Listagem dos Conteúdos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Listagem dos Conteúdos"

Transcrição

1 Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Cód Escola Secundária PROVAS DE RECUPERAÇÃO CURSOS PROFISSIONAIS SET 2015

2 PORTUGUÊS Módulo 1 Textos de Carácter Autobiográfico e de Natureza Utilitária Recuperação Cursos Profissionais Textos de carácter autobiográfico e de natureza utilitária Textos de carácter autobiográfico: - Memórias; - Autobiografia; - Carta; - Autorretrato. Textos de natureza utilitária: - Requerimento; - Declaração; - Contrato; - Carta; - Verbete Funcionamento da Língua - Relação lexical das palavras (homónimas, homógrafas, homónimas; sinónimos, antónimos; holónimos, merónimos; hiperónimos, hipónimos); - Classes de palavras; - Funções sintáticas; - Formação de palavras (sufixação, prefixação parassíntese); O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 min.

3 PORTUGUÊS Módulo 2 Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos I Recuperação Cursos Profissionais Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos I Funcionamento da Língua - Textos poéticos de Camões; - Textos poéticos de poetas do século XX. - Classes das palavras; - Tempos e modos verbais; - Articuladores e conetores; - Conotação e denotação; - Frases complexas: subordinação; - Figuras de estilo. O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 min.

4 PORTUGUÊS Módulo 3 Textos dos Media I Recuperação Cursos Profissionais Textos dos Media I Funcionamento da Língua -Entrevista; -Artigo científico e técnico; -Artigo de apreciação crítica/opinião; -Crónica literária e não literária; -Resumo e síntese. -Figuras de estilo; -Classes de palavras; -Funções sintáticas; -Frases complexas: coordenadas e subordinadas; -Coesão textual / Articuladores e conetores. O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 min.

5 PORTUGUÊS Cursos Profissionais Módulo 4 Textos Narrativos e Descritivos I Recuperação Textos Narrativos e Descritivos I Funcionamento da Língua Conto de autor do século XX Categorias da narrativa: -Tempo; -Espaço; -Narrador; -Personagens; -Ação. -Discurso direto, indireto e indireto livre; -Tempos e modos verbais; -Articuladores/conetores; -Funções sintáticas; -Frases simples e complexas: subordinação e coordenação; -Pronominalização; -Atos de fala. Formas de expressão literária: -Narração; -Descrição; -Diálogo; -Monólogo. O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 min.

6 E textos poéticos II8Escola Secundária PORTUGUÊS Módulo 8 Textos Narrativos e Descritivos e Textos poéticos II Recuperação Cursos Profissionais Textos Narrativos e Descritivos e Textos Poéticos II Funcionamento da Língua - A Geração de 70 - Os Maias, de Eça de Queirós: - Ação - Personagens - Crítica social - Espaço - Tempo - Narrador - Linguagem e estilo queirosianos - Figuras de estilo; - Complexos verbais e valores aspetual, temporal e modal; - Conetores discursivos; - Frases simples e complexas: subordinação e coordenação; - Funções sintáticas. O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 min.

7 98Escola Secundária PORTUGUÊS Cursos Profissionais Módulo 9 Textos Poéticos III Recuperação Textos Poéticos III Funcionamento da Língua Poesia de Fernando Pessoa Ortónimo Temáticas: - o fingimento artístico; - a dor de pensar; - a nostalgia da infância Heterónimos Alberto Caeiro - a poesia da natureza; - a poesia das sensações. -Figuras de estilo; -Classes das palavras; -Tempos e modos verbais; -Articuladores e conetores; -Conotação e denotação; -Frases complexas: subordinação; -Funções sintáticas. Ricardo Reis - o epicurismo e o estoicismo; - o neopaganismo. Álvaro de Campos - futurismo / sensacionismo; - a abulia e o tédio. O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 min.

8 10Épicos 98Escola Secundária PORTUGUÊS Cursos Profissionais Módulo 10 Textos Épicos e Épico-Líricos Recuperação Textos épicos e épico-líricos Funcionamento da língua Os Lusíadas, de Luís de Camões: - visão global; - mitificação do herói; - reflexões do Poeta (críticas e conselhos aos Portugueses). - Recursos estilísticos - Polissemia - Denotação/ conotação - Campo lexical / campo semântico Mensagem, de Fernando Pessoa: - estrutura e valores simbólicos; - o sebastianismo e o mito do Quinto Império; - relação intertextual com Os Lusíadas. - Funções sintáticas - Processos de formação de palavras - Articuladores/ conetores - Tempos e modos verbais Expressão escrita: texto de reflexão. 2 Material necessário para a elaboração da prova O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. 3 Observações A prova tem a duração de 100 min.

9 Épicos 98Escola Secundária PORTUGUÊS Módulo 11 Textos de Teatro II Recuperação Cursos Profissionais Textos de teatro II Funcionamento da língua Felizmente Há Luar!, de Luís de Sttau Monteiro: - Categorias do texto dramático:. ação (estrutura interna e externa);. personagens;. tempo;. espaço - Paralelismo entre o passado representado e as condições históricas dos anos 60: denúncia da violência e da opressão; - Valores da liberdade e do patriotismo; - Aspetos simbólicos. - Recursos estilísticos - Valor expressivo da pontuação - Atos de fala - Frases simples e complexas - Frases simples e frases complexas: coordenação e subordinação - Pronominalização - Articuladores/ conetores Expressão escrita: texto de reflexão. O aluno apenas deve usar caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 min.

10 EXPRESSÃO CORPORAL, DRAMÁTICA E MUSICAL Módulo 3 Expressão pelo som Recuperação Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância Expressão pelo Som - A expressão verbal a dicção, a voz, o ritmo. -O corpo emissor sonoro. -Volume e projeção de voz. -Articulação e dicção. - As canções infantis (embalar, mimar, lengalengas, de roda, tradicionais). O aluno apenas deve usar uma folha branca e esferográfica de tinta azul ou preta. A prova é constituída de duas partes e terá a duração total de 100 (cem) minutos: - uma parte teórica (escrita) com a duração de 70 minutos (aos quais se seguirão imediatamente trinta minutos de uma parte prática sem intervalo); - uma parte prática com a duração de 30 minutos. A prova realizar-se-á na sala de OED, no bloco B, e será realizada pelos professores Alfredo Gomes e Nídia dos Santos (os professores de Expressão Dramática).

11 INGLÊS - Continuação Módulo 1 Eu e o Mundo Profissional Recuperação Cursos Profissionais Módulo 1 - The Professional World and Me I - Reading comprehension and vocabulary Personal details Work and study Synonyms / Antonyms II - Grammar Present simple and present continuous Personal pronouns Possessives Wh- questions III Writing Produção e completamento dos seguintes tipos de texto: Gap filling Paragraph writing É permitida a utilização de dicionários bilingues e monolingues. A prova tem a duração de 100 minutos Todas as respostas deverão ser dadas no enunciado. A prova não pode ser assinada fora do local estipulado para esse fim. Deve ser utilizada caneta de tinta azul ou preta.

12 INGLÊS - Continuação Módulo 2 Um Mundo de Muitas Línguas Recuperação Cursos Profissionais 1. Listagem de Conteúdos Funcionamento da Língua: - Vocabulary related to the topic - Degrees of adjectives - Past Simple / Present Perfect - Modal verbs - Coordinating Conjunctions Produção de texto: - a paragraph or - an É permitida a utilização de dicionários bilingues e monolingues. Não será permitida a utilização de dicionários enciclopédicos. Deve ser utilizada caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 minutos.

13 INGLÊS - Continuação Módulo 5 Os Jovens na Era Global Recuperação Cursos Profissionais Módulo 5 - Young People and Globalization I - Reading comprehension and vocabulary The iteens Teen new trends Youth: their plans for the future Synonyms / Antonyms II - Grammar Had better / Would rather Relative pronouns If clauses (type 3) III Writing Produção e completamento dos seguintes tipos de texto: Gap filling Paragraph writing É permitida a utilização de dicionários bilingues e monolingues. A prova tem a duração de 100 minutos; Todas as respostas deverão ser dadas no enunciado; A prova não pode ser assinada fora do local estipulado para esse fim; Deve ser utilizada caneta de tinta azul ou preta.

14 INGLÊS - Continuação Módulo 6 O Mundo à Nossa Volta Recuperação Cursos Profissionais 1. Listagem de Conteúdos Funcionamento da Língua: - Vocabulary related to the topic - Adverbs - Linking words - Passive Voice - Infinitive with and without to Produção de texto: - an opinion text or - an É permitida a utilização de dicionários bilingues e monolingues. Não será permitida a utilização de dicionários enciclopédicos. Deve ser utilizada caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 minutos.

15 INGLÊS - Continuação Módulo 8 O Mundo do Trabalho Recuperação Cursos Profissionais 1. Listagem de Conteúdos Funcionamento da Língua: - Vocabulary related to the topic - Relative clauses - Prepositions of time - Prepositions of movement - Reflexive pronouns Produção de texto: - a letter of application É permitida a utilização de dicionários bilingues e monolingues. Não será permitida a utilização de dicionários enciclopédicos. Deve ser utilizada caneta de tinta azul ou preta. A prova tem a duração de 100 minutos.

16 ESPANHOL CONTINUAÇÃO MÓDULO 1 APRENDER A APRENDER Recuperação Cursos Profissionais Temáticos - Estilos de aprendizagem; - A escola em Espanha. Gramaticais - Género e número dos substantivos e adjetivos; - Gradação dos adjetivos (comparativos e superlativos); - Gradação de muy, poco, bastante, nada; - Forma e uso dos artigos determinados e indeterminados; - Formas contraídas das preposições; - Determinantes possessivos, demonstrativos, indefinidos; - Pronomes pessoais de sujeito e de complemento; - Verbos formação e uso dos tempos do indicativo (regulares e irregulares); - Uso das perífrases mais frequentes. Esferográfica azul ou preta. É interdito o uso de esferográfica-lápis e de corretor.

17 ESPANHOL CONTINUAÇÃO MÓDULO 2 PESSOAS E RELAÇÕES Recuperação Cursos Profissionais Temáticos - As relações familiares e interpessoais; - Aspirações, emoções e sentimentos; - Fazer Amigos. Gramaticais - Gradação de muy, poco, bastante, nada; - Formas contraídas das preposições; - Determinantes possessivos, demonstrativos, indefinidos; - Pronomes pessoais de sujeito e de complemento; - Perífrases com gerúndio; - Advérbios de uso mais frequente; - Verbos formação e uso dos tempos do indicativo (regulares e irregulares) o condicional; - Pronomes relativos e interrogativos; - As preposições. Esferográfica azul ou preta. É interdito o uso de esferográfica-lápis e de corretor.

18 ESPANHOL INICIAÇÃO MÓDULO 4 SERVIÇOS E CONSUMO Recuperação Cursos Profissionais Temáticos - Moda e imagem; - Lojas e produtos; - Serviços públicos e instituições do Estado; - O consumo e a publicidade. Gramaticais - O Imperfeito do Indicativo; - Pretérito simples / Pretérito composto; - Imperativo afirmativo e negativo; - Género e número dos substantivos e adjetivos; - Conjunções de coordenação copulativa, adversativa e disjuntiva; - Determinantes demonstrativos; - As regras da acentuação; - Os usos de por qué; porqué e porque; - MUY / MUCHO. Esferográfica azul ou preta. É interdito o uso de esferográfica-lápis e de corretor.

19 Área de Integração Módulo 1 Recuperação Cursos Profissionais Tema 3.2. Filhos do Sol O Universo Terra: Escalas de observação, representação e sistemas de localização O Sol e a Terra Tema 4.2. A Região e o Espaço Nacional A posição Geográfica de Portugal Geografia de Portugal As Redes de Transporte Portuguesas Tema 7.3. O papel das organizações internacionais A emergência das Organizações Internacionais As Organizações Internacionais e a Globalização O papel da ONU no mundo atual Os alunos apenas poderão utilizar caneta ou esferográfica de tinta indelével azul ou preta. Poderão utilizar régua, esquadro, transferidor e calculadora não alfanumérica, não programável. Duração da prova: 50 minutos. Não é permitido o uso de tinta corretora.

20 Área de Integração Módulo 2 Recuperação Cursos Profissionais Tema 3.3. Homem-Natureza: uma relação sustentável? Recursos naturais Degradação ambiental Impacto global da produção de desperdícios Sustentabilidade Tema 4.3. Desequilíbrios regionais Crescimento/Desenvolvimento Indicadores de Desenvolvimento Regiões Desenvolvidas/ Regiões em Desenvolvimento Propostas de solução para os desequilíbrios regionais Tema 8.1. Das economias-mundo à economia global Etapas da internacionalização da economia Importância das empresas multinacionais e transnacionais Diferenças de desenvolvimento no mundo atual Exclusão económica e social. Os alunos apenas poderão utilizar caneta ou esferográfica de tinta indelével azul ou preta. Poderão utilizar régua, esquadro, transferidor e calculadora não alfanumérica, não programável. Duração da prova: 50 minutos. Não é permitido o uso de tinta corretora.

21 ÁREA DE INTEGRAÇÃO MÓDULO VI Recuperação Cursos Profissionais Área I: A Pessoa Unidade Temática 2: O Sujeito Histórico Social. 2.3 A Construção da Democracia - O Homem é um animal político - A política, o Estado e a Nação - A organização social e política das nações. Caneta de tinta preta ou azul.

22 Educação Física Módulo 1 - Jogos Desportivos Coletivos I Cursos Profissionais Página 1 de 3 Recuperação de Módulos SET Regras da modalidade - Aspetos/Gestos Técnicos - Situação de Jogo (Técnico-tático) / Exercícios critérios O aluno opta por uma das seguintes opções (A,B,C ou D), cumprindo o nível introdutório dos programas nacionais de educação física. Opção A: Futebol Regras -Inicio e recomeço do jogo; -Marcação de golos; - Bola fora; - Lançamento pela linha lateral; - Lançamento de baliza; - Marcação de livres; - Grande penalidade. Aspetos Técnico-táticos - Receção de bola; - Passe; - Condução de bola; - Desmarcação; - Marcação. Situação de Jogo - Enquadrar ofensivamente; - Remate; - Passar a jogador desmarcado; - Condução de bola; - Marcação H x H; - Desmarcação utilizando fintas e mudanças de direção; - Aclarar espaço. Opção B: Basquetebol Regras - Início e recomeço do jogo; - Formas de jogar a bola; - Bola fora; - Passos - Dribles; - Bola presa; - Faltas pessoais.

23 Educação Física Cursos Profissionais Módulo 1 - Jogos Desportivos Coletivos I Recuperação de Módulos SET Página 2 de 3 Aspetos Técnico-táticos - Receção/passe (peito e picado); - Paragens e rotações sobre um apoio; - Lançamento parado e na passada; - Drible de progressão; - Em drible faz mudança de direção e de mão pela frente Situação de Jogo - Receção a duas mãos enquadrando-se ofensivamente; -Quando tem oportunidade executa lançamento na passada ou parado a curta distância; - Drible de progressão se tem espaço livre ou para ultrapassar adversário direto; - Passa a um colega desmarcado; -Desmarca-se criando linhas de passe mais ofensivas; - Assume uma atitude defensiva, quando perde posse de bola; - Defesa individual, - Participa no ressalto defensivo. Opção C: Andebol Regras - Início e recomeço do jogo; - Formas de jogar a bola; - Violações por dribles ou passos; - Violações da área de baliza; - Infrações à regra de conduta com o adversário e respetivas penalizações. Aspetos Técnicos - Passe-receção em corrida; - Receção-remate em salto; - Drible-remate em salto; - Acompanhamento do jogador com e sem bola; - Interceção. Situação de Jogo (Técnico-Táticos) - Desmarcação; - Ocupação equilibrada do espaço; - Opta por passe (armando o braço), ou por drible de progressão; - Finaliza com remate em suspensão, quando existem condições favoráveis; - Interceção do passe - Impede/dificulta a progressão em drible, o passe e remate. Opção D: Voleibol Regras - Dois toques; - Transporte; - Violação da linha divisória;

24 Matemática A1 - Geometria Recuperação Cursos Profissionais Resolução de problemas envolvendo conhecimentos básicos Razão. Proporção. Regra de três simples. Percentagens. Os números na resolução de problemas geométricos Valores exactos e valores aproximados. Raíz quadrada e raíz cúbica. Resolução de problemas envolvendo perímetros, áreas e volumes. Referenciais cartesianos no plano e no espaço Planos coordenados. Pontos e rectas no plano e no espaço. Equação reduzida da recta no plano Rectas paralelas aos eixos coordenados Declive de uma recta. Equação reduzida da recta. 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica

25 Matemática A2 Funções Polinomiais Recuperação Cursos Profissionais Resolução de problemas envolvendo funções Gráfico e representação de uma função. Generalidades sobre funções. Função quadrática Estudo da função quadrática. Aplicações da função quadrática. Funções definidas por ramos Polinómios Operações com polinómios. 2 Duração da Prova 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica

26 Matemática A3 - Estatística Recuperação Cursos Profissionais 1. Estatística Descritiva e Indutiva. Generalidades. 2. População e amostra. Censo e sondagem. Técnicas de amostragem. População e amostra. Unidade estatística Censos e sondagens 3. Análise, representação e redução de dados. Variáveis estatísticas. Variáveis quantitativas e variáveis qualitativas Variáveis quantitativas discretas e variáveis quantitativas contínuas Tabelas de frequências para dados qualitativos ou dados discretos Tabelas de frequências para dados contínuos Representação gráfica. Gráficos de barras Gráficos circulares Pictogramas Função cumulativa para dados discretos Histograma Polígono de frequências para dados agrupados em intervalos Função cumulativa para dados agrupados em intervalos 4. Medidas de localização. Média para dados simples e dados agrupados Média aproximada para dados agrupados em intervalos Utilização da calculadora para obter a média Mediana para dados simples e dados agrupados Classe mediana. Mediana aproximada para dados agrupados em intervalos Moda Classe modal para dados agrupados em intervalos Quartis. Determinação de quartis usando a calculadora gráfica Diagrama de extremos e quartis 5. Medidas de dispersão. Amplitude de um conjunto de dados Amplitude interquartis Variância Desvio-padrão Desvio-padrão aproximado para dados agrupados Utilizar a calculadora gráfica para determinar o desvio-padrão 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica

27 Matemática A4 Funções Periódicas Recuperação Cursos Profissionais Resolução de problemas envolvendo triângulos rectângulos. Generalização da noção de ângulo e de arco. Razões trigonométricas generalizadas. Equações trigonométricas 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica 4 Observações

28 Matemática A5 Funções Racionais Recuperação Cursos Profissionais Função racional; Características e comportamentos de algumas funções racionais; o 1 y ax 1 y ax o 2 o 1 y ax h 2 Conceito intuitivo de limite; Assintotas; Resolução de equações e inequações com frações no contexto de resolução de problemas. 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica 4 Observações

29 Matemática A6 Taxa de Variação Recuperação Cursos Profissionais Variação de uma função num intervalo. Taxa média de variação de uma função: noção e cálculo. Velocidade média. Velocidade instantânea. Utilização da calculadora para obter a velocidade de um móvel num dado instante. Taxa de variação instantânea. Significado geométrico da derivada de uma função num ponto. Interpretação do sinal e valor relativo da derivada de uma função num ponto (por observação do gráfico). Sinal da derivada e monotonia de uma função. Derivada e extremos de uma função. Resolução de problemas aplicando derivadas 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica 4 Observações

30 Matemática A7 - Probabilidade Recuperação Cursos Profissionais 1. Introdução ao estudo das probabilidades. Regra de Laplace Experiência aleatória. Espaço de resultados. Acontecimentos. Operações com acontecimentos. Acontecimentos incompatíveis e acontecimentos contrários Lei de Laplace 2. Modelos de probabilidade Modelos de probabilidade Propriedades da probabilidade Distribuição de probabilidade 3. Probabilidade condicional. Acontecimentos independentes Probabilidade condicionada Resolução de problemas usando a probabilidade condicionada Acontecimentos independentes 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica 4 Observações

31 Matemática A8 Modelos Discretos Recuperação Cursos Profissionais Sucessão de números reais; Sucessões monótonas; Sucessões limitadas; Progressões aritméticas; o o Termo geral de uma progressão aritmética Soma de n termos consecutivos Progressões geométricas; o o Termo geral de uma progressão geométrica Soma de n termos consecutivos 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica 4 Observações

32 Matemática A9 Funções de Crescimento Recuperação Cursos Profissionais Definição de função exponencial. Propriedades das funções exponenciais. Regras operatórias das funções exponenciais. O número e. Função exponencial de base e. Crescimento exponencial. Logaritmo de um número. Logaritmo de base 10 e logaritmo de base e. Uso da calculadora. Função logarítmica. Propriedades das funções logarítmicas. Regras operatórias de logaritmos. Equações exponenciais e logarítmicas. Inequações exponenciais e logarítmicas. Aplicação das funções exponenciais e logarítmicas na modelação de situações reais. Noção de função logística Propriedades da função logística Comparação de crescimento de funções 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica

33 Matemática A10 - Otimização Recuperação Cursos Profissionais Otimização Resolução de problemas envolvendo taxas de variação e extremos de funções de famílias já estudadas, com recurso à calculadora gráfica Taxa de variação média num intervalo; Taxa de variação num ponto; Sinais das taxas de variação e monotonia da função; Zeros da taxa de variação e extremos da função. Resolução de problemas de aplicações simples envolvendo a determinação de extremos de funções racionais, exponenciais, logarítmicas e trigonométricas. Resolução de problemas de programação linear Indicação das restrições do problema; Indicação da função objetivo; Representação gráfica da região admissível (referente ao sistema de restrições); Calcular os valores das variáveis nos vértices do polígono da região de validade do problema; Indicar o (s) pare (s) de valores x e y para os quais a função objetivo é máxima (ou mínima). 2 Duração da Prova: 100 minutos 3 Material necessário para a elaboração da prova Calculadora gráfica 4 Observações

34 Física e Química E2F1 Trabalho e Energia Recuperação Cursos Profissionais Página 1 de 2 Conteúdos 1. Trabalho e energia 1.1. Trabalho de uma força constante 1.2. Energia cinética 1.3. Forças conservativas e energia potencial Objetivos Caracterizar o deslocamento de um ponto material entre dois instantes de tempo t1 e t2, como sendo uma grandeza vetorial. Definir o trabalho de uma força constante F que atua sobre um corpo quando este efetua um deslocamento retilíneo r como a grandeza escalar W Fr cos, em que F é o módulo da força, r é o módulo do deslocamento e é o valor do ângulo entre as direções da força e do deslocamento. Definir energia cinética de um corpo de massa m que se desloca com velocidade de módulo v em relação a um referencial, como uma grandeza escalar. Interpretar o teorema da energia cinética: o trabalho realizado pela força resultante que atua sobre um corpo entre dois instantes de tempo é igual à variação da energia cinética desse corpo entre esses dois instantes. Reconhecer que o trabalho de uma força constante entre dois pontos é independente do caminho percorrido. Caracterizar força conservativa como uma força cujo trabalho efetuado sobre um corpo quando este se desloca entre dois pontos depende apenas dessas posições e não do caminho seguido Lei da conservação da energia mecânica Reconhecer que ao trabalho de uma força conservativa está sempre associada a variação de uma forma de energia potencial. Identificar a força gravítica como uma força conservativa. Analisar a queda livre de um corpo sob os seguintes aspetos: - O trabalho realizado pelo peso do corpo mede a variação da energia cinética do corpo; - O trabalho realizado pelo peso do corpo é o simétrico da variação da energia potencial do corpo; - A energia potencial do corpo transforma-se na energia cinética que ele adquire. Definir energia mecânica de um sistema como a soma da energia cinética e potencial gravítica do sistema. Inferir do teorema da energia cinética que, num sistema em que a única força existente é gravítica, a energia mecânica se conserva (Lei da conservação da energia mecânica). Explicitar as transformações de energia potencial em energia cinética em casos simples. Compreender a Lei da conservação da energia em sistemas mecânicos.

35 Física e Química E2F1 Trabalho e Energia Recuperação Cursos Profissionais Página 2 de 2 Caneta ou esferográfica de tinta azul ou preta. Máquina de calcular científica. Régua de 10 a 15 cm. Duração: 50 minutos.

36 Física e Química F1 + E2F1 Forças e Movimentos + Trabalho e Energia Recuperação Cursos Profissionais Página 1 de 3 Conteúdos Objetivos 1. A Física estuda interações entre corpos 1.1. Interações fundamentais 1.2. Leis das interações recíprocas 2. Movimento unidimensional com velocidade constante 2.1. Características do movimento unidimensional Identificar a Física como a ciência que busca conhecer as Leis da Natureza, através do estudo do comportamento dos corpos sob ação das forças que neles atuam. Reconhecer que os corpos exercem forças uns nos outros. Compreender que dois corpos A e B estão em interação se o estado de movimento ou de repouso de um depende da existência do outro. Identificar pares ação-reação em situações de interações de contacto e à distância, conhecidas do dia-a-dia do aluno. Verificar que a descrição do movimento unidimensional de um corpo exige apenas um eixo de referência orientado com uma origem. Identificar, neste tipo de movimento, a posição em cada instante com o valor, positivo, nulo ou negativo, da coordenada da posição no eixo de referência. Calcular deslocamentos entre dois instantes t 1 e t 2 através da diferença das suas coordenadas de posição, nesses dois instantes: Δx = x 2 x 1. Concluir que o valor do deslocamento, para qualquer movimento unidimensional, pode ser positivo ou negativo. Distinguir, utilizando situações reais, entre o conceito de deslocamento entre dois instantes e o conceito de espaço percorrido no mesmo intervalo de tempo. Inferir que, no movimento unidimensional, o valor da velocidade média entre dois instantes t 2 e t 1 é 2.2. Movimento uniforme Concluir que, como consequência desta definição, o valor da velocidade média pode ser positivo ou negativo e interpretar o respetivo significado físico. Reconhecer que a velocidade é uma grandeza vetorial que, apenas no movimento unidirecional pode ser expressa por um valor algébrico seguido da respetiva unidade. Verificar que a coordenada de posição x 2 num instante t 2 é dada por x 2 = x 1 + v(t 2 - t 1 ), em que x 1 é a coordenada de posição no instante t1. Esta é a equação do movimento unidimensional uniforme, isto é, com velocidade constante. Simplificar a equação do movimento com velocidade constante, fazendo t 1 = 0, x 2 = x e x 1 = x 0, o que corresponde a denominar por x 0 a coordenada de posição no instante

37 Física e Química F1 + E2F1 Forças e Movimentos + Trabalho e Energia Recuperação Cursos Profissionais Página 2 de 3 t = 0, o que permite obter: x = x 0 + vt. Identificar, na representação gráfica da expressão x = x 0 + vt, com v = constante, a velocidade média (que coincide com a velocidade instantânea) entre dois instantes com o declive da reta x = f (t ) Lei da Inércia Compreender a importância de se poder estudar o movimento de translação de um corpo, estudando o movimento de um qualquer ponto do corpo. Reconhecer que o repouso ou movimento de um corpo se enquadra num determinado sistema de referência. Identificar a força como responsável pela variação da velocidade de um corpo. Compreender que um corpo permanecerá em repouso ou em movimento unidimensional (retilíneo) com velocidade constante enquanto for nula a resultante das forças que sobre ele atuam (Lei da Inércia). Aplicar a Lei da Inércia a diferentes situações, conhecidas do aluno, e interpretá-las com base nela. 3. Movimento unidimensional com aceleração constante 3.1. Movimento uniformemente variado Obter a equação que relaciona a posição com o tempo, válida para o movimento com aceleração constante: x = x 0 + v(t 1 t 0 ) + ½ a(t 1 t 0 ) 2 ou, na forma simplificada, x = x 0 + v 0 t + ½ at 2. Verificar que a representação gráfica da posição em função do tempo para o movimento unidimensional com aceleração constante tem como resultado uma curva. Reconhecer que a aceleração é uma grandeza vetorial que, apenas no movimento unidirecional pode ser expressa por um valor algébrico seguido da respetiva unidade Lei Fundamental da Dinâmica Verificar que a aceleração adquirida por um corpo é diretamente proporcional à resultante das forças que sobre ele atuam e inversamente proporcional à sua massa (Lei fundamental da Dinâmica). Compreender que a direção e o sentido da aceleração coincidem sempre com a direção e o sentido da resultante das forças, então F = ma. Decompor um vetor em duas componentes perpendiculares entre si. Aplicar a Lei fundamental da Dinâmica e a Lei das interações recíprocas às seguintes situações: - Um corpo assente numa superfície polida, horizontal, atuado por forças constantes cuja direção pode ser paralela, ou não, à superfície. - Dois corpos em contacto, assentes numa mesa polida, horizontal, atuados por forças constantes cuja direção pode ser paralela ou não à direção da superfície da

DISCIPLINA: FÍSICA E QUÍMICA (Componente de Formação Científica) ANO LECTIVO: 2008/2009 2º ano (11º ano) Nº AULAS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO

DISCIPLINA: FÍSICA E QUÍMICA (Componente de Formação Científica) ANO LECTIVO: 2008/2009 2º ano (11º ano) Nº AULAS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO Módulo Q2 - SOLUÇÕES 1. Dispersões 1.1. Disperso e dispersante. 1.2. Dispersão sólida, líquida e gasosa. 1.3. Critérios para a classificação de dispersões em soluções, colóides e suspensões. 2. Soluções

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa Física e Química A 10º Ano ENSINO SECUNDÁRIO FÍSICA E QUÍMICA A 10º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

CURSO VOCACIONAL Listagem dos Conteúdos

CURSO VOCACIONAL Listagem dos Conteúdos CURSOS VOCACIONAIS Manuel Teixeira Gomes Economia 2 Funcionamento da Atividade Económica Recuperação Mercados e Preços Conceito de mercado Componentes do mercado Tipos de mercado Mercado de concorrência

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa de Física 12.º ano homologado em 21/10/2004 ENSINO SECUNDÁRIO FÍSICA 12.º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DO TESTE INTERMÉDIO - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. H vap (H 2O) = 420 4 H vap (H 2O) = 1,69 10 3 H vap (H 2O) = 1,7 10 3 kj kg 1 Tendo em consideração a informação dada no texto o calor

Leia mais

PLANIFICAÇÕES. Módulo F3 Luz e PowerPoint; 10h (12 sessões Avaliação

PLANIFICAÇÕES. Módulo F3 Luz e PowerPoint; 10h (12 sessões Avaliação PLANIFICAÇÕES CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE MULTIMÉDIA PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE FÍSICA 10º ANO DE ESCOLARIDADE MATERIAIS MODALIDADES METAS/OBJETIVOS ATIVIDADES E ESTRATÉGIAS CURRICULARES E DE PROGRAMÁTICOS

Leia mais

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE

-2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE -2014- CONTEÚDO SEPARADO POR TRIMESTRE E POR AVALIAÇÃO CIÊNCIAS 9º ANO 1º TRIMESTRE DISCURSIVA OBJETIVA QUÍMICA FÍSICA QUÍMICA FÍSICA Matéria e energia Propriedades da matéria Mudanças de estado físico

Leia mais

Planificação do trabalho a desenvolver no 12ºA Grelha de Conteúdos/Aulas Previstas

Planificação do trabalho a desenvolver no 12ºA Grelha de Conteúdos/Aulas Previstas Ano Letivo 2014/2015 Planificação do trabalho a desenvolver no 1A Grelha de Conteúdos/ Português Diagnose. Textos líricos: Fernando Pessoa ortónimo e heterónimos -Fernando Pessoa ortónimo: o fingimento

Leia mais

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste B. Teste Intermédio. Versão 1

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste B. Teste Intermédio. Versão 1 Teste Intermédio de Física e Química A Teste B Teste Intermédio Física e Química A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 17.03.2009 11.º ou 12.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março

Leia mais

VERSÃO 2. 11º ano de escolaridade. Teste Intermédio de Agrupamento Física e Química A AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VOUZELA E CAMPIA AGEVC.

VERSÃO 2. 11º ano de escolaridade. Teste Intermédio de Agrupamento Física e Química A AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VOUZELA E CAMPIA AGEVC. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VOUZELA E CAMPIA AGEVC 11º ano de escolaridade Teste Intermédio de Agrupamento Física e Química A 12 páginas Duração da prova: 90 min 2015-02-06 VERSÃO 2 Indique de forma legível

Leia mais

PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA DE QUÍMICA

PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA DE QUÍMICA PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA DE QUÍMICA TEMAS 1. Estrutura da matéria 1.1 Elementos, átomos e iões 1.2

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA - 2013

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA - 2013 PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA - 2013 FÍSICA CARLOS 3ª MÉDIO Srs. pais ou responsáveis, caros alunos, Encaminhamos a Programação de Etapa, material de apoio para o acompanhamento dos conteúdos e habilidades que

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ FÍSICA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA 1 MECÂNICA COMPETÊNCIAS

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ FÍSICA PROSEL/PRISE 1ª ETAPA 1 MECÂNICA COMPETÊNCIAS 1.1 Conceitos fundamentais: Posição, deslocamento, velocidade e aceleração. 1.2 Leis de Newton e suas Aplicações. 1.3 Trabalho, energia e potência. 1.4 Momento linear e impulso. UNIVERSIDADE DO ESTADO

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ANO LETIVO 2013/2014 PROVAS DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PARA CANDIDATOS MAIORES DE 23 ANOS EXAME DE QUÍMICA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. MATERIAIS: DIVERSIDADE E CONSTITUIÇÃO 1.1 Materiais 1.1.1 Materiais

Leia mais

código 171608 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DOMINGOS JARDO Direção Regional de Educação de Lisboa

código 171608 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DOMINGOS JARDO Direção Regional de Educação de Lisboa código 7608 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DOMINGOS JARDO Direção Regional de Educação de Lisboa Ciclo: º Ano: 8º Disciplina: Físico-Química Conteúdos. Reações Químicas..Tipos de reações Investigando algumas

Leia mais

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 2ª ETAPA 2014 ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014

CONTEÚDOS PARA A 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL 2ª ETAPA 2014 ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014 CONTEÚDOS DA 1ª AVALIAÇÃO PARCIAL DE BIOLOGIA 2ª ETAPA 2014 1ª SÉRIE - 06/ 08/ 2014 - Capítulo 6 Citoplasma e organelas citoplasmáticas; - Capítulo 7 Núcleo e cromossomos; - Capítulo 8 Divisão celular:

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DA PROVA DE 2.ª FASE - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DA PROVA DE 2.ª FASE - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DA PROVA DE 2.ª FASE - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. O nome da grandeza a que se refere a expressão em itálico é aceleração. 2. (C) Uma vez que as forças dissipativas foram totalmente

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO 10º ANO FÍSICA E QUÍMICA A

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO 10º ANO FÍSICA E QUÍMICA A DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO 10º ANO FÍSICA E QUÍMICA A Tema/Conteúdo Aprendizagens a realizar Estratégias/Atividades 1- Materiais Origem Constituição e composição Explicação

Leia mais

Física Interação e Tecnologia

Física Interação e Tecnologia Apontamentos das obras LeYa em relação as Orientações Teórico-Metodológicas para o Ensino Médio do estado de PERNAMBUCO Física Interação e Tecnologia 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

Ciclo: 3º Ano: 7º Disciplina: Físico-Química. Atividades / Estratégias. Nº aulas previstas. Avaliação

Ciclo: 3º Ano: 7º Disciplina: Físico-Química. Atividades / Estratégias. Nº aulas previstas. Avaliação código 171608 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DOMINGOS JARDO Direção Regional de Educação de Lisboa Ciclo: º Ano: 7º Disciplina: Físico-Química Conteúdos I - O Universo 1. O que existe no Universo 1.1 Estrutura

Leia mais

Dr. Joaquim de Carvalho Figueira da Foz

Dr. Joaquim de Carvalho Figueira da Foz Curso Profissional de 12º H Português Planificação Anual - Módulos: 10,11 e 12 Ano Letivo: 2015/2016 Módulos Compreensão Âmbito dos Conteúdos Avaliação Leitura/descrição / Expressão de imagens oral Testes

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES TURMA: I ANO: 12º ANO LETIVO 2011/2012 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diagnose da turma. Trabalho individual

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES TURMA: I ANO: 12º ANO LETIVO 2011/2012 ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diagnose da turma. Trabalho individual ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES Curso Profissional de Técnico de Higiene e Segurança do Trabalho e Ambiente DISCIPLINA: FÌSICA E QUÌMICA TURMA: I ANO: 12º ANO LETIVO 2011/2012 COMPETÊNCIAS

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO ( Aprovados em Conselho Pedagógico de 21 de Outubro de 2014) No caso específico da disciplina de FÍsica, do 12ºano de escolaridade, a avaliação incidirá ainda ao nível

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santo Ângelo A N E XO II. (Do Conteúdo Programático)

Prefeitura Municipal de Santo Ângelo A N E XO II. (Do Conteúdo Programático) 1 A N E XO II (Do Conteúdo Programático) 2 Cargos: CARPINTEIRO, COZINHEIRA, PADEIRO, PINTOR (LETRISTA). Português: Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica.

Leia mais

04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A. , sendo m A. e m B. < m B.

04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A. , sendo m A. e m B. < m B. 04. Com base na lei da ação e reação e considerando uma colisão entre dois corpos A e B, de massas m A e m B, sendo m A < m B, afirma-se que 01. Um patrulheiro, viajando em um carro dotado de radar a uma

Leia mais

CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESTRATÉGIAS/ACTIVIDADES Articulação com

CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESTRATÉGIAS/ACTIVIDADES Articulação com PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 7ºANO Ano letivo 2012-2013 CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESTRATÉGIAS/ACTIVIDADES Articulação com Apresentação 1.1. O Universo 1.1.1. O que existe no Universo: Estrelas

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e do programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e do programa da disciplina. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA INFORMAÇÃO- EXAME PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE FÍSICA ENSINO SECUNDÁRIO 12º ANO 2011/2012 1- INTRODUÇÃO O presente documento visa

Leia mais

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27

TIPO-A FÍSICA. r 1200 v média. Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 2. Resposta: 27 1 FÍSICA Dado: Aceleração da gravidade: 10 m/s 01. Considere que cerca de 70% da massa do corpo humano é constituída de água. Seja 10 N, a ordem de grandeza do número de moléculas de água no corpo de um

Leia mais

2013 Ensino Médio ------ Prova Substitutiva 2 Etapa

2013 Ensino Médio ------ Prova Substitutiva 2 Etapa 2013 Ensino Médio ------ Prova Substitutiva 2 Etapa Disciplina Data Conteúdo Filosofia 1º ano 26/08 2º ano - 26/08 3º ano 26/08 Aula sobre o poder de percepção e as correntes de reflexão. com questões

Leia mais

22/Abr/2015 Aula 15. 17/Abr/2015 Aula 14

22/Abr/2015 Aula 15. 17/Abr/2015 Aula 14 17/Abr/2015 Aula 14 Introdução à Física Quântica Radiação do corpo negro; níveis discretos de energia. Efeito foto-eléctrico: - descrições clássica e quântica - experimental. Efeito de Compton. 22/Abr/2015

Leia mais

são aplicadas num objeto cuja massa é 8,0 kg, sendo F» 1 mais intensa que F» 2

são aplicadas num objeto cuja massa é 8,0 kg, sendo F» 1 mais intensa que F» 2 Física Unidade Movimentos na Terra e no spaço QUSTÕS PROPOSTS 4. Duas forças F» e F» 2 são aplicadas num objeto cuja massa é 8,0 kg, sendo F» mais intensa que F» 2. s forças podem atuar na mesma direção

Leia mais

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/FÍSICA

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/FÍSICA TÉCNICO DE LABORATÓRIO/FÍSICA REQUISITO DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO NO CARGO: ESCOLARIDADE: Ensino Médio Profissionalizante nas áreas de Eletricidade, Eletrônica, Eletrotécnica ou Mecânica ou Ensino

Leia mais

CONTEÚDOS OBJETIVOS PERÍODO

CONTEÚDOS OBJETIVOS PERÍODO ESCOLA BÁSICA2,3 EUGÉNIO DOS SANTOS 2013 2014 página 1 ESCOLA BÁSICA DO 2.º E 3.º CICLOS EUGÉNIO DOS SANTOS PLANIFICAÇÃO E METAS DE APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 8.º ANO DE ESCOLARIDADE

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA QUÍMICA E BIOLÓGICA DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Página 1 de 12 Provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior para titulares de Diploma de Especialização Tecnológica, Decreto-Lei n.º 113/2014, de

Leia mais

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Físico-Química Versão 2 Teste Intermédio Físico-Química Versão 2 Duração do Teste: 90 minutos 18.04.2013 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro????????????

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Física

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Física Vestibular URGS 2015 Resolução da Prova de ísica 1. Alternativa (C) O módulo da velocidade relativa de móveis em movimentos retilíneos de sentidos opostos pode ser obtido pela expressão matemática: v r

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE FÍSICA 12º ANO Ano lectivo 2015/2016

PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE FÍSICA 12º ANO Ano lectivo 2015/2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ BELCHIOR VIEGAS PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE FÍSICA 12º ANO Ano lectivo 2015/2016 Competências Gerais Conteúdos programáticos /Temas Objectivos Gerais Aulas Previstas (blocos

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2016 para Ensino Fundamental e Ensino Médio

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2016 para Ensino Fundamental e Ensino Médio / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS 1º Ano do Ensino Fundamental (Alunos concluintes do 2º Período da Educação Infantil) Escrita do nome completo; Identificar e reconhecer as letras do alfabeto; Identificar e diferenciar

Leia mais

Sistemas eléctricos e magnéticos

Sistemas eléctricos e magnéticos Sistemas eléctricos e magnéticos A corrente eléctrica como forma de transferência de energia Prof. Luís Perna 2010/11 Geradores de corrente eléctrica Um gerador eléctrico é um dispositivo que converte

Leia mais

Fenómenos Ondulatórios. Reflexão, refracção, difracção

Fenómenos Ondulatórios. Reflexão, refracção, difracção Fenómenos Ondulatórios Reflexão, refracção, difracção Natureza dualística da radiação electromagnética A radiação electromagnética é um fenómeno ondulatório envolvendo a propagação de um campo magnético

Leia mais

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças

UNIGRANRIO www.exerciciosdevestibulares.com.br. 2) (UNIGRANRIO) O sistema abaixo encontra-se em equilíbrio sobre ação de três forças 1) (UNIGRANRIO) Um veículo de massa 1200kg se desloca sobre uma superfície plana e horizontal. Em um determinado instante passa a ser acelerado uniformemente, sofrendo uma variação de velocidade representada

Leia mais

MATEMÁTICA Abril 2015

MATEMÁTICA Abril 2015 152547 - Agrupamento de Escolas D. António Ferreira Gomes 342592 - Escola E.B. 2,3 D. António Ferreira Gomes INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA Abril 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE FÍSICA

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE FÍSICA PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE FÍSICA 9 ano 1 volume CONTEÚDOS OBJETIVOS 1.Movimento Grandezas e unidades - Unidades de medida - Conversão de unidades Conceitos iniciais - Movimento e repouso - Trajetória Posição

Leia mais

EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL

EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL 1) PARA O ENSINO MÉDIO REDAÇÃO Do 1º ano ao 3º ano do ensino médio, a prova discursiva será composta

Leia mais

Colégio Internato dos Carvalhos

Colégio Internato dos Carvalhos Grupo Disciplinar de Línguas Românicas aøväxé wé XÇá ÇÉ fxvâçwöü É Matriz do Teste Intermédio de Português do 12.º ano Ano letivo 2014-2015 Objeto de avaliação INFORMAÇÃO-TESTE de Português 12.º ano (a

Leia mais

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 11.02.2010

Física e Química A. Teste Intermédio de Física e Química A. Teste Intermédio. Versão 1. Duração do Teste: 90 minutos 11.02.2010 Teste Intermédio de Física e Química A Teste Intermédio Física e Química A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 11.02.2010 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Na folha de

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 COMPETÊNCIAS OBJECTIVOS CONCEITOS METEDOLOGIAS /SITUAÇÕES DE APREDIZAGEM AULAS PREVISTAS Módulo 11

Leia mais

International Space Station - ISS

International Space Station - ISS International Space Station - ISS International Space Station - ISS Agenda O que é a Estação Espacial Internacional (ISS)? O kit da ISS: Propostas de integração no currículo do 3.º ciclo - Algumas questões

Leia mais

Correção da ficha de trabalho N.º3

Correção da ficha de trabalho N.º3 Correção da ficha de trabalho N.º3 1- Classifique as afirmações seguintes em verdadeiras ou falsas, corrigindo estas últimas: A. A passagem de um átomo de um estado excitado ao estado fundamental é acompanhada

Leia mais

Colégio Liceal de Sta. Mª de Lamas - Ano Letivo de 2013/2014 Matrizes de INGLÊS Módulo 9 - A Comunicação no Mundo Profissional PROVA ESCRITA Duração - 90 minutos 1. Objeto de avaliação A prova tem por

Leia mais

METAS CURRICULARES DE FÍSICA 12.º ano

METAS CURRICULARES DE FÍSICA 12.º ano METAS CURRICULARES DE FÍSICA 12.º ano Curso científico-humanístico de Ciências e Tecnologias Coordenadores Carlos Fiolhais (coordenação científica) Isabel Festas e Helena Damião (coordenação pedagógica)

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Tema/Subtema Conteúdos Metas Nº de Aulas Previstas Org.Trat.Dados / Planeamento Estatístico Especificação do problema Recolha de dados População

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Considerando a interdependência das várias áreas de conhecimento dentro da Física, julgue os itens a seguir. 61 A temperatura de um cubo de gelo a 0 ºC, ao ser colocado em um

Leia mais

4. Introdução à termodinâmica

4. Introdução à termodinâmica 4. Introdução à termodinâmica 4.1. Energia interna O estabelecimento do princípio da conservação da energia tornou-se possível quando se conseguiu demonstrar que junto com a energia mecânica, os corpos

Leia mais

ESTRUTURA DOS MATERIAIS CERÂMICOS

ESTRUTURA DOS MATERIAIS CERÂMICOS ESTRUTURA DOS MATERIAIS CERÂMICOS Os sólidos são caracterizados por uma associação muito próxima de átomos, em geral representados por esferas rígidas, em contato uns com os outros e mantidos juntos por

Leia mais

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem:

Resolução O período de oscilação do sistema proposto é dado por: m T = 2π k Sendo m = 250 g = 0,25 kg e k = 100 N/m, vem: 46 c FÍSICA Um corpo de 250 g de massa encontra-se em equilíbrio, preso a uma mola helicoidal de massa desprezível e constante elástica k igual a 100 N/m, como mostra a figura abaixo. O atrito entre as

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente BIOLOGIA I TRIMESTRE A descoberta da vida Biologia e ciência Origem da vida

Leia mais

Centro de Educação Integrada

Centro de Educação Integrada Centro de Educação Integrada 1º ANO BIOLOGIA Origem da vida Citologia Teoria da geração espontânea e biogênese. Teoria de Oparin e Haldane. Panspermia. Criacionismo. Os primeiros seres vivos. Água. Sais

Leia mais

SUBÁREA DE FÍSICA E QUÍMICA PLANEJAMENTO ANUAL PARA A DISCIPLINA DE FÍSICA 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 2014. Identificação e Conteúdo Programático

SUBÁREA DE FÍSICA E QUÍMICA PLANEJAMENTO ANUAL PARA A DISCIPLINA DE FÍSICA 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 2014. Identificação e Conteúdo Programático UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO - CEPAE ÁREA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E MATEMÁTICA SUBÁREA DE FÍSICA E QUÍMICA PLANEJAMENTO ANUAL

Leia mais

2. Produção de texto escrito, utilizando a organização e as estruturas linguísticas adequadas ao gênero proposto.

2. Produção de texto escrito, utilizando a organização e as estruturas linguísticas adequadas ao gênero proposto. LÍNGUA PORTUGUESA 1. Compreensão e interpretação de textos de diferentes gêneros textuais e literários, verbais e não verbais, realizando inferências, e comparando-os, considerando os recursos expressivos

Leia mais

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa A. alternativa B

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa A. alternativa B Questão 46 Na figura, são dados os vetores a, bec. Sendo u a unidade de medida do módulo desses vetores, pode-se afirmar que o vetor d = = a b + c tem módulo a) 2u, e sua orientação é vertical, para cima.

Leia mais

PROGRAMAS PARA OS CANDIDATOS A VAGAS 2016 3 o Ano Ensino Fundamental

PROGRAMAS PARA OS CANDIDATOS A VAGAS 2016 3 o Ano Ensino Fundamental 3 o Ano Textos Ler, entender e interpretar contos infantis e textos informativos. Gramática Será dada ênfase à aplicação, pois ela é entendida como instrumento para que o aluno se expresse de maneira adequada

Leia mais

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 2º DIA FÍSICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Física Questão 01 Durante uma brincadeira, Rafael utiliza o dispositivo mostrado nesta figura para lançar uma bolinha horizontalmente. Nesse

Leia mais

ANEXO I CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 º ANO DO ENSINO MÉDIO DA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS PARA O ANO 2014.

ANEXO I CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 º ANO DO ENSINO MÉDIO DA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS PARA O ANO 2014. ANEXO I CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 º ANO DO ENSINO MÉDIO DA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE DE CAJAZEIRAS PARA O ANO 2014. LÍNGUA PORTUGUESA: 1. Classes de palavras: - Substantivo - Adjetivo - Artigo - Numeral

Leia mais

IBM1018 Física Básica II FFCLRP USP Prof. Antônio Roque Aula 3

IBM1018 Física Básica II FFCLRP USP Prof. Antônio Roque Aula 3 Linhas de Força Mencionamos na aula passada que o físico inglês Michael Faraday (79-867) introduziu o conceito de linha de força para visualizar a interação elétrica entre duas cargas. Para Faraday, as

Leia mais

GREGOR MENDEL & GRANDES MESTRES REVISÃO 2ª FASE BAHIANA

GREGOR MENDEL & GRANDES MESTRES REVISÃO 2ª FASE BAHIANA REVISÃO ª FASE BAHIANA 1 Um anel condutor de raio a e resistência R é colocado em um campo magnético homogêneo no espaço e no tempo. A direção do campo de módulo B é perpendicular à superfície gerada pelo

Leia mais

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de?

grandeza do número de elétrons de condução que atravessam uma seção transversal do fio em segundos na forma, qual o valor de? Física 01. Um fio metálico e cilíndrico é percorrido por uma corrente elétrica constante de. Considere o módulo da carga do elétron igual a. Expressando a ordem de grandeza do número de elétrons de condução

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

OSCILAÇÕES E ONDAS E. E. Maestro Fabiano Lozano

OSCILAÇÕES E ONDAS E. E. Maestro Fabiano Lozano OSCILAÇÕES E ONDAS E. E. Maestro Fabiano Lozano Professor Mário Conceição Oliveira índice Oscilações e ondas...1 Tipos de Ondas...2 Tipo de deslocamento das ondas...2 Movimento ondulatório...2 Ondas Mecânicas...3

Leia mais

INFORMAÇÃO EXAME DA PROVA DE INGRESSO PARA AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE PARA FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS 2015/2016

INFORMAÇÃO EXAME DA PROVA DE INGRESSO PARA AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE PARA FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS 2015/2016 INFORMAÇÃO EXAME DA PROVA DE INGRESSO PARA AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE PARA FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS 2015/2016 Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) Componente Específica de

Leia mais

REDE DE ENSINO FARIA BRITO COORDENAÇÃO DE ENSINO MÉDIO. 1º Ano

REDE DE ENSINO FARIA BRITO COORDENAÇÃO DE ENSINO MÉDIO. 1º Ano Língua Portuguesa - Perceber as modificações realizadas nas antigas regras de acentuação, fixando as que permanecem inalteradas pelo novo acordo ortográfico; - Conhecer as classes gramaticais; - Apresentar

Leia mais

Planificação de Matemática -6ºAno

Planificação de Matemática -6ºAno DGEstE - Direção-Geral de Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Alentejo Agrupamento de Escolas de Moura código n.º 135471 Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) código n.º 342294 Planificação

Leia mais

CONTEÚDOS DE FÍSICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE FÍSICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE FÍSICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas SECRETÁRIA

Leia mais

(A) (B) (C) (D) (E) Resposta: A

(A) (B) (C) (D) (E) Resposta: A 1. (UFRGS-2) Ao resolver um problema de Física, um estudante encontra sua resposta expressa nas seguintes unidades: kg.m 2 /s 3. Estas unidades representam (A) força. (B) energia. (C) potência. (D) pressão.

Leia mais

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO IMPORTANTE!!! O ALUNO DEVE ESTUDAR ALÉM DOS CONTEÚDOS ABAIXO, O DO CADERNO, LIVRO E CADERNO DE ATIVIDADES. Disciplina Data da prova Conteúdo Apresentação

Leia mais

Teorias da luz. Experiências

Teorias da luz. Experiências Teorias da luz. Experiências Jaime E. Villate Departamento de Física Faculdade de Engenharia Universidade do Porto Exposição na Biblioteca da FEUP 21 de Abril a 13 de Junho de 2005 1 A luz é um fenómeno

Leia mais

Teste de Avaliação 3 A - 06/02/2013

Teste de Avaliação 3 A - 06/02/2013 E s c o l a S e c u n d á r i a d e A l c á c e r d o S a l Ano letivo 201 2/2013 Física e Química A Bloco II (11ºano) Teste de Avaliação 3 A - 06/02/2013 1. Suponha que um balão de observação está em

Leia mais

Força atrito. Forças. dissipativas

Força atrito. Forças. dissipativas Veículo motorizado 1 Trabalho Ocorrem variações predominantes de Por ex: Forças constantes Sistema Termodinâmico Onde atuam Força atrito É simultaneamente Onde atuam Sistema Mecânico Resistente Ocorrem

Leia mais

Conservação de Energia

Conservação de Energia Conservação de Energia Sistemas físicos O que é um sistema físico? Um sistema físico é uma porção do universo que escolhemos para analisar e estudar. Sistema Fronteira Sistema Exterior Um sistema físico

Leia mais

18 a QUESTÃO Valor: 0,25

18 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a A 0 a QUESTÃO FÍSICA 8 a QUESTÃO Valor: 0,25 6 a QUESTÃO Valor: 0,25 Entre as grandezas abaixo, a única conservada nas colisões elásticas, mas não nas inelásticas é o(a): 2Ω 2 V 8Ω 8Ω 2 Ω S R 0 V energia

Leia mais

FACULDADES SENAC PROCESSO SELETIVO UNIFICADO 1º SEMESTRE/2016 ANEXO I

FACULDADES SENAC PROCESSO SELETIVO UNIFICADO 1º SEMESTRE/2016 ANEXO I ANEXO I As Faculdades Senac Minas, com o intuito de atender às diversas demandas, oferece à comunidade dois processos vestibular: o vestibular e o vestibular agendado. Ambos os processos buscam selecionar

Leia mais

Existe uma serie de nomenclatura e parâmetros que caracterizam e diferenciam as ondas eletromagnéticas.

Existe uma serie de nomenclatura e parâmetros que caracterizam e diferenciam as ondas eletromagnéticas. Teoria básica das ondas eletromagnéticas Geração de ondas eletromagnéticas Um condutor elétrico que esteja sobre a influência dum campo magnético variável gera uma corrente elétrica. Esta corrente elétrica

Leia mais

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min

1) d = V t. d = 60. (km) = 4km 60 2) Movimento relativo: s V rel 80 60 = t = (h) = h = 12min OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representado por g. Quando necessário, adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR-RECIFE COORDENAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA: Ciência - FÍSICA PLANO DE ENSINO ANUAL DA 9 ANO ANO LETIVO: 2015

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR-RECIFE COORDENAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA: Ciência - FÍSICA PLANO DE ENSINO ANUAL DA 9 ANO ANO LETIVO: 2015 1 09/02/12 - Início do 1 Ano Letivo 25 de abril 1) INTRODUÇÃO A FÍSICA (Divisões da Física, Grandezas Físicas, Unidades de Medida, Sistema Internacional, Grandezas Escalares e Vetoriais; 2) CONCEITOS BASICOS

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS FQA Ficha 3 - Forças fundamentais, leis de Newton e Lei da gravitação universal 11.º Ano Turma A e B 1 outubro 2014 NOME Nº Turma 1. Associe um número da coluna 1 a uma

Leia mais

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s SIMULADO DE FÍSICA ENSINO MÉDIO 1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s 2) Um avião voa com velocidade constante

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA A 12ºANO ANO LETIVO 2015/2016 OBJECTIVOS ESPECÍFICOS

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA A 12ºANO ANO LETIVO 2015/2016 OBJECTIVOS ESPECÍFICOS PROBABILIDADES E COMBINATÓRIA ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL- ESTREMOZ MATEMÁTICA A 12ºANO ANO LETIVO 2015/2016 Introdução ao cálculo Conhecer terminologia das probabilidades de Probabilidades

Leia mais

Calendarização da Componente Letiva

Calendarização da Componente Letiva Calendarização da Componente Letiva s 7º Ano Físico-Química 1º 2º 3º Número de aulas previstas (45 minutos) 39 30 30 Apresentação e Diagnóstico 2 Avaliação (preparação, fichas de avaliação e correção)

Leia mais

Alunas: Carine Pereira, Géssica do Nascimento e Rossana Mendes Rosa SEMINÁRIO DE ENERGIA E MOVIMENTO

Alunas: Carine Pereira, Géssica do Nascimento e Rossana Mendes Rosa SEMINÁRIO DE ENERGIA E MOVIMENTO Licenciatura em Ciências da Natureza: Habilitação em Biologia e Química UAC 32- Energia e Movimento Professor Sergio Mittmann dos Santos Alunas: Carine Pereira, Géssica do Nascimento e Rossana Mendes Rosa

Leia mais

Processo Seletivo 2016 Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental

Processo Seletivo 2016 Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Avaliação do Desenvolvimento e Desempenho da Criança nos aspectos cognitivo, afetivo, socialização e psicomotor, através de atividades compatíveis com

Leia mais

Física e Química 1º ano (107 aulas de 45 minutos)

Física e Química 1º ano (107 aulas de 45 minutos) AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM CURSO VOCACIONAL DE ELETRICIDADE, INFORMÁTICA E NOÇÕES BÁSICAS DE FINANÇAS Planificação de Física e Química (2 anos) ANO LECTIVO 2014-2015 Física e Química 1º

Leia mais

Comunicação da informação a curta distância. FQA Unidade 2 - FÍSICA

Comunicação da informação a curta distância. FQA Unidade 2 - FÍSICA Comunicação da informação a curta distância FQA Unidade 2 - FÍSICA Meios de comunicação É possível imaginar como seria o nosso mundo sem os meios de comunicação de que dispomos? Os * * * * Aparelhos de

Leia mais

Linguagem da Termodinâmica

Linguagem da Termodinâmica Linguagem da Termodinâmica Termodinâmica N A = 6,022 10 23 Ramo da Física que estuda sistemas que contêm um grande nº de partículas constituintes (átomos, moléculas, iões,...), a partir da observação das

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico de 27 de outubro de 2015) No caso específico da disciplina de Física e Química A, do 10.º ano de escolaridade, a avaliação incidirá

Leia mais

Programa para a 1ª ETAPA

Programa para a 1ª ETAPA PROGRAMA DE FÍSICA Comissão de Processos Orientação Geral : Este programa apresenta os conteúdos básicos da Física ensinados no Ensino Médio. Para a realização da prova, espera-se que o Candidato ou a

Leia mais

Matriz do Teste de Avaliação de Física e Química A - 11.º ano 1 de fevereiro de 2016 120 minutos

Matriz do Teste de Avaliação de Física e Química A - 11.º ano 1 de fevereiro de 2016 120 minutos Ano Letivo 2015/ 2016 Matriz do Teste de Avaliação de Física e Química A - 11.º ano 1 de fevereiro de 2016 120 minutos Objeto de avaliação O teste tem por referência o programa de Física e Química A para

Leia mais

Início 15.09.11 03.01.12 10.04.12 Final 16.12.11 23.03.12 08.06.12 Interrupções - 20 22 Fev 2012 -

Início 15.09.11 03.01.12 10.04.12 Final 16.12.11 23.03.12 08.06.12 Interrupções - 20 22 Fev 2012 - TOTAL Outras Atividades Tema B: Terra em Transformação Tema A: Terra no Espaço Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANIFICAÇÃO 7º Ano de Ciências Físico-Químicas Ano Letivo 2011 / 2012

Leia mais

Escola Secundária de Forte da Casa

Escola Secundária de Forte da Casa Escola Secundária de Forte da Casa Informação - Prova de Equivalência à Frequência / 2012 2013 (Decreto Lei nº 139/2012, de 5 de Julho, e Portaria nº 243/2012, de 10 de agosto) 12º Ano Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS

CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro Medas PLANIFICAÇÃO ANUAL CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS 9.º º ANO TEMA: Viver melhor na Terra CAPÍTULO I EM TRÂNSITO 1 SEGURANÇA

Leia mais