Estrutura Condicional C++

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estrutura Condicional C++"

Transcrição

1 Estrutura Condicional C++ Resumo3 Profª. Ivre Marjorie R. Machado

2 Estrutura Condicional Na estrutura sequencial, todos os comandos são executados independente de qualquer coisa/condição Usando a estrutura condicional, é possível criar um programa que possui partes que não são executadas todas as vezes, É necessário verificar se a condição é: VERDADEIRA ou FALSA

3 Exemplo Faça um algoritmo para a troca de lâmpada: 1. Pegar uma escada 2. Posicionar a escada embaixo da lâmpada 3. Busca uma lâmpada nova 4. Subir na escada 5. Retirar a lâmpada velha 6. Colocar a lâmpada nova 7. Guardar a escada

4 Exemplo Faça um algoritmo para a troca de lâmpada: 1. Pegar uma escada 2. Posicionar a escada embaixo da lâmpada 3. Busca uma lâmpada nova 4. Subir na escada 5. Retirar a lâmpada velha 6. Colocar a lâmpada nova 7. Guardar a escada

5 Exemplo Faça um algoritmo para a troca de lâmpada queimadas: 1. Pegar uma escada 2. Posicionar a escada embaixo da lâmpada 3. Busca uma lâmpada nova 4. Acionar o interruptor 5. Se a lâmpada não acender, então Teste condicional a) Subir na escada b) Retirar a lâmpada queimada c) Colocar a lâmpada nova 6. Guardar a escada

6 Exemplo Faça um algoritmo para a troca de lâmpada queimadas: 1. Acionar o interruptor 2. Se a lâmpada não acender, então a) Pegar uma escada b) Posicionar a escada embaixo da lâmpada c) Buscar uma lâmpada nova d) Subir na escada e) Retirar a lâmpada queimada f) Colocar a lâmpada nova g) Guardar a escada Teste condicional no início

7 Fluxograma Esse é o único símbolo do fluxograma que permite a saída de dois fluxos (setas Sim e Não) Símbolo usado para representar a tomada de decisão. Se a condição for verdadeira o fluxo continua para o lado do Sim, se a condição for falsa, o fluxo continua para o lado do Não Condição Não Sim

8 Exemplo Faça um algoritmo (fluxograma e pseudocódigo) em seguida, um programa em C++ para fazer a divisão do primeiro número pelo segundo, somente se o segundo número for maior que ZERO.

9 Exemplo - Fluxograma

10 Pseudocódigo A estrutura condicional em pseudocódigo pode ser feita da forma simples: Se (condição) então Comandos Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Se (x <= 2) então Escreva o valor de x é menor ou igual a dois

11 Pseudocódigo Ou composta: Se (condição) então Comandos Senão Comandos Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Senão Escreva o valor de x é menor ou igual a dois

12 Pseudocódigo Pensando... Simples: Composta: Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Se (x <= 2) então Escreva o valor de x é menor ou igual a dois Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Senão Escreva o valor de x é menor ou igual a dois

13 Pseudocódigo Pensando... Simples: Composta: Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Se (x <= 2) então Escreva o valor de x é menor ou igual a dois Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Senão Escreva o valor de x é menor ou igual a dois Na estrutura simples o teste da condição é feito em cada um deles, ou seja, verifica se é verdadeiro ou falso. Caso nenhum deles seja verdadeiro, nenhum será executado. E se mais de um for Verdadeiro, mais de um será executado.

14 Pseudocódigo Pensando... Simples: Composta: Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Se (x <= 2) então Escreva o valor de x é menor ou igual a dois Se (x > 2) então Escreva o valor de x é maior que dois Senão Escreva o valor de x é menor ou igual a dois Na estrutura composta o teste da condição é feito no primeiro, e caso seja verdadeiro somente executar os comando relacionados a ele e finalizará. Caso seja falso, irá verificar o próximo teste de condição e assim como o primeiro se for verdadeiro executará apenas ele. E somente no caso de todos os teste forem falsos, que irá executar os comandos relacionados ao Senão.

15 Pseudocódigo

16 Exemplo Pseudocódigo (Estrutura Simples) ALGORITMO DECLARE num1, num2, div NUMÉRICO ESCREVA "Digite o primeiro numero: " LEIA num1 ESCREVA "Digite o segundo numero: " LEIA num2 SE (num2 > 0) ENTÃO Início div <- num1/num2 ESCREVA "O valor da divisao e: ", div Fim SE (num2 <= 0) ENTÃO ESCREVA "O segundo numero nao e maior que zero" FIM_ALGORITMO

17 Exemplo Pseudocódigo (Estrutura Composta) ALGORITMO DECLARE num1, num2, div NUMÉRICO ESCREVA "Digite o primeiro numero: " LEIA num1 ESCREVA "Digite o segundo numero: " LEIA num2 SE (num2 > 0) ENTÃO Início div <- num1/num2 ESCREVA "O valor da divisao e: ", div Fim SENÃO ESCREVA "O segundo numero nao e maior que zero" FIM_ALGORITMO

18 C++ A estrutura condicional em C++, assim como em pseudocódigo, pode ser feita da forma simples: if (condição) Comandos; if (x > 2) cout<< o valor de x é maior que dois ; if(x <= 2) cout<< o valor de x é menor ou igual a dois ;

19 C++ Ou composta: if (condição) Comandos; else Comandos; if(x > 2) cout<< o valor de x é maior que dois ; else cout<< o valor de x é menor ou igual a dois ;

20 C++ Veja que o else sem condição fica sempre no final!

21 C++ Pensando... Simples: if(x > 2) cout<< o valor de x é maior que dois ; if(x <= 2) cout<< o valor de x é menor ou igual a dois ; Composta: if(x > 2) cout<< o valor de x é maior que dois ; else cout<< o valor de x é menor ou igual a dois ;

22 Exemplo C++ (Estrutura Simples) #include<iostream.h> #include<math.h> int main() float num1, num2, div; cout<<"digite o primeiro numero: "; cin>>num1; cout<< "Digite o segundo numero: "; cin>>num2; if(num2 > 0) Em pseudocódigo: Se (num2> 0) div = num1/num2; cout<<"\n O valor da divisao e: "<<div; if(num2 <= 0) Em pseudocódigo: Se (num2<= 0) cout<<"\n O segundo numero nao e maior que zero"; system("pause");

23 Exemplo C++ (Estrutura Composta) #include<iostream.h> #include<math.h> int main() float num1, num2, div; cout<<"digite o primeiro numero: "; cin>>num1; cout<< "Digite o segundo numero: "; cin>>num2; if(num2 > 0) div = num1/num2; cout<<"\n O valor da divisao e: "<<div; else cout<<"\n O segundo numero nao e maior que zero"; system("pause"); Em pseudocódigo: Se (num2> 0) Em pseudocódigo: Senão

24 Fluxograma Pseudocódigo C++ Observação (Condição) SE (condição) if (condição) Condicional simples (poderá ter mais de um SE, e mais de um símbolo no caso do fluxograma) (Condição) SE (Condição) Comandos SENÃO Comandos if (Condição) Comandos; else Comandos; Condicional composta (para ter outras condições é necessário juntar o SENÃO com o SE, ou seja, SENÃO SE (condição) )

Prof. Vania Gimenez.Notas de aula Lógica de programação- Este material não substitui os livros indicados no site no link bibliografia.

Prof. Vania Gimenez.Notas de aula Lógica de programação- Este material não substitui os livros indicados no site no link bibliografia. Prof. Vania Gimenez.Notas de aula Lógica de programação- Este material não substitui os livros indicados no site no link bibliografia. ---------------------------------------------------------------- Comandos

Leia mais

7. Estrutura de Decisão

7. Estrutura de Decisão 7. Estrutura de Decisão Neste tipo de estrutura o fluxo de instruções a ser seguido é escolhido em função do resultado da avaliação de uma ou mais condições. Uma condição é uma expressão lógica. A classificação

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Algoritmo Textual Universidade Federal Rural de Pernambuco Professor: Abner Corrêa Barros abnerbarros@gmail.com Um algoritmo pode ser definido como uma seqüência de passos que visam

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação CECOMP

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação CECOMP Algoritmos e Programação Ricardo Argenton Ramos Baseado nos slides do professor Jadsonlee da Silva Sá Ementa Conceito de algoritmo. Lógica de programação e programação estruturada. Linguagem de definição

Leia mais

ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ROTEIRO Memória Variáveis e constantes Tipos primitivos de dados Operadores Comandos

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Também chamado de estrutura de seleção múltipla (caso). Assim como o if-else, o switch também é uma estrutura de seleção. O if-else realiza o teste

Leia mais

Convertendo Algoritmos para a Linguagem C

Convertendo Algoritmos para a Linguagem C onvertendo Algoritmos para a Linguagem Notas de Aula Prof. Francisco Rapchan www.geocities.com/chicorapchan O objetivo deste texto é mostrar alguns programas em, dando uma breve descrição de seu funcionamento

Leia mais

Prof. Edson J. R. Justino Aula Teórica 02 Escola Politécnica Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Introdução ao Conceito de Algoritmo e O Conceito de Algoritmo e as Estruturas Básicas de

Leia mais

Estrutura switch if-else switch switch switch if-else-if switch switch case default break switch switch break Observações: case

Estrutura switch if-else switch switch switch if-else-if switch switch case default break switch switch break Observações: case Estrutura switch. O comando if-else e o comando switch são os dois comandos de tomada de decisão. Sem dúvida alguma o mais importante dos dois é o if, mas o comando switch tem aplicações valiosas. Sua

Leia mais

Sumário. INF01040 Introdução à Programação. Elaboração de um Programa. Regras para construção de um algoritmo

Sumário. INF01040 Introdução à Programação. Elaboração de um Programa. Regras para construção de um algoritmo INF01040 Introdução à Programação Introdução à Lógica de Programação s Seqüenciais Sumário Elaboração de um programa/algoritmo Formas de representação de um algoritmo Elementos manipulados em um programa/algoritmo

Leia mais

Programação: Estruturas de seleção

Programação: Estruturas de seleção Programação de Computadores I Aula 07 Programação: Estruturas de seleção José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/53 Valores booleanos Os valores booleanos

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C++

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C++ INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C++ 1 - VARIÁVEIS Variáveis espaço de memória reservado para armazenar tipos de dados, com um nome para referenciar seu conteúdo. Observações importantes Todas as variáveis devem

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONTROLE

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURA SEQUENCIAL E ESTRUTURAS CONDICIONAIS Introdução à Ciência da Computação Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURAS CONDICIONAIS Estrutura Condicional Simples

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Enunciado: a)implementar a função maior que devolve o maior de dois números inteiros passados como parâmetro; b)construir um programa em C que determine o maior de

Leia mais

Programação científica C++

Programação científica C++ Programação científica C++ NIELSEN CASTELO DAMASCENO Slide 4 Aluno que não sabe programar int main() { cout

Leia mais

9.1.2 Laços Controlados por Entrada: Contador

9.1.2 Laços Controlados por Entrada: Contador 9.1.2 Laços Controlados por Entrada: Contador Exemplo 2- Escreva um algoritmo e um programa em C que dado um Número qualquer, seja calculado e impresso a tabuada desse número. Algoritmo tabuada Variáveis:

Leia mais

Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota

Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota 1) Indique Verdadeiro ou Falso a) Uma variável é uma posição na memória do computador que pode receber diversos valores

Leia mais

Algoritmo Iterativo. Dilema do Martelo x Edifício. O Martelo. O Edifício 01/06/2014. Dilema das ações x declarações

Algoritmo Iterativo. Dilema do Martelo x Edifício. O Martelo. O Edifício 01/06/2014. Dilema das ações x declarações Algoritmo Iterativo Fernando Cardeal Parece com o processo de seguir uma estrada: Como chegar à estrada? Como se manter na estrada? Como saber que chegou ao destino para sair da estrada? Como fazer tudo

Leia mais

Aula 01. - Bibliografia - Definições - Operadores - Criação de um algoritmo - Exercícios. Algoritmo e Programação. Prof. Fábio Nelson.

Aula 01. - Bibliografia - Definições - Operadores - Criação de um algoritmo - Exercícios. Algoritmo e Programação. Prof. Fábio Nelson. - Bibliografia - Definições - Operadores - Criação de um algoritmo - Exercícios Aula 01 Slide 1 BIBLIOGRAFIA SCHILDT H. C Completo e Total, Makron Books. SP, 1997. Curso de linguagem C da UFMG. ZIVIANI,

Leia mais

Exercícios práticos - Folha 3

Exercícios práticos - Folha 3 Instalação e Manutenção de Redes e Serviços Informáticos PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS Exercícios práticos - Folha 3 Estruturas de decisão 1. Implemente um programa para ler do teclado o ano de nascimento do

Leia mais

Questões dadas em Sala de Aula (para cada turma), nas aulas de Teoria:

Questões dadas em Sala de Aula (para cada turma), nas aulas de Teoria: Questões dadas em ala de Aula (para cada turma), nas aulas de Teoria: - Para turmas 4P, 4Q, 4X, 3P (1o horário das semanas "Par"): 1) Elabore um Programa em, e o que recebe (via teclado) dois valores e

Leia mais

Sumário Algoritmos e Estrutura de Dados Repetição

Sumário Algoritmos e Estrutura de Dados Repetição Sumário Algoritmos e Estrutura de Dados Repetição M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Estrutura de Repetição Estrutura de Repetição para...faca Estrutura de Repetição enquanto...faca Estrutura de Repetição

Leia mais

INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO CMP 1060 CONTROLE DE FLUXO ESTRUTURA CONDICIONAL 1

INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO CMP 1060 CONTROLE DE FLUXO ESTRUTURA CONDICIONAL 1 INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO CMP 1060 CONTROLE DE FLUXO ESTRUTURA CONDICIONAL 1 Os programas que vimos até agora têm a seguinte estrutura: main( ) declarações instrução 1 instrução 2 instrução 3... instrução

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO COM C/C++ Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO COM C/C++ Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO COM C/C++ Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Entender o mecanismo de um programa em C/C++ Apresentar e estrutura da Linguagem C/C++

Leia mais

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO INSTRUÇÕES DA LINGUAGEM C 1 2 Condicional 1 Se 'C' é verdadeira Então?; 3 Condicional 1 Se 'C' é verdadeira Então? if (C)?; 4 Condicional 2 Se 'C' é verdadeira Então? Senão?? 5 Condicional

Leia mais

9 Comandos condicionais

9 Comandos condicionais 9 Comandos condicionais Um comando condicional é uma instrução empregada quando se deseja criar um desvio, isto é, a opção de executar-se ou não um determinado trecho de código, segundo uma condição. Em

Leia mais

Comandos Sequenciais if else, e Switch

Comandos Sequenciais if else, e Switch Introdução à Programação Comandos Sequenciais if else, e Switch 1º ano - ESI e IGE (2011/2012) Engenheiro Anilton Silva Fernandes (afernandes@unipiaget.cv) O computador pensa? Muitas vezes utiliza-se a

Leia mais

I Semana de Software Livre da USP Dojo C

I Semana de Software Livre da USP Dojo C I Semana de Software Livre da USP Dojo C CCSL PoliGNU-USP MasterMind 25 de abril de 2012 1 Introdução O MasterMind é um jogo cujo objetivo é descobrir um número de 5 dígitos em 10 tentativas. A cada tentativa,

Leia mais

Estruturas de Repetição. Programação em Java 2006-2007. Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição. Programação em Java 2006-2007. Estruturas de Repetição Aula 4 Estruturas de Repetição Programação em Java 2006-2007 Estruturas de Repetição As estruturas repetitivas ou ciclos permitem repetir um conjunto de uma ou mais instruções O Java apresenta três variantes

Leia mais

Linguagem C (estruturas condicionais)

Linguagem C (estruturas condicionais) Linguagem C (estruturas condicionais) André Tavares da Silva atavares@joinville.udesc.br Comandos de Controle de Fluxo Todos os comandos devem ser terminados com um ;. { e são usados para delimitar um

Leia mais

Estruturas de repetição (Ciclos)

Estruturas de repetição (Ciclos) Introdução Vamos começar por tentar resolver os seguintes exercícios com base nos conhecimentos Que já temos até agora. Problema 1: Escreva um programa em ANSI-C que escreve os primeiros 10 números inteiros

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Créditos Introdução à Ciência da Computação Algoritmos O material a seguir é composto de adaptações dos slides gentilmente cedidos por: Prof. André de Carvalho Slides baseados nos originais das professoras

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação Significa o uso correto das leis do pensamento e de processos de raciocínio para a produção de soluções logicamente válidas e coerentes, que resolvam com qualidade os problemas que

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO - LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇAO À DISTÂNCIA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO PIAUÍ - ETAPI CAMPUS TERESINA CENTRAL LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO DISCIPLINA:

Leia mais

Elementos de programação em C

Elementos de programação em C Elementos de programação em C Estruturas condicionais Francisco A. C. Pinheiro, Elementos de Programação em C, Bookman, 2012. Visite os sítios do livro para obter material adicional: www.bookman.com.br

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Algoritmos e Estruturas de Dados I Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Laboratório de AEDS 1 Aula 01 Linguagens de Programação Cada linguagem de programação obedece

Leia mais

A linguagem C oferece quatro estruturas de decisão: if, if-else, switch e o operador condicional.

A linguagem C oferece quatro estruturas de decisão: if, if-else, switch e o operador condicional. Capítulo 3 Comandos de Decisão A linguagem C oferece quatro estruturas de decisão: if, if-, switch e o operador condicional. O comando if O comando if instrui o computador a tomar uma decisão simples.

Leia mais

Q1 Q2 Q3 Nota. Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1005 Programação I P2 20/10/2010. Aluno: Exemplo (apenas um exemplo!):

Q1 Q2 Q3 Nota. Departamento de Informática - PUC-Rio INF 1005 Programação I P2 20/10/2010. Aluno: Exemplo (apenas um exemplo!): Matrícula: Departamento de Informática - PUC-Rio Turma: Q1 Q2 Q3 Questão 1) (3.0 pontos) Uma empresa permite que seus funcionários façam chamadas internacionais a partir de seus ramais, mas mantém um registro

Leia mais

ALGORITMOS E FLUXOGRAMAS

ALGORITMOS E FLUXOGRAMAS ALGORITMOS E FLUXOGRAMAS Prof. André Backes INTRODUÇÃO Computadores = cérebros eletrônicos? Computadores são máquinas e, por si sós, não podem ser inteligentes. Alguém as projetou e deu a ela todas as

Leia mais

IES-300. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Me. Álvaro d Arce alvaro@darce.com.br

IES-300. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Me. Álvaro d Arce alvaro@darce.com.br IES-300 Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Me. Álvaro d Arce alvaro@darce.com.br Teste de Caixa Branca 2 Teste de Componentes: Caixa Branca Teste de Caixa Branca Grafo de Fluxo de

Leia mais

Conceito de Algoritmos e Suas Características

Conceito de Algoritmos e Suas Características Conceito de Algoritmos e uas Características Algoritmos Definições: Algoritmo é uma linguagem intermédia entre a linguagem humana e a linguagem de programação. Os Algoritmos são usados para representar

Leia mais

Laboratório de Programação I

Laboratório de Programação I Laboratório de Programação I Estruturas de Controle: Parte I Fabricio Breve Objetivos Entender as técnicas básicas de solução de problemas Desenvolver algoritmos por meio do processo de refinamento top-down

Leia mais

O comando if. O comando condicional permite incluir no programa trechos de código que dependem de uma ou mais condições para sua execução.

O comando if. O comando condicional permite incluir no programa trechos de código que dependem de uma ou mais condições para sua execução. O comando if if - else O comando condicional permite incluir no programa trechos de código que dependem de uma ou mais condições para sua execução. O comando condicional tem duas formas básicas: if(condição)

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Lista de Exercícios - 04 Algoritmos e Linguagens de Programação Professor: Edwar Saliba Júnior Estruturas de Repetição O que são e para que servem? São comandos que são utilizados

Leia mais

2. ALGORITMOS. Unesp Campus de Guaratinguetá. Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro

2. ALGORITMOS. Unesp Campus de Guaratinguetá. Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro 2. ALGORITMOS Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro 2 - Algoritmo 2.1: Introdução Antes de se utilizar uma linguagem de computador,

Leia mais

ATENÇÃO!!! 12-01-2005 Rui Morgado - TLP 2

ATENÇÃO!!! 12-01-2005 Rui Morgado - TLP 2 Ciclos Exercícios ATENÇÃO!!! Depois de executar o exercício no editor da linguagem de programação C, copie o código para o bloco de notas (dê como nome ao ficheiro o n.º do exercício e o seu nome) e guarde

Leia mais

ESTRUTURA CONDICIONAL

ESTRUTURA CONDICIONAL AULA 6 ESTRUTURA CONDICIONAL 130 Tem como objetivo executar um conjunto de comandos caso uma condição lógica seja atendida. Quando a resposta lógica for falsa, nada será executado. Sintaxe Se CONDIÇÃO

Leia mais

Linguagem C Funções definidas pelo usuário. Lógica de Programação

Linguagem C Funções definidas pelo usuário. Lógica de Programação Linguagem C Funções definidas pelo usuário Lógica de Programação Caro(a) aluno(a), Trabalharemos agora com as funções criadas por vocês na Linguagem C. Bom trabalho!!! Funções C permite que o programador

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Estrutura Condicional em Java

Estrutura Condicional em Java Estrutura Condicional em Java Linguagem de Programação 1 O Java contém três tipos de instruções de seleção. A instrução if realiza uma ação se uma condição for verdadeira ou pula a ação se a condição for

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA DISCUSSÃO DOS EXERCÍCIOS E CONSTRUÇÃO DE PROGRAMAS SEQUENCIAIS. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA DISCUSSÃO DOS EXERCÍCIOS E CONSTRUÇÃO DE PROGRAMAS SEQUENCIAIS. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA DISCUSSÃO DOS EXERCÍCIOS E CONSTRUÇÃO DE PROGRAMAS SEQUENCIAIS Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar as soluções para os exercícios propostos Exercitar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de condição Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Estruturas de condição Estrutura condicional simples: Utilização da

Leia mais

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza ESTRUTURAS CONDICIONAIS Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURA CONDICIONAL ESTRUTURA DE REPETIÇÃO 2 Estruturas Condicionais

Leia mais

Estruturas de entrada e saída

Estruturas de entrada e saída capa Estruturas de entrada e saída - A linguagem C utiliza de algumas funções para tratamento de entrada e saída de dados. - A maioria dessas funções estão presentes na biblioteca . - As funções

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação CECOMP

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação CECOMP Algoritmos e Programação Ricardo Argenton Ramos Baseado nos slides do professor Jadsonlee da Silva Sá Criando um Algoritmo Os passos necessários para a construção de um algoritmo: ler atentamente o enunciado

Leia mais

10/02/2015. Introdução. Podemos classificar os tipos de dados a serem processados em dados e instruções Dados: Algoritmos e Lógica de Programação

10/02/2015. Introdução. Podemos classificar os tipos de dados a serem processados em dados e instruções Dados: Algoritmos e Lógica de Programação Introdução Algoritmos e Lógica de Programação Tipos de dados Podemos classificar os tipos de dados a serem processados em dados e instruções Dados: Informações a serem processadas pelo computador. Consideremos

Leia mais

Estruturas de Dados Aula 15: Árvores 17/05/2011

Estruturas de Dados Aula 15: Árvores 17/05/2011 Estruturas de Dados Aula 15: Árvores 17/05/2011 Fontes Bibliográficas Livros: Introdução a Estruturas de Dados (Celes, Cerqueira e Rangel): Capítulo 13; Projeto de Algoritmos (Nivio Ziviani): Capítulo

Leia mais

Algoritmos e Programação Parte Teórica

Algoritmos e Programação Parte Teórica Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Algoritmos e Programação Parte Teórica Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Capítulo 8. CICLOS. Tabela 8.1 Programa8a.f90.

Capítulo 8. CICLOS. Tabela 8.1 Programa8a.f90. Capítulo 8. CICLOS OBJETIVOS DO CAPÍTULO Conceito de ciclo Comandos do FORTRAN: DO END DO, EXIT 8.1 programa8a.f90 Para inicializar as atividades deste capítulo, deve-se executar: 1) Para acessar o programa

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 1. Introdução a Sistemas de Computação Noções de Lógica Introdução à Lógica de Programação

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 1. Introdução a Sistemas de Computação Noções de Lógica Introdução à Lógica de Programação CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 1 Introdução a Sistemas de Computação Noções de Lógica Introdução à Lógica de Programação Componentes de um Sistema de Computação - Hardware Parte física de um sistema

Leia mais

Programando em C++ Histórico da Linguagem C

Programando em C++ Histórico da Linguagem C Programando em C++ Joaquim Quinteiro Uchôa joukim@comp.ufla.br DCC-UFLA, 2002 Programando em C++ p.1/38 Histórico da Linguagem C Linguagem C: 1972 - Laboratório Bells, por Dennis Ritchie, a partir da linguagem

Leia mais

Analise o código abaixo:

Analise o código abaixo: Recursão - introdução Analise o código abaixo: 1 # include 2 # include 3 int Fatorial ( int x) 4 int k, s =1; for (k =0;k

Leia mais

Exercícios de Revisão Java Básico

Exercícios de Revisão Java Básico Exercícios de Revisão Java Básico (i) Programação básica (estruturada) 1) Faça um programa para calcular o valor das seguintes expressões: S 1 = 1 1 3 2 5 3 7 99... 4 50 S 2 = 21 50 22 49 23 48...250 1

Leia mais

Programação. MEAer. Bertinho Andrade da Costa. Instituto Superior Técnico. Introdução ao Pré-Processador. 2011/2012 1º Semestre

Programação. MEAer. Bertinho Andrade da Costa. Instituto Superior Técnico. Introdução ao Pré-Processador. 2011/2012 1º Semestre Programação MEAer Bertinho Andrade da Costa 2011/2012 1º Semestre Instituto Superior Técnico Introdução ao Pré-Processador Programação 2011/2012 DEEC-IST Introdução ao Pré-Processador 1 Sumário Introdução

Leia mais

Programação I. Introdução a Lógica de Programação

Programação I. Introdução a Lógica de Programação Engenharia de Controle e Automação Programação I Introdução a Lógica de Programação Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer Ementa Introdução a lógica de programação e algoritmos. Constantes, variáveis e

Leia mais

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C Resumo da Matéria de Linguagem de Programação Linguagem C Vitor H. Migoto de Gouvêa 2011 Sumário Como instalar um programa para executar o C...3 Sintaxe inicial da Linguagem de Programação C...4 Variáveis

Leia mais

Técnicas de Programação I

Técnicas de Programação I Técnicas de Programação I Conceitos básicos C/C++ Material baseado nas aulas da Profa. Isabel Harb Manssour http://www.inf.pucrs.br/~manssour/laproi, entre outros materias Operadores Aritméticos C++: Outros

Leia mais

Introdução à Programação. Armazenamento de Grande Quantidade de Informação Usando Vetores

Introdução à Programação. Armazenamento de Grande Quantidade de Informação Usando Vetores Introdução à Programação Armazenamento de Grande Quantidade de Informação Usando Vetores Armazenando Grande Quantidade de Informação Como armazenar tanta informação? Vetores! 2 Tópicos da Aula Hoje, aprenderemos

Leia mais

ALGORITMOS AULA 1. Profª Amanda Gondim

ALGORITMOS AULA 1. Profª Amanda Gondim ALGORITMOS AULA 1 Profª Amanda Gondim O que é lógica? NOÇÕES DE LÓGICA A lógica trata da correção do pensamento Ensina-nos a usar corretamente as leis do pensamento É a arte de pensar corretamente A forma

Leia mais

ALP Algoritmos e Programação

ALP Algoritmos e Programação ALP Algoritmos e Programação Estruturas de Seleção. Motivação. Conceito. Exemplos.Exercícios 1 Motivação Ex: Algoritmo para o cálculo de raízes reais de equações de 2º grau. - E se o delta ( ) for negativo?

Leia mais

Linguagem C. André Tavares da Silva.

Linguagem C. André Tavares da Silva. Linguagem C André Tavares da Silva dcc2ats@joinville.udesc.br Lógica de Programação O objetivo da lógica de programação é exercitar os métodos de raciocínio e elaborar soluções coerentes para determinados

Leia mais

Algoritmos Estruturas Seqüenciais. José Gustavo de Souza Paiva

Algoritmos Estruturas Seqüenciais. José Gustavo de Souza Paiva Algoritmos Estruturas Seqüenciais José Gustavo de Souza Paiva 1 Introdução Objetivo básico da computação auxiliar os seres humanos em trabalhos repetitivos e braçais, diminuindo i i d esforços e economizando

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Algoritmos e Programação Parte 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Linguagem C: Estruturas de Controle. Prof. Leonardo Barreto Campos 1

Linguagem C: Estruturas de Controle. Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Linguagem C: Estruturas de Controle Prof. Leonardo Barreto Campos 1 Sumário Estrutura de Controle e de Fluxo Comandos de Seleção: O comando if; Ifs Aninhados; A escada if-else-if; A expressão condicional;

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C Linguagem de uso geral (qualquer tipo de aplicação) Uma das linguagens mais utilizadas Foi utilizada

Leia mais

Informática de Gestão 1º ano / 1º semestre Ano letivo: 2014/2015. Visual Basic VBA

Informática de Gestão 1º ano / 1º semestre Ano letivo: 2014/2015. Visual Basic VBA Informática de Gestão 1º ano / 1º semestre Ano letivo: 2014/2015 Visual Basic VBA Macros Funções Conjunto de instruções que são executadas sempre que se desejar e pela ordem apresentada As funções são

Leia mais

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES II

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES II 1 Disciplina: ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES II Faculdade de Análise de Sistemas Práticas de Laboratório 1- Cronograma Previsto (este cronograma pode sofrer alterações em decorrência de ajustes

Leia mais

5 Apresentando a linguagem C

5 Apresentando a linguagem C 5 Apresentando a linguagem C O criador da linguagem de programação C foi Dennis Ritchie que, na década de 70, programou-a por meio de um computador DEC PDP-11 rodando sistema operacional Unix. Entretanto,

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 02 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Lógica de Programação Lógica de Programação é a técnica de criar sequências lógicas de ações para

Leia mais

Exercícios - Questões Objetivas

Exercícios - Questões Objetivas Exercícios - Questões Objetivas Apresentação 02 - Tipos de Dados 1. O nome de uma variável é criado por um programador devendo seguir algumas regras, são listas de nomes válidos, EXCETO: a) Nota1, Nota2,

Leia mais

Comandos If-else. Unesp Campus de Guaratinguetá. Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro. 5.

Comandos If-else. Unesp Campus de Guaratinguetá. Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro. 5. 5- A Lógica da Programação Comandos If-else Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro 1 5. A Lógica da programação 5.1 Introdução! Neste

Leia mais

Fila de Prioridade. Siang Wun Song - Universidade de São Paulo - IME/USP. MAC 5710 - Estruturas de Dados - 2008

Fila de Prioridade. Siang Wun Song - Universidade de São Paulo - IME/USP. MAC 5710 - Estruturas de Dados - 2008 MAC 5710 - Estruturas de Dados - 2008 Fila de prioridade Fila de prioridade é uma estrutura de dado que mantém uma coleção de elementos, cada um com uma prioridade associada. Valem as operações seguintes.

Leia mais

Programação para Computação

Programação para Computação Universidade Federal do Vale do São Francisco Programação para Computação Professor: Marcelo Santos Linder E-mail: marcelo.linder@univasf.edu.br Ementa Conceito de algoritmo. Lógica de programação e programação

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Universidade ederal de Santa Maria Prof. Cesar Tadeu Pozzer Lógica e Algoritmo ELC1064 15/01/2013 Lógica de Programação 1. Algoritmo Algoritmo pode ser definido como um método para a solução de um determinado

Leia mais

Algoritmos e Programação usando a Linguagem C. Prof. MSc. Renato Afonso Cota Silva

Algoritmos e Programação usando a Linguagem C. Prof. MSc. Renato Afonso Cota Silva Algoritmos e Programação usando a Linguagem C Prof. MSc. Renato Afonso Cota Silva 1 2 Aula 1 Introdução à Linguagem C... 4 1.1 Introdução... 4 1.2 Fundamentos da Linguagem... 5 1.3 Comandos de Entrada

Leia mais

Bases de Dados 2007/2008. Aula 8

Bases de Dados 2007/2008. Aula 8 Bases de Dados 2007/2008 Aula 8 1. T-SQL 2. VARIÁVEIS 3. CURSORES 4. PROCEDIMENTOS 5. EXERCÍCIOS Sumário Referências http://msdn2.microsoft.com/en-us/library/ms189826.aspx (linguagem t-sql) http://www.di.ubi.pt/~pprata/bd/bd0405-proc.sql

Leia mais

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação Estrutura de Dados AULA 6 Filas Estrutura de Dados A Estrutura de Dados Fila Fila é uma estrutura de dados usada em programação, que tem regras para

Leia mais

Aula 3 Desvio Condicional

Aula 3 Desvio Condicional Aula 3 Desvio Condicional ROTEIRO DA AULA Desvio Condicional Simples Desvio Condicional Composto Desevio Condicional Aninhado Desvio Condicional em JAVA 2 DESVIO CONDICIONAL Um desvio condicional é usado

Leia mais

compreender a importância de cada estrutura de controle disponível na Linguagem C;

compreender a importância de cada estrutura de controle disponível na Linguagem C; Aula 3 Estruturas de controle Objetivos Esperamos que, ao final desta aula, você seja capaz de: compreender a importância de cada estrutura de controle disponível na Linguagem C; construir programas em

Leia mais

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro. Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível.

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro. Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível. Caso de estudo O cartão fidelidade Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível. Definição em JAVA da classe CartaoFidelidade, que deverá apresentar uma funcionalidade semelhante

Leia mais

Curso de C. Introdução. Copyright @ 2005 by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber

Curso de C. Introdução. Copyright @ 2005 by Arnaldo V. Moura e Daniel F. Ferber Curso de C Introdução Introdução Roteiro: Recordando Algoritmos Linguagem de Programação O computador Instruções de Máquina Níveis de Abstração Compilação Algoritmos Recordando: Algoritmo: conjunto finito

Leia mais

Pilhas. Fabrício J. Barth. BandTec - Faculdade de Tecnologia Bandeirantes

Pilhas. Fabrício J. Barth. BandTec - Faculdade de Tecnologia Bandeirantes Pilhas Fabrício J. Barth BandTec - Faculdade de Tecnologia Bandeirantes Fevereiro de 2011 Tópicos Principais Introdução Interface do tipo pilha Exemplo de uso: verificação de expressões Implementação de

Leia mais

cast poderia ser usado também para transformar um real (float) em inteiro. A sintaxe C (float)i pode ser substituída em C++ por float(i).

cast poderia ser usado também para transformar um real (float) em inteiro. A sintaxe C (float)i pode ser substituída em C++ por float(i). Cast (conversão) Um tipo de dado pode ser convertido momentaneamente em outro tipo com um cast. Em linguagem C a sintaxe usada é formada pelo tipo desejado entre parênteses precedendo a expressão a ser

Leia mais

7. Técnicas de Programação

7. Técnicas de Programação 7. Professor: Vlademir de Oliveira Disciplina: Microcontroladores e DSP 7.1 Fluxograma Definições Início/Fim Sub-rotinas Tomada de decisão Terminação 7.1 Fluxograma Exercícios Ex.1: Testa um botão e acende

Leia mais

P r o g r a m a ç ã o d e C o m p u t a d o r e s 1 o S e m - 2 0 1 3 P r o f. A n d r é A m a r a n t e L u i z L A B 5 tag %2d while printf PE1:

P r o g r a m a ç ã o d e C o m p u t a d o r e s 1 o S e m - 2 0 1 3 P r o f. A n d r é A m a r a n t e L u i z L A B 5 tag %2d while printf PE1: Inteligência É a faculdade de criar objetos artificiais, especialmente ferramentas para fazer ferramentas. Henri Bergson. WHILE Além dos comandos if-else e switch, o controle de fluxo de um programa pode

Leia mais

float vantagem(float candidato[], float concorrente[], int n);

float vantagem(float candidato[], float concorrente[], int n); Questão 1 [Valor: 3,0 pontos] O candidato a um cargo eletivo contratou um instituto de pesquisa de opinião para acompanhar seu desempenho durante a campanha eleitoral. Esse instituto realizou n pesquisas

Leia mais

Introdução à Programação em C

Introdução à Programação em C Introdução à Programação em C Tipos e Operadores Elementares Estruturas de Controlo Resumo Novidades em C Exemplo: Factorial Tipos de Dados Básicos Saltos Condicionais: if-then-else Valor de retorno de

Leia mais