DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO"

Transcrição

1 INSTITUTO DE ESTUDOS SUPERIORES DA AMAZÔNIA IESAM Av. Gov. José Malcher, 1148 Belém, PA CEP CNPJ nº / Fone/Fax: (91) / (91) DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES Turmas 2013-A e 2013-B 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento: 1.1. Nome do Curso: Especialização em Engenharia de Redes de Telecomunicações Área de conhecimento: Engenharia Elétrica Forma de oferta: Presencial. 2. Justificativa: Hoje é possível observar que uma quantidade expressiva de alunos formados em outras áreas, como por exemplo, em Engenharia da Computação, estão atuando na área de Engenharia de Telecomunicações, mas estes profissionais possuem lacunas na sua formação. Um curso de Especialização em Engenharia de Telecomunicações irá fornecer os fundamentos necessários ao preenchimento dessas deficiências, dando competências e habilidades a esses profissionais de tal forma que os mesmos poderão estender suas atribuições iniciais junto ao CREA-PA, através da resolução Seção II Da Extensão da Atribuição Inicial. 3. Histórico da Instituição: 3.1. Experiência no ensino de pós-graduação lato sensu: No ano 2002 foi criada a Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação na Instituição. Em 2005 é criada a Diretoria de Pesquisa, Pós- Graduação e Extensão, dando assim maior suporte a esse tipo de atividade e subordinando a ela a Coordenação de Pesquisa e Pós- Graduação. Vários cursos foram lançados sem obter sucesso efetivo na implantação dos programas lato sensu da Diretoria; assim em 2007 um novo ciclo da Pós-Graduação é iniciado com lançamento de novos cursos, nova estrutura física para o setor e re-definição das estratégias de marketing e rotinas administrativo-acadêmicas. Em 2009 é criado o curso de Especialização em Engenharia de Redes de Telecomunicações Missão do IESAM: PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 1/28

2 Formar profissionais capazes de integrar conteúdos das ciências naturais, tecnológicas, sociais e humanas para atender às necessidades de gerenciamento sustentável dos recursos naturais, principalmente na Amazônia Visão do IESAM: O desenvolvimento econômico e social da Amazônia envolve, em suas vertentes mais expressivas a gestão dos recursos naturais renováveis e não renováveis dos meios físicos e bióticos; e a utilização das modernas tecnologias, nas mais diversas frentes empresariais e industriais Objetivos do IESAM: O IESAM tem o compromisso de formar profissionais capazes de integrar conteúdos das ciências naturais, tecnológicas, sociais e humanas para atender às necessidades de gerenciamento sustentável dos recursos naturais, principalmente da Amazônia. Para isso, implementa projetos pedagógicos em consonância com as diretrizes curriculares e padrões de qualidade estabelecidos pelo MEC, tendo estruturas curriculares orientadas para as peculiaridades das vocações regionais e para as exigências técnicas e diversificações do mercado de trabalho. Esses projetos contemplam ensino e pesquisa, em níveis de graduação e pós-graduação, buscando a difusão e produção do saber, norteados pelos seguintes princípios básicos: 1. Valorizar a competência acadêmica nas áreas ambiental, tecnológica e de engenharias; 2. Interagir com os diversos setores da sociedade para a construção do desenvolvimento regional; 3. Resgatar, preservar e difundir a cultura regional; 4. Difundir o conhecimento regionalmente desenvolvido; 5. Responder com eficiência e eficácia às demandas da sociedade. O IESAM tem como objetivos: 1. Formar profissionais, em níveis de graduação e pós-graduação, voltados para o gerenciamento de recursos naturais e utilização da moderna tecnologia; 2. Gerar, difundir e consolidar o conhecimento multidisciplinar, fundamentado nas questões ambientais; 3. Disponibilizar serviços especializados à sociedade; 4. Promover parcerias e convênios para otimizar a implementação de suas atividades; 5. Incentivar a capacitação continuada, especialmente para a comunidade docente. PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 2/28

3 Para cumprir esses objetivos, o IESAM adotou o procedimento da horizontalização, que implica cruzar conhecimentos de diferentes áreas do saber em busca da visão holística para promover soluções multidisplinares, mas sem deixar de valorizar os aspectos fundamentais da verticalização. Sob esse foco foram concebidos os programas acadêmicos do IESAM. O IESAM vem se especializando e atuando nos campos da Gestão de Recursos Naturais e da Tecnologia. A ênfase e o direcionamento interdisciplinar são feitos mediante oferta de cursos de graduação, de pós-graduação, seqüenciais e de educação continuada, atividades de pesquisa e de extensão, assim como prestação de serviços especializados. As atividades acadêmicas foram iniciadas em setembro de 2000 e vêm sendo ampliadas gradativamente, através da oferta de cursos em nível de graduação, autorizados pelo MEC. 4. Objetivos do Curso Objetivo Geral: Qualificar profissionais para prover os meios e recursos para a comunicação à distância. Isto é, profissionais capazes de entender, por completo, um Sistema de Redes de Telecomunicações, desde a geração do sinal, seu armazenamento e processamento, até a recepção Objetivos Específicos: Formar Engenheiros de Redes de Telecomunicações capazes de: Suprir o mercado de trabalho com profissionais capacitados para vencer os desafios atuais e os que certamente surgirão. Qualificar profissionais para atuar no planejamento, na gerência, no projeto, na implantação, na operação e na manutenção de sistemas e/ou equipamentos de telecomunicações. Formação básica sólida que possibilite, ao egresso, adaptação às novas tendências de mercado. Conhecimento sólido do estado da arte das tecnologias relacionadas às telecomunicações. Capacidade para trabalhar em equipe, de forma multidisciplinar, traduzindo e compartilhando conhecimentos. Capacidade para avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental. Capacidade para avaliar a viabilidade técnica e econômica de projetos de Engenharia de Redes de Telecomunicações. PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 3/28

4 Conhecimentos sólidos referentes ao planejamento, à implantação, e à especificação de hardware necessário para a transferência dos mais diversos tipos de informação através de redes de computadores. Capacitado a realizar atividades de pesquisa visando o desenvolvimento tecnológico-científico da área de telecomunicações. Conhecimentos básicos para analisar, projetar, implantar, supervisionar, coordenar e gerenciar equipes e sistemas de comunicações: Capacidade para realizar manutenção nos sistemas já existentes e desenvolvimento de novos projetos. Prestação de consultoria em empresas de Telecomunicações. O Egresso do Curso de Engenharia de Redes de Telecomunicações terá base adequada de programação, análise e processamento de Sinais de Áudio e Vídeo; Estudo, Planejamento, Projeto, Execução e Análise de: - Redes de Cabeamento Estruturado; - Antenas Coletivas (CATV) e Monitoramento (CFTV); - Sistemas de Comunicação Multimídia (SCM); - Sistemas de Rádio-Difusão; - Comunicação por Fibras Ópticas; - Sistemas Rádio; - Redes de Comunicação (LAN, MAN, WAN); - Telefonia Móvel e Fixa; - TV Digital - Satélites 5. Público Alvo: O presente curso tem como objetivo especializar, na área de Engenharia de Telecomunicações, profissionais graduados nas seguintes áreas: Engenharia Elétrica (ênfase em potência e eletrônica); de engenharia da Computação; Engenharia de Controle e Automação, etc. Dessa forma, estes profissionais poderão atuar e/ou regularizar-se na área de Telecomunicações junto ao CREA-PA. Concepção do Programa: A área de telecomunicações encontra-se, hoje, em um momento único. Essa particularidade não se expressa apenas pela intensa renovação tecnológica, afinal, a tecnologia das telecomunicações vem-se renovando, permanentemente, desde o início da digitalização, nos anos 60. O que singulariza o novo milênio é a simultaneidade entre a inovação tecnológica e as mudanças mercadológicas desencadeadas pela desregulamentação, e a intensa sinergia que se estabelece entre esses fenômenos, tornandoos, de certa forma, inseparáveis. Nada sintetiza melhor este momento do que a confluência, já bastante visível em nossos dias, das indústrias de telecomunicações, do PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 4/28

5 entretenimento (rádio e tele-difusão) e da informática. Em consonância com a convergência tecnológica incluem-se, sob esta descrição, todas as formas de comunicações à distância, inclusive telefonia, televisão e transmissão de dados. Até agora, essas áreas estiveram relativamente separadas, dando ensejo ao surgimento de culturas tecnológicas próprias. Como conseqüência da Convergência Tecnológica e, do ponto de vista do Engenheiro de Redes de Telecomunicações e da Convergência Digital, tem-se a montagem de uma potente infra-estrutura de comunicações, capaz de transportar, processar e armazenar grandes quantidades de informação em e sobre uma rede mundial. A construção dessa infra-estrutura de comunicações é uma tarefa de engenharia, para a qual os Engenheiros de Redes de Telecomunicações são convocados a dar suporte a serviços inovadores. Além disso, a desregulamentação das telecomunicações abriu o espaço necessário para que os novos serviços sejam testados pelo mercado. Assim, uma nova geração de profissionais precisa ser formada, a fim de conceber e implantar as inovações em um mercado competitivo e aberto. A proposta curricular do curso visa desenvolver, através de disciplinaschave, o senso crítico dos estudantes e o espírito da pesquisa. A formação de Especialistas Engenheiros preparados para a pesquisa científica é fundamental para atender as incessantes demandas da área. Nesse cenário, o Engenheiro de Redes de Telecomunicações deve possuir conhecimentos específicos para atender os novos serviços que estão surgindo e que surgirão, em decorrência da convergência tecnológica. 6. Coordenação: 6.1. Nome do Coordenador: André Luís Silva Santana 6.2. Titulação: Arquiteto e Urbanista; Engenheiro de Telecomunicações; Especialista em Paisagismo Tropical Urbano; Mestre em Engenharia Mecânica na área de Vibrações e Acústica Experiência acadêmica e profissional: Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Pará, Pós graduado em Paisagismo Tropical Urbano pela Universidade da Amazônia em 2009, Graduação em Engenharia de Telecomunicações pelo Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (2005) e em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade da Amazônia (1998). Atualmente é professor de graduação e Coordenador do curso de pós graduação em Engenharia de Redes de telecomunicações do Instituto de Estudos Superiores da Amazônia. Atua no mercado há dez anos como projetista de edificações e tem experiência de com projetos de redes de telecomunicações e projetos acústicos. 7. Carga Horária: 427 horas. PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 5/28

6 8. Período e Periodicidade: 8.1. Período de duração do curso: dezoito (18) meses 8.2. Semanal: sábados das 08h00min às 12h30min e 14h00min às 18h00min. 9. Conteúdo Programático: Bibliografia NIVELAMENTO 5 horas/aula Apresentar ao aluno a forma de funcionamento da Instituição e o contexto do curso dentro dela. Apresentação do IESAM, estrutura física, Normas internas, Normalização de Trabalhos Acadêmicos. Uso das ferramentas de pesquisa disponíveis no SIBIESAM. Plataformas Moodle e Geol. SIBIESAM. Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos do IESAM. Belém: CONSULTORIA E EMPREENDEDORISMO 10 horas/aula Introduzir ao participante no conhecimento do processo de desenvolvimento pessoal e empresarial da consultoria. Estratégias de desenvolvimento pessoal do consultor. Estratégias de identificação de mercados para a consultoria. Aspectos operacionais da consultoria. Aspectos técnicos e econômicos da consultoria. Aspectos legais e éticos da consultoria. Planejamento estratégico do negócio de consultoria. A prática da consultoria. BIBLIOGRAFIA BLOCK, Peter. Consultoria: o desafio da liberdade. 2.ed. Sao Paulo: Makron Books, DORNELAS, Jose Carlos Assis. Empreendedorismo: transformando ideias em negocios. 2.ed. Rio de Janeiro, RJ: Campus, FENTON, John. 101 maneiras para aperfeicoar seu desempenho profissional. Sao Paulo: Nobel, DIDÁTICA PARA O ENSINO SUPERIOR E TREINAMENTOS ESPECIALIZADOS 10 horas/aula Abordar os fundamentos do processo didáticopedagógico e técnicas de ensino-aprendizagem no ensino superior. Principais elementos do processo didático-pedagógico: planejamento, objetivos, metodologia e avaliação. Técnicas de ensino-aprendizagem. PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 6/28

7 BIBLIOGRAFIA ZABALA, Antoni.. A pratica educativa: como ensinar. Porto Alegre: ArtMed, MASETTO, Marcos Tarciso.. Didatica: a aula como centro. Sao Paulo: FTD, SANT''ANNA, Ilza Martins; MENEGOLLA, Maximiliano. MENEGOLLA, Maximiliano. Didatica: aprender a ensinar: tecnicas e reflexoes pedagogicas para formacao de professores. 7.ed. Sao Paulo, SP: Loylola, MIRANDA, Simao de.. Professor, nao deixe a peteca cair!: 63 ideias para aulas criativas. 2.ed. Sao Paulo, SP: Papirus, BIBLIOGRAFIA GERENCIAMENTO DE PROJETOS 10 horas/aula Introduzir ao aluno nos fundamentos em gerenciamento de projetos. Introdução ao Conceito de Projeto. Fundamentos em Gerenciamento de Projetos. Iniciação de um Projeto. Planejamento de Projeto. MARTINS, Jose Carlos Cordeiro. Gerenciando projetos de desenvolvimento de software com PMI, RUP e UML. 4.ed. Sao Paulo, SP: Brasport, FERNANDES, Jorge Monteiro.. Gestao da tecnologia como parte da estrategia competitiva das empresas. Brasilia: IPDE, BIBLIOGRAFIA GERENCIAMENTO DA QUALIDADE 10 horas/aula à distância, via Moodle Introduzir ao aluno nos fundamentos em gerenciamento da qualidade. Conceitos Básicos de Qualidade e Gestão da Qualidade. Ciclo PDCA. As ferramentas da qualidade. Indicadores como indutores da melhoria contínua. Sistemas de Gestão da Qualidade. Custos da Qualidade. Cases e Exercícios práticos. BALLESTERO-ALVAREZ, Maria Esmeralda, coord. Administração da qualidade e da produtividade: abordagens do processo administrativo. São Paulo: Atlas, PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da qualidade: teoria e pratica. São Paulo, SP: Atlas, TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 7/28

8 62 horas/aula Elaborar e avaliar o Trabalho de Conclusão de Curso (obrigatório por Lei Res. 01/2007 CNE) DIA 1: O que é Pesquisa Aplicada. Linhas de Trabalho do Curso em questão. Projetos x Mercado, quais as áreas escolhidas para o Trabalho de Conclusão de Curso na Turma. Revisão de Duplas e Trios e Individuais (cursos com CREA, somente poderá ser em dupla). Revisão da escolha do Tema de Pesquisa dentro dos lineamentos formulados. Como formular um Problema de Pesquisa numa pesquisa aplicada. Como formular um Objetivo Geral de Pesquisa para o projeto específico escolhido. Como formular os Objetivos Específicos de Pesquisa. Como fazer uma revisão de Autores e outras Fontes de Pesquisa para dar suporte conceitual ao projeto. Como formular a Metodologia a ser utilizada no projeto, com escolha das apreendidas ao longo do curso e de acordo com as diretrizes indicadas para o projeto. Como apresentar a Idéia- Projeto. DIA 2: Orientação geral sobre as Técnicas e Métodos de Pesquisa apresentados e as disponíveis e compatíveis próprias do Curso. Orientação geral sobre: o Universo de Pesquisa, Caracterização do Objeto de Pesquisa, Coleta de Dados e Fontes de Pesquisa. Como apresentar o Pré-Projeto. Correção da Idéia-Projeto dos TCC. DIA 3: Elementos do TCC (pré-textuais, textuais e póstextuais). Normativa ABNT e Normativa IESAM (Guia Passo a Passo para Elaboração do TCC). Como fazer uma Introdução e um Resumo. Como finalizar o projeto de pesquisa aplicada para apresentação como Projeto de TCC. Correção dos Pré-Projetos dos TCC. BIBLIOGRAFIA DIA 4: Correção dos Projetos de TCC. CONDURU, Marise Teles; PEREIRA, Jose Almir Rodrigues. ; PEREIRA, Jose Almir Rodrigues. Elaboração de trabalhos acadêmicos: normas, critérios e procedimentos. Belém, PA: UFPA/NUMA; EDUFPA, LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. ; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia cientifica. 5.ed. Sao Paulo: Atlas, HUBNER, Maria Martha. Guia para elaboração de monografias e projetos de dissertação de mestrado e doutorado. São Paulo: Pioneira Thompson Learning, BASTOS, Lilia da Rocha; PAIXAO, Lyra; FERNANDES, PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 8/28

9 Lucia Monteiro; DELUIZ, Neise. ; PAIXAO, Lyra; FERNANDES, Lucia Monteiro; DELUIZ, Neise. Manual para a elaboração de projetos e relatórios de pesquisa, teses, dissertações e monografias. 6.ed. Rio de Janeiro, RJ: LTC, MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, analise e interpretação de dados. 5.ed. São Paulo: Atlas, ELETROMAGNETISMO O objetivo da disciplina é o de oferecer embasamento físico sobre eletromagnetismo para o curso de Engenharia de Redes de Telecomunicações. Espectro eletromagnético; Faixas de frequências e os principais serviços oferecidos nestas faixas; Movimento ondulatório; Fenômenos associados a propagação de ondas eletromagnéticas; Caracterização dos meios de propagação de ondas eletromagnéticas; Análise de propagação de ondas em diversos meios através do Método FDTD1D (Laboratório); Tópicos especiais em eletromagnetismo (Interferência eletromagnética; Compatibilidade Eletromagnética; Resolução Nª 506, de 1º de Julho de 2008; Propagação Ionosférica; Efeitos Biológicos provocados por ondas eletromagnéticas) BIBLIOGRAFIA Halliday, D. E Resnick, R. Física Vol. 3. LTC, Sadiku, M. N. º Elementos de Eletromagnetismo. 3 ed. Porto Alegre: Bookman, Kraus, J. D., Fleisch, D. ª Eletromagnetics with Aplications. 5 ed. [S.1]: WCB/McGrawHill, 1998 TEORIA DA INFORMAÇÃO Preparar os alunos para a compreensão dos conceitos gerais da Teoria da Informação que servem como fundamentos para transmissão e compressão de dados. Elementos de Teoria da Informação, Compressão de dados, Capacidade do Canal, Canal Gaussiano, Teoria da Informação em Redes. BIBLIOGRAFIA Haykin, Simon, Sistemas de Comunicação, 4 Edição, John Wilwy & Sons, 2004 Notas de Aula do Professor Thomas M. Cover, Elements of Information Theory, PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 9/28

10 Second Edition, 2006 Apostila: Apostila: INFRAESTRUTURA PARA SISTEMAS DE COMUNICAÇÕES O objetivo da disciplina é o de oferecer embasamento ao aluno de tudo que diz respeito ao conceito de infraestrutura para estações de telecomunicações fixa, celular, CPD s, etc...para o curso de Engenharia de Redes de Telecomunicações. Visão de um sistema Elétrico, Distribuição de Alta e Baixa Tensão; Quadros de Energia CA para Estações de Telecomunicações; Sistemas CC ( Sistemas de Retificadores e Bancos De Baterias Ventiladas e Reguladas a Válvula ); Inversores; NO Breaks; QDF s ( Quadro de Distribuição de Filas ), Fontes de emergência ( grupos Geradores ), Aterramento Elétrico; Aspectos de projeto, medição e manutenção; Sistemas de Detecção e Combate a incêndio; Estações Indoor, Outdoor, etc.. NBR 5419 ( proteção de estruturas contra descargas atmosféricas ); Aspectos da NBR 5410 ( inst. Elétricas pára Baixa tensão), Fontes Alternativas de energia ( Energia Fotovoltaica, Energia Solar ). BIBLIOGRAFIA Pinheiro, José Maurício, Infra-estrutura para Rede de Computadores. Editora Ciência Moderna Ltda, Figueira,Antônio, Sistemas No-Breaks Estáticos. Antenna Edições Técnicas, Telló, Marcos, Aterramento elétrico Impulsivo, em Baixa e Alta frequências. EdiPUCRS, 2007 Sanches, Durval, Interferência Eletromagnética, Interciência 2003 Moreira Leite, Duílio, Proteção Contra Descargas Atmosféricas, 2004 LINHAS DE TRANSMISSÃO E SISTEMAS IRRADIANTES Preparar o aluno para fazer projetos na área de planejamento de sistemas rádio, onde é necessário se ter conhecimento dos alimentadores (Linhas de Transmissão), e dos irradiadores (antenas). Introdução; Tipos de Linhas de Transmissão; Modelos de Linhas de dois Condutores; Parâmetros de uma Linha de dois Condutores; Impedância ao Longo da Linha; Ondas Estacionárias; Equações Aproximadas PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 10/28

11 BIBLIOGRAFIA para vários tipos de Linhas; Linhas sem Distorção; Transientes nas Linhas de Transmissão; Introdução aos Sistemas irradiantes, Principais tipos de Antenas; Parâmetros Fundamentais das Antenas; Datasheets dos principais Tipos de Antenas. KRAUS, J. D.; FLEISCH, D. A. Electromagnetics with applications. 5.ed. [S.l.]: WCB/McGrawHill, BALANIS, C. A. Antenna theory: analysis and design. 2.ed. New York: John Wiley & Sons, MIYOSHI, E. M E e SANCHES, C. A.,Projeto de Sistemas Rádio, 2º Edição, Editora Érica., SADIKU, M. N. O. Elementos de eletromagnetismo. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, SAUNDERS, S. D. Antennas and propagation for wirelless communication systems. New Jersey: John Wiley & Son, ARQUITETURA TCP/IP Ao final desta disciplina, o aluno será capaz de projetar redes de computadores e analisar os protocolos envolvidos na comunicação entre máquinas. Introdução às Redes de Computadores. Modelo TCP/IP. Protocolos da Sub-Camada MAC (Ethernet), Protocolos da Camada de Rede (IP, ICMP, ARP, DHCP). Fundamentos de Endereçamento IP. Protocolos da Camada de Transporte (UDP e TCP). Protocolos da Camada de Aplicação (HTTP, FTP, SMTP, POP3, DNS, SNMP, Telnet). BIBLIOGRAFIA Tanenbaum, Andrew Redes de Computadores 4. ed Ed. Campus Kurose, James e Ross, Keith Redes de Computadores e a Internet 5 ed. - Ed. Pearson CABEAMENTO ESTRUTURADO METÁLICO E ÓPTICO Introduzir e/ou direcionar profissionais de áreas afins com competência técnica para oferecer soluções e atuar em instalações de Sistemas de Cabeamento Estruturado. Conceitos e Retrospectiva Histórica, Cabeamento Estruturado: Técnicas e Subsistemas, Parâmetros de Desempenho do Cabeamento Metálico e Testes de Campo, Parâmetros de Desempenho do Cabeamento Óptico e Testes de Campo, Práticas de Instalação. BIBLIOGRAFIA Marin, Paulo Sérgio; Cabeamento Estruturado - Desvendando cada passo: do projeto à instalação; 3ª Edição; Érica, São Paulo, PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 11/28

12 NBR 14565/00: Procedimento básico para elaboração de projetos de cabeamento de telecomunicações para rede interna estruturada. CONVERGÊNCIA DE REDES Sedimentar conceitos e estratégias para transmissão de Voz sobre Ip,Frame Relay e ATM.Estudo de caso. Conceitos, Requisitos para implementação de Redes Convergentes, Tecnologias envolvidas: Frame Relay, ATM, TCP-IP, VoIP, QoS, Projeto de Implementação de Uma Rede Convergente. BIBLIOGRAFIA Redes Convergentes, Editora: Alta Books, Lilian C. Soares, Victor A.Freire. Redes de Computadores, Andrew S. Tanembaum Tutoriais Teleco. Redes de Alta Velocidade - SMDS - Vicente Soares Neto Redes de Alta Velocidade - SDH - Vicente Soares Neto Desenvolvendo o TCP-Ip. Ed. Campus- Matthew Flint Arnet Suporte para serviços Faixa Larga - Rede de Sinalização Canal Comun Nº 7- José Claricio Souza Fixação de Conceitos RDSI - CBTT-13 - TELEBRAS SEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE REDES DE COMUNICAÇÕES Compreender os principais conceitos e técnicas de segurança da informação. Norma BS7799, Proxy, Firewall, Sistema de detecção de intrusão à rede e ao Host; Segurança em Redes sem fio. BIBLIOGRAFIA Tanenbaum, Andrew Redes de Computadores 4. ed Ed. Campus BIBLIOGRAFIA REDES LOCAIS E DE LONGA DISTÂNCIA Ao final desta disciplina, o aluno será capaz de montar Redes Locais (LAN s), Redes sem Fio (WLAN s) e Redes de Longa Distância (WAN s). Redes Locais, Redes Locais sem Fio e Redes de Longa Distância. Aprenda Windows XP em 21 dias - Mueller - Pearson Kit do Iniciante em redes sem fio - Adam Engst e Glenn Fleishman 2ed - Pearson Linux: o guia essencial - 5ed - Siever et al - O Reilly Manual Completo do Linux - 2ed - Nemeth et al PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 12/28

13 Pearson Redes de Computadores e a Internet - 5ed - Kurose/Ross - Pearson BIBLIOGRAFIA PROJETO ASSISTIDO POR COMPUTADOR (CAD) Dar ao aluno o domínio das técnicas de representação e leitura de projetos de arquitetura, instalações e Layout, de uso corrente nas áreas de Telecomunicações, de acordo com as normas técnicas vigentes, utilizando os recursos do desenho e ferramentas CAD. Desenho Técnico geral: projeções ortogonais e planta baixa. Exercícios de aplicação: projetos de cabeamento. Cotagem. Desenho assistido por computador CAD. Normas. CUNHA, Luis Veiga da. Desenho tecnico. 12.ed. Lisboa: Fundacao Calouste Gulbenkain, MORAIS, Jose Manuel de Simoes.. Desenho tecnico basico: normas de desenho, multivistas, leitura-perspectiva, cotagem e toleranciamento, desenho de conjuntos. 22.ed. Porto: Porto, COHN, David S.. Autocad 12: guia completo. Sao Paulo, SP: Berkeley, MATSUMOTO, Elia Yathie.. AutoCAD 2000: fundamentos 2D e 3D. 5.ed. Sao Paulo: Erica, LIMA, Claudia Campos.. AutoCAD Sao Paulo: Erica, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS- ABNT. NBR 14565/ Procedimento básico para elaboração de projetos de cabeamento de telecomunicações para rede interna estruturada: procedimento. Rio de Janeiro, GEOPROCESSAMENTO Apresentar e disseminar o conhecimento sobre o uso do Geoprocessamento para aplicação multidisciplinar, proporcionando um panorama geral das geotecnologias existentes. Discutir os fundamentos teóricos, as representações computacionais do espaço geográfico e áreas de aplicação que incluem as temáticas: ambientais, sócio-econômicas, gestão territorial e urbana, cartografia, geologia e geomorfologia e saúde O uso do geoprocessamento em telecomunicações, conceitos e principais técnicas utilizadas; As geotecnologias (Cartografia Digital, GPS, Sensoriamento Remoto) na montagem de base de dados e elaboração PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 13/28

14 BIBLIOGRAFIA de projetos voltados para Telecomunicações; Principais softwares de Geoprocessamento. Silva, A. B Sistemas de Informações Geo- Referenciadas. Ed. Unicamp. 240 p. Bernhardsen, T Geographic information Systems. John Wiley & Sons Inc. 372 p. Kort, G. B The GIS Book. Onword Press. 311 p. PROJETO DE REDES DE DADOS Dar ao aluno o conhecimento sobre hardware e software que compõem um sistema de transmissão e armazenamento de dados. O histórico, finalidades, formas de transmissão, conceitos básicos de telecomunicações, protocolos, meios de transmissão, topologias, equipamentos, conceitos de segurança em redes, arquitetura de redes, tecnologias de redes e certificação. BIBLIOGRAFIA CARGA HORÁRIA OBJETIVO DA CABEAMENTO ESTRUTURADO - Desvendando cada passo: do projeto à instalação. Instalações elétricas industriais MAMEDE FILHO, João - 3ª ed. Rio de Janeiro: Ed. LTC, ano 1900 Instalações elétricas CREDER, Hélio - 14ª ed. Rio de Janeiro: Ed. LTC, ano 2004 Instalações elétricas COTRIM, Ademaro A. M. B. 4ª ed. S. Paulo: Ed. Pearsom, ano 2005 COMUNICAÇÕES VIA SATÉLITE Capacitar o aluno, conhecer e diferenciar os diversos componentes que fazem parte dos sistemas de comunicações via satélite. Interpretar, analisar e calcular os principais parâmetros envolvidos em enlaces via satélite. Sistemas Satélite: Visão geral de sistemas de telecomunicações via satélite com ênfase na funcionalidade de equipamentos associados a estações terrenas, técnicas de acesso, faixas de freqüências utilizadas, órbitas, análise e cálculo de plano de freqüência de transmissão. BIBLIOGRAFIA Roddy, Dennis. SATELLITE COMMUNICATIONS, Fourth Edition (Professional Engineering) PROJETO DE REDES DE RÁDIO ENLACE PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 14/28

15 BIBLIOGRAFIA Preparar o aluno para fazer projetos na área de planejamento de sistemas rádio, onde é necessário se ter conhecimento dos alimentadores (Linhas de Transmissão), dos irradiadores (antenas) e do meio por onda a onda eletromagnética irá se propagar. Introdução; Projeto de Rádio enlace em Visibilidade direta; Cálculo das alturas das antenas nas torres de Telecomunicações; Cálculo de Distâncias e azimutes; Desempenho e Disponibilidade de Sistemas Ponto a Ponto. KRAUS, J. D.; FLEISCH, D. A. Electromagnetics with applications. 5.ed. [S.l.]: WCB/McGrawHill, BALANIS, C. A. Antenna theory: analysis and design. 2.ed. New York: John Wiley & Sons, MIYOSHI, E. M E e SANCHES, C. A.,Projeto de Sistemas Rádio, 2º Edição, Editora Érica., SADIKU, M. N. O. Elementos de eletromagnetismo. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, SAUNDERS, S. D. Antennas and propagation for wirelless communication systems. New Jersey: John Wiley & Son, PROJETO DE REDES MÓVEIS Ensinar aos alunos como é possível determinar a área de cobertura de um transmissor wireless, um ponto de acesso, por exemplo. Cobertura essa em termos de nível de potência e QoS. Propagação em ambientes indoor e outdoor, Rede Celular, Rede sem fio (WLAN), Rede Wimax, Parâmetros de Qualidade de Serviço (QoS), Prática para obter a área de cobertura. BIBLIOGRAFIA Telefonia Celular Digital Marcelo Sampaio de Alencar Editora Érica, 2a edição; Redes GSM, GPRS, EDGE e UMTS - Evolução a Caminho da Quarta Geração (4G) - José Umberto Sverzut Editora Érica, 2a edição; Wireless: Introdução às Redes de Telecomunicação Móveis Celulares - Virgílio Florese; Introdução à Tecnologia Wireless Henrique Carmine; Treinamento Avançado em Redes Wireless Fernando de Moraes Jardim CARGA HORÁRIA OBJETIVO DA TV DIGITAL Capacitar o aluno a identificar os diversos componentes que fazem parte dos sistemas de TV Digital, bem como as tecnologias envolvidas na transmissão e recepção. PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 15/28

16 Histórico, Introdução à TV Digital, TV analógica X HDTV, Técnicas de compressão de imagens e vídeo digital, Padrões de compressão de imagens e vídeo digital e de áudio digital, Sistemas de TV Digital de Alta Definição. BIBLIOGRAFIA TV Digital Brasileira (SBTVD), evolução, desenvolvimento e futuro. MONTENEGRO, Michel - Belém, PA, IESAM,, 2010; Tv digital. ANDRADE, Eduardo Sarmento de. Belém, PA, IESAM,, 2004; Televisão Digital. Marcelo Sampaio de Alencar. São Paulo SP. Érica, Corpo Docente: NIVELAMENTO Ma.Rosemarie Costa Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Pará (1988), Especialização em Administração de Bibliotecas pela Universidade Federal do Pará (1992) e Mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Atualmente é professora de graduação e pós-graduação do Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (IESAM); Coordenadora do Sistema de Informação e Biblioteca do IESAM (SIBIESAM); Assessora do Núcleo de Tecnologias Interativas de Aprendizagem (NUTEIA/IESAM); é bibliotecário/documentalista da Universidade Federal do Pará. Possui aperfeiçoamento profissional para Docência em EAD, Design Instrucional e Novas Tecnologias para EAD. Tem experiência na área de Metodologia Científica, Ciência da Informação, com ênfase em Gestão da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: metodologia científica; sistemas de informação; tecnologia da informação; ciência da informação; projeto, administração e gestão de unidades de informação; tecnologias para EAD e e-learning; design instrucional para EAD; ambientes virrtuais de aprendizagem (AVA) e desenvolvimento de recursos digitais em ambientes web. CONTRATAÇÃO Serviços Prestados GERENCIAMENTO DE PROJETOS Me. Eduardo Otávio Ferreira Vasconcelos Mestre em Gestão e Desenvolvimento Regional pela PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 16/28

17 Universidade de Taubaté - UNITAU (2008). Bacharel em Administração pelo Instituto de Estudos Superiores da Amazônia - IESAM (2004). Atualmente é professor das Faculdade Integradas Ipiranga e Coordenador adjunto dos cursos de Administração, Gestão Comercial, Gestão Pública, Processos Gerenciais, Gestão Financeira, Recursos Humanos, Marketing e Logística da referida Instituição. É orientador e professor nos cursos de Pós- Graduação em Gestão e Responsabilidade Social, Pedagogia Empresarial, Formação de Professores, Gestão Ambiental, dentre outros. É coordenador do curso de Especialização em Gestão de Pessoas. Possui experiência na área de Administração e orientação de projetos, com ênfase em Administração de Empresas, artigos publicados em eventos internacionais. Participou do livro Estudos Interdisciplinares na Docência Superior no Pará. CONTRATAÇÃO Serviços Prestados CONSULTORIA E EMPREENDEDORISMO Dr. Rinaldo Moraes Consultor e professor universitário. É doutor pela Universidade Federal do Pará (UFPA - (Núcleo de Altos Estudos Amazônicos - NAEA) em Desenvolvimento Socioambiental. Possui graduação em Administração, Economia e Ciências Contábeis. Atualmente é professor de Pós Graduação da Universidade Federal do Pará, Universidade do Estado do Pará, Faculdade Ideal (FACI) e Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (IESAM). Leciona e orienta mestrandos da Universidade Lusófona (Portugal). Atua nas seguintes áreas: gestão privada, planejamento estratégico, empreendedorismo, gestão pública, economia e outras áreas ligadas à administração de empresas e contabilidade. CONTRATAÇÃO Serviços Prestados DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Me. Marcelo Marques Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (2004), graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará (2001) e psicologia pela UNAMA, mestrado em Psicologia (Teoria e Pesquisa do Comportamento) pela Universidade Federal do Pará PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 17/28

18 (2004). Foi coordenador do Curso de Pedagogia de Marabá de 2006 a 2008 e Diretor da Faculdade de Educação do Campus Universitário de Marabá de 2008 a Atualmente é professor de Curso de Pós- Graduação do IESAM e do Instituto de Educação E Segurança Pública do Pará e professor titular da Universidade Federal do Pará, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, estágio e prática de ensino, psicologia; lúdico, desenvolvimento infantil, educação., agressividade, escola., escrita, linguagem, educação. e alfabetização, leitura, escrita. CONTRATAÇÃO Serviços Prestados GERENCIAMENTO DA QUALIDADE Esp. Katiane Baptistella Engenheira Agronoma formada pela Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal de Garça-SP, Especialista em Gestão Ambiental pela Universidade Federal do Pará. Professora da Faculdades Integradas de Bauru - FIB no curso de Agronomia , atuou como Coordenadora e Professora no Instituto de Estudos Superior da Amazônia - IESAM do curso de Especialização em Gestão, Consultoria e Auditoria Ambiental e Graduação em Administração em Agronegócio atual, coordenadora de diferentes cursos de especialização no IESAM. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Manejo e Tratos Culturais em cana de açúcar e eucalipto variedades grandhis e citriodora. Experiência em Planejamentos agrícola dessas culturas e na elaboração de projetos ambientais: Plano de Controle Ambiental e Relatório de Controle Ambiental. Consultora em projetos industriais e empresariais envolvendo a qualidade, meio ambiente e produtividade. CONTRATAÇÃO Serviços Prestados TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Me. André Luís Silva Santana Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Pará, Pós graduado em Paisagismo Tropical Urbano pela Universidade da Amazônia em 2009, graduação em Engenharia de Telecomunicações pelo Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (2005) e em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade da Amazônia (1998). Atualmente é professor de graduação e Coordenador do curso de pós graduação em Engenharia de Redes de telecomunicações do Instituto PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 18/28

19 de Estudos Superiores da Amazônia. Atua no mercado há dez anos como projetista de edificações e tem experiência de com projetos de redes de telecomunicações e projetos acústicos. CONTRATAÇÃO Serviços Prestados CONTRATAÇÃO ELETROMAGNETISMO Dr. Ronaldo Oliveira dos Santos Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (1998), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (2000) e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (2004). Atualmente é Coordenador e professor titular do Curso de Engenharia de Telecomunicações do Instituto de Estudos Superiores da Amazônia. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em: Antenas e propagação; Métodos Numéricos; Projetos de Sistemas em Telecomunicações; Aterramento Elétrico. Atualmente está atuando no desenvolvimento de Centrais PABX IP usando asterisk. Serviços Prestados CONTRATAÇÃO TEORIA DA INFORMAÇÃO Dr. Johelden Campos Bezerra Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará - UFPA (Março/2000) e mestrado em Engenharia Elétrica pela UFPA (Fev/2002). Atualmente, realiza doutorado em Eng. Elétrica na UFPA (desde 2004). Exerce a função de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do curso Técnico e Tecnólogo em Telecomunicações do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará IFPA e professor no Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Processamento de Sinais e imagem, sistemas de comunicação, em linhas digitais do assinante (DSL), na realização de projetos nas áreas de cabeamento estruturado, infraestrutura para instalação de sistema celular, aterramento, instalação elétrica e telefônica. Serviços Prestados INFRAESTRUTURA PARA SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO Esp. Ricardo Guedes Accioly Ramos Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 19/28

20 CONTRATAÇÃO Federal do Pará (2006) e graduação em ENGENHARIA ELÉTRICA pela Universidade Federal do Pará (1990). É pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Federal do Pará (1996) e pós -graduado em Avaliação de Imóveis e Perícia da Engenharia pela Faculdade Osvaldo Cruz (2008). Atualmente é sócio diretor -POTÊNCIA ENGENHARIA LTDA e professor do Instituto de Estudos Superiores da Amazônia-IESAM. Prestação de Serviços CONTRATAÇÃO LINHAS DE TRANSMISÃO E SISTEMAS IRRADIANTES Dr. Ronaldo Oliveira dos Santos Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (1998), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (2000) e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (2004). Atualmente é Coordenador e professor titular do Curso de Engenharia de Telecomunicações do Instituto de Estudos Superiores da Amazônia. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em: Antenas e propagação; Métodos Numéricos; Projetos de Sistemas em Telecomunicações; Aterramento Elétrico. Atualmente está atuando no desenvolvimento de Centrais PABX IP usando asterisk. Serviços Prestados CONTRATAÇÃO ARQUITETURA TCP/IP Me. Carlos Natalino da Silva Possui graduação em Engenharia decomputação e especialização em Redes Linux pelo IESAM (2010 e 2011, respectivamente). Mestre em Engenharia Elétrica na área de Computação Aplicada pela UFPA (2011). Atualmente é doutorando em Engenharia Elétrica com Ênfase em Computação Aplicada pela UFPA, onde integra a equipe do Laboratório de Pesquisa em Redes de Alto Desempenho (LPRAD), participando de pesquisas na área de desenvolvimento de aplicações para TV Digital, avaliação de desempenho de redes e tecnologias de acesso. Tem experiência nas áreas de modelagem e desenvolvimento de sistemas Web RIA utilizando Java e PHP, além de vários frameworks. Serviços Prestados CABEAMENTO ESTRUTURADO, METÁLICO E ÓTICO Me. Edson do Socorro Cardoso da Silva PROJETO PEDAGÓGICO ENGª DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 20/28

ENGENHARIA DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL

ENGENHARIA DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL ENGENHARIA DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL Objetivos: Qualificar profissionais para prover os meios e recursos para a comunicação à distância. Isto é, profissionais capazes

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL, PÚBLICA E COM PESSOAS 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL, PÚBLICA E COM PESSOAS 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL, PÚBLICA E COM PESSOAS 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL Objetivos: Oferecer todo o suporte necessário para garantir a formação de especialistas aptos a planejar,

Leia mais

brunocastro@prof.iesam-pa.edu.br http://lattes.cnpq.br/1897829604434609

brunocastro@prof.iesam-pa.edu.br http://lattes.cnpq.br/1897829604434609 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES André Luis Silva Santana (Especialista) Regime de Trabalho: Área de Conhecimento: Arquitetura e Urbanismo. Qualificação Profissional: Arquitetura

Leia mais

Período de duração do curso: 20 (vinte) meses /aulas (26 parcelas)

Período de duração do curso: 20 (vinte) meses /aulas (26 parcelas) GESTÃO, CONSULTORIA, AUDITORIA, PERÍCIA E FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL Objetivos: Formar especialistas aptos a planejar, controlar, auditar e gerenciar aspectos e impactos

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL TECNOLÓGICA 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL

GESTÃO EMPRESARIAL TECNOLÓGICA 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL GESTÃO EMPRESARIAL TECNOLÓGICA 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL Objetivos: Formar especialistas aptos a atuar como Gestores Empresariais com o apoio tecnológico, para empresas públicas, privadas, mistas

Leia mais

DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ESTUDOS SUPERIORES DA AMAZÔNIA IESAM Av. Gov. José Malcher, 1148 Belém, PA CEP. 66055-260 CNPJ nº 03.137.964/0001-74 Fone/Fax: (91) 4005-5400 / (91) 4005-5407 www.iesam-pa.edu.br DIRETORIA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado

Leia mais

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA Nome da disciplina: Economia Carga horária: 60h EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 4º ANO Mercados e Desenvolvimento Sustentável: Teoria do consumidor. Teoria da firma. Análise da estrutura de mercado. Regulamentação

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE REDES DE COMPUTADORES.

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE REDES DE COMPUTADORES. CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE REDES DE COMPUTADORES. Allan Teixeira da Silva (Graduado) Regime de Trabalho: Horista Qualificação Profissional: Engenharia de Telecomunicações Possui graduação

Leia mais

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 50 PRÁTICA: 22

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 50 PRÁTICA: 22 DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Redes de Computadores I PROFESSOR: SERGIO ROBERTO VILLARREAL SIGLA: RED I E-MAIL: sergio.villarreal@udesc.br CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA:

Leia mais

Frederico Miglio Neiva (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Área de conhecimento: Estatística Qualificação profissional: Metrologia Cientifica

Frederico Miglio Neiva (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Área de conhecimento: Estatística Qualificação profissional: Metrologia Cientifica CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE SISTEMAS DE INFOMAÇÕES Carlos Natalino da Silva (Graduado) Regime de Trabalho: Horista Área de Conhecimento: Engenharia da Computação Qualificação Profissional: Engenharia

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS ANO 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS ANO 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS ANO 2015 Carla de Cássia Carvalho Cassado (Doutora) Regime de Trabalho: Tempo Parcial Área de Conhecimento: Ciências Humanas Qualificação

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação 1. Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado principalmente a alunos graduados em cursos da área de Educação (Pedagogia

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnologia em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE SISTEMAS DE INFOMAÇÕES

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE SISTEMAS DE INFOMAÇÕES CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE SISTEMAS DE INFOMAÇÕES Daniel da Silva Leão (Especialista) Regime de Trabalho: Tempo Integral Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas Qualificação Profissional:

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO ANO 2015. André Luis Sfair da Costa Sarmento (Doutor) Regime de Trabalho: Horista

CORPO DOCENTE DO CURSO ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO ANO 2015. André Luis Sfair da Costa Sarmento (Doutor) Regime de Trabalho: Horista CORPO DOCENTE DO CURSO ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO ANO 2015 Alex Ferreira dos Santos (Mestre) Regime de Trabalho: Horista Possui mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Pará (1998). Atualmente

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico. Plano de Ensino. Ano: 2015. Carga Horária Semanal Total Prática: (horas aula por semana)

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico. Plano de Ensino. Ano: 2015. Carga Horária Semanal Total Prática: (horas aula por semana) Plano de Ensino Disciplina: Carga horária total: Telecomunicações 133,3h Ano: 2015 Curso: Eletrônica Regime: Anual Série: 3 a Observação: Carga Horária Semanal Total Teórica: (horas aula por semana) 2

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

EDITAL Nº 155 /2012-PROG/UEMA

EDITAL Nº 155 /2012-PROG/UEMA EDITAL Nº 155 /2012-PROG/UEMA A PROG da Universidade Estadual do Maranhão UEMA torna público, para conhecimento dos interessados, que, no período de 20/12/2012 a 08/02/2013, estarão abertas as inscrições

Leia mais

Faculdade SENAI de Tecnologia Porto Alegre

Faculdade SENAI de Tecnologia Porto Alegre Faculdade SENAI de Tecnologia Porto Alegre desenvolvendo talentos em Telecomunicações e Redes de Computadores Coordenador: MSc. Leandro J. Cassol Faculdade SENAI de Tecnologia Porto Alegre Educação Brasileira

Leia mais

Instalador e Reparador de Redes de Computadores

Instalador e Reparador de Redes de Computadores Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Fundação de Apoio a Escola Técnica Plano de Curso de Instalador e Reparador de Redes de Computadores Título do Curso Instalador

Leia mais

ORPO DOCENTE DO CURSO DE ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÃOES ANO - 2015

ORPO DOCENTE DO CURSO DE ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÃOES ANO - 2015 ORPO DOCENTE DO CURSO DE ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÃOES ANO - 2015 André Luis Silva Santana (Especialista) Regime de Trabalho: Horista Qualificação Profissional: Arquitetura e Urbanismo; Engenharia de

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis Objetivo do curso:

Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis Objetivo do curso: Com carga horária de 420 horas o curso de Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para

Leia mais

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL REQUISITOS MÍNIMOS DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS PROFISSIONAIS QUE DEVERÃO COMPOR AS EQUIPES TÉCNICAS PREVISTAS NESSA CONTRATAÇÃO PARA AMBOS OS LOTES. QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antônio Magliano. Código: 088 Município: Garça. Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais. Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

Matrículas abertas - Vagas limitadas

Matrículas abertas - Vagas limitadas MBA em Gestão Empresarial Curso de Pós-Graduação Lato Sensu 384 horas Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Rio Claro Matrículas abertas - Vagas limitadas Objetivos do curso: Capacitar

Leia mais

competente e registro no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA).

competente e registro no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA). EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO (EBC) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº 5 EBC, 26 DE JULHO DE 2011 A DIRETORA-PRESIDENTA

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

Período de duração do curso: 20 (vinte) meses /aulas (26 parcelas)

Período de duração do curso: 20 (vinte) meses /aulas (26 parcelas) DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS WEB 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL Geral e Específico: Formar especialistas para desenvolver soluções integrais de Web; em nível de gerenciamento, segurança, design e E-Commerce.

Leia mais

Sistemas Web e Dispositivos Móveis (Curso em Parceria com o SENAI Tubarão)

Sistemas Web e Dispositivos Móveis (Curso em Parceria com o SENAI Tubarão) FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS EM PARCERIA COM O SENAI TUBARÃO DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: João Roberto Lorenzett COORDENAÇÃO DA FACULDADE: Priscila Basto Fagundes COORDENAÇÃO DO CURSO DE

Leia mais

Plano de Ensino. CARGA HORÀRIA: 60 horas. ANO/SEM DA TURMA: 4º Semestre TURNO: noturno TURMA: 22 EMENTA

Plano de Ensino. CARGA HORÀRIA: 60 horas. ANO/SEM DA TURMA: 4º Semestre TURNO: noturno TURMA: 22 EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU: ( )integrado ( X)subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

PLANO DE ENSINO. DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 72. CURSO(S): Sistemas de Informação OBJETIVO GERAL DO CURSO

PLANO DE ENSINO. DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 72. CURSO(S): Sistemas de Informação OBJETIVO GERAL DO CURSO DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Redes II SIGLA: RED II PROFESSOR: SERGIO ROBERTO VILLARREAL E-MAIL: sergio@infomatch.com.br CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 72 CURSO(S):

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 75/2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia de do Centro

Leia mais

PÓS -GRADUAÇÃO EM SISTEMAS WEB E DISPOSITIVOS MÓVEIS

PÓS -GRADUAÇÃO EM SISTEMAS WEB E DISPOSITIVOS MÓVEIS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: João Roberto Lorenzett COORDENAÇÃO DA FACULDADE: Priscila Basto Fagundes COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: Fernanda

Leia mais

Bem vindos a mais um semestre. Vamos construí-lo em conjunto. Redes II - Heterogêneas e Convergentes 2 Semestre 2012. Sistema de Avaliação.

Bem vindos a mais um semestre. Vamos construí-lo em conjunto. Redes II - Heterogêneas e Convergentes 2 Semestre 2012. Sistema de Avaliação. Redes II - Heterogêneas e Convergentes 2 Semestre 2012 Apresentação dos Objetivos e Sistema de Avaliação Bem vindos a mais um semestre. Vamos construí-lo em conjunto. 2 Wellington W. Teixeira Formação

Leia mais

DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO Turma 2013 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento:

Leia mais

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 4º ANO

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 4º ANO Nome da disciplina: Economia Carga horária: 60h EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 4º ANO Mercados e Desenvolvimento Sustentável: Teoria do consumidor. Teoria da firma. Análise da estrutura de mercado. Regulamentação

Leia mais

Redes de Computadores. Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Redes de Computadores. Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Redes de Computadores Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo ou quaisquer

Leia mais

NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS

NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: TELEMÁTICA BÁSICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 2- EMENTA

Leia mais

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 O MBA EM CONSULTORIA & GESTÃO DE NEGÓCIOS,

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 5º ANO

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 5º ANO EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 5º ANO Nome da disciplina: Comunicações Ópticas Introdução. Histórico das Fibras e Sistemas Ópticos. Propagação em Fibras Ópticas. Características das Fibras Ópticas. Fabricação

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE SEGURANÇA NO TRABALHO ANO - 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO DE SEGURANÇA NO TRABALHO ANO - 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO DE SEGURANÇA NO TRABALHO ANO - 2015 Alex Klautau de Amorim (Mestre) Regime Trabalho: Horista Área do Conhecimento: Linguística, Letras e Artes Qualificação Profissional: Educação

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

P L A N O D E D I S C I P L I N A C O M P E T Ê N C I A S H A B I L I D A D E S E S P E C Í F I C A S

P L A N O D E D I S C I P L I N A C O M P E T Ê N C I A S H A B I L I D A D E S E S P E C Í F I C A S INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA UNIDADE SÃO JOSÉ CURSO SUPERIOR DE SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES P L A N O D E D I S C I P L I N A DISCIPLINA: REDES DE COMPUTADORES 2 RCO20704

Leia mais

E-mail: Currículo lattes:

E-mail: Currículo lattes: CORPO DOCENTE DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO COM LINHAS ESPECÍFICAS EM AGRONEGÓCIOS E GESTÃO AMBIENTAL Adalberto Wolmer do Nascimento Silva (Especialista) Regime de Trabalho: Tempo Parcial Área de Conhecimento:

Leia mais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Curso de Especialização em Gestão e Relações Internacionais Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2

CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV CURSO: GESTÃO DE DATACENTER E COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2013.2 NÚMERO DE VAGAS: 25 (Vinte e Cinco) Vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS 01 de Novembro de 2013 CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA A Fundação Visconde

Leia mais

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I.

RESOLVE: Art. 1 o Aprovar o Projeto Político Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, modalidade Bacharelado, do Centro de Tecnologia, no Campus I. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 23/2008 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Engenharia Elétrica, do Centro

Leia mais

CURSO EXCLUSIVO IBECO

CURSO EXCLUSIVO IBECO PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR EM ESTÉTICA CURSO EXCLUSIVO IBECO Destinado aos docentes que atuam ou que pretendem atuar no ensino superior e profissionalizante da área estética, o curso

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2006

RESOLUÇÃO Nº 010/2006 Confere com o original RESOLUÇÃO Nº 010/2006 CRIA o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu de Educação Ambiental, em nível de Especialização. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área;

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n. 66/ 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Computação, Licenciatura

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 Anderson José Costa Sena (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Qualificação Profissional: Engenharia Elétrica Doutorando

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL

CORPO DOCENTE DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL CORPO DOCENTE DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL André Luis Sfair da Costa Sarmento (Doutor) Regime de Trabalho: Horista Qualificação Profissional: Engenharia Química. Possui graduação em Engenharia Química

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO 1 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: DSI Sistemas de Informação DISCIPLINA: Redes I PROFESSOR: Ademar

Leia mais

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI Novas tecnologias e tendências surgem a cada dia, como Big Data, Cloud Computing, Internet of Things, entre outras. A curva de adoção dessas tecnologias

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Portaria MEC nº 328 de 1º de Fevereiro de 2005, instituiu o Cadastro de Pós- Graduação Lato Sensu a ser administrado pelo INEP. Assim, o cadastro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU DIREITO PROCESSUAL GERAL COM ÊNFASE EM DIREITO EMPRESARIAL

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU DIREITO PROCESSUAL GERAL COM ÊNFASE EM DIREITO EMPRESARIAL CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU DIREITO PROCESSUAL GERAL COM ÊNFASE EM DIREITO EMPRESARIAL 2ª Turma 2012/2013 APRESENTAÇÃO A Faculdade de Direito de Varginha FADIVA, em busca do aprimoramento profissional,

Leia mais

Departamento. Matéria. Disciplina. Código. Carga Horária (horas-aula) Objetivos. Ementa OP3.2014. Telecomunicações

Departamento. Matéria. Disciplina. Código. Carga Horária (horas-aula) Objetivos. Ementa OP3.2014. Telecomunicações Departamento Curso Formação Profissional Elétrica Engenharia Elétrica Disciplina Código Rádio e Telefonia OP3 Docentes João Bustamante (Professor Responsável). Matéria Telecomunicações Carga Horária (horas-aula)

Leia mais

ANÁLISE DA IMPLANTAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NA MODALIDADE EAD DA UAB-UFSCAR

ANÁLISE DA IMPLANTAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NA MODALIDADE EAD DA UAB-UFSCAR 1 ANÁLISE DA IMPLANTAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL NA MODALIDADE EAD DA UAB-UFSCAR SÃO CARLOS/SP, MAIO/2012 Marilu Pereira Serafim Parsekian UFSCar mparsekian@gmail.com Luiz Marcio Poiani UFSCar

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Especialização em Metodologia do Ensino Superior Imperatriz

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais

DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ESTUDOS SUPERIORES DA AMAZÔNIA IESAM Av. Gov. José Malcher, 1148 Belém, PA CEP. 66055-260 CNPJ nº 03.137.964/0001-74 Fone/Fax: (91) 4005-5400 / (91) 4005-5407 www.iesam-pa.edu.br DIRETORIA

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CTS DE REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a história e a evolução

Leia mais

EDITAL Nº. 11 /2014 PPG/CPG/UEMA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO

EDITAL Nº. 11 /2014 PPG/CPG/UEMA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PPG COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO CPG EDITAL Nº. 11 /2014 PPG/CPG/UEMA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO MARANHÃO-IESMA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO-UNISULMA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Especialização em Gerência e Monitoramento Ambiental

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Professor Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

Plano de Curso de Montador e Reparador Computadores

Plano de Curso de Montador e Reparador Computadores Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Fundação de Apoio a Escola Técnica Plano de Curso de Montador e Reparador Computadores Título do Curso Montador e Reparador

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS 360h - FAÇA SUA MATRÍCULA!!!

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS 360h - FAÇA SUA MATRÍCULA!!! CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS 360h - FAÇA SUA MATRÍCULA!!! CERTIFICAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA - UFRA TURMA EM MARABÁ COORDENAÇÃO DSC. Luiz Gonzaga da

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br

Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. joseana@computacao.ufcg.edu.br Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

Leia mais

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia Naval e Offshore na UPE desenvolvem a capacidade para planejar, desenvolver

Leia mais

DESIGN GRÁFICO, COMPUTAÇÃO E MULTIMÍDIA 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL

DESIGN GRÁFICO, COMPUTAÇÃO E MULTIMÍDIA 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL DESIGN GRÁFICO, COMPUTAÇÃO E MULTIMÍDIA 2015 - PRESENCIAL MODULAR SEMESTRAL Objetivos: Promover a formação de especialistas capazes de conceber e produzir animações bi e tridimensionais com inclusão de

Leia mais

MBA EM ARQUITETURAS DE REDES E CLOUD COMPUTING

MBA EM ARQUITETURAS DE REDES E CLOUD COMPUTING MBA EM ARQUITETURAS DE REDES E CLOUD COMPUTING Você é um profissional de infraestrutura capaz de integrar Redes, Sistemas/Software e Banco de Dados em datacenters e utilizar técnicas de virtualização em

Leia mais

PLANO DE ENSINO. DEPARTAMENTO: DSI Sistemas de Informação CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 60 PRATICA: 12. CURSO(S): Sistemas de Informação

PLANO DE ENSINO. DEPARTAMENTO: DSI Sistemas de Informação CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 60 PRATICA: 12. CURSO(S): Sistemas de Informação 1 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: DSI Sistemas de Informação DISCIPLINA: Redes II PROFESSOR: Ademar

Leia mais

I. DO PROCESSO SELETIVO 1.1. O processo seletivo docente será composto de três etapas: homologação da inscrição, prova didática e entrevista.

I. DO PROCESSO SELETIVO 1.1. O processo seletivo docente será composto de três etapas: homologação da inscrição, prova didática e entrevista. Rua do Salete, 50, Barris - Salvador - Bahia. Tel: (71) 2108-8562 / 2108-8503 home page: www.cairu.br - E-mail: presidencia@fvc.br E D I T A L A FVC - Fundação Visconde de Cairu, informa a abertura das

Leia mais

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Fevereiro de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA O MBA EM CONSULT ORIA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CST SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: Algoritmo e Programação I A disciplina aborda o estudo de algoritmos, envolvendo os conceitos fundamentais: variáveis, tipos de dados, constantes,

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing Design Digital

Pós-Graduação em Marketing Design Digital Pós-Graduação em Marketing Design Digital Público-alvo Indicado para profissionais de Marketing, Comunicação e Design, bem como empreendedores de diferentes áreas que lidam, ou desejam lidar com Tecnologia

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA REDES DE COMPUTADORES

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA REDES DE COMPUTADORES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA REDES DE COMPUTADORES OBJETIVOS Este curso visa à formação de profissionais para atuarem como empreendedores, analistas ou consultores no mercado de infraestrutura e segurança

Leia mais

EDITAL Nº 07 /2014-PROG/UEMA

EDITAL Nº 07 /2014-PROG/UEMA EDITAL Nº 07 /2014-PROG/UEMA A Universidade Estadual do Maranhão, por meio da PROG, torna público, para conhecimento dos interessados, que, no período de 24/01/2014 a 14/03/2014, estarão abertas as inscrições

Leia mais

FATE-SP Faculdade de Teologia de São Paulo - SP. Concluído em: 26 de novembro de 2009.

FATE-SP Faculdade de Teologia de São Paulo - SP. Concluído em: 26 de novembro de 2009. Curriculum Vitae Resumido Alexandre Dezem Bertozzi Licenciando em Física pelo Unisalesiano-SP 2009; Bacharel em Teologia pela Fate-SP 2009; Licenciado em Matemática pelo Centro Universitário Claretiano

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ANO - 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ANO - 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ANO - 2015 Daniel da Silva Leão (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas Qualificação Profissional:

Leia mais

EDITAL N.º 013/REITORIA/NEAD/2010 de 17 de maio de 2010

EDITAL N.º 013/REITORIA/NEAD/2010 de 17 de maio de 2010 Processo de Seleção de Tutores Presenciais (Banco de Reserva) para o Curso de Graduação em Administração Pública. Res. CD N.º 26 /2009 FNDE Res. 012/2008 CONSU EDITAL N.º 013/REITORIA/NEAD/2010 de 17 de

Leia mais