Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Desª. Célia Smith Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Desª. Célia Smith Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da"

Transcrição

1 Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Desª. Célia Smith Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Escola De Magistratura: Des. Osvaldo Cruz Conselho de Magistratura: Desembargadores Rafael Godeiro, Célia Smith, João Rebouças,Aderson Silvino e Saraiva Sobrinho Primeira Câmara Cível: Desembargadores Cristovam Praxedes, Expedito Ferreira e Vivaldo Pinheiro Segunda Câmara Cível: Desembargadores Osvaldo Cruz, Aderson Silvino e Cláudio Santos Terceira Câmara Cível: Desembargadores Amaury Moura, Célia Smith e Saraiva Sobrinho Câmara Criminal: Desembargadores Caio Alencar, Armando Ferreira e Judite Nunes Procurador de Justiça: Doutor José Augusto de Souza Peres Filho

2 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE TERCEIRA CÂMARA CÍVEL AVISO De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador Amaury Moura Sobrinho, Presidente da Terceira Câmara Cível, torno público que fica transferida a Sessão Ordinária do dia 26 de fevereiro do ano em curso, que seria realizada às 08:00 horas, para o dia 27 do mesmo mês e ano (sexta-feira), em Sessão Extraordinária, às 08:00 horas, quando serão julgados os processos constantes da pauta e demais feitos apresentados em mesa. Redação Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, em Natal, 16 de fevereiro de Luciana Karla Nunes Santos Almeida Redatora Judiciária Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 2

3 Departamento - Redação Judiciária / Secretaria - Judiciária PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL AVISO De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador Vivaldo Pinheiro, Presidente em exercício, torno público que, em virtude da ausência, por motivo justificado, do Excelentíssimo Senhor Desembargador Expedito Ferreira, não será realizada a Sessão Ordinária da Primeira Câmara Cível no dia 17 de fevereiro do ano em curso (terçafeira). Redação Judiciária do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, em Natal, 16 de fevereiro de Kadja Kalina Galvão de Aguiar Redatora Judiciária Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 3

4 Departamento - Autuação e Distribuição / Secretaria - Judiciária TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA JUDICIÁRIA Termo de Audiência de Distribuição Em sessão pública realizada em 13 de fevereiro de 2009, na Secretaria Judiciária do Tribunal de Justiça, foram distribuídos os seguintes processos: 3ª CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/12ª Vara Cível Relator: DES. SARAIVA SOBRINHO Agravantes: JSS - Comércio Atacadista de Carne Ltda e outros Advogados: Drs. Holdermes Bezerra Chaves Filho (12.705/PB) e outros Agravado: Banco Safra S/A Redistribuído por Sorteio Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Cível Relatora: DESª. CÉLIA SMITH Apelantes: Agnaldo Francisco da Silva e outros Advogados: Drs. Laércio Costa de Sousa Júnior (4535/RN) e outro Apelado: COSERN- Companhia Energética do Estado do Rio Grande do Norte Advogadas: Drs. Anna Christina Pisco R. da Silva (6752/RN) e outros Apelado: Município de Ceará-Mirim Advogados: Drs. Emmanuel Mendonça Cavalcante (6900/RN) e outros Apelação Cível Origem : Natal/5ª Vara da Fazenda Pública Relatora: DESª. CÉLIA SMITH Apelante: Veralúcia Fernandes da Silva Advogado: Dr. Sebastião Valério da Fonseca (4213/RN) Apelado: Procurador: Dr. José Fernandes Diniz Júnior (1983/RN) Apelação Cível Origem : Mossoró/1ª Vara Cível Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Apelante: José Alves Sobrinho Advogados: Drs. José Naerton Soares Neri (3207/RN) e outros Apelado: Intermédica Sistema de Saúde S/A Advogados: Drs. Henrique Buril Weber (14900/PE) e outros Apelação Cível Origem : Natal/7ª Vara Cível Relator: DES. SARAIVA SOBRINHO Apelante: Banco do Brasil S/A Advogados: Drs. Haroldo Wilson Martinez Júnior (473A/RN) e outro Apelada: Gilvanize Araújo Advogadas: Drs. Gilma Araújo (2985/RN) e outro Apelação Cível Origem : Natal/7ª Vara Cível Relatora: DESª. CÉLIA SMITH Apelante: Banco do Brasil S/A Advogados: Drs. Haroldo Wilson Martinez Júnior (473A/RN) e outro Apelada: Vitória Pinheiro da Luz Advogados: Drs. Marcos Antônio Inácio da Silva (560A/RN) e outros Apelação Cível Origem : Natal/2ª Vara de Execução Fiscal Estadual e Tributária Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Apelante: Procurador: Dr. Idálio Campos (1811/RN) Apelado: Decofloor Ltda Advogados: Drs. Eugênio Pacelli de Araújo Gadelha (5920/RN) e outros Remessa Necessária Origem : Natal/2ª Vara de Execução Fiscal Estadual e Tributária Relatora: DESª. CÉLIA SMITH Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara de Execução Fiscal Estadual e Tributária de Rio Grande do Norte Entre Partes: Carrefour Comércio e Indústria Ltda Advogados: Drs. Izaias Bezerra do Nascimento Neto (513A/RN) e outros Entre Partes: Coordenador de Fiscalização Tributária da Secretaria de Estado da Tributação do Rio Grande do Norte. Apelação Cível Origem : Mossoró/1ª Vara Cível Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Apelante: Banco do Brasil S.A. Advogados: Drs. Antônio Carlos Lima Martins (3099/RN) e outro Apelada: Maria Nerialba Brasil Pinheiro Advogado: Dr. Leopoldo Miranda de Azevedo (6597/RN) Apelação Cível Origem : Mossoró/1ª Vara Cível Relator: DES. SARAIVA SOBRINHO Apelante: Raimundo Fernandes Júnior Advogados: Drs. Wagner Soares Ribeiro de Amorim (3432/RN) e outros Apelado: Banco Bradesco S.A. Advogados: Drs. Cleilton César Fernandes Nunes (4222/RN) e outros Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 4

5 Departamento - Autuação e Distribuição / Secretaria - Judiciária Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Mossoró/5ª Vara Cível Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Agravante: Edvaldo Manoel do Nascimento Advogado: Dr. Kennedy Salvador de Oliveira (6638/RN) Agravado: Banco Finasa S.A. Redistribuído por Transferência Agravo de Instrumento sem Suspensividade Origem : Canguaretama/Vara Única Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Agravante: COSERN- Companhia Energética do Advogados: Drs. Ana Catarina Gurgel de Castro (5333/RN) e outro Agravado: Marine - Maricultura do Nordeste S/A Advogados: Drs. Julio Alcino de Oliveira Neto (11673/PE) e outro Redistribuído por Transferência Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Parnamirim/1ª Vara de Família e Infância e Juventude Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Agravante: J. S. V. Advogado: Dr. Jorge Sena Veloso (23019/BA) Agravada: M. B. da S. V. Advogado: Dr. Francisco Justiniano de Souza Neto (7065/RN) Redistribuído por Transferência Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/2ª Vara da Fazenda Pública Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Agravantes: Anália Pereira da Silva e outros Advogados: Drs. Daniel Monteiro da Silva (5835/RN) e outro Agravado: Procurador: Dr. José Marcelo Ferreira Costa (3337/RN) Redistribuído por Transferência Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/2ª Vara de Família do Distrito Judiciário da Zona Sul Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Agravante: J. L. de N. Advogadas: Drs. Kerlly Rocha (4647/RN) e outro Agravada: T. A. de A. Advogada: Dra. Elísia Helena de Melo Martini (1853/RN) Redistribuído por Transferência Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/1ª Vara de Execução Fiscal Municipal e Tributária Relator: DES. AMAURY MOURA SOBRINHO Agravante: CAERN - Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte Advogados: Drs. Celso Luiz de Oliveira (77977/SP) e outro Agravado: Município de Natal Procurador: Dr. Herbert Alves Marinho (2568/RN) Redistribuído por Transferência TRIBUNAL PLENO Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrante: Renata Mônica Gadelha Advogados: Drs. Paulo Luiz Gameleira (1892/RN) e outros Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrante: Francisco Marcélio dos Santos Advogados: Drs. Kayo Henrique Duarte Gameleira (6247/RN) e outros Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrantes: Raimundo Francisco do Nascimento e outros Advogado: Dr. Tiago Mafra Sinedino (6095/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrantes: Francisco de Assis Menezes Correia e outro Advogado: Dr. Tiago Mafra Sinedino (6095/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 5

6 Departamento - Autuação e Distribuição / Secretaria - Judiciária Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrantes: Marco Tulio Alvares de Freitas e outros Advogado: Dr. Tiago Mafra Sinedino (6095/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrantes: Aristóteles Soares Fontes e outros Advogado: Dr. Francisco Marcos de Araújo (2359/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrantes: João Marcos da Silva e outros Advogado: Dr. Francisco Marcos de Araújo (2359/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. SARAIVA SOBRINHO Impetrantes: José Antônio de Souza Silva e outros Advogados: Drs. Kayo Henrique Duarte Gameleira (6247/RN) e outros Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. ADERSON SILVINO Impetrante: Norma Letícia Pessoa Leão Lins Advogada: Dra. Lícia de Souza Santos (6470/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. CAIO ALENCAR Impetrantes: Rafaella Severiano Martins e outro Advogado: Dr. Tiago Mafra Sinedino (6095/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. CAIO ALENCAR Impetrantes: Jacira Maria de Souza Ataliba e outros Advogado: Dr. Tiago Mafra Sinedino (6095/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrantes: Inácia Elziane de Souza e outros Advogado: Dr. Tiago Mafra Sinedino (6095/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Conflito Negativo de Competência Origem : Nísia Floresta/Vara Única Relator: DES. JOÃO REBOUÇAS Suscitante: Juizo de Direito da Vara Única da Comarca de Nísia Floresta Entre Partes: Ministério Público Entre Partes: Ítalo Augusto Fernandes da Silva Suscitado: Juizo de direito da 12ª Vara Criminal da Comarca de Natal Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Natal/9ª Vara Criminal Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrante: Maria Francisca de Souza Advogado: Dr. Dieimes Laerte de Souza (3139/AC) Impetrado: Exmª. Srª. Drª. Juiza de Direito da Nona Vara Criminal da Comarca de Natal Ente Público: Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. CAIO ALENCAR Impetrantes: Indhira de Almeida Cabral e outro Advogado: Dr. Rodrigo Gomes da Costa Lira (5263/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. CAIO ALENCAR Impetrante: Carlos Antunes Cavalcante de Paiva Advogado: Dr. Rodrigo Gomes da Costa Lira (5263/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 6

7 Departamento - Autuação e Distribuição / Secretaria - Judiciária Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. OSVALDO CRUZ Impetrante: Paulo de Souza Advogados: Drs. Thiago Humberto de Menezes Nascimento (5789/RN) e outros Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. OSVALDO CRUZ Impetrante: Michelle da Silva Macedo Advogado: Dr. Fabiano José de Moura (6582/RN) Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio Mandado de Segurança sem Liminar Origem : Tribunal de Justiça Relator: DES. SARAIVA SOBRINHO Impetrantes: Brizola Alves Bezerra e outro Advogados: Drs. Tiago Mafra Sinedino (6095/RN) e outro Impetrado: Presidente do Tribunal de Justiça do Ente Público: Redistribuído por Sorteio 1ª CÂMARA CÍVEL Ação Cautelar Inominada Origem : Mossoró/Vara da Fazenda Pública Relator: JUIZ IBANEZ MONTEIRO (CONVOCADO) Requerente: Antônia Maria de Queiroz Advogado: Dr. Cláudio Alcântara de Queiroz Alves Lopes (6919/RN) Requerido: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Cível Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Apelantes: Ielmo Joaquim Oliveira e outros Advogados: Drs. Laércio Costa de Sousa Júnior (4535/RN) e outro Apelado: COSERN- Companhia Energética do Estado do Rio Grande do Norte Advogadas: Drs. Anna Christina Pisco R. da Silva (6752/RN) e outros Apelado: Município de Ceará-Mirim Advogados: Drs. Emmanuel Mendonça Cavalcante (6900/RN) e outros Apelação Cível Origem : Natal/17ª Vara Cível Relator: DES. VIVALDO PINHEIRO Apelante: Paulo Rodrigues da Costa Júnior Advogado: Dr. José Wilson Arnaldo da Câmara Gomes Netto (484/RN) Apelados: José Fernandes de Souza e outro Advogados: Drs. João Carlos dos Santos (3585/RN) e outro Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Cível Relator: DES. VIVALDO PINHEIRO Apelantes: Damião Batista de Souza e outros Advogado: Dr. Laércio Costa de Sousa Júnior (4535/RN) Apelado: COSERN- Companhia Energética do Advogados: Drs. Ana Catarina Gurgel de Castro (5333/RN) e outros Apelação Cível Origem : Mossoró/1ª Vara Cível Relator: JUIZ IBANEZ MONTEIRO (CONVOCADO) Apelante: Carlos Nascimento Advogado: Dr. Antônio Evanio de Araújo (2850/RN) Apelante: Mossoró Rádio Sociedade Ltda Advogados: Drs. Teles Santos Jerônimo (6617/RN) e outro Apelado: Neriwelton Alexandre de Oliveira Advogados: Drs. Gilmar Fernandes de Queiroz (3986/RN) e outro Apelação Cível Origem : Mossoró/1ª Vara Cível Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Apelante: Banco Itaú S/A Advogadas: Drs. Tatiane de Lacerda Barros (543A/RN) e outros Apelada: Andrezza Monaliza de Souza Advogado: Dr. Severino Urbano Sobrinho (2363/RN) Apelação Cível Origem : Mossoró/1ª Vara Cível Relator: JUIZ IBANEZ MONTEIRO (CONVOCADO) Apelante: Banco Panamericano Advogados: Drs. Evandro de Freitas Praxedes (4772/RN) e outros Apelada: Maria Lucineide dos Santos Advogado: Dr. Severino Urbano Sobrinho (2363/RN) Agravo de Instrumento sem Suspensividade Origem : Natal/4ª Vara Cível Não Especializada Relator: JUIZ IBANEZ MONTEIRO (CONVOCADO) Agravante: Hedigliranis Guerreiro de Souza Advogados: Drs. Edberto Rodrigo Afonso Smith Júnior (3828/RN) e outros Agravado: Banco ABN Amro Real S.A. Advogadas: Drs. Elísia Helena de Melo Martini (1853/RN) e outro Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 7

8 Departamento - Autuação e Distribuição / Secretaria - Judiciária Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/9ª Vara Cível Relator: JUIZ IBANEZ MONTEIRO (CONVOCADO) Agravantes: Eduardo Jacome Patriota e outros Advogadas: Drs. Cláudia Alvarenga Medeiros Amorim Santos Nóbrega (4841/RN) e outros Agravada: Valeria Karlla Rocha Lima Advogadas: Drs. Ana Roberta Rocha Lima (3129/RN) e outros Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Cível Relator: DES. EXPEDITO FERREIRA Apelante: Município de Ceará-Mirim Advogados: Drs. Emmanuel Mendonça Cavalcante (6900/RN) e outros Apelado: F. Joelson Vieira Advogado: Dr. Pedro Henrique Duarte Blumenthal (4387B/RN) Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Cível Relator: DES. VIVALDO PINHEIRO Apelantes: Manoel Vitorino da Silva e outros Advogados: Drs. Laércio Costa de Sousa Júnior (4535/RN) e outro Apelado: COSERN- Companhia Energética do Estado do Rio Grande do Norte Advogadas: Drs. Anna Christina Pisco R. da Silva (6752/RN) e outros Apelado: Município de Ceará-Mirim Advogados: Drs. Emmanuel Mendonça Cavalcante (6900/RN) e outros Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/4ª Vara da Fazenda Pública Relator: JUIZ IBANEZ MONTEIRO (CONVOCADO) Agravante: Deives Silva costa Advogados: Drs. Karina Câmara de Araújo (6056/RN) e outro Agravado: Remessa Necessária Origem : Natal/2ª Vara de Execução Fiscal Estadual e Tributária Relator: JUIZ IBANEZ MONTEIRO (CONVOCADO) Remetente: Juízo de Direito da 2ª Vara de Execução Fiscal Estadual e Tributária de Rio Grande do Norte Entre Partes: Coordenador de Arrecadação da Secretaria de Tributação do Estado do Rio Grande do Norte Entre Partes: Antônia Alves da Rocha Silva Nunes Advogados: Drs. Ivan de Souza Cruz (3848/RN) e outros CÂMARA CRIMINAL Recurso Ex Officio Origem : Parnamirim/1ª Vara Criminal Relatora: DESª. JUDITE NUNES Remetente: Juízo de Direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnamirim Entre Partes: Ministério Público Entre Partes: Antônio Gregório da Silva Redistribuído por Transferência Apelação Criminal Origem : São Bento do Norte/Vara Única Relator: DES. AMÍLCAR MAIA Apelante: Pedro Araújo da Costa Advogado: Dr. Marcus Alânio Martins Vaz (564A/RN) Apelada: A Justiça Redistribuído por Transferência Habeas Corpus com Liminar Origem : Natal/9ª Vara Criminal Relatora: DESª. JUDITE NUNES Impetrante: Marcus Alânio Martins Vaz Impetrante: Alana Natasha Mendes Pereira Martins Vaz Paciente: Antônio Ribeiro da Silva Aut. Coatora: Exmº. Sr. Dr. Juiz de Direito da Nona Vara Criminal da Comarca de Natal Apelação Criminal Origem : Mossoró/1ª Vara Criminal Relator: DES. ARMANDO DA COSTA FERREIRA Apelante: Osmídio Alves de Oliveira Advogado: Dr. Vanessa Gomes Álvares Pereira (4608/RN) Apelado: Ministério Público Recurso em Sentido Estrito Origem : Assu/Vara Criminal Relator: DES. AMÍLCAR MAIA Recorrente: Gilvan do Nascimento Advogada: Dra. Michelly Godim Souza (7162/RN) Recorrido: A Justiça Habeas Corpus com Liminar Origem : Natal/5ª Vara Criminal Relator: DES. AMÍLCAR MAIA Impetrante: João Maria de Oliveira Paciente: Akceussamerson Silva de Souza Aut. Coatora: Exmº Sr. Dr. Juiz de Dreito da 5ª Vara Criminal da Comarca de natal Apelação Criminal Origem : Mossoró/3ª Vara Criminal Relator: DES. CAIO ALENCAR Apelante: Laelson Carapita de Souza Advogada: Dra. Nara Rúbia Silva Vasconcelos Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 8

9 Departamento - Autuação e Distribuição / Secretaria - Judiciária (661A/RN) Apelada: A Justiça Apelação Criminal Origem : Mossoró/3ª Vara Criminal Relator: DES. AMÍLCAR MAIA Apelante: Francisco Johab Catarina de Sena Advogado: Dr. Ricardo Luiz da Costa (4021/RN) Apelada: A Justiça PRESIDÊNCIA Pedido de Suspensão de Liminar Origem : Mossoró/Vara da Fazenda Pública Relator: PRESIDENTE Requerente: Procuradora: Dra. Janne Maria de Araújo (6222/RN) Requerido: Miguel Ângelo de Lima Costa Advogados: Drs. Rodrigo Falcão Leite (7372/RN) e outros Pedido de Suspensão de Liminar Origem : Mossoró/Vara da Fazenda Pública Relator: PRESIDENTE Requerente: Procuradora: Dra. Juliana de Morais Guerra (6221- B/RN) Requerida: Antônia Lecide de Moura Advogados: Drs. Josimar Nogueira de Lima Júnior (6935/RN) e outro 2ª CÂMARA CÍVEL Apelação Cível Origem : Natal/5ª Vara da Fazenda Pública Relator: JUIZ CÍCERO MACÊDO (CONVOCADO) Apelante: Maria Suzanete Fernandes de Oliveira Advogados: Drs. Sebastião Valério da Fonseca (4213/RN) e outro Apelado: Procurador: Dr. Francisco Ivo Cavalcanti Netto (1812/RN) Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Cível Relator: DES. ADERSON SILVINO Apelante: Município de Ceará-Mirim Advogados: Drs. Emmanuel Mendonça Cavalcante (6900/RN) e outros Apelada: Iolanda Evangelista de Souza Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Cível Relator: DES. ADERSON SILVINO Apelantes: Marinete dos Santos da Hora e outros Advogado: Dr. Laércio Costa de Sousa Júnior (4535/RN) Apelado: COSERN- Companhia Energética do Advogadas: Drs. Anna Christina Pisco R. da Silva (6752/RN) e outro Apelação Cível Origem : Natal/5ª Vara da Fazenda Pública Relator: DES. ADERSON SILVINO Apelante: Dinalva Santos de Lima Advogados: Drs. Sebastião Valério da Fonseca (4213/RN) e outro Apelado: Procurador: Dr. José Fernandes Diniz Júnior (1983/RN) Apelação Cível Origem : Parnamirim/Vara da Fazenda Pública da Comarca de Parnamirim Relator: DES. OSVALDO CRUZ Apelantes: Adelmo Caldas Batista e outro Advogados: Drs. Wellington Evaristo Jales (4015/RN) e outro Apelado: Pousada da Ponte Hotelaria e Balneário Ltda. Advogados: Drs. Luiz Antônio Carvalho Ribeiro (5193B/RN) e outro Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Mossoró/5ª Vara Cível Relator: DES. ADERSON SILVINO Agravante: Francisco Ronaldo Alves Advogado: Dr. Aliatá Pereira Pinto Júnior (7666/RN) Agravado: Banco Finasa S.A. Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/12ª Vara Cível Relator: JUIZ CÍCERO MACÊDO (CONVOCADO) Agravante: Aymoré Crédito, Financiamento e Investimento S.A. Advogados: Drs. Múcio Amaral da Costa (676/RN) e outro Agravado: Elivan Luiz de Morais Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/12ª Vara Cível Relator: DES. OSVALDO CRUZ Agravante: Aymoré Crédito, Financiamento e Investimento S.A. Advogados: Drs. Múcio Amaral da Costa (676/RN) e outro Agravado: Miguel Alves Pereira Apelação Cível Origem : Ceará Mirim/1ª Vara Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 9

10 Departamento - Autuação e Distribuição / Secretaria - Judiciária Cível Relator: JUIZ CÍCERO MACÊDO (CONVOCADO) Apelante: Município de Ceará-Mirim Advogados: Drs. Emmanuel Mendonça Cavalcante (6900/RN) e outro Apelada: Ana Lígia Ferreira Palhano Advogados: Drs. Victor Teixeira de Vasconcelos (2963/RN) e outro Apelação Cível Origem : Natal/5ª Vara da Fazenda Pública Relator: DES. OSVALDO CRUZ Apelante: Marinalva dos Santos Advogados: Drs. Sebastião Valério da Fonseca (4213/RN) e outro Apelado: Procurador: Dr. José Fernandes Diniz Júnior (1983/RN) Agravo de Instrumento com Suspensividade Origem : Natal/2ª Vara Cível Não Especializada Relator: DES. OSVALDO CRUZ Agravante: Banco Finasa S.A. Advogada: Dra. Maria Lucila Gomes (389A/RN) Agravado: Raimundo da Silva Barbosa SAMARONE FERREIRA DE SOUZA E SILVA Secretário Judiciário Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 10

11 Secretaria - Geral PORTARIA N.º 120/2009-TJ- DE 16 DE FEVEREIRO DE A Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte em Exercício, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Designar o Juiz RICARDO TINOCO DE GÓES, titular da 6ª Vara Cível da Comarca de Natal, para substituir o Desembargador OSVALDO CRUZ, no período de 16 de fevereiro a 17 de março de 2009, que se encontrará afastado, por motivo de férias, nos termos do artigo 28, inciso VI, alínea b, do Regimento Interno desta Corte. Publique-se e cumpra-se. Desembargadora CÉLIA SMITH Presidente em Exercício Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 11

12 Secretaria - Geral TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA SECRETARIA GERAL RESOLUÇÃO N. 003/2009 TJ, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2009 Estabelece procedimentos a serem adotados visando à agilização da apreciação das medidas de urgência e implanta o projeto Pedido de Urgência é Urgente O Tribunal de Justiça do, usando de suas atribuições legais e tendo em vista o que foi decidido na Sessão Plenária Administrativa do dia 11 de fevereiro de 2009; CONSIDERANDO que a todos, no âmbito judicial e administrativo, são assegurados a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação (art. 5º, inc. LXXVIII da Constituição Federal de 1988, incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004); CONSIDERANDO o respeito pelo princípio constitucional da eficiência; CONSIDERANDO a necessidade de se agilizar a Justiça, principalmente nos casos de medidas de urgência pleiteadas em Juízo, evitando o perecimento de direitos; CONSIDERANDO a preocupação de todos com a celeridade e qualidade na prestação jurisdicional, RESOLVE: Art. 1º. São considerados pedidos de urgência para os fins desta Resolução aqueles descritos no art. 39 do Código de Normas da Corregedoria do Tribunal de Justiça do (Portaria nº 244/04- CJRN). Art. 2º. Os pedidos de urgência devem ser imediatamente conclusos ao Juiz e encaminhados ao gabinete pelos servidores responsáveis, devendo ser apreciados no prazo máximo de 72 (setenta e duas) horas, contados do recebimento pelo Juiz, salvo: I nos casos em que a norma impuser prazo menor; II nos casos em que o pedido de urgência formulado implicar manifestação prévia do Ministério Público ou da Fazenda Pública ou da parte interessada; III nos casos em que a petição inicial necessitar de emenda; IV nos casos em que o Juiz, justificadamente nos autos, estiver impossibilitado de apreciar o pedido por acúmulo de serviço ou afastamento do trabalho. gabinete e a hora em que a decisão foi proferida. 2º. Nas oportunidades em que forem ajuizados pedidos de urgência e o que o SAJ, ou sistema de informática similar utilizado no âmbito do Tribunal de Justiça, esteja inacessível, instável ou muito lento, a Secretaria deverá fazer a conclusão manual, sem prejuízo de autuação posterior no sistema. 3º. Nos casos dos incs. II e III supra, o Juiz deverá apreciar a medida de urgência no prazo de 72 (setenta e duas) horas contados do recebimento dos autos em gabinete após o prazo concedido para manifestação do Ministério Público, da Fazenda Pública ou da parte interessada. 4º. Para os fins do inc. IV o Juiz deverá, quando da apreciação do pedido de urgência, elencar, exemplificativamente, o número de pedidos de urgência conclusos, o número de audiências realizadas, o número de processos sentenciados ou a causa do afastamento do trabalho. 5º. Havendo pedido de urgência formulado em dia no qual o Juiz esteja afastado do trabalho, o pedido deverá ser imediatamente encaminhado para o substituto legal. Art. 3º. Em todos os casos em que ao Juiz não for possível o cumprimento do prazo para apreciação da medida de urgência, conforme previsto no caput do artigo acima, deverá restar consignado nos autos a justificativa de tal impossibilidade. Parágrafo único. O descumprimento injustificado do prazo para apreciação da medida de urgência, conforme previsto no caput do artigo 2º, poderá implicar ao Juiz a aplicação da punição disciplinar prevista no art. 113 do Regimento Interno deste Tribunal. Art. 4º. O Juiz deverá manter no SAJ, ou sistema de informática similar utilizado no âmbito do Tribunal de Justiça do, modelos padronizados de decisões acerca de pedidos de urgência para fins de utilização quando da análise de causas repetitivas. Art. 5º. Esta Resolução entra em vigor 30 (trinta) dias após sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Sala das Sessões do Tribunal Pleno, Desembargador João Vicente da Costa, em Natal. Des. Rafael Godeiro Presidente Desª. Célia Smith Vice-Presidente Des. Caio Alencar Des. Armando Ferreira Des. Amaury Moura 1º. Para fins de observância do prazo a que faz Des. Osvaldo Cruz referência o caput deste artigo, o Juiz deverá fazer constar na decisão a hora do recebimento do pedido em seu Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 12

13 Secretaria - Geral Dr. Ibanez Monteiro da Silva Juiz Convocado Desª. Judite Nunes Des. Aderson Silvino Des. Expedito Ferreira Dr. Cícero Martins de Macedo Filho Juiz Convocado Des. João Rebouças Des. Vivaldo Otávio Pinheiro Des. Amílcar Maia Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 13

14 Secretaria - Geral TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA GERAL PORTARIA Nº 119/2009-TJ, DE 16 DE FEVEREIRO DE 2009 A Secretária-Geral do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte em Exercício, no uso de suas atribuições que lhes são conferidas pela Portaria nº 058/2009-TJ, Resolve: Designar a servidora ANA MARIA COSTA DE ARAÚJO, matrícula nº , à disposição deste Poder Judiciário, para, a partir desta data, exercer a substituição automática nos impedimentos e afastamentos legais e regulamentares da servidora Orligeane Oliveira Moura Medeiros, Chefe de Divisão, matrícula nº , até ulterior deliberação. Publique-se e cumpra-se. MARISTELA R. Q. FREIRE Secretária-Geral em Substituição Legal Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 14

15 Departamento - Recursos Humanos / Secretaria - Administração TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Gabinete da Presidência O Presidente do Tribunal de Justiça do, no uso de suas atribuições constitucionais e tendo em vista o que consta do Processo nº 12942/ TJ, R E S O L V E remover, a pedido, nos termos do artigo 36, da Lei Complementar nº 122, de 30 de junho de 1994, KASSANDRA FRANÇA DO NASCIMENTO CRUZ, matrícula nº , do cargo de Auxiliar Técnico da 2ª Vara Cível da Comarca de Macaíba, de 2ª entrância, para exercer o mesmo cargo na 2ª Vara de Família do Distrito Judiciário da Zona Sul da Comarca de Natal, de 3ª entrância. Natal/RN, 11 de fevereiro de Publique-se. Desembargador RAFAEL GODEIRO SOBRINHO Presidente Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 15

16 Corregedoria COMARCA DE NATAL JUÍZO DE DIREITO DA 3ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA JUIZ DE DIREITO GERALDO ANTÔNIO DA MOTA JUIZA DE DIREITO SUBSTITUTA ALINE DANIELE BELÉM CORDEIRO LUCAS DIRETORA DE SECRETARIA: MARIA DO SOCORRO SILVA BRUNO Rua Dr. Lauro Pinto, 315 8º Andar Lagoa Nova RELAÇÃO Nº 0019/2009 (1) Processo nº Ação Ordinária / Ordinário Autor: Pompílio Normando Pinto Rosado Advogado: Marcos José Marinho Júnior, OAB 4.127/RN Réu: Departamento de Trânsito do Estado do Rio Grande do Norte-DETRAN Procurador: João Carlos Gomes Coque, OAB 6219/RN Lit. Pass.: Joseval Paulino de Medeiros ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora a fim de que apresente nesta Secretaria, no prazo de 30 (trinta) dias, as peças obrigatórias dos autos de nº indispensáveis à formação do requisitório de pagamento, na forma do art. 334 do Regimento Interno do TJ/RN. (2) Processo nº Cautelar Inominada/Atípica / Cautelar Requerente: Rosana Ananias Silva da Costa Transportes de Passageiros Advogada: Ana Paula Bezerra Santos, OAB 4307/RN Requerido: Departamento Estadual de Estradas de Rodagem DER Procurador: Francisco de Sales Matos, OAB /RN SENTENÇA: EMENTA: PROCESSO CIVIL. AÇÃO CAUTELAR PREPARATÓRIA E AÇÃO DECLARATÓRIA. PERMISSÃO DE SERVIÇO PÚBLICO. SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS. DE TRANSPORTE OPCIONAL DE MÉDIO PORTE DE CARACTERÍSTICA SEMI-URBANA. PEDIDO PARA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULO COM RODAGEM DUPLA NO EIXO TRASEIRO. ULTERIOR REQUERIMENTO, FORMULADO PELA PARTE, DE RENÚNCIA AO DIREITO SOBRE QUE SE FUNDA A PRETENSÃO. CARACTERIZAÇÃO DA SITUAÇÃO ELENCADA NO ART. 269, V, DO CPC. EXTINÇÃO DOS PROCESSOS COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO. I Através da Ação Cautelar Inominada Preparatória nº e da Ação Declaratória nº , a parte autora, que é permissionária, no, do Serviço de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros, na classe relativa ao transporte opcional de médio porte de característica semi-urbana, pretendia assegurar seu suposto direito de utilizar, no serviço permitido, o veículo descrito na documentação acostada aos autos, o qual possui rodagem dupla no eixo traseiro. II No decorrer das relações processuais, a parte autora informou a sua renúncia quanto ao direito sobre o qua l se fundavam suas ações, restando, portanto, devidamente configurada a situação prevista no art. 269, inciso V, do Código de Processo Civil. III Extinção dos processos com resolução do mérito. I RELATÓRIO Em 23 de fevereiro de 2006, ROSANA ANANIAS SILVA DA COSTA TRANSPORTE DE PASSAGEIROS, devidamente qualificada e representada, ajuizou, perante a 1ª (Primeira) Vara Cível da Comarca de Ceará-Mirim/RN, AÇÃO CAUTELAR INOMINADA PREPARATÓRIA COM PEDIDO DE LIMINAR (Processo nº ), em desfavor do DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DO RIO GRANDE DO NORTE DER/RN, igualmente qualificado, aduzindo, em síntese, o seguinte: a) é permissionária, no âmbito do Rio Grande do Norte, do sistema de transporte coletivo rodoviário intermunicipal de passageiros, na classe relativa ao transporte opcional de médio porte de característica semi-urbana, operando, após regular licitação, a linha Touros/Natal; b) tendo em conta o disposto nos editais de licitação, nos termos de permissão e na legislação aplicável à espécie (Decreto Estadual nº /2002), a qual contempla a necessidade de substituição do veículo utilizado na exploração do serviço permitido, no prazo de 60 (sessenta) meses, contados da data da emissão da nota fiscal de venda do veículo a ser substituído, adquiriu um novo veículo, com rodagem dupla no eixo traseiro, visando, outrossim, a prestação de um serviço de melhor qualidade, de modo a poder acomodar mais passageiros, de forma mais confortável e segura; c) a autarquia requerida não permite que a autora substitua seu veículo, sob o argumento de que a utilização de rodagem dupla no eixo traseiro é vedada pelo Decreto Estadual nº /2002, alterado pelo Decreto Estadual nº /2002; d) a atitude do demandado não se justifica, pois, além da rodagem dupla em tela ser exigida pelo CONTRAN (vide Resolução nº 811), não consta, seja no edital da concorrência à qual se submeteu a requerente, seja no termo de permissão respectivo, qualquer proibição de utilização do mencionado equipamento, o qual, ademais, contribui para uma maior segurança no transporte de passageiros, proporcionando melhor desempenho em aclives e pisos escorregadios, bem como auxiliando na estabilidade do veículo em curvas; e) não podendo substituir seu veículo, a requerente poderá sofrer graves e irreparáveis prejuízos no tocante à manutenção de sua família. Como o novo veículo, que se encontra impedido de trafegar, é financiado, através de alienação fiduciária, o inadimplemento de qualquer parcela poderá ensejar a sua retomada pela financeira. Argumentando, ainda, que houve uma aplicação equivocada do princípio da legalidade, requereu a concessão de medida liminar, a ser confirmada no julgamento do mérito, a fim de que o requerido, através de seu Diretor, autorize, de imediato, a vistoria, com o consequente emplacamento, do aludido veículo com rodagem dupla no eixo traseiro, conforme as especificações constantes na nota fiscal anexa à peça vestibular. Juntou os documentos de fls Conforme se verifica pela decisão de fls , o Juízo da 1ª (Primeira) Vara Cível da Comarca de Ceará-Mirim/RN deferiu o pedido de medida liminar, tendo determinado que o DER/RN procedesse à vistoria e ao emplacamento do veículo VOLARE EXECUTIVO V8, chassi 93PB27F306C017808, ano/modelo 2006, até ulterior deliberação, sob pena do pagamento de multa diária no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais). Devidamente citado, o Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte DER/RN ofertou contestação, às fls , sustentando ser improcedente o pleito da requerente, pois, ao contrário do que esta afirma, o requerido, ao não autorizar a renovação do seu veículo, Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 16

17 Corregedoria nada mais fez do que cumprir o que restou ajustado nas minutas e nos contratos de permissão de serviços firmados. O termo de permissão correspondente à requerente foi assinado em 31 de dezembro de 2002, portanto na vigência dos Decretos Estaduais nº /02 e /2002, nele constando, em sua cláusula 3ª (terceira), item 1 (um), que o aludido Decreto Estadua l nº /02 (que veda a pretensão da autora), e sua alteração, constituíam-se em parte integrante do instrumento contratual. Ademais, mesmo que a requerente não tivesse subscrito contrato de permissão, desde a época do procedimento licitatório já existia uma cláusula na minuta do respectivo contrato, anexa ao edital de concorrência da qual participou a autora, estabelecendo que qualquer texto que modificasse o Regulamento em vigor, na época, passaria a integrar e produzir efeitos no contrato de permissão a ser celebrado, não podendo o Poder Judiciário, a esta altura dos acontecimentos, se imiscuir na tarefa própria do Poder Executivo de apreciar a conveniência da cláusula do contrato já firmado, sob pena de violação ao princípio constitucional da separação dos poderes (art. 2º da CF). Na mesma data em que protocolada a contestação supra-referida, o requerido ingressou com exceção de incompetência relativa (Processo nº /001), sustentando que o Juízo da 1ª (Primeira) Vara Cível da Comarca de Ceará- Mirim não poderia conhecer o pedido formulado pela requerente, uma vez que constava, no contrato de permissão celebrado entre as partes, a cláusula 12ª (décima-segunda), através da qual ficava eleito o foro da Comarca de Nata l para resolução de quaisquer questões surgidas em razão da execução do aludido instrumento contratual. Às fls dos autos de nº /001, a parte autora manifestou-se sobre o pedido formulado em sede de exceção de incompetência relativa, dele discordando expressamente. De acordo com as fls dos autos referidos no parágrafo anterior, o Juízo da 1ª (Primeira) Vara Cíve l da Comarca de Ceará-Mirim deferiu o pedido de declaração de incompetência relativa, determinando a remessa dos autos à Comarca de Natal. Cumprida a ordem judicial, foram os presentes cadernos processuais distribuídos, por sorteio, a esta 3ª (Terceira) Vara da Fazenda Pública. Antes, porém, dos autos chegarem ao presente Juízo, a parte autora, tendo em conta a natureza preparatória da ação cautelar por ela inicialmente proposta, ajuizou a Ação Declaratória nº , também contra o DER/RN, requerendo, com base nos mesmos fundamentos expostos no procedimento cautelar, fosse declarada a nulidade da cláusula contratual que veda a utilização de rodagem dupla no eixo traseiro. O DER/RN, após efetivada sua citação, ofertou, às fls , sua contestação, pugnando fosse julgado improcedente o pedido acima especificado, bem como fosse revogada a medida liminar concedida no âmbito do processo cautelar. Consoante mostram as fls , da Ação Declaratória nº , e 165, da Ação Cautelar Inominada Preparatória nº , a parte autora, quando os aludidos feitos já tramitavam perante este Juízo, requereu a desistência da ação, renunciando, desde logo, ao prazo recursal. O demandado, à fl. 28 do processo principal, e às fls do procedimento cautelar, afirmou que concordava com o pedido de desistência, desde que a demandante renunciasse expressamente ao direito sobre que se funda ação, atitude adotada pela autora, conforme atestam a fl. 31, da Ação Declaratória, e a fl. 170, do processo cautelar. É o relatório. Decido. II FUNDAMENTAÇÃO Defiro o pedido de assistência judiciária gratuita, formulado pela parte autora à fl. 08 do procedimento cautelar e à fl. 07 do processo principal. O objeto da Ação Cautelar Inominada Preparatória nº e da Ação Declaratória nº consiste em saber se a parte autora, que é permissionária, no Estado do Rio Grande do Norte, do Serviço de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros, na classe relativa ao transporte opcional de médio porte de característica semi-urbana, possui o direito de utilizar, no serviço permitido, o veículo descrito na documentação acostada aos autos, o qual possui rodagem dupla no eixo traseiro. Em 07 de dezembro de 2007 e em 07 de janeiro de 2008, a parte autora, nos autos dos Processos nº e , respectivamente, formulou pedido de desistência da ação, tendo o demandado com ele concordado, desde que a requerente renunciasse ao direito sobre que se fundava suas ações, providência por ela seguida, conforme demonstram a fl. 31, da Ação Declaratória, e a fl. 170, do procedimento cautelar. Vê-se, portanto, que restou devidamente configurada a situação prevista no art. 269, inciso V, do Código de Processo Civil, cabendo ao magistrado extinguir ambos os feitos, com resolução de mérito. III DISPOSITIVO Ante o exposto, com base no art. 269, inciso V, do Código de Processo Civil, julgo extinto, com resolução de mérito, os Processos de nº e , ficando revogada a medida liminar concedida às fls do procedimento cautelar. Por ser a parte autora beneficiária da assistência judiciária gratuita, fica a mesma dispensada do pagamento das custas processuais e dos honorários sucumbenciais. Transitada em julgado, nada sendo requerido, arquivemse. Publique-se. Registre-se. Intimem-se. (3) Processo nº Declaratória / Ordinário Autora: Rosana Ananias Silva da Costa Transportes de Passageiros Advogada: Ana Paula Bezerra Santos, OAB 4307/RN Réu: Departamento Estadual de Estradas de Rodagem DER Procuradora: Lúcia de Fátima Dias Fagundes Cocentino, OAB 2223 SENTENÇA: EMENTA: PROCESSO CIVIL. AÇÃO CAUTELAR PREPARATÓRIA E AÇÃO DECLARATÓRIA. PERMISSÃO DE SERVIÇO PÚBLICO. SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO RODOVIÁRIO INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS. DE TRANSPORTE OPCIONAL DE MÉDIO PORTE DE CARACTERÍSTICA SEMI-URBANA. PEDIDO PARA UTILIZAÇÃO DE VEÍCULO COM RODAGEM DUPLA NO EIXO TRASEIRO. ULTERIOR REQUERIMENTO, FORMULADO PELA PARTE, DE RENÚNCIA AO DIREITO SOBRE QUE SE FUNDA A PRETENSÃO. CARACTERIZAÇÃO DA SITUAÇÃO ELENCADA NO ART. 269, V, DO CPC. EXTINÇÃO DOS PROCESSOS COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO. I Através da Ação Cautelar Inominada Preparatória nº e da Ação Declaratória nº , a parte autora, que é permissionária, no, do Serviço de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros, na classe relativa ao transporte opcional Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 17

18 Corregedoria de médio porte de característica semi-urbana, pretendia assegurar seu suposto direito de utilizar, no serviço permitido, o veículo descrito na documentação acostada aos autos, o qual possui rodagem dupla no eixo traseiro. II No decorrer das relações processuais, a parte autora informou a sua renúncia quanto ao direito sobre o qua l se fundavam suas ações, restando, portanto, devidamente configurada a situação prevista no art. 269, inciso V, do Código de Processo Civil. III Extinção dos processos com resolução do mérito. I RELATÓRIO Em 23 de fevereiro de 2006, ROSANA ANANIAS SILVA DA COSTA TRANSPORTE DE PASSAGEIROS, devidamente qualificada e representada, ajuizou, perante a 1ª (Primeira) Vara Cível da Comarca de Ceará-Mirim/RN, AÇÃO CAUTELAR INOMINADA PREPARATÓRIA COM PEDIDO DE LIMINAR (Processo nº ), em desfavor do DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DO RIO GRANDE DO NORTE DER/RN, igualmente qualificado, aduzindo, em síntese, o seguinte: a) é permissionária, no âmbito do Rio Grande do Norte, do sistema de transporte coletivo rodoviário intermunicipal de passageiros, na classe relativa ao transporte opcional de médio porte de característica semi-urbana, operando, após regular licitação, a linha Touros/Natal; b) tendo em conta o disposto nos editais de licitação, nos termos de permissão e na legislação aplicável à espécie (Decreto Estadual nº /2002), a qual contempla a necessidade de substituição do veículo utilizado na exploração do serviço permitido, no prazo de 60 (sessenta) meses, contados da data da emissão da nota fiscal de venda do veículo a ser substituído, adquiriu um novo veículo, com rodagem dupla no eixo traseiro, visando, outrossim, a prestação de um serviço de melhor qualidade, de modo a poder acomodar mais passageiros, de forma mais confortável e segura; c) a autarquia requerida não permite que a autora substitua seu veículo, sob o argumento de que a utilização de rodagem dupla no eixo traseiro é vedada pelo Decreto Estadual nº /2002, alterado pelo Decreto Estadual nº /2002; d) a atitude do demandado não se justifica, pois, além da rodagem dupla em tela ser exigida pelo CONTRAN (vide Resolução nº 811), não consta, seja no edital da concorrência à qual se submeteu a requerente, seja no termo de permissão respectivo, qualquer proibição de utilização do mencionado equipamento, o qual, ademais, contribui para uma maior segurança no transporte de passageiros, proporcionando melhor desempenho em aclives e pisos escorregadios, bem como auxiliando na estabilidade do veículo em curvas; e) não podendo substituir seu veículo, a requerente poderá sofrer graves e irreparáveis prejuízos no tocante à manutenção de sua família. Como o novo veículo, que se encontra impedido de trafegar, é financiado, através de alienação fiduciária, o inadimplemento de qualquer parcela poderá ensejar a sua retomada pela financeira. Argumentando, ainda, que houve uma aplicação equivocada do princípio da legalidade, requereu a concessão de medida liminar, a ser confirmada no julgamento do mérito, a fim de que o requerido, através de seu Diretor, autorize, de imediato, a vistoria, com o consequente emplacamento, do aludido veículo com rodagem dupla no eixo traseiro, conforme as especificações constantes na nota fiscal anexa à peça vestibular. Juntou os documentos de fls Conforme se verifica pela decisão de fls , o Juízo da 1ª (Primeira) Vara Cível da Comarca de Ceará-Mirim/RN deferiu o pedido de medida liminar, tendo determinado que o DER/RN procedesse à vistoria e ao emplacamento do veículo VOLARE EXECUTIVO V8, chassi 93PB27F306C017808, ano/modelo 2006, até ulterior deliberação, sob pena do pagamento de multa diária no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais). Devidamente citado, o Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte DER/RN ofertou contestação, às fls , sustentando ser improcedente o pleito da requerente, pois, ao contrário do que esta afirma, o requerido, ao não autorizar a renovação do seu veículo, nada mais fez do que cumprir o que restou ajustado nas minutas e nos contratos de permissão de serviços firmados. O termo de permissão correspondente à requerente foi assinado em 31 de dezembro de 2002, portanto na vigência dos Decretos Estaduais nº /02 e /2002, nele constando, em sua cláusula 3ª (terceira), item 1 (um), que o aludido Decreto Estadual nº /02 (que veda a pretensão da autora), e sua alteração, constituíam-se em parte integrante do instrumento contratual. Ademais, mesmo que a requerente não tivesse subscrito contrato de permissão, desde a época do procedimento licitatório já existia uma cláusula na minuta do respectivo contrato, anexa ao edital de concorrência da qual participou a autora, estabelecendo que qualquer texto que modificasse o Regulamento em vigor, na época, passaria a integrar e produzir efeitos no contrato de permissão a ser celebrado, não podendo o Poder Judiciário, a esta altura dos acontecimentos, se imiscuir na tarefa própria do Poder Executivo de apreciar a conveniência da cláusula do contrato já firmado, sob pena de violação ao princípio constitucional da separação dos poderes (art. 2º da CF). Na mesma data em que protocolada a contestação supra-referida, o requerido ingressou com exceção de incompetência relativa (Processo nº /001), sustentando que o Juízo da 1ª (Primeira) Vara Cível da Comarca de Ceará- Mirim não poderia conhecer o pedido formulado pela requerente, uma vez que constava, no contrato de permissão celebrado entre as partes, a cláusula 12ª (décima-segunda), através da qual ficava eleito o foro da Comarca de Natal para resolução de quaisquer questões surgidas em razão da execução do aludido instrumento contratual. Às fls dos autos de nº /001, a parte autora manifestou-se sobre o pedido formulado em sede de exceção de incompetência relativa, dele discordando expressamente. De acordo com as fls dos autos referidos no parágrafo anterior, o Juízo da 1ª (Primeira) Vara Cível da Comarca de Ceará-Mirim deferiu o pedido de declaração de incompetência relativa, determinando a remessa dos autos à Comarca de Natal. Cumprida a ordem judicial, foram os presentes cadernos processuais distribuídos, por sorteio, a esta 3ª (Terceira) Vara da Fazenda Pública. Antes, porém, dos autos chegarem ao presente Juízo, a parte autora, tendo em conta a natureza preparatória da ação cautelar por ela inicialmente proposta, ajuizou a Ação Declaratória nº , também contra o DER/RN, requerendo, com base nos mesmos fundamentos expostos no procedimento cautelar, fosse declarada a nulidade da cláusula contratual que veda a utilização de rodagem dupla no eixo traseiro. O DER/RN, após efetivada sua citação, ofertou, às fls , sua contestação, pugnando fosse julgado improcedente o pedido acima especificado, bem como fosse revogada a medida liminar concedida no Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 18

19 Corregedoria âmbito do processo cautelar. Consoante mostram as fls , da Ação Declaratória nº , e 165, da Ação Cautelar Inominada Preparatória nº , a parte autora, quando os aludidos feitos já tramitavam perante este Juízo, requereu a desistência da ação, renunciando, desde logo, ao prazo recursal. O demandado, à fl. 28 do processo principal, e às fls do procedimento cautelar, afirmou que concordava com o pedido de desistência, desde que a demandante renunciasse expressamente ao direito sobre que se funda ação, atitude adotada pela autora, conforme atestam a fl. 31, da Ação Declaratória, e a fl. 170, do processo cautelar. É o relatório. Decido. II FUNDAMENTAÇÃO Defiro o pedido de assistência judiciária gratuita, formulado pela parte autora à fl. 08 do procedimento cautelar e à fl. 07 do processo principal. O objeto da Ação Cautelar Inominada Preparatória nº e da Ação Declaratória nº consiste em saber se a parte autora, que é permissionária, no, do Serviço de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros, na classe relativa ao transporte opcional de médio porte de característica semi-urbana, possui o direito de utilizar, no serviço permitido, o veículo descrito na documentação acostada aos autos, o qual possui rodagem dupla no eixo traseiro. Em 07 de dezembro de 2007 e em 07 de janeiro de 2008, a parte autora, nos autos dos Processos nº e , respectivamente, formulou pedido de desistência da ação, tendo o demandado com ele concordado, desde que a requerente renunciasse ao direito sobre que se fundava suas ações, providência por ela seguida, conforme demonstram a fl. 31, da Ação Declaratória, e a fl. 170, do procedimento cautelar. Vê-se, portanto, que restou devidamente configurada a situação prevista no art. 269, inciso V, do Código de Processo Civil, cabendo ao magistrado extinguir ambos os feitos, com resolução de mérito. III DISPOSITIVO Ante o exposto, com base no art. 269, inciso V, do Código de Processo Civil, julgo extinto, com resolução de mérito, os Processos de nº e , ficando revogada a medida liminar concedida às fls do procedimento cautelar. Por ser a parte autora beneficiária da assistência judiciária gratuita, fica a mesma dispensada do pagamento das custas processuais e dos honorários sucumbenciais. Transitada em julgado, nada sendo requerido, arquivemse. Publique-se. Registre-se. Intimem-se. (4) Processo nº Ação Monitória / Especial de Jurisdição Contenciosa Autora: Ana Nísia Araújo da Silva Advogado: Luzinaldo Alves de Oliveira, OAB /RN Réu:, IPE Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do RN Procuradores: Francisco de Sales Matos, OAB /RN; Lúcia de Fátima Dias Fagundes Cocentino, OAB 2223 ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito dos embargos monitórios do Estado do RN e do IPERN, no prazo de 10 (dez) dias. (5) Processo nº Ação Monitória / Especial de Jurisdição Contenciosa Autora: Maria Luzinete Leite Oliveira Pinto Advogado: Carlos Heitor de Macedo Cavalcanti, OAB /RN Réu: Procurador: Francisco de Sales Matos, OAB /RN ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito dos embargos monitórios apresentados pelo, no prazo de 10 (dez) dias. (6) Processo nº Ação Ordinária / Ordinário Autor: Odimar Soares Cabral Advogada: Danielle Guedes de Andrade Ricarte, OAB 648-A/RN Réu: Município do Natal Procurador: Waldenir Xavier de Oliveira, OAB /RN ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito da Contestação apresentada pelo Município de Natal, no prazo de 10 (dez) dias. (7) Processo nº Ação Monitória / Especial de Jurisdição Contenciosa Autor: Francisco Marroque Batista Advogado: Luzinaldo Alves de Oliveira, OAB /RN Réu: Procurador: Francisco de Sales Matos, OAB /RN ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito dos embargos monitórios apresentados pelo, no prazo de 10 (dez) dias. (8) Processo nº Ação Monitória / Especial de Jurisdição Contenciosa Autor: Berginaldo Ribeiro Alves Advogado: Luzinaldo Alves de Oliveira, OAB /RN Réu: Procuradora: Rosali Dias de Araújo Pinheiro, OAB RN ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito da Contestação apresentada pelo Estado do Rio Grando do Norte, no prazo de 10 (dez) dias. (9) Processo nº Ação Monitória / Especial de Jurisdição Contenciosa Autora: Maria da Luz Silva Ferreira Advogado: Luzinaldo Alves de Oliveira, OAB /RN Réu:, IPE Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do RN Procuradora: Rosali Dias de Araújo Pinheiro, OAB RN; Francisco de Sales Matos, OAB /RN ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito dos embargos monitórios apresentados pelo, no prazo de 10 (dez) dias. (10) Processo nº Ação Monitória / Especial de Jurisdição Contenciosa Autora: Auda Cunha Dantas Advogado: Luzinaldo Alves de Oliveira, OAB /RN Réu: Procuradora: Rosali Dias de Araújo Pinheiro, OAB RN Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 19

20 Corregedoria ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito dos embargos monitórios apresentados pelo, no prazo de 10 (dez) dias. (11) Processo nº Ação Monitória / Especial de Jurisdição Contenciosa Autora: Arlinda Queiroz Advogado: Luzinaldo Alves de Oliveira, OAB /RN Réu:, IPE Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do RN Procurador: Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior, OAB /RN ATO ORDINATÓRIO: Com permissão do artigo 162, 4º, do CPC, INTIMO a parte autora, para se pronunciar a respeito dos embargos monitórios apresentados pelo e IPERN, no prazo de 10 (dez) dias. (12) Processo nº Ação Ordinária / Ordinário Autor: Victor Lima e Silva e outro Advogado: Ana Roberta Rocha Lima, OAB /RN Réu: Departamento de Estradas e Rodagem Procurador: José Fernandes Diniz Júnior, OAB /RN DESPACHO: Certificada a tempestividade (art. 508, CPC), recebo a apelação do, de fl. 125 usque 132, nos efeitos devolutivo e suspensivo (art. 520, CPC). Intime-se a Parte Apelada para responder no prazo legal. Por fim, com ou sem resposta, remetam-se os autos ao Egrégio Tribunal de Justiça do Estado. Publiquese. Relação de Advogados Ana Paula Bezerra Santos (OAB 4307/RN) 2/3 Ana Roberta Rocha Lima (OAB /RN) 12 Carlos Heitor de Macedo Cavalcanti (OAB /RN) 5 Danielle Guedes de Andrade Ricarte (OAB 648-A/RN) 6 Francisco de Sales Matos (OAB /RN) 2/4/5/7/9 Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior (OAB /RN) 11 João Carlos Gomes Coque (OAB 6219/RN) 1 José Fernandes Diniz Júnior (OAB /RN) 12 Lúcia de Fátima Dias Fagundes Cocentino (OAB 2223) - 3/4 Luzinaldo Alves de Oliveira (OAB /RN) 4/7/8/9/10/11 Marcos José Marinho Júnior (OAB 4.127/RN) 1 Rosali Dias de Araújo Pinheiro (OAB RN) 8/9/10 Waldenir Xavier de Oliveira (OAB /RN) Edição disponibilizada em 17/02/2009 DJe Ano 3 - Edição p. 20

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR

PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR PRESIDENTE: Des. Cláudio Santos VICE-PRESIDENTE: Des. Amílcar Maia CORREGEDOR: Des. Saraiva Sobrinho OUVIDOR: Des. Expedito Ferreira de Souza DIRETOR DA ESMARN : Des. Vivaldo Pinheiro DIRETOR DA REVISTA

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga Diretor da Escola

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des.

Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Presidente : Des. Osvaldo Soares da Cruz Vice-Presidente: Des.ª Judite de Miranda Monte Nunes Corregedor: Des. Cristovam Praxedes Ouvidor Geral: Des. Rafael Godeiro Diretor da Revista: Des.ª Clotilde Madruga

Leia mais

Belém, 26 de abril de 2012. JOSÉ DE ALENCAR Presidente

Belém, 26 de abril de 2012. JOSÉ DE ALENCAR Presidente PROCESSO TRT P-00968/2012 RESOLUÇÃO Nº 032/2012 APROVA o Provimento nº 01/2012, da Corregedoria Regional deste Egrégio Tribunal, que estabelece procedimentos para recebimento das Petições Iniciais e documentos

Leia mais

ANO VIII EDIÇÃO nº 1783 Suplemento SEÇÃO I

ANO VIII EDIÇÃO nº 1783 Suplemento SEÇÃO I ANO VIII - EDIÇÃO Nº 1783 Suplemento - SEÇÃO I DISPONIBILIZAÇÃO: terça-feira, 12/05/2015 PUBLICAÇÃO: quarta-feira, 13/05/2015 ANO VIII EDIÇÃO nº 1783 Suplemento SEÇÃO I DISPONIBILIZAÇÃO: terça-feira, 12

Leia mais

I - PROCESSOS EM PAUTA

I - PROCESSOS EM PAUTA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ Des. ADEMAR MENDES BEZERRA - Presidente Desª. MARIA IRACEMA MARTINS DO VALE - Vice-Presidente Dr. FRANCISCO LUCIANO LIMA RODRIGUES Juiz de Direito

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Edição nº 471/2015 São Luís, 23 de junho de 2015

ESTADO DO MARANHÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Edição nº 471/2015 São Luís, 23 de junho de 2015 ESTADO DO MARANHÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Edição nº 471/2015 São Luís, 23 de junho de 2015 COMPOSIÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS Pleno Conselheiro João Jorge Jinkings Pavão -

Leia mais

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23

DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 DIRETORIA JUDICIÁRIA SECRETARIA DA 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº 23 De ordem do Excelentíssimo Senhor Desembargador LUIZ GADOTTI, Presidente da 1ª Câmara Criminal, faço público a todos os interessados

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal

ESTADO DO TOCANTINS TRIBUNAL DE JUSTIÇA Secretaria da 2ª Câmara Criminal PAUTA ORDINÁRIA Nº 26/2009 Serão julgados pela 2ª CÂMARA CRIMINAL do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins na 26ª SESSÃO ORDINÁRIA JUDICIAL, aos 28 (vinte e oito) dias do mês de julho (7)

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. SAULO HENRIQUES DE SÁ E BENE VIDES DECISÃO TERMINATIVA Agravo de Instrumento 200.2011.026679-4/001 2 1' Vara Civel da Capital. Relator : Des. Saulo Henriciues

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E:

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 R E S O L V E: ESTADO DO PARANÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2015 O Desembargador Fernando Wolff Bodziak, 2º Vice-Presidente e Supervisor-Geral dos Juizados Especiais, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO o

Leia mais

Escola : Centro Profissionalizante Jornalista Cristiano Donato Curso : Francês Turno : Tarde

Escola : Centro Profissionalizante Jornalista Cristiano Donato Curso : Francês Turno : Tarde Escola : Centro Profissionalizante Jornalista Cristiano Donato Curso : Francês Turno : Colocação : 25 Aluno : Matheus Rodrigues Cavalcante Colocação : 26 Aluno : Ana Paula Santos Lira Colocação : 27 Aluno

Leia mais

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos.

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos. AC no 200.2010.014.406-8/001 1 jn:idá-j Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2010.014.406-8/001

Leia mais

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Desª. Célia Smith Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Desª. Célia Smith Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Desª. Célia Smith Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Escola De Magistratura: Des. Osvaldo Cruz Conselho de Magistratura:

Leia mais

Parágrafo único É obrigatória a promoção de magistrado que figure, por três vezes consecutivas ou cinco alternadas, em lista de merecimento.

Parágrafo único É obrigatória a promoção de magistrado que figure, por três vezes consecutivas ou cinco alternadas, em lista de merecimento. RESOLUÇÃO Nº 9, DE 4 DE MAIO DE 2006 Dispõe sobre a aferição do merecimento para promoção de magistrados e acesso ao Tribunal de Justiça. O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, tendo em vista a decisão

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA *RESOLUÇÃO N.º 41/2013-TJ, DE 17 DE JULHO DE 2013

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA *RESOLUÇÃO N.º 41/2013-TJ, DE 17 DE JULHO DE 2013 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA *RESOLUÇÃO N.º 41/2013-TJ, DE 17 DE JULHO DE 2013 Dispõe sobre a concessão e o pagamento de diárias a magistrados

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO 1. Portarias PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 186/2005 Salvador, 20 de outubro de 2005 (Quinta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 005/2008-GP. Dispõe sobre a Implantação e estabelece normas para o funcionamento do processo judicial eletrônico no Poder Judiciário

Leia mais

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA

PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA PAUTA ORDINÁRIA Nº 44/2011 1ª CÂMARA CRIMINAL PAUTA DE JULGAMENTO Nº. 44 44ª SESSÃO ORDINÁRIA Data: 6/12/2011 Publicada(s) no(s) D.J(s). de 18/10, 14/11 e 29/11/2011 Desembargador DANIEL NEGRY Presidente

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO Bel. ITAMAR LAMOUNIER Secretário do Tribunal Pleno PUBLICAÇÃO DE PAUTA PARA JULGAMENTO O

Leia mais

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D.

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. AC no 001.2011.003557-1/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO REMESSA OFICIAL No 001.2011.003557-1/001

Leia mais

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre

MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre MFIG - TRABALHO Codigo Nome turma Nota Trabalho 110402106 Adriana Castro Valente 2 15,0 110402107 Alex da Silva Carvalho 3 14,9 70402122 Alexandre Jorge Costelha Seabra 2 18,2 110402182 Ana Catarina Linhares

Leia mais

RESULTADO DAS SOLICITAÇÕES DE MUDANÇA DE TURNO MATERNAL PARA O 1 ANO DA ED. INFANTIL

RESULTADO DAS SOLICITAÇÕES DE MUDANÇA DE TURNO MATERNAL PARA O 1 ANO DA ED. INFANTIL Srs. Pais e/ou Responsáveis, RESULTADO DAS SOLICITAÇÕES DE MUDANÇA DE TURNO O colégio Marista de natal, em resposta às solicitações realizadas pelos senhores para troca de turno em 2015, informa que, até

Leia mais

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Cristovam Praxedes Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da

Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Cristovam Praxedes Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Presidente : Des. Rafael Godeiro Vice-Presidente: Des. Cristovam Praxedes Corregedor: Des. João Rebouças Ouvidor Geral: Desª. Judite Nunes Diretor da Escola De Magistratura: Des. Osvaldo Cruz Conselho

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Pauta da 2ª Sessão Ordinária de Julgamento 2007 1 PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Determino a inclusão do(s)

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA)

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA) ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL PAUTA DA 33ª SESSÃO ORDINÁRIA 12.09.2007(QUARTA-FEIRA) De ordem da Presidente da Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

GOVERNADORA WILMA MARIA DE FARIA. Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos

GOVERNADORA WILMA MARIA DE FARIA. Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos GOVERNADORA WILMA MARIA DE FARIA Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos Nº 2843 Natal Quinta - Feira, 15 de Maio de 2003 Unidade Instrumental de Administração

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO DECISÃO 2012 PROCESSO : 36098-81.2012.4.01.3400 IMPETRANTE : SINDICATO DOS TRABALHADORES EM SAÚDE TRABALHO E PREVIDÊNCIA SOCIAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO IMPETRADO : SECRETARIO DE GESTÃO PÚBLICA DO MINISTÉRIO

Leia mais

PROCESSO DE INGRESSO - 2012 3 REMANEJAMENTO EXTRA. SSA 3ª Fase - 2012

PROCESSO DE INGRESSO - 2012 3 REMANEJAMENTO EXTRA. SSA 3ª Fase - 2012 330 - ENGENHARIA CIVIL - Bacharelado 1ª ENTRADA N - Noite 1005450100565149 GABRIELLA KATARINE SILVA NETO REMANEJADO 58,318 UNIVERSAL 4971019955975653 GUILHERME MARINHO DE ASSIS FERNANDES ANGE MATRICULADO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2013.0000250943 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0080413-48.2010.8.26.0002, da Comarca de São Paulo, em que é apelante

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5

ACÓRDÃO. oes i n'ítiu v.5 o AI no 037.2010.002.240-1/001, oes i n'ítiu v.5 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO AGRAVO INTERNO No

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PROCESSO N 2004.QXD.TCE.03953/07 ENTIDADE: PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ INTERESSADO: ANA KARINE SERRA LEOPÉRCIO PROMOTORA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE QUIXADÁ RESPONSÁVEIS: ANTÔNIO ALMEIDA VIANA PRESIDENTE

Leia mais

P O D E R J U D I C I Á R I O

P O D E R J U D I C I Á R I O Registro: 2013.0000791055 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0024907-79.2012.8.26.0564, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é apelante CRIA SIM PRODUTOS DE HIGIENE

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO Relator: Dra Maria das Graças Morais Guedes, Juíza de Direito Convocada erri substituição ao Des. José Di Lorenzo Serpa

Leia mais

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná TRIBUNAL DE JUSTIÇA Relator : Desembargador Frederico Martinho da NObrega Coutinho

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO

PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Pauta da 15ª Sessão Ordinária de Julgamento - 2008 1 PODER JUDICIÁRIO Justiça Federal Juizados Especiais Federais TURMA RECURSAL Seção Judiciária da Paraíba PAUTA DE JULGAMENTO Determino a inclusão do(s)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS-20ª VARA FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS-20ª VARA FEDERAL Numeração única: 45867-43.2013.4.01.3800 45867-43.2013.4.01.3800 AÇÃO ORDINÁRIA / PREVIDENCIÁRIA / CONCESSÃO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS-20ª

Leia mais

INSPEÇÃO REALIZADA NA 2ª VARA DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS DA COMARCA DE FORTALEZA/CE

INSPEÇÃO REALIZADA NA 2ª VARA DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS DA COMARCA DE FORTALEZA/CE ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA INSPEÇÃO REALIZADA NA 2ª VARA DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS DA COMARCA DE FORTALEZA/CE RELATÓRIO Excelentíssimo

Leia mais

DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO

DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE Ano 2014, Número 222 Divulgação: sexta-feira, 28 de novembro de 2014 Publicação: segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 Tribunal

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho , 1. " ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO. APELAÇÃO CÍVEL N 076.2005.000115-5/001 Comarca de Gurinhém RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira

Leia mais

Nº 70033432600 COMARCA DE PORTO ALEGRE

Nº 70033432600 COMARCA DE PORTO ALEGRE APELAÇÃO CÍVEL. LICITAÇÃO E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. CGTEE. CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS ESPECIALIZADOS NAS ÁREAS TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA. TÉRMINO DO PRAZO DE VIGÊNCIA DO CONTRATO. AUSÊNCIA

Leia mais

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010

RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Publicada no DJE/STF, n. 72, p. 1-2 em 26/4/2010 RESOLUÇÃO N 427, DE 20 DE ABRIL DE 2010 Regulamenta o processo eletrônico no âmbito do Supremo Tribunal Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DO

Leia mais

LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS

LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS Processo Seletivo do Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária 2015 Mestrado em Engenharia Sanitária LOCAIS DE PROVA E INFORMAÇÕES GERAIS Comunicamos que a prova escrita do Processo Seletivo do

Leia mais

Vida Seguradora S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (Ri), 12 de dezembro de 2014.

Vida Seguradora S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (Ri), 12 de dezembro de 2014. CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, - CRSNSP 208' Sessão Recurso n 5898 Processo SUSEP n 15414.100701/2008-19 RECORRENTE: RECORRIDA: Vida Seguradora S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos, os autos acima

VISTOS, relatados e discutidos, os autos acima ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Gen ésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 001.2011.015750-81001 RELATOR : Dr. Aluízio Bezerra Filho, Juiz Convocado para

Leia mais

VESTIBULAR 1º SEM 2015

VESTIBULAR 1º SEM 2015 Ampla Concorrência Curso : 012 Engenharia de Computação 1º 1448967 JOAO PAULO TINOCO ALVARENGA 93,0 Convocado 2º 1464090 GABRIEL BARROSO RUBIAO 89,0 Convocado 3º 1441526 ITALO NICOLA PONCE PASINI JUDICE

Leia mais

ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA. PORTADORA DE PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA. PORTADORA DE PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA 4 ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Mandado de Segurança nç 999.2010.000755-1/001 Relator : Desembargador Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho Impetrante : Ana Lúcia Santos

Leia mais

INSPEÇÃO REALIZADA NA. Excelentíssimo Senhor Desembargador Presidente do Conselho Superior da Magistratura:

INSPEÇÃO REALIZADA NA. Excelentíssimo Senhor Desembargador Presidente do Conselho Superior da Magistratura: 1 ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA Centro Administrativo Governador Virgílio Távora Av. Gal. Afonso Albuquerque de Lima s/nº Cambeba Fortaleza Ceará CEP

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL Seçõo Judiciária do Estado de São Paulo 2 Vara Federal - 7 Subseção Judiciária - PIACATU/SP

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL Seçõo Judiciária do Estado de São Paulo 2 Vara Federal - 7 Subseção Judiciária - PIACATU/SP 2 Vara Federal - 7 Subseção Judiciária - PIACATU/SP SENTENÇA TIPO "B" AÇÃO ORDINÁRIA N PROCESSO N. 0000176-44.2015.403.6107 AUTOR MUNICÍPIO DE PIACATU RÉS AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA. DECISÃO MONOCRÁTICA. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA REMESSA OFICIAL N. 200.2010.034-761-21001. ORIGEM : 2.a Vara da Fazenda Pública da Comarca da

Leia mais

AUTOR : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL/OAB SEÇÃO DE PE E OUTRO. Objetos: 01.04.08.07 Telefonia Concessão/Permissão/Autorização Serviços Administrativo

AUTOR : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL/OAB SEÇÃO DE PE E OUTRO. Objetos: 01.04.08.07 Telefonia Concessão/Permissão/Autorização Serviços Administrativo 0019828 49.2011.4.05.8300 Classe: 1 AÇÃO CIVIL PÚBLICA AUTOR : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL/OAB SEÇÃO DE PE E OUTRO ADVOGADO: PAULO HENRIQUE LIMEIRA GORDIANO RÉU: TIM NORDESTE TELECOMUNICACOES S.A. E

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 3º JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUIZ FEDERAL TITULAR DR. MARCO FALCÃO CRITSINELIS Partindo de levantamentos realizados no questionário da

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.11.062985-4/001 Númeração 0629854- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Armando Freire Des.(a) Armando Freire 28/10/2014 10/11/2014 EMENTA:

Leia mais

PRESIDENTE: Des. Aderson Silvino VICE-PRESIDENTE: Des. Saraiva Sobrinho CORREGEDOR: Des. Vivaldo Pinheiro OUVIDOR: Des.

PRESIDENTE: Des. Aderson Silvino VICE-PRESIDENTE: Des. Saraiva Sobrinho CORREGEDOR: Des. Vivaldo Pinheiro OUVIDOR: Des. PRESIDENTE: Des. Aderson Silvino VICE-PRESIDENTE: Des. Saraiva Sobrinho CORREGEDOR: Des. Vivaldo Pinheiro OUVIDOR: Des. Cláudio Santos CÂMARA CRIMINAL Desª. Maria Zeneide Bezerra Des. Glauber Rêgo Des.

Leia mais

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ' ES FADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DF JUSI IÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO MANDADO DE SEGURANÇA n'.999.2007.000498-4 00 RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira Filho IMPETRANTE:

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados.

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. 4* 'L, Á `4'INI ~nu Pd Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 001.2008.001148-7/001 - CAMPINA GRANDE RELATOR : Juiz

Leia mais

PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ

PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ 1' t PODER JUDIGÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ ACÓRDÃO Embargos de Declaração na Apelação Cível n 001.2004.027809-3/001 7' Vara Cível da Comarca

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça SENTENÇA ESTRANGEIRA CONTESTADA Nº 1.032 - GB (2005/0066622-7) RELATOR REQUERENTE ADVOGADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : GRACE NANCY JOY PIRIE : MICHAEL MARY NOLAN E OUTRO(S) EMENTA HOMOLOGAÇÃO DE

Leia mais

Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015

Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015 Boa Vista, 1 de abril de 2015 ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 Disponibilizado às 20:00 de 31/03/2015 Boa Vista, 1 de abril de 2015 Diário da Justiça Eletrônico ANO XVIII - EDIÇÃO 5481 002/150 Boa Vista, 1 de abril

Leia mais

LISTA DE INSCRITOS CURSOS EAD/PF/IFPB

LISTA DE INSCRITOS CURSOS EAD/PF/IFPB INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PROCURADORIA FEDERAL DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E PROJETOS ESPECIAIS COORDENAÇÃO DE CAPACITAÇÃO A DISTÂNCIA E INTERIORIZAÇÃO LISTA

Leia mais

Advogado(s): PB011003 - Luciana Pereira Almeida Diniz (REQUERENTE)

Advogado(s): PB011003 - Luciana Pereira Almeida Diniz (REQUERENTE) Page 1 of 4 PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS - CONSELHEIRO 0005778-92.2011.2.00.0000 Requerente: Associação dos Servidores da Secretaria do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba - Asstje/pb Requerido: Tribunal

Leia mais

GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA)

GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA) GESTÃO PÚBLICA EAD 2013.1 2ª E ÚLTIMA CHAMADA (LISTA DE ESPERA) Todos os candidatos convocados deverão comparecer para efetuar cadastramento nos dias 03/05/2013, no horário das 8 às 11h e das 14 às 17h

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS

GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS V CONGRESSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO VALE DO SÃO FRANCISCO - CEFIVASF Petrolina, PE Complexo Multieventos UNIVASF 30 de abril a 2 de maio de 2015 GRUPOS QUE UTILIZARÃO OS ALOJAMENTOS GRUPO ALOJAMENTO PROFESSORA

Leia mais

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Caderno Administrativo Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO PODER JUDICIÁRIO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Nº1604/2014 Data da disponibilização: Segunda-feira,

Leia mais

Boa Vista-RR, 19 de julho 2005 ANO VIII - EDIÇÃO 3168 R$ 1,50 TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO Secretário do Tribunal Pleno em exercício ÁLVARO DE OLIVEIRA JÚNIOR PUBLICAÇÃO DE PAUTA PARA

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001.

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. Relator :Dr. Marcos William de Oliveira, Juiz de Direito convocado em substituição

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 26.044 - MS (2008/0000154-1) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : MÁRCIA ARAÚJO LIMA : IGOR NAVARRO RODRIGUES CLAURE

Leia mais

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos acima. referenciados.

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos acima. referenciados. 4t4nAgt Poder Judiciário Tribunal de Justiça da Paraíba Gabinete da Desa. Maria das Graças Morais Guedes ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 200.2012.084760-9/001 Relatora : Desembargadora Maria das Graças

Leia mais

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO . - - 41,14'1 ti tha ojlnt Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2007.792.417-9/001 João Pessoa RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado

Leia mais

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014

GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 GABINETE DA CORREGEDORIA SETOR DE CORREIÇÃO/2014 23ª VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO JUÍZA FEDERAL TITULAR DRA. MARIA AMELIA ALMEIDA SENOS DE CARVALHO JUÍZA FEDERAL SUBSTITUTA DRA. LUCIANA DA CUNHA VILLAR

Leia mais

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Caderno Administrativo DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO PODER JUDICIÁRIO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Nº1850/2015 Data da disponibilização: Segunda-feira, 09 de Novembro de 2015. Desembargadora

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 08/09/2015

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Seção de São Paulo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ. Atualizado em 08/09/2015 SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJ Atualizado em 08/09/2015 RESOLUÇÃO STJ/GP N. 3 DE 5 DE FEVEREIRO DE 2015. Dispõe sobre o pagamento de custas judiciais e porte de remessa e retorno de autos no âmbito do

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): À conta de Remessa Oficial, examina-se a sentença proferida pelo MM. Juiz Federal da 2ª Vara da Seção Judiciária do Ceará, que, nos autos da

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra

Dados Básicos. Ementa. Íntegra Dados Básicos Fonte: 0011879-16.2011.8.26.0132 Tipo: Acórdão CSM/SP Data de Julgamento: 18/10/2012 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação:17/01/2013 Estado: São Paulo Cidade: Catanduva

Leia mais

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00.

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00. Recurso nº 4481 Processo SUSEP nº 15414.004750/2006-60 PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Realizar operação financeira com pessoa jurídica ligada

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO 0004689-63.2013.2.00.0000

PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO 0004689-63.2013.2.00.0000 PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO 0004689-63.2013.2.00.0000 Requerente: Associaçao dos Magistrados do Estado de Pernambuco - Amepe Requerido: Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco Advogado(s):

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 200 Registro: 2014.0000390320 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2044896-12.2014.8.26.0000, da Comarca de Franca, em que é agravante MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO. 1) Portarias. 2) Ordens de Serviço

I ATOS E PORTARIAS DA DIREÇÃO DO FORO. 1) Portarias. 2) Ordens de Serviço PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA BAHIA Boletim Interno Informativo Nº 231/2005 Salvador, 30 de dezembro de 2005 (sexta-feira). TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Presidente:

Leia mais

Relatório de Diplomas Registrados pela Universidade Federal de Minas Gerais Diplomas Registrados - 38ª Remessa. Assunto: Farmácia

Relatório de Diplomas Registrados pela Universidade Federal de Minas Gerais Diplomas Registrados - 38ª Remessa. Assunto: Farmácia 2640 RD.2013/2 11/09/2013 ACÁCIA TROTA 2013/09.00879 Universidade Federal de Minas Gerais 2666 RD.2013/2 12/09/2013 AILTON BATISTA JUNIOR Ciências Contábeis 2013/09.00916 Universidade Federal de Minas

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA 12ª VARA CÍVEL DA CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE BRASÍLIA/DF

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA 12ª VARA CÍVEL DA CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE BRASÍLIA/DF EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA 12ª VARA CÍVEL DA CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE BRASÍLIA/DF REF. AO PROCESSO NUMERAÇÃO ÚNICA: 0079759-29.2009.8.07.0001 NUMERAÇÃO ANTERIOR: 2009.01.1.172560-8

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO 1 Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba Gabinete do Des. ARNÓBIO ALVES TEODÓSIO ACÓRDÃO APELAÇÃO CRIMINAL N 2 001.2012.003343-4/001 -P Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campina

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 659.830 - DF (2004/0087560-5) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO : MINISTRO CARLOS ALBERTO MENEZES DIREITO : EDUARDO AUGUSTO QUADROS E ALMEIDA : MANOEL FAUSTO FILHO E OUTRO : SOCIEDADE DE

Leia mais

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira AC no 035.2005.000.557-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 035.2005.000.5 001

Leia mais

,^0; 71/3ápf. d.) ír.o.t.lra

,^0; 71/3ápf. d.) ír.o.t.lra ,^0; 71/3ápf Moto/ 2udiço, d.) ír.o.t.lra ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 035.2005.000.510-3/001 - Sapé RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito convocado APELANTE: INTERNÁUTICA INFORMÁTICA LTDA

Leia mais

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Acórdão APELAÇÃO CÍVEL - no. 200.2009.000.751-5/001 Relator: Dr. Eduardo José de Carvalho

Leia mais

AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO) Nº 2008.72.01.003023-7/SC AUTOR : REAL PLASTIC LTDA/ ADVOGADO : ROBSON BELLI CAVALLI : ANDRESA AMORIM

AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO) Nº 2008.72.01.003023-7/SC AUTOR : REAL PLASTIC LTDA/ ADVOGADO : ROBSON BELLI CAVALLI : ANDRESA AMORIM AÇÃO ORDINÁRIA (PROCEDIMENTO COMUM ORDINÁRIO) Nº 2008.72.01.003023-7/SC AUTOR : REAL PLASTIC LTDA/ ADVOGADO : ROBSON BELLI CAVALLI : ANDRESA AMORIM RÉU : FORZA IND/ DE PLASTICOS LTDA/ ADVOGADO : SANDRO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA SECRETARIA GERAL RESOLUÇÃO Nº 006/2004-TJ CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA SECRETARIA GERAL RESOLUÇÃO Nº 006/2004-TJ CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDÊNCIA SECRETARIA GERAL RESOLUÇÃO Nº 006/2004-TJ Dispõe sobre concurso de ingresso e de remoção nos Serviços Notariais e de Registro,

Leia mais

Diário Oficial. Índice do diário. Outros. Atos Oficiais. Contas Públicas. Licitações. Prefeitura Municipal de Petrolina. Outros - CONVOCAÇÃO

Diário Oficial. Índice do diário. Outros. Atos Oficiais. Contas Públicas. Licitações. Prefeitura Municipal de Petrolina. Outros - CONVOCAÇÃO Páginas: 8 Outros Outros - CONVOCAÇÃO Atos Oficiais Portaria - N 02590/2015 Portaria - Nº 2571/2015 Portaria - Nº 2572/2015 Portaria - Nº 022/2015 Contas Públicas Contratos - N 023/2015 Contratos - N 025/2015

Leia mais

MONTE ALEGRE TÉCNICO EM COMÉRCIO EXTERIOR CANDIDATOS COTISTAS COM RENDA ATÉ 1,5 SALÁRIOS MÍNIMOS E DENTRO DA RESERVA POR ETNIA

MONTE ALEGRE TÉCNICO EM COMÉRCIO EXTERIOR CANDIDATOS COTISTAS COM RENDA ATÉ 1,5 SALÁRIOS MÍNIMOS E DENTRO DA RESERVA POR ETNIA TÉCNICO EM COMÉRCIO EXTERIOR CANDIDATOS COTISTAS COM RENDA ATÉ 1,5 SALÁRIOS MÍNIMOS E DENTRO DA RESERVA POR ETNIA Não foram encontrados candidatos inscritos nessa categoria! TÉCNICO EM COMÉRCIO EXTERIOR

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO Recurso n2 5.550 - CRSNSP Processo n2 15414.005009/2005-35- SUSEP Recorrente

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO r rtl (4:, -,iaáro ESTADO DA PARAÍBA al 4. ' PODER JUDICIARIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador 1891 iiriír7v Marcos Cavalcanti J 0-"LT-Irj de Albuquerque ri bile: ACÓRDÃO N 001 2006 028 192-8/002

Leia mais

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROC: 1/004193/2004 \ AL: 1/200410475 ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROCESSO DE RECURSO N 1/004193/2004 AUTO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N.

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. 49/2008 A Doutora Luciana de Souza Sanchez, Juíza Federal Titular,

Leia mais

Presidente: Des. Aderson Silvino Vice-Presidente: Des. Saraiva Sobrinho Corregedor: Des. Vivaldo Pinheiro Primeira Câmara Cível: Desembargadores -

Presidente: Des. Aderson Silvino Vice-Presidente: Des. Saraiva Sobrinho Corregedor: Des. Vivaldo Pinheiro Primeira Câmara Cível: Desembargadores - Presidente: Des. Aderson Silvino Vice-Presidente: Des. Saraiva Sobrinho Corregedor: Des. Vivaldo Pinheiro Primeira Câmara Cível: Desembargadores - Expedito Ferreira, Amílcar Maia e Dilermando Mota Segunda

Leia mais