Dados da Aula: Oficina de poesia para o 4º ano do Ensino Fundamental, com duração de duas aulas.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dados da Aula: Oficina de poesia para o 4º ano do Ensino Fundamental, com duração de duas aulas."

Transcrição

1

2 Dados da Aula: Oficina de poesia para o 4º ano do Ensino Fundamental, com duração de duas aulas. Título da Aula: Brincando com palavras Conteúdo da Aula Tipologia textual: Poema; Verso e estrofe; Produção escrita de poemas; Leitura de poemas; Ortografia com uso do dicionário. Objetivos Resgatar momentos poéticos na escola; Reconhecer as características próprias do gênero poético; Conhecer e identificar verso e estrofe no poema; Estimular a leitura, a escrita e a oralidade; Trabalhar a leitura e a escrita por meio de poemas; Compreender e interpretar; Expor suas emoções através da linguagem poética; Perceber a importância da entonação na leitura de um poema; Despertar na criança o prazer de brincar com palavras. Estratégias Pedagógicas da Aula Apresentação de poemas no PowerPoint; Poema através de figuras; Poema impresso; Leitura dos poemas; Brincadeira em roda; Produção do seu próprio poema seguindo o modelo apresentado;

3 Reestruturação das produções; Acervo fotográfico dos poemas para leitura; Filmagem dos poemas e apresentação. Varal com as produções poéticas dos alunos; Recursos Didáticos Televisão; Máquina digital; Data show; Notbook. Avaliação Produção do poema demonstrando coerência; Leitura com entonação poética. Participação do aluno nas atividades. Bibliografia Altenfelder, Helena Anna. Poetas na escola: Caderno de orientação para produção de textos. Editora AGWM. SP. Webliografia

4 Desenvolvimento da aula Apresentação no PowerPoint da poesia Convite de José Paulo Paes, para despertar na criança o prazer de brincar com as palavras incentivando-a a escrever mais, a dar asas à imaginação. CONVITE José Paulo Paes Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam. Como a água do rio que é água sempre nova. Como cada dia que é sempre um novo dia. Vamos brincar de poesia? Promover um momento de conversação para interpretação do poema; Apresentar o poema no PowerPoint em forma de figuras e realizar a leitura para as crianças

5

6 Explorar o poema de figuras descrevendo oralmente os detalhes e fazendo a relação entre as imagens; Analizar os elementos do poema desenvolvendo as habilidades de leitura e coompreensão; Levar o aluno a perceber a forma simples de como o autor brinca com as palavras, fazendo uma relação entre elas; Leitura coletiva do poema Quem tem o quê? fatiado em versos e estrofes de cores diferentes no PowerPoint; QUEM TEM O QUÊ? SAPATO TEM PÉ, PASSARINHO TEM ÁRVORE, FOGUEIRA, CARVÃO. OVO TEM NINHO, BICICLETA TEM BRISA, MORCEGO, ESCURIDÃO. HISTÓRIAS TÊM LIVROS, TESOUROS TÊM PIRATAS, VACAS, BOIS. LÁGRIMA TEM SAUDADE, PAÍS TEM MAPA, ANTES, DEPOIS. Autor desconhecido -

7 Proporcionar ao aluno uma cópia do poema; Trabalhar verso e estrofe com ajuda do dicionário; Verso: Cada uma das linhas do poema. Estrofe: Cada grupo de versos separados do grupo seguinte por um espaço. Um poema pode ter uma ou várias estrofes. E cada estrofe um númerovariado de versos. Fixando a aprendizagem: Circular as estrofes e pintar os versos de cada estrofe de uma cor; Brincando com poesia: momento de descontração para soltar a imaginação e preparar os alunos para a produção escrita. Formar uma roda com as crianças e cada aluno fará uma pergunta para o colega da direita, que deverá dar uma resposta significativa a pergunta conforme a sua criatividade. Exemplos: Mão tem? Anel, dedos... Livro tem? Palavras, letras, números... Escola tem? Alunos, professora... Mãe tem? Carinho, amor, filhos...

8 Produção escrita: Seguindo o modelo do poema apresentado, cada aluno produzirá seu próprio poema Quem tem o quê? Usando três estrofes e em cada estrofe três versos. Com a participação dos alunos fazer a reestruturação dos poemas. Utilizando a máquina digital cada aluno irá fotograr o seu poema, criando assim um acervo de poemas que será posteriormente exibido para toda a turma, utilizando a televisão como recurso, proporcionando aos alunos a leitura de todos os poemas, objetivando um prazeroso momento de leitura. Cada aluno fará a leitura do seu poema sendo filmado por um colega, utilizando a máquina digital, Todas as filmagens serão apresentadas proporcionando um momento de auto-estima e auto-avaliação. Montar na sala um varal literário para expor as produções dos alunos. "Geralmente, a prosa entra por um ouvido e sai por outro. A poesia não: entra pelo ouvido e fica no coração" Jose Paulo Paes

9 Coletânea de atividades realizadas pelos alunos do 4º ano da Escola Professora Rosália de Amorim Silva.

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Campus Nilópolis Ana Paula Inacio Diório AS MÍDIAS

Leia mais

Planejamento (Música)

Planejamento (Música) Planejamento (Música) Professor (a): Silvana Mara Silvestrin Brustolin MÚSICA Competências Objetivo Geral Objetivos Específicos Estratégias em Língua Portuguesa Estratégias de outras áreas do conhecimento

Leia mais

AULA CRIATIVA DE ORTOGRAFIA

AULA CRIATIVA DE ORTOGRAFIA AULA CRIATIVA DE ORTOGRAFIA Apenas uma experiência que pode ser recriada para outros conteúdos Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Terminada a audição, eu escrevi na lousa o título da música, o nome

Leia mais

Plano de Aula SOU PAR OU ÍMPAR? TÍTULO: Iniciais. 3º ano. Matemática. Número e Operações/Álgebra e Funções 1 aula (45 min) Educação Presencial

Plano de Aula SOU PAR OU ÍMPAR? TÍTULO: Iniciais. 3º ano. Matemática. Número e Operações/Álgebra e Funções 1 aula (45 min) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: SOU PAR OU ÍMPAR? Nível de Ensino: Ensino Fundamental/ Anos Iniciais Ano/Semestre de Estudo: 3º ano Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Modalidade de Ensino: Matemática

Leia mais

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM CURRÍCULO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM ORALIDADE Formar frases com seqüência e sentido. Relacionar palavras que iniciam com vogais. Associar primeira letra/som em palavras iniciadas por vogal. Falar

Leia mais

Projeto Escola e família: construindo novos caminhos

Projeto Escola e família: construindo novos caminhos Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Projeto Escola e família: construindo novos caminhos ELIZÂNGELA. S. VIEIRA COORDENADORA DE PROJETOS EDUCACIONAIS

Leia mais

Apresentação. Práticas Pedagógicas Língua Portuguesa. Situação 5 Lendo e vivendo poemas. Recomendada para EF II ou EM. Tempo previsto: 4 aulas

Apresentação. Práticas Pedagógicas Língua Portuguesa. Situação 5 Lendo e vivendo poemas. Recomendada para EF II ou EM. Tempo previsto: 4 aulas Práticas Pedagógicas Língua Portuguesa Situação 5 Lendo e vivendo poemas Recomendada para EF II ou EM Tempo previsto: 4 aulas Elaboração: Equipe Técnica da CENP Apresentação Ler é um ato de recriação praticado

Leia mais

Leya Leituras Projeto de Leitura

Leya Leituras Projeto de Leitura Leya Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: JAPĨĨ E JAKÃMĨ Uma história de amizade Autor: Yaguarê Yamã Nacionalidade do autor: Brasileira Currículo do autor: Escritor, professor e artista plástico

Leia mais

PROJETO AMARELINHA PROFESSORA: MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA. E.E Dr. MORATO DE OLIVEIRA

PROJETO AMARELINHA PROFESSORA: MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA. E.E Dr. MORATO DE OLIVEIRA PROJETO AMARELINHA PROFESSORA: MARILENE FERREIRA DE LIMA OLIVEIRA E.E Dr. MORATO DE OLIVEIRA TÍTULO: PROJETO AMARELINHA TURMA: 1º ANO E TEMPO PREVISTO: 1 MÊS PROFESSOR ORIENTADOR: MARILENE FERREIRA DE

Leia mais

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam.

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. Convite Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam.

Leia mais

Projeto de intervenção

Projeto de intervenção Projeto de intervenção Tema: trabalhando com artes na educação infantil. Por: Cristiane Salvador Batista¹ Vivalda de Jesus Souza² INTRODUÇÃO Pretende-se por meio deste projeto Trabalhando Com Artes Na

Leia mais

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Acadêmica: Ewelyn Sampaio Cardoso Ao chegar à Escola EMEI cebolinha ás 08h00min, a professora do pré I já estava na escola com uma aluna

Leia mais

26/01/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL

26/01/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I TARDE MATERNAL I MANHÃ 26/01/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica RECREAÇÃO ATIVIDADE PRÁTICA NO PÁTIO CORES

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Viajando através da Poesia

Mostra de Projetos 2011. Viajando através da Poesia Mostra de Projetos 2011 Viajando através da Poesia Mostra Local de: Arapongas Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: (campo não preenchido)

Leia mais

Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental

Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental Não se aprende por exercícios, mas por práticas significativas. Essa afirmação fica quase óbvia se pensarmos em como uma

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 III A JOGOS DIVERTIDOS Fizemos dois campeonatos com a Turma da Fazenda, o primeiro com o seguinte trajeto: as crianças precisavam pegar água em um ponto e levar até o outro,

Leia mais

22/01/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL

22/01/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I TARDE MATERNAL I MANHÃ 22/01/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica COORDENAÇÃO MOTORA ATIVIDADES PRÁTICAS RELAXAMENTO

Leia mais

Poesia A Arte de brincar e aprender com as palavras. Prof. José Urbano

Poesia A Arte de brincar e aprender com as palavras. Prof. José Urbano Poesia A Arte de brincar e aprender com as palavras Prof. José Urbano O que vamos pensar: A Literatura e a Sociedade Funções e desdobramentos da Literatura Motivação Poesia Em hipótese alguma a literatura

Leia mais

Formação de PROFESSOR

Formação de PROFESSOR Formação de PROFESSOR 1 Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação Ricamente ilustrada e escrita em versos, a obra narra a história de Ubaldo, urubu descendente de uma família

Leia mais

Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá.

Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá. Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá. A Unidade é muito rica em informações sobre os três países explorados e possibilita o desenvolvimento de pesquisas e ampliação

Leia mais

Caracterização da Escola

Caracterização da Escola 28 O CORDEL DOS TIRADENTES Flávia Helena Pontes Carneiro* helena.flavia@gmail.com *Graduada em Pedagogia, Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, Professora

Leia mais

Oficina 18: TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO. Introdução

Oficina 18: TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO. Introdução Oficina 18: TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO Introdução Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) o conteúdo Tratamento da Informação, deve ser trabalhado de modo que estimule os alunos a fazer perguntas,

Leia mais

Exposição e relato de experiências de Objetos Educacionais Construção de Instrumentos Musicais Artesanais. Rio Verde GO

Exposição e relato de experiências de Objetos Educacionais Construção de Instrumentos Musicais Artesanais. Rio Verde GO EMEFTI PROFESSOR WALDYR EMRICH PORTILHO GESTORA: GERLIANESANTANA GOUVEIA CABRAL COORD. ÁREA: ARISTÓTELES MESQUITA DE LIMA NETTO PROFESSORA SUPERVISORA: ELIZANGELA F. RODRIGUES Exposição e relato de experiências

Leia mais

1º ANO A 06 07 2015 ATIVIDADE DE FÉRIAS

1º ANO A 06 07 2015 ATIVIDADE DE FÉRIAS 1º ANO A 06 07 2015 VAMOS RELEMBRAR ALGUMAS ATIVIDADES QUE APRENDEMOS DURANTE AS AULAS? LEIA E IDENTIFIQUE CADA SÍLABA DOS QUADROS ABAIXO, DEPOIS RECORTE E COLE UMA FIGURA QUE INICIE COM A SÍLABA E ESCREVA

Leia mais

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. Aula 6.2 Conteúdo Porque construir seu próprio brinquedo? Habilidades (Re)criar

Leia mais

IFA MIRIM PROJETO: LEIA PARA MIM!

IFA MIRIM PROJETO: LEIA PARA MIM! IFA MIRIM PROJETO: LEIA PARA MIM! Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história.

Leia mais

CAIXA MÁGICA. Sala 6 Língua Portuguesa EF I. E.E. Heidi Alves Lazzarini. Professora Apresentadora: Renata Lujan dos Santos Mufalo.

CAIXA MÁGICA. Sala 6 Língua Portuguesa EF I. E.E. Heidi Alves Lazzarini. Professora Apresentadora: Renata Lujan dos Santos Mufalo. CAIXA MÁGICA Sala 6 Língua Portuguesa EF I E.E. Heidi Alves Lazzarini Professora Apresentadora: Renata Lujan dos Santos Mufalo Realização: Justificativa Toda história, por mais simples que pareça, transmite

Leia mais

SUMÁRIO EU E MEUS COLEGAS... 8 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES... 18 A ESCOLA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS COLEGAS...

SUMÁRIO EU E MEUS COLEGAS... 8 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES... 18 A ESCOLA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS COLEGAS... SUMÁRIO 1 EU E MEUS COLEGAS... 8 FAZENDO AMIGOS... 8 BRINCAR É CONVIVER COM OS AMIGOS... 10 VAMOS CIRANDAR?... 12 O MAPA DA MINHA MÃO... 16 PARA LER... 17 2 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES...

Leia mais

AS TICs NA EDUCAÇÃO DO CAMPO

AS TICs NA EDUCAÇÃO DO CAMPO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E APOIO À EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS ESCOLA ESTADUAL VESPASIANO MARTINS

Leia mais

Centro Educacional Mundo do Saber. Turma: Jardim 1 A. Professora: Lucia Helena Schmoeller. Projeto: Turma dos Smurfs.

Centro Educacional Mundo do Saber. Turma: Jardim 1 A. Professora: Lucia Helena Schmoeller. Projeto: Turma dos Smurfs. Centro Educacional Mundo do Saber Turma: Jardim 1 A Professora: Lucia Helena Schmoeller Projeto: Turma dos Smurfs Justificativa Em uma vila em encantada moram duendes azuis que se chamam smurfs que completa

Leia mais

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS Até onde vai a força da Motivação? Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Uma proposta criativa motivadora na sala de aula pode deixar o professor bem impressionado

Leia mais

Despertar os sentidos!

Despertar os sentidos! Despertar os sentidos! Tudo o que conhecemos chega-nos, de uma forma ou de outra, através de sensações sobre as realidades que nos rodeiam. Esta consciência sensorial pode e deve ser estimulada! Quanto

Leia mais

Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos.

Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos. Música Objetivo da Aula Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos. Desde que se começou a estudar a história da humanidade, tem-se

Leia mais

CONCREGAÇÃO DAS IRMÃS MISSIONÁRIAS DA IMACULADA CONCEIÇÃO COLÉGIO SANTA CLARA PROJETO: SARAU DE POESIA

CONCREGAÇÃO DAS IRMÃS MISSIONÁRIAS DA IMACULADA CONCEIÇÃO COLÉGIO SANTA CLARA PROJETO: SARAU DE POESIA CONCREGAÇÃO DAS IRMÃS MISSIONÁRIAS DA IMACULADA CONCEIÇÃO COLÉGIO SANTA CLARA PROJETO: SARAU DE POESIA SANTARÉM-PARÁ 2010 I- IDENTIFICAÇÃO: COLÉGIO SANTA CLARA DIRETORA: Irmã Gizele Maria Pereira Marinho

Leia mais

PROJETO: SANTA MARIA EM FOCO

PROJETO: SANTA MARIA EM FOCO Vem, amigo, caminhemos nas veredas de Minas, nas trilhas do tempo. Teus olhos pousarão sobre uma paisagem e, aos poucos, descobrirás, nesta toda simplicidade, uma canção, um sorriso, palavras fraternas.

Leia mais

Suplemento do professor

Suplemento do professor Suplemento do professor Apresentação A coleção Convívio Social e Ética, destinada a alunos de 2 o a 5 o ano (1 a a 4 a séries) do Ensino Fundamental, trabalha valores, resgatando a ética e a moral na escola.

Leia mais

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1 . PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR Secretaria Municipal de Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E

Leia mais

POEMAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A LEITURA REALIZADA ATRAVÉS DE BRINCADEIRAS Elaine da Silva Reis UFPB elainereis1406@gmail.

POEMAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A LEITURA REALIZADA ATRAVÉS DE BRINCADEIRAS Elaine da Silva Reis UFPB elainereis1406@gmail. POEMAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A LEITURA REALIZADA ATRAVÉS DE BRINCADEIRAS Elaine da Silva Reis UFPB elainereis1406@gmail.com 1 INTRODUÇÃO Os estudos mais recentes que tomam a Educação Infantil como objeto

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Letrinhas Mágicas. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S) Ideias Lunáticas. 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio Ideias Lunáticas faz parte

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE CIENCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS DCHT CAMPUS XVI IRECÊ BA PESQUISA DE ESTÁGIO II EDUCAÇÃO INFANTIL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE CIENCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS DCHT CAMPUS XVI IRECÊ BA PESQUISA DE ESTÁGIO II EDUCAÇÃO INFANTIL UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE CIENCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS DCHT CAMPUS XVI IRECÊ BA PESQUISA DE ESTÁGIO II EDUCAÇÃO INFANTIL DOCENTES: FLÁVIA LORENA E JOELMA BISPO DISCENTES: ELANE

Leia mais

PLANEJAMENTO ( Música)

PLANEJAMENTO ( Música) Professor (a): Suzana Biegelmeyer PLANEJAMENTO ( Música) NOME DA MÚSICA: Turma do balão mágico Oralidade, musicalidade, apreciação e uso em situações significativas de gêneros literários do Competências

Leia mais

AULA 1 Os primeiros contatos da criança com a linguagem escrita. CURSO Alfabetização Linguística e Matemática na Educação Infantil

AULA 1 Os primeiros contatos da criança com a linguagem escrita. CURSO Alfabetização Linguística e Matemática na Educação Infantil AULA 1 Os primeiros contatos da criança com a linguagem escrita Meta Retomar alguns conceitos importantes relativos à alfabetização na educação. Infantil. Sugerir práticas que aproximem a criança do código

Leia mais

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª FRANCISCA AGUIAR PROF.ª SUZY PINTO

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª FRANCISCA AGUIAR PROF.ª SUZY PINTO 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª FRANCISCA AGUIAR PROF.ª SUZY PINTO CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As histórias do senhor urso. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S): Em busca das cores. 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) Episódio explora de maneira

Leia mais

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais.

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais. Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem: Reconhecer as características do gênero textual regra de jogo. Analisar e compreender um texto prescritivo..

Leia mais

Leya Leituras Projeto de Leitura

Leya Leituras Projeto de Leitura Leya Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: O ciclo do Mel Autoras: Cristina Quental e Mariana Magalhães Currículo das autoras: Cristina Quental é educadora infantil e alterna o trabalho na escola

Leia mais

Colégio Crescer de Jundiaí. Diário de Bordo 9 ano C 2 Semestre 2012

Colégio Crescer de Jundiaí. Diário de Bordo 9 ano C 2 Semestre 2012 Colégio Crescer de Jundiaí Nome: n Turma: Diário de Bordo 9 ano C 2 Semestre 2012 Instruções: - Este documento contém as atividades para nota mensal que o aluno deverá fazer ao longo do 2 semestre. - As

Leia mais

29/01/2016 SEXTA -FEIRA MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL

29/01/2016 SEXTA -FEIRA MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I TARDE MATERNAL I MANHÃ 29/01/2016 SEXTA -FEIRA MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica VOGAIS ATIVIDADE LÚDICA CORES PRIMÁRIAS:

Leia mais

O g É um Gato Enroscado

O g É um Gato Enroscado O g É um Gato Enroscado Editorial Caminho, 1.ª ed., 2003; 2.ª ed., 2007 Guião de trabalho para professores do Ensino Básico I. Breve introdução à leitura da obra O g É um Gato Enroscado (Caminho, 2003)

Leia mais

PLANO ANUAL - AEC DE ARTE DE COMUNICAR

PLANO ANUAL - AEC DE ARTE DE COMUNICAR 2012/13 Plano Anual de de Arte de Comunicar Ano Letivo 2012/2013 PLANO ANUAL - AEC DE Introdução: Com a Arte de Comunicar pretende dar-se a conhecer os mais importantes marcos da História da Comunicação,

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL Plano de Trabalho com Projetos 1. Identificação: Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professora:

Leia mais

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: A CASA DAS CRIANÇAS

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: A CASA DAS CRIANÇAS 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Leia o texto de Luciana Loureiro. A CASA DAS CRIANÇAS Essa casa era muito engraçada, porque de longe podia-se ouvir uma gargalhada muito gostosa que nunca parava

Leia mais

TÍTULO: A LEITURA COMO FERRAMENTA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA

TÍTULO: A LEITURA COMO FERRAMENTA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA TÍTULO: A LEITURA COMO FERRAMENTA NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE SÃO VICENTE AUTOR(ES): MARIA DE FATIMA

Leia mais

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PIBID/FSDB Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PROJETO DIDÁTICO: BRINCANDO COM FORMAS E CORES Turma: Berçário II, Maternal I e II, Jardim I e II Duração: 2 meses. Objetivo Compartilhado: Aprofundar

Leia mais

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES 1.º PERÍODO PLANIFICAÇÃO DA ATIVIDADE DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES. Reconhecimento da importância das artes plásticas;. Desenvolvimento progressivo das possibilidades

Leia mais

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem.

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem. Brasília, 24 de fevereiro de 2014. Senhores Pais e/ou Responsáveis, Neste documento, listamos os conteúdos e objetivos referentes às aprendizagens pretendidas para os alunos do Maternal II, durante o 1º

Leia mais

Mão na roda. Projetos temáticos

Mão na roda. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Educação infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos Educação Infantil Data: / / Nível: Escola: Nome: Mão na roda Justificativa A origem da invenção da

Leia mais

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR. Oficina Integrada de Produção Teatral. Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR. Oficina Integrada de Produção Teatral. Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013 FORMAÇÃO COMPLEMENTAR Oficina Integrada de Produção Teatral Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013 Profa. Ana Paula Montecino Coordenação Lucy Ramos A Recreação da Escola do Sitio

Leia mais

Nome, idade e turma de todos os alunos envolvidos: Agatha Paola Domingues Pinto - Idade: 4 anos. Amanda Sthefany Domingos Pinto - Idade: 4 anos

Nome, idade e turma de todos os alunos envolvidos: Agatha Paola Domingues Pinto - Idade: 4 anos. Amanda Sthefany Domingos Pinto - Idade: 4 anos A Tecnologia como mediadora na aprendizagem do Folclore Brasileiro. Escola Municipal de Educação Infantil Maria Helena Cavalheiro Gusmão Professora Ana Lucia Brizolara Ferreira Nome, idade e turma de todos

Leia mais

PROJETO SARAU DIGITAL

PROJETO SARAU DIGITAL PROJETO SARAU DIGITAL DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: Escola Estadual José Mamede de Aquino Endereço: Rua Heitor Vieira de Almeida, nº 287, Jardim Aeroporto, Campo Grande, MS CEP 79.106-053 Telefone: (67) 3314

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO

PLANEJAMENTO ANUAL DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO ANO: 7 ano

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Silvana Bento de Melo Couto. Público Alvo: 3ª Fase

Leia mais

Vendendo-se - Como lidar com dinheiro na família?

Vendendo-se - Como lidar com dinheiro na família? Vendendo-se - Como lidar com dinheiro na família? J U D I T H S O N J A G A R B E R S - P S I C Ó L O G A J Ö R G G A R B E R S M S. D E T E O L O G I A O dono da conta Meu dinheiro Meu trabalho Meu esforço

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato.

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA RELATO DE EXPERIÊNCIA: Sequência Didática Poesia: O Pato. Professoras: Maria Cristina Santos de Campos e Silvana Bento de Melo Couto. Escola: E. M. José

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL. PRÉ I Professoras Caroline e Ana Lucia Habilidades vivenciadas no 2º bimestre 2011

EDUCAÇÃO INFANTIL. PRÉ I Professoras Caroline e Ana Lucia Habilidades vivenciadas no 2º bimestre 2011 EDUCAÇÃO INFANTIL Prezados Pais e/ou Responsáveis, Estamos vivenciando o segundo bimestre letivo e o processo de aprendizagem representa pra nós, motivo de alegria e conquistas diárias. Confiram as habilidades

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA AS SÉRIES INICIAIS UTILIZANDO JOGO KTUBERLING

PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA AS SÉRIES INICIAIS UTILIZANDO JOGO KTUBERLING PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA AS SÉRIES INICIAIS UTILIZANDO JOGO KTUBERLING Marinez Siveris1 Elci dos Santos Tassi2 Carlos Renato Lima3 Nádia Bodignou4 1 2 3 4 Mestre em Educação. Graduada em Ciências, Hab.

Leia mais

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE SÃO JOÃO LITERÁRIO

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE SÃO JOÃO LITERÁRIO INSTITUTO Programa de Desenvolvimento BRASIL da Educação SOLIDÁRIO - PDE SÃO JOÃO LITERÁRIO É uma excelente oportunidade para se trabalhar com a produção literária, presente na cultura popular; Adivinhas,

Leia mais

O que é Coordenação Motora Fina?

O que é Coordenação Motora Fina? O que é Coordenação Motora Fina? Uso de músculos pequenos, como das mãos e dos pés. Ao desenhar, pintar, manusear pequenos objetos, a criança realiza movimentos mais precisos, delicados, e desenvolve habilidades

Leia mais

Oficina - Álgebra 1. Oficina de CNI EM / Álgebra 1 Material do Monitor. Setor de Educação de Jovens e Adultos. Caro monitor,

Oficina - Álgebra 1. Oficina de CNI EM / Álgebra 1 Material do Monitor. Setor de Educação de Jovens e Adultos. Caro monitor, Oficina - Álgebra 1 Caro monitor, As situações de aprendizagem apresentadas nessa atividade têm como objetivo desenvolver o raciocínio algébrico, e assim, proporcionar que o educando realize a representação

Leia mais

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega.

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Prezado Editor, Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Gostaria de compartilhar com os demais leitores desta revista, minha experiência como mãe, vivenciando

Leia mais

A LUDICIDADE NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM RELATO ACERCA DO ATENDIMENTO ÀS CRIANÇAS EM UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE PARINTINS-AMAZONAS

A LUDICIDADE NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM RELATO ACERCA DO ATENDIMENTO ÀS CRIANÇAS EM UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE PARINTINS-AMAZONAS A LUDICIDADE NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM RELATO ACERCA DO ATENDIMENTO ÀS CRIANÇAS EM UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE PARINTINS-AMAZONAS RESUMO: Glenda Gabriele Bezerra Beltrão; Wanessa da Silva Reis;

Leia mais

Unidade: A Poesia: uma outra maneira para gostar de ler. Unidade I:

Unidade: A Poesia: uma outra maneira para gostar de ler. Unidade I: Unidade: A Poesia: uma outra maneira para gostar de ler Unidade I: 0 Unidade: A Poesia: uma outra maneira para gostar de ler Olá Alunos, Na unidade anterior conhecemos e discutimos um pouco a respeito

Leia mais

GUIA DE CORREÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS

GUIA DE CORREÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS GUIA DE CORREÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS TESTE 2 SEGUNDO SEMESTRE 2010 Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Presidência do Instituto Nacional

Leia mais

ÁGORA, Porto Alegre, Ano 4, Dez.2013. ISSN 2175-37 EDUCAR-SE PARA O TRÂNSITO: UMA QUESTÃO DE RESPEITO À VIDA

ÁGORA, Porto Alegre, Ano 4, Dez.2013. ISSN 2175-37 EDUCAR-SE PARA O TRÂNSITO: UMA QUESTÃO DE RESPEITO À VIDA ÁGORA, Porto Alegre, Ano 4, Dez.2013. ISSN 2175-37 EDUCAR-SE PARA O TRÂNSITO: UMA QUESTÃO DE RESPEITO À VIDA Luciane de Oliveira Machado 1 INTRODUÇÃO Este artigo apresenta o projeto de educação para o

Leia mais

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA?

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? Projeto Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro tem como tema o meio ambiente em que mostra o homem e a destruição da natureza,

Leia mais

1. Responsabilidade. 2. Quem pode participar

1. Responsabilidade. 2. Quem pode participar Desafio O Desafio Mudanças Climáticas 2009, doravante denominado simplesmente Desafio, tem caráter exclusivamente educativo. De acordo com o disposto no artigo 3º, inciso II, da Lei nº. 5.768/71 e no art.

Leia mais

OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS

OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS APRENDER BRINCANDO INVESTIDAS DA PRÁTICA EDUCACIONAL EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES JUNTO AO PROGRAMA INTEGRAÇÃO AABB COMUNIDADE, UMA EXPERIÊNCIA COM CRIANÇAS E JOVENS DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE CONTEÚDOS CURRICULARES. Rosana Nascentes de Melo E. M. Prof. Leôncio do Carmo Chaves UDI - rosananascentes@terra.com.

ORGANIZAÇÃO DE CONTEÚDOS CURRICULARES. Rosana Nascentes de Melo E. M. Prof. Leôncio do Carmo Chaves UDI - rosananascentes@terra.com. ORGANIZAÇÃO DE CONTEÚDOS CURRICULARES Rosana Nascentes de Melo E. M. Prof. Leôncio do Carmo Chaves UDI - rosananascentes@terra.com.br Resumo A Educação Física, como disciplina escolar, deve estar inserida

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO EE. CMT. MAURÍCIO COUTINHO DUTRA

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO EE. CMT. MAURÍCIO COUTINHO DUTRA GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO EE. CMT. MAURÍCIO COUTINHO DUTRA Plano de Ação PROGETEC(Professor Gerenciador de Tecnologias Educacionais e Recursos Midiáticos)/

Leia mais

Jeana Maria de Moura Telles

Jeana Maria de Moura Telles Jeana Maria de Moura Telles Brincar, compartilhar e aprender: A ludicidade como elemento norteador de uma aula mais proveitosa, atrativa e eficaz Araguaína TO 2013 Jeana Maria de Moura Telles Brincar,

Leia mais

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.-

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.- Jogo ProvocAção Aprender brincando! Este foi o objetivo do desenvolvimento desse jogo. É um importante instrumento de aprendizagem, possuiu múltiplos usos e garante muita diversão e conhecimento para crianças,

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES REDAÇÃO

CADERNO DE ATIVIDADES REDAÇÃO COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES REDAÇÃO Aluno (a): 4º ano: Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Este trabalho deverá ser entregue IMPRETERIVELMENTE no dia da prova. Conteúdo de Recuperação

Leia mais

OS JOGOS PEDAGÓGICOS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO

OS JOGOS PEDAGÓGICOS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO OS JOGOS PEDAGÓGICOS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO Resumo FIALHO, Neusa Nogueira FACINTER neusa_nf@yahoo.com.br Área Temática: Educação: Teorias, Metodologias e Práticas. Não contou com financiamento A falta

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina

Universidade Estadual de Londrina Universidade Estadual de Londrina Josiane de Freitas Santos Relatório de Estágio em Educação Infantil Londrina 2010 1 Josiane de Freitas Santos Relatório de Estágio em Educação Infantil Relatório final

Leia mais

ritmo; atividades. linguagem verbal e não verbal); filmes, etc); acordo com o interlocutor; respeitar opiniões alheias. textos;

ritmo; atividades. linguagem verbal e não verbal); filmes, etc); acordo com o interlocutor; respeitar opiniões alheias. textos; PLANO DE AULA 1º BIMESTRE LÍNGUA PORTUGUESA 6 º ANO CONTEÚDO ESTRUTURANTE: O DISCURSO COMO PRÁTICA SOCIALMENTE Professora: Rosangela Manzoni Siqueira CONTEÚDOS BÁSICOS: RETOMADA DOS GÊNEROS TRABALHADOS

Leia mais

CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. - Lêr com ritmo, fluência e entonação os gêneros estudados em sala apreendendo suas principais ideias;

CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. - Lêr com ritmo, fluência e entonação os gêneros estudados em sala apreendendo suas principais ideias; PLANO DE LÍNGUA PORTUGUESA ELABORAÇÃO: JOSIANE DE LIMA GÊNERO: Receita PERÍDO APROXIMADAMENTE: 5º Ano CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - Ritmo, fluência e entonação na leitura; - Apreensão das

Leia mais

CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO. ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues. TUTORA: Tânia Vigorito

CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO. ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues. TUTORA: Tânia Vigorito CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues TUTORA: Tânia Vigorito 2007 Objetivos: Debater assuntos do interesse dos alunos. Incentivar a produção textual. Estimular o trabalho em grupo.

Leia mais

INDICAÇÕES 2014-1º ANO AxBxC

INDICAÇÕES 2014-1º ANO AxBxC INDICAÇÕES 2014-1º ANO AxBxC 1º Ano A Ens. Fundamental 1º Ano B Ens. Fundamental voltará 178, 179 e 182 da Gramática / EDUC. FÍSICA: RECREAÇÃO: Brincadeiras com bolas no campinho / HISTÓRIA E GEOGRAFIA:Estudo

Leia mais

Escala de classificação. - Produção de textos - Nome do aluno(a) Comentário: Dificuldade. Comentário: Dificuldade. Comentário:

Escala de classificação. - Produção de textos - Nome do aluno(a) Comentário: Dificuldade. Comentário: Dificuldade. Comentário: Escala de classificação - Produção de textos - Nome do aluno(a) Ano Turma Data / / 1. Escreve de um modo legível? Dificuldade Comentário: 2. Organiza o texto com lógica? Dificuldade Comentário: 3. Faz

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

PROJETO DE LEITURA CESTA LITERÁRIA

PROJETO DE LEITURA CESTA LITERÁRIA Escola de Ensino Médio João Barbosa Lima PROJETO DE LEITURA CESTA LITERÁRIA DESPERTANDO O GOSTO PELA LEITURA E A ARTE DE ESCREVER Projeto na Sala de PCA da Área de Linguagens e Códigos PROEMI -Programa

Leia mais

LEITORES DO RIZZINI-PROJETO: VAMOS BRINCAR DE POESIA? LEITORES DO RIZZINI PRIMEIRA EDIÇÃO SÃO PAULO 2014

LEITORES DO RIZZINI-PROJETO: VAMOS BRINCAR DE POESIA? LEITORES DO RIZZINI PRIMEIRA EDIÇÃO SÃO PAULO 2014 LEITORES DO RIZZINI-PROJETO: VAMOS BRINCAR DE POESIA? LEITORES DO RIZZINI PRIMEIRA EDIÇÃO SÃO PAULO 2014 ~ 1 ~ SÍNTESE O PROJETO VAMOS BRINCAR DE POESIA, VIU A NECESSIDADE DE RESGATAR O VALOR DA LEITURA

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Letrinhas Mágicas 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S) Brincadeira na Neve 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio Brincadeira na Neve faz

Leia mais

O LÚDICO: SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL

O LÚDICO: SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL O LÚDICO: SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental : Anos iniciais e anos finais Maria Christina Schettert Moraes UNICRUZ

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO Curso: Pedagogia - vespertino Disciplina: EDM0323 - Metodologia do ensino de português: a alfabetização. Docente: Prof.ª Nilce da Silva Aluna (nºusp): Flávia

Leia mais

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA!

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! Mirian corrêa kobb fernando A criança na educação infantil encontra-se na fase do jogo simbólico e faz largo uso de seus sentidos para enriquecer suas experiências.

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 7 12 Anos ESTAS IMAGENS SÃO UM RODOPIO!///////////////////// 3 CINEMA EM CASA!//////////////////////////////////////////////////// 4 QUE FEITIÇO É ESTE?/////////////////////////////////////////////////

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA E SILVA A CRIANÇA DE NOSSA ESCOLA TEM DIREITO DE SER CRIANÇA

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA E SILVA A CRIANÇA DE NOSSA ESCOLA TEM DIREITO DE SER CRIANÇA ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA E SILVA A CRIANÇA DE NOSSA ESCOLA TEM DIREITO DE SER CRIANÇA NOVA ANDRADINA MS OUTUBRO 2009 ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA E SILVA A CRIANÇA DE NOSSA

Leia mais

EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR

EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR Dois círculos, um interno, outro externo. Os integrantes do círculo interno ficarão com os olhos fechados, os do círculo externo irão "modelar" o corpo dos colegas,

Leia mais