PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES"

Transcrição

1 PORTFÓLIO DE SOLUÇÕES

2 A EMPRESA A Delta Cable IT Solutions, com 21 anos no mercado, cresceu e se posicionou como uma empresa diferenciada e comprometida, contando com grandes fabricantes e buscando sempre prover aos clientes a solução ideal para cada necessidade. Desta forma, oferece soluções completas com produtos de alta qualidade e valor agregado. A Delta Cable IT Solutions busca garantir alta performance e diferencial competitivo aos seus clientes e parceiros e, ao mesmo tempo, preservar a qualidade de vida das gerações futuras e do meio ambiente. A empresa hoje conta com 140 colaboradores, distribuídos entre a sua Matriz, em Curitiba (PR), 6 Filiais e 4 Escritórios Comerciais. MISSÃO Fornecer as mais avançadas soluções e produtos para infraestrutura e conectividade, garantindo aos clientes confiabilidade, segurança e agilidade de informações. VISÃO Ser referência nacional pela capacitação técnica, comercial e humana, oferecendo soluções tecnológicas inovadoras CERTIFICAÇÃO Em dezembro de 2011, a empresa conquistou a Certificação ISO 9001:2008 e com isso, ratificou sua atenção especial aos processos, que seus colaboradores estão comprometidos com a excelência no atendimento ao cliente e foco na qualidade. Já em 2014, a Certificação foi renovada. DISTRIBUIDOR DE VALOR AGREGADO (VAD) Com o objetivo de identificar as principais tendências tecnológicas e fabricantes de produtos que atendam às demandas e níveis de maturidade de cada mercado, a Delta Cable busca sempre estar à frente das inovações do mercado. Além disso, a empresa apresenta um vasto portfólio de produtos, todos com alto padrão de qualidade e valor agregado, tudo para garantir a satisfação do cliente. Com qualidade superior e todas as possibilidades que o controle IP permitem, os circuitos fechados de televisão (CFTV) abrangem controles de acesso, de perímetros e de periféricos de forma integrada e facilitada, gerenciamento de informações e inteligência de vídeo. O Data Center é um ambiente destinado a aplicações de missão crítica, onde são abrigados os equipamentos responsáveis pelo processamento e armazenamento das principais informações dos diversos tipos de organizações. Com maior transferência de dados, flexibilidade e velocidade, a fibra óptica transmite as informações desejadas. FTTx é uma rede passiva de alto desempenho que tem sinal originado em uma central e transmitido via rede óptica, destinado a seu ponto terminal. E com a tecnologia PON LAN esta informação chega até a mesa do usuário. EQUIPAMENTOS DE TESTE E FERRAMENTAS O cabeamento estruturado foi projetado para ser compatível com os componentes de redes existentes, permitindo atender às atuais tecnologias e futuras expansões. Dentro dos padrões EIA/TIA 568 C e ISO/IEC é capaz de prover um sistema de cabeamento flexível e confiável, com uma vida útil de 10 a 15 anos. Os equipamentos ativos são parte da base da rede, com seu perfeito funcionamento garantimos que possíveis problemas sejam minimizados. Sendo assim, a performance, segurança e confiabilidade do produto dependem de um planejamento de necessidades bem estruturado. A certificação garante todos os parâmetros elétricos testados do cabo, sua qualidade, velocidade em transmissão de dados, entre outros testes comparados a normas internacionais garantindo que os equipamentos funcionem com sua máxima velocidade. 1

3 CONCEITO PADRÕES CABEAMENTO Refrigeração ENERGIA SEGURANÇA LINHA DE PRODUTOS A Delta Cable é uma empresa comprometida e diferenciada, provendo a seus clientes soluções de alto valor agreagado em todas as suas verticais. Além disso, nosso portfólio conta com soluções modulares para suportar o crescimento contínuo do ramo de Data Center. Soluções de alta densidade e de alta performance, que reduzem o consumo de energia e melhoram a dissipação de calor Com o crescente número de informações trafegando na internet a partir da popularização de redes sociais, o uso de computadores, de dispositivos de acesso e, também, com o próprio aumento do volume de informações dentro de redes corporativas, as empresas viram a necessidade de construir uma infraestrutura robusta. 2

4 CONCEITO O DATA CENTER é um ambiente projetado para abrigar servidores e outros componentes, como sistemas de armazenamento de dados (storages) e ativos de rede (switches, roteadores). O objetivo principal é garantir a disponibilidade de equipamentos que rodam sistemas cruciais para o negócio de uma organização, tais como o ERP (Enterprise Resouerce Planning) ou CRM (Customer Relationship Management), garantindo também ao usuário a continuidade do negócio. Desta forma, um DATA CENTER é dividido em subsistemas como: cabeamento estruturado, refrigeração, infraestrutura, energia, controle de acesso ou monitoramento. Estes subsistemas são alocados por ambientes, como: 3

5 PADRÕES Normas Os ambientes cruciais de centro de dados possuem regulamentações e normas para auxiliar na performance de cada um dos pontos abordados anteriormente. Para ter a certeza de que está empregando a solução adequada e evitar inconvenientes futuros, é necessário uma atenção especial às normas: ANSI/TIA-942-A, ISO/IEC 24764:2010, Uptime Institute Topology 2012 e Operational Sustainability 2013, ASHRAE Design C Aion 2014, BICSI e NBR 14565:2013. Classificações Para que não ocorram interrupções nos serviços de um DATA CENTER, criaram-se classificações de topologias de infraestruturas conhecidas como TIER1, TIER2, TIER3 e TIER4, baseadas em níveis crescentes de redundância, tanto na quantidade de componentes quanto na quantidade de caminhos de distribuição. Com o objetivo de comparar a funcionalidade, capacidade e a disponibilidade de um centro de dados, grupos como TIA e UPTIME estabeleceram critérios para diferenciar as topologias de infraestruturas necessárias em ordem crescente de redundância, tanto em componentes de capacidade quanto em caminhos de distribuição. A tabela abaixo resume a classificação segundo as exigências do UPTIME: REQUISITO TIER TIER 1 TIER II TIER III TIER IV Sistema de Energia Redundância de componente para os diversos sistemas N N + 1 N + 1 N + 1 Meios de distribuição simultâneos Compartimentação dos sistemas Não Não Sim Sim Manutenção sem interrupção dos sistemas Não Não Sim Sim Suporta falhas sem que haja interrupção dos sistemas Não Não Não Sim 4

6 CABEAMENTO Soluções Ópticas Com o rápido avanço tecnológico e com a necessidade de maiores taxas de transmissão, para diversos serviços de rede, as fibras e os cabos ópticos são os meios de transmissão mais adequados, pois não sofrem interferências eletromagnéticas e atingem grandes distâncias, sem a necessidade de repetidor. Além da solução tradicional por fusão, outro meio de transmissão está em voga: as soluções pré-conectorizadas de alta densidade. Nela o distribuidor interno óptico (DIO), modelo HDX, suporta até 144 fibras do tipo monomodo ou multimodo, com o uso de cassetes terminados e conector MPO, em apenas 1U de altura. Contudo, para reduzir a ocupação de eletrocalha, recomenda-se o uso de SERVICES CABLE plug-and-play para a interconexão dos DIO s. Por ser um produto totalmente elaborada e aprovado em fábrica, ele apresenta baixa perda de potência de sinal. Solução de Cobre Na solução em cobre Cat.6A F/UTP os produtos que compõem o canal possuem características próprias de projeto, minimizando qualquer interferência prejudicial ao tráfego de dados. Ficando a critério do usuário a utilização da solução pré-conectorizada (trunks) ou a solução tradicional para a elaboração do canal em campo. Preferencialmente, para evitar danos a porta dos switches e também para melhorar a organização do Data Center, é aconselhado o uso da topologia cross connect. Nesta tecnologia temos o espelhamento tanto para as portas switch quanto para as portas dos servidores. Solução de Gerenciamento A família de produtos PatchView é altamente confiável para gerenciamento de redes de cabeamento estruturado metálico e óptico. Seu sistema, indispensável em ambientes de alta complexidade, proporciona total controle, em tempo real, sobre a conectividade indicada, diminuindo o downtime e, consequentemente, o custo operacional. Certificados e Programa Os produtos FURUKAWA possuem certificados de qualificação dos laboratórios, como ETL e UL que validam a qualidade de seus produtos, bem como o atendimento dos requisitos solicitados nas normas aplicáveis. Além disso, a Furukawa possui o programa Green IT que permite que o cliente, ao atualizar sua infraestrutura de rede por uma de última geração, obtenha também a segurança no tratamento de cabos e acessórios de conectividade retirados (independentemente do fabricante) nesse processo de atualização tecnológica. Esses materiais são retirados pela Furukawa, recebem tratamento e são destinados a empresas que os utilizam como matéria-prima para aplicações em outras indústrias, e, dessa forma, evita-se que eles agridam o meio ambiente. 5

7 REFRIGERAÇÃO A utilização de um sistema de ar condicionado de conforto (uso doméstico) não é recomendada para ambientes de precisão. Muitos fatores se tornam atrativos para a sua utilização, como, por exemplo, o custo inferior. Porém, o ar condicionado de conforto foi desenvolvido para trabalhar em regimes de 8 horas diárias e não possui controle total do ambiente, apenas o controle de temperatura. O condicionamento de ar de precisão deve ser realizado através de sistema redundante de equipamentos de alto desempenho e grande controle de qualidade do ar, com operação gerenciada através de controlador eletrônico. De acordo com as normas citadas anteriormente, os níveis aceitáveis para a operação dos sistemas no ambiente devem ser: Temperatura: 18 C a 27 C Umidade relativa: 40% a 55% Variação máxima: 5 C por hora Além da precisão de temperatura do ar, o posicionamento dos equipamentos é outro fator importante, pois auxilia no fluxo de ar e garante ao ambiente um melhor uso dos espaços. Desta forma, o posicionamento dos equipamentos estabelece um corredor quente e frio, respeitando o afastamento entre paredes e entre filas de equipamentos. Já o fechamento dos espaços vazios nos racks e os equipamentos de refrigeração trabalhando em redundância são outras medidas que evitam danos ao funcionamento dos equipamentos, além do mais, proporcionam uma melhor refrigeração e evitam que sejam um item crítico no ambiente. Existem outras três tendências que melhoram a eficiência do sistema de refrigeração: confinamento dos racks (através da solução do fornecedor ATTIC é possível reduzindo em até 50% do consumo de energia dos ventiladores), opticalização (que consiste na substituição do cobre por fibra óptica, evitando a propagação do calor) e o piso elevado (através da solução do fornecedor EZ FLOOR, composta por placas de 60cm por 60cm de material que não propaga chama e suporta a carga dinâmica e estática necessária para este ambiente). Contudo, o piso elevado requer um pé direito superior a 3m, pois o espaço entre o piso e o teto deve ser de no mínimo 2.60 metros, já que a altura mínima entre o chão e o piso elevado é de 40cm. Ou, caso queira melhorar a circulação do ar abaixo do piso, a altura do piso elevado seja de 60cm e o pé direito de 3 metros e 20 centímetros. 6

8 ENERGIA Devemos garantir que não haja falta de energia e tampouco oscilações em seu fornecimento, que possam danificar equipamentos. O sistema de fornecimento de energia é geralmente composto por sistemas de nobreaks, geradores e alimentação por mais de uma subestação. Já os quadros elétricos e as chaves de transferência devem ser projetados de forma a atender as cargas instaladas e, desta forma, possibilitar o fácil gerenciamento e transferência de cargas conforme a necessidade. Sua montagem otimizada é executada de forma a permitir que pessoas habilitadas ou não possam operar os equipamentos. TRANSFORMADOR TRANSFORMADOR GERADOR GERADOR CHAVE DE TRANSFERÊNCIA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA UPS QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO Nobreak NPDU NPDU SERVIDOR De uma forma resumida, o nobreak (também conhecido como UPS-Uninterruptible Power Supply) tem a função de manter os equipamentos alimentados em caso de falta de energia elétrica. Este equipamento mantém ligado a entrada dos geradores, oferecendo também uma proteção adicional contra as instabilidades da rede elétrica. Além disso, possuem a alternativa de monitoramento de forma remota. São produtos com baixo fator de potência e com a capacidade de substituir componentes sem o desligamento do equipamento (hot swap). Outro fator importante é a possibilidade de ser uma solução modular e a opção entre produtos On-Line (Dupla Conversão). O dimensionamento depende diretamente da carga instalada no Data Center. NPDU Já as unidades de Réguas Inteligentes de Energia (NPDU) permitem que os administradores de TI possam ligar/desligar, reiniciar, monitorar e controlar remotamente a energia dos servidores e outros dispositivos de rede. Estas réguas podem ser utilizadas em conjunto com outras soluções de gerenciamento remoto, tais como Switch KVM IP ou Servidores de Acesso a Console, para fornecer gerenciamento integrado de energia elétrica. Além disso, é possível medir o consumo de energia por tomada. Este tipo de solução elimina a necessidade da presença física na sala de servidores para desligar/ ligar os equipamentos, proporcionando assim alta disponibilidade, segurança física e redução de custos com deslocamento. 7

9 SEGURANÇA ELETRÔNICA A segurança de um Data Center é importante por diversos motivos, dentre as principais ameaças estão: fogo, calor, água, acesso indevido, furtos e pulsos eletromagnéticos. Além dos diferentes sistemas necessários para a operação e diferentes grupos de pessoas que atuam dentro do centro de dados, em um Data Center é preciso evitar múltiplos sistemas de controle. Por esse motivo, as soluções de monitoramento ideais fornecem dados abrangentes, em tempo real, integrando as informações de diferentes sistemas em um único painel e apresentando relatórios de gerenciamento do Data Center. A exemplo disto, temos a nossa linha de produtos composta por câmeras Axis, controle de acesso Tyco e Suprema, gestão integrada através do software da Tyco. Câmeras IP Os sistemas integrados de monitoramento dispõem de câmeras com detecção de movimento, sensores de temperatura e umidade, fluxo de ar e falta de energia. As medições podem ser acompanhadas via web e os alertas podem ser enviados por . Controle de Acesso Já o controle de acesso de usuários, nas áreas protegidas do Data Center, a autenticação da identificação pode ser feita através de tecnologia de leitura biométrica, utilizando cartões magnéticos, teclados numéricos para digitação de senhas ou qualquer combinação entre os sistemas. Os acessos bem como ocorrências de violação, intrusão, emergências e de falhas de equipamentos devem ser monitoradas e registradas. Considerando o avanço na tecnologia de segurança eletrônica e o constante crescimento da demanda deste mercado, a Delta Cabe se especializou em soluções de CFTV IP e suas integrações, como, por exemplo, o Controle de Acesso. 8

10 SOLUÇÕES PARA O SEU PROJETO

11 CABEAMENTO ÓPTICO PRE-CONECTORIZADO DIO MODULAR HDX 1U - MODULO BASICO DIO CASSETE HDX 12F OM4 LC-UPC/MPO-UPC(F) - TIPO B DIRETO DIO CASSETE HDX 12F OM4 LC-UPC/MPO-UPC(F) - TIPO B REVERSO SERVICE CABLE CONECTORIZADO 12F OM4 MPO-UPC(M)/MPO-UPC(M) 1.0D0.9/1.0D M - TIGHT - LSZH - TIPO B SERVICE CABLE CONECTORIZADO 12F OM4 MPO-UPC(M)/MPO-UPC(M) 1.0D0.9/1.0D M - TIGHT - LSZH - TIPOB CORDAO DUPLEX MM (50.0) OM4 10 GIGABIT LC-SPC/LC-SPC 2.5M CORDAO OPTICO FANOUT 12F OM4 LC-UPC/MPO-UPC(M) 0.7D2/5.0D3 - LSZH DIO CASSETE HDX 12F SM LC-UPC/MPO-APC(F) - TIPO B - DIRETO DIO CASSETE HDX 12F SM LC-UPC/MPO-APC(F) - TIPO B - REVERSO SERVICE CABLE CONECTORIZADO 12F SM MPO-APC(M)/MPO-APC(M) 1.0D0.9/1.0D M - TIGHT - LSZH - TIPO B SERVICE CABLE CONECTORIZADO 12F SM MPO-APC(M)/MPO-APC(M) 1.0D0.9/1.0D M - TIGHT - LSZH - TIPO B CORDÃO ÓPTICO FANOUT 12F SM G-652D LC-UPC/MPO-APC(M) 0.7D2/5.0D3 - AZUL - LSZH CORDAO DUPLEX SM LC-APC/LC-APC 2.5M (A - B) CABEAMENTO ÓPTICO COM EMENDAS POR FUSÃO DIO MODULAR LGX 1U - MODULO BASICO KIT BANDEJA DE EMENDA STACK 48F KIT 3X PLACAS LGX 08 POSICOES LC/SC - PLASTICO CABO OPTICO FIBER-LAN INDOOR 12F SM AZ LSZH EXTENSAO OPTICA CONECTORIZADA 02F SM LC-APC - D CORDAO DUPLEX SM LC-APC/LC-APC 2.5M (A - B) CABO OPTICO FIBER-LAN INDOOR 12F 10 GIGABIT OM4 MM(50) AQ LSZH EXTENSAO OPTICA CONECT. 02F MM (50.0) OM4 10 G LC-UPC ACQUA CORDAO DUPLEX MM (50.0) OM4 10 GIGABIT LC-UPC/LC-UPC 2.5M - LSZH - ACQUA (A-B) 10

12 CABEAMENTO COBRE CABO PRE-CONECTORIZADO 6X CAT.6A F/UTP CZ LSZH T568A 10.0M ES 1.0M FEMEA-1.0M FEMEA CABO PRE-CONECTORIZADO 6X CAT.6A F/UTP CZ LSZH T568A 20.0M ES 1.0M FEMEA-1.0M FEMEA CABO ELET. GIGALAN AUGMENTED CAT.6A 23AWGX4P F/UTP VD LSZH EXTENSAO RJ-45 CAT.6A F/UTP T568A SOLIDO - 5.0M - CINZA - LSZH PATCH CORD F/UTP GIGALAN AUGMENTED CAT.6A - LSZH - T568A/B - 1.5M - CZ (BLINDADO) PATCH CORD F/UTP GIGALAN AUGMENTED CAT.6A - LSZH - T568A/B - 3.0M - CZ (BLINDADO) CONECTOR FEMEA GIGALAN AUGMENTED CAT.6A T568A/B - BLINDADO - ROHS PATCH PANEL DESCARREGADO 24P ANGULAR 1/2U BLINDADO PATCH PANEL DESCARREGADO 24P ANGULAR 1U BLINDADO PATCH PANEL DESCARREGADO 24P BLINDADO FERRAMENTA DE CRIMPAGEM RAPIDA GIGALAN GERENCIAMENTO DE CAMADA FÍSICA ÓPTICO PATCHVIEW - MASTER EXPANDER PATCHVIEW - SCANNER PATCHVIEW - CABO ROUND FLAT - TIPO B - LSZH - 4.0M PATCHVIEW - CONTROL PAD PATCHVIEW - DIO GERENCIAVEL MM LC-PC DUPLEX 24P 48F 1U PATCHVIEW - CORDAO OPTICO INTELIGENTE MMF50 OM4 LC DUPLEX LSZH - 3.0M PATCHVIEW - PATCH PANEL GERENCIAVEL MODULAR BLINDADO 24P 1U PATCHVIEW - PATCH CORD GERENCIAVEL F/UTP - CAT.6A - LSZH - AZ - 2.0M PV+ COLETOR PV+ LEITOR DE ID - COBRE PV+ LEITOR DE ID - ÓPTICO PV+ CARTÃO DE GERENCIAMENTO PV+ PATCH PANEL MODULAR GERENCIÁVEL 24P 1U PV+ ID - COBRE PV+ PATCH CORD GERENCIÁVEL CAT.6A (BLINDADO) - I/C - 2.0M - LSZH PV+ PATCH CORD GERENCIÁVEL CAT.6A (BLINDADO) - C/C - 2.0M - LSZH PV+ BASTIDOR ÓPTICO GERENCIÁVEL MODULAR (CHASSIS SEM CASSETES) PV+ CASSETE GERENCIÁVEL MM LC/LC - CERAMICO PV+ BASTIDOR ÓPTICO GERENCIÁVEL MM MPO/MPO PV+ CASSETE GERENCIÁVEL OM4 LC-UPC/MPO-UPC(F) - CERAMICO PV+ CORDÃO ÓPTICO GERENCIÁVEM OM4 LC-UPC/LC-UPC - I/C - 2.0M - LSZH 11

13 SWITCH Para o roteamento da rede ofertamos os mais recentes produtos do fabricante EDGE-CORE, de switches de layer 2 e layer 3 para seu MDA, EDA e SALAS TÉNICAS, com excelente custo e o benefício ECS S SWITCH (COMUTADOR) 48P 10GB - L2/L3/L4 + 4P QSFP+ GER L ECS S SWITCH (COMUTADOR) 24P 10GB SFP+ GER L ECS S SWITCH (COMUTADOR) 48P 10GB SFP+ GER L ECS S ACPWR-F2 FONTE BIVOLT 110/240 VAC 50~60HZ P/ SWITCHES ECS P SWITCH (COMUTADOR) 48P 10/100/1000 (PoE) +2 10GB + 1 MOD COM 2 SLOTS 10GB GER L ECS T SWITCH (COMUTADOR) 44P 10/100/ COMBO GB + 2 STACK GER L ECS P SWITCH (COMUTADOR) 48P 10/100/ GSFP+ 10GB + 1 SLOT EXP GER L2+ GAVETA LCD E NPDU Para o acesso ás portas de teclado, vídeo e mouse, dos servidores através da rede IP, dispomos de produtos da marca ATEN. Este tipo de acesso possibilita a comunicação com servidores a nível de BIOS remotamente, sem a necessidade da presença física, reduzindo custos com deslocamento e eliminando a necessidade de equipe 24/7. Além de diminuir o tempo de indisponibilidade dos servidores e serviços de rede PE-6216G NPDU 16T IEC 16A C/ SENSORES C/ CONTROLE DE TOMADAS/BANCO PE-6324G NPDU 24T IEC 32A C/ SENSORES C/CONTROLE DE TOMADAS/BANCO PE-7324G PDU 24T IEC 32A C/ SENSORES S/ CONTROLE DE TOMADAS PE-9324G NPDU 24T IEC 32A C/ SENSORES E CONROLE DE TOMADAS EA1240 SENSOR DE TEMPERATURA E UMIDADE NRGENCE KL-1508A GAVETA LCD TRILHO DUPLO 8 PORTAS RJ KL-1516A GAVETA LCD TRILHO DUPLO 16 PORTAS RJ KA-9170 MÓDULO CPU OVER THE NET - USB 12

14 PISO ELEVADO Os produtos EZ FLOOR são altamente eficazes e diferenciados, atendendo integralmente as necessidades do mercado de piso elevado e acessórios. Com excelente padrão de acabamento, as soluções cumprem todas as normas mundiais, sem deixar de lado a excelente relação de custo benefício FS1250-WE PLACA DE PISO ELEVADO 600X600X35 MM ANTIESTATICO SEM BORDA FFH100MM PEDESTAL DE TUBO DE AÇO QUADRADO COM JUNTA 100MM FFH400MM PEDESTAL DE TUBO DE AÇO QUADRADO COM JUNTA 400MM FFH600MM PEDESTAL DE TUBO DE AÇO QUADRADO COM JUNTA 600MM FFH800MM PEDESTAL DE TUPO DE AÇO QUADRADO COM JUNTA 800MM LONG.EZ-FLOOR LONGARINA PARA FIXAÇÃO DE PISO ELEVADO 600X600 MM PARAF. LONG. PARAFUSO PARA FIXACAO DE LONGARINA DE PISO ELEVADO 600X FS800-WE PLACA DE PISO PERF. 600X600X40 MM 45% VENTIL.SEM BORDA LIFTER 2 CUP VENTOSA DUPLA PARA PISO ELEVADO RACK Os Racks fornecidos pela Delta Cable apresentam soluções com acabamento impecável, modernos e resistentes. A pintura é micro texturizada e seu design é diferenciado e atualizado. As portas perfuradas permitem melhora no fluxo de ar em cerca de 71%, proporcionando eficiência, flexibilidade e fácil instalação. O verdadeiro sinônimo de inovação, qualidade e custo benefício X RACK GABINETE SERVIDOR 19" X 44U (800X1000 MM) DESMONTAVEL PT X KIT PORTA DIR/ESQ. DO COMPART. FRIO RACK 44U L 800 mm BG X PERFIL ACABAMENTO DO COMPART. FRIO RACK 44U L 800 mm X DOMO SUPERIOR DO COMPART. FRIO RACK 44U L 800 mm ATTIC X ESTRUTURA CENTRAL RACK ABERTO HD 19" X 45U PT X ORGANIZADOR VERTICAL LARG. 150 MM RACK ABERTO HD 45U PT X ORGANIZADOR VERTICAL LARG. 300 MM RACK ABERTO HD 45U PT 13

15 UPS Para manter sua infraestrutura em pleno funcionamento e sem causar qualquer risco à rede a qual opera, fornecemos os melhores produtos para cada tipo de instalação, com tecnologia online, alto fator de potência e com a possibilidade de expansão de autonomia GXT3-3000RT230B NOBREAK GXT3 3000VA/230V/19" 2U ON LINE RACK OU TORRE GXT RT208 NOBREAK GXT VA/208V/19" 6U ON LINE RACK OU TORRE - FP0, GXT3-288RTVBATT GABINETE PARA BATERIAS 288V / 19 4U GXT3-288RTBKIT BATERIA INTERNA PARA GXT RT V RMKIT18-32 KIT TRILHO 19" IS-WEBCARD-GXT PLACA COMUNICACAO SNMP GXT NOBREAK ITA 20KVA FP V 3FNT ENT/380V 3FNT OU 220 FNT SAI AUTOTRAFO TRIFASICO 20KVA MONTAGEM EM RACK C/ TRILHOS FIXACAO ENTRADA 380v E SAIDA 220v NOBREAK ITA 40KVA FP V 3FNT ENT/380V 3FNT GABINETE EXTERNO DE BATERIA PARA LIEBERT ITA, 2U DMBM4 - KIT TRILHO LONGO ALCANCE PARA UPS E EBC MOD. ITA CARTÃO PARA GERENCIAMENTO SNMP/WEB LIEBERT ITA- SIC SEGURANÇA ELETRÔNICA A combinação do fabricante de câmeras AXIS e o fabricante de controle de acesso Tyco integram muito mais que um simples monitoramento. Pode-se dizer que formam um sistema completo, assim podendo adicionar controle na rotina de manutenção, instalação e segurança do ambiente CAMERA IP MINIDOME STD p 77 IR AV EXT. - M3024-LVE AXIS SYM-SV-SL-P SOFTWARE SYMPHONY SERVER PROFESSIONAL - GERENCIAMENTO SUP-BLN-OC LEITORA BIOMETRICA BIOLITE (13,56 MHZ MIFARE,DESFIRE) SUPREMA DS-K4H250S FECHADURA ELETROMAGNETICA 1 PORTA 250 KG 12VDC/24VAC DS-K4H250-U SUPORTE U FECHADURA (BRACKET) P/ DS- -K4H250S E DS-K4H250D PB-EXIT BOTÃO DE SAÍDA VERDE REX SUP-BIOSTAR SE SOFTWARE GERENCIÁVEL CONTROLE DE ACESSO BIOSTAR SE (STANDARD EDITION) 14

16 AR DE PRECISÃO DATAMATE PEX CRV Para evitar perda de dados e até mesmo queima de equipamento por estática, o uso de ar condicionado de precisão é indicado para garantir a disponibilidade e durabilidade dos componentes de TI. Por este motivo, a configuração 2N (dois equipamentos trabalhando a meia carga) é a melhor alternativa para a realização de manutenções ou a eventual inoperância de um dos equipamentos DME020E AR CONDICIONADO DE PRECISÃO DATAMATE - 1,5 TR 208V OU 230V PFH020A UNIDADE CONDENSADORA DATAMATE 1,5 TR - 208/ DME027E AR CONDICIONADO DE PRECISÃO DATAMATE - 2,0 TR 208V OU 230V PFH027A UNIDADE CONDENSADORA DATAMATE 2,0 TR - 208/ DME037E AR CONDICIONADO DE PRECISÃO DATAMATE - 3,0 TR 208V OU 230V PFH037A UNIDADE CONDENSADORA DATAMATE 3,0 TR - 208/ CR020RA AR CONDICIONADO DE PRECISÃO CRV - 5,7 TR 380V LSF52-R UNIDADE CONDENSADORA CRV 5,7 TR 3F 380V CR035RA AR CONDICIONADO DE PRECISÃO CRV - 10,0 TR 380V LSF72-R UNIDADE CONDENSADORA CRV 10 TR 3F 380V P1025DA AR CONDICIONADO DE PRECISÃO PEX - 6,5 TR 380V LSF38-R3 UNIDADE CONDENSADORA PEX 6,5 TR 3F 380V P1035DA AR CONDICIONADO DE PRECISÃO PEX - 10,0 TR 380V LSF42-R3 UNIDADE CONDENSADORA PEX 10 TR 3F 380V 16 15

17 VENHA CONHECER NOSSO DATA CENTER ENCONTRA-SE NA MATRIZ, EM CURITBA (PR), PODENDO SER VISITADO COM AGENDAMENTO PRÉVIO ATRAVÉZ DO AGUARDAMOS SUA VISITA VENHA CONHECER NOSSO DATA CENTER A Delta Cable dispõe de um Data Center com conexões redundantes, via cabeamento metálico UTP ou por cabeamento óptico, permitindo que os sistemas hospedados permaneçam acessíveis mesmo quando houver falhas em conexões. Além disso, contamos com mecanismos de segurança, para o acesso de pessoas e controle de vídeo-vigilância. Para finalizar, garantimos a temperatura em níveis aceitáveis, a partir do condicionamento do ar por precisão. Desta forma, além de ser um Data Center eficiente e inovador, contamos com todos os recursos e mecanismos necessários, com alto padrão de qualidade e valor agregado. EXPEDIENTE Arte e Editorial: Marketing Delta Cable Caroline Rudniak e Renan Rederde Fontes de Informação: Fabricante do Produto Responsabilidade Técnica: Departamento Técnico Comercial Ronaldo Hellwig, Alecssandro Broering. 15

18

ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER

ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER DATA CENTER A Furukawa apresenta a solução ITMAX para Data Center, com produtos especialmente desenvolvidos para atender este mercado que requer componentes de alta performance.

Leia mais

LOTE 01 VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL ITEM DESCRIÇÃO RESUMIDA UNIDADE QUANTIDADE

LOTE 01 VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL ITEM DESCRIÇÃO RESUMIDA UNIDADE QUANTIDADE LOTE 01 ITEM DESCRIÇÃO RESUMIDA UNIDADE QUANTIDADE 1.1 Ponto de rede CAT.5E utilizando ponto de consolidação. Os equipamentos e materiais incluem, cabo UTP 4 pares, tomada RJ45 fêmea (obedecendo padrões

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS 2014 Apresentação A PONTO DA REDE iniciou suas atividades em setembro de 1997, com sede em Salvador-Bahia, onde dispomos de um grande estoque para pronta entrega. Atuamos nos mercados

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS 2015 Apresentação A PONTO DA REDE iniciou suas atividades em setembro de 1997, com sede em Salvador-Bahia, onde dispomos de um grande estoque para pronta entrega. Atuamos nos mercados

Leia mais

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS Conectividade 6A Linha de Bandejas Ópticas HDX Linha de Racks ITMAX Linha de Racks Fechados Acessórios de Organização Produtos de alta densidade FTP UTP Descarregado Azul/Branco/Bege

Leia mais

INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS LINHA DE RACKS ABERTOS LINHA DE BRACKETS LINHA DE ACESSÓRIOS

INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS LINHA DE RACKS ABERTOS LINHA DE BRACKETS LINHA DE ACESSÓRIOS INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS Triunfo Standard Triunfo Server Triunfo Left Triunfo Left Server Triunfo Industrial 05 06 07 08 09 LINHA DE RACKS ABERTOS Triunfo Plus Triunfo HD 10 11 LINHA DE BRACKETS

Leia mais

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Tipo do Produto Cabo Óptico Pré-Conectorizado Descrição Cabo Óptico de construção tipo " tight buffer" (indoor ou indoor/outdoor) ou cordão multifibra (somente indoor)

Leia mais

Catalogo de Produtos

Catalogo de Produtos Catalogo de Produtos Triunfo Metalúrgica Triunfo Metalúrgica Ltda, empresa genuinamente brasileira, sediada em Curitiba/PR. Instalada em uma área de 10.000m²,atua no mercado desde 1998,desenvolvendo e

Leia mais

Camada Física Camada Física Camada Física Função: A camada Física OSI fornece os requisitos para transportar pelo meio físico de rede os bits que formam o quadro da camada de Enlace de Dados. O objetivo

Leia mais

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos

Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos Disciplina: Cabeamento de Redes Profª Érica Barcelos CAPÍTULO 4 4. CABEAMENTO ESTRUTURADO- PARTE II Cada nível do subsistema estudado no capítulo anterior foi regulamentado por normas que visam padronizar

Leia mais

Symmetra PX. Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW. Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers

Symmetra PX. Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW. Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers Symmetra PX Proteção elétrica modular, escalável e de alta eficiência para Data Centers Symmetra PX 48kW Escalável de 16kW a 48kW > Proteção elétrica trifásica compacta, de alto desempenho e eficiência.

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE 1 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Cabeamento estruturado é a disciplina que estuda a disposição organizada e padronizada de conectores e meios

Leia mais

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo.

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Desafios da vigilância por vídeo hoje O mercado de vigilância por vídeo está crescendo, impulsionado por preocupações de segurança

Leia mais

Cabeamento Estruturado. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Cabeamento Estruturado. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Cabeamento Estruturado Prof. Marciano dos Santos Dionizio Norma ANSI/EIA/TIA 568B Divide um sistema de cabeamento em subsistemas: 1. Facilidades de Entrada (pela NBR14565: Sala de Entrada de Telecomunicações

Leia mais

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS

CABLING CABOS CONECTORES PATCH PANEL 19 ACESSÓRIOS CABLING CABOS 04 CONECTORES 05 PATCH PANEL 19 06 ACESSÓRIOS 07 02 CABLING CABLAGENS DE COBRE O EIA/TIA 568, de 1991, foi o primeiro padrão americano para os sistemas de cableamento estruturado. Em 1995,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA AUTOR MATRÍCULA RUBRICA LEONARDO ALEX COSTA ALVES 14.722-35 VALIDADOR MATRÍCULA RUBRICA ALEX TAKASHI YOKOYAMA 16.

TERMO DE REFERÊNCIA AUTOR MATRÍCULA RUBRICA LEONARDO ALEX COSTA ALVES 14.722-35 VALIDADOR MATRÍCULA RUBRICA ALEX TAKASHI YOKOYAMA 16. TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SISTEMA ININTERRUPTO DE ENERGIA - NO-BREAK, PARA A SUPERINTENDENCIA REGIONAL DO NORTE, PELO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS. AUTOR MATRÍCULA RUBRICA LEONARDO ALEX COSTA ALVES

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento O cabeamento horizontal Compreende os segmentos de cabos que são lançados horizontalmente entre as áreas de trabalho e as salas de telecomunicações

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ESTUDO TÉCNICO PRELIMINAR DA CONTRATAÇÃO 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Aquisição de equipamentos para infraestrutura de redes de todo o IFRO 2. DEFINIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

Leia mais

PLAYBOOK. Criando uma Infraestrutura de TI que se Adapta ao Seu Negócio

PLAYBOOK. Criando uma Infraestrutura de TI que se Adapta ao Seu Negócio PLAYBOOK P A R A M U D A N Ç A Criando uma Infraestrutura de TI que se Adapta ao Seu Negócio Durante décadas, os data centers foram sobre provisionados de duas à três vezes em uma tentativa de planejar

Leia mais

Aula 4b Elementos da Infraestrutura

Aula 4b Elementos da Infraestrutura Aula 4b Elementos da Infraestrutura Prof. José Maurício S. Pinheiro 2010 1 Elementos de Infra-estrutura São utilizados em projetos de sistemas de cabeamento para estabelecer o tráfego de voz, dados e imagens,

Leia mais

No-Break Monofásico Powerware 5125

No-Break Monofásico Powerware 5125 UNINTERRUPTABLE POWER SYSTEMS NoBreak Monofásico Powerware 5125 Dados Principais do Produto Características Sistema ABM Plus (Gerenciamento Avançado de Baterias), que dobra a vida útil das baterias Saída

Leia mais

Fundada em 2010 a partir de uma fusão entre duas

Fundada em 2010 a partir de uma fusão entre duas Confiabilidade, Segurança e Agilidade Desde 1994. LINHA DE PRODUTOS SMC EDGE-CORE Fundada em 2010 a partir de uma fusão entre duas grandes marcas, a SMC Edge-Core atende tanto ao mercado SOHO (Small Office

Leia mais

Como ofertar e projetar uma solução compacta Laserway PABLO DE CNOP GRANADO LOPES

Como ofertar e projetar uma solução compacta Laserway PABLO DE CNOP GRANADO LOPES Como ofertar e projetar uma solução compacta Laserway PABLO DE CNOP GRANADO LOPES CONCEITOS BÁSICOS A solução Laserway é baseada em uma rede multiserviços que utiliza o método de transmissão GPON, amplamente

Leia mais

GUIA DE RECOMENDAÇÃO PARA DATACENTER. Soluções Furukawa para Data Center. Data Center. Estrutura e Topologia

GUIA DE RECOMENDAÇÃO PARA DATACENTER. Soluções Furukawa para Data Center. Data Center. Estrutura e Topologia Soluções Furukawa para Data Center Seja qual for a aplicação utilizada em seu Data Center, a Furukawa oferece soluções metálicas e ópticas e de infraestrutura para que você se preocupe somente com o seu

Leia mais

Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG

Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG Projeto da rede de dados para o Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão - NUTEG Diretoria de Suporte à Informática Local: Núcleo de Tecnologias para Educação e Gestão NUTEG Endereço: Av. BPS, 1303

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso Tecnológico de Redes de Computadores Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores - 1º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 01 Conceitos

Leia mais

Com o intuito de inovar sem deixar a qualidade e

Com o intuito de inovar sem deixar a qualidade e LINHA DE PRODUTOS ATTIC Com o intuito de inovar sem deixar a qualidade e a relação custo benefício de lado, a Attic apresenta ao mercado soluções com acabamento impecável, modernos e resistentes. A pintura

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 Política de Qualidade Atender as expectativas dos nossos clientes e requisitos regulamentares com a participação de todos os funcionários, buscando a melhoria contínua em

Leia mais

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS 04 05 0 07 08 09 02 FIBRA ÓTICA TECNOLOGIA ÓTICA Com

Leia mais

Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013

Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013 2013 Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013 B2IT Serviços de Multimídia e Telecom LTDA 18/10/2013 Aos Órgãos da Administração Pública Ref.: Ata de Registro de Preços conforme preceitua o Decreto Nº

Leia mais

RIELLO ELETTRONICA. Multi Guard

RIELLO ELETTRONICA. Multi Guard RIELLO ELETTRONICA Multi Guard REDES LOCAIS (LAN) ServIDORES DATA CENTERS DISPOSITIVOS DE TELECOMU- NICAÇÃO E-BUSINESS (Parque de Servidores, ISP/ ASP/POP) DISPOSITIVOS DE EMERGÊNCIA (Luzes/Alarmes) Multi

Leia mais

CABEAMENTO E INFRAESTRUTURA

CABEAMENTO E INFRAESTRUTURA CABEAMENTO E INFRAESTRUTURA CONHEÇA NOSSA EMPRESA Ao longo de 10 anos de trabalho, nós da Allcomnet adquirimos experiência na área de telecomunicações, visando formas de integrar tecnologias que facilitam

Leia mais

O Data Center Óptico. Considerações sobre a Opticalização hoje e no futuro. Flávio R. Marques. Suporte Técnico e Implantação fmarques@furukawa.com.

O Data Center Óptico. Considerações sobre a Opticalização hoje e no futuro. Flávio R. Marques. Suporte Técnico e Implantação fmarques@furukawa.com. O Data Center Óptico Considerações sobre a Opticalização hoje e no futuro Flávio R. Marques Suporte Técnico e Implantação fmarques@furukawa.com.br Sobre o que conversamos em 2013 O Data Center é uma matriz

Leia mais

Maio. Soluções para Centro de Dados Rexel Solutions

Maio. Soluções para Centro de Dados Rexel Solutions Maio Rexel Solutions 2 Indíce 1_Centro de Dados 2_Conceitos 3_Soluções para CD 4_Segurança dos CD 5_A nossa Missão 6_Proximidade com o Cliente 7_Marcas 8_ExpoRexel - Fabricantes 1_Centro de Dados 3 O coração

Leia mais

Anexo V: Solução de Pontos de rede local

Anexo V: Solução de Pontos de rede local Anexo V: Solução de Pontos de rede local 1. Objetivo: 1.1. Contratação de solução de Pontos de Rede de telecomunicação para conexão de diversos tipos de equipamentos eletrônicos como computadores, impressoras,

Leia mais

PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS. 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos;

PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS. 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos; PHD TR MD 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1.1 CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 1.1.1. Sistema Hot-plug e Hot-Swap de acréscimo ou desligamento de módulos; 1.1.2. Módulos de potência em formato rack 19, altura 3U; 1.1.3.

Leia mais

ANEXO I DO OJETO. Descritivo: Cabo de Rede 04 Pares Trançados blindados que contenham malha de proteção interna.

ANEXO I DO OJETO. Descritivo: Cabo de Rede 04 Pares Trançados blindados que contenham malha de proteção interna. ANEXO I DO OJETO O objeto desta licitação é AQUISIÇÃO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA, com entrega conforme necessidade da FUSAM conforme especificação descrita abaixo: 1- Mouses - 15 UNIDADES Com sensor

Leia mais

Esta aula apresentará os elementos chave para a criação de um sistema elétrico, confiável, para um Data Center. Em seguira serão apresentadas

Esta aula apresentará os elementos chave para a criação de um sistema elétrico, confiável, para um Data Center. Em seguira serão apresentadas Esta aula apresentará os elementos chave para a criação de um sistema elétrico, confiável, para um Data Center. Em seguira serão apresentadas características de controle de um ambiente de DC, envolvendo

Leia mais

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE

PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE São Paulo, 21 de maio de 2010 PROJETO DE REDE LOCAL E BACKBONE 1 Informações e recomendações importantes O projeto foi solicitado pela Unidade para a implantação de rede local para o prédio MAC- IBIRAPUERA

Leia mais

Redes de Computadores II. Redes de Computadores

Redes de Computadores II. Redes de Computadores Redes de Computadores II Redes de Computadores 1 1 Padrão EIA/TIA 569A Padrões de Caminhos e Espaços em Edifícios Comerciais 2 2 Padrões de Caminhos e Espaços em Edifícios Comerciais ANSI/TIA/EIA 569-A

Leia mais

Faculdade Escritor Osman da Costa Lins

Faculdade Escritor Osman da Costa Lins Faculdade Escritor Osman da Costa Lins Sistemas de Informação Projeto Redes de Computadores Professor: Hugo Souza 6º Período Alunos: Gleybson Farias Valmir Santos Sumário Sumário Introdução... 3 Lista

Leia mais

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 ANEXO I CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EDITAL DO PREGÃO AMPLO Nº 008/2010-ER05-Anatel PROCESSO Nº 53528.001004/2010 Projeto Executivo e Estudos de Adequação da nova Sala de Servidores da rede de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO O cabeamento vertical, ou cabeamento de backbone integra todas as conexões entre o backbone do centro administrativo e os racks departamentais,

Leia mais

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Tipo do Produto Descrição Cabo Óptico Pré-Conectorizado Cabo óptico de construção tipo tight buffer (indoor ou indoor/outdoor) pré-conectorizado em fábrica com conectores

Leia mais

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA GERENCIAMENTO DE PROJETOS PRONIM, IMPLANTAÇÃO SQL SERVER GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA Cliente GOVBR, UEM-MARINGA / Prefeitura Municipal de PEROLA Data 10/09/2015 Versão 1.0 Objeto:

Leia mais

Data Center : Conceitos Básicos. Alex Martins de Oliveira

Data Center : Conceitos Básicos. Alex Martins de Oliveira Data Center : Conceitos Básicos Alex Martins de Oliveira Conceitos e Projetos Disponibilidade, Confiabilidade e Redundância Planejamento de Espaços Distribuição Elétrica e UPS (Uniterruptable Power Supply)

Leia mais

UPS Liebert GXT3 de 6kVA e 10kVA Sistemas UPS Compactos para Aplicações em Racks de Alta Densidade

UPS Liebert GXT3 de 6kVA e 10kVA Sistemas UPS Compactos para Aplicações em Racks de Alta Densidade UPS Liebert GXT3 de 6kVA e 10kVA Sistemas UPS Compactos para Aplicações em Racks de Alta Densidade Energia CA Para a Continuidade da Operação Crítica Liebert GXT3, UPS de 6kVA e 10kVA: Muita Proteção,

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 3 Equipamentos de Conectividade e Organização Meios Físicos de Comunicação - Equipamentos de Conectividade e Organização 1 Conteúdo Elementos de Infraestrutura Estrutura

Leia mais

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 07/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DOS SEGUINTES EQUIPAMENTOS: ITEM I SERVIDORES DE MISSÃO CRÍTICA, ITEM II

Leia mais

InfraEstrutura de Redes

InfraEstrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul InfraEstrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Line Cords e Patch Cables.

Leia mais

Opções Práticas para Implementação de Equipamentos de TI em Pequenos Data Centers

Opções Práticas para Implementação de Equipamentos de TI em Pequenos Data Centers Opções Práticas para Implementação de Equipamentos de TI em Pequenos Data Centers White Paper 174 Revisão 0 por Victor Avelar > Sumário executivo Pequenos data centers são geralmente desorganizados, inseguros,

Leia mais

Administração de CPD Internet Data Center

Administração de CPD Internet Data Center Administração de CPD Internet Data Center Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados a um dos principais tipos

Leia mais

DATA CEnTERS R A C K S A B E R T O S P A R A

DATA CEnTERS R A C K S A B E R T O S P A R A RACKS ABERTOS PARA Data Centers Introdução Top Solution. Um produto testado e aprovado pelo mercado brasileiro A solução em racks abertos é uma exclusividade do Grupo Policom. Com mais de 5000 unidades

Leia mais

Solutions with flexibility

Solutions with flexibility Solutions with flexibility Solutions with flexibility Nossa História Missão Visão e Valores Fundada em 2010 A Mega Cabling, tem como objetivo principal fornecer consultoria, materiais e serviços na elaboração

Leia mais

Apresentação Institucional:

Apresentação Institucional: Apresentação Institucional: 1. Quem Somos 2. Matriz de Soluções 3. Topologia de Soluções 4. Experiências 5. Imagens de Projetos 6. Parceiros e Clientes 1. Quem Somos: A Brumon é uma Integradora de TI focada

Leia mais

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED Aplicações imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, uso interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect)

Leia mais

Data Center Novas Tendências. Florianópolis 10 de outubro de 2013

Data Center Novas Tendências. Florianópolis 10 de outubro de 2013 Data Center Novas Tendências Florianópolis 10 de outubro de 2013 Está tudo crescendo tão rápido que tenho dúvidas se a infraestrutura de cabeamento do meu DC é capaz de suportar as novas velocidades de

Leia mais

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação.

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação. A T7 Solutions Informática e Telecomunicações atua como prestadora de serviços de Infraestrutura de TI e Telecom, com foco no desenvolvimento e implementação de soluções de Infraestrutura, Dados e Voz.

Leia mais

>Proteção de Energia Trifásica

>Proteção de Energia Trifásica Symmetra PX Proteção de Energia Modular, Escalável e de Alta Eficiência para Data Centers Symmetra PX 100kW Escalável de 10kW até 100kW >Proteção de Energia Trifásica Modular de Alta Performance com Tamanho

Leia mais

ÍNDICE. CONVERSORES Conversor DC/DC 2,5A 25 Conversor DC/DC Microcontrolado 25

ÍNDICE. CONVERSORES Conversor DC/DC 2,5A 25 Conversor DC/DC Microcontrolado 25 ÍNDICE REDE CABEADA PACPON Volt 03 PD-PAC Volt 03 RC V 04 PDR V (Ponto de Distribuição Cliente) 04 PDR V (Ponto de Distribuição Ramal) 0 RC Volt 0 RC Volt Evolution 06 RC Volt Carregador e RC Volt Principal

Leia mais

Projetados para você. Sob medida para o seu data center.

Projetados para você. Sob medida para o seu data center. Projetados para você. Sob medida para o seu data center. introdução Projetados para você. Sob medida para o seu data center. Inspirada no estrondoso sucesso da linha Top Solution, a solução GP Racks é

Leia mais

Sub-item 1.1. : 5(63267$

Sub-item 1.1. : 5(63267$ &,5&8/$51ž 35(* 2(/(75Ð1,&21ž 2%-(72 )251(&,0(172 '( (48,3$0(1726 '(,1)250È7,&$ 62/8d 2,17(*5$'$'(6725$*( Sub-item 1.1. : 6$2648(67,21$0(1726 Está sendo solicitado equipamento com Sistema de refrigeração

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6. PERGUNTA 1: Os itens 15 e 16 do termo de referência, referentes aos treinamentos, trazem as seguintes determinações:

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6. PERGUNTA 1: Os itens 15 e 16 do termo de referência, referentes aos treinamentos, trazem as seguintes determinações: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 6 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 PROCESSO Nº 04300.003546/2014-01

Leia mais

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas

Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas Nobreak senoidal on-line trifásico dupla conversao ~ 10 a 100 kva PERFIL Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas de 10 a 60 kva 75 e 100 kva A linha de nobreaks SMS Sinus Triphases

Leia mais

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JUNHO/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

ABNT NBR 14.565 Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers Parte 2/2

ABNT NBR 14.565 Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers Parte 2/2 ABNT NBR 14.565 Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers Parte 2/2 ALUNO: REDES DE COMP. TURMA: RDN2 DATA: 12/11/2013 Av. Vitória, 950 Forte São João 29017-950

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

diagrama de ligações, relatórios emitidos pelo Analisador de Cabos

diagrama de ligações, relatórios emitidos pelo Analisador de Cabos ESPECIFICAÇÔES TÉCNICAS 1 CABEAMENTO HORIZONTAL Instalação da rede para padrão T568B constituída de 466 (quatrocentos e sessenta e seis) pontos, devidamente identificados, conforme localização definida

Leia mais

6 Passos para selecionar o nobreak adequado para sua aplicação. Um guia prático para adquirir a melhor fonte de alimentação ininterrupta de máxima

6 Passos para selecionar o nobreak adequado para sua aplicação. Um guia prático para adquirir a melhor fonte de alimentação ininterrupta de máxima 6 Passos para selecionar o nobreak adequado para sua aplicação. Um guia prático para adquirir a melhor fonte de alimentação ininterrupta de máxima qualidade. Introdução Se você tem planos para comprar

Leia mais

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP

Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Proposta Técnica NOBREAK TOP-DSP Informações Gerais A linha de nobreaks TOP-DSP é um avançado Sistema Ininterrupto de Potência (UPS) do tipo on-line de dupla conversão (de acordo com a NBR 15014:2003),

Leia mais

ANEXO II AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO N.º 50/2005 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS COMPONENTES DE CADA ELEVADOR DA ANATEL.

ANEXO II AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO N.º 50/2005 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS COMPONENTES DE CADA ELEVADOR DA ANATEL. ANEXO II AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO N.º 50/2005 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS COMPONENTES DE CADA ELEVADOR DA ANATEL. PAINEL DE CONTROLE Responsável pelo processamento, interfaceamento e monitoração de todos

Leia mais

CONSULTA TÉCNICA Nº 006/2015 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) NOTEBOOK

CONSULTA TÉCNICA Nº 006/2015 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) NOTEBOOK ((TITULO))CONSULTA TÉCNICA Nº 006/2015 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) NOTEBOOK ((TEXTO))Aos 4 dia(s) do mês de maio do ano de 2015, às 10h, na sede da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR GERENCIA DE REDES DE COMPUTADORES 4º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação Alunos: Erik de Oliveira, Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8 REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 8 Índice 1. Cabeamento estruturado...3 2 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Montar uma rede doméstica é bem diferente de montar uma rede local de 100 pontos em uma

Leia mais

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP.

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. VANTAGENS DAS SOLUÇÕES DE VIGILÂNCIA DIGITAL IP É verdade que o custo de aquisição das câmeras digitais IP, é maior que o custo de aquisição das câmeras

Leia mais

Sistemas de Racks e Gabinetes Integrados. Miracel. Linha de racks 19 para data centers, telecomunicações e redes

Sistemas de Racks e Gabinetes Integrados. Miracel. Linha de racks 19 para data centers, telecomunicações e redes Sistemas de Racks e Gabinetes Integrados Miracel Linha de racks 19 para data centers, telecomunicações e redes A inovadora linha de racks Miracel Multi-funcional, diferenciada, integradora As linhas Miracel

Leia mais

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 Sua Infra na Nuvem Quem somos A Under é uma empresa de tecnologia e infraestrutura para internet, fundada em 2002. Figuramos entre as maiores empresas

Leia mais

Compressores de parafuso

Compressores de parafuso Construídos para toda a vida Compressores de parafuso SÉRIE SM Capacidade: 0.45 a 1.20 m³/min Pressão: 7.5 a 13 bar Compressor de parafusos rotativos Máxima Eficiência e Confiabilidade Há anos os consumidores

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Infraestrutura de Redes de Computadores Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Administração Euber

Leia mais

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Abra as portas para o futuro. Com o Controlador de porta em rede AXIS A1001, estamos introduzindo

Leia mais

LINKEO Confiabilidade, facilidade de instalação e alto nível de performance já conhecidos nos produtos Legrand.

LINKEO Confiabilidade, facilidade de instalação e alto nível de performance já conhecidos nos produtos Legrand. LINKEO QUALIDADE SOB MEDIDA PARA O SEU PROJETO NOVA SOL SOLUÇÃO PARA CABEAMENTO ENTO ESTRUTURADO A LEGRAND É ESPECIALISTA MUNDIAL EM SISTEMAS ELÉTRICOS E DIGITAIS PARA INFRAESTRUTURAS PREDIAIS LINKEO Confiabilidade,

Leia mais

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84

Cabling. Cabling. Cabling. Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabos HDCS 54 Keystone 62 Patch Cord 66 Patch Panel 72 Faceplate HDCS 80 Ferramentas e acessórios 84 Cabeamento Estruturado Cabos Montados Conectores DIO Racks FTTx Acessórios Conteúdo Geral A família

Leia mais

PLANILHA DE MATERIAIS/SERVIÇOS E QUANTIDADES TERMINAL DE CARGAS DO AEROPORTO INTERNACIONAL EDUARDO GOMES EM MANAUS - AM.

PLANILHA DE MATERIAIS/SERVIÇOS E QUANTIDADES TERMINAL DE CARGAS DO AEROPORTO INTERNACIONAL EDUARDO GOMES EM MANAUS - AM. PLANILHA DE MATERIAIS/SERVIÇOS E QUANTIDADES LOCAL DA OBRA: OBJETO: TERMINAL DE CARGAS DO AEROPORTO INTERNACIONAL EDUARDO GOMES EM MANAUS AM. CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO

Leia mais

SMART-UPS VT & GALAXY 3500. Data Center Solutions. Marcio Iamamoto Product Marketing Engineer Schneider Electric IT Business.

SMART-UPS VT & GALAXY 3500. Data Center Solutions. Marcio Iamamoto Product Marketing Engineer Schneider Electric IT Business. SMART-UPS VT & GALAXY 3500 Data Center Solutions Marcio Iamamoto Product Marketing Engineer Schneider Electric IT Business Setembro/2013 Smart-UPS VT & Galaxy 3500 Mais de 11 milhões de unidades vendidas

Leia mais

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC

REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC REFORMA EDIFICAÇÃO PRINCIPAL INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CÂMPUS AVANÇADO IBIRAMA IBIRAMA/SC MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE CABEAMENTO ESTRUTURADO ÍNDICE 1 Informativos gerais 2 Especificações e Tabelas

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP O Pregoeiro da Empresa Maranhense de Administração Portuária - EMAP, designado pela Portaria nº 149/2013-PRE, de 29 de agosto de 2013, em razão de solicitação da empresa

Leia mais

Aspectos dos projetos elétricos na alimentação de cargas de missão crítica por UPS

Aspectos dos projetos elétricos na alimentação de cargas de missão crítica por UPS 24 Capítulo VIII Aspectos dos projetos elétricos na alimentação de cargas de missão crítica por or Luis Tossi e José tarosta o capítulo anterior, foram apresentadas as premissas relativas aos indicadores

Leia mais

Controladora CT370 Manual Versão 3.2 Revisão 0 Outubro/2014

Controladora CT370 Manual Versão 3.2 Revisão 0 Outubro/2014 Controladora CT370 Manual Versão 3.2 Revisão 0 Outubro/2014 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Itens que Acompanham... 4 3. Especificações Técnicas... 4 4. Características Gerais... 5 5. Visão Geral do Equipamento...

Leia mais

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10 AS BUILT Documentação Técnica Documentação Técnica serviço de cabeamento lógico, realizado na Empresa SA. Serviço realizado após aprovação da proposta PR049_10, sendo todo projeto acompanhado pelo Sr.

Leia mais

A MCM Tecnologia Ltda, estabelece o compromisso de fornecer soluções na área de Tecnologia da Informação com qualidade, buscando a satisfação de seus

A MCM Tecnologia Ltda, estabelece o compromisso de fornecer soluções na área de Tecnologia da Informação com qualidade, buscando a satisfação de seus A MCM Tecnologia oferece soluções completas em TI. Consultoria, elaboração e execução de projetos específicos, buscando sempre otimizar os recursos e investimentos de seus clientes. A EMPRESA Idealizada

Leia mais

Especificação técnica do Video Wall do Tipo I (5m²)

Especificação técnica do Video Wall do Tipo I (5m²) Especificação técnica do Video Wall do Tipo I (5m²) 1. Esta Especificação destina-se a orientar as linhas gerais para o fornecimento de equipamentos. Devido às especificidades de cada central e de cada

Leia mais

Manual do Usuário. ccntelecom.com.br

Manual do Usuário. ccntelecom.com.br Manual do Usuário ccntelecom.com.br PD-FIBER (1 Gbps, 7 Ramais/Clientes) O PD-FIBER é um equipamento constituído de uma placa que concentra alguns produtos já conceituados da CCN Telecom, de forma a reduzir

Leia mais

Discrete Automation and Motion. Conceptpower DPA 500 100 kw 3 MW UPS modular - agora até 3 MW

Discrete Automation and Motion. Conceptpower DPA 500 100 kw 3 MW UPS modular - agora até 3 MW Discrete Automation and Motion Conceptpower DPA 500 100 kw 3 MW UPS modular - agora até 3 MW Tempo de inatividade igual a zero conheça o Conceptpower DPA 500 O Conceptpower DPA 500 da ABB é um sistema

Leia mais

Padronização. Rua Lourenço Pinto, 299 - Curitiba Paraná Brasil CEP 80010-160

Padronização. Rua Lourenço Pinto, 299 - Curitiba Paraná Brasil CEP 80010-160 Padronização O presente documento tem o intuito de definir a padronização utilizada para a infra-estrutura de rede de dados e voz, em sites da GVT. Deverá ser usado como base para execução dos projetos

Leia mais

Guia de configuração rápida dos switches de fonte de alimentação interna da HP 2530 de 8, 24 e 48 portas

Guia de configuração rápida dos switches de fonte de alimentação interna da HP 2530 de 8, 24 e 48 portas Guia de configuração rápida dos switches de fonte de alimentação interna da HP 2530 de 8, 24 e 48 portas Os desenhos neste documento são apenas para fins ilustrativos e podem não corresponder ao seu switch

Leia mais

Soluções DataCenter Servidores

Soluções DataCenter Servidores Apresentação A gama de armários para DataCenter Olirack foi concebida para a instalação de equipamentos de telecomunicações e informáticos. Os espaços DataCenter são projectados para serem extremamente

Leia mais

Infra-estrutura tecnológica

Infra-estrutura tecnológica Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação ATTI Supervisão de Infra-estrutura Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Infra-estrutura tecnológica Rede Lógica

Leia mais

ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER

ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER DATA CENTER A Furukawa apresenta a solução ITMAX para Data Center, com produtos especialmente desenvolvidos para atender este mercado que requer componentes de alta performance.

Leia mais

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic Linha Metalúrgica cessório utilizado para acomodar diversos modelos de equipamentos de telecomunicações. Devido ao sistema de fixação central distribui o peso dos equipamentos acomodados na parte intermediária

Leia mais

Capítulo 5 - Sistemas de Cabeamento Estruturado

Capítulo 5 - Sistemas de Cabeamento Estruturado Capítulo 5 - Sistemas de Cabeamento Estruturado Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 44 Roteiro Cabeamento Planejamento para o Cabeamento Estruturado Cabeamento Horizontal Cabeamento

Leia mais