PALAVRAS-CHAVE: Estratégia Organizacional; Controle de Projetos; Estrutura de Gestão.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PALAVRAS-CHAVE: Estratégia Organizacional; Controle de Projetos; Estrutura de Gestão."

Transcrição

1 ANÁLISE DE MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS: ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA METALÚRGICA DA SERRA GAÚCHA Matheus de Souza Miranda 1 Tatiane Pellin Cislaghi 2 RESUMO A Gestão de Projetos (GP) considera o planejamento, a organização, a direção e o controle dos recursos da empresa para executar um empreendimento único, evidenciando um prazo estabelecido. Para tanto, salienta-se que as empresas atravessam seus próprios processos de maturidade. Diante do exposto, o objetivo geral do artigo é analisar o nível de maturidade em relação à GP de uma empresa metalúrgica da Serra Gaúcha. A pesquisa é qualitativa, adotando-se a metodologia de estudo de caso único. Tomou-se por base o modelo Project Management Maturity Model (PMMM), o qual apresenta cinco níveis de maturidade: nível 1 linguagem comum; nível 2 processos comuns; nível 3 metodologia singular; nível 4 benchmarking; e, nível 5 melhoria contínua. Para a pesquisa utilizou-se o questionário do nível 2, ciclos de vida de Gestão de Projetos, composto por 20 questões. Como resultado parcial, pode-se concluir que a empresa não conclui todos os níveis dessa fase. Apesar de a mesma já buscar um alinhamento de suas práticas com a GP, ainda é preciso focar na integração das áreas que executam projetos, unificar sua linguagem e adotar uma metodologia comum, além de uma maior aprovação dos executivos da empresa. PALAVRAS-CHAVE: Estratégia Organizacional; Controle de Projetos; Estrutura de Gestão. 1 INTRODUÇÃO A competitividade das organizações fomentada pela globalização e facilidade de acesso à informação tem desafiado as empresas a buscar novas soluções para novos problemas (JUNIOR; PLONSKI, 2011; FREJ; ALENCAR, 2010). Esse fenômeno tem atraído cada vez mais os gestores a uma metodologia por muito tempo considerada um processo inovador, porém não essencial a Gestão de Projetos (GP). 1 Estudante do Curso Superior de Tecnologia em Logística Câmpus Bento Gonçalves. Fone: (54) E- mail: 2 Mestre em Administração, Graduada em Administração com Habilitação em Comércio Exterior Professora de Gestão e Comércio Exterior do Câmpus Bento Gonçalves. Fone: (54)

2 Para uma primeira definição, tem-se que Gestão de Projetos para Kerzner (2006) é o planejamento, a programação e o controle de uma série de tarefas integradas de forma a atingir seus objetivos de um empreendimento único com sucesso. Sendo assim, com o avanço dos conceitos e a divulgação dos casos de sucesso na área, proporcionou o aumento da atenção de muitas empresas que buscam soluções eficazes aos seus problemas (CARVALHO; LOPES; MARZAGÃO, 2013), bem como na empresa que será foco do estudo, a qual tem levantado algumas questões, como as melhores ferramentas para a diminuição de custos e utilização de recursos produtivos (SILVA; RODRIGUES; LACERDA, 2012) defendidos pela teoria de Gestão de Projetos. Nesse contexto, destaca-se o principal questionamento desse artigo, isto é, qual é o nível de amadurecimento da empresa estudada em relação à Gestão de Projetos? E, além disso, qual o modelo mais adequado para analisar esse tema de acordo com as características da organização? Ainda, de maneira secundária: a empresa estudada possui um nível de amadurecimento de Gestão de Projetos adequado para a implantação de uma metodologia de Gestão de Projetos em todos os níveis administrativos? Sendo assim, o presente trabalho propõe levantar na literatura os modelos de Gestão de Projetos e apontar o mais coerente para a análise do tema em uma empresa metalúrgica da serra gaúcha. A empresa a ser estudada é uma metalúrgica localizada na cidade de Garibaldi RS e possui 40 anos de história. Iniciou suas atividades produzindo gaiolas de arame e hoje é uma das empresas de maior destaque na produção e venda de cozinhas de aço. A mesma está instalada em uma área de m² e conta com 600 funcionários. O artigo está dividido em cinco sessões. Na primeira encontram-se questões introdutórias, seguido pela segunda sessão, com uma explanação sobre GP. Na terceira, são apresentados os enunciados metodológicos desse trabalho. Na quarta, por sua vez, os resultados parciais obtidos, e na última, as considerações finais. 2 REFERENCIAL TEÓRICO Projetos são importantes instrumentos de mudanças e desenvolvimento organizacional, tendo um papel de destaque na gestão estratégica das organizações (JUNIOR; PLONSKI, 2011; BOUER; CARVALHO, 2005). Muitas empresas, principalmente da cadeia produtiva do setor industrial, já possuem metodologias de Gestão de Projetos há muito tempo e desenvolveram seus conceitos contribuindo para uma grande gama de conhecimento nesse tema (JUNIOR et al., 2011; SILVA; RODRIGUES; LACERDA, 2012).

3 Heldman (2009) define o termo Gestão de Projetos (GP) como o gerenciamento de ferramentas e técnicas utilizadas pelos stakeholders, isto é, os envolvidos no projeto, para descrever, organizar e monitorar o andamento das atividades dos projetos. Desta maneira, os gerentes de projeto são os responsáveis pela administração dos processos e pela aplicação das ferramentas e técnicas para o cumprimento das atividades do projeto. Contudo, para entender a GP, antes é necessário entender o que é um projeto (NETO; JAMIL; VASCONCELOS, 2009). Kerzner (2006, p. 15) o define da seguinte maneira: trata-se de um empreendimento com objetivo bem definido, que consome recursos e opera sob pressão de prazos, custos e qualidade. Visando a melhoria contínua dessa disciplina, em 1969 foi criado o PMI (Project Management Institute) com o objetivo de elaborar uma metodologia padrão para a GP (MELO; PEREIRA, 2012). Em 1998 foi concretizado o programa Organizational Project Management Maturity Model (OPM3TM) (JUNIOR et al., 2011). Hoje o PMI é uma associação de profissionais que conta com um corpo de mais de membros que contribuem com a troca de experiências e a criação de ferramentas e metodologias genéricas da Gestão de Projetos, contribuindo desta maneira para o amadurecimento dessa disciplina (BOUER; CARVALHO, 2005; MELO; PEREIRA, 2012). O principal produto do PMI é o PMBOK Guide, o qual é um corpo de conhecimento reconhecido mundialmente para o gerenciamento de projetos (MELO; PEREIRA, 2012). Umas das maiores contribuições do PMBOK são um vocabulário comum dentro da profissão, um guia para os gestores, um código de ética e, além disso, descreve expectativas que os gestores têm de si e da metodologia (PMI, 2008). Destaca-se que entre os modelos de maturidade em gestão de projetos optou-se pelo Project Management Maturity Model, o qual propõe uma análise da maturidade por meio de um modelo com cinco níveis (KERZNER, 2006). Para a construção desse modelo, Kerzner utilizou como referência as principais áreas do conhecimento e os processos gerenciais propostos pelo PMBOK e os conceitos de níveis de maturidade do modelo Capability Maturity Model CMM. São propostos nesse modelo os seguintes níveis: nível 1 linguagem comum; nível 2 processos comuns; nível 3 metodologia singular; nível 4 benchmarking; e nível 5 melhoria contínua (BOUER; CARVALHO, 2005). O modelo de Kerzner é realizado a partir de um questionário com 183 questões disponíveis em uma ferramenta baseada na WEB que indicam o nível de maturidade em que se encontra a organização nas práticas de GP (JUNIOR; CONFORTO; AMARAL, 2010).

4 3 ASPECTOS METODOLÓGICOS Primeiramente foi feita uma análise das principais publicações do tema Gestão de Projetos na Plataforma Scielo. Nessa pesquisa, foram levantados 193 artigos, dos quais, através da leitura do resumo e palavras-chave, foram selecionados 17 trabalhos os quais apresentaram maior afinidade ao objetivo proposto. Esses foram lidos na íntegra pelos autores. Desses 17, oito trabalhos contribuíram efetivamente para a construção do mesmo. Nesses selecionados, dois trabalhos receberam maior atenção. São eles os trabalhos de Junior, Conforto e Amaral (2010) e Bouer e Carvalho (2005). A presente pesquisa é classificada como qualitativa e exploratória. Roesch (2005) argumenta que a pesquisa qualitativa é apropriada para a coleta de dados em uma fase exploratória. Essa metodologia permite analisar e interpretar aspectos mais profundos, descrevendo a complexidade do comportamento humano (MARCONI; LAKATOS, 2011). Com o objetivo de estudar e avaliar o nível de maturidade de GP na organização adotouse a metodologia de estudo de caso. Gil (2010, p. 37) defende que esse é encarado como o delineamento mais adequado para a investigação de um fenômeno contemporâneo dentro do seu contexto real. Yin (2010) explica o estudo de caso como uma investigação de um fenômeno em seu contexto de vida real. O estudo foi efetuado em uma empresa metalúrgica da serra gaúcha, com início em julho de 2014 e término previsto em novembro de A análise do estudo de caso deu-se através de uma pesquisa documental, através da apresentação e descrição dos aspectos principais da metodologia de gerenciamento de projetos adotada e executada pela empresa. A segunda, uma pesquisa de campo, através da aplicação de um questionário baseado no modelo Project Management Maturity Model (PMMM), para avaliar a percepção da gerência das principais áreas da empresa com respeito à maturidade organizacional no gerenciamento de projetos. A escolha desse modelo se justifica, conforme apontam Bouer e Carvalho (2005, p. 353), principalmente pelo fato do PMMM possuir um escopo e abrangência adequados para a avaliação da maturidade em GP de natureza mais genérica do que projetos voltados à área de tecnologia da informação, bem como proporciona um esquema de avaliação disciplinado, organizado e de fácil aplicação e interpretação. Mais especificamente, o instrumento selecionado foi o protocolo de questionário proposto pelo modelo PMMM para avaliar as fases do ciclo de vida do nível 2 de maturidade Processos Comuns. Esse instrumento é baseado em um conjunto de 20 questões que devem ser respondidas adotando-se uma escala de avaliação de percepção que varia de 3 (discordo totalmente) a +3 (concordo totalmente). Foram aplicados 17 questionários, com os gerentes de projetos da empresa de áreas chaves, tais como, Engenharia, Qualidade, Métodos e Processos,

5 Logística, Marketing e Comitê de Inovação. A coleta deu-se em tantos 15 dias e em média 4 horas por dia. Por fim, utilizou-se a análise de conteúdo definida por Bardin (2000) como um conjunto de técnicas de análise das comunicações, a qual busca classificar palavras, frases, ou mesmo parágrafos em categorias de conteúdo. Procurou-se identificar se a empresa está no nível de maturidade em GP mensurado e qual é a percepção dos gestores em relação à Gestão de Projetos na empresa. 4 RESULTADOS PARCIAIS Como resultados parciais da pesquisa verificou-se que a empresa encontra-se ainda no nível 1 (linguagem comum), ou seja, ainda não está consolidada tal linguagem para o gerenciamento de projetos. Para a empresa alcançar o nível 2 (processos comuns) satisfatoriamente, conforme objetivo do estudo, se faz necessário implementar os ciclos de vida do gerenciamento de projeto o qual pode ser elaborado em cinco fases: (i) embrionária; (ii) aceitação pela alta administração; (iii) aceitação pela gerência; (iv) crescimento; e (v) maturidade. Ainda de acordo com a metodologia, alguns aspectos devem ser trabalhados, porém entre eles destaca-se a aceitação e suporte dos executivos, fazendo dessa maneira um efeito cascata. Essa é uma condição primordial para o alcance desse nível. Esse aspecto dá suporte para demais ações para superação do nível, como repetição de processos e um currículo de treinamentos em Gestão de projetos para todos os níveis. 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS No ambiente corporativo a Gestão de Projetos (GP) torna-se uma importante ferramenta para as empresas se manterem num ambiente tão competitivo quanto o atual (JUNIOR; POLONSKI, 2011). Esse raciocínio nos leva a considerar que as ferramentas e pressupostos da GP devem ser dimensionados de acordo com as características intrínsecas de cada organização (KERZNER, 2006). Com o avanço desse tema surgiram modelos de amadurecimento em GP que visam justamente estabelecer níveis de adesão da gestão da empresa a esse tema e melhores práticas para se chegar a excelência (JUNIOR; CONFORTO; AMARAL, 2010). Os dados levantados na pesquisa (análise de documentos e entrevistas) ajudaram a construir um perfil da empresa e de suas práticas em Gestão de Projetos. Além disso, se verificará em quais departamentos da empresa os conceitos da Gestão de Projetos estão mais nivelados e quais deles poderão fazer maior uso dos mesmos. Essa

6 pesquisa também trará um exemplo real de uma empresa da Serra Gaúcha em sua adaptação, no uso dessas ferramentas e a sua efetiva utilização para o alcance de seus objetivos estratégicos. Esse trabalho também contribui para o meio acadêmico e científico servindo de referência para trabalhos com o mesmo tema ou pesquisadores que busquem aplicar a metodologia aqui descrita para analisar empresas de outros setores, ou até mesmo numa cadeia de suprimentos, estendendo esse entendimento a um setor e seus agregados. REFERÊNCIAS BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, BOUER, Ruy; CARVALHO, Marly Monteiro. Metodologia singular de gestão de projetos: condição suficiente para a maturidade em gestão de projetos? Revista Gestão & Produção, São Carlos, v. 15, n. 3, p , Set./Dez CARVALHO, Marly Monteiro de; LOPES, Paula Vilas Boas Viveiros Lopes; MARZAGÃO, Daniela Santana Lambert. Gestão de Portfólio de Projetos: contribuições e tendências da literatura. Revista Gestão & Produção, São Carlos, v. 20, n. 2, p , FREJ, Tatiana Asfora; ALENCAR, Luciana Hazin. Fatores de Sucesso no gerenciamento de múltiplos projetos na construção civil em Recife. Revista Gestão & Produção, v. 20, n. 3, p , GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, HELDMAN, Kim. Gerência de projetos: Guia para exame do PMI. Rio de Janeiro: Elsevier, JUNIOR, Antonio da Silva Jucá; CONFORTO, Edivandro Carlos; AMARAL, Daniel Capaldo. Maturidade em Gestão de Projetos em pequenas empresas desenvolvedoras de softaware do polo de alta tecnologia de São Carlos. Revista Gestão & Produção, São Carlos, v. 17, n. 1, p , JUNIOR, Luiz José Marques; PLONSKI, Guilherme Ari. Gestão de projetos em empresas do Brasil: abordagem tamanho único? Revista Gestão & Produção, São Carlos, v. 18, n. 1, p. 1-12, JUNIOR, Roque Rabechini; CARVALHO, Marly Monteiro de; RODRIGUES, Ivete; SBRAGIA, Roberto. A organização da atividade de gerenciamento de projetos: nexos com competências e estrutura. Revista Gestão & Produção, São Carlos, v. 18, n. 2, p , KERZNER, Harold. Gestão de projetos: as melhores práticas. Porto Alegre: Bookman, MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, MELO, Yara Carvalho De; PEREIRA, Maria Cecília. Plataforma de aprendizagem para gestão de projetos: dois casos de implementação de projetos de automação para a indústria automobilística. Revista Gestão & Produção, São Carlos, v. 19, n. 3, p , NETO, Carlos Ferreira da Rocha Neto; JAMIL, George Leal; VASONCELOS, Maria Celeste Reis Lobo de. Influências culturais na adoção da gestão de projetos: um estudo qualitativo em empresas de consultoria e desenvolvimento em TI. Revista de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação, v. 6, n. 2, p , PMI, Project Management Institute (Editor). PMBOK (Project Management Body of Knowlwdge) guide. USA: PMI, 2008.

7 ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de estágio e de pesquisa em administração: guia para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudos de caso. São Paulo: Atlas, SILVA, Everton Maurer da; RODRIGUES, Luis Henrique; LACERDA, Daniel Pacheco. Aplicabilidade da corrente crítica da teoria das restrições no gerenciamento de projetos executivos de engenharia: um estudo de caso em uma refinaria de petróleo. Revista Gestão & Produção, São Carlos, v. 19, n. 1, p. 1-16, YIN, Roberto K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2010.

Modelos de Maturidade (CMMI, MPS-BR, PMMM)

Modelos de Maturidade (CMMI, MPS-BR, PMMM) UNEB - UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA - DCET1 COLEGIADO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: ENGENHARIA DE SOFTWARE PROFESSOR: EDUARDO JORGE Modelos de Maturidade

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Profa Msc Lidiane Reis -lreis@radial.br Plano de Ensino / Aula Inaugural Onde você quer chegar??? Por quê estudar Gestão de Projetos??? O que vamos estudar? (Ementa) O aluno aprenderá

Leia mais

AS CONTRIBUIÇÕES DA GESTÃO DE PROJETOS EM UMA EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS SUSTENTÁVEIS

AS CONTRIBUIÇÕES DA GESTÃO DE PROJETOS EM UMA EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS SUSTENTÁVEIS AS CONTRIBUIÇÕES DA GESTÃO DE PROJETOS EM UMA EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS SUSTENTÁVEIS ANTONIO CARLOS DA SILVA COSTA UNINOVE Universidade Nove de Julho Antonio.costa78@me.com FRANCIANE FREITAS SILVEIRA

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1 1 GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM AGÊNCIAS WEB BASEADO NO PMI E METODOLOGIAS ÁGEIS 1 Peter Rizzon 2 Resumo: Com a crescente demanda no desenvolvimento de softwares baseados na plataforma web, as empresas

Leia mais

ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1

ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1 ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1 RESUMO Diversos profissionais relatam dificuldades em coordenar adequadamente projetos sob sua responsabilidade. Muitos fatores que influenciam

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI

PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI Introdução Este artigo é o resultado de minha experiência com projetos de software em empresas do setor público,

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos

PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos PMO (Project Management Office) - Implantação de Escritório de Projetos Orientações para o Projeto, Implantação, Gerenciamento e Avaliação de Maturidade do Escritório de Projetos Objetivo O que leva as

Leia mais

ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA IMPLANTAÇÃO DA METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU

ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA IMPLANTAÇÃO DA METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA IMPLANTAÇÃO DA METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU Franciane Pereira dos Reis Bolsista de Gerenciamento

Leia mais

Maturidade em gestão de projetos. Um estudo de caso para avaliar o grau de maturidade setorial em uma empresa de injeção de termoplástico.

Maturidade em gestão de projetos. Um estudo de caso para avaliar o grau de maturidade setorial em uma empresa de injeção de termoplástico. Maturidade em gestão de projetos. Um estudo de caso para avaliar o grau de maturidade setorial em uma empresa de injeção de termoplástico. Heberton Vitor de Resende Gouveia Resumo O presente artigo é um

Leia mais

Trilhas Técnicas SBSI - 2014

Trilhas Técnicas SBSI - 2014 brunoronha@gmail.com, germanofenner@gmail.com, albertosampaio@ufc.br Brito (2012), os escritórios de gerenciamento de projetos são importantes para o fomento de mudanças, bem como para a melhoria da eficiência

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro Matheus de Aguiar Sillos matheus.sillos@pmlog.com.br AGV Logística Rua Edgar Marchiori, 255, Distrito

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

IV Seminário Internacional. Maturidade em Gerenciamento de Projetos. Como Medir o Nível de Maturidade em GP de uma Empresa

IV Seminário Internacional. Maturidade em Gerenciamento de Projetos. Como Medir o Nível de Maturidade em GP de uma Empresa IV Seminário Internacional Maturidade em Gerenciamento de Projetos Como Medir o Nível de Maturidade em GP de uma Empresa Palestrante: Leon Herszon F.,MSc, PMP Leon Herszon F., MSc, PMP Diretor Executivo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: - I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Gerência de Projetos (GEP) CH: 72 h/a Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Semestre: 2011/1 Fase: 8ª

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS Ana Carolina Freitas Teixeira¹ RESUMO O gerenciamento de projetos continua crescendo e cada

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA 5 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS 7 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS

TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA 5 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS 7 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS TREINAMENTOS MAGAZINE 3 WORKSHOP INTERNACIONAL DE LIDERANÇA Líderes eficazes devem encontrar maneiras de melhorar o nível de engajamento, compromisso e apoio das pessoas, especialmente durante os períodos

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA:

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA: PLANO DE DISCIPLINA Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social Coordenação: Naiara Magalhães Professor (a): Adriana Barros Disciplina: Pesquisa Social I Carga horária: 60h Período: 1º/2014

Leia mais

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 Narjara Bárbara Xavier Silva 2 Patrícia Morais da Silva 3 Resumo O presente trabalho é resultado do Projeto de Extensão da Universidade Federal da

Leia mais

Planejamento de Projeto Gestão de Projetos

Planejamento de Projeto Gestão de Projetos Planejamento de Projeto Gestão de Projetos O gerenciamento de projetos consiste na aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas adequadas às atividades do projeto, a fim de cumprir seus

Leia mais

Produto 06: Divulgação do Planejamento Estratégico

Produto 06: Divulgação do Planejamento Estratégico Produto 06: Divulgação do Planejamento Estratégico IFES Instituto Federal do Espírito Santo Vitória-ES, maio de 2014. 1. APRESENTAÇÃO O presente documento corresponde ao produto06 Evento de Divulgação

Leia mais

Escritório de Projetos

Escritório de Projetos 1 Escritório de Projetos Módulo 3 Gestão de Projetos Aluno: Humberto Rocha de Almeida Neto hran@cin.ufpe.br Professores: Hermano Perrelli e Alexandre Vasconcelos 19 de outubro de 2009 Agenda Índice do

Leia mais

ESTUDO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO UTILIZADO PELA ÁREA INDUSTRIAL METALÚRGICA DE BENTO GONÇALVES EM SEU PROCESSO, GERENCIAMENTO E LOGÍSTICA

ESTUDO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO UTILIZADO PELA ÁREA INDUSTRIAL METALÚRGICA DE BENTO GONÇALVES EM SEU PROCESSO, GERENCIAMENTO E LOGÍSTICA ESTUDO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO UTILIZADO PELA ÁREA INDUSTRIAL METALÚRGICA DE BENTO GONÇALVES EM SEU PROCESSO, GERENCIAMENTO E LOGÍSTICA W.L.MOURA 1 ; L.FILIPETTO 2 ; C.SOAVE 3 RESUMO O assunto sobre inovação

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 1 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

Maturidade Organizacional: Melhorando a Qualidade do Gerenciamento de Projetos Leonardo Luiz Barbosa Vieira Cruciol

Maturidade Organizacional: Melhorando a Qualidade do Gerenciamento de Projetos Leonardo Luiz Barbosa Vieira Cruciol Maturidade Organizacional: Melhorando a Qualidade do Gerenciamento de Projetos Leonardo Luiz Barbosa Vieira Cruciol Resumo. O gerenciamento de projetos tem se tornado, durante os últimos anos, alvo de

Leia mais

Avaliação e Melhorias no Processo de Construção de Software

Avaliação e Melhorias no Processo de Construção de Software Avaliação e Melhorias no Processo de Construção de Software Martim Chitto Sisson Centro Tecnológico Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Florianópolis SC Brasil martim@inf.ufsc.br Abstract. This

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO PROJETO DE PESQUISA-ETENSÃO MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal Maturidade: Um Olhar Sobre Minas Gerais Carlos Eduardo Andrade Darci Prado Giselle Laurentys Organização Apoio Encontro Anual de Membros Belo Horizonte, 2010 1 de xx Resumo Executivo

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

Gestão de Portfólio Práticas e Competências Necessárias

Gestão de Portfólio Práticas e Competências Necessárias Gestão de Portfólio Práticas e Competências Necessárias Margareth Carneiro, PMP, MSc PMI GovSIG past-chair PMA Diretora Executiva Wander Cleber da Silva, PhD Fundação Funiversa 1 O Guia do PMBoK O Guia

Leia mais

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde

A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde A Maturidade Organizacional em Gerenciamento de Projetos (OPM3 ) de Informática em Saúde Luis Augusto dos Santos 1, Heimar de Fátima Marin 2 1 Engenheiro Eletricista, membro do NIEn e pós-graduando pela

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Projetos tem por fornecer conhecimento teórico instrumental que

Leia mais

Florianópolis, 2012. Expedito Michels. Mestrado Profissional em Administração Universitária (PPGAU/UFSC)

Florianópolis, 2012. Expedito Michels. Mestrado Profissional em Administração Universitária (PPGAU/UFSC) O PAPEL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E A CONTRIBUIÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PARA A FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE ADMINISTRAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO Florianópolis, 2012 Expedito Michels Mestrado Profissional

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS TECNOLÓGICOS: QUAL O NÍVEL DE MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS NOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA?

GESTÃO DE PROJETOS TECNOLÓGICOS: QUAL O NÍVEL DE MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS NOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA? GESTÃO DE PROJETOS TECNOLÓGICOS: QUAL O NÍVEL DE MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS NOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA? Grasieli A. Lapi (UFSCar) grasilapi@gmail.com Rafael Sanaiotte Pinheiro (UFSCar) rafaelpq03@yahoo.com.br

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Sistemas de Informações Gerenciais 2 www.nbs.com.br Soluções eficazes em Gestão de Negócios. Nossa Visão Ser referência em consultoria de desenvolvimento e implementação de estratégias, governança, melhoria

Leia mais

PMO Implantação e Operação do Escritório de Projetos.

PMO Implantação e Operação do Escritório de Projetos. PMO Implantação e Operação do Escritório de Projetos. Objetivo O que leva as organizações a criarem um PMO (Project Management Office)? De alguns anos para cá, o estudo da teoria sobre Gerenciamento de

Leia mais

Ambientação nos conceitos

Ambientação nos conceitos Ambientação em Gestão de Projetos Maria Lúcia Almeida Ambientação nos conceitos Gestão de áreas funcionais e gestão de projetos Qualquer um pode ser gerente de projetos? Qual a contribuição da gestão de

Leia mais

DECLARAÇÃO DE POSICIONAMENTO DO IIA: O PAPEL DA AUDITORIA INTERNA

DECLARAÇÃO DE POSICIONAMENTO DO IIA: O PAPEL DA AUDITORIA INTERNA Permissão obtida junto ao proprietário dos direitos autorais, The Institute of Internal Auditors, 247 Maitland Avenue, Altamonte Springs, Florida 32701-4201, USA, para publicar esta tradução, a qual reflete

Leia mais

VII Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG campus

VII Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG campus Identificação das técnicas utilizadas nos processos de recrutamento e seleção em uma empresa do setor de agronegócios em Bambuí-MG Marcelo Henrique Gomes COUTO¹; Amanda Cristina de CASTRO²; Flávia Luzia

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DO ESPORTE NA ESCOLA POR MEIO DE UM ESTUDO DE CASO

CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DO ESPORTE NA ESCOLA POR MEIO DE UM ESTUDO DE CASO CONSIDERAÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DO ESPORTE NA ESCOLA POR MEIO DE UM ESTUDO DE CASO FINCK, Silvia Christina Madrid (UEPG) 1 TAQUES, Marcelo José (UEPG) 2 Considerações iniciais Sabemos

Leia mais

EAD 615 Gerenciamento de Projetos. Estruturas Organizacionais para Gerenciamento de Projetos e o Papel do PMO

EAD 615 Gerenciamento de Projetos. Estruturas Organizacionais para Gerenciamento de Projetos e o Papel do PMO EAD 615 Gerenciamento de Projetos Estruturas Organizacionais para Gerenciamento de Projetos e o Papel do PMO Professores: Prof. Dr. Antonio C. Amaru Maximiano Prof. Dr. Roberto Sbragia Colaboradores: Benedito

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO GESTÃO DE PROJETOS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE UM SOFTWARE PMIS Área de conhecimento

Leia mais

Portifólio de Serviços

Portifólio de Serviços Portifólio de Serviços A PM11K conta com uma abrangência de mercado muito grande graças ao seu modelo inovador. Aqui você contrata um consultor e, junto dele, mais centenas de outros consultores em rede,

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

2. Gerenciamento de projetos

2. Gerenciamento de projetos 2. Gerenciamento de projetos Este capítulo contém conceitos e definições gerais sobre gerenciamento de projetos, assim como as principais características e funções relevantes reconhecidas como úteis em

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Partes Iniciais ou Elementos Pré- Textuais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Partes Iniciais ou Elementos Pré- Textuais Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Partes Iniciais ou Elementos Pré- Textuais Disciplina: Orientação de Conclusão de Curso Professor: Fernando Zaidan PROJETO - Elaboração de um projeto é de grande importância

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

Conceitos. Sumário. O que é um projeto? www.ligiafascioni.com.br. www.ligiafascioni.com.br! www.ligiafascioni.com.br. Gestão de Projetos

Conceitos. Sumário. O que é um projeto? www.ligiafascioni.com.br. www.ligiafascioni.com.br! www.ligiafascioni.com.br. Gestão de Projetos Lígia Fascioni Gestão de Projetos 1 Conceitos Sumário O que é projeto O que é gerenciamento de projetos Tipos de projetos Padrões de gerenciamento de projetos Áreas de conhecimento O que é um projeto?

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS Luis Fernando Vitorino 1, Moacir José dos Santos 2, Monica Franchi Carniello

Leia mais

PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno: Marcus

Leia mais

Dificuldades no desenvolvimento de software Características do mercado de software A participação de Minas Gerais no cenário nacional

Dificuldades no desenvolvimento de software Características do mercado de software A participação de Minas Gerais no cenário nacional Promovendo a Melhoria de Processos e a Qualidade de Software em Minas Gerais Ana Liddy Cenni de Castro Magalhães, Fernando Silva Parreiras, Frederico Faria Comitê Gestor do SPIN-BH Direitos reservados

Leia mais

Metodologias de Gestão de Projetos no Escritório de Inovação Tecnológica (EIT) da Universidade Federal de Mato Grosso

Metodologias de Gestão de Projetos no Escritório de Inovação Tecnológica (EIT) da Universidade Federal de Mato Grosso Metodologias de Gestão de Projetos no Escritório de Inovação Tecnológica (EIT) da Universidade Federal de Mato Grosso INTRODUÇÃO GESTÃO DE PROJETOS; IMPORTÂNCIA DA GP PARA O CONTEXTO ATUAL DAS ORGANIZAÇÕES;

Leia mais

A GESTÃO POR PROCESSOS APLICADA AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS: UM ESTUDO DE CASO DO PROGRAMA SERGIPE CIDADES - SEPLAN/SE

A GESTÃO POR PROCESSOS APLICADA AO GERENCIAMENTO DE PROJETOS: UM ESTUDO DE CASO DO PROGRAMA SERGIPE CIDADES - SEPLAN/SE XXX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Maturidade e desafios da Engenharia de Produção: competitividade das empresas, condições de trabalho, meio ambiente. São Carlos, SP, Brasil, 12 a15 de outubro

Leia mais

Gerenciamento do escopo

Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Escopo pode ser definido como a soma dos produtos de um projeto, bem como a descrição de seus requisitos. O momento de definir o escopo é a hora em que o

Leia mais

CMMI Conceitos básicos. CMMI Representações contínua e por estágios. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

CMMI Conceitos básicos. CMMI Representações contínua e por estágios. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) CMMI Conceitos básicos 113 CMMI integra as disciplinas de engenharia de sistemas e de engenharia de software em um único framework de melhoria de processos. 114 No tocante às disciplinas de engenharia

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê

por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê ROTEIRO Histórico; Definição; Objetivos e/ou propósitos; Estrutura; Aplicação do modelo; Vantagens e desvantagens;

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Maturidade e escritório de projetos: um caso real

Maturidade e escritório de projetos: um caso real Maturidade e escritório de projetos: um caso real Adriane Cavalieri 1 Lélio Varella 2 Giovana Magalhães 3 Ana Cláudia Baumotte 4 adrianec@int.gov.br lvarella@domain.com.br giovana.magalhaes@br.inter.net

Leia mais

APLICAÇÃO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE PMI- OPM3 NA PETROBRAS E&P-SERV/US-PO ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA MUNDO PM - ANO 1 - NRO 06

APLICAÇÃO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE PMI- OPM3 NA PETROBRAS E&P-SERV/US-PO ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA MUNDO PM - ANO 1 - NRO 06 APLICAÇÃO DO MODELO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE PMI- OPM3 NA PETROBRAS E&P-SERV/US-PO Marco Antônio Gomes de Lima 1, Alonso Mazini Soler 2 e Luciana Palmieri 3 1 Coordenador de Projeto de Poço Exploratório

Leia mais

Pesquisa FGV-EAESP de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro 16 a Edição 2014

Pesquisa FGV-EAESP de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro 16 a Edição 2014 Resumo Introdução O Comércio Eletrônico é um dos aspectos relevantes no ambiente empresarial atual e tem recebido atenção especial das empresas nos últimos anos, primeiro por ser considerado como uma grande

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: GERÊNCIA DE

Leia mais

Os desafios para a inovação no Brasil. Maximiliano Selistre Carlomagno

Os desafios para a inovação no Brasil. Maximiliano Selistre Carlomagno Os desafios para a inovação no Brasil Maximiliano Selistre Carlomagno Sobre a Pesquisa A pesquisa foi realizada em parceria pelo IEL/RS e empresa Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação durante

Leia mais

Bom dia TI Trino Polo

Bom dia TI Trino Polo Bom dia TI Trino Polo O Alto Custo do Baixo Desempenho André Voltolini Presidente - PMI-RS Atendimento e Relacionamento TOTVS RS 01/08/2014 1 Atividades Voluntárias Atividades Profissionais Histórico Profissional

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema

Leia mais

Resultados alcançados com a Ferramenta Channel em implementação de sucesso da Gerência de Projetos no nível G de maturidade do MR-MPS

Resultados alcançados com a Ferramenta Channel em implementação de sucesso da Gerência de Projetos no nível G de maturidade do MR-MPS Resultados alcançados com a Ferramenta Channel em implementação de sucesso da Gerência de Projetos no nível G de maturidade do MR-MPS Mauricio Fiorese 1, Alessandra Zoucas 2 e Marcello Thiry 2 1 JExperts

Leia mais

Quanto aos meios, trata-se de uma pesquisa bibliográfica, documental, telematizada e pesquisa de campo, conforme descrito abaixo:

Quanto aos meios, trata-se de uma pesquisa bibliográfica, documental, telematizada e pesquisa de campo, conforme descrito abaixo: 3 METODOLOGIA Apresenta-se a seguir a descrição da metodologia utilizada neste trabalho com o objetivo de expor os caminhos que foram percorridos não só no levantamento dos dados do estudo como também

Leia mais

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion Governança de TI Importância para as áreas de Auditoria e Compliance Maio de 2011 Page 1 É esperado de TI mais do que deixar o sistema no ar. Page 2 O que mudou o Papel de TI? Aumento de riscos e de expectativas

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI

DESENVOLVIMENTO DE UMA PROPOSTA PARA GERENCIAMENTO DA EXECUÇÃO DE PROJETOS DE CABEAMENTO ESTRUTURADO BASEADO NOS PARÂMETROS DA METODOLOGIA PMI UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA/AUTOMAÇÃO HENRY MEINELECKI BUENO BARBOSA LUCAS PEVIDOR DE CARVALHO CAVALLARI MURILO

Leia mais

Planejamento e Gestão de Projetos

Planejamento e Gestão de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Planejamento e Gestão de s Planejamento e Gestão de s Prof. Msc. Maria C Lage Prof. Newman Serrano, PMP Visão geral da disciplina Objetivos

Leia mais

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS PMO PROJETOS PROCESSOS MELHORIA CONTÍNUA PMI SCRUM COBIT ITIL LEAN SIX SIGMA BSC ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS DESAFIOS CULTURAIS PARA IMPLANTAÇÃO DANIEL AQUERE DE OLIVEIRA, PMP, MBA daniel.aquere@pmpartner.com.br

Leia mais

PROPOSTA UNIFICADORA DE NÍVEIS DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

PROPOSTA UNIFICADORA DE NÍVEIS DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS ISSN 1984-9354 PROPOSTA UNIFICADORA DE NÍVEIS DE MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS Debora Athayde Herkenhoff (Latec/UFF) Moacyr Amaral Domingues Figueiredo (Latec/UFF) Gilson Brito de Lima (UFF)

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 2 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Bruna Jheynice Silva Rodrigues 1 ; Lauriene Teixeira Santos 2 ; Augusto Chaves Martins 3 ; Afonso Régis Sabino

Leia mais

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK Cleber Lecheta Franchini 1 Resumo:

Leia mais

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos As organizações em torno do mundo estão implantando processos e disciplinas formais

Leia mais

1 Introdução. 1.1. Considerações finais

1 Introdução. 1.1. Considerações finais 11 1 Introdução 1.1. Considerações finais O presente trabalho tem por finalidade analisar a área de TI de uma empresa que se estrutura por meio de projetos, dando ênfase nos modelos motivacionais que são

Leia mais

Pesquisa de Maturidade do GERAES. Data de aplicação: 21/02/08

Pesquisa de Maturidade do GERAES. Data de aplicação: 21/02/08 Pesquisa de Maturidade do GERAES Data de aplicação: 21/02/08 Pesquisa de Maturidade Metodologia MPCM / Darci Prado Disponível em www.maturityresearch.com Metodologia da pesquisa 5 níveis e 6 dimensões

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

O TRABALHO DE MONOGRAFIA

O TRABALHO DE MONOGRAFIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Módulo VI-a 27 a 29 de janeiro de 2011 O TRABALHO DE MONOGRAFIA PRINCÍPIO PARA O CONHECIMENTO E A FORMAÇÃO PROFISSIONAL Prof. Ms. Adriana Fernandes

Leia mais

Uso de Ferramentas de Gerenciamento de Projetos no Processo de Aprendizagem dos Alunos de Graduação em Engenharia Civil

Uso de Ferramentas de Gerenciamento de Projetos no Processo de Aprendizagem dos Alunos de Graduação em Engenharia Civil Uso de Ferramentas de Gerenciamento de Projetos no Processo de Aprendizagem dos Alunos de Graduação em Engenharia Civil Ricardo Mendes Junior (UFPR) mendesjr@ufpr.br Áurea Araújo Bruel (UFPR) aabruel@yahoo.com.br

Leia mais

EVOLUINDO NA MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS E EMPREENDIMENTOS - CASO DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

EVOLUINDO NA MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS E EMPREENDIMENTOS - CASO DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EVOLUINDO NA MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS E EMPREENDIMENTOS - CASO DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Luiz Gustavo de Castro Santos (USP) lgustavosantos@hotmail.com Marcelo Ramos Martins

Leia mais

INFORMAÇÃO E VANTAGEM COMPETITIVA EM ORGANIZAÇÃO DE MÓVEIS E ELETROS

INFORMAÇÃO E VANTAGEM COMPETITIVA EM ORGANIZAÇÃO DE MÓVEIS E ELETROS INFORMAÇÃO E VANTAGEM COMPETITIVA EM ORGANIZAÇÃO DE MÓVEIS E ELETROS Elane de Oliveira, UFRN 1 Max Leandro de Araújo Brito, UFRN 2 Marcela Figueira de Saboya Dantas, UFRN 3 Anatália Saraiva Martins Ramos,

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS www.tecnologiadeprojetos.com.br Diretoria de Acompanhamento e Avaliação de Projetos da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais DAPE/SEE-MG RELATÓRIO DE PESQUISA 1 : CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA

Leia mais

Gestão de Projetos e Gestão de Portfólio de Projetos

Gestão de Projetos e Gestão de Portfólio de Projetos MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Gestão de Projetos e Gestão de Portfólio de Projetos GCGPR Grupo Consultor em Gerenciamento de Projetos SLTI Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação MINISTÉRIO DO

Leia mais

DESENVOLVENDO A MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS NAS EMPRESAS ATRAVÉS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO 1

DESENVOLVENDO A MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS NAS EMPRESAS ATRAVÉS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO 1 DESENVOLVENDO A MATURIDADE EM GESTÃO DE PROJETOS NAS EMPRESAS ATRAVÉS DA IMPLANTAÇÃO DO PMO 1 Marcelo Campolina de Castro 2 Resumo Com o novo cenário econômico, muitas empresas estão investindo alto na

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA - MG NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: SUBTÍTULO DO PROJETO (SE HOUVER)

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA - MG NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: SUBTÍTULO DO PROJETO (SE HOUVER) FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA - MG NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: SUBTÍTULO DO PROJETO (SE HOUVER) UBERLÂNDIA 2013 NOME COMPLETO TÍTULO DO PROJETO: subtítulo do projeto (se houver) Projeto de Pesquisa

Leia mais

ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI)

ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI) ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI) APARECIDA DE GOIÂNIA 2014 LISTA DE TABELAS Tabela 1 Áreas de processo por

Leia mais

CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com 1. Introdução Após décadas de incontáveis promessas sobre como aumentar à produtividade e qualidade de software,

Leia mais

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI

Secretaria de Gestão Pública de São Paulo. Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Secretaria de Gestão Pública de São Paulo Guia de Avaliação de Maturidade dos Processos de Gestão de TI Objetivos As empresas e seus executivos se esforçam para: Manter informações de qualidade para subsidiar

Leia mais

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição)

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição) Preparatório para Certificação PMP Objetivo Este treinamento tem como finalidade preparar o profissional que atua como gerente de projetos, para que possa realizar com segurança o exame de Certificação

Leia mais

MOTIVAÇÃO SOB A ÓTICA DA TEORIA DA EXPECTATIVA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICA.

MOTIVAÇÃO SOB A ÓTICA DA TEORIA DA EXPECTATIVA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICA. MOTIVAÇÃO SOB A ÓTICA DA TEORIA DA EXPECTATIVA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PÚBLICA. M. LAZZAROTTO 1 ; C.L. GRIZON 2 ; C.SOAVE 3 RESUMO: O estudo originou-se do intuito de possibilitar

Leia mais

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO)

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) MBA em Gestão de Projetos Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) Flávio Feitosa Costa, MSc. PMP (flaviopmp@gmail.com) MBA em Gerência de Projetos Escritório de Gerenciamento

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais