉ- REQUISITOS

INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR: DISCIPLINAS POR SEMESTRE/ANO, CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS E PRÉ- REQUISITOS 1 INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR: POR SEMESTRE/ANO, DAS E PRÉ- REQUISITOS A organização da Matriz Curricular do Curso de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo do Instituto Superior de Teologia Aplicada

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2011 235 ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Felix leobonato@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2011 235 ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Felix leobonato@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 235 ENGENHARIA ELÉTRICA COORDENADOR Leonardo Bonato Felix leobonato@ufv.br 236 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Eletricista ATUAÇÃO O curso de Engenharia Elétrica

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 147/2012, que altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE

Leia mais

FACULDADE SANTA RITA

FACULDADE SANTA RITA FACULDADE SANTA RITA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO Matriz Curricular 1º SEMESTRE Introdução à Engenharia Geometria Analítica e Álgebra Linear 04 80 Cálculo I 04 80 Tópicos de Economia para Engenharia

Leia mais

4.2 - Instruções Específicas de Matrícula no Curso

4.2 - Instruções Específicas de Matrícula no Curso 1 4 - Seu Curso 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso 4.1.1 - Objetivos Sólida formação nos conceitos da eng. mecânica, eletro-eletrônica, informática e controle; Preparo técnico e psicológico dos

Leia mais

ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012.

ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012. ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012. Vera Rejane Coelho, Pró-Reitora de Ensino da Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO: 1. a organização

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CICLO BÁSICO 1º BIMESTRE INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 40 horas Fundamentos da Engenharia e Suas Grandes Áreas; Inovação e Desenvolvimento de Produto; O Modo

Leia mais

Matriz Curricular - Curso: 23 - Engenharia Mecânica Matriz: 35 - Matriz 2 - Engenharia Mecânica

Matriz Curricular - Curso: 23 - Engenharia Mecânica Matriz: 35 - Matriz 2 - Engenharia Mecânica Matriz Curricular - Curso: 23 - Engenharia Mecânica Matriz: 35 - Matriz 2 - Engenharia Mecânica 1 CE61A COMUNICAÇÃO LINGUÍSTICA FORMAÇÃO BÁSICA E CIENTÍFICA 1 DE61A DESENHO TÉCNICO NÚCLEO COMUM 1 EB61A

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO CHAPECÓ

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO CHAPECÓ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO CHAPECÓ MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase Código Ordem COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Pré-requisito 01 Leitura e produção textual I 4 60 02 Introdução

Leia mais

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO PROCESSO N.º 23062.009173/2013-97 ASSUNTO: INTERESSADO: COMISSÃO: Ajuste do Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica da Unidade de Nepomuceno do CEFET-MG

Leia mais

ANEXO I - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL/UFG. Córequisito Pré-requisito

ANEXO I - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL/UFG. Córequisito Pré-requisito ANEXO I - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL/UFG Nº Disciplina Unidade Responsável Córequisito Pré-requisito CHS CHT CHP CH Núcleo Natureza Nº DISCIPLINAS NÚCLEO COMUM OBRIGATÓRIAS 1 Álgebra

Leia mais

3.6.4 As inscrições dos alunos far-se-ão de acordo com as seguintes regras:

3.6.4 As inscrições dos alunos far-se-ão de acordo com as seguintes regras: Tabela de precedências de Inscrição para efeitos de inscrição Extraordinária (aplicação do 3.6.5. do Regulamento Pedagógico) 3.6.4 As inscrições dos alunos far-se-ão de acordo com as seguintes regras:

Leia mais

QUÍMICA APLICADA I/ Prática DESENHO TÉCNICO I: GEOMETRIA ANALÍTICA: 60 36. Cálculo 1 - B Desenho Técnico- 1 Geometria Analítica Introdução à Eng.

QUÍMICA APLICADA I/ Prática DESENHO TÉCNICO I: GEOMETRIA ANALÍTICA: 60 36. Cálculo 1 - B Desenho Técnico- 1 Geometria Analítica Introdução à Eng. SEMESTRE: º SEMESTRE - A PERÍODO LETIVO: 205.2 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA: 60 36 60 Lab. Infor. INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO: 0 METODOLOGIA: 40 4 QUÍMICA APLICADA I/ Prática DESENHO TÉCNICO I: Cálculo I: Cálculo

Leia mais

FÍSICA EXPERIMENTAL II 30 CÁLCULO II 60 CÁLCULO I FÍSICA GERAL I 60 GEOMETRIA ANALÍTICA CÁLCULO I INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO 60

FÍSICA EXPERIMENTAL II 30 CÁLCULO II 60 CÁLCULO I FÍSICA GERAL I 60 GEOMETRIA ANALÍTICA CÁLCULO I INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO 60 Matriz curricular Engenharia Civil 1º PERIODO CÁLCULO I 90 FÍSICA EXPERIMENTAL I 30 QUIMICA 60 GEOMETRIA DESCRITIVA 60 INTRODUÇÃO A ENGENHARIA 30 GEOMETRIA ANALÍTICA 60 SOCIOLOGIA 60 Carga Horária Total

Leia mais

Có-requis. Pré-requisito Respons. CHT CHP DISCIPLINAS NÚCLEO COMUM OBRIGATÓRIAS. 1 Álgebra Linear (AL) IME - - 4 0 64 NC OBR 1

Có-requis. Pré-requisito Respons. CHT CHP DISCIPLINAS NÚCLEO COMUM OBRIGATÓRIAS. 1 Álgebra Linear (AL) IME - - 4 0 64 NC OBR 1 Matriz Curricular do Curso de Graduação em Engenharia Civil - Bacharelado A seguir é apresentada a Matriz Curricular, onde se notam as disciplinas componentes do Núcleo Comum, do Núcleo Específico, prérequisitos,

Leia mais

EDITAL 11/2013 PONTOS PARA PROVAS ESCRITA E/OU PRÁTICA E DIDÁTICA (AULA PÚBLICA)

EDITAL 11/2013 PONTOS PARA PROVAS ESCRITA E/OU PRÁTICA E DIDÁTICA (AULA PÚBLICA) Matéria/área de conhecimento: Matemática Requisitos Específicos: Graduação em Matemática ou Engenharias 1. Fundamentos da Matemática e Aplicações em Energia e Sustentabilidade 2. Aplicações da Derivada

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 1º semestre 2012

HORÁRIO DE PROVAS 1º semestre 2012 1º PERÍODO 1ª Bimestrais 26/03 Cálculo Diferencial e Integral I 28/03 Comunicação e Expressão 29/03 Lógica para Computação 30/03 Introdução à Computação 02/04 Geometria Analítica e Vetores 03/04 Física

Leia mais

Curso de Administração

Curso de Administração Curso de Administração 1º Período CH Total Fundamentos da Administração Matemática Contabilidade Geral Filosofia e Ética Língua Portuguesa 2º Período CH Total Sociologia Geral e das Organizações Análise

Leia mais

Características Gerais

Características Gerais Características Gerais De todas as especialidades da Engenharia, pode-se dizer que a Engenharia Mecânica é das mais amplas e diversificadas. Ela se envolve com instalações industriais, máquinas e equipamentos

Leia mais

- COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO):

- COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO): ETEC DE NOVA ODESSA NOVA ODESSA AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 234/02/2015

Leia mais

PORTARIA INTERNA GDG-CEPLAN N o 038/2012

PORTARIA INTERNA GDG-CEPLAN N o 038/2012 PORTARIA INTERNA GDG-CEPLAN N o 038/2012 O Diretor-Geral do Centro de Educação do Planalto Norte da Universidade do Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições, RESOLVE: 1º - Credenciar os professores

Leia mais

Engenheiro Agrônomo: Atribuições profissionais e matriz curricular. J.O. Menten T.C. Banzato UFPB Areia/PB 27 a 30 de Outubro de 2014

Engenheiro Agrônomo: Atribuições profissionais e matriz curricular. J.O. Menten T.C. Banzato UFPB Areia/PB 27 a 30 de Outubro de 2014 Engenheiro Agrônomo: Atribuições profissionais e matriz curricular J.O. Menten T.C. Banzato UFPB Areia/PB 27 a 30 de Outubro de 2014 1. INTRODUÇÃO AGENDA 2. ATRIBUIÇÕES PROFISSIONAIS 3. MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓREITORIA ACADÊMICA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Fase Cód. Disciplina I II III IV V VI Matriz Curricular do curso de Engenharia Civil PréReq.

Leia mais

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE CLASSE DESCENTRALIZADA E.E. JOÃO XXIII

ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE CLASSE DESCENTRALIZADA E.E. JOÃO XXIII ETEC PROF. DR. JOSÉ DAGNONI SANTA BÁRBARA D OESTE CLASSE DESCENTRALIZADA E.E. JOÃO XXIII AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO, PARA A CONTRATAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E ETENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA

TABELA DE EQUIVALÊNCIA TABELA DE EQUIVALÊNCIA Currículo CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas* 1 PER. CÓDIGO UNIDADE CURRICULAR

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL PRIMEIRO PERÍODO Calculo I 4 72 60 - Geometria Analítica 4 72 60 - Introdução a Engenharia Civil 4 72 60 - Metodologia Cientifica 4 72 60 - Filosofia Geral

Leia mais

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRDI Comissão Permanente de Magistério - COPEMA Edital nº 06/2011 Retificação de 07 de julho de 2011

Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRDI Comissão Permanente de Magistério - COPEMA Edital nº 06/2011 Retificação de 07 de julho de 2011 Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRDI Comissão Permanente de Magistério - COPEMA Edital nº 06/2011 Retificação de 07 de julho de 2011 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO FUNDAMENTOS EM EDUCAÇÃO (Comum

Leia mais

CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 329/2010

CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 329/2010 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA FLUMINENSE RESOLUÇÃO N.º 329/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Pedagogia-Licenciatura Angra dos Reis. O CONSELHO DE ENSINO

Leia mais

Portaria Inep nº 219 de 26 de julho de 2011 Publicada no Diário Oficial de 27 de julho de 2011, Seção 1, págs. 16 e 17

Portaria Inep nº 219 de 26 de julho de 2011 Publicada no Diário Oficial de 27 de julho de 2011, Seção 1, págs. 16 e 17 Portaria Inep nº 219 de 26 de julho de 2011 Publicada no Diário Oficial de 27 de julho de 2011, Seção 1, págs. 16 e 17 O Presidente, Substituto, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Engenharia da Computação, da Faculdade Independente do Nordeste, com alteração curricular adequada às Diretrizes Curriculares

Leia mais

1º período. 2º período

1º período. 2º período 1º período Eixo Disciplina CH Pré-requisito Correquisito (C) 1 Cálculo I 90 9 Contexto Social e Profissional do Engenheiro Civil 30 7 Desenho Técnico 30 1 Geometria Analítica e Álgebra Vetorial 90 2 Laboratório

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional - CGCO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica - SIGA

Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional - CGCO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica - SIGA 1 ALGORITMOS 1 DCC009 E 2 MAT154 CÁLCULO I 1 MAT113 MAT154E 3 MAT155 GEOMETRIA ANALÍTICA E SISTEMAS LINEARES 1 MAT111 MAT155E 4 CEL064 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA ELÉTRICA 1 CEL047 5 LABORATÓRIO DE PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400 h

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400 h Nome do Curso CÂMPUS CAÇADOR Instrumentos Regulatórios: Resolução CEPE/IFSC nº 23, de 03 de Junho de 2015. Resolução CONSUP nº 14, de 17 de Junho de 2015. GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE Módulo/Semestre

Leia mais

B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos

B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc,): 3. Curso: Construção Metálica e Mista 4. Grau ou diploma:

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR MATUTINO 01 Introdução à informática 02 Matemática instrumental 03 Leitura e produção textual I 1 a Introdução ao curso de Pedagogia e à

Leia mais

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/2 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 I NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE MATERIAIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 15.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE MATERIAIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 15. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:25:50 Curso : ENGENHARIA

Leia mais

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD de: 24.09.2013 Retificado no CONGRAD de: 13.05.2014 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/1 CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 CÓD.

Leia mais

EDITAL UnC 040/2010. Prof. Antonio Reinaldo Agostini Vice-Reitor de Administração e Planejamento da UnC

EDITAL UnC 040/2010. Prof. Antonio Reinaldo Agostini Vice-Reitor de Administração e Planejamento da UnC UNIVERSIDADE DO CONTESTADO - EDITAL 040/2010 Publicação do quadro das disciplinas ofertadas aos docentes da F para aumento ou recomposição de carga horária na condição de professor substituto. O Vice-Reitor

Leia mais

TEMAS DA PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO 2ª FASE EDITAL nº 233, DE 17 DE ABRIL DE 2015

TEMAS DA PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO 2ª FASE EDITAL nº 233, DE 17 DE ABRIL DE 2015 TEMAS DA PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO 2ª FASE EDITAL nº 233, DE 17 DE ABRIL DE 2015 CAMPUS ÁREA TEMA EDUCAÇÃO Jogo cooperativo, competitivo e lúdico, como meio educador na escola. ARARAQUARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL

Leia mais