Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES"

Transcrição

1 Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

2 Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 CADASTRAMENTO DE VIAGEM 1.1 Como reativar uma PCDP já cancelada? Como corrigir uma PCDP, erroneamente não aprovada? 1.3 Qual o procedimento para a mensagem: "NÃO FOI POSSÍVEL LOCALIZAR O SERVIDOR. EXISTE OCORRÊNCIA DE AFASTAMENTO NÃO PARALELA COM A VIAGEM" e/ou mensagem: "ATENÇÃO EXISTE OCORRÊNCIA DE AFASTAMENTO NÃO PARALELA COM A VIAGEM", recebida pelo sistema no momento de cadastrar ou prorrogar uma viagem? Qual o procedimento para a Mensagem: "CÓDIGO INCORRETO SIAPE E SIORG", quando tento cadastrar uma viagem com o tipo de proposto "convidado"? 1.5 Qual o procedimento para a mensagem: AV (0001) FAVOR PREENCHER EMITENTE DOC. ORIGEM, quando tento cadastrar uma viagem de estrangeiro vindo ao Brasil? 1.6 Por que é obrigatório o preenchimento do campo "MEIO DE TRANSPORTE", no momento do cadastramento de uma PCDP, somente de DIÁRIAS? 2 - PRORROGAÇÃO E/OU COMPLEMENTAÇÃO DE VIAGEM 2.1 Quais os procedimentos para fazer prorrogação e/ou complementação de uma PCDP? 2.2- Quando se pode fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP?

3 2.3 Quais os procedimentos do SOLICITANTE para fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? Quais os procedimentos do REPRESENTANTE ADMINISTRATIVO para fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? Quais os procedimentos do PROPONENTE para fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? Quais os procedimentos na PRESTAÇÃO DE CONTAS para fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? 2.7 Quais os procedimentos de Remarcação ou Solicitação de novo bilhete quando a PCDP não estiver no módulo Prorrogação e/ou Complementa? 3 - EXECUÇÃO FINANCEIRA Como cancelar uma execução financeira? 3.2 Quais os procedimentos para cancelar execução financeira de uma viagem "não realizada"? 3.3 Como visualizar uma PCDP que não está aparecendo na execução financeira? Qual o procedimento para a mensagem recebida pelo sistema: "DOMICILIO BANCÁRIO DO CREDOR INEXISTENTE", quando efetuo execução financeira de uma PCDP?

4 4 - PRESTAÇÃO DE CONTAS 4.1 Como corrigir uma PCDP já apropriada e encerrada? 4.2 Como proceder quando o proposto já viajou sem PCDP e ainda não prestou contas da viagem? 4.3 Qual orientação para realizar prestação de contas de uma viagem, da qual perdeu-se o bilhete de viagem? 4.4 Qual o procedimento para a prestação de contas da PCDP de um "proposto" que retornou de viagem antes da data prevista? 4.5 Quais as orientações para executar reembolso e restituição no módulo prestação de conta? Quais os procedimentos para a mensagem recebida pelo sistema: "DATA DA VIAGEM ESTÁ DIFERENTE DA DATA DA RESERVA", quando tenta realizar a prestação de contas? 5 - CONSULTA Como consultar a situação de uma PCDP? 5.2 Como consultar o Órgão do solicitante da PCDP? 5.3 Qual o procedimento quando após a aprovação da prestação de contas pelo proponente, o nome do proposto não consta no menu "CONSULTA" > "SITUAÇÃO DA SOLICITAÇÃO"?

5 6 - TABELAS 6.1 Quais são os procedimentos para cadastrar Teto Orçamentário? 6.2 Quem está autorizado a alterar Teto Orçamentário no SCDP? Qual o procedimento para a Mensagem: "TETO INSUFICIENTE", recebida pelo sistema quando tento cadastrar uma viagem? Qual o procedimento para a mensagem recebida pelo sistema: "NÃO HÁ UG RESPONSÁVEL POR TETO ORÇAMENTÁRIO ASSOCIADO AO ÓRGÃO DE EXERCÍCIO DESTE USUÁRIO", quando tento cadastrar um Teto Orçamentário? 6.5 Quais os procedimentos para cadastrar Empenho no SCDP? 6.6 Como proceder quando ao cadastrar uma viagem, os campos Projeto / Atividade e Empenho na opção "recursos de viagem para diárias e passagens" aparecem em branco? 6.7 Quais os procedimentos de cadastramento e habilitação de Agências de Viagem? 6.8 Quais os procedimentos de devolução de uma PCDP que se encontra na Agência de Viagem, para realizar alteração na reserva? 6.9 Quais os procedimentos para mensagem exibida pelo Sistema: O órgão do proposto não pertence ao Siorg ou o Código do Siape do órgão do proposto não foi informado ou é igual a zero? Quais os procedimentos para mensagem: O código do órgão Siorg e/ou Código do Uorg no Siorg deste proposto não foi informado no cadastro de órgão quando do início da criação de uma viagem?

6 7 - LEGISLAÇÃO 7.1 Quais as exigências legais para cadastramento de uma solicitação de viagem internacional? 1 - CADASTRAMENTO DE VIAGEM 1.1 Como reativar uma PCDP já cancelada? Não é possível reativar PCDP já cancelada. O solicitante terá que criar uma nova PCDP Como corrigir uma PCDP, erroneamente não aprovada? As PCDPs, erroneamente não aprovadas, NÃO SERÃO EXCLUÍDAS DO SISTEMA. Elas ficam no histórico com status de "NÃO APROVADA". No entanto, o solicitante deverá criar uma nova PCDP, pois a anterior não pode ser reativada. 1.3 Qual o procedimento para a mensagem: "NÃO FOI POSSÍVEL LOCALIZAR O SERVIDOR. EXISTE OCORRÊNCIA DE AFASTAMENTO NÃO PARALELA COM A VIAGEM" e/ou mensagem: "ATENÇÃO EXISTE OCORRÊNCIA DE AFASTAMENTO NÃO PARALELA COM A VIAGEM", recebida pelo sistema no momento de cadastrar ou prorrogar uma viagem? Verificar com a área de RECURSOS HUMANOS da sua Unidade se o servidor que irá viajar está com algum registro de afastamento no sistema SIAPE, exemplos: férias, licenças e etc. Caso o proposto se enquadre na situação acima é necessário interromper o seu afastamento no sistema SIAPE para que seja registrada a solicitação de viagem no SCDP.

7 Deve-se verificar junto ao RH do órgão se há algum documento legal que comprove a suspensão das férias ou outro tipo de licença do servidor, para que este seja anexado no SCDP, devidamente justificado Qual o procedimento para a mensagem: O órgão do proposto não pertence ao SIORG ou o Código do Siape do órgão do proposto não foi informado ou é igual a zero, ao cadastrar um tipo de proposto convidado? Entrar em contato com da Comunidade SCDP ( ), que acionará a equipe de gestores centrais SLTI/MP para providenciar o cadastramento do órgão Qual o procedimento para a Mensagem: "AV (0001) FAVOR PREENCHER EMITENTE DOC. ORIGEM", quando tenta cadastrar uma viagem de estrangeiro vindo ao BRASIL? Esta mensagem é enviada quando não é informado o CPF do proposto. Neste caso, deve-se criar uma Inscrição Genérica no SIAFI para executar o pagamento de diárias. A execução financeira será realizada diretamente no SIAFI, onde o coordenador financeiro irá providenciar uma Ordem Bancária de Pagamento (OBP) para que o proposto faça o saque da diária no banco autorizado pelo órgão. Em seguida, os dados da AV e OB serão informados manualmente, nos campos apropriados, do SCDP, para depois clicar em aprovar. 1.6 Por que é obrigatório o preenchimento do campo "MEIO DE TRANSPORTE", no momento do cadastramento de uma PCDP, somente de DIÁRIAS? Esta informação é necessária para retratar a viagem como de fato ela aconteceu, bem como para constar no histórico da solicitação para todos os efeitos legais, inclusive Auditoria. A Agência de Viagem não irá receber a solicitação de Emissão de bilhete para aquele trecho.

8 2 - PRORROGAÇÃO E/OU COMPLEMENTAÇÃO DE VIAGEM 2.1 Quais os procedimentos para fazer prorrogação e/ou complementação de uma PCDP? A Prorrogação e/ou Complementação só é permitida nas seguintes situações: Após a emissão do bilhete nas solicitações com passagem; Após a ordenação de despesa nas solicitações apenas com diárias; Após a aprovação do proponente nas solicitações sem diárias e sem passagem; Até cinco dias após o término da viagem; Antes de responder a pergunta "A viagem foi realizada?" Sim ou Não, no módulo Prestação de Contas; OBSERVAÇÃO 1: O usuário deve posicionar-se no mesmo órgão de exercício em que a viagem foi solicitada. OBSERVAÇÃO 2: No status Aguardando Pagamento de Diária, o coordenador financeiro corrige a PCDP: a) para o solicitante, módulo cadastra/alterada, apenas para desmarcar diária, desmarcar o adicional de embarque e desembarque e alterar o percentual de diária; b) para o representante administrativo, módulo Reserva de Passagem, apenas para alteração do horário e remarcação do bilhete; c) todos os demais procedimentos são feitos pelo módulo Viagem > prorroga/complementa viagem. Se a PCDP contemplar uma das situações acima, então deverá seguir o procedimento abaixo: Acessar o módulo Solicitação > Viagem > > prorroga/complementa viagem fazer as alterações necessárias no roteiro, inserir as justificativas na aba complemento

9 e encaminhar PCDP. Após encaminhada, a PCDP receberá apenas o acréscimo da letra "C" (1C, 2C etc) à numeração. 2.2 Quando se pode fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete? Deve-se fazer a partir do bilhete emitido, de modo que a PCDP ficará disponível no módulo Prorroga/Complementa Viagem até 5 (cinco) dias após o término do período da viagem, para isso o solicitante não deverá ter iniciado a Prestação de Conta. 2.3 Quais os procedimentos do SOLICITANTE para fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? No Módulo Prorroga/Complementa Alterar Datas e Roteiros (Encaminha para a Reserva); Para alterar somente o horário (Encaminha diretamente para o Representante Administrativo) Módulo Solicitação > Cadastra/Altera Viagem Alterar o Percentual de Diária (Encaminhar para aprovação) Quais os procedimentos do REPRESENTANTE ADMINISTRATIVO para fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? Na Remarcação Selecionar o trecho e clicar em Remarcar. Efetuar as devidas alterações (data/hora, valor, nº vôo e código reserva), isto permanecendo a mesma companhia aérea.

10 Se o valor informado for menor que o atual (A PCDP vai direto para a Agência); Se o valor for maior que o atual (A PCDP vai para as aprovações do Proponente, Ordenador e depois para a Agência). Na Solicitação de novo bilhete Seleciona o trecho de bilhete emitido e cliqua no botão Solicitar Bilhete. O Representante informa todos os dados e clica no botão Incluir Reserva. Em seguida, selecione a Agência e clica no botão Encaminhar Quais os procedimentos do Proponente para aprovar Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? Após Remarcação ou Solicitação de novo bilhete, fica disponível o botão Recusar Remarcação/Novo Bilhete, ao acioná-lo, e mediante uma justificativa a PCDP vai retornar para o Representante Administrativo Quais os procedimentos na PRESTAÇÃO DE CONTAS para fazer Remarcação ou Solicitação de novo bilhete no SCDP? Deve-se apenas registrar a informação de Remarcação e Solicitação do novo bilhete, o qual não passa pela Agência de Viagem. 2.7 Quais os procedimentos de Remarcação ou Solicitação de novo bilhete quando a PCDP não estiver no módulo Prorroga/Complementa? Por analogia, a PCDP estará no módulo prestação de contas e o Solicitante deverá acessar o botão Trechos para atuar na mudança das datas do roteiro.

11 Em seguida, acessar o botão reserva passagem, selecionar o trecho e clicar nos botões remarcar ou solicitar bilhete para alterar os dados desejados. Obs: A partir deste ponto, a solicitação não tramitará pela agência de viagem e nos relatórios a passagem terá o status de remarcada. 3 - EXECUÇÃO FINANCEIRA Como cancelar uma execução financeira? O cancelamento da execução financeira deve ser feito antes do pagamento efetivo das diárias ao proposto, por meio de depósito bancário ou saque Ordem Bancária de Pagamento - OBP. Para isto, acompanhar os seguintes passos: 1.Cancelar AV e OB diretamente no SIAFI, 2.Em seguida, registrar o cancelamento da PCDP no SCDP, através do módulo Execução Financeira > Cancela Execução Financeira. 3. Fazer a seleção da execução que deseja cancelar, inserir o motivo do cancelamento e clicar no botão cancelar. 4.Esta operação será permitida com o órgão de exercício onde a viagem foi programada. 3.2 Qual o procedimento para cancelar execução financeira de uma viagem "não realizada"? Não deve ser feito o cancelamento de uma execução financeira para uma viagem não realizada. Neste caso, deve-se responder na prestação de contas que a viagem não foi realizada para que o sistema encaminhe a solicitação para o módulo >Devolução de valores, onde o solicitante anexará o comprovante de devolução das diárias (GRU).

12 3.3 Como visualizar uma PCDP que não está aparecendo na execução financeira? O coordenador financeiro deve estar posicionado com o mesmo órgão de exercício em que a viagem foi programada. Para alterar o órgão de exercício, acessar na funcionalidade Ajuda, módulo Alterar órgão de exercício" Qual o procedimento para a mensagem recebida pelo sistema: "DOMICÍLIO BANCÁRIO DO CREDOR INEXISTENTE", quando efetuo execução financeira de uma PCDP? Verificar no SCDP > Módulo TABELAS > PROPOSTO-SERVIDOR ou proposto não-servidor se os dados de "Domicílio Bancário para depósito de diárias estão preenchidos corretamente. Lembrando que não podem conter traços ou pontos. Após o procedimento acima, verificar se os dados estão corretos no sistema SIAFI, onde deverá conter os mesmos dados que estão registrados no SCDP. Em seguida, solicitar ao GESTOR SETORIAL DO ÓRGÃO a orientar ao proposto que atualize seus dados cadastrais também no sistema SIAPE, campo Domicilio Bancário que é a origem do cadastro do usuário. A mesma atualização deve ser feita no SIAFI. 4 - PRESTAÇÃO DE CONTAS 4.1 Como corrigir uma PCDP já encerrada? Deve-se acessar o módulo Prestação de contas, funcionalidade Ajustar PCDP inserir a justificativa para o pedido de ajuste e clicar no botão ENCERRAR, quando for necessário apenas anexar um documento, e clicar no botão

13 CONFIRMAR para reposicionar a solicitação na fase inicial da prestação de contas (A viagem foi realizada? Sim/Não). OBSERVAÇÃO: Apenas o gestor setorial é competente para atender o pedido de ajuste de uma solicitação. 4.2 Como proceder quando o proposto já viajou sem PCDP e ainda não prestou contas da viagem? O pedido de diárias e passagens deverá ser registrado no Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP, conforme estabelece o Decreto 6.258, de 19 de Novembro de 2007, o qual não prevê a utilização de outros meios para solicitar uma viagem. Eventualmente, na impossibilidade da utilização deste sistema por problemas operacionais aguardar até que mesmo seja reativado. 4.3 Qual orientação para realizar prestação de contas de uma viagem, da qual perdeu-se o bilhete de viagem? Deve-se solicitar à companhia aérea a 2ª VIA do Cartão de Embarque, documento que de fato compõe o processo de prestação de contas. 4.4 Qual o procedimento para a prestação de contas da PCDP de um "proposto" que retornou de viagem antes da data prevista? Deve-se acessar a funcionalidade Prestação de Contas e clicar no combo SIM. Na segunda etapa da prestação de contas clicar no botão TRECHOS e ajustar a data da viagem conforme aconteceu. Caso a viagem contenha dois trechos, ida e volta, automaticamente o sistema ALTERA a DATA INICIO da Permanência do último trecho. Em seguida, clicar no botão SALVAR e ENCAMINHAR.

14 Outro opção, caso a viagem esteja dentro do período dos 5 dias após o término da viagem, é executar a alteração por meio da funcionalidade Viagem módulo Prorroga/Complementa viagem e no campo roteiro antecipar a data de retorno da viagem. 4.5 Quais as orientações para executar reembolso e restituição no módulo prestação de contas? A restituição e reembolso de despesas extras são feitos na prestação de contas conforme abaixo: RESTITUIÇÃO: Para pagamento de despesas relacionadas a passagem, remarcação de bilhetes, etc. Esclarecendo que devido a natureza da despesa, por enquanto, o pagamento não é feito pelo SCDP, devendo ser criado um processo paralelo com esta finalidade. REEMBOLSO DE DESPESAS EXTRAS: Para o pagamento de despesas relacionadas com diárias, que devem ser calculados e informados no campo apropriado e em seguida clicar no botão Atualizar. Esta natureza de despesa é paga pelo SCDP após as devidas aprovações Quais os procedimentos para a mensagem recebida pelo sistema: "DATA DA VIAGEM ESTÁ DIFERENTE DA DATA DA RESERVA", quando tento realizar a prestação de contas?

15 Esta critica é emitida quando há divergência de data do roteiro da viagem com os dados da reserva estabelecida. Na prestação de contas acessar a opção Reserva de Passagem e adequar as datas de acordo com o roteiro e em conformidade com nova reserva. 5 CONSULTA Como consultar a situação de uma PCDP? Acessar o SCDP, fazer a opção pela funcionalidade Consultas e no módulo Situação da Solicitação, digitar o nome do proposto ou o número da Pcdp e clicar no botão ok. Abrirá uma tela com o os dados do proposto e ao acionar o link Clique aqui para verificar o status da viagem, o sistema exibirá em forma de diagrama o ponto do fluxo encontra-se a solicitação, identificado pelo Box que apresenta a cor verde. 5.2 Como consultar o Órgão do solicitante da PCDP? Deve-se acessar a funcionalidade Consulta módulo Situação da solicitação fazer a seleção do proposto pelo menu cortina e clicar no botão OK, em que aparecerá o processo de concessão de diárias e passagem contendo o nome do solicitante, agente responsável pela solicitação inicial. Para identificar o órgão de exercício do solicitante, deve-se acessar a funcionalidade Gestão módulo Cadastra usuário e realizar a pesquisa usando o nome do solicitante. Fazer a seleção do nome desejado e clicar no botão PESQUISAR. Aparecerá o formulário com os dados cadastrais do usuário, bem como a relação de órgãos de exercícios salvos, bastando acessar o menu cortina para visualizar os órgão salvos para aquele perfil.

16 5.3 Qual o procedimento quando após a aprovação da prestação de contas pelo proponente, o nome do proposto não consta no menu "CONSULTA" > "SITUAÇÃO DA SOLICITAÇÃO"? Após a aprovação da prestação de contas a PCDP é encerrada e arquivada. Para consulta a estas PCDP s deve-se acessar a funcionalidade Relatórios módulo Solicitação de Viagem Completa, trazendo todas as viagens do período indicado, ou Solicitação de viagem por proposto, trazendo as viagens de um proposto específico. Outra opção é informar o número da PCDP por meio da funcionalidade Consulta, funcionalidade Consulta situação da solicitação, clicar no botão OK. 6 TABELAS 6.1 Quais são os procedimentos para cadastrar Teto Orçamentário? Deve-se acessar a funcionalidade Tabelas módulo Cadastra Teto Orçamentário, marcar o check Box da UG responsável pelo teto orçamentário e clicar no botão OK. Ao finalizar o carregamento da tela fazer a seleção da UG responsável, logo aparecerá o formulário para preencher os valores destinados ao pagamento de diária servidor, diária colaborador e passagens. Em seguida clicar no botão INCLUIR. 6.2 Quem está autorizado a alterar Teto Orçamentário no SCDP? O perfil COORDENADOR ORÇAMENTÁRIO é o responsável por alterar o Teto Orçamentário.

17 6.3 - Qual o procedimento para a Mensagem: "TETO INSUFICIENTE", recebida pelo sistema quando tento cadastrar uma viagem? Se for constatada a insuficiência de recursos orçamentários para o teto, o Coordenador Orçamentário deverá, reforçar o seu valor por meio da funcionalidade Tabelas, módulo Cadastra teto orçamentário em seguida selecionar a UGR e alterar os valores das despesas relacionadas a viagens Qual o procedimento para a mensagem recebida pelo sistema: "NÃO HÁ UG RESPONSÁVEL POR TETO ORÇAMENTÁRIO ASSOCIADO AO ÓRGÃO DE EXERCÍCIO DESTE USUÁRIO", quando tento cadastrar um Teto Orçamentário?. Deve-se selecionar a funcionalidade Tabela, funcionalidade Órgão e clicar no nome do órgão, onde abrirá uma tela contendo o check box Responsável pelo teto orçamentário, o qual deverá ser marcado somente se esse órgão tiver orçamento disponível para ser utilizado com gastos de diárias e passagens. 6.5 Quais os procedimentos para cadastrar Empenho no SCDP? Deve-se acessar a funcionalidade Tabelas, módulo Cadastra Empenho e clicar no botão NOVO. Em seguida, selecionar a UG emitente clicando no menu cortina. Selecionada a UG, deve-se preencher o formulário com os dados da UG, número e descrição do empenho e clicar no botão INCLUIR. Neste momento, o SCDP fará a integração com o SIAFI, deixando disponível as informações cadastradas no empenho. OBSERVAÇÃO: O empenho poderá ser desativado e/ou reativado no SCDP e, também poderá ser anulado no SIAFI, quando não houver o detalhamento do código da UGR em ambos sistemas. A descrição do empenho deve ser bem detalhada, pois o solicitante irá se basear nesta informação para selecioná-lo no momento da criação de um processo.

18 6.6 Como proceder quando ao cadastrar uma viagem, os campos Projeto / Atividade e Empenho na opção "recursos de viagem para diárias e passagens" aparecem em branco? Solicitar ao COORDENADOR Financeiro que alimente as TABELAS DE EMPENHO, por meio da funcionalidade Tabelas, módulos cadastra empenho clicar no botão NOVO, preencher os campos necessários e clicar em INCLUIR para concluir a integração com o SIAFI. 6.7 Quais os procedimentos de cadastramento e habilitação de Agências de Viagem? Deve-se acessar a funcionalidade Tabelas módulo Agência de Viagem, selecionar a Unidade Federativa e a Cidade, onde a agência está sediada e clicar no botão NOVO. Neste momento, aparecerá o formulário para informar os dados cadastrais da agência. Assim que finalizado o preenchimento clicar no botão INCLUIR. Em seguida, clicar no botão GERAR SENHA, para que sistema crie uma senha para o primeiro acesso da Agência de Viagem. Uma vez incluída a agência de viagem esta deve ser vinculada ao órgão, por meio da funcionalidade Gestão, módulo Agência viagens por órgão, selecionar o respectivo órgão e clicar no botão VINCULAR. 6.8 Quais os procedimentos de devolução de uma PCDP que se encontra na Agência de Viagem, para realizar alteração na reserva? A agência de viagem deve rejeitar a emissão do bilhete, quando o valor da passagem for reajustado para maior, quando o vôo estiver lotado e, eventualmente, por solicitação do representante administrativo. A agência

19 preenche o motivo da rejeição, clica no botão REJEITAR devolvendo a PCDP para o representante administrativo, que realiza às devidas alterações na reserva. 6.9 Quais os procedimentos para mensagem exibida pelo Sistema: O órgão do proposto não pertence ao Siorg ou o Código do Siape do órgão do proposto não foi informado ou é igual a zero? Deve-se inserir o órgão do proposto na tabela de órgão do SDCP, fazendo a integração com o SIORG. Essa inserção é feita pela funcionalidade Tabela módulo Órgão e clicar no botão INCLUIR. O sistema mostrará toda a estrutura SIORG do órgão onde o gestor setorial irá incluir órgão de lotação do proposto, bem como preencher os dados do órgão nos campos da tabela de órgão e clicar no botão ALTERAR Quais os procedimentos para mensagem: O código do órgão Siorg e/ou Código do Uorg no Siorg deste proposto não foi informado no cadastro de órgão quando do início da criação de uma viagem? Deve-se verificar se o código Uorg do órgão no Siape está inserido corretamente no SCDP, acessando a funcionalidade Tabela módulo Órgão clicar no nome do órgão. Ao abrir o formulário, o gestor setorial deverá preencher o código correspondente a unidade organizacional do órgão de lotação do proposto e clicar no botão ALTERAR. 7 - LEGISLAÇÃO

20 7.1 Quais as exigências legais para cadastramento de uma solicitação de viagem internacional? Deve-se observar o que estabelece o Decreto nº 5.809, de 10 de Outubro de 1972, conforme abaixo: A Quanto a Nomeação/Designação COM NOMEAÇÃO/DESIGNAÇÃO Se aplica aos servidores da Administração Federal Direta, regidos pela legislação trabalhista, da Administração Federal Indireta, das Fundações sob supervisão ministerial, servidores do Poder Legislativo, do Poder Judiciário e do Tribunal de Contas da União, e no que couber, aos servidores do Distrito Federal, dos Estados e dos Municípios e pessoas sem vínculo com o serviço público, designados pelo Presidente da República (Decreto 5.992, de 19 de Dezembro de 2006). SEM NOMEAÇÃO/DESIGNAÇÃO Se aplica aos servidores da Administração Pública Federal com afastamento ao exterior a serviço ou com o fim de aperfeiçoamento, aos afastamentos para servir em organismos financeiros internacionais de que o Brasil participe (DL nº 9.538/1946 dispõe sobre o afastamento de servidores brasileiros para trabalho junto a Organizações Internacionais com as quais coopere o Brasil), aos nomeados ou designados para servir no exterior (Lei nº 5.809/72 e Dec. nº /73); B- Quanto à natureza da viagem: Deve-se enquadrar em uma das seguintes missões ou atividades, quanto ao tipo (Lei 5.809, de 10 de Outubro de 1972). Permanente: Determina a mudança de sede do país para o exterior, ou de uma sede para outra no exterior, com o prazo igual ou superior a 2 (dois) anos; Transitória: O Proposto estará provisoriamente no País de destino. Pode haver a obrigatoriedade ou não de mudança de sede, bem como variados prazos de permanência no exterior. Deve-se observar a LEI N o 5.809, DE 10 DE OUTUBRO DE 1972 para caracterizá-la. Eventual: O Proposto permanecerá no exterior por um período limitado a 90 dias, sem mudança de sede ou alteração de sua lotação.

21 C - Quanto ao tipo da solicitação (Decreto , de 18 de outubro de 1985). Com Ônus: Implica o direito a passagens e/ou diárias, assegurados ao servidor o vencimento ou salário e demais vantagens do cargo, função ou emprego. Com Ônus Limitado: Implica o direito apenas ao vencimento ou salário e demais vantagens do cargo, função ou emprego; Sem Ônus: Implica a perda total do direito ao vencimento ou salário e demais vantagens do cargo, função ou emprego, sem qualquer despesa para a administração. D Classe de diária - deve-se consultar o Decreto , de 18 de Janeiro de 1973 NR Decreto 6.576, de 25 de Setembro de E Opção da moeda A viagem ao exterior é calculada em dólar norte-americano ou, por solicitação do servidor, por seu valor equivalente em moeda nacional ou euro (Decreto 5.992, de 19 de Dezembro de 2006). Para finalizar o cadastramento de uma Proposta de Viagem Internacional, escolher, Motivo da Viagem, preencher as justificativas e escolher os Empenhos. Se necessário acessar Anexos para anexar um documento, clicar em Salvar e, em seguida, encaminhar a solicitação para o representante administrativo, pois mesmo que não haja passagem, deverá ser inserido o horário de embarque e desembarque para fins de calculo de diárias. E clique em Encaminhar. IMPORTANTE: a funcionalidade Calcular somente poderá ser realizada, na Reserva de Passagem, depois de informados os horários dos vôos para que o Sistema possa efetuar o cálculo das diárias.

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP. Operacionalização - Solicitação de Viagem

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP. Operacionalização - Solicitação de Viagem Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP FAQ Perguntas e Respostas Freqüentes Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 - Quais as exigências legais para cadastramento de uma solicitação de

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 Índice 1. Acesso ao Sistema Página 3 1.1 Acessar o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP com Login

Leia mais

FAQ Perguntas e Respostas Frequentes. Operacionalização - Solicitação de Viagem

FAQ Perguntas e Respostas Frequentes. Operacionalização - Solicitação de Viagem FAQ Perguntas e Respostas Frequentes Operacionalização - Solicitação de Viagem Março/2014 I CADASTRO DE USUÁRIO 1 - Como gerar uma nova senha para o usuário que não consegue acessar o sistema? 2 - Como

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES. Operacionalização - Solicitação de Viagem

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES. Operacionalização - Solicitação de Viagem Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem I CADASTRO DE USUÁRIO 1 - Como gerar uma nova senha para o usuário que não

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010) Índice 1. Reserva Passagem...03 1.1. Remarcação de Bilhete...13 2 1. Reserva Passagem

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009) Índice 1. Prestação de Contas...3 1.1. Devolução de Valores...7 1.2. Ajustar PCDP...10 1. Prestação

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009) Índice 1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP...3 1.1.Viagem Nacional...6 1.2.

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Solicitante de Passagem Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP Perfil: Solicitante de Passagem Novembro - 2014 1 Sumário Introdução...3 Etapa de Reserva de Passagem...4 1 Reserva de Passagem...4

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas) Índice 1. Prestação de Contas Página 3 1.1. Prestação de Contas Página 3 1.2. Devolução

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (AGOSTO 2010) Índice 1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP...03 1.1.Viagem Nacional...06

Leia mais

Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008

Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 Manual Operacional para o Gestor Setorial do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Maio de 2008 Índice 1. Acesso ao Sistema Página 3 1.1 Acessar o Sistema de Concessão de Diárias e Passagens

Leia mais

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS

SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS SLTI / MP SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS MANUAL DO USUÁRIO Versão: 22/11/2004 SUMÁRIO SUMÁRIO...i SISTEMA DE CONCESSÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS...1 1. CONCEITOS...1 1. 1. DEFINIÇÃO...1 1. 2.

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades (ABRIL 2009) Índice 1. Aprovação...3 1.1. Proponente / Autoridade Concedente...3 1.2. Autoridade Superior...6 1.3. Ordenador

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

3. Viagem Internacional

3. Viagem Internacional 3. Viagem Internacional Para cadastrar uma viagem internacional, acesse através do menu Solicitação/ Cadastra/Altera Viagem. Acione o botão Novo, para cadastrar uma nova viagem. Selecione o Tipo de Proposto,

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Autoridades e Execução Financeira (AGOSTO 2010) Índice 1. Aprovação...03 1.1. Proponente / Autoridade Concedente...03 1.2. Autoridade

Leia mais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Procedimentos Departamento de Projetos Contratos e Convênios Pró-Reitoria de Administração Manual para Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Gestor Setorial

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP. Perfil: Gestor Setorial Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP Perfil: Gestor Setorial Novembro/2013 1 Sumário Introdução...4 Procedimentos iniciais do Gestor Setorial...5 Procedimentos Iniciais

Leia mais

ÍNDICE. SPO Módulo de Descentralização de Créditos no SIMEC 2

ÍNDICE. SPO Módulo de Descentralização de Créditos no SIMEC 2 ÍNDICE 1. Visão Geral - Funcionamento do sistema... 3 2. Descrição dos perfis do sistema... 4 3. Operação Novo termo de execução descentralizada... 5 a. Cadastramento do termo no sistema pela Unidade Técnica...

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Reembolso de Bilhetes (NOVEMBRO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Reembolso de Bilhetes (NOVEMBRO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Reembolso de Bilhetes (NOVEMBRO 2010) Índice 1. Reembolso de bilhetes...03 1.1. Solicitar Reembolso...04 1.2. Registrar Reembolso...08

Leia mais

SUBCONVENIAMENTO. Perfil Convenente/Subconveniado

SUBCONVENIAMENTO. Perfil Convenente/Subconveniado MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV SUBCONVENIAMENTO Perfil Convenente/Subconveniado

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (AGOSTO 2010) Índice 1. Acesso ao Sistema...03 1.1. Perfis de Acesso...04 1.2. Acessar o Sistema de Concessão

Leia mais

Manual de Conciliação Bancária

Manual de Conciliação Bancária Manual de Conciliação Bancária Índice Conciliação Bancária... 2 O módulo de Conciliação Bancária no SIGEF... 3 Conciliação Bancária Extrato Bancário... 5 Fazendo a Conciliação Bancária Extrato Bancário...

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Acesso ao Sistema (ABRIL 2009) Índice 1. Acesso ao Sistema...3 1.1. Perfis de Acesso...4 1.2. Acessar o Sistema de Concessão de

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Guia para implantação da nova versão do SCDP

Guia para implantação da nova versão do SCDP Guia para implantação da nova versão do SCDP Dezembro/2013 PARTE 1 SUMÁRIO 1. PRINCIPAIS NOVIDADES NA NOVA VERSÃO...3 1.1. Melhorias no controle do orçamento...3 1.2. Melhorias na execução financeira...3

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Versão 3.10 Sumário 1 Funções do Emissor... 3 1.1 Aba Inicial... 4 1.2 Aba Sistema... 5 1.2.1 Mensagem Sistema... 5 1.2.2 Extras... 6 1.2.3 Contingência... 6 1.2.4 Execução... 7 1.3

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7

MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 MANUAL OPERACIONAL Sistema de Cadastro Único 7 Versão Preliminar 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...4 1.1 Apresentação...4 1.2 Organização e uso do manual...4 1.3 Dúvidas e canais de atendimento...4 2 VISÃO GERAL

Leia mais

MANUAL SISTEMA NFS-e

MANUAL SISTEMA NFS-e MANUAL SISTEMA NFS-e SUMARIO Tela Inicial NFe 03 Efetuar Login 1º Acesso Caso não possua Usuário e/ou Senha 03 Efetuar Login 1º Acesso Possuindo o Usuário e Senha 04 Primeira Tela 05 Menu de Opções 05

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 37 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 1.2. OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DA NFS-E... 4 1.3. CONTRIBUINTES IMPEDIDOS DA EMISSÃO

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PRORROGAÇÃO DO PERÍODO DE CAPTAÇÃO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 26/03/2013 1.0 Criação do documento Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE

Leia mais

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda

Versão para atualização do Gerpos Retaguarda Versão para atualização do Gerpos Retaguarda A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível.

Leia mais

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Início Portal Coordenador... 2 2.1. Novos Pedidos... 2 2.2. Pendências... 3 2.3. Menu... 4 2.4. Sair... 4 3. Saldo de Projetos... 5 4. Extrato

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA MANUAL DE ORIENTAÇÃO SISTEMA CCA Versão.0 Sistema de Controle de Concessão de Adiantamentos Sumário O Sistema CCA ----------------------------------------------------- 3 Iniciando a operacionalização do

Leia mais

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas:

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas: CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Atualizado em 16/01/2012 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Espaço do Coordenador

Espaço do Coordenador Espaço do Coordenador Guia de utilização Versão 2.5 PARTE 6: Pedidos de pessoal 2 SUMÁRIO 8.4 PEDIDOS DE PESSOAL... 6 8.4.1 CLT... 7 8.4.2 ESTAGIÁRIO... 17 8.4.3 AUTÔNOMO... 26 8.4.4 VALE ALIMENTAÇÃO/REFEIÇÃO...

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

Manual do SeCI. Sistema Eletrônico de Prevenção de Conflitos de Interesses. Guia do Administrador

Manual do SeCI. Sistema Eletrônico de Prevenção de Conflitos de Interesses. Guia do Administrador Manual do SeCI Sistema Eletrônico de Prevenção de Conflitos de Interesses Guia do Administrador CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO CGU SAS, Quadra 01, Bloco A, Edifício Darcy Ribeiro 70070-905 Brasília-DF cgu@cgu.gov.br

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-103-R00 RESSARCIMENTO DO PLANO DE SAÚDE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-103-R00 RESSARCIMENTO DO PLANO DE SAÚDE MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-103-R00 RESSARCIMENTO DO PLANO DE SAÚDE 05/2016 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 27 de maio de 2016. Aprovado, Antonia Valeria Martins Maciel 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015

Monitor de Comercialização Ofertante. Última Atualização 12/11/2015 Monitor de Comercialização Ofertante MT 43-1-00015-0 Última Atualização 12/11/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Como inserir subitens V Emissão de Relatórios VI

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Versão 6 Objetivo do Manual Orientar sobre os procedimentos necessários para comunicação à SEFA da ocorrência de infrações à legislação do Programa

Leia mais

DIRETORIA DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

DIRETORIA DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA ORIENTAÇÕES AOS COORDENADORES DE PROJETOS/PROGRAMAS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON-LINE DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Acesse o SGUWeb com seu usuário e senha. Entre na opção Projetos Minhas Propostas Escolha

Leia mais

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE MANUAL DO GUIA ON-LINE Bem vindo ao Manual do Guia On-Line, aqui você irá aprender a utilizar esta eficiente ferramenta desenvolvida para facilitar e agilizar o atendimento odontológico. Tela inicial Na

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000.

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. MANUAL DO USUÁRIO Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. O Jurídico 2000 exibe o cadastro de Processos assim que é inicializado. A partir dessa tela você

Leia mais

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Última Atualização: 08/01/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Painel de Lances V Envio de Lances VI Prorrogação

Leia mais

1. REGISTRO DE PROJETOS

1. REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Nesta aplicação será feito o registro dos projetos/ ações de extensão, informando os dados iniciais do projeto, as classificações cabíveis, os participantes, a definição da região

Leia mais

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011

Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/2011 Orientações para Pagamento de Diárias e Prestação de Contas Versão nº 05, 06/04/20 Sumário I - REQUISIÇÃO DE DIÁRIA / PAGAMENTO DE DIÁRIA... Solicitante (Servidor que irá realizar a viagem)... Aprovador

Leia mais

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance?

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance? Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO - Como oferto um lance? - Como imprimo 2ª via de boleto ao cliente? - Como realizo uma transferência de cota? - Onde consulto

Leia mais

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Janeiro 2012 Conteúdo Elaboração do projeto... 3 1. Acesso ao Sistema... 4 2. Tipo de Certificado... 4 2.1. Navegador padrão para acessar

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA PASSO A PASSO DA UTILIZAÇÃO DO SIGE ESCOLA 2009 1. PARA ACESSAR O

Leia mais

Principais Dúvidas da Interface de Atendimento do SGV

Principais Dúvidas da Interface de Atendimento do SGV Criação: Sumário 1. Não localizei disponibilidade conforme o solicitado pelo cliente.... 2 2. Existe no SGV alguma funcionalidade para comunicação entre Solicitante e Cliente?... 2 3. A política de viagem

Leia mais

Busca Por Nome da Empresa:

Busca Por Nome da Empresa: CERTIDÃO ESPECÍFICA Ao escolher o Tipo de Certidão Específica, será exibida uma breve definição da certidão simplificada e a tabela de preços. Após escolher o tipo de certidão desejada, clique no botão.

Leia mais

Aula 3 Tutorial 1: GERANDO UM DOCUMENTO HÁBIL SF. Olá,

Aula 3 Tutorial 1: GERANDO UM DOCUMENTO HÁBIL SF. Olá, Aula 3 Tutorial 1: GERANDO UM DOCUMENTO HÁBIL SF Olá, Em geral, as despesas públicas precisam de um processo formal de contratação para serem realizadas. Por isso fazemos as licitações, os contratos administrativos,

Leia mais

Manual do Emissor RPS

Manual do Emissor RPS Manual do Emissor RPS Fly E-Nota 1/14 Índice 1.Instalação...3 1.1.Pré-requisitos da instalação...3 1.2.Baixar e instalar do Emissor RPS...3 1.3.Carregar as configurações do prestador...4 1.4.Instalação

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

15. Prestação de Contas operados por OBTV

15. Prestação de Contas operados por OBTV 15. Prestação de Contas operados por OBTV A inclusão da Prestação de Contas deverá ser feito no sistema SICONV pelo usuário que tem o perfil de Cadastrador de Prestação de Contas, e o envio para análise

Leia mais

Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro

Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro Manual do Fornecedor/cedente (MPE) Balcão Financeiro Painel de recebíveis e Painel de linhas de crédito Versão 1.0 1 As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis

Leia mais

- Nota Fiscal Eletrônica -

- Nota Fiscal Eletrônica - Manual Portal de Clientes e Transportadores - Nota Fiscal Eletrônica - ÍNDICE. INTRODUÇÃO 3. OBJETIVO 3.2 ABRANGÊNCIA 3 2. FUNCIONALIDADES 3 2. CADASTRO DE CLIENTES NO PORTAL 3 2.2 CONSULTA NOTAS FISCAIS

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV

Portal dos Convênios SICONV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Processo de Compra, Contrato,

Leia mais

Prestação de Contas Eletrônica

Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 Sumário 1- ACESSO... 3 2- TELA DE INÍCIO... 4 3- CADASTRAMENTO...

Leia mais

Gerenciamento de Deslocamentos e Viagens

Gerenciamento de Deslocamentos e Viagens MANUAL: Gerenciamento de Deslocamentos e Viagens Administrador do Sistema de Viagens Versão: 1.0 Sumário Apresentação... 1 1. Acesso ao sistema... 2 2. Perfis do sistema... 2 3. Configurando o sistema

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Manual CeC Atualizado em 21/02/2013 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR Roteiro para utilização do GEP Versão de referência: GEP V1.00 Índice analítico I Apresentação... 2 I.1 Controles básicos do sistema;... 2 I.2 Primeiro acesso... 2 I.3 Para trocar a senha:... 3 I.4 Áreas

Leia mais

Sistemas Corporativos da USP (Web)

Sistemas Corporativos da USP (Web) Sistemas Corporativos da USP (Web) O sistema de estágios remunerados da USP é fruto da colaboração das seguintes áreas da Reitoria da Universidade de São Paulo: Departamento de Recursos Humanos, Departamento

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a Apresentação Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das tecnologias de comunicação. A Diretoria de Material e Patrimônio vem disponibilizar o Manual de Gestão Patrimonial para

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO () Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br Sumário Configurações iniciais... 3 Acessando o sistema... 3 Alterando a senha de acesso... 3 Cadastrando clientes... 4 Cadastrando

Leia mais

1. Funcionalidades da opção SAC 1

1. Funcionalidades da opção SAC 1 PÓS VENDA 1. Funcionalidades da opção SAC 1 1.1 Avarias 2 1.1.1 Dano no produto em transporte 2 1.1.2 Defeito no produto 2 1.2 Devoluções 4 1.2.1 Devolução Desistência 4 1.2.2 Devolução Não fez o pedido

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.0

Manual SAGe Versão 1.0 Manual SAGe Versão 1.0 Emissão de Parecer de Assessoria (após a versão 12.14.00) Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Recebimento do e-mail de solicitação de parecer... 3 3. Operações no sistema SAGe... 4 3.1

Leia mais

Manual de utilização do Relatório de Viagens

Manual de utilização do Relatório de Viagens Manual de utilização do Relatório de Viagens Os Módulos do Sistema de Relatório de Viagens foram criados tendo com base a Regulamentação de Viagem da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços S/A (RG/AD/02/10ª).

Leia mais

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0 Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Marcio Tomazelli Coordenador de Sistemas Gustavo Cezarino Programador Pleno Versão 1.0 Índice Índice...2 Índice de Figuras...2

Leia mais

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários CSPUWEB - Cadastro de Sistemas e Permissões de Usuários - Manual do Usuário - Novembro/2009 Versão 2.0 21 de novembro de 2009 [CSPUWEB MANUAL DO USUÁRIO] SUMÁRIO Capitulo 1 Cadastro de Sistemas e Permissões

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e Apresentação Este documento tem como objetivo auxiliar os usuários

Leia mais

Manual do Usuário. Protocolo

Manual do Usuário. Protocolo Manual do Usuário Protocolo Índice de capítulos Parte I - Processos............................... 01 1 - Buscar................................ 01 2 - Listar................................ 02 3 - Abertura..............................

Leia mais

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA 1 Sumário: 1. AR PDV...02 2. Registro / Login...03 3. Configuração...03 4. Abertura de Caixa...03 5. Registro de Vendas...04 a. Passos para Emissão do Cupom Fiscal...05 b. Inserindo Produtos...06 c. Formas

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA SCDP... 2 2. PERFIL SOLICITANTE... 3 2.1 ENVIO DE SOLICITAÇÃO... 4 2.2 REQUISIÇÃO... 5 2.2.1 SERVIDOR DO ÓRGÃO E SERVIDOR DE

1. ACESSO AO SISTEMA SCDP... 2 2. PERFIL SOLICITANTE... 3 2.1 ENVIO DE SOLICITAÇÃO... 4 2.2 REQUISIÇÃO... 5 2.2.1 SERVIDOR DO ÓRGÃO E SERVIDOR DE 1. ACESSO AO SISTEMA SCDP.... 2 2. PERFIL SOLICITANTE... 3 2.1 ENVIO DE SOLICITAÇÃO.... 4 2.2 REQUISIÇÃO.... 5 2.2.1 SERVIDOR DO ÓRGÃO E SERVIDOR DE OUTRO ÓRGÃO.... 6 2.3 SOLICITAÇÃO COLETIVA... 12 2.4

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC FEVEREIRO / 2010 GUIA SISTEC INTRODUÇÃO...03 PRÉ-CADASTRO

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

1 Atualização... ERP 8.8.2

1 Atualização... ERP 8.8.2 DEAK SISTEMAS 2 MANUAL - Deak Frente de Caixa 8.8.2 Sumário I 1 - Introdução 4 II 2 - Instalação 4 1 Atualização... ERP 8.8.2 8 III 3 - Configurações 9 1 3.1... - Cadastros de Bancos 10 2 3.2... - Cadastro

Leia mais

Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT

Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT Manual do Sistema de Trâmite de Processos da UFMT Sumário OBJETIVO...2 INFORMAÇÕES...3 GRUPOS...4 OPERAÇÃO COM PROCESSOS E OFICIOS...5 USUÁRIOS...6 ACESSO...7 1º ACESSO...8 TELA INICIAL DO ACESSO...9 MENU:

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

Sistema Integrado de Atendimento

Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento. Um sistema moderno, completo e abrangente que modifica a realidade do atendimento de sua empresa, proporcionando maior segurança na tomada

Leia mais

Acompanhamento e Execução de Projetos

Acompanhamento e Execução de Projetos Acompanhamento e Execução de Projetos Manual do Usuário Atualizado em: 28/11/2013 Página 1/24 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4. COMO ACESSAR O SISTEMA...

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PE E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE CARTÃO CONSIGNADO cartaoliberacao@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C SUPORTE PROMOTORA suportepromotora@bancodaycoval.com.br

Leia mais