Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart"

Transcrição

1 Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Ponta de Pedras, ilha do Marajó, Pará, 10 de janeiro de Nasce ali e naquela data uma das maiores expressões da literatura paraense. Dalcídio Jurandir morreu no final dos anos setenta, deixando um enorme legado, a sua obra, amazônica em todos os sentidos. O romancista, que recebe homenagens pelo seu centenário, continuará sendo homenageado sempre e, mais do que isso, inspirando outras obras, de leituras próprias. A Associação Cultural Usina Contemporânea de Teatro acredita nisso e está bebendo na fonte. No mês de fevereiro, o grupo deu início a uma grande empreitada nesta direção, ao realizar o Seminário de Preparação para o projeto Mimese Corporal e Vocal na Ilha do Marajó, vencedor do Prêmio Myriam Muniz, da Funarte. O espetáculo também ganhou apoios culturais do Hotel Regente, Academia de Danças Ana Unger e do Instituto de Artes do Pará. Nosso seminário teve como objetivo fundamental estudar alguns temas que julgamos essenciais para o trabalho como, por exemplo, compreender a estrutura narrativa do romance que pretendemos encenar, para o que contamos com a valiosíssima colaboração do professor Gunter Pressler, conta o diretor Alberto Silva Neto. Além dos atores Valéria Andrade, Nani Tavares e Milton Aires, e de Alberto Silva Neto e Nando Lima, todos do Usina Contemporânea de Teatro, as conversas e apresentações tiveram a participação do autor e diretor da Cia Faroeste Caboclo, Paulo Faria, e da atriz mineira Vandiléia Foro. Faria, que mora em São Paulo e foi indicado este ano ao Prêmio Shell de Melhor Autor pelo espetáculo Meio Dia do Fim, virá mais vezes a Belém para acompanhar de perto o trabalho. 1 / 6

2 Silva Neto, que também é jornalista diz que entre a fase dos ensaios do espetáculo, que já está acontecendo, até a estréia, serão cerca de seis meses de muito trabalho, o que ele comemora. Trabalharemos até julho, diariamente. Vamos juntos ao Marajó, visitar os municípios onde Dalcídio nasceu e viveu: Ponta de Pedras e Cachoeira do Arari. Muita coisa vai acontecer. Tudo vai exigir rigor da equipe, dado a proposta ousada de linguagens que estão sendo experimentadas para expressar Dalcídio Jurandir. Na direção do espetáculo, Silva Neto já tem um reconhecimento de longa data no teatro paraense. Entre outros trabalhos, atuou em "Hamlet, Um Extrato de Nós", em 2002, com direção de Cacá Carvalho e em "Nunca Houve uma Mulher como Gilda", em 1995, ambos do grupo Cuíra. Um ano antes, em 1994, atuou em "O mendigo ou o cachorro morto", de Bertolt Brecht, com direção de Kil Abreu. Na carreira jornalística, chegou a trabalhar, nos anos 90, nos jornais Diário do Pará e na extinta Província do Pará. Entre 2002 e 2008, ele foi apresentador e produtor do Cultura Paidégua, na TV Cultura do Pará, uma invenção que nasceu das conversas com outro jornalista ligado ao teatro, José Carlos Gondin. Na época, o programa nascia para cobrir uma lacuna enorme na Tv Paraense, de um programa que desse amplo espaço às discussões e divulgação de arte e cultura. Mas, hoje, o teatro volta a ser mais presente na sua trajetória. No ano passado dirigiu "Ágora Mandrágora", também pelo Usina, e este ano esteve em cartaz dirigindo "Solo de Marajó", com o ator Cláudio Barros. Entretanto o teatro de Alberto não está só nos palcos ou na direção de espetáculos, já que este ano ele foi aprovado em concurso público federal para professor da Escola de Teatro e Dança da UFPA (ETDUFPA), onde está lecionando a disciplina Teoria do Teatro. Antes do início do ano letivo, ele participou da programação da Semana de Calouros. Dei 2 / 6

3 uma aula espetáculo relatando minha pesquisa sobre as partituras de ações físicas aplicadas ao processo de criação atoral, diz. O projeto premiado pela Funarte ainda prevê várias ações e requer rigor, mas entre os ensaios, a semana de calouros e a produção toda do projeto, Alberto achou tempo e respondeu à entrevista do Holofote Virtual. Abaixo, ele conta como está o processo de construção do espetáculo, como foi o reencontro com Paulo Faria e fala desse novo caminho que inicia dentro da academia de artes cênicas. Vocês mergulharam na obra Chove nos Campos de Cachoeira, mas o seminário trouxe mais contribuições. Como foram as discussões? Também refletimos sobre as implicações no processo de transposição da literatura para a cena teatral, a partir de uma fala do Paulo Faria. Falamos de semiótica teatral, processo colaborativo e outros assuntos. Paralelamente, cada criador teve um espaço para fazer um relato pessoal de seu processo criativo e de seus referenciais estéticos, o que gerou um compatilhamento de experiências muito enriquecedor para todos. No final, fizemos uma atividade lúdica na qual cada criador apresentou suas propostas de processo e encenação, a partir dos temas debatidos no seminário. O resultado foi muito interessante e acabou determinando os princípios do trabalho. 3 / 6

4 Além dos integrantes do Usina, dois artistas de fora do grupo foram convidados a participar da montagem. No que eles estão somando? A participação do Paulo Faria, como dramaturgo, e da Vandiléia Foro, (na foto ao lado) como atriz, são dois presentes para nós. O Paulo é um artista maduro e experiente, que além da competência possui uma relação afetiva com Belém, com as pessoas e com a obra do Dalcídio, e isso é essencial. A chegada dele deverá representar um salto para o grupo na criação dramaturgica, uma das áreas mais carentes no teatro paraense, na minha opinião. Já a Vandi é uma atriz muito talentosa e apaixonada, que vem de uma rica experiência com os oficinões do grupo Galpão, em Minas. Convidamos, ela topou, e ficamos muito felizes. Foi produtivo este primeiro encontro com Paulo, em Belém? Bastante. Foram três dias aqui e ele deverá voltar mais algumas vezes por curtos períodos durante o processo criativo, que vai até final de julho. Nos intervalos, faremos a experiência de criação à distância, pela internet. Os depoimentos dele foram sempre precisos e muito úteis para o trabalho. Disseste que não será feita uma adaptação da obra e que o espetáculo será fruto de um processo de experimentações. Explica a estrutura de funcionamento disso. Existem muitas maneiras de abordar um romance para levá-lo à cena. Você pode, por exemplo, adaptar a obra criando uma peça teatral inspirada nela, e depois montar esse texto, ensaiando as falas e os diálogos. Mas também existem outros modos, nos quais o processo vai indicando de que modo aquela obra será incorporada à encenação, que possui também outros indutores espaciais, visuais, 4 / 6

5 corporais, que podem não ter relação direta com o universo da obra literária. No nosso caso, estamos partindo de quatro pesquisas individuais de cada um dos atores e atrizes: Valéria Andrade, Nani Tavares, Vandiléia Foro e Milton Aires. Uma delas vai buscar o teatro narrativo épico, experimentando o simples ato de narrar a história diretamente ao espectador. Outra vai investigar o teatro dramático, buscando a metamorfose em um ou mais personagens ficcionais do romance. A terceira vai experimentar colocar o romance em diálogo com a linguagem da performance, com as novas tecnologias e com a visualidade da pós-modernidade, experimentando uma dramaturgia pós-dramática. O ator, enfim, vai partir para um exercício com narrativas íntimas, nas quais as experiências e histórias de vida se misturem com as de um personagem da obra. O grande desafio será fazer isso tudo convergir numa encenação só. Ou será que faremos quatro solos? Somente o processo de criação e o dia-a-dia dos ensaios poderão responder essas questões. Dalcídio Jurandir é uma paixão tua? Não apenas minha, mas de todos nós. É um grande escritor que merece de todos, admiração e respeito pela obra monumental que criou. Segundo Benedito Nunes, é ele que inaugura a literatura urbana na Amazônia, e o faz com grande valor artístico, superando o exotismo que vitima a literatura regional e levando o drama do homem amazônico à dimensão universal que ele merece. É uma grande honra partir de uma obra dele, mas também não podemos incorrer no erro de idolatrá-lo a ponto de almejar apenas transpor sua obra para à cena (até porque isso é impossível, em tese). Devemos, isso sim, confrontá-lo com nosso discurso pessoal e coletivo, e ver o que nasce desse conflito. A experiência com "Solo de Marajó" foi determinante para o surgimento desse projeto? 5 / 6

6 Não exatamente. Quando o Cláudio Barros me convidou para dirigi-lo o projeto do Usina já tinha sido aprovado há muito tempo. Mas foi muito importante pra mim, encenar a obra do Dalcídio antes de assumir este novo processo, afinal, trata-se de um mesmo universo ficcional. Apesar disso, o resultado da montagem do Usina deverá ser muito diferente do Solo de Marajó. Acabas de ingressa no mundo acadêmico, agora como professor da ETEDUFPA. Quais teus sentimentos em relação a isso? Estou muito feliz. Terminei uma especialização em estudos contemporâneos do corpo, que defendi em janeiro, e pretendo partir para o mestrado em artes cênicas, o mais brevemente possível. Paralelamente, ministro quatro disciplinas teóricas ao mesmo tempo, o que exige muito estudo e dedicação. Os desafios são grandes, mas quando a gente ama o que faz tudo fica mais fácil. Sempre caminhastes entre o jornalismo e o teatro. Hoje, como é esta relação? O teatro volta a ser mais presente? Sim, muito mais. O teatro, felizmente, está ocupando quase todo meu tempo. Digo felizmente porque esse sempre foi meu projeto de vida, que agora se concretiza. Teatro pela manhã, teatro à tarde e teatro à noite. É muito bom. 6 / 6

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

Circo-Teatro: É Teatro No Circo

Circo-Teatro: É Teatro No Circo Circo-Teatro: É Teatro No Circo Ermínia Silva Centro de Memória da Unicamp Doutor Pesquisadora Colaboradora do Centro de Memória da Unicamp Resumo: Parte dos estudos sobre circo no Brasil, realizados no

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem Conhecer a vida e a obra do poeta Carlos Drummond de Andrade a partir de um documentário não tradicional;

Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem Conhecer a vida e a obra do poeta Carlos Drummond de Andrade a partir de um documentário não tradicional; Ensino Médio Cinema e Educação: O Poeta das Sete Faces Disciplinas/Áreas do Conhecimento: Língua Portuguesa; Arte; História; Sociologia; Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem Conhecer a vida e a

Leia mais

A DRAMATURGIA NO ATO TEATRAL

A DRAMATURGIA NO ATO TEATRAL A DRAMATURGIA NO ATO TEATRAL Calixto de Inhamuns A palavra dramaturgia, usando a pesquisa do mestre Alexandre Mate, nasce de drama (sentido conotativo de) ação e tourgia (sentido de trabalho, de tecimento),

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1: Histórico: Os movimentos dos Vianna 33 Klauss Vianna 33 Angel Vianna 41 Rainer Vianna 44

SUMÁRIO. Capítulo 1: Histórico: Os movimentos dos Vianna 33 Klauss Vianna 33 Angel Vianna 41 Rainer Vianna 44 SUMÁRIO Prefácio 11 Apresentação 15 Introdução A dança da vida 21 Capítulo 1: Histórico: Os movimentos dos Vianna 33 Klauss Vianna 33 Angel Vianna 41 Rainer Vianna 44 Capítulo 2: Técnica Klauss Vianna:

Leia mais

Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa. Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio

Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa. Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio Filme: Como se morre no cinema 1 de Luelane Loiola Correa Plano de Aula: Ensino Fundamental II e Ensino Médio Disciplinas/Áreas do Conhecimento: Língua Portuguesa; Arte; Inglês; Projeto Interdisciplinar;

Leia mais

ESTRUTURAS NARRATIVAS DO JOGO TEATRAL. Prof. Dr. Iremar Maciel de Brito Comunicação oral UNIRIO Palavras-chave: Criação -jogo - teatro

ESTRUTURAS NARRATIVAS DO JOGO TEATRAL. Prof. Dr. Iremar Maciel de Brito Comunicação oral UNIRIO Palavras-chave: Criação -jogo - teatro ESTRUTURAS NARRATIVAS DO JOGO TEATRAL 1 Prof. Dr. Iremar Maciel de Brito Comunicação oral UNIRIO Palavras-chave: Criação -jogo - teatro I - Introdução O teatro, como todas as artes, está em permanente

Leia mais

O Teatro do Oprimido e suas contribuições para pensar a prática artística coletiva: Uma experiência na formação de promotoras legais populares

O Teatro do Oprimido e suas contribuições para pensar a prática artística coletiva: Uma experiência na formação de promotoras legais populares O Teatro do Oprimido e suas contribuições para pensar a prática artística coletiva: Uma experiência na formação de promotoras legais populares Fabiane Tejada da Silveira Instituto de Artes e Design da

Leia mais

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53 Rio de Janeiro Sumário Para início de conversa 9 Família, a Cia. Ltda. 13 Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35 Cardápio de lembranças 53 O que o homem não vê, a mulher sente 75 Relacionamentos: as Cias.

Leia mais

NADJA VLADI - Editora da revista Muito.

NADJA VLADI - Editora da revista Muito. NADJA VLADI - Editora da revista Muito. Jornalista, doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Faculdade de Comunicação da UFBA. Atualmente atua como editora-coordenadora da revista Muito do

Leia mais

É um enorme prazer participar deste encontro, promovido pelo Departamento Jurídico XI de Agosto.

É um enorme prazer participar deste encontro, promovido pelo Departamento Jurídico XI de Agosto. Departamento Jurídico XI de Agosto Apresentação: Dr. Antônio Roberto Sandoval Filho 29 de outubro de 2012 Boa noite a todos, É um enorme prazer participar deste encontro, promovido pelo Departamento Jurídico

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar

O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar Por Natália Garcia* João ocupa um cargo importante em um dos órgãos sindicais de construtoras, corretoras e imobiliárias do Brasil. Seu nome é fictício

Leia mais

Síntese do Projeto. Alguns grupos teatrais que montaram a peça:

Síntese do Projeto. Alguns grupos teatrais que montaram a peça: Síntese do Projeto Faustino, um Fausto Nordestino é um clássico da nossa literatura e dramaturgia. Voltado para jovens de 12 anos em diante, sem limite de idade, o projeto consiste na prensagem de um audiolivro

Leia mais

Da sala de aula à sala de ensaio: uma proposta para a formação do professor de teatro

Da sala de aula à sala de ensaio: uma proposta para a formação do professor de teatro Da sala de aula à sala de ensaio: uma proposta para a formação do professor de teatro Ricardo Carvalho de Figueiredo Universidade Federal de Minas Gerais Professor Assistente Doutorando em Artes EBA/UFMG

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Eustáquio Pereira de Oliveira. São José dos Campos SP. Abril de 2011

CENTRO HISTÓRICO EMBRAER. Entrevista: Eustáquio Pereira de Oliveira. São José dos Campos SP. Abril de 2011 CENTRO HISTÓRICO EMBRAER Entrevista: Eustáquio Pereira de Oliveira São José dos Campos SP Abril de 2011 Apresentação e Formação Acadêmica Meu nome é Eustáquio, estou com sessenta anos, nasci em Minas Gerais,

Leia mais

ESTRUTURA IDEOLÓGICA E POÉTICA NO TEATRO DE GRUPO: QUAL RAZÃO PARA QUE SE CONTINUE? 1 Vinicius Pereira (IC)

ESTRUTURA IDEOLÓGICA E POÉTICA NO TEATRO DE GRUPO: QUAL RAZÃO PARA QUE SE CONTINUE? 1 Vinicius Pereira (IC) 009 ESTRUTURA IDEOLÓGICA E POÉTICA NO TEATRO DE GRUPO: QUAL RAZÃO PARA QUE SE CONTINUE? 1 Vinicius Pereira (IC) André Carreira (Orientador) (UDESC - CNPq) RESUMO: Esta pesquisa busca compreender como a

Leia mais

A Escola Livre de Teatro e O alfabeto pegou fogo Vilma Campos dos Santos Leite Preâmbulo

A Escola Livre de Teatro e O alfabeto pegou fogo Vilma Campos dos Santos Leite Preâmbulo A Escola Livre de Teatro e O alfabeto pegou fogo Vilma Campos dos Santos Leite UFU Universidade Federal de Uberlândia Palavras chave : Formação Teatral; Pedagogia do Teatro; História do Teatro Preâmbulo

Leia mais

O PROFESSOR E A CONTEMPORANEIDADE: PREPARAÇÃO PROFISSIONAL PARA UMA OUTRA SOCIEDADE

O PROFESSOR E A CONTEMPORANEIDADE: PREPARAÇÃO PROFISSIONAL PARA UMA OUTRA SOCIEDADE O PROFESSOR E A CONTEMPORANEIDADE: PREPARAÇÃO PROFISSIONAL PARA UMA OUTRA SOCIEDADE BARREIRO, Cristhianny Bento 1 IFSUL AFONSO, Marcela da Silva 2 IFSUL CASTRO, Beatriz Helena Viana 3 IFSUL Grupo de Trabalho

Leia mais

BRINCANDO DE BONECOS

BRINCANDO DE BONECOS BRINCANDO DE BONECOS O Espetáculo Brincando de Bonecos visa estimular a capacidade narrativa, incentivar a criatividade e divertir o espectador. Alguns bonecos são feitos a partir de materiais recicláveis,

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC ENTREVISTA MUSEO DE ARTE LATINOAMERICANO DE BUENOS AIRES MALBA FUNDACIÓN CONSTANTINI Entrevista realizada com a educadora Florencia González de Langarica que coordenou o educativo do Malba até 2012, concedida

Leia mais

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Serviço de Rádio Escuta da Prefeitura de Porto Alegre Emissora: Rádio Guaíba Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Data: 07/03/2007 14:50 Programa: Guaíba Revista Apresentação:

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Bíblia para crianças apresenta AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

O professor como trabalhador cultural: a pedagogia pós-crítica na base da ação do professor-ator.

O professor como trabalhador cultural: a pedagogia pós-crítica na base da ação do professor-ator. A pedagogia pós-crítica na ação do professor-artista: a interação entre o pedagogo e o ator na sala de aula Heloise Baurich Vidor UDESC Palavras-chave: Professor-artista professor-personagem teatro na

Leia mais

CONVERSA COM PAULO FREIRE: Linguagem e Poder

CONVERSA COM PAULO FREIRE: Linguagem e Poder CONVERSA COM PAULO FREIRE: Linguagem e Poder Entrevista concedida a Virginia Maria de Figueiredo e Silva e Tânia Maria Piacentini * Paulo Freire esteve em Florianópolis, no dia 8 de junho, a convite da

Leia mais

Reflexões de Fernando Peixoto sobre o texto teatral Caminho de Volta (Consuelo de Castro)

Reflexões de Fernando Peixoto sobre o texto teatral Caminho de Volta (Consuelo de Castro) Reflexões de Fernando Peixoto sobre o texto teatral Caminho de Volta (Consuelo de Castro) Victor Miranda Macedo Rodrigues Universidade Federal de Uberlândia Orientadora: Rosangela Patriota Ramos O escritor,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Visita às Obras da Vila Brejal Minha

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

ED WILSON ARAÚJO, THAÍSA BUENO, MARCO ANTÔNIO GEHLEN e LUCAS SANTIGO ARRAES REINO

ED WILSON ARAÚJO, THAÍSA BUENO, MARCO ANTÔNIO GEHLEN e LUCAS SANTIGO ARRAES REINO Entrevista Cláudia Peixoto de Moura Nós da Comunicação tendemos a trabalhar com métodos qualitativos, porque, acredito, muitos pesquisadores desconhecem os procedimentos metodológicos quantitativos ED

Leia mais

Público escolhe o repertório do próximo show de Oswaldo Montenegro. No mesmo ano: cinema, música, televisão e teatro

Público escolhe o repertório do próximo show de Oswaldo Montenegro. No mesmo ano: cinema, música, televisão e teatro Público escolhe o repertório do próximo show de Oswaldo Montenegro No mesmo ano: cinema, música, televisão e teatro Consagrado pela crítica e pelo público Para comemorar o sucesso de tantos lançamentos

Leia mais

A linguagem da fotonovela Isabel S. Sampaio

A linguagem da fotonovela Isabel S. Sampaio A linguagem da fotonovela Isabel S. Sampaio No segundo semestre de 1970, as revistas que publicavam fotonovelas no Brasil ocupavam o segundo lugar em tiragem e circulação, perdendo apenas para as revistas

Leia mais

Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003. Rio de Janeiro, 28 de maio de 2008.

Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003. Rio de Janeiro, 28 de maio de 2008. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Departamento de Artes & Design Curso de especialização O Lugar do Design na Leitura Disciplina: Estratégia RPG Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003

Leia mais

O QUE FOI A POESIA MARGINAL

O QUE FOI A POESIA MARGINAL O QUE FOI A POESIA MARGINAL A poesia marginal ou a geração Mimeógrafo surgiu na década de 70 no Brasil, de forma a representar o movimento sociocultural que atingiu as artes e principalmente a literatura.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 24 Discurso na solenidade de entrega

Leia mais

AS AÇÕES FÍSICAS NO TEATRO CONTEMPORÂNEO. Palavras-chave: ação física; teatro contemporâneo; Samuel Beckett; Rockaby.

AS AÇÕES FÍSICAS NO TEATRO CONTEMPORÂNEO. Palavras-chave: ação física; teatro contemporâneo; Samuel Beckett; Rockaby. 7º Seminário de Pesquisa em Artes da Faculdade de Artes do Paraná AS AÇÕES FÍSICAS NO TEATRO CONTEMPORÂNEO Anais Eletrônicos Dirceli Adornes Palma de Lima 186 Faculdade de Artes do Paraná RESUMO O objetivo

Leia mais

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015 Ficha da semana 4º ano A/B/C. Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

_Márcio Moreno, 28 Sou um rapaz comum da geração do raprockandrollpsicodeliahardcoreragga. marciomoreno.com

_Márcio Moreno, 28 Sou um rapaz comum da geração do raprockandrollpsicodeliahardcoreragga. marciomoreno.com 23 24 25 _Márcio Moreno, 28 Sou um rapaz comum da geração do raprockandrollpsicodeliahardcoreragga. marciomoreno.com 26 27 Joe Navalha, 2013 28 TEXTO POR CAIO BASTOS Restam duas opções, ao se deparar com

Leia mais

O CHÃO DA PALAVRA: CINEMA E LITERATURA NO BRASIL: A CULTURA CINEMATOGRÁFICA E LITERÁRIA BRASILEIRAS SOB O OLHAR DE JOSÉ CARLOS AVELLAR

O CHÃO DA PALAVRA: CINEMA E LITERATURA NO BRASIL: A CULTURA CINEMATOGRÁFICA E LITERÁRIA BRASILEIRAS SOB O OLHAR DE JOSÉ CARLOS AVELLAR O CHÃO DA PALAVRA: CINEMA E LITERATURA NO BRASIL: A CULTURA CINEMATOGRÁFICA E LITERÁRIA BRASILEIRAS SOB O OLHAR DE JOSÉ CARLOS AVELLAR Matheus Oliveira Knychala Biasi* Universidade Federal de Uberlândia

Leia mais

ações de cidadania Atendimento direto ECE-SP recebe a comunidade com equipe qualificada e atividades orientadas Revista Linha Direta

ações de cidadania Atendimento direto ECE-SP recebe a comunidade com equipe qualificada e atividades orientadas Revista Linha Direta ações de cidadania Atendimento direto ECE-SP recebe a comunidade com equipe qualificada e atividades orientadas Valéria Araújo Quando crianças, adolescentes, jovens e familiares do distrito da Brasilândia

Leia mais

ROTEIRO DIÁRIO (Plano de Aula)

ROTEIRO DIÁRIO (Plano de Aula) ROTEIRO DIÁRIO (Plano de Aula) Componente Curricular: Ensino Religioso / 7º ano Ano Letivo: 2014 Professor Ministrante: Lúcia Clemeci Carga Horária: 5 horas/ aula Data: 02/ 07/2014 Aula: 03 Título: Crescimento

Leia mais

http://www.clarin.com/br/buenos-aires-presenca-grandeimaginario_0_1360664321.html

http://www.clarin.com/br/buenos-aires-presenca-grandeimaginario_0_1360664321.html http://www.clarin.com/br/buenos-aires-presenca-grandeimaginario_0_1360664321.html ENTREVISTA: VIK MUNIZ Buenos Aires tem uma presença muito grande no meu imaginário Gabriela Grosskopf Antunes Ele é um

Leia mais

Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre

Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre anterior, dentro de contextos que buscavam enfatizar o

Leia mais

AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA FESTA CRIATIVA Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA FESTA CRIATIVA Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA FESTA CRIATIVA Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Ele era um excelente e criativo professor de Educação Física. Um dia, a diretora da escola o procurou e disse: Dentro

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 26 Discurso n& cerimonia de sanção

Leia mais

1. Você já havia assistido a um espetáculo de circo? Sim 25 Não 26

1. Você já havia assistido a um espetáculo de circo? Sim 25 Não 26 1. Você já havia assistido a um espetáculo de circo? Sim 25 Não 26 Não 51% Sim 49% Qual? Não lembra 11 Tihany 2 Espacial 2 Napoli 2 Beto Carreiro 2 Circo perto de casa 1 O mundo dos sonhos 1 Patinação

Leia mais

Press Release 15 de fevereiro de 2013

Press Release 15 de fevereiro de 2013 Press Release 15 de fevereiro de 2013 O Instituto Sacatar tem a satisfação de anunciar a chegada de um novo grupo de seis artistas premiados, cada um, com um período de residência de oito semanas de duração

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

UMA PIZZA CHAMADA DESEJO. por. Rodrigo Ferrari. Versão final 02/09/2011

UMA PIZZA CHAMADA DESEJO. por. Rodrigo Ferrari. Versão final 02/09/2011 UMA PIZZA CHAMADA DESEJO por Rodrigo Ferrari Versão final 02/09/2011 rodrigoferrari@gmail.com (21)9697.0419 Iluminados, no fundo do palco, BLANCHE e o. O Médico veste um jaleco branco, estetoscópio, óculos

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

DIAS 94. de Claudio Simões (1990 / 94)

DIAS 94. de Claudio Simões (1990 / 94) DIAS 94 de Claudio Simões (1990 / 94) 2 PERSONAGENS São cinco personagens identificadas apenas por números. Não têm gênero definido, podendo ser feitas por atores ou atrizes. As frases em que falam de

Leia mais

Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados

Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados CURTA-SE VIII Festival Ibero-Americano de Curtas-Metragens de Sergipe Protocolo: 4 Proponente: Centro de Estudos Casa Curta-SE Estado do Proponente:

Leia mais

Arte Ensino Fundamental. Fase Final (6º a 9º ano)

Arte Ensino Fundamental. Fase Final (6º a 9º ano) Arte Ensino Fundamental Fase Final (6º a 9º ano) 2012 APRESENTAÇÃO Caro(a) professor(a), (...) Protege-me das incursões obrigatórias que sufocam o prazer da descoberta e com o silêncio ( intimamente sábio

Leia mais

É isso mesmo quando você elabora um discurso de vendas, quando você cria uma copy, qual capa você veste? Qual o seu arquétipo?

É isso mesmo quando você elabora um discurso de vendas, quando você cria uma copy, qual capa você veste? Qual o seu arquétipo? E-MAIL 1 Headline: Você sabe o que é um arquétipo? Eu tenho uma novidade para você. Você já parou para pensar em seu arquétipo? É isso mesmo quando você elabora um discurso de vendas, quando você cria

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante

Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante CATEGORIAS SUBCATEGORIAS INDICADORES 1.1. Tempo de serviço docente ( ) 29 anos (1) 1.2. Motivações pela vertente artística ( ) porque

Leia mais

GRUPOS DE TEATRO DE CAXIAS DO SUL. Unidade de Teatro da Secretaria da Cultura (54) 3901.1316 unidadedeteatro@caxias.rs.gov.br

GRUPOS DE TEATRO DE CAXIAS DO SUL. Unidade de Teatro da Secretaria da Cultura (54) 3901.1316 unidadedeteatro@caxias.rs.gov.br GRUPOS DE TEATRO DE CAXIAS DO SUL Unidade de Teatro da Secretaria da Cultura (54) 3901.1316 unidadedeteatro@caxias.rs.gov.br A Gangorra Foto: Antonio Lorenzett Foi criado em 2010, tem por finalidade montagens

Leia mais

Videoclipe: Só sei dançar com você 1

Videoclipe: Só sei dançar com você 1 Videoclipe: Só sei dançar com você 1 Bruno Olhero BOTAS 2 Gabriela dos Santos SILVA 3 Grazielli FERRACCIOLLI 4 Guilherme Henrique de SOUZA 5 Isa Dias Colombo SANTOS 6 Rahessa da Silva VITÓRIO 7 Yasmin

Leia mais

TRABALHO: VILÃO OU SALVAÇÃO? Sofrimento Psíquico e Alcoolismo entre Servidores da Universidade Federal do Ceará

TRABALHO: VILÃO OU SALVAÇÃO? Sofrimento Psíquico e Alcoolismo entre Servidores da Universidade Federal do Ceará TRABALHO: VILÃO OU SALVAÇÃO? Sofrimento Psíquico e Alcoolismo entre Servidores da Universidade Federal do Ceará O Problema Alcoolismo - um dos mais graves problemas de saúde pública na atualidade. Abuso

Leia mais

Um elefante incomoda muita gente, dois elefantes... Sandra Luiza Nunes Caseiro 1

Um elefante incomoda muita gente, dois elefantes... Sandra Luiza Nunes Caseiro 1 Um elefante incomoda muita gente, dois elefantes... Sandra Luiza Nunes Caseiro 1 Estive pensando sobre os conflitos e as frustrações na Vida em Família, e a primeira consideração que me ocorreu foi: precisamos

Leia mais

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012.

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. MALDITO de Kelly Furlanetto Soares Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. 1 Em uma praça ao lado de uma universidade está sentado um pai a

Leia mais

DRAMATURGIA ATORAL: ENTREVISTA AO DRAMATURGO ESPANHOL JOSÉ SANCHIS SINISTERRA

DRAMATURGIA ATORAL: ENTREVISTA AO DRAMATURGO ESPANHOL JOSÉ SANCHIS SINISTERRA 1 DRAMATURGIA ATORAL: ENTREVISTA AO DRAMATURGO ESPANHOL JOSÉ SANCHIS SINISTERRA Mariana Muniz 1 Sanchis Sinisterra é um ícone da dramaturgia espanhola contemporânea. Sua peça de maior repercusão foi Ay

Leia mais

II Congreso Internacional sobre profesorado principiante e inserción profesional a la docencia

II Congreso Internacional sobre profesorado principiante e inserción profesional a la docencia II Congreso Internacional sobre profesorado principiante e inserción profesional a la docencia El acompañamiento a los docentes noveles: prácticas y concepciones Buenos Aires, del 24 al 26 de febrero de

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

Respeitáaavel púuublico, vem aí o Palhaço Picoly! Escrito por Administrator

Respeitáaavel púuublico, vem aí o Palhaço Picoly! Escrito por Administrator No dia do Circo, 27 de março, o Janellá traz para você a mais que especial entrevista com o kalderasch Benedito Sbano, que dá vida ao Palhaço Picoly. Confira! Palhaço, cigano, poeta e escritor, com 83

Leia mais

apresenta CHRISTIANE JATAHY ESTREIA A FLORESTA QUE ANDA, ÚLTIMA PARTE DA TRILOGIA FORMADA POR JULIA E E SE ELAS FOSSEM PARA MOSCOU?

apresenta CHRISTIANE JATAHY ESTREIA A FLORESTA QUE ANDA, ÚLTIMA PARTE DA TRILOGIA FORMADA POR JULIA E E SE ELAS FOSSEM PARA MOSCOU? apresenta CHRISTIANE JATAHY ESTREIA A FLORESTA QUE ANDA, ÚLTIMA PARTE DA TRILOGIA FORMADA POR JULIA E E SE ELAS FOSSEM PARA MOSCOU? Macbeth, de William Shakespeare, é a inspiração para criar uma obra que

Leia mais

Sticker Art: Uma ferramenta de inclusão e conscientização do valor da arte

Sticker Art: Uma ferramenta de inclusão e conscientização do valor da arte Sticker Art: Uma ferramenta de inclusão e conscientização do valor da arte Priscila de Macedo Pereira e Souza Resumo: Uma experiência numa escola pública de Goiânia, usando da técnica Sticker Art para

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 109 Discurso na cerimónia de comemoração

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional Sequencia Didática destinada aos Anos Finais do Ensino

Leia mais

A paisagem sonora em práticas teatrais na escola: voz e escuta

A paisagem sonora em práticas teatrais na escola: voz e escuta A paisagem sonora em práticas teatrais na escola: voz e escuta Raquel Guerra Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Graduação Programa de Pós-Graduação em Teatro - UDESC. Professora Resumo: Neste artigo

Leia mais

TEATRO-ESPORTE: Análise de procedimentos com ênfase na construção da relação com o público

TEATRO-ESPORTE: Análise de procedimentos com ênfase na construção da relação com o público TEATRO-ESPORTE: Análise de procedimentos com ênfase na construção da relação com o público Brenno Jadvas Soares Ferreira (UFU) jadvas@mestrado.ufu.br Resumo: O Teatro-Esporte e seu treinamento baseado

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 25.02.15 EDITORIA: MARCOS SÁ DE PAULA. Classificação: Positiva

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 25.02.15 EDITORIA: MARCOS SÁ DE PAULA. Classificação: Positiva FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 25.02.15 EDITORIA: MARCOS SÁ DE PAULA Classificação: Positiva VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 25.02.15 EDITORIA: RODA VIVA Classificação: Positiva VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE

Leia mais

TEATRO DE MARIONETES DE PAUL KLEE E A PRODUÇÃO DE BONECOS.

TEATRO DE MARIONETES DE PAUL KLEE E A PRODUÇÃO DE BONECOS. TEATRO DE MARIONETES DE PAUL KLEE E A PRODUÇÃO DE BONECOS. Amanda Cristina de Sousa amandita_badiana@hotmail.com E.M. Freitas Azevedo Comunicação Relato de Experiência Resumo: O presente relato trata da

Leia mais

PSICODRAMAS PÚBLICOS

PSICODRAMAS PÚBLICOS Cida Davoli Psicodramatista, terapeuta de aluno e supervisora pela Febrap; Coord. dos psicodramas públicos do Centro Cultural São Paulo; professora do nível I e II do Getep PSICODRAMAS PÚBLICOS O diálogo

Leia mais

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/08/2009. Humanos aprimorados versus humanos comuns VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA CONVIVER COM OS HUMANOS APRIMORADOS? http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=voce-esta-preparado-conviver-humanosaprimorados&id=010850090828 Redação do

Leia mais

"Organizar evento é como uma grande orquestra"

Organizar evento é como uma grande orquestra "Organizar evento é como uma grande orquestra" Publicação: 25 de Maio de 2014 às 00:00 O primeiro evento que ela organizou foi aos 12 anos, a festa junina da escola. O que Tânia Trevisan não imaginava

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

VESPERAIS NAS JANELAS

VESPERAIS NAS JANELAS GRUPO REDIMUNHO APRESENTA: VESPERAIS NAS JANELAS O Coração do Lugar Uma Intervenção Lítero-Musical-Teatral PROAC ICMS 2013 "o teatro não chega em alguém, alguém faz 'chegar' o teatro a si mesmo" (C. Tindemans)

Leia mais

18/11/2005. Discurso do Presidente da República

18/11/2005. Discurso do Presidente da República Discurso do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega de certificado para os primeiros participantes do programa Escolas-Irmãs Palácio do Planalto, 18 de novembro de 2005

Leia mais

O Projeto. Um descarrego de energia! Um programa bem humorado, sarcástico e debochado!

O Projeto. Um descarrego de energia! Um programa bem humorado, sarcástico e debochado! O Projeto Um descarrego de energia! Um programa bem humorado, sarcástico e debochado! O projeto foi idealizado por Miguel Rodrigues, Gus Fernandes e Márcio Américo, fazendo parte do Núcleo de Entretenimento

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com Tema:Humor Você vai ler a seguir um fragmento da peça teatral Lua nua, de Leilah Assunção, que foi encenada em várias cidades do país entre 1986 e 1989, sempre com grande sucesso de público e de crítica.

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

JESUS ALIMENTA 5.000 PESSOAS

JESUS ALIMENTA 5.000 PESSOAS Bíblia para crianças apresenta JESUS ALIMENTA 5.000 PESSOAS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

5 Considerações finais

5 Considerações finais 5 Considerações finais 5.1. Conclusões A presente dissertação teve o objetivo principal de investigar a visão dos alunos que se formam em Administração sobre RSC e o seu ensino. Para alcançar esse objetivo,

Leia mais

Narrativa reflexiva sobre planejamento de aulas

Narrativa reflexiva sobre planejamento de aulas Narrativa reflexiva sobre planejamento de aulas Jefferson Ebersol da Silva 1 Contexto da narrativa O projeto PIBID, Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica à Docência da FURG, foi desenvolvido

Leia mais

A arte na vida de Ariel Moshe

A arte na vida de Ariel Moshe minha vida na arte A arte na vida de Ariel Moshe Todos os grandes artistas (...) ajudaram-me com a sua vida de artista e pessoal a criar o ideal de ator que me propus em minha arte, exerceram importante

Leia mais

TEATRO E A ESCOLA: A IMPORTÂNCIA DO PIBID DE ARTES CÊNICAS RESUMO

TEATRO E A ESCOLA: A IMPORTÂNCIA DO PIBID DE ARTES CÊNICAS RESUMO TEATRO E A ESCOLA: A IMPORTÂNCIA DO PIBID DE ARTES CÊNICAS Nilda Beatriz do Nascimento Lesmo 1 ; Vera Heloisa Cardoso Leite 1 ; Flávia Janiaski Vale 2 ; José Oliveira Parente 2 UFGD/FACALE Caixa Postal

Leia mais

Procedimentos de um laboratório experimental: o melodrama por Almodóvar

Procedimentos de um laboratório experimental: o melodrama por Almodóvar Procedimentos de um laboratório experimental: o melodrama por Almodóvar Maria De Maria Programa de Pós-Graduação em Artes Universidade Federal de Uberlândia Mestranda Práticas e Processos em Artes Or.

Leia mais

Considerações sobre a elaboração de projeto de pesquisa em psicanálise

Considerações sobre a elaboração de projeto de pesquisa em psicanálise Considerações sobre a elaboração de projeto de pesquisa em psicanálise Manoel Tosta Berlinck Um projeto de pesquisa é um objeto escrito que resulta de um processo de elaboração, esclarecimento e precisão.

Leia mais

ANÁLISE DA POSTURA DE UMA PROFESSORA PARTICIPANTE DE UM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA

ANÁLISE DA POSTURA DE UMA PROFESSORA PARTICIPANTE DE UM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA IX CONGRESO INTERNACIONAL SOBRE INVESTIGACIÓN EN DIDÁCTICA DE LAS CIENCIAS Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN ANÁLISE DA POSTURA DE UMA PROFESSORA PARTICIPANTE DE UM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA

Leia mais

Biografias Cênicas: o ensino do teatro a partir da memória com o público da terceira idade

Biografias Cênicas: o ensino do teatro a partir da memória com o público da terceira idade Biografias Cênicas: o ensino do teatro a partir da memória com o público da terceira idade Mariana de Lima e Muniz Co-autor: Ricardo Carvalho (UFMG) Bolsistas: Elaine Paiva e Iasmim Marques Programa de

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ORIENTADORES ARTÍSTICOS EM TEATRO PARA O PROJETO ADEMAR GUERRA Edição 2013

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ORIENTADORES ARTÍSTICOS EM TEATRO PARA O PROJETO ADEMAR GUERRA Edição 2013 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ORIENTADORES ARTÍSTICOS EM TEATRO PARA O PROJETO ADEMAR GUERRA Edição 2013 PROJETO ADEMAR GUERRA Conceito e Eixo Curatorial I-Apresentação O Governo do Estado de São

Leia mais