IPq rumo à excelência

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IPq rumo à excelência"

Transcrição

1 IPq rumo à excelência 1

2 Editorial 2 Wagner Farid Gattaz Presidente do Conselho Diretor Walter Cintra Ferreira Junior Diretor Executivo O IPq somos todos nós Nos últimos anos o IPq vem atravessando um processo intenso de mudanças. A reforma do prédio e o seu novo visual com certeza são um símbolo disso. Quem entra no Instituto percebe não apenas uma atenção à questão estética, mas especialmente preocupação com a qualidade. Qualidade no atendimento, qualidade no ensino e qualidade na pesquisa. Os ambulatórios e as enfermarias, os laboratórios, as salas de aula, anfiteatros e biblioteca, o Centro de Apoio à Pesquisa (CEAPESQ) e o complexo neurocirúrgico e de diagnóstico por imagem (um dos mais sofisticados do mundo) impressionam a todos os visitantes. Em 2008 iniciamos uma nova etapa de mudanças, cujo objetivo é tornar o IPq uma instituição de classe mundial. Tivemos a oportunidade de assistir aos seminários do Programa IPq rumo à Excelência, ministrados pela Profa. Aylza Munhoz e sua equipe para 680 funcionários, nos quais pudemos aprender os conceitos de excelência e qualidade. Em 2009 colocaremos em prática o que aprendemos na sala de aula, partindo das seguintes vertentes: Processos, promovendo a revisão e melhoria dos processos administrativos e assistenciais, e Gestão de Pessoas, capacitando, desenvolvendo talentos e introduzindo critérios meritocráticos de avaliação de desempenho. Com base nesse trabalho, vamos apresentar em janeiro de 2010 a nossa candidatura ao Prêmio Nacional de Gestão em Saúde da Fundação Nacional da Qualidade, sendo esta uma ótima oportunidade de se avaliar os resultados dos nossos esforços rumo à excelência. Estas iniciativas têm como objetivo cuidar cada vez melhor do nossos clientes. Chamamos de clientes todos aqueles que usam nossos serviços. É óbvio que em primeiro lugar estão os pacientes, que são a razão de ser do IPq. Mas também são clientes os alunos da FMUSP, da graduação e de todos os cursos que oferecemos, assim como os nossos profissionais, para os quais estamos investindo em cursos a fim de ampliar a formação e capacitação técnico-científica. Para atender a esta ampla clientela, precisamos de sustentabilidade financeira, a qual viabilizará a continuidade dos investimentos na melhora e manutenção da infraestrutura física, na modernização do parque de equipamentos diagnósticos e terapêuticos e na formação de profissionais. É esta sustentabilidade que nos proporcionará a condição de entidade de classe mundial, tornando-nos assim cada vez menos dependentes de aportes adicionais de verbas da Superintendência do HCFMUSP, que tem nos dado apoio irrestrito para realizarmos nossos projetos de alavancagem financeira. No IPq, independentemente de atuarmos diretamente na assistência, numa função de suporte ou administrativa, somos todos cuidadores. Se você parar para pensar, não vai ser difícil descobrir como o seu trabalho afeta direta ou indiretamente a vida do paciente. Uma melhoria que não chega ao paciente não é uma melhoria de verdade. Promover a qualidade no atendimento ao paciente deve ser o pensamento norteador de nossas ações. Se conseguirmos atuar assim, estaremos no caminho rápido e certo RUMO À EXCELÊNCIA. Conexão com você O Conexão é o órgão oficial de relacionamento do IPq com seus profissionais e canal de divulgação da excelência do Instituto. Não tem enfoque científico para isto já existe a Revista de Psiquiatria Clínica do IPq. Além do Conexão, estarão disponíveis outras duas ferramentas de comunicação: o E-Conexão, informativo eletrônico de rápido alcance e dirigido aos internautas e públicos do IPq, e o Interconexão, jornal mural destinado exclusivamente ao público interno.

3 Sua Excelência, o cliente Caminhos para a sustentabilidade Procurando aprimorar a gestão de recursos, o Complexo Hospital das Clínicas descentralizou sua administração, que passou a ser responsabilidade dos diferentes Institutos. Assim, a exemplo dos demais, o IPq tem o dever de obter e zelar pelos recursos necessários ao seu funcionamento, tarefa que tem se mostrado extremamente difícil, já que a remuneração do Sistema Único de Saúde (SUS) para uma consulta psiquiátrica não passa de R$ 7,00. Resultado: o IPq tem mantido um constante débito com a Superintendência do HC, impedindo melhorias, contratações de profissionais necessários e complementação salarial. Felizmente em 2008 conseguimos equilibrar nossas finanças, mas ainda não temos dinheiro para investir. A maioria dos profissionais da saúde mental está insatisfeita com os recursos financeiros oferecidos por nossos governos federal, estadual e municipal. A maioria dos psiquiatras discorda da atual política de saúde mental, que não proporciona tratamento digno e tecnicamente adequado aos portadores de transtornos psiquiátricos. E não há perspectivas de mudança dessa realidade a médio ou curto prazo. Diante dessa conjuntura temos quatro alternativas: 1. Deixar como está e assistir à deterioração do IPq. Os mais antigos viveram período assim. Eu inclusive tive o desprazer de assistir a um diretor da Faculdade de Medicina da USP, há cerca de 25 anos, declarar que nos transferiria para Franco da Rocha e que dividiria o prédio com outras clínicas. Ninguém em sã consciência quer isto. 2. Sensibilizar (por pressão) as autoridades a mudarem as formas de valorizar e remunerar a saúde mental. Não tenho dúvidas de que o IPq deve lutar para influenciar as políticas de saúde mental e a alocação de recursos, mas sou cético sobre resultados antes de minha aposentadoria. Entretanto precisamos aumentar nossa participação em reuniões da Associação Brasileira de Psiquiatria e do Ministério da Saúde. 3. Obter recursos por meio de doações e trabalhos voluntários. Apesar de recebermos ajuda importante, esta deve ser apenas um pequeno complemento. 4. Atender consultas particulares ou de convênio. A legislação permite que 25% dos leitos e do atendimento seja destinado a este público. A curto prazo, vejo que esta é a alternativa que nos resta para suprir nossas necessidades materiais e usá-las para ampliar com qualidade a assistência que oferecemos aos pacientes do SUS. Francisco Lotufo Neto Professor Associado do Departamento de Psiquiatria da FMUSP 3Reflexões 3

4 Rumo à excelência 4 O IPq, você e a excelência Em meio ao tradicional vocabulário presente na rotina do IPq, onde saúde mental é sempre o ponto de partida, desde 2008 uma nova e moderna palavra vem ganhando espaço: excelência. Mas o que ela tem de tão importante? Simplificando, excelência pode ser explicada como uma busca contínua pela qualidade, pelo aprimoramento e evolução. Porém, essa palavra só faz sentido dentro de um contexto muito bem definido: o das pessoas. Excelência envolve pessoas. Envolve o cozinheiro, a enfermeira, o encanador, o médico, o diretor, enfim, todos os que fazem parte desta instituição. São as pessoas e não o edifício no qual elas trabalham (por mais moderno e equipado) que fazem a diferença. Planejamento e Gestão do IPq, coordenado por Sidionira Santos Del Bianco, propôs que se adotasse o Modelo de Gestão de Excelência, que é o mesmo modelo já em curso no Complexo HC e que atenderia perfeitamente aos propósitos do IPq, sem a necessidade de mudanças radicais. Em julho de 2008 foi lançado o projeto Rumo à Excelência. Para colocá-lo em prática, Aylza Munhoz integrou à equipe os profissionais Ana Cristina Giuliani, especialista em gestão de pessoas, e Elton Brasil, para a área de gestão de processos (entende-se por processos uma sequência coordenada de atividades, com o objetivo de produzir um dado resultado). Da teoria à prática O projeto Rumo à Excelência foi dividido em três fases. A primeira, concluída ainda em 2008, foi a realização de seminários dos quais participaram todos os profissionais do IPq. O objetivo foi sensibilizá-los para a necessidade da excelência e os caminhos para alcançá-la. A segunda fase, em curso, é colocar em prática o Modelo de Gestão de Excelência. A terceira fase, ainda em planejamento, será a medição dos resultados do projeto. A cada trimestre, o IPq terá uma meta de plano a ser implantado, chegando-se ao final de 2009 ao nível de excelência desejado. Mas não paramos por aí. Este nível não será o máximo da excelência. Quando se imagina tê-la atingido é quando se começa a perdê-la, uma vez que a excelência não é um estado, mas sim uma busca constante. Enfermeira observa monitor de funções vitais. Explicando melhor Em 2008 o Prof. Wagner Gattaz, Presidente do Conselho Diretor, com apoio do Diretor Executivo, Dr. Walter Cintra Ferreira Jr. sinalizou para a importância de se adotar no IPq um projeto que possibilitasse sua evolução do atual patamar de compromisso com a excelência para o estado da arte de uma organização, isto é, uma Instituição de excelência, uma instituição de classe mundial. Para delinear esse projeto, convidou a consultora empresarial Aylza Munhoz, que aceitou o desafio e iniciou o trabalho realizando visitas e entrevistas nas diferentes áreas e com os diversos profissionais do Instituto. Após três meses e com um diagnóstico das deficiências e qualidades observadas, além de já assessorada pelo Centro de Equipe de mulheres da odontologia do IPq.

5 Sua Excelência, o funcionário Escola de excelência Uma das mais importantes iniciativas dentro do projeto Rumo à Excelência é a criação da Escola de Excelência, que tem o objetivo de desenvolver as competências individuais e capacitar o profissional para atuar em uma organização que visa tornar-se centro de referência mundial. Os cursos já programados são: Liderança, Princípios de administração, Ética, Empreendedorismo, Etiqueta profissional, Trabalho em equipe, Apresentações eficientes e de impacto, Como preparar e conduzir reuniões, Pensamento sistêmico, Atendimento ao cliente e Organização de eventos. Novos cursos ainda serão incluídos e a programação será divulgada por meio de cartazes internos. Além disso, a Escola também atua no processo de integração, fazendo a recepção de novos profissionais, como médicos residentes, aprimorandos e funcionários. Esta atividade foi reformulada visando oferecer melhor acolhimento e preparo para a trajetória. Campanhas internas Deixando os clichês de lado, qualidade de vida, responsabilidades social e ambiental são questões de significativa importância para empresas que buscam a excelência. Com o IPq não poderia ser diferente. É fato: temos que observar e reduzir os impactos negativos que os serviços e produtos do Instituto possam causar à sociedade e ao meio ambiente. E também incentivar, sem críticas ou preconceito, hábitos saudáveis, mas com enfoque na redução de danos. Nada de martelar frases como: não faça isso, faça aquilo, exercite isso outro. Sabemos que não funciona assim. Por isso, a ideia é envolver todos em diferentes campanhas internas que, além de colocá-los como agentes das mudanças que se fazem necessárias, resultarão em reconhecimento público e prêmios. São João da desburocratização Uma dessas campanhas, chamada São João da desburocratização, consiste na redução do uso de papéis nas rotinas diárias, visando à melhoria dos processos de atendimento no Instituto, maior rapidez e qualidade. Os papéis economizados no processo burocrático farão parte de uma fogueira simbólica na festa de São João a ser realizada em junho no IPq. E quem conseguir o maior grau de desburocratização em suas rotinas poderá ganhar um final de semana em Campos do Jordão, com direito a acompanhante. Vale lembrar que algumas áreas do IPq já encaminham papéis descartados para reciclagem. Mas o ideal é realmente diminuir ao máximo o seu uso. 5 Funcionário da rouparia.

6 6 Mulheres do IPq As mulheres representam cerca de 60% da força de trabalho do IPq e, visando reconhecer sua importância dentro da Instituição, foi realizada em 6 de março uma palestra com o psiquiatra Luiz Cuschnir, a psicóloga Dorli Kamkhagi e outros membros do Gender Group do IPq. O encontro, inspirado no Dia Internacional da Mulher (8/3), reuniu mais de oitenta profissionais de diferentes áreas e abordou temas como: mapa da alma feminina; possibilidade de reconstrução da mulher hoje e a mulher e seus tempos. Os palestrantes buscaram estimular e chamar a atenção das participantes para si mesmas, para olharem dentro de si, se autoconhecerem e não se cobrarem tanto o tempo todo. Outro momento singular foi a redação de um texto livre ou poesia sobre ser mulher. Cada uma colocou no papel sua visão, sua percepção. Uma delas, Maria Inez de Santana, Oficial Administrativo, relatou: Equipe de palestrantes do Gender Group Mulher, designada ao futuro, criança, menina, mulher que possui seus valores, suas crenças, mas que não se agarra a este sentido, mas ao sentido da vida. Mãe, profissional de todas as áreas, que como uma flor que se desgasta, murcha, não perdendo sua beleza ao amanhecer de cada dia que desabrocha, buscando seus sentidos, as suas realizações. E por outro lado a vontade, liberdade de amar e ser amada em um único sentido. O nome mulher, palavra forte, é a grandeza, ser mulher. Sua excelência, o cliente Cartas Mensagem de agradecimento ao Prof. Dr. Wagner F. Gattaz, Presidente do Conselho Diretor do IPq-HCFMUSP Ex. mo Senhor Presidente, Hoje, poucas coisas no mundo são capazes de chamar minha atenção pela quantidade de informações por mim coletadas e pelas experiências adquiridas no curso de meus anos de vida. Neste lapso de tempo desenvolvi conceitos sólidos e claros ao fazer juízo de valor das mais diversas situações que permeiam a vida dos seres humanos. Com base nestas observações, não poderia deixar de dirigir-lhe esta pequena nota de agradecimento, por tudo o que vivenciei dentro da instituição presidida por Vossa Senhoria, a qual dispensou um tratamento médico de qualidade ímpar em favor de minha genitora (Sra. Josefina Fernandes Pereira) que se encontra enferma, a quem tive a oportunidade de acompanhar neste nosocômio. Tivemos, eu, meus irmãos e nossa mãe, a ventura de encontrar neste Centro de Neurologia, sob supervisão do Dr. Hector Navarro Cabrera, médico responsável pela paciente, assistido pelos médicos residentes, Dr. José Eduardo Ribas e Dra. Fernanda, tudo o que de melhor a técnica médica dispõe, acompanhados de um caráter extremamente humanizado. Certo é que isto seria impossível de ser dispensado, não fosse pelo apoio de uma excelente equipe de Enfermeiros, Assistentes de Enfermagem e demais servidores, treinados para fazer deste departamento do HCFMUSP um Centro de Excelência Médica em nosso país, podendo sem margem de dúvida afirmar que ele se encontra dentre os melhores em nível mundial, isto tudo pelo excelente treinamento recebido por todos os que nele trabalham, proporcionado pelos esforços e apoio de Vossa Senhoria. Por tudo, em meu nome, de meus irmãos e de nossa genitora, nosso muito obrigado. Paulo Fernandes Pereira

7 Fazendo a diferença Conexão com a língua inglesa Iniciado em agosto de 2008, o Curso de Inglês de Cambridge (o mais tradicional do mundo), extensivo aos profissionais do IPq, é uma iniciativa inédita no Complexo HCFMUSP e é parte do projeto Rumo à Excelência. Mantido com recursos doados pelas empresas Fundição Brasileira de Alumínio Ltda. e Rontan Eletro Metalúrgica Ltda., é ministrado por Stephen Thomas, professor de procedência britânica radicado no Brasil há mais de duas décadas. Ele concedeu a seguinte entrevista ao Conexão: Qual sua opinião sobre esta iniciativa? Quero ressaltar a concepção inovadora deste programa, porque, pelo que sei, este tipo de curso nunca foi tentado antes com funcionários públicos da Saúde ou de qualquer outro serviço público. Quais as suas impressões sobre o interesse e expectativa dos alunos? No dia da seleção fiquei impressionado com as expectativas e determinação dos funcionários. Todos queriam entrar no programa, tanto as pessoas que não tinham nenhum contato com inglês como os médicos que já sabiam. E o que mudou após três meses de curso? Minha impressão é muito reveladora por ter desafiado todas as estatísticas precedentes. Diretores de escola e coor- denadores sabem que com todas as novas turmas há uma desistência de alunos da ordem de 20% no mínimo a 50% no máximo, por diversas razões. Tendo trabalhado na Cel-Lep, Feedback e Fast Forward, fiquei muito surpreso isso não ter acontecido (ainda). E o que dizem os alunos? Antes da seleção, foi solicitado aos interessados que redigissem um texto, explicando por que gostariam de aprender inglês. Essa redação foi um dos fatores que ajudaram na escolha dos alunos, já que foram cerca de 200 pessoas para apenas 60 vagas. Um dos selecionados é o oficial administrativo Richard Cleidman M. dos Santos, que expressou em sua redação a razão de seu interesse: Tenho anseio em ser um agente no processo rumo à excelência, cooperando com mais uma importante ferramenta de execução de serviços que é o domínio da língua inglesa escrita e falada. Alcançarei a minha própria excelência através da excelência deste Instituto de Psiquiatria. Outro integrante do grupo, o enfermeiro José Gilberto Prates, lembrou que o curso é importante não apenas pelo cargo que ocupa, onde realiza treinamento da enfermagem e presta assistência direta ao paciente, mas também porque o conhecimento de uma língua universal como o inglês pode facilitar a vida no mercado de trabalho e no campo social. Luciana Paula Ferreira, secretária, ressaltou que o IPq recebe constantemente visitas de especialistas do exterior e, algumas vezes, o ato de dar uma simples informação se transforma num constrangimento. 7 Professor Stephen Thomas ministra aula de inglês para funcionários.

8 Conexão cultural Dicas e sugestões de filmes, livros, CDs e afins. Mas com algo em comum: qualidade e excelência. 8 Filmes Recontagem Drama O filme retrata a história real e inacreditável da recontagem de votos nos EUA durante 36 dias, no final de 2000, quando Bush e Gore concorriam à presidência, até que uma decisão da Corte Suprema encerrou o assunto. Sem dúvida o longa comprova a falta de liderança dos democratas. Um filme polêmico e brilhante, que vale a pena ser conhecido. Elenco: Kevin Spacey, Laura Dern, Bob Balaban, Ed Begley Jr, John Hurt, Denis Leary, Bruce McGill, Tom Wilkinson Diretor: Jay Roach. RocknRolla A grande roubada Ação Um bilionário russo está realizando uma alta transação com um gângster à moda antiga, que sabe bem como cuidar de seus subalternos e dos políticos locais. Para festejar o acordo feito, o bilionário empresta ao gângster seu quadro favorito. Só que o quadro desaparece, o que inicia uma grande caçada no submundo de Londres, envolvendo diversos criminosos. Elenco: Gerard Butler, Thandie Newton, Tom Wilkinson Direção: Guy Ritchie. Livros A menina que roubava livros Autor: Markus Zusak Editora: Intrínseca Assunto: literatura estrangeira/romances Sinopse: Narrada pela Morte, a obra conta a trajetória de Liesel Meminger, uma garota que se encontrou com a Morte três vezes e saiu surpreendentemente viva de todas, o que a impressionou e a estimulou a contar a história de Liesel. Tendo como pano de fundo a Alemanha nazista, ainda menina a personagem já buscava formas de se convencer do sentido de sua existência, depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe e ser entregue aos cuidados de outra família. No enterro do irmão, o coveiro, por distração, deixou cair um livro, O manual do coveiro. Foi o primeiro de vários que roubaria ao longo de quatro anos e foram esses livros que nortearam sua vida, num tempo em que a guerra era uma constante, dando trabalho dobrado à Morte. Leia o primeiro capítulo deste livro no site da Livraria Cultura: A doença e a arte de Vincent Van Gogh Autora: Elza Marcia Targas Yacubian Editora: Leitura Médica Sinopse: Vincent Van Gogh desenvolveu ideia artística própria e sua vasta produção, só tardiamente reconhecida, goza de inestimável valor na atualidade. Sua enfermidade e a influência desta em sua obra têm sido objeto de numerosas investigações e especulações, desafiando a medicina mais de 150 anos após o seu nascimento. Suas cartas autobiográficas e o diagnóstico de seus médicos confirmam o fato de que ele apresentou sintomas físicos e psicopatológicos, especialmente nos seus últimos anos. A patografia de Van Gogh é facilitada por suas cartas, cuidadosamente ordenadas por Johanna Van Gogh-Bonger, a esposa de seu irmão Theo. Este livro apresenta apenas o resumo do material colhido nas publicações citadas na bibliografia. Ao final, constata-se que a admissão em um hospital, nos dias atuais, de um gênio como Vincent Van Gogh seria um desafio semelhante ao que enfrentaram os médicos do século XIX. Este livro está disponível para empréstimo na Biblioteca do IPq. CD Fourplay Banda: Fourplay Estilo: Jazz contemporâneo (smooth jazz) A banda é formada por grandes instrumentistas: Lee Ritenour (guitarra), Bob James (piano), Harvey Mason (bateria) e Nathan East (baixo).todos emergiram do jazz fusion, precursor do smooth jazz, e já tinham uma carreira sólida e respeitada quando decidiram se juntar para esse projeto, que hoje já soma quase uma dezena de CDs. Conheça mais sobre o grupo no site oficial: Conexão IPq - Publicação trimestral do Instituto de Psiquiatria - IPq - HCFMUSP Rua Dr. Ovídio Pires de Campos, CEP São Paulo, SP Tel. (11) Presidente do Conselho Diretor IPq - Prof.Dr. Wagner Farid Gattaz Chefe do Departamento de Psiquiatria - Prof. Dr. Valentim Gentil Filho Diretor Executivo IPq - Dr. Walter Cintra Ferreira Junior Edição Executiva: Centro de Comunicação e Marketing do IPq Diagramação, revisão ortográfica e impressão - Segmento Farma Patrocínio desta edição - Tiragem: Av. Vereador José Diniz, 3.300, 15 o andar, Campo Belo São Paulo, SP. Fone: Diretor-geral: Idelcio D. Patricio Diretor executivo: Jorge Rangel Gerente financeira: Andréa Rangel Gerente comercial: Rodrigo Mourão Editora-chefe: Daniela Barros MTb Diretor de criação: Eduardo Magno Gerente editorial: Alexandre Costa Gerente de negócios: Marcela Crespi Coordenadora editorial: Cristiane Mezzari Diretora de arte: Renata Variso Designer: Rogério Chagas Revisoras: Glair P. Coimbra e Renata Del Nero Produtor gráfico: Fabio Rangel - Cód. da publicação:

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual Por: Rosana Rodrigues Quando comecei a escrever esse artigo, inevitavelmente fiz uma viagem ao meu passado. Lembrei-me do meu processo de escolha de carreira e me dei conta de que minha trajetória foi

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz Nome da Instituição: Universidade Feevale Segmento: IES - Instituições de Ensino Superior Categoria: Gestão Administrativa, de Pessoas ou Financeira Nome da Prática Eficaz de Gestão Educacional: Programa

Leia mais

CONCEITO. Despertar a potencialidade de indivíduos

CONCEITO. Despertar a potencialidade de indivíduos CONCEITO Despertar a potencialidade de indivíduos Utilizar a Arte como meio de comunicação e expressão e a Cultura no resgate de histórias de vida e valores 17 anos de atuação 231 mil atendimentos ARTE

Leia mais

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I Boletim Informativo Nossa Missão: Promover assistência segura à saúde, com respeito e ética aos usuários, desenvolvendo o ensino e pesquisa na busca

Leia mais

Aracaju: em foco o modelo Saúde Todo Dia. A Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva em debate

Aracaju: em foco o modelo Saúde Todo Dia. A Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva em debate Aracaju: em foco o modelo Saúde Todo Dia. A Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva em debate ALEXANDRE DE SOUZA RAMOS 1 Saúde como direito de cidadania e um sistema de saúde (o SUS) de cunho marcadamente

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

Briefing O que é? Para que serve?

Briefing O que é? Para que serve? Faculdade de Tecnologia da Paraíba CURSO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA A INTERNET DISCIPLINA DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES WEB ESTÁTICAS PERÍODO: P2 Semestre: 20082 PROFESSOR Geraldo Rodrigues

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por:

PRÊMIO ABF- AFRAS. Destaque em Responsabilidade Social WWW.DEPYLACTION.COM.BR. Elaborado por: PRÊMIO ABF- AFRAS Destaque em Responsabilidade Social Elaborado por: Depyl Action Franchising Av. Bias Fortes, 932 sl. 304 Lourdes CEP: 30170-011 Belo Horizonte / MG Fone: 31 3222-7701 Belo Horizonte,

Leia mais

II SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR PÚBLICO DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL. Palestrante: Luisa Rocha Cabral

II SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR PÚBLICO DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL. Palestrante: Luisa Rocha Cabral 1 II SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR PÚBLICO DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL Palestrante: Luisa Rocha Cabral Graduada em Administração Pública pela Escola de Governo Professor Paulo Neves

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

RELATóRIO ANUAL 2012. victor civita. prêmio victor civita

RELATóRIO ANUAL 2012. victor civita. prêmio victor civita Angela Dannemann Diretora da Fundação Victor Civita Mensagem da diretora A data mais aguardada na Fundação Victor Civita todos os anos o Dia do Professor contou com uma festa especial em 2012. No dia 15

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico A decisão pela realização do Planejamento Estratégico no HC surgiu da Administração, que entendeu como urgente formalizar o planejamento institucional. Coordenado pela Superintendência

Leia mais

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO Página 1 CONVERSA DE PSICÓLOGO Volume 03 - Edição 01 Agosto - 2013 Entrevistada: Renata Trovarelli Entrevistadora: Cintia C. B. M. da Rocha TEMA: RELACIOMENTO AMOROSO Psicóloga Comportamental, atualmente

Leia mais

PARECER COREN-SP 028/2014 CT PRCI n 100.954 Ticket n 280.428, 282.601, 283.300, 283.647, 284.499, 287.181, 290.827, 299.421

PARECER COREN-SP 028/2014 CT PRCI n 100.954 Ticket n 280.428, 282.601, 283.300, 283.647, 284.499, 287.181, 290.827, 299.421 PARECER COREN-SP 028/2014 CT PRCI n 100.954 Ticket n 280.428, 282.601, 283.300, 283.647, 284.499, 287.181, 290.827, 299.421 Ementa: Realização de treinamentos, palestras, cursos e aulas por profissionais

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional EDITAIS DE MONITORIA E ESTÁGIO Até o dia 16 de agosto de 2013, estão abertas as inscrições para o preenchimento

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional 15 ANOS DE NACOM Agência experimental da UVV-ES faz aniversário e comemora sua história vitoriosa com

Leia mais

PLANO DE CARREIRA: UM ESTUDO SOBRE AS EXPECTATIVAS DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL EM DUAS EMPRESAS EM PRESIDENTE PRUDENTE

PLANO DE CARREIRA: UM ESTUDO SOBRE AS EXPECTATIVAS DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL EM DUAS EMPRESAS EM PRESIDENTE PRUDENTE 191 PLANO DE CARREIRA: UM ESTUDO SOBRE AS EXPECTATIVAS DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL EM DUAS EMPRESAS EM PRESIDENTE PRUDENTE RIBEIRO, Aicha 1 FERNANDES, Lílian Barros 2 RAMALHO, Gabriel Pimentel 3 MAGALHÃES

Leia mais

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes.

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. resultados positivos para os servidores? qualidade de vida fernando rocha wesley schunk

Leia mais

2009, um ano de grandes realizações e conquistas

2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009 foi um ano de grandes realizações e conquistas para o Serviço Social da Indústria (SESI), entidade que integra o Sistema Federação das Indústrias no

Leia mais

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Um ótimo serviço pode se tornar ruim se os funcionários não confiam em si mesmos. Uma endoentrevista sobre endomarketing. Troquemos de lugar! O título é, sem dúvida,

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

Gestão de iniciativas sociais

Gestão de iniciativas sociais Gestão de iniciativas sociais Leia o texto a seguir e entenda o conceito do Trevo e as suas relações com a gestão organizacional. Caso queira ir direto para os textos, clique aqui. http://www.promenino.org.br/ferramentas/trevo/tabid/115/default.aspx

Leia mais

COMO ELABORAR UM CURRÍCULO

COMO ELABORAR UM CURRÍCULO 1 COMO ELABORAR UM CURRÍCULO 1 INTODUÇÃO: O QUE É UM CURRÍCULO? Currículo = curriculum vitae = curso da vida É um breve relato, é uma carta onde o profissional expõe sua autobiografia, sua vida, sua personalidade;

Leia mais

FLÁVIA MOTTA Consultora em Gestão de Pessoas Life & Professional Coach Pedagoga, Pós-graduada em Psicologia Organizacional MBA em Gestão de Pessoas

FLÁVIA MOTTA Consultora em Gestão de Pessoas Life & Professional Coach Pedagoga, Pós-graduada em Psicologia Organizacional MBA em Gestão de Pessoas DUO A DUO nasce com mais de 17 anos de experiência de seus fundadores nos segmentos de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Gerenciamento de Processos, Esportes e Qualidade de Vida. Com um vasto conhecimento

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

Um Sorriso enquanto espera

Um Sorriso enquanto espera Um Sorriso enquanto espera O Projeto Implantado há 9 anos no Hospital das Clínicas - SP, abrange intervenções junto a pacientes que aguardam atendimento, seus acompanhantes e funcionários, atingindo, em

Leia mais

CONFLITO DE SER MÃE EMPREENDEDORA

CONFLITO DE SER MÃE EMPREENDEDORA 1 CONFLITO DE SER MÃE EMPREENDEDORA Quando nos tornamos mãe, sem dúvida nenhuma é a melhor coisa desse mundo. Nossos filhos nascem, curtimos muito eles, nos dedicamos exclusivamente e chega uma hora que

Leia mais

www.feirahospitalmed.com.br

www.feirahospitalmed.com.br www.feirahospitalmed.com.br O maior encontro médico-hospitalar do norte-nordeste do Brasil A HOSPITALMED - Feira de Produtos, Equipamentos, Serviços e Tecnologia para Hospitais, Laboratórios, Clínicas

Leia mais

Índice. Porque fazer um curso de Coaching? Tendências do Mercado de Coaching. Um dia na vida de um Coach. Teste: Tornando-se um Coach

Índice. Porque fazer um curso de Coaching? Tendências do Mercado de Coaching. Um dia na vida de um Coach. Teste: Tornando-se um Coach Índice Porque fazer um curso de Coaching? Metodologia Comprovada. Resultados sem precedentes As maiores razões para escolher um coach Tendências do Mercado de Coaching Oportunidades da Carreira de Coaching

Leia mais

ÁREA TÍTULO OBJETIVO SINOPSE RH - Liderança 1- OS 10 PAPÉIS DE UM LÍDER Trabalhar a liderança de acordo com a situação apresentada.

ÁREA TÍTULO OBJETIVO SINOPSE RH - Liderança 1- OS 10 PAPÉIS DE UM LÍDER Trabalhar a liderança de acordo com a situação apresentada. ÁREA TÍTULO OBJETIVO SINOPSE RH - Liderança 1- OS 10 PAPÉIS DE UM LÍDER Trabalhar a liderança de acordo com a situação apresentada. Best - Seller com milhares de cópias vendidas. Prático, dinâmico, com

Leia mais

sobre pressão alta Dr. Decio Mion

sobre pressão alta Dr. Decio Mion sobre pressão alta Dr. Decio Mion 1 2 Saiba tudo sobre pressão alta Dr. Decio Mion Chefe da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP)

Leia mais

11º PRÊMIO DESTAQUE EM COMUNICAÇÃO SINEPE/RS Categoria: Gestão de Comunicação e Relacionamento Programa Marketing Interno

11º PRÊMIO DESTAQUE EM COMUNICAÇÃO SINEPE/RS Categoria: Gestão de Comunicação e Relacionamento Programa Marketing Interno 11º PRÊMIO DESTAQUE EM COMUNICAÇÃO SINEPE/RS Categoria: Gestão de Comunicação e Relacionamento Programa Marketing Interno 1 APRESENTAÇÃO 1.1 A Universidade Feevale Reconhecida por sua inovação e qualidade

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES Sobre o curso: O programa fornece conhecimentos técnicos e de gestão, bem como, ferramentas práticas que auxiliem os participantes na condução das suas equipes. Para

Leia mais

ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DE PERNAMBUCO DISCIPLINA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DA UFPE

ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DE PERNAMBUCO DISCIPLINA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DA UFPE ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DE PERNAMBUCO DISCIPLINA DE CIRURGIA PEDIÁTRICA DA UFPE Capítulo I - Da liga e seus fins Art. 1 - A Liga de Cirurgia Pediátrica, a seguir designada LACIPE,

Leia mais

MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA. Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores.

MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA. Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores. MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores. 2 Ao lado das concepções do trabalho pedagógico para a infância,

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO, FINS E OBJETIVOS Art. 1º As presentes normas visam regulamentar e disciplinar, em termos de sua administração,

Leia mais

Wagner Oliveira. Aumente seus ganhos utilizando ferramentas simples e eficientes. 2ª Edição

Wagner Oliveira. Aumente seus ganhos utilizando ferramentas simples e eficientes. 2ª Edição Wagner Oliveira Aumente seus ganhos utilizando ferramentas simples e eficientes 2ª Edição São José dos Campos 2014 Copyright Wagner Oliveira, 2014 Todos os direitos reservados. Revisão: Elisa Alzira de

Leia mais

O caminho para conquistar Equipes de Alto Desempenho

O caminho para conquistar Equipes de Alto Desempenho 27 O caminho para conquistar Equipes de Alto Desempenho 233 Um líder conquista uma equipe de Alto de Desempenho, primeiramente por meio de suas atitudes como pessoa, e depois conquista pela Visão de um

Leia mais

Um Relato do Trabalho na Versão Restauração do Novo Testamento em Português

Um Relato do Trabalho na Versão Restauração do Novo Testamento em Português Um Relato do Trabalho na Versão Restauração do Novo Testamento em Português A Versão Restauração do Novo Testamento em português é resultado de mais de 20 anos de labor de irmãos e irmãs do Brasil, de

Leia mais

Programa de Coaching para Estudantes de Administração e Jovens Administradores como preparação para enfrentar os Desafios do Futuro da Administração

Programa de Coaching para Estudantes de Administração e Jovens Administradores como preparação para enfrentar os Desafios do Futuro da Administração Programa de Coaching para Estudantes de Administração e Jovens Administradores como preparação para enfrentar os Desafios do Futuro da Administração Adm. JANSEN DE QUEIROZ FERREIRA Diretor Gestão Polifocal

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Boas Práticas de Humanização na Atenção e Gestão do Sistema Único de Saúde - SUS

Boas Práticas de Humanização na Atenção e Gestão do Sistema Único de Saúde - SUS 2006 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Política Nacional de Humanização Permitida a reprodução, no todo ou em parte, sem alteração do conteúdo e com a citação obrigatória da fonte: Política

Leia mais

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da FMRPUSP Conteúdo DISPOSIÇÕES GERAIS 3 APOIO AO APRIMORAMENTO DE RECURSOS HUMANOS 4 Participação em congressos e eventos científicos

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

O TRATAMENTO BIO-PSICO-SÓCIO-ESPIRITUAL

O TRATAMENTO BIO-PSICO-SÓCIO-ESPIRITUAL O TRATAMENTO BIO-PSICO-SÓCIO-ESPIRITUAL Roberto Lúcio Vieira de Souza Ciência e religião... são amigas, não adversárias, na busca comum por conhecimento. John Polkinghorne Físico e Teólogo Se estás doente,

Leia mais

NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA VOLUNTÁRIA ESPIRITUAL MS / INCA / HCI. José Adalberto F. Oliveira (ilhaterceira@hotmail.com) Secretaria do NAVE 32071718

NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA VOLUNTÁRIA ESPIRITUAL MS / INCA / HCI. José Adalberto F. Oliveira (ilhaterceira@hotmail.com) Secretaria do NAVE 32071718 NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA VOLUNTÁRIA ESPIRITUAL MS / INCA / HCI José Adalberto F. Oliveira (ilhaterceira@hotmail.com) Secretaria do NAVE 32071718 COMO TUDO COMEÇOU: Demanda da Coordenadora do Voluntariado

Leia mais

Casa do Bom Menino. Informativo. Menino Gourmet é destaque de capa na revista Caterpillar. casadobommeninopiracicaba.org.br

Casa do Bom Menino. Informativo. Menino Gourmet é destaque de capa na revista Caterpillar. casadobommeninopiracicaba.org.br Informativo Casa do Bom Menino Edição 06 - Setembro/Outubro 2015 2015 Menino Gourmet é destaque de capa na revista Caterpillar O projeto Menino Gourmet da Casa do Bom Menino foi destaque de capa da revista

Leia mais

Como transformar Grupos em Equipes

Como transformar Grupos em Equipes Como transformar Grupos em Equipes Caminhos para somar esforços e dividir benefícios Introdução Gestores de diversos segmentos, em algum momento de suas carreiras, deparam-se com desafios que, à primeira

Leia mais

jeitos demudar mundo para crianças venda proibida Sandra Aymone

jeitos demudar mundo para crianças venda proibida Sandra Aymone 8 jeitos demudar o mundo para crianças venda proibida Sandra Aymone Autora: Sandra Aymone Coordenação editorial: Sílnia N. Martins Prado Preparação e revisão: Katia Rossini Ilustração: Leandro Bucate Projeto

Leia mais

Agencia Experimental Unideias 1. Guilherme Pereira da ROSA 2 Andreia Chiara PRIETO 3 UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP, MS

Agencia Experimental Unideias 1. Guilherme Pereira da ROSA 2 Andreia Chiara PRIETO 3 UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP, MS Agencia Experimental Unideias 1 Guilherme Pereira da ROSA 2 Andreia Chiara PRIETO 3 UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP, MS RESUMO Agências experimentais ou pedagógicas dos cursos de Publicidade e Propaganda

Leia mais

Uma vida dedicada. do ensino médico?

Uma vida dedicada. do ensino médico? E ntrevista Gilson Soares Feitosa O entrevistado desta edição é o cardiologista e professr Gilson Feitosa, que é coordenador da Residência em Cardiologia e diretor de Ensino e Pesquisa do Hospital do Hospital

Leia mais

Então resolvi listar e explicar os 10 principais erros mais comuns em projetos de CRM e como podemos evita-los.

Então resolvi listar e explicar os 10 principais erros mais comuns em projetos de CRM e como podemos evita-los. Ao longo de vários anos de trabalho com CRM e após a execução de dezenas de projetos, penso que conheci diversos tipos de empresas, culturas e apesar da grande maioria dos projetos darem certo, também

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO COMPORTAMENTAL

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO COMPORTAMENTAL SOCIEDADE BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO COMPORTAMENTAL Indo além do engajamento Selecionar, desenvolver e reter EMPREENDEDORES CORPORATIVOS é o nosso negócio. EMPREENDEDOR CORPORATIVO Empreender Corporativamente

Leia mais

Graças ao Coaching. eu descobri o que havia de melhor em mim. Bhia Beatriz

Graças ao Coaching. eu descobri o que havia de melhor em mim. Bhia Beatriz Graças ao Coaching eu descobri o que havia de melhor em mim Bhia Beatriz 1 2 Graças ao Coaching eu descobri o que havia de melhor em mim Ilustração da Capa Nádia Krummenauer Artista Plástica Arte Final

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 80 Memória Oral 24 de abril de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte,

Leia mais

Porque fazer um curso de Coaching? Tendências do Mercado de Coaching. Um dia na vida de um Coach. Teste: Tornando-se um Coach

Porque fazer um curso de Coaching? Tendências do Mercado de Coaching. Um dia na vida de um Coach. Teste: Tornando-se um Coach ABRACOACHING 2015 1 Porque fazer um curso de Coaching? Metodologia Comprovada Resultados sem precedentes As maiores razões para escolher um coach Tendências do Mercado de Coaching Oportunidades da Carreira

Leia mais

De que Inclusão Estamos Falando? A Percepção de Educadores Sobre o Processo de Inclusão Escolar em Seu Local de Trabalho

De que Inclusão Estamos Falando? A Percepção de Educadores Sobre o Processo de Inclusão Escolar em Seu Local de Trabalho 1 de 5 29/6/2010 00:34 www.ibmeconline.com.br De que Inclusão Estamos Falando? A Percepção de Educadores Sobre o Processo de Inclusão Escolar em Seu Local de Trabalho Autora: Patrícia Carla de Souza Della

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

PROGRAMAS PARA O AUMENTO DA PERFORMANCE HUMANA

PROGRAMAS PARA O AUMENTO DA PERFORMANCE HUMANA PROGRAMAS PARA O AUMENTO DA PERFORMANCE HUMANA Workshop de Aprendizagem Explore as formas de aprendizagem, encontre qual é a melhor pra você e descubra como potencializar a realização do seu conhecimento

Leia mais

Fazendo a diferença nos Serviços de Saúde: Visão do Técnico Especialista

Fazendo a diferença nos Serviços de Saúde: Visão do Técnico Especialista Fazendo a diferença nos Serviços de Saúde: Visão do Técnico Especialista Tec. de Enfermagem Claudia Sterque claudiasterque@yahoo.com.br 11 de novembro de 2010 VISÃO DO TÉCNICO ESPECIALISTA Quando comecei

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Família Secretaria Municipal de Saúde CASC - Centro de Atenção a Saúde Coletiva Administração Municipal Horizontina RS Noroeste do Estado Distante 520 Km da

Leia mais

Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA

Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA 1 Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro apresenta os princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Rio Grande do Sul SISERGS Unindo você a todos os Secretários do RS! SISERGS BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Dia 06 de novembro ocorreu o penúltimo treinamento

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

2007 Para Francisco livro em 2008 cinemas em 2015 Hoje Vou Assim 2013, lançou o livro Moda Intuitiva

2007 Para Francisco livro em 2008 cinemas em 2015 Hoje Vou Assim 2013, lançou o livro Moda Intuitiva CR I S G U E R R A p u b l i c i tá r i a, e s c r i to r a e pa l e s t r a N t e PERFIL Começou sua trajetória na internet em 2007, escrevendo o blog Para Francisco, que virou livro em 2008 e irá para

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 Palestras informativas Promover ações educativas para a promoção do voluntariado transformador. Mobilizar voluntários. Toda a comunidade de Curitiba e Região Metropolitana

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº34 28/10-03/11 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº34 28/10-03/11 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional HOSPITAL VETERINÁRIO RECEBE NOVOS EQUIPAMENTOS E REFORMAS Obras são necessárias devido ao aumento de

Leia mais

Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia

Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia Miguel Nicolelis: Vamos transformar o RN na Califórnia Emanuel Amaral CIÊNCiA - Reconhecido internacionalmente, Miguel Nicolelis tem planos ambiciosos para o RN 05/08/2007 - Tribuna do Norte Anna Ruth

Leia mais

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Recursos Humanos Coordenação de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Introdução No dia 04 de Agosto de 2011, durante a reunião de Planejamento, todos os

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

Produto da Divisão Marketing

Produto da Divisão Marketing Marketing para o Terceiro Setor Produto da Divisão Marketing OBJETIVO Dispor ao mercado de entidades relacionadas ao Terceiro Setor, um leque de atividades relacionados ao marketing e comunicação voltados

Leia mais

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ O contexto Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio Libanês (2005) Assistencialismo Hospital Municipal Infantil Menino Jesus (2005) Responsabilidade

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Nível Médio Prova 1: Compreensão leitora e língua em uso

Nível Médio Prova 1: Compreensão leitora e língua em uso TEXTO 1 Leia o texto abaixo e nas alternativas de múltipla escolha, assinale a opção correta. INTERCÂMBIO BOA VIAGEM 1 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Cursos de intercâmbio são uma

Leia mais

Vida na ESIC 19ªEd. 1º. SEMESTRE: GOSTINHO DE FINAL... 07/06/13. Abertas as inscrições para o Vestibular de Inverno ESIC 2013.

Vida na ESIC 19ªEd. 1º. SEMESTRE: GOSTINHO DE FINAL... 07/06/13. Abertas as inscrições para o Vestibular de Inverno ESIC 2013. VIDA NA ESIC 19ª Edição Vida na ESIC 19ªEd. Abertas as inscrições para o Vestibular de Inverno ESIC 2013. Administração Gestão Financeira Gestão Comercial Gestão de Recursos Humanos 1º. SEMESTRE: GOSTINHO

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Derdic / PUC-SP

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Derdic / PUC-SP RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2010 Missão 03 Valores Institucionais 03 Escola Especial de Educação Básica 04 Clínica de Audição, Voz e Linguagem Prof. Dr. Mauro Spinelli

Leia mais

Florence Nightingale: obras, ensinamentos e contribuições Séc XIX

Florence Nightingale: obras, ensinamentos e contribuições Séc XIX UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE BACHARELADO EM ENFERMAGEM HISTÓRIA E TEORIAS DA ENFERMAGEM Prof. Eurípedes Gil de França Aula 6 Enfermagem Moderna Florence Nightingale: obras, ensinamentos e

Leia mais

Consultoria! O que é e como usar?

Consultoria! O que é e como usar? Consultoria! O que é e como usar? Luciano Terra Afinal, o que é consultoria? Percebe-se que, para muitos, o termo Consultoria, assim como Marketing, Rightsizing, Merchandising, Downsizing e tantos outros,

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 2 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

A Responsabilidade Socioambiental no TRT/RJ

A Responsabilidade Socioambiental no TRT/RJ A Responsabilidade Socioambiental no TRT/RJ No TRT/RJ, as ações visando o cuidado ambiental se iniciaram no ano de 2003, quando foi criada, pelo Ato nº 2612, a primeira Comissão de Estudos para a Implantação

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL Emanuel Carvalho 2 Prefácio * Edivan Silva Recebi o convite para prefaciar uma obra singular, cujo título despertou e muita minha atenção: Como escrever um livro infantil,

Leia mais

É POSSÍVEL EMPREENDER MEU SONHO? Vanessa Rosolino People Coaching & Desenvolvimento Organizacional

É POSSÍVEL EMPREENDER MEU SONHO? Vanessa Rosolino People Coaching & Desenvolvimento Organizacional É POSSÍVEL EMPREENDER MEU SONHO? Vanessa Rosolino People Coaching & Desenvolvimento Organizacional Empreendedores são aqueles que entendem que há uma pequena diferença entre obstáculos e oportunidades

Leia mais

APRÊMIO NACIONAL DE GESTÃO EDUCACIONAL - 2011 ANEXO 04 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

APRÊMIO NACIONAL DE GESTÃO EDUCACIONAL - 2011 ANEXO 04 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO APRÊMIO NACIONAL DE GESTÃO EDUCACIONAL - 2011 ANEXO 04 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO ECUCACIONAL 1.1. Histórico da prática eficaz Universidade Positivo é a Instituição de Educação

Leia mais

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2014. Dados de Identificação: Nome da Entidade: Associação de Cegos Louis Braille - ACELB. Bairro: Rubem Berta

PLANO DE TRABALHO EXERCÍCIO 2014. Dados de Identificação: Nome da Entidade: Associação de Cegos Louis Braille - ACELB. Bairro: Rubem Berta ASSOCIAÇÃO DE CEGOS LOUIS BRAILLE CNPJ. 88173968/0001-60 Endereço: Rua Braille, 480 Núcleo Residencial Costa e Silva Bairro: Rubem Berta POA-RS - CEP: 91150-140 e-mail: acelb@terra.com.br Fone: 3344-18-04-33406840

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

O que é? Um Programa para entender a relação da INOVAÇÃO com você, a próxima geração.

O que é? Um Programa para entender a relação da INOVAÇÃO com você, a próxima geração. Carreira 2015 O que é? Um Programa onde jovens compartilham com você, as trajetórias profissionais que percorreram. E discutem pontos importantes a serem considerados no momento de sua ESCOLHA PROFISSIONAL.

Leia mais

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II Centro Comunitário Vila Gaúcha Projeto Experimental II Apresentação da Empresa O Centro Comunitário Vila Gaúcha presta atendimento regular em Educação Infantil, Serviço de Apoio Sócio Educativo, Trabalho

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade Hebert Schiavelli Página 1

Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade Hebert Schiavelli Página 1 Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade Hebert Schiavelli Página 1 A maior Ambição do Homem é querer Colher aquilo que Não Semeou. Hebert Schiavelli (Empreendedor) Porque não Seguir o Fluxo da Sociedade

Leia mais

A ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA AO TER UM FAMILIAR INTERNADO POR DOENÇA CRÔNICA: RELATO DE VIVÊNCIA 1

A ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA AO TER UM FAMILIAR INTERNADO POR DOENÇA CRÔNICA: RELATO DE VIVÊNCIA 1 A ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA AO TER UM FAMILIAR INTERNADO POR DOENÇA CRÔNICA: RELATO DE VIVÊNCIA 1 ROSSATO, Karine 2 ; GIRARDON-PERLINI, Nara Marilene Oliveira 3, MISTURA, Claudelí 4, CHEROBINI, Márcia

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

1º Trabalho Listas de Discussão

1º Trabalho Listas de Discussão 1º Trabalho Listas de Discussão Catarina Santos Meios Computacionais no Ensino 05-03-2013 Índice Introdução... 3 Resumo e análise da mensagem da lista Matemática no secundário... 4 Resumo e análise da

Leia mais

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br

especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br Psicologia Intensiva uma especialidade Psic. Raquel Pusch pusch11@terra.com.br www.psicosaude.com.br PSICOLOGIA INTENSIVA O intensivismo é uma especialidade que apresenta um caráter interdisciplinar voltado

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL MANUAL 2012 AV. Dr. Arnaldo, 351 3º andar - Pacaembu Cep: 01246-000 São Paulo - SP 1 Secretaria de Estado da Saúde São Paulo Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Institucional

Leia mais