SELEÇÃO PÚBLICA - PROGRAMA TECNOVA Subvenção Econômica à Inovação Edital SECITECE/FUNDASTEF/FINEP Nº 01/2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SELEÇÃO PÚBLICA - PROGRAMA TECNOVA Subvenção Econômica à Inovação Edital SECITECE/FUNDASTEF/FINEP Nº 01/2013"

Transcrição

1 SELEÇÃO PÚBLICA - PROGRAMA TECNOVA Subvenção Econômica à Inovação Edital SECITECE/FUNDASTEF/FINEP Nº 01/2013 A coordenação do programa para apoio à inovação tecnológica às Microeempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Ceará Programa Tecnova-CE divulga a relação das empresas que tiveram as suas propostas aprovadas na Etapa de Avaliação de Requisitos Formais, correspondente a 1ª Etapa de seleção. O status da empresa perante a seleção das propostas pode ser acompanhado por meio do Formulário Eletrônico (FAP), na página virtual do programa, através do link: com o login e a senha do usuário. Neste mesmo caminho, as empresas que não foram selecionadas nesta etapa poderão ter acesso ao ofício com as informações referente à eliminação das propostas. Ressalta-se que o caráter deste resultado é preliminar, motivo pelo qual as empresas eliminadas podem apresentar os recursos que julgarem cabíveis até 10/03/2014. O resultado final desta etapa de avaliação será divulgado 17/03/2014, não podendo ser oferecido quaisquer recursos no que concerne a avaliação dos requisitos formais. As demais etapas da seleção do Programa Tecnova-CE seguirão o calendário previsto no edital. Caso sejam necessários esclarecimentos adicionais, utilize o

2 GVE INDÚSTRIA DE VEÍCULOS VEÍCULO ELÉTRICO URBANO DE CARGA - VEUC CÂNICO E ELÉTRICOS DESENVOLVINTO DE UM KIT CORCIAL PARA A P ALIDA BIOTECNOLOGIA SEXAGEM DE EMBRIÕES BOVINOS BIOTECNOLOGIA AEL ANDAIS, ESCORAS E DESENVOLVINTO DE NOVA PORTA CORTA FOGO A CÂNICO E LOCAÇÕES PARTIR DE ALTERNATIVOS AGROSOLUTIONS TECNOLOGIAS CONTROLES COMPUTACIONAIS PARA A AGRÍCOLAS OTIMIZAÇÃO DA IRRIGAÇÃO AGRONEGÓCIO TRAIRI ALINTOS FUNCIONAIS DO DESENVOLVINTO DE ALINTOS FUNCIONAIS COM BRASIL BLOQUEADORES DE CALORIAS OUTRO TEMA 6 PROCESSO INOVADOR DE ANODIZAÇÃO COLORIDA QUE ALUMINITECH COMÉRCIO E PERMITE A UNIFORMIZAÇÃO DA COR E MANUTENÇÃO DA CÂNICO E SERVIÇOS RESISTÊNCIA CONSÓRCIO MICROBIANO PROBIÓTICO PARA APLICAÇÃO ALYSSON LIRA ANGELIM EM AQUICULTURA BIOTECNOLOGIA ANA LINS INDUSTRIA E CORCIO GREEN SHOE BY ANA LINS COURO E CALÇADO DE SANDÁLIAS 9 DESENVOLVINTO DE UMA PLATAFORMA TECNOLÓGICA APTA LASER IMPRESSOES NO MODELO SAAS PARA O PROCESSANTO ELETRONICAS AUTOMATIZADO DE CARTÕES RESPOSTAS POR IO DA DIGITALIZAÇÃO ARMTEC TECNOLOGIA EM PROTELHA II CÂNICO E ROBÓTICA ASTUX. PROJETO UNI ATENA SOLUÇÕES E SISTEMAS B2ID - BARRANTO INTEGRADO E INTELIGENTE DE 12 - DISPOSITIVOS CENTRAL GRÁFICA 3D DE MONITORANTO E ATLANTA 13 INFORMAÇÕES DE TRAFEGO VEICULAR A PARTIR DE INFORMAÇÃO. IMAGEM VETORIZADA

3 AYO AGRICULTURA E CORCIO DESENVOLVINTO DE PLANTAS ORNANTAIS A PARTIR DE EQUIPANTOS AGRÍCOLAS DE MUDAS MICROPROPAGADAS (CLONES) UTILIZANDO AGRONEGÓCIO PARACURÚ. SUBSTRATO DE RESÍDUOS DA AGROINDUSTRIA 15 SISTEMA DE AQUECINTO SOLAR COMO ALTERNATIVA BENATÊXTIL BENEFICIANTO AMBIENTALNTE SEGURA E EFICIENTE PARA TÊXTIL SUBSTITUIÇÃO DE CALDEIRAS EM INDÚSTRIAS TÊXTEIS TÊXTIL E CONFECÇÃO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA UTILIZANDO ENERGIAS BIODO PARTICIPAÇÕES. ENERGIAS RENOVÁVEIS ALTERNATIVAS 17 BRAÇO FORTE SERVIÇOS NOVA CERÂMICA BLINDADA DE ALTA RESISTÊNCIA A COMÉRCIO DE BLINDAGEM IMPACTOS COM ESPESSURA DELGADA CERÂMICA ARAL OUTRO TEMA CAUCAIA 18 DESENVOLVINTO DE REPOSITOR HIDROELETROLÍTICO C C DE M SALGUEIRO E SUPLENTO ENERGÉTICO À BASE DE ÁGUA DE COCO EM PÓ (ACP) PARA ATLETAS BIOTECNOLOGIA GERENCIANTO AUTONÔMICO DE AMBIENTES DE 19 C L FREIRE LIMA JUNIOR COMPUTAÇÃO EM NUVEM CANDIDO COUTO FILHO SKINJEANS COURO E CALÇADO CARIRI INTERNET SERVIÇOS - PLATAFORMA INOVADORA PARA EXPANSÃO DE CAPILARIDADE PARA APOIAR A DISTRIBUIÇÃO DE ACESSO À INTERNET, TELEFONIA E IPTV, ATRAVÉS DE REDES DE FIBRA ÓTICA NO ESTADO DO CEARÁ VARZEA ALEGRE DESENVOLVINTO DE SOLUÇÃO PARA ACESSO E 22 MANUSEIO DE INFORMAÇÕES EM CANTEIROS DE OBRAS CAVALCANTE DE QUEIROZ NETO - INTEGRADOS A ESCRITÓRIOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA QUE DISPENSAM INFRAESTRUTURA MARACANAÚ COMPUTACIONAL LOCAL CENTRO ELETRÔNICO DE SISTEMA INTEGRADO DE ANTI-INTRUSO PARA QUARTOS 23 TECNOLOGIA E EQUIPANTOS DE HOTÉIS SIAI DE INFORMÁTICA CONSULTORIA EM CIÊNCIAS, ENGENHARIA, GESTÃO DE DESENVOLVINTO DE UM NOVO SISTEMA AUTOMÁTICO 24 CÂNICO E SISTEMAS E IO AMBIENTE DE ABERTURA DE PORTÕES DESLIZANTES.

4 CONSULTORIA EM TECNOLOGIA SISTEMA VIRTUAL DE TREINANTO DE HABILIDADES DE 25 DA INFORMAÇÃO TIRO CONTROL INOVAÇÕES SISTEMA DE PREDIÇÃO DE FALHAS EM CABOS TECNOLÓGICAS EM PRODUTOS 26 SUBTERRÂNEOS DE CIRCUITOS DE GRUPOS DE GERAÇÃO ENERGIAS RENOVÁVEIS ELÉTRICOS E ELETRÔNICOS EÓLICA CRAFF CORCIO E PLATAFORMA INTERATIVA E PERSONALIZADA DE DESENVOLVINTO DE 27 SERVIÇOS ENTRE EMPRESAS E CLIENTES BASEADA NA TV HARDWARES SOFTWARES E DIGITAL - PIPA INTERNET - 28 DAT MONTAGEM E SERVIÇOS DE SENSOR EMBARCADO EM TRANSFORMADOR DE POTÊNCIA EQUIPANTOS ELETRÔNICOS PARA AVALIAÇÃO EM TEMPO REAL DE GASES CÂNICO E DISSOLVIDOS EM ÓLEO MINERAL DIÓGENES BAYDE IMPORTADORA PLATAFORMA INOVADORA PARA IPTV COM APLICAÇÃO NA E EXPORTADORA EDUCAÇÃO 30 DESENVOLVINTO TECNOLÓGICO DE NOVOS PRODUTOS DISTRIBUIDORA FORTSAN DE COM ATIVIDADES BIOLÓGICAS DERIVADOS DA BIOMASSA PRODUTOS HOSPITALARES NORDESTINA BIOTECNOLOGIA EUSÉBIO DNA CORCIO DE CONFECCOES PROCESSO LOGISTICO OPERACIONAL AUTOMATIZADO - RFLOG TÊXTIL E CONFECÇÃO QUEIMADOR FLEXÍVEL DE BIOMASSA DE ALTA EFICIÊNCIA DPM ENGENHARIA CONTROLADO EM MALHA FECHADA ENERGIAS RENOVÁVEIS 33 ENERGO ENGENHARIA E FABRICAÇÃO NACIONAL DE LUMINÁRIA À LED PARA CONSULTORIA EM ENERGIAS S/S ATMOSFERAS POTENCIALNTE EXPLOSIVAS. PETRÓLEO E GÁS 34 ENERGO ENGENHARIA E CONSULTORIA EM ENERGIAS S/S GERAÇÃO SOLAR DISTRIBUÍDA EM ÁREAS EDIFICADAS ENERGIAS RENOVÁVEIS ESTUDO E CONTROLE DAS VARIÁVEIS DO PROCESSO DE ENGECROP ENGENHARIA E 35 BRIQUETAGEM ORIUNDO DA BIOMASSA FLORESTAL E DO ENERGIAS RENOVÁVEIS CONSULTORIA MANEJO DA FRUTICULTURA ENGEP- SERVIÇOS DE MANUTENÇÃOINDUSTRIAL E DE SISTEMA DE MONITORANTO DE CONDIÇÕES DE BAIXO EQUIPANTODE EXTRAÇÃO DE CUSTO PARA AEROGERADORES ENERGIAS RENOVÁVEIS PETRÓLEO.

5 EXATA SOLUÇÕES EM EDUK - PLATAFORMA DE APRENDIZAGEM SOCIAL: INFORMÁTICA - INTEGRAÇÃO, MOBILIDADE E COLABORAÇÃO FACTORY TECHNOLOGIES FERRANTA INTERATIVA DE APRENDIZAGEM INFORMATICA - EUSÉBIO FERREIRA MATOS CONSULTORIA REDE SOCIAL GEORREFERENCIADA CUSTOMIZADA PARA A 41 ENVIADO EM E ASSESSORIA S/S GESTÃO DE EVENTOS ACADÊMICOS E NEGOCIAIS FOCUS INFORMÁTICA - LABFITO - LABORATÓRIO FITOSANITÁRIO MÓVEL AGRONEGÓCIO NETLIGHT - PLATAFORMA DE CONTROLE ENERGÉTICO 43 FRANCISCO ALVES AMARANTE INTELIGENTE G4 FLEX CORCIO E SERVICOS PLATAFORMA DE DISCAGEM PREDITIVA PARA 44 DE INFORMATICA - AGENDANTO DE CONSULTAS MÉDICAS BIOPROSPECÇÃO PARA DESENVOLVINTO DE NOVOS GENPHARMA CONSULTORIA ANALGÉSICOS SINTÉTICOS PARA TRATANTO DAS FARMACÊUTICA E GENÉTICA DORES NEUROPÁTICAS A PARTIR DE SUBSTÂNCIAS DA BIOTECNOLOGIA BIODIVERSIDADE DO NORDESTE GEOMK DESENVOLVINTO DE APLICATIVO MÓVEL PARA AGENDANTO EM ESPAÇOS 46 PROGRAMAS DE COMPUTADOR DE BELEZA E CLÍNICAS DE ESTÉTICA - AGENDA SALÃO GER BRASIL - GESTÃO EM DIDOR INTELIGENTE DE CONSUMO DE ÁGUA 47 ENERGIAS RENOVÁVEIS DO ENERGIAS RENOVÁVEIS UTILIZANDO FIBRA ÓTICA BRASIL E PARTICIPAÇÕES. ETECH SIMULATION BRASIL DESENVOLVINTO DE SIMULADOR PARA SOLDA 37 SIMULADORES IMPORTAÇÃO E CÂNICO E INDUSTRIAL UTILIZANDO REALIDADE VIRTUAL EXPORTAÇÃO DESENVOLVINTO DE IO SUPORTE PLÁSTICO DE FAGO ENGENHARIA E SERVIÇOS 40 BAIXO CUSTO E ALTO DESEMPENHO APLICADO AO CÂNICO E S/S TRATANTO DE EFLUENTES AVALIAÇÃO TÉCNICA, APRIMORANTO E CONFECÇÃO DE GERAMOTOS AUTOPEÇAS MANUAL TÉCNICO DO QUADRICICLO AGRÍCOLA GERAGRI E CÂNICO E TAUÁ SEUS RESPECTIVOS IMPLENTOS.

6 GESTEC - SERVIÇOS TÉCNICOS DESENVOLVINTO DE UMA TOMADA ELÉTRICA COM 49 CÂNICO E EM GESTÃO ORGANIZACIONAL SISTEMA DE PROTEÇÃO CONTRA CHOQUES DESENVOLVINTO DE PRODUTOS DE QUARTZO GF CONSULTORIA GEOLOGIA E COLORIDO PARA PAISAGISMO E REVESTINTO SEM 50 CÂNICO E MINERAÇÃO. ADIÇÃO DE CORANTES, POR MODIFICAÇÃO DE ESTRUTURA CRISTALINA. PROJETO PORTAL MÓRIA E PESQUISA PROJETO DE GILDACIO JOSÉ DE ALIDA SÁ- DESENVOLVINTO DE NOVAS FUNCIONALIDADES PARA 51 PORTAL COLABORATIVO E REDE SOCIAL PARA REGISTRO, ANÁLISE E PESQUISA DE DOCUNTOS HISTÓRICOS GIRE TREINANTO E 52 JOGO SIMULADOR DE SITUAÇÕES EMPRESARIAIS CONSULTORIA GOS INOVACOES GERADOR EÓLICO DE EIXO VERTICAL E PÁS ROTATIVAS 53 ENERGIAS RENOVÁVEIS TECNOLOGICAS - COM ALETAS MÓVEIS AUTO COMPENSADORAS GPTEC GERENCIA DE PROJETOS E 54 E-ENDEMIAS TECNOLOGIA NOVO PROCESSO DE PURIFICAÇÃO PARA ESCALA GREENBEAN BIOTECNOLOGIA 55 CORCIAL DE INTERFERON ALPHA 2A UTILIZANDO BIOTECNOLOGIA - SISTEMA VEGETAL COMO BIORREATOR DESENVOLVINTO DE HARDWARE E SOFTWARE 56 INOVADORES PARA INTEGRAÇÃO COM SISTEMA DE GUSTAVO V. P. B. FILHO - GESTÃO DE FROTA DE VEÍCULOS DE CARGA EM GERAL E CARRETAS, INTEGRAÇÃO AUTOMÁTICA COM A SEFAZ E CONTROLE AUTOMATIZADO DE COMBUSTÍVEL. HEXA MONTAGEM E SERVIÇOS DE EQUIPANTOS ELETRÔNICOS SMART QUADRO IBLUE DESENVOLVINTO DE DESENVOLVINTO DE SISTEMA DE RASTREANTO E SOFTWARE E HARDWARE GERENCIANTO DE ABASTECINTO DE ÁGUA PARA AS COMUNIDADES CARENTES DO CEARÁ E DO NORDESTE IFACTORY SERVIÇOS EM 59 ANÁLISE EM BIG DATA VIA MINERAÇÃO DE DADOS INFORMÁTICA

7 INSTITUTO DE IDIOMAS SANTA BLOOG 2.0: NOVAS FUNCIONALIDADES PARA ROBÔ 64 IFIGÊNIA INTERATIVO DE APOIO À APRENDIZAGEM PROJETO OÁSIS: ALTERNATIVA DE VIABILIZAÇÃO DO 65 INTERSERVICE - SERVICOS DE AGRONEGÓCIO NO SEMIÁRIDO NORDESTINO ATRAVÉS DE ELABORACAO DE DADOS - UM MODELO SUSTENTÁVEL DE FRUTICULTURA COM ENVIADO EM CAPTAÇÃO DE ÁGUA DAS CHUVAS PARA IRRIGAÇÃO AGRONEGÓCIO PEREIRO VIÁVEL SMO COM ANO MAIS SECO DESENVOLVINTO DE SOLUÇÃO MULTIPLATAFORMA PARA INTERAÇÕES CORCIAIS COLETIVAS 69 J. A. FARIAS COELHO QUEROFERTA - BASEADA EM GEOLOCALIZAÇÃO (LOCATED BASED SYSTEM LBS) LANTECH SERVIÇOS DE ROTEIRIZADOR DINÂMICO E PLANEJADOR PARA 70 EUSÉBIO INFORMÁTICA OTIMIZAÇÃO DE LOGÍSTICA E CORCIALIZAÇÃO LION INJECT TALIZACAO INDUSTRIA E CORCIO DE CALCADOS E PRODUTOS INJETADOS TALIZAÇÃO EM VÁCUO - TALIZAÇÃO POR ARC-ION DA PEÇA BRUTA INDÚSTRIA DE CALÇADOS MALU SOLADO BICOLOR POWERED BY CALÇADOS MALU COURO E CALÇADO / INDUSTRIA DE TINTAS GEOCOR DESENVOLVINTO DE ARGAMASSA POLIMÉRICA PARA CÂNICO E EPP ASSENTANTO DE BLOCOS PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL INFORMAR SERVIÇOS EM XCRIS: EXTRATOR DE INFORMAÇÕES PARA ÁREA DE ENVIADO EM INFORMATICA SEGURANÇA PÚBLICA E DE DEFESA NACIONAL MARACANAÚ 63 INOVATION CONSULTORIA FERRANTA PARA TOMADA DE DECISÕES CRÍTICAS EM CORCIO E REPRESENTACAO TEMPO REAL PETRÓLEO E GÁS 66 ISOTERMAS ISOLANTES SISTEMA DE ISOLANTO TÉRMICO PARA TUBULAÇÕES, TÉRMICOS E CONSERVAÇÃO DE CÂNICO E CONEXÕES, ACESSÓRIOS TANQUES E EQUIPANTOS. ENERGIA IVANILSON DA SILVA FERNTO NATURAL PÃO NOSSO OUTRO TEMA J ABELITO SAMPAIO JUNIOR PVC RECICLADO PARA CALÇADO COURO E CALÇADO CALÇADOS CÂNICO E

8 LUMINEX INDÚSTRIA DE 72 LUMINEXCERTI ARTEFATOS DE ALUMÍNIO. CÂNICO E LUX CONSULTORIA E GESTÃO SOFTWARE DE DIÇĀO DE PRODUTIVIDADE EM LINHAS 73 - DE PRODUÇĀO M.A. SOARES CONFEITARIA E DESENVOLVINTO DE PROCESSO AUTOMÁTICO PARA 74 OUTRO TEMA CHOCOLATES PRODUÇÃO DE SALGADOS TIPO CANUDOS MARCELO F. DE SOUSA - SIMAGEF DESENVOLVINTO DE PASTAS PARA CINTAÇÃO DE MC CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS 76 POÇOS DE PETRÓLEO COM DO ESTADO DO PETRÓLEO E GÁS CEARÁ DESENVOLVINTO DE MÓDULO DE HARDWARE E 77 FIRMWARE PARA PROCESSANTO DE DADOS EM GATECH CONTROLS INDUSTRIA SISTEMA MÓVEL DE MONITORANTO ESTRATÉGICO DE CORCIO E SERVICOS OPERAÇÕES TÁTICAS DE DEFESA NACIONAL E SEGURANÇA PÚBLICA MIL TECNOLOGIA COMÉRCIO E AMBIENTE DE SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL DE CHEIAS 79 SERVIÇOS DE INFORMÁTICA (ASCC) MINDTECH PESQUISA E SISTEMA ESPECIALISTA BASEADO EM INTELIGÊNCIA DESENVOLVINTO CIENTÍFICO COMPUTACIONAL PARA TOMADA DE DECISÃO CLÍNICA EM BIOTECNOLOGIA SAÚDE PROJETO E CONSTRUÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO PARA USINAGEM DE PERFIS DE ALUMÍNIO DE DIFERENTES 78 TAL CAUCAIA - CÂNICO E CAUCAIA GEOTRIAS UTILIZANDO SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL VIA MÉTODO DOS ELENTOS FINITOS DESENVOLVINTO DE PROCESSO AUTOMATIZADO PARA MINERAÇÃO CASA DE PEDRA 81 EXTRAÇÃO E BENEFICIANTO DE PEDRA CARIRI CÂNICO E CALIBRADA. DESENVOLVINTO DE UMA SOLUÇÃO FIREWALL QUE MOB SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS AGREGUE VALOR PARA PROVEDORES DE INTERNET E 82 QUE PROPORCIONE FÁCIL CONFIGURAÇÃO E MANUSEIO PELO CLIENTE FINAL

9 MONTARTE INOX INDÚSTRIA E 83 CAÇAMBADA DE TRANSPORTE E CANECA DE ELEVAÇÃO CORCIO. CÂNICO E MRG TECNOLOGIA E GESTÃO MÁQUINA DE CLASSIFICAÇÃO E DETECÇÃO DE FALHAS EM 84 COURO E CALÇADO EMPRESARIAL PEÇAS DE CURTUS MRG TECNOLOGIA E GESTÃO SISTEMA DE ALOCAÇÃO DE RCADORIAS EM 85 EMPRESARIAL COMPARTINTOS DE CARGAS SISTEMA ALINTADOR AUTOMÁTICO DE CAMARÃO 86 NEXTECH ENGENHARIA AGRONEGÓCIO EUSÉBIO SAAC NORDESTE MOLDES E ESTAMPOS DESENVOLVINTO DE ESPELHO DE TOMADA DE FORÇA 87 CÂNICO E CAUCAIA. COM SUPORTE PARA CABO E PLUG NUNES E NUNES COMÉRCIO E ROBÔ AGRÍCOLA DE BAIXO CUSTO PARA DIAGNÓSTICO DO SERVIÇOS EM EQUIPANTOS DE 88 ESTÁGIO DE MATURAÇÃO E PRAGAS DA CULTURA DO AGRONEGÓCIO TELECOMUNICAÇÕES E CAJU INFORMÁTICA NUTERAL INDÚSTRIA DE NOVA FORMULAÇÃO NUTRICIONAL PARA CIRURGIA FORMULAÇÕES NUTRICIONAIS CARDIOVASCULAR A PARTIR DE SUBSTRATOS OUTRO TEMA BIOTECNOLÓGICOS OPENCARE PESQUISA E OPENBOX PLATAFORMA DE AUTOMAÇÃO INOVADORA INOVACAO TECNOLOGICA - PARA TELETRIA E CONTROLE INDUSTRIAL E EUSEBIO ENVIADO EM RESIDENCIAL MINIMIZAÇÃO DOS EFEITOS TÓXICOS DAS 91 OZO COMÉRCIO E CONTAMINAÇÕES DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS EM SERVIÇOS EM PURIFICADORES DE FRUTAS E HORTALIÇAS PARA CONSUMO IN NATURA, NO ÁGUA. PROCESSO DE LAVAGEM COM OZÔNIO DISSOLVIDO EM AGRONEGÓCIO ÁGUA (OZONIZAÇÃO) PAULO A. B. BARROSO SISTEMA MULTIPROCESSADOR DE ESTRUTURAS 92 CONSULTORIA E PROJETOS DE OUTRO TEMA TÁLICAS EM MALHAS ESPACIAIS ENGENHARIA EIRELI DESENVOLVINTO DE PIGNTOS NATURAIS A PARTIR PHARMACOM INSTITUTO DE DE FRUTOS TROPICAIS VISANDO APLICAÇÃO NAS 93 MANIPULAÇÃO FARMACÊUTICA BIOTECNOLOGIA INDÚSTRIAS ALINTÍCIA, FARMACÊUTICA E DE COSMÉTICOS PISCIS INDÚSTRIA E COMÉRCIO DESENVOLVINTO DE UNIDADE MÓVEL PARA O ABATE E 94 AGRONEGÓCIO JAGUARIBARA BENEFICIANTO DE TILÁPIA

10 POLYMAR INDÚSTRIA COMÉRCIO DESENVOLVINTO DE BANDAGENS HEMOSTÁTICAS E 99 IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO OUTRO TEMA CICATRIZANTES A PARTIR DE QUITOSANA RAIMUNDO SUZENITO BRANDÃO FILTRO ANTI-ENTUPINTO APLICADO A IRRIGAÇÃO AGRONEGÓCIO PARAIPABA DESENVOLVINTO DE SISTEMA AUTOMATIZADO PARA 101 RAMALHO TEXTIL. EPP TÊXTIL E CONFECÇÃO EUSÉBIO EMPUNHAR REDES DE DORMIR (DESCANSO) RAV SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS QUALILÁCTEOS - REDE DE MONITORANTO PARA LIMOEIRO DO 102 AGRONEGÓCIO ENVIADO EM CONTROLE DA QUALIDADE DO LEITE. INOVAÇÃO NO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE LEITE ATRAVÉS DO USO DE DIETA EXCLUSIVA DE ALINTOS REIS CONSULTORIA E VOLUMOSOS PARA MATRIZES LEITEIRAS A BASE DE ASSESSORIA S/S PALMA FORRAGEIRA ADENSADA SOB IRRIGAÇÃO E AGRONEGÓCIO GRAMÍNEAS TROPICAIS EM SISTEMA DE PASTEJO ROTACIONADO IRRIGADO. DESENVOLVINTO DE FIL PLÁSTICO MULCHING PLÁSTICO CEARENSE. RECICLADO PARA COBERTURA AGRÍCOLA, COM CÂNICO E MARACANAÚ UTILIZAÇÃO DE NANOTECNOLOGIA PLASTSAN PLÁSTICOS DO POÇO DE VISITA RECILADO PARA SANEANTOS E CÂNICO E NORDESTE ESGOTOS PLUSBIO PRODUTOS AGRÍCOLAS UNIDADE MÓVEL DE PRODUÇÃO DE ADUBO - UMPA AGRONEGÓCIO MARCO 98 POLYMAR INDÚSTRIA COMÉRCIO DESENVOLVINTO DE PELÍCULAS ATIVAS PARA IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO PROTEÇÃO E CONSERVAÇÃO PÓS-COLHEITA AGRONEGÓCIO ROBERTO CARLOS ALVES DESENVOLVINTO DE PROCESSO AUTOMÁTICO DE CÂNICO E SOMBRA EPP SOLDAGEM DE ACESSÓRIOS PARA MOTOCICLETAS RUSSAS SAMMYA IND E COM DE BOLSAS NOVO MODELO DE OTIMIZAÇÃO PARA LINHA DE PRODUÇÃO DE UMA MICRO EMPRESA DE CALÇADOS COURO E CALÇADO 106 SANEBRÁS PROJETOS, CO-DIGESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E LÍQUIDOS CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA ORGÂNICOS DOMÉSTICOS E INDUSTRIAIS, PARA FINS DE. GERAÇÃO DE ENERGIA A PARTIR DE BIOGÁS ENERGIAS RENOVÁVEIS EUSÉBIO 107 ERP AMBIENTAL FOCADO NA CADEIA DE LOGÍSTICA SERGIO CLERIO JORGE MOREIRA - REVERSA DO LIXO ELETROELETRÔNICO, COM USO INTEGRADO DE SIG E BIG DATA.

11 SET - SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DESENVOLVINTO DE SISTEMA DE DIÇÃO DE 108 BIOTECNOLOGIA EM TELEINFORMÁTICA GLICEMIA NÃO-INTRUSIVO - FIM DA PICADA SISTECH INFORMATICA COM E SERV.. VENDOR S2 SOFTWARE PARA PREDIÇÃO E SUPERVISÃO DE VENDAS SOL EMPREENDINTOS ISCA ARTIFICIAL PARA A PESCA DA LAGOSTA AGRONEGÓCIO SISTEMA EMBARCADO INTELIGENTE PARA CONTROLE DE TASK TECNOLOGIA E AUTOMAÇÃO TRÁFEGO UTILIZANDO SENSOR DE ULTRASSOM E FILTRO 111 DE SISTEMA DE INFORMATICA H2/HINF PARA DIÇÃO DE FLUXO E VELOCIDADE DE VEÍCULOS DESENVOLVINTO DE TECNOLOGIA LOCAL PARA USO EM 112 TECHNOVIEW ENGENHARIA DISPLAY DE LEDS FULL COLOR DESENVOLVINTO DE PLATAFORMA DE AUTOGESTÃO TEIA DA VIDA CONSULTORIA E 113 INTERATIVA A PARTIR DA TODOLOGIA DA TECNOLOGIA OUTRO TEMA TREINANTO SOCIAL TEIA DA VIDA 114 TOTALCROSS DEVELOPNT TOOL - FERRANTA PARA TOTALCROSS MOBILE GLOBAL DESENVOLVINTO DE APLICATIVOS PARA ENVIADO EM PLATFORM - SMARTPHONES, TABLETS, DESKTOPS E NOTEBOOKS 115 TOXICOLOGIA APLICADA, IMPLANTAÇÃO DO SERVIÇO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVINTO DE TENDÊNCIAS NO SETOR TAL-CÂNICO NO ESTADO DO CÂNICO E PRODUTOS & PROJETOS CEARÁ 116 DESENVOLVINTO DE BIOCOMPÓSITO DE MADEIRA TRIOPLAST INDÚSTRIA COMÉRCIO PLÁSTICA A PARTIR DE PALHA DE CARNAÚBA (COPERNICIA CÂNICO E E SERVIÇOS. PRUNIFERA) E RESINA DE POLIPROPILENO 117 TRUST CONTROL SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONTROLE SIMPLIFICADO DE VENDAS. TUBOTÉCNICO INDÚSTRIA E DESENVOLVINTO DE TUBOS HELICOIDAIS A PARTIR DE 118 COMÉRCIO DE EMBALAGENS CÂNICO E HORIZONTE PLÁSTICO RECILADO. PLATAFORMA DE AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL BASEADAS VENT7 AUTOMAÇÃO E INOVAÇÃO 119 EM TECNOLOGIAS LEGADAS USANDO INTERFACES EM TECNOLOGIA INTUITIVAS

12 SISTEMA INTELIGENTE E AUTONOMO PARA VERANI DEIROS GUIMARÃES 120 AFUGENTANTO DA AVIFAUNA E QUIROPTEROFAUNA EM ENERGIAS RENOVÁVEIS PARQUE EÓLICOS VIASOLUTI SOLUÇÕES EM SISTEMA DE IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO PARA 121 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EUSÉBIO CONTROLE DE FLUXO DE PESSOAS VIEIRA TEIXEIRA BIOTECNOLOGIA PRODUÇÃO BIOTECNOLÓGICA DE RAÇÃO ANIMAL 122 BIOTECNOLOGIA EUSÉBIO E PROJETOS. UTILIZANDO CASCA DE COCO VERDE VITROLA LABS SERVIÇOS EM REVITALIZAÇÃO DO RÁDIO ATRAVÉS DE UM SISTEMA 123 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INTERATIVO LAGOSTA VIVA - BARCO VIVEIRO. DESENVOLVINTO DE VIVA - AGRICULTURA E PESCA 124 EQUIPANTOS PARA MANUTENÇÃO DE LAGOSTAS VIVAS AGRONEGÓCIO ACARAÚ APÓS A CAPTURA WAN INFORMÁTICA.- AVISO ELETRÔNICO DA COLETA DE LIXO DOMICILIAR WIKINOVA SOLUÇÕES 126 WELLNUTRY INOVADORAS Fortaleza 27 de fevereiro de 2014 Francisco Carvalho de Arruda Coelho Coordenador TECNOVA-CE/SECITECE

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Agricultura Sustentável Agrimensura Agroecologia Agroindústria Agroindústria - Alimentos Agroindústria - Madeira Agronegócio

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO CÂMPUS AQUIDAUANA CURSO Informática Edificações ATRIBUIÇÕES - Prestar serviço de suporte na área de tecnologia da informação; - Prestar

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval Automação Industrial Indústria O Tecnólogo em Automação Industrial é um profissional a serviço da modernização das técnicas de produção utilizadas no setor industrial, atuando na execução de projetos,

Leia mais

Linha Economia Verde

Linha Economia Verde Linha Economia Verde QUEM SOMOS Instituição Financeira do Estado de São Paulo, regulada pelo Banco Central, com inicio de atividades em Março/2009 Instrumento institucional de apoio àexecução de políticas

Leia mais

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado GE Intelligent Platforms Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado Na vanguarda da evolução da automação industrial. Acreditamos que o futuro da automação industrial seguirá o mesmo

Leia mais

CONSTRUÇÃO DOS REFERENCIAIS NACIONAIS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO BACHARELADOS E LICENCIATURAS ENGENHARIAS Convergência de Denominação (De Para)

CONSTRUÇÃO DOS REFERENCIAIS NACIONAIS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO BACHARELADOS E LICENCIATURAS ENGENHARIAS Convergência de Denominação (De Para) CONSTRUÇÃO DOS REFERENCIAIS NACIONAIS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO BACHARELADOS E LICENCIATURAS ENGENHARIAS Convergência de Denominação (De Para) DE (Engenharia Agronômica) (Visão Sistêmica em Agronegócios)

Leia mais

Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação

Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação AS INDÚSTRIAS NECESSITAM IN O VAR PARA SEREM MAIS COMPETITIVAS + Educação Tecnologia + Inovação = Competitividade INSTITUTOS SENAI DE TECNOLOGIA (60) MA Construção

Leia mais

Soluções sustentáveis em eficiência energética para a indústria

Soluções sustentáveis em eficiência energética para a indústria Soluções sustentáveis em eficiência energética para a indústria PROGRAMA SENAI + COMPETITIVIDADE INSTITUTOS SENAI DE TECNOLOGIA (60) MA Construção Civil CE EletroMetalmecânica Energias Renováveis RN Petróleo

Leia mais

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ Código/Área de Estudo. Desenho Técnico, Desenho Assistido por Computador (CAD), Informática 02. Materiais para Construção Mecânica, Corrosão e Tribologia 03. Termodinâmica, Refrigeração, Transferência

Leia mais

Inovações organizacionais e de marketing

Inovações organizacionais e de marketing e de marketing Pesquisa de Inovação 2011 Tabela 1.1.22 -, total e as que não implementaram produto ou processo e sem projetos, com indicação das inovações e gás - Brasil - período 2009-2011 (continua)

Leia mais

Automação, Controle e Otimização em Sistemas de Produção de Petróleo

Automação, Controle e Otimização em Sistemas de Produção de Petróleo Automação, Controle e Otimização em Sistemas de Produção de Petróleo Departamento de Automação e Sistemas Universidade Federal de Santa Catarina Apresentação da Rede Temática GeDIg, Março de 2008 Sumário

Leia mais

Empresa #1. O que a empresa busca no Brasil. Parceiros

Empresa #1. O que a empresa busca no Brasil. Parceiros Empresa #1 A empresa oferece a gama completa de serviços de engenharia, do design ao fornecimento de peças de protótipos. Entre os serviços prestados, estão o desenvolvimento e a construção, simulação,

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Tecnologias de Largo Espectro

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Tecnologias de Largo Espectro Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Empresas www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

Conceitos. Empreendedor M E T O D O L O G I A. Atividade Empreendedora. Empreendedorismo. * Fonte: OCDE

Conceitos. Empreendedor M E T O D O L O G I A. Atividade Empreendedora. Empreendedorismo. * Fonte: OCDE METODOLOGIA M E T O D O L O G I A Conceitos Empreendedor Atividade Empreendedora Empreendedorismo * Fonte: OCDE M E T O D O L O G I A Conceitos Empreendedor Indivíduo que tenciona gerar valor através da

Leia mais

Sistemas da edificação Aplicação na prática

Sistemas da edificação Aplicação na prática 1 Vantagens Alta produtividade com equipes otimizadas; Redução de desperdícios e obra limpa; Facilidade de gerenciamento e padronização da obra; Elevada durabilidade; Facilidade de limpeza e conservação;

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html Novos Cursos O SENAI criou 40 novos cursos a distância, sendo 10 cursos

Leia mais

Outubro / 2009. Instituto de Pesquisas da FEI

Outubro / 2009. Instituto de Pesquisas da FEI Outubro / 2009 Instituto de Pesquisas da FEI IDEALIZADOR DA FEI: Padre Saboia de Medeiros, SJ 1941 ESAN Escola Superior de Administração de Negócios 1945 FCA Fundação de Ciências Aplicadas 1946 FEI Faculdade

Leia mais

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE

A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE A Atuação da Finep em Energia e Tecnologias Limpas DENE Agenda FINEP Departamento de Energia e Tecnologias Limpas DENE Programas Setoriais Inova Energia A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada

Leia mais

TITULO DOS RESUMOS V SIMPÓSIO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

TITULO DOS RESUMOS V SIMPÓSIO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA TITULO DOS RESUMOS V SIMPÓSIO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA RESULTADO 1 A IMPORTÂNCIA DA CURVA ABC PARA GESTÃO ADEQUADA DO ESTOQUE 2 A IMPORTÃNCIA DAS FERRAMENTAS KAIZEN E POKA YOKE 3 A IMPORTÂNCIA DE TREINAMENTOS

Leia mais

SENAI. Historia Criado em 1942, para apoiar o lançamento da indústria brasileira. Necessidade de mão-de-obra qualificada.

SENAI. Historia Criado em 1942, para apoiar o lançamento da indústria brasileira. Necessidade de mão-de-obra qualificada. SENAI Missão Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. Historia Criado

Leia mais

PROGRAMA INOVA SENAI PE 2015

PROGRAMA INOVA SENAI PE 2015 PROGRAMA INOVA SENAI PE 2015 1. Estrutura do INOVA SENAI-PE 1.1. O que é O Programa INOVA SENAI-PE 2015 é uma ação anual, promovida e patrocinada pelo Departamento Regional de Pernambuco (SENAI DR-PE),

Leia mais

ABDI A 2004 11.080) O

ABDI A 2004 11.080) O Atualizada em 28 de julho de 2010 Atualizado em 28 de julho de 2010 1 ABDI ABDI A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial foi instituída em dezembro de 2004 com a missão de promover a execução

Leia mais

UNIOESTE. 32 cursos de graduação Cascavel Foz do Iguaçu Toledo Marechal Cândido Rondon Francisco Beltrão

UNIOESTE. 32 cursos de graduação Cascavel Foz do Iguaçu Toledo Marechal Cândido Rondon Francisco Beltrão I Roadshow Londrina 12/09/2014 UNIOESTE 32 cursos de graduação Cascavel Foz do Iguaçu Toledo Marechal Cândido Rondon Francisco Beltrão 30 cursos de pós-graduação (mestrado e doutorado) Mais 600 doutores

Leia mais

POLOS DE INOVAÇÃO Institutos Federais Brasília, junho de 2013

POLOS DE INOVAÇÃO Institutos Federais Brasília, junho de 2013 Ministério da Educação POLOS DE INOVAÇÃO Institutos Federais Brasília, junho de 2013 ATIVIDADE ECONÔMICA (organizações empresariais e comunitárias) IMPACTOS: PD&I Aumento da competitividade industrial

Leia mais

APOIO TECNOLÓGICO PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA DE NAVIPEÇAS

APOIO TECNOLÓGICO PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA DE NAVIPEÇAS Programa Plataformas Tecnológicas PLATEC II FPSO Workshop Tecnológico Campinas, 24-25 de abril de 2012 APOIO TECNOLÓGICO PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA DE NAVIPEÇAS Carlos Daher Padovezi Instituto de Pesquisas

Leia mais

Laboratórios - Aparelhos, artigos e equipamentos

Laboratórios - Aparelhos, artigos e equipamentos RELAÇÃO DE EMPRESAS QUE GASTAM BASTANTE EM TELEFONIA Abraçadeiras Fábricas e indústrias em geral Abrasivos Esquadrias de alumínio, madeira e metálicas Aço (de todos os tipos de empresas) Estamparia Acrilico

Leia mais

Armazenamento de Energia Renovável

Armazenamento de Energia Renovável Solar Eólico Armazenamento de Energia Renovável Biomassa Eficiência Energética Comercial Parques Público Rural Industrial Residencial MICRO E MINIGERAÇÃO DE ENERGIA A ANEEL permitiu aos consumidores através

Leia mais

PRESSEINFORMATION COMUNICADO DE IMPRENSA

PRESSEINFORMATION COMUNICADO DE IMPRENSA PRESSEINFORMATION COMUNICADO DE EcoCWave da Dürr Ecoclean: Qualidade superior, eficiência de custos e confiabilidade de processo na lavagem à base de água Filderstadt/Germany, junho 2014 com sua EcoCWave,

Leia mais

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE CATÁLOGO DE AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Novembro/2015 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os

Leia mais

DEMANDA GT. Arranjos alternativos para geração eólica

DEMANDA GT. Arranjos alternativos para geração eólica DEMANDA GT Arranjos alternativos para geração eólica OBJETIVOS Desenvolver uma turbina eólica de eixo vertical de pás fixas, de pequeno porte e custo reduzido. Realizar ensaios de rendimento do equipamento

Leia mais

Chegou Kwara. para o Brasil brilhar cada vez mais

Chegou Kwara. para o Brasil brilhar cada vez mais Chegou Kwara. para o Brasil brilhar cada vez mais Chegou Kwara, uma nova geração em energia. Uma empresa de eficiência energética que presta serviços especializados de manutenção em plantas de geração

Leia mais

Unidades habitacionais com soluções sustentáveis para a construção e uso de energia

Unidades habitacionais com soluções sustentáveis para a construção e uso de energia Empresa: Carbono Bom Setor de atuação: Desenvolvimento de Softwre, instrutoria e consultoria Status: ( X ) Pré-incubada ( ) Incubada ( ) Graduada ( ) Associada ( X ) PRIME Software para controle de reflorestamento

Leia mais

Inovação Tecnológica e Transferência de Tecnologia SENAI-BA / CIMATEC

Inovação Tecnológica e Transferência de Tecnologia SENAI-BA / CIMATEC Núcleo de Inovação Tecnológica - NIT Inovação Tecnológica e Transferência de Tecnologia SENAI-BA / CIMATEC Profª. Maria do Carmo Oliveira Ribeiro, MSc. Coord. Núcleo de Inovação Tecnológica NIT SENAI-BA

Leia mais

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES Campus Graduação na área de Artes Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de Artes em geral. Desenvolver projetos e atividades extra-curriculares nas Artes

Leia mais

Empresa #1 São Paulo, 23 de setembro de 2015

Empresa #1 São Paulo, 23 de setembro de 2015 Empresa #1 A empresa alemã é uma prestadora de serviços de engenharia que oferece soluções (engenharia, planejamento, fabricação dos equipamentos, colocação em operação) para instalações industriais completas,

Leia mais

Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste Ministério da Integração Nacional

Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste Ministério da Integração Nacional Fundo de & Incentivos Fiscais Finalidade Assegurar recursos para investimentos na área de atuação da SUDENE, em infra-estrutura e serviços públicos e em empreendimentos produtivos com grande capacidade

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 04/2015 EDITAL DE REABERTURA

GOVERNO DE SERGIPE SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 04/2015 EDITAL DE REABERTURA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 04/25 EDITAL DE REABERTURA A SEPLAG, considerando o número de inscrições e a necessidade de ampliar a concorrência, reabre as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado

Leia mais

Perfil Econômico Municipal

Perfil Econômico Municipal indústria Extração de carvão mineral Extração de petróleo e gás natural Extração de minerais metálicos Extração de minerais não-metálicos Fabricação de alimentos e bebidas Fabricação de produtos do fumo

Leia mais

Região Zona da Mata. Regional Agosto 2013

Região Zona da Mata. Regional Agosto 2013 O mapa mostra a divisão do estado de Minas Gerais para fins de planejamento. A região de planejamento Zona da Mata engloba a Fiemg Regional Zona da Mata. Região Zona da Mata GLOSSÁRIO Setores que fazem

Leia mais

PERFIL DAS EMPRESAS APOIADAS PELO PROGRAMA DE SUBVENÇÃO ECONÔMICA 2006 A 2009

PERFIL DAS EMPRESAS APOIADAS PELO PROGRAMA DE SUBVENÇÃO ECONÔMICA 2006 A 2009 2011 Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) Diretoria de Inovação (DRIN) Departamento de Acompanhamento (DAC) PERFIL DAS EMPRESAS APOIADAS PELO PROGRAMA DE SUBVENÇÃO ECONÔMICA 2006 A 2009 Janeiro/2011

Leia mais

Master em Sustentabilidade e Eficiência Energética

Master em Sustentabilidade e Eficiência Energética Master em Sustentabilidade e Eficiência Energética Área de Energias Renováveis Energias Renováveis Datos del curso Área formativa: Energias Renováveis Modalidade: A Distância/E-learning Duração: 60 ECTS

Leia mais

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging

Aplicações de GED. Aplicações de GED. Document imaging. Document imaging Aplicações de GED Processamento, arquivamento e recuperação de documentos (Document Imaging) Gerenciamento de documentos (Document Management) Sistema de Gerenciamento de documentos técnicos (engineering

Leia mais

TECNOLOGIA O QUE É O SEBRAETEC A QUEM SE DESTINA COMO PARTICIPAR SETORES ATENDIDOS VANTAGENS AÇÕES NÃO COBERTAS CONTATO

TECNOLOGIA O QUE É O SEBRAETEC A QUEM SE DESTINA COMO PARTICIPAR SETORES ATENDIDOS VANTAGENS AÇÕES NÃO COBERTAS CONTATO Um investimento indispensável para o crescimento da sua empresa. O Sebrae viabiliza serviços de consultoria prestados por uma rede de instituições/empresas detentoras de conhecimento tecnológico. Através

Leia mais

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a 2014 MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. São 165 unidades

Leia mais

Inspeção através de sistema de visão industrial Ergon

Inspeção através de sistema de visão industrial Ergon Inspeção através de sistema de visão industrial Ergon Introdução A Ergon Sistemas de Visão Industrial, parceira das empresas Industrial Vision Systems e Neurocheck, juntas formam importantes fornecedores

Leia mais

SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 ME EPP 80,00 CURSO

SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 ME EPP 80,00 CURSO FORMATO EVENTO SINOPSE PÚBLICO CARGA- HORÁRIA PREÇO SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 80,00 SENAI - AUTOMOTIVO - MECÂNICO DE TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA 120

Leia mais

Portfólio 2014. Serviços e Produtos. Soluções em TI. As melhores marcas do mercado, juntando o melhor custo beneficial para nossos clientes

Portfólio 2014. Serviços e Produtos. Soluções em TI. As melhores marcas do mercado, juntando o melhor custo beneficial para nossos clientes Serviços e Produtos Área de Atuação A 8bytes atua na área de Tecnologia da Informação oferecendo soluções corporativas e eficazes para empresas de pequeno, médio e grande porte. Somos uma empresa atuante

Leia mais

Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação

Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação UFSC Universidade Federal de Santa Catarina DAS Departamento de Automação e Sistemas Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação Prof. Max Hering de Queiroz Coordenador de Curso Agenda 1.

Leia mais

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO OUTUBRO

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO OUTUBRO OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO OUTUBRO Envie-nos um e-mail para EEN-Portugal@aip.pt a solicitar informação detalhada, indicando o código de Referência Nacional. Referência DE-2015-305 CZ-2015-306 Retalhista

Leia mais

PARA QUE SERVE O QUADRICOPTERO SIRIUS SD4:

PARA QUE SERVE O QUADRICOPTERO SIRIUS SD4: Skydrones, nova empresa gaucha de aviônica, que atua no desenvolvimento de microvants veículos aéreos não tripulados, testa seu protótipo SIRIUS SD4, com novo sistema de telemetria. O produto estará pronto

Leia mais

Projetos de P&D em Tecnologia da Informação e Telecomunicações: A Atuação do Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação - NATI

Projetos de P&D em Tecnologia da Informação e Telecomunicações: A Atuação do Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação - NATI Projetos de P&D em Tecnologia da Informação e Telecomunicações: A Atuação do Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação - NATI Fortaleza, 21 de setembro de 2006 1 15 Universidade de Fortaleza Perfil

Leia mais

MÓDULO I: Universalização da coleta seletiva

MÓDULO I: Universalização da coleta seletiva PROJETO LIXO LIMPO: MÓDULO I MÓDULO I: Universalização da coleta seletiva VANTAGENS PARA TODA A COMUNIDADE O primeiro módulo visa a Universalização da Coleta Seletiva, promove a consciência ambiental e

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ Formação e Capacitação de Recursos Humanos p/exploração de Recursos Energéticos e Geração de Energia Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional

Leia mais

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015 SELEÇÃO PARA ENSINO PROFISSIONAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO, EM REGIME INTEGRAL COM DURAÇÃO DE 3 ANOS, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015 INFORMAÇÕES

Leia mais

Lista dos tópicos tecnológicos

Lista dos tópicos tecnológicos Centro de Gestão e Estudos Estratégicos Ciência, Tecnologia e Inovação Energia Anexo 1 Lista dos tópicos tecnológicos 1 2 Energia 1. Tecnologias para a geração de energia elétrica Combustíveis fósseis

Leia mais

Bases Para Uma Indústria Florestal Competitiva no Mato Grosso

Bases Para Uma Indústria Florestal Competitiva no Mato Grosso Bases Para Uma Indústria Florestal Competitiva no Mato Grosso Histórico O Grupo Floresteca foi fundada em 1994 tendo como objetivo o desenvolvimento de plantações de teca no Brasil de maneira sustentável

Leia mais

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Ações MEI Políticas de caráter horizontal (incentivos fiscais, crédito, melhoria de marcos regulatórios); Políticas para setores estratégicos;

Leia mais

Economia verde, desenvolvimento sustentável e inovação - Os caminhos da indústria brasileira

Economia verde, desenvolvimento sustentável e inovação - Os caminhos da indústria brasileira Economia verde, desenvolvimento sustentável e inovação - Os caminhos da indústria brasileira Nelson Pereira dos Reis Federação das Indústrias do Estado de São Paulo Fiesp Vice presidente Departamento de

Leia mais

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina A 1ª Cidade Inteligente da América Latina Imagine... gerar somente a energia que precisamos em nossas casas através de fontes renováveis... saber o consumo de energia de cada aparelho elétrico conectado

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO CARACTERIZAÇÃO E DIMENSIONAMENTO DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Eduardo Pereira Nunes Elisio Contini Apresentação à Diretoria da ABAG 13 de setembro de 2000 - São Paulo O PROBLEMA Controvérsias sobre contribuição

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM NOVAS TECNOLOGIAS: Um desafio constante. (A Mecatrônica como exemplo do estado da arte)

CAPACITAÇÃO EM NOVAS TECNOLOGIAS: Um desafio constante. (A Mecatrônica como exemplo do estado da arte) CAPACITAÇÃO EM NOVAS TECNOLOGIAS: Um desafio constante. (A Mecatrônica como exemplo do estado da arte) SESTINFO-2008 São Bernardo do Campo/março/2008 Áreas da Tecnologia que estão definindo nosso Futuro

Leia mais

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica - Niterói O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA

Leia mais

SEGMENTO EMPRESA PRODUTOS OBJETIVOS

SEGMENTO EMPRESA PRODUTOS OBJETIVOS SEGMENTO EMPRESA PRODUTOS OBJETIVOS OFERECE PRODUTOS E SERVIÇOS NA ÁREA DE COMUNICAÇÃO, SEGURANÇA E ENERGIA SOLAR. SEUS PRINCIPAIS PRODUTOS SÃO: - CENTRAIS DE ATENDIMENTO; COMUNICAÇÃO / ENERGIA / SEGURANÇA

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Exemplos de projetos e políticas públicas

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Exemplos de projetos e políticas públicas MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Exemplos de projetos e políticas públicas Pegada ecológica Imagem: Jornal Bahianorte Evolução da Pegada Ecológica Imagem: miriamsalles.info Nosso padrão de produção Imagem:

Leia mais

APRESENTAÇÃO 2014 VISÃO CORPORATIVA PETROENGE PETRÓLEO ENGENHARIA LTDA. - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

APRESENTAÇÃO 2014 VISÃO CORPORATIVA PETROENGE PETRÓLEO ENGENHARIA LTDA. - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS VISÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO 2014 PETROENGE PETRÓLEO ENGENHARIA LTDA. - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS EMPRESA Presente no mercado desde 1999, a PETROENGE é uma empresa de engenharia focada na maximização

Leia mais

INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIAS MINERAIS

INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIAS MINERAIS INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIAS MINERAIS Slide 1 O que fazer para melhorar a competitividade da indústria? Mobilização Empresarial pela Inovação MEI Melhorar a infraestrutura Disseminar a cultura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL PERFIL 3001 - Válido para os alunos ingressos a partir de 2002.1 Disciplinas Obrigatórias Ciclo Geral Prát IF668 Introdução à Computação 1 2 2 45 MA530 Cálculo para Computação 5 0 5 75 MA531 Álgebra Vetorial

Leia mais

OPORTUNIDADES PARA INVESTIMENTO NA INDÚSTRIA QUÍMICA NO BRASIL

OPORTUNIDADES PARA INVESTIMENTO NA INDÚSTRIA QUÍMICA NO BRASIL OPORTUNIDADES PARA INVESTIMENTO NA INDÚSTRIA QUÍMICA NO BRASIL Bilhões US$ FOB Balança comercial brasileira A balança comercial brasileira de bens tipicamente produzidos pela indústria de transformação

Leia mais

Fonte: emcefetmg.blogspot.com

Fonte: emcefetmg.blogspot.com Fonte: emcefetmg.blogspot.com PERFIS DOS CURSOS TÉCNICOS DA EPTNM Fonte: CNCT-2001 Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança TÉCNICO EM EQUIPAMENTOS BIOMÉDICOS Planeja e executa a instalação de equipamentos

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 Anderson José Costa Sena (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Qualificação Profissional: Engenharia Elétrica Doutorando

Leia mais

O Carvão Mineral e sua Importância Estratégica para o Estado do Rio Grande do Sul. Ivan De Pellegrin

O Carvão Mineral e sua Importância Estratégica para o Estado do Rio Grande do Sul. Ivan De Pellegrin O Carvão Mineral e sua Importância Estratégica para o Estado do Rio Grande do Sul Ivan De Pellegrin Comparação dos Recursos e Reservas Energéticas Brasileiras Não Renováveis em 2012 4% 12% 19% 65% Fonte

Leia mais

Instituto de Pesquisas Tecnológicas. Soluções tecnológicas

Instituto de Pesquisas Tecnológicas. Soluções tecnológicas Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo Soluções tecnológicas O que é Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo S.A. Uma das primeiras instituições de P&D&I aplicados

Leia mais

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014*

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* Estabelece parâmetros para o Licenciamento Ambiental das atividades de comércio atacadista e de confecção e fabricação de produtos têxteis. O SECRETÁRIO

Leia mais

USO DO GÁS NATURAL DE PETRÓLEO NA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

USO DO GÁS NATURAL DE PETRÓLEO NA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA PÓS - GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA ADP8088 - SEMINÁRIOS EM ENGENHARIA AGRÍCOLA II USO DO GÁS NATURAL DE

Leia mais

Índice. 3 Resultados da pesquisa. 17 Conclusão. 19 Questionário utilizado na pesquisa

Índice. 3 Resultados da pesquisa. 17 Conclusão. 19 Questionário utilizado na pesquisa Índice 3 Resultados da pesquisa 17 Conclusão 19 Questionário utilizado na pesquisa Esta pesquisa é uma das ações previstas no Plano de Sustentabilidade para a Competitividade da Indústria Catarinense,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA RETIFICAÇÃO VII - CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ DAAD/Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico Nº_118/2012 A Fundação Coordenação

Leia mais

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral Imprensa São Paulo, 16 de junho de 2015 Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral O estudo foi baseado em uma pesquisa realizada

Leia mais

Apoio às MPMEs. Sorocaba/SP. 30 de novembro de 2011

Apoio às MPMEs. Sorocaba/SP. 30 de novembro de 2011 Apoio às MPMEs Sorocaba/SP 30 de novembro de 2011 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das desigualdades sociais e regionais Áreas de atuação Inovação Infra-estrutura

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio dos Sistemas Agroambientais e Alimentação

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio dos Sistemas Agroambientais e Alimentação Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio dos Empresas www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui

Leia mais

APRESENTAÇÃO ABRIL 2011

APRESENTAÇÃO ABRIL 2011 APRESENTAÇÃO ABRIL 2011 QUEM SOMOS NOSSA CAIXA DESENVOLVIMENTO AGÊNCIA DE FOMENTO DO ESTADO DE SÃO PAULO ÉUMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA CONTROLADA PELO ESTADO DE SÃO PAULO E ATUA COMO BANCO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

RESULTADO DEFINITIVO DA SELEÇÃO DE PROPOSTAS Após o julgamento dos recursos administrativos segue a lista final dos projetos.

RESULTADO DEFINITIVO DA SELEÇÃO DE PROPOSTAS Após o julgamento dos recursos administrativos segue a lista final dos projetos. RESULTADO DEFINITIVO DA SELEÇÃO DE PROPOSTAS Após o julgamento dos recursos administrativos segue a lista final dos projetos. CHAMADA PÚBLICA SENAT/TRANSPORTES Nº 001/2013 Em Ordem Alfabética A) PROPOSTAS

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Sistemas Agroambientais e Alimentação

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Sistemas Agroambientais e Alimentação Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das SCTR www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui uma

Leia mais

Elaborado pelos alunos do 8º A da Escola Secundária Infante D. Henrique:

Elaborado pelos alunos do 8º A da Escola Secundária Infante D. Henrique: Elaborado pelos alunos do 8º A da Escola Secundária Infante D. Henrique: - Joana Moreira Lima nº16 - José Fernando nº17 - Sandra oliveira nº23 O carvão, o petróleo e o gás natural são combustíveis fósseis.

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio da Cultura, Criação e Moda

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio da Cultura, Criação e Moda Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio da Instituições www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui

Leia mais

Standards Online. Acesso à informação direto de seu computador

Standards Online. Acesso à informação direto de seu computador Standards Online Acesso à informação direto de seu computador Comentário dos clientes sobre o BSOL A utilização é fácil e o sistema de download é excelente, quando necessito de uma norma que não se encontra

Leia mais

QUEM SOMOS NOSSO NEGÓCIO

QUEM SOMOS NOSSO NEGÓCIO QUEM SOMOS Somos uma empresa brasileira dedicada a construir e prover soluções que empregam tecnologias inovadoras, combinadas com a identificação por rádio frequência (RFID), análise de imagens (imagens

Leia mais

Motivação e Aplicações em C&T

Motivação e Aplicações em C&T Escola de Ciências e Tecnologia UFRN Motivação e Aplicações em C&T Aquiles Burlamaqui Nélio Cacho Luiz Eduardo Eduardo Aranha ECT1103 INFORMÁTICA FUNDAMENTAL Manter o telefone celular sempre desligado/silencioso

Leia mais

SEMINÁRIO: Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento. MESA: Financiamento à Inovação

SEMINÁRIO: Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento. MESA: Financiamento à Inovação SEMINÁRIO: Propriedade Intelectual e Inovação: Proteção para a valorização do conhecimento MESA: Financiamento à Inovação Manaus - AM 29 de de maio de 2012 Contexto de Atuação da FAPEAM 2 Contexto de Atuação

Leia mais

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC

Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG - Campus CETEC Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC O Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG Campus CETEC, compõe-se por um conjunto de institutos de inovação e institutos de tecnologia capazes

Leia mais

A estrutura da Indústria do Rio Grande do Sul para o segmento de Petróleo, Gás, Naval e Offshore

A estrutura da Indústria do Rio Grande do Sul para o segmento de Petróleo, Gás, Naval e Offshore A estrutura da Indústria do Rio Grande do Sul para o segmento de Petróleo, Gás, Naval e Offshore Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás, Naval e Offshore CCPGE 28 de maio de 2014 Atuação FIERGS CCPGE

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 NOVEMBRO/2012 1) CURSOS OFERTADOS: Automação Industrial Eletrônica Eletrotécnica* Informática Informática para Internet* Mecânica* Química* Segurança do Trabalho* * Cursos

Leia mais

SOLUÇÕES COMPLETAS SOLUÇÕES COMPLETAS. em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações

SOLUÇÕES COMPLETAS SOLUÇÕES COMPLETAS. em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações SOLUÇÕES COMPLETAS em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações SOLUÇÕES COMPLETAS em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações CFTV IP CABEAMENTO ESTRUTURADO

Leia mais

Ambientes Inteligentes

Ambientes Inteligentes Ambientes Inteligentes APRESENTAÇÃO Com a grande inovação tecnológica e a evidente demanda por segurança e comodidade, o gerenciamento de todos os processos e máquinas que nos rodeia torna-se indispensável.

Leia mais

Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão

Pró-reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão FAPERJ 1) Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS): gestão compartilhada em saúde OBJETIVO: Apoiar a execução de projetos de pesquisa que promovam a formação e a melhoria da qualidade de atenção à saúde no

Leia mais