XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite"

Transcrição

1 XXIV INTERAMIZADE Carta Convite O Colégio São Luís tem o prazer de convidar esta conceituada instituição de ensino a participar dos XXIV Interamizade 2014, principal evento esportivo de nosso calendário. O XXIV Interamizade será realizado no período de 26 de setembro à 02 de outubro. Nosso maior objetivo é a integração dos colégios por meio do esporte, para que juntos possamos vivenciar solidariedade, confraternização e amizade e assim despertar o gosto pela prática esportiva. Encontra-se anexo o Regulamento Oficial e a Ficha de Inscrição dos Jogos Interamizade. Solicitamos o preenchimento e a entrega da ficha de inscrição por até o dia 24/08 impreterivelmente e Tel: v NÃO HAVERÁ CERIMÔNIA DE ABERTURA Agradecendo desde já a atenção e no aguardo da sua participação, Luiz Antônio Palermo Diretor Acadêmico Fábio Franceschini Oliani Coordenador de Educação Física e Esportes

2 XXIV INTERAMIZADE COLÉGIOS CONVIDADOS v COLÉGIO ALBERT SABIN v COLÉGIO ARQUIDIOCESANO v COLÉGIO BANDEIRANTES v COLÉGIO CRISTO REI v COLÉGIO DANTE ALIGHIERI v COLÉGIO EQUIPE v COLÉGIO EMILIE VILLENEUVE v COLÉGIO GUILHERME DUMONT VILARES v COLÉGIO MACKENZIE SP v COLÉGIO MACKENZIE TAMBORÉ v COLÉGIO MAGISTER v COLÉGIO MAGNO v COLÉGIO MATER DEI v COLÉGIO NOSSA SENHORA DA GLÓRIA v COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO v COLÉGIO PALMARES v COLÉGIO PARTHENON v COLÉGIO PIO XII v COLÉGIO SALESIANO SANTA TEREZINHA v COLÉGIO SANTA CRUZ v COLÉGIO SANTA MARCELINA v COLÉGIO SANTO AGOSTINHO v COLÉGIO SÃO FRANCISCO XAVIER v COLÉGIO VERA CRUZ v ESCOLA DA VILA v ESCOLA GERMINARE v ESCOLA PINHEIRO v ESCOLA PIONEIRO v EXTERNATO NOSSA SENHORA MENINA v NOVA ESCOLA v COLÉGIO SÃO LUÍS 2

3 XXIV INTERAMIZADE I. Do objetivo: ART. 1 Os XXIII Jogos Interamizade serão realizados no período de 26 de setembro a 02 de outubro de 2014 nas dependências do Colégio, tendo como finalidades principais: o congraçamento e a sociabilização das escolas participantes, o estimulo a prática esportiva, e o incentivo ao respeito às regras, árbitros e adversários. ART. 2 As disputas serão realizadas nos dias de semana das 17h15 às 22 horas e no final de semana das 8h às 20h. II. Das Categorias e Modalidades ART. 1 As modalidades disputadas na XXIV Interamizade serão: Basquetebol, Futsal, Handebol e Voleibol. As categorias estão discriminadas nos regulamentos específicos. III. Das Inscrições: ART. 1 As inscrições deverão ser feitas mediante o preenchimento do impresso padrão, onde constarão as modalidades e categorias em que o Colégio participará. Enviar as inscrições ao Colégio organizador por até o dia 24/08. Qualquer esclarecimento poderá ser feito por intermédio dos s: e ART. 2 A ficha de inscrição dos alunos (relação nominal) deverá ser entregue 30min antes do início do jogo. Qualquer alteração nas inscrições deverá ser feita antes do primeiro jogo de sua equipe. Após o primeiro jogo não será permitida nenhuma alteração ou inclusão de atletas. ART. 3 Sempre que forem solicitados, os colégios participantes deverão apresentar, no prazo de 24 horas, um documento de fé pública original (RG ou Passaporte), juntamente com a carteirinha escolar. ART. 4 Só será permitido o ingresso e a permanência do aluno no Colégio mediante a apresentação da carteirinha escolar ou algum outro documento que comprove que o aluno pertence ao Colégio que representa. Não será permitido o uso de instrumentos ( cornetas e percussão ) durante os jogos. ART. 5 Toda inscrição do aluno deixará claro que o mesmo foi submetido a EXAME MÉDICO e que se encontra em perfeito estado de saúde. ART. 6 Do aluno federado: verificar o regulamento específico da modalidade a) Será considerado atleta federado aquele que estiver registrado e vinculado nas federações especializadas do Território Nacional durante o ano de ART. 7 O aluno poderá participar de uma categoria maior, sem perder o direito de jogar em sua categoria, o mesmo poderá disputar quantas modalidades e categorias for inscrito, exceto participar em uma categoria com idade menor que a sua. 3

4 IV. Das Disputas: ART. 1 A elaboração dos grupos ou tabela de jogos será dirigida pela organização do XXIV Interamizade, onde cada modalidade/categoria poderá ser organizada da seguinte forma: Sistema de Disputa: TRIANGULAR EM TODAS AS MODALIDADES E CATEGORIAS Pontuação: Vitória = 3 pontos Empate = 1 ponto Derrota = nenhum ponto WO: específico para cada modalidade. Critérios para desempate : específico para cada modalidade v Em caso de empate na primeira partida do triangular, permanecerá o resultado de 1 ponto para cada equipe. A definição de quem faz o jogo como VENCEDOR ou PERDEDOR será realizada através de um sorteio ao término da partida. ART. 2 Cada equipe deverá respeitar rigidamente os horários dos jogos e chegar com uma antecedência mínima de 30 minutos. Só haverá tolerância de 15 minutos no 1º jogo da rodada, visto que a equipe que não se apresentar no horário previsto, perderá por WO. V. Dos Uniformes: ART. 1 Todas as equipes deverão apresentar-se uniformizadas para os jogos. ART. 2 Caso as duas equipes se apresentem para jogar com uniformes iguais (da mesma cor), caberá à equipe que estiver à esquerda da tabela, a troca dos uniformes. VI. Da Premiação: ART. 1 Serão conferidos os seguintes prêmios: a) Troféu de participação a todos os Colégios. b) Medalhas de primeiro e segundo lugares por modalidade e categoria. 4

5 VII. Das Penalidades: ART. 1 O professor ou aluno expulso ou desqualificado de um jogo, ficará automaticamente suspenso do jogo posterior, da mesma modalidade, visto que em caso de reincidência será definitivamente proibido de voltar a orientar a equipe ou jogar (a reincidência não será obrigatoriamente no mesmo esporte ou categoria). ART. 2 Caso seja comprovada a irregularidade de inscrição de qualquer aluno, haverá a desclassificação das equipes em que o mesmo tenha participado. ART. 3 Será desclassificada da modalidade (categoria), a equipe que se recusar, sob qualquer pretexto, a continuar disputando uma partida. ART. 4 Os recursos deverão ser redigidos até uma (1) hora após o término de cada disputa, com exceção as irregularidades de inscrição, que poderão ser efetuados a qualquer tempo. ART. 5 Caberá ao Colégio organizador julgar os recursos apresentados. ART. 6 O Colégio organizador se reserva o direito de proibir a entrada ou permanência no estabelecimento de qualquer indivíduo, que tenha conduta inadequada ou que não seja convidado. ART. 7 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora ouvindo outros poderes, caso necessário. 5

6 REGULAMENTAÇÃO POR MODALIDADE BASQUETEBOL FEMININO MINI MIRIM INFANTIL JUVENIL Nasc. em 2002/2003 Nasc. em 2000/2001 Nasc. em 1998/1999 Nasc. Em 1996/ As categorias Mini e Mirim jogarão com bola mirim 5.6, e as categorias Infantil e Juvenil jogarão com bola oficial 2. Em caso de empate, o tempo da prorrogação será de três minutos corridos, sem pedido de tempo, e cronômetro parado em lances livres e haverá quantas prorrogações se fizerem necessárias. 3. Obs. : W.O = 20 x Critério de desempate 1º Saldo de Cestas 2º Cestas a favor 3º Lance Livre 5. As Partidas obedecerão às regras oficiais, exceção feita ao seguinte: Categoria Mini e Mirim (cada colégio poderá inscrever 12 alunas). O tempo de jogo será de três períodos de dez minutos corridos, com intervalos de um minuto entre os períodos, sendo que o último minuto do terceiro período será cronômetrado.. Cada professor terá direito a um pedido de tempo por período.. Serão permitidas 4 faltas individuais. A partir da sexta falta coletiva (inclusive) por período, será obedecida a regra de dois lances livres.. Todas as alunas inscritas deverão jogar,. A troca de lado será do segundo para o terceiro período. 6

7 Categorias Infantil e Juvenil (cada colégio poderá inscrever 12 alunas). O tempo de jogo será de dois períodos de 15 minutos.. Cada professor terá direito a um pedido de tempo por período.. Serão permitidas 4 faltas individuais. A partir da sexta falta coletiva (inclusive) por período, será obedecida a regra de dois lances livres. TODAS AS ATLETAS DEVERÃO JOGAR. NÃO SERÁ PERMITIDA A PARTICIPAÇÃO DE FEDERADAS NO BASQUETEBOL FEMININO 7

8 BASQUETEBOL MASCULINO MINI Nasc. em 2002/2003 MIRIM/INFANTIL Nasc. em 2000/ dois alunos de A categoria Mini jogará com bola mirim 5.6 e a categoria Mirim/Infantil jogará com a bola oficial. 2. Em caso de empate, o tempo da prorrogação será de três minutos corridos, sem pedido de tempo, e cronômetro parado em lances livres e haverá quantas prorrogações se fizerem necessárias. 3. Obs. : W.O = 20 x Critério de desempate 1º Saldo de Cestas 2º Cestas a favor 3º Sorteio 5. As Partidas obedecerão às regras oficiais, exceção feita ao seguinte: Categoria Mini (cada colégio poderá inscrever 12 alunos). O tempo de jogo será de três períodos de oito minutos corridos, com intervalos de um minuto entre os períodos, sendo que o último minuto do terceiro período será cronometrado.. Cada professor terá direito a um pedido de tempo por período.. Serão permitidas 5 faltas individuais. A partir da sexta falta coletiva (inclusive) por período, será obedecida a regra de dois lances livres.. Todos os alunos inscritos deverão jogar, no terceiro período e na prorrogação os professores poderão compor livremente sua equipe. A troca de lado será do segundo para o terceiro período.. Nesta categoria a marcação somente poderá ser individual feita em sua meia quadra. a não obediência acarretará nas seguintes penalidades: 1ª ocorrência advertência ao atleta; 2ª ocorrência em diante falta técnica ao banco infrator;. A categoria jogará com tabelas baixas 8

9 Categoria Mirim/Infantil (cada colégio poderá inscrever 12 alunos). O tempo de jogo será de dois períodos de 15 minutos.. Em caso de empate haverá uma prorrogação de 3 minutos, sem pedido de tempo.. Cada professor terá direito a um pedido de tempo por período.. O limite de faltas será de 5 faltas por aluno;. A partir da sexta falta coletiva (inclusive) por período, será obedecida a regra de dois lances livres. NÃO SERÁ PERMITIDA A PARTICIPAÇÃO DE FEDERADOS NO BASQUETEBOL MASCULINO. 9

10 FUTSAL FEMININO MIRIM Nasc. em 2000/ alunas nasc. em 1999 JUVENIL Nasc. em 1996/ A categoria Mirim jogará com a bola Max 200, a categoria Mirim e a categoria Juvenil jogará com a bola Max Será obrigatório o uso de meiões e caneleiras em todos os jogos. 3. Obs. W.O = 2 x 0 5. Critério de desempate 1º Saldo de gols 2º Gols marcados 3º Menor número de cartões vermelhos 4º Menor número de cartões amarelos 5º Sorteio 6. As partidas obedecerão às regras oficiais vigentes, exceção feita às bolas e ao seguinte: a) Categoria Mirim (cada colégio poderá inscrever 15 alunas) b) Categoria Juvenil (cada colégio poderá inscrever 12 alunas) O tempo de jogo será de dois períodos de 15 minutos corridos, com intervalo de cinco minutos; Em todos os jogos, os últimos 30 segundos de cada período serão cronometrados; O limite de faltas coletivas, por período, será de quatro faltas e à partir da quinta sem barreira; nas finais do masculino será a partir da sexta falta inclusive; Cada professor terá direito a um pedido de tempo por período (cronômetro parado). NÃO SERÁ PERMITIDA A PARTICIPAÇÃO DE FEDERADAS NO FUTSAL FEMININO 10

11 FUTSAL MASCULINO MINI 6º ANO Nasc. em 2003 matriculados até o 6º ano MINI - 7º ANO Nasc. em 2002 matriculados até o 7º ano MIRIM 8º ANO Nasc. em 2000/2001 matriculados até o 8º ano MIRIM 9º ANO Nasc. em 2000 matriculados até o 9º ano INFANTIL 9º Nasc. em 1999 ANO INFANTIL 1º EM INFANTIL 2º EM matriculados até o 9º ano Nasc. em nasc. em 1998 matriculados até o 1º EM Nasc. Em 1997/1998/1999 matriculados até o 2º EM JUVENIL Nasc. em 1996/ um aluno nasc. em A categoria Mini jogará com bola Max 100; a categoria Mirim jogará com a bola Max 200, e as categorias Infantil, Juvenil com a bola Max Será obrigatório o uso de meiões e caneleiras em todos os jogos. 4. Obs. W.O = 2 x 0 5. Critério de desempate 1º Saldo de gols 2º Gols marcados 3º Menor número de cartões vermelhos 4º Menor número de cartões amarelos 5º Sorteio 11

12 4. As partidas obedecerão às regras oficiais vigentes, exceção feita às bolas e ao seguinte: a) Categoria Mini 6º ano e Mini 7º ano (cada colégio poderá inscrever 15 alunos). O tempo de jogo será de três períodos de dez minutos corridos, com intervalo de dois minutos entre os períodos. Os últimos 30 segundos do terceiro período serão cronometrados.. Cada equipe deverá ter pelo menos 10 (dez) alunos em cada jogo, e será obrigatória a troca de todos os alunos do primeiro para o segundo período do jogo. No terceiro período o Professor poderá compor livremente a sua equipe. Cada professor terá direito a um pedido de tempo por período (cronômetro parado); O limite de faltas coletivas, por período, será de quatro, e à partir da quinta falta, cobrança direta sem barreira; A troca de lado se dará do segundo para o terceiro período. c) Categorias Mirim, Infantil e Juvenil (cada colégio poderá inscrever 12 alunos) O tempo de jogo será de dois períodos de 15 minutos corridos, com intervalo de cinco minutos; Em todos os jogos, os últimos 30 segundos de cada período serão cronometrados; O limite de faltas coletivas, por período, será de quatro faltas e à partir da quinta sem barreira; Cada professor terá direito a um pedido de tempo por período (cronômetro parado). Na categoria Mirim 9º ANO, o goleiro poderá lançar a bola para a quadra adversária na saída de bola, sem a necessidade da mesma tocar em sua meia quadra. SERÁ PERMITIDO UM ALUNO FEDERADO NO FUTSAL MASCULINO NA CATEGORIA MIRIM 8º ANO (2000/2001), NAS DEMAIS CATEGORIAS NÃO SERÃO PERMITIDAS APARTICIPAÇÃO DE ALUNOS FEDERADOS. 12

13 HANDEBOL MASCULINO MINI Nasc. em 2002/2003 MIRIM Nasc. em 2000/ aluno nasc. nos três últimos meses (out.,nov. e dez.) de As categorias Mini jogará com a bola H1L e a categoria Mirim jogará com a bola H2L 2. As partidas obedecerão às regras oficiais, exceção feita ao seguinte: a) Categoria Mini e Mirim (cada colégio poderá inscrever 14 alunos). O tempo de jogo será de dois períodos de 15 minutos corridos, com intervalo de 3 minutos entre os períodos. Cada equipe terá direito a um pedido de tempo por período 3. Na categoria Mini será obrigatória a marcação individual nos primeiros dez minutos, nos cinco finais a marcação será livre. O aluno que se recusar a marcar individualmente, receberá cartão amarelo, na persistência o mesmo será excluído 2 minutos; Durante o período em que uma equipe estiver em inferioridade numérica, será permitida a marcação setorial.. Obs. W.O = 10 x Critérios de Desempate 1º Confronto direto 2º Saldo de gols 3º Gols marcados 4º Gols sofridos 5º Tiros de 7 metros NÃO SERÁ PERMITIDA A PARTICIPAÇÃO DE ALUNAS QUE TENHAM REALIZADO QUALQUER JOGO OU COMPETIÇÃO ORGANIZADO PELA FEDERAÇÃO DE HANDEBOL EM

14 HANDEBOL FEMININO MINI Nasc. em 2002/2003 MIRIM Nasc. em 2000/2001 INFANTIL Nasc. em 1998/ duas alunas de 1997 JUVENIL Nasc. em 1996/ As categoria Mini e Mirim jogarão com bola H1L, as categorias Infantil e Juvenil com a bola H2L; 2. As partidas obedecerão às regras oficiais, exceção feita ao seguinte: Cada colégio poderá inscrever quatorze (14) alunas nas categorias Mini, Mirim, Infantil e Juvenil Feminino. O tempo de jogo será de dois períodos de 15 minutos, com intervalo de cinco minutos; Cada equipe terá direito a um pedido de tempo por período. Na categoria Mini Feminino, será obrigatória a marcação individual durante toda a partida. A aluna que se recusar a marcar individualmente, receberá cartão amarelo, na persistência, a mesma será excluída 2 minutos; Durante o período em que uma equipe estiver em inferioridade numérica, a mesma poderá marcar por zona. Obs. W.O = 10 x Critérios de desempate 1º Confronto direto 2º Saldo de gols 3º Gols marcados 4º Gols sofridos 5º Tiros de 7 metros NÃO SERÁ PERMITIDA A PARTICIPAÇÃO DE ALUNAS QUE TENHAM REALIZADO QUALQUER JOGO OU COMPETIÇÃO ORGANIZADO PELA FEDERAÇÃO DE HANDEBOL EM

15 VOLEIBOL MASCULINO E FEMININO MINI FEM. Nasc. em 2002/2003 MIRIM FEM. Nasc. em 2000/2001 INFANTIL FEM. Nasc. em 1998/1999 JUVENIL FEM. Nasc. em 1997 MIRIM MASC. Nasc. em 2000/ aluno de 1999 INF/JUVENIL MASC. Nasc. em 1998/ alunos de Em todas as categorias as disputas serão em melhor de três sets, sendo os dois primeiros de 21 pontos, chegando no máximo a 25 pontos e caso se faça necessário, o terceiro set será de 15 pontos, chegando no máximo à 17 pontos. 2. Altura da rede por categoria: Feminina: Mini = 2,10m Mirim = 2,15m Infantil = 2,20m Juvenil = 2,24m Masculino: Mirim = 2,24m Inf./Juvenil 2,35m 3. Cada professor terá direito a um pedido de tempo por set, e o tempo técnico no 10º ponto. Na possibilidade do terceiro set, o professor terá um pedido de tempo. 4. As partidas obedecerão às regras oficiais, com exceção ao seguinte: a) Categorias Mini, Mirim, Infantil e Juvenil (cada colégio poderá inscrever 14 alunos) Na categoria Mini será obrigatório o sistema 6x0 com saque por baixo. Na categoria Mini e Mirim as equipes terão a obrigatoriedade de trocar (3) três jogadoras no segundo set, que não participaram do primeiro set. As substituições serão permitidas no segundo set, desde que mantidas em quadra, sempre três atletas que não participaram do primeiro set. A equipe terá que se apresentar com o mínimo de nove atletas; caso isso não ocorra, será aplicado o wo na partida, na necessidade do tie-break a formação será livre. Na categoria Mirim, não será permitido o saque viagem; 15

16 Nas categorias Infantil e Juvenil, cada Colégio poderá utilizar opcionalmente o líbero, conforme as regras oficiais, visto que o professor deverá informar, antes de cada partida, qual será o aluno que exercerá esta função com uma camiseta de cor diferente. Critérios de Desempate 1º Saldo de Sets 2º Saldo de Pontos 3º Sets Average 4º Sorteio NÃO SERÁ PERMITIDA A PARTICIPAÇÃO DE ALUNOS FEDERAD0S NO VOLEIBOL 16

17 Rua Haddock Lobo, 400 Cerqueira César CEP XXIV INTERAMIZADE FICHA DE INSCRIÇÃO DOS ATLETAS COLÉGIO: Modalidade/Categoria: Professor: Nome Completo Data N ascim ento de

18 15 18

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN Artigo 1º - Os Jogos Universitários tem como objetivo: * Incentivar a participação dos jovens em atividades saudáveis do ponto de vista social,

Leia mais

REGULAMENTO I DOS VALORES

REGULAMENTO I DOS VALORES REGULAMENTO I DOS VALORES Artigo 1º - Valores e princípios que norteiam a 6ª COPA CERTUS 2011. a) Estimular a prática do Esporte como estratégia privilegiada da Educação; b) Valorizar a Cultura Esportiva;

Leia mais

IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL

IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL 1 IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL TÍTULO I - DA FINALIDADE Art. 1º Os IV JOGOS ANEC têm a finalidade de estimular a prática esportiva, tornando-se mais um meio de formar nos valores os jovens dos

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE 1. As competições de basquete serão realizadas de acordo com as regras internacionais da FIBA e os regulamentos e normas do Novo Desporto Universitário 2012 NDU. 2. Cada

Leia mais

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL * Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL 1. DOS JOGOS: Os jogos de Futsal serão regidos pelas Regras Oficiais vigentes da Confederação Brasileira de Futsal, observadas as exceções previstas neste Regulamento

Leia mais

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 REGULAMENTO

Leia mais

1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL

1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL REGULAMENTO 1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL 1- DOS OBJETIVOS: A 1 COPA SANTA MÔNICA DE FUTSAL INFANTIL tem como objetivo, a integração dos atletas de Futsal do clube, associados, e demais interessados

Leia mais

INTERSÉRIES COLÉGIO MARISTA APARECIDA 2015 REGULAMENTO GERAL

INTERSÉRIES COLÉGIO MARISTA APARECIDA 2015 REGULAMENTO GERAL INTERSÉRIES COLÉGIO MARISTA APARECIDA 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as competições da Interséries 2015. Art.

Leia mais

PROJETO E REGULAMENTO GERAL

PROJETO E REGULAMENTO GERAL OLIMPÍADAS DO INSTITUTO EDUCACIONAL NOVOS TEMPOS PROJETO E REGULAMENTO GERAL Ensino Fundamental II e Médio OUTUBRO DE 2015 APRESENTAÇÃO: As Olimpíadas do Instituto Educacional Novos Tempos (OLIENT), visam

Leia mais

"Senhor, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos." Salmo 57.9

Senhor, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos. Salmo 57.9 PROJETO J BA 2014 TEMA: COPA DO MUNDO FESTA DAS NAÇÕES "Senhor, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos." Salmo 57.9 I - OBJETIVOS Regulamento Geral Ensino Fundamental II e

Leia mais

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO:

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO: FUTEBOL DE CAMPO Todos os atletas deverão apresentar o Documento Original (conforme Art.do Regulamento Geral) É obrigatório (e indispensável) o uso de caneleiras para todos os atletas participantes das

Leia mais

XII INTERAMIZADE - NOTURNO. Carta Convite

XII INTERAMIZADE - NOTURNO. Carta Convite XII INTERAMIZADE - NOTURNO Carta Convite O Colégio São Luís tem o prazer de convidar esta conceituada instituição de ensino a participar dos XII Interamizade Noturno 2015, principal evento esportivo de

Leia mais

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO Promoção: VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 PROMOÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO SMEL SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER CDL CÂMARA DOS DIRIGENTES LOJISTAS DE SORRISO REGULAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO REGULAMENTO APRESENTAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Espírito Santo SESCOOP/ES está promovendo o 1º FUTCOOP INFANTIL MASCULINO, que será realizado no mês de julho

Leia mais

XXV OLIMPÍADA ECC 2014

XXV OLIMPÍADA ECC 2014 XXV OLIMPÍADA ECC 2014 CALENDÁRIO De 30/09 a 03/10 2014 Horário: de 30/09 até 02/10-7h10 às18h30 03/10-7h10 às 17h00 MODALIDADES VÔLEI BASQUETE HANDEBOL FUTEBOL DE SALÃO (FUTSAL) FUTEBOL DE CAMPO (FUTCAMPO)

Leia mais

TEMA: COPA DAS CONFEDERAÇÕES. Regulamento Geral Ensino Fundamental II e Ensino Médio (Primeira etapa)

TEMA: COPA DAS CONFEDERAÇÕES. Regulamento Geral Ensino Fundamental II e Ensino Médio (Primeira etapa) PROJETO J BA 2013 I - OBJETIVOS TEMA: COPA DAS CONFEDERAÇÕES Regulamento Geral Ensino Fundamental II e Ensino Médio (Primeira etapa) - Promover a integração e a participação dos alunos do CBB, permitindo

Leia mais

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ O Pró-Reitor de Extensão, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO GERAL QUANDO PENSO QUE CHEGUEI AO MEU LIMITE, DESCUBRO QUE TENHO FORÇAS PARA IR ALEM

REGULAMENTO GERAL QUANDO PENSO QUE CHEGUEI AO MEU LIMITE, DESCUBRO QUE TENHO FORÇAS PARA IR ALEM REGULAMENTO GERAL QUANDO PENSO QUE CHEGUEI AO MEU LIMITE, DESCUBRO QUE TENHO FORÇAS PARA IR ALEM AYRTON SENNA DISCIPLINA 1. Os jogos e atividades começarão rigorosamente no horário previsto; não haverá

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS MULTIVIX

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS MULTIVIX ART. 1º - DA FINALIDADE REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS MULTIVIX Os JOGOS MULTIVIX modalidade Beach Soccer fazem parte do CIRCUITO VIDA SAUDÁVEL MULTIVIX, torneio universitário que tem por finalidade integrar

Leia mais

IV CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE FUTSAL - 2015 REGULAMENTO GERAL

IV CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE FUTSAL - 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - O IV Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal é uma competição inter-colegial que tem por objetivo incentivar, no meio estudantil, a prática desportiva, enaltecendo

Leia mais

Período: 06/09 a 29/11 11 datas. Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes

Período: 06/09 a 29/11 11 datas. Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes Período: 06/09 a 29/11 11 datas Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes COORDENAÇÃO: Prof. Eurico Gaspar de Oliveira CREF 0124 - G/BA CONTATO: (75) 8307-1261 / 9165-4938 / 3223.4158

Leia mais

III JOGOS INTERNOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA JIEF

III JOGOS INTERNOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA JIEF III JOGOS INTERNOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA JIEF REGULAMENTO GERAL I. Das Finalidades: O III Jogos Internos da Educação Física JIEF, tem por finalidade estimular a prática desportiva aos alunos do curso de Educação

Leia mais

DISCIPLINA. Regulamento Geral

DISCIPLINA. Regulamento Geral REGULAMENTO GERAL ENSINA-ME A SER OBEDIENTE ÀS REGRAS DO JOGO ENSINA-ME A NÃO PROFERIR NEM RECEBER ELOGIO IMERECIDO ENSINA-ME A GANHAR, SE ME FOR POSSÍVEL MAS, SE EU PERDER, ACIMA DE TUDO ENSINA-ME A PERDER

Leia mais

REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014

REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014 I - FINALIDADES ARTIGO 1º - A COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL, na categoria masculino/adulto, tem por finalidade congregar os alunos das unidades do Santo

Leia mais

As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. REGULAMENTO I- FINALIDADES

As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. REGULAMENTO I- FINALIDADES As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. Após todos os jogos REGULAMENTO I- FINALIDADES ARTIGO 1º - O TORNEIO FUTSAL DA FACULDADE NOVOS HORIZONTES,

Leia mais

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Atualizado em 24/02/2005 DOS OBJETIVOS Art. 1 o.- Promover o desporto educacional através de várias modalidades esportivas, dando a

Leia mais

Art. 1 O presente documento regulamenta em linhas gerais os VI Jogos Internos Colégio Sólido.

Art. 1 O presente documento regulamenta em linhas gerais os VI Jogos Internos Colégio Sólido. 2015 I- DA APRESENTAÇÃO Art. 1 O presente documento regulamenta em linhas gerais os VI Jogos Internos Colégio Sólido. II- DA IDENTIFICAÇÃO Art. 2 Aos professores de Educação Física do Colégio compete a

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO Art. 1 O torneio de basquetebol masculino será realizado de acordo com as regras estabelecidas pela Federação Internacional

Leia mais

JOGOS INTER PERÍODOS SANT ANA II JOIPS 02 A 04 DE SETEMBRO DE 2015

JOGOS INTER PERÍODOS SANT ANA II JOIPS 02 A 04 DE SETEMBRO DE 2015 JOGOS INTER PERÍODOS SANT ANA II JOIPS 02 A 04 DE SETEMBRO DE 2015 II JOGOS INTER PERÍODOS SANT ANA II JOIPS REGULAMENTO GERAL DE 02 A 04 SETEMBRO 2015 2 INTRODUÇÃO O 6 Período de Licenciatura em Educação

Leia mais

XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE

XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE REGULAMENTO OFICIAL - 2015 Da Finalidade Art. 01 - A XI Copa Paulista de Futebol de Base, tem por finalidade o estimulo à prática esportiva saudável, ao caráter formativo

Leia mais

II Jogos Estudantis do Colégio Vital Brazil

II Jogos Estudantis do Colégio Vital Brazil II Jogos Estudantis do Colégio Vital Brazil Antes da pretensão de promover um campeonato, deve-se promover o homem em sua infinita potencialidade e complexidade, REVERDITO, SCAGLIA E MONTAGNER 2013....

Leia mais

Campeonato. Metropolitano. Escolar

Campeonato. Metropolitano. Escolar Campeonato Metropolitano Escolar 2015 Regulamento Geral ÍNDICE Capítulo I - Disposições Preliminares 3 Capítulo II - Dos Objetivos 3 Capítulo III - Da Organização e Execução 3 Capítulo IV - Do Período

Leia mais

Art. 02 Este Regulamento Geral é o conjunto das disposições que regem as modalidades que integram a COPA SENAI 2010.

Art. 02 Este Regulamento Geral é o conjunto das disposições que regem as modalidades que integram a COPA SENAI 2010. COPA SENAI 2010 REGULAMENTO GERAL SESI SENAI - SP 2010 REGULAMENTO GERAL FASE INTERCLASSES I DOS OBJETIVOS Art. 01 A COPA SENAI 2010, tem por finalidade o bem estar e a integração do aluno perante a sociedade

Leia mais

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR COPA LIGA PAULISTANA REGULAMENTO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem a Copa Liga Paulistana. Artigo 2º - A Copa tem por finalidade promover

Leia mais

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo Regulamento 1 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIII COPA FUTEL DE FUTEBOL DE CAMPO tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes e criar alternativas

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Secretaria de Esportes SESP COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 R E G U L A M E N T O. Da Organização e Fins

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Secretaria de Esportes SESP COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 R E G U L A M E N T O. Da Organização e Fins COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 Atualizado em 02/02/2016 R E G U L A M E N T O Da Organização e Fins Art. 1º A COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016, realizada pela Prefeitura, através

Leia mais

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO XX Copa PMU/ Futel de Futsal Regulamento Geral MASCULINO UBERLÂNDIA MG 1 XX COPA PMU/ FUTEL DE FUTSAL MASCULINO CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XX COPA PMU/FUTEL DE FUTSAL MASCULINO tem por objetivo

Leia mais

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO 6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS Art. 01 - A 6º TAÇA SAÚDE DE FUTSAL E VOLEIBOL - SES é um evento promovido pelos Servidores da Secretaria de Estado da Saúde SES Art. 02 - O campeonato tem por

Leia mais

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES Capítulo 1 Da Finalidade Artigo 1º - A DANONE COPA DAS NAÇÕES tem como objetivo incentivar a prática esportiva no meio estudantil e comunitário e promover o intercâmbio,

Leia mais

V ENCONTRO DESPORTIVO DOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ. Juazeiro do Norte-CE, 03 a 06 de dezembro de 2015

V ENCONTRO DESPORTIVO DOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ. Juazeiro do Norte-CE, 03 a 06 de dezembro de 2015 V ENCONTRO DESPORTIVO DOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO CEARÁ Juazeiro do Norte-CE, 03 a 06 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL NOVEMBRO-2015 REGULAMENTO GERAL TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014

GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014 Av.Presidente Antonio Carlos 40-3 Andar Centro Rio De Janeiro Cep 20020-010 Rio de Janeiro Tel.021-22623697 secretaria@conibrasile.org GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014 Dando continuidade ao trabalho desenvolvido

Leia mais

17ª COPA DE VOLEIBOL

17ª COPA DE VOLEIBOL 17ª COPA DE VOLEIBOL PROFESSOR JORGE GUIMARÃES 2013 CURRAIS NOVOS/RN REGULAMENTO OFICIAL 1.OBJETIVOS Despertar e estimular o prazer pela pratica desportiva através da competição sadia e com fins educativos.

Leia mais

Regulamento Geral da 12ª Edição dos Jogos de Integração FAI

Regulamento Geral da 12ª Edição dos Jogos de Integração FAI Regulamento Geral da 12ª Edição dos Jogos de Integração FAI Art. 1º Este Regulamento é o conjunto de disposições que regem a 12 Edição dos Jogos de Integração FAI 2015 e submete, os que com ele tenham

Leia mais

SELETIVA ESCOLAR DE BASQUETE 3 X3 MASCULINO / FEMININO

SELETIVA ESCOLAR DE BASQUETE 3 X3 MASCULINO / FEMININO SELETIVA ESCOLAR DE BASQUETE 3 X3 MASCULINO / FEMININO REGULAMENTO CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - A Seletiva Escolar de Basquetebol 3x3, é uma competição intercolegial que tem por objetivo incentivar,

Leia mais

REGULAMENTO REALIZAÇÃO. Prefeitura Municipal de Irará PARCERIA. Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia SUDESB

REGULAMENTO REALIZAÇÃO. Prefeitura Municipal de Irará PARCERIA. Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia SUDESB REGULAMENTO REALIZAÇÃO Prefeitura Municipal de Irará PARCERIA Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia SUDESB APOIO: FEDERAÇÃO BAHIANA DE FUTEBOL FBF SETEMBRO / NOVEMBRO 2015 1 Disposições Preliminares

Leia mais

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 6ª COPA NOVE DE JULHO DE FUTEBOL AMADOR 2016 REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 1 REGULAMENTO DA 6ª COPA NOVE DE JULHO 2016 CAPITULO I Da PARTICIPAÇÃO Esta copa contará com a participação de 48 (quarenta

Leia mais

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO I - DOS LOCAIS DOS JOGOS Art. 1º - Os jogos serão realizados nos seguintes locais: Quadras 01,02 e 03 - térreo do Prédio 80 Quadras 01,02 e 03-4º andar do Prédio

Leia mais

3ª COPA INTER-ADVOGADOS

3ª COPA INTER-ADVOGADOS Data/ Local: Competição: Maio à Julho * início previsto para 26/maio Local: Centro Iraí Pinhais-PR www.centroirai.com.br Gustavo@centroirai.com.br DA PARTICIPAÇÃO: Artigo Primeiro: Só poderão participar

Leia mais

COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015

COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015 COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015 OBJETIVOS - PROMOVER UMA COMPETIÇÃO COM CUSTOS BAIXOS; - PROPORCIONAR JOGOS EM AMBIENTES FAVORÁVEIS AO CRESCIMENTO TÉCNICO, TÁTICO E EMOCIONAL, UTILIZANDO O ESPORTE COMO

Leia mais

REGULAMENTO COPA TV TRIBUNA VOLEI 2015

REGULAMENTO COPA TV TRIBUNA VOLEI 2015 REGULAMENTO COPA TV TRIBUNA VOLEI 2015 CATEGORIAS: MASCULINO: NASCIDOS EM 1999/2000/2001 E 2002 FEMININO: NASCIDAS EM 1999/2000/2001 E 2002 Comissão Organizadora: Demetrio Amono (TV Tribuna) Rosângela

Leia mais

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres.

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres. DA FINALIDADE: Art. 1º - Os JOGOS DE VERÃO ARCO SPM 2013 MODALIDADE VOLEIBOL 4X4, tem como finalidade principal, promover o congraçamento das equipes e o aumento da adesão à prática de exercícios físicos

Leia mais

COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO

COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO CENTRO DE PRÁTICAS ESPORTIVAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO S. EVENTOS COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS A COPA CEPEUSP DE FUTEBOL DE CAMPO tem como objetivo a integração dos docentes

Leia mais

APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA

APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA II COPA CINQUENTÃO BOTAFOGO DE FUTEBOL AMADOR APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA Acesse o site WWW.BOTAFOGODEGUAIANASES.COM.BR REALIZAÇÃO: ACOCESP: Promoções de Eventos e Coordenação de Esporte

Leia mais

III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO

III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO CAPITULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - O Campeonato de Voleibol Masculino 2015 OAB SP/CAASP, organizado

Leia mais

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO 1º O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES/2011,

Leia mais

I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO

I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE O I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO (SOCIETY), visa incrementar a prática de futebol de sete

Leia mais

XVII JAJUCE JOGOS ABERTOS DA JUVENTUDE CRISTÃ EVANGÉLICA DE SÃO CAETANO DO SUL REGULAMENTO GERAL

XVII JAJUCE JOGOS ABERTOS DA JUVENTUDE CRISTÃ EVANGÉLICA DE SÃO CAETANO DO SUL REGULAMENTO GERAL REGULAMENTO GERAL I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1 o ) Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem as competições dos XVI JAJUCE. Artigo 2 o ) As igrejas evangélicas que participam

Leia mais

COPA GRANBEL DE FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA INFANTIL E JUVENIL

COPA GRANBEL DE FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA INFANTIL E JUVENIL COPA GRANBEL DE FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA INFANTIL E JUVENIL 2011 REGULAMENTO 2011 1 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: ARTIGO 1 A Copa Granbel de Futebol Infanto-Juvenil 2011 é uma organização da Granbel com

Leia mais

IV COPA UNIMED BOM DE BOLA, MELHOR NA ESCOLA REGULAMENTO. Capítulo I Das Disposições Preliminares. Capítulo II - Dos Objetivos

IV COPA UNIMED BOM DE BOLA, MELHOR NA ESCOLA REGULAMENTO. Capítulo I Das Disposições Preliminares. Capítulo II - Dos Objetivos REGULAMENTO Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1 - A IV Copa Unimed Bom de Bola, Melhor na Escola de Futsal Masculino e Feminino tem como objetivo promover a integração da criança e do adolescente

Leia mais

10ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS.

10ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS. 10ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS. REGULAMENTO OFICIAL (atualizado em 16/09) CAPÍTULO I OBJETIVOS ART. 1º - A 10ª Copa Quiosque Natureza de Futebol Suíço Inter-Academias, que

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014 Índice 1. Introdução 2 2. Escalões etários 3 3. Constituição das Equipas 4 4. Regulamento Técnico Pedagógico 5 5. Classificação, Pontuação e Desempate 6 6.

Leia mais

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015 REGULAMENTO 2015 1º Torneio Bancário Society de Clubes Paulista 2015, é uma promoção da Secretaria de Esporte do Sindicato dos Bancários, e tem por finalidade efetuar o congraçamento entre os bancários

Leia mais

CIRCUITO VERÃO SESC DE ESPORTES 2013/2014

CIRCUITO VERÃO SESC DE ESPORTES 2013/2014 CIRCUITO VERÃO SESC DE ESPORTES 2013/2014 I. DA COMPETIÇÃO II. DA COORDENAÇÃO III. DAS FASES DA COMPETIÇÃO IV. DAS INSCRIÇÕES E PARTICIPAÇÕES V. DA PREMIAÇÃO VI. DA ARBITRAGEM VII. DA IDENTIFICAÇÃO VIII.

Leia mais

VII TORNEIO DE FUTSAL MENORES 2015 REGULAMENTO GERAL. OBJETIVO Proporcionar à criança a integração social através do futsal.

VII TORNEIO DE FUTSAL MENORES 2015 REGULAMENTO GERAL. OBJETIVO Proporcionar à criança a integração social através do futsal. VII TORNEIO DE FUTSAL MENORES 2015 REGULAMENTO GERAL OBJETIVO Proporcionar à criança a integração social através do futsal. ORGANIZAÇÃO O torneio será organizado e dirigido por uma Comissão Organizadora

Leia mais

Regulamento Específico de Basquetebol

Regulamento Específico de Basquetebol Regulamento Específico de Basquetebol Regulamento Basquetebol 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESCALÕES ETÁRIOS / BOLA DE JOGO... 4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA... 4 4. MESA DE JOGO... 4 5. ARBITRAGEM... 5

Leia mais

II CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE BASQUETE 3X3-2016 REGULAMENTO GERAL

II CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE BASQUETE 3X3-2016 REGULAMENTO GERAL II CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE BASQUETE 3X3-2016 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - O II Campeonato Brasileiro Escolar de Basquetebol 3x3 é uma competição inter-colegial que

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL VI COPA DE FUTEBOL 7 UNIGUAÇU

REGULAMENTO OFICIAL VI COPA DE FUTEBOL 7 UNIGUAÇU REGULAMENTO OFICIAL VI COPA DE FUTEBOL 7 UNIGUAÇU CAP. I: AS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART.1 - O torneio é uma Promoção do Colegiado do curso de Educação Física da Uniguaçu, apoiado pela Uniguaçu. ART.2

Leia mais

REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO 3ª OLIMPÍADA ESTUDANTIL DE FLORIANÓPOLIS (OLESF)

REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO 3ª OLIMPÍADA ESTUDANTIL DE FLORIANÓPOLIS (OLESF) REGULAMENTO GERAL E TÉCNICO 3ª OLIMPÍADA ESTUDANTIL DE FLORIANÓPOLIS (OLESF) 03 A 14 DE OUTUBRO DE 2011 2011 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Este Regulamento é o conjunto

Leia mais

JOGOS ESCOLARES DO RIO GRANDE DO SUL 2012 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO

JOGOS ESCOLARES DO RIO GRANDE DO SUL 2012 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO COORDENAÇÃO DE PROGRAMAS E PROJETOS ESPECIAIS ASSESSORIA DE ESPORTE EDUCACIONAL JOGOS ESCOLARES DO RIO GRANDE DO SUL 2012 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 01 - Este

Leia mais

Art. 3º - No Novo Desporto Universitário NDU serão reconhecidos os seguintes poderes:

Art. 3º - No Novo Desporto Universitário NDU serão reconhecidos os seguintes poderes: REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE DO EVENTO Art. 1º - O Novo Desporto Universitário NDU tem por finalidade reunir as Associações Atléticas Acadêmicas fundadoras e associadas a participar de atividades

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. ARTIGO I: A COPA BIG-ESPORTES DE FUTSAL IJUI/RS, somente poderá participar as instituições com suas equipes convidadas.

REGULAMENTO GERAL. ARTIGO I: A COPA BIG-ESPORTES DE FUTSAL IJUI/RS, somente poderá participar as instituições com suas equipes convidadas. REGULAMENTO GERAL CAPITULO 1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO I: A COPA BIG-ESPORTES DE FUTSAL IJUI/RS, somente poderá participar as instituições com suas equipes convidadas. ARTIGO II: Da Cerimônia de

Leia mais

Torneio de Futsal 2014 Troféu Rafael Afonso Leite

Torneio de Futsal 2014 Troféu Rafael Afonso Leite Torneio de Futsal 2014 Troféu Rafael Afonso Leite DOS OBJETIVOS: O Einstein Gol é um evento que visa aumentar sociabilizarão e integração entre todos os nossos alunos, funcionários, Corpo Docente e Direção.

Leia mais

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal Regulamento da Copa UniBH de Futsal FINALIDADE O presente regulamento contêm as normas que regem na 9ª Copa UniBH de Futsal, sendo conhecedores de seu conteúdo todos os inscritos que se submetem sem ressalvas

Leia mais

DIRETORIA DOS INTERESSES TÉCNICOS

DIRETORIA DOS INTERESSES TÉCNICOS DIRETORIA DOS INTERESSES TÉCNICOS 2 0 1 2 XXI - CAMPEONATO SUB-12 MASCULINO DA G.S.P. XLIV - CAMPEONATO SUB-13 MASCULINO DA G.S.P. LIV - CAMPEONATO SUB-14 MASCULINO DA G.S.P. LXXIII - CAMPEONATO SUB-15

Leia mais

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total.

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total. Circuito Open de Polo Aquático Campeonato de Polo Aquático realizado em águas abertas, com abrangência nacional e apoio da CBDA - Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. Local: Praia do Porto da

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO TÉCNICO CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º. Este regulamento é o documento composto conjunto das disposições que regem a Campeonato Brasileiro de Handebol dos Surdos 2015, nas categorias

Leia mais

REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY

REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY 2012-2ª DIVISÃO 1. Disposições Gerais Todas as partidas serão disputadas de acordo com as Leis do jogo em vigor conforme estipulado pelo IRB. Se surgirem dúvidas

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY FACULDADE ESFA

REGULAMENTO GERAL DO I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY FACULDADE ESFA REGULAMENTO GERAL DO I TORNEIO DE FUTEBOL SOCIETY FACULDADE ESFA Art. 1º O Torneio de Futebol Society tem por finalidade: A congregação dos graduandos, o fortalecimento dos laços de amizade e a camaradagem

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS OLIMPIADAS UFS 2008. 25 de outubro à 30 de novembro de 2008

REGULAMENTO GERAL DAS OLIMPIADAS UFS 2008. 25 de outubro à 30 de novembro de 2008 1 DAS OLIMPIADAS UFS 2008 25 de outubro à 30 de novembro de 2008 São Cristóvão 2008 2 SUMÁRIO TÍTULO I CAPÍTULO I DA APRESENTAÇÃO 3 CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS 3 CAPÍTULO III DA JUSTIFICATIVA 3 TÍTULO II

Leia mais

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO XV JOGOS ARI DE SÁ Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO ABERTURA 1. DIA: 26/09/2015 ( Sábado ) 9h 2. LOCAL: Manhã Ginásio 2.1 - Concentração Manhã: galeria do Ensino Fundamental I 2.2 - Desfile de abertura

Leia mais

Nota Oficial 008/2013 Ref.: PETECA

Nota Oficial 008/2013 Ref.: PETECA Nota Oficial 008/2013 Ref.: PETECA A Coordenação Técnica da Copa FECEMG 2013 no uso de suas atribuições legais especificadas no Regulamento Geral da competição, torna público as normas de realização dos

Leia mais

FACULDADES UNIDAS DO VALE DO ARAGUAIA

FACULDADES UNIDAS DO VALE DO ARAGUAIA IV JIUS JOGOS INTERCURSOS DA UNIVAR 2016 REGULAMENTO GERAL I - DAS FINALIDADES Artigo 1º - O IV JIUS JOGOS INTERCURSOS DA UNIVAR tem por finalidade promover atividades esportivas para: Acadêmicos devidamente

Leia mais

1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015

1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015 19º CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR DE NOVO GAMA-GO DE 2015 1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015 PROMOÇÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO GAMA - GO REALIZAÇÃO: SECRETARIA

Leia mais

Regulamento da Olimpíada Santo Inácio

Regulamento da Olimpíada Santo Inácio Colégio Antônio Vieira Regulamento da Olimpíada Santo Inácio A Olimpíada Santo Inácio de Loyola é um conjunto de atividades esportivas, destinada aos alunos do 6º ano EF, 6ª, 7ª e 8ª série do Ensino Fundamental

Leia mais

CABO FRIO VOLEI MASTER 2015 CIDADE DE CABO FRIO - RJ Dias 04, 05, 06 e 07 de Junho de 2015 DE VOLEIBOL DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESPORTES DE

CABO FRIO VOLEI MASTER 2015 CIDADE DE CABO FRIO - RJ Dias 04, 05, 06 e 07 de Junho de 2015 DE VOLEIBOL DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESPORTES DE REALIZAÇÃO : APOIO: ASSOCIAÇÃO MASTER DE DE VOLEIBOL DO RIO DE JANEIRO AMAVOLEI PREFEITURA MUNICIPAL CABO FRIO SECRETARIA DE ESPORTES DE CABO FRIO CABO FRIO VOLEI MASTER 2015 VOLEIBOL DE PRAIA O CABO FRIO

Leia mais

FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI)

FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI) 8 o CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTSAL MASCULINO/ FUNPEEL Troféu Luiz Carlos Heidrich (LULI) 1. DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO TÉCNICO 1.1. O 8º Campeonato Municipal de Futsal Masculino será promovido e

Leia mais

Município de Santa Helena Secretaria de Educação, Cultura e Esportes Departamento de Esportes e Lazer CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUÍÇO - 2013.

Município de Santa Helena Secretaria de Educação, Cultura e Esportes Departamento de Esportes e Lazer CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUÍÇO - 2013. CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUÍÇO - 2013. REGULAMENTO Santa Helena, Outubro de 2013. CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUIÇO 2013 I DO REGULAMENTO Art. 1º - Este regulamento se destina a regulamentar

Leia mais

Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF

Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Para efeito de classificação, a pontuação será a seguinte: I - 1º lugar: 10 pontos. II - 2º lugar: 7 pontos. III - 3º

Leia mais

COLÉGIO MOTIVA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES COORDENAÇÃO DE EVENTOS BASQUETE

COLÉGIO MOTIVA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES COORDENAÇÃO DE EVENTOS BASQUETE BASQUETE Art. 1º - As competições da modalidade de Basquete serão regidas pelas regras oficiais da FIBA, em consonância com este regulamento específico e o Regulamento Geral da competição. a) Fase Classificatória

Leia mais

REGULAMENTO DOS JOGOS INTERNOS DO UNIPÊ JIPÊ 2015

REGULAMENTO DOS JOGOS INTERNOS DO UNIPÊ JIPÊ 2015 REGULAMENTO DOS JOGOS INTERNOS DO UNIPÊ JIPÊ 2015 Mantenedora Institutos Paraibanos de Educação - IPÊ Campus Universitário - BR 230 - Km 22 - Fone: (83) 2106-9200 - Cx Postal 318 - Cep: 58.053-000 João

Leia mais

PRIMEIRA DIVISÃO 2014

PRIMEIRA DIVISÃO 2014 CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO ESPECIAL R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2014 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL

Leia mais

Regulamento 7ª Olimpíada TJPE

Regulamento 7ª Olimpíada TJPE Regulamento 7ª Olimpíada TJPE A Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco FAZ SABER que nos dias 17 e 18 de outubro de 2015 realizará a 7ª OLIMPÍADA TJPE, mediante

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DOS JOGOS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO TOCANTINS

REGULAMENTO ESPECÍFICO DOS JOGOS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO TOCANTINS REGULAMENTO ESPECÍFICO DOS JOGOS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO TOCANTINS PALMAS - 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO DE ATLETISMO 1. A Competição de Atletismo será realizada de acordo com as regras oficiais da

Leia mais

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti Regulamento Geral I Das Disposições Gerais Obs: A COMISSÃO É COMPOSTA pelos integrantes: Rafael Rangel,

Leia mais

TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO

TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO TAÇA CIDADE SÃO JOSÉ DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO GERAL I - DA ORGANIZÇÃO E DIREÇÃO Art. 1º - A organização da Taça Cidade São José de Futsal é de inteira responsabilidade da Prefeitura Municipal de São

Leia mais

CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL

CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL CAMPEONATO DE FUTSAL MACEIÓ 200 ANOS REGULAMENTO DE FUTSAL 1. Os jogos de Futsal serão realizados de acordo com as Regras Oficiais, salvo o estabelecido neste Regulamento. 2. Cada equipe poderá inscrever

Leia mais

VI Encontro Esportivo dos Tribunais de Contas do Nordeste do Brasil REGULAMENTO GERAL

VI Encontro Esportivo dos Tribunais de Contas do Nordeste do Brasil REGULAMENTO GERAL REGULAMENTO GERAL DO OBJETIVO Art.1º - O VI Encontro Esportivo dos Tribunais de Contas do Nordeste do Brasil, no Piauí, tem por finalidade alinhar, dentro das políticas descritas em norma de gestão de

Leia mais

IV COPA MARIA CÉLIA - 2014 REGULAMENTOS REGULAMENTO GERAL

IV COPA MARIA CÉLIA - 2014 REGULAMENTOS REGULAMENTO GERAL g Centro de Educação Integrada Mais Ltda. CEI Mirassol CNPJ: 02.095.488/0001-03 Rua Joaquim Alves, nº 1844 - Mirassol - Natal/RN CEP: 59.077-010. Fone/Fax: 0xx (84) 3089.5620 IV COPA MARIA CÉLIA - 2014

Leia mais

26º CAMPEONATO DE FUTSAL DA 13ª SUBSEÇÃO DA OAB/UBERLÂNDIA R E G U L A M E N T O

26º CAMPEONATO DE FUTSAL DA 13ª SUBSEÇÃO DA OAB/UBERLÂNDIA R E G U L A M E N T O 26º CAMPEONATO DE FUTSAL DA 13ª SUBSEÇÃO DA OAB/UBERLÂNDIA R E G U L A M E N T O CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - O 26º CAMPEONATO DE FUTSAL promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil 13ª Subseção

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL/2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL/2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL/2016 1 Art. 1º - A competição de basquetebol do Programa Minas Esportiva/Jogos Escolares de Minas Gerais - JEMG/2016 obedecerá às regras oficiais da International Basketball

Leia mais