ExpressARTE. Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais. Manual da Formanda drmadorr1manda. Inglês

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ExpressARTE. Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais. Manual da Formanda drmadorr1manda. Inglês"

Transcrição

1 ExpressARTE Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais Manual da Formanda drmadorr1manda Inglês

2 Autor: Almerinda Lourenço Título: Inglês Coordenação da Mala Formativa: Graça Pinto, PERFIL Psicologia e Trabalho Projecto: Design gráfico

3 Índice Identificação pessoal 1 Competências finais 1 Conteúdos programáticos 2 Lojas 6 Competências finais 6 Conteúdos programáticos 6 Saúde 8 Competências finais 8 Conteúdos programáticos 8 Viagens e transportes 10 Competências finais 10 Conteúdos programáticos 10 Alimentação 12 Competências finais 12 Conteúdos programáticos 13 Rotina diária e mundo do trabalho 15 Conteúdos programáticos 15 A casa 17 Competências finais 17 Conteúdos programáticos 17 Passado e futuro 19 Competências finais 19 Conteúdos programáticos 20 Exercícios Identificação Pessoal 23 Exercícios Lojas 46 Exercícios Saúde 51 Exercícios Viagens e transportes 57 Exercícios Alimentação 67 Exercícios Rotina diária e mundo do trabalho 78 Exercícios A casa 85 Exercícios Passado e futuro 93 Competências finais 15

4 Capítulo 1 Identificação pessoal Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções gerais de vocabulário de uso corrente e diário, nomeadamente de cariz pessoal. Específicas No final deste tema, as participantes serão capazes de: Conhecer e utilizar vocabulário de carácter geográfico; Conhecer e utilizar vocabulário de identificação pessoal; Conhecer e utilizar vocabulário de descrição física, nomeadamente do corpo humano; Conhecer e utilizar vocabulário referente a vestuário; Conhecer e utilizar vocabulário referente a profissões; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de descrever fisicamente e caracterizar psicologicamente uma pessoa. 1

5 Conteúdos programáticos Partes do mundo (continentes). Países de língua inglesa. Países e nacionalidades. Países e capitais do Reino Unido. Nome e posses. Pessoas e objectos familiares. O corpo humano (descrição física). Roupas. Informações/ questões pessoais. Profissões. Características físicas e psicológicas. 2

6 O Inglês é uma língua que se encontra em todo o lado à nossa volta. És capaz de dizer agora algumas palavras inglesas? Vamos escrevê-las no quadro. Muito bem! Seguramente também és capaz de identificar alguns continentes e oceanos num mapa aumentado (página 23). Coloca os números em frente dos nomes no mapa. Depois, usando uns cartões com nomes de vários países, cola-os nesse mapa em cima do local onde se situam. É bom que tenhas também uma noção da extensão mundial da língua que vais aprender. Consegues identificar alguns dos países de língua inglesa no mapa da página 24? Vamos agora aprender/ relembrar algumas capitais e nacionalidades. Preenche o quadro da página 25 com nomes de algumas capitais e nacionalidades dos referidos países. Usa os números e o sinal de igual para te ajudarem. No mapa das Ilhas Britânicas da mesma página relembra e escreve os países do Reino Unido e a capital deste. Vais agora ouvir a canção I got a girl (página 26) e preencher os espaços com nomes de lugares que já conheces. Nesta o cantor está sempre a repetir uma palavra (verbo) essencial para se falar sobre nós. Qual é? Que mais diz ele na canção? Agora que já conheces algum vocabulário já podes identificar-te pessoalmente ou a uma colega (dizer nome, sobrenome, e nacionalidade). Usa: I am...; She is... Escreve agora apresentações para os famosos das imagens na primeira pessoa e depois na terceira. Adivinha quem são e escreve também os seus nomes nas linhas em baixo (página 27). Relembra/ aprende as restantes formas e completa estes quadros e frases com os verbos to be e to have (página 28). No exercício da página 29, vais relembrar as nacionalidades e aprender a dizer um ou uma em Inglês. Escreve estas palavras em Inglês ( a atrás de consoante e an atrás de vogal) seguidas das nacionalidades indicadas e adaptadas aos objectos mostrados. 3

7 Esta é a árvore da tua vida (página 30). Escreve nela os nomes das coisas e pessoas mais importantes dela, com a ajuda da professora. Relembra assim os nomes dos principais familiares e de alguns objectos. Para te identificares também precisas de te descrever fisicamente ou a outros. Por isso observa estas imagens/palavras das partes do rosto e toma notas dos seus significados (página 31). De seguida escreve os nomes das partes do corpo na imagem da página 32 utilizando as palavras dadas. Já que estamos a fazer descrições vamos também aprender e escrever nomes de peças de roupa por baixo de imagens (página 33) e completar frases com vocabulário adquirido (página 34). Agora é a tua vez. Em pares, descreve uma pessoa do grupo para ser adivinhada. Utiliza o vocabulário aprendido. Para relaxarmos e pensarmos um pouco, vamos ler e comentar o poema: I am the redman (página 35). O que é que este homem considera mais importante na sua vida? E menos? Utilizando os conhecimentos que adquiriste até agora, preenche este formulário semelhante ao que preencherias para obter um passaporte (página 36). A identificação pessoal não é só responder a perguntas, mas também colocá-las. Vamos aprender como se faz isso utilizando o que já aprendemos e os quadros da página 37. Na mesma página e na seguinte, vamos realizar os exercícios: seleccionar a resposta correcta, ligar perguntas com a resposta adequada, completar perguntas e respostas, responder a perguntas pessoais e de cultura geral, completando as perguntas. 4

8 Dizer o que fazemos também faz parte da identificação. Vamos então aprender nomes de profissões, primeiro ouvindo sons, adivinhando as profissões e completando as seguintes palavras incompletas: 1. anic 2. ist 3. Tea 4. _ ge 5. _ player 6. ier. Depois escrevendo números correspondentes às profissões representadas nas imagens das páginas 39 e 40; e completando os pares da página 41. Utilizando o que aprendemos, vamos agora imaginar a identidade destas personagens históricas que tu não conheces (páginas 43 e 44). Responde a estas perguntas mediante a observação das fotos. Inventa. 1. Who is the person? 2. What s his job? 3. What is he like/ has he got? Confirma as respostas com a professora. Resumindo um pouco a importância do eu e das suas características, vamos ouvir e completar a canção Beautiful (página 45) e aprender a descrevermo-nos um pouco mais física e psicologicamente ligando os adjectivos da mesma página com as imagens de animais mais adequadas a eles. 5

9 Capítulo 2 Lojas Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções de vocabulário numérico e de utilização num estabelecimento comercial. Específicas No final deste tema, as participantes serão capazes de: Conhecer e utilizar vocabulário para contar e identificar preços; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de distinguir dias e meses, e identificar datas; Conhecer e utilizar vocabulário para identificar o interior de um estabelecimento comercial; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de participar num diálogo, numa visita a um estabelecimento comercial. Conteúdos programáticos Números e preços. Datas, dias e meses. Partes de lojas. Diálogos em lojas. 6

10 Vamos escrever os números já teus conhecidos no quadro e também os restantes fazendo comparações com os primeiros. Agora já consegues ler as datas neste acetato (página 47) e adivinhar o objecto errado para a época aí representado. Recorda que as datas com quatro números normalmente se dividem ao meio. Também já consegues ler os preços junto das imagens dos objectos na página 48. Como já conheces muito deste vocabulário, vamos também ler expressivamente os diálogos desta página. Na página 49, vamos ligar os nomes de objectos/ partes de uma loja com as imagens correspondentes e completar diálogos semelhantes aos que já leste. Como já sabes os números e as datas, vais agora tomar conhecimento dos dias da semana através da leitura de um poema, dos meses do ano e dos números ordinais (página 50). Como vês, para saberes utilizar estes últimos (o nome ordinal vem da palavra ordem, ou seja, são os números que te indicam quem/ o que vem em primeiro, em segundo lugar, etc.). Ainda na página 50, escreve os dias, números ordinais e datas completos. 7

11 Capítulo 3 Saúde Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções gerais de vocabulário relacionado com saúde. Específicas No final deste tema, os/as participantes serão capazes de: Conhecer e utilizar vocabulário a fim de participar num diálogo sobre assuntos relacionados com saúde; Conhecer e utilizar vocabulário de nomes de doenças; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de poder dar ordens ou instruções a fim de solucionar problemas básicos de saúde. Conteúdos programáticos Diálogos sobre saúde. Nomes de doenças. Soluções para problemas de saúde (ordens e instruções). 8

12 Vamos começar por ler expressivamente o diálogo simples Champ (página 51). De seguida, na página 52, vamos aprender e ligar os nomes de algumas doenças com as imagens que as representam. E, seguindo as pistas, escrever um diálogo semelhante ao que lemos antes. Treina um pouco mais os nomes das doenças na página 53, completando-os com as palavras da caixa no primeiro exercício e escolhendo soluções para os problemas de saúde apresentados no segundo. Ao escolheres as soluções no exercício anterior estiveste a usar o imperativo. Vamos praticá-lo um pouco mais e em situações do dia-a-dia. Escolhe os diálogos adequados às imagens (página 54). Depois constrói frases na positiva e na negativa a partir dos exemplos e das imagens de sinais públicos (página 55). Por fim, cria a tua própria frase no imperativo (ordem, pedido, instrução, etc.) usando um dos quadros da página 56. Podes usá-la em casa. 9

13 Capítulo 4 Viagens e transportes Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções gerais de vocabulário relacionado com viagens e transportes. Específicas No final deste tema, os/as participantes serão capazes de: Conhecer e utilizar vocabulário a fim de descrever transportes e distinguir os públicos dos privados; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de descrever e distinguir as diversas partes de uma estação de comboios; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de proceder a um check-in num hotel; Conhecer através de imagens e diversas explicações, a cidade de Londres. Conteúdos programáticos Transportes públicos e privados. Estação de comboios (partes, diálogos). Check-in num hotel. Postais. Direcções. 10

14 Como, seguramente, já conheces alguns transportes, vamos começar por completar palavras com o nome dos principais transportes públicos/ privados e frases com o verbo go, muito utilizado para viagens em transportes (página 57). Agora, vamos entrar numa estação de comboios e ligar os nomes e lugares dessa (página 58). E, como já conheces algum vocabulário, poderás ler expressivamente / simular e completar os diálogos da página 59. Para estes últimos, usa o quadro na mesma página. Quando viajamos, é frequente instalarmo-nos em hotéis, por isso, vamos ouvir e completar um diálogo num hotel usando as palavras dadas (página 60). Estamos prontas para viajar pelo que vamos passar a visualizar imagens (slides) de Londres. Depois deste passeio, vamos completar um postal de Londres com verbos aprendidos em sessões anteriores (página 61), e escrever de seguida um pequeno texto num postal de Londres com impressões pessoais sobre os lugares que vimos (página 62 a 65). Agora que já conhecemos Londres, podemos observar um mapa da cidade e criar diálogos com perguntas e indicações de direcções a partir do seguinte modelo (página 66). A: Excuse me, can you tell me the way to S. Paul s cathedral, please? B: Sure, go straight ahead... Turn left/ right at the 1st, 2nd, 3rd, 4th turning... Cross the bridge... Go past the roundabout... It s near/ far. It s a 10 minute walk. Take bus number A: Thank you. Seguidamente, vamos visualizar um excerto do filme Garfield 2. Vê se consegues reconhecer locais de Londres e vocabulário aprendido na aula. 11

15 Capítulo 5 Alimentação Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções gerais de vocabulário relacionado com alimentação e restauração. Específicas No final deste tema, os/as participantes serão capazes de: Conhecer e utilizar vocabulário a fim de distinguir alimentos e os nomes das refeições; Conhecer e utilizar vocabulário para ler e interpretar o conteúdo de um recibo de supermercado: Conhecer e utilizar vocabulário para ler e interpretar um menu de restaurante; Conhecer e utilizar vocabulário em situações de restauração. 12

16 Conteúdos programáticos Nomes de alimentos / refeições. Recibo de supermercado. Factos sobre os alimentos (boa alimentação). Menu. Diálogos em restaurantes. Comida e cultura. 13

17 Para começar, vamos tentar traduzir a BD Garfield da página 67. O que achaste? Agora, toma notas dos significados destes alimentos (páginas 68 e 69). Para praticarmos um pouco mais, completa os espaços nas palavras cruzadas e no menu da página 70 com nomes dos alimentos e bebidas. Alguns deles são-te fornecidos. Completa agora os espaços com nomes dos principais tipos de carne e de seguida adivinha os nomes dos alimentos que se estão a descrever nas frases e escreve-os em forma de palavras cruzadas (página 71). Indica seguidamente os vários tipos de comida neste recibo de supermercado (página 72). Sabes qual a comida mais adequada e porquê? Descobre se sim assinalando se estas afirmações, relacionadas com alimentação e saúde, são correctas ou incorrectas (página 73). Aprende na mesma página, de novo com o Garfield, o nome das principais refeições. Vamos agora passar aos alimentos/ refeições servidos em restaurantes. Começa por tomar notas no menu da página 74. De seguida, lê expressivamente o diálogo da página 75 e completa o outro na mesma página, parecido com aquele. Vamos divertir-nos um pouco. Esta família (página 76) foi ao restaurante, mas a experiência não correu muito bem. Ordena o diálogo cortado em pedaços e representa-o em grupos. Não te esqueças da entoação. Para terminar, vamos a uma pequena nota cultural. Lê individualmente o texto Fattening rooms (página 77) e responde às perguntas sobre este. 14

18 Capítulo 6 Rotina diária e mundo do trabalho Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções gerais de vocabulário relacionado com o mundo do trabalho. Específicas No final deste tema, os/as participantes serão capazes de: Rever o vocabulário necessário para conhecer os números e efectuar contagens; Conhecer e utilizar vocabulário e expressões para dizer as horas; Conhecer e utilizar vocabulário relacionado com situações diárias do mundo do trabalho. Conteúdos programáticos Revisão dos números. Horas. Acções /problemas do dia-a-dia / relacionados com o trabalho. Formas de ultrapassar problemas. 15

19 O relógio é parte importante na nossa rotina diária. Completa os espaços com os nomes dos vários tipos de relógios (página 78). Usando os teus conhecimentos sobre os números e a indicação de horas fornecidas no quadro da mesma página, completa os espaços no exercício seguinte. Logo que acordamos esperam-nos várias tarefas. Aprende-as (página 79) e, de seguida, escreve frases breves indicando as acções da rotina diária de um rapaz a partir de verbos dados na caixa. Nas próximas sessões, vamos visualizar os filmes Uma mulher de sucesso e Jerry Maguire, que nos dão, respectivamente, uma visão feminina e masculina do dia-a-dia de duas pessoas e da sua forma de encarar os problemas de trabalho, e outros que se lhes deparam. Presta atenção e responde às perguntas dos guiões sobre estes (páginas 80 e 81), dando assim a tua opinião e interpretação sobre os filmes. Concentremo-nos agora na tua rotina. Responde às perguntas sobre a tua rotina diária pessoal (página 82). Para falar dessa rotina, usa-se muitas vezes o presente simples. Pratica-o com os exercícios das suas várias formas nas páginas 82 e 83. Completa as frases. Para terminar, ouve e completa a canção Manic Monday (página 84) e dá a tua opinião sobre os problemas da rapariga. 16

20 Capítulo 7 A casa Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções gerais de vocabulário relacionado com a casa e seu interior. Específicas No final deste tema, os/as participantes serão capazes de: Conhecer e utilizar vocabulário a fim de distinguir as diferentes partes de uma casa; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de distinguir diferentes objectos habituais numa casa; Conhecer e utilizar vocabulário a fim de distinguir diferentes tipos de casas. Conteúdos programáticos Partes / objectos da casa. Casa de sonho. Tipos de casas. Posses. 17

21 Aprende ou relembra algumas partes e objectos da casa. Completa os textos/ espaços/ palavras cruzadas com as palavras que te são indicadas (páginas 85 a 89). Utilizando o vocabulário aprendido e partir dos itens da página 89 e de algumas instruções (páginas 108 e 109), descreve um sonho. Ouve depois a interpretação desse. Há vários tipos de casas. Aprende-os e escreve os números correspondentes às imagens dos vários locais onde se pode viver (página 90). Para indicar as várias coisas que possuis numa casa, podes usar o verbo to have que já aprendemos. Vamos revê-lo. Completa as frases com as formas positiva, negativa e interrogativa desse verbo (páginas 91 e 92). 18

22 Capítulo 8 Passado e futuro Competências finais Gerais No final deste tema, as participantes deverão ter noções gerais de formas verbais no passado e no futuro, e respectiva inserção em frases, bem como de vocabulário acerca do clima e condições meteorológicas. Específicas No final deste tema, os/as participantes serão capazes de: Comparar regras de formas verbais no presente e no passado; Conhecer e utilizar formas verbais no passado; Ler textos de forma expressiva; Conhecer regras de formas verbais no futuro; Conhecer e utilizar formas verbais no futuro; Conhecer e utilizar vocabulário acerca de condições climatéricas e meteorológicas. 19

23 Conteúdos programáticos Acções no passado. Culturas antigas. Histórias de cowboys / Teatro. Tempo atmosférico. Previsões. 20

24 Já sabes falar sobre as acções do dia-a-dia. Agora vamos aprender a contar algo no passado. Começa por tirar notas e comparar as regras do presente e do passado simples. Depois resolve os exercícios sobre o passado (página 93) completando espaços com as formas positiva, negativa e interrogativa desse tempo. Para os verbos com terminações diferentes (irregulares), usa o conjugador fornecido pela professora (páginas 94 e 95). Agora treina um pouco mais esse tempo, escrevendo uma pequena história de cowboys a partir de imagens (página 96) e dos verbos: arrive, walk, open, see, start e die; e completando um texto sobre a vida no antigo Egipto com verbos no passado, usando o conjugador (página 97). Depois destes exercícios, vamos visualizar um excerto da peça Othello, de Shakespeare (filme) e observar imagens do Globe Theatre reconstruído (página 98) para prepararmos a leitura expressiva / representação de um excerto do último acto da referida peça adaptada (páginas 99 a 102). Nesta unidade, vamos também dar um saltinho ao futuro. Começamos por ler um excerto do discurso de Martin Luther King ( I have a dream ) e resumir as suas ideias principais num parágrafo (página 103). Escreve de seguida na mesma página o final de uma frase começada com I have a dream that... com planos/ sonhos para o teu futuro pessoal ou do mundo. Sem querer, estiveste a utilizar as formas do futuro. Na página 103 ainda, toma notas das regras dos dois tipos de futuro mais utilizados (futuro simples e futuro com going to ). Vais depois utilizá-los, respectivamente para previsões das condições meteorológicas, que vais aprender na página 104; e para escrever frases sobre o que vai acontecer a algumas pessoas ou o que elas vão fazer utilizando o futuro com going to (página 105). Para terminar, vamos visualizar um excerto sobre o final da vida de Malcolm X, ouvindo e vendo a canção A change is gonna come. Apesar da tragédia de Malcolm X, a mensagem é de esperança para o futuro. Depois desta actividade indicarás a tua auto avaliação final para cada um dos parâmetros. Espero que tenhas gostado! Boa sorte! 21

25 Anexos Folhas de apoio distribuídas na formação 22

26 Exercícios Identificação Pessoal 23

27 24

28 25

29 26

30 27

31 28

32 29

33 30

34 31

35 32

36 33

37 34

38 35

39 36

40 37

41 38

42 39

43 40

44 41

45 42

46 43

47 44

48 45

49 Exercícios Lojas 46

50 47

51 48

52 49

53 50

54 Exercícios Saúde 51

55 52

56 53

57 54

58 55

59 56

60 Exercícios Viagens e transportes 57

61 58

62 59

63 60

64 61

65 62

66 63

67 64

68 65

69 66

70 Exercícios Alimentação 67

71 68

72 69

73 70

74 71

75 72

76 73

77 74

78 75

79 76

80 77

81 Exercícios Rotina diária e mundo do trabalho 78

82 79

83 80

84 81

85 82

86 83

87 84

88 Exercícios A casa 85

89 86

90 87

91 88

92 89

93 90

94 91

95 92

96 Exercícios Passado e futuro 93

97 94

98 95

99 96

100 97

101 98

102 99

103 100

104 101

105 102

106 103

107 104

108 105

109 106

110 107

111 108

112 109

ExpressARTE. Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais. Guia do Formador drmadorr1manda. Inglês

ExpressARTE. Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais. Guia do Formador drmadorr1manda. Inglês ExpressARTE Recursos Didácticos para Aprender a Ser Mais Guia do Formador drmadorr1manda Inglês Autor: Almerinda Lourenço Título: Inglês Coordenação da Mala Formativa: Graça Pinto, PERFIL Psicologia e

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas Departamento de Línguas Estrangeiras - Inglês - 3º Ciclo - 7º Ano Planificação Anual 2010 / 2011 1º Período - Aulas

Leia mais

Observação directa: ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL SECUNDÁRIO DISCIPLINA: PLNM (A1) ANO: 11º ANO LECTIVO 2010/2011

Observação directa: ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL SECUNDÁRIO DISCIPLINA: PLNM (A1) ANO: 11º ANO LECTIVO 2010/2011 ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL SECUNDÁRIO DISCIPLINA: PLNM (A1) ANO: 11º ANO LECTIVO 2010/2011 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS AULAS PREVISTAS

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano 48 Numerais (1-20) Cores Alfabeto Linguagem da sala de aula Cumprimentos Nome, Idade O Reino Unido Identificação (Nome, Idade, País, Nacionalidade)

Leia mais

WORKSHOPS DE INGLÊS TEENS

WORKSHOPS DE INGLÊS TEENS WORKSHOPS DE INGLÊS TEENS Avenida dos Bombeiros Voluntários de Algés, 29-2º 1495-024 Algés Portugal T. 214102910 www.imagineacademies.com business@imagineacademies.com NIF - 508.835.445 Capital Social

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Planificação Anual 2013-2014 INGLÊS 5º ANO MATRIZ DE CONTEÚDOS E DE PROCEDIMENTOS

Leia mais

GRUPOS NIVEL SUBNÍVEL INSTRUÇÃO RESPOSTA

GRUPOS NIVEL SUBNÍVEL INSTRUÇÃO RESPOSTA JOGO 1 NIVEL 1 Exemplos de instruções e respostas que podem ser utilizadas nos oito contextos. CONTEXTUALIZAÇÃO DESENVOLVER A COMPREENSÃO SEMÂNTICA AUMENTO DO VOCABULÁRIO VISUAL IDENTIFICAÇÃO DE ELEMENTOS

Leia mais

PERCURSO CURRICULAR ALTERNATIVO 7º F

PERCURSO CURRICULAR ALTERNATIVO 7º F AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO- ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA À BEIRA DOURO- MEDAS PLANIFICAÇÃO ANUAL E SEMESTRAL DA TURMA DE PERCURSO CURRICULAR ALTERNATIVO 7º F ANO LECTIVO 2010 / 2011 1º PERÍODO

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo de Manuel da Fonseca Curso Profissional de Turismo

Escola Secundária com 3º ciclo de Manuel da Fonseca Curso Profissional de Turismo Domínios de Referência Competência Linguística Componentes Competência Funcional e Discursiva Competência Sociocultural Nº Horas Estratégias Recursos Avaliação Módulo 1: Nós e o mundo à nossa volta Pronomes

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CAMBRIDGE ACADEMY

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CAMBRIDGE ACADEMY CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CAMBRIDGE ACADEMY 1 - BASIC Os alunos vão aprender, entre outros - números - alfabeto - artigos definidos e indefinidos - vocabulário básico de diversas áreas - aspetos básicos

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

Inglês. Curso de Áudio

Inglês. Curso de Áudio Inglês Curso de Áudio Sobre a Autora ingressou na Universidade do Norte de Iowa em 1998, em dois cursos: pedagogia e espanhol. Após se mudar para Indianápolis, estado de Indiana, em 1999, ela passou a

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23)

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) 6ºANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE INGLÊS 2014-2015 DOMÍNIO INTERCULTURAL COMPETÊNCIAS COMUNICATIVAS LÉXICO E GRAMÁTICA ARTICULAÇÃO TEMAS DESCRITORES

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 5º Ano 55 Numerais (1-20) Cores Alfabeto Linguagem da sala de aula Cumprimentos Nome, Idade O Reino Unido Identificação (Nome, Idade, País, Nacionalidade)

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 7º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 7º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Inglês 7º Ano 50 a 56 44 a 48 Identificação Pessoal Gostos e preferências Rotina Diária Alimentação A Família: Relações Familiares Descrição Psicológica Celebrações:

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Como criar um Utilizador no Windows

Como criar um Utilizador no Windows 2013-05-08 11:00:17 Olá, como estás? Hoje vamos falar de um assunto que te vai ajudar a organizar o teu computador, assim como o dos teus pais, se o utilizares para as tuas aventuras informáticas. Muitas

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

O que Vês na Imagem?

O que Vês na Imagem? O que Vês na Imagem? Fonte: Farol, versão portuguesa do COMPASS: www.humanaglobal.com Duração aproximada: 30 minutos a 1 hora Palavras-chave: direitos humanos, interpretação/visão individual dos direitos

Leia mais

Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos

Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos Ficha Técnica Titulo À DESCOBERTA Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos Conceção Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos

Leia mais

4ª - Sim, já instalei o programa em casa e tudo. Vou fazer muitas músicas e gravar-me a cantar nelas também.

4ª - Sim, já instalei o programa em casa e tudo. Vou fazer muitas músicas e gravar-me a cantar nelas também. Entrevistas: Por escrito: A_5: 1ª - É fazer uma música sozinha, como eu gosto, com a ajuda do computador. Abrimos a Ableton Live, criamos as faixas que precisamos, escolhemos a forma e como é que cada

Leia mais

LER a partir dos 8 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL. O livro qu e. só queria. ser lido JOSÉ JORGE LETRIA. Ilustrações de Daniel Silva

LER a partir dos 8 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL. O livro qu e. só queria. ser lido JOSÉ JORGE LETRIA. Ilustrações de Daniel Silva LER a partir dos 8 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL O livro qu e só queria ser lido JOSÉ JORGE LETRIA Ilustrações de Daniel Silva Apresentação da obra Esta é a história de um livro triste. Triste

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Escola Básica e Secundária da Graciosa Planificação Anual Francês 8º ano (nível 2) Ano letivo: 2014/2015

Escola Básica e Secundária da Graciosa Planificação Anual Francês 8º ano (nível 2) Ano letivo: 2014/2015 Escola Básica e Secundária da Graciosa Planificação Anual Francês 8º ano (nível 2) Ano letivo: 2014/2015 Competências Gerais Desenvolver as suas competências de comunicação em língua francesa: - Compreender

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL. Planificação a longo prazo para o 7º ano de escolaridade. Língua Estrangeira I

PLANIFICAÇÃO ANUAL. Planificação a longo prazo para o 7º ano de escolaridade. Língua Estrangeira I PLANIFICAÇÃO ANUAL Agrupamento de Escolas de Santo André, Santiago do Cacém - 135513 Escola Secundária Padre António Macedo Grupo Disciplinar / Disciplina: Ano Letivo: 2014-2015 Ciclo de Ensino: Ano de

Leia mais

6 Estimular a Criatividade

6 Estimular a Criatividade OZARFAXINARS N.2 DEZEMBRO 2005 121 6 Estimular a Criatividade Como aspecto menos valorizado pela Escola, a criatividade pode estimular novas formas de o jovem se relacionar com o mundo, desenvolvendo atitudes

Leia mais

Where do you work? Nei se transformou em repórter e saiu perguntando para todo mundo Where do you work?. Vamos ver o diálogo?

Where do you work? Nei se transformou em repórter e saiu perguntando para todo mundo Where do you work?. Vamos ver o diálogo? A UU L AL A Where do you work? Na aula de hoje, vamos aprender a responder à pergunta Where do you work?, que quer dizer Onde você trabalha?. Assim, você pode dizer às pessoas qual é seu local de trabalho.

Leia mais

Níveis de desempenho. Perguntar e fornecer opiniões. Perguntar e responder sobre os diferentes tipos de férias

Níveis de desempenho. Perguntar e fornecer opiniões. Perguntar e responder sobre os diferentes tipos de férias Competências.Adquirir conhecimentos sobre a cultura e civilização Anglo- Americana numa perspectiva intercultural. - Aprofundar o conhecimento da realidade Portuguesa através do confronto com aspectos

Leia mais

Formas de saudação Alfabeto Fonemas do Francês Expressões de sala de aula

Formas de saudação Alfabeto Fonemas do Francês Expressões de sala de aula 2º PERÍODO 1º PERÍODO ESCOLA DO ENSINO BÁSICO DO 2º E 3º CICLOS DR. JOÃO DE BARROS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA ZONA URBANA DA FIGUEIRA DA FOZ ANO LECTIVO: 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL DOS CONTEÚDOS DA DISCIPLINA:

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE ALEMÃO 10º ANO (INICIAÇÃO)

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE ALEMÃO 10º ANO (INICIAÇÃO) ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE ALEMÃO 10º ANO (INICIAÇÃO) Cursos Científico Humanísticos - Formação Específica (disciplina bienal) Objectivos gerais: adquirir e desenvolver

Leia mais

Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa

Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenação de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP Marcos de Aprendizagem de Língua Inglesa Ciclo de Aprendizagem I e II MARCOS

Leia mais

PLANIFICAÇÃO INGLÊS 6º ANO MANUAL: WIN! ANO LETIVO 2014/2015

PLANIFICAÇÃO INGLÊS 6º ANO MANUAL: WIN! ANO LETIVO 2014/2015 ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III PLANIFICAÇÃO INGLÊS 6º ANO MANUAL: WIN! ANO LETIVO 2014/2015 UNIDADES / TÓPICOS 1ºPeríodo +/- 38 aulas STARTER UNIT (Direitos humanos / Dimensão Europeia da Educação) Personal

Leia mais

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA DO EXÉRCITO NÚCLEO DE APOIO PSICOLÓGICO E INTERVENÇÃO NA CRISE Edição - Julho 2014

Leia mais

Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?)

Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?) Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?) Ação nº41/2012 Formadora: Madalena Moniz Faria Lobo San-Bento Formanda: Rosemary Amaral Cabral de Frias Introdução Para se contar histórias a crianças,

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. Maria II V. N. Famalicão SÍNTESE DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA DISCIPLINA DE INGLÊS

Agrupamento de Escolas D. Maria II V. N. Famalicão SÍNTESE DOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DA DISCIPLINA DE INGLÊS Conteúdos temáticos Conteúdos gramaticais 5º ano 5º ano Saudações Linguagem de sala de aula/objetos/ Cores Pessoas: saudação/apresentação/nome/idade Números 1-12 Adjetivos para descrever lugares Dias da

Leia mais

OBJETIVOS. Compreender a importância de uma boa organização do estudo; Ser capaz de rentabilizar o estudo de uma forma mais efetiva;

OBJETIVOS. Compreender a importância de uma boa organização do estudo; Ser capaz de rentabilizar o estudo de uma forma mais efetiva; OBJETIVOS Definir objetivos de estudo a nível pessoal; Compreender a importância de uma boa organização do estudo; Ser capaz de rentabilizar o estudo de uma forma mais efetiva; Sensibilizar os E.E. para

Leia mais

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS RESOLUÇÃO DE CONFLITOS Todas as relações interpessoais implicam duas pessoas distintas e únicas, pelo que é natural que possam ocorrer situações em que não se está de acordo, em que se têm opiniões e pontos

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR 1º CICLO 2º ANO DE ESCOLARIDADE PLANIFICAÇÃO ANUAL DE INGLÊS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES/ESTRATÉGIAS MATERIAIS/ RECURSOS CALENDARIZAÇÃO MODALIDADES DE AVALIAÇÃO

Leia mais

1.º Período. Unidade Domínio Objetivos Descritores de desempenho Ser capaz de Recursos Avaliação

1.º Período. Unidade Domínio Objetivos Descritores de desempenho Ser capaz de Recursos Avaliação ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA GRACIOSA DEPARTAMENTO DE LÍNUGAS - PROGRAMAÇÃO ANUAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA I INGLÊS 9.º Ano do 3.º Ciclo Ano Letivo 2014 / 2015 DOCENTE: Margarida Couto N.º aulas 12 Module

Leia mais

Histórias Tradicionais Portuguesas. Alice Vieira AS MOEDAS DE OURO. Autora: Lina. Publicado em: www.escolovar.org

Histórias Tradicionais Portuguesas. Alice Vieira AS MOEDAS DE OURO. Autora: Lina. Publicado em: www.escolovar.org Histórias Tradicionais Portuguesas Alice Vieira AS MOEDAS DE OURO DE PINTO PINTÃO VAMOS CONHECER O LIVRO A CAPA A CONTRACAPA A LOMBADA Observa a capa do livro e responde: 1.Título 2. Nome da autora 3.

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Actividade: Criar um e-mail e trocar mensagens

Actividade: Criar um e-mail e trocar mensagens Apêndice 7 A Nota Explicativa Actividade: Criar um e-mail e trocar mensagens A aplicação desta actividade pretende dotar os alunos de competências básicas relacionadas com a utilização do e-mail como uma

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DE INGLÊS ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ CURRICULAR DE INGLÊS ENSINO FUNDAMENTAL MATRIZ CURRICULAR DE INGLÊS ENSINO FUNDAMENTAL 2014 1 3º ANO Cumprimentos e apresentação pessoal Objetos escolares Cores Aniversário Números até 10 Iniciar conversação em língua estrangeira cumprimentando

Leia mais

Define claramente o tema, o seu objectivo e os aspectos a desenvolver. De seguida deves ser capaz de levantar questões sobre o que pretendes

Define claramente o tema, o seu objectivo e os aspectos a desenvolver. De seguida deves ser capaz de levantar questões sobre o que pretendes Como fazes os teus trabalhos escritos? Há dois métodos para fazer trabalhos 1-Vais à Net copias a informação, colas num novo documento, imprimes e já está! 2-Pesquisas informação em fontes diversas, retiras

Leia mais

GUIÃO DE ENTREVISTA ÀS EDUCADORAS DE INFÂNCIA. 2º Momento

GUIÃO DE ENTREVISTA ÀS EDUCADORAS DE INFÂNCIA. 2º Momento 4.1.8. Orientação específica de codificação: Entrevista a educadoras de infância (2º momento) (2001) GUIÃO DE ENTREVISTA ÀS EDUCADORAS DE INFÂNCIA 2º Momento I. Questões sobre a modalidade de prática pedagógica

Leia mais

Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância [SNIPI]

Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância [SNIPI] Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância [SNIPI] Informação para os pais Estimulando a linguagem das crianças Do nascimento aos 2 anos O bebé recém-nascido tenta comunicar com os pais através

Leia mais

POSTER ACTIVITIES 1 - FAMILY 3 SCHOOL OBJECTS 2 COLORS

POSTER ACTIVITIES 1 - FAMILY 3 SCHOOL OBJECTS 2 COLORS POSTER ACTIVITIES As atividades apresentadas a seguir podem ser aplicadas ao conjunto de pôsteres referentes à coleção Dream Kids. Cabe ao professor adequar as atividades às unidades de cada livro ou utilizá-las

Leia mais

Planificação de Inglês a longo e médio prazo gerindo o manual Tween 5 Ano letivo 2014/2015

Planificação de Inglês a longo e médio prazo gerindo o manual Tween 5 Ano letivo 2014/2015 Planificação de Inglês a longo e médio prazo gerindo o manual Tween 5 Ano letivo 2014/2015 DOMÍNIOS (COMUNICAÇÃO/ TRANSVERSAL) Compreensão Oral (Listening) Leitura (Reading) Interação oral (Spoken interaction)

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas

Escola Básica e Secundária de Velas Escola Básica e Secundária de Velas 4º ANO 1º PERÍODO ANO LETIVO: 2014 / 2015 1. Competência em Línguas 2. Competência Matemática 3. Competência Científica e Tecnológica 4. Competência Cultural e Artística

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL. Unidade Didática Tema(s)/Conteúdo(s) Metodologia(s)/Estratégias Instrumento(s) de avaliação

PLANIFICAÇÃO ANUAL. Unidade Didática Tema(s)/Conteúdo(s) Metodologia(s)/Estratégias Instrumento(s) de avaliação PLANIFICAÇÃO ANUAL DEPARTAMENTO:LÍNGUAS ÁREA DISCIPLINAR: INGLÊS DISCIPLINA: Inglês CURSO: Profissional ANO: 1.º Unidade Didática Tema(s)/Conteúdo(s) Metodologia(s)/Estratégias Instrumento(s) de avaliação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTIAGO DO CACÉM ESCOLA FREI ANDRÉ DA VEIGA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE INGLÊS - 2º CICLO 5º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTIAGO DO CACÉM ESCOLA FREI ANDRÉ DA VEIGA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE INGLÊS - 2º CICLO 5º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTIAGO DO CACÉM ESCOLA FREI ANDRÉ DA VEIGA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE INGLÊS - 2º CICLO 5º ANO Competências de comunicação Pesos Instrumentos Parâmetros

Leia mais

Na aula de hoje, vamos rever alguns temas

Na aula de hoje, vamos rever alguns temas Revisão Assunto do dia Na aua de hoje, vamos rever aguns temas que vimos durante as auas deste seu ivro de ingês. Apresentação Você está convidado a remexer na memória e coocar no pape os temas de hoje:

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

Perfil turma (1002) Constituição da turma

Perfil turma (1002) Constituição da turma ESCOLA SECUNDÁRIA D. SANCHO I Programa Sócrates Acção Comenius 1 Projecto de Desenvolvimento Escolar 5/6 Projecto: «Da Nascente até à Foz» Visões Transeuropeias Relacionadas com Métodos Perfil turma (1)

Leia mais

Pronomes pessoais atrelados ao uso do verbo to be (am, is e are)

Pronomes pessoais atrelados ao uso do verbo to be (am, is e are) É fundamental saber usar os pronomes, que nos ajudam a fazer substituições, evitando repetições em nossa fala e, principalmente, escrita. Os pronomes são usados para substituir nomes, objetos ou coisas,

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INGLÊS. Exercise 1. a) Complete o quadro abaixo com as formas do verbo To Be, no tempo Presente Simples.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INGLÊS. Exercise 1. a) Complete o quadro abaixo com as formas do verbo To Be, no tempo Presente Simples. ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INGLÊS Exercise 1 a) Complete o quadro abaixo com as formas do verbo To Be, no tempo Presente Simples. I You He She It We You They b) Reescrevas a s frases a seguir nas formas

Leia mais

[Aprender Português / Portugiesisch lernen]

[Aprender Português / Portugiesisch lernen] [Aprender Português / Portugiesisch lernen] Sabias que segundo a última edição do livro The Ethnologue: languages of the world, o número de línguas faladas no mundo é de 6912. 1. Analisa o seguinte ranking

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Ano letivo: 2015/2016. Disciplina: Inglês Ano: 5º COMPETÊNCIAS-CHAVE. 1. Competência em Línguas. 2. Competência Matemática.

PLANIFICAÇÃO ANUAL Ano letivo: 2015/2016. Disciplina: Inglês Ano: 5º COMPETÊNCIAS-CHAVE. 1. Competência em Línguas. 2. Competência Matemática. Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas PLANIFICAÇÃO ANUAL Ano letivo: 2015/2016 Disciplina: Inglês Ano: 5º COMPETÊNCIAS-CHAVE 1. Competência em Línguas. 2. Competência Matemática. 3. Competência

Leia mais

ROTEIRO DIÁRIO. Vinheta do Projeto

ROTEIRO DIÁRIO. Vinheta do Projeto Componente Curricular: Língua Inglesa Série/Ano Letivo: 7 Ano/ 2014 Professores Ministrantes: Tiago Pereira & Claudia Borges Carga Horária: 5 horas/aula Data: 07/07/2014 Aula: 03 Teleaula: 16 Título: Be

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM 1 Funcional Unit 0 Let s Recap! (unidade de diagnóstico) - Identificação Pessoal. descrição física. preferências Unit 1 It runs in the family - Família. rotina diária. relações inte- -familiares. tipos

Leia mais

Em 2 minutos de leitura você aprenderá facilmente a: Montar seu perfil Buscar colaboradores e comunidades Utilizar recursos

Em 2 minutos de leitura você aprenderá facilmente a: Montar seu perfil Buscar colaboradores e comunidades Utilizar recursos GUIA RÁPIDO Em 2 minutos de leitura você aprenderá facilmente a: Montar seu perfil Buscar colaboradores e comunidades Utilizar recursos 1º ACESSO Em conecta.estacio.br Coloque sua senha e login (não é

Leia mais

CURSOS MODULARES PARA EMPRESAS

CURSOS MODULARES PARA EMPRESAS Cursos modulares para empresas Procura cursos de alemão que atendam exactamente às necessidades da sua empresa? Quer comunicar nas diversas situações profissionais de forma convincente e evitar erros típicos?

Leia mais

saber identificar as ideias principais, organizá las e relacioná las com as anteriores;

saber identificar as ideias principais, organizá las e relacioná las com as anteriores; Leitura na diagonal É um tipo de leitura rápida, em que o objectivo é procurar uma informação específica ou identificar as ideias principais de um texto, que te vai permitir organizar melhor o teu estudo.

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /.

ROTEIRO DE ESTUDOS. 3º ano 1º trimestre / 2015. Nome: Data: / /. ROTEIRO DE ESTUDOS 3º ano 1º trimestre / 2015 Nome: Data: / /. Querido (a) Aluno (a), Elaboramos este roteiro com dicas sobre os conteúdos trabalhados no 1º trimestre e que serão abordados nas avaliações

Leia mais

What do you do? Na aula de hoje o tema ainda é o tempo. Ian - Vou buscar o jogo dos desenhos. Virgínia - I don t know this game! Is it easy?

What do you do? Na aula de hoje o tema ainda é o tempo. Ian - Vou buscar o jogo dos desenhos. Virgínia - I don t know this game! Is it easy? What do you do? Assunto do dia Na aula de hoje o tema ainda é o tempo presente. Vamos ver o Simple Present, que descreve as ações que ocorrem freqüentemente. Na história de hoje Os Carters estão em casa

Leia mais

Material Folhas brancas e caneta. Duração Aproximadamente 25 min. Apresentação da instrutora e quebragelo Apresento o meu colega ;

Material Folhas brancas e caneta. Duração Aproximadamente 25 min. Apresentação da instrutora e quebragelo Apresento o meu colega ; Sessão nº 1 comportamento assertivo Apresentação da instrutora e dos membros; Desenvolvimento da coesão do grupo; Apresentação e discussão do programa, colheita de sugestões dos alunos para enriquecer

Leia mais

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM Ver, ouvir, compreender e contar eis como se descreve a reportagem, nas escolas de Jornalismo. Para haver reportagem, é indispensável

Leia mais

Vamos Criar um Ponto de Restauro no Windows

Vamos Criar um Ponto de Restauro no Windows 2013-05-20 19:43:57 Olá meus caros pequenos génios informáticos. Hoje vamos continuar a ajudar-vos na protecção do vosso computador. Já falámos em melhorar o arranque do Windows, libertando-o de processos

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 1 2 EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 3 4 TÍTULO: Empreendedorismo jovem - metodologia

Leia mais

GUIÃO DO PROFESSOR BRINCAR CIÊNCIA. As profissões. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor

GUIÃO DO PROFESSOR BRINCAR CIÊNCIA. As profissões. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor GUIÃO DO PROFESSOR BRINCAR CIÊNCIA Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor As profissões Introdução Preparação da visita A Casa Inacabada é um dos espaços que faz parte da exposição

Leia mais

Como percebemos a duração do que é descrito por um verbo? *

Como percebemos a duração do que é descrito por um verbo? * Como percebemos a duração do que é descrito por um verbo? * 1.Nesta actividade, vamos estudar de que forma os verbos podem significar situações com durações diferentes. Quando consultamos o dicionário,

Leia mais

I can do everything! Start! Actividades para Inglês - 1.º Ciclo. Concepção de Sandie Mourão e ilustrações de Danuta Wojciechowska

I can do everything! Start! Actividades para Inglês - 1.º Ciclo. Concepção de Sandie Mourão e ilustrações de Danuta Wojciechowska B The Can Game! I can do everything! 22 21 20 16 17 18 19 15 14 13 12 8 9 10 11 7 6 5 4 Start! 1 2 3 Actividades para Inglês - 1.º Ciclo Concepção de Sandie Mourão e ilustrações de Danuta Wojciechowska

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

SOBRE ESTE LIVRO BOM TRABALHO PARA TODOS!

SOBRE ESTE LIVRO BOM TRABALHO PARA TODOS! As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Disciplina / Ano de Escolaridade / Curso Planificação a Longo Prazo 2011-2012

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC

Sistema de Ensino CNEC 1 SUMÁRIO VOLUME 1 "O homem é um pedaço do Universo cheio de vida." Ralph Waldo Emerson Capítulo 1 O Tempo não para 5 Capítulo 2 Você percebendo-se como sujeito histórico 20 Capítulo 3 O Universo que nos

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Organizando Voluntariado na Escola Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Objetivos 1 Entender a importância de fazer um planejamento. 2 Aprender como planejar o projeto de voluntariado. 3 Conhecer ferramentas

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE INGLÊS Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: Nota: Professor(a): Débora Toledo Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eixo Escola Básica de Eixo Departamento de Línguas Ano Letivo 2015/2016 Disciplina: Inglês - 6ºano Planificação Anual

Agrupamento de Escolas de Eixo Escola Básica de Eixo Departamento de Línguas Ano Letivo 2015/2016 Disciplina: Inglês - 6ºano Planificação Anual Agrupamento de Escolas de Eixo Escola Básica de Eixo Departamento de Línguas Ano Letivo 2015/2016 Disciplina: Inglês - 6ºano Planificação Anual Nº de aulas Conteúdos Programáticos previstas (50 minutos)

Leia mais

Guião para as ferramentas etwinning

Guião para as ferramentas etwinning Guião para as ferramentas etwinning Registo em etwinning Primeiro passo: Dados de quem regista Segundo passo: Preferências de geminação Terceiro passo: Dados da escola Quarto passo: Perfil da escola Ferramenta

Leia mais

Disciplina:francês Aulas por semana: 4. 7.º anos

Disciplina:francês Aulas por semana: 4. 7.º anos Disciplina:francês Aulas por semana: 4 7.º anos Competências: competências comunicativas da receção e produção adequadas ao ano de escolaridade (Falar, Escrever, Ler, Ouvir) domínio das ferramentas linguísticas

Leia mais

He is finally sleeping

He is finally sleeping He is finally sleeping Assunto do dia O que você está fazendo? Acompanhando as aulas do Telecurso 000? Muito bem, hoje vamos falar sobre o Present Continuous, o tempo verbal que descreve as ações que estão

Leia mais

Planificação de Inglês a longo e médio prazo gerindo o manual Tween 6 Ano letivo 2013/2014

Planificação de Inglês a longo e médio prazo gerindo o manual Tween 6 Ano letivo 2013/2014 Planificação de Inglês a longo e médio prazo gerindo o manual Tween 6 Ano letivo 2013/2014 DOMÍNIOS (COMUNICAÇÃO/ TRANSVERSAL) OBJETIVOS NÍVEIS DE DESEMPENHO - A1 + Nº DE AULAS CALENDÁRIO UNIDADES AVALIAÇÃO

Leia mais

Alemão (Nível A1) - Nível de Iniciação

Alemão (Nível A1) - Nível de Iniciação Alemão (Nível A1) - Nível de Iniciação Ano letivo 2014-2015 Docente: Paulo Alexandre da Silva Brito Martins SINOPSE Esta disciplina destina-se aos aprendentes de língua alemã como língua estrangeira sem

Leia mais

Unidade 4: Página informativa para Mini-Teachers (sons difíceis estão sublinhados)

Unidade 4: Página informativa para Mini-Teachers (sons difíceis estão sublinhados) Unidade 4: Página informativa para Mini-Teachers (sons difíceis estão sublinhados) Qual é objetivo de vocês? O objetivo da lição de voçês é revisar os números. Vocês tem 20 minutos pra fazer isso. Como

Leia mais

COMO TIRAR APONTAMENTOS

COMO TIRAR APONTAMENTOS Externato Infante D. Henrique 4709 008 RUÍLHE www.eidh.eu Projecto aprender a estudar COMO TIRAR APONTAMENTOS 1 Como tirar bons apontamentos 1.1 A importância de tirar bons apontamentos Para podermos ter

Leia mais

CONSTRUIR E UTILIZAR UM ASTROLÁBIO SIMPLES

CONSTRUIR E UTILIZAR UM ASTROLÁBIO SIMPLES CONSTRUIR E UTILIZAR UM ASTROLÁBIO SIMPLES INTRODUÇÃO O astrolábio é um instrumento que serve para medir ângulos. Foi bastante utilizado no passado por exemplo pelos navegadores do tempo dos Descobrimentos

Leia mais

- Fernão, mentes? - Minto!

- Fernão, mentes? - Minto! Na etapa 3, leste um excerto do primeiro capítulo da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto, numa adaptação de Aquilino Ribeiro. Nesta etapa, vais ler um excerto do último capítulo do original, Peregrinação,

Leia mais

academia portuguesa de seguros

academia portuguesa de seguros academia portuguesa de seguros Corretores de Seguros ou Mediadores de Resseguros - Ramos Não Vida e Ramo Vida na componente de e-learning dos cursos da Academia Portuguesa de Seguros. Neste Guia de Apresentação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AGUALVA MIRA SINTRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AGUALVA MIRA SINTRA 1. O Mundo Pessoal e Quotidiano 1º período PERÍODO LECTIVO PLANIFICAÇÃO ANUAL CURSO VOCACIONAL DE FOTOGRAFIA DISCIPLINA: INGLÊS ANO LETIVO: 2013/2014 MÓDULO TEMAS CONTEÚDOS METODOLOGIAS INSTRUMENTOS DE

Leia mais

Programa de Educação Bilingue - II Ciclo 3ª Classe CONTEÚDOS

Programa de Educação Bilingue - II Ciclo 3ª Classe CONTEÚDOS Programa de L1-3ª Classe Família Compreender mensagens e textos orais; Distinguir a pronúncia padrão da não Respeitar as diferentes formas de expressão dos seus companheiros; Expressar-se de forma clara

Leia mais

INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS. A Motivação no Ensino Aprendizagem. Questionário sobre as aulas de Inglês

INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS. A Motivação no Ensino Aprendizagem. Questionário sobre as aulas de Inglês Anexo 2 INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS A Motivação no Ensino Aprendizagem Questionário sobre as aulas de Inglês O objectivo deste questionário é ajudar-te a teres um conhecimento melhor de ti próprio

Leia mais

1. Agrupa as palavras segundo o número de sílabas e distribui-as pelo quadro, conforme o exemplo.

1. Agrupa as palavras segundo o número de sílabas e distribui-as pelo quadro, conforme o exemplo. 1. Agrupa as palavras segundo o número de sílabas e distribui-as pelo quadro, conforme o exemplo. computador mesa livraria órgão lápis bolo pá Monossílabos Dissílabos Polissílabos 2. Separa as sílabas

Leia mais

Planificação anual - 2015/2016llllllllllll. Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano. Manual adotado: Win!5 (Oxford University Press) Gestão de tempo

Planificação anual - 2015/2016llllllllllll. Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano. Manual adotado: Win!5 (Oxford University Press) Gestão de tempo 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO ESCOLA BÁSICA DA ABELHEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL DE INGLÊS DO 5.º ANO 2015/2016 Planificação anual - 2015/2016llllllllllll Disciplina / Ano: Inglês / 5º ano Manual adotado:

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WORD Processamento de texto

INTRODUÇÃO AO WORD Processamento de texto Ficha de trabalho n.º1 Objectivos: Escrever/formatar texto Formatar imagens Inserir uma tabela Criar uma pasta Guardar um documento INTRODUÇÃO AO WORD Processamento de texto - No processo de introdução

Leia mais

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais