Filo: Bacillariophyta (Diatomáceas)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Filo: Bacillariophyta (Diatomáceas)"

Transcrição

1 Filo: Bacillariophyta (Diatomáceas) responsáveis por 25% da produtividade primária mundial apareceram a cerca de 250 milhões de anos e tornaram-se abundantes a cerca de 100 milhões de anos estima-se que existam espécies divididas em 250 gêneros (Cretáceo) a maioria ocorre no plâncton, algumas sobre substratos mineral diatomito (usado em isolantes, abrasivos e filtros) aderem-se a superfícies submersas e enormes quantias são gastas anualmente na retirada destes organismos de navios etc...

2 Filo: Bacillariophyta simetria bilateral penadas radial - cêntricas

3 Filo: Bacillariophyta poro Organização celular núcleo citoplasma epiteca hipoteca epiteca unicelulares ou coloniais organelas típicas de eucariotos vacúolo fotossintetizantes núcleo central cloroplasto com clorofila a e c e fucoxantina (carotenóide cloroplasto marrom-dourado) não possuem flagelos hipoteca parede composta de sílica polimerizada (frústula) frústula ornamentada dividida em duas metades: epiteca e frústula hipoteca (95 % Si 5 % pectina (2 valvas) Vacúolos contendo polissacarídeo crisolaminarina ou óleos

4 Precisam necessariamente de Si para se dividir e este elemento é transportado ativamente para dentro das células na forma de ácido monosílico. (outros elementos não substituem o Si). Transporte de Si acoplado à divisão celular. Fisiologia Energia necessária para o transporte vem da fotossíntese. Algumas espécies fotossintetizantes podem sobreviver heterotroficamente (glicose como fonte de C). Algumas espécies não contém clorofila a e são heterotróficas. Outras são simbiontes de protozoários. Formam esporos com parede celular característica quando em condições adversas esporo também re-estabelece o tamanho da célula. Formam células dormentes quando em condições adversas com morfologia similar a de células vegetativas mas com taxas de respiração e fotossíntese reduzidas.

5 Reprodução assexuada (2n) 30-40% tamanho original meiose sexuada gameta feminino (n) gametas masculinos (n)* fecundação zigoto (2n) *nas diatomáceas penadas os gametas masculinos não são flagelados e a reprodução é isogâmica Filo: Bacillariophyta

6 Florações tóxicas Amnesic Shell Fish Poisoning doença identificada primeiro no Canadá causada pela ingestão de mariscos contaminados gastroenterite com sintomas neurológicos algumas vezes causa dano permanente: demência àcido domoico Pseudo-nitzschia australis Filo: Bacillariophyta

7 Filo: Chrysophyta Cerca de espécies conhecidas, distribuídas em 200 gêneros. As crisófitas são geralmente organismos unicelulares ou coloniais, abundantes em água doce e salgada de todo o mundo. Maioria das formas em águas doces: principalmente em águas claras de temperatura mais baixa, por exemplo, lagos na serra. Ocorrem preferencialmente no inverno. São importantes produtores primários. Uroglena

8 Filo: Chrysophyta Algumas crisófitas são incolores, enquanto outras possuem clorofilas a e c, cuja cor é bastante mascarada pela abundância de fucoxantina. A cor dourada deste pigmento deu origem ao nome crisófita (do grego, chrysos, ouro ). Organismos fotoautotróficos, saprotróficos ou fagotróficos (podem se tornar predadores de bactérias); Maioria unicelular, mas existem vários níveis de organização; formas flageladas sempre com 2 flagelos; Ochromonas

9 Filo: Chrysophyta Produto de reserva: polissacarídeo crisolaminarina, que é armazenada em um vacúolo encontrado em geral, na parte posterior da célula. Vacúolo contrátil em células flageladas, como sistema de osmoregulação em algas de água doce; Em condições ambientais desfavoráveis, um grupo de Chrysophyta é capaz de produzir cistos de sílica; Em alguns dos gêneros, a célula está coberta por escamas de sílica. Dinobryon

10 Divisão celular A reprodução na maioria das crisófitas é assexuada e, para algumas formas, envolve a formação de zoósporos. A reprodução sexuada também é conhecida para algumas espécies. Algumas vezes, mas nem sempre, os cistos são o resultado da reprodução sexuada. Depois da divisão do núcleo, inicia-se a divisão da célula.

11 Reprodução sexuada: Formação de auxósporos Duas células vegetativas se posicionam lado a lado e produzem 4 núcleos haplóides (n) cada, 2 destes assumem a função de núcleo de gameta, os outros degeneram. Um gameta de cada célula entra na outra célula, e ocorre a fusão dos gametas e formação de zigoto. O zigoto cresce bastante, produz uma membrana de sílica e forma o auxósporo, que produz duas tecas. Gomphonema parvulum

12 Ochromonas (gênero clássico) Planctônicos, unicelulares, e de águas doces (poças, pequenos lagos, etc.) espécies. Mais primitivo tipo de crisofícea, de onde todas as outras formas derivam. Célula sem parede celular. Realizam fotossíntese. Dois flagelos desiguais com pêlos laterais, um direcionado para frente, outro para trás; Pode produzir pseudópodes;

13 Vacúolo contrátil, um ou dois, dependendo da espécie. Estigma fotossensível. Alimentação autótrofa e fagótrofa. Pode produzir cisto em condições ambientais desfavoráveis. Reprodução desconhecida. sexuada

14 Formas de organização de Chrysophyta Monadoide unicelular com flagelos Monadoide em colônias Ameboide: células nuas com rizópodes Pseudokephyrion Synura uvella Rhizochrysis

15 Capsal: células em massa gelatinosa Cocóide: sem flagelos, não móveis, com parede celular Chrysophaera Chrysocapsa Trical: células formam tricomas Phaeothamnion Taloso: células formam tecidos parenquimáticos Hydrurus foetidus Thallochrysis

16 Heterocontophyta (flagelos desiguais) Chrysophyta Bacillariophyta Phaeophyta Membrana dupla dos cloroplastos. Três tilacóides por pilha. Membrana do RE circundando o cloroplasto. Estigma situado dentro do cloroplasto. Clorofila a e c e vários carotenóides. cloroplasto

17 Marés marrons As crisófitas marinhas, Heterosigma e Aureococcus, produzem marés marrons tóxicas que já causaram milhões de dólares de prejuízo para a indústria de moluscos, crustáceos e salmão. Algumas crisófitas de água doce também podem formar florações e são prejudiciais devido à produção de gosto e odor desagradáveis à água. Heterosigma

18 Estudo dirigido 1. Qual é a importância ecológica das algas? 2. O que todos os filos de Heterocontophyta têm em comum? 3. O que é exclusivo das paredes celulares das diatomáceas? Qual é o efeito que este caráter tem sobre o ciclo de vida das diatomáceas, geração após geração? 4. Qual é a vantagem da geração carposporofítica diplóide para as algas vermelhas? 5. Qual o impacto das florações produzidas pelas algas, tóxicas ou não? Explique, dando no mínimo dois exemplos.

Aula de hoje: Bacillariophyta e Phaeophyta: endosimbiose secundária de uma Rodophyta

Aula de hoje: Bacillariophyta e Phaeophyta: endosimbiose secundária de uma Rodophyta Aula de hoje: Bacillariophyta e Phaeophyta: endosimbiose secundária de uma Rodophyta 2 Paulinella Mallomonas 4 1 1 diferentes pigmentos nos cloroplastos 2 Porphyridium 4 3 3 Bacillariophyta Phaeophyta

Leia mais

Filo Dinophyta Seres unicelulares (raramente coloniais) Cerca de 2000-4000 espécies

Filo Dinophyta Seres unicelulares (raramente coloniais) Cerca de 2000-4000 espécies Seres unicelulares (raramente coloniais) Cerca de 2000-4000 espécies 90% das espécies são marinhas Relacionados com protozoários ciliados como Paramecium e Vorticella (sistemática molecular) Metade dos

Leia mais

REINO PROTISTA. Protistas. Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota. Protista heterotróficos

REINO PROTISTA. Protistas. Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota. Protista heterotróficos REINO PROTISTA Protistas Protista heterotróficos Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota Protistas fotossintetizantes (algas) Filo Euglenopyta Filo Cryptophyta Filo Rhodopyta Filo Dinopyta

Leia mais

Botânica Aplicada (BOT) Assunto: Célula Vegetal

Botânica Aplicada (BOT) Assunto: Célula Vegetal Botânica Aplicada (BOT) Assunto: Célula Vegetal Técnico em Agroecologia Módulo I Prof. Fábio Zanella As células são as menores unidades funcionais que formam os tecidos vegetais. Vários processos ocorrentes

Leia mais

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV.

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. 1 PROVA DE BIOLOGIA I QUESTÃO 31 O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. I II III IV a) Coluna vertebral

Leia mais

Representantes: algas e protozoários.

Representantes: algas e protozoários. Representantes: algas e protozoários. Euglena sp (alga) Giardia sp (protozoário) Volvox sp (alga) Do grego protos, primitivo, e zoon, animal. Grupo de organismos unicelulares heterotróficos e eucariontes

Leia mais

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre MÓDULO 2 PORIFERA E CNIDARIA 1 - Em relação ao plano corporal dos animais, observamos que algumas espécies são assimétricas, enquanto outras apresentam

Leia mais

BIOLOGIA CELULAR Células Procariontes Eucariontes (animal e vegetal)

BIOLOGIA CELULAR Células Procariontes Eucariontes (animal e vegetal) BIOLOGIA CELULAR Células Procariontes Eucariontes (animal e vegetal) Thiago Campos Monteiro UFMS / CPCS Créditos: Prof a Elisângela de Souza Loureiro Tamanho das células Existem células de vários tamanhos.

Leia mais

Gabarito: GABARITO- 2ª CHAMADA- 1º ANO QUIMICA- EDUARDO. Resposta da questão 1: [B] Resposta da questão 2: [D] Resposta da questão 3: [D]

Gabarito: GABARITO- 2ª CHAMADA- 1º ANO QUIMICA- EDUARDO. Resposta da questão 1: [B] Resposta da questão 2: [D] Resposta da questão 3: [D] GABARITO- 2ª CHAMADA- 1º ANO QUIMICA- EDUARDO Gabarito: Resposta da questão 1: [B] Resposta da questão 2: [D] Resposta da questão 3: [D] Resposta da questão 4: [A] Resposta da questão 5: [B] Resposta da

Leia mais

Solução Comentada Prova de Biologia

Solução Comentada Prova de Biologia 11. Em relação à importância dos organismos autotróficos na modificação da atmosfera na Terra primitiva, analise as proposições abaixo e marque com V as verdadeiras e com F as falsas. 1 ( ) Com a liberação

Leia mais

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E.

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E. ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências Turma: 17A,17B, 17C, 17D e E. Lista dos conteúdos Características dos Seres Vivos

Leia mais

SUMÁRIO. Raven Biologia Vegetal. Amostras de páginas não sequenciais e em baixa resolução. Copyright 2014 Editora Guanabara Koogan Ltda.

SUMÁRIO. Raven Biologia Vegetal. Amostras de páginas não sequenciais e em baixa resolução. Copyright 2014 Editora Guanabara Koogan Ltda. SUMÁRIO Introdução, 1 1 Botânica Introdução, 2 Evolução das plantas, 3 Evolução das comunidades, 8 Aparecimento dos seres humanos, 10 seção 1 Biologia da Célula Vegetal, 17 2 Composição Molecular das Células

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ==============================================================================================

BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== PROFESSOR: Leonardo Mariscal BANCO DE QUESTÕES - BIOLOGIA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================== Assunto: Organelas citoplasmáticas

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta

Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta Questão 1 Uma enzima, extraída da secreção de um órgão abdominal de um cão, foi purificada, dissolvida em uma solução fisiológica com ph 8 e distribuída em seis tubos de ensaio. Nos tubos 2, 4 e 6, foi

Leia mais

Reino Protista. Protozoários. rios Microalgas Macroalgas

Reino Protista. Protozoários. rios Microalgas Macroalgas Reino Protista Protozoários rios Microalgas Macroalgas I. Protozoários: rios:. Designação coletiva para unicelulares eucariontes heterótrofos (sem valor taxonômico).. Classificação conforme estrutura locomotora.

Leia mais

REINO N O P ROTIST S A

REINO N O P ROTIST S A REINO PROTISTA INTRODUÇÃO O termo protistaderiva do grego e significa primeiros de todos, dando a idéia de que eles teriam sido os primeiros eucariontes a surgir no curso da evolução. Reino protista Os

Leia mais

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário

25/03/2013. Características gerais dos animais REINO ANIMALIA. Principais filos. Desenvolvimento embrionário Características gerais dos animais Eucariontes; Pluricelulares; Heterótrofos; Simetria bilateral, radial ou assimétricos; REINO ANIMALIA CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS Principais filos Porífera: esponjas;

Leia mais

ALGAS Quadro comparative. Chlorophyta Euglenophyta Rhodophyta Phaeophyta Bacillariophyta Dinophyta

ALGAS Quadro comparative. Chlorophyta Euglenophyta Rhodophyta Phaeophyta Bacillariophyta Dinophyta ALGAS Quadro comparative Ocorrencia Morfologia Parede celular Chlorophyta Euglenophyta Rhodophyta Phaeophyta Bacillariophyta Dinophyta Cosmopolita, Ambiente Maioria marinha Maioria de Marinho 90% de água

Leia mais

AULA 1 Organização Celular Tipos de Célula. CÉLULAS ANIMAL E VEGETAL Pág. 71

AULA 1 Organização Celular Tipos de Célula. CÉLULAS ANIMAL E VEGETAL Pág. 71 AULA 1 Organização Celular Tipos de Célula CÉLULAS ANIMAL E VEGETAL Pág. 71 CÉLULAS As células são os menores e mais simples componentes do corpo humano. A maioria das células são tão pequenas, que é necessário

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE RESPIRAÇÃO CELULAR Processo de produção de energia a partir da degradação completa de compostos orgânicos energéticos (ex.:

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS. Reino Animalia

CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS. Reino Animalia CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ANIMAIS Reino Animalia Organização do corpo e principais filos São pluricelulares, eucariontes e heterótrofos Apresentam grande diversidade (1 milhão de espécies distribuídas

Leia mais

Data: /08/14 Bimestr e:

Data: /08/14 Bimestr e: Data: /08/14 Bimestr e: 2 Nome : Disciplina Ciências : Valor da Prova / Atividade: Professo r: 7 ANO N º Ângela Nota: Objetivo / Instruções: Lista de Recuperação 1.Como é a reprodução dos fungos? Assinale

Leia mais

A biodiversidade em diferentes ambientes. http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm

A biodiversidade em diferentes ambientes. http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm A biodiversidade em diferentes ambientes http://www.prof2000.pt/users/ccaf/exercicios/ecossistemas/biomas.htm Unidade básica da vida a célula Quem foi Robert Hooke? Por volta de 1667, o cientista inglês

Leia mais

5. Continuação das Algas verdes (Chlorophyta) (leitura recomendada Raven et. al. Capítulo Protista II: Green Algae)

5. Continuação das Algas verdes (Chlorophyta) (leitura recomendada Raven et. al. Capítulo Protista II: Green Algae) 5. Continuação das Algas verdes (Chlorophyta) (leitura recomendada Raven et. al. Capítulo Protista II: Green Algae) As algas verdes incluem cerca 17 000 espécies na sua maioria de água doce, mas estão

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS. alternativa E. alternativa B. A, B e C pertenceriam, respectivamente, a organismos

Questão 1. Questão 3. Questão 2 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS. alternativa E. alternativa B. A, B e C pertenceriam, respectivamente, a organismos 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS Questão 1 O exame de um epitélio e do tecido nervoso de um mesmo animal revelou que suas células apresentam diferentes características. Isso ocorre porque a) as moléculas de

Leia mais

Reino Protoctista ou protista

Reino Protoctista ou protista Reino Protoctista ou protista Uni e pluricelulares 1. Características gerais: Eucariontes uni ou pluricelulares. Autótrofas fotossintetizantes. Mar, lagos, rios, superfícies úmidas. Não apresentam tecidos,

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Algas As algas são organismos que anteriormente eram incluídos no Reino Plantae, porém atualmente pertencem ao Reino

Leia mais

Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Biociências e Biotecnologia Laboratório de Biotecnologia. Cianobactérias

Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Biociências e Biotecnologia Laboratório de Biotecnologia. Cianobactérias Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Biociências e Biotecnologia Laboratório de Biotecnologia Cianobactérias Disciplina: Biologia dos Vegetais Inferiores Coordenadora: Dra. Denise Dagnino

Leia mais

Antigas doutrinas da Índia, da Babilônia e do Egito ensinavam que rãs, cobras e crocodilos eram gerados pelo lodo dos rios.

Antigas doutrinas da Índia, da Babilônia e do Egito ensinavam que rãs, cobras e crocodilos eram gerados pelo lodo dos rios. 1 2 Antigas doutrinas da Índia, da Babilônia e do Egito ensinavam que rãs, cobras e crocodilos eram gerados pelo lodo dos rios. Esses seres, que apareciam inexplicavelmente no lodo, eram encarados como

Leia mais

FUNGOS. http://danutaw.webnode.com.br

FUNGOS. http://danutaw.webnode.com.br FUNGOS CARACTERÍSTICAS GERAIS - Eucarióticos; - Heterotróficos - Nutrição por absorção; - Uni ou pluricelular * leveduriforme (sem micélio) * hifas: filamentos tubulares ramificados, com crescimento apical

Leia mais

Sistemas de Trocas Gasosas

Sistemas de Trocas Gasosas Sistemas de Trocas Gasosas 1 Generalidades os seres vivos habitam diversos tipos de ambientes, sendo fundamentalmente o terrestre, o aquático e o aéreo. As diferenças existentes entre os diversos ambientes,

Leia mais

Superlista Bioenergética

Superlista Bioenergética Superlista Bioenergética 1. (Uerj) O ciclo dos ácidos tricarboxílicos, ou ciclo de Krebs, é realizado na matriz mitocondrial. Nesse ciclo, a acetilcoenzima A, proveniente do catabolismo de carboidratos,

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE RESPIRAÇÃO CELULAR Processo de produção de energia a partir da degradação completa de compostos orgânicos energéticos (ex.:

Leia mais

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano

Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano Educadora: Daiana Araújo C. Curricular:Ciências Naturais Data: / /2013 Estudante: 8º Ano O termo célula foi usado pela primeira vez pelo cientista inglês Robert Hooke, em 1665. Por meio de um microscópio

Leia mais

PRÉ-VESTIBULAR DOS COMERCIÁRIOS-FCT DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR: MOUZER COSTA ALUNO (A):

PRÉ-VESTIBULAR DOS COMERCIÁRIOS-FCT DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR: MOUZER COSTA ALUNO (A): PRÉ-VESTIBULAR DOS COMERCIÁRIOS-FCT DISCIPLINA: BIOLOGIA PROFESSOR: MOUZER COSTA ALUNO (A): 1. Um dos medicamentos que se deve evitar consumir quando se tem dengue é a aspirina (ácido acetilsalicílico),

Leia mais

Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física?

Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física? Fisiologia Humana QUESTÕES INICIAIS 1 2 3 Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física? Qual a importância dos conhecimentos

Leia mais

BIOLOGIA. Questão 01 A B. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que:

BIOLOGIA. Questão 01 A B. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que: Questão 01 BIOLOGIA A B 2 1 5 4 C 3 Fonte: AMABIS, JM e MARTHO, G. Biologia das Células. 1 a ed. São Paulo: Moderna, 2004, p. 130-132. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que: 01. o desenho

Leia mais

Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes Fanly Fungyi Chow Ho

Licenciatura em Ciências USP/ Univesp. Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes Fanly Fungyi Chow Ho Alveolados 7 TÓPICO Sônia Godoy Bueno Carvalho Lopes Fanly Fungyi Chow Ho 7.1 Introdução aos Alveolados 7.2 Dinoflagelados 7.3 Ciliados 7.4 Os Apicomplexos Licenciatura em Ciências USP/ Univesp Licenciatura

Leia mais

Algas Biologia

Algas Biologia Algas Biologia 3-2016 Algas O termo alga (usado desde 1753) é aplicado a uma variedade de organismos Há um significado preciso atribuído a ele? Definição: termo tradicional para uma série de eucariotos

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Reino Animal - PORÍFEROS E CNIDÁRIOS Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Reino Animal - PORÍFEROS E CNIDÁRIOS Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Reino Animal - PORÍFEROS E CNIDÁRIOS Prof. Enrico Blota Biologia Reino animal Poríferos e cnidários Poríferos A linhagem que originou as esponjas atuais se separou da linhagem

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 28 REINO PROTISTA

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 28 REINO PROTISTA BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 28 REINO PROTISTA Corpúsculo basal Membrana ondulante Citoplasma núcleo flagelo Reprodução assexuada em flagelados Parasita Leishmania brasiliensis Transmissor homem Phlebotomus

Leia mais

BOTÂNICA PARTE I Ramo da biologia que estuda as plantas. Briófita & Pteridófita

BOTÂNICA PARTE I Ramo da biologia que estuda as plantas. Briófita & Pteridófita BOTÂNICA PARTE I Ramo da biologia que estuda as plantas. Briófita & Pteridófita BOTÂNICA (Reino Plantae) Para pertencer ao grupo das plantas o organismo deve: Ter raiz, caule e folha; Ser autótrofo fotossintetizante

Leia mais

Algas Unicelulares e Pluricelulares. Prof. Msc. Cleysyvan Macedo

Algas Unicelulares e Pluricelulares. Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Algas Unicelulares e Pluricelulares Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Algas Organismos fotossintetizantes pertencentes ao Reino Protista Seres Eucariontes, autotróficos, uni ou pluricelulares Não possuem tecidos

Leia mais

SISTEMA REPRODUTOR. Sistema reprodutor feminino

SISTEMA REPRODUTOR. Sistema reprodutor feminino SISTEMA REPRODUTOR A reprodução é de importância tremenda para os seres vivos, pois é por meio dela que os organismos transmitem suas características hereditariamente e garantem a sobrevivência de suas

Leia mais

ALGAS DAS DIVISÕES PHAEOPHYTA, BACILLARIOPHYTA E DINOPHYTA

ALGAS DAS DIVISÕES PHAEOPHYTA, BACILLARIOPHYTA E DINOPHYTA ALGAS DAS DIVISÕES PHAEOPHYTA, BACILLARIOPHYTA E DINOPHYTA META Apresentar as características que defi nem as algas das divisões Phaeophyta, Bacillariophyta e Dinophyta. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula,

Leia mais

unidade reprodutiva hifas alga hifas

unidade reprodutiva hifas alga hifas Pertencem ao reino Protoctista*; São eucariontes (presença de núcleo), fotossintetizantes (autotróficos), uni ou multicelulares; Vivem em locais úmidos sobre terra firme ou na água (ambiente marinho e

Leia mais

CONTEÚDOS DE BIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE BIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONTEÚDOS DE BIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas

Leia mais

Ciências REINO PROTISTA. Professora: Laila Bekai

Ciências REINO PROTISTA. Professora: Laila Bekai Ciências REINO PROTISTA Professora: Laila Bekai 7o ano São unicelulares e pluricelulares São eucariontes possuem um núcleo individualizado, envolvido por uma membrana. Os principais representantes desse

Leia mais

CITOLOGIA CITOLOGIA. A história da Citologia TEORIA CELULAR 30/03/2016

CITOLOGIA CITOLOGIA. A história da Citologia TEORIA CELULAR 30/03/2016 CITOLOGIA CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula) + Logos (estudo) As células são as unidades funcionais e estruturais básicas

Leia mais

ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Prof. Emerson

ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Prof. Emerson ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS Prof. Emerson Algumas considerações importantes: Apesar da diversidade, algumas células compartilham ao menos três características: São dotadas de membrana plasmática; Contêm

Leia mais

Espécies colonizadoras do charco do Centro Ciência Viva de Sintra A nível microscópico são observáveis: Diatomáceas Euglenófitas Protozoários

Espécies colonizadoras do charco do Centro Ciência Viva de Sintra A nível microscópico são observáveis: Diatomáceas  Euglenófitas Protozoários Espécies colonizadoras do charco do Centro Ciência Viva de Sintra A colonização do charco do CCVS está planeada ser feita de modo natural, segundo sucessões ecológicas. A água é doce e tem origem numa

Leia mais

CONHEÇA OS FUNGOS E BACTÉRIAS

CONHEÇA OS FUNGOS E BACTÉRIAS Fungo ou Cogumelo CONHEÇA OS FUNGOS E BACTÉRIAS O termo fungo, em sentido lato, designa os talófitos aclorofilados, isto é, as bactérias ou esquizimicófitas, os fungos mucosos, mixomicetes ou mixomicófitas

Leia mais

CLOROPLASTOS E FOTOSSÍNTESE

CLOROPLASTOS E FOTOSSÍNTESE CLOROPLASTOS E FOTOSSÍNTESE Cloroplastos Plastos ou plastídeos com pigmentos coloridos (cromoplastos), sendo o pigmento predominante a clorofila, responsável pela absorção de energia luminosa. Nos vegetais

Leia mais

ECOLOGIA. BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2. Conceitos Básicos. Estuda as formas de organização superiores à do organismo 14/02/2014.

ECOLOGIA. BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2. Conceitos Básicos. Estuda as formas de organização superiores à do organismo 14/02/2014. BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2 Conceitos Básicos ECOLOGIA Estuda as formas de organização superiores à do organismo Protoplasma Níveis de Organização dos Seres Vivos Célula Tecido Órgão Aparelho Sistema

Leia mais

Algas com clorofila a e c. Divisão Phaeophyta, Bacillariophyta e Dinophyta. Divisão Phaeophyta

Algas com clorofila a e c. Divisão Phaeophyta, Bacillariophyta e Dinophyta. Divisão Phaeophyta Algas com clorofila a e c Divisão Phaeophyta, Bacillariophyta e Dinophyta Divisão Phaeophyta 1 Características gerais eucariontes clorofila a, c 1 e c 2 xantofilas ( fucoxantina) e carotenos reserva laminarina

Leia mais

O CITOPLASMA. Prof. André Maia. O Movimento amebóide é um movimento de deslocamento de algumas células através da emissão de pseudópodes.

O CITOPLASMA. Prof. André Maia. O Movimento amebóide é um movimento de deslocamento de algumas células através da emissão de pseudópodes. O CITOPLASMA Prof. André Maia Conceito É a região da célula localizada entre a membrana plasmática e o núcleo, preenchida por uma substância gelatinosa (semi-líquida), na qual estão mergulhadas as organelas

Leia mais

REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS

REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS REVISÃO PROTOZOÁRIOS, FUNGOS, PORÍFEROS E PLATELMINTOS REINO PROTOCTISTA Reino Protoctista - Protozoários Eucariontes, unicelulares (alguns coloniais) Vida livre e parasitária Relações Ecológicas: mutualismo

Leia mais

Alguns componentes da membrana plasmática estão representados na figura abaixo.

Alguns componentes da membrana plasmática estão representados na figura abaixo. Prova de Biologia 1 a Questão: (1,0 ponto) Alguns componentes da membrana plasmática estão representados na figura abaixo. Identifique a estrutura que está indicada pela seta e cite três atividades celulares

Leia mais

BIOLOGIA. Questão 2 a) Criptógamas. b) Fanerógamas. c) Espermatófitas. d) avasculares. e) vasculares ou traqueófitas. f) Monera.

BIOLOGIA. Questão 2 a) Criptógamas. b) Fanerógamas. c) Espermatófitas. d) avasculares. e) vasculares ou traqueófitas. f) Monera. BIOLOGIA Prof. Fred AULA 1 EVOLUÇÃO E REPRODUÇÃO DOS GRUPOS VEGETAIS SERIE AULA a) Final do Carbonífero: Final do Carbonífero: raízes, caules e folhas. Início do Cretáceo: Início do Cretáceo: raízes, caules,

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 11/08/2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Lista de exercícios 3º ano poríferos

Lista de exercícios 3º ano poríferos 1. (Pucmg) Possuem sistema nervoso, EXCETO: a) Agnatos. b) Cnidários. c) Anelídeos. d) Poríferos. e) Moluscos. 2. (Pucmg) Uma esponja-viva é um animal multicelular com pequena diferenciação celular. Suas

Leia mais

CARBOIDRATOS. INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal

CARBOIDRATOS. INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal CARBOIDRATOS *Os animais não são capazes de sintetizar carboidratos a partir de substratos simples não energéticos, precisando obtê-los

Leia mais

PROTOZOÁRIOS. Classificação dos Protozoários

PROTOZOÁRIOS. Classificação dos Protozoários PROTOZOÁRIOS Classificação dos Protozoários Protozoários Unicelulares Eucariontes Possuem capacidade de deslocamento Heterótrofos A nutrição é realizada por fagocitose (englobamento de partículas ou predatismo

Leia mais

Biologia. AIDS, dengue e gripe

Biologia. AIDS, dengue e gripe 01 - (PUC SP) Os recifes de corais são formados por colônias de animais providos de um esqueleto que protege um grande número de pólipos. Os animais presentes nos corais pertencem ao mesmo filo que a)

Leia mais

Corresponde ao local de cada gene em específico. Em um mesmo cromossomo há vários genes, cada um com sua localização específica.

Corresponde ao local de cada gene em específico. Em um mesmo cromossomo há vários genes, cada um com sua localização específica. Espiralização do Cromossomo O material genético (DNA) encontra-se associado a proteínas, formando histonas, que vão se enrolando e formam a cromatina. Quando a cromatina está no nível máximo de espiralização,

Leia mais

FUVEST Resolvida 12/Janeiro/2016

FUVEST Resolvida 12/Janeiro/2016 pra quem faz questão das melhores faculdades Resolvida 12/Janeiro/2016 2 a Fase 3 o Dia Biologia CPV 2F2016 a) A associação entre as duas populações de insetos (formigas e cigarrinhas) se mostra favorável

Leia mais

Biologia e Geologia. Teste Intermédio de Biologia e Geologia. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 09.03.2010

Biologia e Geologia. Teste Intermédio de Biologia e Geologia. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 09.03.2010 Teste Intermédio de Biologia e Geologia Teste Intermédio Biologia e Geologia Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 09.03.2010 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Na sua folha

Leia mais

Características Gerais

Características Gerais Características Gerais Eucarióticos, fotossintetizantes, uni ou multicelulares. Vivem no mar, em água doce e em terra firme, sobre superfícies úmidas. As algas microscópicas são abundantes nas camadas

Leia mais

Resoluções de Atividades

Resoluções de Atividades Resoluções de Atividades Sumário Aula 16 Citoplasma I... 1 Aula 17 Citoplasma II... 2 Aula 18 Metabolismo energético Respiração... 3 Aula 19 Metabolismo energético Respiração e fermentação... 4 01 C 02

Leia mais

Biologia. Introdução. Questão 13. Resposta esperada

Biologia. Introdução. Questão 13. Resposta esperada 2ª Fase Biologia Introdução A prova de biologia da segunda fase, como nos anos anteriores, procurou abranger o conteúdo programático ministrado no ensino médio de forma integradora e multidisciplinar dentro

Leia mais

Biologia. Setor 1423 Móds. 03 a 06. Prof. Rafa

Biologia. Setor 1423 Móds. 03 a 06. Prof. Rafa Biologia Setor 1423 Móds. 03 a 06 Prof. Rafa PROTISTAS PROTISTAS ALGAS FOTOSSINTETIZANTES PROTOZOÁRIOS PARASITAS Protozoários (Reino Protista) Características: Estrutura Formas de vida Eucariontes Unicelulares

Leia mais

Biodiversidade e Ambiente I

Biodiversidade e Ambiente I Biodiversidade e Ambiente I Capt III - II. A evolução da vida vegetal na água: as algas A evolução da vida vegetal na água: as algas Produtividade global e dos oceanos O fitoplancton e o ciclo do C Que

Leia mais

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Existem espécies de sexos separados e espécies hermafroditas. Neste último caso, os óvulos e espermatozoides de um mesmo indivíduo amadurecem em épocas diferentes, o que evita a

Leia mais

Diversidade e Evolução dos Organismos Fotossintetizantes (Módulo II) Continuação BRIÓFITAS

Diversidade e Evolução dos Organismos Fotossintetizantes (Módulo II) Continuação BRIÓFITAS Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Ciências Biológicas Departamento de Botânica Diversidade e Evolução dos Organismos Fotossintetizantes (Módulo II) Continuação BRIÓFITAS Plantas: a ocupação

Leia mais

REINO PROTOCTISTA - PROTOZOÁRIOS

REINO PROTOCTISTA - PROTOZOÁRIOS 1º EM BIOLOGIA PROFESSOR JOÃO REINO PROTOCTISTA - PROTOZOÁRIOS Reino Protoctista Protozoários Características gerais Eucariontes unicelulares; Heterótrofos (digestão intracelular); Pinocitose Fagocitose

Leia mais

unidade básica da vida

unidade básica da vida unidade básica da vida Na hierarquia de organização da vida, a célula ocupa um lugar particular, pois constitui a mais pequena unidade estrutural e funcional em que as propriedades da vida se manifestam.

Leia mais

Divisão Phaeophyta. Divisão Phaeophyta, Bacillariophyta e Dinophyta

Divisão Phaeophyta. Divisão Phaeophyta, Bacillariophyta e Dinophyta Algas com clorofila a e c Divisão Phaeophyta, Bacillariophyta e Dinophyta Divisão Phaeophyta (clorofilas a,c 1 e c 2 ) 1 Ocorrência maioria marinha, ocorrendo desde a zona supralitoral até a zona infralitoral.

Leia mais

ATIVIDADES. BA.10: Moluscos e Equinodermos BIOLOGIA

ATIVIDADES. BA.10: Moluscos e Equinodermos BIOLOGIA ATIVIDADES 1. (UERJ 2006) Um ecossistema pode ser drasticamente alterado pelo surgimento ou pelo desaparecimento de espécies de seres vivos. a) Um ambiente em equilíbrio é habitado por indivíduos pertencentes

Leia mais

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Fonte: O Estado de S.Paulo, 10/12/ 97.

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. Fonte: O Estado de S.Paulo, 10/12/ 97. CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 13. Ao chegar ao Pará (Belém), encontrei a cidade, antes alegre e saudável, desolada por duas epidemias: a febre amarela e a varíola. O governo tomou todas as precauções sanitárias

Leia mais

7º ANO Ensino Fundamental

7º ANO Ensino Fundamental E n s in o F o r t e e d e R e s u l t a do s Estudante: Centro Educacio nal Juscelino K ub itschek G u a r á Exercícios Rec. Semestral 2º Bimestre C I Ê N C I A S 7º ANO Ensino Fundamental Data: / / Turno:

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS

CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CONSULTAR Disciplina: Microbiologia Geral CLASSIFICAÇÃO DOS MICRORGANISMOS Microbiologia Tortora, G. J.; Funke, B. R.; Case, C. L.. Capítulo 1 Pag. 2-6 Capítulo 2 Pag. 276-284 Classificação dos microrganismos

Leia mais

Resoluções de Exercícios

Resoluções de Exercícios Resoluções de Exercícios BIOLOGIA IV 01 Embriologia Humana A espermatogônia é uma célula diploide (2n) e o espermatócito II é uma célula haploide (n), portanto, a espermatogônia terá o dobro do número

Leia mais

ALGAS UNICELULARES E PLURICELULARES PROF.: DAVID SILVEIRA BIOLOGIA

ALGAS UNICELULARES E PLURICELULARES PROF.: DAVID SILVEIRA BIOLOGIA Reino Protista ALGAS UNICELULARES E PLURICELULARES PROF.: DAVID SILVEIRA BIOLOGIA Algas Organismos fotossintetizantes pertencentes ao Reino Protista Seres Eucariontes, autotróficos, uni ou pluricelulares

Leia mais

Microscópio de Robert Hooke Cortes de cortiça. A lente possibilitava um aumento de 200 vezes

Microscópio de Robert Hooke Cortes de cortiça. A lente possibilitava um aumento de 200 vezes CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula é a Citologia (do grego: cito = célula; logos = estudo). A invenção do microscópio no final do século XVI revolucionou a Biologia. Esse instrumento possibilitou

Leia mais

Aulão: 20/06/2015 Conteúdo: Metabolismo Energético Profº Davi Vergara Profº Roberto Fonseca ONDA que apenas transportam energia.

Aulão: 20/06/2015 Conteúdo: Metabolismo Energético Profº Davi Vergara Profº Roberto Fonseca  ONDA que apenas transportam energia. Aulão: 20/06/2015 Conteúdo: Metabolismo Energético Profº Davi Vergara O Sol é o principal responsável pela existência de vida na Terra. A energia luminosa captada por algas e plantas é utilizada na produção

Leia mais

Qual (is ) das imagens abaixo também representa/m uma esponja?

Qual (is ) das imagens abaixo também representa/m uma esponja? INVERTEBRADOS: Poríferos Qual (is ) das imagens abaixo também representa/m uma esponja? Os poríferos constituem o filo composto pelos animais de estrutura corporal mais simples. São conhecidos como esponjas.

Leia mais

1º ano. 2º ano. Os seres vivos, Evolução e Classificação

1º ano. 2º ano. Os seres vivos, Evolução e Classificação 1º ano A Origem da Vida Histórico da busca pela origem da vida Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Abiogênese Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Criacionismo Livro 1- Unidade 2 - p. 52 A origem da vida através da Evolução

Leia mais

Reino Protista (aula II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Reino Protista (aula II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Reino Protista (aula II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Reino Protista Relembrando! Eucariontes Autótrofos ou heterótrofos; De vida livre, ou dentro de algum organismo, Parasita, mutualista

Leia mais

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor Biodiversidade é o conjunto de diferentes formas de vida no planeta. De todos os seres vivos que constituem atualmente a biosfera, já foram identificadas cerca

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA. Observe o esquema, que representa o transporte de lipoproteína LDL para dentro da célula. Receptores de LDL.

PROVA DE BIOLOGIA. Observe o esquema, que representa o transporte de lipoproteína LDL para dentro da célula. Receptores de LDL. 11 PROVA DE BIOLOGIA Q U E S T Ã O 1 6 Observe o esquema, que representa o transporte de lipoproteína LDL para dentro da célula. Partícula de LDL (Lipoproteína de baixa densidade) Receptores de LDL Endossomo

Leia mais

GABARITO DE BIOLOGIA FRENTE 3

GABARITO DE BIOLOGIA FRENTE 3 Módulo 09 GABARITO DE BIOLOGIA FRENTE 3 Quando ocorre o fechamento dos estômatos a condução de seiva bruta fica prejudicado bem como a entrada de gás carbônico para o processo fotossintético. 02. C O deslocamento

Leia mais

Exercícios para Prova 1 de Biologia 1 Trimestre

Exercícios para Prova 1 de Biologia 1 Trimestre Exercícios para Prova 1 de Biologia 1 Trimestre Pessoal a matéria da prova de Biologia é dos Módulos 1 a 5 (Edgard) e Módulo 1 (Ricardo). Parte I O Gabarito está na última folha. 1. Ordene as categorias

Leia mais

PROF. FERNANDO BELAN - BIOLOGIA MAIS ALGAS

PROF. FERNANDO BELAN - BIOLOGIA MAIS ALGAS PROF. FERNANDO BELAN - BIOLOGIA MAIS INTRODUÇÃO Pertencentes ao Reino Protista, juntamente com os protozoários. O termo Alga, é empregado como designação coletiva, sem valor taxonômico. Fotossintetizantes

Leia mais

CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA

CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA Prof. Sharline Florentino de Melo Santos UFPB CT - DEQ PRINCIPAIS ESQUEMAS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ORGANISMOS VIVOS Esquema de classificação Reinos Linnaeus (1753) Plantae

Leia mais

b) Justifique sua resposta. Resolução a) A afirmação não é válida. b) Os vírus são parasitas obrigatórios de células procarióticas

b) Justifique sua resposta. Resolução a) A afirmação não é válida. b) Os vírus são parasitas obrigatórios de células procarióticas 1 BIOLOGIA Devido ao fato de serem muito simples em termos de organização, podemos afirmar que os vírus provavelmente tiveram sua origem antes do surgimento das primeiras células procarióticas. a) A afirmação

Leia mais

03. Resposta (D) Provas resolvidas da UFRGS 2006. Biologia

03. Resposta (D) Provas resolvidas da UFRGS 2006. Biologia Provas resolvidas da UFRGS 2006 Biologia 01. Resposta (C) A Teoria da evolução molecular (proposta inicialmente por Thomas Huxley e depois retomada por Oparin) admite que o surgimento da vida resulta da

Leia mais

UTILIZAÇÃO DOS NOVOS LABORATÓRIOS ESCOLARES

UTILIZAÇÃO DOS NOVOS LABORATÓRIOS ESCOLARES ESCOLA SECUNDÁRIA CAMILO CASTELO BRANCO V. N. FAMALICÃO ACÇÃO DE FORMAÇÃO UTILIZAÇÃO DOS NOVOS LABORATÓRIOS ESCOLARES Correcção Formador: Professor Vítor Duarte Teodoro Formanda: Maria do Céu da Mota Rocha

Leia mais

Classificação dos Seres Vivos

Classificação dos Seres Vivos Classificação dos Seres Vivos Quantos seres vivos há na Terra? Estimativa: ~30 milhões Identificados: ~1,75 milhão de sp animais... A classificação dos seres vivos surgiu com a própria necessidade do homem

Leia mais

O QUE É SER VIVO? Matéria bruta. Ser vivo vida o que existe. ou Ser in animado ativo prefixo de negação o que existe

O QUE É SER VIVO? Matéria bruta. Ser vivo vida o que existe. ou Ser in animado ativo prefixo de negação o que existe Seres Vivos O QUE É SER VIVO? Ser vivo vida o que existe Matéria bruta ou Ser in animado ativo prefixo de negação o que existe O que é vida? Em 1959 Norman Horowitz afirmou que a vida caracteriza-se por

Leia mais