SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Professor Jeferson

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Professor Jeferson"

Transcrição

1 SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Professor Jeferson 1

2 Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados ou a um conjunto de informações, no sentido de preservar o valor que possuem para um indivíduo ou uma organização. Dado: Tudo é um dado, qualquer tipo de entrada que recebemos que não agrega nenhum valor, por exemplo os números brutos de uma pesquisa. Informação: Quando aplicamos algum tipo de inteligência nos dados que recebemos, ele se transforma em informação, que pode ser digerida e nos dão algum parecer sobre alguma coisa. Professor Jeferson 2

3 A Internet e o mundo digital nos proporcionam acesso ilimitado a qualquer tipo de informação, trazendo facilidades na comunicação entre pessoas e instituições.por outro lado, ela também traz algumas inseguranças. Como garantir que quem está acessando um site ou fazendo uma compra é realmente quem diz ser? Como garantir que um documento digital foi realmente gerado por uma determinada pessoa e que o mesmo não foi adulterado? O anonimato nas comunicações gera risco à segurança dos dados e informações que estão sendo acessados. Professor Jeferson (Fonte: 3

4 É uma boa pergunta, será que os alunos podem nos ajudar??? Olá Fulano, estou disposto a negociar, mas quero total sigilo nas mensagens que iremos trocar. BELTRANO E FULANO SÃO DOIS EMPRESÁRIOS QUE NÃO SE CONHECEM PESSOALMENTE. Eu acho muito importante, mas como protegeremos nossas mensagens??? Olá Beltrano! Desenvolvi um novo processador e quero vendêlo a sua fábrica. Professor Jeferson 4

5 E AGORA, COMO FULANO E BELTRANO PODEM PROTEGER SUAS MENSAGENS? Professor Jeferson 5

6 CRIPTOGRAFIA Professor Jeferson 6

7 CRIPTOGRAFIA SIMÉTRICA A criptografia simétrica consiste em, basicamente, criptografar informações com uma senha (chave) e um algorítimo (programa). Para descriptografar aquele que recebe a informação deverá utilizar a mesma chave e o mesmo algorítimo. Portanto a criptografia simétrica depende do transmissor e receptor já terem entrado em acordo com relação a chave a ser utilizada, utilizando algum meio seguro para trocarem a chave entre si. Professor Jeferson (Fonte: 7

8 CRIPTOGRAFIA SIMÉTRICA Professor Jeferson 8

9 CRIPTOGRAFIA SIMÉTRICA QUAL PROBLEMA POSSO TER COM ESSE MÉTODO CRIPTOGRÁFICO??? COMO ENVIAR, DE UMA FORMA SEGURA, A CHAVE PARA FULANO??? Professor Jeferson 9

10 Professor Jeferson CRIPTOGRAFIA ASSIMÉTRICA Na criptografia assimétrica, cada parte da comunicação possui um par de chaves. Uma chave é utilizada para encriptar e a outra para decriptar uma mensagem. A chave utilizada para encriptar a mensagem é publica, isto é, ela é divulgada para o transmissor; enquanto a chave para decriptar a mensagem é privada, isto é, ela é um segredo pertencente ao receptor. Sendo assim, não existe o problema de manutenção e transmissão do segredo que existe na criptografia simétrica. (Fonte: 10

11 Professor Jeferson CRIPTOGRAFIA ASSIMÉTRICA 11

12 CRIPTOGRAFIA ASSIMÉTRICA Professor Jeferson QUAL PROBLEMA POSSO TER AQUI??? COMO SABER SE A MENSAGEM VEIO MESMO DE BELTRANO, JÁ QUE QUALQUER UM PODE TER A CHAVE PÚBLICA DE FULANO??? 12

13 AMBAS AS FORMAS DE CRIPTOGRAFIA TEM UM PROBLEMA EM COMUM... COMO VOU TER CERTEZA QUE A MENSAGEM VEIO DA PESSOA QUE DIZ TER ENVIADO?????? Professor Jeferson 13

14 COMO BELTRANO PODE PROVAR A SUA IDENTIDADE? Professor Jeferson 14

15 CERTIFICADO DIGITAL Professor Jeferson 15

16 O que é um certificação digital? Transações eletrônicas necessitam da adoção de mecanismos de segurança capazes de garantir autenticidade, confidencialidade e integridade às informações eletrônicas. A certificação digital é a tecnologia que provê estes mecanismos. (Fonte: Professor Jeferson

17 E como funciona a certificação digital? No cerne da certificação digital está o certificado digital, um documento eletrônico que contém o nome, um número público exclusivo denominado chave pública e muitos outros dados que mostram quem somos para as pessoas e para os sistemas de informação. (Fonte: Professor Jeferson

18 CERTIFICADO DIGITAL O certificado digital é um arquivo eletrônico que contem dados de uma pessoa ou instituição, utilizados para comprovar sua identidade. Exemplos semelhantes a um certificado digital são o CNPJ, RG, CPF e carteira de habilitação de uma pessoa. Cada um deles contem um conjunto de informações que identificam a instituição ou pessoa e a autoridade (para estes exemplos, órgãos públicos) que garante sua validade. Algumas das principais informações encontradas em um certificado digital são: dados que identificam o dono (nome, numero de identificacão, estado, etc); nome da Autoridade Certificadora (AC) que emitiu o certificado; o numero de serie e o período de validade do certificado; a assinatura digital da AC. O objetivo da assinatura digital no certificado é indicar que uma outra entidade (a Autoridade Certificadora) garante a veracidade das informações nele contidas. (Fonte: Texto extraído da Cartilha de Segurança para Internet, desenvolvida pelo CERT.br,mantido pelo NIC.br, com inteiro teor em ) Professor Jeferson

19 A certificação digital no Brasil Em 2001, o governo brasileiro iniciou estudos para regulamentar o uso de certificados digitais no país, de modo que as transações online entre os vários órgãos públicos e seus fornecedores pudessem ter valor legal, permitindo maior agilidade no processo de compras e a diminuição de custos com uso, gerenciamento e armazenamento de documentos oficiais sigilosos ou não. A partir da Medida Provisória , de 24 de outubro de 2001, foi criada a ICP-Gov, que mais tarde expandiu-se dos órgãos públicos para a iniciativa privada e transformou-se na ICP-Brasil, a atual estrutura hierárquica de autoridades certificadoras ligadas ao governo brasileiro. Somente as transações realizadas com certificados emitidos por autoridades credenciadas na ICP-Brasil têm validade jurídica reconhecida no país. Uma das principais características da ICP-Brasil é sua estrutura hierárquica. No topo da estrutura encontra-se a Autoridade Certificadora Raiz (AC Raiz) e, abaixo dela, as diversas entidades (ACs de primeiro e segudo nível e Autoridades de Registro). Na ICP-Brasil, a AC Raiz é o ITI, que é responsável pelo credenciamento dos demais participantes da cadeia certificadora, pela emissão de seu próprio par de chaves e pela supervisão de todos os processos que envolvem a certificação. (Fonte: Professor Jeferson

20 O que é Autoridade Certificadora (AC)? Autoridade Certificadora (AC) é a entidade responsável por emitir certificados digitais. Estes certificados podem ser emitidos para diversos tipos de entidades, tais como: pessoa, computador, departamento de uma instituição, instituição, etc. Os certificados digitais possuem uma forma de assinatura eletrônica da AC que o emitiu. Graças À sua idoneidade, a AC é normalmente reconhecida por todos como confiável, fazendo o papel de Cartório Eletrônico. (Fonte: Texto extraído da Cartilha de Segurança para Internet, desenvolvida pelo CERT.br,mantido pelo NIC.br, com inteiro teor em ) Professor Jeferson

21 O que é Autoridade de Registro(AR)? Uma Autoridade de Registro (AR) provê uma interface entre um usuário e uma AC. Ela é responsável por conferir as informações do usuário e enviar a requisição do certificado para a AC. A qualidade do processo de conferência das informações determina o nível de confiança que deve ser atribuído ao certificado. (Fonte: Professor Jeferson

22 Professor Jeferson

23 COMO OBTER UM CERTIFICADO DIGITAL 1) Acesse o site da Autoridade Certificadora; 2) Escolha o tipo de Certificado que deseja e preencha o formulário disponibilizado; 3) Realize o pagamento do Certificado; 4) Compareça a uma Autoridade de Registro indicada pela Autoridade Certificadora para validação de seus documentos. (Fonte: Professor Jeferson 23

24 COMO OBTER UM CERTIFICADO DIGITAL Professor Jeferson 24

25 Professor Jeferson Assinatura Digital: A assinatura digital existe a partir do conceito da criptografia assimétrica. Como as chaves públicas e privadas são complementares, um texto criptografado por uma determinada chave privada, só poderá ser descriptografado com a chave pública correspondente do emissor. (Fonte: 25

26 Professor Jeferson UTILIZANDO A CRIPTOGRAFIA ASSIMÉTRICA PARA ASSINAR DIGITALMENTE UM DOCUMENTO 26

27 Professor Jeferson 27

28 Professor Jeferson Autenticidade: a certeza absoluta de que uma mensagem será autêntica se for, de fato, recebida na íntegra, diretamente do emissor. 28

29 FUNÇÃO HASH Uma função hash tem por finalidade gerar, a partir de um texto, um código (resumo de mensagem). O caminho inverso não deve ser possível. As funções hash mais conhecidas são: MD4 (MD significa message digest), MD5 e SHS. Professor Jeferson 29

30 Integridade: consiste em proteger a informação contra modificação sem a permissão explicita do proprietário daquela informação. 30

31 Professor Jeferson 31

32 Professor Jeferson 32

33 Disponibilidade: consiste em ter acesso aos dados sempre que deles precisar. Professor Jeferson 33

34 Professor Jeferson Confidencialidade: Consiste em proteger a informação contra leitura e/ou cópia por alguém que não tenha sido explicitamente autorizado pelo proprietário daquela informação. 34

35 Professor Jeferson Não repúdio: O não-repúdio fornece prova inegável que um usuário realizou uma ação específica como transferir dinheiro, autorizar uma compra ou enviar uma mensagem. 35

36 PROTEÇÃO DOS MEIOS DE ACESSO A INFORMAÇÃO Segurança física: Considera as ameaças físicas como incêndios, desabamentos, relâmpagos, alagamento, acesso indevido de pessoas aos locais onde os arquivos estão. Professor Jeferson 36

37 PROTEÇÃO DOS MEIOS DE ACESSO A INFORMAÇÃO Segurança lógica: Atenta contra ameaças ocasionadas por vírus, acessos remotos à rede, backup desatualizados, violação de senhas. (Fonte: Wikipedia) Professor Jeferson 37

38 PROTEÇÃO DOS MEIOS DE ACESSO A INFORMAÇÃO Biometria: biometria está ligada à verificação da identidade de uma pessoa por meio de uma característica física ou aspecto comportamental. Professor Jeferson 38

39 Backups: consiste em realizar cópia de arquivos importantes, para que possam ser restaurados em caso da perda dos dados originais. Professor Jeferson 39

40 MOTIVOS PARA REALIZAR BACKUPS Professor Jeferson 40

41 Professor Jeferson 41

42 Professor Jeferson 42

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro Aula 1 Introdução à Certificação

Leia mais

67 das 88 vagas no AFRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF Conquiste sua vitória ao nosso lado

67 das 88 vagas no AFRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF Conquiste sua vitória ao nosso lado Carreira Policial Mais de 360 aprovados na Receita Federal em 2006 67 das 88 vagas no AFRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF no PR/SC 150 das 190 vagas no TRF Conquiste sua vitória ao nosso lado Apostila

Leia mais

INFORMÁTICA PROF. RAFAEL ARAÚJO

INFORMÁTICA PROF. RAFAEL ARAÚJO INFORMÁTICA PROF. RAFAEL ARAÚJO CERTIFICADO DIGITAL O certificado digital é um arquivo eletrônico que contém dados de uma pessoa ou instituição, utilizados para comprovar sua identidade. Este arquivo pode

Leia mais

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento Douglas Farias Cordeiro Revisando As transações eletrônicas demandam mecanismos de segurança que garantam: Autenticidade Confidencialidade Integridade

Leia mais

Prof. Paulo Barbosa duvidas@paulobarbosa.com.br

Prof. Paulo Barbosa duvidas@paulobarbosa.com.br Prof. Paulo Barbosa duvidas@paulobarbosa.com.br Esse material pode ser denominado Notas de Aulas. Ele não é autodidático, não o utilize como fonte única de consulta para estudos para préconcurso. Use-o

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DIGITAL E ASSINATURA DIGITAL: A EXPERIÊNCIA DA USP. Conceitos e problemas envolvidos

CERTIFICAÇÃO DIGITAL E ASSINATURA DIGITAL: A EXPERIÊNCIA DA USP. Conceitos e problemas envolvidos CERTIFICAÇÃO DIGITAL E ASSINATURA DIGITAL: A EXPERIÊNCIA DA USP Conceitos e problemas envolvidos Agenda Histórico Conceitos Aplicações na USP Recomendações Assinatura e Certificação Digital Objetivo =>

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Resumos Volume 1, Julho de 2015 Segurança da Informação POPULARIZAÇÃO DA INFORMÁTICA Com a popularização da internet, tecnologias que antes eram restritas a profissionais tornaram-se abertas, democratizando

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 529, DE 23 DE MAIO DE 2016 Documento nº 00000.029651/2016-57

RESOLUÇÃO Nº 529, DE 23 DE MAIO DE 2016 Documento nº 00000.029651/2016-57 RESOLUÇÃO Nº 529, DE 23 DE MAIO DE 2016 Documento nº 00000.029651/2016-57 Dispõe sobre o uso de Certificado Digital no âmbito da Agência Nacional de Águas ANA. O DIRETOR-PRESIDENTE DA AGÊNCIA DE ÁGUAS-ANA,

Leia mais

Instruções e Manual de Instalação Leitora + Cartão Inteligente. Certificado Digital Serasa

Instruções e Manual de Instalação Leitora + Cartão Inteligente. Certificado Digital Serasa Instruções e Manual de Instalação Leitora + Cartão Inteligente Certificado Digital Serasa O que é Certificado Digital? O Certificado Digital Serasa é um documento eletrônico que possibilita comprovar a

Leia mais

MAIO / 2007. Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança

MAIO / 2007. Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança Siissttema de Assssiinattura Diigiittall MAIO / 2007 Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança A internet facilitando nossa vida As exigências e as pressões crescentes da vida moderna, o caos urbano,

Leia mais

Apostila. Noções Básicas de Certificação Digital (Aula 2)

Apostila. Noções Básicas de Certificação Digital (Aula 2) Apostila Noções Básicas de Certificação Digital (Aula 2) Diretoria de Pessoas (DPE) Departamento de Gestão de Carreira (DECR) Divisão de Gestão de Treinamento e Desenvolvimento (DIGT) Coordenação Geral

Leia mais

INFORMÁTICA PROF. RAFAEL ARAÚJO

INFORMÁTICA PROF. RAFAEL ARAÚJO INFORMÁTICA PROF. RAFAEL ARAÚJO CERTIFICADO DIGITAL O certificado digital é um arquivo eletrônico que contém dados de uma pessoa ou instituição, utilizados para comprovar sua identidade. Este arquivo pode

Leia mais

www.e-law.net.com.br certificação digital 1 de 5 Introdução

www.e-law.net.com.br certificação digital 1 de 5 Introdução www.e-law.net.com.br certificação digital 1 de 5 Introdução Cada pessoa cria sua assinatura de forma totalmente livre e a utiliza com significado de expressa concordância com os conteúdos dos documentos

Leia mais

Definição. Certificado. Digital. 1 tido ou dado como certo. 2 Diacronismo: antigo. que se fez ciente de

Definição. Certificado. Digital. 1 tido ou dado como certo. 2 Diacronismo: antigo. que se fez ciente de Certificado Digital Definição Certificado 1 tido ou dado como certo 2 Diacronismo: antigo. que se fez ciente de 3 documento no qual se atesta a existência de certo fato e dele se dá ciência - Autenticar;

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação A segurança da informação está relacionada com proteção de um conjunto de informações, no sentido de preservar o valor que possuem para um indivíduo ou uma organização. Características básicas: Confidencialidade;

Leia mais

I T I. AC Raiz. Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, órgão do Governo Federal. Receita Federal SERASA SERPRO CAIXA CERT PRIVADA

I T I. AC Raiz. Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, órgão do Governo Federal. Receita Federal SERASA SERPRO CAIXA CERT PRIVADA I T I AC Raiz Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, órgão do Governo Federal Receita Federal SERASA SERPRO CAIXA CERT AC PRIVADA AR Autoridade Registradora AR Autoridade Registradora Certificado

Leia mais

Cartilha: Certificado Digital

Cartilha: Certificado Digital Certificação de Entidades Beneficientes de Assistência Social - CEBAS - 1 - Ministério da Educação Secretaria Executiva Secretaria de Educação Continuada, Alfabetizada e Diversidade Diretoria de Tecnologia

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DIGITAL

CERTIFICAÇÃO DIGITAL Autenticidade Digital CERTIFICAÇÃO DIGITAL Certificação Digital 1 Políticas de Segurança Regras que baseiam toda a confiança em um determinado sistema; Dizem o que precisamos e o que não precisamos proteger;

Leia mais

Assinatura e Certificação Digital

Assinatura e Certificação Digital e Certificação Digital Por Rafael Port da Rocha 2006 Versão: 07/04/06 20:28 Notas de ula - 2006 Rafael Port da Rocha 1 Características Básicas para um Processo de Comunicação I B C utenticidade: O usuário

Leia mais

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos.

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos. INTRODUÇÃO Essa apostila foi idealizada como suporte as aulas de Informática Educativa do professor Haroldo do Carmo. O conteúdo tem como objetivo a inclusão digital as ferramentas de pesquisas on-line

Leia mais

Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada

Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada Criptografia Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada Criptografia Onde pode ser usada? Arquivos de um Computador Internet Backups Redes

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação (Extraído da apostila de Segurança da Informação do Professor Carlos C. Mello) 1. Conceito A Segurança da Informação busca reduzir os riscos de vazamentos, fraudes, erros, uso indevido,

Leia mais

Segurança de Sistemas

Segurança de Sistemas Faculdade de Tecnologia Senac Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Segurança de Sistemas Edécio Fernando Iepsen (edeciofernando@gmail.com) Certificação Digital Ampla utilização

Leia mais

Para a aquisição do certificado digital são exigidas 2 cópias legíveis e os originais dos seguintes documentos:

Para a aquisição do certificado digital são exigidas 2 cópias legíveis e os originais dos seguintes documentos: CERTIFICADO DIGITAL Certificado digital é um documento eletrônico que identifica pessoas e empresas no mundo digital, provando sua identidade e permitindo acessar serviços on-line com a garantia de autenticidade,

Leia mais

Assinatura Digital: problema

Assinatura Digital: problema Assinatura Digital Assinatura Digital Assinatura Digital: problema A autenticidade de muitos documentos, é determinada pela presença de uma assinatura autorizada. Para que os sistemas de mensagens computacionais

Leia mais

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento Douglas Farias Cordeiro Criptografia Revisando A criptografia trata da escrita de um texto em códigos de forma a torná-lo incompreensível; A informação

Leia mais

O QUE É CERTIFICAÇÃO DIGITAL?

O QUE É CERTIFICAÇÃO DIGITAL? O QUE É CERTIFICAÇÃO DIGITAL? Os computadores e a Internet são largamente utilizados para o processamento de dados e para a troca de mensagens e documentos entre cidadãos, governo e empresas. No entanto,

Leia mais

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes

Certificados Digitais - Perguntas Frequentes Certificados Digitais - Perguntas Frequentes O que é um certificado digital? O certificado, na prática, equivale a uma carteira de identidade, ao permitir a identificação de uma pessoa, quando enviando

Leia mais

1 - Conceitos de Certificação Digital - (25 min) Karlos Emanuel

1 - Conceitos de Certificação Digital - (25 min) Karlos Emanuel CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PORTAL DIGITAL DE CONSULTA GERAL ELETRÔNICA Gerente do Projeto: Karlos Emanuel Apresentadores e Apoios: Karlos Freitas Gerente de Projeto Karlos Raphael Analista de Suporte Marieta

Leia mais

PORTARIA TC Nº 382, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014. CAPÍTULO I

PORTARIA TC Nº 382, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014. CAPÍTULO I PORTARIA TC Nº 382, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014. Disciplina a utilização dos certificados digitais no âmbito interno, pelos funcionários do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco TCE-PE e demais usuários

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos esse manual, significa que você adquiriu um certificado digital AC Link. Manual do Usuário 1 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?...

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DIGITAL. Certificado Digital Assinatura Digital

CERTIFICAÇÃO DIGITAL. Certificado Digital Assinatura Digital CERTIFICAÇÃO DIGITAL Certificado Digital Assinatura Digital CERTIFICADO e ASSINATURA DIGITAL CERTIFICADO Éo documento eletrônico de identidade emitido por Autoridade Certificadora credenciada pela AC Raiz

Leia mais

Aplicações da Informática na Odontologia

Aplicações da Informática na Odontologia Aplicações da Informática na Odontologia Introdução Qualquer base de conhecimento, fixada materialmente e disposta de maneira que se possa utilizar para consulta. Qualquer registro gráfico. Documento Entende-se

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 2: Padrão X.509 O padrão X.509

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 3: Políticas e Declaração de

Leia mais

Certificação Digital. Questões

Certificação Digital. Questões Certificação Digital Questões 1) FAURGS - TJ - AUXILIAR DE COMUNICAÇÃO TJM - 2012 2) ESAF - 2012 - MF - Assistente Técnico Administrativo Para a verificação de uma assinatura digital numa mensagem eletrônica,

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Disciplina: Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Auditoria e Análise de Segurança da Informação - 4º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO UNIVERSITÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 006/2014 EMENTA: Aprova Normas da Política de

Leia mais

Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos

Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos Conceitos de Segurança em Sistemas Distribuídos Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática / UFMA http://www.lsd.ufma.br 30 de novembro de 2011

Leia mais

Tiago Maciel Sidney Medeiros

Tiago Maciel Sidney Medeiros 2º Encontro dos membros do projeto de pesquisa em E-commerce/B2B Tiago Maciel Sidney Medeiros 2º Encontro dos membros do projeto de pesquisa em E-commerce e B2B Objetivos Expor modelagem inicial do sistema

Leia mais

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Manual do usuário Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Índice Apresentação 03 O que é um Certificado Digital? 04 Instalando

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Conceitos Segurança da Informação Assinatura Digital Certificado Digital Criptografia Legislação Aplicabilidade no TJMG AGENDA Segurança da Informação É a proteção da informação de vários tipos de ameaças

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Página1 Certificado Digital e-cpf Manual do Usuário Página2 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?... 03 Instalando o Certificado... 04 Conteúdo do Certificado... 07 Utilização, guarda

Leia mais

Autenticação com Assinatura Digital

Autenticação com Assinatura Digital Autenticação Verificação confiável da identidade de um parceiro de comunicação Define uma relação de confiança Garante que o remetente dos dados não negue o envio dos mesmos Autenticação com Assinatura

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios

Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas. Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais - CERCOMP Divisão de Sistemas Criação de uma Serviço de Geração de Relatórios Goiânia 12/2011 Versionamento 12/12/2011 Hugo Marciano... 1.0

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL

SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL 1. Como é feita a entrega do Certificado Digital? Resposta: O certificado digital é entregue ao cliente após o procedimento de Validação Presencial, o qual consiste na

Leia mais

SICAP - MÓDULO CARDUG. CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras

SICAP - MÓDULO CARDUG. CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras SICAP - MÓDULO CARDUG CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras Apresentação Caro Aluno, Confeccionamos este capítulo para servir de apoio a você, aos gestores e responsáveis das unidades

Leia mais

Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ Brasil S/A

Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ Brasil S/A 1. PARTES CONVÊNIO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA INTERNET BANKING O presente Convênio disciplina o uso do Sistema INTERNET BANKING ( INTERNET BANKING ) disponível na home page (www.br.bk.mufg.jp) de propriedade

Leia mais

Serviços Ibama Certificação Digital

Serviços Ibama Certificação Digital Guia da nos 1. Informações Gerais Objetivando garantir mais segurança ao acesso dos usuários dos Serviços do Ibama, foi estabelecido desde o dia 1º de janeiro de 2014, o acesso por meio de certificação

Leia mais

Criptografia assimétrica e certificação digital

Criptografia assimétrica e certificação digital Criptografia assimétrica e certificação digital Alunas: Bianca Souza Bruna serra Introdução Desenvolvimento Conclusão Bibliografia Introdução Este trabalho apresenta os principais conceitos envolvendo

Leia mais

Entendendo a Certificação Digital

Entendendo a Certificação Digital Entendendo a Certificação Digital Novembro 2010 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. O que é certificação digital?... 3 3. Como funciona a certificação digital?... 3 6. Obtendo certificados digitais... 6 8.

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF-108 Segurança da Informação Autenticação Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, junho de 2013 Resumos de mensagem (hash) Algoritmo Hash são usados quando a autenticação é necessária, mas o sigilo,

Leia mais

Prescrição Digital com Assinatura Biométrica

Prescrição Digital com Assinatura Biométrica Prescrição Digital com Assinatura Biométrica Prescrição Digital Solução Web Prescrição Digital ϡ A área da saúde através da classe médica, farmácias e drogarias tem investido em Tecnologia da Informação

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO TUTORIAL BÁSICO SOBRE CERTIFICAÇÃO DIGITAL

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO TUTORIAL BÁSICO SOBRE CERTIFICAÇÃO DIGITAL PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO TUTORIAL BÁSICO SOBRE CERTIFICAÇÃO DIGITAL http://www.frameworkpinhao.pr.gov.br/ TUTORIAL SOBRE CERTIFICAÇÃO DIGITAL Tópicos que serão abordados: PARA QUÊ UTILIZAR ASPECTOS

Leia mais

ESTRUTURA NORMATIVA ICP-BRASIL

ESTRUTURA NORMATIVA ICP-BRASIL Autenticidade Digital ESTRUTURA NORMATIVA ICP-BRASIL Estrutura Normativa ICP-Brasil Comitê Gestor da ICP-Brasil 1 Estrutura Normativa ICP-Brasil É um documento que explica como são organizados e criados

Leia mais

fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0

fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0 Entenda o que é um certificado digital SSL (OPENSSL) fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0 1. O que é "Certificado Digital"? É um documento criptografado que contém informações

Leia mais

ENTENDENDO A CERTIFICAÇÃO DIGITAL NO TST

ENTENDENDO A CERTIFICAÇÃO DIGITAL NO TST 1 ÍNDICE 1. O que é certificado digital? 2. Para que serve o certificado digital? 3. Para que serve o certificado digital no âmbito do TST? 4. Qual a legislação que envolve a certificação digital? 5. O

Leia mais

Manual. Manifestação Destinatário

Manual. Manifestação Destinatário Manual Manifestação Destinatário Sr.Farmacista Evite fraudes em seu CNPJ 1 Você dono de um estabelecimento sabe que hoje o governo disponibiliza gratuitamente para você um programa onde é possível visualizar

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor

Leia mais

Editoria e Diagramação Núcleo de Imagem Ascom TJPE. Ilustração Gerência de Atendimento Técnico

Editoria e Diagramação Núcleo de Imagem Ascom TJPE. Ilustração Gerência de Atendimento Técnico Conceitos de Segurança da Informação, Certificação Digital e suas Aplicações no TJPE 3ª Edição - Maio/2013 Elaboração Núcleo de Segurança da Informação SETIC Editoria e Diagramação Núcleo de Imagem Ascom

Leia mais

Abin e PF. Informática Complemento. Prof. Rafael Araujo

Abin e PF. Informática Complemento. Prof. Rafael Araujo Criptografia Criptografia é a ciência e arte de escrever mensagens em forma cifrada ou em código. É parte de um campo de estudos que trata das comunicações secretas, usadas, dentre outras finalidades,

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 018/2013

NOTA TÉCNICA Nº 018/2013 NOTA TÉCNICA Nº 018/2013 Brasília, 09 de maio de 2013. ÁREA: Finanças TÍTULO: Certificado Digital e a Importância para os Municípios. REFERÊNCIA(S): Cartilha SIOPS; Comunicado CGSN/SE nº 3, de 10 de março

Leia mais

Criptografia Digital. Prof. Flávio Humberto Cabral Nunes

Criptografia Digital. Prof. Flávio Humberto Cabral Nunes Criptografia Digital Prof. Flávio Humberto Cabral Nunes Conteúdo 1. Introdução 2. Aplicações 3. Criptografia e seus Conceitos 4. Tipos de Criptografia em Relação ao Uso de Chaves 5. Autenticação Comum

Leia mais

Certificação Digital Automação na Assinatura de Documentos de Compras

Certificação Digital Automação na Assinatura de Documentos de Compras XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Certificação Digital Automação na Assinatura de Documentos de Compras Eder Soares

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Redes de Computadores Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Nível de Aplicação Responsável por interagir com os níveis inferiores de uma arquitetura de protocolos de forma a disponibilizar

Leia mais

Tudo o que você precisa saber sobre o estacionamento rotativo zona azul

Tudo o que você precisa saber sobre o estacionamento rotativo zona azul Tudo o que você precisa saber sobre o estacionamento rotativo zona azul A Comtempo cuida do sistema de pagamento do rotativo eletrônico de Itajubá. Um sistema moderno que permite ao motorista ativar o

Leia mais

Política para desenvolvimento de software seguro

Política para desenvolvimento de software seguro FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS Segurança da Informação Marcos Mesa Cerdan Marcus Vinicius Pedrosa Philipe Toledo Oliveira Política para desenvolvimento de software seguro GOIÂNIA, 2016 Marcos Mesa

Leia mais

Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais

Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais 1 PROGRAMA CAS: CERTIFICAÇÃO AEROAGRÍCOLA SUSTENTÁVEL 1. Introdução CAS Nível I REGULAMENTO A FEPAF (Fundação de Estudos e Pesquisas ), com apoio da ANDEF (Associação Nacional de Defesa Vegetal), do SINDAG

Leia mais

Sistemas Distribuídos Introdução a Segurança em Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Introdução a Segurança em Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Introdução a Segurança em Sistemas Distribuídos Departamento de Informática, UFMA Graduação em Ciência da Computação Francisco José da Silva e Silva 1 Introdução Segurança em sistemas

Leia mais

EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO EXPLORITAS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA LTDA MANUAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Janeiro 2016 O NÃO CUMPRIMENTO DESTE MANUAL PODERÁ RESULTAR EM AÇÕES DISCIPLINARES APROPRIADAS, INCLUINDO ADVERTÊNCIAS, QUE PODERÃO

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE CERTIFICADOS DIGITAIS COMO SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

UM ESTUDO SOBRE CERTIFICADOS DIGITAIS COMO SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO UM ESTUDO SOBRE CERTIFICADOS DIGITAIS COMO SOLUÇÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Emerson Henrique Soares Silva Prof. Ms. Rodrigo Almeida dos Santos Associação Paraibana de Ensino Renovado - ASPER Coordenação

Leia mais

Política de Certificados. Serpro-SRF. Certificados tipo A3. (PCSerpro-SRFA3)

Política de Certificados. Serpro-SRF. Certificados tipo A3. (PCSerpro-SRFA3) Política de Certificados Serpro-SRF Certificados tipo A3 (PCSerpro-SRFA3) Credenciada pela ACSRF e ICP-Brasil ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 7 1.1 Visão Geral... 7 1.2 Identificação... 7 1.3 Comunidade e Aplicabilidade...

Leia mais

O SISFLORA (Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais), integrado ao CC-SEMA (Sistema de Cadastro de Consumidores de Produtos

O SISFLORA (Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais), integrado ao CC-SEMA (Sistema de Cadastro de Consumidores de Produtos 1 SISFLORA/CC-SEMA 2 O SISFLORA (Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais), integrado ao CC-SEMA (Sistema de Cadastro de Consumidores de Produtos Florestais), é um sistema que tem

Leia mais

Oficial Escrevente 2013. Informática Questões

Oficial Escrevente 2013. Informática Questões Oficial Escrevente 2013 Informática Questões 1) FAURGS - TJ - AUXILIAR DE COMUNICAÇÃO TJM - 2012 CERTIFICADO DIGITAL CERTIFICADO DIGITAL Funciona como uma identidade virtual CERTIFICADO DIGITAL Permite

Leia mais

Funcionalidades do sistema SPED Contábil. Luiz Campos

Funcionalidades do sistema SPED Contábil. Luiz Campos Funcionalidades do sistema SPED Contábil Luiz Campos Conteúdo As funcionalidades do Programa Validador e Assinador PVA do SPED Contábil As funcionalidade do sistema o repositório nacional e sua interação

Leia mais

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: Segurança da Informação Aula 02

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: Segurança da Informação Aula 02 Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: Segurança da Informação Aula 02 Agenda 1. Segurança da Informação 1.1.Introdução 1.2.Conceitos 1.3.Ameaças a Segurança da

Leia mais

Linguagem. Documento D O C U M E N T O FÍSICO DIGITAL

Linguagem. Documento D O C U M E N T O FÍSICO DIGITAL Paradigma Do papel ao digital Linguagem FÍSICO Documento DIGITAL 01100100 01101111 01100011 01110101 D O C U 01101101 01100101 01101110 01110100 01101111 M E N T O Documento Consideram-se documentos quaisquer

Leia mais

Criptografia de Chave Pública

Criptografia de Chave Pública Criptografia de Chave Pública Aplicações Privacidade, Autenticação: RSA, Curva Elíptica Intercâmbio de chave secreta: Diffie-Hellman Assinatura digital: DSS (DSA) Vantagens Não compartilha segredo Provê

Leia mais

certisign.com.br Apresentação de Serviço Certificação Digital para Escritórios Contábeis

certisign.com.br Apresentação de Serviço Certificação Digital para Escritórios Contábeis Apresentação de Serviço Certificação Digital para Escritórios Contábeis certisign.com.br Apresentação A Certificação Digital é apoiada pelos principais órgãos, entidades reguladoras e organizações de classe

Leia mais

PROJETO CERTIDÃO WEB

PROJETO CERTIDÃO WEB PROJETO CERTIDÃO WEB JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GERÊNCIA DE REGISTRO E ANÁLISE TÉCNICA VITÓRIA / ES ABRIL/2008 Documentação certidão web JUCEES Página

Leia mais

Certificado Digital Co C mo u sar? r

Certificado Digital Co C mo u sar? r Certificado Digital Como usar? Certificado Digital Documento eletrônico que identifica pessoas físicas e jurídicas e cuja validade é garantida por uma terceira parte de confiança Garante a identidade do

Leia mais

Documentação Eletrônica

Documentação Eletrônica Documentação Eletrônica Universidade Federal Fluminense Ciência da Computação Disciplina: Informática I Prof.: Otton Teixera da Silveira Filho Alunos: Bernardo Baptista do Couto César Motohiro Ujihara

Leia mais

Smart Card Virtual e Autoridade Certificadora Distribuída. Jeroen van de Graaf Laboratório de Computação Científica UFMG jvdg@lcc.ufmg.

Smart Card Virtual e Autoridade Certificadora Distribuída. Jeroen van de Graaf Laboratório de Computação Científica UFMG jvdg@lcc.ufmg. Smart Card Virtual e Autoridade Certificadora Distribuída Jeroen van de Graaf Laboratório de Computação Científica UFMG jvdg@lcc.ufmg.br Programa O que é uma ICP? O que é ICP-EDU Qual é a proposta do GT-ICP-EDU

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC- Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS- Departamento de Relacionamento com o

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DGTEC- Diretoria Geral de Tecnologia da Informação DERUS- Departamento de Relacionamento com o DERUS- Departamento de Relacionamento com o Usuário DERUS- Departamento de Relacionamento com o Usuário Sumário: Gerando um arquivo PDF 3 Como assinar digitalmente um documento PDF 17 O Assinador Livre

Leia mais

CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO (LICENÇA) DO BOMBIRÔ PLATAFORMA ONLINE E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO RELACIONADOS

CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO (LICENÇA) DO BOMBIRÔ PLATAFORMA ONLINE E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO RELACIONADOS CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITO DE USO (LICENÇA) DO BOMBIRÔ PLATAFORMA ONLINE E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO RELACIONADOS ATENÇÃO: Ao selecionar a opção Eu aceito os termos de licença e uso do BomBirô

Leia mais

Certificado Digital A1. Cópia de segurança (exportação e importação)

Certificado Digital A1. Cópia de segurança (exportação e importação) A1 Cópia de segurança (exportação e importação) Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2010 Pré Requisitos para a instalação Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 109, DE 28 DE OUTUBRO DE 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 109, DE 28 DE OUTUBRO DE 2008. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO DO COMÉRCIO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 109, DE 28 DE OUTUBRO DE 2008. Dispõe

Leia mais

DOCUMENTOS DIGITAIS COMO PROVA EM QUESTÕES JUDICIAIS. por Ana Amelia Menna Barreto

DOCUMENTOS DIGITAIS COMO PROVA EM QUESTÕES JUDICIAIS. por Ana Amelia Menna Barreto DOCUMENTOS DIGITAIS COMO PROVA EM QUESTÕES JUDICIAIS por Ana Amelia Menna Barreto ÁTOMOS E BITS A civilização está se alterando em sua concepção básica Estamos passando dos átomos para os bits, onde a

Leia mais

FAQs Projecto Factura Electrónica Índice

FAQs Projecto Factura Electrónica Índice FAQs Projecto Factura Electrónica Índice 1) O que é a factura electrónica?... 2 2) O que significa a certificação legal nestas facturas?... 2 3) Como se obtém a assinatura digital e que garantias ela nos

Leia mais

ICMS PI/2014 Resolução da Prova de Informática Professor Gustavo Cavalcante. ICMS PI/2014: Resolução da prova de Informática Prof. Gustavo Cavalcante

ICMS PI/2014 Resolução da Prova de Informática Professor Gustavo Cavalcante. ICMS PI/2014: Resolução da prova de Informática Prof. Gustavo Cavalcante ICMS PI/2014 Resolução da Prova de Informática Professor Gustavo Cavalcante 1 de 12 Olá concurseiros, ICMS PI/2014: Resolução Hoje farei alguns comentários acerca da prova para a SEFAZ PI 2014. A prova

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS Orientador Empresarial CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac INSTRUÇÃO NORMATIVA SRF nº 580/2005

Leia mais

Manual do Utilizador. Portal dos Jurisdicionados Cadastro

Manual do Utilizador. Portal dos Jurisdicionados Cadastro Manual do Utilizador Portal dos Jurisdicionados Cadastro TCM/PA 2015 1. CONDIÇÕES DE ACESSO O acesso ao Portal dos Jurisidicionados Cadastro é feito, exclusivamente, com o uso de certificação digital,

Leia mais

Infraestrutura de Chaves Públicas Japonesa) é uma entidade. que, em cooperação mútua com as Províncias, oferecedoras

Infraestrutura de Chaves Públicas Japonesa) é uma entidade. que, em cooperação mútua com as Províncias, oferecedoras Serviços de Certificação Pública para Indivíduos GUIA DO USUÁRIO Associação das Províncias pela JPKI (JPKI: Infraestrutura de Chaves Públicas Japonesa) Sobre a Associação das Províncias pela JPKI (JPKI:

Leia mais

Para detalhes e funcionalidades, veja o Manual para o Administrador

Para detalhes e funcionalidades, veja o Manual para o Administrador O que é Gemelo Backup Online EMPRESA? É uma solução de administração e backup desenhada para Empresas que desejam controlar e proteger suas informações de forma simples, segura e confiável. É definido

Leia mais

PERFIL. Especialista em Direito Penal pela Universidade de Salamanca e CERTYRED - Especialista em segurança da informação pela mesma instituição

PERFIL. Especialista em Direito Penal pela Universidade de Salamanca e CERTYRED - Especialista em segurança da informação pela mesma instituição PERFIL Mestre e Doutorando em Direito Penal pela USP. Especialista em Direito Penal pela Universidade de Salamanca e CERTYRED - Especialista em segurança da informação pela mesma instituição Professor

Leia mais

Declaração de Práticas. Plataforma Compras Públicas: ComprasPT

Declaração de Práticas. Plataforma Compras Públicas: ComprasPT Declaração de Práticas Plataforma Compras Públicas: ComprasPT 1. Revisões do Documento Código Data Responsável Comentário QS-C-0177-V0-IMP 28-04-2015 Mário Lourenço Criação do documento 2. Introdução Este

Leia mais

Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e dá outras providências.

Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e dá outras providências. Publicada no DJE, N. 190/2010, em 15/10/2010, pág. 1 3. RESOLUÇÃO N. 044/2010-PR Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

2) Demonstre a verificação da fraude no envio de um arquivo não sigiloso, porém autenticado, de A para B e alterado indevidamente por T.

2) Demonstre a verificação da fraude no envio de um arquivo não sigiloso, porém autenticado, de A para B e alterado indevidamente por T. Revisão para A1 Criptografia e Certificação Digital Legenda: A + - Chave Pública de A A - - Chave Privada de A s Chave Secreta MD5 Algoritmo de HASH MSG Mensagem de texto claro - Operação de comparação

Leia mais