ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING (MKT) A INFLUÊNCIA DO MARKETING BOCA A BOCA NA DECISÃO DE COMPRA DOS CLIENTES DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING (MKT) A INFLUÊNCIA DO MARKETING BOCA A BOCA NA DECISÃO DE COMPRA DOS CLIENTES DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO"

Transcrição

1 ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING (MKT) A INFLUÊNCIA DO MARKETING BOCA A BOCA NA DECISÃO DE COMPRA DOS CLIENTES DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO RESUMO O marketing boca a boca define-se como a divulgação de produtos e serviços por canais interpessoais. O marketing boca a boca é uma ferramenta que utiliza as percepções dos clientes acerca do produto como forma de propaganda para outras pessoas. Esse tipo de marketing se tornou um diferencial nos dias atuais para as empresas que buscam alcançar o sucesso organizacional. Baseado em uma revisão de literatura sobre comunicação boca a boca e marketing direto, o presente artigo procura analisar a influência do marketing boca a boca na decisão de compra dos clientes de uma instituição de ensino da cidade de João Pessoa -PB. Nesse sentido foi realizada uma pesquisa exploratória com 71 clientes da organização em agosto de Os resultados evidenciaram que existe uma relação expressiva de satisfação e lealdade por parte dos consumidores em relação à organização, sendo essa uma das principais formas determinantes para a utilização do marketing boca a boca por parte dos clientes. Palavras-chave: Marketing boca a boca. Decisão de compra. Canais interpessoais. ABSTRACT The word of mouth marketing is defined as the promotion of products and services through interpersonal channels. The word of mouth marketing is a tool that uses customer perceptions about the product as a way to advertise to others. This type of marketing has become a differentiator these days for companies seeking to achieve organizational success. Based on a review of literature on word of mouth and direct marketing, it is suggested a copy in which we sought to examine the influence of word of mouth marketing in purchasing decisions of customers in an educational institution in the city of João Pessoa - PB. This direction was performed an exploratory research with 71 clients of the organization in August The results indicated that a significant relationship satisfaction and loyalty of consumers towards the organization, which is one of the main ways for determining the use of word of mouth marketing by customers. Keywords: Word of mouth marketing. Purchase decision. Interpersonal channels. 1. INTRODUÇÃO Após a realização de um estudo de caso em uma instituição de ensino médio da cidade de João Pessoa, observou-se que a empresa pesquisada pratica várias formas de divulgação de sua marca e serviço, como é o exemplo de panfletagem e propagandas veiculadas no rádio, mas a ferramenta de marketing mais destacada pela empresa é o marketing boca a boca. Partindo desse ponto, foi identificada que o marketing boca a boca parece ser a ferramenta de divulgação mais eficaz da organização, sendo inclusive citada pelo gestor como ferramenta mais importante. Portanto, este projeto se propõe a analisar é a influência do marketing boca a boca na decisão de compra dos clientes da instituição de ensino. Partindo da hipótese de que o marketing boca a boca é a principal ferramenta de marketing a influenciar a decisão de compra desse cliente.

2 Atualmente as organizações praticam diversos apelos de marketing, todos os dias nós nos deparamos com diversas propagandas, anúncios e outras ferramentas que divulgam uma enorme quantidade de produtos e serviços, muitas delas em mídias digitais. Porém, a imagem que a empresa passa aos seus clientes dos seus produtos e serviços através desses apelos, não é tão eficiente quanto a opinião da rede de amigos ou familiares a respeito desse produto ou serviço. O Marketing boca a boca constitui uma prática muito importante na divulgação e fortalecimento de uma marca em qualquer segmento. A partir dos aspectos descritos, o problema de pesquisa a ser abordado nesse trabalho será: Como o marketing boca a boca influencia no processo de decisão de compra dos clientes de uma instituição de ensino? 2. REVISÃO DE LITERATURA 2.1 Marketing Direto Marketing direto é o uso de canais diretos para chegar ao consumidor e oferecer produtos e serviços sem intermediários de marketing (KOTLER & KELLER, 2005). O marketing direto sempre foi uma ferramenta de vendas muito importante para qualquer organização, pois esse tipo de marketing faz com que os consumidores interajam diretamente com as organizações, fazendo com que ambas as partes tenham uma maior proximidade e estabeleçam um laço de maior interação. Segundo Kotler & Keller (2012), os profissionais de marketing podem usar vários canais para alcançar perspectivas individuais e clientes: mala direta, catálogos, telemarketing, TV interativa, quiosques, sites e dispositivos móveis. As diversas ferramentas de marketing direto fazem com que esse tipo de marketing cresça cada vez mais numa sociedade bem mais rigorosa e preocupada com a diversidade e qualidade de produtos e serviços. Outra forma de marketing direto que está ganhando muita força nos tempos atuais é o marketing interativo. Esse tipo de ferramenta funciona a partir da utilização dos canais eletrônicos, o que facilita a construção de uma via de diálogo entre os clientes e as organizações. Além de ser uma das principais formas de se praticar o marketing boca a boca, pois o meio eletrônico, em destaque a internet, possibilita uma interação maior com os clientes, diminuindo as distâncias e alcançando um número ainda maior de pessoas. O marketing direto possui diversos benefícios, como a diminuição dos custos associados à manutenção de instalações e a dinâmica de compra e entrega dos itens, além disso, a comunicação acontece de forma mais precisa e o retorno do cliente é mais rápido e fácil de ser percebido, tendo uma avaliação direta do resultado das ações de marketing. Porém, de acordo com Kotler & Keller (2005) existem pontos negativos nesse tipo de marketing, são eles: Irritação, Injustiça, Engodo e Fraude e Falta de privacidade Marketing Boca a Boca O termo marketing boca a boca é relativamente novo como área de estudo, mas a troca de informações e opiniões sobre produtos e serviços é algo que já existe há muito tempo. Esse tipo de ferramenta não era utilizado anteriormente com grande intensidade pelos profissionais do marketing, entretanto a partir do momento em que esses profissionais passaram a conhecer a grande força e influência desse tipo de marketing, começaram a investir nessa ferramenta. Segundo Sernovitz (2012), o marketing boca a boca é um meio de dar às pessoas um motivo para falar a respeito dos produtos e serviços de uma organização, facilitando a ocorrência dessa conversa. O marketing boca a boca é um tipo de marketing feito através dos próprios consumidores e não precisa de campanhas publicitárias gigantescas e exorbitantemente caras, já que ele funciona simplesmente na base da troca de opiniões. O marketing boca a boca diz respeito a pessoas comuns, autênticas, falando umas com as outras

3 consumidor para consumidor (consumer to consumer C2C) em vez de os profissionais de marketing fazerem o discurso. No caso do colégio existe a interação de aluno para aluno, ou de várias outras figuras participantes do processo de compra com o estudante que podem influenciar a decisão de compra do consumidor. Atualmente o marketing boca a boca é ainda mais forte do que em épocas passadas. A utilização em massa da internet por toda a população mundial faz com que a prática desse tipo de marketing se torne mais corriqueira e seja ainda mais influente na decisão de compra do consumidor. De acordo com Caro, Mazzon, Caemmerer e Weslling (2011, pag. 569) A internet tem provocado grandes alterações na forma como as pessoas se comunicam, trabalham, conduzem pesquisas e se informam, e está começando a alterar a forma como elas compram. Os blogs, espaços nos sites das empresas para reclamações e sugestões, além de outras ferramentas que dão a possibilidade de participação dos clientes no processo de escolha do produto ou serviço, aumentam cada vez mais a força do boca a boca e fazem com que esse tipo de marketing seja um grande influenciador na tomada de decisão dos clientes. O marketing boca a boca é uma ferramenta fascinante pela sua eficácia e pelos custos que ela consegue cortar relacionados à propaganda e a outros esforços de marketing. Além disso, essa ferramenta pode ser utilizada para beneficiar qualquer tipo de organização. De acordo com Carvalho (2003), os comentários a respeito de uma empresa são a dinâmica do marketing boca a boca. Administrá-lo, controlá-lo e direcioná-lo são tarefas que todas as empresas devem se preocupar em realizar. O marketing boca a boca é bastante democrático, pois ele consegue abarcar qualquer tipo de negócio e qualquer tipo de empresa, podemos perceber isso quando Sernovitiz (2012) diz que o marketing boca a boca é uma ferramenta que funciona para negócios de qualquer tamanho, pois não é necessário que existam grandes estruturas ou inovações tecnológicas, na verdade a empresa precisa apenas gerar assunto sobre seus produtos. Muitos gestores pensam que o marketing boca a boca surge e se desenvolve por acaso. E isso ocorre diversas vezes. Porém, os profissionais de marketing devem estar preparados para usar esse tipo de marketing a favor da organização não por acaso, mas a partir de métodos e procedimentos. Segundo Sernovitz (2012) para que o marketing boca a boca se espalhe é preciso que cinco elementos básicos estejam funcionando: Divulgadores, Temas, Ferramentas, Participação e Acompanhamento. Ainda de acordo com Sernovitz (2012, pag. 17) O marketing boca a boca é mais do que apenas marketing. Ele consiste em fazer com que valha a pena falar sobre os seus produtos e a sua empresa. Para o autor, o boca a boca evoluiu deixando de ser incidental para tornar-se acionável. Um ponto que merece atenção especial dos gestores no que diz respeito ao marketing boca a boca é a influência que ele vai exercer no consumidor. Esse tipo de marketing traz diversos benefícios para a organização, mas da mesma forma que o marketing boca a boca beneficia a empresa, ele também pode prejudicar, no caso de haver pontos negativos que transpareçam para o consumidor pode acontecer o marketing boca a boca com sentido inverso, o de danificar a imagem da empresa. Pode-se afirmar que o marketing boca a boca positivo só vai acontecer se a organização que o está praticando tiver bons produtos ou serviços. Um fator muito importante no marketing boca a boca é a veracidade das informações repassadas para os consumidores. Não adianta que as organizações paguem para que as pessoas falem bem de seus produtos, pois tal decisão pode afetar a confiabilidade dos consumidores em relação à empresa. Segundo Bentivegna (2002, pag.80), os canais interpessoais implicam contato pessoal entre duas ou mais pessoas, nenhuma das quais apresentando um interesse comercial direto na troca de informações. Acontece que o marketing boca a boca é um tipo de marketing que está diretamente ligado à credibilidade das

4 informações repassadas. Em um bom marketing boca a boca é necessário que os clientes falem bem, mas que falem por livre e espontânea vontade, sem que haja nenhum tipo de manipulação por parte da organização. 2.3 Decisão de compra do consumidor Ao comprar um produto ou serviço o cliente pensa em inúmeros fatores que o auxiliaram nessa escolha. Para os profissionais de marketing é de vital importância que estes conheçam como o consumidor se comporta no momento da escolha por um produto ou serviço. De acordo com Mazzei, apud Solomon, (2010), o comportamento do consumidor representa o estudo dos processos envolvidos quando indivíduos ou grupos selecionam, compram, usam ou dispõem de produtos, serviços e ideias ou experiências para satisfazer necessidades e desejos. Entender como as pessoas se comportam no momento em que estão fazendo suas compras ou em momentos que antecipam essa decisão é um grande desafio para os profissionais de marketing e também é uma grande arma para que estes profissionais consigam fazer campanhas de marketing condizentes com o que os consumidores esperam daquele produto ou serviço. Muitas são as variáveis que influenciam a decisão do cliente. De acordo com Kotler & Keller (2005, pag. 172), O comportamento de compra do consumidor é influenciado por fatores culturais, sociais, pessoais e psicológicos. A decisão de compra do consumidor é algo bastante complexo e possui muitas variáveis, mas tal ferramenta de marketing é algo necessário para fazer a organização aumentar o número de vendas dos produtos e serviços oferecidos pelas organizações. Além de entender como a mente do consumidor, a forma como ele vive, ou até de que forma ele aprendeu com experiências passadas influencia no comportamento de compra, outro fator que faz com que a decisão de compra do consumidor seja um conceito muito complicado é a importância que os grupos de clientes dão a grande gama de produtos e serviços oferecidos à população. De acordo com Mazzei (2012) é muito difícil saber o que motiva as pessoas a comprarem, pode ser uma necessidade simples ou uma necessidade mais complexa. Uma compra complexa como um imóvel requer maior envolvimento do comprador, enquanto uma compra habitual como um pacote de arroz não implica em muito envolvimento. No mercado de ensino, assim como em todas as áreas se torna muito importante conhecer o cliente e de que forma influenciá-lo a comprar o produto que está sendo oferecido. Não basta ter bons produtos ou uma boa reputação se a empresa não consegue atender àquilo que o consumidor espera, ou seja, é necessário entender os fatores de influência na compra para poder utilizá-los da melhor maneira. 2.4 A influência do marketing boca a boca no processo de decisão de compra Como dito anteriormente, são muitos os fatores que influenciam no processo de decisão de compra do consumidor. Muitas vezes é difícil saber, de fato, o que leva alguém a comprar um determinado produto ou serviço. Atualmente somos bombardeados com propagandas, anúncios, s e outros esforços de marketing para sermos influenciados/motivados a comprar aquilo que é ofertado. Apesar de todas as práticas realizadas pelos profissionais de marketing, um grande influenciador, ou talvez o maior, é a opinião de um amigo, familiar ou até mesmo um desconhecido sobre aquele produto ou serviço. O marketing boca a boca está interligado aos fatores sociais na decisão de compra de um consumidor. Os grupos de referência, como artistas, esportistas ou outros; os familiares, como pai e mãe; os amigos e outras classes de

5 pessoas que estão próximas aos clientes exercem uma grande influência na decisão de compra desse cliente. São estes grupos de pessoas que estão ao redor do consumidor e que o influenciam no momento de escolha de algum produto ou serviço. Atualmente o boca a boca está tomando proporções gigantescas, as mídias digitais estão interligando todo o planeta. Então qualquer opinião sobre um determinado serviço ou produto que é postada em algum blog pode ser um fator de influência no momento de compra do consumidor. Segundo Sernovitz (2012), uma grande quantidade de comentários escritos pelo pequeno consumidor, não editados, obtém uma exposição muito maior do que qualquer menção da mídia tradicional jamais conseguirá. Outro ponto de destaque sobre a influência do boca a boca no processo de decisão de compra é por quem é feito esse marketing. Hoje em dia, as pessoas querem opiniões não apenas de especialistas, mas de pessoas como elas, que passam a representar o grupo de referência desse consumidor. Para Sernovitz (2012), o marketing boca a boca só funciona se a empresa tiver bons produtos e serviços. Não adianta ter o melhor marketing boca a boca ou utilizar as práticas mais atuais de marketing se o produto ou serviço oferecido não possui qualidade, pois a empresa perde em credibilidade quando o cliente sente que está sendo manipulado ou enganado de alguma forma principalmente se, após a compra, ele se decepcionar com o produto. Através do marketing boca a boca as pessoas falam cada vez mais das empresas e essas conversas não são apenas sobre boas características da empresa, mas também podem ser sobre os pontos fracos da organização. Essa ferramenta é muito poderosa, ela pode atrair clientes ou afastá-los muito rapidamente. Pois como afirmam Kotler & Keller, escutar os consumidores é crucial para a gestão do relacionamento com o cliente, e o boca a boca pode ser essa ponte para criar um relacionamento com os clientes, já que são suas opiniões que formam a essência dessa ferramenta. Dentro da seara de instituições de ensino o marketing boca a boca não é diferente do praticado em outras áreas. Os clientes de escolas são influenciados por vários fatores como o preço ou a fama da marca, mas a opinião de colegas ou familiares é muito importante. Além disso, o público alvo de colégios é formado por uma população jovem que está conectada através da rede mundial de computadores. Ou seja, os consumidores desse serviço específico sofrem influencia tanto do boca a boca pessoal (ao vivo), quanto do boca a boca digital. Os fatores sociais, como a opinião de familiares ou amigos, por exemplo, vai ser muito importante na decisão de compra do serviço de ensino. 3 METODOLOGIA O processo de levantamento de informações pelo qual passou o estudo de caso que originou o presente artigo e os demais pontos levantados posteriormente é definido como a metodologia a ser adotada neste estudo. Com base nos parâmetros encontrados na literatura, nossa pesquisa é, quanto a sua natureza, uma pesquisa aplicada, que parte das características levantadas na empresa estudada e procura soluções para os problemas nela encontrados. O presente estudo é uma pesquisa aplicada de abordagem quali-quantitativa e caráter descritivo. O levantamento dos dados foi feito através de pesquisa bibliográfica e do estudo de caso realizado numa instituição do ensino médio da cidade de João Pessoa. Por ser resultado de um estudo de caso, a presente pesquisa segue o método indutivo, baseado na observação dos aspectos da organização para, a partir disto, responder a questão problema levantada. As estratégias de coleta de dados utilizadas partiram da amostra não probabilística intencional, que é a instituição de ensino médio de João Pessoa. Os dados foram coletados através da observação, de entrevista estruturada e do questionário com perguntas fechadas e de aplicação direta. A amostra de pesquisa será de 71 alunos em uma população de 200 alunos.

6 4 RESULTADOS Para responder ao questionamento levantado na problemática do presente artigo fez-se uso do questionário como instrumento de coleta de dados que permitiu obter as respostas e a atingir os objetivos da pesquisa. O questionário utilizado neste artigo foi o de múltipla escolha, onde os pesquisados responderam as questões marcando apenas uma alternativa por questão. Se encontra disponível no anexo 1, contendo doze questões. Essas foram elaboradas com o intuito de responder a questão problema da pesquisa e demonstrar se o marketing boca a boca é ou não um grande influenciador na decisão de compra dos clientes do colégio pesquisado O questionário foi aplicado a setenta e um alunos do colégio, que receberam instruções de marcar um dos itens que representa a sua opinião em relação a cada questão. Os respondentes tinham idade entre 15 e 27 anos, sendo 50,7% do sexo masculino e 49,3% do sexo feminino, 18,3% dos respondentes eram alunos do 3º ano, 16,9% eram do 2º ano, 4,2% eram do 1º ano e 60,6% eram do cursinho pré-vestibular. Os alunos pesquisados residem nos mais variados bairros da grande João Pessoa e também de outras cidades próximas à capital. Para analisar os dados obtidos, os questionários dividiram os respondentes em quatro grupos: alunos do 1º ano, alunos do 2º ano, alunos do 3º ano e alunos do cursinho prévestibular. As respostas obtidas serão dividas nos gráficos a seguir respeitando a divisão descrita anteriormente e vão demonstrar as ideias dos respondentes sobre cada pergunta. Meio que ficou conhecendo o colégio 120% 100% 80% 60% 40% 20% 0% Amigos Panfletos Outdoors Familiares Rádio Outros Gráfico 1 - questão 1: Meio que ficou conhecendo o colégio Fonte: Pesquisa própria, º Ano 2º Ano 3º Ano Cursinho Nesse primeiro gráfico está representado o percentual das respostas dadas pelos alunos à questão 1: Através de que meio você ficou conhecendo o colégio? Percebe-se de acordo com o gráfico que a forma mais comum de conhecer o colégio pesquisado para os alunos do 1º ano é através da família (100%); para os alunos do 2º ano está entre os familiares e os outdoors (33%); para os alunos do 3º ano são os familiares (46%); e para os estudantes do cursinho são os amigos (53%) que divulgam mais o nome da instituição. Os outros meios que apareceram como respostas foram: localização e internet. Os grupos de referência exercem influência sobre a decisão de compra do consumidor, especialmente os grupos de afinidade. Tal afirmação pode ser percebida quando Kotler & Keller (2005) diz que os grupos de referência são aqueles que exercem alguma influência direta ou indireta sobre as atitudes ou comportamentos de uma pessoa e que os grupos de afinidade são aqueles onde se interage de maneira informal e contínua, aumentando a troca de informações e opiniões no grupo. Através dos dados podemos inferir que o grande divulgador do colégio para os alunos foram seus pais. Tal fato pode ser explicado pela dependência monetária dos estudantes em

7 relação aos pais, isso faz com que o responsável (pai, mãe, avó, etc.) se sinta na obrigação de procurar o estabelecimento de ensino mais adequado para o dependente, isso no caso dos alunos do 1º ao 3º ano. Já os alunos do cursinho têm como maior influência o grupo de amigos. Tais variáveis fazem parte dos grupos de referência e é comum que se escute aqueles com quem mais se convive. No segundo momento, observou-se as respostas dadas pelos alunos às questões sobre as informações que eles receberam do colégio e se os alunos fazem comentários sobre a instituição. Para a primeira pergunta a grande maioria dos alunos, de todas as séries, responderam que as informações sobre a escola que eles recebiam eram positivas. E quando perguntados se eles fazem ou não comentários sobre o colégio, mais uma vez a grande maioria dos alunos responde que sim. A partir de uma avaliação positiva e de comentários dos usuários sobre o produto ou serviço, a organização pode alcançar um grande número de vendas e trazer ainda mais clientes para o estabelecimento. De acordo com Sernovitz (2012) o marketing boca a boca só funciona se você tiver bons produtos. A crítica positiva ajuda a empresa a crescer e ter seu nome espalhado na boca das pessoas. A partir das respostas obtidas no gráfico pode-se inferir que existe um marketing boca a boca positivo da organização e que os clientes atuais do serviço oferecido estão dispostos a continuar e já continuam a falar do colégio. 150% 100% 50% 0% Aspectos mais enfatizados/comentados Preço Qualidade de Ensino Estrutura Ambiente Escolar Outros Gráfico 2 - questão 4: Aspectos mais enfatizados nos comentários Fonte: Pesquisa própria, º Ano 2º Ano 3º Ano Cursinho No gráfico acima, identificou-se as repostas dos alunos acerca do aspecto mais enfatizado nos comentários feitos sobre a instituição. Pode-se ver que independente da série que se está cursando, os estudantes, na maioria das respostas diz que a qualidade do ensino é o aspecto mais ressaltado. Outros aspectos apresentados nos questionários foram: localização e organização. A partir das respostas obtidas percebe-se que o diferencial apresentado pelo colégio na prestação do serviço é a qualidade de ensino.

8 80% 60% 40% 20% 0% Canal de comunicação mais utilizado para opinar sobre a compra ou uso de um produto ou serviço Redes Sociais s Comentários ao vivo Cartas Espaços para Sugestões e Reclamações 1º Ano 2º Ano 3º Ano Cursinho Gráfico 3 Questão 5: Canal de comunicação mais utilizado para opinar sobre a compra ou o uso de um produto ou serviço Fonte: Pesquisa própria, O gráfico acima mostra que a maioria dos alunos de todas as séries utilizam as redes sociais como principal meio de divulgação da informação sobre produtos ou serviços, o segundo meio mais utilizado são os comentários ao vivo, enquanto as outras formas não possuem tanta força. De acordo com Bentivegna (2002) a internet desenvolve um terceiro tipo de canal de comunicação que permite a velocidade dos canais de mídia de massa e a interação de milhões de consumidores. De acordo com o que foi observado, por se tratar de um ambiente com um número muito grande de jovens e que foram criados na era digital, existe a tendência de que os alunos utilizem a internet e principalmente as redes sociais como forma de espalhar a informação. Sobre o colégio, quando os estudantes foram perguntados se têm liberdade de tecer comentários e se esses comentários são bem recebidos, a grande maioria, de todos os grupos abordados responde que sim. É importante que as pessoas falem sobre os produtos ou serviços consumidos, a partir dos comentários e opiniões emitidas é que surge o marketing boca a boca. De acordo com Sernovitz (2012) é importante que as pessoas estejam falando da sua organização para que os outros conheçam quem você é no mercado. Da mesma forma como foi inferido nas questões 2 e 3, pode-se dizer que já existe um boca a boca acerca da organização pesquisada e que as informações referentes ao serviço oferecido são trocadas com os mais diferentes grupos. Os alunos do 1º ano e do 3º ano conversam sobre os acontecimentos do colégio de forma igualitária entre os pais, amigos e colegas de classe; os alunos do 2º ano e do cursinho preferem conversar sobre os acontecimentos do colégio com os amigos. Quando os alunos querem conversar sobre os acontecimentos com outras pessoas, os escolhidos são os irmãos. Quando questionados sobre a facilidade que os alunos têm de expressar a opinião deles sobre o colégio, para os alunos do 1º ano o percentual de facilidade em expressar a opinião sobre o colégio é igual entre colegas de classe (33,3%), amigos fora do colégio (33,3%) e familiares (33,3%). Já para os alunos do 2º ano, 3º ano e cursinho o grupo colegas de classe é o que mais aparece nas respostas. O grupo colegas de classe representa as pessoas mais próximas da realidade da instituição e isso ocasiona um entendimento maior no assunto entre as duas partes. Isso explica o provável por que do resultado obtido. Assim percebe-se que o grupo de afinidade mais uma vez estabelece laços muito fortes de mútua influência. Quando questionados sobre quem decidiu pela matrícula no colégio, no 1º ano em 66,6% dos casos a matrícula foi decidida pela mãe; no 2º ano houve igualdade entre o percentual da escolha feita pelo próprio aluno e pelo pai, 33%; no 3º ano a mãe dos alunos foi quem decidiu pela matrícula na maioria dos casos, 61%; e no cursinho a opção você foi

9 maioria com 74% de escolha entre os alunos. As outras pessoas que apareceram como mentoras da decisão foram: irmão ou avós. Relacionando os resultados obtidos, podemos inferir que no caso dos alunos do cursinho, por serem mais velhos e independentes, eles mesmos escolheram pela sua própria matrícula na instituição. Enquanto que no caso das turmas anteriores a decisão é bem mais dividida por causa da idade menor e dependência maior dos pais. Tudo isso na maioria dos casos, é claro que existem exceções no questionário e no mercado de educação em geral. 120% 100% 80% 60% 40% 20% 0% O que fez você decidir em matricular-se no colégio Preço Qualidade de Ensino Estrutura Ambiente Escolar Outros Gráfico 4 Questão 11: O que fez você decidir em matricular-se no colégio Fonte: Pesquisa própria, º Ano 2º Ano 3º Ano Cursinho A questão 11 aborda o motivo que fez com que o aluo escolhesse o colégio pesquisado em detrimento dos outros. Através do gráfico percebe-se que o motivo apontado pela maioria dos alunos, de todas as turmas, como aquele que pesou mais na decisão de escolha foi a qualidade de ensino. Além dos motivos citados no gráfico acima para tomada de decisão, ainda apareceu como outro motivo a equipe de professores. Podemos inferir através do resultado obtido que o marketing boca a boca de fato influenciou a decisão de compra desses alunos, pois o motivo apontado pela maioria como motivo para a matrícula (a qualidade do ensino) é um fator que só pode ser medido por alguém que já tenha utilizado o serviço e dado uma opinião sobre ele, pois antes de se matricular no colégio, o aluno pode até conhecer a equipe de professores, mas não está apto para medir a qualidade do ensino. A última questão abordada no questionário traz a seguinte pergunta: Você indicaria o seu colégio para outras pessoas? A grande maioria das respostas foi sim. O percentual de respostas não foi muito pequeno. Através dos dados obtidos pode-se inferir que o serviço oferecido pela empresa está sendo satisfatório. Sendo assim, os clientes estão pensando em divulgar a instituição, ou pelo menos expor alguma opinião sobre o colégio. Isso já faz parte do marketing boca a boca do colégio. 6 CONCLUSÃO O marketing boca a boca é uma ferramenta de bastante destaque desde que feito por livre expressão dos clientes de determinada marca ou organização, reforçando uma confiabilidade maior no produto ou serviço em questão. Atualmente, as empresas vêm cada vez mais investindo e incentivando indiretamente essas práticas por parte dos seus consumidores fiéis, através de ferramentas de fidelização do cliente e pela qualidade do produto.

10 Este artigo visa ressaltar a importância e as vantagens do marketing boca a boca aplicado numa instituição de ensino, identificando a sua influência diretamente no sucesso da utilização desse tipo de abordagem. De acordo com os dados obtidos através dos questionários e das entrevistas estruturadas, percebe-se que os alunos da organização em questão praticam o marketing boca a boca com amigos e familiares, seus principais grupos de referência. Observou-se também que o principal aspecto que influencia a decisão de compra deste consumidor é a qualidade do ensino, fator que é difundido pelos alunos e ex-alunos do colégio. Desta forma, percebe-se que o marketing boca a boca praticado pelos clientes da organização influencia na decisão de compra dos clientes em potencial. Através do presente estudo é possível verificar a importância do marketing boca a boca para as organizações. No caso do segmento de ensino privado, investir em diferencias para o atual cliente da organização pode ser a chave para atrair mais clientes. Pois o marketing boca a boca acontecerá naturalmente se a empresa tiver um bom produto ou serviço e estimular o seu cliente a expressar sua opinião sobre a organização. REFERÊNCIAS BENTIVEGNA, Fernando Jucá. Fatores de Impacto no Sucesso do Marketing Boca a Boca On-line. RAE - Revista de Administração de Empresas, São Paulo, V. 42, n. 1, pag. 79 a 87, Jan./Mar Disponível em:< Acesso em 03/08/2013. CARO, Abrão; MAZZON, José Afonso; CAEMMERER, Barbara; WESSLING, Matthias. Inovatividade, envolvimento, atitude e experiência na adoção da compra on-line. RAE - Revista de Administração de Empresas, São Paulo, V. 51, n. 6, pag. 568 a 584, Nov./Dez Disponível em:<http://rae.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/ _ pdf> Acesso em 04/08/2013. CARVALHO, Emilia Maria de Araújo. Marketing boca a boca positivo aplicados em serviços de Buffet na cidade de Brasília. UnB Biblioteca Digital de Monografias (BDM), Brasília, pag. 1 a 31, Disponível em: <http://bdm.bce.unb.br/bitstream/10483/228/3/2003_emiliamariaaraujocarvalho.pdf> acesso em 26/07/2013. KOTLER, Philip; KELLER, Kevin L. Administração de Marketing. 12ª edição, São Paulo: Pearson, Prentice Hall, 2005, 750 p. KOTLER, Philip; KELLER, Kevin L. Marketing Management. 14ª edição, New Jersey: Pearson Education, 2012, 787 p. MAZZEI, Andréa Tôgo. A influência das ações de Responsabilidade Social Empresarial na decisão de compra dos consumidores conscientes. 28/09/2012, 76 folhas, UNB, Brasília, Disponível em: <http://bdm.bce.unb.br/bitstream/10483/4282/6/2012_andreatogomazzei.pdf> acesso em 23/07/2013. SAMPAIO, Breno; GUIMARAES, Juliana. Diferenças de eficiência entre ensino público e privado no Brasil. Econ. Apl., Ribeirão Preto, v. 13, n. 1, Mar Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=s &lan g=pt > Acesso em 28 de agosto de SERNOVITZ, Andy. Marketing boca a boca: como as empresa inteligentes levam as pessoas a falar delas; tradução: Claudia Gerpe Duarte. São Paulo : Cultrix, 2012.

11 APÊNDICES Apêndice I Questionário utilizado para a coleta de dados Caro aluno: Estamos realizando uma pesquisa que será utilizada na elaboração de um artigo como requisito de aprovação na disciplina de Práticas em Administração de Marketing no Instituto Federal da Paraíba. Para isso solicitamos sua ajuda e compreensão para responder as questões abordadas neste documento. Asseguramos que suas informações serão confidenciais, pois a identidade dos respondentes não será revelada. Suas informações são extremamente necessárias para o êxito da pesquisa. Sendo assim, agradecemos antecipadamente pela sua ajuda para a evolução do conhecimento científico em nosso país. Idade: Sexo: ( )Masculino ( )Feminino Bairro onde mora: Ano: ( )1º ( )2º ( )3º ( )Cursinho 1. Através de que meio você ficou conhecendo o colégio? ( )Amigos ( )Panfletos ( )Outdoors ( )Familiares ( )Rádio ( )Outro 2. As informações sobre o colégio eram: ( )Positivas ( )Indiferente ( )Negativas 3. Você faz comentários sobre o seu colégio ou curso para os seus amigos, familiares ou desconhecidos? ( )Sim ( )Não 4. Se a resposta anterior foi sim, qual dos aspectos abaixo é mais enfatizada nos comentários? ( )Preço ( )Qualidade de ensino ( )Estrutura ( )Ambiente escolar ( )Outros. Especifique 5. Qual o canal de comunicação que você mais utiliza para opinar sobre a compra ou o uso de um produto ou serviço? ( )Redes sociais ( ) s ( )Comentários ao vivo ( )Cartas ( )Espaços para sugestões e reclamações 6. Você sente que tem a liberdade de sugerir coisas ou expressar a sua opinião sobre o colégio? ( )Sim ( )Não 7. Se a resposta anterior foi sim, suas sugestões, opiniões ou comentários são bem recebidos? ( )Sim ( )Não 8. Com quem você mais costuma conversar sobre os acontecimentos do seu colégio? ( ) Pais ( ) Amigos ( ) Vizinhos ( ) Colegas de classe ( )Outros: 9. Você tem maior facilidade de expressar sua opinião sobre o colégio com: ( ) Colegas de classe ( ) Amigos fora do colégio ( ) Familiares ( ) Professores ( )Funcionários ( )Diretor

12 ( )Outros: 10. Quem decidiu pela sua matricula nesse colégio? ( )Você ( )Seu pai ( )Sua mãe ( )Outro.Especifique: 11. Indique o que fez você decidir em matricular-se no colégio: ( )Preço ( )Qualidade de ensino ( )Estrutura ( )Ambiente escolar ( )Outros.Especifique 12. Você indicaria o seu colégio para outras pessoas? ( )Sim ( )Não

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA João Antonio Jardim Silveira 1 Amilto Muller ¹ Luciano Fagundes da Silva ¹ Luis Rodrigo Freitas ¹ Marines Costa ¹ RESUMO O presente artigo apresenta os resultados

Leia mais

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas 1 Sumário I II V Porque monitorar? O que monitorar? Onde monitorar? Como engajar? 2 Por que Monitorar? 3 I II V Nas mídias sociais

Leia mais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais SDL Campaign Management & Analytics Introdução Prezado profissional de marketing, A ideia de

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Bruna Jheynice Silva Rodrigues 1 ; Lauriene Teixeira Santos 2 ; Augusto Chaves Martins 3 ; Afonso Régis Sabino

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

REDES DE RELACIONAMENTO: MAIS QUE UM MEIO DE CONTATO, UM LUGAR ONDE SE CONSTROEM MARCAS RESUMO. Palavras-chave: redes - público-alvo - fidelização.

REDES DE RELACIONAMENTO: MAIS QUE UM MEIO DE CONTATO, UM LUGAR ONDE SE CONSTROEM MARCAS RESUMO. Palavras-chave: redes - público-alvo - fidelização. REDES DE RELACIONAMENTO: MAIS QUE UM MEIO DE CONTATO, UM LUGAR ONDE SE CONSTROEM MARCAS Djúlia Denise Bohn 1 Lidiane Kasper 2 Alexandre Rafael Mattjie 3 RESUMO Este artigo pretende trazer uma contribuição

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SITES DE COMPRA COLETIVA, POR EMPRESAS DO RAMO ALIMENTÍCIO, COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING

UTILIZAÇÃO DE SITES DE COMPRA COLETIVA, POR EMPRESAS DO RAMO ALIMENTÍCIO, COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING UTILIZAÇÃO DE SITES DE COMPRA COLETIVA, POR EMPRESAS DO RAMO ALIMENTÍCIO, COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING Monique Michelon 1 Lorete Kossowski 2 RESUMO O empreendedorismo no Brasil vive hoje um cenário promissor,

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG.

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Bambuí/MG - 2008 A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Ana Cristina Teixeira AMARAL (1); Wemerton Luis EVANGELISTA

Leia mais

Marketing Digital. Prof. Rodrigo Mocellin. AV. Presidente Getúlio Vargas, 902 Rebouças - Curitiba, Paraná - 80230-030

Marketing Digital. Prof. Rodrigo Mocellin. AV. Presidente Getúlio Vargas, 902 Rebouças - Curitiba, Paraná - 80230-030 Marketing Digital Prof. Rodrigo Mocellin Pesquisa O objetivo maior do marketing é a identificação e satisfação das necessidades e desejos do cliente (KOTLER, 2000). Para identificar essas necessidades

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE SATISFAÇÃO E FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE: O CASO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

REFLEXÕES SOBRE SATISFAÇÃO E FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE: O CASO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR 1300 REFLEXÕES SOBRE SATISFAÇÃO E FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE: O CASO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR José Eduardo Fernandes 1, Silmara Pereira Brites de Moura 2, Caroline Kraus Luvizotto 3 1 Discente do

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF Danilo Domingos Gonzales Simão 1 Fábio Augusto Martins Pereira 2 Gisele Maciel de Lima 3 Jaqueline de Oliveira Rocha 4

Leia mais

Palavras Chave: Segurança, Transporte, Cliente, Modernidade, Agilidade.

Palavras Chave: Segurança, Transporte, Cliente, Modernidade, Agilidade. RESUMO A imagem de uma empresa de transporte é diretamente influenciada pelas condições do meio urbano. As grandes cidades e as regiões metropolitanas são as que mais sofrem com o trânsito, um dos principais

Leia mais

Estratégias de marketing digital como diferencial competitivo para pequenas empresas

Estratégias de marketing digital como diferencial competitivo para pequenas empresas IX WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DO CENTRO PAULA SOUZA São Paulo, 15 e 16 de outubro de 2014 Estratégias Globais e Sistemas Produtivos Brasileiros ISSN: 2175-1897 Estratégias de marketing digital

Leia mais

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO Fábio William da Silva Granado 1 Marluci Silva Botelho 2 William Rodrigues da Silva 3 Prof Ms. Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO O presente trabalho

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida.

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida. A Dehlicom Soluções em Comunicação é a agência de comunicação integrada que busca divulgar a importância da comunicação empresarial perante as empresas e todos os seus públicos, com atendimento personalizado

Leia mais

COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO?

COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? Engajar funcionários é conseguir envolver as pessoas em um mesmo propósito que a empresa

Leia mais

Campanha Para Citroën C4 Picasso: Banner Interstitial 1

Campanha Para Citroën C4 Picasso: Banner Interstitial 1 Campanha Para Citroën C4 Picasso: Banner Interstitial 1 Laura Silva RATTO 2 Marcela Noéli Fernandes CALÓ 3 Juliana Cabrillano GUIMARÃES 4 Prof. Dra. Paula Renata Camargo de JESUS 5 Universidade Presbiteriana

Leia mais

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA Paula Junqueira 7º CONGRESSO RIO DE EDUCAÇÃO CONSTRUINDO A SUA MARCA A marca é o ativo mais importante, independente do tamanho de sua empresa. As mídias sociais são

Leia mais

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015.

A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. A INTERNET COMPLETOU 20 ANOS DE BRASIL EM 2015. Isso nos permite afirmar que todas as pessoas nascidas após 1995 são consideradas NATIVAS DIGITAIS, ou seja, quando chegaram ao mundo, a internet já existia.

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA A forma tradicional de governar, em geral, tem se distanciado da população. Há poucos canais de diálogo e participação popular. Parte disso se deve à burocracia

Leia mais

TÍTULO: AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS NO VAREJO DAS PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP)

TÍTULO: AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS NO VAREJO DAS PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) TÍTULO: AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS NO VAREJO DAS PEQUENAS EMPRESAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA:

Leia mais

Atitudes pela Educação Novembro de 2014

Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Realização: Instituto Paulo Montenegro IBOPE Inteligência Parceiros da pesquisa: Todos Pela Educação Fundação Itaú Social Fundação Maria Cecília Souto Vidigal Fundação

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

A FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO NA CONQUISTA DO MERCADO

A FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO NA CONQUISTA DO MERCADO 122 A FIDELIZAÇÃO DO CLIENTE COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO NA CONQUISTA DO MERCADO Edilene Mayumi Murashita Takenaka, Sérgio Luís Destro, João Vitor Minca Campioni, Dayane Magalhães Fernandes, Giovana Maria

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes Capítulo 16 e administração de comunicações integradas de marketing Objetivos Aprender quais são as principais etapas no desenvolvimento de um programa eficaz de comunicações integradas de marketing. Entender

Leia mais

Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes

Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes O passo a passo da fidelização de clientes Carga horária: 2 horas Conteúdo: A estratégia ACM. A escada da lealdade. Como atrair, conquistar e manter clientes.

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL UTILIZANDO O MÉTODO SURVEY, COM OS COLABORADORES DE UMA EMPRESA DO RAMO DA CONTRUÇÃO CIVIL

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL UTILIZANDO O MÉTODO SURVEY, COM OS COLABORADORES DE UMA EMPRESA DO RAMO DA CONTRUÇÃO CIVIL PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL UTILIZANDO O MÉTODO SURVEY, COM OS COLABORADORES DE UMA EMPRESA DO RAMO DA CONTRUÇÃO CIVIL Julia Ferreira de Moraes (EEL-USP) moraes.julia@hotmail.com Everton Azevedo Schirmer

Leia mais

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 A ascensão dos Revolucionários de Conteúdo: uma análise minuciosa sobre os principais usuários que consomem conteúdo no LinkedIn e como os profissionais

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

Vantagens Competitivas com CRM

Vantagens Competitivas com CRM CRM CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT Gestão do Relacionamento com o Cliente 1 Prof. Ms. Claudio Benossi www.benossi.com.br claudio@benossi.com.br 2 Reflexão sobre o Marketing 3 4 Marketing de Massa Anos

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Aplicativo de Publicidade Sensível ao Contexto para TV Digital Móvel.

Aplicativo de Publicidade Sensível ao Contexto para TV Digital Móvel. Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Graduação em Ciência da Computação 2010.2 Proposta de Trabalho de Graduação Aplicativo de Publicidade Sensível ao Contexto para TV Digital Móvel.

Leia mais

O CRM e a TI como diferencial competitivo

O CRM e a TI como diferencial competitivo O CRM e a TI como diferencial competitivo Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Profº Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefetpr.br Profº Dr. Luciano Scandelari (UTFPR) luciano@cefetpr.br

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

E-Book! O que é Inbound Marketing?

E-Book! O que é Inbound Marketing? E-Book! O que é Inbound Marketing? E-Book O que é Inbound Marketing? Estamos em um período de transição de modelos mentais e operacionais entre o Marketing Tradicional e o Inbound Marketing. Este e-book

Leia mais

CLIMA ORGANIZACIONAL NA EMPRESA ALFA REALIDADE PERCEBIDA PELOS LÍDERES 1 RESUMO

CLIMA ORGANIZACIONAL NA EMPRESA ALFA REALIDADE PERCEBIDA PELOS LÍDERES 1 RESUMO CLIMA ORGANIZACIONAL NA EMPRESA ALFA REALIDADE PERCEBIDA PELOS LÍDERES 1 ÁVILA, Gabrielle Loureira de 2 ; MAGGIONI, Márcia Bandeira Landerdahl 3 ; 1 Trabalho de Pesquisa_FAMES 2 Acadêmica de Administração

Leia mais

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE GEduc 2012 - Novos Rumos para a Gestão Educacional Pág 1 Temas Pressupostos teórico-metodológicos As necessidades

Leia mais

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS

http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS http://crayonstock.com/19707 Zoonar 12 SEGREDOS PARA CONQUISTAR CLIENTES COM IMAGENS Constantemente, somos bombardeados por incontáveis conteúdos visuais. Imagens ilustram websites, redes sociais, folders,

Leia mais

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO MARKETING EM REDES SOCIAIS Bruna Karine Ribeiro Simão Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus Nova Andradina bruna_simao@hotmail.com Rodrigo Silva Duran Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus

Leia mais

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online?

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? Edgar Marcucci Reis 1 Jéssica Naiara dos Santos Batista 2 Resumo: O artigo apresenta uma visão sobre os ambientes online encontrados

Leia mais

A Comunicação da Rede Social de Cidades. Maio de 2012

A Comunicação da Rede Social de Cidades. Maio de 2012 A Comunicação da Rede Social de Cidades Maio de 2012 Sistematização da pesquisa virtual realizada entre os integrantes da Rede no período de abril a maio de 2012 A pesquisa de satisfação da Comunicação

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS

MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS ADRIELI DA COSTA FERNANDES Aluna da Pós-Graduação em Administração Estratégica: Marketing e Recursos Humanos da AEMS PATRICIA LUCIANA

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação

Pesquisa Semesp 2009. Índice de Imagem e Reputação Pesquisa Semesp 2009 Índice de Imagem e Reputação Uma ferramenta estratégica para a qualidade de mercado Desvendar qual é a real percepção de seus públicos estratégicos com relação à atuação das instituições

Leia mais

Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso.

Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso. 1 Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso. Daiane Maria ALONGE 1 Edson Leite Lopes GIMENEZ 2 Resumo Com a atual concorrência, entender os desejos

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

Leia mais

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Alexandra Cardoso da Rosa Bittencourt 1 ; Rogério

Leia mais

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Profa. Ma. Andrea Morás Comunicação empresarial Envolve todas as ferramentas de comunicação. Atividade multidisciplinar. Envolve conflitos, emoções, potencialidades e

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação de Marketing

Planejamento Estratégico de Comunicação de Marketing Prof. Edmundo W. Lobassi O único objetivo da propaganda é vender, não há nenhuma outra justificativa que mereça ser mencionada. (Young & Rublican) Satisfazer a necessidade do consumidor. (David Ogilvy)...

Leia mais

OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG

OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG 1 OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG Camila Alves Teles 1 Maria Solange dos Santos 2 Rodrigo Honório Silva 3 Romenique José Avelar 4 Myriam Angélica Dornelas 5 RESUMO O presente

Leia mais

São distintos os conteúdos expostos pela comunicação interna e externa:

São distintos os conteúdos expostos pela comunicação interna e externa: 31 6 COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL Um dos principais objetivos da comunicação institucional é o estabelecimento de relações duradouras com os seus públicos. Isso é possível através de ações personalizadas

Leia mais

Comportamento do Consumidor em Relação à Educação a Distância: Abordagem Funcional das Atitudes Aplicada ao Marketing

Comportamento do Consumidor em Relação à Educação a Distância: Abordagem Funcional das Atitudes Aplicada ao Marketing André Luis Canedo Lauria Comportamento do Consumidor em Relação à Educação a Distância: Abordagem Funcional das Atitudes Aplicada ao Marketing Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II Atividades Gerenciais de MKT Produto Testar Novos Produtos; Modificar Atuais; Eliminar; Política de Marcas; Criar Satisfação e Valor; Embalagem. 2 1 Atividades Gerenciais

Leia mais

FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES: UMA DISCUSSÃO TEÓRICA. PALAVRAS-CHAVE: Fidelização. Clientes. Atendimento. Relacionamento. Qualidade.

FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES: UMA DISCUSSÃO TEÓRICA. PALAVRAS-CHAVE: Fidelização. Clientes. Atendimento. Relacionamento. Qualidade. FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES: UMA DISCUSSÃO TEÓRICA Marcus Vinicius Oliveira Canova 1 RESUMO As empresas enfrentam grandes dificuldades quando falamos de fidelização e atendimento aos clientes, a partir disso,

Leia mais

INTERNAUTA, O HOMEM E O MITO

INTERNAUTA, O HOMEM E O MITO INTERNAUTA, O HOMEM E O MITO No ano 2000, surgiu no mundo uma nova geração de seres. Esses estranhos personagens postulavam que a realidade virtual era mais importante do que a vida real. Comunicavam-se

Leia mais

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO MARKETING DE ATRAÇÃO Uma das estratégias mais poderosas que você pode usar para trabalhar com contatos frios é o marketing de atração. Esse é

Leia mais

Faculdade da Alta Paulista

Faculdade da Alta Paulista Plano de Ensino Disciplina: Marketing Aplicado aos Negócios Código: Série: 3ª Série Obrigatória ( x ) Optativa ( ) CH Teórica: CH Prática: CH Total: 80 horas Período Letivo: 2015 Obs: Objetivo Geral: Apresentar

Leia mais

Monitoração Ambiental e Uso de Fontes de Informação no Setor de Saúde: Estudo de Caso de uma Cooperativa Médica 1

Monitoração Ambiental e Uso de Fontes de Informação no Setor de Saúde: Estudo de Caso de uma Cooperativa Médica 1 Monitoração Ambiental e Uso de Fontes de Informação no Setor de Saúde: Estudo de Caso de uma Cooperativa Médica 1 Cristiana Elisa Aguiar Ribeiro (UFMG) Jaime Sadao Yamassaki Bastos (IBMEC-MG) Resumo: Este

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora

CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Prof Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefet.br Prof Dr. Antonio Carlos de Francisco (UTFPR) acfrancisco@pg.cefetpr.br

Leia mais

A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1

A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1 Tatiana Pereira da Silveira 1 RESUMO O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados da

Leia mais

COMO VENDER. A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição

COMO VENDER. A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição BP COMO VENDER A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição PRODUTOS EDUCACIONAIS MULTIVERSO Avenida Batel, 1750 Batel CEP 80420-090 Curitiba/PR Fone: (41) 4062-5554 Editor:

Leia mais

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO As empresas sabem que o planejamento digital, gestão de conteúdo, anúncios, campanhas

Leia mais

RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA

RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA RELACIONAMENTO, REPUTAÇÃO E RELEVÂNCIA Comunicação Organizacional em Mídias Sociais UNISO Prof. Randolph de Souza PRESENÇA NAS MÍDIAS Necessidade Definição de Estratégias para minimizar riscos Se bem trabalhadas

Leia mais

Antes de tudo... Obrigado!

Antes de tudo... Obrigado! Antes de tudo... Obrigado! Eu, Luiz Felipe S. Cristofari, agradeço por ter baixado esse PDF. Criei esse material para ajudar você a ter mais sucesso com suas ideias na internet e fico muito feliz quando

Leia mais

A IMAGEM DA PROPAGANDA NO BRASIL

A IMAGEM DA PROPAGANDA NO BRASIL A IMAGEM DA PROPAGANDA NO BRASIL Medição 2004 Menção obrigatória: Pesquisa encomendada ao IBOPE pela ABP- Associação Brasileira de Propaganda Série histórica iniciada em 2002 Principais objetivos - Avaliar

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT O resultado prático para as empresas que adotam esse conceito de software, baseado no uso da tecnologia é conseguir tirar proveito dos dados de que dispõem para conquistar

Leia mais

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica Inteligência em redes sociais corporativas Como usar as redes internas de forma estratégica Índice 1 Introdução 2 Por que uma rede social corporativa é um instrumento estratégico 3 Seis maneiras de usar

Leia mais

INTEGRAÇÃO ENTRE MARKETING E LOGÍSTICA EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE MÓVEIS PLANEJADOS

INTEGRAÇÃO ENTRE MARKETING E LOGÍSTICA EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE MÓVEIS PLANEJADOS INTEGRAÇÃO ENTRE MARKETING E LOGÍSTICA EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE MÓVEIS PLANEJADOS Amanda Cristina Nunes Alves (SSP) amandac.06@hotmail.com Anne Sthefanie Santos Guimaraes (SSP) annesthefanie14@hotmail.com

Leia mais

TÍTULO: A INFLUÊNCIA DAS PROPAGANDAS NA REDE SOCIAL FACEBOOK NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA DO CONSUMIDOR UNIVERSITÁRIO

TÍTULO: A INFLUÊNCIA DAS PROPAGANDAS NA REDE SOCIAL FACEBOOK NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA DO CONSUMIDOR UNIVERSITÁRIO TÍTULO: A INFLUÊNCIA DAS PROPAGANDAS NA REDE SOCIAL FACEBOOK NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA DO CONSUMIDOR UNIVERSITÁRIO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO:

Leia mais

Consumidor brasileiro e SMS Marketing: Uma relação de respeito!

Consumidor brasileiro e SMS Marketing: Uma relação de respeito! Consumidor brasileiro e SMS Marketing: Uma relação de respeito! Conteúdo Dar voz ao consumidor e levar em conta sua opinião é fundamental para a criação de regras que tornem o mercado de SMS Marketing

Leia mais

PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE GESTÃO APLICADAS NA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM

PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE GESTÃO APLICADAS NA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE GESTÃO APLICADAS NA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DO SUL DE MINAS - FACESM CRISTIANE MORATTO FÉLIX DE FREITAS Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas do Sul de Minas

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Ana Clara Rosado Silva (1) ; Daiane Oliveira Borges (2) ; Tatiana Morais Leite (3) ; Vanessa Oliveira Couto (4) ; Patrícia Carvalho

Leia mais

tudo o que você precisa saber

tudo o que você precisa saber tudo o que você precisa saber Introdução 03 Qual a diferença do marketing tradicional para o digital 07 Por que sua clínica precisa de Marketing Digital 10 O que pode ou não ser feito no Marketing Médico

Leia mais

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 INTRODUÇÃO Desde que foi fundada em 2001, a ética, a transparência nos processos, a honestidade a imparcialidade e o respeito às pessoas são itens adotados pela interação

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

1 Introdução 2 Comportamento do Consumidor e Diferenciação para Estratégia e para o Marketing

1 Introdução  2 Comportamento do Consumidor e Diferenciação para Estratégia e para o Marketing Diferenciação Informada: um Estudo sobre os Efeitos da Informação sobre a Disposição a Pagar João Roberto Lo Turco Martinez joaoadm01@yahoo.com.br UFG Lorena Estrela Peixoto lorenapeixoto18@yahoo.com.br

Leia mais

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente A Importância do Marketing nos Serviços da Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente Hellen Souza¹ Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS RESUMO Este artigo aborda a importância

Leia mais

AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO

AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO 200 AS MÍDIAS SOCIAIS E O SEU ALCANCE PARA A IMAGEM E O AUMENTO DAS VENDAS DAS PEQUENAS EMPRESAS VAREJISTAS DE SANTA FÉ DO SUL (SP) RESUMO Clayton Cardoso de MORAES 1 Guilherme Bernardo SARDINHA 2 O presente

Leia mais

Item 2- Marketing. Atendimento

Item 2- Marketing. Atendimento Item 2- Marketing Atendimento Item 2- Marketing Atendimento Processo usado para determinar quais produtos ou serviços poderão interessar aos consumidores e qual a melhor estratégia a ser utilizada nas

Leia mais

PROFISSIONAL. Por que o Comércio Eletrônico em Multicanais é Fundamental para o Sucesso do seu Negócio On-line

PROFISSIONAL. Por que o Comércio Eletrônico em Multicanais é Fundamental para o Sucesso do seu Negócio On-line EDIÇÃO Nº 05 GRÁTIS FOTOGRAFIA PROFISSIONAL SOLUÇÕES PARA IMAGENS DE PRODUTO QUE CONQUISTARAM OS LÍDERES DO COMÉRCIO ELETRÔNICO Por que o Comércio Eletrônico em Multicanais é Fundamental para o Sucesso

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais