Procesos formativos JMV Internacional Página 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Procesos formativos JMV Internacional Página 1"

Transcrição

1 Procesos formativos JMV Internacional Página 1

2 Irmãos e irmãs em JMV, A paz e a alegria de Cristo esteja sempre convosco! Após III AG2010 realizada em Portugal, o Conselho Internacional comprometeu-se a preparar um novo documento em matéria de formação para os países. Este documento, que hoje vos apresentamos, tem como objetivo ser como um guia para aqueles que ainda não têm o seu próprio processo formativo e/ou aqueles que desejam rever seu processo. No momento da publicação deste novo documento, chamamos a atenção para o atual livro (caderno): "Processos Formativos e Desembocadura na JMV", ambos os documentos podem ajudar quando trabalharem o projeto de formação. É um simples guia para ser usado pelos Conselhos da JMV, o mesmo tenta satisfazer as necessidades básicas de formação da Associação, na várias dimensões do ser: humano, cristão, mariano e vicentino. Está dividido em quatro etapas: convite, iniciação, aprofundamento e compromisso, cada um contém um tema principal e diferentes temas para serem desenvolvidos de acordo com as necessidades de cada país. Conscientes de que é o mesmo espírito que nos move e que nascemos debaixo do mesmo carisma, também é certo que a nossa Associação é muito rica pela sua diversidade e que a realidade de um continente não é igual à realidade de outro, até mesmo entre países do mesmo continente. Por isso fizemos um documento simples e de um modo generalizado, para que possa ser adatado facilmente às vossas próprias necessidades, nele também podem encontrar sugestões para o final de cada etapa, que são apenas isso, sugestões nossas, vocês têm a liberdade para utilizarem o que acharem melhor. Esperamos que o material apresentado seja um grande auxílio para as equipas de formação e claro para a vida dos grupos e das comunidades. Agradecemos a confiança que colocaram em nós. Que Nossa Senhora da Medalha Milagrosa nos ilumine o caminho para o seu filho Jesus Cristo e que também nós possamos trazer outros para este caminho. Carinhosamente, JMV Conselho Internacional. Procesos formativos JMV Internacional Página 2

3 Convite Objetivo: Descobrir e começar a Objetivos Específicos: assumir a identidade pessoal, os valores humanos, a necessidade de crescer em Conhecer-se a si mesmo, os outros, a Deus e a JMV. grupo, a sua própria fé. Organizar-se e estabelecer-se como grupo. Tema principal: A pessoa: Humana e Cristã. Duração: um ano. Temário 1. Sou um Ser Humano Objetivo: Que o jovem aprenda a conhecer-se a si mesmo, consolidando uma identidade através da análise das suas qualidades e defeitos, para que assim possa valorizar-se e aceitar-se, respondendo ao chamamento que Deus lhe faz ser Pessoa. Aprender a conhecer-se. Consolidar uma identidade humana e cristã. Analisar as qualidades, dons e limitações. Aprofundar os valores humanos e cristãos. Trabalhar na aceitação de si mesmo. Responder como pessoa ao chamamento de Deus. Autoestima. Habilidades sociais (assertividade, comunicação, empatia ). Afectividade e sexualidade. 2. Feito à imagem de Deus Objetivo: Que o jovem reconheça em si mesmo a dignidade que Deus lhe deu, descobrindo os seus defeitos e virtudes, para se reconhecer como verdadeiro filho de Deus. Sou um homem e/ou uma mulher. Feito à imagem de Deus. Possuo a dignidade dos filhos de Deus. Criado para uma missão: Ser reflexo de Deus. Identidade de género (que são complementares) temperamentos, condicionamentos familiares e sociais. 3. Livre Objetivo: Consciencializar os jovens da verdadeira liberdade a que são chamados por Deus, reconhecendo as decisões que tomam nas suas vidas, os aspectos que os Procesos formativos JMV Internacional Página 3

4 escravizam para assim libertarem-se deles e serem homens e mulheres livres em Cristo. Em que consiste a verdadeira liberdade. Sou livre para decidir, as minhas decisões definem a minha vida. Tudo é permitido mas nem tudo convém. (1 Cor 10, 23). Liberdade exterior ou Liberdade de e Liberdade interior ou Liberdade para Liberdade e responsabilidade, assumir as consequências. Liberdade para ser feliz (pirâmide de Maslow). Liberdade e mal (Libertinagem). Liberdade e fé (a fé é um acto supremo de liberdade). 4. A nossa realidade juvenil. Objetivo: Analisar a realidade pessoal e social que rodeia o jovem, descobrindo valores e contravalores que o confrontem consigo mesmo para assim mostrar-lhe o que realmente necessita para ser feliz, hoje. Analisar a realidade pessoal e social que rodeia o jovem. Descobrir os valores e contravalores dessa realidade. Como é que essa realidade me ajuda a ser um homem/mulher autênticos. 5. Com os outros. Objetivo: Fomentar, através de dinâmicas de interacção, o conhecimento mútuo dos elementos do grupo para que descubram assim a importância da descoberta do outro em todas as suas dimensões. Nesta realidade relaciono-me com... A relação com os outros como oportunidade para a realização como pessoa. Descubro-me no encontro com os outros. Conhecidos, companheiros e amigos. As pessoas que me ajudam a crescer e as que não me ajudam a crescer. 6. Sozinho é bom, mas em comunidade é melhor. Objetivo: Fortalecer o processo de união gerando um processo de maior abertura e diálogo entre os participantes, para que dessa forma vão conhecendo e confiando tanto em si mesmo como nos outros. Sou eu, mas com os outros. Pertenço a uma família de nascimento e a uma família eleita. Ser cristão, uma forma de vida que potencializa o ser humano: a vida em Comunidade. 7. Esta comunidade tem nome e apelido. Objetivo: Levar os jovens a reconhecer que os seus companheiros de grupo são irmãos, parte da sua família e assim fortalecer a unidade e o processo de comunidade. Tudo começou na Rue du Bac. (história da JMV) Temos uma identidade (características da JMV) Pertencemos a uma família (FAMVIN) Procesos formativos JMV Internacional Página 4

5 Com um estilo claro de pertença à Igreja. O que queres conhecer mais? 8. Contamos contigo Objetivo: Que os jovens se sintam mais comprometidos com a sua formação na JMV e com a sua tarefa transformadora/evangelizadora na Igreja. Somos JMV na Igreja, para ser fermento. Chamados a servir na Igreja local. Proposta*Os jovens dispostos a continuar O CAMINHO, preparam-se para um retiro sobre a conversão e expressam por escrito o seu desejo de pertencer à JMV, como símbolo recebem o cartão (B.I.)e a bíblia ou outro símbolo utilizado no seu país. Iniciação Objetivo: Descobrir a chamada à mudança de vida, para um encontro pessoal com Cristo, através da Palavra, da Associação e dos pobres. Tema Principal: Deus - Jesus Cristo Temário Objetivos Específicos: Iniciar uma vida de oração. Descobrir e assumir as exigências da vida cristã. Assumir a vida em grupo e o trabalho em equipa. Realizar pequenos serviços apostólicos ao estilo vicentino. Duração: No mínimo um ano. 1. Deus criador Objetivo: Que o jovem descubra, através da sua experiência de fé, o mundo e a vida como um presente de Deus ao homem. O Sentido da vida: porque vivo?, de onde vem tudo?, porque existe sofrimento?, quem sou eu?, etc e o desejo humano de felicidade e verdade. A religião serve para dar sentido à vida (responde às perguntas onde a ciência não chega; relação fé-ciência). O mal no mundo (Jesus vem libertar-nos do mal que nos escraviza, pessoal e coletivamente). Somos colaboradores de Deus. 2. Apresento-te um Amigo. Objetivo: Apresentar aos jovens o Deus encarnado em Jesus, um Deus próximo e atrativo de modo a facilitar a aproximação e adesão entre Deus e os Jovens. O Deus de Jesus. 3. Que tem um projeto Objetivo: Ter um encontro com Jesus Cristo vivo através da reflexão, do silêncio, da escuta e da oração perante a sua Palavra, da vivência da reconciliação e da Eucaristia, Procesos formativos JMV Internacional Página 5

6 para que com um coração renovado, recebam o Reino de Deus, sendo autênticos discípulos missionários de Jesus Cristo e encham de sentido a sua vida. O Reino de Deus. Com um coração novo. 4. Que tem um filho Objetivo: Suscitar nos jovens a curiosidade para conhecer mais a pessoa de Cristo. Chamado Jesus. 5. Este Jesus é: Objetivo: Descobrir, conhecer, encontrar-se e seguir Jesus de Nazaré. Chamavam-no Nazareno. Um irmão. Um amigo. Que chamou os outros. Que continua a chamar hoje. Que deu tudo pelo Reino do seu Pai, incluindo a vida. Para ser a Boa Nova dos Pobres. 6. Mestre, ensina-nos a rezar Objetivo: Desenvolver a capacidade de interiorização, contemplação e celebração: experiência pessoal de oração, de vida litúrgica e sacramental. Proposta* Depois de falar pessoalmente com o/a assessor(a), participar num retiro sobre o Pai Nosso e recebem o pin da JMV ou outro símbolo que se utilize no seu país. Objetivo: Descobrir o sentido comunitário e eclesial da JMV e fazer dele um estilo de vida mediante o compromisso evangelizador, na própria comunidade paroquial. Tema principal: Maria, S. Vicente Aprofundamento Objetivos Específicos: Passar do grupo à comunidade juvenil, orante e comprometida, que assume a "auto-formação" e lança-se na acção organizada. Iniciar a integração consciente na paróquia (ministérios: Palavraculto-caridade). Aprofundar o papel de Maria na comunidade cristã e na JMV. Conhecer de forma mais concreta o pensamento e as obras de S. Vicente e Santa Luísa. Duração: Dois anos ou mais Temário 1. Uma jovem como tu Objetivo: Ajudar os jovens a ver em Maria um exemplo de como viver a sua juventude em harmonia com Deus. Procesos formativos JMV Internacional Página 6

7 - Maria, uma adolescente aberta à voz de Deus. - Sim, uma resposta responsável. 2. Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe. Objetivo: Que os jovens reconheçam na pessoa de Maria o seu verdadeiro valor e a importância que ela tem nas nossas vidas, no nosso tempo, como exemplo a imitar no seguimento de Jesus e no cumprimento da vontade do Pai. 3. Porque viu a humildade da sua serva Objetivo: Aprofundar o Magnificat como fonte da nossa espiritualidade. 4. As bodas de Canã (Jo 2, 1-12) Objetivo: Apresentar qual é o papel da Virgem Maria no plano de Salvação. 5. Por isso nos consagramos (A Consagração Mariana na JMV) Objetivo: Que os jovens da Associação possam compreender a Consagração Mariana como um verdadeiro e completo programa de vida cristã e como elemento vital da Associação. - O máximo no mínimo (A medalha milagrosa). - Consagração para jovens laicos. 6. Ao estilo de Jesus Cristo, como Maria e Vicente Objetivo: Aprofundar na identidade da JMV e apresentar as figuras de Maria da Medalha Milagrosa e de S. Vicente de Paulo como seguidores da mensagem de Jesus e o seu papel na nossa Associação. O estilo do Reino de Deus. Viver como Maria. Viver como Vicente Viver como Catarina Labouré. Actualizado neste tempo. 7. Santa Catarina Labouré, a Santa do Silêncio Objetivo: Apresentar a vida de Catarina de Labouré, a sua vocação e a mensagem recebida da Virgem para os jovens. A vida de Catarina Labouré. A mensagem da Virgem para nós. 8. Vida breve de S. Vicente de Paulo Objetivo: Apresentar aos jovens a vida de S. Vicente como modelo de seguimento de Jesus na pessoa dos pobres e como agente de mudança na sociedade. Os seus passos até à santidade. Este homem mudou o rosto da Igreja 9. Seduzidos por S. Vicente Objetivo: Que os jovens conheçam a vida dos Santos da Família Vicentina na sua simplicidade, expondo as suas vidas como possíveis de imitar. Seduzidos pelos pobres Procesos formativos JMV Internacional Página 7

8 Santa Luísa, Federico Ozanam, S. Francisco Regis 10. Família Vicentina Objetivo: Fomentar nos jovens um desejo de viver o nosso ser vicentino junto a outros, partindo do princípio de que todos temos uma grande missão. Todos unidos por S. Vicente Uma família espiritual Trabalho em equipa - Colaboração. 11. O que fizeste aos mais pequenos Objetivo: Que os nossos jovens meditem sobre o apostolado dentro da Associação e que tomem consciência que ao servir os pobres serve-se a Deus. 12. Meu projecto de Vida Objetivo: Orientar o jovem sobre a importância de um projecto de vida e proporcionar-lhe as ferramentas necessárias para a sua realização. Escrevo o meu projecto de vida 13. Liderança Juvenil Vicentina Objetivo: Que os jovens consigam alcançar a maturidade da fé através da formação, da celebração e no serviço, de modo que estejam dispostos a fazer render os seus talentos e a assumir responsabilidades na Associação. Agora é a tua vez Proposta*Retiro sobre o projecto pessoal de vida. O jovem compromete-se a realizar algum ministério permanente na sua comunidade. Prever algum símbolo; a Medalha Milagrosa, por exemplo, se se prevê a Consagração nesta etapa; ou outro símbolo que se utilize no seu país. Objetivo: Assumir um compromisso estável na Igreja e no mundo, na linha vicentina apartir de uma opção vocacional concreta. Tema Principal: A Igreja Compromisso Objetivos Específicos: Expressar a fé desde a vida, nos diferentes ambientes onde estão inseridos. Chegar a uma experiência viva de Cristo nos Sacramentos. Completar a integração na comunidade cristã adulta (Paróquia). Analisar criticamente a realidade que o rodeia. Clarificar a própria opção vocacional. Viver experiências permanentes de serviço ao pobre. Duração: um ano Procesos formativos JMV Internacional Página 8

9 Temário 1. A Igreja nas suas origens Objetivo: Mostrar ao jovem o rosto da Igreja através da sua história e de passagens biblícas, para que tenha consciência dela e se reconheça como um membro importante da mesma. 2. O Credo, símbolo da nossa fé Objetivo: Aprofundar o Credo para que os jovens compreendam mais amplamente a sua fé. 3. Viver como filhos da luz Objetivo: Consciencializar os jovens sobre o pecado como um obstáculo ao desenvolvimento pessoal, como algo que os destrói, para que tenham cada dia mais recursos para viver em Liberdade e na Graça de Deus. 4. Catecismo da Igreja Católica Objetivo: Apresentar os conteúdos essenciais da doutrina católica tanto do ponto de vista da fé como da moral, à luz do Concílio Vaticano II e do conjunto da Tradição da Igreja. 5. A Igreja a que estou convidado a ser e a construir Objetivo: Confrontar a realidade da vida da Igreja, tal como os jovens a percebem, com os dados da revelação na prática de Jesus e da primeira comunidade, para descobrir as ações que como crentes, devem ser desenvolvidas na construção da Igreja. 6. Os sacramentos fontes do Espírito Objetivo: Dar a conhecer aos jovens que os sacramentos são ações do mesmo Cristo e que através deles, Ele nos transmite a sua vida. Aproximar aqueles jovens que ainda não vivem os sacramentos dos mesmos e que todos os jovens se renovem no Espírito Santo, fonte de vida. 7. A Doutrina Social da Igreja Objetivo: Favorecer a mudança de mentalidades e de atitudes nos jovens, para que possam viver responsavelmente na sociedade e levar os valores do Evangelho a todos os âmbitos da vida para contribuir eficazmente na promoção humana e na realização do bem comum. 8. A virtude da castidade Objetivo: Que os jovens aprendam a ver e a viver a castidade como uma virtude, como o uso adequado da nossa sexualidade, como auto-controle, conforme o desígnio de Deus. 9. Vida Cristã Comunitária Objetivo: Fomentar os verdadeiros valores para que sejamos um Jesus vivo na nossa comunidade através de novas relações e experiências cheias de fé. 10. A missão, tarefa própria de Jesus Procesos formativos JMV Internacional Página 9

10 Objetivo: Ajudar o grupo a descobrir que Cristo define-se a si mesmo como o Enviado do Pai, que foi enviado para dar a conhecer Deus aos homens e revelar o Seu amor misericordioso. 11. Atitudes de missionário Objetivo: Que os jovens descubram que para ser missionários devem sempre tentar ter as mesmas atitudes que Cristo, "ter o seu espirito", o seu estilo, a sua vida. 12. O serviço e a missão na JMV Objetivo: Que cada um dos membros do grupo conheça a importância de se entregar à missão com alegria e entusiasmo, características da entrega de um jovem JMV, que se sente cheio de confiança em Deus. 13. A vocação (Retiro) Objetivo: Que os jovens possam descobrir como o Senhor suscita na Igreja diferentes vocações e como cada uma delas constroem a comunidade. Tomando a imagem da mão, como exemplo que faz parte do corpo mas que não tem a mesma função, podemos descobrir cada um dos diferentes chamamentos e em cada um deles a parte do todo, ou a missão que ocupa com essa vocação específica. Depois de percorrer o caminho pessoal da vocação colocamo-nos em frente à realidade do chamamento e da nossa resposta à mesma. Proposta*Depois de um retiro de discernimento, o jovem pede para ser enviado a Evangelizar e a servir. Recebe a cruz missionária. Procesos formativos JMV Internacional Página 10

11 Procesos formativos JMV Internacional Página 11

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS Quinta-feira, 25 de Março de 2010 (Vídeo) P. Santo Padre, o jovem

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

Vogal de Caridade Cadernos de Serviços

Vogal de Caridade Cadernos de Serviços Vogal de Caridade Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: Vicente de Paulo foi um homem aberto a Deus e aos homens, daí ser chamado o santo da caridade. Homem humano,

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

JUVENTUDE MARIANA VICENTINA PROVÍNCIA DO RIO DE JANEIRO PLANO DE AÇÃO 2015-2017

JUVENTUDE MARIANA VICENTINA PROVÍNCIA DO RIO DE JANEIRO PLANO DE AÇÃO 2015-2017 JUVENTUDE MARIANA VICENTINA PROVÍNCIA DO RIO DE JANEIRO PLANO DE AÇÃO 2015-2017 No ano de 2015, a Juventude Mariana Vicentina traçou um desafio internacionalmente sob o lema Evangelizados para evangelizar.

Leia mais

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as Nota pastoral da Conferência Episcopal sobre o Ano da Vida Consagrada Chamados a levar a todos o abraço de Deus ) Para além da abertura (30 de Novembro de 2014 e do encerramento (2 de Fevereiro de 2016,

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

CARTA INTERNACIONAL. Indice:

CARTA INTERNACIONAL. Indice: CARTA INTERNACIONAL Indice: Introdução. I. Equipas de Jovens de Nossa Senhora II. A equipa III. As funções na equipa IV. A vida em equipa V. Abertura ao mundo, compromisso VI. O Movimento das E.J.N.S.

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores (DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina -Marcadores de várias cores -Folhas cada qual com a sua letra ocantinhodasao.com.pt/public_html Página

Leia mais

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8)

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8) Janeiro e Fevereiro 2015 Editorial Esta é a Síntese dos meses de Janeiro e Fevereiro, assim como a Palavra de Vida, em que o nosso diretor espiritual, Pe. Pedro, fala sobre Felizes os puros de coração

Leia mais

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Animador(a): Neste ano, em preparação para as comemorações de seu Centenário, a Diocese de Guaxupé iniciou, na quinta-feira

Leia mais

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica OBLATOS ORIONITAS linhas de vida espiritual e apostólica Motivos inspiradores da oblação orionita laical O "carisma" que o Senhor concede a um fundador, é um dom para o bem de toda a Igreja. O carisma

Leia mais

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO PROFISSÃO DE FÉ AMBIENTAÇÃO Irmãos, celebramos hoje o Domingo de Pentecostes, dia por excelência da manifestação do Espírito Santo a toda a Igreja. O Espírito manifesta-se onde quer, como quer e a quem

Leia mais

oda ALEGRIA da nossa vocação

oda ALEGRIA da nossa vocação oda ALEGRIA da nossa vocação Ao chamar-vos, Deus diz-vos: És importante para mim, Eu amote; conto contigo. (Papa Francisco) Não fostes vós que me escolhestes; fui Eu que vos escolhi. (Jo 15, 16) Acreditamos

Leia mais

Boa sorte e que Deus abençoe muito seu esforço.

Boa sorte e que Deus abençoe muito seu esforço. Aqui está um tipo de apresentação que pode ser usada para fins específicos. Poderá servir para um encontro de oração, um retiro, uma reflexão sobre o perdão ou sobre a Misericórdia e grandeza do coração

Leia mais

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen Como o Pai me enviou, também Eu vos envio (Jo 20,21) Outubro de 2011 / Ano MMXI 1 EDITORIAL Queridos Amigos, Com grande alegria que terminamos mais um mês

Leia mais

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PRIOR VELHO 12-05-2007 Cântico de Entrada: 1. A treze de Maio, na Cova da Iria, apareceu brilhando a Virgem Maria. Ave,

Leia mais

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR?

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? Esse texto é um dos mais preciosos sobre Davi. Ao fim de sua vida,

Leia mais

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS

Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil LUZES DOS DOCUMENTOS Ficha 1 1 Formação Integral (I) A com juventude para todo trabalho de evangelização A, como fundante (falando- se em, com atenção também

Leia mais

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor!

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 2º ROTEIRO EUCARISTIA Mistério Pascal celebrado na comunidade de fé! 3º ENCONTRO EVANGELHO Amor para anunciar e transformar o mundo! 1915-2015 SUBSÍDIOS

Leia mais

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista DEUS NOS BRINDOU COM UM CORAÇÃO MARISTA Herdeiros do carisma marista A vocação como memória do carisma. Dom para acolher e fazer crescer.

Leia mais

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas Aprendendo com Jesus Apresentação É com a maior confiança na compreensão e aceitação dos nossos queridos catequistas que levo a público

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Vida em Sociedade Palestrante: Regina de Agostini Rio de Janeiro 05/02/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "Brab" (nick: [Moderador])

Leia mais

A Pedagogia do cuidado

A Pedagogia do cuidado Roteiro de Oração na Vida Diária nº 23 A Pedagogia do cuidado Tempo forte na Igreja, inicia-se hoje nossa caminhada de preparação para a Páscoa, no rico tempo da quaresma. Como nos ciclos da natureza,

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA 1 Dois Pais Espirituais Lição 1 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Durante a história, Deus tem dado todo individo uma chance para aceitar o seu eterno plano da salvação. É triste, muitas pessoas tem rejeitado

Leia mais

Retiro de Revisão de Metas do Querigma

Retiro de Revisão de Metas do Querigma Pe. Marco Antonio Guerrero Guapacho - Colômbia 1. Evangelização Evangelizar é um verbo, derivado de evangelho, que faz referência à proclamação, ao anúncio de Jesus Cristo e da sua mensagem. No propósito

Leia mais

Mensagens de Santa Paula Frassinetti (Extraídas do livro: PALAVRA VIDA) Esteja alegre e, quanto possível, contribua também para a alegria dos outros.

Mensagens de Santa Paula Frassinetti (Extraídas do livro: PALAVRA VIDA) Esteja alegre e, quanto possível, contribua também para a alegria dos outros. Mensagens de Santa Paula Frassinetti (Extraídas do livro: PALAVRA VIDA) Abri o coração às maiores esperanças para o futuro. Esteja alegre e, quanto possível, contribua também para a alegria dos outros.

Leia mais

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA A XXXI JORNADA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES Aos venerados irmãos no episcopado e a todos os queridos fiéis do mundo inteiro A celebração da Jornada Mundial de Oração

Leia mais

Pastoral Vocacional/ Serviço de Animação Vocacional

Pastoral Vocacional/ Serviço de Animação Vocacional CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada Pastoral Vocacional (PV) / Serviço de Animação Vocacional (SAV) CMOVC/ SAV (02) Pastoral

Leia mais

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO ORIENTAÇÕES BÁSICAS JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO JPEG é Jovens em Pequenos Grupos. A nova identidade dos pequenos grupos para jovens. NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO DA IGREJA PEQUENOS GRUPOS Pequenos grupos

Leia mais

A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia

A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia ONDE MORAS? Ilustração de Capa, Madalena Matoso, 2009 ONDE MORAS? UMA PROPOSTA Tópicos para a intervenção inicial Maria da Conceição Moita A iniciação à fé cristã das crianças de hoje - da teologia à pedagogia

Leia mais

Toda bíblia é comunicação

Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação Toda bíblia é comunicação de um Deus amor, de um Deus irmão. É feliz quem crê na revelação, quem tem Deus no coração. Jesus Cristo é a palavra, pura imagem de Deus Pai. Ele é

Leia mais

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo 4ª Semana Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo I- CONECTAR: Inicie o encontro com dinâmicas que possam ajudar as pessoas a se conhecer e se descontrair para o tempo que terão juntas. Quando

Leia mais

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira)

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira) Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 2.060, de 04/06/2002, em Anguera/BA (terça-feira) Queridos filhos, afastai-vos de todo mal e voltai-vos ao Senhor que vos espera com alegria. Limpai vossos corações

Leia mais

2015 ANO DA CELEBRAÇÃO DO BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE S. JOÃO BOSCO

2015 ANO DA CELEBRAÇÃO DO BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE S. JOÃO BOSCO 2015 ANO DA CELEBRAÇÃO DO BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE S. JOÃO BOSCO Na noite de quarta-feira, 16 agosto de 1815, na oitava da festa da Assunção, nascia o segundo filho de Francisco Bosco e Margarida

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

www.paroquiadecascais.org

www.paroquiadecascais.org Oração dos fiéis I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo: 1. Para que os nossos irmãos N.

Leia mais

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria 2 www.aciportugal.org 11 ORAÇÃO FINAL Senhor Jesus Cristo, hoje sentimos a Tua paixão por cada um de nós e pelo mundo. O

Leia mais

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ INTRODUÇÃO GERAL A Assembleia Diocesana de Pastoral, realizada no Centro do Guiúa de 6 a 8 de Dezembro

Leia mais

III MODELOS DE ORAÇÃO UNIVERSAL

III MODELOS DE ORAÇÃO UNIVERSAL III MODELOS DE ORAÇÃO UNIVERSAL 229. I Irmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo

Leia mais

PROJETO AQUI TEM JOVEM

PROJETO AQUI TEM JOVEM Material de Apoio e Formação PROJETO AQUI TEM JOVEM Lista de Abreviaturas e Siglas G.O Grupo de Oração MJ Ministério Jovem PEF Pastoreio Evangelização Formação RCC Renovação Carismática Católica CONHEÇA

Leia mais

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur casa arquitetura decoração texto: Paula Ignacio Fotos: Beto Riginik/Divulgação Ambientações do arquiteto João Mansur Cantinhos de fé De santinhos católicos a anjos, velas, flores, sinos e outros símbolos,

Leia mais

Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede

Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede 18º DOMINGO DO TEMPO COMUM 02 de agosto de 2015 Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede Leituras: Êxodo 16, 2-4.12-15; Salmo 77 (78), 3.4bc.23-24.25.54; Carta de São Paulo

Leia mais

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA 27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA [Este subsídio destina-se a ser usado por uma família durante o curto percurso de entrada para a Porta Santa. Dependendo

Leia mais

A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Domingo, 30 de Janeiro de 1983

A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Domingo, 30 de Janeiro de 1983 A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II Domingo, 30 de Janeiro de 1983 1. Caros Irmãos e Irmãs! Acabámos de ouvir a Palavra de Deus da Liturgia de hoje.

Leia mais

Iva Joana & Magno Énio

Iva Joana & Magno Énio Casamento de: Iva Joana & Magno Énio Igreja do Socorro 22 de Maio de 2010 Entrada do Noivo Hino de Alegria Entrada da Noiva Marcha Nupcial Entrada Dizem que é preciso Dizem que é preciso aprender a viver

Leia mais

ESTUDO 1 - ESTE É JESUS

ESTUDO 1 - ESTE É JESUS 11. Já vimos que Jesus Cristo desceu do céu, habitou entre nós, sofreu, morreu, ressuscitou e foi para a presença de Deus. Leia João 17:13 e responda: Onde está Jesus Cristo agora? Lembremo-nos que: Jesus

Leia mais

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO BRASIL MINISTÉRIO JOVEM NÚCLEO PREGADORES COMO PREGAR PARA JOVENS

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO BRASIL MINISTÉRIO JOVEM NÚCLEO PREGADORES COMO PREGAR PARA JOVENS RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO BRASIL MINISTÉRIO JOVEM NÚCLEO PREGADORES COMO PREGAR PARA JOVENS - Esta formação não substitui em hipótese nenhuma a formação de pregadores do ministério de pregação,

Leia mais

COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO

COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO Secretariado Diocesano de Evangelização e Catequese de Coimbra VIVÊNCIA DO ADVENTO DE 2014 baseada na proposta da lectio divina COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO PEQUENO GUIÃO PARA OS CATEQUISTAS

Leia mais

VIA HUMANITATIS O CAMINHO VOCACIONAL DA HUMANIDADE

VIA HUMANITATIS O CAMINHO VOCACIONAL DA HUMANIDADE ITINERÁRIO DE ORAÇÃO VOCACIONAL agosto 2013 novembro de 2014 VIA HUMANITATIS O CAMINHO VOCACIONAL DA HUMANIDADE DÉCIMO PRIMEIRO ESQUEMA junho de 2014 CHAMADOS À UNIDADE Guia: Uma das caraterísticas evidentes

Leia mais

Utilizar na comunicação 4 ouvidos

Utilizar na comunicação 4 ouvidos Utilizar na comunicação 4 ouvidos Desafio para a relação catequética Estimado catequista, imagine que se encontra com o Luís sorriso no pátio do centro paroquial. O Luís Sorriso vai cumprimentá-lo de forma

Leia mais

QUESTÕES ELABORADAS A PARTIR DO TEXTO O CARISMA FUNDADOR Discurso de Chantilly Pe. Henri Caffarel

QUESTÕES ELABORADAS A PARTIR DO TEXTO O CARISMA FUNDADOR Discurso de Chantilly Pe. Henri Caffarel QUESTÕES ELABORADAS A PARTIR DO TEXTO O CARISMA FUNDADOR Discurso de Chantilly Pe. Henri Caffarel 1. Pe. Caffarel afirma que carisma fundador é muito mais do que uma simples boa idéia. Então, o que ele

Leia mais

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha.

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha. O Plano da Salvação Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 11 de outubro de 2009 Como o pecado entrou no mundo e atingiu toda a raça humana? [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo

Leia mais

INTRODUÇÃO PROFECIAS CUMPRIDAS

INTRODUÇÃO PROFECIAS CUMPRIDAS INTRODUÇÃO Que farei de Jesus chamado o Cristo? Farei dele o meu amigo. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de

Leia mais

Crescer por dentro. compreender e caminhar rumo ao SER

Crescer por dentro. compreender e caminhar rumo ao SER Crescer por dentro compreender e caminhar rumo ao SER 2 Crescer por dentro compreender e caminhar rumo ao SER Gita Lazarte Primeira Edição São Paulo 2011 3 4 Agradecimentos: A meus filhos Leonardo, Arturo

Leia mais

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação.

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. I Domingo do Advento I Domingo do Advento Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. Podes contar comigo. Estou atento para Te escutar e para que tenhas

Leia mais

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES A RESPONSABILIDADE É PESSOAL A CEEN é uma igreja que tem a responsabilidade de informar e ensinar os valores e princípios de Deus,

Leia mais

Santificados em Cristo

Santificados em Cristo Santificados em Cristo Colecção PASTORAL (Títulos mais recentes) Meditando o Terço (5ª ed.) O Caminho do Amor Via-sacra (3ª ed.) Nossos Irmãos Fiéis Defuntos Novo Mês das Almas (4ª ed.) A. Martins Barata

Leia mais

PLANO DE CURSO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 2013

PLANO DE CURSO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 2013 PLANO DE CURSO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 2013 ESCOLA: 1ºANO OBJETIVO GERAL OBJETIVO ESPECIFICOS CONTEÚDOS AVALIAÇÃO BIBLIOGRAFIA Construir com o educando sobre a importância da sua existência e os cuidados

Leia mais

Equilíbrio Col 3: 8-4: 6

Equilíbrio Col 3: 8-4: 6 1 Equilíbrio Col 3: 8-4: 6 Introdução: Todos os seres humanos passam a vida buscando equilibrar- se entre as circunstâncias São exatamente as circunstâncias que nos tiram do eixo e nos levam a atos e hábitos

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

LECTIO DIVINA - 07 de dezembro de 2014 II Domingo do Advento

LECTIO DIVINA - 07 de dezembro de 2014 II Domingo do Advento Perguntas para a reflexão pessoal Qual o significado, hoje na minha vida concreta, desta pregação de João Batista? Animo-me a anunciar a Palavra de Deus como ele? Escuto a Palavra de Deus que me chega

Leia mais

Sal da TERRA e luz do MUNDO

Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da TERRA e luz do MUNDO Sal da terra e luz do mundo - jovens - 1 Apresentação pessoal e CMV Centro Missionário Providência Canto: vós sois o sal da terra e luz do mundo... MOTIVAÇÃO: Há pouco tempo

Leia mais

Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano)

Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano) Discipulado Parte II Pastor Emanuel Adriano (Mano) Estruturas Para Formar Discípulos Célula Evangelística: Esta estrutura ajuda nas ações de ganhar e consolidar. Ela tem dois objetivos principais: 1 )Despertar

Leia mais

Setembro Mês da Bíblia

Setembro Mês da Bíblia Setembro Mês da Bíblia Discípulos missionários a partir do Evangelho de João Permanecei no Meu amor, para produzir muitos frutos (Cf. Jo 15, 9-16) Retiro Espiritual Arquidiocesano AO Pe. Vânio da Silva.

Leia mais

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA

ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA ESCOLA ARQUIDIOCESANA BÍBLICO-CATEQUÉTICA FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS A Igreja se preocupa com a semente da Palavra de Deus (a mensagem) e com o terreno que recebe essa semente (o catequizando), o que a leva

Leia mais

Módulo I O que é a Catequese?

Módulo I O que é a Catequese? Módulo I O que é a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da nossa prática concreta de catequese. Confrontar essa experiência com a forma de agir de Jesus Cristo. Situar a catequese

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

A Santa Sé. Sexta-feira, 15 de Agosto de 2014. Queridos jovens amigos! ENCONTRO COM OS JOVENS DA ÁSIADISCURSO DO SANTO PADRESantuário de Solmoe.

A Santa Sé. Sexta-feira, 15 de Agosto de 2014. Queridos jovens amigos! ENCONTRO COM OS JOVENS DA ÁSIADISCURSO DO SANTO PADRESantuário de Solmoe. A Santa Sé VIAGEM APOSTÓLICA DE SUA SANTIDADE FRANCISCO À REPÚBLICA DA COREIA POR OCASIÃO DA VI JORNADA DA JUVENTUDE ASIÁTICA (13-18 DE AGOSTO DE 2014) ENCONTRO COM OS JOVENS DA ÁSIADISCURSO DO SANTO PADRESantuário

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Mediunidade (Consciência, Desenvolvimento e Educação) Palestrante: Vania de Sá Earp Rio de Janeiro 16/06/2000 Organizadores da palestra:

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO (REVISTO) 2014-2016 VALORIZAÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA, ATRAVÉS DE UMA ECONOMIA SUSTENTÁVEL

PLANO ESTRATÉGICO (REVISTO) 2014-2016 VALORIZAÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA, ATRAVÉS DE UMA ECONOMIA SUSTENTÁVEL PLANO ESTRATÉGICO (REVISTO) 2014-2016 VALORIZAÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA, ATRAVÉS DE UMA ECONOMIA SUSTENTÁVEL 1 PLANO ESTRATÉGICO 2014-2016 REUNIÃO DA COMISSÃO EXECUTIVA ABIDJAN 2014 2 PLANO ESTRATÉGICO 2014-2016

Leia mais

Domingo dentro da Oitava de Natal SAGRADA FAMÍLIA DE JESUS, MARIA E JOSÉ. Vésperas I

Domingo dentro da Oitava de Natal SAGRADA FAMÍLIA DE JESUS, MARIA E JOSÉ. Vésperas I Domingo dentro da Oitava de Natal Semana I do Saltério SAGRADA FAMÍLIA DE JESUS, MARIA E JOSÉ Festa Quando o Natal do Senhor é num Domingo, a festa da Sagrada Família celebra-se no dia 30 de Dezembro e

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

GRUPOS. são como indivíduos, cada um deles, tem sua maneira específica de funcionar.

GRUPOS. são como indivíduos, cada um deles, tem sua maneira específica de funcionar. GRUPOS são como indivíduos, cada um deles, tem sua maneira específica de funcionar. QUANTOS ADOLESCENTES A SUA CLASSE TEM? Pequenos (de 6 a 10 pessoas) Médios ( de 11 pessoa a 25 pessoas) Grandes ( acima

Leia mais

MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO

MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO anuncie a Boa Nova não só com palavras, mas, sobretudo, com uma vida transfigurada pela presença de Deus (EG 259). O tema da nova evangelização aparece com freqüência

Leia mais

Natal do Senhor de 2015. Missa Solene da Noite

Natal do Senhor de 2015. Missa Solene da Noite Natal do Senhor de 2015 Missa Solene da Noite Caríssimos Irmãos e Irmãs: Acabamos de ouvir no Evangelho a palavra que os Anjos, na Noite Santa, disseram aos pastores e que agora a Igreja grita para nós:

Leia mais

Apostila 2 - Carismas

Apostila 2 - Carismas Apostila 2 - Carismas Esses milagres acompanharão os que crerem: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas, manusearão serpentes e se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal; imporão

Leia mais

Primeiro vamos preparar todos o material de jogo:

Primeiro vamos preparar todos o material de jogo: Nesta Quaresma o Secretariado da Catequese desafia-te. Desafia-te a desafiares-te, desafia-te a desafiares a tua família para este pequeno/grande desafio. Primeiro vamos preparar todos o material de jogo:

Leia mais

A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos

A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos A Prática do Discipulado: Discipulando Grupos específicos Como funciona um Grupo de Discipulado? http://translation-blog.multilizer.com/language/pt/user-manual-is-a-challenge-foreign-language-user-manual-is-a-nightmare

Leia mais

Tema 4: Espiritualidade Na densidade do humano emerge a vida de Deus

Tema 4: Espiritualidade Na densidade do humano emerge a vida de Deus Tema 4: Espiritualidade Na densidade do humano emerge a vida de Deus NA DENSIDADE DO HUMANO EMERGE A VIDA DE DEUS, Nossa espiritualidade marista, aberta ao diálogo interreligioso, a quem está em busca

Leia mais

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições

Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições Como conseguir um Marido Cristão Em doze lições O. T. Brito Pág. 2 Dedicado a: Minha filha única Luciana, Meus três filhos Ricardo, Fernando, Gabriel e minha esposa Lúcia. Pág. 3 Índice 1 é o casamento

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

Jo 15.2 = Toda vara em mim que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto.

Jo 15.2 = Toda vara em mim que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. A Responsabilidade dos Filhos de Deus Texto Base: 1º João 2.6 = Aquele que diz que está nele também deve andar como ele andou. Introdução: O nosso dever é andar como Ele (Jesus) andou.. Todos que O aceitam

Leia mais

Primeiro mistério gozoso

Primeiro mistério gozoso 08.087 Rosario portugués 4.0 28/3/08 13:46 Página 14 Primeiro mistério gozoso Anunciação a Maria. Encarnação do Verbo Palavra de Deus (ver Lc 1, 26-38) Deus enviou o anjo Gabriel a uma virgem. O nome da

Leia mais

Você quer ser um Discípulo de Jesus?

Você quer ser um Discípulo de Jesus? Você quer ser um Discípulo de Jesus? A História do povo de Israel é a mesma história da humanidade hoje Ezequel 37:1-4 Eu senti a presença poderosa do Senhor, e o seu Espírito me levou e me pôs no meio

Leia mais

DONS INFUSOS DO ESPÍRITO SANTO

DONS INFUSOS DO ESPÍRITO SANTO DONS INFUSOS DO ESPÍRITO SANTO O Espírito Santo nos foi dado para que nos tornemos santos, e para que assim se cumpram perfeitamente em cada um de nós os desígnios amorosos que o Pai tem preparado para

Leia mais

Centralidade da obra de Jesus Cristo

Centralidade da obra de Jesus Cristo Centralidade da obra de Jesus Cristo MÓDULO 3 3ª AULA AULA 3 MÓDULO 3 SALVAÇÃO EM CRISTO Jesus no Centro Por que deve ficar claro isso? Dá para evangelizar sem falar de Jesus? É possível partir de outro

Leia mais

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal 1ª Leitura Eclo 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) Leitura do Livro do Eclesiástico 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) 3Deus honra o pai nos filhos e confirma, sobre eles,

Leia mais

Descubra os Anjos em Família

Descubra os Anjos em Família María Elvira Pombo Marchand Descubra os Anjos em Família Manual para que pais e filhos vivam juntos a espiritualidade Tradução Maria Mateus Para o meu marido, Daniel, por ser o meu companheiro de vida

Leia mais

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus A Identidade da Igreja do Senhor Jesus Atos 20:19-27 (Ap. Paulo) Fiz o meu trabalho como Servo do Senhor, com toda a humildade e com lágrimas. E isso apesar dos tempos difíceis que tive, por causa dos

Leia mais