FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 20ª. AULA O EXERCÍCIO DA MEDIUNIDADE ESPÍRITA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 20ª. AULA O EXERCÍCIO DA MEDIUNIDADE ESPÍRITA"

Transcrição

1 FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 20ª. AULA O EXERCÍCIO DA MEDIUNIDADE ESPÍRITA Autoria: Projeto Estudos Filosóficos Espíritas Imagem: OSESP, Sala São Paulo

2 HÁ UMA RELAÇÃO MUITO ESTREITA ENTRE A EDUCAÇÃO PARA A VIDA E A EDUCAÇÃO PARA A MEDIUNIDADE; SE A VIDA EXIGE DISCIPLINA E RESPONSABILIDADE, A MEDIUNIDADE SE ENRIQUECE DE MODO IDÊNTICO COM ESSAS CONQUISTAS. PERIODICAMENTE, PERDEM-SE BELAS MEDIUNIDADES E OUTRAS SÃO ATROFIADAS PELAS CONSPIRAÇÕES DO EGO, DENTRE OS QUAIS O MELINDRE, QUE FRAGILIZAM OS SEUS PORTADORES DEIXANDO-OS EXPOSTOS AO FASCÍNIO DOS PROCESSOS OBSESSIVOS.

3 NÃO SE PODE CONCEBER MÉDIUM FORA DAS LIDES DA CARIDADE, DESCOMPROMETIDO COM AS NECESSIDADES DE SUA ÉPOCA, MAS SIM, JUNTO AOS SOFREDORES (...); O MÉDIUM É O PORTA-VOZ DA ESPERANÇA, É COMO FILAMENTO DE LÂMPADA QUE DEVE INCANDESCER-SE SOB O INFLUXO DA ENERGIA DIVINA PARA QUE A LUZ ROMPA AS TREVAS. MANOEL PHILOMENO DE MIRANDA

4 O MÉDIUM EM AÇÃO EMBEVECIMENTO DIANTE DAS PRÓPRIAS CAPACIDADES MEDIÚNICAS EXTREMOS : SUPER VALORIZAÇÃO DO MÉDIUM ou RIGOR EXAGERADO DA CRÍTICA INJUSTA DEPENDÊNCIA TOTAL DO MODO DE EMPREGAR E DIRECIONAR AS PRÓPRIAS FORÇAS MENTAIS

5 FONTE DAS DIFICULDADES DESCONHECIMENTO DAS LEIS PSÍQUICAS (PENSAMENTO) PÉSSIMA EDUCAÇÃO MEDIÚNICA PRESUNÇÃO, PRECONCEITOS, CETICISMO DESVIOS DOUTRINÁRIOS PRÁTICAS PESSOAIS, RITUALÍSTICAS, MODISMOS IMATURIDADE, INGENUIDADE

6 O MUNDO INVISÍVEL É UM VASTO E PROFUNDO OCEANO SEMEADO DE ESCOLHOS, MAS REPLETO DE VIDA E DE RIQUEZA. POR TRÁS DA CORTINA DE ALÉM- TÚMULO, SE AGITAM MULTIDÕES INÚMERAS (...) DAÍ A NECESSIDADE DE ESTUDAR, DE EXPLORAR ESSE MUNDO INVISÍVEL E PONDERAR-LHE AS FORÇAS, OS RECURSOS (...) (DENIS)

7 É SEMPRE FÁCIL IDENTIFICAR DESVIOS DOUTRINÁRIOS E PERCEBER QUE UM GRUPO ESTÁ SENDO ENVOLVIDO POR ESPÍRITOS ARDILOSOS, INTERESSADOS NA ENXERTIA DE DOUTRINAS EXÓTICAS OU PRÁTICAS PERFEITAMENTE DISPENSÁVEIS, QUANDO NÃO FRANCAMENTE PERNICIOSAS. (...) A RESPONSABILIDADE, NESSES CASOS, É DOS MÉDIUNS (...) (MIRANDA)

8 ALLAN KARDEC CONSULTAVA DIFERENTES ESPÍRITOS ATRAVÉS DE DIFERENTES MÉDIUNS; QUESTIONA OS ESPÍRITOS PELO QUE LHE DIZEM, SEJAM ELES QUEM FOREM; SOMENTE ACEITOU IDEIAS QUE REJEITAVA APÓS MUITA RELUTÂNCIA E PQ ACABOU CONVICTO DE QUE ERA UMA REALIDADE INSOFISMÁVEL, LÓGICA E NECESSÁRIA AO ENTENDIMENTO DOS PROBLEMAS BÁSICOS DO ESPÍRITO; FREQUENTEMENTE, DIVERGIA DOS ESPÍRITOS QUANDO NÃO ENCONTRAVA EMBASAMENTO NOS PRÓPRIOS CONHECIMENTOS E PESQUISAS REALIZADAS.

9 QUESTIONA A IDENTIDADE DO ESPÍRITO QUE SE ANUNCIAVA COMO ESPÍRITO DA VERDADE ; QUESTIONA SE ELE (KARDEC) REALMENTE TINHA UMA MISSÃO A CUMPRIR; PROCURA DEMONSTRAR A VERACIDADE DESSAS COMUNICAÇÕES SERVINDO-SE DE VÁRIOS MÉDIUNS; MENSAGEM DE OESE/CAP.VI ASSINADA PELO ESPÍRITO DA VERDADE: OBTIDA POR UM DOS MELHORES MÉDIUNS DA SEP

10 POR QUE GRANDE MÉDIUM? COMPETÊNCIA MEDIÚNICA: FIDELIDADE, AUTENTICIDADE, LEGITIMIDADE, SERIEDADE, MATURIDADE, DEDICAÇÃO, ASSIDUIDADE, ÉTICA (PESSOA)

11 CONVENCE-SE DE QUE SEU ORIENTADOR ERA O PRÓPRIO JESUS, PORÉM, MANTÉM RESERVA SOBRE A QUESTÃO; ATITUDE SÓBRIA, CAUTELOSA, DISCRETA, PRUDENTE; CONVENCE-SE DE QUE O MÉDIUM É PASSÍVEL DE RECEBER UMA COMUNICAÇÃO MAIS RARA, SEM COLOCÁ-LO SOB SUSPEITA; NÃO HÁ INFALIBILIDADE HÁ QUE HAVER ESFORÇO, TRABALHO, CONSTÂNCIA, RESPONSABILIDADE.

12 É NECESSÁRIO ADOTAR PRECAUÇÕES NA PRÁTICA DA MEDIUNIDADE. AS VIAS DE COMUNICAÇÃO QUE O ESPIRITISMO FACILITA ENTRE O NOSSO E O MUNDO OCULTO PODEM SERVIR DE VEÍCULOS ÀS ALMAS PERVERSAS QUE FLUTUAM EM NOSSA ATMOSFERA, SE NÃO LHE SOUBERMOS OPOR A RESISTÊNCIA VIGILANTE E FIRME. (DENIS)

13 CASOS DE OBSESSÃO CITADOS POR DENIS MÉDIUM RANDONE, SOB O ASSÉDIO DE FENÔMENOS DE EFEITOS FÍSICOS (MOVIMENTAÇÃO DE OBJETOS); MÉDIUM LEBÈGEU, SOB O ASSÉDIO DE FENÔMENOS DE EFEITOS FÍSICOS (VOZ DIRETA); MÉDIUM ALEMÃ, SOB O ASSÉDIO DE FENÔMENOS DE EFEITOS FÍSICOS E COMBUSTÃO EXPONTÂNEA. MÉDIUM EM SÃO PAULO (ATRAVÉS DE UM PROGRAMA DE RÁDIO): SOB O ASSÉDIO DE FENÔMENOS DE EFEITOS FÍSICOS, JULGAVA-SE SOB PERSEGUIÇÃO DE ETs.

14 DISPONIBILIDADE E DISCIPLINA

15 PREPARAÇÃO CONSTANTE; ESTADO DE VIGILÂNCIA; DOSE CERTA DE RENÚNCIA ( TOMADAS ); ATENÇÃO PARA CONSIGO MESMO; ATMOSFERA DE PAZ; RECOLHIMENTO; SOSSEGO MORAL (ANTEPARO DE FORÇAS MAGNÉTICAS); PRECES; AFASTAMENTO DE LUGARES E DE SITUAÇÕES CONDUCENTES AO DESEQUILÍBRIO; VONTADE.

16 AS VIBRAÇÕES DO PENSAMENTO SE PROPAGAM ATRAVÉS DO ESPAÇO E SOBRE NÓS ATRAEM PENSAMENTOS E VIBRAÇÕES SIMILARES. (...) EM NOSSA FRAQUEZA E INCONSISTÊNCIA, ATRAÍMOS NA MAIOR PARTE DAS VEZES ESPÍRITOS MAUS, CUJAS SUGESTÕES NOS PERTURBAM. É ASSIM QUE A COMUNICAÇÃO MEDIÚNICA PODE DESVIRTUAR-SE. (...)

17 O ÚNICO MEIO DE EVITARMOS ESSES PROBLEMAS CONSISTE EM CRIARMOS EM NÓS, POR NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS, UM FOCO IRRADIADOR DE LUZ E DE PUREZA. TODA COMUNHÃO É OBRA DO PENSAMENTO. ELE É A PRÓPRIA ESSÊNCIA DA VIDA ESPIRITUAL. É FORÇA QUE VIBRA COM INTENSIDADE CRESCENTE, À MEDIDA QUE A ALMA SE ELEVA, DO SER INFERIOR AO ESPÍRITO PURO E DO ESPÍRITO PURO ATÉ DEUS. (DENIS)

18 ATO MEDIÚNICO TOQUE VIBRATÓRIO FUSÃO FLUÍDICA SIMULTÂNEA ALTERAÇÃO NO PSIQUISMO DE AMBOS

19 CEFE - PROJETO ESTUDOS FILOSÓFICOS ESPÍRITAS UM BOM LIVRO ESPÍRITA JAMAIS SE DESATUALIZA, DESDE QUE SEJA DE AUTORIA SÉRIA E COMPROMETIDA COM OS PRINCÍPIOS ESPÍRITAS. ALLAN KARDEC AFIRMA QUE A CIÊNCIA ESPÍRITA SE ATUALIZARIA COM AS NOVAS DESCOBERTAS PORÉM, O QUE BALIZA ESSA AFIRMAÇÃO SÃO OS SEUS PRINCÍPIOS DE RAZÃO CONTIDOS EM O LIVRO DOS ESPÍRITOS ; A CIÊNCIA HUMANA NUNCA CONFIRMARÁ A CIÊNCIA ESPÍRITA; ESTA É QUE NORTEARÁ OS CORRETOS CAMINHOS PARA A PRIMEIRA, QUE FATALMENTE VIRÁ AO ENCONTRO DA SEGUNDA. (STS) Autoria : Projeto Estudos Filosóficos Espíritas IMAGENS: Diversas fontes Internet, citadas e da autora deste Projeto EFE. Algumas imagens colhidas na Internet com o fim de ilustração para os slides desde curso são de autoria desconhecida: caso os autores visualizem-nas neste Portal, favor informar-nos para a devida citação dos créditos ou retirada das imagens. CITE AS FONTES: RESPEITE OS DIREITOS DE AUTORIA Bibliografia desta aula: do Programa, c/excertos de seus autores; Imagens, citadas nos slides, da própria autora e da Internet.

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 15ª. AULA: ECLOSÃO DAS FACULDADES MEDIÚNICAS (BASE: DIVERSIDADE DE CARISMAS -H.MIRANDA)

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 15ª. AULA: ECLOSÃO DAS FACULDADES MEDIÚNICAS (BASE: DIVERSIDADE DE CARISMAS -H.MIRANDA) FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 15ª. AULA: ECLOSÃO DAS FACULDADES MEDIÚNICAS (BASE: DIVERSIDADE DE CARISMAS -H.MIRANDA) BUSCA POR ORIENTAÇÃO CONTRA-DEFINIÇÃO DE MEDIUNIDADE RIGIDEZ INIBIDORA IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

TÓPICOS. 9. Evangelho no Lar Exceções 10. Mensagem de André Luiz

TÓPICOS. 9. Evangelho no Lar Exceções 10. Mensagem de André Luiz REUNIÕES MEDIÚNICAS TÓPICOS 1.Conceito de Reunião Mediúnica 2.Características 3.Responsabilidade do Médium 4.Condições para a realização de uma reunião mediúnica 5.Objetivo e natureza das reuniões 6.Necessidades

Leia mais

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 11ª. AULA GRAUS DE MEDIUNIDADE E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: CONHECIMENTO OU SENSO COMUM? AutorIa: Projeto Estudos Filosóficos Espíritas GRAU DA MEDIUNIDADE É POSSÍVEL MENSURAR

Leia mais

A DESCOBERTA DA OUTRA FACE DA NATUREZA OU DO OUTRO LADO DA VIDA SÓ PODERIA SER FEITA DEPOIS DO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO. (J.H.

A DESCOBERTA DA OUTRA FACE DA NATUREZA OU DO OUTRO LADO DA VIDA SÓ PODERIA SER FEITA DEPOIS DO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO. (J.H. A DESCOBERTA DA OUTRA FACE DA NATUREZA OU DO OUTRO LADO DA VIDA SÓ PODERIA SER FEITA DEPOIS DO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO. (J.H.PIRES) FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE Autoria: Projeto Estudos Filosóficos

Leia mais

Natureza / Características / Etapas / Organização / Funcionamento. Marlene Valéria - Emerson

Natureza / Características / Etapas / Organização / Funcionamento. Marlene Valéria - Emerson Natureza / Características / Etapas / Organização / Funcionamento Marlene Valéria - Emerson Entender o que é uma reunião mediúnica. Saber identificar uma reunião mediúnica pela sua natureza e característica.

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO MEDIÚNICA AULA 1. Apresentação

CURSO DE EDUCAÇÃO MEDIÚNICA AULA 1. Apresentação CURSO DE EDUCAÇÃO MEDIÚNICA AULA 1 Apresentação 1 2 Grupo de Estudos Mediúnicos - GEM 3 Objetivo do Curso 4 Integrar os novos participantes ao corpo mediúnico do GEPE, tornando sistemáticos o estudo e

Leia mais

GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE

GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE / Data:09/10-Junho-2013. Aula 21 Irradiação mental Conhecer os elementos e meios básicos para a ação da irradiação mental de forma adequada e segura. 1 FLUÍDO 1. Fluido

Leia mais

AULA 27 Vivência Mediúnica

AULA 27 Vivência Mediúnica AULA 27 Vivência Mediúnica 1 O perfeito conhecimento dos objetivos da mediunidade equipa o intermediário para a desincumbência do compromisso assumido antes da reencarnação, e o seu menosprezo acarreta

Leia mais

10a edição CAMPINAS SP 2013

10a edição CAMPINAS SP 2013 10 a edição CAMPINAS SP 2013 SUMÁRIO Apresentação... IX PRIMEIRA UNIDADE CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES 1. Mediunidade e doutrina espírita...3 2. Importância do método e do estudo prévio...9 3. Reuniões doutrinárias

Leia mais

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE. Mediunidade Espírita Práticas mediúnicas não espíritas

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE. Mediunidade Espírita Práticas mediúnicas não espíritas FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 4ª. AULA: Mediunidade Espírita Práticas mediúnicas não espíritas Autoria: Projeto Estudos Filosóficos Espíritas LIVRO DE PREPARAÇÃO: SEARA DE MÉDIUNS, NA MEDIUNIDADE A)

Leia mais

III. Seminário Atualidade de O Livro dos Médiuns III 1

III. Seminário Atualidade de O Livro dos Médiuns III 1 III 1 ATIVIDADE INTEGRATIVA Dissemos que o Espiritismo é toda uma ciência, toda uma filosofia. Quem, pois, seriamente queira conhecê-lo, (...) não pode, como nenhuma outra ciência, ser aprendido a brincar.(...)

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato Palestra Virtual Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br Tema: Passes e Curas Espirituais Palestrante: Alexandre Lobato Rio de Janeiro 09/01/2004 Organizadores da palestra: Moderador:

Leia mais

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Caracteres do homem de bem Questão: 918 O homem de bem tira boas coisas do bom tesouro do seu coração e o mau tira as más do mau tesouro do seu coração; porquanto,

Leia mais

AULA 20 MEDIUNIDADE: O QUE É E COMO PRATICÁ-LA

AULA 20 MEDIUNIDADE: O QUE É E COMO PRATICÁ-LA É natural que nos comuniquemos com os Espíritos desencarnados e eles conosco, porque também somos Espíritos, embora estejamos encarnados. Pelos sentidos físicos e órgãos motores, tomamos contato com o

Leia mais

Doutrina Espírita ESDE

Doutrina Espírita ESDE Federação Espírita Brasileira Orientação ao Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita ESDE Organização e Coordenação: Carlos Campetti Colaboradores: Iracema Fernandes, Maria do Socorro Sousa Rodrigues,

Leia mais

Curso de Passes 2015 (Aula 1 - Reflexões) Grupo de Fraternidade Fabiano de Cristo

Curso de Passes 2015 (Aula 1 - Reflexões) Grupo de Fraternidade Fabiano de Cristo Curso de Passes 2015 (Aula 1 - Reflexões) Grupo de Fraternidade Fabiano de Cristo Informações sobre o curso Início: Neste dia Duração: Algumas Reencarnações Objetivo: Melhoria pessoal ( ajuda na reforma

Leia mais

AUTA DE SOUZA CURSO O N OÇ O ÕE Õ S BÁSIC I AS D E DOU O TR T IN I A E SPÍR Í IT I A

AUTA DE SOUZA CURSO O N OÇ O ÕE Õ S BÁSIC I AS D E DOU O TR T IN I A E SPÍR Í IT I A CURSO NOÇÕES BÁSICAS DOUTRINA ESPÍRITA EDITORA 1 / 9 O Bom Samaritano Qual desses três vos parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos ladrões? O doutor lhe respondeu: Aquele que exerceu a

Leia mais

(Manoel P. de Miranda, Temas da vida e da morte, 4.ed., p. 135). Escola de Evangelização Mediunidade. de Pacientes. Aula 03 1 / 8

(Manoel P. de Miranda, Temas da vida e da morte, 4.ed., p. 135). Escola de Evangelização Mediunidade. de Pacientes. Aula 03 1 / 8 JESUS E A MEDIUNIDADE LOUCURA, DIFICULDADES FINANCEIRAS ESTÃO ASSOCIADAS À PRÁTICA MEDIÚNICA? As disposições pessoais para os desequilíbrios são inatas no homem, que neles estão em gérmem. Desse modo,

Leia mais

Divaldo Franco fala sobre a enxurrada de livros "espíritas" no mercado

Divaldo Franco fala sobre a enxurrada de livros espíritas no mercado Divaldo Franco fala sobre a enxurrada de livros "espíritas" no mercado Reencarnação no plano espiritual Abaixo, trechos da entrevista de Divaldo Franco extraída do livro Conversando com Divaldo Pereira

Leia mais

DESENHOS ESPÍRITAS Um aprendiz do Evangelho

DESENHOS ESPÍRITAS Um aprendiz do Evangelho 1 DESENHOS ESPÍRITAS Um aprendiz do Evangelho 2 3 A consciência e Deus A consciência é o fio invisível de contato com Deus e analisa cada um dos nossos pensamentos, sentimentos e ações, aprovando-os ou

Leia mais

14 DE JUNHO DE 2009 ESPIRITUALIDADE, FÉ E PRECE COMO RECURSOS TERAPÊUTICOS DOS HOSPITAIS MODERNOS

14 DE JUNHO DE 2009 ESPIRITUALIDADE, FÉ E PRECE COMO RECURSOS TERAPÊUTICOS DOS HOSPITAIS MODERNOS 14 DE JUNHO DE 2009 ESPIRITUALIDADE, FÉ E PRECE COMO RECURSOS TERAPÊUTICOS DOS HOSPITAIS MODERNOS As implicações da espiritualidade na saúde vêm sendo, cientificamente, avaliadas e documentadas em centenas

Leia mais

SEMINÁRIO: CONHECENDO O LIVRO DOS MÉDIUNS COAME

SEMINÁRIO: CONHECENDO O LIVRO DOS MÉDIUNS COAME SEMINÁRIO: CONHECENDO O LIVRO DOS MÉDIUNS COAME 26/27 01-2013 1 ATIVIDADE INTEGRATIVA A doutrina que ensina que um único Espírito pode se comunicar é a negação do que o Espiritismo tem de mais belo e consolador:

Leia mais

1. Fatos Espíritas através dos Tempos... 11 2. Kardec e a Codifi cação... 21 3. O Que o Espiritismo Prega... 29 4. Diferenças Fundamentais...

1. Fatos Espíritas através dos Tempos... 11 2. Kardec e a Codifi cação... 21 3. O Que o Espiritismo Prega... 29 4. Diferenças Fundamentais... CAMPINAS-SP 2003 Sumário A Doutrina 1. Fatos Espíritas através dos Tempos...11 O anúncio de uma nova era...12 Em Hydesville, o primórdio...13 O neo-espiritualismo...17 2. Kardec e a Codificação...21 Primeiras

Leia mais

Não estrague o seu dia

Não estrague o seu dia você é o humor que você tem Não estrague o seu dia Poucas são as mensagens que encontrei e que tratam sobre a problemática do humor, desta forma, não podem ser desperdiçadas neste trabalho. Iniciamos nosso

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

13 DE DEZEMBRO DE 2009 FANTOCHES DA ILUSÃO, BOM SENSO OU SOMOS DONOS DA VERDADE?

13 DE DEZEMBRO DE 2009 FANTOCHES DA ILUSÃO, BOM SENSO OU SOMOS DONOS DA VERDADE? 13 DE DEZEMBRO DE 2009 FANTOCHES DA ILUSÃO, BOM SENSO OU SOMOS DONOS DA VERDADE? Infelizmente, os Centros Espíritas estão repletos de modismos e práticas vazias de sentido, oriundos da falta de conhecimento

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: Medicina Espírita e Mediunidade de Cura

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br. Tema: Medicina Espírita e Mediunidade de Cura Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Medicina Espírita e Mediunidade de Cura Palestrante: Altivo Pamphiro Rio de Janeiro 13/10/2000 Organizadores da palestra: Moderador:

Leia mais

INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS

INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS SINTONIA VIBRATÓRIA E AFINIDADE MORAL Vimos antes que matéria e energia são aspectos de uma mesma realidade. Podem parecer muito diferentes aos nossos

Leia mais

Índice. 3. Referências Bibliográficas...6

Índice. 3. Referências Bibliográficas...6 1 Índice Aula VI: Legiões Espirituais, Incorporação e Psicografia... 3 1.2. Legiões Espirituais... 3 1.3. Mediunidade da Incorporação e Psicografia... 4 1.4. Desenvolvimento Mediúnico na Prática Aula VI...

Leia mais

UNIDADE I OS PRIMEIROS PASSOS PARA O SURGIMENTO DO PENSAMENTO FILOSÓFICO.

UNIDADE I OS PRIMEIROS PASSOS PARA O SURGIMENTO DO PENSAMENTO FILOSÓFICO. UNIDADE I OS PRIMEIROS PASSOS PARA O SURGIMENTO DO PENSAMENTO FILOSÓFICO. PARTE 1 O QUE É FILOSOFIA? não é possível aprender qualquer filosofia; só é possível aprender a filosofar. Kant Toda às vezes que

Leia mais

O objetivo da existência é o desabrochar dos germens divinos da alma;

O objetivo da existência é o desabrochar dos germens divinos da alma; PEDAGOGIA ESPÍRITA Trabalho formulado pelos facilitadores Edmar Jr. Ed e Juliana Machado da FEB Capacitação de Evangelizadores - Irmão Estevão, setembro de 2015 A Pedagogia Espírita Fundamentos Somos seres

Leia mais

EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA. Amanda e Denise

EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA. Amanda e Denise EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA OBJETIVOS: Explicar como se realiza a educação do médium; Destacar a importância da capacitação contínua do trabalho do grupo

Leia mais

INSTRUÇÕES DOUTRINÁRIAS

INSTRUÇÕES DOUTRINÁRIAS INSTRUÇÕES DOUTRINÁRIAS Muito pouco foi escrito com referência a instruções doutrinárias na Corrente do Amanhecer. O que se tem, fora o Livro de Leis e Chaves Ritualísticas, são trabalhos isolados, como

Leia mais

POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS?

POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? 01/12/2003 POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? 2 Índice Geral I POR QUE NÃO ORAMOS COM FREQUÊNCIA?... 4 II QUANDO NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS... 5 III

Leia mais

INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM E DO MEIO

INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM E DO MEIO CVDEE Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo Estudos sobre Mediunidade INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM E DO MEIO INTRODUÇÃO Allan Kardec [LM-it 226] propõe aos benfeitores espirituais a seguinte

Leia mais

A DOUTRINA ESPÍRITA, À LUZ DA FÉ RACIOCINADA,

A DOUTRINA ESPÍRITA, À LUZ DA FÉ RACIOCINADA, Matéria Ufologiade capa A DOUTRINA ESPÍRITA, À LUZ DA FÉ RACIOCINADA, EXPLICA QUEM SÃO OS SERES ANGELICAIS Entrevista realizada pelo site www.irc-espiritismo.org.br Eles existem? Aorigem da idéia de que

Leia mais

EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO

EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO EVANGELIZAÇÃO É AMOR E LUZ É JESUS NO CORAÇÃO Lenildo Solano EVANGELIZAÇÃO EM MÚSICA - Sequência Musical: 01- Aula de Evangelização 02- Deus 03- Jesus 04- Anjos da Guarda 05- Oração 06- Espiritismo 07-

Leia mais

Grupo de Fraternidade Espírita Frei Germano

Grupo de Fraternidade Espírita Frei Germano 1 Grupo de Fraternidade Espírita Frei Germano Rua Paraúna n.º 350 Conjunto Celso Machado Bairro Serrano Belo Horizonte Minas Gerais GRUPOS DE ESTUDOS DA MEDIUNIDADE ------------------ 14º MÓDULO -------------------

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Introdução

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Introdução SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Introdução do Lat. informatione A Informação s. f., Ato ou efeito de informar ou informar-se; Comunicação; Conjunto de conhecimentos sobre alguém ou alguma coisa; Conhecimentos

Leia mais

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Habitados Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Jesus referiu-se em algum momento de suas pregações à existência de outros mundos habitados? Qualquer pessoa que pensa, ao

Leia mais

O ESPIRITISMO E A MAÇONARIA

O ESPIRITISMO E A MAÇONARIA O ESPIRITISMO E A MAÇONARIA Eliseu Mota Júnior motajunior@uol.com.br A origem da Maçonaria remonta aos povos mais antigos e vem acompanhando, dentro dos rigores da sua tradição secreta e ritualista, cada

Leia mais

PLANO DE AULA. Figura b Quando a pessoa é descrente e desconfiada, torna-se refratária e repele os fluídos que buscam envolvê-la.

PLANO DE AULA. Figura b Quando a pessoa é descrente e desconfiada, torna-se refratária e repele os fluídos que buscam envolvê-la. ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 19 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO B IDADES: 09/10 1. TEMA: Serviços mediúnicos. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO: Levar à compreensão

Leia mais

14a edição CAMPINAS SP 2012

14a edição CAMPINAS SP 2012 14 a edição CAMPINAS SP 2012 SUMÁRIO Esclarecimentos preliminares... IX PRIMEIRA UNIDADE 1. Radiações ou vibrações...15 2. Deus...21 3. A criação...27 4. Os Espíritos...35 5. Classificação dos Espíritos

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensinos por Parábolas

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensinos por Parábolas FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo III Ensinos por Parábolas Objetivo Interpretar a parábola da rede, segundo o entendimento

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Reuniões Mediúnicas Palestrante: Carlos Feitosa Rio de Janeiro 04/10/2002 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

Os Quatro Tipos de Solos - Coração

Os Quatro Tipos de Solos - Coração Os Quatro Tipos de Solos - Coração Craig Hill Marcos 4:2-8 Jesus usava parábolas para ensinar muitas coisas. Ele dizia: 3 Escutem! Certo homem saiu para semear. 4 E, quando estava espalhando as sementes,

Leia mais

TIPOS DE ESPÍRITOS COMUNICANTES - I. Monitores: Alice Akemi Maria José

TIPOS DE ESPÍRITOS COMUNICANTES - I. Monitores: Alice Akemi Maria José TIPOS DE ESPÍRITOS COMUNICANTES - I Monitores: Alice Akemi Maria José Objetivos Entender como se processa a mensagem mediúnica no psiquismo do médium. Conhecer os meios de identificação dos Espíritos comunicantes

Leia mais

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Durante os meus estudos, fiquei me perguntando, o que trazer de muito especial para compartilhar com os irmãos,

Leia mais

OFICINA VIVENCIANDO O ESDE

OFICINA VIVENCIANDO O ESDE OFICINA VIVENCIANDO O ESDE Programa Fundamental I Módulo I Introdução ao Estudo do Espiritismo Roteiro 3 Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita CIÊNCIA FILOSOFIA RELIGIÃO CIÊNCIA O QUE É E COMO É FEITO?

Leia mais

Leito maculado quando o casamento se torna um empecilho para a Obra de Deus

Leito maculado quando o casamento se torna um empecilho para a Obra de Deus Leito maculado quando o casamento se torna um empecilho para a Obra de Deus Muitos jovens vêm se mostrando arredios aos trabalhos na sua Igreja após contraírem matrimônio. Quem antes era atuante no ministério

Leia mais

FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL

FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL O Livro dos Espíritos, qq. 1 e 27 Obra codificada por Allan Kardec Figuras: Elio Mollo Deus é a inteligência s uprema, causa primária de todas as coisas. Resposta dada pelos Espíritos

Leia mais

ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS

ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS OBJETIVO GERAL: Com base em O Livro dos Espíritos, também eixo gerador das demais quatro obras básicas da Codificação Espírita, estudar a Doutrina Espírita, estudar ALLAN

Leia mais

Objetivo. A Vida no Mundo Espiritual. Desencarnação. Conhecer o processo da desencarnação identificando as principais causas do temor da morte.

Objetivo. A Vida no Mundo Espiritual. Desencarnação. Conhecer o processo da desencarnação identificando as principais causas do temor da morte. A Vida no Mundo Espiritual Desencarnação Meg Barros Patrícia Lima Fernanda Alencar Objetivo Conhecer o processo da desencarnação identificando as principais causas do temor da morte. 1 Conceito Desencarnar

Leia mais

precisamos considerar que a mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos. (...)" (05)

precisamos considerar que a mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos. (...) (05) ADAPTAÇÃO PSÍQUICA precisamos considerar que a mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos. (...)" (05) Esta afirmação, simples e objetiva, define com clareza o papel da mente nas atividades

Leia mais

Leone Alves. O fim da cegueira intelectual. 1ª Edição. São Paulo - Brasil

Leone Alves. O fim da cegueira intelectual. 1ª Edição. São Paulo - Brasil Leone Alves O fim da cegueira intelectual 1ª Edição São Paulo - Brasil 2015 1 Apresentação O fim da cegueira intelectual é um livro filosófico que tem como objetivo despertar na sociedade a capacidade

Leia mais

COMO E ONDE OS DONS DE PODER SE MANIFESTAM

COMO E ONDE OS DONS DE PODER SE MANIFESTAM DONS DE PODER Lição 4-27 de Abril de 2014 Texto Áureo: I Coríntios 2.4 A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Os Anjos da Guarda. Palestrante: Miguel Labolida. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Os Anjos da Guarda. Palestrante: Miguel Labolida. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Os Anjos da Guarda Palestrante: Miguel Labolida Rio de Janeiro 15/10/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "jaja" (nick: Moderador

Leia mais

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO ORIENTAÇÕES BÁSICAS JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO JPEG é Jovens em Pequenos Grupos. A nova identidade dos pequenos grupos para jovens. NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO DA IGREJA PEQUENOS GRUPOS Pequenos grupos

Leia mais

COEM. CEUH Centro Espírita União e Humildade. Curso de Orientação e Educação Mediúnica. 7ª Sessão Classificação Mediúnica

COEM. CEUH Centro Espírita União e Humildade. Curso de Orientação e Educação Mediúnica. 7ª Sessão Classificação Mediúnica CEUH Centro Espírita União e Humildade Ponta Grossa / PR COEM Curso de Orientação e Educação Mediúnica 7ª Sessão Classificação Mediúnica - Mediunidade - Médium - Fenômenos Mediúnicos COEM - Curso de Orientação

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPIRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA N 0 09 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPIRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA N 0 09 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPIRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA N 0 09 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA 1. TEMA: Jesus e o Apóstolo Pedro (mediunidade purificada). 2.

Leia mais

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com.

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com. ANO 1, REVISTA Nº 10, DEZEMBRO/2015 EDITORIAL Nosso convidado deste mês é Presidente de um Centro Espírita bastante eclético e proativo na divulgação do Espiritismo e assistência social. Enfrentou questões

Leia mais

Abrindo o coração para compreender a vontade de Deus

Abrindo o coração para compreender a vontade de Deus Abrindo o coração para compreender a vontade de Deus Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável

Leia mais

ZALMINO ZIMMERMANN ESPIRITISMO, SÉCULO XXI

ZALMINO ZIMMERMANN ESPIRITISMO, SÉCULO XXI ZALMINO ZIMMERMANN ESPIRITISMO, SÉCULO XXI CAMPINAS SP 2011 SUMÁRIO Horizontes... 9 Primeiras Palavras... 11 Capítulo I. Conceito de Espiritismo... 13 Capítulo II. Espiritismo e Ciência... 31 Capítulo

Leia mais

O GRANDE COMPROMISSO. www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011

O GRANDE COMPROMISSO. www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011 O GRANDE COMPROMISSO www.searadomestre.com.br Grupo Espírita Seara do Mestre 25 de abril de 2011 O grande compromisso Nesse desequilíbrio do sentimento e da razão é que repousa atualmente a dolorosa realidade

Leia mais

MEDITANDO À LUZ DO PATHWORK. Clarice Nunes

MEDITANDO À LUZ DO PATHWORK. Clarice Nunes PROGRAMA PATHWORK DE TRANSFORMAÇÃO PESSOAL PATHWORK - RIO DE JANEIRO/ESPÍRITO SANTO HELPERSHIP FORMAÇÃO HELPER Coordenadora do PPTP HELPERSHIP MARIA DA GLÓRIA RODRIGUES COSTA MEDITANDO À LUZ DO PATHWORK

Leia mais

Falando sobre mediunidade

Falando sobre mediunidade Falando sobre mediunidade Para início de conversa, é preciso fazer uma distinção entre mediunidade e espiritismo, já que não foi este quem a inventou. Desta forma, temos médiuns e fenômenos mediúnicos

Leia mais

Conteúdo Básico Comum (CBC) de FILOSOFIA do Ensino Médio Exames Supletivos/2015

Conteúdo Básico Comum (CBC) de FILOSOFIA do Ensino Médio Exames Supletivos/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

i. Existe alguma relação entre culpa e arrependimento.

i. Existe alguma relação entre culpa e arrependimento. A Culpa Claudio C. Conti www.ccconti.com Objetivo: Analisar o sentimento de culpa, seus efeitos e consequências. Procedimento: O sentimento de culpa foi analisado sob várias abordagens: a. Efeito no aprimoramento

Leia mais

1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação

1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação 1 1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação O objetivo principal de Introdução Filosofia é despertar no aluno a percepção que a análise, reflexão

Leia mais

Mudança gera transformação? Mudar equivale a transformar?

Mudança gera transformação? Mudar equivale a transformar? Mudança gera transformação? Mudar equivale a transformar? Seminário Síntese de Adequações/Inovações no Estudo Doutrinário Espírita Federação Espírita Brasileira Janeiro/2015 JESUS Conhecereis a Verdade

Leia mais

SEMINÁRIO O SIGNIFICADO DAS LEIS DIVINAS NO TRABALHO VOLUNTÁRIO. www.espiritizar.com.br

SEMINÁRIO O SIGNIFICADO DAS LEIS DIVINAS NO TRABALHO VOLUNTÁRIO. www.espiritizar.com.br SEMINÁRIO O SIGNIFICADO DAS LEIS DIVINAS NO TRABALHO A PROGRAMAÇÃO DA REENCARNAÇÃO Meditando sobre o significado das Leis Divinas em nossas vidas: Feche os olhos e entre em contato com você mesmo(a) em

Leia mais

O papel da dúvida na filosofia cartesiana: a interpretação hegeliana sobre Descartes nas Lições sobre História da Filosofia

O papel da dúvida na filosofia cartesiana: a interpretação hegeliana sobre Descartes nas Lições sobre História da Filosofia O papel da dúvida na filosofia cartesiana: a interpretação hegeliana sobre Descartes nas Lições sobre História da Filosofia Carlos Gustavo Monteiro Cherri Mestrando em Filosofia pela UFSCar gucherri@yahoo.com.br

Leia mais

Home Page : www.barralink.com.br/teatro e-mail : teatro@barralink.com.br ÍNDICE

Home Page : www.barralink.com.br/teatro e-mail : teatro@barralink.com.br ÍNDICE Home Page : www.barralink.com.br/teatro e-mail : teatro@barralink.com.br ÍNDICE TEATRO ESPÍRITA... 2 A VISÃO GERAL... 2 EXERCÍCIOS TEATRAIS DRAMATICIDADE COM ESPIRITUALIDADE... 2 DIREÇÃO TEATRAL... 3 O

Leia mais

Técnicas de Apresentação e Negociação

Técnicas de Apresentação e Negociação Curso: Logística Profa. Ms. Edilene Garcia Técnicas de Apresentação e Negociação Roteiro da teleaula APRESENTAÇÕES ORAIS Importância; Técnicas para planejar e executar uma apresentação. NEGOCIAÇÕES EMPRESARIAIS

Leia mais

CULTURA ECLÉTICA ENSINAMENTOS ESOTEROESPIRITUALISTAS

CULTURA ECLÉTICA ENSINAMENTOS ESOTEROESPIRITUALISTAS CULTURA ECLÉTICA ENSINAMENTOS ESOTEROESPIRITUALISTAS OS CINCO ATOS DOS AVATARES AULA nº 09. Entre os principais Avatares estão: Jesus que implantou a Lei dos Semelhantes no planeta, ao dizer: Amai-vos

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: O Espiritismo e a Arte. Palestrante: Oneida Terra. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: O Espiritismo e a Arte. Palestrante: Oneida Terra. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Espiritismo e a Arte Palestrante: Oneida Terra Rio de Janeiro 09/10/1998 Organizadores da Palestra: Moderador: "Caminheiro" (nick:

Leia mais

Metodologia da Catequese com Crianças. Ligia Aparecida de Oliveira

Metodologia da Catequese com Crianças. Ligia Aparecida de Oliveira Metodologia da Catequese com Crianças Ligia Aparecida de Oliveira O que é ser Criança? Watson, Piaget ou Freud? Eis a Questão. John B. Watson, psicólogo americano, é o principal responsável pela teoria

Leia mais

Nascimento e infância de Jesus

Nascimento e infância de Jesus FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa I Religião à Luz do Espiritismo Tomo I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 1 Nascimento e infância

Leia mais

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8)

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8) Janeiro e Fevereiro 2015 Editorial Esta é a Síntese dos meses de Janeiro e Fevereiro, assim como a Palavra de Vida, em que o nosso diretor espiritual, Pe. Pedro, fala sobre Felizes os puros de coração

Leia mais

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata.

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um pacto com Deus e com sua Igreja de, diariamente, fugir da imoralidade sexual,

Leia mais

PARTE SEGUNDA - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos CAPÍTULO 4 Da pluralidade das existências 1. Reencarnação. Perguntas 166 a 170

PARTE SEGUNDA - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos CAPÍTULO 4 Da pluralidade das existências 1. Reencarnação. Perguntas 166 a 170 PARTE SEGUNDA - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos CAPÍTULO 4 Da pluralidade das existências 1. Reencarnação. Perguntas 166 a 170 166 Como a alma, que não alcançou a perfeição durante a vida corporal,

Leia mais

Instituição Beneficente A Luz Divina (1956-2013) Palestras em comemoração aos 57 anos de fundação GRANDES VULTOS DO ESPIRITISMO

Instituição Beneficente A Luz Divina (1956-2013) Palestras em comemoração aos 57 anos de fundação GRANDES VULTOS DO ESPIRITISMO Instituição Beneficente A Luz Divina (1956-2013) Palestras em comemoração aos 57 anos de fundação GRANDES VULTOS DO ESPIRITISMO MANOEL BAPTISTA PHILOMENO DE MIRANDA INTRODUÇÃO Manoel Philomeno foi um Espírito

Leia mais

FILOSOFIA CLÁSSICA: SÓCRATES E PLATÃO (3ª SÉRIE)

FILOSOFIA CLÁSSICA: SÓCRATES E PLATÃO (3ª SÉRIE) FILOSOFIA CLÁSSICA: SÓCRATES E PLATÃO (3ª SÉRIE) SÓCRATES (469-399 a.c.) CONTRA OS SOFISTAS Sofistas não são filósofos: não têm amor pela sabedoria e nem respeito pela verdade. Ensinavam a defender o que

Leia mais

Décima Primeira Lição

Décima Primeira Lição 70 Décima Primeira Lição AUTORIDADE NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS A EDUCAÇÃO DOS FILHOS NO LAR A) O lar tem suma importância na vida humana, pois é o berço de costumes, hábitos, caráter, crenças e morais de cada

Leia mais

5. Autoconsciência e conhecimento humano de Jesus

5. Autoconsciência e conhecimento humano de Jesus 5. Autoconsciência e conhecimento humano de Jesus Através do estudo dos evangelhos é possível captar elementos importantes da psicologia de Jesus. É possível conjeturar como Jesus se autocompreendia. Especialmente

Leia mais

Psicanálise: técnica para discernir e descobrir os processos psíquicos.

Psicanálise: técnica para discernir e descobrir os processos psíquicos. O conhecimento da psicanálise para o administrador, pode estar facilitando a compreensão das reações e comportamentos das pessoas com quem ele vai estar lidando no seu dia-dia. Temas discutidos nesta aula:

Leia mais

Assuntos abordados. Projeção astral IV - buscando o conhecimento objetivo. Considerações Finais. Meus Sites. http://www.universoholisticodoser.

Assuntos abordados. Projeção astral IV - buscando o conhecimento objetivo. Considerações Finais. Meus Sites. http://www.universoholisticodoser. Assuntos abordados Projeção astral IV - buscando o conhecimento objetivo Considerações Finais Meus Sites http://www.universoholisticodoser.com http://www.bemestareconhecimento.com Skype: filha.da.mata

Leia mais

Educação Moral e Religiosa Católica

Educação Moral e Religiosa Católica Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto Ano letivo: 205/6 Educação Moral e Religiosa Católica Planos de Unidade do 5º ano de escolaridade Unidade letiva : Viver juntos Metas: B. Construir uma chave de

Leia mais

Uma corrente é uma cadeia de

Uma corrente é uma cadeia de DIVERSAS CORRENTES Uma corrente é uma cadeia de elos unidos e destes depende sua capacidade de resistência à ruptura e a confiança em sua finalidade. Quando falamos corrente mediúnica designamos a que

Leia mais

Caracterização Cronológica

Caracterização Cronológica Caracterização Cronológica Filosofia Medieval Século V ao XV Ano 0 (zero) Nascimento do Cristo Plotino (204-270) Neoplatônicos Patrística: Os grandes padres da igreja Santo Agostinho ( 354-430) Escolástica:

Leia mais

DESDOBRAMENTO. Debate em 13/11/2010. http://grupo.gede.vilabol.com.br

DESDOBRAMENTO. Debate em 13/11/2010. http://grupo.gede.vilabol.com.br DESDOBRAMENTO Debate em 13/11/2010 http://grupo.gede.vilabol.com.br OBJETIVO Aprimorar o entendimento sobre o desdobramento comum ou mediúnico. PONTOS A ABORDAR: Sono; Sonambulismo; Êxtase; Psicofonia;

Leia mais

O Determinismo na Educação hoje Lino de Macedo

O Determinismo na Educação hoje Lino de Macedo O Determinismo na Educação hoje Lino de Macedo 2010 Parece, a muitos de nós, que apenas, ou principalmente, o construtivismo seja a ideia dominante na Educação Básica, hoje. Penso, ao contrário, que, sempre

Leia mais

MDI/EAD: olhando com olhos de águia... 1

MDI/EAD: olhando com olhos de águia... 1 MDI/EAD: olhando com olhos de águia... 1 Um dos fatores que mais influenciam a permanência do educando em uma iniciativa EAD é a qualidade dos materiais que lhe são postos à disposição: não podem apresentar

Leia mais

A Crítica do Discurso Poético na República de Platão

A Crítica do Discurso Poético na República de Platão A Crítica do Discurso Poético na República de Platão Adriana Natrielli * Na República Platão descreve o diálogo no qual Sócrates pesquisa a natureza da justiça e da injustiça. Para isso, transferindo a

Leia mais

REACENDENDO A ESPERANÇA CRISTÃ

REACENDENDO A ESPERANÇA CRISTÃ HENRIQUE PAULO JULIANO CORMANICH REACENDENDO A ESPERANÇA CRISTÃ Trabalho apresentado à coordenação do curso de Teologia EAD para participação do Concurso de trabalhos Acadêmicos EAD Destaque do Ano da

Leia mais

E porque este é o momento da renovação espiritual da Humanidade, que se encontra exaurida por dores superlativas, também é a hora da divulgação

E porque este é o momento da renovação espiritual da Humanidade, que se encontra exaurida por dores superlativas, também é a hora da divulgação E porque este é o momento da renovação espiritual da Humanidade, que se encontra exaurida por dores superlativas, também é a hora da divulgação consciente e nobre, da Doutrina, que mata a morte e alonga

Leia mais

Quando vemos o mundo de forma diferente, nosso mundo fica diferente.

Quando vemos o mundo de forma diferente, nosso mundo fica diferente. BOLETIM TÉCNICO JULHO 2015 Quando vemos o mundo de forma diferente, nosso mundo fica diferente. Segundo a Psicologia atual ajudada pela compreensão do mundo real que nos trouxe a Física moderna, nós, seres

Leia mais

TEMAS AMBIENTAIS NA INTERNET

TEMAS AMBIENTAIS NA INTERNET ATAS - Seminário Ensinar com Pesquisa (Ensinar, Pesquisar e Aprender) - ANO V 1 TEMAS AMBIENTAIS NA INTERNET Ana C. B. da Silva 1, Natália F. da Silva², Maria R. D. Kawamura 3 1 Instituto de Física/Ensino/USP,

Leia mais