Sumário AUTORES... 5 APRESENTAÇÃO DOS ORGANIZADORES... 13

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário AUTORES... 5 APRESENTAÇÃO DOS ORGANIZADORES... 13"

Transcrição

1 Sumário 7 Sumário AUTORES... 5 APRESENTAÇÃO DOS ORGANIZADORES PORTUGUÊS Duda Nogueira Apresentação Acentuação Ortografia Semântica Pronome Verbo Análise sintática Período composto Concordância Regência Crase Pontuação Coesão e coerência Interpretação de texto Redação oficial DICAS Acentuação Regras de acentuação gráfica Proparoxítonas Paroxítonas Observações Oxítonas Monossílabos Monossílabos tônicos Monossílabos átonos Observações Regras especiais Ditongos abertos Hiatos Verbos ter e vir Reforma ortográfica Acento agudo Acento diferencial Trema Alfabeto Hífen Uso do hífen Graus dos adjetivos Comparativo Superlativo Absoluto Superlativo relativo: Pronome Pessoal Demonstrativo Relativo Relativo Verbo Modos Tempos Presente Futuro Pretérito Vozes verbais Análise sintática Frase, oração e período Sujeito Predicação verbal Predicativo:

2 Predicado Complementos Verbais Agente da passiva Complemento Nominal Adjunto Adverbial Aposto Vocativo Período Composto Coordenação Subordinação Concordância Verbal Concordância Nominal Regência Verbal Regência Nominal Crase Pontuação Colocação Pronominal Coesão e Coerência Coesão referencial Coesão sequencial Paráfrase Perífrase Tipos de incoerência Interpretação de texto Tipologia textual Gêneros textuais Redação Oficial Da Presidência Da República Dicas mais pedidas O que é Redação Oficial A Impessoalidade A Linguagem dos Atos e Comunicações Oficiais Formalidade e Padronização Concisão e Clareza Apêndice: processos de formação das palavras, advérbio, figuras e funções de linguagem Processos de formação das palavras Derivação Composição Advérbio Lista dos principais advérbios, locuções adverbiais e palavras denotativas Figuras de linguagem Figura de Palavra Metáfora Metonímia Catacrese Perífrase Sinestesia Figuras de Pensamento Antítese Paradoxo Eufemismo Ironia Hipérbole Prosopopeia ou Personificação Apóstrofe Gradação Figuras de Construção ou Sintáticas Elipse Zeugma Silepse Polissíndeto / Assíndeto Pleonasmo Anáfora Anacoluto Hipérbato / Inversão Figuras de Som Aliteração Assonância Onomatopeia Vícios de Linguagem Pleonasmo Vicioso ou Redundância Funções de linguagem Função referencial ou denotativa: Função emotiva ou expressiva: Função conativa ou apelativa: Função metalinguística Função fática Função poética BIBLIOGRAFIA

3 Sumário 9 MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO. 157 Valéria Lanna QUESTÕES Conjuntos Princípio das Gavetas de Dirichlet ou Princípio das Casas do Pombos Conectivos Lógicos Equivalência Lógica Negação Problemas de associação Análise Combinatória Probabilidades Números Equações e sistemas Progressões e sequências Razão e proporção Regra de três Porcentagem Juros simples e Compostos Taxas Taxa interna de Retorno (TIR) Descontos Equivalência de capitais, Rendas e amortização Alternativas de investimentos Estatística Função do 2º grau Exponencial Sequencias Sistemas de Amortização DICAS Dicas de Raciocínio lógico Dicas de Matemática Dicas de Matemática Financeira Dicas de Estatística ATUALIDADES Alexandre Sanches Cunha QUESTÕES DICAS INFORMÁTICA Tales Ferreira da Costa QUESTÕES Aplicativos para escritório Sistema operacional Hardware Internet, intranet, rede de computadores, segurança e correio eletrônico DICAS Teclas de atalho Modelos de referência OSI, TCP/IP e protocolos de rede Principais extensões de arquivos HISTÓRIA E ESTATUTO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Apresentação QUESTÕES História e Missão Estatuto DICAS História e Missão Estatuto LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA Apresentação QUESTÕES FGTS PIS Seguro-Desemprego, Abono Salarial e FAT Bolsa-Família Princípios da Administração Pública DICAS FGTS PIS Seguro-Desemprego, Abono Salarial e FAT Bolsa Família Princípios Constitucionais da Administração Pública ÉTICA Apresentação QUESTÕES COMENTADAS Ética Código de Ética da CAIXA Código de Ética do Banco do Brasil DICAS DE ESTUDO Ética

4 10 2. Código de Ética da CAIXA Código de Ética do Banco do Brasil ATENDIMENTO Apresentação QUESTÕES Proteção do Consumidor Prevenção de Riscos na Contratação de Operações e na Prestação de Serviços Atendimento Prioritário Acessibilidade das Pessoas Portadoras de Deficiência Regulamentação Atendimento Prioritário e Acessibilidade das Pessoas Portadoras de Deficiência Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) Ouvidoria Marketing de serviços e Marketing de relacionamento Satisfação Valor Retenção de clientes Propaganda e Promoção Telemarketing Etiqueta Empresarial Concorrência Vendas Segmentação do Setor Bancário DICAS Proteção do Consumidor Prevenção de Riscos na Contratação de Operações e na Prestação de Serviços Atendimento Prioritário Acessibilidade das Pessoas Portadoras de Deficiência Regulamentação Atendimento Prioritário e Acessibilidade das Pessoas Portadoras de Deficiência Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) Ouvidoria Marketing de Serviços e Marketing de Relacionamento Satisfação valor retenção de clientes Propaganda e Promoção Telemarketing Etiqueta empresarial Concorrência Vendas Segmentação do Setor Bancário CULTURA ORGANIZACIONAL Apresentação QUESTÕES Cultura Organizacional e Cultura Empresarial Gestão da Sustentabilidade Código de Conduta da Alta Administração Pública DICAS DE ESTUDO Cultura Organizacional e Cultura Empresarial Gestão da Sustentabilidade Código de conduta da alta administração pública TÉCNICAS DE VENDAS Apresentação QUESTÕES Técnica de Vendas Noções de administração de vendas: planejamentos, estratégias, objetivos, análise do mercado, metas Técnicas de Vendas de Produtos e Serviços financeiros no setor bancário: planejamento, técnicas; motivação para vendas. Produto, Preço, Praça; Promoção. Vantagem competitiva Noções de Imaterialidade ou intangibilidade, Inseparabilidade e Variabilidade dos produtos bancários Manejo de Carteira de Pessoa Física e de Pessoa Jurídica Noções de Marketing de Relacionamento. Interação entre vendedor e cliente. Qualidade no atendimento a clientes Satisfação e retenção de clientes. Valor percebido pelo cliente DICAS DE ESTUDO

5 Sumário Técnica de Vendas Noções de administração de vendas: planejamentos, estratégias, objetivos, análise do mercado, metas Técnicas de Vendas de Produtos e Serviços financeiros no setor bancário: planejamento, técnicas; motivação para vendas. Produto, Preço, Praça; Promoção. Vantagem competitiva Noções de Imaterialidade ou intangibilidade, Inseparabilidade e Variabilidade dos produtos bancários Manejo de Carteira de Pessoa Física e de Pessoa Jurídica Noções de Marketing de Relacionamento. Interação entre vendedor e cliente. Qualidade no atendimento a clientes Satisfação e retenção de clientes. Valor percebido pelo cliente CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Apresentação QUESTÕES Sistema Financeiro Nacional SFN Introdução ao Sistema Financeiro Nacional SFN Conselho Monetário Nacional CMN Banco Central do Brasil Bacen Instrumentos de Política Monetária Comitê de Política Monetária Copom Comissão de Valores Mobiliários CVM Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional CRSFN Banco do Brasil BB Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES Caixa Econômica Federal CEF Bancos Comerciais BC Cooperativas de Crédito C.Cr Bancos Cooperativos Bco Bancos Múltiplos BM Bancos de Investimento BI Bancos de Desenvolvimento BD Agências de Fomento AF Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimento SCFI Sociedades de Arrendamento Mercantil SAM Corretoras de Câmbio CC Sociedades de Fomento Mercantil SFM Bolsa de Valores e Bolsa de Mercadorias e Futuros BM&FBovespa S.A Sociedades Corretoras SCTVMs Sociedades Distribuidoras SDTVMs Sistema Especial de Liquidação e Custódia Selic Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados Cetip S.A Sistema de Pagamentos Brasileiro SPB e Federação Brasileira de Bancos Febraban Conselho Nacional de Seguros Privados CNSP Superintendência de Seguros Privados Susep Companhias de Seguros Seguradoras Resseguradoras RE Corretores de Seguros CS Previdência Privada PP Sociedades de Capitalização SC Mercado Financeiro Monetário Mercado Financeiro Crédito Mercado Financeiro Câmbio Mercado Financeiro Capitais Mercado Financeiro Derivativos Das Pessoas Naturais, Das Pessoas Jurídicas e Do Domicílio Títulos de Crédito Garantias Bancárias Fundo Garantidor de Crédito FGC Crime Lavagem de Dinheiro Produtos e Serviços Bancários DICAS Sistema Financeiro Nacional SFN Introdução ao Sistema Financeiro Nacional SFN Conselho Monetário Nacional CMN Banco Central do Brasil Bacen

6 Instrumentos de Política Monetária Comitê de Política Monetária Copom Comissão de Valores Mobiliários CVM Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional CRSFN Banco do Brasil BB Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES Caixa Econômica Federal CEF Bancos Comerciais BC Cooperativas de Crédito C.Cr Bancos Cooperativos Bco Bancos Múltiplos BM Bancos de Investimento BI Bancos de Desenvolvimento BD Agências de Fomento AF Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimentos SCFI Sociedades de Arrendamento Mercantil SAM Corretoras de Câmbio CC Sociedades de Fomento Mercantil SFM Bolsa de Valores e Bolsa de Mercadorias e Futuros BM&FBovespa S.A Sociedades Corretoras SCTVMs Sociedades Distribuidoras SDTVMs Sistema Especial de Liquidação e Custódia Selic Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados Cetip Sistema de Pagamentos Brasileiro SPB e Federação Brasileira de Bancos Febraban Conselho Nacional de Seguros Privados CNSP Superintendência de Seguros Privados Susep Companhias de Seguros Seguradoras Resseguradoras RE Corretores de Seguros CS Previdência Privada PP Sociedades de Capitalização SC Mercado Financeiro Monetário Mercado Financeiro Crédito Mercado Financeiro Câmbio Mercado Financeiro Capitais Mercado Financeiro Derivativos Das Pessoas Naturais, Das Pessoas Jurídicas e Do Domicílio Títulos de Crédito Garantias Bancárias Fundo Garantidor de Crédito FGC Crime Lavagem de Dinheiro Produtos e Serviços Bancários

Sumário. Apresentação dos Organizadores... 13

Sumário. Apresentação dos Organizadores... 13 Sumário Apresentação dos Organizadores... 13 Português... 15 Tárcia Garcia Leal e Vanessa Spagnul Questões... 15 1. Interpretação de texto... 15 2. Fonética... 45 2.1. Ortografia... 45 3. Morfossintaxe...

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos... 7 Tipologia textual... 8 Ortografia oficial... 15 Acentuação gráfica... 20 Emprego das classes de palavras... 23 Emprego do sinal indicativo de

Leia mais

Sumário. Sumário 7 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13

Sumário. Sumário 7 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 Rogerio Pizza Sumário 7 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 QUESTÕES... 15 1. Das disposições gerais... 15 2. Dos poderes administrativos... 16 3. Da administração

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO BANCO DO BRASIL

PROGRAMA BÁSICO BANCO DO BRASIL LÍNGUA PORTUGUESA PROGRAMA BÁSICO BANCO DO BRASIL Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO... 15 PARTE I ENTENDA AS BANCAS... 19 PARTE II ACENTUAÇÃO... 25 ORTOGRAFIA E SEMÂNTICA... 43. Sumário 5

Sumário APRESENTAÇÃO... 15 PARTE I ENTENDA AS BANCAS... 19 PARTE II ACENTUAÇÃO... 25 ORTOGRAFIA E SEMÂNTICA... 43. Sumário 5 Sumário 5 Sumário APRESENTAÇÃO... 15 PARTE I ENTENDA AS BANCAS... 19 1. Introdução... 19 2. Entenda as bancas... 19 3. Editais... 19 3.1. TRT 2 São Paulo FCC (prova aplicada em 2014)... 19 3.2. TRF 1 FCC

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional Capítulo Sistema Financeiro Nacional Bibliografia básica Todo o conteúdo dos slides deve ser acompanhado com o livro Mercados Financeiros, publicado pela Editora Atlas. Objetivos do capítulo Distinguir

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MOGI GUAÇU - SP

CÂMARA MUNICIPAL DE MOGI GUAÇU - SP CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS Nº 01/2010 ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E BIBLIOGRÁFICOS CARGO: 1.1 - AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS 03 VAGAS LÍNGUA PORTUGUÊSA - 10 QUESTÕES De acordo com o novo acordo ortográfico

Leia mais

Como funciona o Sistema Financeiro Nacional. José Reynaldo de Almeida Furlani Junho de 2013

Como funciona o Sistema Financeiro Nacional. José Reynaldo de Almeida Furlani Junho de 2013 José Reynaldo de Almeida Furlani Junho de 2013 Segmentação do Mercado MERCADO MONETÁRIO MERCADO DE CRÉDITO MERCADO FINANCEIRO MERCADO DE CAPITAIS MERCADO CAMBIAL Conceito de Sistema Financeiro Conjunto

Leia mais

SAT_Escriturário_do_BB e Técnico_Bancário_da_CEF

SAT_Escriturário_do_BB e Técnico_Bancário_da_CEF SAT_Escriturário_do_BB e Técnico_Bancário_da_CEF Canal: Curso: 09799 Turma: 12933 SOBRE O CURSO Com as constantes publicações de editais para Escriturário do Banco do Brasil e Técnico Bancário da Caixa

Leia mais

Conheça o Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade

Conheça o Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade Conheça o Preparatório para o Exame de Suficiência em Contabilidade A Aprovação no Exame é obrigatória para a obtenção e/ou o restabelecimento do registro no Conselho Regional de Contabilidade. Para prestar

Leia mais

Ementário do Curso Técnico em SECRETARIADO Campus Nilo Peçanha - Pinheiral

Ementário do Curso Técnico em SECRETARIADO Campus Nilo Peçanha - Pinheiral Ementário do Curso Técnico em SECRETARIADO Campus Nilo Peçanha - Pinheiral Disciplina: Cenários Econômicos e Mercado Teoria e conceitos do mercado: Função da demanda. Função da oferta. Equilíbrio (preço

Leia mais

Sistema Financeiro Nacional 3. Sistema Financeiro Nacional 3.1 Conceito 3.2 Subsistema de Supervisão 3.3 Subsistema Operativo 6/7/2006 2 3.1 - Conceito de Sistema Financeiro Conjunto de instituições financeiras

Leia mais

AULA 3. Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN. Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br Blog: keillalopes.wordpress.

AULA 3. Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN. Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br Blog: keillalopes.wordpress. AULA 3 Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br Blog: keillalopes.wordpress.com Objetivos da aula: SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Histórico ; Composição;

Leia mais

4/2/2011 DIRETRIZES DA POLÍTICA MONETÁRIA TAXA BÁSICA DE JUROS 08 MEMBROS 08 REUNIÕES RELATÓRIO DA INFLAÇÃO ATAS DO COPOM TAXA SELIC

4/2/2011 DIRETRIZES DA POLÍTICA MONETÁRIA TAXA BÁSICA DE JUROS 08 MEMBROS 08 REUNIÕES RELATÓRIO DA INFLAÇÃO ATAS DO COPOM TAXA SELIC CMN ORGAO MAXIMO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA FAZENDA, MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, BACEN COMOC RESOLUÇÕES COPOM DIRETRIZES DA POLÍTICA MONETÁRIA TAXA BÁSICA DE JUROS 08 MEMBROS 08 REUNIÕES RELATÓRIO DA INFLAÇÃO

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MATEMÁTICA

LÍNGUA PORTUGUESA MATEMÁTICA LÍNGUA PORTUGUESA Leitura oral de palavras e frases simples Compreensão de texto (registrar como souber) Formação de palavras (com recursos pedagógicos) Treino ortográfico (auto-ditado). MATEMÁTICA Relação

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 CONCURSO PÚBLICO REPUBLICADO 2ª Retificação

EDITAL Nº 001/2014 CONCURSO PÚBLICO REPUBLICADO 2ª Retificação EDITAL Nº 001/2014 CONCURSO PÚBLICO REPUBLICADO 2ª Retificação A Prefeita do Município de Crisólita Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais, nos termos do art. 37 da Constituição da República

Leia mais

ESTRUTURA S.F.N. COMPOSIÇÃO DO CMN: CMN 17/6/2011

ESTRUTURA S.F.N. COMPOSIÇÃO DO CMN: CMN 17/6/2011 CONCURSO BB 2011 ESTRUTURA S.F.N. CONHECIMENTOS BANCÁRIOS professorcanda@rcdconcursos.com.br 1 2 CMN CMN compete: - estabelecer as diretrizes gerais das políticas monetária, cambial e creditícia. - regular

Leia mais

3.1 - Estrutura do SFN

3.1 - Estrutura do SFN 1 3. Sistema Financeiro Nacional 3.1 Estrutura do SFN 3.2 Subsistema normativo 3.3 Subsistema de intermediação 3.4 Títulos públicos negociados no MF 3.5 Principais papéis privados negociados no MF 3/4/2012

Leia mais

Curso de CPA 10 CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANBIMA SÉRIE 10. www.eadempresarial.net.br. www.eadempresarial.net.br - 18 3303-0383

Curso de CPA 10 CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANBIMA SÉRIE 10. www.eadempresarial.net.br. www.eadempresarial.net.br - 18 3303-0383 Curso de CPA 10 CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANBIMA SÉRIE 10 www.eadempresarial.net.br SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Uma conceituação bastante abrangente de sistema financeiro poderia ser a de um conjunto de

Leia mais

BC e Universidade. Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional (SFN) Sistema Financeiro Nacional. Frederico Pechir Gomes e Beatriz Simas Silva

BC e Universidade. Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional (SFN) Sistema Financeiro Nacional. Frederico Pechir Gomes e Beatriz Simas Silva BC e Universidade Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional (SFN) Frederico Pechir Gomes e Beatriz Simas Silva Agenda SFN: Definição e Marco Legal Estrutura do SFN Subsistema Normativo CMN, Bacen, CVM

Leia mais

600 questões comentadas de Conhecimentos Bancários

600 questões comentadas de Conhecimentos Bancários 1 Apostila amostra Para adquirir a apostila de 600 acesse o site: www.odiferencialconcursos.com.br ESTA APOSTILA SERÁ ATUALIZADA ATÉ A DATA DO ENVIO. ATENÇÃO: ENTREGA SOMENTE VIA E-MAIL CONTEÚDO Sistema

Leia mais

PROGRAMA DETALHADO Certificação ANBIMA Profissional Série 10 (CPA-10)

PROGRAMA DETALHADO Certificação ANBIMA Profissional Série 10 (CPA-10) PROGRAMA DETALHADO Programa da Certificação Detalhado Profissional da Certificação ANBIMA Profissional Série 10 (CPA-10) ANBID Série 10 Controle: D.04.08.07 Data da Elaboração: 10/11/2009 Data da Revisão:

Leia mais

1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: 2 - Sistema de Seguros Privados e Previdência Complementar:

1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: 2 - Sistema de Seguros Privados e Previdência Complementar: EDITAL 2012 1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: Conselho Monetário Nacional; Banco Central do Brasil; Comissão de Valores Mobiliários; Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional; bancos

Leia mais

www.concursovirtual.com.br

www.concursovirtual.com.br Simulado Virtual para o Concurso da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Edital Virtual O Presidente da Comissão de Simulado torna pública a realização de Simulado Virtual para Ingresso no Quadro de Pessoal da CAIXA

Leia mais

OPERAÇÕES BANCÁRIAS & CONTABILIDADE DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS INFORMAÇÕES GERAIS ANALISTA - BANCO CENTRAL. Revisão de Contabilidade

OPERAÇÕES BANCÁRIAS & CONTABILIDADE DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS INFORMAÇÕES GERAIS ANALISTA - BANCO CENTRAL. Revisão de Contabilidade OPERAÇÕES BANCÁRIAS & CONTABILIDADE DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS INFORMAÇÕES GERAIS ANALISTA - BANCO CENTRAL ENFOQUE DO CURSO: - Áreas 2 e 3, no que são comuns - Abordagem conceitual, normativa e prática

Leia mais

Disciplinas Obrigatórias do Núcleo Básico Geral Comum do Campus de Limeira

Disciplinas Obrigatórias do Núcleo Básico Geral Comum do Campus de Limeira EMENTAS DAS DISCIPLINAS DOS CURSOS DA ÁREA DE GESTÃO Disciplinas Obrigatórias do Núcleo Básico Geral Comum do Campus de Limeira Sociedade e Cultura no Mundo Contemporâneo As mudanças nas relações entre

Leia mais

Banco do Brasil. O Conselho Monetário Nacional (CMN) é a entidade máxima do sistema financeiro brasileiro, ao qual cabe

Banco do Brasil. O Conselho Monetário Nacional (CMN) é a entidade máxima do sistema financeiro brasileiro, ao qual cabe No Brasil, a condução e a operação diárias da política monetária, com o objetivo de estabilizar a economia, atingindo a meta de inflação e mantendo o sistema financeiro funcionando adequadamente, são uma

Leia mais

Factoring. Leasing. Capítulo 7

Factoring. Leasing. Capítulo 7 Sumário Capítulo 1 Fundamentos: Sistema Financeiro Nacional, Conselho Monetário Nacional, Banco Central e Moeda 1.1. Sistema Financeiro Nacional (SFN) 1.1.1. Legislação Básica 1.1.2. Subdivisões do SFN

Leia mais

COLÉGIO AFAM SÃO MIGUEL Conteúdo Processo Seletivo 2014

COLÉGIO AFAM SÃO MIGUEL Conteúdo Processo Seletivo 2014 ENSINO FUNDAMENTAL I 2º ANO PORTUGUÊS: Famílias silábicas simples e formação de palavras; Auto-ditado; Reconhecer e aplicar vogais e consoantes; Completar palavras com vogais e consoantes; letra cursiva

Leia mais

Valcedir Vicente Rosa. Sistema Financeiro Nacional

Valcedir Vicente Rosa. Sistema Financeiro Nacional 1 Sistema Financeiro Nacional Tópicos a serem abordados Visão geral do sistema financeiro nacional. Atuação dos participantes Mercado monetário e política monetária. Sistemas CETIP e SELIC Principais títulos

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2015) ADMINISTRAÇÃO 102 h/a 1975 Breve histórico e fundamentos da administração. Perspectivas da administração: clássica,

Leia mais

CENÁRIOS ECONÔMICOS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ESTRUTURA E FUNÇÕES

CENÁRIOS ECONÔMICOS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ESTRUTURA E FUNÇÕES SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ESTRUTURA E FUNÇÕES Órgãos de Regulação e Fiscalização 1 Banco Central do Brasil Instituições Financeiras Captadoras de Depósitos à Vista Demais Instituições Financeiras 1 Bancos

Leia mais

BAN CO DO BRASIL. Atualizada 19/01/2011 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

BAN CO DO BRASIL. Atualizada 19/01/2011 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 41. (CAIXA/2010) Compete à Comissão de Valores Mobiliários CVM disciplinar as seguintes matérias: I. registro de companhias abertas. II. execução da política monetária. III. registro e fiscalização de

Leia mais

Unidade I FINANÇAS EMPRESARIAIS. Prof. Me. Alexandre Saramelli

Unidade I FINANÇAS EMPRESARIAIS. Prof. Me. Alexandre Saramelli Unidade I FINANÇAS EMPRESARIAIS Prof. Me. Alexandre Saramelli Finanças empresariais Objetivos gerais Fazer com que os alunos possam adquirir e/ou produzir os conhecimentos necessários para o desenvolvimento

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DIREITO DE ACESSO

MANUAL DE NORMAS DIREITO DE ACESSO MANUAL DE NORMAS DIREITO DE ACESSO VERSÃO: 13/12/2011 2 / 34 MANUAL DE NORMAS DE DIREITO DE ACESSO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 4 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 4 CAPÍTULO TERCEIRO DOS TIPOS DE

Leia mais

EMENTÁRIO BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO

EMENTÁRIO BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO EMENTÁRIO BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO PERÍODO Professor: Paulo Henrique Princípios da Administração I Terça: e 2º Quinta: 3º e 4º Fundamentos da Administração. Administração Científica; Teoria Clássica de

Leia mais

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade III Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros Lembrando da aula anterior Conceitos e Funções da Moeda Política Monetária Política Fiscal Política Cambial

Leia mais

Caixa Econômica Federal

Caixa Econômica Federal Turma Exercícios 01) Em relação ao Sistema Financeiro Nacional, analise as afirmativas a seguir: I - Compete ao Conselho Monetário Nacional Regular o valor externo da moeda e o equilíbrio do balanço de

Leia mais

Sumário. Apresentação... 33. Editais e plano de estudos. Parte ii

Sumário. Apresentação... 33. Editais e plano de estudos. Parte ii Sumário Apresentação... 33 Parte i Editais e plano de estudos Capítulo 1 Editais... 39 1. Introdução... 39 2. Plano de estudos... 39 3. Editais... 40 3.1. TRT 15 Campinas/SP FCC (outubro 2013)... 40 3.2.

Leia mais

ENSINO MÉDIO. Sondagem 2014 1ª SÉRIE. Língua Portuguesa

ENSINO MÉDIO. Sondagem 2014 1ª SÉRIE. Língua Portuguesa ENSINO MÉDIO O processo de sondagem do Colégio Sion busca detectar, no aluno, prérequisitos que possibilitem inseri-lo adequadamente na série pretendida. As disciplinas de e são os recursos utilizados

Leia mais

Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati

Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati 1) O Conselho Monetário Nacional (CMN), que foi instituído pela Lei 4.595, de 31 de dezembro de 1964, é o órgão responsável por expedir diretrizes gerais

Leia mais

ATENÇÃO. O Banco do Brasil apesar de não ser mais uma autoridade, ainda exerce atividades típicas de Banco Central.

ATENÇÃO. O Banco do Brasil apesar de não ser mais uma autoridade, ainda exerce atividades típicas de Banco Central. 1. BREVE HISTÓRICO DO SFN O SFN brasileiro é relativamente novo. Tem pouco mais de 50 anos. Foi criado em 1964. Mas isso não quer dizer que não existiam instituições financeiras anteriormente. Com a vinda

Leia mais

PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL PACOTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Teoria e 300 Questões Comentadas. Prof. Tiago Zanolla

PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL PACOTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Teoria e 300 Questões Comentadas. Prof. Tiago Zanolla 1. APRESENTAÇÃO INICIAL...2 2. SOBRE O CURSO...2 3. SOBRE O CONCURSO...3 4. CRONOGRAMA DE AULAS...6 5. SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL NOÇÕES GERAIS...7 6. ESTRUTURA DO SISTEMA FINANCEIRO... 15 6.1. CONSELHO

Leia mais

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Prof. Onivaldo Izidoro Pereira Finanças Corporativas Ambiente Econômico Em suas atividades uma empresa relacionase com: Clientes

Leia mais

BB BNDES. Instituições Financeiras Bancárias. Instituições Financeiras. não Bancárias. Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo

BB BNDES. Instituições Financeiras Bancárias. Instituições Financeiras. não Bancárias. Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo Conselho Monetário Nacional - CMN Comissões consultivas Subsistema Normativo Banco Central do Brasil Comissão de valores mobiliários CVM Instituições Especiais Sistema financeiro brasileiro BB BNDES CEF

Leia mais

Mercado financeiro, segmentação e instituições uma abordagem geral. Ao final do estudo desta aula, você deverá ser capaz de:

Mercado financeiro, segmentação e instituições uma abordagem geral. Ao final do estudo desta aula, você deverá ser capaz de: Mercado financeiro, segmentação e instituições uma abordagem geral A U L A Meta da aula Apresentar a amplitude do mercado financeiro, seus segmentos especializados e as principais instituições financeiras

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL INSTITUIÇÕES. Lei 4.595/64 FINANCEIRAS COLETA INTERMEDIAÇÃO APLICAÇÃO CUSTÓDIA

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL INSTITUIÇÕES. Lei 4.595/64 FINANCEIRAS COLETA INTERMEDIAÇÃO APLICAÇÃO CUSTÓDIA SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL INSTITUIÇÕES Lei 4.595/64 FINANCEIRAS COLETA INTERMEDIAÇÃO APLICAÇÃO CUSTÓDIA INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA JUROS PAGOS PELOS TOMADORES - REMUNERAÇÃO PAGA AOS POUPADORES SPREAD

Leia mais

Administração Financeira e Orçamentária I

Administração Financeira e Orçamentária I Administração Financeira e Orçamentária I Sistema Financeiro Brasileiro AFO 1 Conteúdo Instituições e Mercados Financeiros Principais Mercados Financeiros Sistema Financeiro Nacional Ações e Debêntures

Leia mais

Conhecimentos Bancários Prof. Edgar Abreu

Conhecimentos Bancários Prof. Edgar Abreu Prezado Concurseiro: Algumas informações sobre este material de estudos: Este apostila é sem dúvida a mais completa e atualizada do mercado, certamente você não irá encontrar um material de tamanha qualidade,

Leia mais

Relações Internacionais. Finanças Internacionais

Relações Internacionais. Finanças Internacionais Relações Internacionais Finanças Internacionais Prof. Dr. Eduardo Senra Coutinho Tópico 1: Sistema Financeiro Nacional ASSAF NETO, A. Mercado financeiro. 8ª. Ed. São Paulo: Atlas, 2008. Capítulo 3 (até

Leia mais

atividade a prática de operações de arrendamento As sociedades de arrendamento mercantil são

atividade a prática de operações de arrendamento As sociedades de arrendamento mercantil são Arrendamento mercantil ou leasing é uma operação em que o proprietário de um bem cede a terceiro o uso desse bem por prazo determinado, recebendo em troca uma contraprestação. No que concerne ao leasing,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º CT460- CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA HISTÓRIA DA CONTABILIDADE, ELEMENTOS INTRODUTÓRIOS DE CONTABILIDADE: OBJETO DE ESTUDO E SUA REPRESENTAÇÃO GRÁFICA, CAMPO DE ATUAÇÃO, INFORMAÇÕES CONTÁBEIS

Leia mais

Sistema Financeiro Nacional-Aula 22.10.14 22/10/2014. Ciências Contábeis. Sistema Financeiro Nacional. Sistema Financeiro Nacional. Prof.

Sistema Financeiro Nacional-Aula 22.10.14 22/10/2014. Ciências Contábeis. Sistema Financeiro Nacional. Sistema Financeiro Nacional. Prof. -Aula 22.10.14 22/10/2014 UNIVERSIDADE COMUNITARIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ Ciências Contábeis Conceitos e Estrutura Professor : Johnny Luiz Grando Johnny@unochapeco.edu.br Surgimento e Finalidade: Cronograma

Leia mais

COMPLETO POR 6 MESES

COMPLETO POR 6 MESES ACESSO PARA CURSO PREPARATÓRIO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA CONTABILIDADE COMPLETO POR 6 MESES Para ter acesso às videoaulas e livros digitais dos cursos preparatórios completos para Técnico e Bacharel

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ACARAÚ - CE C O N C U R S O P Ú B L I C O EDITAL Nº 001/2014

CÂMARA MUNICIPAL DE ACARAÚ - CE C O N C U R S O P Ú B L I C O EDITAL Nº 001/2014 ANEXO I Relação dos Cargos, Vagas Oferecidas, Carga Horária e Salário Base O Cargo, a Escolaridade/Pré-Requisitos, (Coluna C) - Total de Vagas, (Coluna D) - Vagas Reservadas para Portadores de Deficiência,

Leia mais

Conselho Universitário - Consuni

Conselho Universitário - Consuni PRIMEIRA FASE 01 ECONOMIA Definições e conceitos de economia; macroeconomia; microeconomia; a organização econômica; a atividade de produção; a moeda; a formação de preços; economia de mercado: consumo,

Leia mais

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS Unidade III 6 O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL O sistema financeiro nacional é o conjunto de instituições e instrumentos financeiros que possibilita a transferência de recursos

Leia mais

Unidade IV. Mercado Financeiro e de Capitais. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade IV. Mercado Financeiro e de Capitais. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade IV Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros - Resumo encontro anterior Sistema Financeiro Nacional Órgãos, entidades e operadoras Estrutura do Sistema

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I ÉTICA PROFISSIONAL INSTITUIÇÃO DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO I MATEMÁTICA

CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I ÉTICA PROFISSIONAL INSTITUIÇÃO DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO I MATEMÁTICA CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I Noções gerais da contabilidade. Conceito, Função, Objeto e Finalidade da contabilidade. Patrimônio, Fontes Patrimoniais, Atos e Fatos Administrativos.

Leia mais

Letra Financeira - LF

Letra Financeira - LF Renda Fixa Letra Financeira - LF Letra Financeira O produto A Letra Financeira (LF) é um título de renda fixa emitido por instituições financeiras com a finalidade de captar recursos de longo prazo. Tem

Leia mais

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS PORTUGUÊS PARA CONCURSOS Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética Fonema Letra Sílaba Número de sílabas Tonicidade Posição da sílaba tônica Dígrafos Encontros consonantais Encontros vocálicos Capítulo 2

Leia mais

FACCAT FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA Nomes: Ana Carvalho, Tairini, Ellen, Tâmiris, Cássia, Cátia Weber. Professor: Zenar Schein Data:

FACCAT FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA Nomes: Ana Carvalho, Tairini, Ellen, Tâmiris, Cássia, Cátia Weber. Professor: Zenar Schein Data: FACCAT FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA Nomes: Ana Carvalho, Tairini, Ellen, Tâmiris, Cássia, Cátia Weber. Professor: Zenar Schein Data: Listagem Conteúdos: 6º ano ensino fundamental Morfologia Fonética

Leia mais

TOP O BACEN atualmente pode emitir títulos? Sistema Especial de Liquidação e Custódia - Selic. Professor Luiz Antonio de Carvalho

TOP O BACEN atualmente pode emitir títulos? Sistema Especial de Liquidação e Custódia - Selic. Professor Luiz Antonio de Carvalho Professor Luiz Antonio de Carvalho Sistema Especial de Liquidação e Custódia - Selic lac.consultoria@gmail.com 1 2 CONCEITO O Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), do Banco Central do Brasil,

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 4 05

Leia mais

Funções de uma Organização. Funções de uma Organização. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VI

Funções de uma Organização. Funções de uma Organização. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais. Áreas Funcionais FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VI Funções de uma Organização FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO VI As funções representam o conjunto de processos que aplicam um recurso da organização. Cada função é realizada dentro de uma organização

Leia mais

Taxa básica de juros e a poupança

Taxa básica de juros e a poupança UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA, SECRETARIADO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Análise de Investimentos Prof. Isidro LEITURA COMPLEMENTAR # 2 Taxa

Leia mais

Instrução Normativa DNRC nº 114, de 30 de setembro de 2011 - DOU 03.10.2011

Instrução Normativa DNRC nº 114, de 30 de setembro de 2011 - DOU 03.10.2011 Instrução Normativa DNRC nº 114, de 30 de setembro de 2011 - DOU 03.10.2011 Aprova o quadro enumerativo dos atos empresariais sujeitos à aprovação prévia de órgãos e entidades governamentais para registro

Leia mais

O Sistema Financeiro Nacional

O Sistema Financeiro Nacional O Sistema Financeiro Nacional 1 O Sistema Financeiro Nacional Foi constituído com base nas leis: 4595 de 31-12-64 Estrutura o Sistema Financeiro Nacional 4728 de 14-7- 65 Lei do Mercado de Capitais O Sistema

Leia mais

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL para o 6º ANO LÍNGUA PORTUGUESA Abordagem linguístico-gramatical: Leitura e interpretação dos diferentes gêneros textuais. Reconhecimento e identificação das características

Leia mais

Reformulação dos Meios de Pagamento - Notas Metodológicas

Reformulação dos Meios de Pagamento - Notas Metodológicas Reformulação dos Meios de Pagamento - Notas Metodológicas Apresentação A institucionalização da série Notas Técnicas do Banco Central do Brasil, cuja gestão compete ao Departamento Econômico (Depec), promove

Leia mais

PORTFÓLIO PARA CURSOS PENSA IN HOUSE

PORTFÓLIO PARA CURSOS PENSA IN HOUSE PORTFÓLIO PARA CURSOS PENSA IN HOUSE O PENSA, Centro de Conhecimento em Agronegócios é uma organização que integra os Departamentos de Economia e Administração da FEA-USP, São Paulo e Ribeirão Preto. Foi

Leia mais

PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL

PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL PREPARATÓRIO PARA O BANCO DO BRASIL Prof. AGENOR PAULINO TRINDADE AGENOR PAULINO TRINDADE Bacharel em Direito pela Universidade Estadual do Piauí UESPI; - Especializando - MBA GESTÃO EMPRESARIAL PELA Fundação

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Petrobrás (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de

Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Petrobrás (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de Safra Fundo Mútuo de Privatização FGTS Petrobrás Demonstrações Financeiras em 31 de março de 2004 e em 30 de setembro de 2003 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes Aos

Leia mais

- Cessão de Direitos Substituição

- Cessão de Direitos Substituição Tabela de Tarifas Pessoa Física - Serviços Especiais Divulgada em 05.04.2012 (a) - Tarifa alterada, ( i ) - Tarifa incluída, com vigência a partir de 04.05.2012 Produtos e Serviços / Periodicidade Cobrança

Leia mais

Dúvidas e Sugestões Sobre a Regulação do Capital Adicional de Risco de Crédito

Dúvidas e Sugestões Sobre a Regulação do Capital Adicional de Risco de Crédito Dúvidas e Sugestões Sobre a Regulação do Capital Adicional de Risco de Crédito Atendendo ao convite desta Autarquia, no intuito de comentar o Relatório Inicial sobre Risco de Crédito, que nos foi apresentado

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO AMAPÁ- SEBRAE/AP PROCESSO SELETIVO N O 001/2008 RETIFICAÇÃO Nº. 01 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado

Leia mais

EMENTAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

EMENTAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS GERAL I FILOSOFIA INSTITUIÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO MATEMÁTICA METODOLOGIA CIENTÍFICA PSICOLOGIA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA ADMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO E

Leia mais

Análise da Necessidade e Periodicidade de Resgates para Aportes Periódicos Mensais em Cdb

Análise da Necessidade e Periodicidade de Resgates para Aportes Periódicos Mensais em Cdb Análise da Necessidade e Periodicidade de Resgates para Aportes Periódicos Mensais em Cdb Fabiana de Jesus Peixoto fabi.contato@hotmail.com FATEC-BP Priscila Gandolfi Dell Orti priscilagandolfi@hotmail.com

Leia mais

Conhecimentos Bancários

Conhecimentos Bancários Conhecimentos Bancários Índice Estrutura do Sistema Financeiro Nacional... Conselho Monetário Nacional... COPOM Comitê de Política Monetária... Banco Central do Brasil... Comissão de Valores Mobiliários...

Leia mais

Atualidades do Mercado Financeiro

Atualidades do Mercado Financeiro Atualidades do Mercado Financeiro Sistema Financeiro Nacional Dinâmica do Mercado Mercado Bancário Conteúdo 1 Sistema Financeiro Nacional A estrutura funcional do Sistema Financeiro Nacional (SFN) é composta

Leia mais

2) Responsável por estabelecer medidas de prevenção ou correção de desequilíbrios econômicos: a) CMN b) Bacen c) CVM d) Anbima

2) Responsável por estabelecer medidas de prevenção ou correção de desequilíbrios econômicos: a) CMN b) Bacen c) CVM d) Anbima Caderno de Exercícios CPA-10 Módulo I 1) Responsável pela fiscalização dos Fundos de Investimento: a) Anbima b) CVM c) CMN d) Bacen 2) Responsável por estabelecer medidas de prevenção ou correção de desequilíbrios

Leia mais

AULA 06 PRODUTOS BANCÁRIOS

AULA 06 PRODUTOS BANCÁRIOS 1 2 Identificar os principais produtos e serviços oferecidos pelos bancos no Brasil; 3 I INTRODUÇÃO 4 II - DESENVOLVIMENTO 1. PRODUTOS BANCÁRIOS 2. TIPOS DE CONTAS 3. OPERAÇÕES ATIVAS a. Cheque Especial

Leia mais

Evolução do SFN. 1. Primeiro Período: 1808-1914 MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS. 3. Terceiro Período: 1945-1965. 2. Segundo Período: 1914-1945

Evolução do SFN. 1. Primeiro Período: 1808-1914 MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS. 3. Terceiro Período: 1945-1965. 2. Segundo Período: 1914-1945 Evolução do SFN MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS Profa. Dra. Andréa Paula Segatto-Mendes apsm@ufpr.br 1. Primeiro Período: 1808-1914 Abertura dos portos - acordos comerciais diretos Criação do Banco do

Leia mais

OMEGA ENERGIA RENOVÁVEL S.A. FORMULÁRIO CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas - Art. 11 - Instrução CVM nº 358/2002

OMEGA ENERGIA RENOVÁVEL S.A. FORMULÁRIO CONSOLIDADO. Negociação de Administradores e Pessoas Ligadas - Art. 11 - Instrução CVM nº 358/2002 Negociação de Administradores e Pessoas - Art. 11 - Instrução CVM nº 358/2002 (x) Conselho de () Diretoria () Conselho Fiscal ( ) Órgãos Técnicos ou Consultivos Ações Ordinárias 9 0,00 0,00 Ações Ordinárias

Leia mais

Conteúdos Programáticos Bolsão 2016. Centro Educacional Apogeu ENSINO FUNDAMENTAL I. Conteúdo para ingresso no 2 o ano

Conteúdos Programáticos Bolsão 2016. Centro Educacional Apogeu ENSINO FUNDAMENTAL I. Conteúdo para ingresso no 2 o ano Conteúdos Programáticos Bolsão 2016 Centro Educacional Apogeu ENSINO FUNDAMENTAL I Conteúdo para ingresso no 2 o ano LÍNGUA PORTUGUESA: Alfabeto (maiúsculo e minúsculo); vogal e consoante; separação silábica;

Leia mais

Atualidades do Mercado Financeiro

Atualidades do Mercado Financeiro Atualidades do Mercado Financeiro Índice Pg. Sistema Financeiro Nacional... 02 Dinâmica do Mercado... 05 Mercado Bancário... 09 1 Sistema Financeiro Nacional A estrutura funcional do Sistema Financeiro

Leia mais

GRAN SIMULADO BANCO DO BRASIL. Edital n 04/2012. SIMULADO/2012 Brasília, 07 março 2012.

GRAN SIMULADO BANCO DO BRASIL. Edital n 04/2012. SIMULADO/2012 Brasília, 07 março 2012. GRAN SIMULADO BANCO DO BRASIL Edital n 04/2012 SIMULADO/2012 Brasília, 07 março 2012. A Coordenação do Gran Cursos resolve divulgar e estabelecer normas para abertura das inscrições e a realização do Gran

Leia mais

SUPER CURSO DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS E SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SIMULADO 01 - BACEN e CMN Professor: Tiago Zanolla

SUPER CURSO DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS E SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SIMULADO 01 - BACEN e CMN Professor: Tiago Zanolla SIMULADO Conhecimentos Bancários e SFN QUESTÃO 01 (INÉDITA TZ 2013) Considerando o Sistema Financeiro Nacional, assinale a única alternativa que traz a correta correlação de itens: 1. Funding 2. Spread

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA MANSA CEP: 27313-180 Estado do Rio de Janeiro

CÂMARA MUNICIPAL DE BARRA MANSA CEP: 27313-180 Estado do Rio de Janeiro ANEXO I Cargo: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS Código: 01 Salário: R$ 724,00 Ensino Fundamental Completo. Carga Horária: 40h/semanais Taxa de Inscrição: R$ 20,00 LÍNGUA PORTUGUESA: Interpretação de texto;

Leia mais

PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA...

PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA... Sumário PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA... 3 1.1. Fonema...3 1.2. Classificação dos fonemas...4 1.3. Encontros vocálicos...5 1.4. Encontros consonantais...5 1.5. Dígrafos...6 1.6. Dífono...7 1.7.

Leia mais

Do endividamento à independência pessoal Formação de poupança e opções de investimento. Instituto Nacional de Tecnologia 11/março/2015

Do endividamento à independência pessoal Formação de poupança e opções de investimento. Instituto Nacional de Tecnologia 11/março/2015 Do endividamento à independência pessoal Formação de poupança e opções de investimento Instituto Nacional de Tecnologia 11/março/2015 As opiniões e conclusões externadas nesta apresentação são de inteira

Leia mais

AULA 04. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo III

AULA 04. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo III AULA 04 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional Subsistema Operativo III SCTVM As sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários (SCTVM) são pessoas jurídicas auxiliares do Sistema Financeiro

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 Subordinada à Resolução CMN nº 3.792 de 24/09/09 1- INTRODUÇÃO Esta política tem como objetivo estabelecer as diretrizes a serem observadas na aplicação dos recursos

Leia mais

Renda Fixa Debêntures. Renda Fixa. Debênture

Renda Fixa Debêntures. Renda Fixa. Debênture Renda Fixa Debênture O produto A debênture é um investimento em renda fixa. Trata-se de um título de dívida que gera um direito de crédito ao investidor. Ou seja, o mesmo terá direito a receber uma remuneração

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Introdução ao texto narrativo: ação, personagens, espaço e tempo Introdução ao texto narrativo: narrador e modalidades do discurso A Vida Mágica da Sementinha:

Leia mais

EDITAL OUT/2012. 1. ATUALIDADES DO MERCADO FINANCEIRO: Sistema financeiro nacional. Dinâmica do mercado. Mercado bancário. -AGENOR

EDITAL OUT/2012. 1. ATUALIDADES DO MERCADO FINANCEIRO: Sistema financeiro nacional. Dinâmica do mercado. Mercado bancário. -AGENOR Agenor Trindade EDITAL OUT/2012 1. ATUALIDADES DO MERCADO FINANCEIRO: Sistema financeiro nacional. Dinâmica do mercado. Mercado bancário. -AGENOR SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL 2009 DECISÃO CONJUNTA BACEN

Leia mais

Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal 1 de 32

Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal 1 de 32 Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal 1 de 32 Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal após a Lei 11638/07 Quando informado o registro: as instituições sujeitas

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA LOGOTIPO MACMILLAN BRASIL Utilização colorido; preto/branco e negativo Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA CRIXÁS-GO CNPJ: 25.043.803/0001-54 Renovação,Trabalho e Ética A N E XO III PROGRAMA DE CONCURSO Nº 001/2014:

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA CRIXÁS-GO CNPJ: 25.043.803/0001-54 Renovação,Trabalho e Ética A N E XO III PROGRAMA DE CONCURSO Nº 001/2014: A N E XO III PROGRAMA DE CONCURSO Nº 001/2014: CARGO: AGENTE LEGISLATIVO Número de Vagas:... 01 Vaga para Deficiente:... - Carga Horária:... 40 horas semanais Vencimento base:... R$ 1.448,00 Requisitos

Leia mais

3 Administração de Materiais

3 Administração de Materiais 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais