PROJETO DE LEI N.º 7.600, DE 2010 (Do Sr. Roberto Alves)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO DE LEI N.º 7.600, DE 2010 (Do Sr. Roberto Alves)"

Transcrição

1 CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 7.600, DE 2010 (Do Sr. Roberto Alves) Institui a semana nacional Monteiro Lobato DESPACHO: ÀS COMISSÕES DE: EDUCAÇÃO E CULTURA; E CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA (ART. 54 RICD) APRECIAÇÃO: Proposição Sujeita à Apreciação Conclusiva pelas Comissões - Art. 24 II PUBLICAÇÃO INICIAL Art. 137, caput - RICD

2 2 O Congresso Nacional decreta: Art. 1 Fica instituída a Semana Nacional Monteiro Lobato, a ser comemorada anualmente no período de 12 a 18 de abril. Art. 2º Destina-se a Semana Nacional Monteiro Lobato, instituída no artigo anterior a: 1) promover a formação de uma consciência nacional voltada à valorização da literatura; 2) organizar palestras, seminários, círculos de estudo, conferências e similares sobre Monteiro Lobato; 3) levar a efeito atos oficiais de debates sobre o escritor, que visem ao aprofundamento dos fatos referentes à sua vida; 4) incentivar toda e qualquer ação que tenha como meta o estudo e a análise da vida de Monteiro Lobato. Art. 3º A União, os Estados e os Municípios, através de seus órgãos, cooperarão, quando solicitados, na execução da presente Lei. Art. 4 Esta lei entra em vigor na data de sua publicação. JUSTIFICAÇÃO A educação sempre necessita de modelos que inspirem e mobilizem positivamente os educandos, sejam eles crianças, adolescentes ou adultos, isso é particularmente relevante na construção de valores para uma sociedade democrática. A presente iniciativa legislativa objetiva instituir a Semana Nacional Monteiro Lobato, a ser comemorada anualmente no período de 12 a 18 de abril, com o intuito de homenagear a figura desse grande brasileiro no seio da nossa sociedade, com a esperança de que Monteiro Lobato sirva de modelo de cidadania e cultura a todos, sobretudo aos estudantes da presente geração. Cito abaixo biografia resumida de autoria de Renato Roscel para o Banco de Dados da Folha de São Paulo José Bento Monteiro Lobato nasceu a 18 de abril de 1882 na cidade de Taubaté, São Paulo.

3 3 Filho do fazendeiro José Bento Marcondes Lobato e de dona Olímpia Augusta Monteiro Lobato, ele foi, além de inventor e maior escritor da literatura infanto-juvenil brasileira, um dos personagens mais interessantes da história recente desse país. Cético, tinha como um de seus ditos preferidos o de "não acreditar em nada por achar tudo muito duvidoso". Porém, contrariando sua frase predileta, acreditou em muitas coisas durante sua vida e uma delas foi a indústria brasileira do livro, fundando, em 1918, a "Monteiro Lobato e Cia", a primeira editora brasileira. Antes de Lobato todos os livros eram impressos em Portugal; com ele inicia-se o movimento editorial brasileiro. Em 1917, Lobato publicou o contundente artigo "Paranóia ou Mistificação?'', no qual criticou uma exposição de Anita Malfatti e a influência dos "futurismos'' nas obras da artista. Para ele, cada arte, como as ciências, tem suas leis (proporção, simetria etc.), e Malfatti era excelente artista quando as cumpria, tinha um "talento vigoroso, fora do comum", porém, o escritor não gostava quando a artista se deixava seduzir pelas vanguardas européias, assumindo, segundo ele, "uma atitude estética forçada no sentido das extravagâncias de Picasso & Cia.". Em 1926, ao comentar, no Diário da Noite, o lançamento de um livro de Oswald de Andrade, escreveu: "apareceu em São Paulo como o fruto da displicência dum rapaz rico (...): Oswaldo de Andrade''. Em seguida a este artigo, Mário de Andrade publicou um artigo no jornal "A Manhã" no qual decretou a morte de Monteiro Lobato, porém, na década de 30, Lobato, Mário e Oswald fizeram as pazes e ele chegou a defender Mário em carta enviada a Flávio Campos na qual afirmava que "Mário, pelo seu talento no analismo criticista, tem direito a tudo, até de meter o pau em você e em mim''. Nos anos seguintes, Lobato publicou seus primeiros livros: "Urupês", "Cidades Mortas" e "Negrinha". Segundo Marisa Lajolo, Lobato nestes livros traz o melhor de sua literatura, principalmente em "Urupês'' e "Negrinha'', nos quais, segundo ela, "comparecem os diferentes brasis que até hoje, sob diferentes formas, assombram as esquinas da nossa história. Os contos contam do trabalho do menor, do parasitismo da burocracia, da violência contra negros, imigrantes e mulheres, da empáfia dos que mandam, do crescimento desordenado das cidades, da degradação progressiva da vida interiorana; enfim, os contos contam do preço alto do surto de modernidade autofágica que desemboca na crise de 30." Os dois livros mostram a "aguda sintonia de Lobato com um tempo que reclamava novas linguagens" e marcam a vigorosa entrada no mundo literário brasileiro de um grande escritor que, segundo ele mesmo disse, "talento não pede passagem, impõese ao mundo".

4 4 Logo depois ao glorioso início da carreira literária, Lobato viajou para os Estados Unidos, voltando somente em Lá enfrentou sérios problemas. Seu livro "O Presidente Negro e o Choque de Raças" uma história que narra a vitória de um candidato negro à Presidência dos EUA não foi muito aceito e acabou por custarlhe grandes desgostos, mas aqui, sempre foi um ardoroso defensor daquele país, chegando a afirmar, em carta enviada a Érico Veríssimo, que considerava os "Estados Unidos como uma dessas famosas composições musicais que são impostas a todos os grandes executantes a fim de tirar a prova dos noves fora do seu valor real, a rapsódia húngara de Lizt (sic), certas fugas de Bach". Nessa mesma carta, ao comentar o novo livro de Érico, Lobato afirmou: "Escrever bem é mijar. É deixar que o pensamento flua com o à vontade da mijada feliz." Quando regressou ao Brasil, em 31, Lobato chegou com mais uma crença: acreditava piamente nas riquezas naturais do país e na sua capacidade de produzir petróleo. Sofreu por isso. Foi um dos maiores defensores de uma política que entregasse à iniciativa privada a extração do petróleo em solo brasileiro. Chegou a remeter uma carta ao presidente Getúlio Vargas na qual denunciava o interesse estrangeiro em negar a existência do "ouro negro" no Brasil e acabou detido no presídio Tiradentes de onde ele enviaria a seus amigos em todo o país cópias da carta que Getúlio considerara "ofensiva". Monteiro Lobato seria preso novamente pelo mesmo motivo em Esta luta pelo petróleo acabaria por deixá-lo pobre, doente e desgostoso. Foi também um dos mais fervorosos adeptos do "georgismo" (jornalista e economista norte-americano Henry George que propôs o imposto único sobre o valor da terra, conforme teoria exposta em seu livro "Progress and Poverty", publicado em 1879). No ano de 1948 publicou pela editora Brasiliense um folheto intitulado "O Imposto Único", no qual Lobato sintetizava a "maravilhosa solução" proposta pelo teórico norte-americano. Grande parte da literatura de Monteiro Lobato sempre foi direcionada aos leitores pequeninos. Produziu durante toda sua carreira literária 26 títulos destinados ao público infantil. É um dos mais importantes escritores da literatura infanto-juvenil da América Latina e também do mundo. Sua obra completa foi, em 1946, publicada pela Editora Brasiliense. Esta edição foi preparada e reformulada pelo próprio Monteiro Lobato, o qual, inclusive, reviu diversos de seus livros infantis. Sua genialidade foi sempre à frente de seu tempo, pois se Laura Esquivel é atualmente famosa pelo seu "Como Água para Chocolate", onde faz da culinária um arte revolucionária dentro da sua literatura, Lobato, por sua vez, e muito antes de Esquivel, tem uma passagem genial na qual inventa livros comestíveis para serem devorados pelos leitores e uma outra onde Narizinho e Pedrinho perdem-se na

5 5 floresta e, para não morrerem de fome, cortam uma palmeira e comem palmito com mel. Prato moderníssimo. Também foi um defensor do cinema, de Walt Disney e da frenética velocidade da vida e da cultura norte-americana. Segundo ele "a velocidade no transporte do pensamento" dessa cultura e seus "maravilhosos espetáculos da arte muda" são "uma lição de moral que, se fora aceita, tiraria ao Rio o seu aspecto de açougue do crime passional. O cinema americano ensina o perdão..." Progressista inveterado, Lobato escreveu certa vez a respeito daqueles que são contrários às coisas novas a seguinte frase: "O grande erro dessa casta de homens é confundir corrupção com evolução. Condenam as formas novas de vida, que se vão determinando em conseqüência do natural progresso humano, em nome das formas revelhas. Logicamente, para eles, o homem é a corrupção do macaco; o automóvel é a corrupção do carro de boi; o telefone é a corrupção do moço de recados". Monteiro Lobato morreu, vitimado por um derrame, às 4 horas da madrugada do dia 4 de julho de 1948, deixando um legado de personagens que ficarão para sempre impregnados nas retinas de todos aqueles que tiveram e que terão contato com as histórias do Jeca Tatu, do Saci, da Cuca, da boneca Emília, do Visconde de Sabugosa, da Narizinho, do Pedrinho, da Tia Nastácia, da Dona Benta, entre outros tantos que habitam as obras deste que foi conhecido como "O Furacão da Botocúndia".. A Semana Nacional Monteiro Lobato vai celebrar, portanto, figura ímpar da história brasileira um exemplar cidadão de ontem, que pelas suas virtudes morais e intelectuais serve de modelo ao Brasil de hoje. Pelo exposto, espero contar com o necessário apoio dos meus nobres pares nesta Casa, no sentido de aprovar a iniciativa legislativa Sala das Sessões, em 06 de julho de DEPUTADO ROBERTO ALVES PTB-SP FIM DO DOCUMENTO

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome:

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: A literatura infantil surgiu no século XVII, no intuito de educar as crianças moralmente. Em homenagem ao escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, foi criado

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 1.228, DE 2015 (Do Sr. Alan Rick)

PROJETO DE LEI N.º 1.228, DE 2015 (Do Sr. Alan Rick) *C0052695A* C0052695A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 1.228, DE 2015 (Do Sr. Alan Rick) Institui o fundo Nacional de Educação Ambiental - FNEA e dá outras providências. DESPACHO: ÀS COMISSÕES DE:

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 6.846-A, DE 2013 (Do Sr. Dimas Fabiano)

PROJETO DE LEI N.º 6.846-A, DE 2013 (Do Sr. Dimas Fabiano) *C0053130A* C0053130A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 6.846-A, DE 2013 (Do Sr. Dimas Fabiano) Estabelece normas e procedimentos para as ligações telefônicas que tenham como objeto a cobrança de

Leia mais

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / NOME:

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / NOME: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / NOME: Quando os portugueses chegaram ao Brasil, em 1500, observaram que os índios expressavam-se através da pintura em seus corpos, em objetos e em paredes. A arte

Leia mais

PROJETO MONTEIRO LOBATO

PROJETO MONTEIRO LOBATO PROJETO MONTEIRO LOBATO Turma - Jardim II e 1 ano Professoras Maria Gonilde Bittencourt e Janete Terezinha Bittencourt Colaboradores: prof. Reginaldo (música) e Coord. Ped. Andréa Lucena Cardoso Ano 2010

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 6.438, DE 2013 (Do Sr. Ricardo Izar)

PROJETO DE LEI N.º 6.438, DE 2013 (Do Sr. Ricardo Izar) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 6.438, DE 2013 (Do Sr. Ricardo Izar) Dispõe sobre a Isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI, na aquisição de automóveis de passageiros de fabricação

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 2.715, DE 2015 (Do Sr. Rômulo Gouveia)

PROJETO DE LEI N.º 2.715, DE 2015 (Do Sr. Rômulo Gouveia) *C0055593A* C0055593A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 2.715, DE 2015 (Do Sr. Rômulo Gouveia) Altera a Lei n 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), para proibir a

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 50, DE 2007 (Apensos o PL 2.858/08 e o PL 5222/09)

PROJETO DE LEI Nº 50, DE 2007 (Apensos o PL 2.858/08 e o PL 5222/09) COMISSÃO DE TURISMO E DESPORTO PROJETO DE LEI Nº 50, DE 2007 (Apensos o PL 2.858/08 e o PL 5222/09) Regulamenta as atividades dos profissionais de artes marciais, capoeira, dança, surf, bodyboard, skate,

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 549-A, DE 2011 (Do Sr. Weliton Prado)

PROJETO DE LEI N.º 549-A, DE 2011 (Do Sr. Weliton Prado) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 549-A, DE 2011 (Do Sr. Weliton Prado) Dispõe sobre a criação do Selo Verde de controle e redução do esgotamento sanitário; tendo parecer da Comissão de Meio Ambiente

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 5.570, DE 2013 (Do Sr. Alexandre Leite)

PROJETO DE LEI N.º 5.570, DE 2013 (Do Sr. Alexandre Leite) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 5.570, DE 2013 (Do Sr. Alexandre Leite) Regulamenta a obrigatoriedade da Neutralização de carbono em eventos realizados as margens de represas, lagos, rios, córregos,

Leia mais

CONVOCATÓRIA. II Conferência Internacional Com Todos e para o Bem de Todos

CONVOCATÓRIA. II Conferência Internacional Com Todos e para o Bem de Todos CONVOCATÓRIA II Conferência Internacional Com Todos e para o Bem de Todos O programa mundial de atividades em homenagem a José Martí por ocasião do seu 160º aniversário natalício abre imensas possibilidades

Leia mais

O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE- INDUSTRIAL NA VOZ DO JORNAL O ETV : ECOS DA REFORMA CAPANEMA

O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE- INDUSTRIAL NA VOZ DO JORNAL O ETV : ECOS DA REFORMA CAPANEMA O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE- INDUSTRIAL NA VOZ DO JORNAL O ETV : ECOS DA REFORMA CAPANEMA Antonio Henrique Pinto ahenriq@unicamp.br Introdução O ensino de matemática passou por

Leia mais

A invasão do funk: embates entre racismo e conhecimento na sala de aula

A invasão do funk: embates entre racismo e conhecimento na sala de aula CURSO EDUCAÇÃO, RELAÇÕES RACIAIS E DIREITOS HUMANOS VANESSA COUTO SILVA A invasão do funk: embates entre racismo e conhecimento na sala de aula SÃO PAULO 2012 Introdução Este trabalho buscará uma problematização

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE MONTEIRO LOBATO REPRESENTANDO A LITERATURA INFANTIL NAS ESCOLAS

CONSIDERAÇÕES SOBRE MONTEIRO LOBATO REPRESENTANDO A LITERATURA INFANTIL NAS ESCOLAS CONSIDERAÇÕES SOBRE MONTEIRO LOBATO REPRESENTANDO A LITERATURA INFANTIL NAS ESCOLAS MEDEIROS, Elaine Regina de 1 PEREIRA, Estela Inácio 2 ANTONIO, Fernanda Peres 3 RESUMO O presente artigo objetiva a importância

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 34/99/CEE/SC

ESTADO DE SANTA CATARINA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 34/99/CEE/SC ESTADO DE SANTA CATARINA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 34/99/CEE/SC Fixa normas para o reconhecimento da equivalência de estudos da Educação Básica e Profissional realizados no exterior, revalidação

Leia mais

(Projeto de Lei nº 763, de 2011, Projeto de Lei nº 925, de 2011, e Projeto de Lei nº 3.795, de 2012, apensos)

(Projeto de Lei nº 763, de 2011, Projeto de Lei nº 925, de 2011, e Projeto de Lei nº 3.795, de 2012, apensos) COMISSÃO DE CULTURA PROJETO DE LEI N o 7.755, DE 2010 (Projeto de Lei nº 763, de 2011, Projeto de Lei nº 925, de 2011, e Projeto de Lei nº 3.795, de 2012, apensos) Dispõe sobre a profissão de artesão e

Leia mais

Recebo com emoção o título de doutor Honoris Causa da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira.

Recebo com emoção o título de doutor Honoris Causa da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Discurso do Ex-Presidente Lula Outorga do Título de Doutor Honoris Causa da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira 1 de Março de 2013 Recebo com emoção o título de doutor

Leia mais

MENSAGEM N.º 344, DE 2014 (Do Poder Executivo)

MENSAGEM N.º 344, DE 2014 (Do Poder Executivo) CÂMARA DOS DEPUTADOS MENSAGEM N.º 344, DE 2014 (Do Poder Executivo) AVISO Nº 453/14 C. Civil Tratado de Marraqueche para Facilitar o Acesso a Obras Publicadas às Pessoas Cegas, com Deficiência Visual ou

Leia mais

COLETÂNEA FB 2014 UMA PROSA COM LOBATO

COLETÂNEA FB 2014 UMA PROSA COM LOBATO COLETÂNEA FB 2014 UMA PROSA COM LOBATO Um grande nome de nossa literatura, José Bento de Monteiro Lobato, nasceu em Taubaté, interior de São Paulo, em 18 de abril de 1882. Contista, ensaísta e tradutor.

Leia mais

Existe uma terapia específica para problemas sexuais?

Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Maria de Melo Azevedo Eu acho que a terapia sexual para casos bem específicos até que pode funcionar. Ou, pelo menos, quebra o galho, como se diz.

Leia mais

O ATO DE ESTUDAR 1. (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.)

O ATO DE ESTUDAR 1. (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.) O ATO DE ESTUDAR 1 (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.) Paulo Freire, educador da atualidade, aponta a necessidade de se fazer uma prévia reflexão sobre o sentido do estudo. Segundo suas palavras:

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 Mantena-MG INTRODUÇÃO A Faculdade de Mantena FAMA - é um estabelecimento particular de ensino superior, que visa a atender

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº DE 2015 (Do Sr. Delegado Éder Mauro) O CONGRESSO NACIONAL decreta:

PROJETO DE LEI Nº DE 2015 (Do Sr. Delegado Éder Mauro) O CONGRESSO NACIONAL decreta: PROJETO DE LEI Nº DE 2015 (Do Sr. Delegado Éder Mauro) Institui o Programa Nacional de Recuperação de Dependentes Químicos. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art.1 Fica instituído o Programa Nacional de Recuperação

Leia mais

Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil.

Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil. 6. Humanização, diálogo e amorosidade. Reflexões sobre a prática docente na Educação Infantil. Santos, Marisa Alff dos 1 Resumo O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre as práticas docentes

Leia mais

3º Ano. O amor é paciente. I Coríntios 13:4. Roteiro Semanal de Atividades de Casa (15 a 19 de abril de 2013)

3º Ano. O amor é paciente. I Coríntios 13:4. Roteiro Semanal de Atividades de Casa (15 a 19 de abril de 2013) 3º Ano O amor é paciente. I Coríntios 13:4 Roteiro Semanal de Atividades de Casa (15 a 19 de abril de 2013) 18 de Abril - Dia Nacional do Livro Infantil conhecimento. Nos livros aprendemos sobre nós mesmos

Leia mais

Formulário para Diagnóstico da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Espírito Santo Levantamento do perfil dos Sujeitos da EJA

Formulário para Diagnóstico da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Espírito Santo Levantamento do perfil dos Sujeitos da EJA Pesquisa do Programa Observatório da Educação OBEDUC/UFES Formulário para Diagnóstico da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Espírito Santo Levantamento do perfil dos Sujeitos da EJA Caros educandos

Leia mais

Prova Escrita de Português

Prova Escrita de Português EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Português Alunos com deficiência auditiva de grau severo ou profundo 12.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 239/2.ª

Leia mais

ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS

ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS ALICIA MACEDO ESTAMOS DE MUDANÇA UM GUIA PARA FAMÍLIAS EM MUDANÇA DE CASA, DE CIDADE, DE PAÍS estamos de mudança Categoria:

Leia mais

Ministérios das Finanças e dos Negócios Estrangeiros

Ministérios das Finanças e dos Negócios Estrangeiros Ministérios das Finanças e dos Negócios Estrangeiros Portaria n.º /2010 Contratação temporária para o Ensino Português no Estrangeiro Nos termos do artigo 32.º do Decreto-Lei n.º 165/2006, de 11 de Agosto,

Leia mais

As ganhadoras da edição 2015 do prêmio que reconhece juristas de países latinos. Fonte: Citação institucional

As ganhadoras da edição 2015 do prêmio que reconhece juristas de países latinos. Fonte: Citação institucional Fonte: Citação institucional Seção: Eu Estudante Versão: Online Data: 03/01/16 PRÊMIO» Reconhecimento feminino no direito Advogadas brasileiras conquistaram honraria em disputa com dezenas de finalistas

Leia mais

ROJETO DE LEI Nº, de 2015. (Do Sr. Deputado Marcos Rotta)

ROJETO DE LEI Nº, de 2015. (Do Sr. Deputado Marcos Rotta) ROJETO DE LEI Nº, de 2015 (Do Sr. Deputado Marcos Rotta) Dispõe sobre segurança, danos materiais, furtos e indenizações, correspondentes a veículos nos estacionamento de estabelecimentos comerciais, shoppings

Leia mais

Discurso feito no Grande Expediente da Câmara dos Deputados no dia 28 de outubro

Discurso feito no Grande Expediente da Câmara dos Deputados no dia 28 de outubro Discurso feito no Grande Expediente da Câmara dos Deputados no dia 28 de outubro Venho a essa tribuna para discutir o tema da violência e a sua associação com o comercio ilegal das drogas, duas questões

Leia mais

Edison Mendes. A realidade de uma vida

Edison Mendes. A realidade de uma vida Edison Mendes A realidade de uma vida Rio de Janeiro Barra Livros 2014 Copyright 2014 by Edison Mendes Todos os direitos reservados à Barra Livros Proibida a reprodução desta obra, total ou parcialmente,

Leia mais

Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1. Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana Xavier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE

Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1. Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana Xavier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1 Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana avier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE RESUMO Este trabalho se propõe uma jornada Arcoverde adentro

Leia mais

CONSTITUIÇÃO ESTADUAL TÍTULO VI CAPÍTULO II DAS FINANÇAS PÚBLICAS. Seção I. DISPOSIÇÕES GERAIS (Arts. 207 e 208)

CONSTITUIÇÃO ESTADUAL TÍTULO VI CAPÍTULO II DAS FINANÇAS PÚBLICAS. Seção I. DISPOSIÇÕES GERAIS (Arts. 207 e 208) CONSTITUIÇÃO ESTADUAL TÍTULO VI CAPÍTULO II DAS FINANÇAS PÚBLICAS Seção I DISPOSIÇÕES GERAIS (Arts. 207 e 208) Art. 207 - Lei complementar disporá sobre finanças públicas, observados os princípios estabelecidos

Leia mais

ANÁLISE DOS RESULTADOS DO PROJETO EMÍLIA VAI À ESCOLA: UM ESTUDO SOBRE AS CONDIÇÕES E PRÁTICAS DE LEITURA DA OBRA LOBATEANA NO ENSINO FUNDAMENTAL

ANÁLISE DOS RESULTADOS DO PROJETO EMÍLIA VAI À ESCOLA: UM ESTUDO SOBRE AS CONDIÇÕES E PRÁTICAS DE LEITURA DA OBRA LOBATEANA NO ENSINO FUNDAMENTAL ANÁLISE DOS RESULTADOS DO PROJETO EMÍLIA VAI À ESCOLA: UM ESTUDO SOBRE AS CONDIÇÕES E PRÁTICAS DE LEITURA DA OBRA LOBATEANA NO ENSINO FUNDAMENTAL Aline Sousa Santos Maria Afonsina Ferreira Matos 1 RESUMO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO NOV 2015. 9º Semana Ticket de Cultura e Esporte. De 5 a 15 de novembro - Gratuito. Apresenta: CIRCO ZANNI

PROGRAMAÇÃO NOV 2015. 9º Semana Ticket de Cultura e Esporte. De 5 a 15 de novembro - Gratuito. Apresenta: CIRCO ZANNI NOV 2015 PROGRAMAÇÃO 9º Semana Ticket de Cultura e Esporte Apresenta: CIRCO ZANNI De 5 a 15 de novembro - Gratuito FUNDAÇÃO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 Barra Funda,

Leia mais

Entenda o PL 7.168/2014 de A a Z

Entenda o PL 7.168/2014 de A a Z Entenda o PL 7.168/2014 de A a Z O Projeto de Lei 7.168/2014 avança na construção de um novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil. Ele trata das relações entre Estado e OSCs e estabelece

Leia mais

ENSINO DE MATEMÁTICA NO BRASIL: UM ENFOQUE A PARTIR DOS LIVROS DIDÁTICOS (1940-2000)

ENSINO DE MATEMÁTICA NO BRASIL: UM ENFOQUE A PARTIR DOS LIVROS DIDÁTICOS (1940-2000) ENSINO DE MATEMÁTICA NO BRASIL: UM ENFOQUE A PARTIR DOS LIVROS DIDÁTICOS (1940-2000) Antônio Maurício Medeiros Alves Universidade Federal de Pelotas Orientadora: Eliane Teresinha Peres RESUMO PALAVRAS

Leia mais

Livro revela olhar pedagógico de Moacir Gadotti sobre o Fórum Social Mundial Juliana Rocha Barroso 05/03/2007

Livro revela olhar pedagógico de Moacir Gadotti sobre o Fórum Social Mundial Juliana Rocha Barroso 05/03/2007 Livro revela olhar pedagógico de Moacir Gadotti sobre o Fórum Social Mundial Juliana Rocha Barroso 05/03/2007 No dia 1º de março, em um debate no Sesc Pinheiros, o educador, diretor geral do Instituto

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO AOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR. CAPITULO I (Objecto e âmbito)

REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO AOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR. CAPITULO I (Objecto e âmbito) REGULAMENTO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO AOS ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR CAPITULO I (Objecto e âmbito) Artigo 1º (Objecto) O presente projecto de regulamento estabelece os princípios gerais e condições

Leia mais

Curso de Formação. Liderança e Gestão de Equipas (Data de início: 13/11/2014 - Data de fim: 15/12/2014)

Curso de Formação. Liderança e Gestão de Equipas (Data de início: 13/11/2014 - Data de fim: 15/12/2014) Curso de Formação Liderança e Gestão de Equipas (Data de início: 13/11/2014 - Data de fim: 15/12/2014) I - Autoavaliação (formandos) A- Motivação para a Frequência da Ação 1- Identifique, de 1 (mais importante)

Leia mais

1. O que é Folclore? Uma análise histórica e crítica do conceito.

1. O que é Folclore? Uma análise histórica e crítica do conceito. Objetivos Proporcionar o entendimento das características gerais do processo folclórico brasileiro; Estruturar o profissional de Eventos para conhecer particularidades de alguns acontecimentos que envolvem

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PORTAL DIA A DIA EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PORTAL DIA A DIA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PORTAL DIA A DIA EDUCAÇÃO Sequência de Aulas As Cruzadas: Violência e Fé Autora: Vanessa Maria Rodrigues

Leia mais

Segundo FILHO, ARLINDO C. em 12 de fevereiro de 1998, o "Diário Oficial" da União regulamentou o artigo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação

Segundo FILHO, ARLINDO C. em 12 de fevereiro de 1998, o Diário Oficial da União regulamentou o artigo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação 13 14 Segundo FILHO, ARLINDO C. em 12 de fevereiro de 1998, o "Diário Oficial" da União regulamentou o artigo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que trata da Educação à Distância. O decreto

Leia mais

ROSANE MICHELLI DE CASTRO (UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA - UNESP/FFC-MARÍLIA).

ROSANE MICHELLI DE CASTRO (UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA - UNESP/FFC-MARÍLIA). A PRODUÇÃO ACADÊMICO CIENTÍFICA DO DEPARTAMENTO DE LETRAS DA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE MARÍLIA FFCL (1959 1975): ALGUNS SENTIDOS PRODUZIDOS PELA TENSÃO ENTRE SUPORTE, TEXTO E DISC ROSANE

Leia mais

vunesp PROVA DISCURSIVA 1. Psicologia Clínica CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA

vunesp PROVA DISCURSIVA 1. Psicologia Clínica CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA Concurso de Provas e Títulos para Concessão do Título de Especialista em Psicologia e seu Respectivo Registro Concurso de Provas e Títulos

Leia mais

CO SELHO DA U IÃO EUROPEIA. Bruxelas, 3 de Outubro de 2011 (06.10) (OR.en) 14552/11 SOC 804 JEU 53 CULT 66. OTA Secretariado-Geral do Conselho

CO SELHO DA U IÃO EUROPEIA. Bruxelas, 3 de Outubro de 2011 (06.10) (OR.en) 14552/11 SOC 804 JEU 53 CULT 66. OTA Secretariado-Geral do Conselho CO SELHO DA U IÃO EUROPEIA Bruxelas, 3 de Outubro de 2011 (06.10) (OR.en) 14552/11 SOC 804 JEU 53 CULT 66 OTA de: Secretariado-Geral do Conselho para: Delegações n.º doc. ant.: 14061/1/11 REV 1 SOC 759

Leia mais

A MATEMÁTICA IMBRICADA COM A LITERATURA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

A MATEMÁTICA IMBRICADA COM A LITERATURA: RELATO DE EXPERIÊNCIA A MATEMÁTICA IMBRICADA COM A LITERATURA: RELATO DE EXPERIÊNCIA Resumo Cristian Darif 1 Universidade Comunitária da Região de Chapecó cristianjr@unochapeco.edu.br Cláudia Maria Grando 2 Universidade Comunitária

Leia mais

Ao Ilmo. Presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade-ICMBio Prezado Sr. Rômulo Mello

Ao Ilmo. Presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade-ICMBio Prezado Sr. Rômulo Mello Rio de Janeiro, 27 de junho de 2011. Ao Ilmo. Presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade-ICMBio Prezado Sr. Rômulo Mello Encaminhamos, em função da Consulta Pública, a minuta

Leia mais

ANO INTERNACIONAL DA JUVENTUDE

ANO INTERNACIONAL DA JUVENTUDE Os Jovens merecem um grande compromisso da nossa parte: acesso pleno à educação, atenção adequada na saúde, oportunidades de emprego e participação plena na vida pública. Ban Ki-moon Secretário Geral das

Leia mais

O que não posso, porque não tenho esse direito, é calar-me, seja sob que pretexto for. Francisco Sá Carneiro, Lisboa, 1972

O que não posso, porque não tenho esse direito, é calar-me, seja sob que pretexto for. Francisco Sá Carneiro, Lisboa, 1972 JAIME O que não posso, porque não tenho esse direito, é calar-me, seja sob que pretexto for Francisco Sá Carneiro, Lisboa, 1972 RAMOS As Razões para uma candidatura à liderança do PPD/PSD Madeira As eleições

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 502/2013

PROJETO DE LEI Nº 502/2013 PROJETO DE LEI Nº 502/2013 Autor(es): VEREADORA LAURA CARNEIRO EMENTA: INSTITUI O SISTEMA DE REUTILIZAÇÃO E RECICLAGEM DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL E DEMOLIÇÕES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997 Estabelece normas para as eleições. O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

EDITORIAL LÍDER DO FUTURO

EDITORIAL LÍDER DO FUTURO InformEstrela Informativo da Cerâmica Estrela. Caderno Fevereiro2012 Ano V EDITORIAL LÍDER DO FUTURO A liderança tem assumido ao longo dos tempos diversas características, ou seja, se estampado em vários

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Sistema de Ensino Unidade Portugal Série: 4 o ano (3 a série) Período: MANHÃ AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VII PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Nome: Turma: Data: 2/9/2009 Valor da prova: 6,0 Nota: Eixo temático

Leia mais

Empresas podem usar detector de mentiras, decide Justiça. Quarta, 21 de setembro de 2005, 14h44 Fonte: INVERTIA notícias portal terra

Empresas podem usar detector de mentiras, decide Justiça. Quarta, 21 de setembro de 2005, 14h44 Fonte: INVERTIA notícias portal terra Empresas podem usar detector de mentiras, decide Justiça. Quarta, 21 de setembro de 2005, 14h44 Fonte: INVERTIA notícias portal terra Décio Guimarães Júnior Acadêmico do 6ºperíodo do curso de graduação

Leia mais

Os Desafios da VISA. Prof. Ismar Araujo de Moraes Departamento de Fisiologia e Farmacologia da UFF Médico Veterinário S/SUBVISA-RIO

Os Desafios da VISA. Prof. Ismar Araujo de Moraes Departamento de Fisiologia e Farmacologia da UFF Médico Veterinário S/SUBVISA-RIO Os Desafios da VISA Prof. Ismar Araujo de Moraes Departamento de Fisiologia e Farmacologia da UFF Médico Veterinário S/SUBVISA-RIO Cabe a ANVISA o controle de portos aeroportos e fronteiras CRISE ECONÔMICA

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO DIA DE COOPERAR TRABALHO VOLUNTÁRIO O QUE É O VOLUNTARIADO COOPERATIVO? COMPARTILHANDO PRINCÍPIOS E VALORES SOCIAIS

ÍNDICE APRESENTAÇÃO DIA DE COOPERAR TRABALHO VOLUNTÁRIO O QUE É O VOLUNTARIADO COOPERATIVO? COMPARTILHANDO PRINCÍPIOS E VALORES SOCIAIS ÍNDICE APRESENTAÇÃO DIA DE COOPERAR TRABALHO VOLUNTÁRIO O QUE É O VOLUNTARIADO COOPERATIVO? COMPARTILHANDO PRINCÍPIOS E VALORES SOCIAIS METODOLOGIA DE TRABALHO E ORGANIZAÇÃO COMO PARTICIPAR DO DIA C DICAS

Leia mais

ARTE GREGA CLÁSSICA E ARTE MODERNA: ASPECTOS AXIOLÓGICOS EM O MINOTAURO

ARTE GREGA CLÁSSICA E ARTE MODERNA: ASPECTOS AXIOLÓGICOS EM O MINOTAURO ARTE GREGA CLÁSSICA E ARTE MODERNA: ASPECTOS AXIOLÓGICOS EM O MINOTAURO Valter Cesar Pinheiro Doutorando ( USP ) RESUMO: O objetivo deste artigo é demonstrar como Monteiro Lobato, em O Minotauro, expressa

Leia mais

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PROJETO DE LEI N o 1.003, DE 2011 Cria a figura do Vigilante Ambiental Voluntário em caráter nacional. Autor: Deputado Guilherme Mussi Relator: Deputado

Leia mais

CONVÊNIO REFERENTE AO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM PROFISSIONAL

CONVÊNIO REFERENTE AO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM PROFISSIONAL ANEXO 06 CONVÊNIO REFERENTE AO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM PROFISSIONAL EMPRESA: (Empresa) - Razão social, com endereço na..., nº andar, bairro:, na Cidade/Estado de..., CEP.:..., telefone:, Fax:, e-mail:,

Leia mais

FICHA DOUTRINÁRIA 16º; 14º; 1º; 3º; 8º; 23º; 30º - 1º; 2º; 5º; 6º; 20º.

FICHA DOUTRINÁRIA 16º; 14º; 1º; 3º; 8º; 23º; 30º - 1º; 2º; 5º; 6º; 20º. FICHA DOUTRINÁRIA Diploma: Artigo: Assunto: RITI - CIVA 16º; 14º; 1º; 3º; 8º; 23º; 30º - 1º; 2º; 5º; 6º; 20º. Operações Triangulares Falsas Triangulares Localização de operações Aquisições Intracomunitárias

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.455, DE 20 DE MAIO DE 2015 Promulga o Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República

Leia mais

Texto integrante dos Anais do XVIII Encontro Regional de História O historiador e seu tempo. ANPUH/SP UNESP/Assis, 24 a 28 de julho de 2006. Cd-rom.

Texto integrante dos Anais do XVIII Encontro Regional de História O historiador e seu tempo. ANPUH/SP UNESP/Assis, 24 a 28 de julho de 2006. Cd-rom. Título do trabalho: Futebol e identidade nacional brasileira: o caso da Copa do Mundo de 1938. Autor: Paulo Henrique do Nascimento. Filiação institucional: Universidade Estadual Paulista Campus de Franca.

Leia mais

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil.

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos da turma 1F8.

Leia mais

Competências digitais do cidadão do século XXI

Competências digitais do cidadão do século XXI UNIVERSIDADE DE LISBOA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO Competências digitais do cidadão do século XXI Autor(es) Sandra Margarida Moreira Novo, n.º 11177 MESTRADO EM TECNOLOGIAS E METODOLOGIAS DE E-LEARNING 2011/2012

Leia mais

Profa. Dra. Ana Maria Klein UNESP/São José do Rio Preto anaklein@ibilce.unesp.br

Profa. Dra. Ana Maria Klein UNESP/São José do Rio Preto anaklein@ibilce.unesp.br Profa. Dra. Ana Maria Klein UNESP/São José do Rio Preto anaklein@ibilce.unesp.br 3º Seminário de Proteção Escolar / Secretaria da Educação 20 e 21 de agosto de 2014 / Serra Negra 1 Diferenças culturais

Leia mais

1º Encontro Nacional de Capacitação dos Mensageiros da Paz

1º Encontro Nacional de Capacitação dos Mensageiros da Paz 1º Encontro Nacional de Capacitação dos Mensageiros da Paz No último final de semana de agosto foi realizado o 1º Encontro Nacional de Capacitação dos Mensageiros da Paz, que contou com a presença de 60

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca INAUGURAÇÃO DA NOVA CIDADE DE CANINDÉ

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

A FAFI DE MARÍLIA/SP (1959-1976): UM ESTUDO DAS SUAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS E DE PROMOÇÃO.

A FAFI DE MARÍLIA/SP (1959-1976): UM ESTUDO DAS SUAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS E DE PROMOÇÃO. 1 A FAFI DE MARÍLIA/SP (1959-1976): UM ESTUDO DAS SUAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS E DE PROMOÇÃO. Rosane Michelli de Castro Faculdade de Filosofia e Ciências UNESP/Campus de Marília Nesta comunicação, apresento

Leia mais

MODERNISMO. História da Arte Profº Geder 1ª Série Ensino Médio (2012)

MODERNISMO. História da Arte Profº Geder 1ª Série Ensino Médio (2012) MODERNISMO História da Arte Profº Geder 1ª Série Ensino Médio (2012) O século XX inicia-se no Brasil com muitos fatos que vão moldando a nova fisionomia do país. - progresso técnico - novas fábricas surgidas

Leia mais

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE LOUSA ACTA N.º 01/2007

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE LOUSA ACTA N.º 01/2007 1/8 ACTA N.º 01/2007 Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e sete, pelas vinte horas e trinta minutos reuniu, em Sessão Ordinária, a Assembleia de Freguesia de Lousa, no salão anexo à Junta de

Leia mais

A D E U S. 8Anos. Waldomiro Benedito do Rêgo Filho, o "Valdo" Leia na pág. 02 Cantinho da Saudade

A D E U S. 8Anos. Waldomiro Benedito do Rêgo Filho, o Valdo Leia na pág. 02 Cantinho da Saudade São Sebastião - Ilhabela - LN/SP 2ª Quinzena de Agosto de 2015 Ano 8 Nº 191 Distribuição Gratuita A D E U S Waldomiro Benedito do Rêgo Filho, o "Valdo" Leia na pág. 02 Cantinho da Saudade Cantinho da Saudade

Leia mais

Veículo: Site Pauta Social Data: 02/12/2009

Veículo: Site Pauta Social Data: 02/12/2009 Veículo: Site Pauta Social Data: 02/12/2009 Seção: Pautas Pág.: www.pautasocial.com.br Assunto: Projeto Pescar 2/12/2009 PROJETO PESCAR SABIN CAPACITA E FORMA CIDADÃOS Programa promove cidadania e capacitação

Leia mais

GINCANA 2013 - FUNDAÇÃO / FUNVIC

GINCANA 2013 - FUNDAÇÃO / FUNVIC GINCANA 2013 - FUNDAÇÃO / FUNVIC ENCERRAMENTO DIA 24/05/2013 (6ª Feira) GINÁSIO DE ESPORTES DA A.E.M. 19 HORAS:- CONCENTRAÇÃO DAS EQUIPES 19H15 :- INÍCIO (composição da mesa / abertura com Hino Nacional).

Leia mais

IDOSOS E A LEITURA DE JORNAL.

IDOSOS E A LEITURA DE JORNAL. IDOSOS E A LEITURA DE JORNAL. Adriana Pastorello. Programa de Pós-Graduação Universidade Estadual Paulista Câmpus de Marília SP. Grupo de pesquisa: Processos de leitura e de escrita: apropriação e objetivação.

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 24.04.2015 ACOLHIMENTO DE CRIANÇAS E JOVENS

NOTÍCIAS À SEXTA 24.04.2015 ACOLHIMENTO DE CRIANÇAS E JOVENS ACOLHIMENTO DE CRIANÇAS E JOVENS Fonte: Relatório Casa 2014 1 MODELOS DE REGULAMENTOS INTERNOS E DE COMPROMISSOS DE COOPERAÇAO SESSÕES ESCLARECIMENTO sobre Regulamentos Internos e Compromisso de Cooperação

Leia mais

Índices para catálogo sistemático: Formação de professores 370.71 Didática - Métodos de ensino instrução e estudo Pedagogia 371.3

Índices para catálogo sistemático: Formação de professores 370.71 Didática - Métodos de ensino instrução e estudo Pedagogia 371.3 Conselho Editorial Av. Carlos Salles Block, 658 Ed. Altos do Anhangabaú, 2º Andar, Sala 21 Anhangabaú - Jundiaí-SP - 13208-100 11 4521-6315 2449-0740 contato@editorialpaco.com.br Profa. Dra. Andrea Domingues

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 88-GR/UNICENTRO, DE 12 DE MAIO DE 2014. Especifica a estrutura curricular do Curso de Especialização em Educação e Formação Empreendedora, modalidade de educação a distância, aprovado pela

Leia mais

PRÁTICAS ESCOLARES NORTEADAS POR PROJETOS DE TRABALHO QUE FOMENTAM A FORMAÇÃO DOCENTE

PRÁTICAS ESCOLARES NORTEADAS POR PROJETOS DE TRABALHO QUE FOMENTAM A FORMAÇÃO DOCENTE 165 PRÁTICAS ESCOLARES NORTEADAS POR PROJETOS DE TRABALHO QUE FOMENTAM A FORMAÇÃO DOCENTE Fausiene Pereira Resende Victor-UFU fausiene_ped_ufu@hotmail.com Vivian Moreira Batista-UFU vivisacra@gmail.com

Leia mais

A SEMANA DE ARTE MODERNA FEVEREIRO DE 1922

A SEMANA DE ARTE MODERNA FEVEREIRO DE 1922 A SEMANA DE ARTE MODERNA FEVEREIRO DE 1922 1822 1922 100 anos da Independência do Brasil ANTECEDENTES DA SEMANA DE ARTE MODERNA 1912 CHEGADA DE OSWALD DE ANDRADE DA EUROPA Oswald de Andrade retorna de

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Prêmio Muiraquitã de Inovação Tecnológica da Eletronorte -Uma ação de Incentivo à

Leia mais

8 Jeitos de Mudar o Mundo

8 Jeitos de Mudar o Mundo 8 Jeitos de Mudar o Mundo No dia 8 de setembro de 2000, a Organização das Nações Unidas (ONU) sintetizou uma série de acordos internacionais firmados em diversas cúpulas mundiais e desenvolveu a Declaração

Leia mais

VÁRIAS MENINAS: DA EXEMPLARIDADE AO DIÁLOGO CAMILA FLESSATI RESUMO:

VÁRIAS MENINAS: DA EXEMPLARIDADE AO DIÁLOGO CAMILA FLESSATI RESUMO: VÁRIAS MENINAS: DA EXEMPLARIDADE AO DIÁLOGO RESUMO: CAMILA FLESSATI O presente artigo é fruto do trabalho realizado no grupo de estudos Literatura Infantil/Juvenil e Sociedade da Universidade de São Paulo.

Leia mais

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 1.358, DE 2013 (Do Sr. Domingos Sávio)

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 1.358, DE 2013 (Do Sr. Domingos Sávio) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 1.358, DE 2013 (Do Sr. Domingos Sávio) Susta a aplicação do Anexo 3, da Norma Regulamentadora nº 15 (NR 15), do Ministério do Trabalho e Emprego

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA LICENCIATURA DISCIPLINA PESQUISA EM EDUCAÇÃO. Camila Alves de Melo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA LICENCIATURA DISCIPLINA PESQUISA EM EDUCAÇÃO. Camila Alves de Melo 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA LICENCIATURA DISCIPLINA PESQUISA EM EDUCAÇÃO Camila Alves de Melo Projeto de Pesquisa: Para onde vão as gravatas? A

Leia mais

Artigos. Artigo Subclasse de determinantes que se antepõem ao nome para identificar e determinar o que este exprime. Artigo. Definido.

Artigos. Artigo Subclasse de determinantes que se antepõem ao nome para identificar e determinar o que este exprime. Artigo. Definido. Artigos Artigo Subclasse de determinantes que se antepõem ao nome para identificar e determinar o que este exprime. Indefinido Artigo Definido 1 Masculino um uns Masculino o os Feminino Artigo indefinido

Leia mais

Exmº Senhor. MIGUEL REIS, advogado, com a cédula profissional nº 5066L, em. seu nome pessoal e em representação da Miguel Reis & Associados

Exmº Senhor. MIGUEL REIS, advogado, com a cédula profissional nº 5066L, em. seu nome pessoal e em representação da Miguel Reis & Associados 1 2 Exmº Senhor Presidente do Instituto dos Registos e do Notariado 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 MIGUEL REIS, advogado, com a cédula profissional nº 5066L, em seu nome

Leia mais

E D I TAL D O 1 P R O C E S S O S E L E T I V O D E 2 0 1 6 D O P R É - E N E M E P R É - C O N C U R S O M U N I C I PAL

E D I TAL D O 1 P R O C E S S O S E L E T I V O D E 2 0 1 6 D O P R É - E N E M E P R É - C O N C U R S O M U N I C I PAL E D I TAL D O 1 P R O C E S S O S E L E T I V O D E 2 0 1 6 D O P R É - E N E M E P R É - C O N C U R S O M U N I C I PAL A Prefeitura Municipal de Montes Claros, através da e da Coordenação do Programa

Leia mais

Carlos Henrique Soares Curriculum Vitae

Carlos Henrique Soares Curriculum Vitae Carlos Henrique Soares Curriculum Vitae Maio/2008 Carlos Henrique Soares Curriculum Vitae Dados Pessoais Nome Carlos Henrique Soares Nome em citações bibliográficas SOARES, C. H. Sexo masculino Filiação

Leia mais

yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm

yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnm qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyui opasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas

Leia mais

P E N C L U B E D O B R A S I L

P E N C L U B E D O B R A S I L P E N C L U B E D O B R A S I L Há 75 anos promovendo a literatura e defendendo a liberdade de expressão Boletim Informativo Rio de Janeiro Ano I Julho de 2011 Edição Online Fundado em 1936 Abertas inscrições

Leia mais

EXCELENTISSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA COMARCA DE PORTO ALEGRE/RS

EXCELENTISSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA COMARCA DE PORTO ALEGRE/RS EXCELENTISSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA COMARCA DE PORTO ALEGRE/RS TRAMITAÇÃO PREFERENCIAL VERBA ALIMENTAR Com pedido de Gratuidade de Justiça. JOÃOZINHO DA SILVA, brasileiro, maior, solteiro,

Leia mais

CALENDÁRIO 2016 COLÉGIO TRILÍNGUE INOVAÇÃO JANEIRO 2016

CALENDÁRIO 2016 COLÉGIO TRILÍNGUE INOVAÇÃO JANEIRO 2016 CALENDÁRIO 2016 COLÉGIO TRILÍNGUE INOVAÇÃO JANEIRO 2016 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 02 Min 09Nov 16Cres 23Cheia 01 Confraternização Universal

Leia mais

O estado da arte nas pesquisas sobre as relações famíliaescola nos anais da Anppep e Conpe

O estado da arte nas pesquisas sobre as relações famíliaescola nos anais da Anppep e Conpe Anais do XV Encontro de Iniciação Científica da PUC-Campinas - 26 e 27 de outubro de 2010 ISSN 1982-0178 O estado da arte nas pesquisas sobre as relações famíliaescola nos anais da Anppep e Conpe Leandro

Leia mais

Adolescentes no Brasil Um olhar desde o Direito

Adolescentes no Brasil Um olhar desde o Direito PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Adolescentes no Brasil Um olhar desde o Direito Novembro / 2013 Art. 227/CF

Leia mais

MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Diretoria de Modernização Judiciária

MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Diretoria de Modernização Judiciária MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA Diretoria de Modernização Judiciária Aracaju, 29 de agosto de 2008 1 1 APRESENTAÇÃO Este Manual tem por escopo apresentar

Leia mais

CARGO: ANALISTA CONTROLE INTERNO. TEXTO: Quando a sociedade quer...

CARGO: ANALISTA CONTROLE INTERNO. TEXTO: Quando a sociedade quer... CARGO: ANALISTA CONTROLE INTERNO TEXTO: Quando a sociedade quer... Era uma vez um país muito grande e muito quente. Era um país de lastimáveis tradições educativas. Séculos se passaram antes que conseguisse

Leia mais