ESTUDO DOS CUSTOS DO SERVIÇO REGULAR DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ-SC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO DOS CUSTOS DO SERVIÇO REGULAR DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ-SC"

Transcrição

1 SETUF - Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros da Grande Florianópolis ESTUDO DOS CUSTOS DO SERVIÇO REGULAR DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ-SC junho/14

2 PUBLICAÇÃO DA PLANILHA DE CUSTOS DO SERVIÇO PÚBLICO DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ-SC EM CUMPRIMENTO DA LEI Nº 5.378/2014. RESUMO DA PLANILHA junho/14 1. INDICADORES OPERACIONAIS Indicador Unidade Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA Demanda Equivalente pass/mês Oferta km/mês , , , , ,67 Efetiva veículos Total veículos PMM km/veículo.mês 4.452, , , , ,32 IPK passageiros/km 0,94 1,83 1,65 1,09 1,24 Quilômetro R$/km 5,4101 5, ,9452 4,0683 4,7309 Custo Final por Passageiro R$/passageiro 5,75 3,24 9,04 3,74 3,81 Tarifas Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA Tarifa Técnica R$ 5,75 R$ 3,25 R$ 9,05 R$ 3,75 R$ 3,80 Tarifa Vigente R$ 1,70 R$ 1,95 R$ 2,10 R$ 2,20 R$ 2,07 Variação 238,2% 66,7% 331,0% 70,5% 83,1% 2. PLANILHA DE CUSTO OPERACIONAL (R$) ITEM Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA CUSTOS VARIÁVEIS: , , , , ,17 Combustível , , , , ,93 Lubrificantes 1.871, ,77 158, , ,35 Rodagem 2.241, ,46 190, , ,90 Peças e Acessórios 2.732, ,90 683, , ,00 CUSTOS FIXOS: , , , , ,80 Capital: 7.871, , , , ,91 Depreciação: 1.540, , , , ,66 Veículos 949, , , , ,19 Validadores 243,70 487,40 0,00 828, ,68 S.B.E 243,70 487,40 0,00 828, ,68 M.I.E. 103,50 207,00 20,70 351,90 683,10 Remuneração: 6.330, , , , ,25 Veículos 2.105, , , , ,83 Validadores 146,22 292,44 0,00 497,15 935,81 S.B.E 146,22 292,44 0,00 497,15 935,81 M.I.E , ,00 724, , ,50 Almoxarifado 310,50 621,00 62, , ,30 Pessoal: , , , , ,78 Operação , , , , ,83 Manutenção 4.595, , , , ,06 Administração 3.063, ,71 752, , ,71 Benefícios 9.471, , , , ,42 Diretoria 1.661, ,79 903, , ,76 Administração 1.893, ,31 378, , ,12 Tarifa de Utilização 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Outras Despesas 1.893, ,31 378, , ,12 IMPOSTOS 6.744, , , , ,30 TOTAL CUSTO OPERAÇÃO , , , , ,27 3. DEMONSTRATIVO DO RESULTADO MENSAL (R$) CUSTO TOTAL , , , , ,27 RECEITA , , , , ,30 RESULTADO MENSAL Déficit/Superávit , , , , ,97 RESULTADO ACUMULADO desde Junho/ , , , , ,97 Obs: Planilha de custo analítica esta disponível dos sites das operadoras (Biguaçú, Estrela, Jotur e RST) 2/60

3 CUSTOS DE OPERAÇÃO (R$/Km) ITEM Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA CUSTOS VARIÁVEIS: 1,2776 1,2978 1,5761 1,2282 1,2524 Combustível 0,8932 0,8932 0,8932 0,8932 0,8932 Lubrificantes 0,1051 0,1051 0,1051 0,1051 0,1051 Rodagem 0,1259 0,1259 0,1259 0,1259 0,1259 Peças e Acessórios 0,1534 0,1736 0,4519 0,1041 0,1283 CUSTOS FIXOS: 3,7538 4, ,3230 2,5553 3,1473 Capital: 0,4420 0,5988 2,9320 0,3325 0,4283 Depreciação: 0,0865 0,2075 1,5834 0,1095 0,1426 Veículos 0,0533 0,1741 1,5697 0,0903 0,1188 Validadores 0,0137 0,0138 0,0000 0,0079 0,0098 S.B.E 0,0137 0,0138 0,0000 0,0079 0,0098 M.I.E. 0,0058 0,0058 0,0137 0,0034 0,0043 Remuneração: 0,3555 0,3914 1,3486 0,2230 0,2857 Veículos 0,1182 0,1527 0,8283 0,0862 0,1115 Validadores 0,0082 0,0083 0,0000 0,0047 0,0059 S.B.E 0,0082 0,0083 0,0000 0,0047 0,0059 M.I.E. 0,2034 0,2046 0,4793 0,1173 0,1497 Almoxarifado 0,0174 0,0175 0,0411 0,0101 0,0128 Pessoal: 3,2055 3,5004 9,1404 2,1615 2,6407 Operação 2,1503 2,4228 6,2244 1,5089 1,8276 Manutenção 0,2580 0,2907 0,7469 0,1811 0,2193 Administração 0,1720 0,1938 0,4980 0,1207 0,1462 Benefícios 0,5318 0,5512 1,0731 0,3205 0,4023 Diretoria 0,0933 0,0418 0,5980 0,0303 0,0453 Administração 0,1063 0,1069 0,2505 0,0613 0,0782 Tarifa de Utilização 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 Outras Despesas 0,1063 0,1069 0,2505 0,0613 0,0782 IMPOSTOS 0,3787 0,4143 1,0462 0,2848 0,3312 TOTAL 5,4101 5, ,9452 4,0683 4,7309 PARTICIPAÇÕES DOS CUSTOS DE OPERAÇÃO ITEM Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA CUSTOS VARIÁVEIS: 23,62% 21,93% 10,55% 30,19% 26,47% Combustível 16,51% 15,09% 5,98% 21,96% 18,88% Lubrificantes 1,94% 1,78% 0,70% 2,58% 2,22% Rodagem 2,33% 2,13% 0,84% 3,09% 2,66% Peças e Acessórios 2,84% 2,93% 3,02% 2,56% 2,71% CUSTOS FIXOS: 69,38% 71,07% 82,45% 62,81% 66,53% Capital: 8,17% 10,12% 19,62% 8,17% 9,05% Depreciação: 1,60% 3,51% 10,59% 2,69% 3,01% Veículos 0,99% 2,94% 10,50% 2,22% 2,51% Validadores 0,25% 0,23% 0,00% 0,19% 0,21% S.B.E 0,25% 0,23% 0,00% 0,19% 0,21% M.I.E. 0,11% 0,10% 0,09% 0,08% 0,09% Remuneração: 6,57% 6,61% 9,02% 5,48% 6,04% Veículos 2,19% 2,58% 5,54% 2,12% 2,36% Validadores 0,15% 0,14% 0,00% 0,12% 0,12% S.B.E 0,15% 0,14% 0,00% 0,12% 0,12% M.I.E. 3,76% 3,46% 3,21% 2,88% 3,16% Almoxarifado 0,32% 0,30% 0,27% 0,25% 0,27% Pessoal: 59,25% 59,15% 61,16% 53,13% 55,82% Operação 39,75% 40,94% 41,65% 37,09% 38,63% Manutenção 4,77% 4,91% 5,00% 4,45% 4,64% Administração 3,18% 3,28% 3,33% 2,97% 3,09% Benefícios 9,83% 9,31% 7,18% 7,88% 8,50% Diretoria 1,72% 0,71% 4,00% 0,75% 0,96% Administração 1,97% 1,81% 1,68% 1,51% 1,65% Tarifa de Utilização 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% Outras Despesas 1,97% 1,81% 1,68% 1,51% 1,65% IMPOSTOS 7,00% 7,00% 7,00% 7,00% 7,00% TOTAL 100,00% 100,00% 100,00% 100,00% 100,00% Tarifa Vigente R$/passageiro 1,70 1,95 2,10 2,20 2,07 Quilômetro R$/km 5,4101 5, ,9452 4,0683 4,7309 IPK Calculado passageiros/km 0,9415 1,8276 1,6532 1,0888 1,2415 3/60

4 SETUF ESTUDO DOS CUSTOS SERVIÇO REGULAR DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ-SC junho-14 INSUMOS BÁSICOS 1. PASSAGEIROS EQUIVALENTES MÉDIOS MENSAIS Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Demanda QUILOMETRAGEM MENSAL Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema KMM , , , , ,07 3. PARTIDAS MENSAIS Modelo do Veículo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Total de Partidas FROTA TOTAL Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema M. ÚNICO PNEUS Modelo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema M. ÚNICO DISTRIBUIÇÃO ETÁRIA DA FROTA Idade Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema 0 a a a a a a a a a a a a a a a de Total /60

5 7. PREÇOS DOS INSUMOS (R$) 7.1 Preço de Um Litro de Combustível Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Preço 2,1017 2,1017 2,1017 2,1017 2, Salário-Base Mensal (R$) Motorista 1.807, Cobrador 1.084, Agente de Terminal 0, Fiscal/Despachante Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Valor 1.661, ,79 903, , , Benefício Mensal Total Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Valor 9.471, , , , , Remuneração Mensal de Diretoria Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Valor 1.661, ,79 903, , , Despesa Anual com o Seguro de Resposabilidade Civil Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Valor 0,00 0,00 0,00 0,00 0, Despesa Anual com o Seguro Obrigatório por Veículo 396, Despesa Anual com o IPVA (R$) Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Valor 0,00 0,00 0,00 0,00 0, Receita Mensal com Publicidade Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Valor 0,00 0,00 0,00 0,00 0, Tarifa de Utilização 0,00 Modelo do Veículo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Total de Partidas 0,00 0,00 0,00 0,00 0, Preço do Veículo Modelo do Veículo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Carroceria , , , , ,00 Chassis , , , , ,00 MODELO ÚNICO , , , , ,00 5/60

6 7.11 Preço da Rodagem Pneu Modelo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema M. ÚNICO 1.290, , , , , Recapagem Câmara Modelo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema M. ÚNICO 365,00 365,00 365,00 365,00 365,00 Modelo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema M. ÚNICO Protetor Modelo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema M. ÚNICO 7.12 Preço dos Validadores por Veículo 2.924,41 Modelo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Por Veículo 2.924, ,41 0, , , Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica ,58 Modelo Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Por Veículo 2.924, ,41 0, , ,41 (R$) (R$) 6/60

7 Cálculos Preliminares (Média Mensal) - Dados referente ao período de 01/06/2013 a 31/05/2014 Passageiros Equivalentes Totais Quilometragem Média (km/mês) - (Produtiva) Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Biguaçú Biguaçú Estrela Estrela Jotur Jotur RST RST Média Anual Sistema ,45% 32,63% 1,26% 57,65% 100,00% 11,15% 22,17% 0,95% 65,74% 100,00% Partidas Mensais Distribuição da por Empresa por Patamar Média Mensal FROTA Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Biguaçú Biguaçú Estrela Estrela Jotur Jotur RST RST Sistema Total ,28% 23,10% 1,04% 59,58% 100,00% Operante Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA Tarifa de Utilização R$ 0,00 Biguaçú Estrela T.U. por Região Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Jotur R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 RST Sistema Distribuição da Remuneração de Diretoria por Patamar Operadora R$ Remuneração Patamar Executivo Regular Executivo Regular Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Biguaçú 1.807, , ,94 0,00 0,00 0, ,94 Estrela 1.807, , ,94 241,06 964,23 0,00 602,65 Jotur 1.807, , ,94 516,55 516,55 0,00 774,83 RST 1.807, , ,94 903,97 0,00 903,97 0,00 Sistema R$ 7.231, , , , ,79 903, ,42 Distribuição dos Benefícios por Patamar Operadora Uniforme Alimentação P.L.R. Valores Benefícios Patamar (Mês) (Mês) (Mês) Executivo Regular Executivo Regular Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 Sistema Biguaçú R$ 143,26 R$ ,00 R$ 2.346,92 R$ , , ,18 0,00 0,00 0, , ,18 Estrela R$ 270,40 R$ ,13 R$ 3.500,70 R$ , , , , ,32 0, , ,23 Jotur R$ 120,08 R$ ,00 R$ 1.735,64 R$ , , , , ,78 0, , ,72 RST R$ 65,00 R$ 2.776,30 R$ 402,99 R$ 3.244, , , ,15 0, ,15 0, ,29 Sistema R$ 598,74 R$ ,43 R$ 7.986,25 R$ , , , , , , , ,42 Salário Fiscal/Despachante Receita com Publicidade por Patamar Salário/Fiscal (R$) Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA Publicidade (R$) Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA Biguaçú 0,00 0,00 0, , ,94 Biguaçú 0,00 Estrela 241,06 964,23 0,00 602, ,94 Estrela 0,00 Jotur 516,55 516,55 0,00 774, ,94 Jotur 0,00 RST 903,97 0,00 903,97 0, ,94 RST 0,00 Sistema 1.661, ,79 903, , ,76 Sistema 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 7/60

8 Preço dos Validadores Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Preço Reajuste Validadores Preço / Veículo Preço Reajuste Preço / Veículo Aquisição R$ 2.666, R$ 2.924,41 Aquisição R$ ,58 Corrigido R$ 2.666,37 0,00% R$ 2.924,41 Corrigido R$ ,58 0,00% Líquido R$ ,58 31 R$ 2.924,41 Fatores de Utilização Operadora Motorista Cobrador Fiscal/ Agente de Terminal Lim. Inferior Lim. Superior Despachante FU Quantidade Oper. Motorista 2,20 2,80 Biguaçú 2,20 2,20 0,15 0, Cobrador 2,20 2,80 Estrela 2,20 2,20 0,15 0, Fiscal/Despachante 0,20 0,50 Jotur 2,20 2,20 0,15 0, RST 2,20 2,20 0,15 0, Sistema 2,20 2,20 0,15 0, Encargos Sociais FU Demonstrativo Encargos Sociais: ENCARGO SOCIAL GRUPO A GRUPO B GRUPO C GRUPO D TOTAL Fonte: Planilha do Município de Florian à Jan/2014. Motorista Cobrador Fiscal/ Agente de Cobrador Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA Despachante Terminal 2,20 2,20 2,20 2,20 2,20 Sistema 44,76 44,76 44,76 44,76 Agente Patamar 1 Patamar 2 Patamar 3 Patamar 4 SISTEMA 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 8/60

9 Índices COMBUSTÍVEL - Índice de Consumo (litros/km) Índice de Consumo: Intervalo: Microônibus 0,370 (0,35-0,39) Microônibus Longo 0,370 (0,35-0,39) Ônibus Leve 0,370 (0,35-0,39) Ônibus Pesado 0,475 (0,45-0,50) Ônibus Pesado Longo 0,475 (0,45-0,50) Ônibus Articulado 0,590 (0,53-0,65) Veículo Padrão Utilizado 0,425 (0,35-0,50) LUBRIFICANTES - (consumo equivalente em combustível) Índice de Consumo: Intervalo: Índice de Consumo (litros de comb./km) 0,05 (0,04-0,06) RODAGEM - Custo da Rodagem por Quilômetro Vida Útil (km/conjunto) Intervalo: Veículo Padrão ( ) PEÇAS E ACESSÓRIOS - Custo de Peças e Acessórios por Quilômetro Índice de Consumo: Intervalo: Veículo Padrão 0,0033 (0,0033-0,0083) ÍNDICES DE REMUNERAÇÃO Índice de Remuneração: Remuneração dos Validadores 0,0100 Remuneração do S.B.E. (Sistema de Bilhetagem Eletrônica) 0,0100 Remuneração de Máquinas, Instalações e Equipamentos 0,0035 Remuneração mensal do Almoxarifado (Índice Técnico) 0,0003 DESPESAS COM PESSOAL TRIBUTOS Índice Alíquotas Intervalo: Adotado: INSS 2,0000 Pessoal de Manutenção 0,1200 (0,12-0,15) PIS 0,0000 Pessoal Administrativo 0,0800 (0,08-0,13) COFINS 0,0000 Despesas Gerais 0,00167 (0, ,00333) ISS 5,0000 TOTAL TRIBUTOS 7,0000 9/60

10 10/60

11 Demonstrativo Encargos Sociais: ALÍQUOTA 16,80% 19,37% 5,34% 3,25% 44,76% Fonte: Planilha do Município de Florianópolis Referente 11/60

12 12/60

13 SETUF ESTUDO DOS CUSTOS SERVIÇO REGULAR DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ-SC junho/14 PATAMAR 1 1. INSUMOS BÁSICOS 1.1 PREÇO DE UM LITRO DE COMBUSTÍVEL 2, SALÁRIO-BASE MENSAL Motorista 1.807, Cobrador 1.084, Agente de Terminal 0, Fiscal/Despachante 1.661, BENEFÍCIO MENSAL TOTAL 9.471, REMUNERAÇÃO MENSAL TOTAL DE DIRETORIA 1.661, DESPESA ANUAL COM SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL 0, DESPESA ANUAL COM SEGURO OBRIGATÓRIO POR VEÍCULO 396, DESPESA ANUAL COM IPVA 0, DESPESA MENSAL COM A TARIFA DE UTILIZAÇÃO 0, RECEITA MENSAL COM PUBLICIDADE 0, PREÇO DOS VALIDADORES POR VEÍCULO 2.924, PREÇO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA POR VEÍCULO 2.924, PREÇO DA RODAGEM 2.1 PREÇO PONDERADO DE UM PNEU NOVO 1.290, PREÇO PONDERADO DE UMA RECAPAGEM 365, PREÇO PONDERADO DE UMA CÂMARA 0, PREÇO PONDERADO DE UM PROTETOR 0, PREÇO PONDERADO DA RODAGEM (6 pneus) 7.740, PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO 3.1 PREÇO PONDERADO DO VEÍCULO-PADRÃO COMPLETO , PREÇO PONDERADO DO VEÍCULO-PADRÃO MENOS A RODAGEM , PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO COMPLETO , PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO MENOS A RODAGEM , /60

14 4. DADOS OPERACIONAIS 4.1 QUANTIDADE DE PASSAGEIROS EQUIVALENTES MENSAIS FROTA Distribuição Etária da Idade Veículo (anos) Padrão 0 a a a a a a a a a a a a a a a de 15 0 Total Operante Reserva 25,0% Total QUILOMETRAGEM MENSAL PERCORRIDA Quilometragem Produtiva , Quilometragem Improdutiva (5%) 848, Quilometragem Total , PERCURSO MÉDIO MENSAL (PMM) Percurso Quilometragem Médio Mensal Percorrida Operante (km/veículo.mês) (km/mês) (veículos) PMM = ,18 / 4 = 4.452, ÍNDICE DE PASSAGEIROS EQUIVALENTES POR QUILÔMETRO (IPKeq) Passageiros Quilometragem IPKeq Equivalentes Percorrida (pass/km) (pass/mês) (km/mês) IPKeq = / ,18 = 0, /60

15 5. CUSTOS VARIÁVEIS 5.1 COMBUSTÍVEL Custo do Combustível por Quilômetro Preço Índice de Unitário Consumo Quilômetro (R$/litro) (litros/km) (R$/km) Veículo Padrão 2,102 x 0,425 = 0, (0,35-0,50) (Leve - Pesado) Ponderação do Custo do Combustível por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,89322 x 5 = 4, Custo Ponderado do Combustível por Quilômetro Soma 4, LUBRIFICANTES (consumo equivalente em combustível) Total Quilômetro Soma (veículos) (R$/km) 4,46611 / 5 = 0, RODAGEM Custo da Rodagem por Quilômetro Preço Índice de Unitário Consumo Quilômetro (R$/litro) (litros de comb./km) (R$/km) 2,102 x 0,05 = 0, (0,04-0,06) Preço Ponderado da Rodagem Vida Útil Quilômetro (R$/conjunto) (km/conjunto) (R$/km) Veículo Padrão ,0000 / = 0, ( ) Ponderação do Custo da Rodagem por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,1259 x 5 = 0, Soma 0, Custo Ponderado da Rodagem por Quilômetro Total Quilômetro Soma (veículos) (R$/km) 0,6293 / 5 = 0, /60

16 5.4 PEÇAS E ACESSÓRIOS Custo de Peças e Acessórios por Quilômetro Preço do Veículo Completo Índice de PMM Quilômetro (R$/veículo) Consumo (km/veículo) (R$/km) Veículo Padrão ,00 x 0,0033 / 4.452,29 = 0, (0,0033-0,0083) Ponderação do Custo de Peças e Acessórios por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,15343 x 5 = 0, Soma 0, Custo Ponderado de Peças e Acessórios por Quilômetro 5.5 CUSTO VARIÁVEL TOTAL Soma Total Quilômetro (R$.veículos/km) (veículos) (R$/km) 0,76713 / 5 = 0, Custo do Combustível Custo dos Lubrificantes (R$/km) (R$/km) 0, , Custo da Custo de Custo Rodagem Peças e Acessórios Variável Total (R$/km) (R$/km) (R$/km) 0, ,15343 = 1, /60

17 6. CUSTOS FIXOS 6.1 CUSTOS DE CAPITAL Depreciação Depreciação do Veículo Coeficiente de Depreciação Anual da de Veículo Padrão Idade (anos) Coeficiente 0 a 1 0 x 0,2000 = 0, a 2 0 x 0,1714 = 0, a 3 0 x 0,1429 = 0, a 4 0 x 0,1143 = 0, a 5 0 x 0,0857 = 0, a 6 0 x 0,0571 = 0, a 7 2 x 0,0286 = 0, a 8 0 x 0,0000 = 0, a 9 0 x 0,0000 = 0, a 10 0 x 0,0000 = 0, a 11 0 x 0,0000 = 0, a 12 0 x 0,0000 = 0, a 13 0 x 0,0000 = 0, a 14 1 x 0,0000 = 0, a 15 2 x 0,0000 = 0, de 15 0 x 0,0000 = 0,0000 Coeficiente de Depreciação Anual = 0, Depreciação Anual da de Veículo Padrão Depreciação Anual do Veículo Padrão Depreciação Mensal do Veículo Padrão Microônibus Veículo Padrão ,00 x 0,0572 = , ,67 / 5 = 2.279, ,53 / 12 = 189, Depreciação Mensal Depreciação Mensal doveículo Padrão (R$/km) (veículos) Produto 189,96 x 5 = 949, Soma (veículos) 949,81 / 5 = 189, Custo Ponderado de Depreciação do Veículo Depreciação Depreciação do Veículo da (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) Veículo Padrão 189,96 x 5 = 949, Depreciação Ponderada do Veículo Depreciação Total da = 949, ,81 / 5 = 189, /60

18 Depreciação dos Validadores Preço dos Validadores Coeficiente de Depreciação Depreciação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica 2.924,41 x 0,0167 = 48, Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Coeficiente de Depreciação Depreciação de Máquinas, Instalações e Equipamentos 2.924,41 x 0,0167 = 48, Preço do Veículo- Padrão Completo (R$/veículo) Coeficiente de Depreciação ,00 x 0,0001 = 20, Depreciação Total 189, , , ,70 = 308, Remuneração Remuneração do Veículo Coeficiente de Remuneração Anual da de Veículo Padrão Idade (anos) Coeficiente 0 a 1 0 x 0,1200 = 0, a 2 0 x 0,0960 = 0, a 3 0 x 0,0754 = 0, a 4 0 x 0,0583 = 0, a 5 0 x 0,0446 = 0, a 6 0 x 0,0343 = 0, a 7 2 x 0,0274 = 0, a 8 0 x 0,0240 = 0, a 9 0 x 0,0240 = 0, a 10 0 x 0,0240 = 0, a 11 0 x 0,0240 = 0, a 12 0 x 0,0240 = 0, a 13 0 x 0,0240 = 0, a 14 1 x 0,0240 = 0, a 15 2 x 0,0240 = 0, de 15 0 x 0,0240 = 0,0000 Coeficiente de Remuneração Anual = 0, Remuneração Anual da de Veículo Padrão Remuneração Anual do Veículo Padrão ,00 x 0,1268 = , Remuneração Mensal do Veículo Padrão ,17 / 5 = 5.053, ,23 / 12 = 421, /60

19 Ponderação da Remuneração Mensal do Veículo Padrão Veículo Padrão Remuneração Mensal Remuneração Mensal do Veículo Padrão (R$/km) (veículos) Produto 421,10 x 5 = 2.105, Soma 2.105,51 66 Soma (veículos) 2.105,51 / 5 = 421, Custo Ponderado de Remuneração do Veículo Remuneração Remuneração do Veículo da (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) Veículo Padrão 421,10 x 5 = 2.105, Remuneração Ponderada do Veículo Remuneração dos Validadores Remuneração Total da = 2.105, ,51 / 5 = 421, Preço dos Validadores Coeficiente de Remuneração Remuneração do Sistema de Bilhetagem Eletrônica 2.924,41 x 0,0100 = 29, Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Coeficiente de Remuneração Remuneração de Máquinas, Instalações e Equipamentos 2.924,41 x 0,0100 = 29, Preço do Veículo- Padrão Completo Remuneração mensal do Almoxarifado Coeficiente de (R$/veículo) Remuneração (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0035 = 724, Remuneração Total Preço do Veículo- Padrão Completo Índice (R$/veículo) Técnico (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0003 = 62, , , , , ,10 = 1.266, /60

20 6.1.3 Custo Total de Capital Depreciação Remuneração Custo Total Total Total de Capital (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 308, ,19 = 1.574, DESPESAS COM PESSOAL Pessoal de Operação Encargos Fator de Custo Salário-Base Sociais Utilização Mensal (R$/mês) (%) (funcionário/veículo) (R$/veículo.mês) Motorista 1.807,94 x ( ,76 / 100) x 2,20 = 5.757, Cobrador 1.084,78 x ( ,76 / 100) x 2,20 = 3.454, Agente de Terminal 0,00 x ( ,76 / 100) x 0,00 = 0, Fiscal / Despachante 1.661,58 x ( ,76 / 100) x 0,15 = 360, Despesa Mensal com Pessoal de Operação = 9.573, Pessoal de Manutenção Pessoal Administrativo Despesa com o Pessoal de Operação Despesa com o Pessoal de Manutenção (R$/mês) Coeficiente (R$/veículo.mês) 9.573,58 x 0,12 = 1.148, Despesa com o Pessoal de Operação Despesa com o Pessoal Administrativo (R$/mês) Coeficiente (R$/veículo.mês) 9.573,58 x 0,080 = 765, Benefícios Despesa com Benefício Total Operante Benefícios (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 9.471,75 / 4 = 2.367, Remuneração da Diretoria Despesa com a Remuneração Total Operante Remuneração da Diretoria (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 1.661,58 / 4 = 415, /60

21 6.2.6 Despesa Total com Pessoal Pessoal de Operação Pessoal de Manutenção (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 9.573, , Despesa com Pessoal Administrativo Benefícios Remuneração da Diretoria Pessoal (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 765, , ,40 = , DESPESAS ADMINISTRATIVAS Despesas Gerais Preço do Veículo- Padrão Leve Completo Despesas Gerais (R$/veículo) Coeficiente (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0017 = 345, Seguro de Responsabilidade Civil Despesa Anual Despesa Mensal com o Seguro Total com o Seguro (R$/ano) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / ( 5 x 12 ) = 0, Seguro Obrigatório IPVA Despesa Anual com o Seguro Despesa Mensal com o Seguro (R$/veículo.ano) (R$/veículo.mês) 396,49 / 12 = 33, Despesa Anual Despesa Mensal com o IPVA Total com o IPVA (R$/ano) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / ( 5 x 12 ) = 0, Tarifa de Utilização Publicidade Despesa com a Despesa com a Tarifa de Utilização Total Tarifa de Utilização (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / 5 = 0, Receita com Receita com Publicidade Total Publicidade (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / 5 = 0, /60

22 6.3.5 Despesas Administrativas Totais Despesas Seguro de Seguro Gerais Responsabilidade Civil Obrigatório (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 345,69 + 0, , Tarifa de Despesa IPVA Utilização Publicidade Administrativa (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 0,00 + 0,00-0,00 = 378, CUSTO FIXO TOTAL Custo de Capital e Administrativo Custo Total Despesa Custo de Capital de Capital Administrativa Total e Administrativo (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) 1.574, ,73 ) x 5 = 9.765, Custo de Pessoal Custo Fixo Total Despesa com Pessoal Operante Custo de Pessoal (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) ,63 x 4 = , Custo de Capital Custo Fixo e Administrativo Custo de Pessoal Total (R$/mês) (R$/mês) (R$/mês) 9.765, ,51 = , Custo Fixo Total por Quilômetro Custo Fixo Quilometragem Custo Fixo Total Total Total por Quilômetro (R$/mês) (km/mês) (R$/km) ,83 / ,18 = 3, /60

23 7. CÁLCULO FINAL DOS CUSTOS 7.1 CUSTO TOTAL POR QUILÔMETRO SEM TRIBUTOS 7.2 TRIBUTOS Custo Custo Fixo Total Quilômetro Variável Total por Quilômetro sem Tributos (R$/km) (R$/km) (R$/km) 1, ,75379 = 5, Soma das Alíquotas sobre a Receita Fator de Equivalência 7.3 CUSTO TOTAL COM TRIBUTOS Soma das Alíquotas 1 - [ 7 / 100 ] = 0, Quilômetro Quilômetro sem Tributos Fator com Tributos (R$/km) de Equivalência (R$/km) 5,03138 / 0,93000 = 5, CUSTO POR PASSAGEIRO Quilômetro IPKeq Passageiro (R$/km) (pass/km) (R$/pass) 5,41008 / 0,94147 = 5, /60

24 8. RESUMO PATAMAR 1 junho/14 CUSTO DE OPERAÇÃO ITEM R$/km % CUSTOS VARIÁVEIS: 1, ,62 Combustível 0, ,51 Lubrificantes 0, ,94 Rodagem 0, ,33 Peças e Acessórios 0, ,84 CUSTOS FIXOS: 3, ,38 Capital: 0, ,17 Depreciação: 0, ,60 Veículos 0, ,99 Validadores 0, ,25 S.B.E 0, ,25 M.I.E. 0, ,11 Remuneração: 0, ,57 Veículos 0, ,19 Validadores 0, ,15 S.B.E 0, ,15 M.I.E. 0, ,76 Almoxarifado 0, ,32 Pessoal: 3, ,25 Operação 2, ,75 Manutenção 0, ,77 Administração 0, ,18 Benefícios 0, ,83 Diretoria 0, ,72 Administração: 0, ,97 Tarifa de Utilização 0, ,00 Outras Despesas 0, ,97 IMPOSTOS 0, ,00 TOTAL 5, ,00 24/60

25 SETUF ESTUDO DOS CUSTOS SERVIÇO REGULAR DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ-SC junho/14 PATAMAR 2 1. INSUMOS BÁSICOS 1.1 PREÇO DE UM LITRO DE COMBUSTÍVEL 2, SALÁRIO-BASE MENSAL Motorista 1.807, Cobrador 1.084, Agente de Terminal 0, Fiscal/Despachante 1.480, BENEFÍCIO MENSAL TOTAL , REMUNERAÇÃO MENSAL TOTAL DE DIRETORIA 1.480, DESPESA ANUAL COM SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL 0, DESPESA ANUAL COM SEGURO OBRIGATÓRIO POR VEÍCULO 396, DESPESA ANUAL COM IPVA 0, DESPESA MENSAL COM A TARIFA DE UTILIZAÇÃO 0, RECEITA MENSAL COM PUBLICIDADE 0, PREÇO DOS VALIDADORES POR VEÍCULO 2.924, PREÇO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA POR VEÍCULO 2.924, PREÇO DA RODAGEM 2.1 PREÇO PONDERADO DE UM PNEU NOVO 1.290, PREÇO PONDERADO DE UMA RECAPAGEM 365, PREÇO PONDERADO DE UMA CÂMARA 0, PREÇO PONDERADO DE UM PROTETOR 0, PREÇO PONDERADO DA RODAGEM (6 pneus) 7.740, PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO 3.1 PREÇO PONDERADO DO VEÍCULO-PADRÃO COMPLETO , PREÇO PONDERADO DO VEÍCULO-PADRÃO MENOS A RODAGEM , PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO COMPLETO , PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO MENOS A RODAGEM , /60

26 4. DADOS OPERACIONAIS 4.1 QUANTIDADE DE PASSAGEIROS EQUIVALENTES MENSAIS FROTA Distribuição Etária da Idade Veículo (anos) Padrão 0 a a a a a a a a a a a a a a a de 15 1 Total Operante Reserva 11,1% Total QUILOMETRAGEM MENSAL PERCORRIDA Quilometragem Produtiva , Quilometragem Improdutiva (5%) 1.686, Quilometragem Total , PERCURSO MÉDIO MENSAL (PMM) Percurso Quilometragem Médio Mensal Percorrida Operante (km/veículo.mês) (km/mês) (veículos) PMM = ,79 / 9 = 3.935, ÍNDICE DE PASSAGEIROS EQUIVALENTES POR QUILÔMETRO (IPKeq) Passageiros Quilometragem IPKeq Equivalentes Percorrida (pass/km) (pass/mês) (km/mês) IPKeq = / ,79 = 1, /60

27 5. CUSTOS VARIÁVEIS 5.1 COMBUSTÍVEL Custo do Combustível por Quilômetro Preço Índice de Unitário Consumo Quilômetro (R$/litro) (litros/km) (R$/km) Veículo Padrão 2,102 x 0,425 = 0, (0,35-0,50) (Leve - Pesado) Ponderação do Custo do Combustível por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,89322 x 10 = 8, Custo Ponderado do Combustível por Quilômetro Soma 8, LUBRIFICANTES (consumo equivalente em combustível) Total Quilômetro Soma (veículos) (R$/km) 8,93223 / 10 = 0, RODAGEM Custo da Rodagem por Quilômetro Preço Índice de Unitário Consumo Quilômetro (R$/litro) (litros de comb./km) (R$/km) 2,102 x 0,05 = 0, (0,04-0,06) Preço Ponderado da Rodagem Vida Útil Quilômetro (R$/conjunto) (km/conjunto) (R$/km) Veículo Padrão ,0000 / = 0, ( ) Ponderação do Custo da Rodagem por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,1259 x 10 = 1, Soma 1, Custo Ponderado da Rodagem por Quilômetro Total Quilômetro Soma (veículos) (R$/km) 1,2586 / 10 = 0, /60

28 5.4 PEÇAS E ACESSÓRIOS Custo de Peças e Acessórios por Quilômetro Preço do Veículo Completo Índice de PMM Quilômetro (R$/veículo) Consumo (km/veículo) (R$/km) Veículo Padrão ,00 x 0,0033 / 3.935,20 = 0, (0,0033-0,0083) Ponderação do Custo de Peças e Acessórios por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,17359 x 10 = 1, Soma 1, Custo Ponderado de Peças e Acessórios por Quilômetro 5.5 CUSTO VARIÁVEL TOTAL Soma Total Quilômetro (R$.veículos/km) (veículos) (R$/km) 1,73587 / 10 = 0, Custo do Combustível Custo dos Lubrificantes (R$/km) (R$/km) 0, , Custo da Custo de Custo Rodagem Peças e Acessórios Variável Total (R$/km) (R$/km) (R$/km) 0, ,17359 = 1, /60

29 6. CUSTOS FIXOS 6.1 CUSTOS DE CAPITAL Depreciação Depreciação do Veículo Coeficiente de Depreciação Anual da de Veículo Padrão Idade (anos) Coeficiente 0 a 1 0 x 0,2000 = 0, a 2 0 x 0,1714 = 0, a 3 0 x 0,1429 = 0, a 4 1 x 0,1143 = 0, a 5 1 x 0,0857 = 0, a 6 3 x 0,0571 = 0, a 7 0 x 0,0286 = 0, a 8 0 x 0,0000 = 0, a 9 0 x 0,0000 = 0, a 10 0 x 0,0000 = 0, a 11 0 x 0,0000 = 0, a 12 0 x 0,0000 = 0, a 13 0 x 0,0000 = 0, a 14 0 x 0,0000 = 0, a 15 4 x 0,0000 = 0, de 15 1 x 0,0000 = 0,0000 Coeficiente de Depreciação Anual = 0, Depreciação Anual da de Veículo Padrão Depreciação Anual do Veículo Padrão Depreciação Mensal do Veículo Padrão Microônibus Veículo Padrão ,00 x 0,3713 = , ,24 / 10 = 7.398, ,52 / 12 = 616, Depreciação Mensal Depreciação Mensal doveículo Padrão (R$/km) (veículos) Produto 616,54 x 10 = 6.165, Soma (veículos) 6.165,44 / 10 = 616, Custo Ponderado de Depreciação do Veículo Depreciação Depreciação do Veículo da (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) Veículo Padrão 616,54 x 10 = 6.165, Depreciação Ponderada do Veículo Depreciação Total da = 6.165, ,44 / 10 = 616, /60

30 Depreciação dos Validadores Preço dos Validadores Coeficiente de Depreciação Depreciação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica 2.924,41 x 0,0167 = 48, Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Coeficiente de Depreciação Depreciação de Máquinas, Instalações e Equipamentos 2.924,41 x 0,0167 = 48, Preço do Veículo- Padrão Completo (R$/veículo) Coeficiente de Depreciação ,00 x 0,0001 = 20, Depreciação Total 616, , , ,70 = 734, Remuneração Remuneração do Veículo Coeficiente de Remuneração Anual da de Veículo Padrão Idade (anos) Coeficiente 0 a 1 0 x 0,1200 = 0, a 2 0 x 0,0960 = 0, a 3 0 x 0,0754 = 0, a 4 1 x 0,0583 = 0, a 5 1 x 0,0446 = 0, a 6 3 x 0,0343 = 0, a 7 0 x 0,0274 = 0, a 8 0 x 0,0240 = 0, a 9 0 x 0,0240 = 0, a 10 0 x 0,0240 = 0, a 11 0 x 0,0240 = 0, a 12 0 x 0,0240 = 0, a 13 0 x 0,0240 = 0, a 14 0 x 0,0240 = 0, a 15 4 x 0,0240 = 0, de 15 1 x 0,0240 = 0,0240 Coeficiente de Remuneração Anual = 0, Remuneração Anual da de Veículo Padrão Remuneração Anual do Veículo Padrão ,00 x 0,3258 = , Remuneração Mensal do Veículo Padrão ,91 / 10 = 6.491, ,89 / 12 = 540, /60

31 Ponderação da Remuneração Mensal do Veículo Padrão Veículo Padrão Remuneração Mensal Remuneração Mensal do Veículo Padrão (R$/km) (veículos) Produto 540,99 x 10 = 5.409, Soma 5.409,91 66 Soma (veículos) 5.409,91 / 10 = 540, Custo Ponderado de Remuneração do Veículo Remuneração Remuneração do Veículo da (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) Veículo Padrão 540,99 x 10 = 5.409, Remuneração Ponderada do Veículo Remuneração dos Validadores Remuneração Total da = 5.409, ,91 / 10 = 540, Preço dos Validadores Coeficiente de Remuneração Remuneração do Sistema de Bilhetagem Eletrônica 2.924,41 x 0,0100 = 29, Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Coeficiente de Remuneração Remuneração de Máquinas, Instalações e Equipamentos 2.924,41 x 0,0100 = 29, Preço do Veículo- Padrão Completo Remuneração mensal do Almoxarifado Coeficiente de (R$/veículo) Remuneração (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0035 = 724, Remuneração Total Preço do Veículo- Padrão Completo Índice (R$/veículo) Técnico (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0003 = 62, , , , , ,10 = 1.386, /60

32 6.1.3 Custo Total de Capital Depreciação Remuneração Custo Total Total Total de Capital (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 734, ,08 = 2.120, DESPESAS COM PESSOAL Pessoal de Operação Encargos Fator de Custo Salário-Base Sociais Utilização Mensal (R$/mês) (%) (funcionário/veículo) (R$/veículo.mês) Motorista 1.807,94 x ( ,76 / 100) x 2,20 = 5.757, Cobrador 1.084,78 x ( ,76 / 100) x 2,20 = 3.454, Agente de Terminal 0,00 x ( ,76 / 100) x 0,00 = 0, Fiscal / Despachante 1.480,79 x ( ,76 / 100) x 0,15 = 321, Despesa Mensal com Pessoal de Operação = 9.534, Pessoal de Manutenção Pessoal Administrativo Despesa com o Pessoal de Operação Despesa com o Pessoal de Manutenção (R$/mês) Coeficiente (R$/veículo.mês) 9.534,32 x 0,12 = 1.144, Despesa com o Pessoal de Operação Despesa com o Pessoal Administrativo (R$/mês) Coeficiente (R$/veículo.mês) 9.534,32 x 0,080 = 762, Benefícios Despesa com Benefício Total Operante Benefícios (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) ,10 / 9 = 2.169, Remuneração da Diretoria Despesa com a Remuneração Total Operante Remuneração da Diretoria (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 1.480,79 / 9 = 164, /60

33 6.2.6 Despesa Total com Pessoal Pessoal de Operação Pessoal de Manutenção (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 9.534, , Despesa com Pessoal Administrativo Benefícios Remuneração da Diretoria Pessoal (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 762, , ,53 = , DESPESAS ADMINISTRATIVAS Despesas Gerais Preço do Veículo- Padrão Leve Completo Despesas Gerais (R$/veículo) Coeficiente (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0017 = 345, Seguro de Responsabilidade Civil Despesa Anual Despesa Mensal com o Seguro Total com o Seguro (R$/ano) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / ( 10 x 12 ) = 0, Seguro Obrigatório IPVA Despesa Anual com o Seguro Despesa Mensal com o Seguro (R$/veículo.ano) (R$/veículo.mês) 396,49 / 12 = 33, Despesa Anual Despesa Mensal com o IPVA Total com o IPVA (R$/ano) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / ( 10 x 12 ) = 0, Tarifa de Utilização Publicidade Despesa com a Despesa com a Tarifa de Utilização Total Tarifa de Utilização (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / 10 = 0, Receita com Receita com Publicidade Total Publicidade (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 0,00 / 10 = 0, /60

34 6.3.5 Despesas Administrativas Totais Despesas Seguro de Seguro Gerais Responsabilidade Civil Obrigatório (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 345,69 + 0, , Tarifa de Despesa IPVA Utilização Publicidade Administrativa (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 0,00 + 0,00-0,00 = 378, CUSTO FIXO TOTAL Custo de Capital e Administrativo Custo Total Despesa Custo de Capital de Capital Administrativa Total e Administrativo (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) 2.120, ,73 ) x 10 = , Custo de Pessoal Custo Fixo Total Despesa com Pessoal Operante Custo de Pessoal (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) ,84 x 9 = , Custo de Capital Custo Fixo e Administrativo Custo de Pessoal Total (R$/mês) (R$/mês) (R$/mês) , ,54 = , Custo Fixo Total por Quilômetro Custo Fixo Quilometragem Custo Fixo Total Total Total por Quilômetro (R$/mês) (km/mês) (R$/km) ,88 / ,79 = 4, /60

35 7. CÁLCULO FINAL DOS CUSTOS 7.1 CUSTO TOTAL POR QUILÔMETRO SEM TRIBUTOS 7.2 TRIBUTOS Custo Custo Fixo Total Quilômetro Variável Total por Quilômetro sem Tributos (R$/km) (R$/km) (R$/km) 1, ,20617 = 5, Soma das Alíquotas sobre a Receita Fator de Equivalência 7.3 CUSTO TOTAL COM TRIBUTOS Soma das Alíquotas 1 - [ 7 / 100 ] = 0, Quilômetro Quilômetro sem Tributos Fator com Tributos (R$/km) de Equivalência (R$/km) 5,50392 / 0,93000 = 5, CUSTO POR PASSAGEIRO Quilômetro IPKeq Passageiro (R$/km) (pass/km) (R$/pass) 5,91819 / 1,82756 = 3, /60

36 8. RESUMO PATAMAR 2 junho/14 CUSTO DE OPERAÇÃO ITEM R$/km % CUSTOS VARIÁVEIS: 1, ,93 Combustível 0, ,09 Lubrificantes 0, ,78 Rodagem 0, ,13 Peças e Acessórios 0, ,93 CUSTOS FIXOS: 4, ,07 Capital: 0, ,12 Depreciação: 0, ,51 Veículos 0, ,94 Validadores 0, ,23 S.B.E 0, ,23 M.I.E. 0, ,10 Remuneração: 0, ,61 Veículos 0, ,58 Validadores 0, ,14 S.B.E 0, ,14 M.I.E. 0, ,46 Almoxarifado 0, ,30 Pessoal: 3, ,15 Operação 2, ,94 Manutenção 0, ,91 Administração 0, ,28 Benefícios 0, ,31 Diretoria 0, ,71 Administração: 0, ,81 Tarifa de Utilização 0, ,00 Outras Despesas 0, ,81 IMPOSTOS 0, ,00 TOTAL 5, ,00 36/60

37 SETUF ESTUDO DOS CUSTOS SERVIÇO REGULAR DE TRANSPORTE COLETIVO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ-SC junho/14 PATAMAR 3 1. INSUMOS BÁSICOS 1.1 PREÇO DE UM LITRO DE COMBUSTÍVEL 2, SALÁRIO-BASE MENSAL Motorista 1.807, Cobrador 1.084, Agente de Terminal 0, Fiscal/Despachante 903, BENEFÍCIO MENSAL TOTAL 1.622, REMUNERAÇÃO MENSAL TOTAL DE DIRETORIA 903, DESPESA ANUAL COM SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL 0, DESPESA ANUAL COM SEGURO OBRIGATÓRIO POR VEÍCULO 396, DESPESA ANUAL COM IPVA 0, DESPESA MENSAL COM A TARIFA DE UTILIZAÇÃO 0, RECEITA MENSAL COM PUBLICIDADE 0, PREÇO DOS VALIDADORES POR VEÍCULO 0, PREÇO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA POR VEÍCULO 0, PREÇO DA RODAGEM 2.1 PREÇO PONDERADO DE UM PNEU NOVO 1.290, PREÇO PONDERADO DE UMA RECAPAGEM 365, PREÇO PONDERADO DE UMA CÂMARA 0, PREÇO PONDERADO DE UM PROTETOR 0, PREÇO PONDERADO DA RODAGEM (6 pneus) 7.740, PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO 3.1 PREÇO PONDERADO DO VEÍCULO-PADRÃO COMPLETO , PREÇO PONDERADO DO VEÍCULO-PADRÃO MENOS A RODAGEM , PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO COMPLETO , PREÇO DO VEÍCULO-PADRÃO MENOS A RODAGEM , /60

38 4. DADOS OPERACIONAIS 4.1 QUANTIDADE DE PASSAGEIROS EQUIVALENTES MENSAIS FROTA Distribuição Etária da Idade Veículo (anos) Padrão 0 a a a a a a a a a a a a a a a de 15 0 Total Operante Reserva 0,0% Total QUILOMETRAGEM MENSAL PERCORRIDA Quilometragem Produtiva 1.439, Quilometragem Improdutiva (5%) 71, Quilometragem Total 1.511, PERCURSO MÉDIO MENSAL (PMM) Percurso Quilometragem Médio Mensal Percorrida Operante (km/veículo.mês) (km/mês) (veículos) PMM = 1.511,64 / 1 = 1.511, ÍNDICE DE PASSAGEIROS EQUIVALENTES POR QUILÔMETRO (IPKeq) Passageiros Quilometragem IPKeq Equivalentes Percorrida (pass/km) (pass/mês) (km/mês) IPKeq = / 1.511,64 = 1, /60

39 5. CUSTOS VARIÁVEIS 5.1 COMBUSTÍVEL Custo do Combustível por Quilômetro Preço Índice de Unitário Consumo Quilômetro (R$/litro) (litros/km) (R$/km) Veículo Padrão 2,102 x 0,425 = 0, (0,35-0,50) (Leve - Pesado) Ponderação do Custo do Combustível por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,89322 x 1 = 0, Custo Ponderado do Combustível por Quilômetro Soma 0, LUBRIFICANTES (consumo equivalente em combustível) Total Quilômetro Soma (veículos) (R$/km) 0,89322 / 1 = 0, RODAGEM Custo da Rodagem por Quilômetro Preço Índice de Unitário Consumo Quilômetro (R$/litro) (litros de comb./km) (R$/km) 2,102 x 0,05 = 0, (0,04-0,06) Preço Ponderado da Rodagem Vida Útil Quilômetro (R$/conjunto) (km/conjunto) (R$/km) Veículo Padrão ,0000 / = 0, ( ) Ponderação do Custo da Rodagem por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,1259 x 1 = 0, Soma 0, Custo Ponderado da Rodagem por Quilômetro Total Quilômetro Soma (veículos) (R$/km) 0,1259 / 1 = 0, /60

40 5.4 PEÇAS E ACESSÓRIOS Custo de Peças e Acessórios por Quilômetro Preço do Veículo Completo Índice de PMM Quilômetro (R$/veículo) Consumo (km/veículo) (R$/km) Veículo Padrão ,00 x 0,0033 / 1.511,64 = 0, (0,0033-0,0083) Ponderação do Custo de Peças e Acessórios por Quilômetro Quilômetro (R$/km) (veículos) Produto Veículo Padrão 0,45189 x 1 = 0, Soma 0, Custo Ponderado de Peças e Acessórios por Quilômetro 5.5 CUSTO VARIÁVEL TOTAL Soma Total Quilômetro (R$.veículos/km) (veículos) (R$/km) 0,45189 / 1 = 0, Custo do Combustível Custo dos Lubrificantes (R$/km) (R$/km) 0, , Custo da Custo de Custo Rodagem Peças e Acessórios Variável Total (R$/km) (R$/km) (R$/km) 0, ,45189 = 1, /60

41 6. CUSTOS FIXOS 6.1 CUSTOS DE CAPITAL Depreciação Depreciação do Veículo Coeficiente de Depreciação Anual da de Veículo Padrão Idade (anos) Coeficiente 0 a 1 0 x 0,2000 = 0, a 2 0 x 0,1714 = 0, a 3 1 x 0,1429 = 0, a 4 0 x 0,1143 = 0, a 5 0 x 0,0857 = 0, a 6 0 x 0,0571 = 0, a 7 0 x 0,0286 = 0, a 8 0 x 0,0000 = 0, a 9 0 x 0,0000 = 0, a 10 0 x 0,0000 = 0, a 11 0 x 0,0000 = 0, a 12 0 x 0,0000 = 0, a 13 0 x 0,0000 = 0, a 14 0 x 0,0000 = 0, a 15 0 x 0,0000 = 0, de 15 0 x 0,0000 = 0,0000 Coeficiente de Depreciação Anual = 0, Depreciação Anual da de Veículo Padrão Depreciação Anual do Veículo Padrão Depreciação Mensal do Veículo Padrão Microônibus Veículo Padrão ,00 x 0,1429 = , ,25 / 1 = , ,25 / 12 = 2.372, Depreciação Mensal Depreciação Mensal doveículo Padrão (R$/km) (veículos) Produto 2.372,85 x 1 = 2.372, Soma (veículos) 2.372,85 / 1 = 2.372, Custo Ponderado de Depreciação do Veículo Depreciação Depreciação do Veículo da (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) Veículo Padrão 2.372,85 x 1 = 2.372, Depreciação Ponderada do Veículo Depreciação Total da = 2.372, ,85 / 1 = 2.372, /60

42 Depreciação dos Validadores Preço dos Validadores Coeficiente de Depreciação Depreciação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica 0,00 x 0,0167 = 0, Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Coeficiente de Depreciação Depreciação de Máquinas, Instalações e Equipamentos 0,00 x 0,0167 = 0, Preço do Veículo- Padrão Completo (R$/veículo) Coeficiente de Depreciação ,00 x 0,0001 = 20, Depreciação Total 2.372,85 + 0, , ,70 = 2.393, Remuneração Remuneração do Veículo Coeficiente de Remuneração Anual da de Veículo Padrão Idade (anos) Coeficiente 0 a 1 0 x 0,1200 = 0, a 2 0 x 0,0960 = 0, a 3 1 x 0,0754 = 0, a 4 0 x 0,0583 = 0, a 5 0 x 0,0446 = 0, a 6 0 x 0,0343 = 0, a 7 0 x 0,0274 = 0, a 8 0 x 0,0240 = 0, a 9 0 x 0,0240 = 0, a 10 0 x 0,0240 = 0, a 11 0 x 0,0240 = 0, a 12 0 x 0,0240 = 0, a 13 0 x 0,0240 = 0, a 14 0 x 0,0240 = 0, a 15 0 x 0,0240 = 0, de 15 0 x 0,0240 = 0,0000 Coeficiente de Remuneração Anual = 0, Remuneração Anual da de Veículo Padrão Remuneração Anual do Veículo Padrão ,00 x 0,0754 = , Remuneração Mensal do Veículo Padrão ,20 / 1 = , ,20 / 12 = 1.252, /60

43 Ponderação da Remuneração Mensal do Veículo Padrão Veículo Padrão Remuneração Mensal Remuneração Mensal do Veículo Padrão (R$/km) (veículos) Produto 1.252,02 x 1 = 1.252, Soma 1.252,02 66 Soma (veículos) 1.252,02 / 1 = 1.252, Custo Ponderado de Remuneração do Veículo Remuneração Remuneração do Veículo da (R$/veículo.mês) (veículos) (R$/mês) Veículo Padrão 1.252,02 x 1 = 1.252, Remuneração Ponderada do Veículo Remuneração dos Validadores Remuneração Total da = 1.252, ,02 / 1 = 1.252, Preço dos Validadores Coeficiente de Remuneração Remuneração do Sistema de Bilhetagem Eletrônica 0,00 x 0,0100 = 0, Preço do Sistema de Bilhetagem Eletrônica Coeficiente de Remuneração Remuneração de Máquinas, Instalações e Equipamentos 0,00 x 0,0100 = 0, Preço do Veículo- Padrão Completo Remuneração mensal do Almoxarifado Coeficiente de (R$/veículo) Remuneração (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0035 = 724, Remuneração Total Preço do Veículo- Padrão Completo Índice (R$/veículo) Técnico (R$/veículo.mês) ,00 x 0,0003 = 62, ,02 + 0, , , ,10 = 2.038, /60

44 6.1.3 Custo Total de Capital Depreciação Remuneração Custo Total Total Total de Capital (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) (R$/veículo.mês) 2.393, ,62 = 4.432, DESPESAS COM PESSOAL Pessoal de Operação Encargos Fator de Custo Salário-Base Sociais Utilização Mensal (R$/mês) (%) (funcionário/veículo) (R$/veículo.mês) Motorista 1.807,94 x ( ,76 / 100) x 2,20 = 5.757, Cobrador 1.084,78 x ( ,76 / 100) x 2,20 = 3.454, Agente de Terminal 0,00 x ( ,76 / 100) x 0,00 = 0, Fiscal / Despachante 903,97 x ( ,76 / 100) x 0,15 = 196, Despesa Mensal com Pessoal de Operação = 9.409, Pessoal de Manutenção Pessoal Administrativo Despesa com o Pessoal de Operação Despesa com o Pessoal de Manutenção (R$/mês) Coeficiente (R$/veículo.mês) 9.409,07 x 0,12 = 1.129, Despesa com o Pessoal de Operação Despesa com o Pessoal Administrativo (R$/mês) Coeficiente (R$/veículo.mês) 9.409,07 x 0,080 = 752, Benefícios Despesa com Benefício Total Operante Benefícios (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 1.622,15 / 1 = 1.622, Remuneração da Diretoria Despesa com a Remuneração Total Operante Remuneração da Diretoria (R$/mês) (veículos) (R$/veículo.mês) 903,97 / 1 = 903, /60

ESTUDO DOS CUSTOS DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DE CRICIÚMA STPP/CRI

ESTUDO DOS CUSTOS DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DE CRICIÚMA STPP/CRI ESTUDO DOS CUSTOS DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DE CRICIÚMA STPP/CRI abril/2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE CRICIÚMA 2 ASTC SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS ESTUDO DOS CUSTOS

Leia mais

PLANILHA DE CUSTO E CÁLCULO TARIFÁRIO DO SISTEMA MUNICIPAL DE TRANSPORTE COLETIVO

PLANILHA DE CUSTO E CÁLCULO TARIFÁRIO DO SISTEMA MUNICIPAL DE TRANSPORTE COLETIVO 1 / 5 PLANILHA DE CUSTO E CÁLCULO TARIFÁRIO DO SISTEMA MUNICIPAL DE TRANSPORTE COLETIVO A. INSUMOS BÁSICOS Valor A1. Combustível (R$/l) 1,9620 A2. Rodagem (R$/unidade) Pneu Recapagem Câmara Ar Protetor

Leia mais

Planilha de Cálculo Tarifário 2014

Planilha de Cálculo Tarifário 2014 CPTRANS - Cia. Petropolitana de Trânsito e Transportes Diretoria Técnico-Operacional I - Custo Variável Planilha de Cálculo Tarifário 2014 1 - Combustível = Preço litro diesel 2,2876 x Coeficiente (litros

Leia mais

1 INSUMOS BÁSICOS un Custo Unitário

1 INSUMOS BÁSICOS un Custo Unitário 1 INSUMOS BÁSICOS un Custo Unitário 1.1 Preço de um litro de combustível R$ 1,9563 1.2 Preço de um pneu novo para veículo micro R$ 491,3400 1.3 Preço de um pneu novo para veículo leve R$ 927,4700 1.4 Preço

Leia mais

COMPANHIA DE TRÂNSITO E TRANSPORTE DE MACAPÁ

COMPANHIA DE TRÂNSITO E TRANSPORTE DE MACAPÁ COMPANHIA DE TRÂNSITO E TRANSPORTE DE MACAPÁ SISTEMA DE TRANSPORTE DE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DE MACAPÁ DEMONSTRATIVO DOS VALORES E PERCENTUAIS DOS ITENS ELENCADOS NO CUSTO TARIFÁRIO 20% COMBUSTÍVEL 48%

Leia mais

a.) Dados de Preços de Insumos

a.) Dados de Preços de Insumos PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - PREÇOS DE INSUMOS Data de Referência: - Dia, Mês e Ano Vigente 01/06/15 Ano Vigente - Ano Vigente 2015 - Total de Dias do Ano 365 Período Referencial de Custos - Total

Leia mais

[¹] Soma dos benefícios pagos pelas empresas operadoras por decisão judicial ou que tenham aval do órgão de gerência local.

[¹] Soma dos benefícios pagos pelas empresas operadoras por decisão judicial ou que tenham aval do órgão de gerência local. INSUMOS BÁSICOS Para o cálculo da tarifa é necessário que se conheçam os seguintes dados Preço de um litro de combustível (R$ 2,0853) + Frete (R$ 0,0318) R$ 2,1171 1 Preço de um pneu novo p/ veículo leve

Leia mais

SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE JOINVILLE CÁLCULO DO CUSTO DO PASSAGEIRO TRANSPORTADO - ENSAIO TÉCNICO Sistema Regular Convencional

SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE JOINVILLE CÁLCULO DO CUSTO DO PASSAGEIRO TRANSPORTADO - ENSAIO TÉCNICO Sistema Regular Convencional I - Preços dos Insumos Básicos SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE JOINVILLE Insumos Preço (R$) Tarifa Vigente - Combustível Óleo Diesel 1,7150 R$/L Passagem Antecipada 2,30 R$/Pass Composição I Pneu

Leia mais

SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE JOINVILLE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS SERVIÇO PÚBLICO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO

SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE JOINVILLE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS SERVIÇO PÚBLICO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO I - Preços dos Insumos Básicos Insumos Preço (R$) Tarifa Vigente - Combustível Óleo Diesel 2,3178 R$/L Passagem Antecipada 3,00 R$/Pass Composição I Pneu - I 686,38 Ud Passagem Embarcada 3,50 R$/Pass Material

Leia mais

TARIFA SIMPLIFICADA METODOLODIA DE UBERLÂNDIA-MG DADOS TÉCNICOS DO CTA ESTATÍSTICAS

TARIFA SIMPLIFICADA METODOLODIA DE UBERLÂNDIA-MG DADOS TÉCNICOS DO CTA ESTATÍSTICAS TARIFA SIMPLIFICADA METODOLODIA DE UBERLÂNDIA-MG SETTRAN - secretaria Municipal de Trânsito e Transportes CTA - Controle de tráfego em área Autor: Aílton Borges SETTRAN- - Tarifa simplificada metodologia...

Leia mais

FLUXO DE CAIXA PARA DETERMINAÇÃO DA TARIFA

FLUXO DE CAIXA PARA DETERMINAÇÃO DA TARIFA PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPECÓ SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES CÁLCULO TARIFÁRIO SERVIÇOS PÚBLICOS DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DO MUNICÍPIO FLUXO DE CAIXA PARA DETERMINAÇÃO DA TARIFA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS 1. Entrada de Dados 1.1 Dados de Oferta Sem Ociosidade Ociosidade PMM (Frota Efetiva) 7.691,99 4% 7.999,67 HVM (Frota Efetiva) 380,89 FROTA PATRIMONIAL 759 FROTA OPERACIONAL 738 1.2. Parâmetros 1.2.1 Combustível

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES EMPRESA PÚBLICA DE TRANSPORTE E CIRCULAÇÃO CUSTOS VARIÁVEIS COMBUSTÍVEL Tipo de Veículo Motor Ar Câmbio Coef. Frota Custo km LEVE (micro) DIANTEIRO SEM SEM 0,3210 1 R$0,65 LEVE DIANTEIRO SEM SEM 0,3970 0 R$0,00 LEVE TRASEIRO COM COM 0,5025 12 R$12,15

Leia mais

Planilha de Apropriação de Custos - Uberaba / MG

Planilha de Apropriação de Custos - Uberaba / MG 1 Determinação do Preço Relativo aos Custos Variáveis 1.1 Óleo Diesel Índice de Consumo Preço Custo / Km 1.1.1 Convencional 0,3500 (l/km) x 1,7000 /l = 0,5950 /km 1.1.2 Micro Ônibus 0,2600 (l/km) x 1,7000

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE I - Preços dos Insumos Básicos Insumos Preço (R$) Tarifa Vigente - Combustível Óleo Diesel 1,8982 R$/L Passagem Antecipada 2,05 R$/Pass Composição I Pneu - I 526,74 Ud Passagem Embarcada 2,50 R$/Pass Material

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo VI B Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira Anexo VI B Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira

Leia mais

Painel: Custo, Qualidade, Remuneração e Tarifa do Transporte Público. Tema: Planilha Tarifária. Agosto/2013

Painel: Custo, Qualidade, Remuneração e Tarifa do Transporte Público. Tema: Planilha Tarifária. Agosto/2013 Painel: Custo, Qualidade, Remuneração e Tarifa do Transporte Público Tema: Planilha Tarifária Agosto/2013 Planilha Tarifária São Paulo Abrangência: Sistema de transporte sobre pneus no município de São

Leia mais

Plano Municipal de Transporte Coletivo Urbano de Itapoá - SC AUDIÊNCIA PÚBLICA

Plano Municipal de Transporte Coletivo Urbano de Itapoá - SC AUDIÊNCIA PÚBLICA Plano Municipal de Transporte Coletivo - SC AUDIÊNCIA PÚBLICA Maio - 2012 1 - Apresentação A Administração Municipal de Itapoá contratou este estudo técnico com o objetivo de melhorar a qualidade do serviço

Leia mais

a.) Dados de Preços de Insumos

a.) Dados de Preços de Insumos PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - PREÇOS DE INSUMOS Data de Referência: - Dia, Mês e Ano Vigente 01/06/15 Ano Vigente - Ano Vigente 2015 - Total de Dias do Ano 365 Período Referencial de Custos - Total

Leia mais

a.) Dados de Preços de Insumos

a.) Dados de Preços de Insumos PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - PREÇOS DE INSUMOS Data de Referência: - Dia, Mês e Ano Vigente 01/06/14 Ano Vigente - Ano Vigente 2014 - Total de Dias do Ano 365 Período Referencial de Custos - Total

Leia mais

SERVIÇO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DA CIDADE DE SOROCABA PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - PREÇOS DE INSUMOS

SERVIÇO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DA CIDADE DE SOROCABA PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - PREÇOS DE INSUMOS PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - PREÇOS DE INSUMOS PLANILHA DE CÁLCULO - TARIFA TÉCNICA SISTEMA (LOTE 1 E LOTE 2) Data de Referência: - Dia, Mês e Ano Vigente 01/06/14 Base Inicial Ano Vigente - Ano

Leia mais

a.) Dados de Preços de Insumos

a.) Dados de Preços de Insumos PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - PREÇOS DE INSUMOS Data de Referência: - Dia, Mês e Ano Vigente 01/06/14 Ano Vigente - Ano Vigente 2014 - Total de Dias do Ano 365 Período Referencial de Custos - Total

Leia mais

ANEXO VIII Cálculo da Tarifa de Remuneração Máxima Admitida

ANEXO VIII Cálculo da Tarifa de Remuneração Máxima Admitida CONCORRÊNCIA PÚBLICA N ##/2013 CONCESSÃO DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO DE PASSAGEIROS DO MUNICÍPIO DE RIO DO SUL ANEXO VIII Cálculo da Tarifa de Remuneração Máxima Admitida novembro-13 A presente

Leia mais

ANEXO XII INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ECONÔMICO

ANEXO XII INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ECONÔMICO INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ECONÔMICO 1. APRESENTAÇÃO Neste anexo são apresentadas as instruções para o preenchimento dos quadros para as projeções econômico-financeiras. Os modelos dos

Leia mais

ANEXO XIII PLANILHAS MODELO PARA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ECONÔMICO

ANEXO XIII PLANILHAS MODELO PARA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ECONÔMICO ANEXO XIII PLANILHAS MODELO PARA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ECONÔMICO ANEXO - PLANILHAS MODELO PARA ELABORAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA ECONÔMICO - Página 1 ÍNDICE DOS QUADROS Parte I - Informações do Sistema

Leia mais

SERVIÇO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DE SOROCABA

SERVIÇO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DE SOROCABA SERVIÇO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DE SOROCABA REFERÊNCIA METODOLÓGICA DE CÁLCULO DA TARIFA TÉCNICA PLANILHA DE CUSTO 1 Sumário 1. INTRODUÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA 02/2015 ANEXO IX - ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO.

EDITAL CONCORRÊNCIA 02/2015 ANEXO IX - ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO. EDITAL CONCORRÊNCIA 02/2015 ANEXO IX - ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO. Análise Econômico-financeira da Concessão A licitante deverá apresentar uma análise econômico-financeira da concessão,

Leia mais

METODOLOGIA DE CÁLCULO TARIFÁRIO NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE

METODOLOGIA DE CÁLCULO TARIFÁRIO NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE METODOLOGIA DE CÁLCULO TARIFÁRIO NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, 02 de setembro de 2013. RESOLUÇÃO

Leia mais

Onde: T = tarifa CT = custo total P = número de passageiros pagantes

Onde: T = tarifa CT = custo total P = número de passageiros pagantes 1 DEFINIÇÕES - GEIPOT Para o entendimento perfeito dos procedimentos adotados neste documento são conceituados a seguir os termos empregados no cálculo da tarifa dos ônibus urbanos. No âmbito dos transportes

Leia mais

Anexo IV.2 Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-financeira

Anexo IV.2 Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-financeira Anexo IV.2 Instruções para Elaboração do Estudo de Viabilidade Econômico-financeira PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO... 2 1.1Planilha 1 Demonstração

Leia mais

Rua Estela, 515 Bloco B Cj. 81 - CEP 04011-002 - São Paulo / SP 5087-4242 - ettl@ettl.com.br - www.ettl.com.br

Rua Estela, 515 Bloco B Cj. 81 - CEP 04011-002 - São Paulo / SP 5087-4242 - ettl@ettl.com.br - www.ettl.com.br Rua Estela, 515 Bloco B Cj. 81 - CEP 04011-002 - São Paulo / SP 5087-4242 - ettl@ettl.com.br - www.ettl.com.br CÁLCULO DE TARIFA DE TRANSPORTE PÚBLICO POR AVALIAÇÃO DE LONGO PRAZO Stanislav Feriancic /

Leia mais

GERENCIAMENTO DE CUSTOS NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

GERENCIAMENTO DE CUSTOS NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E TRANSPORTES GERENCIAMENTO DE CUSTOS NO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS Disciplina: Logística e Distribuição

Leia mais

PROCESSO TARIFÁRIO DO TRANSPORTE COLETIVO METROPOLITANO DE PASSAGEIROS. Porto Alegre, 11 de maio de 2015.

PROCESSO TARIFÁRIO DO TRANSPORTE COLETIVO METROPOLITANO DE PASSAGEIROS. Porto Alegre, 11 de maio de 2015. PROCESSO TARIFÁRIO DO TRANSPORTE COLETIVO METROPOLITANO DE PASSAGEIROS Porto Alegre, 11 de maio de 2015. DIRETRIZES DA DIRETORIA DE TARIFAS Zelar pelo equilíbrio econômico-financeiro dos serviços públicos

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE APROPRIAÇÃO DE CUSTOS DO TRANSPORTE POR ÔNIBUS DE SALVADOR

DEMONSTRATIVO DE APROPRIAÇÃO DE CUSTOS DO TRANSPORTE POR ÔNIBUS DE SALVADOR DEMONSTRATIVO DE APROPRIAÇÃO DE CUSTOS DO TRANSPORTE POR ÔNIBUS DE SALVADOR CONCEITOS Tarifa É o valor cobrado do usuário de um serviço público. É uma decisão governamental, decorrente de uma política

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE APROPRIAÇÃO DE CUSTOS DO TRANSPORTE POR ÔNIBUS DE SALVADOR

DEMONSTRATIVO DE APROPRIAÇÃO DE CUSTOS DO TRANSPORTE POR ÔNIBUS DE SALVADOR DEMONSTRATIVO DE APROPRIAÇÃO DE CUSTOS DO TRANSPORTE POR ÔNIBUS DE SALVADOR CONCEITOS Tarifa É o valor cobrado do usuário de um serviço público. É uma decisão governamental, decorrente de uma política

Leia mais

Estudo Tarifário do Transporte Público Coletivo Urbano Municipal - INTERCAMP. 10.517.242 / mês

Estudo Tarifário do Transporte Público Coletivo Urbano Municipal - INTERCAMP. 10.517.242 / mês Diretoria de Planejamento e Projetos Gerência de Gestão do Transporte Público Departamento de e Indicadores do Transporte Público Estudo Tarifário do Transporte Público Coletivo Urbano Municipal - INTERCAMP

Leia mais

METODOLOGIA DE CÁLCULO DA TARIFA TÉCNICA

METODOLOGIA DE CÁLCULO DA TARIFA TÉCNICA METODOLOGIA DE CÁLCULO DA TARIFA TÉCNICA ÍNDICE 1. QUILOMETRAGEM 2. PASSAGEIROS 3. IPK 4. CUSTOS DEPENDENTES OU VARIÁVEIS 4.1. Combustível 4.2. Lubrificantes 4.3. Rodagem 4.4. Peças e acessórios e serviços

Leia mais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Capitulo I Disposições gerais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Capitulo I Disposições gerais 1 TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Capitulo I Disposições gerais Artigo 1º Objecto O presente regulamento estabelece a metodologia de Cálculo, Revisão e Ajuste do tarifário para o serviço de Transporte Colectivo

Leia mais

MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE

MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE 2013 2ª Edição MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE Porto Alegre, Julho de 2013 BRASIL,, Manual de Cálculo da Tarifa de Ônibus de

Leia mais

PREFEITURA DE ITABUNA ESTADO DE BAHIA

PREFEITURA DE ITABUNA ESTADO DE BAHIA ORÇAMENTO BÁSICO DO PROJETO (PLANILHA DE REFERÊNCIA) 1. TARIFA DE REFERÊNCIA. 1.1. PASSAGEIROS ECONÔMICOS MENSAIS Observando-se as correspondências da operadora à Prefeitura de Itabuna, constam os seguintes

Leia mais

SETRABH. Maio de 2015. Versão Final

SETRABH. Maio de 2015. Versão Final SETRABH Relatório de Atualização da Modelagem Econômico-financeira dos Contratos de Concessão após dois anos decorridos da Revisão Tarifária prevista em Contrato Versão Final Ernst & Young Assessoria Empresarial

Leia mais

PLANILHA DE CÁLCULO TARIFÁRIO SISTEMA URBANO DE VIAMÃO 2015 (REDE ATUAL) BACIA URBANA

PLANILHA DE CÁLCULO TARIFÁRIO SISTEMA URBANO DE VIAMÃO 2015 (REDE ATUAL) BACIA URBANA PLANILHA DE CÁLCULO TARIFÁRIO SISTEMA URBANO DE VIAMÃO 2015 (REDE ATUAL) BACIA URBANA I - CUSTOS VARIÁVEIS: A - COMBUSTÍVEL: TIPO DE VEÍCULO N DE VEÍCULOS LITRO COMBUSTÍVEL COEFICIENTE DE CONSUMO CUSTO

Leia mais

ANEXO I. 1 INSUMOS BÁSICOS un Custo Unitário

ANEXO I. 1 INSUMOS BÁSICOS un Custo Unitário 1 INSUMOS BÁSICOS un Custo Unitário 1.1 Preço de um litro de combustível R$ 1,7179 1.2 Preço de um pneu novo para veículo micro R$ 457,1400 1.3 Preço de um pneu novo para veículo leve R$ 875,3500 1.4 Preço

Leia mais

MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE

MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE 2015 4ª Edição MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE Porto Alegre, Fevereiro de 2015 BRASIL,, Manual de Cálculo da Tarifa de Ônibus

Leia mais

a.) Dados de Preços de Insumos a.1.) Insumos Básicos un. Observação - Preço de 1 litro de óleo diesel (R$/l) 1,7224

a.) Dados de Preços de Insumos a.1.) Insumos Básicos un. Observação - Preço de 1 litro de óleo diesel (R$/l) 1,7224 PLANILHA PARA COMPOSIÇÃO DE DADOS - (Dados a.) NOME DA EMPRESA Ano de Referência Período Referencial de Custos Composição dos Dados Básicos - Ano Vigente 2014 - Total de Dias do Ano - Média Concessão 365

Leia mais

MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE

MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE 2014 3ª Edição MANUAL DE CÁLCULO DA TARIFA DE ÔNIBUS DE PORTO ALEGRE Porto Alegre, Março de 2014 BRASIL,, Manual de Cálculo da Tarifa de Ônibus de

Leia mais

METODOLOGIA APLICADA CONSIDERAÇÕES INICIAIS

METODOLOGIA APLICADA CONSIDERAÇÕES INICIAIS METODOLOGIA APLICADA Os critérios metodológicos adotados para o cálculo tarifário tiveram como parâmetro o Manual de Instruções Práticas Atualizadas IPA, instituído pela Portaria Nº 644/MT, de 09 de julho

Leia mais

METODOLOGIA APLICADA CONSIDERAÇÕES INICIAIS

METODOLOGIA APLICADA CONSIDERAÇÕES INICIAIS METODOLOGIA APLICADA Os critérios metodológicos adotados para o cálculo tarifário tiveram como parâmetro o Manual de Instruções Práticas Atualizadas IPA, instituído pela Portaria Nº 644/MT, de 09 de julho

Leia mais

1 INSUMOS BÁSICOS. un Custo Unitário

1 INSUMOS BÁSICOS. un Custo Unitário 1 INSUMOS BÁSICOS un Custo Unitário 1.1 Preço de um litro de combustível R$ 2,2194 1.2 Preço de um pneu novo para veículo micro R$ 519,0949 1.3 Preço de um pneu novo para veículo leve R$ 915,5602 1.4 Preço

Leia mais

AVALIAÇÃO NACIONAL DO VALE-TRANSPORTE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO POR ÔNIBUS

AVALIAÇÃO NACIONAL DO VALE-TRANSPORTE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO POR ÔNIBUS AVALIAÇÃO NACIONAL DO VALE-TRANSPORTE SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO POR ÔNIBUS 1) Dados do Município/Região Metropolitana Município/RM: DADOS CADASTRAIS UF População Total: habitantes 2) Quem

Leia mais

SUSTENTABILIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO. Impactos do Desequilíbrio Contratual

SUSTENTABILIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO. Impactos do Desequilíbrio Contratual SUSTENTABILIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO Impactos do Desequilíbrio Contratual Agosto de 2013 SUMÁRIO PREÂMBULO... 3 INTRODUÇÃO... 7 Tarifa equivalente... 7 Natureza e objetivos do estudo... 8 Cláusulas contratuais:

Leia mais

ANEXO III REQUISITOS MÍNIMOS PARA A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS

ANEXO III REQUISITOS MÍNIMOS PARA A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS ANEXO III REQUISITOS MÍNIMOS PARA A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS 1 1. Estrutura Física / Equipamentos de Garagens e Pátios de Estacionamento 1.1. Especificação do Padrão das Garagens e Pátios de Estacionamento

Leia mais

Custo de transporte coletivo por ônibus em Belo Horizonte: planilha de custos e medidas de reduções de tarifa de transporte

Custo de transporte coletivo por ônibus em Belo Horizonte: planilha de custos e medidas de reduções de tarifa de transporte Custo de transporte coletivo por ônibus em Belo Horizonte: planilha de custos e medidas de reduções de tarifa de transporte Vagner da Silva Paulino Francisco Lopes Cançado Júnior Resumo: Este trabalho

Leia mais

RESULTADOS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA SUROC - SUPERINTENDÊNCIA DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO E MULTIMODAL DE CARGAS

RESULTADOS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA SUROC - SUPERINTENDÊNCIA DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO E MULTIMODAL DE CARGAS Metodologia de Cálculo Referencial de Custos de Fretes do Transporte Rodoviário Remunerado de Cargas RESULTADOS DA AUDIÊNCIA PÚBLICA SUROC - SUPERINTENDÊNCIA DE SERVIÇOS DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO E MULTIMODAL

Leia mais

São Paulo, À xxxxxxxxxxx. At. Sr. Assunto: PROPOSTA PARA CONTRATO DE MANUTENÇÃO VOLKSTOTAL PLUS

São Paulo, À xxxxxxxxxxx. At. Sr. Assunto: PROPOSTA PARA CONTRATO DE MANUTENÇÃO VOLKSTOTAL PLUS São Paulo, À xxxxxxxxxxx At. Sr. Assunto: PROPOSTA PARA CONTRATO DE MANUTENÇÃO VOLKSTOTAL PLUS Prezados Senhores, Apresentamos abaixo condições especiais de fornecimento da manutenção preventiva e corretiva,

Leia mais

ANEXO VIII SISTEMA TARIFÁRIO ATUAL. CRITÉRIO DE REAJUSTE e REVISÃO DA TARIFA

ANEXO VIII SISTEMA TARIFÁRIO ATUAL. CRITÉRIO DE REAJUSTE e REVISÃO DA TARIFA ANEXO VIII SISTEMA TARIFÁRIO ATUAL CRITÉRIO DE REAJUSTE e REVISÃO DA TARIFA Concorrência 003/2015 PMSJDR Secretaria de Governo Página 1277 CRITÉRIO DE REAJUSTE Constitui princípio fundamental que informa

Leia mais

Nota Técnica. Revisão Tarifária Sistema Metropolitano Regular Parâmetros e Coeficientes Operacionais. Coordenadoria de Transportes CTR

Nota Técnica. Revisão Tarifária Sistema Metropolitano Regular Parâmetros e Coeficientes Operacionais. Coordenadoria de Transportes CTR Nota Técnica Revisão Tarifária Sistema Metropolitano Regular Parâmetros e Coeficientes Operacionais Coordenadoria de Transportes CTR Diretoria de Trânsito e Transportes - DITET Agosto de 2011 Sumário 1.

Leia mais

DADOS TÉCNICOS DO CTA ESTATÍSTICAS

DADOS TÉCNICOS DO CTA ESTATÍSTICAS METODOLOGIA TARIFÁRIA CUSTO OPERACIONAL PLANILHA DE TÁXI SETTRAN - SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO E TRANSPORTES CTA ESTATÍSTICAS CTA - CONTROLE DE TRÁFEGO EM ÁREA AUTOR: AÍLTON BORGES SETTRAN- - Metodologia

Leia mais

CNPJ: 00.698.097/0001-02

CNPJ: 00.698.097/0001-02 CNPJ: 00.698.097/0001-02 Porto Alegre, 18 de Janeiro de 2016 Ao Ilustríssimo Senhor Pregoeiro Autoridade Pública Olímpica APO RJ Processo Administrativo Nº 91214.001263/2015-71 Impugnação Edital 02/2016

Leia mais

Relatório Final de Levantamento de Receitas e Custos Referência:

Relatório Final de Levantamento de Receitas e Custos Referência: Relatório Final de Levantamento de Receitas e Custos Referência: Edital Concorrência Pública 05/2012 Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte S/A BHTRANS 1 Conteúdo Introdução 03 Documentos Solicitados

Leia mais

Agência:3033 Conta:45900-3 DEMONSTRATIVO MENSAL - CONTA CORRENTE DATA HISTÓRICO DOCTO CRÉDITO DÉBITO SALDO 26/12/12 SALDO ANTERIOR 0,00 02/01/13 PAGAMENTO GOVERNO RJ 23631 16.815.655,52 UG296100/2012OB023631

Leia mais

Resolução nº, de 2015

Resolução nº, de 2015 Resolução nº, de 2015 Estabelece metodologia e publica parâmetros de referência para cálculo dos custos de frete do serviço de transporte rodoviário remunerado de cargas por conta de terceiros. O Diretor-Geral

Leia mais

LUIZ ANTÔNIO BARBACOVI

LUIZ ANTÔNIO BARBACOVI DECRETO Nº 121/2015 Institui planilha de cálculo de tarifa para transporte coletivo municipal. LUIZ ANTÔNIO BARBACOVI, Vice Prefeito Municipal de Gramado, em exercício, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

Detalhamento da Planilha Tarifária do Transporte Público da Cidade de Londrina

Detalhamento da Planilha Tarifária do Transporte Público da Cidade de Londrina Linha Custos Micro Leve Pesado Micrão Padron TOTAL Forma de Cálculo de Informação L1 L2 Custos Variáveis L3 L4 Combustível L5 Preço do Litro de Combustível R$/l 2,2194 2,2194 2,2194 2,2194 2,2194 2,2194

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.810, DE 19 DE AGOSTO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 4.810, DE 19 DE AGOSTO DE 2015 Estabelece metodologia e publica parâmetros de referência para cálculo dos custos de frete do serviço de transporte rodoviário remunerado de cargas por conta de terceiros A Diretoria da Agência Nacional

Leia mais

Visão dos Tribunais de Contas Sobre os Processos Licitatórios

Visão dos Tribunais de Contas Sobre os Processos Licitatórios Visão dos Tribunais de Contas Sobre os Processos Licitatórios AGENDA 1. CONTEXTUALIZAÇÃO: INTERESSE PÚBLICO 2. RESULTADOS DAS AUDITORIAS DO TCE-RS NO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO POR ÔNIBUS DE PORTO

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS 2 MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 ASSUNTO: CONTROLE DE FROTA 30/07/2014 VERSÃO: 01 PG. Página 1 de 10 O CONTROLADOR GERAL DO MUNICIPIO DE ÁGUA FRIA, no uso de suas atribuições

Leia mais

Planilha de Apropriação de Custos - Uberaba / MG -FROTA

Planilha de Apropriação de Custos - Uberaba / MG -FROTA Planilha de Apropriação de Custos Uberaba / MG FROTA 1 Determinação do Preço Relativo aos Custos Variáveis 1.1 Óleo Diesel Índice de Consumo Preço Custo / Km 1.1.1 Convencional 0,3500 (l/km) x 1,7338 /l

Leia mais

CURSO A DISTÂNCIA PLANILHA DE CÁLCULO DE CUSTO E TARIFA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS

CURSO A DISTÂNCIA PLANILHA DE CÁLCULO DE CUSTO E TARIFA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS CURSO A DISTÂNCIA PLANILHA DE CÁLCULO DE CUSTO E TARIFA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS 0 Sumário I - II - Objetivo do curso Dados Operacionais III - Custos Variáveis IV - Custos Fixos V - Impostos e taxas

Leia mais

Anexo VI VALOR INICIAL DO CONTRATO

Anexo VI VALOR INICIAL DO CONTRATO 1 CONCESSÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS DO MUNICÍPIO DE RIO DO SUL SC PLANO DE OUTORGA Anexo VI VALOR INICIAL DO CONTRATO Janeiro/2013 2 ANEXO V Valor Inicial do Contrato

Leia mais

Prefeitura Municipal decaxias do Sul - RS Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade SMTTM

Prefeitura Municipal decaxias do Sul - RS Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade SMTTM Prefeitura Municipal decaxias do Sul - RS Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade SMTTM Cálculo Tarifário do Transporte Coletivo Urbano DEZ / 2014 1 INSUMOS BÁSICOS R$ Preço de um litro

Leia mais

DOS PROCEDIMENTOS QUANTO À OCORRÊNCIA DE SINISTROS COM VEÍCULOS... 7. DO RECEBIMENTO DE BENS DOADOS PELA Receita Federal do Brasil (RFB)...

DOS PROCEDIMENTOS QUANTO À OCORRÊNCIA DE SINISTROS COM VEÍCULOS... 7. DO RECEBIMENTO DE BENS DOADOS PELA Receita Federal do Brasil (RFB)... Manual de Frota 2 SUMÁRIO DO CONTRATO DE MOTORISTAS TERCEIRIZADOS... 3 DAS SOLICITAÇÕES DE VEÍCULOS OFICIAIS... 3 DO ABASTECIMENTO... 4 Do Abastecimento de veículos de outros órgãos... 5 DA MANUTENÇÃO

Leia mais

ESTUDO PARA ELABORAÇÃO DA PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS MENSAIS À COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES NO MUNICÍPIO DE TAPEJARA

ESTUDO PARA ELABORAÇÃO DA PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS MENSAIS À COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES NO MUNICÍPIO DE TAPEJARA ESTUDO PARA ELABORAÇÃO DA PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS MENSAIS À COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES NO MUNICÍPIO DE TAPEJARA Março, 2015 2 Sumário APRESENTAÇÃO... 3 1 CUSTOS... 6 1.1 Custos fixos...

Leia mais

Mobilidade Urbana em Regiões Metropolitanas

Mobilidade Urbana em Regiões Metropolitanas Mobilidade Urbana em Regiões Metropolitanas SINTRAM Expositor: Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Metropolitano Rubens Lessa Carvalho REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE HISTÓRICO DO

Leia mais

Área temática: Finanças USO DA MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO EM CONTROLADORIA: UM ESTUDO DE CASO EM EMPRESA DE TRANSPORTE URBANO DE PASSAGEIRO

Área temática: Finanças USO DA MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO EM CONTROLADORIA: UM ESTUDO DE CASO EM EMPRESA DE TRANSPORTE URBANO DE PASSAGEIRO Área temática: Finanças USO DA MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO EM CONTROLADORIA: UM ESTUDO DE CASO EM EMPRESA DE TRANSPORTE URBANO DE PASSAGEIRO AUTORES CÉSAR VALENTIM DE OLIVEIRA CARVALHO JUNIOR Universidade Federal

Leia mais

Prefeitura Municipal de Águas Lindas de Goiás GO ANEXO IV CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA

Prefeitura Municipal de Águas Lindas de Goiás GO ANEXO IV CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA ANEXO IV CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA ANEXO IV. CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL E SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRONICA CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL 1. INTRODUÇÃO - CCO

Leia mais

ANEXO IV PLANILHA ESTIMATIVA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - SERVIÇO DE ASCENSORISTA

ANEXO IV PLANILHA ESTIMATIVA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - SERVIÇO DE ASCENSORISTA ANEXO IV PLANILHA ESTIMATIVA PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - SERVIÇO DE ASCENSORISTA DADOS COMPLEMENTARES DO ANEXO DA PROPOSTA DE PREÇOS: ADSERTE - ADMINISTRAÇÃO E TERCEIRIZAÇÃO DE MÃO DE OBRA

Leia mais

ANÁLISE ECONÔMICO- FINANCEIRA DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO POR ÔNIBUS DE SALVADOR

ANÁLISE ECONÔMICO- FINANCEIRA DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO POR ÔNIBUS DE SALVADOR ANÁLISE ECONÔMICO- FINANCEIRA DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO POR ÔNIBUS DE SALVADOR CÂMARA MUNICIPAL DE SALVADOR Relatório Final Rio de Janeiro, 30 de junho de 2006 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 1 DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Apresentação com presidente da sessão e sem a presença de debatedor.

Apresentação com presidente da sessão e sem a presença de debatedor. ANÁLISE DO TRANSPORTE ESCOLAR RURAL DA CIDADE DE TOLEDO PR WEIMAR FREIRE DA ROCHA JUNIOR; SANDRA MARA PEREIRA; DÉBORA DA SILVA LOBO; UNIOESTE TOLEDO - PR - BRASIL wrocha@unioeste.br APRESENTAÇÃO SEM PRESENÇA

Leia mais

CARGO UNIDADE Cod. Bras. Ocupação CATEGORIA PROFISSIONAL (1) QTDE. Forma de contratação (2) Carga Horária Semanal (3) Salário Base (R$) (4) Encargos (R$) (4) Benefícios (R$) (4) SALÁRIO TOTAL DA SALÁRIO

Leia mais

GESTÃO DE CUSTOS LOGÍSTICO

GESTÃO DE CUSTOS LOGÍSTICO GESTÃO DE CUSTOS LOGÍSTICO CUSTOS LOGÍSTICOS O objetivo de apuração dos Custos Logísticos é o de estabelecer políticas que possibilitem às empresas, simultaneamente, uma redução nos custos e a melhoria

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO RELATÓRIO DE AUDITORIA

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO RELATÓRIO DE AUDITORIA 1 de 6 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO TIPO DE AUDITORIA : ESPECIAL UNIDADE AUDITADA : HOSPITAL FEDERAL DE BONSUCESSO CÓDIGO : 250042 CIDADE : Rio de Janeiro/RJ RELATÓRIO Nº : 201204188

Leia mais

Regime de Cotas de Garantia Física. Versão 2013.3.0

Regime de Cotas de Garantia Física. Versão 2013.3.0 Regime de Cotas de Garantia Física ÍNDICE REGIME DE COTAS DE GARANTIA FÍSICA 4 1. Introdução 4 1.1. Lista de Termos 5 1.2. Conceitos Básicos 6 2. Detalhamento das Etapas da Determinação da Receita de Venda

Leia mais

Sistemas informatizados de gestão operacional para transporte urbano

Sistemas informatizados de gestão operacional para transporte urbano Sistemas informatizados de gestão operacional para transporte urbano Wan Yu Chih Wplex Software Florianópolis SC http://www.wplex.com.br Objetivo O objetivo deste documento é fornecer informações sobre

Leia mais

MODELO DE PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS

MODELO DE PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS Esta planilha é exemplificativa pois alguns dos elementos integrantes de custos são variáveis e dependem da caracteristica e estrutura de custo de cada licitante. Outros elementos são decorrentes de Lei,

Leia mais

MODELO DE PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - ORÇAMENTO. Discriminação dos Serviços (dados referentes à contratação)

MODELO DE PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - ORÇAMENTO. Discriminação dos Serviços (dados referentes à contratação) Obs.: O modelo utiliza o Regime de Tributação Lucro Real. A empresa deverá utilizar o seu Regime de Tributação indicando as respectivas alíquotas no item C, do Módulo 5. MODELO DE PLANILHA DE CUSTOS E

Leia mais

O Consórcio Publico Portal do Sertão, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. CONTROLE DE FROTA INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014

O Consórcio Publico Portal do Sertão, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. CONTROLE DE FROTA INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 ANO. 24 ELETRÔNICO - PORTAL DO SERTÃO CONSÓRCIO PUBLICO EDIÇÃO Nº 058 DE AGOSTO DE 24 1 O Consórcio Publico Portal do Sertão, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. CONTROLE DE FROTA INSTRUÇÃO

Leia mais

Fonte: http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/pesquisas/pia/default.asp?o=16&i=p. Conceituação das variáveis (Dados a partir de 1996 - Empresa):

Fonte: http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/pesquisas/pia/default.asp?o=16&i=p. Conceituação das variáveis (Dados a partir de 1996 - Empresa): Pesquisa Industrial Anual Fonte: http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/pesquisas/pia/default.asp?o=16&i=p Conceituação das variáveis (Dados a partir de 1996 - Empresa): Aluguéis e arrendamentos Despesas com

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA REGULAMENTO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA ESTE REGULAMENTO DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA NA REDE DE TRANSPORTE COLETIVO NÃO INTEGRADA DA REGIÃO METROPOLITANA

Leia mais

MODELO DE MENSURAÇÃO DE RESULTADO PARA TRANSPORTE DE COMBUSTÍVEIS

MODELO DE MENSURAÇÃO DE RESULTADO PARA TRANSPORTE DE COMBUSTÍVEIS MODELO DE MENSURAÇÃO DE RESULTADO PARA TRANSPORTE DE COMBUSTÍVEIS Luciano Marcio Scherer Resumo: O presente trabalho demonstra a importância do controle de custos em uma atividade de apoio aos postos de

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO PA nº. 107 - Pacote de Minutos Locais Mensais V

PLANO ALTERNATIVO PA nº. 107 - Pacote de Minutos Locais Mensais V PLANO ALTERNATIVO PA nº. 107 - Pacote de Minutos Locais Mensais V A. Empresa Telecomunicações de São Paulo S.A. TELESP B. Nome do Plano Técnico: Planos de Minutos Locais Mensais V Comercial: em definição

Leia mais

Análise dos impactos operacionais e financeiros da lei 12.619/12 sob o custo de transporte - Estudo de caso aplicado ao mercado GLP

Análise dos impactos operacionais e financeiros da lei 12.619/12 sob o custo de transporte - Estudo de caso aplicado ao mercado GLP Análise dos impactos operacionais e financeiros da lei 12.619/12 sob o custo de transporte Estudo de caso aplicado ao mercado GLP Davidson de Almeida Santos, MSC. 1 Telmo Roberto Machry, MSC. 2 Resumo.

Leia mais

REVISÃO TARIFÁRIA TRANSPORTE COLETIVO URBANO DEZEMBRO / 2013

REVISÃO TARIFÁRIA TRANSPORTE COLETIVO URBANO DEZEMBRO / 2013 REVISÃO TARIFÁRIA TRANSPORTE COLETIVO URBANO DEZEMBRO / 2013 Dezembro / 2013 METODOLOGIA APLICADA Os critérios metodológicos adotados para o cálculo tarifário tiveram como parâmetro o Manual de Instruções

Leia mais

Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 11 O sistema de transporte público por ônibus em São Paulo

Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 11 O sistema de transporte público por ônibus em São Paulo Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico Turma 11 O sistema de transporte público por ônibus em São Paulo Pauline Niesseron (*) Após as manifestações de junho 2013, surgiu um questionamento

Leia mais

MODELO DE PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - ORÇAMENTO RECEPCIONISTA. Página 1. Discriminação dos Serviços (dados referentes à contratação)

MODELO DE PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS - ORÇAMENTO RECEPCIONISTA. Página 1. Discriminação dos Serviços (dados referentes à contratação) Obs.: O modelo utiliza o Regime de Tributação Lucro Real. A empresa deverá utilizar o seu Regime de Tributação indicando as respectivas alíquotas no item C, do Módulo 5. MODELO DE PLANILHA DE CUSTOS E

Leia mais

ANEXO VI - INFORMAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL SUMÁRIO. Seção I Informações Gerais... Erro! Indicador não definido.

ANEXO VI - INFORMAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL SUMÁRIO. Seção I Informações Gerais... Erro! Indicador não definido. ANEXO VI - INFORMAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL SUMÁRIO Seção I Informações Gerais... Erro! Indicador não definido. Seção II Aspectos da Proposta Comercial... Erro! Indicador não definido.

Leia mais

ANEXO VI PROPOSTA COMERCIAL

ANEXO VI PROPOSTA COMERCIAL ANEXO VI PROPOSTA COMERCIAL Índice 1 - Tarifa Básica de Remuneração 2 - Cálculo da Contrapartida 3 - Demanda Anual 4 - Prazo de Pagamento 5 - Apresentação da Proposta Comercial 6 Modelo de Declaração da

Leia mais

4. Aspectos Metodológicos do Modelo Funcional. 5. Aspectos Metodológicos do Modelo de Remuneração

4. Aspectos Metodológicos do Modelo Funcional. 5. Aspectos Metodológicos do Modelo de Remuneração RA DA APRES ENTAÇ ÃO ES STRUTU 1. Embasamento Legal 2. Serviços a licitar 3. Premissas 4. Aspectos Metodológicos do Modelo Funcional 5. Aspectos Metodológicos do Modelo de Remuneração Embasamento Legal

Leia mais

PMS Prefeitura Municipal do Salvador FUNDETRANS Fundo de Desenvolvimento do Transporte Coletivo de Salvador C O N T E Ú D O

PMS Prefeitura Municipal do Salvador FUNDETRANS Fundo de Desenvolvimento do Transporte Coletivo de Salvador C O N T E Ú D O 1 PMS Prefeitura Municipal do Salvador FUNDETRANS Fundo de Desenvolvimento do Transporte Coletivo de Salvador C O N T E Ú D O 1 Lei nº 4.534/92 Pag. 2 2 Decreto nº 9.657/92 Pag. 10 3 Decreto nº 10.428/93

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 53389/2015 CAEMA REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital da Concorrência nº. 008/2015, o qual tem por objeto a contratação

Leia mais