Filtro Separador Diesel Pro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Filtro Separador Diesel Pro"

Transcrição

1 Filtro Separador Diesel Pro Autor: Waldemar Brandi Junior Cummins Filtros Ltda. Resumo: Os Motores Diesel modernos requerem pressões de injeções extremamente altas. Esta alta pressão é necessária para uma melhor queima de combustível e atendimento as normas de regulamentação de emissões. Altas pressões requerem filtrações finas e especiais. Esta alta pressão está diretamente ligada à estreita tolerância encontrada no sistema de injeção. Sincronismo e precisão são elementos essenciais e críticos para a eficiência do motor. Esta estrita tolerância e estes pontos críticos requerem um melhor design do meio filtrante. Aliados aos fatos acima mencionados no combustível diesel encontram-se vários contaminantes, sendo os mais comuns: elementos orgânicos, crescimento de microorganismos, água livre e emulsionada e elementos inorgânicos. Todos estes fatores fazem com que seja necessário um sistema primário de filtragem e separação de água, conhecido como filtro separador. Os filtros separadores existentes no mercado brasileiro hoje são filtros spin-on s blindados de aço. Ou seja, quando trocados, descarta-se todo o conjunto (caneca, tubo central e tampa de aço além do elemento filtrante). Para atendermos a todos os requisitos de aplicação designados acima e conservação ambiental a Cummins Filtration em conjunto com a Davco Technology desenvolveram um filtro separador chamado Diesel Pro. Que possui a tecnologia Ver para Crer, no qual o usuário vê o momento exato da troca do filtro, evitando trocas desnecessárias. Neste caso troca-se apenas o elemento filtrante (cartucho), evitando assim descartes desnecessários como no caso de filtros spin-on. Aplicabilidade: O filtro separador Diesel Pro é aplicado como filtro primário de combustível diesel, com a função de separação de água e retenção de partículas maiores. Geralmente instalado na linha de abastecimento entre o tanque de combustível e o motor, anterior ao filtro de combustível final. Objetivo:

2 O filtro separador Diesel Pro tem como objetivo principal a separação de água livre e emulsionada, presentes no combustível diesel além de filtragem de partículas maiores. No caso do Diesel Pro, ainda temos o objetivo de preservação ambiental pelo fato de descarte apenas do meio filtrante (cartucho) e não todo o filtro e aumento de vida útil do filtro. 1. Requisito dos motores diesel atuais: Motores modernos eletrônicos requerem pressões de injeção extremamente altas ( bar). Esta alta pressão é necessária para uma melhor queima de combustível e atendimento as normas de regulamentação de emissões. A alta pressão obtida está relacionada diretamente a estreitas tolerâncias encontradas no sistema de injeção. O sincronismo e a precisão dos elementos do sistema de injeção são críticos para operação do motor diesel. Como pode ser observado no esquema abaixo: 2. Contaminantes no combustível diesel Contaminantes comumente encontrados no combustível diesel são elementos orgânicos, micro organismos, água e elementos inorgânicos

3 Elementos orgânicos: Componentes orgânicos do combustível podem se tornar contaminantes como asfaltano que são resultado de oxidação ou degradação do combustível, estabilidade térmica (habilidade de manter calor), reação a altas temperaturas (parafinamento) e reação instável à mistura de aditivos (aditivos do sistema de lubrificação misturado com combustível). Microorganismos: O crescimento de microorganismos se dá pelo mistura e contato prolongado da água com o diesel. Estes microorganismos são normalmente encontrados na água e se alimentam do diesel e podem prosperar nesta relação de combustível com água. Todo combustível diesel possui água. Microorganismos podem causar obstrução prematura do filtro e aumento de acidez no sistema causando corrosão. Água: A água pode ser introduzida ao combustível diesel de várias formas. O ar entrando no tanque enquanto este está vazio, se condensa dentro do mesmo formando água. A água ainda pode existir no diesel pelo seu próprio fornecimento ou pelos tanques de estocagem do produtor de diesel. Água livre: A água livre é aquela que não se mistura ao combustível e se decantará depois de um período de tempo. Fuel Reservoir Free Water Água emulsionada: A água emulsionada é aquela que se mistura ao combustível e é muito mais difícil de remover. Isto ocorre quando a mistura de combustível e água passa pela bomba de combustível. Fuel Reservoir Emulsified Water A água ainda pode aumentar o custo operacional, por falha prematura e diminuição de vida útil dos componentes mecânicos do motor.

4 A água presente no combustível à baixas temperatura causam parafinamento do diesel, transformando-se em cristais e obstruindo o filtro o afetando os componentes do sistema. Elementos inorgânicos: Contaminação inorgânica é gerada por atrito de componentes metálicos, oxidação e sujeira do sistema. Esta contaminação pode causar grandes danos aos componentes do sistema de combustível devido a sua natureza sólida e abrasiva. Todos estes contaminantes aumentam o custo operacional e diminuem a vida útil dos componentes. Time Money

5 3. Filtro separador Todos estes fatores fazem com que seja necessário um sistema primário de filtragem e separação de água, conhecido como filtro separador. Com a função de separação de água e partículas maiores o filtro separador é aplicado entre o tanque de combustível e o motor. A Cummins Filtration desenvolveu uma tecnologia de meio filtrante sintética de multicamadas denominada Stratapore. Stratapore 1 Stratapore 2 Stratapore 3 Cellulose Screen Proprietary Advantage Larger debris is capture by the coarse layer. Smaller debris is captured by the middle layer. Fine particles are captured by the fine layer. Fluid Flow The result is: 1. High efficiency 2. High capacity 3. The best FWS efficiency available 4. Synthetic is stronger than cellulose and glass media 5. Reduce restriction to flow

6 A media Stratapore possui alta capacidade de retenção e eficiência de separação de água, como pode ser observado abaixo comparação entre media Stratapore e media celulose. Performance StrataPore Cellulose Flow restriction = = Particle efficiency = = Low temperature H2O + - removal Free water separation + - Dust capacity / Field Life Media flexing capability (pulse) Emulsified water removal over time Contaminant Holding Capacity Per SAE J905 at 3.8 L/min Differential Pressure, k Pa Fuel Filter: 2 um / 4.6 um ( c ) StrataPoreTM Cellulose Test Time, Minutes ,6

7 Water Removal vs. Time (In Lab with Clean Fuel SAE J1488) Water Removal Efficiency, % E m u ls ifie d F u e l W a t e r S e p a r a t io n E ffic i e n c y v s. T im e StrataPore TM Cellulose T i m e ( M i n u t e s ) Fuel/Water Separation (Filters From Field - Tested in Lab) Water Removal Efficiency, % StrataPore (Free Water) StrataPore (Emulsified Water) Cellulose (Free Water) Cellulose (Emulsified Water) Hours in Service Além de que, a media Stratapore não sofre degradação e é 100% compatível com combustível Biodiesel. No caso da media celulose não é indica-se utilização acima de B5 (5% de biodiesel). 4. Filtro Separador - Diesel Pro O filtro separador atualmente aplicado no mercado é um filtro separador blindado (spin-on). Neste caso o descarte é realizado de todo o filtro (caneca, tubo central e tampa de aço além do elemento filtrante). Segue foto abaixo.

8 Com objetivo do aumento de vida útil do filtro separador e preservação ambiental, pelo fato apenas do descarte do elemento filtrante, a Cummins Filtration em conjunto com a Davco Technology desenvolveram o filtro separador chamado Diesel Pro. O filtro separador Diesel Pro possui a tecnologia Ver para Crer, onde o usuário vê o exato momento da troca do elemento, evitando assim trocas desnecessárias. Este é o grande diferencial do Diesel Pro, onde somente o elemento é trocado, aproveitando-se todo o sistema do filtro. O fato, acima ilustrado, faz com que o filtro trabalhe em camadas, e não totalmente emulsionado no combustível, como no caso dos filtros blindados. Esta á a garantia de utilização 100% do elemento filtrante.

9 A exemplo do filtro blindado o filtro Diesel Pro também possui a tecnologia Stratapore. Mas com uma grande vantagem, como a troca é feita apenas do elemento, neste caso chamado de Elemax, com a mesma configuração do filtro é possível utilizar vários elementos filtrante (2, 7, 10, 25 e 50 microns), dependendo de cada aplicação. O Elemento Elemax possui uma válvula de escape de gases, e esta é o principal fato de utilização por camadas do filtro. Fazendo com que o elemento dure no mínimo duas vezes mais que um filtro convencional blindado com a mesma área filtrante. Acessórios do Diesel Pro: Válvula de retenção: com a função de reter o fluxo de combustível no sistema e eliminação da bomba de escorva, item obrigatório no filtro blindado. Aquecedor (12,24 e 120 VDC): Indicado para aplicação em baixas temperaturas para evitar o parafinamento do combustível. Comummente aplicado em utilização de biodiesel. Sensor de água (WIF- Water In Fuel Sensor) Sensor eletrônico de presença de água, com aviso automático para o usuário para o momento exato de drenar o filtro. Válvula de dreno: Válvula para drenagem de água Reservatório de água: Reservatório de isoplast, transparente e de fácil visualização de presença d água.

10 Conclusão: O Diesel Pro atende a todas as exigências que se aplicam a um filtro separador de combustível e com a grande vantagem de troca apenas do elemento filtrante, reduzindo impacto ambiental. Conforme segue abaixo:

11 Comparativo Filtro Blindado vs. Elemento Diesel Pro CLEAR BOWL SHELL Filtro Blindado: 764g Elemento DP: 226g SPRING BOTTOM ENDPLATE EPOXY BOTTOM ENDPLATE EPOXY CENTERTUBE MEDIA & CLIP CENTERTUBE MEDIA & CLIP TOP ENDPLATE STANDPIPE TOP ENDPLATE INNER SEAL RETAINER NUTPLATE OUTER SEAL SPUD SEAL Diferença: 538g Metais: 355g Compostos: 183g O filtro blindado possui 15 componentes enquanto o elemento do Diesel Pro possui apenas 5 componentes. Levando-se em consideração a diferença de metais de 355 g/filtro e compostos (plásticos, borracha, epoxy, etc) de 183g/filtro, e a previsão de produção de veículos pesados deste ano de unidades. Teríamos uma redução de 85,2 toneladas de aço e 43,9 toneladas de compostos por ano, considerando-se 2 trocas anuais. Também teremos drásticas reduções nos insumos de produção dos mesmos (energia, água, etc). O filtro separador Diesel Pro aumenta no mínimo 2 vezes a vida útil do filtro (considerando filtros de mesma área), o que além da redução grande no custo operacional também reduz e muito o impacto ambiental das trocas, conforme mencionado anteriormente. Além de que o filtro separador Diesel Pro foi projetado para compatibilidade total com Biodiesel, ou seja, tecnologia limpa que utiliza combustível renovável.

Instruções para Instalação Fuel Pro Filtro / Separador / Aquecedor Série FH230

Instruções para Instalação Fuel Pro Filtro / Separador / Aquecedor Série FH230 Instruções para Instalação Fuel Pro Filtro / Separador / Aquecedor Série FH230 Nãoaquecido Aquecido OU Tampa da abertura e Montagem (peça nº. 3944440 S) Inclui a Tampa da abertura e o Lacre da tampa Conjunto

Leia mais

Princípios de Funcionamento do Filtro de do Combustível

Princípios de Funcionamento do Filtro de do Combustível 10 Princípios Princípios de Funcionamento do Sistema de Filtração de Combustível O sistema de alimentação de combustível tem a finalidade de conduzir o combustível, do tanque até a camara de combustão,

Leia mais

Filtro Combustível Separador de Água

Filtro Combustível Separador de Água Filtro Combustível Separador de Água Folheto FR Novembro 1999 Global Filtration Technology Toda vez que você abastece, você acrescenta milhões de minúsculos contaminantes... pequenos o suficiente para

Leia mais

Características Modelo 9768. Pressão de Trabalho. Elemento Filtrante modelo 1868. Modelo 9778. Elemento Filtrante modelo 1878.

Características Modelo 9768. Pressão de Trabalho. Elemento Filtrante modelo 1868. Modelo 9778. Elemento Filtrante modelo 1878. Equipamento de micro filtragem projetado para trabalhar em paralelo ao sistema convencional de filtragem, sem alterar a originalidade dos equipamentos. Copo em liga de alumínio altamente resistente e suporte

Leia mais

MANTENHA O ÓLEO DIESEL RODOVIÁRIO ( B S500/ B S10 ) LIMPO E SECO

MANTENHA O ÓLEO DIESEL RODOVIÁRIO ( B S500/ B S10 ) LIMPO E SECO 1 de 10 Material particulado sólido, água e outros contaminantes podem causar danos aos sistemas de injeção dos motores de combustão interna Ciclo Diesel 4T de equipamentos móveis, dos tanques de armazenamento

Leia mais

Pré-filtração para a mais alta pureza e eficiência: HYDAC Diesel PreCare.

Pré-filtração para a mais alta pureza e eficiência: HYDAC Diesel PreCare. Pré-filtração para a mais alta pureza e eficiência: HYDAC Diesel PreCare. Dupla função: Filtração do óleo Diesel + eliminação de água limpa entre a força do Diesel e a força do motor. Grande estabilidade

Leia mais

FILTRO COALESCENTE TRANSPARENTE MST 3

FILTRO COALESCENTE TRANSPARENTE MST 3 FILTRO COALESCENTE TRANSPARENTE MST 3 1 - INTRODUÇÃO 1.1. - FINALIDADE DESTE MANUAL Este manual proporciona informações de funcionamento, instalação, operação e manutenção dos filtros MS-série T ( Transparente

Leia mais

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO

MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO MÁQUINAS AGRÍCOLAS PROF. ELISEU FIGUEIREDO NETO COLHEITA NA AUSTRALIA Hoje nós temos que preocupar não só em aprimorar as MÁQUINAS, mas também os OPERADORES que com elas trabalham. PARTES CONSTITUINTES

Leia mais

CAPÍTULO 16 - Filtro de Particulado

CAPÍTULO 16 - Filtro de Particulado CAPÍTULO 16-16 Este dispositivo, utilizado no sistema de pós-tratamento diesel, tem por objetivo a eliminação ou redução do material particulado presente nos gases de escape. Em operação, as partículas

Leia mais

Compressores de parafuso

Compressores de parafuso Construídos para toda a vida Compressores de parafuso SÉRIE SM Capacidade: 0.45 a 1.20 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os consumidores

Leia mais

MANUAL ALIMENTADORES INDIVIDUAIS TRIFÁSICOS 1 - DESCRIÇÃO 2 - INSTALAÇÃO 3 OPERAÇÃO 4 MANUTENÇÃO 5 - GARANTIA

MANUAL ALIMENTADORES INDIVIDUAIS TRIFÁSICOS 1 - DESCRIÇÃO 2 - INSTALAÇÃO 3 OPERAÇÃO 4 MANUTENÇÃO 5 - GARANTIA MANUAL ALIMENTADORES INDIVIDUAIS TRIFÁSICOS 1 - DESCRIÇÃO 2 - INSTALAÇÃO 3 OPERAÇÃO 4 MANUTENÇÃO 5 - GARANTIA 1 1 - DESCRIÇÃO DO EQUIPAMENTO Os Alimentadores Individuais básicos trabalham por meio de vácuo.

Leia mais

Combustíveis Marítimos. Informações Técnicas

Combustíveis Marítimos. Informações Técnicas Informações Técnicas 1. Definição e composição... 3 2. Principais aplicações... 3 3. Tipos de Óleos Combustíveis... 3 4. Requisitos de qualidade e especificação... 3 4.1. Principais características de

Leia mais

A verdadeira qualidade do ar comprimido

A verdadeira qualidade do ar comprimido FILTRAÇÃO DO AR A verdadeira qualidade do ar comprimido Filtros de partículas, coalescentes e adsorção são os mais importantes componentes do sistema de tratamento do ar comprimido. por Sergio Geissler

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo Curso Técnico em Eletrotécnico. Cayo César Lopes Pisa Pinto. Usinas Termelétricas

Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo Curso Técnico em Eletrotécnico. Cayo César Lopes Pisa Pinto. Usinas Termelétricas Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo Curso Técnico em Eletrotécnico Cayo César Lopes Pisa Pinto Usinas Termelétricas Vitória 2008 Usinas Termelétricas Trabalho Apresentado à disciplina

Leia mais

Diesel Pro Séries FH236 Instruções de Instalação Filtro/Separador/Aquecedor

Diesel Pro Séries FH236 Instruções de Instalação Filtro/Separador/Aquecedor Diesel Pro Séries FH236 Instruções de Instalação Filtro/Separador/Aquecedor A FH236 Conjunto da Tampa Inclui Tampa do Respiro, Anel O Ring da tampa do Respiro, Anel,O Ring e Mola Diesel Pro 236 B Conjunto

Leia mais

EQUIPAMENTOS DE CONTROLE DE POLUIÇÃO DO AR. 10º Período de Engenharia Mecânica

EQUIPAMENTOS DE CONTROLE DE POLUIÇÃO DO AR. 10º Período de Engenharia Mecânica EQUIPAMENTOS DE CONTROLE DE POLUIÇÃO DO AR 10º Período de Engenharia Mecânica Fernando Coradi Engenheiro Mecânico Engenheiro em Segurança do Trabalho Mestrando em Engenharia de Energia 1 Referências Bibliográficas

Leia mais

REUSO DE ÁGUA NA COGERAÇÃO DE ENERGIA

REUSO DE ÁGUA NA COGERAÇÃO DE ENERGIA REUSO DE ÁGUA NA COGERAÇÃO DE ENERGIA Por : ARNO ROTHBARTH INTRODUÇÃO Há muito tempo a preocupação com o consumo de água é uma constante nos assuntos pertinentes ao meio ambiente. A água é um bem comum,

Leia mais

Óleo Combustível. Informações Técnicas

Óleo Combustível. Informações Técnicas Informações Técnicas 1. Definição e composição... 3 2. Principais aplicações... 3 2.1. Sistemas de combustão de óleo combustível... 3 3. Tipos de óleos combustíveis... 4 4. Requisitos de qualidade e especificação...

Leia mais

lubrificantes e combustíveis

lubrificantes e combustíveis lubrificantes e combustíveis Lubrificantes A lubrificação é um dos principais itens de manutenção de máquinas agrícolas e deve ser entendida e praticada para aumento da vida útil das mesmas,devido se tornarem

Leia mais

Sistema de vácuo ICE Condensation Körting. para aplicações em óleo comestível

Sistema de vácuo ICE Condensation Körting. para aplicações em óleo comestível Sistema de vácuo ICE Condensation Körting para aplicações em óleo comestível Sistema de vácuo ICE Condensation No mercado de hoje em dia, o sistema de vácuo ICE Condensation Körting faz sentido! Como todos

Leia mais

Rua Paulo Eduardo Xavier de Toledo, 379

Rua Paulo Eduardo Xavier de Toledo, 379 1.IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Aplicação: Oleo lubrificante para redutores e rolamentos Fornecedor Synthetic Lubrifi cantes Especiais, Ltda., EPP Rua Paulo Eduardo Xavier de Toledo, 379 São Luis

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL

FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL FILTRO PRENSA OLEOFIL MANUAL 1 - INTRODUÇÃO O objetivo deste manual é disponibilizar todas as informações necessárias para a instalação, operação e manutenção dos filtros prensa OF da OLEOFIL, assim como

Leia mais

CASA DE MÁQUINAS MANUAL DE INSTALAÇÃO

CASA DE MÁQUINAS MANUAL DE INSTALAÇÃO CASA DE MÁQUINAS MANUAL DE INSTALAÇÃO CASA DE MÁQUINAS Item essencial para qualquer tipo de piscina. É nela que ficam acondicionados o Sistema Filtrante (Filtro e Bomba) registros, válvulas, fios e acionadores.

Leia mais

SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES

SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES SISTEMAS AUXILIARES DOS MOTORES 1. SISTEMA DE VÁLVULAS 2. SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO 3. SISTEMA DE ARREFECIMENTO 4. SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO 5. SISTEMA ELÉTRICO SISTEMA DE VÁLVULAS Responsável pelo fechamento

Leia mais

Sistemas para a eliminação de água Causas da contaminação por água Quando um fluido operacional apresenta este aspecto (1)... em 99% dos casos existe água na instalação hidráulica. As causas muitas vezes

Leia mais

Compressores a parafuso

Compressores a parafuso Construídos para toda a vida Compressores a parafuso Série CSD Capacidade: 5.50 a 16.10 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os clientes

Leia mais

Condition Monitoring

Condition Monitoring Telemetria em Sistemas Óleo Hidráulico Envelhecimento do óleo Umidade Temperatura Nível Vida útil da bomba hidráulica Pressão e Vazão Consumo de Energia Vibração Catálogo - RP-ED-00-1215P 1 Condition Monitoring

Leia mais

RFSC ROTAX irmt 9 SERIES COURSE Course Overview and Timeline. DAY 1 TIME OVERVIEW DETAILS

RFSC ROTAX irmt 9 SERIES COURSE Course Overview and Timeline. DAY 1 TIME OVERVIEW DETAILS RFSC ROTAX irmt 9 SERIES COURSE Course Overview and Timeline. DAY 1 TIME OVERVIEW DETAILS 8:00-8:20 Introdução e objetivos do dia Apresentação do Professor. Os alunos se apresentam para a sala. Facilidades

Leia mais

Prêmio AEA 2012 - Projetos de Meio Ambiente NOVA BRONZINA COM COBERTURA POLIMÉRICA PARA REDUÇÃO DE ATRITO E EMISSÃO DE CO 2

Prêmio AEA 2012 - Projetos de Meio Ambiente NOVA BRONZINA COM COBERTURA POLIMÉRICA PARA REDUÇÃO DE ATRITO E EMISSÃO DE CO 2 Prêmio AEA 2012 - Projetos de Meio Ambiente NOVA BRONZINA COM COBERTURA POLIMÉRICA PARA REDUÇÃO DE ATRITO E EMISSÃO DE CO 2 Matheus dos Santos Ferreira, Mário Sérgio da Silva Praça, Samantha Uehara, Sandra

Leia mais

Potência. Durabilidade. Confiabilidade. tratamento multifuncional para máquinas pesadas. Eliminação das bactérias e dos riscos de corrosão

Potência. Durabilidade. Confiabilidade. tratamento multifuncional para máquinas pesadas. Eliminação das bactérias e dos riscos de corrosão para máquinas pesadas Potência Durabilidade Confiabilidade Eliminação das bactérias e dos riscos de corrosão Diminuição dos custos de manutenção Fácil aplicação e ação prolongada Protege e restaura a performance

Leia mais

PETRÓLEO Métodos Analíticos empregados em Diesel Índice de Acidez Titulação

PETRÓLEO Métodos Analíticos empregados em Diesel Índice de Acidez Titulação Índice de Acidez Titulação mg KOH g-1 amostra; p-naftolbenzeína; mistura de solvente (tolueno:isopropanol:água); solução de KOH alcoólico. potenciométrica. Aparência e Odor em geral indica a contaminação

Leia mais

Informação do Produto Filtros da Linha RCS

Informação do Produto Filtros da Linha RCS Rev-00 Plug: ½ NPT Os filtros da Linha RCS são projetados para separação de água e sólidos de hidrocarbonetos em aplicação no abastecimento industrial, aeronaves e postos de gasolina. Objetivamente, os

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DE ABASTECIMENTO - 2009

RELATÓRIO ANUAL DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DE ABASTECIMENTO - 2009 RELATÓRIO ANUAL DE QUALIDADE DAS ÁGUAS DE ABASTECIMENTO - 2009 INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é apresentar os resultados, relativos ao ano de 2009, de qualidade das águas de abastecimento de Jurerê

Leia mais

Abastecimento do líquido de arrefecimento

Abastecimento do líquido de arrefecimento Condições para abastecer líquido de arrefecimento Condições para abastecer líquido de arrefecimento Trabalho no sistema de arrefecimento do veículo ADVERTÊNCIA! Use equipamento de proteção ao trabalhar

Leia mais

TEC OLOGIA JOH DEERE: MAIOR PRODUTIVIDADE COM ME OR CUSTO DE MA UTE ÇÃO. nº 1

TEC OLOGIA JOH DEERE: MAIOR PRODUTIVIDADE COM ME OR CUSTO DE MA UTE ÇÃO. nº 1 TEC OLOGIA JOH DEERE: MAIOR PRODUTIVIDADE COM ME OR CUSTO DE MA UTE ÇÃO nº 1 Treviso x John Deere Uma parceria de futuro Bom Dia! A Treviso, é um grupo composto por 10 concessionárias que representam a

Leia mais

Albany Filtration Technologies (AFT)

Albany Filtration Technologies (AFT) Albany Filtration Technologies (AFT) Filtração Seca, Filtração Líquida e Air Glide Comercializado por All Filtration Technologies Tecidos Técnicos Ltda. Linhas de Produto Filtração Seca Mangas Filtrantes

Leia mais

FIGURA 101 - ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO

FIGURA 101 - ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO 126 10 ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO É um item ou dispositivo que aumenta a utilidade ou efetividade do sistema, porém não é essencial. A (fig. 101) ilustra a aplicação de muitos acessórios do equipamento

Leia mais

BOMBA-FILTRO MANUAL DO UTILIZADOR

BOMBA-FILTRO MANUAL DO UTILIZADOR ESPECIALISTA EM INSUFLÁVEIS BOMBA-FILTRO MANUAL DO UTILIZADOR Para os modelos: 110 220v Leia atentamente e guarde para referência futura! 1 INSTRUÇÕES Agradecemos-lhe a compra da nossa bomba-filtro. Pensamos

Leia mais

Filtros para compressores MANN+HUMMEL

Filtros para compressores MANN+HUMMEL Filtros para compressores MANN+HUMMEL Filtros MANN+HUMMEL: económicos e fiáveis Num sistema de ar comprimido os separadores de ar-óleo, os filtros de ar e os filtros de óleo trabalham em conjunto. Quando

Leia mais

Sistema de Alimentação. Sistemas auxiliares dos motores

Sistema de Alimentação. Sistemas auxiliares dos motores Sistema de Alimentação Sistemas auxiliares dos motores Sistema de alimentação Responsável pelo suprimento de ar e combustível ao motor 1. Circuito de ar 2. Circuito de combustível Fluxograma do sistema

Leia mais

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração Bacharelado em Farmácia Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração FILTRAÇÃO Nas indústrias de alimentos e bebidas, a filtração aparece na produção de suco

Leia mais

USINAS. Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Qualidade BOMAG MARINI Latin America

USINAS. Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Qualidade BOMAG MARINI Latin America USINAS Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Qualidade BOMAG MARINI Latin America Usina de Asfalto Gravimétrica SB150HM Dosagem e mistura com precisão e qualidade superior A Smart Bach 150 High Mobility

Leia mais

BS 7 Sistema de Detecção e Extinção de Faíscas Segurança Para a Sua Produção

BS 7 Sistema de Detecção e Extinção de Faíscas Segurança Para a Sua Produção BS 7 Sistema de Detecção e Extinção de Faíscas Segurança Para a Sua Produção G Sistema de Detecção/Extinção de Faíscas Segurança para a sua produção Sistemas de Detecção e Extinção de Faíscas são capazes

Leia mais

Engine Management systems WB-O2. Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Especificações Técnicas

Engine Management systems WB-O2. Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Especificações Técnicas Engine Management systems WB-O2 Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Especificações Técnicas Índice 1. Atenção!... 3 2. Apresentação... 4 3. Características...

Leia mais

Cap. 04 - Sistema de Alimentação e Combustível

Cap. 04 - Sistema de Alimentação e Combustível Cap. 04 - Sistema de Alimentação e Combustível SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO O Sistema de Alimentação, como o nome já diz, se destina a fornecer a mistura ar-combustível ao motor, na pressão e temperatura apropriada.

Leia mais

ESTUDO EXPERIMENTAL DA COMBUSTÃO DO ETANOL ADITIVADO NA MÁQUINA DE COMPRESSÃO RÁPIDA

ESTUDO EXPERIMENTAL DA COMBUSTÃO DO ETANOL ADITIVADO NA MÁQUINA DE COMPRESSÃO RÁPIDA ESTUDO EXPERIMENTAL DA COMBUSTÃO DO ETANOL ADITIVADO NA MÁQUINA DE COMPRESSÃO RÁPIDA Aluno: Dayana Siqueira de Azevedo Orientador: Carlos Valois Maciel Braga Introdução Hoje em dia, muitas pesquisas estão

Leia mais

CLEARPOINT. A Qualidade do Ar Comprimido

CLEARPOINT. A Qualidade do Ar Comprimido CLEARPOINT CLEARPOINT A Qualidade do Ar Comprimido CARACTERÍSTICAS Meio A filtração efetiva para ar e gases comprimidos e essencial para quase todas as aplicações industriais. A linha CLEARPOINT da BEKO

Leia mais

Qualidade dos Combustíveis:

Qualidade dos Combustíveis: Qualidade dos Combustíveis: Desafios para a manutenção da qualidade Oswaldo Luiz de Mello Bonfanti Coordenador Nacional do Sistema de Garantia da Qualidade Gestor de Assistência Técnica Ribeirão Preto,

Leia mais

Máquinas de Gelo em Escama QF800-QC700. Instalação. Sistema Elétrico. Localização da Máquina de Gelo

Máquinas de Gelo em Escama QF800-QC700. Instalação. Sistema Elétrico. Localização da Máquina de Gelo Máquinas de Gelo em Escama QF800-QC700 Instalação Localização da Máquina de Gelo Sistema Elétrico O local selecionado para a máquina de gelo deve atender os critérios seguintes. Se algum desses critérios

Leia mais

Apresentação ECTEL S T A R T

Apresentação ECTEL S T A R T Apresentação ECTEL START Quem Somos A Luftech atua no mercado desde 1992 desenvolvendo soluções para problemas ambientais causados por Resíduos Perigosos. Trabalhamos visando racionalidade econômica, segurança

Leia mais

Proteção Segurança Confiabilidade. tratamento multifuncional para geradores e motores industriais. Eliminação das bactérias e dos riscos de corrosão

Proteção Segurança Confiabilidade. tratamento multifuncional para geradores e motores industriais. Eliminação das bactérias e dos riscos de corrosão para geradores e motores industriais Proteção Segurança Confiabilidade Eliminação das bactérias e dos riscos de corrosão Diminuição dos custos de manutenção Fácil aplicação e ação prolongada Protege e

Leia mais

13/09/2011 DCBR/SLE Bosch Rexroth AG 2011. All rights reserved, also regarding any disposal, exploitation, reproduction, editing, distribution, as

13/09/2011 DCBR/SLE Bosch Rexroth AG 2011. All rights reserved, also regarding any disposal, exploitation, reproduction, editing, distribution, as Sistemas de Filtragem para Redutores 1 Importancia da Filtragem Mais de 2/3 ( aprox 80% ) de todos os problemas em máquinas hidráulicas e de lubrificação estão relacionados às condições do óleo hidráulico

Leia mais

Revisão bibliográfica

Revisão bibliográfica 17 2 Revisão bibliográfica Miranda e Moura (2000) apresentaram o resultado de um experimento feito cujo objetivo era analisar o comportamento de um motor Diesel após ter o óleo vegetal de dendê in natura

Leia mais

MANUAL DE USO E MANUTENÇÃO

MANUAL DE USO E MANUTENÇÃO MANUAL DE USO E MANUTENÇÃO SUMÁRIO SUMÁRIO... 1 INTRODUÇÃO... 2 SIMBOLOGIA UTILIZADA... 3 RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA... 4 DESEMBALAGEM... 5 INSTALAÇÃO... 6 FUNCIONAMENTO... 8 INFORMAÇÕES GERAIS DO COMPRESSOR...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A DIESEL VULCAN VMB-20D / VMB-20HD / VMB-30D / VMB-40D / VMBE-40D ATENÇÃO

MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A DIESEL VULCAN VMB-20D / VMB-20HD / VMB-30D / VMB-40D / VMBE-40D ATENÇÃO MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A DIESEL VULCAN VMB-20D / VMB-20HD / VMB-30D / VMB-40D / VMBE-40D ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. Obrigado por adquirir uma motobomba

Leia mais

Componentes Básicos. Tanque único. Modelo. * Opcional. Vazão 100L/min. 15W40. Linha: 80 PSI. Opcionais. Régua de Distribuição.

Componentes Básicos. Tanque único. Modelo. * Opcional. Vazão 100L/min. 15W40. Linha: 80 PSI. Opcionais. Régua de Distribuição. Componentes Básicos Configurações e Características Conceito inovador Suprimentos de óleos hidráulicos por impulsão à baixa pressão, que eliminam propulsoras pneumáticas, bombas e motores hidráulicos,etc.

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Condicionadores de Ar Self Contained 5 a 40 TR tipo ROOF-TOP ESPECIFICAÇÕES A linha SELF CONTAINED TOSI foi projetada visando obter a melhor relação custo-beneficio do mercado,

Leia mais

CALDEIRAS A LENHA AQUASOLID. Página 1

CALDEIRAS A LENHA AQUASOLID. Página 1 CALDEIRAS A LENHA AQUASOLID Página 1 Índice Caldeiras a Lenha - Todo o conforto com a máxima economia Uma solução de aquecimento eficiente 03 Principais Características 04 Componentes e Benefícios 05 Princípio

Leia mais

Manual de instruções. Meghi Power Náutico 7,0CV Meghi Power Náutico Partida Elétrica 7,0CV

Manual de instruções. Meghi Power Náutico 7,0CV Meghi Power Náutico Partida Elétrica 7,0CV Meghi Power Náutico 7,0CV Meghi Power Náutico Partida Elétrica 7,0CV Manual de instruções Antes de utilizar a seu Motor Meghi Power, leia atentamente as instruções contidas neste manual. É com grande

Leia mais

Ar de Alta Qualidade, da Geração à Utilização

Ar de Alta Qualidade, da Geração à Utilização Ar de Alta Qualidade, da Geração à Utilização A qualidade do ar em um sistema de ar comprimido tem variações e todas elas estão contempladas no leque de opções de produtos que a hb ar comprimido oferece.

Leia mais

ESQUENTADORES SENSOR ATMOSFÉRICO

ESQUENTADORES SENSOR ATMOSFÉRICO ESQUENTADORES SENSOR ATMOSFÉRICO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE SENSOR ATMOSFÉRICO Controlo total da temperatura. Conforto e Ecologia O esquentador Sensor Atmosférico é uma grande evolução para o seu conforto.

Leia mais

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS COMPRESSOR S45 DENTAL/MEDICAL OIL-FREE MANUAL DO PROPRIETÁRIO COMPRESSOR S45 110V PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. TERMOS DE GARANTIA... 3 4. ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Medidores e Controladores Digitais de Caudal Mássico

Medidores e Controladores Digitais de Caudal Mássico Medidores e Controladores Digitais de Caudal Mássico uma empresa do grupo Bronkhorst M+W Instruments. O seu especialista em medição directa A Saber A M+W Instruments foi fundada em 1988 e tem sido desde

Leia mais

Produtos para Filtragem de Combustíveis n

Produtos para Filtragem de Combustíveis n Produtos para Filtragem de Combustíveis n n n n Diesel Gasolina Combustíveis Alternativos Combustíveis de Aviação Catálogo 7529 BR Março 2004 Há mais de trinta anos existe uma marca para sistemas de filtragem

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

COMPRESSORES DE PARAFUSO ROTATIVO DE INJECÇÃO DE ÓLEO. GA 7-37 VSD+ (7-37 kw/10-50 hp)

COMPRESSORES DE PARAFUSO ROTATIVO DE INJECÇÃO DE ÓLEO. GA 7-37 VSD+ (7-37 kw/10-50 hp) COMPRESSORES DE PARAFUSO ROTATIVO DE INJECÇÃO DE ÓLEO GA 7-37 VSD+ (7-37 kw/10-50 hp) O NOVO COMPRESSOR REVOLUCIONÁRIO DA ATLAS COPCO Com o seu inovador design vertical, o compressor GA 7-37 VSD+ da Atlas

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 15 Instalação, operação e manutenção dos sistemas de refrigeração comercial 03/04 Introdução É bem provável que a maioria das deficiências de operação em sistemas de refrigeração

Leia mais

Paradigmas do Sistema de Água Gelada

Paradigmas do Sistema de Água Gelada Modelo YCALD & E Tópicos de Hoje. Paradigmas do Sistema de Água Gelada Capacidades Chillers a Ar York Visão Geral do AquaLine Modelos e Capacidades do AquaLine Características AquaLine Vantagens: Compressor

Leia mais

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor -

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor - Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor - 53 7 - Chillers de Absorção 54 7.1 Descrição da tecnologia Um chiller de água é uma máquina que tem

Leia mais

EM CADA BANHO UMA FORMA DE RECUPERAR ENERGIA.

EM CADA BANHO UMA FORMA DE RECUPERAR ENERGIA. EM CADA BANHO UMA FORMA DE RECUPERAR ENERGIA. SABE QUAL A QUANTIDADE DE ENERGIA QUE É NECESSÁRIA PARA AQUECER A ÁGUA DO SEU BANHO? E SABE QUANTO DESSA ENERGIA É DESPERDIÇADA? Nos dias de hoje, os elevados

Leia mais

SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR DE PISCINA

SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR DE PISCINA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR DE PISCINA INTRODUÇÃO Parabéns por adquirir um Sistema de Aquecimento Solar de Piscina KOMECO, desenvolvido para oferecer maior conforto e bem estar com

Leia mais

SISTEMA DE VÁCUO NA SEÇÃO DE FORMAÇÃO DA FOLHA DE PAPEL

SISTEMA DE VÁCUO NA SEÇÃO DE FORMAÇÃO DA FOLHA DE PAPEL SISTEMA DE VÁCUO NA SEÇÃO DE FORMAÇÃO DA FOLHA DE PAPEL Autores*: Cesar de Araujo Góss Filho 1 Gustavo André Leitis 2 INTRODUÇÃO A seção de formação da folha de uma máquina de papel é onde aproximadamente

Leia mais

Acumuladores hidráulicos

Acumuladores hidráulicos Tipos de acumuladores Compressão isotérmica e adiabática Aplicações de acumuladores no circuito Volume útil Pré-carga em acumuladores Instalação Segurança Manutenção Acumuladores Hidráulicos de sistemas

Leia mais

FILTROS DE TECIDO. Filtro de Mangas Tipo Limpeza por Vibração Mecânica. Filtro de Mangas Tipo Jato Pulsante

FILTROS DE TECIDO. Filtro de Mangas Tipo Limpeza por Vibração Mecânica. Filtro de Mangas Tipo Jato Pulsante FILTROS DE TECIDO Gestão da Qualidade do Ar Filtro de Mangas Tipo Limpeza por Vibração Mecânica Filtro de Mangas Tipo Jato Pulsante FILTROS DE TECIDO A filtragem a seco pode ser considerada a forma mais

Leia mais

Linha de TANQUES Data da publicação: 2015 - nº 0703050 Ciber Equipamentos Rodoviários Ltda.

Linha de TANQUES Data da publicação: 2015 - nº 0703050 Ciber Equipamentos Rodoviários Ltda. Linha de Todas as fotos, ilustrações e especificações estão baseadas em informações vigentes na data da aprovação desta publicação. A Ciber Equipamentos Rodoviários Ltda. se reserva ao direito de alterar

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO. 2.1 Localização do equipamento

1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO. 2.1 Localização do equipamento 1. INTRODUÇÃO A sua bomba de calor OUROTHERM é extremamente eficiente e econômica desenvolvida especificamente para aquecimento de piscinas. O seu projeto e operação são similares ao de um condicionador

Leia mais

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 265 34. PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 34.1. Introdução Para obter uma boa operação de usinagem em retificação, alguns cuidados devem ser

Leia mais

Atlas Copco. Gestão de condensados. OSC e OSD. Separadores de óleo/água

Atlas Copco. Gestão de condensados. OSC e OSD. Separadores de óleo/água Atlas Copco Gestão de condensados OSC e OSD Separadores de óleo/água Capacidade total, responsabilidade total Com um papel fundamental no seu trabalho, a Atlas Copco fornece ar comprimido de qualidade

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL INTEGRADA

ENGENHARIA CIVIL INTEGRADA ENGENHARIA CIVIL INTEGRADA ARAÇATUBA 2014 Nome Antônio Paulo da Silva Gama Bruno Roger Hoshino dos Santos Gustavo Chozi Izabela dos Santos Eduardo RA A424BG-5 A546BC-0 A395CC-0 A571BH-6 SISTEMA DE TRATAMENTO

Leia mais

Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação

Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Características... 4 2. Aviso Termo de Garantia... 5 3. Sonda Lambda de Banda Larga...

Leia mais

TECNOLOGIA EM FILTRAÇÃO

TECNOLOGIA EM FILTRAÇÃO Os itens não encontrados nesse catálogo podem ser pesquisados em nosso site. www.filtrosbarra.com.br A mais completa linha de Filtros Industriais do Brasil S olu ç õ e s GLOBAIS em filtragem desde 1967

Leia mais

Ciências do Ambiente

Ciências do Ambiente Universidade Federal do Paraná Engenharia Civil Ciências do Ambiente Aula 18 O Meio Atmosférico III: Controle da Poluição Atmosférica Profª Heloise G. Knapik 2º Semestre/ 2015 1 Controle da Poluição Atmosférica

Leia mais

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE I Tecnologias de Micro-Geração -

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE I Tecnologias de Micro-Geração - Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE I Tecnologias de Micro-Geração - 4 1 Micro-Turbinas a gás 5 1.1 Descrição da tecnologia O termo micro-turbina refere-se em geral a um sistema de

Leia mais

UM OLHAR SOBRE O COMPRESSOR NOS CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS

UM OLHAR SOBRE O COMPRESSOR NOS CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS UM OLHAR SOBRE O COMPRESSOR NOS CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS NAS INSPEÇÕES DE CONSULTÓRIOS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS ATÉ RECENTEMENTE NÃO ERA DADA A DEVIDA ATENÇÃO AO COMPRESSOR - TIPO - LOCAL

Leia mais

Figura 6.1 - Ar sangrado do compressor da APU

Figura 6.1 - Ar sangrado do compressor da APU 1 Capítulo 6 - SANGRIA DE AR 6.1 - Finalidade e características gerais A finalidade da APU é fornecer ar comprimido para os sistemas pneumáticos da aeronave e potência de eixo para acionar o gerador de

Leia mais

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção. Filtro Cartucho

Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção. Filtro Cartucho Manual Técnico de Instalação, Operação e Manutenção ISO 9001:2008 VENTEC AMBIENTAL EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES LTDA Rua André Adolfo Ferrari, nº 550 - Distrito Industrial Nova Era - Indaiatuba - São Paulo

Leia mais

TECNOLOGIA DOS MOTORES ALTERNATIVOS 1993

TECNOLOGIA DOS MOTORES ALTERNATIVOS 1993 TECNOLOGIA DOS MOTORES ALTERNATIVOS 1993 2 ÍNDICE 1- Introdução... 3 2- Constituição dos motores de combustão interna de quatro tempos... 3 2.1- Cabeça motor... 4 2.2- Bloco motor... 4 2.3- O cárter de

Leia mais

Hydro - Flow 2200 Medidor Vortex Inserção Fixo

Hydro - Flow 2200 Medidor Vortex Inserção Fixo BR Rev.00 Hydro - Flow 2200 Medidor Vortex Inserção Fixo Descrição O medidor Vortex Hydro flow 2200 é do tipo inserção fixo e é projetado especificamente para aplicações em água. Não possui partes móveis

Leia mais

Soluções para tratamento do ar na indústria. Redução do impacto ambiental, melhoria do local de trabalho e aumento da eficiência na produção.

Soluções para tratamento do ar na indústria. Redução do impacto ambiental, melhoria do local de trabalho e aumento da eficiência na produção. Soluções para tratamento do ar na indústria Redução do impacto ambiental, melhoria do local de trabalho e aumento da eficiência na produção. BRAÇOS EXTRATORES O princípio da captação na fonte é simples

Leia mais

Catálogo de Filtros RCI

Catálogo de Filtros RCI Catálogo de Filtros RCI A TECNOLOGIA RCI DE PURIFICAÇÃO DE COMBUSTÍVEL O QUE É A TECNOLOGIA RCI DE PURIFICAÇÃO DE COMBUSTÍVEL? A tecnologia RCI de purificação de combustíveis é uma unidade de filtragem

Leia mais

FR413-00 (REV. 00) TECHZINC 0130 SHOP PRIMER

FR413-00 (REV. 00) TECHZINC 0130 SHOP PRIMER TECHZINC 0130 SHOP PRIMER Techzinc 0130 Shop Primer é um etil silicato de zinco, de dois componentes: base e pó de zinco que devem ser misturados na hora do uso. Oferece proteção catódica ao aço carbono,

Leia mais

13 TUBULAÇÕES DE REFRIGERANTE

13 TUBULAÇÕES DE REFRIGERANTE 167 13 TUBULAÇÕES DE REFRIGERANTE As tubulações de refrigerante representam uma parte essencial no sistema de refrigeração, pois requer as mesmas considerações gerais de projeto que qualquer sistema de

Leia mais

Tecnologia aliada à força

Tecnologia aliada à força Catálogo -6BR - Outubro 29 Tecnologia aliada à força A Werk-Schott é uma empresa nacional, que desde 1984 atua no segmento pneumático industrial. Conta com uma rede de distribuidores e assistência técnica

Leia mais

Repensando a matriz brasileira de combustíveis

Repensando a matriz brasileira de combustíveis 1 Repensando a matriz brasileira de combustíveis Marcos Sawaya Jank Conselheiro do CDES A matriz energética brasileira se destaca pela grande incidência de fontes renováveis... Ao longo desta década, a

Leia mais

Compressor Portátil MOBILAIR M 135

Compressor Portátil MOBILAIR M 135 www.kaeser.com Compressor Portátil MOBILAIR M 135 Com o mundialmente renomado PERFIL SIGMA Vazão 10,5 a 13,0 m³/min Feito na Alemanha A renomada linha de compressores portáteis MOBILAIR da KAESER é fabricada

Leia mais

Automação Industrial Parte 5

Automação Industrial Parte 5 Automação Industrial Parte 5 Prof. Ms. Getúlio Teruo Tateoki http://www.getulio.eng.br/meusalunos/autind.html Sensores capacitivos -Sensores de proximidade capacitivos estão disponíveis em formas e tamanhos

Leia mais

SISTEMA DE PRESSURIZAÇÃO DANCOR

SISTEMA DE PRESSURIZAÇÃO DANCOR SISTEMA DE PRESSURIZAÇÃO DANCOR Manual do Proprietário Utilização e Instalação S A Desd e1 94 6 BO MB AS EF ILTR OS - Consumidores - Representantes - Revendedores Serviço de Atendimento ao Consumidor Tel.:

Leia mais

Sistema de Proporcionamento FireDos de aditivos/ LGE para Corpos de Bombeiros

Sistema de Proporcionamento FireDos de aditivos/ LGE para Corpos de Bombeiros Sistema de Proporcionamento FireDos de aditivos/ LGE para Corpos de Bombeiros Unidades portáteis Viaturas de bombeiros Contêineres Aplicações especiais Sobre nós A FireDos GmbH Somos uma empresa de médio

Leia mais