ESTADO DE GOIÁS FLORES DE GOIÁS-GO. CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Lei Municipal n.º 08 de 16 de Setembro de 2003

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DE GOIÁS FLORES DE GOIÁS-GO. CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Lei Municipal n.º 08 de 16 de Setembro de 2003"

Transcrição

1 EDITAL PARA ELEIÇÃO DOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE O DE, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital, que, nos termos da Lei Federal nº 8.069/90, e alterações posteriores, Lei Municipal nº 08/2003, e alterações posteriores, e Resolução nº 170/14 do CONANDA, e alterações posteriores, regulamenta o processo eleitoral para a escolha dos novos conselheiros tutelares, e suplentes, do município para o mandato compreendido entre 2016 e O Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente é um órgão público, permanente e autônomo encarregado de zelar pelos direitos de crianças e adolescentes que se encontrem em situação de negligência, abandono, maus tratos, crueldade, discriminação, abuso, exploração ou qualquer outra situação que configure violação de direitos. Todos da comunidade devem participar do processo de escolha, dialogando com os candidatos, conhecendo suas propostas e trajetória de trabalho na área de promoção, proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes. 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 Fica convocada a Eleição dos novos membros para o Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente de Flores de Goiás-GO, cujo sufrágio ocorrerá no dia 04 de outubro de 2015, das 9h às 17h, em local a ser previamente divulgado.

2 1.2 Todo o processo eleitoral correrá sob a responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com recursos da Prefeitura Municipal de Flores de Goiás-GO e sob a fiscalização do Ministério Público local. 1.3 O presente processo eleitoral será para o preenchimento de cinco vagas para membros titulares e pelo menos cinco suplentes a função de conselheiro tutelar. 1.4 O mandato, para o qual ocorre o presente processo eleitoral, terá início no dia 10 de janeiro de 2016 e terminará no dia 09 de janeiro de Poderão votar, para a escolha dos conselheiros tutelares, os maiores de 16 anos, regularmente inscritos como eleitores no município e em dia com a Justiça Eleitoral. 1.6 Cada eleitor poderá votar em até três candidatos diferentes, mas é desobrigado a fazê-lo, vedada a repetição do voto num mesmo candidato. O voto do eleitor é facultativo. 2. DA COMISSÃO ESPECIAL ELEITORAL 2.1 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente delegará uma Comissão Especial Eleitoral, doravante chamada de Comissão Eleitoral; 2.2 A Comissão Eleitoral será encarregada de analisar os pedidos de registro de candidatura e dar ampla publicidade à relação dos candidatos habilitados, facultando a qualquer cidadão impugnar as candidaturas que não atendam os requisitos exigidos, indicando os elementos probatórios. 2.3 Diante da impugnação de candidaturas ao Conselho Tutelar, cabe a Comissão Eleitoral: a) Notificar os candidatos, concedendo-lhes prazo para a apresentação de defesa; e b) Realizar reunião para decidir acerca da impugnação da candidatura, podendo, se necessário, ouvir testemunhas eventualmente arroladas, determinar a juntada de documentos e a realização de outras diligências. 2.4 Das decisões da Comissão Eleitoral caberá recurso à plenária do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que se reunirá em caráter extraordinário, conforme calendário eleitoral, para a tomada de decisão.

3 2.5 Cabe ainda a Comissão Eleitoral: a) Realizar reunião destinada a dar conhecimento formal das regras da campanha aos candidatos habilitados ao pleito, que firmarão compromisso de respeitá-las, sob pena de imposição das sanções prevista na legislação local; b) Estimular e facilitar o encaminhamento de notícias de fatos que constituam violação das regras de campanha por parte dos candidatos ou à sua ordem; c) Analisar e decidir, em primeira instância administrativa, os pedidos de impugnação e outros incidentes ocorridos no dia da votação; d) Escolher e divulgar os locais de votação. e) Selecionar, preferencialmente junto aos órgãos públicos municipais, os mesários e escrutinadores, bem como seus respectivos suplentes, que serão previamente orientados sobre como proceder no dia da votação; f) Solicitar, junto ao comando da Polícia Militar ou Guarda Municipal, a designação de efetivo para garantir a ordem e segurança dos locais de votação; e g) Resolver os casos omissos. 2.6 Todas as deliberações pertinentes ao processo eleitoral de que trata este Edital serão informadas ao Ministério Público local. 2.7 Compõem a Comissão Eleitoral: Suely Conceição dos Santos, representante do Poder Público; Jovenildo Moreira Lopes, representante do Poder Público; Aida Estanislau Rodrigues, representante da Sociedade Civil; Lídia Rodrigues V. de Oliveira, representante da Sociedade Civil; 2.8 Preside a Comissão Eleitoral, conforme deliberação específica, a conselheira municipal Suely Conceição dos Santos. 2.9 Qualquer dos membros da Comissão Eleitoral poderá auto declarar-se suspeito, durante o curso do processo eleitoral, e será substituído por outro membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, sendo facultado a própria Comissão a escolha do novo presidente, caso necessário. 3. DO REGISTRO DE CANDITATURAS 3.1 A participação no presente Processo Eleitoral é gratuita e iniciar-se-á pelo registro da candidatura, através de requerimento, que será efetuado no prazo e nas condições estabelecidos neste Edital. 3.2 O registro somente será efetuado pessoalmente, na sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Flores de Goiás-GO, localizada no prédio da Prefeitura Municipal de

4 Flores de Goiás, localizada na Praça da Matriz, nº 44, Bairro Flores Velha, nesta cidade, de 08 a 27 de junho de 2015, das 13h às 17h, no horário oficial de Brasília. 3.3 Para realizar o registro, o candidato deve preencher o Requerimento de Inscrição e o Formulário Complementar do Requerimento de Inscrição, oferecido pela Comissão Eleitoral, e entregá-lo no endereço e horário previstos no subitem anterior, acompanhado de todos os documentos pessoais e comprobatórios previstos neste Edital. 3.4 Não serão aceitas inscrição condicional, extemporânea, via postal, via fax, via correio eletrônico ou por procurador. Verificando-se, a qualquer tempo, o recebimento de inscrição que não atenda a todos os requisitos fixados, será a mesma cancelada. 3.5 Antes de efetuar o registro, o candidato deverá conhecer este Edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos. Uma vez efetuado o registro, não será permitida, em hipótese alguma, a alteração dos dados preenchidos nem a substituição ou o acréscimos de documentos. 3.6 Ao entregar o Requerimento de Inscrição, o candidato receberá um Comprovante de Inscrição devidamente assinado e carimbado por servidor designado pela Comissão Eleitoral, sendo esse o único documento comprobatório do seu registro de candidatura. 3.7 São de inteira responsabilidade do candidato todas as informações prestadas no Requerimento de Inscrição e Formulário Complementar, dispondo a Comissão Eleitoral do direito de excluir aquele que não preencher a solicitação de forma completa e correta. 4. DOS REQUISITOS PARA A FUNÇÃO DE CONSELHEIRO TUTELAR 4.1 Para a função de conselheiro tutelar os candidatos devem atender os seguintes requisitos: a) Ser brasileiro nato, naturalizado ou estar em processo de naturalização concluído no ato da nomeação. b) Ter idade superior a 21 anos. c) Reconhecida idoneidade moral atestada por certidão negativa criminal, por certidão negativa da Justiça Federal e Estadual e certidão negativa de antecedentes policiais;

5 d) Ser domiciliado no município há mais de dois anos. e) Estar em gozo dos direitos políticos. f) Ter cursado o Ensino Fundamental completo. 5. DOS DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS 5.1 A inscrição implica no conhecimento e na aceitação expressa de todo o exposto neste Edital e na legislação acima referida. 5.2 Para comprovar atendimento aos requisitos, no ato da inscrição, anexo ao Requerimento de Inscrição, o candidato deve entregar: a) Cópia da Carteira de Identidade; b) Cópia do CPF; c) Cópia do Título de Eleitor; d) Uma fotografia 3x4 recente (com menos de 90 dias); e) Certidão negativa da Justiça Federal e Estadual, Certidão Negativa de antecedentes criminais (com menos de 30 dias); f) Declaração de domicílio no município há dois anos ou mais, registrada em cartório, acompanhada de cópia de contrato de locação, se for o caso, também registrado em cartório, de conta de energia elétrica, de telefone ou de água em nome do candidato; g) Certidão de quitação eleitoral; h) Certificado ou declaração de conclusão do Ensino Fundamental ou equivalente. 5.3 Caso mude de endereço ou telefone durante o curso do processo eleitoral, o candidato deverá informar a Comissão Eleitoral imediatamente. 6. DAS ATRIBUIÇÕES DO CONSELHO TUTELAR 6.1 Nos termos do artigo 136 da Lei 8.069/90 e alterações posteriores, são atribuições do Conselho Tutelar:

6 6.1.1 Atender as crianças e adolescentes nas hipóteses previstas nos artigos 98 e 105, aplicando as medidas previstas no artigo 101, I a VII; 129, I a VII; Atender e aconselhar os pais ou responsável, aplicando as medidas previstas no artigo Promover a execução de suas decisões, podendo para tanto: a) Requisitar serviços públicos nas áreas de saúde, educação, serviço social, previdência, trabalho e segurança; b) Representar junto à autoridade judiciária nos casos de descumprimento injustificado de suas deliberações; Encaminhar ao Ministério Público notícia de fato que constitua infração administrativa ou penal contra os direitos da criança ou adolescente; Encaminhar a autoridade judiciária os casos de sua competência; Providenciar a medida estabelecida pela autoridade judiciária, dentre as previstas no artigo 101, I a VI, para o adolescente autor de ato infracional; necessário; Expedir notificações; Requisitar certidões de nascimento e de óbito de criança ou adolescente quando Assessorar o Poder Executivo local na elaboração da proposta orçamentária para planos e programas de atendimento dos direitos da criança e do adolescente; Representar, em nome da pessoa e da família, contra a violação dos direitos previstos no artigo 220, 3º, inciso II, da Constituição Federal; Representar ao Ministério Público para efeito das ações de perda ou suspensão do poder familiar, após esgotadas as possibilidades de manutenção da criança ou adolescente junto à família natural. a) Se, no exercício de suas atribuições, o Conselho Tutelar entender necessário o afastamento do convívio familiar, comunicará incontinenti o fato ao Ministério Público, prestando-lhe informações sobre os motivos de tal entendimento e as providências tomadas para a orientação, o apoio e a promoção social da família Promover e incentivar, na comunidade e nos grupos profissionais, ações de divulgação e treinamento para o reconhecimento de sintomas de maus-tratos em crianças e adolescentes.

7 7. DOS RECURSOS 7.1 Terminado o prazo de registro das candidaturas, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente mandará publicar, nos termos da Lei Municipal nº 08/2003 e Resolução nº 170/14 do CONANDA, informando o nome dos candidatos registrados e fixando o prazo de 05 dias contados da publicação, para impugnação por qualquer interessado. 7.2 Os recursos, devidamente fundamentados, deverão ser dirigidos ao Presidente da Comissão Especial Eleitoral e protocolados na Secretaria do CMDCA, respeitando os prazos estabelecidos neste Edital. 7.3 Não serão aceitos recursos enviados pelo correio, fax, ou correio eletrônico. 7.4 Os recursos não poderão ser interpostos por procurador. 7.5 Vencidas as fases de impugnação e recurso, em cada etapa do processo, conforme o Calendário Eleitoral, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente mandará publicar edital com os nomes dos candidatos habilitados à escolha. 7.6 Os requerimentos de recurso e requerimentos de impugnação deverão ser preenchidos manualmente e devidamente datados e assinados. Os Formulários de Recurso/Impugnação serão disponibilizados pela Comissão Eleitoral no mesmo local da inscrição ao processo. 7.7 Das decisões da Comissão Eleitoral caberá recurso à plenária do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que se reunirá, em caráter extraordinário, para decisão com o máximo de celeridade. 7.8 Todas as interposições de recurso ou impugnação devem ser constituídas de exposição de motivos ou argumentação lógica, além de prova documental anexada. 8. DO CURSO DE CAPACITAÇÃO 8.1 Os candidatos eleitos, titulares e suplentes, serão submetidos a curso de capacitação no dia 03 de novembro de 2015, a ser realizado em local a ser previamente confirmado, cuja presença será obrigatória.

8 8.2 Os eleitos que não comparecerem ao curso mencionado no subitem anterior ou não permanecerem em pelo menos 75% das aulas ministradas, o que será comprovado através de lista de presença, perderá o direito à posse (será eliminado). 8.3 A capacitação obrigatória terá o seguinte conteúdo programático, no mínimo: a) Legislação referente à criança e ao adolescente, federal, estadual e municipal; b) Regimento Interno do CMDCA; c) Regimento Interno do Conselho Tutelar; d) Conhecimento do funcionamento da Rede de Atendimento à Criança e ao Adolescente; e) Modalidades de Violência. 9. DOS IMPEDIMENTOS 9.1 São impedidos de servir no mesmo Conselho Tutelar os cônjuges, companheiros, ainda que em união homoafetiva, ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau inclusive. 9.2 Estende-se o impedimento do caput ao conselheiro tutelar em relação à autoridade judiciária e ao representante do Ministério Público com atuação na Justiça da Infância e da Juventude, em exercício na comarca local. 10. DO CALENDÁRIO ELEITORAL DATA AÇÃO 07/05/2015 Indicação da Comissão Especial Eleitoral 01/06/2015 Publicação do edital 08/06/2015 Início do Registro de candidaturas (inscrições) às 13:00 h 27/06/2015 Encerramento do registro de candidaturas (inscrições) às 17:00 h 13/07/2015 Divulgação das candidaturas protocoladas e início do prazo para requerer impugnação de candidaturas, às 17:00 h 18/07/2015 Encerramento de prazo para requerer impugnação de candidaturas, às 17:00 h

9 25/07/2015 Divulgação das candidaturas aptas (válidas), em ordem alfabética. 29/07/2015 Reunião entre a comissão Especial Eleitoral e candidatos ( local e horário a serem confirmados) para dar conhecimento formal das regras da campanha aos candidatos). 04/10/2015 Votação das 09:00 às 17:00h, seguida da apuração e divulgação do resultado. 05/10/2015 Início do prazo para interposição de recurso contra o resultado e candidaturas; 06/10/2015 Término do prazo para interposição de recurso contra o resultado e candidaturas; 23/10/2015 Divulgação do resultado oficial da votação, observados os recursos e critérios de desempate, por ordem decrescente de votos; 03/11/2015 Curso de capacitação obrigatório; 10/11/2015 Divulgação do Resultado final do processo eleitoral; 10/01/2016 Diplomação e posse dos novos membros titulares e suplentes do Conselho Tutelar de Flores de Goiás. 11. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 11.1 É vedada a propaganda por meio de anúncios luminosos, faixas, cartazes ou inscrições em qualquer local público ou particular, com exceção dos locais autorizados pela Prefeitura Municipal, para utilização por todos os candidatos, em igualdade de condições É vedada a propaganda eleitoral nos veículos de comunicação social, admitindo-se, somente a realização de debates e entrevistas É proibido ao conselheiro tutelar que pretende candidatar-se à reeleição a propaganda no exercício de suas funções, sob pena de responder a processo administrativo, com possível aplicação da penalidade de perda de mandato e exclusão de sua candidatura do processo eleitoral A função de conselheiro tutelar não gera relação de emprego com a municipalidade, entretanto é remunerada por ela.

10 11.4 O membro titular do Conselho Tutelar terá remuneração mensal de R$ 788,00 (setecentos e oitenta e oito reais), assegurados ainda outros direitos, conforme o artigo 57 da Lei Municipal nº 08/2003, alterado pela Lei Municipal nº 018/ Sendo o conselheiro tutelar funcionário público municipal efetivo fica-lhe facultado optar pelos vencimentos e vantagens de seu cargo, vedada à acumulação de vencimentos O conselheiro tutelar titular estará sujeito a regime de exclusividade e se for comprovado o exercício de outra atividade laboral remunerada o mesmo perderá automática e imediatamente a função para o qual foi eleito Serão considerados eleitos, para o mandato previsto no subitem 1.5, permitida uma reeleição, os cinco candidatos mais votados, ficando os demais (no mínimo cinco) como suplentes, obedecida a ordem decrescente de votos Em caso de empate terá preferência na classificação, sucessivamente: a) O candidato com idade mais elevada Aplica-se também, no que couber, o disposto na legislação eleitoral em vigor, quanto ao exercício do sufrágio e a apuração dos votos Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disserem respeito, sendo de responsabilidade de cada candidato acompanhar o processo Os casos omissos relativos ao processo eleitoral ou em relação às normas do presente Edital serão resolvidos pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente Para que chegue ao conhecimento de todos os interessados, expediu-se o presente Edital, que será afixado no Placar dos Conselhos, na sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Secretaria de Trabalho e Promoção Social) e no Fórum Local. Flores de Goiás-GO, 26 de Maio de Aida Estanislau Rodrigues Presidente do CMDCA

EDITAL Nº 01 DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - CMDCA

EDITAL Nº 01 DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - CMDCA EDITAL Nº 01 DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - CMDCA O (A) PRESIDENTE DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE GROAÍRAS-CE CMDCA, no uso da atribuição

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO UNIFICADO DE ESCOLHA DOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR DE PINDAMONHANGABA PARA O MANDATO 2016/2020. Edital nº.

EDITAL DO PROCESSO UNIFICADO DE ESCOLHA DOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR DE PINDAMONHANGABA PARA O MANDATO 2016/2020. Edital nº. EDITAL DO PROCESSO UNIFICADO DE ESCOLHA DOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR DE PINDAMONHANGABA PARA O MANDATO 2016/2020 Edital nº. 01/2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Pindamonhangaba,

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

O PREFEITO MUNICIPAL DO SALVADOR, CAPITAL DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, CONSELHOS COMUNITÁRIOS Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHOS COMUNITÁRIOS ORGAO COLEGIADO GABINETE DO PREFEITO Tornar os cidadãos parte ativa no exercício do governo, mediante

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE CENTRO FORMADOR DE RECURSOS HUMANOS CEFOR/SES-PB. CURSO TÉCNICO SAÚDE BUCAL ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº. 06/2012/SES/CEFOR-PB A Secretaria do Estado da Saúde, através do CEFOR-PB, torna público para conhecimento dos interessados a realização de PROCESSO

Leia mais

Estado de Minas Gerais Município de Santa Bárbara EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 026 /2015, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2015.

Estado de Minas Gerais Município de Santa Bárbara EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 026 /2015, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2015. Estado de Minas Gerais Município de Santa Bárbara EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 026 /2015, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2015. O MUNICÍPIO DE SANTA BÁRBARA, por intermédio da SECRETARIA

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABIXI PODER EXECUTIVO

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABIXI PODER EXECUTIVO LEI Nº 861/2015 DISPÕE SOBRE ALTERAÇÃO DA LEI MUNICIPAL Nº 403/2001 QUE TRATA DA POLÍTICA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CABIXI,

Leia mais

EDITAL Nº 004/2013. 1.4- As funções públicas deverão ser tão somente as vinculadas ao impedimento de titular.

EDITAL Nº 004/2013. 1.4- As funções públicas deverão ser tão somente as vinculadas ao impedimento de titular. EDITAL Nº 004/2013 O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS PÚBLICOS E O SECRETARIO MUNICIPAL DE SÁUDE, no uso de suas atribuições legais e com base nos dispositivos de leis municipais vigentes,

Leia mais

EDITAL Nº.10 /2015. 1.5. As contratações decorrentes deste processo seletivo obedecerão ao que determina a Lei Municipal nº 2011/2012.

EDITAL Nº.10 /2015. 1.5. As contratações decorrentes deste processo seletivo obedecerão ao que determina a Lei Municipal nº 2011/2012. EDITAL Nº.10 /2015 O MUNICÍPIO DE JOÃO MONLEVADE, através da Secretaria Municipal de Educação, torna público que estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Público Simplificado visando a formação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 0001, DE 08 DE JANEIRO DE 2015.

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 0001, DE 08 DE JANEIRO DE 2015. EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 0001, DE 08 DE JANEIRO DE 2015. O Sr. ELÓI REGALIN, PRESIDENTE DA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SANEAMENTO DE FRAIBURGO - SANEFRAI, no uso de suas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS ADVOCACIA GERAL DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS ADVOCACIA GERAL DO MUNICÍPIO REVOGADA PELA LEI 1553, DE 11 DE JUNHO DE 2008. LEI N.º 1125, de 2 de julho de 2002. Dispõe sobre o Conselho Tutelar e o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e dá outras providências.

Leia mais

Edital N. 08/2015 - DF

Edital N. 08/2015 - DF Edital N. 08/2015 - DF O DOUTOR MARCO ANTONIO CANAVARROS DOS SANTOS, M.M Juiz Direto e Diretor do Fórum da Comarca de Novo São Joaquim, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE:

Leia mais

Edital 001/2015-CMDCA

Edital 001/2015-CMDCA Edital 001/2015-CMDCA 1. DO PROCESSO DE ESCOLHA UNIFICADO 1.1- O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) do Município de Senador Canedo torna público que realizará Processo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03/2015

RESOLUÇÃO Nº 03/2015 RESOLUÇÃO Nº 03/2015 Regulamenta o Processo de Eleição dos Conselheiros Tutelares no município de Bom Jesus do Itabapoana/RJ para o mandato de 10/01/2016 a 09/01/2020. O Conselho Municipal dos Direitos

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO CALÇADO/ES CMDCA

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO CALÇADO/ES CMDCA EDITAL Nº 01/2015 A PRESIDENTE DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE SÃO JOSÉ DO CALÇADO/ES, no uso da atribuição que lhe é conferida pela Lei Municipal Lei nº. 953/1996, alterada

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA SOCIAL BOLSA UNIVERSITÁRIA EDITAL Nº 003/2015

PROCESSO SELETIVO DE INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA SOCIAL BOLSA UNIVERSITÁRIA EDITAL Nº 003/2015 O Município de Itapemirim, Estado do Espírito Santo, por intermédio da Comissão Executiva instituída pela Portaria nº 008, de 27 de janeiro de 2015. TORNA PÚBLICO que realizará Processo Seletivo de Inscrição

Leia mais

EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ.

EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ. EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ. O PREFEITO MUNICIPAL DE JAGUARIBE-CE, Sr. José Ábner Nogueira Diógenes Pinheiro,

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Criado pela Lei Municipal nº 1.524/2013, Publicada no DOE nº 01, Ano 01, de 01/04/2013.

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Criado pela Lei Municipal nº 1.524/2013, Publicada no DOE nº 01, Ano 01, de 01/04/2013. DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Criado pela Lei Municipal nº 1.524/2013, Publicada no DOE nº 01, Ano 01, de 01/04/2013. MUNICÍPIO DE SANTA RITA PARAÍBA Nº 318 ANO 03 Quarta-feira, 08 de abril de 2015 PÁGINA

Leia mais

Universidade Federal do Ceará

Universidade Federal do Ceará Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Centro de Ciências - Departamento de Física Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física - Polo UFC EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS EDITAL N o 002/2013, DO CONSELHO DA FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS Regulamenta a eleição

Leia mais

Edital 01/2012 1.1 2.1 a.1) a.2) a.3) a.4) a.5) a.6) a.7) 2.2 3.1 3.2

Edital 01/2012 1.1 2.1 a.1) a.2) a.3) a.4) a.5) a.6) a.7) 2.2 3.1 3.2 Edital 01/2012 O DR. FERNANDO BUENO DA GRAÇA, JUIZ DE DIREITO SUPERVISOR DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE LOANDA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o disposto na Resolução nº 03/2010

Leia mais

GOVERNO MUNICIPAL FARIAS BRITO AINDA MELHOR ASSISTÊNCIA SOCIAL

GOVERNO MUNICIPAL FARIAS BRITO AINDA MELHOR ASSISTÊNCIA SOCIAL EDITAL Nº 001/2016 A Secretaria Municipal de Assistência Social, no uso das atribuições, torna público o presente Edital, que estabelece instruções destinadas à realização deste Processo Seletivo Simplificado

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL - 18ª REGIÃO - SERGIPE EDITAL Nº 01/2016/CRESS-SE, DE 09 DE MARÇO DE 2016

CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL - 18ª REGIÃO - SERGIPE EDITAL Nº 01/2016/CRESS-SE, DE 09 DE MARÇO DE 2016 CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL - 18ª REGIÃO - SERGIPE EDITAL Nº 01/2016/CRESS-SE, DE 09 DE MARÇO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGO TEMPORÁRIO DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO PARA ATUAR

Leia mais

3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL.

3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL. 3º PROCESSO SELETIVO DE ESTÁGIO DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO DE Segunda CATEGORIA NO DISTRITO FEDERAL. EDITAL Nº 04, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. O DEFENSOR PÚBLICO-CHEFE DE SEGUNDA CATEGORIA

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS

SECRETARIA MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS EDITAL DE CADASTRAMENTO DE ENTIDADES NÃO GOVERNAMENTAIS INTERESSADAS EM PARTICIPAR DO FÓRUM MUNICIPAL DO POVO NEGRO, ONDE SERÃO ELEITOS OS MEMBROS DO MOVIMENTO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARANGUAPE SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES POR TEMPO DETERMINADO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARANGUAPE SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES POR TEMPO DETERMINADO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARANGUAPE SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTES POR TEMPO DETERMINADO O Secretário da Educação do Município de Maranguape, JOSÉ

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL/SMAR Nº 002/2013

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL/SMAR Nº 002/2013 1 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL/SMAR Nº 002/2013 A Secretaria de Municipal de Administração e Recursos Humanos do Município de Santa Teresa faz saber que fará realizar o Processo Seletivo Simplificado,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO N 001/2011

PROCESSO SELETIVO EXTERNO EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO N 001/2011 PROCESSO SELETIVO EXTERNO EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO N 001/2011 O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Administração Regional do Estado do Piauí - SENAC/AR/PI, sito na Av. Campos Sales, nº

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE VALINHOS Secretaria da Educação

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE VALINHOS Secretaria da Educação PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE VALINHOS Secretaria da Educação EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2015 A Prefeitura do Município de Valinhos, Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE OCARA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE OCARA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EDITAL N. 002/2013 do Processo de seleção para Alfabetizadores e Alfabetizadores - Coordenadores de Turma do Programa Brasil Alfabetizado ABERTURA A Secretaria Municipal da Educação torna público a realização

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014. 1.1. Serão ofertadas 04 (quatro) vagas para estudantes do sexo feminino.

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014. 1.1. Serão ofertadas 04 (quatro) vagas para estudantes do sexo feminino. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 A PMC torna pública a abertura de processo seletivo para preenchimento vagas na Casa de Apoio aos Estudantes Universitários de Castanhal CAEUC destinadas a estudantes

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ES

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ES CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ES RESOLUÇÃO CMDCA/VNI-ES Nº 02/2015 DE 28 DE MAIO DE 2015. Dispõe sobre o Edital CMDCA/VNI-ES nº 01/2015 do processo

Leia mais

EDITAL nº 01/2016, de 2 de março de 2016 VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NO PERÍODO LETIVO 2015.3 (MAIO/2016)

EDITAL nº 01/2016, de 2 de março de 2016 VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NO PERÍODO LETIVO 2015.3 (MAIO/2016) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL nº 01/2016, de 2 de março de 2016 VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NO PERÍODO

Leia mais

A g r u p a m e n t o d e E s c o l a s d e G u i a - P o m b a l

A g r u p a m e n t o d e E s c o l a s d e G u i a - P o m b a l 2014/2018 ÍNDICE ÍNDICE...2 PREÂMBULO...3 Capítulo I...3 Disposições Gerais...3 Artigo 1.º - Âmbito de aplicação...3 Artigo 2.º - Objeto...3 Artigo 3.º - Composição...3 Artigo 4.º - Designação dos representantes...3

Leia mais

EDITAL Nº 001, 10 de abril de 2013.

EDITAL Nº 001, 10 de abril de 2013. EDITAL Nº 001, 10 de abril de 2013. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES DOCENTES I E PROFESSORES DOCENTES II QUE IRÃO DESENVOLVER ATIVIDADES JUNTO A REDE DE ENSINO DESTA DO MUNICÍPIO

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE BIOLOGIA CFBio

CONSELHO FEDERAL DE BIOLOGIA CFBio INSTRUÇÃO ELEITORAL QUE REGULAMENTA O PROCESSO PARA ELEIÇÃO E POSSE DOS CONSELHEIROS DO CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA DA 8ª REGIÃO - CRBio-08 (BA, AL, SE), PARA O MANDATO DE 06 DE JANEIRO DE 2015 A 06

Leia mais

PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E ADMISSÃO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO E D I T A L Nº 018/VR - SM0/10

PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E ADMISSÃO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO E D I T A L Nº 018/VR - SM0/10 PROCESSO DE RECRUTAMENTO, SELEÇÃO E ADMISSÃO DE PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO E D I T A L Nº 018/VR - SM0/10 O Vice-Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina Campus de São Miguel do Oeste SC,

Leia mais

E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L MUNICÍPIO DE GAURAMA PODER EXECUTIVO

E S T A D O D O R I O G R A N D E D O S U L MUNICÍPIO DE GAURAMA PODER EXECUTIVO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 004/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PSICÓLOGO(A) GILMAR JOSÉ SACCOMORI, Prefeito Municipal de Gaurama, Estado do Rio Grande do Sul, no

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ONÇA DE PITANGUI ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE ONÇA DE PITANGUI ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL RETIFICADO Nº 001 EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DE ASSISTENTE SOCIAL. A Prefeitura Municipal de Onça de Pitangui - MG, através do prefeito municipal, no uso de suas atribuições legais, torna público

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 265, DE 26 DE JUNHO DE 2014

LEI COMPLEMENTAR Nº 265, DE 26 DE JUNHO DE 2014 LEI COMPLEMENTAR Nº 265, DE 26 DE JUNHO DE 2014 Dispõe sobre a Reorganização do plano de carreiras do SANTAFÉPREV Instituto Municipal de Previdência Social e dá outras providências correlatas. Armando

Leia mais

EDITAL CMS/SMS Nº 001, DE 06 DE OUTUBRO DE 2015.

EDITAL CMS/SMS Nº 001, DE 06 DE OUTUBRO DE 2015. EDITAL CMS/SMS Nº 001, DE 06 DE OUTUBRO DE 2015. CONVOCA AS ENTIDADES PARA PARTICIPAR DO PROCESSO ELEITORAL PARA A COMPOSIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE TERESINA BIÊNIO 2016-2017. O Conselho Municipal

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº003 /2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº003 /2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº003 /2015 Edital Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado. O Prefeito Municipal de Campestre da Serra, no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL Nº 009/2010 IASES

EDITAL Nº 009/2010 IASES EDITAL Nº 009/2010 IASES O Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo IASES, vinculado à Secretaria de Estado da Justiça SEJUS faz saber que fará realizar Processo Seletivo para Contrato

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2015 SEMSA/MANAUS

EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2015 SEMSA/MANAUS EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2015 SEMSA/MANAUS A Prefeitura de Manaus, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), torna pública a abertura de inscrição, no período de 06 a 10 de

Leia mais

Edital N.º 032/2014 CPV Boa Vista, 27 de fevereiro de 2014.

Edital N.º 032/2014 CPV Boa Vista, 27 de fevereiro de 2014. Edital N.º 032/2014 CPV Boa Vista, 27 de fevereiro de 2014. A Universidade Federal de Roraima-UFRR, por meio da Comissão Permanente de Vestibular CPV, torna público o Processo Seletivo Simplificado, para

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Simplificado n 037 /2014.

Edital de Processo Seletivo Simplificado n 037 /2014. TÉCNICO EM GESTÃO DE PESSOAS - PSICÓLOGO TGP - P Edital de Processo Seletivo Simplificado n 037 /2014. Estabelece norma para seleção e contratação, em regime de designação temporária, de Técnicos em Gestão

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL 2011 AO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL 2011 AO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO PROCESSO ELEITORAL 2011 AO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I DO OBJETIVO Art. 1º Este regulamento tem por objetivo normatizar o

Leia mais

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE

EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE EDITAL DO 2º PROCESSO SELETIVO 2016 PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DA FACULDADE DE MINAS CAMPUS BELO HORIZONTE 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES A Faculdade de Minas - Campus Belo Horizonte - MG, credenciada através

Leia mais

3.1.1. As pessoas físicas poderão inscrever-se individualmente, se responsabilizando contábil e tributariamente pela proposta apresentada;

3.1.1. As pessoas físicas poderão inscrever-se individualmente, se responsabilizando contábil e tributariamente pela proposta apresentada; EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS CONCORRENTES AO PROJETO ACAMPAMENTO, A SER PRODUZIDO NO ESTADO DO CEARÁ PELO INSTITUTO DE ARTE E CULTURA DO CEARÁ, PARA O 2º SEMESTRE DE 2010. O INSTITUTO DE

Leia mais

EDITAL Nº 001 /2013 2. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO

EDITAL Nº 001 /2013 2. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO EDITAL Nº 001 /2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA ADMISSÃO DE PESSOAL EM CARÁTER TEMPORÁRIO (ACT) PARA A FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL/ ANO 2013. O Prefeito Municipal de

Leia mais

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM PERICIA, AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL EDITAL nº 1/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal

Leia mais

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA UVA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM DIREITO

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA UVA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM DIREITO UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA UVA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM DIREITO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DA UNIVERSIDADE

Leia mais

CONSIDERANDO a resolução nº 14, de 9 de junho de 2014, que trata do Programa Mais Educação;

CONSIDERANDO a resolução nº 14, de 9 de junho de 2014, que trata do Programa Mais Educação; No pcsa EDITAL Nº 020/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS E FORMAÇÃO DO CADASTRO DE RESERVA DOS MONITORES DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO, JUNTO ÀS UNIDADES ESCOLARES DA REDE PÚBLICA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 78, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2008. RESOLVE: REGIMENTO INTERNO DO COLÉGIO DE PROCURADORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO DA COMPOSIÇÃO

RESOLUÇÃO Nº 78, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2008. RESOLVE: REGIMENTO INTERNO DO COLÉGIO DE PROCURADORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO DA COMPOSIÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR (Publicada no DJ, de 28/11/2008, págs. 11/12) (Alterada pela Resolução nº 80, de 24/03/2009) (Alterada pela Resolução nº

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DOS CONSELHOS TUTELARES DE FEIRA DE SANTANA BA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGIMENTO INTERNO DOS CONSELHOS TUTELARES DE FEIRA DE SANTANA BA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGIMENTO INTERNO DOS CONSELHOS TUTELARES DE FEIRA DE SANTANA BA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Conselho Tutelar de Feira de Santana, Órgão Permanente e Autônomo, não jurisdicional,

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (FUB) DECANATO DE GESTÃO DE PESSOAS (DGP) PROCESSO SELETIVO PARA SELECIONAR SERVIDOR PARA EXERCER CARGO DE DIREÇÃO (CD-03) NA FUNÇÃO DE DIRETOR DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAS

Leia mais

Lei de Criação do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente. Lei n. 574/00

Lei de Criação do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente. Lei n. 574/00 Lei de Criação do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente Lei n. 574/00 CAPÍTULO II DO CONSELHO TUTELAR DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DAS DISPOSIÇÕES GERAIS ART. 15 Fica criado o Conselho

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA Rua Cel. Antônio Magalhães Rodrigues, 359, Dom Expedito Lopes Sobral/CE Fone: (88) 3614-3232 www.inta.edu.

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA Rua Cel. Antônio Magalhães Rodrigues, 359, Dom Expedito Lopes Sobral/CE Fone: (88) 3614-3232 www.inta.edu. A COMISSÃO COORDENADORA DE PROCESSO SELETIVO E INGRESSO DO INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA), no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Regimento da Instituição publica as normas

Leia mais

Centro Universitário do Maranhão UNICEUMA CEPE

Centro Universitário do Maranhão UNICEUMA CEPE RESOLUÇÃO Nº 056/2010 Dispõe sobre a admissão à monitoria e seu exercício, e dá outras providências. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário do Maranhão, no uso

Leia mais

Edital n.º 006/2011/PNAP/UAB/PROPESQ/REITORIA

Edital n.º 006/2011/PNAP/UAB/PROPESQ/REITORIA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA REITORIA PRÓ-REITORIA DE POS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROPESQ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - DIRED UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UAB PROGRAMA NACIONAL DE FORMAÇÃO

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO JUNHO/ 2016

EDITAL PROCESSO SELETIVO JUNHO/ 2016 1 EDITAL PROCESSO SELETIVO JUNHO/ 2016 O Reitor do Centro Universitário de Araraquara, tendo em vista a legislação vigente, faz saber aos interessados que estarão abertas as inscrições para o Processo

Leia mais

DATA ESPECIFICAÇÕES HORÁRIO

DATA ESPECIFICAÇÕES HORÁRIO 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 003/2014 POR PROVA DE TÍTULOS A Secretária Municipal de Educação de Biguaçu, no uso de suas

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Luz Interior, Lote 16, Quadra G, Bairro Estrela Sul - 36030-776 - Juiz de Fora - MG

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Luz Interior, Lote 16, Quadra G, Bairro Estrela Sul - 36030-776 - Juiz de Fora - MG EDITAL Nº 03/2016, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016. PROCESSO SELETIVO PARA REMOÇÃO DE SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO E DOCENTES ENTRE AS UNIDADES DO IFSUDESTEMG O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

3. No ato da inscrição o candidato deverá apresentar cópia dos documentos abaixo especificados, acompanhados dos originais, para conferência:

3. No ato da inscrição o candidato deverá apresentar cópia dos documentos abaixo especificados, acompanhados dos originais, para conferência: EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PUBLICO Nº 42/2011 Processo Seletivo para preenchimento de vagas, em caráter temporário, no Quadro de Pessoal na Administração Pública Municipal. A Prefeita Municipal De Seara,

Leia mais

ATO INSTRUCIONAL/SME Nº 001/2013

ATO INSTRUCIONAL/SME Nº 001/2013 ATO INSTRUCIONAL/SME Nº 001/2013 Ato Instrucional dispõe sobre Processo Seletivo Simplificado de atribuição de classes e/ou aulas de Professores, bem como de Auxiliares de Desenvolvimento Infantil, Assistentes

Leia mais

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 002/2016. Processo Seletivo

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde. Edital 002/2016. Processo Seletivo SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 002/2016 Processo Seletivo A Direção da SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDRAS ALTAS Secretaria Municipal Geral de Governo e Administração

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDRAS ALTAS Secretaria Municipal Geral de Governo e Administração Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE PEDRAS ALTAS Secretaria Municipal Geral de Governo e Administração EDITAL Nº 020/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 05/2013 Edital de Processo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG) COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR (COPEVE) FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO (FUNAI)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG) COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR (COPEVE) FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO (FUNAI) UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (UFMG) COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR (COPEVE) FUNDAÇÃO NACIONAL DO ÍNDIO (FUNAI) EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2010 UFMG/FUNAI A Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ. EDITAL N o 551/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ. EDITAL N o 551/2014 1 EDITAL N o 551/2014 EDEGAR MUNARI RAPACH, PREFEITO MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura de inscrição ao Processo Seletivo Público

Leia mais

1. DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO, ATRIBUIÇÃO E MANDATO

1. DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO, ATRIBUIÇÃO E MANDATO EDITAL N.º 02/2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente COMDICA, na forma da Resolução Nº 20/2015, por sua Comissão de Eleição, torna público que se encontra aberto o processo

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 09/2016 A Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins FAPTO, personalidade jurídica de direito privado, CNPJ: 06.343.763/0001-11, situada à Orla 14, Praia da

Leia mais

Edital nº 03, de 10 de setembro de 2015.

Edital nº 03, de 10 de setembro de 2015. Edital nº 03, de 10 de setembro de 2015. A Escola de Governo e Gestão do Município de Jundiaí - EGGMJ, no uso das atribuições que lhe confere a Lei nº 7.641, de 1º de março de 2011, torna pública a abertura

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2015 EDITAL Nº 001

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2015 EDITAL Nº 001 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2015 EDITAL Nº 001 Abre inscrições para o processo seletivo simplificado destinado à contratação temporária de excepcional interesse público de Professor de Educação

Leia mais

Manual do Candidato. Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas. IFES - Guarapari. Processo Seletivo 40 2012

Manual do Candidato. Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas. IFES - Guarapari. Processo Seletivo 40 2012 Manual do Candidato Processo Seletivo 40 2012 Curso de Especialização Técnica em Gestão de Pessoas IFES - Guarapari O CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO ATIVIDADE DATA HORÁRIO LOCAL Publicação do Edital 25/07/2012

Leia mais

EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) MBA EM AGRONEGÓCIO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N.º 02/2016 EDITAL Nº 001- ABERTURA DO PROCESSO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N.º 02/2016 EDITAL Nº 001- ABERTURA DO PROCESSO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N.º 02/2016 EDITAL Nº 001- ABERTURA DO PROCESSO Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado para atividades necessárias e imprescindíveis.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014

PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 14/2014 A Agência de Desenvolvimento e Inovação Inova Sorocaba, Organização Social, sediada na Av. Itavuvu, 11.777 Parque Tecnológico, CEP 18.078-005, Sorocaba SP, torna público

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2012 SEMSA/MANAUS

EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2012 SEMSA/MANAUS EDITAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2012 SEMSA/MANAUS A Prefeitura de Manaus, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), torna pública a abertura de inscrição, no período de 28 de maio

Leia mais

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE

JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE JUSTI ÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA SEXTA REGIÃO RECIFE EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO DE ESTÁGIO REMUNERADO PARA ESTUDANTES DE NÍVEL SUPERIOR DO CURSO DE DIREITO DESTINADOS

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Público n. º 01/2015. Comissão Eleitoral do Processo Seletivo

Edital de Processo Seletivo Público n. º 01/2015. Comissão Eleitoral do Processo Seletivo Edital de Processo Seletivo Público n. º 01/2015 Comissão Eleitoral do Processo Seletivo A Comissão Eleitoral do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente C.M.D.C.A. de Rio Verde - GO,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL - UAB EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM EDITAL Nº 059/2012-UAB-UEM A Coordenadora da UAB da Universidade Estadual de Maringá, no uso das atribuições, TORNA PÚBLICO: A abertura de inscrições do processo seletivo para contratação de TUTOR (PRESENCIAL)

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL NA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE REUNIÃO PARA ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL NA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - SECOM 3ª Av.nº 390, Plataforma IV, 1ºandar, CAB.CEP: 41.745-005 Salvador - Bahia Brasil Tel e Fax: (71) 311566644/6025- site: www.secom.ba.gov.br

Leia mais

Gabinete do Procurador-Geral de Justiça ATO PGJ Nº 571/2016

Gabinete do Procurador-Geral de Justiça ATO PGJ Nº 571/2016 Gabinete do Procurador-Geral de Justiça ATO PGJ Nº 571/2016 Institui e regulamenta o Programa de Serviço Voluntário no âmbito do Ministério Público do Estado do Piauí. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

EDITAL 002/2015 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO DESTINADO AO DESENVOLVIMENTO DE ESTÁGIOS JUNTO AO MUNICÍPIO DE PALMAS ESTADO DO PARANÁ

EDITAL 002/2015 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO DESTINADO AO DESENVOLVIMENTO DE ESTÁGIOS JUNTO AO MUNICÍPIO DE PALMAS ESTADO DO PARANÁ EDITAL 002/2015 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO DESTINADO AO DESENVOLVIMENTO DE ESTÁGIOS JUNTO AO MUNICÍPIO DE PALMAS ESTADO DO PARANÁ O CENTRO DE INTEGRAÇÃO NACIONAL DE ESTÁGIOS PARA ESTUDANTES CEINEE torna

Leia mais

Processo Seletivo FAEC 2016

Processo Seletivo FAEC 2016 Processo Seletivo FAEC 2016 EDITAL Nº 03/2015 18 de agosto de 2015 A Direção Geral da FAEC, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, de acordo com a legislação vigente e Regimento, torna público

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO CIENTÍCO E TECNOLÓGICO DO TOCANTINS NÚCLEO DE GESTÃO DE PESSOAS

FUNDAÇÃO DE APOIO CIENTÍCO E TECNOLÓGICO DO TOCANTINS NÚCLEO DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/2016 A Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins FAPTO, personalidade jurídica de direito privado, CNPJ: 06.343.763/0001-11, situada à Orla 14, Praia da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 33/2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 33/2009 RESOLUÇÃO Nº 33/2009 Estabelece normas gerais para o Processo Seletivo da Universidade Federal do Espírito Santo para ingresso nos cursos de graduação. O DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 005/2014

EDITAL Nº 001/2014 DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 005/2014 EDITAL Nº 001/2014 DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 005/2014 Edital de Processo Seletivo Simplificado para contratação por prazo determinado O Prefeito Municipal de Arvorezinha, no uso de suas atribuições,

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013 CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N. 01/2013 O CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO AMAZONAS CAU/AM, criado pela lei nº 12.378, de 31 de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE CAPÍTULO 1 DAS FINALIDADES DE REGIMENTO INTERNO DA CEUA Art. 1 A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Fundação Universidade Federal de

Leia mais

1. DO OBJETO: 2. DO OBJETIVO:

1. DO OBJETO: 2. DO OBJETIVO: 1 EDITAL PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS EM SAÚDE E GESTÃO DE RECURSOS FÍSICOS E TECNOLÓGICOS EM SAÚDE DA EAD/ENSP/FIOCRUZ EM PARCERIA COM

Leia mais

REGULAMENTO ELEITORAL

REGULAMENTO ELEITORAL REGULAMENTO ELEITORAL Setembro de 2012 I - DA ELEIÇÃO ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE DA FIOCRUZ - 2012 REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1º - A eleição do presidente da Fiocruz será autorizada e acompanhada pelo

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013

FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013 Dispõe as normas do Processo de Seleção FAIPE 2013/2 para ingresso de alunos ao Curso Superior de Tecnologia em Marketing

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOCA CLAUDINO 01.613.283/0001-00 Rua José Ezequiel Duarte, 500 Centro CEP: 58913-000

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOCA CLAUDINO 01.613.283/0001-00 Rua José Ezequiel Duarte, 500 Centro CEP: 58913-000 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA ESPORTE E LAZER DA CIDADE - PELC EDITAL Nº 001/2013 A através da SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO faz saber que realizará Processo Seletivo SIMPLIFICADO para contratação

Leia mais

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu EDITAL Nº 01/2016 FOZPREV/COMISSÃO ELEITORAL EDITAL DE ABERTURA REGIMENTO ELEITORAL O Diretor Superintendente do FOZPREV, nomeado pela Portaria nº 51.484, de 8 de janeiro de 2013, e a Presidente da Comissão

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 360/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 7 DE JULHO DE 2014

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 360/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 7 DE JULHO DE 2014 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 360/DILEP.CDEP.SEGPES.GDGSET.GP, DE 7 DE JULHO DE 2014 Institui o Programa de Incentivo à Participação de Servidores do Tribunal Superior do Trabalho em

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA E SAÚDE PÚBLICA

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA E SAÚDE PÚBLICA ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA E SAÚDE PÚBLICA Estarão abertas, no período de 01 a 30 de novembro de 2011, inscrições

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA.

PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA. PREFEITURA MUNICIPAL DE TURVO/SC SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE PESSOAL EM CARÁTER TEMPORÁRIO PARA AS SECRETARIAS MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA.

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORARIA DE PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORARIA DE PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORARIA DE PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE EDITAL Nº 001/2014 A SECRETÁRIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DE SÃO

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONCÓRDIA Secretaria Municipal de Administração

MUNICÍPIO DE CONCÓRDIA Secretaria Municipal de Administração EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 2/2014 O MUNICÍPIO DE CONCÓRDIA, pela SEMAD, considerando o disposto nas Leis Complementares nºs. 151, de 15 de dezembro de 1998 e 464, de 22 de setembro de 2006

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO VESTIBULAR UNIFESP/2002

EDITAL DO CONCURSO VESTIBULAR UNIFESP/2002 EDITAL DO CONCURSO VESTIBULAR UNIFESP/2002 REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO/ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o aprovado pelo Conselho de Graduação

Leia mais