Cristiane Maria Riffel 1 Gabrielle Grassel Marques 2 Gisella Depiné Poffo João Carissimi Letícia Serena Stella Wolf

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cristiane Maria Riffel 1 Gabrielle Grassel Marques 2 Gisella Depiné Poffo João Carissimi Letícia Serena Stella Wolf"

Transcrição

1 Cristiane Maria Riffel 1 Gabrielle Grassel Marques 2 Gisella Depiné Poffo João Carissimi Letícia Serena Stella Wolf UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Curso: Comunicação Social Relações Públicas ITAJAÍ/SC PROJETO CAMPANHA EDUCATIVA DE PREVENÇÃO AO HPV: O Homem, a Saúde e a Comunicação. Resumo O trabalho apresenta o projeto campanha educativa de prevenção ao HPV: o homem, a saúde e a comunicação, realizado pelas alunas do curso de Comunicação Social habilitação em Relações Públicas na Universidade do Vale do Itajaí Univali, no período de abril de 2004 a junho de O projeto de comunicação e saúde Campanha Educativa de Prevenção ao HPV teve como objetivo conscientizar os sujeitos participantes quanto à prevenção da doença HPV. Os resultados apontam um envolvimento da comunidade acadêmica na busca de informações, participação em palestras, divulgação em veículos de comunicação, intercâmbio com o projeto de extensão da Univali Atenção à Saúde da Mulher, e aplicação da teoria na práxis. Palavras-chave: Saúde: HPV, Relações Públicas, Comunicação. 1. DESCRIÇÃO DO CONTEXTO Os brasileiros convivem constantemente com as doenças sexualmente transmissíveis e, a cada ano que passa, surgem novas DST S (Doenças Sexualmente Transmissíveis). Muitas delas levam anos para serem diagnosticadas e mais tempo ainda para se chegar à descoberta da prevenção e tratamento. Este é o caso do vírus HPV (Papiloma vírus Humano), doença sexualmente transmissível, desconhecido por grande parte da população. 1 Cristiane Maria Riffel ( e João Carissimi ( Professores e pesquisadores do curso de Comunicação Social habilitação em Relações Públicas da Universidade do Vale do Itajaí Univali. 2. Gabrielle Grassel Marques ( Gisella Depiné Poffo ( e Letícia Serena Stella Wolf acadêmicas do curso de Comunicação Social habilitação em Relações Públicas da Universidade do Vale do Itajaí - Univali.

2 2 Segundo Carvalho (2000. p. 7) o vírus HPV no Brasil afeta 10% a 20% da população adulta sexualmente ativa. A infecção genital pelo HPV é a doença sexualmente transmissível mais freqüente na população feminina sexualmente ativa. Deste público, 40% não sabem que são portadoras, facilitando dessa forma a sua transmissão. Os estudos detectam que existem mais de 100 diferentes tipos do vírus HPV, sendo as verrugas genitais (tipos 6 e 11), os mais comuns em pessoas sexualmente ativas entre 20 e 24 anos; após esta idade, a prevalência declina gradativamente. Em crianças entre 02 e 11 anos que sofreram abuso sexual, os índices são de 33%. (CARVALHO 2000, p. 2) Indicam também, que há uma forte relação entre o câncer de colo de útero com alguns tipos de HPV (16, 18, 31, 33, 45,58 alto risco), pois 99,7% das neoplasias invasoras do colo uterino apresentam DNA do HPV. Segundo Antônio Correia Alves, chefe da Patologia Cirúrgica da UNIFESP, há necessidade de reavaliar a faixa etária das campanhas de prevenção do câncer de colo de útero, pois de acordo com pesquisadores, a idade de risco para desenvolver o câncer é muito inferior àquele que vem sendo considerada nas campanhas de prevenção, aproximadamente a idade é inferior a 20 anos. Atentos aos dados assustadores da doença e, principalmente, ao grau de desconhecimento da população sobre o assunto, as acadêmicas do 4º período do Curso de Comunicação Social com Habilitação em Relações Públicas da UNIVALI, desenvolveram a partir de abril de 2004 a Campanha de Prevenção ao HPV. O desenvolvimento da campanha que envolveu comunicação e saúde teve como objetivo buscar o envolvimento por parte do público-alvo: alunos, professores, funcionários e comunidade em geral de Itajaí, com a prevenção e conscientização do HPV. Destaca-se que à divulgação das ações de comunicação objetivaram ainda, incentivar homens e mulheres a fazer os exames preventivos periodicamente, tentando diminuir os altos índices de contaminação do vírus e ainda; mobilizar as pessoas para que tenham a iniciativa de cobrar dos órgãos públicos, propostas públicas de saúde, tais como: Campanhas de Prevenção e Conscientização.

3 3 2. OBJETIVOS 2.1 Objetivo Geral Desenvolver um Projeto de Comunicação e Saúde, intitulado Campanha Educativa de Prevenção ao HPV, utilizando-se de técnicas de comunicação dirigida, visando esclarecer sobre a necessidade da conscientização e prevenção do vírus HPV (Papiloma Vírus Humano). 2.2 Objetivos Específicos - Divulgar informações referentes ao HPV: o que é o vírus, órgãos afetados, formas de transmissão, diagnóstico, prevenção, e o tratamento. - Planejar estratégias de comunicação dirigida eficientes e eficazes. 3. PÚBLICO-ALVO - Acadêmicos do curso de Comunicação Social da Univali; - Professores do curso de Comunicação Social da Univali; - Funcionários do Centro de Ciências Humanas e da Comunicação; - Imprensa; - Comunidade acadêmica. 4. ESTRATÉGIA DE AÇÃO Para escolha do tema, elaboração do projeto da Campanha de Prevenção ao vírus HPV se deu por meio de uma pesquisa bibliográfica, pesquisa de opinião, pesquisa documental, entrevistas com os especialistas da área da saúde, na qual detectou-se dados assustadores devido à inexistência de campanhas de prevenção ou esclarecimento sobre o tema. De maneira geral, as campanhas nacionais tem como foco principal as DST S, tais como: AIDS, gonorréia e sífilis. Primeira Etapa Planejamento da Campanha No planejamento de elaboração do projeto, foram realizadas reuniões semanais entre os integrantes do grupo, descrição do briefing, identificação de veículos de comunicação dirigida, criação e redação de textos informativos, definição do cronograma de atividades, a busca de patrocínio para viabilizar o orçamento, e controle e avaliação dos resultados obtidos, conforme detalhamento a seguir:

4 4 4.1 Pesquisa de opinião: a pesquisa teve como objetivo verificar o grau de conhecimento dos alunos do curso de Relações Públicas sobre o vírus HPV. A aplicação do questionário realizou-se no dia 26 de maio de 2004 para o 1º período noturno e dia 27 de maio de 2004 para os acadêmicos do 2º ao 8º período, noturno, do curso de Relações Públicas. Dos 230 alunos matriculados, 102 foram pesquisados. Este número foi considerado uma amostragem satisfatória, correspondendo aproximadamente 40%, sendo que 82 alunos do sexo feminino e 19 do sexo masculino, com faixa etária de 21 a 25 anos. Quando questionados se tinham conhecimento sobre o vírus HPV, 82 alunos, 81% responderam que sim, ainda indagados se conheciam alguém portador do vírus HPV, 78 alunos, 76%, afirmaram que não. A última questão da sondagem buscou verificar o grau de conhecimento sobre o método de prevenção do vírus, os entrevistado 53 alunos, 52% afirmaram que sim. 4.2 Elaboração do projeto: idealizado na disciplina de Comunicação Dirigida, sendo reformulado e aplicado nas disciplinas: Relações Públicas Governamentais e Redação em Relações Públicas - período de abril de 2004 a julho de 2005, no curso de Comunicação Social habilitação em Relações Públicas da Universidade do Vale do Itajaí. 4.3 Entrevistas com especialistas: Para a realização do projeto buscou-se a consultoria de profissionais da área da saúde: Dr. Luiz Fernando Fenner CRM 12083, Dr. Jorge de Oliveira Cruz CRM 982, Dr. Adalberto Cesário Pereira Jr. CRM 5456 e Dr. José Ceciliano M. Romeiro CRM Definição de Veículos de Comunicação Dirigida a) Folder ou Prospecto - O folder foi dirigido aos alunos do Curso de Relações Públicas e tem como objetivo esclarecer o público-alvo sobre o vírus HPV. Os alunos terão a possibilidade de consultar o material, que abordará perguntas e respostas, contendo explicações sobre o que é o vírus, sua transmissão, prevenção e tratamento. O folder é confeccionado de forma que a linguagem seja clara e objetiva, contendo cores e símbolos que despertem a atenção dos alunos. b) Camiseta - A camiseta foi um instrumento escolhido para divulgar a Campanha de Prevenção ao vírus HPV. Por meio deste veículo, os realizadores da Campanha estarão divulgando-a e despertando a curiosidade dos jovens. Tem como objetivo também que o público-alvo vista a camisa e se sinta motivado a participar da Campanha. c) Botton - O instrumento foi utilizado como forma de divulgação da Campanha de Prevenção do vírus HPV e ainda tem o propósito de despertar a atenção dos acadêmicos de Comunicação. A partir da entrega do botton para cada aluno, espera-se então que estes passem a aderir e apoiar a Campanha.

5 5 d) Utilizando-se o cadastro de s dos alunos do Curso de Relações Públicas, foi enviado material de apresentação da Campanha de Prevenção ao vírus HPV, elaborado em power point. e) Press-kit Para estabelecer um relacionamento com a imprensa do Vale do Itajaí, utilizou-se de um press-kit (caixa e/ou envelope) contendo release, camiseta, preservativo, folder, botton, e matérias jornalísticas. f) Boletim Redes Divulgação de matéria sobre o tema da campanha no boletim informativo interno do curso de Relações Públicas. g) Brinde As camisinhas foram doadas pelo Posto de Saúde Familiar de Canelinha SC e distribuídas aos acadêmicos do Curso de Relações Públicas, com o objetivo de incentivar o uso de preservativos na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. 4.5 Captação de Recursos: com a finalidade de viabilizar a campanha, foi apresentou-se uma proposta comercial à empresa Transportes Dalçóquio, transportadora de Itajaí - SC. O valor de patrocínio estipulado inicialmente para a execução da Campanha foi de R$ 1.000,00. Dessa forma, a logomarca da empresa foi divulgada nos instrumentos confeccionados (banner, camiseta e folder). Segunda Etapa Lançamento da Campanha 4.6 Divulgação: Durante o processo de divulgação (palestra, exposição, visita em sala de aula) da campanha educativa de prevenção ao HPV, foram envolvidos, aproximadamente, 250 alunos do curso de Relações Públicas. Destaca-se que na atividade de exposição e apresentação da campanha, foram distribuídos folder, preservativo e bottons. Durante os quatro dias, período matutino, vespertino e noturno, ficou fixado o banner. Calcula-se uma estimativa de 300 pessoas, entre professores, funcionários, acadêmicos e comunidade em geral, que se dirigiram ao local de exposição. Por meio da mídia impressa (boletim informativo Redes do curso de Comunicação Social Relações Públicas); entrevista na TV Univali com os integrantes do grupo sobre a iniciativa da Campanha Educativa de Prevenção ao HPV. 4.7 Evento de Lançamento - A palestra ministrada por um especialista na área da saúde e DST s foi o veículo utilizado com o objetivo de esclarecer o público-alvo de uma forma mais detalhada. Este encontro possibilitou aos alunos do Curso de Relações Públicas clarificar suas dúvidas em relação ao vírus HPV.

6 6 4.8 Exposição Foi organizada uma exposição de painéis abordando as principais informações sobre o vírus HPV. Os painéis foram expostos durante o intervalo das aulas dos alunos de Comunicação Social. O espaço físico escolhido também possibilitou que acadêmicos de outros cursos da Univali, funcionários e comunidade visualizassem os painéis. 5. INVESTIMENTOS DA CAMPANHA O planejamento da campanha e definição das estratégias de comunicação tinham como principal desafio à viabilidade financeira. Pois, não havia recursos específicos para custear o projeto. Uma saída foi à captação de recursos junto à iniciativa privada que possibilitou a realização da campanha, conforme demonstrativo. Recursos Materiais Quantidade Valor Unitário Valor Total Impressão de folder 250 R$1,44 R$ 360,00 Camiseta + quadros 25 R$ 8,00 R$ 240,00 Internet para envio dos s e para pesquisas 20 horas _ Folhas A4 250 R$ 0,03 R$ 7,50 Camisinhas 250 _ Doação Impressão PB 250 R$ 0,10 R$ 25,00 Impressão colorida 80 R$ 1,20 R$ 96,00 Cedido pela Universidade Auditório para a Cedido pela realização da palestra 01 _ Universidade Encadernação do Projeto 01 R$ 2,50 R$ 2,50 Total Geral R$ 731,00 Recursos Humanos Quantidade Valor Unitário Valor Total Médico especialista 04 Voluntário Palestrante 01 Voluntário Univali Designer 01 Voluntário Acadêmica Univali Professor 02 Orientações Univali

7 7 6. RESULTADOS O desenvolvimento da campanha contribuiu no processo de ensino-aprendizagem dos acadêmicos que puderam conhecer e exercitar todas as etapas de criação, planejamento, pesquisa, organização e execução de uma campanha educativa de Relações Públicas. Nesta experiência foi possível compreender a utilização dos veículos de comunicação dirigida, o emprego das técnicas de redação e relacionamento com a imprensa. Além disso, um dos pontos foi à necessidade identificada de contactar profissionais da área da saúde para obter a informações necessárias para o desenvolvimento do tema que no primeiro momento é complexo e desconhecido para os profissionais de comunicação. Ou seja, a elaboração de uma mensagem pelo comunicador exige domínio sobre o assunto para que não se cometa erros na divulgação de informações. Para tanto, é preciso pesquisar e consultar especialistas no assunto. Essa necessidade permitiu compreender a importância da interdisciplinaridade das áreas da comunicação e saúde. O trabalho desenvolvido contribui também para a compreensão do papel da comunicação e das Relações Públicas no desenvolvimento de estratégias de conscientização e prevenção do HPV. A realização da campanha motivou o envolvimento da comunidade acadêmica na busca e socialização das informações sobre o HPV. Destaca-se a repercussão das ações da campanha nos veículos de comunicação interna da Universidade do Vale do Itajaí que motivados pelo assunto, contribuíram na divulgação da campanha. Do ponto de vista do ensino-aprendizagem, a campanha de prevenção do vírus HPV oportunizou as acadêmicas de Relações Públicas aplicar os conhecimentos das disciplinas: comunicação dirigida, relações públicas governamentais e redação em relações públicas, no desenvolvimento de um trabalho multidisciplinar.

8 8 7. REFERÊNCIAS CARVALHO, Júlio José M. OYAKAWA, Nadir. I Congresso Brasileiro de HPV São Paulo: BG Cultural, CESCA, Cleuza G. Gimenes. Comunicação Dirigida Escrita na Empresa. São Paulo: Summus, FORTES, Waldyr Gutierrez. Relações Públicas: Processo, Funções, Tecnologia e Estratégias. São Paulo, ed. Summus, LIMA, Gerson Moreira. Releasemania: uma contribuição para o estudo do "pressrelease" no Brasil. São Paulo : Summus, Entrevistas: Consultoria: Dr. Luiz Fernando Fenner CRM 12083, Dr. Jorge de Oliveira Cruz CRM 982, Dr. Adalberto Cesário Pereira Jr. CRM 5456 e Dr. José Ceciliano M. Romeiro CRM Disponível em : acesso em abril a junho de acesso em maio de 2004

TÍTULO: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS OBRE CÂNCER DE MAMA E COLO UTERINO ENTRE MULHERES DE BAIXA RENDA DA CIDADE DE LINS SP

TÍTULO: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS OBRE CÂNCER DE MAMA E COLO UTERINO ENTRE MULHERES DE BAIXA RENDA DA CIDADE DE LINS SP Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS OBRE CÂNCER DE MAMA E COLO UTERINO ENTRE MULHERES DE BAIXA RENDA DA CIDADE

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE CITOLOGIA CLÍNICA Capítulo I Da Natureza e Finalidade Art. 1º. A Liga de Citologia Clínica é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão da da

Leia mais

Plano de Comunicação para a Liga de Combate ao Câncer de Panambi. 1

Plano de Comunicação para a Liga de Combate ao Câncer de Panambi. 1 Plano de Comunicação para a Liga de Combate ao Câncer de Panambi. 1 Tiago FRANKE 2 Aniele Santos da SILVA 3 Fabiane da Silva VERISSIMO 4 Marcela Guimarães e SILVA 5 Universidade de Cruz Alta, Cruz Alta/RS

Leia mais

Campanha DST 1. Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS

Campanha DST 1. Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS Campanha DST 1 Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS RESUMO: Este trabalho foi realizado na disciplina de Criação II do curso de Comunicação Social

Leia mais

A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO

A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO SATO, Camila Massae 1 Palavras-chave: Idoso, AIDS, conhecimento Introdução A população idosa brasileira

Leia mais

Papiloma Vírus Humano - HPV

Papiloma Vírus Humano - HPV VACINAÇÃO HPV 2015 Papiloma Vírus Humano - HPV O vírus HPV é altamente contagioso, sendo possível contaminar-se com uma única exposição. A sua transmissão se dá por contato direto com a pele ou mucosa

Leia mais

Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!*

Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!* Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!* SANTOS, Jessica Suriano dos 1 ; ANJOS, Antônio Carlos dos 2 ; RIBEIRO, Álvaro Sebastião Teixeira 3 Palavras-chave: Educação Sexual; Doenças Sexualmente Transmissíveis;

Leia mais

2. MOTIVAÇÃO DA CHAMADA Favorecer a aproximação da instituição do setor produtivo e da comunidade, além de contribuir para a qualidade do evento.

2. MOTIVAÇÃO DA CHAMADA Favorecer a aproximação da instituição do setor produtivo e da comunidade, além de contribuir para a qualidade do evento. EDITAL Nº 027/2016 CHAMADA PÚBLICA PARA APOIO À REALIZAÇÃO DO 2º SIMPÓSIO INTERDISCIPLINAR DE TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO [SInTE] O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São

Leia mais

Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA

Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA Considerando que o Ensino Médio é para a maioria dos cidadãos a última oportunidade de uma educação formal em Biologia, a

Leia mais

QUAIS OS TIPOS DE HPV MAIS COMUNS QUE PODEM CAUSAR CÂNCER?

QUAIS OS TIPOS DE HPV MAIS COMUNS QUE PODEM CAUSAR CÂNCER? O QUE É O HPV? Sigla para Papilomavírus Humano, são vírus capazes de infectar a pele ou a mucosa. Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV, dos quais 40 podem infectar o trato genital e, destes, 12

Leia mais

1 TÍTULO DO PROJETO. Ame a Vida. Previna-se. 2 QUEM PODE PARTICIPAR?

1 TÍTULO DO PROJETO. Ame a Vida. Previna-se. 2 QUEM PODE PARTICIPAR? 1 TÍTULO DO PROJETO Ame a Vida. Previna-se. 2 QUEM PODE PARTICIPAR? Podem participar deste programa (sem vínculo empregatício ou remuneração), os acadêmicos beneficiados pelas bolsas de Estudo do artigo

Leia mais

SER MONITOR: APRENDER ENSINANDO

SER MONITOR: APRENDER ENSINANDO SER MONITOR: APRENDER ENSINANDO Vanessa Torres dos Santos (vanessa.torres@live.com)¹ Emelynne Gabrielly de Oliveira Santos (nellynha_15@hotmail.com)¹ Izaac Batista Lima (izaac-15@hotmail.com)¹ Marília

Leia mais

PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING

PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING BR/2007/PI/H/3 PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING Brasília 2007 PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING -

Leia mais

Ela tem vergonha de falar. Você não pode ter 1.

Ela tem vergonha de falar. Você não pode ter 1. Ela tem vergonha de falar. Você não pode ter 1. Malú Mariana Pessota da SILVA 2 Ariani Samara da Cruz PAULIN 3 Eduardo Perotto BIAGI 4 Universidade de Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS RESUMO: O trabalho

Leia mais

AÇÕES EM PROL DA VIDA - PRÁTICAS EDUCATIVAS NA PREVENÇÃO DA AIDS NO VALE DO JEQUITINHONHA Eyleen Nabyla Alvarenga 1 Roberta Barroso 2

AÇÕES EM PROL DA VIDA - PRÁTICAS EDUCATIVAS NA PREVENÇÃO DA AIDS NO VALE DO JEQUITINHONHA Eyleen Nabyla Alvarenga 1 Roberta Barroso 2 AÇÕES EM PROL DA VIDA - PRÁTICAS EDUCATIVAS NA PREVENÇÃO DA AIDS NO VALE DO JEQUITINHONHA Eyleen Nabyla Alvarenga 1 Roberta Barroso 2 INTRODUÇÃO Atualmente, as atividades educativas têm se articulado nas

Leia mais

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA Naiane Novaes Nogueira 1 Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB n_n_nai@hotmail.com José

Leia mais

Curso: Diagnóstico Comunitário Participativo.

Curso: Diagnóstico Comunitário Participativo. Curso: Diagnóstico Comunitário Participativo. Material referente ao texto do Módulo 3: Ações Básicas de Mobilização. O conhecimento da realidade é a base fundamental ao desenvolvimento social, que visa

Leia mais

DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS: A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOSÉ GOMES, PATOS, PARAÍBA, BRASIL

DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS: A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOSÉ GOMES, PATOS, PARAÍBA, BRASIL DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS: A PERCEPÇÃO DOS ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOSÉ GOMES, PATOS, PARAÍBA, BRASIL Kelvy Fellipe Gomes de Lima 1 ; Lucas Silva Leite 1 ; Anna Fernanda Beatriz Amorim

Leia mais

ATENÇÃO PRIMÁRIA (SAÚDE COLETIVA, PROMOÇÃO DA SAÚDE E SEMELHANTES)

ATENÇÃO PRIMÁRIA (SAÚDE COLETIVA, PROMOÇÃO DA SAÚDE E SEMELHANTES) ATENÇÃO PRIMÁRIA (SAÚDE COLETIVA, PROMOÇÃO DA SAÚDE E SEMELHANTES) ID: 102 A PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DA SAÚDE ENTRE CRIANÇAS POR MEIO DA RISOTERAPIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA Profa. Esp. Andréa Savietto (UNIANCHIETA)

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos Diretora Escolar e Gerente de Ensino Helena Mercedes Monteiro Supervisora

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: projeto experimental; relações públicas, planejamento, terceiro setor, cultura. 1. INTRODUÇÃO

PALAVRAS CHAVE: projeto experimental; relações públicas, planejamento, terceiro setor, cultura. 1. INTRODUÇÃO Projeto Experimental em Relações Públicas: Associação Pró-Cultura - Casa das Artes Regina Simonis 1 Bruna Luisa Henn² Grazielle Betina Brandt³ Universidade de Santa Cruz do Sul RESUMO: O presente trabalho

Leia mais

Vacinação contra o HPV

Vacinação contra o HPV Vacinação contra o HPV Meleiro, março de 2014 Enfermeira Cristiane Sec Mun Saúde de Meleiro. ESF Papiloma Vírus Humano - HPV O HPV é um vírus (papilomavírus humano) transmitido pelo contato direto com

Leia mais

Indaial SC Abril 2012. Setor Educacional: 3. Educação Universitária

Indaial SC Abril 2012. Setor Educacional: 3. Educação Universitária MATERIAL DIDÁTICO PARA O ENSINO A DISTÂNCIA: PRODUÇÃO E CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS DIDÁTICOS UTILIZADOS PELOS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO EAD DA UNIASSELVI Indaial SC Abril 2012 Hiandra Bárbara Götzinger

Leia mais

Aceite Amar 1. Ed Carlos dos Santos SILVA 2 Thalysa DONATO 3 Lamounier LUCAS 4 Centro Universitário Newton Paiva, Belo Horizonte, MG

Aceite Amar 1. Ed Carlos dos Santos SILVA 2 Thalysa DONATO 3 Lamounier LUCAS 4 Centro Universitário Newton Paiva, Belo Horizonte, MG Aceite Amar 1 Ed Carlos dos Santos SILVA 2 Thalysa DONATO 3 Lamounier LUCAS 4 Centro Universitário Newton Paiva, Belo Horizonte, MG RESUMO O presente trabalho acadêmico refere-se à ONG GPH (Grupo de Pais

Leia mais

Herança. Mineira. Várias Culturas através de nossa bandeira. Realização

Herança. Mineira. Várias Culturas através de nossa bandeira. Realização Realização Instituto de Arte Popular OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Apresentação O foi elaborado pelo Instituto de Arte Popular Brasileira IAPHB, CNPJ 11.112.659/0001-56 Organização

Leia mais

Campanha de Reinauguração do Escritório-Escola de Comunicação Social 1

Campanha de Reinauguração do Escritório-Escola de Comunicação Social 1 Campanha de Reinauguração do Escritório-Escola de Comunicação Social 1 Delberson Moura SOARES 2 Alciene C. de Souza LYRA 3 Inara Regina Batista da COSTA 4 Universidade Federal do Amazonas RESUMO A Agência

Leia mais

UMA REVISÃO SISTEMÁTICA: O PROFISSIONAL DE SAÚDE E SEU OLHAR SOBRE O IDOSO E A AIDS

UMA REVISÃO SISTEMÁTICA: O PROFISSIONAL DE SAÚDE E SEU OLHAR SOBRE O IDOSO E A AIDS UMA REVISÃO SISTEMÁTICA: O PROFISSIONAL DE SAÚDE E SEU OLHAR SOBRE O IDOSO E A AIDS Nayara Ferreira da Costa¹; Maria Luisa de Almeida Nunes ²; Larissa Hosana Paiva de Castro³; Alex Pereira de Almeida 4

Leia mais

AÇÃO INTEGRADA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS A PARTIR DE UM PROJETO DE SAÚDE. Adriana Noviski Manso - PUCPR

AÇÃO INTEGRADA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS A PARTIR DE UM PROJETO DE SAÚDE. Adriana Noviski Manso - PUCPR AÇÃO INTEGRADA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS A PARTIR DE UM PROJETO DE SAÚDE Adriana Noviski Manso - PUCPR Beatriz Ferreira da Rocha - PUCPR Romilda Teodora Ens - PUCSP/PUCPR Resumo O presente relato

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores FORMANDO CIDADÃOS PELA SUSTENTABILIDADE - PROJETO ECOJACQUES Andreza Menezes Nunes, Cinara

Leia mais

Resultados da Pesquisa IDIS de Investimento Social na Comunidade 2004

Resultados da Pesquisa IDIS de Investimento Social na Comunidade 2004 Resultados da Pesquisa IDIS de Investimento Social na Comunidade 2004 Por Zilda Knoploch, presidente da Enfoque Pesquisa de Marketing Este material foi elaborado pela Enfoque Pesquisa de Marketing, empresa

Leia mais

Resgatando a autoestima das mulheres em situação de violência através da corrida e caminhada

Resgatando a autoestima das mulheres em situação de violência através da corrida e caminhada PROJETO CORRA PELA VIDA Resgatando a autoestima das mulheres em situação de violência através da corrida e caminhada I. INTRODUÇÃO Os altos índices de violência doméstica e familiar contra a mulher em

Leia mais

O Passo Mais Saudável 1

O Passo Mais Saudável 1 O Passo Mais Saudável 1 Luis Antonio Alves MEIRA 2 Rafaela de Souza Vieira PEREIRA 3 Fernando FONTANELLA 4 Universidade Católica de Pernambuco, Pernambuco, PE RESUMO Projeto desenvolvido para a Comunidade

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA JOVENS DO ENSINO MÉDIO

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA JOVENS DO ENSINO MÉDIO EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA JOVENS DO ENSINO MÉDIO Jefferson Oliveira Cristovão da Luz Márcio Eugen Klingenschmid Lopes dos Santos Universidade Cruzeiro do Sul/CETEC, profjeffluz@hotmail.com Universidade

Leia mais

O JOGO CONTRIBUINDO DE FORMA LÚDICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA

O JOGO CONTRIBUINDO DE FORMA LÚDICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA O JOGO CONTRIBUINDO DE FORMA LÚDICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Denise Ritter Instituto Federal Farroupilha Campus Júlio de Castilhos deniseritter10@gmail.com Renata da Silva Dessbesel Instituto

Leia mais

Apresentação. Objetivos do Programa

Apresentação. Objetivos do Programa Diálogo Jovem 0 Índice Assunto Pagina Apresentação 2 Objetivos do Programa 2 Resultados esperados 3 Demandas do Programa 3 Por que investir 4 Origem dos Recursos 5 Metodologia 6 Roteiro do Primeiro encontro

Leia mais

Situação do Desenvolvimento do Projeto/Avaliação Projeto Tecnológico e Midiático na EE Ernesto Solon Borges

Situação do Desenvolvimento do Projeto/Avaliação Projeto Tecnológico e Midiático na EE Ernesto Solon Borges Situação do Desenvolvimento do Projeto/Avaliação Projeto Tecnológico e Midiático na EE Ernesto Solon Borges Município/Escola Bandeirantes/ Ernesto Solon Borges Ações desenvolvidas (maio a novembro/2013)

Leia mais

SEPROTEC-BS 2010. Proposta de Patrocínio

SEPROTEC-BS 2010. Proposta de Patrocínio SEPROTEC-BS 2010 Simpósio de Educação Profissional e Tecnológica da Baixada Santista Proposta de Patrocínio Sobre o Evento A iniciativa justifica-se por suprir a expectativa da região, proporcionando um

Leia mais

HPV: DIAGNÓSTICO E PREVENÇÃO

HPV: DIAGNÓSTICO E PREVENÇÃO HPV: DIAGNÓSTICO E PREVENÇÃO Bruna Rezende, Rassan Dyego Romão Silva e Antonio Jose Dias Martins Faculdade Alfredo Nasser Aparecida de Goiânia GO Brasil rassandyego@hotmail.com Orientadora: Daniella Cavalcante

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA NÚCLEO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NAI É preciso avaliar para aprimorar CONSIDERAÇÕES INICIAIS A UNISANTA desenvolveu,

Leia mais

CONHECIMENTO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS NO AMBIENTE ESCOLAR RESUMO

CONHECIMENTO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS NO AMBIENTE ESCOLAR RESUMO CONHECIMENTO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS NO AMBIENTE ESCOLAR Meire Rodrigues Fabris 1 Tania Regina dos Santos Soares 2 RESUMO A escola exerce um importante papel na educação sexual

Leia mais

TÍTULO: ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO E CONHECIMENTO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS E AIDS ENTRE ACADÊMICOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UNIABC

TÍTULO: ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO E CONHECIMENTO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS E AIDS ENTRE ACADÊMICOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UNIABC Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ESTUDO SOBRE PREVENÇÃO E CONHECIMENTO DE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS E AIDS ENTRE ACADÊMICOS

Leia mais

É uma ação permanente de promoção dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram;

É uma ação permanente de promoção dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram; Pesquisa da 13ª Semana Nacional de Museus Período de aplicação: 25 de maio a 30 de junho de 2015 Coordenação de Estudos Socioeconômicos e Sustentabilidade Ceses Departamento de Difusão, Fomento e Economia

Leia mais

TÍTULO DO CAMPO Data de submissão 05 de Maio de 2014

TÍTULO DO CAMPO Data de submissão 05 de Maio de 2014 TÍTULO DO CAMPO Data de submissão 05 de Maio de 2014 NOME DA ORGANIZAÇÃO AUTORA DO COMPROMISSO TÍTULO DO COMPROMISSO SUMÁRIO DO COMPROMISSO FÓRUM NACIONAL ÁLCOOL E SAÚDE FORMULÁRIO DE SUBMISSÃO Administração

Leia mais

PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS

PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS PROPOSTA COLABORATIVA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DO ENSINO BÁSICO HPV E CAMPANHA NACIONAL DE IMUNIZAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS

Leia mais

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO.

INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO. INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE X ENSINO MÉDIO: INTERVENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM ADMINITRAÇÃO, INFORMÁTICA E EDUCAÇÃO. Grupo PET Administração Universidade Federal de Lavras UFLA Resumo Os jovens formam o conjunto

Leia mais

Londrina, 29 a 31 de outubro de 2007 ISBN 978-85-99643-11-2

Londrina, 29 a 31 de outubro de 2007 ISBN 978-85-99643-11-2 RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UM PROJETO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO CARNEIRO DOS SANTOS Keegan Bezerra Ponce Escola Estadual Augusto Carneiro dos Santos RESUMO Ao exercer seu papel social,

Leia mais

ANÁLISES DAS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELOS ALUNOS AO RELACIONAR OS FENÔMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS COM SEU COTIDIANO

ANÁLISES DAS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELOS ALUNOS AO RELACIONAR OS FENÔMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS COM SEU COTIDIANO ANÁLISES DAS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELOS ALUNOS AO RELACIONAR OS FENÔMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS COM SEU COTIDIANO Wallison Fernando Bernardino da Silva (UFPB/CCA Bolsista Subprojeto Química PIBID/CAPES)

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DA ESPONDILITE ANQUILOSANTE PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 I INTRODUÇÃO Nos termos da alínea b) do Artigo 35.º dos Estatutos da ANEA, a Direcção desta associação apresenta

Leia mais

Alternativa berço a berço

Alternativa berço a berço Alternativa berço a berço Nível de Ensino/Faixa Etária: Ensino Fundamental Final Áreas Conexas: Ciências, Língua Portuguesa Consultor: Robson Castro RESUMO Sobre o que trata a série? O documentário traz

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM

Leia mais

Palavras-chave: saúde - glaucoma - prevenção - qualidade de vida - responsabilidade social.

Palavras-chave: saúde - glaucoma - prevenção - qualidade de vida - responsabilidade social. Projeto Glaucoma Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Hoftalon - Centro de Estudo e Pesquisa da Visão Cidade:

Leia mais

RELATÓRIO. Atividades Desenvolvidas pela Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres 2009

RELATÓRIO. Atividades Desenvolvidas pela Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres 2009 RELATÓRIO Atividades Desenvolvidas pela Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres 2009 1 Sumário 1 Identificação... 3 2 Apresentação... 4 3 Competências... 5 4 Objetivo... 7 5 Metas

Leia mais

PUBLICO ESCOLAR QUE VISITA OS ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE MANAUS DURANTE A SEMANA DO MEIO AMBIENTE

PUBLICO ESCOLAR QUE VISITA OS ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE MANAUS DURANTE A SEMANA DO MEIO AMBIENTE PUBLICO ESCOLAR QUE VISITA OS ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE MANAUS DURANTE A SEMANA DO MEIO AMBIENTE Marcia Karina Santos Ferreira 1 ; Augusto Fachín Terán 2 ¹Licenciada em Pedagogia. Universidade do Estado do

Leia mais

Aula lá fora. Episódio 9: Paranapiacaba. Palavras-chave Aula lá fora, escola, pedagogia, pesquisa, meio ambiente, formação de professores.

Aula lá fora. Episódio 9: Paranapiacaba. Palavras-chave Aula lá fora, escola, pedagogia, pesquisa, meio ambiente, formação de professores. Aula lá fora Episódio 9: Paranapiacaba Resumo Este vídeo exibe o episódio n o 9 da série Aula lá fora e trata do tema Meio ambiente. O episódio mostra as atividades desenvolvidas na preparação, realização

Leia mais

Homofobia Como Fator De Exclusão Escolar 1

Homofobia Como Fator De Exclusão Escolar 1 Homofobia Como Fator De Exclusão Escolar 1 Joaquim Clemente da Silva NETO 2 Aline Paiva dos SANTOS 3 Eliana da Silva LOPES 4 Marta Bezerra PEREIRA 5 Clivia Andriely Cardoso Silva 6 Antonio Carlos SARDINHA

Leia mais

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro Notícias - 18/06/2009, às 13h08 Foram realizadas 8 mil entrevistas com homens e mulheres entre 15 e 64 anos. A análise das informações auxiliará

Leia mais

5º PRÊMIO NACIONAL DE REDAÇÃO DO PROGRAMA COOPERJOVEM EDIÇÃO 2011 R E G U L A M E N T O

5º PRÊMIO NACIONAL DE REDAÇÃO DO PROGRAMA COOPERJOVEM EDIÇÃO 2011 R E G U L A M E N T O 5º PRÊMIO NACIONAL DE REDAÇÃO DO PROGRAMA COOPERJOVEM EDIÇÃO 2011 R E G U L A M E N T O ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 COMISSÃO NACIONAL ORGANIZADORA DO PRÊMIO... 3 CATEGORIAS E TEMAS... 3 PARCERIA...

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS AULAS PRÁTICAS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL

A IMPORTÂNCIA DAS AULAS PRÁTICAS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL A IMPORTÂNCIA DAS AULAS PRÁTICAS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL Autor: Paulo Fernandes Roges Souza Silva (UEG) 1, Co-autores: Amanda Pereira Silva (UEG) 2, Gabriela Tayrine Pereira

Leia mais

A Grade Curricular da Habilitação de Relações Públicas da Universidade de Santa Cruz do Sul 1

A Grade Curricular da Habilitação de Relações Públicas da Universidade de Santa Cruz do Sul 1 A Grade Curricular da Habilitação de Relações Públicas da Universidade de Santa Cruz do Sul 1 Priscila dos Santos STEFFENS 2 Renata Gerhardt PICCININ 3 Jaqueline Lopes LUZ 4 Bruno KEGLER 5 Fabiana da Costa

Leia mais

Escola que faz pela paz

Escola que faz pela paz Escola que faz pela paz Mostra Local de: Curitiba Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Instituto de Educação para Não Violência Cidade:

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL

PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL PROFIS SOCIEDADE DE PROMOÇÃO SOCIAL DO FISSURADO LÁBIO PALATAL PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL BAURU - 2012 1- Identificação Instituição Responsável: PROFIS Sociedade de Promoção Social do Fissurado Lábio

Leia mais

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA"

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA" REGULAMENTO 1. O QUE É O PRÊMIO DE MARKETING UNIMED Criado em 1994, pela Unimed do Brasil, o Prêmio de Marketing Unimed "Dr. Nilo Marciano de

Leia mais

-Os Papiloma Vírus Humanos (HPV) são vírus da família Papovaviridae.

-Os Papiloma Vírus Humanos (HPV) são vírus da família Papovaviridae. -Os Papiloma Vírus Humanos (HPV) são vírus da família Papovaviridae. -Chamado de HPV, aparece na forma de doenças como condiloma acuminado, verruga genital ou crista de galo. -Há mais de 200 subtipos do

Leia mais

Introdução. 1 Informação disponível no site www.uscs.edu.br. Acesso em 21/05/2010.

Introdução. 1 Informação disponível no site www.uscs.edu.br. Acesso em 21/05/2010. Introdução O projeto de pesquisa apresentado almejava analisar a produção acadêmica dos alunos de Comunicação Social da Universidade Municipal de São Caetano do Sul desde a criação do programa de iniciação

Leia mais

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Fundação Euclides da Cunha FEC/Data UFF Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério

Leia mais

ITINERÁRIO TERAPÊUTICO DAS MULHERES COM ALTERAÇÕES CERVICAIS NO CITOPATOLÓGICO EM RIO GRANDE

ITINERÁRIO TERAPÊUTICO DAS MULHERES COM ALTERAÇÕES CERVICAIS NO CITOPATOLÓGICO EM RIO GRANDE ITINERÁRIO TERAPÊUTICO DAS MULHERES COM ALTERAÇÕES CERVICAIS NO CITOPATOLÓGICO EM RIO GRANDE Alessandra Mendes de Barros 1 Anne Cristine Dal Bosco 2 Clarissa Giannichini 3 Nalú Pereira da Costa Kerber

Leia mais

Projeto de Comunicação Integrada: ORVAM 1

Projeto de Comunicação Integrada: ORVAM 1 Projeto de Comunicação Integrada: ORVAM 1 Gustavo Antonio AGUIAR 2 Élida de CRISTO 3 Guilherme Guerreiro NETO 4 Rosane STEINBRENNER 5 Universidade Federal do Pará, PA RESUMO O trabalho descreve as atividades

Leia mais

Assessoria de Imprensa para a Pastoral da Criança de Santa Rita do Araguaia - GO 1

Assessoria de Imprensa para a Pastoral da Criança de Santa Rita do Araguaia - GO 1 Assessoria de Imprensa para a Pastoral da Criança de Santa Rita do Araguaia - GO 1 Miriam Soares de ARAÚJO 2 Cálita Fernanda Batista de PAULA 3 Vanessa Lopes da SILVA 4 Ana Carolina de Araújo SILVA 5 Universidade

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Prevenção Total

Mostra de Projetos 2011. Prevenção Total Mostra Local de: Dois Vizinhos Categoria do projeto: Projetos finalizados. Cidade: Marmeleiro Contato: lucianiberti@yahoo.com.br Autor (es): Luciani Aparecida Berti Mostra de Projetos 2011 Prevenção Total

Leia mais

A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR

A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR Robson Rogaciano Fernandes da Silva (Mestrando-Universidade Federal de Campina Grande) Ailanti de Melo Costa Lima (Graduanda-Universidade Estadual

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO PLANO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA A VIRTUALLINK

PLANO DE COMUNICAÇÃO PLANO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA A VIRTUALLINK PLANO DE COMUNICAÇÃO PLANO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA A VIRTUALLINK - Equipe de Comunicação Multimídia e Relações Públicas: Márcio Lobato Nayanne Pacheco 1. - OBJETIVO: A presente proposta objetiva estruturar

Leia mais

O Talento Está no Sangue Colsan/Unifesp 1

O Talento Está no Sangue Colsan/Unifesp 1 O Talento Está no Sangue Colsan/Unifesp 1 Gabriel NASCIMENTO 2 João Batista Freitas CARDOSO 3 IMES - Universidade Municipal de São Caetano do Sul, São Caetano do Sul, SP RESUMO Doar sangue é sinônimo de

Leia mais

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Subprojeto-Biologia

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Subprojeto-Biologia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Subprojeto-Biologia ATIVIDADE LÚDICA COMO INSTRUMENTO DE DIVULGAÇÃO E

Leia mais

TÍTULO: Autores: INSTITUIÇÃO: Endereço: Fone (21) 22642082/ 25876570 - Fax (21) 22642082. E-mail: (cinfo_nesa@yahoo.com.

TÍTULO: Autores: INSTITUIÇÃO: Endereço: Fone (21) 22642082/ 25876570 - Fax (21) 22642082. E-mail: (cinfo_nesa@yahoo.com. TÍTULO: ADOLESCENTES E O USO DO PRESERVATIVO FEMININO Autores: Luiza Maria Figueira Cromack; Dulce Maria Fausto de Castro; Stella Regina Taquette; Francislene Pace; André Melo; Janice Dutra; Roberta Souza.

Leia mais

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

Análise da Formação Continuada em Educação Ambiental dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Jahu

Análise da Formação Continuada em Educação Ambiental dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Jahu Análise da Formação Continuada em Educação Ambiental dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Jahu Fábio Leonardo Romano FRAGNAN¹ Yanina Micaela SAMMARCO² Resumo Este trabalho apresenta um estudo

Leia mais

Assessoria de Imprensa. Oficina de Comunicação Apex-Brasil. O papel estratégico da Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa. Oficina de Comunicação Apex-Brasil. O papel estratégico da Assessoria de Imprensa Assessoria de Imprensa Oficina de Comunicação Apex-Brasil O papel estratégico da Assessoria de Imprensa Relacionamento com a Mídia - Demonstrar o papel das entidades como fonte; - Cultivar postura de credibilidade;

Leia mais

Educação Sexual e Metodologia

Educação Sexual e Metodologia Educação Sexual Marcos Ribeiro Educação Sexual e Metodologia...Não saco nada de Física Literatura ou Gramática Só gosto de Educação Sexual E eu odeio Química... Legião Urbana Essa discussão não é recente.

Leia mais

Minha Casa Minha Vida PROJETO DE TRABALHO SOCIAL-PTS RELATÓRIO DAS AÇÕES DO PTS NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA AGOSTO-2015

Minha Casa Minha Vida PROJETO DE TRABALHO SOCIAL-PTS RELATÓRIO DAS AÇÕES DO PTS NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA AGOSTO-2015 Minha Casa Minha Vida PROJETO DE TRABALHO SOCIAL-PTS RELATÓRIO DAS AÇÕES DO PTS NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA AGOSTO-2015 SENHOR DO BONFIM - BAHIA 2015 1 ATIVIDADES: DESCRIÇÃO A correta utilização

Leia mais

CRI R AN A ÇA Ç SEGURA R Safe Kids Bras B il il 2009

CRI R AN A ÇA Ç SEGURA R Safe Kids Bras B il il 2009 CRIANÇA SEGURA Safe Kids Brasil 2009 CRIANÇA SEGURA Organização sem fins lucrativos presente no Brasil desde 2001, com atuação nacional. Missão: Promover a prevenção de acidentes com crianças e adolescentes

Leia mais

Publicidade e Propaganda. Central

Publicidade e Propaganda. Central 1º A 2016s1 Matutino 08:00 09:40 Sociologia Geral e da Criatividade Linguagem I Métodos e Técnicas de Pesquisa Multidisciplinar MIX I 10:00 11:40 Sociologia Geral e da Estratégica Integrada Linguagem I

Leia mais

Campanha Tratar a Pressão Alta é um ato de Fé na Vida

Campanha Tratar a Pressão Alta é um ato de Fé na Vida Campanha Tratar a Pressão Alta é um ato de Fé na Vida Organização Sociedade Brasileira de Hipertensão Categoria Relações Pública e Terceiro Setor Profissional Responsável Fernanda Dabori 1. Contexto da

Leia mais

O TEMA AIDS NO CONTEXTO ESCOLAR: UMA PROPOSTA DE SEQUÊNCIA DIDÁTICA COM A CARTA ABERTA

O TEMA AIDS NO CONTEXTO ESCOLAR: UMA PROPOSTA DE SEQUÊNCIA DIDÁTICA COM A CARTA ABERTA O TEMA AIDS NO CONTEXTO ESCOLAR: UMA PROPOSTA DE SEQUÊNCIA DIDÁTICA COM A CARTA ABERTA Patricio de Albuquerque Vieira Universidade Estadual da Paraíba patricioavieira@hotmail.com RESUMO Na sociedade contemporânea,

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2014

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2014 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DA ESPONDILITE ANQUILOSANTE PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2014 I INTRODUÇÃO Nos termos da alínea b) do Artigo 35.º dos Estatutos da ANEA, a Direcção desta associação apresenta

Leia mais

O ENSINO DE QUÍMICA ORGÂNICA ATRAVÉS DE JOGOS LÚDICOS RESUMO

O ENSINO DE QUÍMICA ORGÂNICA ATRAVÉS DE JOGOS LÚDICOS RESUMO O ENSINO DE QUÍMICA ORGÂNICA ATRAVÉS DE JOGOS LÚDICOS Wanderson Diogo Andrade da SILVA (IFCE-Iguatu) wandersondiogo@hotmail.com RESUMO Repassado na maioria das vezes de forma descontextualizada e tradicional,

Leia mais

Vídeo Institucional: PETCom Internacional 1

Vídeo Institucional: PETCom Internacional 1 Vídeo Institucional: PETCom Internacional 1 Andréia Santos da SILVA 2 Tiago da Cruz Carvalho CALADO 3 Ítala Clay de Oliveira FREITAS 4 Universidade Federal do Amazonas, Manaus, AM RESUMO Desenvolvido por

Leia mais

CONSCIENTIZAÇÃO DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DAS DST s/aids NO MUNICÍPIO DE PITIMBU/PB

CONSCIENTIZAÇÃO DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DAS DST s/aids NO MUNICÍPIO DE PITIMBU/PB CONSCIENTIZAÇÃO DA IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DAS DST s/aids NO MUNICÍPIO DE PITIMBU/PB Macilene Severina da Silva 1 (merciens@zipmail.com.br); Marcelo R.da Silva 1 (tcheillo@zipmail.com.br); Analice M.

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 Mantena-MG INTRODUÇÃO A Faculdade de Mantena FAMA - é um estabelecimento particular de ensino superior, que visa a atender

Leia mais

PROGRAMA DE SAÚDE SEXUAL GOVERNAMENTAL: CONTRIBUIÇÕES, DIFICULDADES E LIMITAÇÕES

PROGRAMA DE SAÚDE SEXUAL GOVERNAMENTAL: CONTRIBUIÇÕES, DIFICULDADES E LIMITAÇÕES PROGRAMA DE SAÚDE SEXUAL GOVERNAMENTAL: CONTRIBUIÇÕES, DIFICULDADES E LIMITAÇÕES MARTYRES, Thais Raffaela dos Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco Acadêmica do Curso de Farmácia Membro do Grupo de Bolsista

Leia mais