Manual Ilustrado Utilitários Controle de Infecção Hospitalar

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Ilustrado Utilitários Controle de Infecção Hospitalar"

Transcrição

1 Manual Ilustrado Utilitários Controle de Infecção Hospitalar Abril

2 Manual Ilustrado Utilitários Indíce Título do documento 1. Como utilizar esse material em seus estudos? Introdução Utilitários Envio de Envio de de Pós-Alta de Paciente Cirúrgico Envio de de Produção do Cirurgião Atualização de IRIC Atualizando IRIC Atualização de Multiresistência de Germes Atualizando Multiressistência de Germes Compilador de Hemocultura Compilando Hemocultura Fechamento de Consumo de Antibiótico Interrupção de Antibiótico Mensagens Automáticas Mensagens de Monitorização de Eventos Parâmetros Gerais Versão 1.0

3 Manual Ilustrado - Utilitários 1. Como utilizar esse material em seus estudos? O material que está sendo apresentado a você tem o objetivo de orientá-lo quanto aos cadastros, configurações e processos que compõem o sistema Janus. Para um estudo mais aprofundado da solução TOTVS Janus, é recomendado que você utilize este manual e consulte também os demais manuais do produto, todos disponíveis em nosso portal no TDN. O portal é alimentado constantemente, com boletins técnicos, e novidades das últimas versões, não deixe de conferir. Portal do TDN: tdn.totvs.com Boa leitura! 2. Introdução O sistema TOTVS Controle de Infecção Hospitalar (Janus) foi desenvolvido com o objetivo de auxiliar na qualidade da assistência prestada pelas instituições de saúde, com foco nas infecções hospitalares. O sistema trabalha de forma integrada com o sistema de gestão hospitalar da instituição, independente de qual seja, importando os dados dos pacientes para sua base de dados e com a equipe da CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar), gerando sugestões de como proceder em determinadas situações. A base do sistema é o NHSN (National Healthcare Safety Network), que é um sistema para monitorar eventos associados a cuidados com a saúde. O NHSN é composto por metodologias e definições médicas baseadas em pesquisas e desenvolvimento. Cadastro População Pacientes Importação Utilitários Relatórios Descritivos Ralatórios Estatísticos Versão 1.0 3

4 Manual Ilustrado Utilitários 3. Utilitários Título do documento 4. Envio de Há dois tipos de envio de automático: 1. Paciente Cirúrgico - Vigilância Pós Alta: o objetivo desta funcionalidade é, através do contato com a clientela cirúrgica, permitir pesquisa de satisfação do cliente e extensão da vigilância pós-alta com feed-back direto do paciente. 2. Cirurgião - Vigilância Pós Alta: o objetivo deste modelo é auxiliar a equipe do CCIH a estreitar seu relacionamento com o corpo clínico, no caso cirurgiões, fornecendo ao médico sua produção cirúrgica mês a mês e oportunidade de reportar infecções detectadas após a alta. Este processo é bastante simples. Para que seu uso aconteça corretamente e o novo conceito seja aplicado, é necessário que os s dos médicos estejam cadastrados e os s dos pacientes sejam importados do SGH. Após o envio dos s, o aplicativo exibira uma mensagem de log na tela informando para quais pacientes ou médicos foram encaminhados os respectivos s. 4.1 Envio de de Pós-Alta de Paciente Cirúrgico 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários / Envio de / Pós-Alta Paciente Cirúrgico. 2. Será exibida a tela de envio de s de questionário pós-alta aos pacientes. 3. Selecione se o envio será por período ou recorrente. 4. Selecione o Relatório (de questionário pós-alta). 5. Informe o título do Clique em Executar. 4 Versão 1.0

5 Manual Ilustrado - Utilitários 4.2 Envio de de Produção do Cirurgião 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários / Envio de / Produção do Cirurgião. 2. Será exibida a tela de envio de s de produção cirúrgica. 3. Preencha a defasagem. 4. Selecione o relatório (de produção cirúrgica de cada cirurgião). 5. Informe o título do Clique em Executar. 5. Atualização de IRIC Esta tela deverá ser utilizada para a atualização do IRIC (Índice de Risco de Infecção Cirúrgica). Também para atualizar o valor do IRIC para todas as cirurgias realizadas em um determinado período que deve ser informado pelo usuário. Irá ocorrer alteração do IRIC quando, por exemplo, o usuário alterar no cadastro de cirurgia o valor do CUTOFF (tempo máximo esperado de ferida aberta para o procedimento). 5.1 Atualizando IRIC 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários / Processo/ Atualizar IRIC. 2. Preencha o período e clique em Executar. Versão 1.0 5

6 Manual Ilustrado Utilitários Título do documento 3. Após processamento do sistema, será exibido um relatório informando quantas vias de acesso foram carregadas, atualizadas, com o IRIC limpo e com o IRIC inalterado. 6. Atualização de Multiresistência de Germes Esta tela de processo devera ser utilizada para a atualização de multirresistência de germes. Para isto basta o usuário informar o período que ele deseja. 6 Versão 1.0

7 Manual Ilustrado - Utilitários Mais para ocorrer à atualização deverá ser alterado também a forma de definição de multirresistência de germes. O germe pode ser multirresistente a vários conjuntos de antibiótico diferentes. Com isto o sistema processa todos os germes lançados e os altera se tiver havido mudança no seu conceito de multirresistência. 6.1 Atualizando Multiressistência de Germes 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários / Processo/ Atualizar Multirresistência. 2. Preencha o período e clique em Executar. 3. Após processamento do sistema, será exibido um relatório informando quantos germes foram carregados, com quantos germes com multirresistência foram atualizados e quantos germes com multirresistência foram inalterada. 7. Compilador de Hemocultura Através dessa funcionalidade, são carregadas todas as internações que contenham culturas de sangue no período informado. Caso existam culturas de sangue colhidos na mesma data, serão verificados seus resultados (germes) e antibiogramas. Resultados (germes) iguais, com antibiogramas iguais serão "mesclados", resultando em apenas um germe. As amostras dos germes serão somadas. Caso o germe1 tenha sido encontrado na amostra 1 e o mesmo germe1 em outro pedido de mesma data tenha sido encontrado na amostra 2, o germe1 passará a existir em apenas uma cultura, porém nas amostras 1 e 2. Germes diferentes continuarão sendo mostrados em separado (de acordo com as amostras em que foram isolados). No final do processo só existirá 1 pedido de cultura de sangue contendo todos os resultados (germes) e antibiogramas de todos os pedidos com a mesma data. 7.1 Compilando Hemocultura 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários / Processo/ Compilador de Hemocultura. Versão 1.0 7

8 Manual Ilustrado Utilitários Título do documento 2. Preencha o período e clique em Executar. 3. Caso no período informado constem internações que contenham culturas de sangue serão exibidas na tela. 8. Fechamento de Consumo de Antibiótico 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários/Antibiótico/Fechar Consumo. 2. Preencha o período e clique em Executar. 8 Versão 1.0

9 Manual Ilustrado - Utilitários 3. O sistema processará a validação de consumo de antibiótico do período informado, em lote. 9. Interrupção de Antibiótico Através dessa opção o Aplicativo envia mensagem de aviso orientando a interrupção de antibiótico quando o tempo de uso pelo paciente estiver se aproximando do tempo pré-definido de uso (parametrizado na ferramenta) para cada tipo de Versão 1.0 9

10 Manual Ilustrado Utilitários Título do documento infecção (p. ex. pneumonia, infecção urinária, etc.). O usuário pode parametrizar esta funcionalidade quando chegar o dia da interrupção, defasagem 0, na véspera, defasagem 1, dois dias antes, defasagem 2, e assim por diante. 10. Mensagens Automáticas O TOTVS Controle de Infecção Hospitalar possui ferramenta de gerenciamento e controle de mensagens para usuários do sistema. Com a mesma é possível monitorar eventos clínicos importantes dos pacientes durante a internação e em suas passagens prévias pela instituição, dando maior segurança à equipe da CCIH. O envio de mensagens poderá ocorrer de duas formas: 1. Envio de automático. 2. Através de mensagem na tela do sistema. Para cada grupo de usuários poderá ser definido qual o formato de apresentação deste alerta. Com esta implementação a solução passa a monitorar os seguintes eventos, cada um deles gerando uma mensagem distinta aos usuários: 1. Isolamento de germe multirresistente: ao integrar (importar) um germe multirresistente no sistema será enviada uma mensagem (via sistema ou via ) para o usuário que estiver cadastrado, informando que determinado paciente está com: Isolamento de germe multirresistente. 2. Interrupção de antibiótico: o usuário cadastra no sistema o tempo de tratamento das diversas topografias de infecção, e configurado o envio deste tipo de mensagem, o sistema enviará mensagens de acordo com o tempo de uso do antibiótico, informando aos destinatários que deve ser feita a interrupção do tratamento antimicrobiano, em conformidade com os protocolos de tratamento da instituição. 3. Possível reinternação por infecção hospitalar: logo após a reinternação de um paciente uma mensagem de Possível reinternação por IH será gerada caso esta ocorra até 30 dias após a alta. Se o paciente tiver sido submetido a alguma cirurgia com implante de prótese, o alerta será enviado em período de até um ano após a alta. 4. Reinternação de paciente com bactéria multirresistente: Será exibida a mensagem quando houver reinternação de um paciente que tenha tido isolamento de germe multirresistente em internação prévia (até 6 meses). 5. Crescimento bacteriano em espécime clínico crítico: o usuário receberá esta mensagem quando houver crescimento de qualquer patógeno em materiais como sangue. É importante ressaltar que para cada tipo de mensagem, deve ser informado qual destinatário e o tipo de envio ( ou via sistema). Pode-se parametrizar o intervalo de tempo para o reenvio de uma mesma mensagem, via sistema, até que o destinatário tenha ciência. Há a interface de configuração de uma das mensagens de monitoramento. A configuração da mensagem pode ser customizada pelo cliente e neste sentido podemos estruturá-la com modificações no título e texto que compõem o corpo da mensagem. Neste texto, podemos inserir os parâmetros pré-estabelecidos para identificação do paciente e do atendimento relacionado, estes dados são recuperados do banco de dados no processo de envio Mensagens de Monitorização de Eventos 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários/Configura Mensagens. 10 Versão 1.0

11 Manual Ilustrado - Utilitários 2. Marque o tipo de mensagem e clique em Editar. 3. Será exibida a tela para edição, nela clique na guia Destinatários. 4. Clique em Incluir. Versão

12 Manual Ilustrado Utilitários Título do documento 5. Será exibida tela para configuração, nela marque se a mensagem será envia via ou sistema (tela). 6. Preencha a informação de Filtro e clique em OK. 11. Parâmetros Gerais 1. No Controle de Infecção Hospitalar acesse Utilitários/ Parâmetros. 2. Através dessa tela é possível configurar os seguintes parâmetros: Gerar o cadastro da cultura final ao finalizar o parcial. Utilizar hora e minuto(internação, Alta, Cirurgia, Antibiótico, Cultura Final). Ativar integração de leitos. Cadastro de material de cultura incremental. Verificar mensagens a valor cada minutos. Enviar alerta para interrupção de antibiótico valor dias depois. Pressão atmosférica para cálculo do APACHE II (GA-a 01): valor. Seleção de Grupo de atendimento. Seleção de Tipo de Atendimento. Seleção de Atendente. Definição de quantidade de horas antes/ depois para Classificação automática de antibióticos (Profilático). 12 Versão 1.0

13 Manual Ilustrado - Utilitários Versão

TOTVS Controle de Infecção Hospitalar Manual Ilustrado - Apoio Gerencial. 11.8x. março de 2015. Versão: 3.0

TOTVS Controle de Infecção Hospitalar Manual Ilustrado - Apoio Gerencial. 11.8x. março de 2015. Versão: 3.0 TOTVS Controle de Infecção Hospitalar Manual Ilustrado - Apoio Gerencial 11.8x março de 2015 Versão: 3.0 1 Sumário 1 Como utilizar esse material em seus estudos?... 4 2 Introdução... 4 3 Relatórios Descritivos...

Leia mais

Manual Ilustrado TOTVS Controle de Infecção Hospitalar Apoio Gerencial

Manual Ilustrado TOTVS Controle de Infecção Hospitalar Apoio Gerencial Manual Ilustrado TOTVS Controle de Infecção Hospitalar Apoio Gerencial Março 2014 Índice Título do documento 1. Como utilizar esse material em seus estudos?... 4 2. Introdução... 4 3. Relatórios Descritivos...

Leia mais

Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos

Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos Manual Ilustrado Módulo At. Clínico Agenda, ASOs, Impressos Março 2014 Indíce Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Como utilizar esse material em seus estudos de Atendimento Clínico... 3 3. Introdução...

Leia mais

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Última Atualização: 08/01/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Painel de Lances V Envio de Lances VI Prorrogação

Leia mais

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015 Monitor de Comercialização Ofertante MT 43-1-00015-0 Última Atualização 12/11/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Como inserir subitens V Emissão de Relatórios VI

Leia mais

Relatórios. Manual. Pergamum

Relatórios. Manual. Pergamum Relatórios Manual Pergamum Manual PER-MAN-005 Estatísticas Circulação de Materiais - Geral Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 1-4 1.1 PESQUISANDO ESTATÍSITICAS E RELATÓRIOS... 1-10 1.2 UTILIZANDO O MÓDULO RELATÓRIOS...

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

Espaço do Coordenador

Espaço do Coordenador Espaço do Coordenador Guia de utilização Versão 2.5 PARTE 6: Pedidos de pessoal 2 SUMÁRIO 8.4 PEDIDOS DE PESSOAL... 6 8.4.1 CLT... 7 8.4.2 ESTAGIÁRIO... 17 8.4.3 AUTÔNOMO... 26 8.4.4 VALE ALIMENTAÇÃO/REFEIÇÃO...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais

Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais Dezembro - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Etiquetas de Estoque... 4 3.1 Configurando Parâmetros de Impressão... 4 3.2 Imprimindo Etiquetas de Estoque... 4 4. Etiquetas

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Estoque Processos Gerais 11.8x março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 3 2 Introdução... 3 3 Etiquetas de Estoque... 4 3.1 Configurando Parâmetros de

Leia mais

Sistema de Compras TV Globo

Sistema de Compras TV Globo Índice Negociações Área do Fornecedor Sistema de Compras TV Globo Guia de Uso Guia de Uso do Portal do Fornecedor da TV Globo PÁGINA Índice Índice Índice Negociações Sistema de Compras O que é o Sistema

Leia mais

Para mais informações sobre como utilizar o aplicativo, acesse o endereço: http://www.filhosemfila.com.br/mp/

Para mais informações sobre como utilizar o aplicativo, acesse o endereço: http://www.filhosemfila.com.br/mp/ Para instalar o Filho sem Fila, basta acessar a Apple App Store, se for usuário Apple, ou a Play Store, caso use um aparelho com sistema Android, e buscar por Colégio São José de Bauru. Feitos o download

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Funcionários Página 1 de 12 O cadastro de funcionários permite cadastrar o usuário que vai utilizar o SIGLA Digital e também seus dados pessoais.

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema para Administração de Condomínios MANUAL USUÁRIO. e-mail Enviar Boletos e Relatórios. ENG Sistemas - 1 -

Manual do Usuário. Sistema para Administração de Condomínios MANUAL USUÁRIO. e-mail Enviar Boletos e Relatórios. ENG Sistemas - 1 - Sistema para Administração de Condomínios MANUAL DO USUÁRIO e-mail Enviar Boletos e Relatórios ENG Sistemas - 1 - FUNCIONAMENTO DO MÓDULO...3 CONFIGURAR O MODO DE ENVIO DE E-MAIL NO SCON:...4 PADRÕES PARA

Leia mais

Manual Ilustrado Faturamento Controle de Documentos e Pendências de Contas

Manual Ilustrado Faturamento Controle de Documentos e Pendências de Contas Manual Ilustrado Faturamento Controle de Documentos e Dezembro - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Controle de Documentos... 4 2.1. Cadastro de Tipos de Documento... 5 2.2. Utilizando

Leia mais

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1)

Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos (Parte 1) Regras de Auditoria e Liberação de Movimentos () Março - 2014 Índice Título do documento 1. Auditoria de Movimentos (ECM) Introdução:... 3 2. Grupos de Usuário (ECM):... 3 3. Colaboradores... 4 4. Configuração

Leia mais

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento Manual de Atendimento ÍNDICE INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA)... 3 ACOMPANHAMENTO DE PEDIDO... 8 2 INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA) Utilizado para solicitação de senha para procedimentos pré-autorizados.

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina CRIAÇÃO DE CURSO 1. Criar a Disciplina 2. Incluindo o Curso Título do Curso A NATUREZA NÃO PODE SER ALTERADA 3. Criar um Programa 4. Inserindo um Programa 5. Inserindo Disciplina no Programa Se existir

Leia mais

Sistema de Compras TV Globo

Sistema de Compras TV Globo Sistema de Compras TV Globo Guia de Uso R Guia de Uso do Portal do Fornecedor da TV Globo R PÁGINA Índice Índice O que é o Sistema de Compras TV Globo 4 Criar a sua cotação (Cota) Anexar documento 4 Cadastro

Leia mais

Guia para Utilização do Site. Apoio Integrado à Gestão Descentralizada do SUS

Guia para Utilização do Site. Apoio Integrado à Gestão Descentralizada do SUS Guia para Utilização do Site Apoio Integrado à Gestão Descentralizada do SUS Endereço: http://www.saude.gov.br/apoio Abaixo é apresentada a tela de entrada do Site de Apoio Integrado à Gestão Descentralizada

Leia mais

UnionWeb Condominium

UnionWeb Condominium UnionWeb Condominium Esse manual contém explicações técnicas de configuração e manutenção administrativa. Não deve ser repassado para moradores, é para utilização da Administradora ou responsável para

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO () Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br Sumário Configurações iniciais... 3 Acessando o sistema... 3 Alterando a senha de acesso... 3 Cadastrando clientes... 4 Cadastrando

Leia mais

Manual Ilustrado Gestão de Contratos

Manual Ilustrado Gestão de Contratos Manual Ilustrado Gestão de Contratos Setembro - 2014 Manual Ilustrado - Gestão de Contratos Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Cadastro de Condições Contratuais com Convênios...

Leia mais

Manual Ilustrado Gestão de Glosas

Manual Ilustrado Gestão de Glosas Março - 2014 Indíce Título do documento 1. Introdução... 3 2. Objetivos... 3 3. Fluxo do Processo... 4 4. Encerramento de Conta... 4 4.1 Realizando o Encerramento de uma Conta... 4 4.2 Liberando Conta

Leia mais

EDIG MANUAL DO USUÁRIO

EDIG MANUAL DO USUÁRIO EDIG MANUAL DO USUÁRIO Av. Duque de Caxias, 882 - Maringá, PR Telefone: (44) 3033-6300 SÚMARIO Introdução... 4 Cadastros... 4 Empresas... 4 Certificados... 5 Doc. Emitidos... 7 Monitor de Operações...

Leia mais

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas.

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas. Balancete Orçamentário Produto : TOTVS Gestão Patrimonial - 12.1.6 Processo : Relatórios Subprocesso : Balancete Orçamentário Data publicação da : 17/06/2015 O Balancete é um relatório contábil oficial

Leia mais

MANUAL - CONTABILIDADE

MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. MÓDULO CONTABILIDADE...4 2.1. PLANO CONTÁBIL...4 2.2. BOLETIM CONTÁBIL...4 2.2.1. Lançamentos Contábeis...5

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque. 11.8x. março de 2015. Versão: 5.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque. 11.8x. março de 2015. Versão: 5.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque 11.8x março de 2015 Versão: 5.0 1 Sumário 1 Introdução... 3 2 Objetivos... 3 3 Movimentações de Estoque... 3 4 Parâmetros... 5 5 Cadastros...

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Cad. do Menu Cuidados com o Pac. e Campos Complementares. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Cad. do Menu Cuidados com o Pac. e Campos Complementares. 11.8x. março de 2015. Versão: 2. TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Cad. do Menu Cuidados com o Pac. e Campos Complementares 11.8x março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 5 2 Introdução... 5 3 Cadastros Cuidados com o

Leia mais

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Índice 1 -. Apresentação...3 2 -. Ambiente Operacional & Requisitos...4 3 -. Normas do Pregão Eletrônico...5 4 -. Procedimentos do Pregão Eletrônico...6

Leia mais

Manual do Módulo SAC

Manual do Módulo SAC 1 Manual do Módulo SAC Índice ÍNDICE 1 OBJETIVO 4 INICIO 4 SAC 7 ASSOCIADO 9 COBRANÇA 10 CUSTO MÉDICO 10 ATENDIMENTOS 11 GUIAS 12 CREDENCIADO 13 LIVRETO 14 BUSCA POR RECURSO 15 CORPO CLÍNICO 16 MENU ARQUIVO

Leia mais

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas SISTEMA AGHOS Versão 01.2011 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 1. O SISTEMA...4 1.1 Acesso ao Sistema AGHOS:...4 1.2 Teclas de funções do Sistema:...5 1.3

Leia mais

Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0

Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0 Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0 1. Introdução...2 2. Acessando o programa...2 3. Parâmetros de Configuração do Sistema...2 4. Aprendendo como Utilizar o Sistema...5 5. Cadastro de Médicos/Veterinários...9

Leia mais

Instrução de Trabalho Registro de chamado no sistema OCOMON

Instrução de Trabalho Registro de chamado no sistema OCOMON Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado Chefe do Departamento de Atendimento ao Usuário criticamente por 1. OBJETIVOS Orientar os atendentes que usam o sistema de controle e registro de ocorrências

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Portaria

Treinamento GVcollege Módulo Portaria Treinamento GVcollege Módulo Portaria Sumário 1. Acesso portaria... 4 2. Manutenção de acessos... 4 3. Inclusão de acesso por turma... 6 4. Apuração de frequência... 6 5. Relatório de apurações... 7 6.

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD Salvador Bahia Março/2010 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL Este manual contém a descrição das

Leia mais

Gerenciamento de Tarefas

Gerenciamento de Tarefas Gerenciamento de Tarefas O objetivo deste módulo é ajudar a gerenciar de forma mais simples e eficiente todas as tarefas da empresa, relacionadas a contatos, projetos, propostas, contratos etc... Configuração

Leia mais

Criando campanhas e gerando pedidos de venda com o Telemarketing

Criando campanhas e gerando pedidos de venda com o Telemarketing Criando campanhas e gerando pedidos de venda com o Telemarketing Escrito por: Paulo Antônio Leandro Florentino de Carvalho Sumário Criando uma nova campanha Adicionando novo cliente à campanha Excluindo

Leia mais

O TRIBUNAL INFORMA A IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS FUNCIONALIDADES NO SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO TRT DA 18ª REGIÃO E-PETIÇÃO.

O TRIBUNAL INFORMA A IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS FUNCIONALIDADES NO SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO TRT DA 18ª REGIÃO E-PETIÇÃO. O TRIBUNAL INFORMA A IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS FUNCIONALIDADES NO SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO TRT DA 18ª REGIÃO E-PETIÇÃO. DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA NO E-PETIÇÃO A PARTIR DE 5/11/12 clique aqui

Leia mais

Instruções de Uso do sistema Sirc-Cartório

Instruções de Uso do sistema Sirc-Cartório Instruções de Uso do sistema Sirc-Cartório Pré-condição: Sistema instalado e configurado na estação de trabalho, conforme manual de instalação. Desta forma, haverá cadastrado no sistema um usuário administrador

Leia mais

Processo: Vendas Lista de casamento

Processo: Vendas Lista de casamento Desenvolvimento BM-1244 / 1245 Fechamento de bônus de lista de casamento Versão 2009 Release 73 Autor Jaciara Silva Processo: Vendas Lista de casamento Nome do Processo: Fechamento de bônus Acesso Vendas\Pedido

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos Junho - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Cadastros... 4 3.1. Cadastro de Desconto em Repasse... 4 3.2. Cadastro de Critério Geral de Repasse... 4 3.3. Cadastro de

Leia mais

CALEDÁRIO ESCOLAR. Página 1 de 24

CALEDÁRIO ESCOLAR. Página 1 de 24 Página 1 de 24 SISTEMA DE CALENDÁRIO ESCOLAR O Sistema de Calendário Escolar é a primeira etapa de uma grande evolução que ocorrerá nos sistemas de informatização da Secretaria de Estado da Educação. As

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Gestão de Contratos. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Gestão de Contratos. 11.8x. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Gestão de Contratos 11.8x março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 3 2 Introdução... 3 3 Cadastro de Condições Contratuais com Convênios... 3 3.1 Guias

Leia mais

Os botões padrões são encontrados na parte superior esquerda da aplicação. O primeiro botão Portal leva o colaborador à página inicial do Qualitor.

Os botões padrões são encontrados na parte superior esquerda da aplicação. O primeiro botão Portal leva o colaborador à página inicial do Qualitor. 1 Introdução Para uma melhor compreensão das várias opções de manipulação dos chamados, foi criado esse breve manual que contempla as funcionalidades disponibilizadas ao perfil comercial. 2 Botões Padrões

Leia mais

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual Cadastro de Usuários Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento.

Tutorial Folha Express. Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Tutorial Folha Express Como otimizar a confecção da folha de pagamento. Índice Apresentação Pág. 2 Passo 1 Pág. 3 Disponibilização da Folha de Pagamento Passo 2 Pág. 5 Exportação de clientes e Folha de

Leia mais

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central.

APRESENTAÇÃO. questões que constantemente chegam ao Suporte de Informática do Órgão Central. APRESENTAÇÃO O presente documento Aplicativos de E-mail / Webmail Nível Básico Perguntas e Respostas tem como principal objetivo disponibilizar aos servidores das Escolas Estaduais do Estado de Minas Gerais

Leia mais

Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção

Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) - Tutorial Editores/Editores de Seção AGOSTO 2015 Curso em Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas (SEER) Agosto 2015 Editor / Editor de

Leia mais

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BAURU 2015 2 BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO Manual do usuário apresentado para auxiliar no uso do sistema SisPon. BAURU 2015 3 SUMÁRIO 1 Instalação... 5 1.1 Sispon...

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

REGISTRO DE PROJETOS

REGISTRO DE PROJETOS REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Esta aplicação tem o objetivo de realizar o Registro de Projetos da Instituição. É possível, incluir, alterar ou excluir essas informações. 1.1. Acessando a

Leia mais

SYS IMOBILIÁRIAS software imobiliário

SYS IMOBILIÁRIAS software imobiliário 08 07 06 05 04 03 02 01 00 Lorem ipsum. Lorem ipsum. Lorem ipsum. Lorem ipsum. 08 07 06 05 04 03 02 01 00 A B C D F G 08 07 06 05 04 03 02 01 00 08 07 06 05 04 03 02 01 00 Lorem Lorem Lorem MANUAL DE UTILIZAÇÃO

Leia mais

Manual de Instalação do Consultório Digital Versão 3.0.x

Manual de Instalação do Consultório Digital Versão 3.0.x Manual de Instalação do Consultório Digital Versão 3.0.x Após baixar o instalador no site http://www.consultoriodigital.com.br/ e executá-lo, a seguinte tela será exibida. Para continuar, clique em AVANÇAR.

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

Orientações para o uso do webmail da CODEVASF

Orientações para o uso do webmail da CODEVASF Orientações para o uso do webmail da CODEVASF Índice: Página Inicial 2 Correio 2 Enviando uma mensagem Catálogo de endereços 2 3 Configurando o catálogo de endereços 3 Adicionando um contato 4 Enviando

Leia mais

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE Versão 1.0.5 Março/2014 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 6 2.

Leia mais

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença.

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Tutorial Report Express Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Índice Apresentação Pág. 3 Passo 1 Pág. 4 Instalação do MasterDirect Integrações Passo 2 Pág. 8 Exportar clientes Linha Contábil

Leia mais

DIRETORIA DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

DIRETORIA DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Acesse o SGUWeb com seu usuário e senha. Entre na opção Projetos Minhas Propostas Escolha

Leia mais

Juiz de Fora, Maio de 2015

Juiz de Fora, Maio de 2015 GUIA DE INSCRIÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Juiz de Fora, Maio de 2015 Apoio: SHA ACN 00031/11 Para iniciar a inscrição do projeto, o usuário deverá acessar o link: inovare.ifsudestemg.edu.br e clicar em

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

Processo: Produtos. Motivação. Acesso. Parâmetros. Entradas. Nome do Processo: Ajuste na Estrutura de Produtos

Processo: Produtos. Motivação. Acesso. Parâmetros. Entradas. Nome do Processo: Ajuste na Estrutura de Produtos Desenvolvimento BM-1207 Versão 5 Release 19 Autor Sirlene Araújo Processo: Produtos Nome do Processo: Ajuste na Estrutura de Produtos Motivação Ter de forma simples em uma única tela informações sobre

Leia mais

Versão: 2.2.1014 Índice Área: APOIO Área: ASSISTENCIAL Área: ATENDIMENTO Área: CONTROLADORIA Área: FATURAMENTO Área: FINANCEIRO Área: HOTELARIA

Versão: 2.2.1014 Índice Área: APOIO Área: ASSISTENCIAL Área: ATENDIMENTO Área: CONTROLADORIA Área: FATURAMENTO Área: FINANCEIRO Área: HOTELARIA 1 Versão: 2.2.1014 Índice Área: APOIO 2 Área: ASSISTENCIAL 4 Área: ATENDIMENTO 6 Área: CONTROLADORIA 8 Área: FATURAMENTO 8 Área: FINANCEIRO 11 Área: HOTELARIA 11 Área: PLANO DE SAÚDE 12 Área: SADT 12 Área:

Leia mais

SISTEMA AGHOS. Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas

SISTEMA AGHOS. Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS ESPECIALIZADAS Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas SISTEMA

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM MANUAL REQUERIMENTO ON LINE 2009 Fundação Instituto de Administração FIA Página Inicial Ao acessar a tela inicial, clique sobre a frase: Inicie o Requerimento

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

MANUAL CHAT DE ATENDIMENTO VIASOFT

MANUAL CHAT DE ATENDIMENTO VIASOFT MANUAL CHAT DE ATENDIMENTO VIASOFT 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A Viasoft para melhor atender seus clientes está aperfeiçoando as suas ferramentas de atendimento. O Chat Online, já conhecido e utilizado pela

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Índice 1 Acessando o Portal... 2 1.1 Verificação do Browser... 2 1.2 Entre em contato... 3 1.3 Portal Autenticado... 5 2 Meus Cursos... 6 2.1 Matriculando-se em

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE A Ferramenta de Atendimento Online MySuite é a nova forma de atendimento utilizada pela Gerpos. Por meio dela, é possível solicitar atendimentos do Suporte Técnico e de outros

Leia mais

SAMU Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

SAMU Serviço de Atendimento Móvel de Urgência SAMU Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Perfil: Rádio Operador Versão: 04.14.00 Sumário 1 ACESSO AO SISTEMA... 3 2 TELA DE PERFIS... 4 3 TELA INICIAL RÁDIO OPERADOR... 5 3.1. Acompanhamento de Despachos

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0

Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados. Versão 1.0 Ajuda On-line - Sistema de Central de Materiais Esterilizados Versão 1.0 Sumário Central de Materiais Esterilizados 3 1 Manual... de Processos - Central de Materiais Esterilizados 4 Fluxos do... Processo

Leia mais

SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC

SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC Sumário Apresentação 3 Serviços oferecidos 3 1. Entrar 4 2. Enviar mensagem 5 3. Leitura das mensagens 6 4. Mensagens com arquivos anexados 6 5. Gerenciamento

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS Conteúdo MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS... 2 Conceito de Manual Procedimentos... 2 Objetivos do Manual... 2 Aspectos Técnicos... 2 1. ACESSO AO SISTEMA ODONTOSFERA... 3 2. STATUS DO PACIENTE NO SISTEMA...

Leia mais

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2

Manual de Utilização COPAMAIL. Zimbra Versão 8.0.2 Manual de Utilização COPAMAIL Zimbra Versão 8.0.2 Sumário ACESSANDO O EMAIL... 1 ESCREVENDO MENSAGENS E ANEXANDO ARQUIVOS... 1 ADICIONANDO CONTATOS... 4 ADICIONANDO GRUPOS DE CONTATOS... 6 ADICIONANDO

Leia mais

Orientações para Usuários

Orientações para Usuários Sistema de Gestão de Certificados Eletrônicos Orientações para Usuários Organizadores de evento Controladores de qualidade Objetivos do Sistema Os principais objetivos da concepção do sistema são: automatização,

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO 1 Procedimento inicial para acessar o sistema na web No browser digitar: Para Homologação: http://treinamento.assiste.mpu.gov.br/homologacao Para Produção: http://assiste.mpu.gov.br/producao

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Manual Ilustrado Menu Pronto Atendimento

Manual Ilustrado Menu Pronto Atendimento Junho - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Painel de Classificação de Risco... 4 3.1. Configurando a Unidade... 5 3.2. Cadastrando Agenda para Médicos Plantonistas...

Leia mais

Prontuário Eletrônico do Paciente Principais Aletas Versão de Sistema: 11.8.0.0

Prontuário Eletrônico do Paciente Principais Aletas Versão de Sistema: 11.8.0.0 Prontuário Eletrônico do Paciente Principais Aletas Versão de Sistema: 11.8.0.0 Novembro 2014 Versão do documento: 4.0 Índice Título do documento 1. Objetivos... 4 2. Introdução... 4 3. Aleta Identificação...

Leia mais

Aleph. Entre Bibliotecas. Reunião da REJE 09 de novembro de 2011

Aleph. Entre Bibliotecas. Reunião da REJE 09 de novembro de 2011 Aleph Empréstimo Entre Bibliotecas Reunião da REJE 09 de novembro de 2011 1. Conceitos e definições 2 Para que serve o módulo de EEB? Para que a Biblioteca possa receber solicitações de seus usuários de

Leia mais

Problemas básicos nos. Serviços Gladius MP

Problemas básicos nos. Serviços Gladius MP Problemas básicos nos Serviços Gladius MP I. Quando um funcionário não consegue marcar ponto a) Problemas de Nível Operacional b) Um ponto de ajuda c) Identificando em que fase o problema está d) Problemas

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Principais Aletas. 11.8x. março de 2015. Versão: 3.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Principais Aletas. 11.8x. março de 2015. Versão: 3.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Principais Aletas 11.8x março de 2015 Versão: 3.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Aleta Identificação... 5 3.1 Utilizando a Aleta Identificação...

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br Manual do Site 1 Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br 2 Tela Inicial do Front End 3 Marque o campo Pessoa Jurídica 4 Digite o CNPJ de sua Empresa (corrido,sem traço,

Leia mais

1. TSA 12.1.8... 3 1.1 Inovação - TSA 12.1.8... 3 1.1.1 DT_Arquivo_de_Log_do_Integrador_Separado_por_Thread... 3 1.1.2 DT_Central_de_Ajuda_UX9...

1. TSA 12.1.8... 3 1.1 Inovação - TSA 12.1.8... 3 1.1.1 DT_Arquivo_de_Log_do_Integrador_Separado_por_Thread... 3 1.1.2 DT_Central_de_Ajuda_UX9... TOTVS 1. 12.1.8................................................................................................. 3 1.1 Inovação - 12.1.8...................................................................................

Leia mais

AGENDAMENTO PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS FISCAIS 1. PARÂMETROS DO ESTABELECIMENTO... 2 2. CONFIGURAÇÃO DO AGENDADOR... 3

AGENDAMENTO PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS FISCAIS 1. PARÂMETROS DO ESTABELECIMENTO... 2 2. CONFIGURAÇÃO DO AGENDADOR... 3 AGENDAMENTO PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS FISCAIS SUMÁRIO 1. PARÂMETROS DO ESTABELECIMENTO... 2 2. CONFIGURAÇÃO DO AGENDADOR... 3 3. CONFIGURAÇÕES PARA IMPORTAÇÃO DE NOTAS PARA USUÁRIOS NET... 7 4. PROCEDIMENTOS

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Agendador de Rotinas

Agendador de Rotinas Agendador de Rotinas Agendamento para Importação de Notas Fiscais É possível parametrizar o agendamento para importação de notas fiscais de entrada, saída e conhecimento de transporte, para todas as empresas

Leia mais

Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF.

Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF. Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF. 1 -Abertura da Ordem de Serviços: 1.1 Entre em Serviços + Ordem de Serviço + Abertura de

Leia mais

FAQ: Parametrização para Contabilização

FAQ: Parametrização para Contabilização TDN > Softwares de Gestão > RM > Recursos Humanos > Administração de Pessoal > FAQ FAQ: Parametrização para Contabilização Produto: Ambiente: RM Unspecified Versão: 11.0 Avaliação A principal finalidade

Leia mais

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Pró-Reitoria de Educação a Distância Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Como acessar o ambiente 1. Entre no Ambiente Virtual de Aprendizagem localizado na página principal do Portal

Leia mais