Especialistas em impostos indiretos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Especialistas em impostos indiretos"

Transcrição

1 Impostos indiretos

2 IMPOSTOS INDIRETOS Especialistas em impostos indiretos POR MEIO DE UM CONJUNTO ABRANGENTE DE SERVIÇOS DE SUPORTE CONTÍNUOS QUE OFERECEM RESPOSTAS IMEDIATAS ÀS DÚVIDAS SOBRE IMPOSTOS, SEMINÁRIOS DE TREINAMENTO PERSONALIZADO E RECURSOS ON-LINE, A RYAN CONTINUA A OFERECER À THE HERSHEY COMPANY UM VALOR EXCEPCIONAL APÓS A CONCLUSÃO DO CONTRATO. Russell Thomas, Gestor de impostos estaduais THE HERSHEY COMPANY

3 Principais desafios da economia global enfrentados pelos executivos de tributação Nesta época de rápidas mudanças em nossa economia mundial, os executivos de tributação estão enfrentando responsabilidades administrativas de impostos indiretos cada vez maiores. Tais responsabilidades adicionais são compostas por uma pressão constante para maiores realizações, com menos recursos, maior precisão e menos tempo. No entanto, os impostos indiretos são geralmente intensos em termos de mão de obra e aumentam os desafios da gestão de riscos do pagamento excessivo ou do pagamento insuficiente com juros, penalidades e a despesa adicional de defesa, no caso de uma auditoria. Como resultado, os problemas de auditoria que surgem das lacunas no processo ou na política são uma preocupação crescente para os executivos de tributação e para os indivíduos definem seu sucesso. Processos e controles abaixo do ideal afetam de maneira adversa o fluxo de caixa, a lucratividade, a conformidade e o desempenho contábil. Ter as pessoas, os processos e os sistemas corretos implementados é essencial para reduzir custos, mitigar riscos e melhorar a eficiência. Na Ryan, entendemos os ambientes complexos nos quais nossos clientes da América Latina atuam. Entendemos as cláusulas exclusivas dos códigos tributários em cada setor e nos mantemos atualizados com as determinações e alterações mais recentes que ocorrem nas regulamentações dos impostos indiretos pertinentes aos negócios dos nossos clientes. Tais esforços se traduzem em uma economia de impostos expressiva e resultados superiores para nossos clientes. Ou seja, nosso compromisso com a excelência e a utilização de tecnologia, exclusivas e sofisticada garante que sejamos mais precisos e eficientes, comparados aos nossos concorrentes. A equipe de experientes profissionais em impostos indiretos da Ryan é composta dos mais respeitados especialistas do setor na América Latina. Nossas soluções para recuperação de impostos indiretos, assessoria estratégica e automação de impostos globais protegem as empresas globais contra responsabilidades fiscais exageradas, cobranças de juros e penalidades onerosas. Por meio da avaliação e filtragem estratégica dos funcionários, processos e sistemas dos nossos clientes, oferecemos serviços de impostos indiretos baseados na tecnologia que aprimoram a eficiência, a eficácia e a lucratividade das organizações às quais atendemos. 02

4 Serviços estratégicos de assessoria de impostos indiretos Os serviços estratégicos de assessoria de impostos indiretos da Ryan concentram-se no desempenho tributário geral dos nossos clientes, criando maiores oportunidades para avaliar e aprimorar a eficiência, desenvolver uma abordagem mais estratégica em relação aos impostos e apresentar excepcional valor aos acionistas. Ao utilizar o desempenho atual como referência, identificamos melhores práticas em relação ao desempenho histórico dos pares e medimos a diferença entre a realidade e o potencial do departamento fiscal dos nossos clientes. Além disso, ajudamos nossos clientes a desenvolver e implementar estratégias fiscais comprovadas por meio de um conjunto abrangente de serviços que incluem: O eficiente software ereview da Ryan identifica todas as oportunidades disponíveis para economizar nos impostos indiretos. Planejamento de impostos indiretos A Ryan oferece conhecimento e especialização atualizados sobre as diferentes normas de cada país, incluindo distintas jurisdições de impostos indiretos do mundo todo e em toda a América Latina. Nossos serviços de planejamento de impostos indiretos ajudam a identificar estrategicamente oportunidades para reduzir as responsabilidades dos impostos indiretos, melhorar o fluxo de caixa e minimizar os custos pertinentes à conformidade. Serviços de consultoria para o processo de impostos indiretos A Ryan desenvolve um conjunto completo de políticas e processos para garantir que todos os riscos dos impostos indiretos sejam minimizados. Aplicamos uma metodologia didática para capturar todas as atividades relacionadas com impostos indiretos da sua empresa, incluindo a gestão do Planejamento de recursos empresariais (Enterprise Resource Planning, ERP). No geral, a Ryan ajuda a eliminar surpresas desagradáveis para a organização, criando um conjunto de controles sólido e lógico, que oferece valor excepcional e melhores práticas comprovadas. Gerenciamento da cadeia de suprimento A Ryan oferece especialização comprovada na otimização dos impostos indiretos da cadeia de suprimentos para melhorar o fluxo de caixa, a conformidade com os impostos indiretos e o gerenciamento da cadeia de suprimento. Utilizando nossa exclusiva tecnologia T-Rx da Ryan, identificamos com eficácia estratégias para o gerenciamento do fluxo de caixa que reduzem custos e mitigam riscos. Transações internacionais O amplo conhecimento e as pesquisas de normas e regulamentações de transações internacionais da Ryan respaldam o gerenciamento eficiente das complexas obrigações de conformidade resultantes. Garantimos que nossos clientes consideram todas as variáveis associadas com as transações internacionais, incluindo gerenciamento da cadeia de suprimento, requisitos da jurisdição fiscal, cadastramento, taxas fiscais variáveis, políticas e procedimentos administrativos, escrituração contábil e requisitos para dados estatísticos, redução dos custos no fluxo de caixa e oportunidades de diferimentos. Consultoria de impostos alfandegários A Ryan oferece estratégias de planejamento de impostos indiretos e alfandegários que minimizam a exposição fiscal, visto que determinados serviços alfandegários podem ser estendidos para incluir impostos indiretos. Temos conhecimento específico nas áreas de sobreposição dos impostos indiretos e alfandegários e garantimos que os nossos clientes recebam a melhor assessoria disponível quando estiverem envolvidos em comércio internacional. 03 IMPOSTOS INDIRETOS

5 Fusões e aquisições Adquirir uma empresa inclui o respectivo ICMS e outras responsabilidades de impostos indiretos, passados e presentes, além de devida diligência adequada para garantir o retorno sobre o investimento. Com frequência, as autoridades fiscais podem desafiar a recuperação dos custos dos impostos indiretos incorridos com respeito à fusão e aquisição. Os profissionais da área de Fusões e aquisições da Ryan ajudam os clientes a estruturar devidamente as negociações de fusões e aquisições para evitar consequências fiscais ocultas e ajudar a determinar se a aquisição em si está sujeita a ICMS ou a impostos semelhantes. Quando há imóveis envolvidos, auxiliamos na identificação de outras possíveis questões pertinentes a impostos indiretos que possam surgir, incluindo a averiguação dos bens inerentes, tais como IPTU, incidência, de alienação ou de transferência, que diferem de acordo com a jurisdição. Serviços de recuperação de impostos indiretos Diversos graus de complexidade e inconsistências nas distintas normas de impostos indiretos pertinentes à América Latina apresentam desafios para as empresas que gerenciam sua recuperação em uma ampla gama de compras comerciais e despesas com funcionários. À medida que o negócio cresce, diversifica-se e passa para novos empreendimentos, o cumprimento exato fica cada vez mais difícil. Pequenos erros sistêmicos multiplicados de maneira exponencial ao longo do tempo podem levar a pagamentos excessivos substanciais e a desafios operacionais. A Ryan auxilia os clientes a gerenciar de maneira proativa esses desafios, ao mesmo tempo que oferece os recursos necessários para preparar, enviar e gerenciar o processo de reivindicações por meio da devolução do pagamento por parte das autoridades fiscais. A Ryan oferece um conjunto abrangente de soluções para análise, assessoria e automação de impostos indiretos. Utilizando consultores altamente experientes em impostos indiretos e tecnologia de ponta, a Ryan oferece um conjunto abrangente de serviços para recuperação dos impostos indiretos para proteger a lucratividade e o valor para os acionistas. Nós investigamos a fundo os processos e sistemas de contas a pagar dos nossos clientes para identificar oportunidades de economizar e reduzir cada imposto indireto, oferecendo um pacote de relatórios sigilosos que incluem detalhes completos de todas as oportunidades, identificação dos riscos possíveis nas exposições, oportunidades para aprimorar os processos e uma trilha de auditoria para identificar as origens dos documentos. Nossa análise completa ajuda os clientes a identificar suas respectivas responsabilidades de impostos indiretos, a garantir que seus sistemas e processos sejam eficientes e que as determinações e relatórios fiscais sejam exatos. Na essência das análises que fazemos dos impostos indiretos está o ereview da Ryan, uma ferramenta de tecnologia sofisticada que garante que sejamos mais minuciosos, eficientes e eficazes que nossos concorrentes. Utilizando este software exclusivo para análise de impostos indiretos, os consultores da Ryan conseguem averiguar mais de um milhão de transações por vez para identificar oportunidades de economizar com a restituição. O ereview da Ryan já economizou centenas de milhões de dólares para milhares de clientes do mundo todo. Além disso, utilizamos a extração especializada de dados para transações de contas a pagar, recuperação de faturas e divulgação de informações, para garantir que o processo não seja intrusivo, seja independente e respeite os recursos dos nossos clientes. 04

6 Serviços de conformidade dos impostos indiretos Os profissionais experientes em impostos indiretos da Ryan têm conhecimento especializado na administração de impostos e aprimoramento de processos para ajudar os clientes a gerenciar de maneira proativa os custos e recursos dos funcionários. Auxiliamos os clientes com a entrega das obrigações acessórias do ICMS, demais impostos indiretos e a restituição dos créditos fiscais. Nossos especialistas agregam valor excepcional, oferecem um retorno expressivo sobre o investimento e proporcionam uma gama de melhores práticas para aumentar o valor estratégico do departamento fiscal. Soluções de automação de impostos indiretos Os profissionais da Ryan melhoram a eficiência e a eficácia da tecnologia para impostos indiretos. A prática da Ryan em impostos indiretos internacionais aprimora de maneira significativa a eficiência e a lucratividade, por meio do uso de soluções de automação fiscal inovadoras e tecnológicas, incluindo a configuração avançada ou a implementação dos sistemas comerciais dos nossos clientes. Entendemos que a implementação de soluções de automação e de tecnologia fiscal exige um sólido retorno sobre o investimento e trabalhamos com diligência com os nossos clientes para identificar as características e os benefícios que respaldam o caso comercial. Com base nos anos de experiência em tecnologia fiscal, apresentamos ao cliente um plano do desempenho geral da função tributária relacionado com funcionários, processos e tecnologias. O relacionamento estratégico que mantemos com todos os principais fornecedores de software de ferramentas fiscais e sistemas de negócios garante a nós recomendar e implementar a solução de automação mais eficaz para atender aos requisitos comerciais e de ambientes de tecnologia dos nossos clientes. Otimização global dos impostos Avaliar com precisão o valor estratégico das suas tecnologias atuais e futuras é uma fase essencial de qualquer projeto de transformação de tecnologia da informação (TI). No entanto, em geral, as organizações não possuem as ferramentas e os recursos necessários para avaliarem com sucesso e compararem os seus processos e sistemas internos. Os serviços globais de otimização dos impostos da Ryan ajudam a revelar o valor de uma avaliação da tecnologia, oferecendo especialização detalhada e conhecimento de boas práticas para melhorar a eficiência e a eficácia fiscal. Nossos profissionais experientes analisam sua administração dos impostos, identificam lacunas ou oportunidades, determinam as soluções mais apropriadas para implementar e quantificar os prováveis ganhos na produtividade e na lucratividade. Planejamento, automação e implementação de ferramentas fiscais As ferramentas fiscais podem oferecer um valor expressivo. O software certo, implementado da maneira certa, é capaz de impulsionar melhorias na eficiência enquanto oferece simultaneamente economia dos custos. Fazemos parceria com todos os fornecedores de software de impostos líderes no setor para implementar soluções globais, garantindo o êxito de cada projeto com metodologias comprovadas de serviço e implementação personalizadas para atender às necessidades dos nossos clientes em cada etapa do processo. Adotamos uma abordagem holística na implementação de software para desenvolver processos ideais, elaborar pesquisas de impostos relevantes ao negócio, auxiliar no projeto e desenvolvimento da interface, configurar e implementar soluções de tecnologia fiscal, integrar declarações de imposto, treinar os usuários do sistema e gerenciar o processo após a implementação. 05 IMPOSTOS INDIRETOS

7 Implementação do ERP e serviços de garantia para impostos Além de implementar ferramentas fiscais, a Ryan também auxilia os clientes a implementar e configurar os sistemas de ERP, como SAP e Oracle, para maximizar sua eficácia. Conduzimos uma análise abrangente dos requisitos e processos de protocolamento dos impostos indiretos. Apresentamos uma análise das lacunas que compara os principais requisitos do negócio e protocolamento com os recursos e funcionalidades da solução para declarações de impostos. Testamos e confirmamos a validade das decisões tributárias averiguando o fluxo de dados entre os sistemas comerciais dos nossos clientes e a aplicação fiscal, para garantir que as decisões tributárias repetidas sejam corretamente disponibilizadas e interpretadas. Apresentamos documentação completa das situações específicas testadas e os resultados do caso, identificando as especificações da interface e os elementos de dados necessários para o processamento preciso dos impostos, bem como elementos detalhados de dados e requisitos de mapeamento para a aplicação dos impostos. Por que a Ryan A Ryan é reconhecida internacionalmente por nossa abordagem inovadora de pesquisar e garantir todas as oportunidades disponíveis para recuperar impostos pagos em excesso, bem como minimizar futuras responsabilidades fiscais por meio de soluções para desempenho futuro. Nossa equipe experiente formada por profissionais no segmento de impostos indiretos internacionais da América Latina inclui alguns dos profissionais mais respeitados em assessoria tributária e tecnologia do setor, oferecendo anos de experiência em gestão fiscal estratégica, serviços de assessoria e implementação global de soluções de automação fiscal. Cada cliente da Ryan tem a nossa garantia incondicional de que ofereceremos os melhores resultados possíveis. Não mediremos esforços para alcançarmos os resultados esperados pelo cliente.

8 Sobre a Ryan A Ryan é uma empresa premiada na prestação de serviços tributários globais, com a maior atuação nas áreas de impostos imobiliários e indiretos na América do Norte e a sexta maior na atuação de impostos corporativos nos Estados Unidos. As operações da Ryan na América Latina, localizadas na Cidade do México, oferecem soluções para assessoria tributária indireta, recuperação, conformidade e automação, além de serviços de preços de transferência e tributação internacional para empresas multinacionais na América Latina. Com sede em Dallas, Texas, EUA, a Ryan oferece uma gama abrangente de serviços de assessoria e consultoria tributária estadual, local, federal e internacional em diversas jurisdições, incluindo defesa em auditorias, recuperação de impostos, créditos e incentivos, melhoria e automação nos processos fiscais, apelos fiscais, conformidade tributária e planejamento estratégico. A Ryan recebeu três vezes o International Service Excellence Award do Customer Service Institute of America (CSIA) pelo seu compromisso ao atendimento de nível internacional prestado aos clientes. Capacitada pelo dinâmico ambiente de trabalho, o myryan, que é é amplamente reconhecido como o mais inovador no setor de serviços tributários, a equipe multidisciplinar da Ryan, composta por mais de profissionais e colaboradores, atende mais de clientes em 40 países, incluindo muitas das empresas mais proeminentes do mundo incluídas na lista Global Mais informações sobre a Ryan estão disponíveis no site Serviços tributários premiados Para obter mais informações +52 (55) Ryan, LLC. Todos os direitos reservados. Todos os logotipos e marcas comerciais são de propriedade de suas respectivas empresas e são usados com permissão. CC09-14

PrimeGlobal PGBR. Uma excelente alternativa em serviços de auditoria, consultoria e Impostos. Diferença PrimeGlobal

PrimeGlobal PGBR. Uma excelente alternativa em serviços de auditoria, consultoria e Impostos. Diferença PrimeGlobal PrimeGlobal PGBR Uma excelente alternativa em serviços de auditoria, consultoria e Impostos Somos uma empresa de auditoria, consultoria e impostos, criada á partir da junção de importantes empresas nacionais,

Leia mais

Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado, com larga e comprovada experiência em suas áreas de atuação.

Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado, com larga e comprovada experiência em suas áreas de atuação. Curso Formação Efetiva de Analístas de Processos Curso Gerenciamento da Qualidade Curso Como implantar um sistema de Gestão de Qualidade ISO 9001 Formação Profissional em Auditoria de Qualidade 24 horas

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - PEC CATHO PORTAL CMC 1. CONTEXTO A Catho Educação Executiva é focada no desenvolvimento de talentos, na melhora do desempenho das organizações e na criação de processos

Leia mais

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados

Metadados. 1. Introdução. 2. O que são Metadados? 3. O Valor dos Metadados 1. Introdução O governo é um dos maiores detentores de recursos da informação. Consequentemente, tem sido o responsável por assegurar que tais recursos estejam agregando valor para os cidadãos, as empresas,

Leia mais

CA Mainframe Chorus for Storage Management Versão 2.0

CA Mainframe Chorus for Storage Management Versão 2.0 FOLHA DO PRODUTO CA Mainframe Chorus for Storage Management CA Mainframe Chorus for Storage Management Versão 2.0 Simplifique e otimize suas tarefas de gerenciamento de armazenamento, aumente a produtividade

Leia mais

O Banco Central do Brasil em 29/06/2006 editou a Resolução 3380, com vista a implementação da Estrutura de Gerenciamento do Risco Operacional.

O Banco Central do Brasil em 29/06/2006 editou a Resolução 3380, com vista a implementação da Estrutura de Gerenciamento do Risco Operacional. 1 POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL 1.1 Introdução O Banco Central do Brasil em 29/06/2006 editou a Resolução 3380, com vista a implementação da Estrutura de Gerenciamento do Risco Operacional.

Leia mais

Disciplina: Técnicas de Racionalização de Processos Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 04 O PROJETO DE MELHORIA DOS PROCESSOS

Disciplina: Técnicas de Racionalização de Processos Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 04 O PROJETO DE MELHORIA DOS PROCESSOS Disciplina: Técnicas de Racionalização de Processos Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 04 O PROJETO DE MELHORIA DOS PROCESSOS 3.4 O PROJETO DE MELHORIA DE PROCESSOS 3.4.1 - CONCEITO DE PROJETO

Leia mais

Política de Gerenciamento de Risco Operacional

Política de Gerenciamento de Risco Operacional Política de Gerenciamento de Risco Operacional Departamento Controles Internos e Compliance Fevereiro/2011 Versão 4.0 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Definição de Risco Operacional... 3 3. Estrutura de

Leia mais

Para que o trabalho no canteiro de obras flua, a conexão com a área de suprimentos é fundamental. Veja como é possível fazer gestão de suprimentos

Para que o trabalho no canteiro de obras flua, a conexão com a área de suprimentos é fundamental. Veja como é possível fazer gestão de suprimentos Para que o trabalho no canteiro de obras flua, a conexão com a área de suprimentos é fundamental. Veja como é possível fazer gestão de suprimentos estratégica e conectada ao canteiro na construção civil.

Leia mais

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Maximize o desempenho das suas instalações Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Sua empresa oferece um ambiente de trabalho com instalações eficientes e de qualidade? Como você consegue otimizar

Leia mais

Nove Motivos do Porque as Soluções de Implementação Rápida SAP Podem Facilitar a Sua Vida Chegue Onde Quer Chegar, Um Passo de Cada Vez

Nove Motivos do Porque as Soluções de Implementação Rápida SAP Podem Facilitar a Sua Vida Chegue Onde Quer Chegar, Um Passo de Cada Vez Soluções de Implementação Rápida SAP Nove Motivos do Porque as Soluções de Implementação Rápida SAP Podem Facilitar a Sua Vida Chegue Onde Quer Chegar, Um Passo de Cada Vez O Melhor Gerenciador de Negócios

Leia mais

DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSES MERCER INVESTMENTS MARÇO DE 2014

DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSES MERCER INVESTMENTS MARÇO DE 2014 DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSES MERCER INVESTMENTS MARÇO DE 2014 CONFLITOS DE INTERESSES INTRODUÇÃO A Mercer é líder mundial em consultoria em termos de talentos, saúde, aposentadoria e investimentos.

Leia mais

Visão global, especialização local Consultoria para a indústria financeira

Visão global, especialização local Consultoria para a indústria financeira Visão global, especialização local Consultoria para a indústria financeira Como uma das empresas líderes em serviços profissionais no Brasil, a Deloitte entende de maneira única os desafios enfrentados

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A AUDITORIA DE DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO PRODAF

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A AUDITORIA DE DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO PRODAF TERMO DE REFERÊNCIA PARA A AUDITORIA DE DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DO PRODAF Introdução 1. O Estado do Piauí celebrou com o Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID, em 22 de outubro de 2010, o Contrato

Leia mais

A Prática da Gestão do Conhecimento em uma Empresa Brasileira

A Prática da Gestão do Conhecimento em uma Empresa Brasileira A Prática da Gestão do Conhecimento em uma Empresa Brasileira José Renato S. Santiago Junior Cenário Atual As empresas gastam parte significativa de seu tempo no planejamento e desenvolvimento de atividades,

Leia mais

Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia

Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia Desafios a serem superados Nos últimos anos, executivos de Tecnologia de Informação (TI) esforçaram-se em

Leia mais

CA Mainframe Chorus for Security and Compliance Management Version 2.0

CA Mainframe Chorus for Security and Compliance Management Version 2.0 FOLHA DO PRODUTO CA Mainframe Chorus for Security and Compliance CA Mainframe Chorus for Security and Compliance Management Version 2.0 Simplifique e otimize suas tarefas de gerenciamento de segurança

Leia mais

ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA

ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA O estudo a ser entregue deverá avaliar a viabilidade do projeto de PPP proposto segundo a ótica de todos os fornecedores de capital

Leia mais

ESTRUTURA E GERENCIAMENTO DE RISCOS NO BRDE

ESTRUTURA E GERENCIAMENTO DE RISCOS NO BRDE ESTRUTURA E GERENCIAMENTO DE RISCOS NO BRDE JULHO/2014 1. Objetivos O gerenciamento de riscos no BRDE tem como objetivo mapear os eventos de riscos, sejam de natureza interna ou externa, que possam afetar

Leia mais

Financial Services. Precisão competitiva. Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros

Financial Services. Precisão competitiva. Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros Financial Services Precisão competitiva Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros Nossa experiência na indústria de seguros A indústria de seguros vem enfrentando

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

CAPÍTULO XI FINANÇAS

CAPÍTULO XI FINANÇAS CAPÍTULO XI FINANÇAS A. INVESTIMENTO DOS FUNDOS DA ASSOCIAÇÃO As decisões referentes aos investimentos da associação deverão tomar como base as declarações sobre normas de investimentos para o Fundo Geral

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DAS EMPRESAS ELETROBRAS SUSTENTABILIDADE E M P R E S A R I A L Política de Sustentabilidade Empresarial das Empresas Eletrobras DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras,

Leia mais

Infoglobo reduz perfis de usuários em 80 por cento ao aperfeiçoar a gestão de identidades

Infoglobo reduz perfis de usuários em 80 por cento ao aperfeiçoar a gestão de identidades CUSTOMER SUCCESS STORY Infoglobo reduz perfis de usuários em 80 por cento ao aperfeiçoar a gestão de identidades PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Empresa: Infoglobo EMPRESA A Infoglobo publica um dos

Leia mais

PRINCÍPIOS EMPRESARIAIS GERAIS DA SHELL

PRINCÍPIOS EMPRESARIAIS GERAIS DA SHELL Shell International Limited 2010 A permissão para reproduzir qualquer parte desta publicação deve ser solicitada à Shell International Limited. Geralmente a permissão será concedida, mediante o reconhecimento

Leia mais

Por que sua organização deve implementar a ABR - Auditoria Baseada em Riscos

Por que sua organização deve implementar a ABR - Auditoria Baseada em Riscos Março de 2010 UM NOVO PARADIGMA PARA AS AUDITORIAS INTERNAS Por que sua organização deve implementar a ABR - Auditoria Baseada em Riscos por Francesco De Cicco 1 O foco do trabalho dos auditores internos

Leia mais

EXTRATO DA POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS

EXTRATO DA POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS 1 OBJETIVO Fornecer as diretrizes para a Gestão de Riscos da Fibria, assim como conceituar, detalhar e documentar as atividades a ela relacionadas. 2 ABRANGÊNCIA Abrange todas as áreas da Fibria que, direta

Leia mais

LISTA DE VERIFICAÇAO DO SISTEMA DE GESTAO DA QUALIDADE

LISTA DE VERIFICAÇAO DO SISTEMA DE GESTAO DA QUALIDADE Questionamento a alta direção: 1. Quais os objetivos e metas da organização? 2. quais os principais Produtos e/ou serviços da organização? 3. Qual o escopo da certificação? 4. qual é a Visão e Missão?

Leia mais

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das Empresas Eletrobras 2010 Declaração Nós, das Empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável das áreas onde atuamos e

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL 1. INTRODUÇÃO: O Banco Pottencial, considera a gestão de riscos como um instrumento essencial para maximização da eficiência no uso do capital e para escolha

Leia mais

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology C O B I T Control Objectives for Information and related Technology Goiânia, 05 de Janeiro de 2009. Agenda Evolução da TI Desafios da TI para o negócio O que é governança Escopo da governança Modelos de

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação UNIDADE XI Sistema De Apoio à Gestão Empresarial Professor : Hiarly Alves www.har-ti.com Fortaleza - 2014 Tópicos Conceitos de software de gestão administrativas Principais softwares de gestão do mercado

Leia mais

O processo envolve quatro questões básicas:

O processo envolve quatro questões básicas: Planejamento de RH O planejamento de recursos humanos coleta e utiliza informações para apoiar as decisões sobre os investimentos que devem ser feitos com atividades de RH O processo envolve quatro questões

Leia mais

Pesquisa de Auditoria Interna

Pesquisa de Auditoria Interna Pesquisa de Auditoria Interna - IARCS 1 Pesquisa de Auditoria Interna IARCS kpmg.com/br 2 Pesquisa de Auditoria Interna - IARCS PREFÁCIO A Auditoria Interna tem sido considerada nas companhias como sua

Leia mais

Mishcon de Reya em Poucas Palavras

Mishcon de Reya em Poucas Palavras Mishcon de Reya em Poucas Palavras É um negócio. Mas é pessoal. MISHCON DE REYA É um negócio. Mas é pessoal. Nossa reputação foi construída na atuação jurídica para pessoas físicas enquanto assessores

Leia mais

Escolhendo a melhor opção para sua empresa

Escolhendo a melhor opção para sua empresa www.pwc.com.br Escolhendo a melhor opção para sua empresa Auditoria Interna Auditoria Interna - Co-sourcing atende/supera as expectativas da alta administração? A função de Auditoria Interna compreende

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO E CONTROLES INTERNOS CAPITAL GESTÃO E INVESTIMENTOS LTDA

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO E CONTROLES INTERNOS CAPITAL GESTÃO E INVESTIMENTOS LTDA POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO E CONTROLES INTERNOS CAPITAL GESTÃO E INVESTIMENTOS LTDA MAIO 2016 POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO E CONTROLES INTERNOS 1 Objetivo Em conformidade com a IN-CVM 558/2015 esse documento

Leia mais

GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL

GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL Definição de Risco Operacional Riscos Operacionais cobrem as instâncias onde a corretora pode sofrer perdas inerentes direta ou indiretamente a processos internos falhos ou

Leia mais

Introdução à Administração Financeira

Introdução à Administração Financeira Introdução à Administração Financeira Conceitos Introdutórios e Revisão de alguns elementos e conceitos essenciais à Administração Financeira Introdução à Administração Financeira Administração: é a ciência

Leia mais

Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO. Departamento de Certificação

Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO. Departamento de Certificação Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO Departamento de Certificação A FUNDAÇÃO VANZOLINI Fundada em 1967 pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da

Leia mais

Novos Tempos - Novas Oportunidades - Novo Negócios

Novos Tempos - Novas Oportunidades - Novo Negócios Novos Tempos - Novas Oportunidades - Novo Negócios O que é a Câmara? Câmara de Comércio do Mercosul e União Latino América 01 A Câmara de Comércio do Mercosul e União Latino América (CCM-ULA) é uma Instituição

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 16/07/2014 11:10:14 Endereço IP: 200.139.16.10 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

VISÃO Ser a melhor empresa danossa região em gestão e consultoria em telecomunicações.

VISÃO Ser a melhor empresa danossa região em gestão e consultoria em telecomunicações. kkk A EMPRESA A Ayusso Telecom - Consultoria em Telefonia Corporativa oferece ao mercado um avançado sistema voltado à Gestão contínua de telefonia fixa, móvel e dados. Com experiência a mais de 10 anos

Leia mais

PRINCÍPIOS DO EQUADOR RELATÓRIO DE IMPLEMENTAÇÃO E DADOS 2014

PRINCÍPIOS DO EQUADOR RELATÓRIO DE IMPLEMENTAÇÃO E DADOS 2014 PRINCÍPIOS DO EQUADOR RELATÓRIO DE IMPLEMENTAÇÃO E DADOS 2014 Em 2014 o Itaú Unibanco se comprometeu com os Princípios do Equador (PE), tornando-se a primeira instituição financeira de uma economia emergente

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE LIQUIDEZ. 1 ) Introdução

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE LIQUIDEZ. 1 ) Introdução 1 ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE LIQUIDEZ 1 ) Introdução A Diretoria Executiva da Grazziotin Financeira, em atendimento à Resolução CMN 4.090 de maio/2012 implementou sua estrutura de Gerenciamento

Leia mais

Gestão da Qualidade em Projetos

Gestão da Qualidade em Projetos Gestão da Qualidade em Projetos O que é risco? Um risco é um evento incerto que, se ocorrer, pode comprometer a realização do objetivo do projeto. Identificação de riscos inclui determinar quais riscos

Leia mais

www.santanabertolami.com.br

www.santanabertolami.com.br www.santanabertolami.com.br Apresentação O Escritório tem como objetivo prestar serviços jurídicos de alto nível a clientes nacionais e estrangeiros. Fundado em 2005, o Escritório busca a combinação equilibrada

Leia mais

Política de Responsabilidade Corporativa

Política de Responsabilidade Corporativa Política de Responsabilidade Corporativa Índice 1. Introdução...04 2. Área de aplicação...04 3. Compromissos e princípios de atuação...04 3.1. Excelência no serviço...05 3.2. Compromisso com os resultados...05

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL DO BANCO COOPERATIVO SICREDI E EMPRESAS CONTROLADAS

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL DO BANCO COOPERATIVO SICREDI E EMPRESAS CONTROLADAS ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL DO BANCO COOPERATIVO SICREDI E EMPRESAS CONTROLADAS Versão : 31 de dezembro de 2008 CONTEÚDO 1. INTRODUÇÃO...3 2. ORGANIZAÇÃO DA GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL...3

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Versão 2015.2 Editada em julho de 2015 SUMÁRIO 1. Objetivo da Política...3 2. Abrangência...3 3. Princípios...3 4. Das Diretrizes Estratégicas...4 5. Da Estrutura

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Utilitário ConfigXpress no CA IdentityMinder a minha solução de gerenciamento de identidades pode se adaptar rapidamente aos requisitos e processos de negócio em constante mudança? agility

Leia mais

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO CONSELHO DIRETOR

PROGRAMA DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO CONSELHO DIRETOR PROGRAMA DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO CONSELHO DIRETOR TERMO DE ABERTURA Preparado por: Cláudio França de Araújo Gestor do Programa CD Aprovado por: Ricardo Antônio de Arruda Veiga Representante

Leia mais

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Módulo 12 Gerenciamento Financeiro Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 2/11 Sumário 1. Conceito... 3 2. Objetivo... 3 3. Áreas de aplicação... 3 4. Diretrizes... 4 4.1 Princípios... 4 4.2 Estratégia de e Responsabilidade

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. 11 4963-5400 / 11 4963-6242 www.gruposec.com.br APRESENTAÇÃO COMERCIAL Porque o GrupoSec? Grande parte do combustível das empresas são os seus colaboradores. Para contratá-los e mantê-los treinados e eficientes é trabalhoso e custa caro? E se dissermos

Leia mais

Point of View. Simplificando a interação com o Governo Gestão Fiscal & esocial

Point of View. Simplificando a interação com o Governo Gestão Fiscal & esocial Point of View Simplificando a interação com o Governo Gestão Fiscal & esocial C o n t e ú d o Sumário Executivo 4 Cenário Atual 5 Nosso entendimento 6 A Solução SAP 8 Benefícios para o negócio 16 Por

Leia mais

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A.

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REGIMENTO INTERNO DOS COMITÊS COMITÊ DE AUDITORIA APROVADO PELO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EM 24 DE SETEMBRO DE 2014 SUMÁRIO I INTRODUÇÃO 3 II OBJETO

Leia mais

ISO 9001: SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

ISO 9001: SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001: SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Prof. MARCELO COSTELLA FRANCIELI DALCANTON ISO 9001- INTRODUÇÃO Conjunto de normas e diretrizes internacionais para sistemas de gestão da qualidade; Desenvolve

Leia mais

Gerenciamento de custos do projeto

Gerenciamento de custos do projeto PMBOK Visão Geral O PMBOK (Project Management Body of Knowledge) é um guia do Conjunto de Conhecimentos em de Projetos, o qual inclui práticas comprovadas que são amplamente aplicadas na gestão de s, além

Leia mais

Inovação aberta na indústria de software: Avaliação do perfil de inovação de empresas

Inovação aberta na indústria de software: Avaliação do perfil de inovação de empresas : Avaliação do perfil de inovação de empresas Prof. Paulo Henrique S. Bermejo, Dr. Prof. André Luiz Zambalde, Dr. Adriano Olímpio Tonelli, MSc. Pamela A. Santos Priscila Rosa LabGTI Laboratório de Governança

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO - PGR

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO - PGR POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCO - PGR DATASUS Maio 2013 Arquivo: Política de Gestão de Riscos Modelo: DOC-PGR Pág.: 1/12 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...3 1.1. Justificativa...3 1.2. Objetivo...3 1.3. Aplicabilidade...4

Leia mais

por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê

por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê ROTEIRO Histórico; Definição; Objetivos e/ou propósitos; Estrutura; Aplicação do modelo; Vantagens e desvantagens;

Leia mais

AGILIDADE ORGANIZACIONAL

AGILIDADE ORGANIZACIONAL PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO AGILIDADE ORGANIZACIONAL Destaques do Estudo O lento crescimento econômico e as prioridades mutantes do mercado global criaram um ambiente de negócios complexo

Leia mais

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC Gestão de Projetos 1 Agenda Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências 2 1 GERENCIAMENTO DA INTEGRAÇÃO DO PROJETO 3 Gerenciamento da Integração do Projeto Fonte: EPRoj@JrM 4 2 Gerenciamento

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

A gente trabalha para você crescer

A gente trabalha para você crescer A gente trabalha para você crescer Índice 3 Sobre a Serasa Experian 5 Visão e Missão Serasa Experian 7 Presença global 7 Agências Serasa Experian no Brasil 9 Unidades de Negócios 11 Soluções para os desafios

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Versão Julho de 2015 POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (Política e procedimentos relacionados à responsabilidade socioambiental da Gávea DTVM nos termos da Resolução BCB no 4.327, de 25 de abril

Leia mais

Padrão de Desempenho 1: Sistemas de Gerenciamento e Avaliação Socioambiental

Padrão de Desempenho 1: Sistemas de Gerenciamento e Avaliação Socioambiental Introdução 1. O Padrão de Desempenho 1 destaca a importância do gerenciamento do desempenho socioambiental durante o ciclo de um projeto (qualquer atividade comercial sujeita a avaliação e administração).

Leia mais

Prof. Fernando Lopes. Unidade II. Administração de Cargos e

Prof. Fernando Lopes. Unidade II. Administração de Cargos e Prof. Fernando Lopes Unidade II Administração de Cargos e Salários Conforme Chiavenato (2004, p. 267), a avaliação de cargos visa a obtenção de dados que permitirão uma conclusão acerca do valor interno

Leia mais

Desenvolve Minas. Modelo de Excelência da Gestão

Desenvolve Minas. Modelo de Excelência da Gestão Desenvolve Minas Modelo de Excelência da Gestão O que é o MEG? O Modelo de Excelência da Gestão (MEG) possibilita a avaliação do grau de maturidade da gestão, pontuando processos gerenciais e resultados

Leia mais

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 2 Sumário 1. Introdução...3 2. Postura pessoal e profissional...4 3. Relacionamento com público interno...6 4. Relacionamento

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos NOÇÕES DE OHSAS 18001:2007 CONCEITOS ELEMENTARES SISTEMA DE GESTÃO DE SSO OHSAS 18001:2007? FERRAMENTA ELEMENTAR CICLO DE PDCA (OHSAS 18001:2007) 4.6 ANÁLISE CRÍTICA 4.3 PLANEJAMENTO A P C D 4.5 VERIFICAÇÃO

Leia mais

PROPRIEDADE REGISTRADA. O que fazer para alcançar ar o Desenvolvimento Empresarial Sustentável?

PROPRIEDADE REGISTRADA. O que fazer para alcançar ar o Desenvolvimento Empresarial Sustentável? . O que fazer para alcançar ar o Desenvolvimento Empresarial Sustentável? . Conceitos: Responsabilidade Social Ecoeficiência Conceitos Responsabilidade Social - é a relação ética e transparente da organização

Leia mais

UM CAMINHO SIMPLES PARA UMA NUVEM PRIVADA

UM CAMINHO SIMPLES PARA UMA NUVEM PRIVADA UM CAMINHO SIMPLES PARA UMA NUVEM PRIVADA Julho de 2015 Com nuvens privadas de fácil uso concebidas para executar aplicativos corporativos essenciais para os negócios, as principais organizações se beneficiam

Leia mais

Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento de 4ª geração Terceirização

Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento de 4ª geração Terceirização Prof. Ricardo José Pfitscher Material elaborado com base em: José Luiz Mendes Gerson Volney Lagemann Introdução Ciclo de vida tradicional de desenvolvimento Prototipagem Pacotes de software Desenvolvimento

Leia mais

ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL Resumo Executivo PARA BAIXAR A AVALIAÇÃO COMPLETA: WWW.IADB.

ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL Resumo Executivo PARA BAIXAR A AVALIAÇÃO COMPLETA: WWW.IADB. ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL Resumo Executivo PARA BAIXAR A AVALIAÇÃO COMPLETA: WWW.IADB.ORG/EVALUATION ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL

Leia mais

Arquivo original em Inglês: http://www.isaca.org/knowledge-center/risk-it-it-risk- Management/Documents/Risk-IT-Brochure.pdf

Arquivo original em Inglês: http://www.isaca.org/knowledge-center/risk-it-it-risk- Management/Documents/Risk-IT-Brochure.pdf Arquivo original em Inglês: http://www.isaca.org/knowledge-center/risk-it-it-risk- Management/Documents/Risk-IT-Brochure.pdf Risk IT - Um conjunto de princípios orientadores e o primeiro framework que

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E DAS COMUNICAÇÕES

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E DAS COMUNICAÇÕES MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO E DAS COMUNICAÇÕES PRINCÍPIOS E DIRETRIZES JUNHO, 2013. Sumário 1. POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS DE SEGURANÇA DA

Leia mais

Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação

Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação 2.1 OBJETIVO, FOCO E CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Os Sistemas de Informação, independentemente de seu nível ou classificação,

Leia mais

NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE TÉCNICA DO SETOR PÚBLICO NBCT (IPSAS)

NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE TÉCNICA DO SETOR PÚBLICO NBCT (IPSAS) NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE TÉCNICA DO SETOR PÚBLICO NBCT (IPSAS) Temas para Discussão 1) DISPOSIÇÕES GERAIS 2) DEFINIÇÕES GERAIS 3) CARACTERÍSTICAS E ATRIBUTOS DA INFORMAÇÃO DE CUSTOS 4) EVIDENCIAÇÃO

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS

POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS POLÍTICA DE GESTÃO DE RISCOS 1. OBJETIVO A gestão de risco para a NexFuel é uma ferramenta pela qual são analisados e monitorados os riscos estratégicos, operacionais e financeiros bem como aqueles atrelados

Leia mais

ECONTEXTO. Auditoria Ambiental e de Regularidade

ECONTEXTO. Auditoria Ambiental e de Regularidade Auditoria Ambiental e de Regularidade Organização Internacional das Entidades Fiscalizadoras Superiores - INTOSAI Grupo de Trabalho sobre Auditoria Ambiental - WGEA ECONTEXTO Este artigo é um resumo do

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

Descrição da Estrutura de Gerenciamento 2015. - Risco de Crédito -

Descrição da Estrutura de Gerenciamento 2015. - Risco de Crédito - Descrição da Estrutura de Gerenciamento 2015 - Risco de Crédito - Sumário: 1. Introdução:... 3 2. Abrangência:... 3 3. Sistemas, Rotinas e Procedimentos:... 4 4. Estrutura de Gerenciamento do Risco de

Leia mais

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS VISÃO GERAL DE CAPACIDADES SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS AT-RISK International oferece Análise de Riscos, Proteção, Consultoria, Investigações e Treinamento em Segurança, nas Américas,

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA REGIÃO CENTRO-SUL FUNDASUL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contabilidade Gerencial PROFESSOR - PAULO NUNES

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA REGIÃO CENTRO-SUL FUNDASUL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contabilidade Gerencial PROFESSOR - PAULO NUNES FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DA REGIÃO CENTRO-SUL FUNDASUL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Contabilidade Gerencial PROFESSOR - PAULO NUNES 1 1. Conceito e caracterização CONTABILIDADE GERENCIAL A Contabilidade

Leia mais

Projeto de Gestão pela Qualidade Rumo à Excelência

Projeto de Gestão pela Qualidade Rumo à Excelência Projeto de Gestão pela Qualidade Rumo à Excelência Introdução O panorama que se descortina para os próximos anos revela um quadro de grandes desafios para as empresas. Fatores como novas exigências dos

Leia mais

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami Tel.: +55 11 3848 588o Rua Major Quedinho 90 Fax: + 55 11 3045 7363 Consolação São Paulo, SP - Brasil www.bdobrazil.com.br 01050-030 0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 20/05/2016 17:15:31 Endereço IP: 201.76.165.227

Leia mais

Overview Virtual TechKnowledge DBA Virtual DBA Virtual DBA Virtual on-demand DBA Virtual DBA Virtual DBA Virtual

Overview Virtual TechKnowledge DBA Virtual DBA Virtual DBA Virtual on-demand DBA Virtual DBA Virtual DBA Virtual VTK DBAVirtual Overview A Virtual TechKnowledge, empresa estabelecida no mercado de informática a mais de cinco anos e com expertise em tecnologias de ambientes virtuais, bancos de dados e outras áreas

Leia mais

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM SUMÁRIO EXECUTIVO Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM Os serviços de terceirização de RH economizam tempo e dinheiro para as empresas. Investimentos em engajamento dos funcionários

Leia mais

Sobre o Instituto Desenvolve T.I

Sobre o Instituto Desenvolve T.I Sobre o Instituto Desenvolve T.I A empresa Desenvolve T.I foi fundada em 2008, em Maringá, inicialmente focando a sua atuação em prestação de serviços relacionados à Tecnologia da Informação e atendendo

Leia mais

Colgate-Palmolive Company. Código de Conduta do Fornecedor

Colgate-Palmolive Company. Código de Conduta do Fornecedor Colgate-Palmolive Company Código de Conduta do Fornecedor Prezado Fornecedor da Colgate, No decorrer do tempo, a Colgate-Palmolive Company construiu sua reputação como organização que emprega práticas

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL PAPÉIS E RESPONSABILIDADES

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL PAPÉIS E RESPONSABILIDADES ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL O Conglomerado Prudencial Safra SAFRA, de acordo com as melhores práticas de mercado e integral atendimento à regulamentação, implementou a sua Estrutura

Leia mais

SISTEMA. Comunicação Personalizada

SISTEMA. Comunicação Personalizada SISTEMA Comunicação Personalizada Censuk Tecnologia da Informação Ltda Rua Ibituruna, 171 - Ipiranga 35502-040 Divinópolis MG (37) 3216-2599 - pesquisas@censuk.com.br Tecnologia de ponta para a comunicação

Leia mais