Manual do Gestor da Informação do Sistema

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Gestor da Informação do Sistema"

Transcrição

1 Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Licenciatura Informática e Computação Laboratório de Informática Avançada Automatização de Horários Manual do Gestor da Informação do Sistema João Braga Teresa Ribeiro Porto, 25 de Maio 2001

2 Índice Configurações Iniciais... 1 Autorização de Acessos... 2 Janela para Gestão dos Dados... 5 Gestão dos Dados dos Professores (Botão Professores)... 5 Gestão dos Dados das Disciplinas (Botão Disciplinas) Gestão dos Dados dos Ramos (Botão Ramos) Gestão dos Dados dos Planos (Botão Planos) Gestão dos Dados dos Alunos (Botão Alunos) Gestão dos Dados dos Cursos (Botão Cursos) Gestão dos Dados das Cadeiras (Botão Cadeiras) Terminar Gestão dos Dados (Botão Fechar)... 45

3 Configurações Iniciais Este Manual destina-se ao Gestor da Informação do Sistema, que tem a seu cargo a gestão dos dados relativos a Professores, Disciplinas, Ramos, Planos de Estudo, Alunos, Cursos e Cadeiras. Antes de executar o comando que lhe permite aceder ao sistema de que é responsável, torna-se necessário que indique, no ficheiro Configbd.txt, que se encontra no mesmo directório com os ficheiros do código desenvolvido e dos ficheiros previamente compilados, o endereço IP do computador em que vai pôr a correr o seu sub-sistema. Para tal, deverá substituir o endereço IP que se encontra na linha 10 do referido ficheiro, a seguir à primeira vírgula, pelo endereço IP do computador em que o sistema vai correr, como por exemplo, o endereço , devendo esse mesmo valor ser colocado na mesma posição na linha 12. Em alternativa, poderá colocar nos dois locais acima referidos o nome do computador em que se encontra, em vez do endereço IP. Deverá abrir uma janela de MS-DOS e colocar-se na directoria onde está instalado o JATLite (por exemplo, c:\aulas00_01\lia\jatlite) e executar a seguinte sequência de comandos: set classpath=.;c:\aulas00_01\lia\jatlite java RouterLayer.Router.RouterAction RouterLayer\Resource\routerscript Em seguida, abra outra janela do MS-DOS e coloque-se na directoria que lhe foi entregue com o código desenvolvido e compilado. Execute então o comando: set classpath=.;c:\aulas00_01\lia\jatlite A partir deste instante já pode executar o comando que lhe permite aceder ao sistema de que é responsável. Para tal, execute o comando: java BDGeral Ao executar este último comando, surgirá uma janela como a da Figura 1, que permite validar ou não o acesso ao sistema em questão. Manual do Gestor da Informação do Sistema 1/45

4 Autorização de Acessos Figura 1: Janela que permite controlar os acessos a este sistema Ao clicar neste botão na janela da Figura 1, aparece uma janela que permite ao Gestor alterar a sua password, tal como se representa na Figura 2. Figura 2: Janela que permite alterar a password do Gestor Tal como se pode verificar, o Gestor deverá começar por introduzir a sua password antiga, devendo em seguida indicar qual a nova password que pretende passar a utilizar, assim como a sua confirmação. Se clicar neste botão na janela da Figura 2, é efectuada a validação para a alteração da password. Se esta operação de validação detectar algum erro, este será reportado ao utilizador, sendo que a mensagem enviada apenas fará referência ao primeiro erro detectado. As mensagens de erro aqui contempladas são as seguintes: Manual do Gestor da Informação do Sistema 2/45

5 Não introduziu a password antiga! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador, caso não tenha introduzido no primeiro campo a sua password antiga. A password antiga está incorrecta! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador, caso a password antiga que introduziu não coincida com a password que efectivamente utilizava até ao momento em que decidiu efectuar a sua alteração. Não introduziu a password nova! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador, caso não tenha introduzido no segundo campo a nova password que pretende passar a utilizar. Não introduziu a confirmação da password nova! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador, caso não tenha introduzido no terceiro campo a confirmação para a nova password que pretende passar a utilizar. A confirmação não coincide com a password nova! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador, caso a password introduzida no terceiro campo não coincida com a password introduzida no segundo campo. A título de exemplo, podemos apresentar a janela de erro que aparecerá se, por exemplo, for reportada a primeira mensagem acima referida, tal como se representa na Figura 3. Figura 3: Exemplo de uma Janela de Erro associada à Alteração da Password Caso o utilizador tenha introduzido a password antiga correctamente, assim como a password nova e a sua confirmação, sendo estas duas últimas iguais, a sua password é alterada para aquela que introduziu, sendo a janela da Figura 2 fechada, regressando o utilizador à janela da Figura 1. Se clicar neste botão na janela da Figura 2, significa que não pretende alterar a sua password, mantendo-se esta com o valor que vinha sendo usado pelo utilizador. A janela da Figura 2 é então fechada, regressando o utilizador à janela da Figura 1. Manual do Gestor da Informação do Sistema 3/45

6 Igual acção tem o botão com aspecto idêntico no canto superior direito da janela. Clicar neste botão na janela da Figura 1, equivale à intenção do utilizador de não pretender desempenhar as suas funções de Gestor e, como tal, não ter acesso às interfaces que o possibilitam. Sendo assim, esta janela é fechada, tendo acção equivalente o botão com aspecto idêntico no canto superior direito da janela. Ao clicar neste botão na janela da Figura 1, o login e a password introduzidos pelo utilizador são validados. Se o login ou a password introduzidos não coincidirem com os que estão associados a este utilizador, aparece uma mensagem de erro, tal como se representa na Figura 4. Figura 4: Janela de erro que indica que o acesso não é autorizado Caso o login e a password estejam correctos, o acesso a este sistema é autorizado ao utilizador, aparecendo uma janela como a que se representa na Figura 5. O login que este utilizador deverá utilizar é Geral e a password que está inicialmente definida é geral. Manual do Gestor da Informação do Sistema 4/45

7 Janela para Gestão dos Dados Figura 5: Janela a partir da qual o gestor pode escolher quais os dados que vai gerir Gestão dos Dados dos Professores (Botão Professores) Ao clicar neste botão na janela da Figura 5, o utilizador vai ter acesso à gestão dos dados dos Professores, aparecendo-lhe uma janela como a que se representa na Figura 6. Figura 6: Janela que permite efectuar a Gestão dos Dados dos Professores Manual do Gestor da Informação do Sistema 5/45

8 Tal como se pode verificar, os únicos dados relativos aos Professores que o utilizador pode manipular são: o seu nome, a sua sigla assim como o departamento a que pertence. Vejamos então quais as funcionalidades dos botões presentes nesta janela. Este botão permite ao utilizador passar para o registo imediatamente anterior àquele em que se encontra. Caso o registo actual seja o primeiro, quando o utilizador clicar neste botão, o registo que irá visualizar será o último existente, de modo que possa continuar a sua navegação pelos registos existentes utilizando este botão. No entanto, antes de se passar para o último registo, aparecerá uma mensagem que alerta o utilizador para esse facto, podendo este prosseguir a sua navegação como pretender. A mensagem que surge é a que se representa na Figura 7. Figura 7: Janela que avisa o utilizar de que vai passar para o último registo Ao clicar neste botão, o utilizador vai apagar o registo do Professor que está a visualizar. Para ter a certeza de que o registo foi efectivamente apagado, é mostrada uma mensagem que confirma a eliminação do registo, tal como se representa na Figura 8. Figura 8: Janela que confirma que o registo foi eliminado Em seguida, o utilizador passará a visualizar o registo imediatamente anterior àquele que foi eliminado. Manual do Gestor da Informação do Sistema 6/45

9 Ao clicar neste botão, o utilizador está a guardar as alterações efectuadas ao registo actual. Caso se trate de guardar alterações efectuadas ao registo actual, verifica-se se estas são válidas e, se tal acontecer, a mensagem que surge é a que se representa na Figura 9. Essas validações coincidem com as que são efectuadas para a introdução de um novo registo e, como tal, serão analisadas no ponto seguinte. Figura 9: Janela que indica que a alteração aos dados foi efectuada Ao clicar neste botão, o utilizador está a pretender introduzir um novo registo referente a um Professor, aparecendo uma janela como a que se representa na Figura 10. Figura 10: Janela com os campos preparados para a introdução do novo registo Tal como se pode verificar, o campo relativo ao nome e à sigla estão limpos, de tal modo que o utilizador possa simplesmente introduzir os novos dados. Relativamente ao departamento, encontra-se seleccionado o primeiro da lista, que é o que é considerado por defeito. Manual do Gestor da Informação do Sistema 7/45

10 Para que o novo registo seja inserido, torna-se necessário clicar no botão referido no ponto anterior, sendo então efectuadas as validações que aí foram referenciadas. As mensagens de erro aqui contempladas são as seguintes: Não introduziu a sigla! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido a sigla do Professor que pretende inserir. Não introduziu o nome! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido o nome do Professor que pretende inserir. Sigla já está atribuída! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso já exista algum Professor com a mesma sigla e no mesmo departamento que aquele que se pretende inserir. A título de exemplo podemos visualizar uma janela que informa o utilizador do primeiro erro aqui apontado, tal como se representa na Figura11. Figura 11: Janela que indica o motivo pelo qual não é possível inserir o novo registo Caso o novo registo seja introduzido, será mostrada ao utilizador uma mensagem indicativa disso mesmo, tal como se representa na Figura 12. Figura 12: Janela que confirma a introdução do novo registo Manual do Gestor da Informação do Sistema 8/45

11 Este botão permite ao utilizador passar para o registo imediatamente a seguir àquele em que se encontra. Analogamente ao que foi referido anteriormente no botão que permite passar para o registo imediatamente anterior, se o utilizador se encontrar no último registo quando clicar neste botão, ser-lhe-á mostrada uma mensagem como a que se ilustra na Figura 13, informando-o de que a sua navegação vai ser retomada a partir do primeiro registo. Figura 13: Janela que avisa o utilizar de que vai passar para o primeiro registo Ao clicar neste botão, o utilizador tem a possibilidade de seleccionar na janela que se representa na Figura 14 o critério que pretende utilizar para efectuar a sua navegação. Figura 14: Janela que permite ao utilizador seleccionar o filtro que pretende usar Tal como se pode verificar, o utilizador pode introduzir um conjunto de condições (uma para cada campo), as quais serão respeitadas na navegação, caso existam registos que cumpram essas mesmas condições. Caso o utilizador mantenha os campos exactamente como se representa na Figura 14, ao clicar no botão, uma vez que não foi introduzido nenhum filtro para navegação, isso será equivalente a se ter clicado no botão ou no do canto superior direito da janela cujo aspecto também é Manual do Gestor da Informação do Sistema 9/45

12 idêntico. Perante esta situação, a janela da Figura 14 será fechada, regressando-se à janela da Figura 6 onde, tal como já foi referido, a navegação se continuará a processar sem estar sujeita a nenhuma condição. Caso o utilizador tenha introduzido algum filtro, como por exemplo, apenas pretender visualizar os registos de Professores pertencentes ao departamento do Deec, tal como se representa na Figura 15, ao clicar no botão, a janela da Figura 14 é fechada, podendo acontecer uma de duas situações: ou não existe nenhum registo que verifique as condições impostas ou existe um ou mais registos que verificam as condições impostas. É de notar que os campos que não forem preenchidos pelo utilizador (sigla e nome) são considerados como podendo tomar qualquer valor, assim como o departamento, se se mantivesse seleccionada a primeira opção -, significava que o departamento que se impunha no filtro poderia ser qualquer um. Figura 15: Janela que mostra o filtro seleccionado pelo utilizador Caso se verifique a primeira possibilidade, aparecerá uma mensagem que indica ao utilizador que a navegação vai prosseguir a partir do primeiro registo (uma vez que nenhum registo verificou as condições impostas), tal como está representado na Figura 13, seguindo-se uma outra mensagem que indica que não existe nenhum registo que verifique a condição, tal como se representa na Figura 16. Figura 16: Janela que indica que não existe nenhum registo que verifique o filtro Manual do Gestor da Informação do Sistema 10/45

13 Caso se verifique a segunda possibilidade, a janela representada anteriormente na Figura 6 aparece ligeiramente modificada, tal como se pode verificar na Figura 17, em que o botão que permite aceder à janela onde se escolhe o filtro que se pretende utilizar (Figura 14), indica que existe um filtro activo e, por este motivo, as navegações efectuadas respeitam as condições impostas. Figura 17: Janela em cuja navegação respeita um determinado filtro Tal como se pode verificar, este é o registo imediatamente a seguir ao que se visualizava na janela da Figura 6 e que respeita o filtro escolhido na janela da Figura 15. É de salientar que enquanto o botão de filtro estiver activo, os botões que permitem ir para o registo imediatamente anterior e a seguir, respeitam a condição imposta pelo filtro. Quando o botão for desactivado, a navegação é retomada a partir do registo actual, independentemente de qualquer condição de navegação imposta. Ao clicar neste botão o utilizador fecha a janela da Figura 6, regressando à janela da Figura 5. O mesmo sucede se se clicar no botão do canto superior direito da janela da Figura 6. Manual do Gestor da Informação do Sistema 11/45

14 Gestão dos Dados das Disciplinas (Botão Disciplinas) Ao clicar neste botão na janela da Figura 5, o utilizador vai ter acesso à gestão dos dados das Disciplinas, aparecendo-lhe uma janela como a que se representa na Figura 18. Figura 18: Janela que permite efectuar a Gestão dos Dados das Disciplinas Tal como se pode verificar, os únicos dados relativos às Disciplinas que o utilizador pode manipular são: a sua sigla, o seu nome, o número de aulas teóricas que tem associadas e respectiva duração de cada uma delas, assim como no que diz respeito às aulas práticas. Vejamos então quais as funcionalidades dos botões presentes nesta janela. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente anterior àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o último registo, caso se encontre no primeiro, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 7. consiste em apagar o registo que está a ser visualizado num determinado instante. Manual do Gestor da Informação do Sistema 12/45

15 Também aqui existe uma mensagem que permite ao utilizador obter a confirmação de que o registo foi efectivamente eliminado, tal como a que foi representada na Figura 8. O registo que em seguida será visualizado é o imediatamente anterior àquele que foi eliminado. consiste em guardar as alterações efectuadas ao registo actual. Caso se trate de guardar alterações efectuadas ao registo actual, verifica-se se estas são válidas e, se tal acontecer, a mensagem que surge é a que foi representada na Figura 9. Essas validações coincidem com as que são efectuadas para a introdução de um novo registo e, como tal, serão analisadas no ponto seguinte. consiste em permitir ao utilizador introduzir um novo registo referente a uma Disciplina, aparecendo uma janela como a que se representa na Figura 19. Figura 19: Janela com os campos preparados para a introdução do novo registo Tal como se pode verificar, o campo relativo à sigla e ao nome da Disciplina estão limpos, de tal modo que o utilizador possa simplesmente introduzir os novos dados. Relativamente aos restantes campos encontramse seleccionados os valores que tipicamente são os mais usuais: cada Manual do Gestor da Informação do Sistema 13/45

16 Disciplina ter 2 aulas teóricas, cada uma com a duração de 1h30m e, uma aula prática com a duração de 1h00m. Para que o novo registo seja inserido, torna-se necessário clicar no botão referido no ponto anterior, sendo então efectuadas as validações que aí foram referenciadas. As mensagens de erro aqui contempladas são as seguintes: Não introduziu a sigla! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido a sigla da Disciplina que pretende inserir. Não introduziu o nome! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido o nome da Disciplina que pretende inserir. Sigla já está atribuída! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso já exista alguma Disciplina com a mesma sigla que aquela que se pretende inserir. A título de exemplo, poder-se-á referir que a janela que aparece a informar o utilizador do primeiro erro é a que foi anteriormente representada na Figura 11. Caso o novo registo seja introduzido, será mostrada ao utilizador uma mensagem indicativa disso mesmo, tal como se representou anteriormente na Figura 12. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente a seguir àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o primeiro registo, caso se encontre no último, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 13. Manual do Gestor da Informação do Sistema 14/45

17 consiste em dar a possibilidade ao utilizador de seleccionar na janela que se representa na Figura 20 o critério que pretende utilizar para efectuar a sua navegação. Figura 20: Janela que permite ao utilizador seleccionar o filtro que pretende usar Tal como se pode verificar, o utilizador pode introduzir um conjunto de condições (uma para cada campo), as quais serão respeitadas na navegação, caso existam registos que cumpram essas mesmas condições. Caso o utilizador mantenha os campos exactamente como se representa na Figura 20, ao clicar no botão, uma vez que não foi introduzido nenhum filtro para navegação, isso será equivalente a se ter clicado no botão ou no do canto superior direito da janela cujo aspecto também é idêntico. Perante esta situação, a janela da Figura 20 será fechada, regressando-se à janela da Figura 18 onde, tal como já foi referido, a navegação se continuará a processar sem estar sujeita a nenhuma condição. Caso o utilizador tenha introduzido algum filtro, como por exemplo, apenas pretender visualizar os registos de Disciplinas cuja duração das aulas teóricas é de 1h30m, tal como se representa na Figura 21, ao clicar no botão, a janela da Figura 20 é fechada, podendo acontecer uma de duas situações: ou não existe nenhum registo que verifique as condições impostas ou existe um ou mais registos que verificam as condições impostas. É de notar que os campos que não forem preenchidos pelo utilizador (sigla e nome) são considerados como podendo tomar qualquer valor, assim como teóricas e respectiva duração e práticas e respectiva duração, se se mantivesse seleccionada a primeira opção -, significava que o valor tomado por cada um destes campos poderia ser qualquer um. Manual do Gestor da Informação do Sistema 15/45

18 Figura 21: Janela que mostra o filtro seleccionado pelo utilizador Caso se verifique a primeira possibilidade, aparecerá uma mensagem que indica ao utilizador que a navegação vai prosseguir a partir do primeiro registo (uma vez que nenhum registo verificou as condições impostas), tal como foi anteriormente representado na Figura 13, seguindo-se uma outra mensagem que indica que não existe nenhum registo que verifique a condição, tal como foi representado na Figura 16. Caso se verifique a segunda possibilidade, a janela representada anteriormente na Figura 18 aparece ligeiramente modificada, tal como se pode verificar na Figura 22, em que o botão que permite aceder à janela onde se escolhe o filtro que se pretende utilizar (Figura 20), indica que existe um filtro activo e, por este motivo, as navegações efectuadas respeitam as condições impostas. Figura 22: Janela em cuja navegação respeita um determinado filtro O registo que está presente na Figura 22 é o que está imediatamente a seguir ao que se visualizava na janela da Figura 18 e que respeita o filtro escolhido na janela da Figura 21. Manual do Gestor da Informação do Sistema 16/45

19 Tal como já foi referido anteriormente na Gestão dos Dados dos Professores, é de notar que enquanto o botão de filtro estiver activo, os botões que permitem ir para o registo imediatamente anterior e a seguir, respeitam a condição imposta pelo filtro. Quando o botão for desactivado, a navegação é retomada a partir do registo actual, independentemente de qualquer condição de navegação imposta. consiste em fechar a janela da Figura 18, regressando à janela da Figura 5. O mesmo sucede se se clicar no botão do canto superior direito da janela da Figura 18. Gestão dos Dados dos Ramos (Botão Ramos) Ao clicar neste botão na janela da Figura 5, o utilizador vai ter acesso à gestão dos dados dos Ramos, aparecendo-lhe uma janela como a que se representa na Figura 23. Figura 23: Janela que permite efectuar a Gestão dos Dados dos Ramos Tal como se pode verificar, os únicos dados relativos aos Ramos que o utilizador pode manipular são: a sua sigla e o seu nome. Vejamos então quais as funcionalidades dos botões presentes nesta janela. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente anterior àquele em que se encontra. Manual do Gestor da Informação do Sistema 17/45

20 Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o último registo, caso se encontre no primeiro, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 7. consiste em apagar o registo que está a ser visualizado num determinado instante. Também aqui existe uma mensagem que permite ao utilizador obter a confirmação de que o registo foi efectivamente eliminado, tal como a que foi representada na Figura 8. O registo que em seguida será visualizado é o imediatamente anterior àquele que foi eliminado. consiste em guardar as alterações efectuadas ao registo actual. Caso se trate de guardar alterações efectuadas ao registo actual, verifica-se se estas são válidas e, se tal acontecer, a mensagem que surge é a que foi representada na Figura 9. Essas validações coincidem com as que são efectuadas para a introdução de um novo registo e, como tal, serão analisadas no ponto seguinte. consiste em permitir ao utilizador introduzir um novo registo referente a um Ramo, aparecendo uma janela como a que se representa na Figura 24. Manual do Gestor da Informação do Sistema 18/45

21 Figura 24: Janela com os campos preparados para a introdução do novo registo Tal como se pode verificar, o campo relativo à sigla e ao nome do Ramo estão limpos, de tal modo que o utilizador possa simplesmente introduzir os novos dados. Para que o novo registo seja inserido, torna-se necessário clicar no botão referido no ponto anterior, sendo então efectuadas as validações que aí foram referenciadas. As mensagens de erro aqui contempladas são as seguintes: Não introduziu a sigla! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido a sigla do Ramo que pretende inserir. Não introduziu o nome! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido o nome do Ramo que pretende inserir. A título de exemplo, poder-se-á referir que a janela que aparece a informar o utilizador do primeiro erro é a que foi anteriormente representada na Figura 11. Caso o novo registo seja introduzido, será mostrada ao utilizador uma mensagem indicativa disso mesmo, tal como se representou anteriormente na Figura 12. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente a seguir àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o primeiro registo, caso se encontre no último, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 13. Manual do Gestor da Informação do Sistema 19/45

22 consiste em dar a possibilidade ao utilizador de seleccionar na janela que se representa na Figura 25 o critério que pretende utilizar para efectuar a sua navegação. Figura 25: Janela que permite ao utilizador seleccionar o filtro que pretende utilizar No caso da Gestão dos Dados dos Professores e das Disciplinas, ao seleccionar-se um determinado filtro, se ele se aplicasse a algum registo existente, o resultado poderia afectar pelo menos um registo, enquanto que nesta situação, se o filtro se aplicar a algum registo, espera-se que ele seja único. Isto sucede pois, estando um Ramo associado a um Curso, ele é único. Além disso, não se espera que vários Cursos possam ter Ramos com o mesmo nome (embora com siglas diferentes), uma vez que um Ramo corresponde a uma área do Curso a que está associado, não fazendo por exemplo sentido um Ramo com o nome Energia associado ao Curso de Engenharia Electrotécnica existir também no Curso de Engenharia Civil. Sendo assim, a vantagem do utilizador poder seleccionar um filtro está em conseguir alcançar um determinado registo mais rapidamente, sem que para tal necessite de utilizar os botões de navegação (que sem dúvida poderia demorar muito mais tempo). Caso o utilizador mantenha os campos exactamente como se representa na Figura 25, ao clicar no botão, uma vez que não foi introduzido nenhum filtro para navegação, isso será equivalente a se ter clicado no botão ou no do canto superior direito da janela cujo aspecto também é idêntico. Perante esta situação, a janela da Figura 25 será fechada, regressando-se à janela da Figura 24 onde, tal como já foi referido, a navegação se continuará a processar sem estar sujeita a nenhuma condição. Caso o utilizador tenha introduzido um filtro, como por exemplo o nome do Ramo, tal como se representa na Figura 26, ao clicar no botão, a janela da Figura 25 é fechada, podendo acontecer uma de duas Manual do Gestor da Informação do Sistema 20/45

23 situações: ou não existe nenhum registo que verifique as condições impostas ou existe um registo que verifica as condições impostas. É de notar que se algum dos campos não for preenchido pelo utilizador (sigla ou nome) considera-se como podendo tomar qualquer valor. Figura 26: Janela que mostra o filtro seleccionado pelo utilizador Caso se verifique a primeira possibilidade, aparecerá uma mensagem que indica ao utilizador que a navegação vai prosseguir a partir do primeiro registo (uma vez que nenhum registo verificou as condições impostas), tal como foi anteriormente representado na Figura 13, seguindo-se uma outra mensagem que indica que não existe nenhum registo que verifique a condição, tal como foi representado na Figura 16. Caso se verifique a segunda possibilidade, a janela representada anteriormente na Figura 23 aparece ligeiramente modificada, tal como se pode verificar na Figura 27, em que o botão que permite aceder à janela onde se escolhe o filtro que se pretende utilizar (Figura 25), indica que existe um filtro activo e, por este motivo, as navegações efectuadas apenas lhe permitem visualizar o registo que foi obtido como resultado do filtro introduzido. Figura 27: Janela que mostra a informação do Ramo associado ao filtro O registo que está presente na Figura 27 é, tal como já foi justificado anteriormente, o único que respeita o filtro escolhido na janela da Figura 26. Quando o botão for desactivado, a navegação é retomada a partir do registo actual, independentemente de qualquer condição de navegação imposta. Manual do Gestor da Informação do Sistema 21/45

24 consiste em fechar a janela da Figura 23, regressando à janela da Figura 5. O mesmo sucede se se clicar no botão do canto superior direito da janela da Figura 23. Gestão dos Dados dos Planos (Botão Planos) Ao clicar neste botão na janela da Figura 5, o utilizador vai ter acesso à gestão dos dados dos Planos de Estudo, aparecendo-lhe uma janela como a que se representa na Figura 28. Figura 28: Janela que permite efectuar a Gestão dos Dados dos Planos de Estudo Tal como se pode verificar, os únicos dados relativos aos Planos de Estudo que o utilizador pode manipular são: o ano e o semestre a que diz respeito, assim como o curso a que está associado. Vejamos então quais as funcionalidades dos botões presentes nesta janela. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente anterior àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o último registo, caso se encontre no primeiro, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 7. Manual do Gestor da Informação do Sistema 22/45

25 consiste em apagar o registo que está a ser visualizado num determinado instante. Também aqui existe uma mensagem que permite ao utilizador obter a confirmação de que o registo foi efectivamente eliminado, tal como a que foi representada na Figura 8. O registo que em seguida será visualizado é o imediatamente anterior àquele que foi eliminado. consiste em guardar as alterações efectuadas ao registo actual. Caso se trate de guardar alterações efectuadas ao registo actual, verifica-se se estas são válidas e, se tal acontecer, a mensagem que surge é a que foi representada na Figura 9. Essas validações coincidem com as que são efectuadas para a introdução de um novo registo e, como tal, serão analisadas no ponto seguinte. consiste em permitir ao utilizador introduzir um novo registo referente a um Plano de Estudo, aparecendo uma janela como a que se representa na Figura 29. Figura 29: Janela com os campos preparados para a introdução do novo registo Manual do Gestor da Informação do Sistema 23/45

26 Tal como se pode verificar, o campo relativo ao ano do Plano de Estudo está limpo, de tal modo que o utilizador possa simplesmente introduzir o ano pretendido. Além disso, encontram-se seleccionados os valores considerados por defeito para o semestre e para o curso associado, os quais deverão ser alterados de acordo com as necessidades do utilizador. Para que o novo registo seja inserido, torna-se necessário clicar no botão referido no ponto anterior, sendo então efectuadas as validações que aí foram referenciadas. As mensagens de erro aqui contempladas são as seguintes: Não introduziu o ano! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido o ano para o Plano de Estudo em questão. Ano inválido! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso tenha introduzido um valor para o ano que não esteja entre 1 e 5. Ano inválido, tem de ser numérico! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso tenha introduzido um valor para o ano que não seja numérico. Já existe plano para esse ano, semestre e ramo de curso! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso já exista algum plano de estudo definido para o ano, semestre e ramo de curso submetidos pelo utilizador. A janela que aparecerá a informar o utilizador do erro ocorrido será idêntica à anteriormente representada na Figura 11, em que a mensagem que aí aparecia será substituída por uma das que foram agora listadas. Caso o novo registo seja introduzido, será mostrada ao utilizador uma mensagem indicativa disso mesmo, tal como se representou anteriormente na Figura 12. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente a seguir àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o primeiro registo, caso se encontre no último, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 13. Manual do Gestor da Informação do Sistema 24/45

27 consiste em dar a possibilidade ao utilizador de seleccionar na janela que se representa na Figura 30 o critério que pretende utilizar para efectuar a sua navegação. Figura 30: Janela que permite ao utilizador seleccionar o filtro que pretende usar Tal como se pode verificar, o utilizador pode introduzir um conjunto de condições (uma para cada campo), as quais serão respeitadas na navegação, caso existam registos que cumpram essas mesmas condições. Caso o utilizador mantenha os campos exactamente como se representa na Figura 30, ao clicar no botão, uma vez que não foi introduzido nenhum filtro para navegação, isso será equivalente a se ter clicado no botão ou no do canto superior direito da janela cujo aspecto também é idêntico. Perante esta situação, a janela da Figura 30 será fechada, regressando-se à janela da Figura 28 onde, tal como já foi referido, a navegação se continuará a processar sem estar sujeita a nenhuma condição. Caso o utilizador tenha introduzido algum filtro, como por exemplo, apenas pretender visualizar os registos de Planos de Estudo referentes ao 2º semestre, tal como se representa na Figura 31, ao clicar no botão, a janela da Figura 30 é fechada, podendo acontecer uma de duas situações: ou não existe nenhum registo que verifique as condições impostas ou existe um ou mais registos que verificam as condições impostas. É de notar que se o campo relativo ao ano não for preenchido pelo utilizador, considera-se como podendo tomar qualquer valor, assim como o semestre e o curso associado, se se mantivesse seleccionada a primeira opção -, significava que estes campos poderiam tomar qualquer valor. Manual do Gestor da Informação do Sistema 25/45

28 Figura 30: Janela que mostra o filtro seleccionado pelo utilizador Caso se verifique a primeira possibilidade, aparecerá uma mensagem que indica ao utilizador que a navegação vai prosseguir a partir do primeiro registo (uma vez que nenhum registo verificou as condições impostas), tal como foi anteriormente representado na Figura 13, seguindo-se uma outra mensagem que indica que não existe nenhum registo que verifique a condição, tal como foi representado na Figura 16. Caso se verifique a segunda possibilidade, a janela representada anteriormente na Figura 28 aparece ligeiramente modificada, tal como se pode verificar na Figura 31, em que o botão que permite aceder à janela onde se escolhe o filtro que se pretende utilizar (Figura 30), indica que existe um filtro activo e, por este motivo, as navegações efectuadas respeitam as condições impostas. Figura 31: Janela em cuja navegação respeita um determinado filtro O registo que está presente na Figura 31 coincide com o que se visualizava na janela da Figura 28, pois é o único existente que verifica o filtro introduzido na janela da Figura 30. Tal como já foi referido anteriormente na Gestão dos Dados dos Professores, é de notar que enquanto o botão de filtro estiver activo, os botões que permitem ir para o registo imediatamente anterior e a seguir, respeitam a condição imposta pelo filtro. Quando o botão for desactivado, a navegação é retomada a partir do registo actual, independentemente de qualquer condição de navegação imposta. Manual do Gestor da Informação do Sistema 26/45

29 consiste em fechar a janela da Figura 28, regressando à janela da Figura 5. O mesmo sucede se se clicar no botão do canto superior direito da janela da Figura 28. Gestão dos Dados dos Alunos (Botão Alunos) Ao clicar neste botão na janela da Figura 5, o utilizador vai ter acesso à gestão dos dados dos Alunos, aparecendo-lhe uma janela como a que se representa na Figura 32. Figura 32: Janela que permite efectuar a Gestão dos Dados dos Alunos Tal como se pode verificar, os únicos dados relativos aos Alunos que o utilizador pode manipular são: o seu número, o seu nome, o ano que frequenta, o curso em que está inscrito, o seu , o seu login e a sua password. Relativamente à turma, não compete ao utilizador configurar este campo, uma vez que quando o aluno em questão se inscrever numa turma, automaticamente aparecerá a sigla da turma neste campo. Além disso, sempre que o aluno anular a sua inscrição na turma em que estava inscrito e se inscrever numa outra turma, essas alterações também se reflectirão neste campo turma. Vejamos então quais as funcionalidades dos botões presentes nesta janela. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente anterior àquele em que se encontra. Manual do Gestor da Informação do Sistema 27/45

30 Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o último registo, caso se encontre no primeiro, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 7. consiste em apagar o registo que está a ser visualizado num determinado instante. Também aqui existe uma mensagem que permite ao utilizador obter a confirmação de que o registo foi efectivamente eliminado, tal como a que foi representada na Figura 8. O registo que em seguida será visualizado é o imediatamente anterior àquele que foi eliminado. consiste em guardar as alterações efectuadas ao registo actual. Também aqui, quando se trata de guardar alterações efectuadas ao registo actual, surge uma mensagem como a que foi representada na Figura 9, caso os dados que se pretende alterar sejam válidos. As validações aqui efectuadas coincidem com as efectuadas quando se pretende inserir um novo registo e, como tal, serão referidas no ponto seguinte. consiste em permitir ao utilizador introduzir um novo registo referente a um Aluno, aparecendo uma janela como a que se representa na Figura 33. Manual do Gestor da Informação do Sistema 28/45

31 Figura 33: Janela com os campos preparados para a introdução do novo registo Tal como se pode verificar, os campos relativos ao número, nome, , login e password estão limpos, de tal modo que o utilizador possa introduzir os novos dados pretendidos. Além disso, encontram-se seleccionados os valores considerados por defeito para o ano e curso que o aluno frequenta, os quais deverão ser alterados de acordo com as necessidades do utilizador. Para que o novo registo seja inserido, torna-se necessário clicar no botão referido no ponto anterior, sendo então efectuadas as validações que aí foram referenciadas. As mensagens de erro aqui contempladas são as seguintes: Não introduziu a password! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido a password que será utilizada pelo aluno, sempre que este pretenda efectuar um acesso aos seus dados via Web. Não introduziu o login! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido o login do aluno, o qual associado à password constituem os dois valores que são requeridos para a validação do acesso de um aluno via Web. O número é um campo numérico! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido um valor numérico para o número do aluno. Número e/ou login já está atribuído! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso já exista algum aluno com o mesmo número ou com o mesmo login daquele que agora se pretende inserir. A janela que aparecerá a informar o utilizador do erro ocorrido será idêntica à anteriormente representada na Figura 11, em que a mensagem que aí aparecia será substituída por uma das que foram agora listadas. Caso o novo registo seja introduzido, será mostrada ao utilizador uma mensagem indicativa disso mesmo, tal como se representou anteriormente na Figura 12. Manual do Gestor da Informação do Sistema 29/45

32 consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente a seguir àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o primeiro registo, caso se encontre no último, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 13. consiste em dar a possibilidade ao utilizador de seleccionar na janela que se representa na Figura 34 o critério que pretende utilizar para efectuar a sua navegação. Figura 34: Janela que permite ao utilizador seleccionar o filtro que pretende usar Tal como se pode verificar, o utilizador pode introduzir um conjunto de condições (uma para cada campo), as quais serão respeitadas na navegação, caso existam registos que cumpram essas mesmas condições. Caso o utilizador mantenha os campos exactamente como se representa na Figura 34, ao clicar no botão, uma vez que não foi introduzido nenhum filtro para navegação, isso será equivalente a se ter clicado no botão ou no do canto superior direito da janela cujo aspecto também é idêntico. Perante esta situação, a janela da Figura 34 será fechada, regressando-se à janela da Figura 32 onde, tal como já foi referido, a navegação se continuará a processar sem estar sujeita a nenhuma condição. Manual do Gestor da Informação do Sistema 30/45

33 Caso o utilizador tenha introduzido algum filtro, como por exemplo, apenas pretender visualizar os registos dos Alunos inscritos no Curso de Informática e Computação, tal como se representa na Figura 35, ao clicar no botão, a janela da Figura 34 é fechada, podendo acontecer uma de duas situações: ou não existe nenhum registo que verifique as condições impostas ou existe um ou mais registos que verificam as condições impostas. É de notar que se o campo relativo ao número, ou ao nome, ou ao , ou ao login não forem preenchidos pelo utilizador, considera-se como podendo tomar qualquer valor, assim como o ano que frequenta e a turma em que está inscrito, se se mantivesse seleccionada a primeira opção -, significava que estes campos poderiam tomar qualquer valor. Figura 34: Janela que mostra o filtro seleccionado pelo utilizador Caso se verifique a primeira possibilidade, aparecerá uma mensagem que indica ao utilizador que a navegação vai prosseguir a partir do primeiro registo (uma vez que nenhum registo verificou as condições impostas), tal como foi anteriormente representado na Figura 13, seguindo-se uma outra mensagem que indica que não existe nenhum registo que verifique a condição, tal como foi representado na Figura 16. Caso se verifique a segunda possibilidade, a janela representada anteriormente na Figura 32 aparece ligeiramente modificada, tal como se pode verificar na Figura 35, em que o botão que permite aceder à janela onde se escolhe o filtro que se pretende utilizar (Figura 33), indica que existe um filtro activo e, por este motivo, as navegações efectuadas respeitam as condições impostas. Manual do Gestor da Informação do Sistema 31/45

34 Figura 35: Janela em cuja navegação respeita um determinado filtro O registo que está presente na Figura 35 é o que está imediatamente a seguir àquele que se visualizava na janela da Figura 32. Tal como já foi referido anteriormente na Gestão dos Dados dos Professores, é de notar que enquanto o botão de filtro estiver activo, os botões que permitem ir para o registo imediatamente anterior e a seguir, respeitam a condição imposta pelo filtro. Quando o botão for desactivado, a navegação é retomada a partir do registo actual, independentemente de qualquer condição de navegação imposta. consiste em fechar a janela da Figura 32, regressando à janela da Figura 5. O mesmo sucede se se clicar no botão do canto superior direito da janela da Figura 32. Gestão dos Dados dos Cursos (Botão Cursos) Ao clicar neste botão na janela da Figura 5, o utilizador vai ter acesso à gestão dos dados dos Cursos, aparecendo-lhe uma janela como a que se representa na Figura 36. Manual do Gestor da Informação do Sistema 32/45

35 Figura 36: Janela que permite efectuar a Gestão dos Dados dos Cursos Tal como se pode verificar, os únicos dados relativos aos Cursos que o utilizador pode manipular são: a sua sigla, o seu nome, o ano que frequenta, os Planos de Estudo associados ao Curso em questão, assim como os Ramos que contempla. Relativamente aos Planos de Estudo assim como aos Ramos associados a um determinado Curso, convém referir que o utilizador apenas deverá seleccionar de entre todos os que lhe aparecem listados, aquele(s) que lhe interessa(m). Além disso, só aparecerão aqui listados os Planos de Estudo e os Ramos que foram guardados anteriormente a partir das Janelas das Figuras 28 e 23, respectivamente. Vejamos então quais as funcionalidades dos botões presentes nesta janela. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente anterior àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o último registo, caso se encontre no primeiro, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 7. Manual do Gestor da Informação do Sistema 33/45

36 consiste em apagar o registo que está a ser visualizado num determinado instante. Também aqui existe uma mensagem que permite ao utilizador obter a confirmação de que o registo foi efectivamente eliminado, tal como a que foi representada na Figura 8. O registo que em seguida será visualizado é o imediatamente anterior àquele que foi eliminado. consiste em guardar as alterações efectuadas ao registo actual. Também aqui, quando se trata de guardar alterações efectuadas ao registo actual, surge uma mensagem como a que foi representada na Figura 9, caso os dados que se pretende alterar sejam válidos. As validações aqui efectuadas coincidem com as efectuadas quando se pretende inserir um novo registo e, como tal, serão referidas no ponto seguinte. consiste em permitir ao utilizador introduzir um novo registo referente a um Curso, aparecendo uma janela como a que se representa na Figura 37. Manual do Gestor da Informação do Sistema 34/45

37 Figura 37: Janela com os campos preparados para a introdução do novo registo Tal como se pode verificar, os campos relativos à sigla e ao nome do Curso estão limpos, de tal modo que o utilizador possa introduzir os novos dados pretendidos. Além disso, no que diz respeito aos Planos e aos Ramos, aparecem listados todos os que anteriormente foram introduzidos, sendo apenas entre estes que o utilizador poderá efectuar as suas selecções. Para que o novo registo seja inserido, torna-se necessário clicar no botão referido no ponto anterior, sendo então efectuadas as validações que aí foram referenciadas. As mensagens de erro aqui contempladas são as seguintes: Não introduziu a sigla! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido a sigla do Curso que pretende introduzir. Não introduziu o nome! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso não tenha introduzido o nome do Curso, que pretende introduzir. Sigla já está atribuída! Esta mensagem será visualizada pelo utilizador caso já exista algum Curso com a mesma sigla que aquele que agora pretende introduzir. A janela que aparecerá a informar o utilizador do erro ocorrido será idêntica à anteriormente representada na Figura 11, em que a mensagem que aí aparecia será substituída por uma das que foram agora listadas. Manual do Gestor da Informação do Sistema 35/45

38 Caso o novo registo seja introduzido, será mostrada ao utilizador uma mensagem indicativa disso mesmo, tal como se representou anteriormente na Figura 12. consiste em permitir ao utilizador passar para o registo imediatamente a seguir àquele em que se encontra. Também aqui existe uma mensagem que avisa o utilizador que vai passar para o primeiro registo, caso se encontre no último, no instante em que clica neste botão. A mensagem que surge é a que foi representada na Figura 13. consiste em dar a possibilidade ao utilizador de seleccionar na janela que se representa na Figura 38 o critério que pretende utilizar para efectuar a sua navegação. Tal como já foi referido anteriormente quando nos referimos à Gestão dos Dados dos Ramos, ao seleccionar-se um determinado filtro, se ele se aplicar a algum registo, espera-se que ele seja único. Isto sucede pois, sendo um Curso único, a informação que a ele está associada é também única. Sendo assim, a vantagem do utilizador poder seleccionar um filtro está em conseguir alcançar um determinado registo mais rapidamente, sem que para tal necessite de utilizar os botões de navegação (que sem dúvida poderia demorar muito mais tempo). Manual do Gestor da Informação do Sistema 36/45

39 Figura 38: Janela que permite ao utilizador seleccionar o filtro que pretende usar Caso o utilizador mantenha os campos exactamente como se representa na Figura 38, ao clicar no botão, uma vez que não foi introduzido nenhum filtro para navegação, isso será equivalente a se ter clicado no botão ou no do canto superior direito da janela cujo aspecto também é idêntico. Perante esta situação, a janela da Figura 38 será fechada, regressando-se à janela da Figura 36 onde, tal como já foi referido, a navegação se continuará a processar sem estar sujeita a nenhuma condição. Caso o utilizador tenha introduzido um filtro, como por exemplo a sigla do Curso, tal como se representa na Figura 39, ao clicar no botão, a janela da Figura 38 é fechada, podendo acontecer uma de duas situações: ou não existe nenhum registo que verifique as condições impostas ou existe um registo que verifica as condições impostas. É de notar que se o campo relativo à sigla ou ao nome não for preenchido pelo utilizador, considera-se como podendo tomar qualquer valor, assim como se for seleccionada a primeira opção - quer para o Plano de Estudo quer para o Ramo, significa que estes campos podem tomar qualquer valor. Manual do Gestor da Informação do Sistema 37/45

40 Figura 39: Janela que mostra o filtro seleccionado pelo utilizador O registo que está presente na Figura 40 coincide com o que era visualizado na Figura 36, uma vez que este é o único registo com a sigla pretendida. Tal como já foi referido anteriormente na Gestão dos Dados dos Professores, é de notar que enquanto o botão de filtro estiver activo, os botões que permitem ir para o registo imediatamente anterior e a seguir, respeitam a condição imposta pelo filtro. Quando o botão for desactivado, a navegação é retomada a partir do registo actual, independentemente de qualquer condição de navegação imposta. Manual do Gestor da Informação do Sistema 38/45

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) http://curriculum.degois.pt Março de 2012 Versão 1.5 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Índice 1 Apresentação... 3 2 Registo no ClinicBase... 3 3 Login... 3 4 Área Privada... 3 4.1 Os meus pacientes... 3 4.1.1 Criar novo Paciente... 3 4.1.2 Procura Paciente... 4 4.1.3

Leia mais

FAQ s para os Administradores do Sistema

FAQ s para os Administradores do Sistema FAQ s para os Administradores do Sistema Este documento disponibiliza FAQ s sobre vários temas. Clique sobre o tema que lhe interessa para aceder às respetivas FAQ s. FAQ s sobre a credenciação do Administrador

Leia mais

Avaliação do Desempenho do. Pessoal Docente. Manual de Utilizador

Avaliação do Desempenho do. Pessoal Docente. Manual de Utilizador Avaliação do Desempenho do Pessoal Docente Manual de Utilizador Junho de 2011 V6 Índice 1 ENQUADRAMENTO... 4 1.1 Aspectos gerais... 4 1.2 Normas importantes de acesso e utilização da aplicação... 4 1.3

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora)

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) ACÇÃO 4.2.2 REDES TEMÁTICAS DE INFORMAÇÃO E DIVULGAÇÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) União Europeia FEADER PRODER 1 INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA

Leia mais

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores 10 de Julho de 2009 Índice 1. Introdução... 3 1.1. Objectivo... 3 2. Fornecedor... 4 2.1. AQs/CPAs... 4 2.2. Contratos... 4 2.3. Grupos AQ/CPA... 5 3. Carregamento e Actualização do Catálogo... 7 3.1.

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados Instituto Politécnico de Tomar Manual da Área de Secretariados Última actualização: 13 de Outubro de 2004 Índice Como aceder a Área de Secretariados...2 O que posso efectuar na Área de Secretariado (Acções)...4

Leia mais

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Universidade Católica Portuguesa Direcção de Sistemas de Informação Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Manual de utilização - Docentes DSI Outubro 2014 V2.6 ÍNDICE 1 OBJETIVO DESTE

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

Controlo de acessos em rede

Controlo de acessos em rede Manual do software Controlo de acessos em rede Access (Versão do software: 1.0.2) (Versão do documento: 1.0.9) Para mais informação, visite o nosso website: www.simonalert.com Página - 1 - Para mais informação,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. EcclesiaSoft 2012. v.01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. EcclesiaSoft 2012. v.01 MANUAL DE UTILIZAÇÃO EcclesiaSoft 2012 v.01 1 CONTEÚDO 1. Apresentação:... 4 2. Instalação... 5 3. Configurações iniciais... 5 4. Secretaria... 6 4.1. Criação de uma nova ficha... 8 4.2. Listagem de Pessoas...

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PLATAFORMA DE INSCRIÇÕES ONLINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PLATAFORMA DE INSCRIÇÕES ONLINE A época de 2012/2013 terá um novo recurso para a Filiação e Inscrições em Provas para os Clubes, Equipas e Agentes Desportivos, tendo sido criada para o efeito uma nova Plataforma de Inscrições Online.

Leia mais

COMO LIGAR E CONFIGURAR

COMO LIGAR E CONFIGURAR 1 2 GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA COMO LIGAR E CONFIGURAR carregar a bateria O utilizador deverá, em primeiro lugar, carregar a bateria do sistema. A primeira carga deverá ter um tempo ininterrupto de 6 horas.

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores Software de Localização GSM para o modem Siemens MC35i Manual do Utilizador Índice

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

GIAE ONLINE GIAE ONLINE. J.P.M & Abreu, Lda.

GIAE ONLINE GIAE ONLINE. J.P.M & Abreu, Lda. GIE ONLINE 1 Índice Índice 2 Índice de Figuras 3 1. Introdução 4 2. Novas funcionalidades 5 2.1. Mensagens 5 2.1.1. Recebidas 6 2.1.2. Enviadas 6 2.1.3. Enviar Mensagem 6 2.2. Consulta de Extracto 9 2.3.

Leia mais

Importante! Leia atentamente a secção de Activação dos serviços deste guia. As informações contidas nesta secção são essenciais para manter o seu PC protegido. MEGA DETECTION Manual de instalação rápida

Leia mais

Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores Metodologias de Apoio à Decisão FUVADI Cálculo de Funções de Valor Aditivas Trabalho realizado por: Luís Filipe Moreira Índice DESCRIÇÃO DO TRABALHO...1

Leia mais

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões:

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões: Akropole Catequista O Akropole Catequista em três tempos... Este texto é um pequeno manual de introdução ao Akropole Catequista. Umas das características deste programa é o facto deste não necessitar de

Leia mais

Requerimentos e Especificações de Software

Requerimentos e Especificações de Software 1 Requerimentos e Especificações de Software ConfiKeeper Version 2.0, 16-11-2014 by SyncMasters: Carlos Paiva, 2009108909, cpaiva@student.dei.uc.pt Inês Parente, 2012152484, iparente@student.dei.uc.pt

Leia mais

Entrega de Folhas de Férias

Entrega de Folhas de Férias Entrega de Folhas de Férias Guia do Utilizador Versão 4.0 Agosto/ 2014 Índice 1. Introdução 2. Criar/ Validar Folhas de Férias 3. Acesso à funcionalidade 4. Inserir/ Consultar Folhas de Férias 5. Comprovativo

Leia mais

Abra o ficheiro «Formulário de Candidatura» e guarde-o no seu computador

Abra o ficheiro «Formulário de Candidatura» e guarde-o no seu computador NOTA PRÉVIA As candidaturas ao Programa de Financiamento a projectos pelo INR, I.P. implicam 2 momentos distintos e complementares: Efetuar a candidatura on-line, através da plataforma web disponível no

Leia mais

Sistema de Inscrições Automáticas na Internet. Manual do Utilizador

Sistema de Inscrições Automáticas na Internet. Manual do Utilizador Sistema de Inscrições Automáticas na Internet Manual do Utilizador Versão 1.6 Agosto de 2005 O Sistema de Inscrições Automáticas está disponível nos seguintes anos: 1ºano (repetentes), 2ºano, 3ºano e 4ºano

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Universidade Católica Portuguesa Direção de Sistemas de Informação Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Manual de utilização - Alunos DSI Outubro 2014 V2.6 ÍNDICE 1 OBJETIVO DESTE

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP

INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP Inserir o cd de instalação do programa e executar a opção Next ERP Clicar em instalar Alguns instantes depois aparecerá a mensagem: o Sage Next utiliza o Microsoft

Leia mais

Resolução de avarias de MPEG

Resolução de avarias de MPEG Resolução de avarias de MPEG Esta secção é para utilizadores de cardiologia que visualizam MPEGs. Consulte os seguintes tópicos para o ajudarem a resolver problemas detectados ao visualizar MPEGs. Componentes

Leia mais

Procedimentos de Segurança

Procedimentos de Segurança Procedimentos de Segurança Proteger o seu computador Utilize um anti-vírus para proteger o seu sistema e os seus dados Mantenha-o constantemente ligado e actualizado, e sempre configurado com protecção

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

MANUAL do UTILIZADOR

MANUAL do UTILIZADOR Software OFICIAR Gestão de Expediente Versão 2 para Windows MANUAL do UTILIZADOR Janeiro de 2014 J.P.M. & ABREU, Lda. Apartado 2927 2410-902 LEIRIA Telef: 244800570 Fax: 244 824576 Linha Verde: 800 225

Leia mais

Introdução... 3. 1ª Parte - Acesso à Aplicação Avaliação Online... 4 I Aceder à Aplicação... 4 1. Inscrição... 4 2. Acesso à Aplicação...

Introdução... 3. 1ª Parte - Acesso à Aplicação Avaliação Online... 4 I Aceder à Aplicação... 4 1. Inscrição... 4 2. Acesso à Aplicação... Índice Introdução... 3 1ª Parte - Acesso à Aplicação Avaliação Online... 4 I Aceder à Aplicação... 4 1. Inscrição... 4 2. Acesso à Aplicação... 4 II Entrada na Aplicação... 5 1. Informações... 6 1. Avaliação

Leia mais

Manual de Configuração das impressoras (Fotocopiadoras) do AES

Manual de Configuração das impressoras (Fotocopiadoras) do AES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SERTÃ Manual de Configuração das impressoras (Fotocopiadoras) do AES As impressoras pertencentes à rede administrativa do AES poderão ser instaladas em computadores pessoais,

Leia mais

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores ENTRADA: Abrir o browser de internet e digitar um dos seguintes endereços: Para aceder à área reservada de alunos: http://myescola.exemplo.pt Para aceder

Leia mais

Manual do utilizador da aplicação. MaisCondominio

Manual do utilizador da aplicação. MaisCondominio da aplicação MaisCondominio Este software destina-se a ser usado tanto por quem administra, apenas, um condomínio, como pelos profissionais, que administram vários condomínios. O MaisCondominio caracteriza-se

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA wgig GIGrecibos Sistema de Emissão de Recibos de Donativos Para Igrejas Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA tel: 266403273 www.vibis.com 1 Conteúdo wgig... 1 Avisos legais...

Leia mais

Bem vindo à vídeo-vigilância profissional da Segurança 24

Bem vindo à vídeo-vigilância profissional da Segurança 24 Bem vindo à vídeo-vigilância profissional da Segurança 24 O software que tem instalado no seu computador permite-lhe visualizar em directo as imagens das suas câmaras assim como rever as gravações,efectuar

Leia mais

ANEXO. Manual do utilizador

ANEXO. Manual do utilizador ANEXO Manual do utilizador A PARTE 1 Menu Principal A janela principal da aplicação é composta por uma zona destinada a mostrar a informação analítica (rodapé) e pelo Menu Principal, o qual contém opções

Leia mais

Manual de candidatura por via electrónica

Manual de candidatura por via electrónica 2 Concursos de Pessoal Docente regulados pelo Decreto Legislativo Regional n.º /2009/M de de Junho. Ano Escolar 2009/2010 Manual de candidatura por via electrónica É essencial que leia este manual antes

Leia mais

09. Set. 11 (simplificação das instruções emitidas em 22. Dez. 10 e reformuladas em 07. Abr. 11)

09. Set. 11 (simplificação das instruções emitidas em 22. Dez. 10 e reformuladas em 07. Abr. 11) Direcção Geral do Orçamento MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GABINETE DO DIRECTOR GERAL INSTRUÇÕES 09. Set. 11 (simplificação das instruções emitidas em 22. Dez. 10 e reformuladas em

Leia mais

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO MAIL DINÂMICO O QUE É?. É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO. PERMITE O ENVIO DE MENSAGENS DE CORREIO ELECTRÓNICO PARA UM OU PARA VÁRIOS DESTINATÁRIOS EM SIMULTÂNEO. FUNCIONA DE

Leia mais

ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES

ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES MANUAL DE APOIO Este manual de apoio destina-se aos docentes do ensino oficial que pretendam requerer autorização para acumular funções. Exceptuam-se aqueles que se encontram na situação

Leia mais

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo O Excel é uma folha de cálculo capaz de guardar dados, executar cálculos e gerar gráficos. Introdução à Folha de Cálculo Uma folha de cálculo, por exemplo o Excel, permite

Leia mais

Alteração do POC (Decreto de Lei nº. 35/2005) no sispoc

Alteração do POC (Decreto de Lei nº. 35/2005) no sispoc DOSPrinter Manual do Utilizador Alteração do POC (Decreto de Lei nº. 35/2005) no sispoc Data última versão: 20.03.2006 Versão : 1.1 Data criação: 01.03.2006 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação

Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação 1. INTRODUÇÃO...1 2. MÓDULO DE GESTÃO...2 2.1. ENTIDADES...3 2.1.1. TERCEIROS...4 2.1.1.1. CONSULTAR OS TERCEIROS...4 2.1.1.2. CRIAR UM TERCEIRO...5 2.1.1.3.

Leia mais

Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador. Viva o momento

Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador. Viva o momento Vodafone ADSL Station Manual de Utilizador Viva o momento 3 4 5 5 6 6 7 8 9 12 12 14 16 17 18 19 20 21 22 22 23 23 24 24 24 25 26 27 Ligar o Router LEDs Configuração do Router Aceder à ferramenta de configuração

Leia mais

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S. Procedimentos Abertura/Fecho Ano Primavera V750 B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.PT MCRC LISBOA 11492

Leia mais

EFECTUAR FILIAÇÃO DE AGENTES DESPORTIVOS (pela 1º vez)

EFECTUAR FILIAÇÃO DE AGENTES DESPORTIVOS (pela 1º vez) 1 EFECTUAR FILIAÇÃO DE AGENTES DESPORTIVOS (pela 1º vez) Para aceder á aplicação de filiação de agentes desportivos digitar no browser www.fpnsystem.com introduzir Nome Utilizador e Password que lhe foram

Leia mais

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 Novembro.2010 Índice I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 III. COMO INSERIR MATERIAL PEDAGÓGICO (ANEXAR FICHEIROS) 1 IV. CRIAR UM GLOSSÁRIO 5 V.

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2.

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2. Manual do Fénix Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso Candidatura Online para o 2. º Ciclo SI (Versão 1.0) Maio 2011 Este manual tem como objectivo auxiliar na

Leia mais

Manual do GesFiliais

Manual do GesFiliais Manual do GesFiliais Introdução... 3 Arquitectura e Interligação dos elementos do sistema... 4 Configuração do GesPOS Back-Office... 7 Utilização do GesFiliais... 12 Outros modos de utilização do GesFiliais...

Leia mais

Manual do utilizador. Animal RFID Integrator. Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia

Manual do utilizador. Animal RFID Integrator. Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia Manual do utilizador Animal RFID Integrator Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia RESUMO Aplicação para recolha de informação no campo. O Animal RFID Integrator é um interface que permite

Leia mais

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Direccionado para as escolas www.estagiostic.gov.pt Índice 1. Objectivo da Plataforma... 2 2. Acesso restrito... 2 3. Perfis... 2 3.1. O administrador...

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento irá guiá-lo(a) através dos procedimentos necessários para obtenção correcta do seu Certificado Digital. Por favor consulte o índice de modo a encontrar, de uma forma mais

Leia mais

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006 EIC Engenharia de Informática e Comunicações Morro do Lena, Alto Vieiro Apart. 4163 2401 951 Leiria Tel.: +351 244 820 300 Fax.: +351 244 820 310 E-mail: estg@estg.iplei.pt http://www.estg.iplei.pt Engenharia

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

1 Ajuda da Internet M vel Clix

1 Ajuda da Internet M vel Clix 1 Ajuda da Internet M vel Clix Descrição geral Esta aplicação permite Ligar/Desligar por intermédio de uma PC Card / Modem USB. Janela principal da Internet M vel Clix Indica o estado de roaming Minimizes

Leia mais

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos Certidão Permanente Manual de Procedimentos Procedimentos da Certidão Permanente On-line Sim 2. Elaborar Pedido de Subscrição 1. Autenticar apresentante / Login 1.1. Subscrição da Certidão? 4. Efectuar

Leia mais

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. 2 WinREST Sensor Log Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log...5 1.1. Instalação (aplicação ou serviço)...6

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

QNAP Surveillance Client para MAC

QNAP Surveillance Client para MAC QNAP Surveillance Client para MAC Chapter 1. Instalar o QNAP Surveillance Client 1. Clique duas vezes em "QNAP Surveillance Client V1.0.1 Build 5411.dmg". Após alguns segundos, é exibida a seguinte imagem.

Leia mais

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE REDIVE GUIA LMS PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão

Leia mais

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SIPART (versão Setembro/2004) Manual de Utilização ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ACEDER À APLICAÇÃO...4 3. CRIAR NOVO UTILIZADOR...5 4. CARACTERIZAÇÃO GERAL

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Recolha da Informação Manual de Operação Versão 1.0 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

Procedimentos para a gestão da Intranet ECUM

Procedimentos para a gestão da Intranet ECUM Procedimentos para a gestão da Intranet ECUM Introdução 3 Grupos de Utilizadores 5 Gestão de perfis 6 Zona de "Documentos Reservados" 9 Inserir novos documentos 11 Alterar/Remover documentos 14 Zona de

Leia mais

Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online

Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online A pedido da Coordenação Nacional, o grupo de Coordenação Distrital de Coimbra elaborou este pequeno tutorial que ensina como criar um formulário online

Leia mais

Java Mail Server. Manual do Utilizador

Java Mail Server. Manual do Utilizador Java Mail Server Manual do Utilizador Introdução às Redes e Comunicações 2002/2003 Java Mail Client Janela de Ligação O Java Mail Client (JMC), assim que é inicializado, mostra uma janela que irá possibilitar

Leia mais

Manual do Software Versão 2.0

Manual do Software Versão 2.0 Manual do Software Versão 2.0 1.0 INSTALAÇÃO 5 1.1 Software e acessórios 5 1.2 Instalação do software sob Windows 95/98/NT 5 1.3 Instalação da interface 7 2.0 O ECRÃ INICIAL 8 2.1 Iniciar o programa 8

Leia mais

Migrar para o Excel 2010

Migrar para o Excel 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Excel 2010 é muito diferente do Excel 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as partes

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO SANTARÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO SANTARÉM ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO SANTARÉM Guia de Utilização VERSÃO 3.x Requisição de Recursos Para cada actividade, que não tenha atingido a data de término, poderá efectuar a requisição de recursos

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da

Leia mais

Plataforma. Manual de Utilização Concurso Público Normal. Electrónica BizGov 2009

Plataforma. Manual de Utilização Concurso Público Normal. Electrónica BizGov 2009 Plataforma Manual de Utilização Electrónica BizGov 2009 Índice 1 Introdução 2 Criação do Procedimento 3 Publicação de Procedimento/ Envio de Convites 4 Submissão de Propostas 5 Esclarecimentos e Notificações

Leia mais

GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016

GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016 GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016 INTRODUÇÃO À semelhança das épocas desportivas anteriores, o processo de inscrição na PCAND para a Época Desportiva 2015/2016 será realizado on-line, no site da PCAND

Leia mais

DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação ANO: 9º. Windows 7 Office 2010 Internet Explorer. Cd-roms COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER

DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação ANO: 9º. Windows 7 Office 2010 Internet Explorer. Cd-roms COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER ESCOLA SECUNDÁRIA DE MANUEL DA FONSECA 3º Ciclo Ensino Básico/Secundário PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS GRUPO 550 - Informática ANO LECTIVO 2012/2013 DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

Utilização das Ferramentas e Recursos da Comunidade @rcacomum

Utilização das Ferramentas e Recursos da Comunidade @rcacomum Utilização das Ferramentas e Recursos da Comunidade @rcacomum Investigadores Responsáveis: Maribel Santos Miranda e Professor Doutor António Osório Instituto Estudos da Criança Universidade do Minho http://www.nonio.uminho.pt/arcacomum

Leia mais

First Step Linux. Instalação do VirtualBox Para instalar o software VirtualBox siga os seguintes passos :

First Step Linux. Instalação do VirtualBox Para instalar o software VirtualBox siga os seguintes passos : First Step LINUX First Step Linux Experimente o Linux É possível experimentar o Linux sem alterar o sistema operativo actual do seu computador. Com o software Virtual Box consegue criar um ambiente virtual

Leia mais

Manual de candidaturas online

Manual de candidaturas online Instituto Superior de Agronomia Manual de candidaturas online 20-06-2014 (Versão 1.0) O objetivo deste manual é auxiliar o candidato na apresentação da sua candidatura. Índice Introdução 1. Registo do

Leia mais

Manual de Utilizador de Clínicas. www.softwhere.com.pt

Manual de Utilizador de Clínicas. www.softwhere.com.pt Manual de Utilizador de Clínicas www.softwhere.com.pt Formulário de login de Clínicas Utilizador : Administrador Password: 123 Formulário Principal do Software de Clínicas Este formulário lista todos os

Leia mais

CITV. Manual do Utilizador. Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção

CITV. Manual do Utilizador. Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção CITV Manual do Utilizador Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção Índice 1 Introdução...3 2 Entrada/Validação...4 2.1 Descrição...4 3 Candidatura Preenchimento de Formulário...10 3.1 Descrição...10

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA. Manual do Moodle- Sala virtual UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Manual do Moodle- Sala virtual UNIFAP MACAPÁ-AP 2012 S U M Á R I O 1 Tela de Login...3 2 Tela Meus

Leia mais

[EIC0110] Concepção e Análise de algoritmos 2010-2011. Trabalho de Grupo 2: Tema 4. Auto-Complete. Turma 3 Grupo 13. Maio de 2011

[EIC0110] Concepção e Análise de algoritmos 2010-2011. Trabalho de Grupo 2: Tema 4. Auto-Complete. Turma 3 Grupo 13. Maio de 2011 [EIC0110] Concepção e Análise de algoritmos 2010-2011 Trabalho de Grupo 2: Tema 4 Auto-Complete Turma 3 Grupo 13 Maio de 2011 Trabalho realizado por: Maria Antonieta Dias Ponce de Leão e Oliveira 070509157

Leia mais

LEILÃO ONLINE. Manual do Utilizador

LEILÃO ONLINE. Manual do Utilizador LEILÃO ONLINE Manual do Utilizador INDICE 1 VANTAGENS PARA O COMPRADOR... 3 2 PERGUNTAS FREQUENTES (FAQ S)... 4 P1. Como é dado acesso?... 4 P2. Como se acede ao sistema?... 4 P3. Em quantas lotas posso

Leia mais

1 Contextualização 3 2 Administração do Joomla 5 3 Painel de controlo 6 3.1 Menu sítio 6 3.2 Menu utilizadores 7 3.3 Outras funcionalidades 8 4

1 Contextualização 3 2 Administração do Joomla 5 3 Painel de controlo 6 3.1 Menu sítio 6 3.2 Menu utilizadores 7 3.3 Outras funcionalidades 8 4 1 Contextualização 3 2 Administração do Joomla 5 3 Painel de controlo 6 3.1 Menu sítio 6 3.2 Menu utilizadores 7 3.3 Outras funcionalidades 8 4 Sistema de armazenamento e criação de conteúdos 9 4.1 Criar

Leia mais

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda.

MicroMIX Comércio e Serviços de Informática, Lda. 1 P á g i n a Procedimentos Inventário AT 2014 Software Olisoft-SIG.2014 Verificar Versão dos Módulos Instalados Em primeiro lugar deveremos verificar se o programa SIG está actualizado. Esta nova rotina

Leia mais

Início Rápido. Nero BackItUp. Ahead Software AG

Início Rápido. Nero BackItUp. Ahead Software AG Início Rápido Nero BackItUp Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero BackItUp e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright e

Leia mais

Formador: Carlos Maia

Formador: Carlos Maia Formador: Carlos Maia Iniciar o MS Excel MS Excel - Introdução 1 Ajuda Se ainda não estiver visível a ajuda do Excel do lado direito do ecrã, basta clicar sobre Ajuda do Microsoft Excel no menu Ajuda,

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador 1 Índice 1. Sobre o Guia... 3 1.1 Objectivo... 3 1.2 Conceitos e Termos... 3 1.2 Utilização do Guia... 3 2. Ferramentas de Administração... 4 2.1

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

PLATAFORMA MOODLE DTIM

PLATAFORMA MOODLE DTIM PLATAFORMA MOODLE DTIM Projectos que utilizem a plataforma Moodle Índice 1. MANUAL DE INICIAÇÃO DO MOODLE... 3 1.1. Entrar na Plataforma... 3 2. INSCRIÇÃO NA DISCIPLINA... 4 2.1. Chaves de Inscrição...

Leia mais