ESTADO DE MATO GROSSO OUVIDORIA-GERAL DA DEFENSORIA PÚBLICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DE MATO GROSSO OUVIDORIA-GERAL DA DEFENSORIA PÚBLICA RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012"

Transcrição

1 Missão: Promover o aperfeiçoamento dos serviços realizados pela Defensoria Pública de Mato Grosso, mediante auxilio e controle social exercitados pela Ouvidoria-Geral Cidadã, conjugada com a participação livre e organizada da Sociedade Civil. Visão: Ser um Órgão de estímulo e facilitação de diálogo e interação entre a Defensoria Pública e a Sociedade Civil. Princípios e Valores: Ética, Moralidade, Transparência, Eficiência, Unipessoalidade, Democracia Participativa e Magistratura da Persuasão. RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012 I DADOS GERAIS Declarações Reduzidas a Termo 083 Certidões 139 Despachos 195 Ofícios Recebidos 020 Ofícios Emitidos 158 Reuniões do Conselho Superior 015 Reuniões do Colégio de Ouvidorias das Defensorias Públicas do Brasil 002 Conferências e Reuniões com a Sociedade Civil Organizada 009 TOTAL GERAL DE ATIVIDADES 621 II DADOS ESPECÍFICOS SOBRE OS OITENTA E SEIS PROCEDIMENTOS ABERTOS ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012 Procedimentos Aguardando Resposta 21 Procedimentos em Análise 09 Procedimentos Aguardando Retorno do Requerente 01 Procedimentos Sobrestados 20 Procedimentos Concluídos 35 1

2 1. DIAGNÓSTICO DAS PRINCIPAIS MATÉRIAS, FORMA DE ACESSO MAIS UTILIZADAS E PERFIL DO MANIFESTANTE I DADOS REFERENTES ÀS MATÉRIAS MAIS RECORRENTES NOS PROCEDIMENTOS ABERTOS ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012 Manifestação Em Face de Negativa de Assistência Jurídica aos Dois Pólos da Ação 23 (26.74%) Manifestação Em Face de Negativa de Atendimento Em Razão de Conflito de Competência 18 (20.93%) Manifestação Em Face de Defensor (a) Público (a) 11 (9.46%) Manifestação Em Face de Negativa de Assistência Jurídica Perante Juizados Especiais 06 (12.79%) Outros (Manifestações de pedido de substituição de Defensor, bem como em face de negativa de informações, de negativa de atendimento pessoal, de negativa de agendamento de atendimento por telefone e de negativa de atendimento por renda acima de três salários e por patrimônio vultuoso). 28 (32.55%) II DADOS PERCENTUAIS ESPECÍFICOS ÀS FORMAS DE ACESSO UTILIZADAS PELOS MANIFESTANTES QUE FORAM ATENDIDOS PELA DE MATO GROSSO ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 19 DE JULHO DE 2012 Atendimento Pessoal 74 (86.04%) 09 (10.46%) Ofício/ Petição 02 (2.32%) Telefone 01 (1.16%) 2

3 III DADOS PERCENTUAIS ESPECÍFICOS À RESIDÊNCIA DOS MANIFESTANTES QUE FORAM ATENDIDOS PELA DE MATO GROSSO ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012 Residentes na Capital ou Várzea Grande 79 (91.86%) Residentes em outras cidades 07 (8.14%) IV DADOS PERCENTUAIS SOBRE A REMUNERAÇÃO MÉDIA DOS MANIFESTANTES QUE FORAM ATENDIDOS PELA DE MATO GROSSO ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012 Até 01 Salário Mínimo 42 (48.83%) Até 02 Salários Mínimos 15 (17.44%) Até 03 Salários Mínimos 11 (12.79%) Acima de 03 Salários Mínimos 04 (4.65%) Não Declarados 14 (16.28%) V DADOS PERCENTUAIS SOBRE O GÊNERO DOS MANIFESTANTES QUE FORAM ATENDIDOS PELA OUVIDORIA-GERAL DA DEFENSORIA PÚBLICA DE MATO GROSSO ENTRE 1º DE FEVEREIRO E 31 DE JULHO DE 2012 Mulheres 49 (56,62%) Homens 33 (40,96%) Associações e outros 04 (2,40%) 3

4 2. MEDIDAS PROPOSTAS AOS ÓRGÃOS COMPETENTES E DESCRIÇÃO DOS RESULTADOS OBTIDOS I - Reclamação Por Negativa de Assistência Jurídica aos Dois Pólos da Ação a) Medida Proposta: Em razão do Ofício n.º 237/2012/SDPG/DP-MT, onde a Defensoria-Geral determina a suspensão por tempo indeterminado do atendimento aos dois pólos da ação, a Ouvidoria-Geral promoveu o procedimento n.º /2012, perante o Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso, protestando pela revogação do ato e, conseqüentemente, pela imediata retomada do respectivo atendimento, nos termos da legislação de regência. b) Descrição dos Resultados Obtidos: Aguardando decisão final do Conselho Superior da Defensoria Pública no procedimento acima qualificado, que já possui Voto favorável do Relator. II - Reclamação por Negativa de Atendimento e Conflito de Competência a) Medida Proposta: A Ouvidoria-Geral tem proposto ao Defensor Público- Geral que defina qual dos núcleos da Defensoria Pública deve realizar o atendimento, bem como que este adote as medidas necessárias para resolver os casos. b) Descrição dos Resultados Obtidos: Em todos os casos, os procedimentos foram dirimidos, ou por meio de decisão do Defensor-Público Geral, ou diretamente pelo Núcleo competente. 4

5 III - Reclamação Por Negativa de Assistência Jurídica em Juizados Especiais a) Medida Proposta: A Ouvidoria-Geral tem proposto ao Defensor Público- Geral que garanta assistência jurídica perante juizados especiais, nos termos da legislação de regência. b) Descrição dos Resultados Obtidos: Os procedimentos abertos e encaminhados ao Defensor Público-Geral, no período relativo ao presente relatório, não foram respondidos até o dia 31 de julho do corrente ano. Assim, no caso, a demora em responder e resolver os casos ofende a garantia constitucional da duração razoável do processo, bem como o princípio da eficiência (ao qual a administração pública deve reverência), além de gerar prejuízos concretos de incerta ou impossível reparação aos pretensos usuários. IV - Reclamação Em Face de Defensor Público a) Medidas Propostas: Logo depois de observado o direito à manifestação preliminar, a Ouvidoria-Geral tem determinado o arquivamento ou o prosseguimento do procedimento, encaminhado para a Corregedoria-Geral e/ou Defensoria-Geral, dependendo da subsistência ou não de indícios de conduta funcional irregular. b) Descrição dos Resultados Obtidos: Na maior parte dos casos, os procedimentos têm sido dirimidos diretamente com o/a Defensor (a) destinatário (a) das imputações, seja por demonstrar que as providências já foram tomadas, seja por manifestar a disposição em atender o pleito do usuário, ou até mesmo por comprovar a impertinência da respectiva reclamação. 5

6 3. REUNIÕES DO CONSELHO SUPERIOR DA DEFENSORIA PÚBLICA DE MATO GROSSO a) Ação Realizada: A Ouvidoria-Geral registrou sua preocupação quanto ao comunicado do Núcleo de Execuções Penais de interrupção de seus serviços de atendimento pessoal perante o Presídio do Pascoal Ramos, bem como quanto à interrupção dos serviços dos Núcleos de São José do Rio Claro, Alto Taquari e Alto Garças, e requereu que as referidas situações fossem solucionadas o mais breve possível. Descrição dos Resultados Obtidos: Segundo informações repassadas à Ouvidoria- Geral, todos os serviços narrados acima foram normalizados. b) Ações Realizadas: A Ouvidoria-Geral, concordando com o Voto do Relator, opinou pela obrigatoriedade do policial militar demonstrar sua condição de carência material para gozar da assistência jurídica da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso. Descrição dos resultados obtidos: A mencionada obrigatoriedade foi aprovada por unanimidade, inclusive, reformando o entendimento anterior do Conselho. c) Ação Realizada: A Ouvidoria-Geral requereu que fosse encaminhado ao Conselho, por parte da Defensoria-Geral, o Plano Anual que serviu de subsidio para a confecção do Plano de Trabalho Anual de 2012 da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso, conforme legislação de regência. Descrição de Resultados Obtidos: A Defensoria-Geral não encaminhou e, posteriormente, admitiu não ter cumprido a lei e realizado o referido Plano Anual. 6

7 d) Ações Realizadas: A Ouvidoria-Geral, junto com vários outros Conselheiros, manifestou contrariedade ao ato praticado pelo então Defensor Público-Geral de ter suspendido monocraticamente as reuniões do Conselho Superior. Descrição dos resultados obtidos: As reuniões do Conselho foram retomadas imediatamente. e) Ação Realizada: A Ouvidoria-Geral manifestou sua total concordância com o pleito de revisão da Resolução nº 35/10, a fim de proceder à redistribuição adequada das Defensorias Públicas de Entrância Especial. Descrição dos resultados obtidos: O pleito foi aprovado por unanimidade. f) Ação Realizada: A Ouvidoria-Geral registrou a demanda da fomentação dos certificados digitais e de acesso ao Sistema Apolo aos Defensores Públicos. Descrição dos resultados obtidos: A Ouvidoria-Geral ainda não recebeu informações oficiais acerca da solução das questões expostas acima. g) Ação Realizada: A Ouvidoria-Geral requereu, em reunião do Conselho, que a Defensoria-Geral encaminhasse à Ouvidoria as respostas de cerca de quarenta e nove procedimentos, que se encontravam indefinidos. Descrição dos resultados obtidos: A maioria das respostas desses respectivos quarenta e nove procedimentos foi ofertada após isso. h) Ação Realizada: A Ouvidoria-Geral protestou pelo encaminhamento da proposta do Plano Anual para o Conselho Superior, a fim de ser discutido e deliberado, antes da confecção do Plano de Trabalho Anual de 2013, conforme preconiza a legislação de regência. 7

8 Descrição dos resultados obtidos: A Defensoria Pública-Geral ainda não se desincumbiu do ônus legal de encaminhar a proposta do Plano Anual ao Conselho Superior. i) Ação Realizada: A Ouvidoria-Geral protestou no caso da abertura de processo promocional de parte dos membros da Instituição pela observância do 1º do artigo 1º, cumulado com os incisos I e II do artigo 16, tal como com o artigo 73 da Lei Complementar 101/2000. E, além disso, a Ouvidoria-Geral manifestou sua posição de que a prioridade da Defensoria Pública hoje deve ser reabrir os Núcleos do interior, mediante a nomeação de novos Defensores Públicos entre os candidatos aprovados no último concurso. Nessa linha, a Ouvidoria-Geral manifestou que o saldo orçamentário e financeiro liberado com a suspensão de qualquer auxílio recebido pelos Defensores deve ser revertido para o restabelecimento dos serviços no interior, atendendo ao interesse público primário da sociedade. Descrição dos Resultados Obtidos: Aparentemente, o cumprimento dos dispositivos acima destacados não foi demonstrado, bem como, mais uma vez, está havendo uma inversão de prioridades, isso porque a reabertura dos Núcleos do interior não tem sido tratada como prioridade pela atual administração da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso. 8

9 4. REUNIÕES DO COLÉGIO NACIONAL DE OUVIDORIAS DAS DEFENSORIAS PÚBLICAS DO BRASIL Ação Realizada: Participação em 02 (dois) Encontros do Colégio Nacional de Ouvidorias Públicas das Defensorias Públicas Estaduais, mais precisamente em João Pessoa/PB e Brasília/DF. Descrição dos Resultados Obtidos: Promoção da Lei Geral de Acesso à Informação, nas Defensorias Públicas dos Estados, bem como a sistematização da legislação referente à criação, ao processo eletivo e à estrutura física e funcional de todas as atuais Ouvidorias Externas das Defensorias Públicas do Brasil. Além disso, o Colégio Nacional ainda obteve êxito em uma intervenção realizada perante o Senado Federal para alterar a proposta de emenda constitucional que pretende disciplinar várias carreiras públicas, entre elas a de Ouvidores. Por fim, o Colégio Nacional conseguiu o apoio da ANADEP, entre várias outras entidades, como amicus curiae na ADI que tramita no Congresso Nacional discutindo os dispositivos da LC 80/94 que tratam da Ouvidoria-Geral. 9

10 5. ATUAÇÃO PERANTE A SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA E AUTORIDADES PÚBLICAS EXTERNAS Ações realizadas: a) A Ouvidoria foi coorganizadora da Conferência Estadual de Transparência e Controle Social e da 1ª Conferência Municipal de Transparência e Controle Social de Cuiabá/MT, além de participante da 1ª Conferência Nacional de Transparência e Controle Social. b) A Ouvidoria participou de reuniões do Fórum Estadual de Direitos Humanos e da Terra de Mato Grosso, tratando de várias matérias, tal como obras da Copa do Mundo e desapropriações, regularização fundiária, conflito no campo, sistema prisional, sistema de saúde, sistema de justiça, povos indígenas etc. c) A Ouvidoria pediu providências ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso em face da conduta do então Defensor Público-Geral do Estado de Mato Grosso, por ter sonegado informações orçamentárias e financeiras e usurpado a competência do Conselho Superior de discutir e aprovar o Plano Anual da Instituição. d) A Ouvidoria apoiou o Pedido de Destituição do Defensor Público-Geral encaminhado ao Governador do Estado de Mato Grosso, em conjunto com dezenas de Defensores Públicos de Cuiabá e Várzea-Grande, com a maioria absoluta dos Conselheiros do Conselho Superior da Defensoria Pública e com 28 (vinte e oito) entidades da sociedade civil organizada, entre elas, a ONG MORAL, o Fórum de Direitos Humanos e da Terra de Mato Grosso, o MCCE/MT, a OAB/MT, o SINDEP/MT, o Colégio Nacional de Corregedores e o de Ouvidores das Defensorias Públicas do Brasil. e) A Ouvidoria participou de Reunião com a Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário Nunes, e com a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, durante a etapa de Cuiabá/MT da Caravana Nacional de Direitos Humanos, tendo protestado por providências em prol da reabertura dos Núcleos da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso no interior. 10

11 Descrição dos Resultados Obtidos: Integração social; intercâmbio de boas práticas e idéias; a defesa dos direitos humanos e fundamentais da sociedade mato-grossense; além da defesa do patrimônio e da imagem da Defensoria Pública de Mato Grosso. Paulo Rogério Lemos Melo de Menezes Ouvidor-Geral da Defensoria Pública de Mato Grosso Letícia Helena dos Santos Estagiária de Direito da Ouvidoria 11

CONSTITUIÇÃO FEDERAL

CONSTITUIÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida,

Leia mais

PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIDADE ORGANIZACIONAL IFRS - CÂMPUS FELIZ

PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIDADE ORGANIZACIONAL IFRS - CÂMPUS FELIZ EDITAL Nº 16/2015 PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIDADE ORGANIZACIONAL IFRS - CÂMPUS FELIZ O DIRETOR-GERAL PRO TEMPORE DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Quinto constitucional Antonio Pessoa Cardoso* Quinto constitucional é o mecanismo que confere vinte por cento dos assentos existentes nos tribunais aos advogados e promotores; portanto,

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Fundação Universidade de Brasília UNB. RELATÓRIO Data Teor

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Fundação Universidade de Brasília UNB. RELATÓRIO Data Teor PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 2480.024/201-15 Assunto: Restrição de acesso: Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à

Leia mais

09ª JR - Nona Junta de Recursos

09ª JR - Nona Junta de Recursos 09ª JR - Nona Junta de Recursos Documento: 0152.988.122-3 Tipo do Processo: BENEFíCIO Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SOROCABA ZONA NORTE-APSSZN Nº de Protocolo do Recurso: 35624.003988/2010-96

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 23480.004183/2015-77; 23480.005042/2015-71. Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente:

Leia mais

RESOLUÇÃO 23.190 INSTRUÇÃO Nº 127 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral.

RESOLUÇÃO 23.190 INSTRUÇÃO Nº 127 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. RESOLUÇÃO 23.190 INSTRUÇÃO Nº 127 CLASSE 19ª BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Arnaldo Versiani. Interessado: Tribunal Superior Eleitoral. Dispõe sobre pesquisas eleitorais (Eleições de 2010).

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.311, de 31 de dezembro de 2012

Instrução Normativa RFB nº 1.311, de 31 de dezembro de 2012 Instrução Normativa RFB nº 1.311, de 31 de dezembro de 2012 DOU de 31.12.2012 Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.131, de 21 de fevereiro de 2011, que dispõe sobre os procedimentos a serem adotados para

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 25820.002810/20-81 Assunto: Restrição de acesso: Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Não há restrição

Leia mais

HOMOLOGADO EM 27/03/2007

HOMOLOGADO EM 27/03/2007 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Haustin Caster Vieira Sandes UF: SP ASSUNTO: Consulta sobre o reconhecimento do Programa de Formação Pedagógica de Docentes, ministrado

Leia mais

GABINETE DO CONSELHEIRO FÁBIO GEORGE CRUZ DA NÓBREGA PARECER

GABINETE DO CONSELHEIRO FÁBIO GEORGE CRUZ DA NÓBREGA PARECER PARECER PROPOSIÇÃO. PROPOSTA DE RESOLUÇÃO. ALTERAÇÃO DA RESOLUÇÃO CNMP Nº. 20/2007. APROVAÇÃO. 1. Proposta de Resolução que pretende estabelecer a periodicidade semestral de visita dos membros do Ministério

Leia mais

G.9 QUESTÕES DE ORDEM E SOLICITAÇÕES DE PROVIDÊNCIAS

G.9 QUESTÕES DE ORDEM E SOLICITAÇÕES DE PROVIDÊNCIAS G.9 QUESTÕES DE ORDEM E SOLICITAÇÕES DE PROVIDÊNCIAS G.9.1) Da 2ª Sessão Legislativa Extraordinária da 51ª Legislatura Número Leitura Autor Assunto Resultado 1/2000 21.1.2000 Eduardo Suplicy Solicita exame

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO PROJETO DE LEI N o 2.785, DE 2011 Altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente, para assegurar a convivência

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 99901.000755/2014-21 Assunto: Restrição de acesso: Recurso contra informação incompleta. Não há restrição de acesso. Ementa: Recursos

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL

APOSENTADORIA ESPECIAL APOSENTADORIA ESPECIAL LC 144/2014 garante novas regras de aposentadoria especial para as servidoras policiais da Constituição Federal. Trata-se da Lei Complementar n.º 144/2014, que dispõe sobre a aposentadoria

Leia mais

-------- ORDEM DE TRABALHOS.

-------- ORDEM DE TRABALHOS. Folha N.º 55 ------------------------------------------ATA NÚMERO NOVE -------------------------------------------- -------- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONFORTE, REALIZADA EM 2 DE

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação.

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 08850.00549/201-52 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente: Recurso contra decisão denegatória

Leia mais

PARECER Nº, DE 2014. RELATOR: Senador LUIZ HENRIQUE

PARECER Nº, DE 2014. RELATOR: Senador LUIZ HENRIQUE PARECER Nº, DE 2014 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS, sobre o Projeto de Lei da Câmara nº 32, de 2014 (nº 6.809, de 2013, na origem), da Presidência da República, que reabre o prazo para requerimento

Leia mais

Autorização para funcionamento (Carta-Consulta) cursos de Turismo.

Autorização para funcionamento (Carta-Consulta) cursos de Turismo. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO SOCIEDADE EDUCACIONAL DE MANAUS e outros UF Autorização para funcionamento (CartaConsulta) cursos de Turismo. RELATOR: SR.CONS. SYDNEI LIMA SANTOS PARECER

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU 026/2013

RESOLUÇÃO CONSU 026/2013 RESOLUÇÃO CONSU 026/2013 Redefine o Programa de Ajuda de Custo para Servidores Docentes e Técnicos - PACDT para PADF Programa de Apoio para o desenvolvimento profissional para Cursos de Pós-Graduação Stricto

Leia mais

Ano 2015, Número 242 Brasília, quarta-feira, 23 de dezembro de 2015 Página 2

Ano 2015, Número 242 Brasília, quarta-feira, 23 de dezembro de 2015 Página 2 Ano 2015, Número 242 Brasília, quarta-feira, 23 de dezembro de 2015 Página 2 PRESIDÊNCIA (NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA) SECRETARIA JUDICIÁRIA Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções Resolução PUBLICAÇÃO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União Referência: 00077.000030/2013-55 Assunto: Recursos interpostos por cidadão à CGU contra decisão denegatória de acesso à informação, com fundamento no art. 23 do Decreto n o 7.724, de 16 de maio de 2012.

Leia mais

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. MANDADO DE SEGURANÇA. SERVIDOR PÚBLICO. DELEGADO DE POLÍCIA. AFASTAMENTO PREVENTIVO DO CARGO. REQUISITOS PARA A MEDIDA LIMINAR. 1. A concessão de medida liminar em mandado de segurança

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO PROPOSTA DE RESOLUÇÃO Regulamenta a Lei Estadual nº 11.170/2008, dispondo sobre a progressão funcional dos servidores no âmbito do Poder Judiciário do Estado da Bahia. O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação.

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 8700.000695/201-72 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente: Recurso contra decisão denegatória

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Robson Willian Albuquerque Vieira da Silva UF: RJ ASSUNTO: Recurso contra a decisão do Centro Universitário Augusto

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO. Processo PGT/CCR /PP nº 11.403/2010

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO. Processo PGT/CCR /PP nº 11.403/2010 Origem:Rep 0262/2010 PRT/ 17ª Região Interessado 1: PRT/17ª Região Interessado 2: MPT Assunto: Conflito de Competência (conflito negativo de atribuições entre Membros da PRT/17ª Região) EMENTA: Conflito

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 17/8/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Rosa Maria da Silva UF: MG ASSUNTO: Consulta

Leia mais

Luiz A. Paranhos Velloso Junior Presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro ID. 1919046-8

Luiz A. Paranhos Velloso Junior Presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro ID. 1919046-8 PORTARIA JUCERJA N.º 1.408, DE 25 DE AGOSTO DE 2015. APROVA REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PERITOS GRAFOTÉCNICOS, NO ÂMBITO DA JUCERJA. O PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no

Leia mais

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014 RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 08/2014 Altera o indicador de desempenho organizacional constante no Anexo I da Resolução Administrativa nº 06/2010 e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

Leia mais

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL PROJETO DE LEI Nº 2.014, DE 2003

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL PROJETO DE LEI Nº 2.014, DE 2003 COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL PROJETO DE LEI Nº 2.014, DE 2003 (Apenso o Projeto de Lei Nº 1.837, de 2003) Altera os Decretos-Leis nº 1.001 e 1.002, de 21 de outubro de 1969, para

Leia mais

Dispõe sobre procedimentos referentes à aplicação do Decreto 34.982, de 16 de dezembro de 2011.

Dispõe sobre procedimentos referentes à aplicação do Decreto 34.982, de 16 de dezembro de 2011. SECRETARIA ESPECIAL DA ORDEM PÚBLICA ATOS DO SECRETÁRIO EXPEDIENTE DE 13/01/2012 RESOLUÇÃO CONJUNTA SEOP-GP/SUBPC Nº001 DE 13 DE JANEIRO DE 2012 Dispõe sobre procedimentos referentes à aplicação do Decreto

Leia mais

COFFITO CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL A N E X O I I R E S O L U Ç Õ E S C O F F I T O 2 0 7, 2 0 8, 3 7 7 E 3 7 8

COFFITO CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL A N E X O I I R E S O L U Ç Õ E S C O F F I T O 2 0 7, 2 0 8, 3 7 7 E 3 7 8 COFFITO CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL A N E X O I I R E S O L U Ç Õ E S C O F F I T O 2 0 7, 2 0 8, 3 7 7 E 3 7 8 RESOLUÇÃO Nº. 207/2000 RESOLUÇÃO n.º 207, DE 17 DE AGOSTO DE 2000

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO EMENTA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO EMENTA nteiro Teor (4842046) de 8 03/03/2016 09:31 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO APELAÇÃO CÍVEL Nº 0009189-59.2013.4.03.6100/SP 2013.61.00.009189-0/SP RELATOR APELANTE ADVOGADO APELADO(A)

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ Conselho Superior

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO PARANÁ Conselho Superior Deliberação CSDP nº 18/2015, de 20 de novembro de 2015. Alterada, em partes, pela Deliberação CSDP nº 05/2016, de 26 de fevereiro de 2016 Aprova a regulamentação do serviço voluntário no âmbito da Defensoria

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 00077.00087/201-12; 00077.00089/201-01 Assunto: Restrição de acesso: Recurso contra decisão denegatória de acesso à informação.

Leia mais

Edital N. 08/2015 - DF

Edital N. 08/2015 - DF Edital N. 08/2015 - DF O DOUTOR MARCO ANTONIO CANAVARROS DOS SANTOS, M.M Juiz Direto e Diretor do Fórum da Comarca de Novo São Joaquim, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE:

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 2380.009009/201-30 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente: Recurso contra Informação

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça Autos: PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS - 0006845-87.2014.2.00.0000 Requerente: ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS - AMB Requerido: CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA - CNJ Ementa: PEDIDO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Matriz 2016.1

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Matriz 2016.1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Matriz 2016.1 Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 11/16, de 27/04/16. Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União DESPACHO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União DESPACHO DESPACHO Referência: 23480.018496/2012-60 e 23480.018712/2012-77 Assunto: Recursos contra decisão denegatória aos pedidos de acesso à informação requeridos à Universidade Federal do Tocantins pelo. Senhor

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 539-35.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 539-35.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 539-35.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Gilmar Mendes Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre pesquisas eleitorais para o pleito

Leia mais

PORTARIA MJ Nº 2.523, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2008 DOU 18.12.2008. O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso das suas atribuições, resolve:

PORTARIA MJ Nº 2.523, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2008 DOU 18.12.2008. O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso das suas atribuições, resolve: PORTARIA MJ Nº 2.523, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2008 DOU 18.12.2008 O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso das suas atribuições, resolve: Art. 1º Aprovar as Normas Procedimentais da Comissão de Anistia, na

Leia mais

LEI Nº 1.060, DE5 DE FEVEREIRO DE 1950

LEI Nº 1.060, DE5 DE FEVEREIRO DE 1950 LEI Nº 1.060, DE5 DE FEVEREIRO DE 1950 Estabelece Normas para a Concessão da Assistência Judiciária aos Necessitados. Art. 5º O juiz, se não tiver fundadas razões para indeferir o pedido, deverá julgálo

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Sem restrição.

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Sem restrição. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 8700.00063/201-1 Assunto: Restrição de acesso: Providências adicionais Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recurso contra

Leia mais

JUIZ FEDERAL TRF 1ª REGIÃO

JUIZ FEDERAL TRF 1ª REGIÃO DIREITO FINANCEIRO I. Finanças Públicas na Constituição Federal... 02 II. Orçamento... 04 III. Despesa Pública... 39 IV. Receita Pública... 76 V. Dívida Ativa da União de Natureza Tributária e não-tributária...

Leia mais

HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO

HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO REFORMA POLÍTICA NAS DISCUSSÕES EM CURSO NO CONGRESSO NACIONAL MÁRCIO NUNO RABAT Consultor Legislativo da Área XIX Ciência Política, Sociologia Política,

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE RESOLUÇÃO N o 124, DE 2012 Altera a redação do 4º do art. 7º e de incisos do 4º do art. 14 da Resolução nº 25, de 10 de outubro de 2001, com

Leia mais

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Prazo E S T A T U T O Art. 1º - A Mercantil do Brasil

Leia mais

EMENTA: Responde à consulta sobre oferta e obrigatoriedade da disciplina Língua Espanhola nas escolas de ensino médio do Estado do Ceará.

EMENTA: Responde à consulta sobre oferta e obrigatoriedade da disciplina Língua Espanhola nas escolas de ensino médio do Estado do Ceará. INTERESSADA: Secretaria de Educação Básica EMENTA: Responde à consulta sobre oferta e obrigatoriedade da disciplina Língua Espanhola nas escolas de ensino médio do Estado do Ceará. RELATORA: Ana Maria

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CARTILHA DO ADVOGADO

PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CARTILHA DO ADVOGADO PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CARTILHA DO ADVOGADO ELABORAÇÃO: COMISSÃO DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO Presidente Antonio Augusto Silva Pereira de Carvalho Coordenador

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 17-04-2015 PRESENTES ATA Nº. 8/2015 PRESIDENTE VEREADORES Alexandre Vaz Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Catarina Almeida Silvério

Leia mais

REGULAMENTO DAS INSPETORIAS, REPRESENTAÇÕES E DAS COMISSÕES AUXILIARES DE FISCALIZAÇÃO-CAFs CAPÍTULO I DAS INSPETORIAS E REPRESENTAÇÕES.

REGULAMENTO DAS INSPETORIAS, REPRESENTAÇÕES E DAS COMISSÕES AUXILIARES DE FISCALIZAÇÃO-CAFs CAPÍTULO I DAS INSPETORIAS E REPRESENTAÇÕES. REGULAMENTO DAS INSPETORIAS, REPRESENTAÇÕES E DAS COMISSÕES AUXILIARES DE FISCALIZAÇÃO-CAFs CAPÍTULO I DAS INSPETORIAS E REPRESENTAÇÕES Seção I Da Natureza e Finalidade das Inspetorias Art. 1º A Inspetoria

Leia mais

VOTO. 3. Em 12/08/2013, a concessionária apresentou recurso, no qual requereu a reforma da decisão.

VOTO. 3. Em 12/08/2013, a concessionária apresentou recurso, no qual requereu a reforma da decisão. VOTO PROCESSO: 48500.002767/2014-72. INTERESSADO: Companhia Energética do Ceará COELCE. RELATOR: Diretor Reive Barros dos Santos. RESPONSÁVEL: Diretoria - DIR. ASSUNTO: Recurso Administrativo interposto

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE TECNOLOGIA NT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE TECNOLOGIA NT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DEE REGIMENTO INTERNO DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CAPÍTULO I Do Departamento de Engenharia Elétrica Art. 1 O Departamento de Engenharia Elétrica é o órgão acadêmico que congregam docentes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 12/8/2013, Seção 1, Pág. 11. Portaria n 733, publicada no D.O.U. de 12/8/2013, Seção 1, Pág. 10. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

PARECER REEXAMINADO (*) (*) Reexaminado pelo Parecer CNE/CES nº 204/2008 (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 19/11/2008

PARECER REEXAMINADO (*) (*) Reexaminado pelo Parecer CNE/CES nº 204/2008 (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 19/11/2008 PARECER REEXAMINADO (*) (*) Reexaminado pelo Parecer CNE/CES nº 204/2008 (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 19/11/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco. Regimento Interno do Centro de Informática

Universidade Federal de Pernambuco. Regimento Interno do Centro de Informática Universidade Federal de Pernambuco Regimento Interno do Centro de Informática TÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINAR SUMÁRIO 2 TÍTULO II DA FINALIDADE DO CENTRO TÍTULO III DOS CURSOS DO CENTRO TÍTULO IV DA ESTRUTURA

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O Partido Político "Z", que possui apenas três representantes na Câmara dos Deputados, por entender presente a violação de regras da CRFB, o procura para que, na

Leia mais

Edital de Convocação. Processo Seletivo Simplificado 019/2016 Contratação temporária de excepcional interesse público

Edital de Convocação. Processo Seletivo Simplificado 019/2016 Contratação temporária de excepcional interesse público Edital de Convocação Processo Seletivo Simplificado 019/2016 Contratação temporária de excepcional interesse público A PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMANDUCAIA - MG, pessoa jurídica de direito público interno,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Gilmar Mendes Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre pesquisas eleitorais para as eleições de 2016. O Tribunal

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB) CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) RESOLUÇÃO N.º 346/2005 Publicada no D.O.E. de 20-09-2005 Pág.17 Estabelece normas para a alteração de Regime de Trabalho, Controle

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU.

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU. PREÂMBULO. A Faculdade Cenecista de Osório, no uso de suas atribuições decorrentes da Resolução nº. 1 de junho

Leia mais

Advogados: Drs. Sérgio Sahione Fadel e outros e Letácio Jansen e outro EMENTA: - SAÚDE - DEFESA E PROTEÇÃO - COMPETÊNCIA PARA LEGISLAR.

Advogados: Drs. Sérgio Sahione Fadel e outros e Letácio Jansen e outro EMENTA: - SAÚDE - DEFESA E PROTEÇÃO - COMPETÊNCIA PARA LEGISLAR. SAÚDE - DEFESA E PROTEÇÃO - COMPETÊNCIA PARA LEGISLAR. O Estado do Rio de Janeiro ao editar o Decreto-lei nº 134/75 e seu regulamento, Decreto nº 1.632/75, usou sua competência concorrente para legislar

Leia mais

www.pontodosconcursos.com.br

www.pontodosconcursos.com.br AVISOS: 1. Os Simulados de Direito Eleitoral para TREs terão por base as Provas da FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC); 2. Estamos ministrando o CURSO DE DIREITO ELEITORAL para TREs Teoria e Exercícios Maiores

Leia mais

MINUTA DE REGIMENTO INTERNO DA 4ª CONFERÊNCIA NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Capítulo I Dos Objetivos. Capítulo II Da Realização

MINUTA DE REGIMENTO INTERNO DA 4ª CONFERÊNCIA NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Capítulo I Dos Objetivos. Capítulo II Da Realização MINUTA DE REGIMENTO INTERNO DA 4ª CONFERÊNCIA NACIONAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Define as regras de funcionamento da 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência Capítulo

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União DESPACHO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União DESPACHO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União DESPACHO Referência: Processo n. 99902.000079/2013-03 Assunto: Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO A C Ó R D Ã O CSJT RB/cgr/ras MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO - PRERROGATIVA DE ASSENTO À DIREITA DO MAGISTRADO - PEDIDO DE ALTERAÇÃO DA RESOLUÇÃO N.º 007/2005 DO CSJT. Se o art. 18, inciso I, alínea "a",

Leia mais

2006-02-17 - PGT-CCR-67-2006

2006-02-17 - PGT-CCR-67-2006 Processo-PGT-CCR - 67/2006 Interessado 1: Ofícios de Uberlândia e Juiz de Fora(PRT 3ª Região) Interessado 2: PRT 3ª Região Assunto: Conflitos de atribuições entre Ofício e Sede (3ª Região) VOTO I - RELATÓRIO

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.514484/2015-14 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SALVADOR-CENTRO

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 076 de 13 de setembro de 2012

RESOLUÇÃO nº 076 de 13 de setembro de 2012 RESOLUÇÃO nº 076 de 13 de setembro de 2012 Dispõe sobre a obrigatoriedade da criação do controle interno nos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, bem como no Ministério Público e Tribunal de Contas,

Leia mais

09/05/2016 Souza Cruz é condenada por dispensa discriminatória de empregado com câncer nos rins A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho

09/05/2016 Souza Cruz é condenada por dispensa discriminatória de empregado com câncer nos rins A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho 09/05/2016 Souza Cruz é condenada por dispensa discriminatória de empregado com câncer nos rins A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou recurso da Souza Cruz S.A. contra condenação à reintegração

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 2480.0104/201-18 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente: Recurso contra decisão denegatória

Leia mais

CARTA DA BAHIA 05.07.2008

CARTA DA BAHIA 05.07.2008 CARTA DA BAHIA 05.07.2008 Os Defensores Públicos dos Estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL ORIGEM: PRT 15ª REGIÃO ÓRGÃO OFICIANTE: DR. RONALDO JOSÉ DE LIRA INTERESSADO 1: SINTRACAMP SINDICATO PROFISSIONAL DOS TRABALHADORES NA MOVIMENTAÇÃO E ENSACAMENTO DE MERCADORIAS E CARGAS EM GERAL DE CAMPINAS

Leia mais

CONTRATO Nº 226/2014.

CONTRATO Nº 226/2014. CONTRATO Nº 226/2014. Contrato de prestação de serviço que fazem entre si de um lado a Prefeitura Municipal de Alto Araguaia e do outro a empresa ASSOCIAÇÃO DE INTERVENÇÃO E REABILITAÇÃO DE DEPENDENTES

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO EM PATOLOGIA CRÂNIO MANDIBULAR ABCM

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO EM PATOLOGIA CRÂNIO MANDIBULAR ABCM ESTATUTO SOCIAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO EM PATOLOGIA CRÂNIO MANDIBULAR ABCM CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO, SEDE, OBJETO E DURAÇÃO Artigo 1º - Fica constituída a associação civil denominada

Leia mais

CGU Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação

CGU Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação PARECER Referência: 23480.012306/-43 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: Rep 2264/2005 PRT/ 1ª Região Procuradora oficiante: Daniela Ribeiro Mendes Interessado: Assempar Assunto: Proteção à intimidade do empregado: intermediação de dados da vida pessoal EMENTA: 1) Desaparecimento

Leia mais

PORTARIA Nº 146 /2011-DG BRASÍLIA, 16 DE JUNHO DE 2011.

PORTARIA Nº 146 /2011-DG BRASÍLIA, 16 DE JUNHO DE 2011. PORTARIA Nº 146 /2011-DG BRASÍLIA, 16 DE JUNHO DE 2011. DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE INCENTIVO DE CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO DE IDIOMA ESTRANGEIRO NO ÂMBITO DA AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/08/2008

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/08/2008 PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/08/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Centro Educacional e Desportivo Santa

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINAR Aprovado pela Resolução Consuni nº 28/06 de 12/07/06. Art. 1º O presente regulamento disciplina as atividades do Núcleo de Prática

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO DO SUL. Edital nº 05/2015. Abertura de PROCESSO SELETIVO - Estágio de Ensino Médio

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO DO SUL. Edital nº 05/2015. Abertura de PROCESSO SELETIVO - Estágio de Ensino Médio PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO DO SUL Edital nº 05/2015 Abertura de PROCESSO SELETIVO - Estágio de Ensino Médio O Excelentíssimo Desembargador Divoncir Schreiner Maran,

Leia mais

ANEXO IV REQUERIMENTO

ANEXO IV REQUERIMENTO 1 ANEXO IV REQUERIMENTO (Da CEANISTI Comissão Especial destinada a acompanhar a aplicação de leis de anistia) Requer o envio de Indicação ao Poder Executivo, visando a adoção de providências relativas

Leia mais

CGU Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação

CGU Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação Controladoria-Geral da União OGU Ouvidoria-Geral da União Coordenação-Geral de Recursos de Acesso à Informação PARECER Referência: 48700.004979/2015-19 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade

Leia mais

INSTRUÇÃO Nº 1161-56.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

INSTRUÇÃO Nº 1161-56.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.364 INSTRUÇÃO Nº 1161-56.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Arnaldo Versiani Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Ementa: Dispõe sobre pesquisas eleitorais

Leia mais

Acórdão 8a Turma. V O T O CONHECIMENTO Conheço do recurso, eis que atendidos os requisitos de admissibilidade.

Acórdão 8a Turma. V O T O CONHECIMENTO Conheço do recurso, eis que atendidos os requisitos de admissibilidade. Acórdão 8a Turma PROCESSO: 0112000-70.2006.5.01.0521 RTOrd PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Edith Maria Correa Tourinho Av. Presidente Antonio

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Gestão Pública Departamento de Normas e Procedimentos Judiciais de Pessoal Coordenação-Geral de Elaboração, Orientação e Consolidação das Normas

Leia mais

DESPACHO EM REQUERIMENTO N 46/2014-APM

DESPACHO EM REQUERIMENTO N 46/2014-APM Nossa profissão, sua vida. ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR DESPACHO EM REQUERIMENTO N 46/2014-APM O CORONEL PM COMANDANTE DA ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR, no uso de suas atribuições previstas no art. 46, do

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 21ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 21ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 21ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.484282/2015-22 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL AMERICANA Benefício:

Leia mais

Encaminha cópia de Processo de nº 23018.002901/88-58 contendo denúncia a respeito do Diploma de 2º Grau de Eleusa Melo de Almeida

Encaminha cópia de Processo de nº 23018.002901/88-58 contendo denúncia a respeito do Diploma de 2º Grau de Eleusa Melo de Almeida INTERESSADO/MANTENEDORA DEMEC - MG ASSUNTO UF Encaminha cópia de Processo de nº 23018.002901/88-58 contendo denúncia a respeito do Diploma de 2º Grau de Eleusa Melo de Almeida RELATOR SR CONS Cássio Mesquita

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 2ª Composição Adjunta da 13ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 2ª Composição Adjunta da 13ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 2ª Composição Adjunta da 13ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.241846/2014-53 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA

Leia mais

RESOLUÇÃO N 08/2013 TCE, DE 23 DE ABRIL DE 2013

RESOLUÇÃO N 08/2013 TCE, DE 23 DE ABRIL DE 2013 RESOLUÇÃO N 08/2013 TCE, DE 23 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados em auditoria operacional no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte. O TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: Interessado(s) 1: Interessado(s) 2: Assunto(s): PRT 17ª Região Justiça Global Vale S/A Igualdade de Oportunidades e Discriminação nas Relações de Trabalho 06.03.02. 06.03.04. RECURSO ADMINISTRATIVO.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO N o 70.436, DE 18 DE ABRIL DE 1972. Regulamenta a aquisição pelos portugueses, no Brasil, dos direitos e obrigações previstos

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 2ª Composição Adjunta da 13ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 2ª Composição Adjunta da 13ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 2ª Composição Adjunta da 13ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.584279/2016-99 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL Janeiro a Dezembro/2014

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL Janeiro a Dezembro/2014 RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL Janeiro a Dezembro/2014 Brasília 2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 METODOLOGIA... 07 CANAIS DE COMUNICAÇÃO COM O CIDADÃO...

Leia mais

DADOS PESSOAIS. Endereço: Município: Bairro: CEP: Complemento:

DADOS PESSOAIS. Endereço: Município: Bairro: CEP: Complemento: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL DADOS PESSOAIS Sexo: ( ) Masculino ( ) Feminino Data de Nascimento: / / Naturalidade:

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA Altera o art. 125 da Lei nº 9.279, de : I RELATÓRIO O Projeto de Lei em análise visa alterar o art. 125 da Lei n o 9.279, de 14 de maio de 1996 ( Lei da

Leia mais