A ATUAÇÃO DO BRASIL NA MISSÃO DE PAZ NO TIMOR LESTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A ATUAÇÃO DO BRASIL NA MISSÃO DE PAZ NO TIMOR LESTE"

Transcrição

1 1º Ten Al BERNARDINO GOMES JÚNIOR A ATUAÇÃO DO BRASIL NA MISSÃO DE PAZ NO TIMOR LESTE RIO DE JANEIRO 2008

2 G633a Gomes Júnior, Bernardino. A atuação do Brasil na missão de paz no Timor Leste /. - Bernardino Gomes Junior. / - Rio de Janeiro, f. ; 30 cm. Orientador: Sabrina Evangelista Medeiros Trabalho de Conclusão de Curso (especialização) Escola de Saúde do Exército, Programa de Pós-Graduação em Aplicações

3 RESUMO A Organização das Nações Unidas ONU, foi criada após a II Guerra Mundial e dentre outras características, legitima a atuação de forças militares multinacionais na solução pacífica ou não das crises e conflitos. Um dos métodos utilizados pela ONU é a Operações de Paz, que têm por objetivo a reconstrução política e institucional do Estado, visando ao bem-estar da população em questão. O Brasil, em virtude da globalização, vem manifestando sua pretensão de assumir uma posição de destaque dentro do cenário internacional. Desta forma, o país vem de uma maneira crescente participando das atividades da ONU, inclusive das Missões de paz. Dentre as várias Operações em que o Brasil já participou, uma que faz parte da história recente foi a ocorrida no Timor Leste, de 1999 a Tanto o Brasil quanto o Timor lucraram muito com esta Missão ocorrida no continente Asiático. Para o Brasil, além de treinar seus militares e suas táticas operacionais, destacou-se ainda mais no cenário internacional e se aproximou, com certeza, de um dos seus maiores objetivos: conquistar um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU. As vantagens não foram apenas para o Brasil, mas principalmente para o Timor Leste, que viveu momentos difíceis após declarar sua independência. A ONU colocou vários militares, de diversas nacionalidades para uma Missão, que no início foi do tipo de Imposição e em seguida, de Manutenção da paz. Os militares que atuaram nesta Missão de Paz participaram desde a segurança de autoridades a reconstrução de escolas na região. Em 2005, tendo as autoridades locais, juntamente com a ONU organizado a administração local, finalizou-se a Missão de Paz no Timor Leste. Palavras-chave: Missão de Paz. Timor Leste

4 ABSTRACT The United Nations Organization - UN, was created after the second World War and between several characteristics, approve the actuation of multinational military forces in the pacific or non-pacific solution of crises and conflicts. One of the methods used by the United Nations is the Peace Operations, that objects the politics and institucional reconstruction of the State, looking for the well-state of the population. The Brazil, because of the Globalization, has showing his wish of getting un important position in the international scenery. This way, the country comes in an ascendent form participating of the United Nations `s activities, including the Peace Missions. Between the many Opeations that Brazil has participated, one very recent was the occurred in East Timor, from 1999 to Fot Brazil and for East Timor this mission was good and brought gain. For Brazil, beyond training its militaries and its operational thatics, had a bigger notability in the international scenery and became closer, for sure, of one of yours biggers objectivies: conquer a permanent seat in the Security Council of the United Nations. The advantages was not only for Brazil, but principaly for East Timor, that passed for dificulties moments after declaring the independence. The United Nations placed several militaries, from different nationalities for a Mission, that in the beggining was a Peace-enforcement Mission and in a second moment, was a Peacekeeping Mission. The militaries that actuated in this Peace Mission participated from the authorities security to reconstruction of schools in the region. In 2005, having the local authorities, joined to the United Nations, organized the local administration, had the end the Peace Mission in East Timor. Key-words: Peace Mission. East Timor

5 1 INTRODUÇÃO As operações de paz são instrumentos de administração, por terceiros, de conflitos entre Estados ou territórios de determinado Estado, por meio da intervenção internacional voluntária e organizada, preferencialmente, de caráter multinacional. As operações de paz não devem substituir a negociação, nem os esforços voltados à promoção da paz, para os quais poderá até contribuir, já que têm como propósito favorecer o desenvolvimento de entendimentos negociados para a solução ou superação de conflitos (NASCIMENTO, 2007) As Operações de Manutenção da Paz OMP são os instrumentos criados pela Organização das Nações Unidas ONU, para atuar no campo da paz e da segurança internacionais. As missões criadas pela ONU foram se consolidando gradualmente como uma das técnicas de gerenciamento de conflitos de maior aceitabilidade internacional para fazer prevalecer a paz e os meios pacíficos de solução das controvérsias, sobretudo após o término da Guerra Fria. A ONU tem atuado como um fórum intergovernamental de mediação, negociação ou intervenção em crises. Nestas situações, sua presença se nota na atuação de um de seus mais influentes e importantes órgãos constitutivos que é o Conselho de Segurança das Nações Unidas CSNU. (BEIRÃO, 2008) A participação do Brasil nas Operações de Paz contribui para manutenção da paz e da segurança internacionais, e, além disto, assegura a inserção do país no cenário internacional, conforme prevê a Política de Defesa Nacional (PDN). Desta forma, o Brasil busca além do foco do país num contexto mundial, uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU. (NASCIMENTO, 2007) Dentre as várias Missões de Paz de que o Brasil participou, está a realizada no Timor Leste (UNTAET), país localizado no continente Asiático, a noroeste da Austrália e que, graças a atuação desta missão de paz desde 1999, em 2002 conseguiu declarar sua independência da Indonésia. Assim, o Timor Leste é o país de número 190 a integrar a ONU, sendo a nação mais jovem a compô-la. O estabelecimento da missão em 25 de outubro de 1999, teve o objetivo de administrar o território e exercer a autoridade executiva e legislativa durante o período de transição e proporcionar capacitação para sua própria gestão governamental. O Exército Brasileiro participou de todos os contingentes desta missão de paz no Timor Leste. O Brasil foi o País com o maior número de militares nesta nação e o único a aumentar seu efetivo, tendo saído em 2005, por ocasião de seu encerramento.

6 O Brasil enviou várias tropas em períodos diferentes para atuar principalmente na área de segurança pública. Contudo, não foram deslocados para este país apenas militares responsáveis por prover segurança. Profissionais de Saúde também participaram da missão durante todo o tempo. Médicos e dentistas integraram este contingente e se revezaram na missão de levar saúde aos timorenses. Estes profissionais se imbuíram da missão de amenizar o sofrimento daquele povo, abriram mão de permanecerem em suas vidas cotidianas e abraçaram a causa a que se propuseram. O objetivo desta revisão é de analisar a participação dos militares e civis brasileiros nesta missão de paz, inclusive as implicações que podem advir desta participação.

INTRODUÇÃO. Prezados Delegados,

INTRODUÇÃO. Prezados Delegados, 0 INTRODUÇÃO Prezados Delegados, Este material auxiliar servirá de auxílio no estudo para a simulação do comitê, funcionando como um pontapé inicial nas pesquisas complementares ao Guia de Estudos que

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA MANUAL DE OPERAÇÕES DE PAZ

MINISTÉRIO DA DEFESA MANUAL DE OPERAÇÕES DE PAZ MINISTÉRIO DA DEFESA MD34-M-02 MANUAL DE OPERAÇÕES DE PAZ 2013 MINISTÉRIO DA DEFESA ESTADO-MAIOR CONJUNTO DAS FORÇAS ARMADAS MANUAL DE OPERAÇÕES DE PAZ 3 a Edição 2013 MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO

Leia mais

Projeto de Simulação do Conselho de Segurança das Nações Unidas - SIMULREL

Projeto de Simulação do Conselho de Segurança das Nações Unidas - SIMULREL Projeto de Simulação do Conselho de Segurança das Nações Unidas - SIMULREL Idealizador: Curso de Relações Internacionais Centro Universitário de Brasília UNICEUB Responsável: Fernando Paiva Monitor do

Leia mais

O Continente Africano e suas Dinâmicas de Segurança: Reflexos para o Brasil. Prof. Pio Penna Filho Universidade de Brasília

O Continente Africano e suas Dinâmicas de Segurança: Reflexos para o Brasil. Prof. Pio Penna Filho Universidade de Brasília O Continente Africano e suas Dinâmicas de Segurança: Reflexos para o Brasil Prof. Pio Penna Filho Universidade de Brasília Apresentação 1) Caracterização geral do Continente africano; 2) Dinâmicas de Insegurança

Leia mais

Projetos e ações da IASLl International Association of School Librarianship Associação Internacional de Bibliotecas Escolares

Projetos e ações da IASLl International Association of School Librarianship Associação Internacional de Bibliotecas Escolares Projetos e ações da IASLl International Association of School Librarianship Associação Internacional de Bibliotecas Escolares Katharina B.L. Berg BIbliotecária Diretora Regional da IASL para América Latina

Leia mais

O ÊXODO RURAL E A BUSCA PELA EDUCAÇÃO DENTRO DA EEEFM HONÓRIO FRAGA.

O ÊXODO RURAL E A BUSCA PELA EDUCAÇÃO DENTRO DA EEEFM HONÓRIO FRAGA. O ÊXODO RURAL E A BUSCA PELA EDUCAÇÃO DENTRO DA EEEFM HONÓRIO FRAGA. TORREZANI, Samuel Paulo 1 PAZINATO, Mateus Francisco 2 TRINDADE, Flavio Hubner 3 NEVES, Bianca Pereira das 4 RESUMO: O presente trabalho

Leia mais

Actas. OBSERVARE 1 st International Conference. I Congresso Internacional do OBSERVARE. 16-17 - 18 November, 2011. 16-17 - 18 Novembro, 2011

Actas. OBSERVARE 1 st International Conference. I Congresso Internacional do OBSERVARE. 16-17 - 18 November, 2011. 16-17 - 18 Novembro, 2011 OBSERVARE 1 st International Conference 16-17 - 18 November, 2011 I Congresso Internacional do OBSERVARE 16-17 - 18 Novembro, 2011 Actas Universidade Autónoma de Lisboa Fundação Calouste Gulbenkian http://observare.ual.pt/conference

Leia mais

estratégicos e de segurança na África Subsariana e no Atlântico Sul As respostas adequadas e o papel das Tropas Comandos

estratégicos e de segurança na África Subsariana e no Atlântico Sul As respostas adequadas e o papel das Tropas Comandos INTERVENÇÃO DE SEXA O GENERAL CEMGFA Por ocasião do 40º Aniversário da Associação de Comandos durante o encerramento do Seminário subordinado ao tema: Os novos desafios estratégicos e de segurança na África

Leia mais

O papel do internacionalista frente ao comércio exterior brasileiro

O papel do internacionalista frente ao comércio exterior brasileiro O papel do internacionalista frente ao comércio exterior brasileiro Camila Nogueira 1 Camila Texeira Introdução Com o fim da guerra fria o mundo veio a passar por uma série de mudanças no sistema internacional,

Leia mais

Apresentação Intercultura. Introdução Missão História da Organização Estrutura da Organização Programas da Intercultura

Apresentação Intercultura. Introdução Missão História da Organização Estrutura da Organização Programas da Intercultura Apresentação Intercultura Introdução Missão História da Organização Estrutura da Organização Programas da Intercultura Introdução A Intercultura é uma Associação de Juventude e de Voluntariado; É uma organização

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES

Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Programa: 2007 janeiro-2007 a janeiro-2007 90 80 70 60 50 40 30 20 10 Programa: 2006 janeiro-2006 a dezembro-2006 90 80 70 60 50 40 30 20 10 TIMOR LESTE Programa: 2005 janeiro-2005 a dezembro-2005 90 80

Leia mais

A Nova Guerra: uma introdução 1

A Nova Guerra: uma introdução 1 A Nova Guerra: uma introdução 1 The New War: an introduction Luiz Felipe Machado Villanova 2 Resumo: o presente texto tem como fim introduzir o leitor ao conceito de guerra revisto por Antonio Negri e

Leia mais

Eleições e Desigualdades de Gênero: Participação feminina e representação no legislativo brasileiro

Eleições e Desigualdades de Gênero: Participação feminina e representação no legislativo brasileiro Eleições e Desigualdades de Gênero: Participação feminina e representação no legislativo brasileiro Josimar Gonçalves da Silva Universidade de Brasília (UnB) Resumo: A discussão da representação das mulheres

Leia mais

As Nações Unidas em Timor-Leste: Construir que paz? Maria Raquel Freire 1. Introdução

As Nações Unidas em Timor-Leste: Construir que paz? Maria Raquel Freire 1. Introdução 14 As Nações Unidas em Timor-Leste: Construir que paz? Maria Raquel Freire 1 Introdução Este texto analisa o papel da Organização das Nações Unidas (ONU) no processo de construção da paz em Timor-Leste,

Leia mais

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ. EUA acusam Rússia de escalar crise na Síria SEMANA 29 SETEMBRO A 05 DE OUTUBRO

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ. EUA acusam Rússia de escalar crise na Síria SEMANA 29 SETEMBRO A 05 DE OUTUBRO EUA acusam Rússia de escalar crise na Síria Raúl Castro pede que Obama contorne Congresso Guerra síria abre crise entre EUA e Rússia ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ Dilma anuncia meta cômoda para clima

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (do Sr. Juscelino Rezende Filho)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (do Sr. Juscelino Rezende Filho) PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (do Sr. Juscelino Rezende Filho) Institui a Política Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor Farmacêutico. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º A Política

Leia mais

A INSERÇÃO INTERNACIONAL DO BRASIL E SEUS REFLEXOS PARA A DEFESA. Juliano da Silva Cortinhas Instituto Pandiá Calógeras MD

A INSERÇÃO INTERNACIONAL DO BRASIL E SEUS REFLEXOS PARA A DEFESA. Juliano da Silva Cortinhas Instituto Pandiá Calógeras MD A INSERÇÃO INTERNACIONAL DO BRASIL E SEUS REFLEXOS PARA A DEFESA Juliano da Silva Cortinhas Instituto Pandiá Calógeras MD Palestra UFMS 05/06/2013 CONTEXTO SISTÊMICO Maior complexidade da agenda internacional

Leia mais

Carlos Frederico Pereira da Silva Gama

Carlos Frederico Pereira da Silva Gama Carlos Frederico Pereira da Silva Gama Mudanças institucionais nas atividades relativas às Operações de Manutenção da Paz do sistema ONU do pós-guerra Fria: Adaptação versus Aprendizado DISSERTAÇÃO DE

Leia mais

Na atual Polônia, como na maioria dos países europeus,

Na atual Polônia, como na maioria dos países europeus, Unidades Especializadas de Polícia do Exército Polonês General Boguslaw Pacek, Exército Polonês Na atual Polônia, como na maioria dos países europeus, não há medo de agressão armada por parte de estados

Leia mais

Revista da Ciência da Administração versão eletrônica v.3,jan.-jul. 2010 1

Revista da Ciência da Administração versão eletrônica v.3,jan.-jul. 2010 1 v. 3 jan - jul. 2010 ISSN 1982-2065 ESCOLA DE GOVERNO: PERNAMBUCO CONTRIBUÍNDO PARA O NOVO MODELO DE GESTÃO PÚBLICA Marilene Cordeiro Barbosa Borges* Faculdade de Ciências da Administração de Pernambuco

Leia mais

Prevenir, Manter e Construir a Paz: Novos Desafios à Segurança Internacional

Prevenir, Manter e Construir a Paz: Novos Desafios à Segurança Internacional Prevenir, Manter e Construir a Paz: Novos Desafios à Segurança Internacional Clóvis Brigagão Texto disponível em www.iea.usp.br/artigos As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor,

Leia mais

Estados Unidos apóiam ataque em território somali

Estados Unidos apóiam ataque em território somali Estados Unidos apóiam ataque em território somali Resenha Segurança Lígia Franco Prados Mello 06 de março de 2007 Estados Unidos apóiam ataque em território somali Resenha Segurança Lígia Franco Prados

Leia mais

China e Japão e a Segurança no Leste Asiático

China e Japão e a Segurança no Leste Asiático China e Japão e a Segurança no Leste Asiático Geraldo Lesbat Cavagnari Filho Texto disponível em www.iea.usp.br/artigos As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor, não refletindo

Leia mais

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 9º ano Apostila 1: Segunda Revolução Industrial (características); Neocolonislimo; Brasil no século XX:

Leia mais

Junto se enviam, à atenção das delegações, as conclusões adotadas pelo Conselho Europeu na reunião em epígrafe.

Junto se enviam, à atenção das delegações, as conclusões adotadas pelo Conselho Europeu na reunião em epígrafe. Conselho Europeu Bruxelas, 16 de outubro de 2015 (OR. en) EUCO 26/15 CO EUR 10 CONCL 4 NOTA DE ENVIO de: Secretariado-Geral do Conselho para: Delegações Assunto: Reunião do Conselho Europeu (15 de outubro

Leia mais

Memorando ao Presidente brasileiro por ocasião da visita de Irene Khan, Secretária-Geral da Anistia Internacional, ao Brasil

Memorando ao Presidente brasileiro por ocasião da visita de Irene Khan, Secretária-Geral da Anistia Internacional, ao Brasil Memorando ao Presidente brasileiro por ocasião da visita de Irene Khan, Secretária-Geral da Anistia Internacional, ao Brasil A missão da Anistia Internacional, liderada pela Secretária-Geral, oferece uma

Leia mais

Ano lectivo de 2009/2010

Ano lectivo de 2009/2010 Parâmetros / Instrumentos Pesos a) Atitudes e Comportamentos no espaço escolar (5) b) Cumprimento das tarefas (5) c) Capacidade de expressão oral e escrita (5) d) Trabalhos Individuais / grupo (15) e)

Leia mais

A possibilidade de participação de Observadores Militares da Organização das Nações Unidas em atividades de assistência humanitária.

A possibilidade de participação de Observadores Militares da Organização das Nações Unidas em atividades de assistência humanitária. ESCOLA DE COMANDO E ESTADO MAIOR DO EXÉRCITO ESCOLA MARECHAL CASTELLO BRANCO Ten Cel Inf RICARDO YOSHIYUKI OMAKI A possibilidade de participação de Observadores Militares da Organização das Nações Unidas

Leia mais

PROJETO PARCERIA COM A POLÍCIA

PROJETO PARCERIA COM A POLÍCIA PROJETO PARCERIA COM A POLÍCIA CAPACITAÇÃO SOBRE A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA PARA A POLÍCIA MILITAR E CIVIL 1) INTRODUÇÃO: O Ministério Público desempenha um papel fundamental quando colabora com a capacitação

Leia mais

REVISTA BRASILEIRA DE FILOSOFIA E HISTÓRIA

REVISTA BRASILEIRA DE FILOSOFIA E HISTÓRIA REVISTA BRASILEIRA DE FILOSOFIA E HISTÓRIA O serviço social no Brasil e sua evolução histórica José Ozildo dos Santos Professor, historiador, diplomado em Gestão Pública, pós-graduando em Direito. Administrativo

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 CONTEÚDO Relatório dos auditores independentes Quadro 1 - Balanço

Leia mais

PROJETO DE RELATÓRIO

PROJETO DE RELATÓRIO ACP-EU JOINT PARLIAMENTARY ASSEMBLY ASSEMBLEE PARLEMENTAIRE PARITAIRE ACP-UE Comissão dos Assuntos Políticos ACP-EU/101.753/B 19.03.2015 PROJETO DE RELATÓRIO sobre diversidade cultural e direitos humanos

Leia mais

ANÁLISE BIOMECÂNICA DO SALTO SOBRE A MESA: RELAÇÃO ENTRE O TIPO DE SALTO E SEUS PARÂMETROS CINEMÁTICOS

ANÁLISE BIOMECÂNICA DO SALTO SOBRE A MESA: RELAÇÃO ENTRE O TIPO DE SALTO E SEUS PARÂMETROS CINEMÁTICOS ANÁLISE BIOMECÂNICA DO SALTO SOBRE A MESA: RELAÇÃO ENTRE O TIPO DE SALTO E SEUS PARÂMETROS CINEMÁTICOS Márcia Francine Bento 1, Marcelo Sato Yamauchi 1, Paulo Carrara 1,3, Cindy Santiago Tupiniquim 1 e

Leia mais

???? OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA DISCIPLINA

???? OBJETIVOS GERAIS DA DISCIPLINA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA DISCIPLINA Aula 1- Auditoria Professor : Marco Fernandes Dalponte www.dalmaf.com.br Marco.fernandes@dalmaf.com.br OBJETIVOS DESTA AULA Apresentar o plano da disciplina Conhecer os principais conceitos relativos à

Leia mais

Periódicos de Relações Internacionais disponíveis em Brasília

Periódicos de Relações Internacionais disponíveis em Brasília Universidade de Brasília Instituto de Relações Internacionais Programa de Educação Tutorial - PET-REL Periódicos de Relações Internacionais disponíveis em Brasília Periódico Local* Anos disponíveis Breve

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS COMBATENTES DA BRIGADA NEGRA

ASSOCIAÇÃO DOS COMBATENTES DA BRIGADA NEGRA CARTA ABERTA AO PRIMEIRO-MINISTRO DA AUSTRÁLIA SENHOR MALCOLM BLIGH TURNBULL C/CONHECIMENTO S. E. SECRETÁRIO-GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS, SENHOR BAN KI-MOON TODOS OS DIGNOS ESTADOS MEMBROS DAS NAÇÕES UNIDAS

Leia mais

Ricardo Cabral Fernandes rcabralfernandes@gmail.com

Ricardo Cabral Fernandes rcabralfernandes@gmail.com Portugal entre a Europa e o Atlântico Ricardo Cabral Fernandes rcabralfernandes@gmail.com Lusíada. Política Internacional e Segurança, n.º 10 (2014) 55 Portugal entre a Europa e o Atlântico, pp. 55-62

Leia mais

A expansão do Cavalo Crioulo

A expansão do Cavalo Crioulo A expansão do Cavalo Crioulo The expansion of the Crioulo horse Por/Text Roberto Arruda de Souza Lima 44_Animal Business-Brasil Sumário América do Sul, em especial para o Brasil e sua rele- expansão da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso em almoço oferecido ao Secretário-

Leia mais

Disposições Preliminares do DIREITO DO IDOSO

Disposições Preliminares do DIREITO DO IDOSO Disposições Preliminares do DIREITO DO IDOSO LESSA CURSOS PREPARATÓRIOS CAPÍTULO 1 O ESTATUTO DO IDOSO O Estatuto do Idoso - Lei 10.741/2003, é o diploma legal que tutela e protege, através de um conjunto

Leia mais

UM MODELO PARA AVALIAÇÃO DE PRÉ-REQUISITOS ENTRE DISCIPLINAS DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

UM MODELO PARA AVALIAÇÃO DE PRÉ-REQUISITOS ENTRE DISCIPLINAS DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UM MODELO PARA AVALIAÇÃO DE PRÉ-REQUISITOS ENTRE DISCIPLINAS DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Julio C.B. Silva julio.barcellos@area1.br Catiane M. de Carvalho - catiane.mc@pop.com.br Carolina L. B. Cajazeira

Leia mais

Prof. Nilo Jeronimo Vieira General Coordinator. www.nrifatec.wordpress.com

Prof. Nilo Jeronimo Vieira General Coordinator. www.nrifatec.wordpress.com Prof. Nilo Jeronimo Vieira General Coordinator 1 Agradecimentos! 2 As Relações Internacionais. O profissional de Relações Internacionais. O mercado de Trabalho. As Relações Internacionais e o Ensino Superior.

Leia mais

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC Elisangela da Silva Bernado Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como

Leia mais

POTENCIAL DE INTERCÂMBIO DE ENERGIA ELÉTRICA ENTRE OS SISTEMAS ELÉTRICOS DO BRASIL E DA ARGENTINA

POTENCIAL DE INTERCÂMBIO DE ENERGIA ELÉTRICA ENTRE OS SISTEMAS ELÉTRICOS DO BRASIL E DA ARGENTINA Revista Brasileira de Energia, Vol. 17, N o. 1, 1 o Sem. 2011, pp. 73-81 73 POTENCIAL DE INTERCÂMBIO DE ENERGIA ELÉTRICA ENTRE OS SISTEMAS ELÉTRICOS DO BRASIL E DA ARGENTINA André Luiz Zanette 1 RESUMO

Leia mais

Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2)

Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2) Uma revolução cultural no mundo empresarial do Brasil! (2) José Carlos Cavalcanti Professor de Economia da UFPE, ex-secretário executivo de Tecnologia, Inovação e Ensino Superior de Pernambuco (http://jccavalcanti.wordpress.com)

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Michael Haradom - www.shalomsalampaz.org - ssp@shalomsalampaz.org tel (11) 3031.0944 - fax (11)

Leia mais

MEDIDAS DE PROTEÇÃO CONTRA DOENÇAS A SEREM ADOTADAS POR OBSERVADORES MILITARES BRASILEIROS EM MISSÕES DE PAZ NO CONTINENTE AFRICANO

MEDIDAS DE PROTEÇÃO CONTRA DOENÇAS A SEREM ADOTADAS POR OBSERVADORES MILITARES BRASILEIROS EM MISSÕES DE PAZ NO CONTINENTE AFRICANO 1º Ten Al GISELE T. RAPOSO G. SOUZA MEDIDAS DE PROTEÇÃO CONTRA DOENÇAS A SEREM ADOTADAS POR OBSERVADORES MILITARES BRASILEIROS EM MISSÕES DE PAZ NO CONTINENTE AFRICANO RIO DE JANEIRO 2008 1º TEN AL GISELE

Leia mais

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Claudio Andrés Téllez Zepeda A guerra justa como uma instituição constitutiva do internacional moderno DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Relações Internacionais

Leia mais

Se você não é parte da solução, então é parte do problema. Eldridge Cleaver

Se você não é parte da solução, então é parte do problema. Eldridge Cleaver Se você não é parte da solução, então é parte do problema. Eldridge Cleaver Cenário Atual BACIA AMAZÔNICA A Bacia Amazônica representa hoje uma das mais importantes áreas do planeta considerando questões

Leia mais

PARFOR E AS INICIATIVAS DE FORM AÇÃO DE DOCENTES NO ESTADO DE SANTA CATARINA

PARFOR E AS INICIATIVAS DE FORM AÇÃO DE DOCENTES NO ESTADO DE SANTA CATARINA PARFOR E AS INICIATIVAS DE FORM AÇÃO DE DOCENTES NO ESTADO DE SANTA CATARINA Franciela Mara Córdova Ransolin Resumo: A formação de professores é um tema relevante entre as políticas públicas posto que

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 2009

UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 2009 Recebido em: 1/3/211 Emitido parece em: 23/3/211 Artigo inédito UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 29 Leandro

Leia mais

NOTIFICAÇÃO SOBRE TARIFAS REFERENTES A SERVIÇOS DE AVIAÇÃO

NOTIFICAÇÃO SOBRE TARIFAS REFERENTES A SERVIÇOS DE AVIAÇÃO UNITED NATIONS United Nations Transitional Administration in East Timor UNTAET NOTIFICAÇÃO NATIONS UNIES Administration Transitoire des Nations Unies au Timor Oriental UNTAET/NOT/2000/13 26 de Julho de

Leia mais

ESTRATÉGIAS CORPORATIVAS COMPARADAS CMI-CEIC

ESTRATÉGIAS CORPORATIVAS COMPARADAS CMI-CEIC ESTRATÉGIAS CORPORATIVAS COMPARADAS CMI-CEIC 1 Sumário Executivo 1 - A China em África 1.1 - Comércio China África 2 - A China em Angola 2.1 - Financiamentos 2.2 - Relações Comerciais 3 - Características

Leia mais

ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR: UM ESTUDO COM OS DISCENTES DOS CURSOS DE BACHARELADO DE TURISMO BINACIONAL E HOTELARIA

ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR: UM ESTUDO COM OS DISCENTES DOS CURSOS DE BACHARELADO DE TURISMO BINACIONAL E HOTELARIA ANÁLISE DO PERFIL EMPREENDEDOR: UM ESTUDO COM OS DISCENTES DOS CURSOS DE BACHARELADO DE TURISMO BINACIONAL E HOTELARIA Carlos Frantz dos Santos Daliane Prestes Corrêa Guilherme Amaral Mateus Pinto Amaral

Leia mais

(com Volodymyr Dubovyk) (eds.), Perceptions of NATO and the New Strategic Concept, Amesterdão, IOS Press, 2011, 120 pp. (ISBN: 978-1-60750-669-0).

(com Volodymyr Dubovyk) (eds.), Perceptions of NATO and the New Strategic Concept, Amesterdão, IOS Press, 2011, 120 pp. (ISBN: 978-1-60750-669-0). Luís Nuno Rodrigues é Doutorado em História Americana pela Universidade do Wisconsin e em História Moderna e Contemporânea (especialidade História das Relações Internacionais na Época Contemporânea) pelo

Leia mais

LOGÍSTICA: história e conceitos RESUMO

LOGÍSTICA: história e conceitos RESUMO 1 LOGÍSTICA: história e conceitos Newilson Ferreira Coelho FAFIJAN Marilda da Silva Bueno FAFIJAN RESUMO Através de uma pesquisa bibliográfica, este estudo apresenta a logística, sua história e conceitos

Leia mais

A AÇÃO HUMANITÁRIA E A CONSTRUÇÃO DE ESTADOS LIBERAL- DEMOCRÁTICOS: O CASO DO TIMOR LESTE DE 1999 A 2008. Ricardo Oliveira dos Santos¹

A AÇÃO HUMANITÁRIA E A CONSTRUÇÃO DE ESTADOS LIBERAL- DEMOCRÁTICOS: O CASO DO TIMOR LESTE DE 1999 A 2008. Ricardo Oliveira dos Santos¹ A AÇÃO HUMANITÁRIA E A CONSTRUÇÃO DE ESTADOS LIBERAL- DEMOCRÁTICOS: O CASO DO TIMOR LESTE DE 1999 A 2008 Ricardo Oliveira dos Santos¹ O objetivo do trabalho é compreender as principais evoluções normativas

Leia mais

Aldeias Infantis SOS Brasil

Aldeias Infantis SOS Brasil Acolhimento Institucional Casa Lar Projeto Uma criança, um lar e a certeza do futuro. 1) Dados organizacionais 1.1. Entidade Proponente Aldeias Infantis SOS Brasil 1.2. CNPJ 35.797.364/0002-00 1.3. Endereço

Leia mais

ROAD SAFETY AND VIOLENCE IN TRANSIT AND TOLERANCE OF PAULISTA SOCIETY

ROAD SAFETY AND VIOLENCE IN TRANSIT AND TOLERANCE OF PAULISTA SOCIETY ROAD SAFETY AND VIOLENCE IN TRANSIT AND TOLERANCE OF PAULISTA SOCIETY A SEGURANÇA RODOVIÁRIA E A VIOLENCIA NO TRANSITO, A TOLERANCIA DA SOCIEDADE PAULISTA Derli Valadares da rocha PESQUISADOR SOCIAL PÓS

Leia mais

Laureate Discover Visão Geral do Projeto - Informação detalhada. Nina Myers Program Manager

Laureate Discover Visão Geral do Projeto - Informação detalhada. Nina Myers Program Manager Laureate Discover Visão Geral do Projeto - Informação detalhada Nina Myers Program Manager Que é Laureate Discover? Um repositório de recursos acadêmicos disponíveis para as instituições da rede Laureate

Leia mais

Profissionalização de Organizações Esportivas:

Profissionalização de Organizações Esportivas: Eduardo de Andrade Pizzolato Profissionalização de Organizações Esportivas: Estudo de caso do Voleibol Brasileiro Dissertação de Mestrado (Opção profissional) Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação

Leia mais

Palavras Chave: importância da amamentação, conhecimento materno.

Palavras Chave: importância da amamentação, conhecimento materno. 1 AMAMENTAÇÃO: O CONHECIMENTO MATERNO SOBRE A SUA IMPORTÂNCIA. GISELE DE AZEVEDO RIBEIRO MOÇO* CARMEN CÉLIA DE OLIVEIRA AZEVEDO MORETTO** RESUMO Trata-se de uma pesquisa descritiva com o objetivo de avaliar

Leia mais

ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO 61 Ana Caroline Veiga Universidade do Oeste Paulista, Curso de Administração, Presidente Prudente, SP. Email:

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE DEFESA

MINISTÉRIO DA DEFESA POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE DEFESA MINISTÉRIO DA DEFESA PLD POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE DEFESA 2006 MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE ENSINO, LOGÍSTICA, MOBILIZAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE DEFESA 1 a Edição 2006 MINISTÉRIO

Leia mais

Buscar em bases de artigos. Prof. Iuri Gavronski iuri@unisinos.br

Buscar em bases de artigos. Prof. Iuri Gavronski iuri@unisinos.br Buscar em bases de artigos Prof. Iuri Gavronski iuri@unisinos.br Tipos de bases All journals: Web of Knowledge Scopus (Elsevier) Google Scholar Apenas nos journals que eles publicam: Sciencedirect (Elsevier)

Leia mais

O Brasil e as Operações de Manutenção da Paz

O Brasil e as Operações de Manutenção da Paz O Brasil e as Operações de Manutenção da Paz Ulisses Lisboa Perazzo Lannes Texto disponível em www.iea.usp.br/artigos As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor, não refletindo

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMORLESTE República Democrática de TimorLeste Ministério das Finanças A d e u s C o n f l i t o, B e m v i n d o D e s e n v o l v i m e n t o Livro 4 AB Linhas de Estimativa

Leia mais

PROGRAMA: GRAVIDEZ SAUDÁVEL, PARTO HUMANIZADO

PROGRAMA: GRAVIDEZ SAUDÁVEL, PARTO HUMANIZADO PROGRAMA: GRAVIDEZ SAUDÁVEL, PARTO HUMANIZADO BOM PROGRESSO- RS 2009 PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM PROGRESSO Administração: Armindo Heinle CNPJ. 94726353/0001-17 End. Av. Castelo Branco, n 658 Centro CEP:

Leia mais

Brasil planeja envio de soldados para Força da ONU no Líbano

Brasil planeja envio de soldados para Força da ONU no Líbano Brasil planeja envio de soldados para Força da ONU no Líbano O Brasil planeja o envio de tropas do Exército para serem incorporadas à missão de paz das Nações Unidas no sul do Líbano, junto à fronteira

Leia mais

HÁ TEMPOS QUE o homem se utiliza

HÁ TEMPOS QUE o homem se utiliza A Ética das Operações Psicológicas Tenente-Coronel Clynson Silva de Oliveira, Exército Brasileiro HÁ TEMPOS QUE o homem se utiliza de artifícios para atingir o imaginário coletivo da sociedade, com o objetivo

Leia mais

A RELEVÂNCIA DO ENFERMEIRO NO CUIDADO AO PORTADOR DE FERIDAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA 1

A RELEVÂNCIA DO ENFERMEIRO NO CUIDADO AO PORTADOR DE FERIDAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA 1 A RELEVÂNCIA DO ENFERMEIRO NO CUIDADO AO PORTADOR DE FERIDAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA 1 BORDIGNON, Juliana Silveira 2 ; DONADUZZI, Daiany Saldanha da Silveira 3 ; SANTOS; Juniara Dias dos 4, FERREIRA, Emanuelli

Leia mais

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012

Ministério de Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2012 Programa 2120 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Desenvolvimento Agrário 00H1 - Pagamento de Pessoal Ativo da União Tipo: Operações Especiais Número de Ações 23 Garantir o pagamento de

Leia mais

Kosovo declara independência da Sérvia

Kosovo declara independência da Sérvia Kosovo declara independência da Sérvia Resenha Segurança Ana Caroline Medeiros Maia 24 de fevereiro de 2008 Kosovo declara independência da Sérvia Resenha Segurança Ana Caroline Medeiros Maia 24 de fevereiro

Leia mais

EFEITO RESIDUAL DA GENTAMICINA NOS TECIDOS DE FRANGOS DE CORTE APÓS A ADMINISTRAÇÃO IN OVO

EFEITO RESIDUAL DA GENTAMICINA NOS TECIDOS DE FRANGOS DE CORTE APÓS A ADMINISTRAÇÃO IN OVO 1 EFEITO RESIDUAL DA GENTAMICINA NOS TECIDOS DE FRANGOS DE CORTE APÓS A ADMINISTRAÇÃO IN OVO MAGENIS, G. B. 1 *, ARTONI, S. M. B. 2, BRAGAGLIA, G. N. 1, RIZZI, V. G. 1, ESMERINI, P. 1, TOMA, S. B. 1 1

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS DISCENTES SOBRE O DESEMPENHO DOS DOCENTES DOS CURSOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU

A PERCEPÇÃO DOS DISCENTES SOBRE O DESEMPENHO DOS DOCENTES DOS CURSOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU A PERCEPÇÃO DOS DISCENTES SOBRE O DESEMPENHO DOS DOCENTES DOS CURSOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU PERCEPTION OF STUDENTS PERFORMANCE OF TEACHERS OF SCIENCE

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental PROJETO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Leia mais

UMA VISÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

UMA VISÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL UMA VISÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL FAZER BEM, AGINDO MELHOR produto 2 coleção responsabilidade social pela ISO 26000 DESENVOLVIDO POR RSO PT, GT ISO 26000 organizações responsáveis pela conceção do produto

Leia mais

MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO

MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO República de Angola MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA, DR. PAULINO BAPTISTA, SECRETÁRIO DE ESTADO PARA A HOTELARIA DA REPÚBLICA DE ANGOLA, DURANTE A VIII REUNIÃO DE MINISTROS

Leia mais

POLÍTICA DE PESQUISA

POLÍTICA DE PESQUISA POLÍTICA DE PESQUISA Apresentação Este documento trata da política de pesquisa e de iniciação científica do UNISAL, que deve guiar toda e qualquer iniciativa de investigação e geração de conhecimento institucionais.

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL 2010/2014 RESUMO

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL 2010/2014 RESUMO PLANO DE DESENVOLVIMENTO DO APL 2010/2014 RESUMO 1. INTRODUÇÃO A indústria moveleira na região norte do Espírito Santo iniciou com o surgimento de grupos populacionais próximos da região de Colatina. Esse

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 1. Contexto Roteiro 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

AS ESTRUTURAS SOCIOECONOMICAS E DEMOGRÁFICAS DO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO-BA

AS ESTRUTURAS SOCIOECONOMICAS E DEMOGRÁFICAS DO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO-BA Evolvere Scientia, V. 3, N. 1, 2014 ARTIGO AS ESTRUTURAS SOCIOECONOMICAS E DEMOGRÁFICAS DO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO-BA Juciara Késsia Sousa Nascimento 1*, Monica Aparecida Tomé Pereira 1 e Alania Caroline

Leia mais

Abstract ACCOMPANIMENT SYSTEMATIZATION OF PATIENTS WITH INHERITED METABOLIC DISEASE BY AN NGO INSTITUTO CANGURU IN BRAZIL,.

Abstract ACCOMPANIMENT SYSTEMATIZATION OF PATIENTS WITH INHERITED METABOLIC DISEASE BY AN NGO INSTITUTO CANGURU IN BRAZIL,. SISTEMATIZAÇÃO DO ACOMPANHMENTO DE PACIENTES COM DOENÇAS METBOLICAS HEREDITARIAS POR UMA ONG INSTITUTO CANGURU NO BRASIL,. Micheletti,C. 1,2,Vertemari, T 1,2, Oliveira, R.B. 1,2, Araújo, S. 1,, Souza,

Leia mais

Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade - PGQP: análise dos indicadores de desempenho de uma indústria de plásticos

Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade - PGQP: análise dos indicadores de desempenho de uma indústria de plásticos Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade - PGQP: análise dos indicadores de desempenho de uma indústria de plásticos Berenice Santini PPGEP - CT - Universidade Federal de Santa Maria RS 509, Km 09

Leia mais

Carlos Alberto Maia Dias. Rua Pedro Álvares Cabral, Nº 3, 4º esquerdo 2685-229 Portela. Contactos Telemóvel - 917588053 E-mail - m60.dias@gmail.

Carlos Alberto Maia Dias. Rua Pedro Álvares Cabral, Nº 3, 4º esquerdo 2685-229 Portela. Contactos Telemóvel - 917588053 E-mail - m60.dias@gmail. RESUMO CURRICULAR Dados Biográficos Nome Sexo Nacionalidade Carlos Alberto Maia Dias Masculino Data de Nascimento 1946/01/10 Estado Civil Residência Casado com 2 filhos Rua Pedro Álvares Cabral, Nº 3,

Leia mais

CENTREIND CENTRO DE TREINAMENTO INDUSTRIAL

CENTREIND CENTRO DE TREINAMENTO INDUSTRIAL Programa 5S Base da implantação da qualidade total nas organizações. Introdução: É possível eliminar o desperdício (tudo que gera custo extra), em cinco fases, com base no programa 5S, surgido no Japão

Leia mais

Internacionalização de serviços: Um estudo de caso da empresa Ideológica Informática

Internacionalização de serviços: Um estudo de caso da empresa Ideológica Informática Internacionalização de serviços: Um estudo de caso da empresa Ideológica Informática Internationalization of services: A case study of the Ideológica Informática company Alexandre Kazuo Takamura, Alexander

Leia mais

Quinquagésima-quarta sessão Brazzaville, Congo, 30 de Agosto - 3 de Setembro de 2004

Quinquagésima-quarta sessão Brazzaville, Congo, 30 de Agosto - 3 de Setembro de 2004 WORLD HEALTH ORGANIZATION REGIONAL OFFICE FOR AFRICA ORGANISATION MONDIALE DE LA SANTE BUREAU REGIONAL DE L AFRIQUE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE ESCRITÓRIO REGIONAL AFRICANO COMITÉ REGIONAL AFRICANO Quinquagésima-quarta

Leia mais

GABINETE DO CONSELHEIRO SÉRGIO RICARDO DE SOUZA JUSTIFICATIVA

GABINETE DO CONSELHEIRO SÉRGIO RICARDO DE SOUZA JUSTIFICATIVA JUSTIFICATIVA O fundamento que alicerça a presente proposta é, especialmente, a necessidade premente de se garantir, através da atuação do Ministério Público brasileiro, a efetividade aos Princípios e

Leia mais

AUDITORIA GOVERNAMENTAL

AUDITORIA GOVERNAMENTAL AUDITORIA GOVERNAMENTAL 416 Dayane Cristina da Silva, Irene Caires da Silva Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, Curso de MBA Auditoria e Perícia Contábil, Presidente Prudente, SP. E- mail: irene@unoeste.br

Leia mais

LIDERANÇA SINDICAL EMPRESARIAL 1º SEMESTRE DE 2014

LIDERANÇA SINDICAL EMPRESARIAL 1º SEMESTRE DE 2014 LIDERANÇA SINDICAL EMPRESARIAL 1º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA DE ACOMPANHAMENTO E ESTUDOS INSTITUCIONAIS IV REUNIÃO DE ESTUDOS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA DE ACOMPANHAMENTO E ESTUDOS INSTITUCIONAIS IV REUNIÃO DE ESTUDOS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SECRETARIA DE ACOMPANHAMENTO E ESTUDOS INSTITUCIONAIS IV REUNIÃO DE ESTUDOS OPERAÇÕES DE PAZ Brasília Setembro de 2005 REPÚBLICA FEDERATIVA

Leia mais

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dayves Pereira Fernandes de Souza Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL COMO FERRAMENTA PARA INTRODUÇÃO DE NOVAS PRÁTICAS NA COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS RESIDENCIAIS

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL COMO FERRAMENTA PARA INTRODUÇÃO DE NOVAS PRÁTICAS NA COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS RESIDENCIAIS DIAGNÓSTICO AMBIENTAL COMO FERRAMENTA PARA INTRODUÇÃO DE NOVAS PRÁTICAS NA COLETA DE RESÍDUOS SÓLIDOS RESIDENCIAIS Lígia Maria Ribeiro Lima Universidade Estadual da Paraíba ligiauepb@gmail.com Isabel Thais

Leia mais

Cenário Atual BACIA AMAZÔNICA

Cenário Atual BACIA AMAZÔNICA Cenário Atual BACIA AMAZÔNICA A Bacia Amazônica representa hoje uma das mais importantes áreas do planeta considerando questões ligadas à biodiversidade, sustentabilidade e mudanças climáticas. Geograficamente,

Leia mais

A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS TRANSPORTES. Ana Paula Vitorino. por ocasião do

A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS TRANSPORTES. Ana Paula Vitorino. por ocasião do INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS TRANSPORTES Ana Paula Vitorino por ocasião do Workshop Livro Verde Para uma nova cultura de Mobilidade Urbana Hotel Sheraton Porto 18 de Fevereiro

Leia mais

INCLUSÃO SOCIAL NO TURISMO

INCLUSÃO SOCIAL NO TURISMO 127 INCLUSÃO SOCIAL NO TURISMO KAMIO, Lizandra 1 SASSI, Onofre Cleuber 2 Resumo: Ao acompanhar o processo de globalização, percebe-se que o turismo apresenta cada vez mais novas opções de destinos, satisfazendo

Leia mais

A Política de Segurança e Defesa Nacional Docente: Ten-General Garcia Leandro 2010/2011 2º semestre. Objectivo

A Política de Segurança e Defesa Nacional Docente: Ten-General Garcia Leandro 2010/2011 2º semestre. Objectivo A Política de Segurança e Defesa Nacional 9h 3ECTS Docente: Ten-General Garcia Leandro 2010/2011 2º semestre Objectivo O objectivo desta Cadeira é fornecer aos alunos as ferramentas conceptuais e analíticas,

Leia mais

Simulador de Redes Neurais Multiplataforma

Simulador de Redes Neurais Multiplataforma Simulador de Redes Neurais Multiplataforma Lucas Hermann Negri 1, Claudio Cesar de Sá 2, Ademir Nied 1 1 Departamento de Engenharia Elétrica Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) Joinville SC

Leia mais

Cuba rejeita categoricamente qualquer tentativa de explorar a situação dramática criada para ocupar o país e controlar o petróleo.

Cuba rejeita categoricamente qualquer tentativa de explorar a situação dramática criada para ocupar o país e controlar o petróleo. Leia abaixo a íntegra do discurso do Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, no Conselho de Dereitos Humanos da ONU, na última terça-feira (1º/3), em Genebra: A consciência humana rejeita

Leia mais