Formulário de PEPFAR para Financiamento de Actividades de Prevenção A/B

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Formulário de PEPFAR para Financiamento de Actividades de Prevenção A/B"

Transcrição

1 Formulário de PEPFAR para Financiamento de Actividades de Prevenção A/B O Escritório dos Assuntos Públicos do Governo Americano em Moçambique tem fundos disponíveis para apoiar projectos de HIV/SIDA em Abstinência e Fidelidade (AB) através de uma concessão do Plano de Emergência do Presidente para o Alívio do SIDA (PEPFAR). As comunidades moçambicanas, grupos, escolas e organizações são elegíveis para solicitar os fundos desde que satisfaçam os seguintes termos e condições: 1. A actividade deve focalizar na Abstinência e/ou Fidelidade A actividade deve estar concluída 10 meses após a recepção da doação. 3. Se os fundos da doação não forem utilizados no primeiro mês do projecto, então devem ser depositados numa conta bancária em separado para o projecto com três signatários. 4. A pessoa responsável pelo projecto concorda em submeter uma narrativa e um relatório financeiro anexando todos os recibos originais dentro de 30 dias após a conclusão do projecto. Os formatos dos relatórios estão anexados ao formato da Proposta do Projecto. O Oficial dos Assuntos Públicos ou os seus representantes têm o direito de visitar a actividade a qualquer ponto durante a sua implementação. Processo de Formulário: 1. Submeta o requerimento preenchido para: Escritório dos Assuntos Públicos Atenção: Carlos Matos Endereço: Av. Mão Tse Tung, 542 Maputo, Moçambique Ou por fax: Ou através de 2. A data final para a selecção preliminar dos requerimentos será 1 de Maio de Todas as submissões recebidas até 1 de Maio serão consideradas igualmente. Subsequente submissões serão sujeitas à disponibilidade de fundos. Visto que todos os fundos devem ser desembolsados até 30 de Setembro, os requerimentos recebidos após 1 de Setembro de 2006 não serão elegíveis a receberem financiamento em Actividades de prevenção para promover abstinência ou ser fiel (AB) Importância de abstinência na redução e prevenção da transmissão de HIV/SIDA entre indivíduos não casados; Decisão de indivíduos solteiros em demorar a actividade sexual até o casamento; Desenvolvimento de habilidades em pessoas solteiras a praticar a abstinência; Adopção de normas sociais e comunitárias que apoiam a demora de relações sexuais até o casamento e que denunciem actividades sexuais forçadas; Importância de fidelidade na redução da transmissão do HIV entre indivíduos em parceria sexual a longo período; Eliminação de relações sexuais casuais em parceiros sexuais múltiplos; Desenvolvimento de habilidades para suster a fidelidade marital; Adopção de normas sociais e comunitárias de fidelidade marital e redução de parceiros, utilizando estratégias que respeitem e respondam aos costumes e normas locais; e Adopção de normas sociais e comunitárias que denunciem actividades sexuais forçadas no casamento ou parcerias a longo período 1

2 PROPOSTA DE PROJECTO Nome do Projecto: Nome do Grupo ou Organização: Nome da Pessoa Responsável Telefone: Endereço: Voluntário do Corpo da Paz assistindo o projecto: Número de Pessoas a Trabalharem no Projecto: Número de Pessoas Projectadas a Beneficiarem do Projecto: Localização do Projecto (Comunidades, Distritos & Província): Tempo necessário (Número de Semanas ou meses a partir do início ao fim): O Projecto tem um Foco de A/B? S / N: Valor Total Solicitado: Detalhes da Conta do Projecto: Sumário do Projecto: Descreva brevemente os objectivos do projecto e as actividades que contribuirá para se alcançar os objectivos. 2 Os objectivos não são as coisas que vocês fazem; eles são as mudanças ou resultados que vêem ou medem, cada um como um aumento no número de pessoas que possam identificar dois modos de transmissão de HIV/SIDA. As actividades são as coisas que vocês fazem, como uma formação ou acontecimento que ajudaria a alcançar os objectivos e criar a mudança. 2

3 Antecedentes: Descreva os antecedentes do Grupo ou Organização que solicita a doação. O Grupo ou Organização trabalhou com este grupo alvo antes ou fez algum trabalho semelhante? Porque seleccionou o projecto? O que acontecerá ao projecto após ter terminado o dinheiro da doação? 3

4 Descrição do Projecto: Providencie uma descrição detalhada do projecto: Monitoria e Relatório: Anexado ao Formato do Relatório do Projecto estão os Formatos para Relatórios do PEPFAR. Por favor utilize estes impressos quando estiver a realizar uma formação ou envolvido em outras actividades e submeta-lhes ao Escritório dos Assuntos Públicos com a narrativa final e relatórios financeiros. 4

5 PERÍODO E PLANO DE RESPONSABILIDADE Dê detalhes sobre as principais tarefas do projecto utilizando a tabela abaixo, indicando quem é que será responsável, por que tarefas e quando é que o trabalho será realizado Tarefas/Acções Responsabilidade (Por favor indique se o relatório será em semanas ou meses)

6 Orçamento Estimado do Projecto Providencie detalhes sobre cada artigo do orçamento. Sempre que possível, devem-se obter duas ou três cotações e o vendedor seleccionado (o preço mais baixo para a qualidade necessária) devem ser detalhados abaixo: Descrição do Artigo ou Serviço Vendedor Seleccionado Preço Cotado (Mts) Total de Doação Solicitada Contribuição da comunidade ou projecto: O projecto ou comunidade devem contribuir 25% dos custos do projecto em dinheiro ou mercadoria. * CUSTO TOTAL DO PROJECTO * Descrição da contribuição da comunidade ou projecto: 6

7 FORMATO DE RELATÓRIO DE PROJECTO Por favor, REMOVA esta secção e submita ao Escritório dos Assuntos Públicos dentro de 30 dias após ter completado o projecto com a folha de relatório de PEPFAR: Escritórios de Assuntos Públicos da Embaixada Americana Av. Mao Tse Tung, 542 Maputo, Moçambique Atenção: Tanya Nystedt Nome do Projecto: Nome do Grupo ou Organização: Nome da Pessoa Responsável: Telefone: Endereço: Voluntário do Corpo da Paz assistindo o projecto: Localização do Projecto (Comunidades, Distritos & Província): Data da Concessão da Doação: Data em que o Projecto foi Concluído: Valor Total Recebido: Todos os recibos originais e relatórios estão anexados: S / N 1

8 Relatório Narrativo Descreva as actividades realizadas. O projecto atingiu os seus objectivos? Porquê ou porque não? O que correu bem que poderia ser melhorado? Tiveram melhores práticas ou lições aprendidas para partilhar? 2

9 Relatório Financeiro do Projecto Ponha os recibos originais na folha A4 e enumere cada recibo separadamente. Utilize os números de recibos para identificar as transacções na tabela abaixo. Recibo # Descrição de Serviço Vendedor Preço Cotado (Mts) Gasto Feito (Mts) Diferença de Preço 3

10 Continuação... Recibo # Descrição de Serviço Vendedor Preço Cotado (Mts) Gasto Feito (Mts) Diferença de Preço Total de Gastos do Projecto Contribuição da comunidade ou do projecto TOTAL DOS CUSTOS DO PROJECTO 4

11 FORMATO DO RELATÓRIO DE PEPFAR PARA A PREVENÇÃO DE A/B FORMAÇÃO DE FORMADORES 3 Por favor anexe o material sobre os antecedentes (ex. agenda, currículo, plano de sessões) Nome do Projecto: Localidade de Formação (escola, vizinhança, cidade, distrito, província): Nome da Actividade: Data da Actividade: / / Objectivos da Formação (Habilidades & conhecimento transferido): Nomes das Pessoas Formadas Masculino 24 e Menores >24 24 e menores Feminino >24 Total dos participantes 3 Formação formal dos provedores de serviços com objectivos específicos de aprendizagem, um perfil do curso ou currículo e conhecimento esperado, habilidades e/ou competências a serem ganhas pelos participantes. 5

12 Continuação... Nomes das Pessoas Formadas Masculino 24 e Menores >24 24 e Menores Feminino >24 Total dos participantes 6

13 FORMATO DO RELATÓRIO DE PEPFAR PARA A PREVENÇÃO DE A/B ACTIVIDADE DE EXTENSÃO 4 Nome do Projecto: Localidade de Formação (escola, vizinhança, cidade, distrito, província): Nome da Actividade: Data da Actividade: / / Tópicos Cobertos: Nomes dos Participantes Masculino 24 e Menores >24 24 e menores Feminino >24 Total dos participantes 4 Qualquer actividade para directamente formar ou sensibilizar as pessoas sobre a mensagem de A/B 7

14 Continuação... Nomes dos Participantes Masculino 24 e Menores >24 24 e menores Feminino >24 Total dos participantes 8

15 História de Sucesso (Opcional) Por favor anexe fotos, se tiver alguma. Podemos utilizar esta história nos nossos relatórios e publicações? Se sim, por favor, assine abaixo. Eu autorizo o Escritório dos Assuntos Públicos da Embaixada dos Estados Unidos a utilizar a informação em qualquer relatório ou publicação. Assinatura Nome Título A SUA HISTÓRIA

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão

Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão Candidatura a pedido de Apoio Institucional à Embaixada do Japão 1 de Agosto de 2015

Leia mais

YOUR LOGO. Investir na mulher pode ser uma etapa importante na prevenção e combate ao HIV/SIDA. Nome do participante: Boaventura Mandlhate

YOUR LOGO. Investir na mulher pode ser uma etapa importante na prevenção e combate ao HIV/SIDA. Nome do participante: Boaventura Mandlhate YOUR LOGO PLEASE FEEL FREE TO ADD YOUR OWN BACKGROUND Investir na mulher pode ser uma etapa importante na prevenção e combate ao HIV/SIDA. Nome do participante: Boaventura Mandlhate Categoria: MEDIA, saúde

Leia mais

Estratégia de Visibilidade

Estratégia de Visibilidade República de Moçambique MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE Programa de Apoio aos Actores Não-Estatais União Europeia Estratégia

Leia mais

Relatório sobre Actividades Subsidiadas Instruções de Preenchimento

Relatório sobre Actividades Subsidiadas Instruções de Preenchimento Relatório sobre Actividades Subsidiadas Instruções de Preenchimento Observações 1. (1) O Relatório sobre Actividades Subsidiadas é composto por duas partes: Parte A Sumário Geral do Plano Subsidiado; Parte

Leia mais

1. SUMÁRIO EXECUTIVO 2. GERAÇÃO BIZ

1. SUMÁRIO EXECUTIVO 2. GERAÇÃO BIZ 1. SUMÁRIO EXECUTIVO O Programa Geração Biz (PGB) é um programa de promoção de Saúde Sexual e Reprodutiva e prevenção do HIV que teve o seu inicio em 1999, como um projectopiloto na Cidade de Maputo e

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA 1. A) ENTIDADE PROMOTORA 1. Identificação Ano a que respeita a candidatura

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA 1. A) ENTIDADE PROMOTORA 1. Identificação Ano a que respeita a candidatura FORMULÁRIO DE CANDIDATURA 1 NORMAS DE APOIO ÀS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE FARO Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Faro Solicito que seja

Leia mais

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo.

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo. Informação ao participante e consentimento informado para o parceiro VIH positivo Estudo PARTNER O estudo PARTNER é um estudo levado a cabo com casais em que: (i) um parceiro é VIH positivo e o outro é

Leia mais

SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis

SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis CURRÍCULO DE PROGRAMA SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis Esta sessão trata da importante habilidade pessoal e profissional do estabelecimento de metas. As participantes podem ter sentimentos diferentes

Leia mais

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections

IBM SmartCloud para Social Business. Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud Connections IBM SmartCloud para Social Business Manual do Utilizador do IBM SmartCloud Engage e IBM SmartCloud

Leia mais

2ª Edição. Projecto de Voluntariado em Moçambique

2ª Edição. Projecto de Voluntariado em Moçambique 2ª Edição Projecto de Voluntariado em Moçambique AIDGLOBAL: breve apresentação A AIDGLOBAL Ação e Integração para o Desenvolvimento Global é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD)

Leia mais

Itália-Ispra: Contrato-quadro de serviços relativo à manutenção de exaustores no JRC de Ispra Dividido em 3 lotes 2015/S 241-436449

Itália-Ispra: Contrato-quadro de serviços relativo à manutenção de exaustores no JRC de Ispra Dividido em 3 lotes 2015/S 241-436449 1 / 10 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:436449-2015:text:pt:html Itália-Ispra: Contrato-quadro de serviços relativo à manutenção de exaustores no JRC de Ispra

Leia mais

1.3.3. Houve mudanças no comportamento dos professores? ( )sim ( )não 1.3.4. Quais?

1.3.3. Houve mudanças no comportamento dos professores? ( )sim ( )não 1.3.4. Quais? Este instrumento tem por objetivo o acompanhamento da execução e dos resultados dos Projetos Socioambientais apresentados para os Encontros Regionais de Agentes Prevencionistas do PEAC realizados nos municípios

Leia mais

Tendo em vista: Que as Partes desejam criar uma nova estrutura de cooperação, mais ampla, em benefício dos Países Beneficiários;

Tendo em vista: Que as Partes desejam criar uma nova estrutura de cooperação, mais ampla, em benefício dos Países Beneficiários; Decreto n.º 13/99 Convénio entre o Governo de Portugal e o Banco Interamericano de Desenvolvimento com o Propósito de Estabelecer Um Fundo Português de Cooperação Técnica, assinado em Washington, em 5

Leia mais

Id: 40938 (31 years)

Id: 40938 (31 years) Ver foto Id: 40938 (31 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 01/08/1984 País: Mozambique, Região: Maputo, Cidade: Maputo Cidade Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO: Objectivo:

Leia mais

ACE - ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FGG - FACULDADE GUILHERME GUIMBALA

ACE - ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ENSINO FGG - FACULDADE GUILHERME GUIMBALA EDITAL Nº 03/2011 EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA BOLSA DE ESTUDO 2011 REMATRÍCULA E INGRESSANTES A Faculdade Guilherme Guimbala, FGG, torna público o presente Edital para os alunos matriculados nos Cursos de

Leia mais

Fundação Rotária Instruções para Pedido de Subsídio Equivalente

Fundação Rotária Instruções para Pedido de Subsídio Equivalente Fundação Rotária Instruções para Pedido de Subsídio Equivalente O que são Subsídios Equivalentes? Subsídios Equivalentes ajudam projetos humanitários internacionais implementados graças à cooperação de

Leia mais

PROGRAMA DE AJUDA DIRECTA 2015-2016 Requisitos & Instruções

PROGRAMA DE AJUDA DIRECTA 2015-2016 Requisitos & Instruções PROGRAMA DE AJUDA DIRECTA 2015-2016 Requisitos & Instruções Cabo Verde VI Edição São Tomé e Príncipe IV Edição Guiné-Bissau II Edição O que é o Programa de Ajuda Directa (PAD)? O PAD é gerido pela Embaixada

Leia mais

TORs da Avaliação do CCF Julho, 2014

TORs da Avaliação do CCF Julho, 2014 1. CONTEXTO AVALIAÇÃO DO CENTRO CRIANÇA FELIZ Termos de Referência O projecto Centro Criança Feliz é uma iniciativa da IBIS Moçambique, concebida e por si implementada desde 2008. O projecto surgiu no

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

B-Geel: Fornecimento, instalação e manutenção de um instrumento de contagem de vírus 2013/S 093-157517. Anúncio de concurso.

B-Geel: Fornecimento, instalação e manutenção de um instrumento de contagem de vírus 2013/S 093-157517. Anúncio de concurso. 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:157517-2013:text:pt:html B-Geel: Fornecimento, instalação e manutenção de um instrumento de contagem de vírus 2013/S

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA A ELABORAÇÃO DE UMA ANÁLISE SOBRE UTILIZACAO DE KITS DE ABRIGO NAS EMERGENCIAS

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA A ELABORAÇÃO DE UMA ANÁLISE SOBRE UTILIZACAO DE KITS DE ABRIGO NAS EMERGENCIAS TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA A ELABORAÇÃO DE UMA ANÁLISE SOBRE UTILIZACAO DE KITS DE ABRIGO NAS EMERGENCIAS Código: CVM/2013/SK/DIPECHO3 KITS DE ABRIGO 1. JUSTIFICATIVA

Leia mais

REGULAMENTO APLICATIVO

REGULAMENTO APLICATIVO Conferência Episcopal Italiana REGULAMENTO APLICATIVO Comissão para as Intervenções Caritativas em favor do Terceiro Mundo CONFERENZA EPISCOPALE ITALIANA Comitato per gli interventi caritativi a favore

Leia mais

Preparação de um Plano de Trabalho

Preparação de um Plano de Trabalho Preparação de um Plano de Trabalho Tomando em consideração os limites de tempo e recursos dos implementadores, as ferramentas da série Straight to the Point (Directo ao Ponto), da Pathfinder International,

Leia mais

POLÍTICA DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MOÇAMBIQUE SOBRE HIV/SIDA

POLÍTICA DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MOÇAMBIQUE SOBRE HIV/SIDA POLÍTICA DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MOÇAMBIQUE SOBRE HIV/SIDA PREÂMBULO A Universidade Católica de Moçambique, reconhecendo que o País enfrenta actualmente uma devastadora pandemia do HIV/SIDA; cumprindo

Leia mais

FUNDO PARA AS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS EM PORTUGAL COMPONENTE AMBIENTE

FUNDO PARA AS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS EM PORTUGAL COMPONENTE AMBIENTE Guia do Formulário de Candidatura Anexo I ao REGULAMENTO do PROJECTO GESTÃO GLOBAL DO FUNDO ONG COMPONENTE AMBIENTE PT0033 FUNDO PARA AS ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS EM PORTUGAL COMPONENTE AMBIENTE

Leia mais

KIT SHARE de 2011-12. Instruções

KIT SHARE de 2011-12. Instruções KIT SHARE de 2011-12 Instruções COMO usar o kit SHARE Este kit é um ferramenta que ajuda os distritos a planejarem seus gastos de FDUC. O kit contém o SHARE System Allocation Report*, que mostra o FDUC

Leia mais

Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2015

Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2015 Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2015 Visão Geral O Governo do Japão reconhece a importância dos projectos de desenvolvimento ao nível das bases que podem

Leia mais

Status quo e processos estratégicos da FP em Moçambique Angola-Luanda Março 2012

Status quo e processos estratégicos da FP em Moçambique Angola-Luanda Março 2012 Status quo e processos estratégicos da FP em Moçambique Angola-Luanda Março 2012 02.04.2012 Seite 1 Estrutura de Apresentação 1. Enquadramento e Desafios 2. Reforma da Educação Profissional 3. Programa

Leia mais

INFORMAÇÕES PESSOAIS

INFORMAÇÕES PESSOAIS Rascunho do formulário modelo DS 160 para pedido de visto de entrada nos EUA: as informações abaixo descritas serão transferidas para o sistema de informações dos EUA e são de responsabilidade do requerente

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1 / 8 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:102558-2016:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Serviços de subscrição de periódicos, publicações informativas, bases de

Leia mais

Innovations Against Poverty

Innovations Against Poverty Distribution www.sida.se Sustainability Training Partnership segments Cost Model Innovations Against Poverty Guia para Candidatos 2011/2012 Introdução Terminologia Negócio Inclusivo O programa Innovations

Leia mais

Curso de Especialização Ativação de Processos de Mudança na Formação Superior de Profissionais de Saúde

Curso de Especialização Ativação de Processos de Mudança na Formação Superior de Profissionais de Saúde 1 Rio de Janeiro, 04 de setembro de 2012. Curso de Especialização Ativação de Processos de Mudança na Formação Superior de Profissionais de Saúde EDITAL PARA SELEÇÃO DE TUTORES (PROFESSORES-PESQUISADORES)

Leia mais

Pesquisa Formativa sobre a Circuncisão Masculina em Moçambique

Pesquisa Formativa sobre a Circuncisão Masculina em Moçambique Pesquisa Formativa sobre a Circuncisão Masculina em Moçambique Apresentação para o CNCS Maputo, 16 de Março de 2013 Estrutura da apresentação I. Contexto do estudo II. Métodos e questões do estudo III.

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA DE UM ASSISTENTE TÉCNICO PARA O TARV PEDIÁTRICO NA REGIÃO DE NAMPULA MOÇAMBIQUE

TERMOS DE REFERÊNCIA DE UM ASSISTENTE TÉCNICO PARA O TARV PEDIÁTRICO NA REGIÃO DE NAMPULA MOÇAMBIQUE TERMOS DE REFERÊNCIA DE UM ASSISTENTE TÉCNICO PARA O TARV PEDIÁTRICO NA REGIÃO DE NAMPULA MOÇAMBIQUE Moçambique é um dos dez países no mundo mais atingido pelo HIV/SIDA com uma prevalência de 16.2%. Devido

Leia mais

EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA FUNDO ESPECIAL DE AUTO-AJUDA DO EMBAIXADOR DOS E.U.A. Ajudando as Comunidades a Ajudar-se a Si Próprias Caro Candidato ao Fundo de Auto-Ajuda: Obrigado pelo seu

Leia mais

GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE DELEGAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA EM MOÇAMBIQUE

GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE DELEGAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA EM MOÇAMBIQUE GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE DELEGAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA EM MOÇAMBIQUE Parte 1- Informação geral e elegibilidade dos custos Parte 2 Opção dos custos simplificados Parte

Leia mais

POLÍTICA DE INCENTIVO NO ÂMBITO DO PROGRAMA NACIONAL DE HIV/AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

POLÍTICA DE INCENTIVO NO ÂMBITO DO PROGRAMA NACIONAL DE HIV/AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS POLÍTICA DE INCENTIVO NO ÂMBITO DO PROGRAMA NACIONAL DE HIV/AIDS E OUTRAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS INSTRUMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE ONG/OSC 2009 CAMPO GRANDE MS JUNLHO DE 2009 PREFEITURA

Leia mais

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015]

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Introdução As Organizações da Aliança Global Wycliffe desejam expressar a unidade e a diversidade do Corpo

Leia mais

CHAMADA DE INSCRIÇÕES E PREMIAÇÃO DE RELATOS: EXPERIÊNCIA DO TRABALHADOR NO COMBATE AO AEDES

CHAMADA DE INSCRIÇÕES E PREMIAÇÃO DE RELATOS: EXPERIÊNCIA DO TRABALHADOR NO COMBATE AO AEDES CHAMADA DE INSCRIÇÕES E PREMIAÇÃO DE RELATOS: EXPERIÊNCIA DO TRABALHADOR NO COMBATE AO AEDES CONTEXTUALIZAÇÃO O Ministério da Saúde e diversos parceiros têm apresentado esforços para envolver toda a população

Leia mais

Jovens empreendedores lançam-se num novo desafio

Jovens empreendedores lançam-se num novo desafio Edição de Fevereiro de 2010 Jovens empreendedores lançam-se num novo desafio Os seis jovens integrados no programa de empreendedorismo a decorrer já há dois anos no complexo agro-industrial de Matama lançaram

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 09.03.2001 COM(2001) 128 final 2001/0067 (ACC) VOLUME IV Proposta de DECISÃO DO CONSELHO Relativa à posição da Comunidade no Conselho de Associação sobre a

Leia mais

Itália-Turim: Serviços de limpeza, transporte de mercadorias, controlo de pragas, limpeza de neve e aplicação de sal 2013/S 155-269595

Itália-Turim: Serviços de limpeza, transporte de mercadorias, controlo de pragas, limpeza de neve e aplicação de sal 2013/S 155-269595 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:269595-2013:text:pt:html Itália-Turim: Serviços de limpeza, transporte de mercadorias, controlo de pragas, limpeza de

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Cartografia costeira MARE/2014/10 2014/S 152-272371. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Cartografia costeira MARE/2014/10 2014/S 152-272371. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:272371-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Cartografia costeira MARE/2014/10 2014/S 152-272371 Anúncio de concurso Serviços

Leia mais

c) Explicar o motivo da alteração para o nome atual

c) Explicar o motivo da alteração para o nome atual - Informações incompletas ou incorretas poderão acarretar recusa do visto de entrada na Austrália. - Ao preencher este rascunho, você nos autoriza a enviar e receber suas informações no Sistema Australiano,

Leia mais

Guia para o Plano de comunicação e visibilidade dos Projetos financiados pela União Europeia em Cabo Verde

Guia para o Plano de comunicação e visibilidade dos Projetos financiados pela União Europeia em Cabo Verde UNIÃO EUROPEIA DELEGAÇÃO NA REPÚBLICA DE CABO VERDE Guia para o Plano de comunicação e visibilidade dos Projetos financiados pela União Europeia em Cabo Verde 1 P a g e Visibilidade e comunicação são dois

Leia mais

Regulamento Geral da Formação

Regulamento Geral da Formação Regulamento Geral da Formação Regulamento n.º 32/2006, de 3 de Maio publicado no Diário da República, II Série, n.º 85, de 3 de Maio de 2006 Artigo 1.º Objecto 1 Este regulamento define as regras relativas

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE ENDEREÇO/ CONTATOS

INFORMAÇÕES SOBRE ENDEREÇO/ CONTATOS Rascunho do formulário modelo DS 160 para pedido de visto de entrada nos EUA: as informações abaixo descritas serão transferidas para o sistema de informações dos EUA e são de responsabilidade do requerente

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO: Caracterizados como um conjunto articulado de ações pedagógicas, de caráter teórico e/ou prático, presencial ou à distância,

Leia mais

SUPLEMENTO DE PEDIDO DE SUBSÍDIO GLOBAL PARA PROJETOS DE MICROCRÉDITO

SUPLEMENTO DE PEDIDO DE SUBSÍDIO GLOBAL PARA PROJETOS DE MICROCRÉDITO PORTUGUESE (PT) SUPLEMENTO DE PEDIDO DE SUBSÍDIO GLOBAL PARA PROJETOS DE MICROCRÉDITO Rotary Clubs e distritos são incentivados a formar parcerias com instituições microfinanceiras (IMF) de renome para

Leia mais

Preenchimento do Formulário 2.01

Preenchimento do Formulário 2.01 Preenchimento do Formulário 2.01 O primeiro passo para o preenchimento formulário de Depósito de Pedido de Registro de Desenho Industrial é o download do formulário correto. A certeza de que o usuário

Leia mais

POLÍTICA DE AUTO-ARQUIVO

POLÍTICA DE AUTO-ARQUIVO Repositório Institucional - Universidade da Beira Interior POLÍTICA DE AUTO-ARQUIVO O Ubithesis Conhecimento Online é o Repositório Institucional Digital da Universidade da Beira Interior. Tem como objectivo

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano Campus Petrolina Zona Rural EDITAL Nº 08/2012 EDITAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Campus São Gonçalo CoEX - Coordenação de Extensão EDITAL INTERNO

Leia mais

[ Das condições de participação ] 5ª edição / 2011

[ Das condições de participação ] 5ª edição / 2011 5ª edição / 2011 EDITAL DO Programa Liz de Doação e Patrocínio Sonhar, planejar, executar e crescer, esses são os ingredientes necessários para que um projeto se torne realidade e a Empresa de Cimentos

Leia mais

PEDIDO ON-LINE DE SUBSÍDIO GLOBAL

PEDIDO ON-LINE DE SUBSÍDIO GLOBAL Portuguese (PT) PEDIDO ON-LINE DE SUBSÍDIO GLOBAL As imagens a seguir mostram como navegar pelo nosso site para fazer um pedido de Subsídio Global. Para mais informações, visite www.rotary.org/pt/grants.

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - Nº 21729/2013

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - Nº 21729/2013 SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO - Nº 21729/2013 Prezados Senhores, Brasília, 10 de maio de 2013. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD solicita a apresentação de Proposta para o fornecimento

Leia mais

Palestra 03. O ICBv3 da IPMA como Instrumento para a Auto Avaliação Avaliação de Competências do

Palestra 03. O ICBv3 da IPMA como Instrumento para a Auto Avaliação Avaliação de Competências do Palestra 03 O ICBv3 da IPMA como Instrumento para a Auto Avaliação Avaliação de Competências do Gerente de Projetos O ICBV3 DA IPMA COMO INSTRUMENTO PARA A AUTO AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO GERENTE DE

Leia mais

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata.

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um pacto com Deus e com sua Igreja de, diariamente, fugir da imoralidade sexual,

Leia mais

Manual do facilitador

Manual do facilitador Manual do facilitador Introdução Este manual faz parte do esforço para institucionalizar o sistema de informação de uma maneira coordenada a fim de que as informações possam ser de acesso de todos que

Leia mais

REGULAMENTO DE MOBILIDADE DE DIPLOMADOS Leonardo da Vinci

REGULAMENTO DE MOBILIDADE DE DIPLOMADOS Leonardo da Vinci REGULAMENTO DE MOBILIDADE DE DIPLOMADOS Leonardo da Vinci Tendo a Coordenação em colaboração com o DGA RI, elaborado e submetido uma candidatura ao Programa Leonardo da Vinci, foi esta aprovada pela Agência

Leia mais

Programa para Actores Não Estatais e Autoridades Locais no Desenvolvimento

Programa para Actores Não Estatais e Autoridades Locais no Desenvolvimento Comissão Europeia Programa para Actores Não Estatais e Autoridades Locais no Desenvolvimento ANGOLA Orientações destinadas aos requerentes de subvenções Convite Publico à Apresentação de Propostas Linha

Leia mais

REGULAMENTO DE REALIZAÇÃO DE CURSOS DE FORMAÇÃO PÓS-GRADUADA NO ISA

REGULAMENTO DE REALIZAÇÃO DE CURSOS DE FORMAÇÃO PÓS-GRADUADA NO ISA REGULAMENTO DE REALIZAÇÃO DE CURSOS DE FORMAÇÃO PÓS-GRADUADA NO ISA Preâmbulo É cada vez mais consensual a importância estratégica que as pessoas (vulgarmente chamadas de recursos humanos) desempenharão

Leia mais

1/12 Perguntas Frequentes sobre o Processo de Candidatura a Bolsas de Formação Contínua Comenius

1/12 Perguntas Frequentes sobre o Processo de Candidatura a Bolsas de Formação Contínua Comenius 1/12 Bem-vinda(o) à Área de Perguntas Frequentes sobre o Processo de Candidatura às Bolsas de Formação Contínua Comenius! Esta área, e respectiva informação disponibilizada, têm como objectivo facilitar

Leia mais

Associação Beneficente Salvare ANEXO I FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS

Associação Beneficente Salvare ANEXO I FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS Associação Beneficente Salvare ANEXO I FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS DADOS DA ORGANIZAÇÃO PROPONENTE Razão Social CNPJ Endereço Completo Inscrição Telefone Email Representante Legal

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:169283-2012:text:pt:html LV-Riga: Prestação de serviços de ligação à Internet, correio electrónico, telefonia por IP

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia CRTR 10ª REGIÃO/PR Serviço Público Federal

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia CRTR 10ª REGIÃO/PR Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Solicitar os boletos para recolhimento da taxa de inscrição de pessoa física, da taxa de expedição da habilitação e da anuidade (proporcional), pelo e-mail:

Leia mais

Grécia-Heráclio: Estado da arte em matéria de segurança e proteção de dados em linha 2015/S 249-453287. Anúncio de concurso.

Grécia-Heráclio: Estado da arte em matéria de segurança e proteção de dados em linha 2015/S 249-453287. Anúncio de concurso. 1 / 5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:453287-2015:text:pt:html Grécia-Heráclio: Estado da arte em matéria de segurança e proteção de dados em linha 2015/S

Leia mais

ANEXO - Roteiro para elaboração dos projetos

ANEXO - Roteiro para elaboração dos projetos ANEXO - Roteiro para elaboração dos projetos Os projetos a serem apresentados deverão obedecer ao roteiro proposto. Deverão ser executados no prazo máximo de 12 (doze) meses, contados a partir da data

Leia mais

CRIANÇAS ÓRFÃS E VULNERÁVEIS NO CONTEXTO DO HIV/SIDA EM MOÇAMBIQUE

CRIANÇAS ÓRFÃS E VULNERÁVEIS NO CONTEXTO DO HIV/SIDA EM MOÇAMBIQUE CRIANÇAS ÓRFÃS E VULNERÁVEIS NO CONTEXTO DO HIV/SIDA EM MOÇAMBIQUE CRIANÇAS ÓRFÃS E VULNERÁVEIS NO CONTEXTO DO HIV/SIDA EM MOÇAMBIQUE HIV/SIDA em Moçambique O HIV/SIDA é a ameaça mais séria que Moçambique

Leia mais

Roteiro de como preencher seu Protocolo de Requerimento de Passaporte

Roteiro de como preencher seu Protocolo de Requerimento de Passaporte Roteiro de como preencher seu Protocolo de Requerimento de Passaporte 01. Acesse o site https://scedv.serpro.gov.br/frscedv/index.jsp ; 02. Clique na opção SOLICITAR PASSAPORTE COMUM - PACOM ; 03. Verifique

Leia mais

Roteiro para encaminhamento de Projeto de Pesquisa ao CEP-FIPA

Roteiro para encaminhamento de Projeto de Pesquisa ao CEP-FIPA 1 Prezado Pesquisador: Comitê de Ética em Pesquisa CEP / FIPA Faculdades Integradas Padre Albino Fundação Padre Albino Rua dos Estudantes, 225 - Cep - 15.809-144 Catanduva SP Fone (17) 33113229 e-mail:

Leia mais

PROGRAMA DE INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO EM MATÉRIA DE DROGA (2007-20013) CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS 2007 (PROGRAMAS ESPECÍFICOS TRANSNACIONAIS)

PROGRAMA DE INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO EM MATÉRIA DE DROGA (2007-20013) CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS 2007 (PROGRAMAS ESPECÍFICOS TRANSNACIONAIS) PROGRAMA DE INFORMAÇÃO E PREVENÇÃO EM MATÉRIA DE DROGA (2007-20013) CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS 2007 (PROGRAMAS ESPECÍFICOS TRANSNACIONAIS) Este convite à apresentação de propostas tem por objectivo

Leia mais

Módulo 2 Análise de Grupos de Interesse

Módulo 2 Análise de Grupos de Interesse Módulo 2 Análise de Grupos de Interesse No Módulo 2... Porquê realizar uma análise de grupos de interesse? Identificação dos grupos de interesse Avaliação da importância e influência dos grupos de interesse

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:347015-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:347015-2013:text:pt:html 1/8 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:347015-2013:text:pt:html Itália-Ispra: Prestação de serviços de desenvolvimento de hardware e software e fornecimentos

Leia mais

INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO PROGRAMA AFERIÇÃO

INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO PROGRAMA AFERIÇÃO INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO PROGRAMA AFERIÇÃO EFECTIVIDADE DA AUTO-AVALIAÇÃO DAS ESCOLAS PROJECTO ESSE Orientações para as visitas às escolas 1 Introdução As visitas às escolas realizadas segundo o modelo

Leia mais

Escritório Regional da IFLA para a América Latina e o Caribe: Chamada para inscrições para sediar o Escritório Regional

Escritório Regional da IFLA para a América Latina e o Caribe: Chamada para inscrições para sediar o Escritório Regional Escritório Regional da IFLA para a América Latina e o Caribe: Chamada para inscrições para sediar o Escritório Regional Introdução A Federação Internacional das Associações de Bibliotecários e Instituições

Leia mais

*D337F565* Mensagem n o 448. Senhores Membros do Congresso Nacional,

*D337F565* Mensagem n o 448. Senhores Membros do Congresso Nacional, Mensagem n o 448 Senhores Membros do Congresso Nacional, Nos termos do disposto no art. 49, inciso I, combinado com o art. 84, inciso VIII, da Constituição, submeto à elevada consideração de Vossas Excelências,

Leia mais

PASSAPORTE. Para os brasileiros naturalizados a quitação militar é exigida a qualquer idade, após a aquisição da naturalização;

PASSAPORTE. Para os brasileiros naturalizados a quitação militar é exigida a qualquer idade, após a aquisição da naturalização; PASSAPORTE O interessado na obtenção do Passaporte deve procurar quaisquer das unidades descentralizadas ou postos de atendimento do Departamento de Polícia Federal, ou os postos de atendimento da Empresa

Leia mais

PASSO 6 Planejamento de ações

PASSO 6 Planejamento de ações PASSO 6 Planejamento de ações Assegure-se que haja enfoque e tempo suficientes para este último passo. Se vulnerabilidades e capacidades forem levantadas em relação a diferentes ameaças de desastres, mas

Leia mais

Reitoria. No plano orçamental para 2009 foi definida uma provisão no valor de 300.000 euros para o Programa - Qualidade.

Reitoria. No plano orçamental para 2009 foi definida uma provisão no valor de 300.000 euros para o Programa - Qualidade. Reitoria Circular RT-05/2009 Programa Qualidade 2009 Apesar dos constrangimentos financeiros impostos pelo orçamento atribuído para 2009, é importante garantir que são apoiadas as experiências e os projectos

Leia mais

GRACE GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO À CIDADANIA EMPRESARIAL - ASSOCIAÇÃO ESTATUTOS CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, DURAÇÃO, SEDE, OBJECTO, PRINCÍPIOS E VALORES

GRACE GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO À CIDADANIA EMPRESARIAL - ASSOCIAÇÃO ESTATUTOS CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, DURAÇÃO, SEDE, OBJECTO, PRINCÍPIOS E VALORES GRACE GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO À CIDADANIA EMPRESARIAL - ASSOCIAÇÃO ESTATUTOS CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, DURAÇÃO, SEDE, OBJECTO, PRINCÍPIOS E VALORES Art. 1º 1. GRACE GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO À CIDADANIA

Leia mais

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO

1. DA AUTORIZAÇÃO 2. DO OBJETO MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA DE INCLUSÃO DIGITAL AVISO DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 02, DE 4 DE OUTUBRO DE 2012 PROGRAMA COMPUTADORES PARA INCLUSÃO A União, por intermédio da Secretaria de Inclusão

Leia mais

REF ACTIVIDADE RESPONSABILIDADE

REF ACTIVIDADE RESPONSABILIDADE REPÚBLICA DE ANGOLA Ministério das Finanças Direcção Nacional das Alfândegas PROCEDIMENTOS À CIRCULAR Nº /DESP/DTA/DNA/07 (Anexo A a que se referem os pontos 13º e 16º da circular) REF ACTIVIDADE RESPONSABILIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE

REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE REGULAMENTO DO CONCURSO GATA DO VALE 1. DO CONCURSO 1.1. Fica instituído o Concurso Gata do Vale realizado pelo Portal Aconteceu no Vale e TV em Foco, para eleger a garota mais linda dos Vales do Jequitinhonha,

Leia mais

Descrição do serviço: Serviços de recuperação de activos ProManage Dell Reciclagem de activos de TI

Descrição do serviço: Serviços de recuperação de activos ProManage Dell Reciclagem de activos de TI Dell Serviços Descrição do serviço: Serviços de recuperação de activos ProManage Dell Reciclagem de activos de TI Apresentação dos serviços A Dell tem o prazer de fornecer os Serviços de recuperação de

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014

EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014 EDITAL DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA DE TRADUTORES ESTRANGEIROS NO BRASIL N 1 / 2014 A Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá bolsas a tradutores estrangeiros tendo em vista períodos de residência

Leia mais

ANEXO III Orientações e formulários para prestação de contas (Edital 01/2016 de Seleção Pública de Projetos Culturais para Patrocínio pelo CAU/RJ)

ANEXO III Orientações e formulários para prestação de contas (Edital 01/2016 de Seleção Pública de Projetos Culturais para Patrocínio pelo CAU/RJ) ANEXO III Orientações e formulários para prestação de contas (Edital 01/2016 de Seleção Pública de Projetos Culturais para Patrocínio pelo CAU/RJ) Em conformidade com as competências do CAU/UF previstas

Leia mais

Fundamentos de Teste de Software

Fundamentos de Teste de Software Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Fundamentos de Teste de Software Módulo 2- Teste Estático e Teste Dinâmico Aula 4 Projeto de Teste 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ANÁLISE E PROJETO DE TESTE... 3 1.

Leia mais

ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4550 COMISSÃO DISTRITAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA REGULAMENTO PARA SUBSÍDIOS DISTRITAIS PROCEDIMENTOS E NORMAS

ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4550 COMISSÃO DISTRITAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA REGULAMENTO PARA SUBSÍDIOS DISTRITAIS PROCEDIMENTOS E NORMAS ROTARY INTERNATIONAL DISTRITO 4550 COMISSÃO DISTRITAL DA FUNDAÇÃO ROTÁRIA REGULAMENTO PARA SUBSÍDIOS DISTRITAIS PROCEDIMENTOS E NORMAS O Distrito 4550 aprova o seu Regulamento para Subsídios Distritais,

Leia mais

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão

Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Regulamento geral para a certificação dos Sistemas de Gestão Em vigor a partir de 01/04/2016 RINA Via Corsica 12 16128 Genova - Itália tel. +39 010 53851 fax +39 010 5351000 website : www.rina.org Normas

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira FORMULÁRIO DE CANDIDATURA programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PROGRAMA DE APOIO ÀS PESSOAS COLECTIVAS

Leia mais

EDITAL Nº11 / IFB, DE 14 DE SETEMBRO DE 2015. PROGRAMA DE INCENTIVO A CULTURA, ESPORTE E LAZER DISCENTE PINCEL

EDITAL Nº11 / IFB, DE 14 DE SETEMBRO DE 2015. PROGRAMA DE INCENTIVO A CULTURA, ESPORTE E LAZER DISCENTE PINCEL EDITAL Nº11 / IFB, DE 14 DE SETEMBRO DE 2015. PROGRAMA DE INCENTIVO A CULTURA, ESPORTE E LAZER DISCENTE PINCEL O Diretor Geral do, nomeado pela Portaria nº 1828, publicada no Diário Oficial da União em

Leia mais

Anúncio de concurso. Fornecimentos

Anúncio de concurso. Fornecimentos 1/9 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:297835-2015:text:pt:html Itália-Ispra: Fornecimento, manutenção e serviços conexos de antenas, recetor de ensaio, gerador

Leia mais

Instituto de Informática

Instituto de Informática Ministério das Finanças Instituto de Informática Departamento de Sistemas de Informação Envio de Declarações de IRS para: E-Mail, Casa ou Organismo Outubro de 2011 SUMÁRIO 1 OBJECTIVO 3 2 DESTINO DAS DECLARAÇÕES

Leia mais

Concurso de Design Criação de cartaz REGULAMENTO

Concurso de Design Criação de cartaz REGULAMENTO Concurso de Design Criação de cartaz REGULAMENTO 1. Introdução O presente concurso, destinado à apresentação de projectos de criação de um cartaz original, é uma iniciativa da Associação 25 de Abril (doravante

Leia mais

Planos de Mobilidade e Transportes (PMT) e Planos de Mobilidade Urbana Sustentável (SUMP / PMUS): Diferenças e Semelhanças

Planos de Mobilidade e Transportes (PMT) e Planos de Mobilidade Urbana Sustentável (SUMP / PMUS): Diferenças e Semelhanças Planos de Mobilidade e Transportes (PMT) e Planos de Mobilidade Urbana Sustentável (SUMP / PMUS): Diferenças e Semelhanças Faustino Gomes TIS.pt Planeamento da Mobilidade Urbana Sustentável 1º Workshop

Leia mais

REQUERIMENTO DE CANDIDATURA. II Programa Regional de Apoio à Comunicação Social Privada PROMEDIA II

REQUERIMENTO DE CANDIDATURA. II Programa Regional de Apoio à Comunicação Social Privada PROMEDIA II REQUERIMENTO DE CANDIDATURA II Programa Regional de Apoio à Comunicação Social Privada PROMEDIA II Exmo. Sr. Secretário Regional da Presidência 1 : ( 2 ) ( 3 ) vem, para efeitos do disposto no Decreto

Leia mais

Secretaria de Tecnologia da Informação e da Comunicação Aplicadas à Educação e Instituto de Educação

Secretaria de Tecnologia da Informação e da Comunicação Aplicadas à Educação e Instituto de Educação Secretaria de Tecnologia da Informação e da Comunicação Aplicadas à Educação e Instituto de Educação EDITAL Nº 004/2012, de 09 de abril de 2012. 1. Das Disposições Preliminares A Universidade Federal de

Leia mais

BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE

BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE 1 REVISTA BRASILEIRA DE FARMÁCIA HOSPITALAR E SERVIÇOS DE SAÚDE Uma publicação da (SBRAFH) A () publica artigos nos idiomas Inglês, Espanhol, Português; e a partir de 2010 substituirá a Revista SBRAFH

Leia mais

Guia de Apoio ao Formando. Formação à distância

Guia de Apoio ao Formando. Formação à distância Regras&Sugestões- Formação e Consultoria, Lda. Guia de Apoio ao Formando Data de elaboração: abril de 2014 CONTACTOS Regras & Sugestões Formação e Consultoria, Lda. Av. General Vitorino laranjeira, Edifício

Leia mais