IBMEC/MG GRADUAÇÃO EM DIREITO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE GRUPO DE ESTUDOS JUNTO À GRADUAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IBMEC/MG GRADUAÇÃO EM DIREITO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE GRUPO DE ESTUDOS JUNTO À GRADUAÇÃO"

Transcrição

1 IBMEC/MG GRADUAÇÃO EM DIREITO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE GRUPO DE ESTUDOS JUNTO À GRADUAÇÃO ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO: TEORIA GERAL DO PROCESSO E DIREITO PROCESSUAL CIVIL COORDENAÇÃO: FLÁVIO QUINAUD PEDRON; RENATO ARMANELLI GIBSON BELO HORIZONTE AGOSTO DE 2015

2 1. INTRODUÇÃO: A notória deficiência na concretização das atividades judicantes no Brasil tem sido alvo de duras críticas pela opinião pública nacional. Diversas foram ao longo dos anos as tentativas de solução do que se passou a chamar de Crise do Judiciário. Fato é que tal quadro tem como sintoma o represamento de processos em razão da discrepante entrada de novas demandas diariamente e a capacidade de julgamento das mesmas pelos magistrados. Assim, um número de demandas cada vez mais crescente aparece dificultando o processamento das anteriores, provocando morosidade e ineficiência na solução de casos (GRINOVER, 2005). A Emenda Constitucional n. 45/2004 foi batizada de Emenda da Crise do Judiciário, pois supostamente deveria solucioná-la; contudo, o que se verifica é a total incapacidade das medidas previstas em prover condições de enfrentamento satisfatório dos problemas existentes (TAVARES, 2005). Seguindo, então, uma agenda terapêutica de tal crise, a comunidade jurídica nacional passou a defender que a solução deveria passar agora a uma atuação ao nível infraconstitucional com a substituição dos Códigos de Processo Civil e Penal. Os defensores dessa ideia advogam a tese de que a legislação processual em vigor é ineficaz porque se basearia em um modelo procedimental arcaico, vinculado ainda a um período de Estado Liberal, que reconheceria uma atuação jurisdicional individual a cada caso (MARINONI, 2005; NUNES, 2003). Isso obrigaria o magistrado a demandar muito tempo na tramitação de causas que hoje poderiam em razão de trazerem identidades de questões discutidas ser decididas de maneira coletiva. Falam, portanto, de um processo de massa, o qual proveria decisões igualmente de massa. Tais decisões teriam a diferença quando comparadas ao modelo em vigor de atingir um número muito maior de litigantes inclusive em demandas individuais diferentes por meio de técnicas de solução de conflito coletivas ou coletivizáveis (MELO FILHO, 2003). Essa ideia de litigiosidade de massa foi defendida primeiramente por Mauro Cappelletti em obra conjunta com Brian Garth denominada Acesso à Justiça e fundou todo um grupo de pesquisa e de propostas que ficou conhecido como Projeto de Florença. 2

3 A principal conclusão de tais estudos aponta para o fato de que um processo não envolve mais a imagem de litigantes polarizados debatendo sobre quem tem a razão sobre determinada situação, mas sim, atualmente, a necessidade de produção quase em escala industrial de decisões que sejam capazes de: (1) responder as demandas sociais de efetivação de direitos; (2) apresentar um conteúdo moral capaz de indicar para uma sociedade órfã um norte para suas ações; (3) solucionar problemas concretos levando em conta outros interesses que não apenas os jurídicos (sociais, econômicos, políticos, etc.) que devem ser igualmente balanceados na decisão institucional (DINAMARCO, 2002). Muito dessa crescente demanda pelo Judiciário, alegam dever-se em razão do que batizam como judicialização da política e das relações sociais (SADEK, 2004, VIANNA, 1999, SOUZA SANTOS, 2005) questões estranhas ao universo jurídico, mas que devido a igual ineficiência do Executivo e do Legislativo em propiciar respostas socialmente satisfatórias, são agora transportadas para as raias de um processo jurisdicional, como última ratio. Por tudo exposto, o Projeto de Lei n. 166/2010 que já foi aprovado no Senado Federal e encaminhado para discussão e votação na Câmara dos Deputados corporifica essas expectativas de solução da crise do Judiciário. Seus defensores alegam que o novo Código, recém aprovado, tem tudo para permitir uma melhoria na função jurisdicional, uma solução coletiva para demandas de massa e uma aceleração do tempo para processamento de tais causas. Apenas em março de 2015, após a conclusão de todas as etapas do processo legislativo, tivemos a sanção e publicação do novo Código de Processo Civil brasileiro. Importante destacar que o texto publicado traz inúmeras diferenças, facilmente perceptíveis, em face daquele que ingressou no Senado Federal. Tais mudanças são extremamente importantes, pois no curso dos debates na Câmara dos Deputados, o projeto legislativo começou a apresentar recepções dos estudos mais recentes sobre democracia no processo, como os inicialmente levados a cabo por Fazzalari (1996) e Andolina (1990), na Itália, na década de 1970, quando a ruptura jurídica para o chamado paradigma do Estado Democrático de Direito alcançou maiores contornos teóricos. Aqui, os que esses autores defendem é justamente o fortalecimento da participação de todos os futuros atingidos pela decisão jurisdicional pelo próprio processo criador desta. 3

4 Ora, uma vez que o texto constitucional reconhece a existência desses princípios e explicitamente os afirma, a Constituição os absorve e os protege com sua supranormatividade, determinando que sejam irradiados para todo o sistema jurídico nacional. Logicamente, tal fenômeno faz com que o legislador ordinário os observe no momento de criação de qualquer legislação sobre processo. 2. OBJETIVOS: A realização de pesquisa assistida, individualizada e orientada acerca de um dos seguintes temas: a) sistema de precedentes, especialmente no que concerne à sua formação; b) sumarização do procedimento comum ordinário; c) customização do procedimento comum. O tema a ser estudado será definido pelo próprio grupo de pesquisa por ocasião da sua primeira reunião. Ao fim do segundo semestre de 2015, haverá a produção de conjunta de artigo(s) científico(s) pelos integrantes do grupo para publicação. 3. INÍCIO, HORÁRIO E TÉRMINO DAS ATIVIDADES: O início das atividades será na terça-feira dia 18 /08/2015, das 17:30h às 18:30h e findará em 14/12/2015. A agenda e o calendário serão definidos pelos professores coordenadores, por autorização da Coordenação da graduação em Direito. 4. CERTIFICADO, FREQUÊNCIA E PARTICIPAÇÃO: O aluno pesquisador terá certificação de 30 (trinta) horas/aula ao final do semestre, de acordo com as determinações da coordenação do curso de direito, desde que tenha a frequência igual ou superior à 75% nos encontros e realize, no prazo, as produções escritas determinadas. Será automaticamente excluído o aluno pesquisador que se ausentar por 3 (três) reuniões consecutivas. 4

5 5. INSCRIÇÕES: As inscrições poderão ser efetuadas no dia da primeira reunião. O grupo somente será formado se houver um mínimo de 6 (seis) alunos inscritos. 6. CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO: São requisitos para a inscrição: a) O aluno deverá ter cursado a disciplina Teoria Geral do Processo ou equivalente, no IBMEC ou em outra Instituição de Ensino Superior; b) ter média global no histórico de, no mínimo, 80 pontos, no caso de já ter cursado a disciplina exigida. Para alunos de Direito de outras Instituições de Ensino Superior, o pedido de inscrição deverá ser submetido aos professores coordenadores e atender aos mesmos requisitos para a inscrição de alunos do IBMEC. Casos particulares serão analisados pelos professores coordenadores. 7. DISPOSIÇÕES GERAIS: A inscrição do aluno importará no conhecimento e aceitação das regras estabelecidas neste projeto, bem como o respeito às solicitações e recomendações que serão apresentadas pelos professores responsáveis. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ANDOLINA, Ítalo. VIGNERA, Giuseppe. Il modelo costituzionale del processo civile italiano corso di lesioni. Torino: Giappichelli, ARAGÃO, Alexandre Santos. A supremacia do interesse público no advento do Estado de Direito e na Hermenêutica do direito público contemporâneo. In: SARMENTO, Daniel. (org.). Interesses públicos versus interesses privados: desconstruindo o princípio de supremacia do interesse público. Rio de Janeiro: Lumen Jures, BARACHO, José Alfredo de Oliveira. Teoria Geral da Cidadania: a plenitude da cidadania e as garantias constitucionais e processuais. São Paulo: Saraiva,

6 BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Duelo e Processo. Revista de Processo. São Paulo: Revista dos Tribunais. n a. 28. out./dez BÜLOW, Oskar von. La teoría de las excepciones procesales y los presupuestos procesales. Trad. Miguel Angel Rosas Lightschein. Buenos Aires: Ediciones Juridicas Europa América, CALMON DE PASSOS, José Joaquim. Instrumentalidade do processo e devido processo sobre o tema. In: FIÚZA, César Augusto de Castro. FREIRE DE SÁ, Maria de Fátima. CARVALHO DIAS, Ronaldo Brêtas (coord.). Temas Atuais de Direito Processual Civil. Belo Horizonte: Del Rey, CAPPELLETTI, Mauro. GARTH, Brian. Acesso à Justiça. Trad. Ellen Gracie Northfleet. Porto Alegre: Fabris, CARREIRA ALVIM, José Eduardo. Elementos de teoria geral do processo. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense, CATTONI DE OLIVEIRA, Marcelo Andrade. Direito processual constitucional. Belo Horizonte: Mandamentos, CHIOVENDA, Giuseppe. A ação no sistema dos direitos. Trad. Hiltomar Martins Oliveira. Belo Horizonte: Líder, CINTRA, Antônio Carlos de Araújo. GRINOVER, Ada Pellegrini. DINAMARCO, Cândido Rangel. Teoria Geral do Processo. 19. ed. São Paulo: Malheiros, COUTURE, Eduardo. Introdução ao estudo do Processo Civil: discurso, ensaios e conferências. Trad. Hiltomar Martins Oliveira. Belo Horizonte: Líder, DAKOLIAS, Maria. The judicial sector in Latin American and the Caribbean: elements of reform. Washington: The World Bank, (World Bank Technical Paper. n. 319). DINAMARCO, Cândido Rangel. Liebman e a cultura processual brasileira. In: RIBEIRO COSTA, Hélio Rubens Batista. REZENDE RIBEIRO, José Horácio Halfeld. DINAMARCO, Pedro da Silva (coords.). Linhas mestras do Processo Civil: comemoração dos 30 anos de vigência do CPC. São Paulo: Atlas, DINAMARCO, Cândido Rangel. Fundamentos do processo civil moderno. 5. ed. São Paulo: Malheiros, v. FALLON JR., Richard. Foreword: Implementing the Constitution - The Supreme Court 1996 Term. Harvard Law Review. n FARIA, Jose Eduardo; SOUZA SANTOS, Boaventura de. Direito e justiça: a função social do judiciário. São Paulo: Ática, FAZZALARI, Elio. Istituzioni di Diritto Processuale. 8. ed. Padova: CEDAM,

7 GONÇALVES, Aroldo Plínio. Técnica Processual e Teoria do Processo. Rio de Janeiro: AIDE, GRINOVER, Ada Pellegrini. A necessária reforme infraconstitucional. In: TAVARES, André Ramos. LENZA, Pedro. LORA ALARCÓN, Pietro de Jesús. (coord.). Reforma do Judiciário: Emenda Constitucional 45/2004, analisada e comentada. São Paulo: Método, KOZICK, Kátia. Conflito e estabilização: comprometendo radicalmente a aplicação do Direito com a democracia nas sociedades contemporâneas Tese (Doutorado em Direito) Faculdade de Direito, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. 6. ed. Trad. Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. São Paulo: Perspectiva, (Coleção Debates, n.115). LEAL, André Cordeiro. O contraditório e a fundamentação das decisões no direito processual democrático. Belo Horizonte: Mandamentos, MACIEL, Débora Alves. KOERNER, Andrei. Sentidos da judicialização da política: duas análises. Lua Nova. São Paulo. n MARINONI, Luiz Guilherme. A jurisdição no Estado Constitucional. Disponível em: <http://www.professormarinoni.com.br/admin/users/27.pdf>. Acessado em: 30 de maio de MARINONI, Luiz Guilherme. A questão do convencimento judicial. Disponível em: <http://www.professormarinoni.com.br/admin/users/18.pdf>. Acessado em: 30 de maio de MAUS, Ingeborg. Judiciário como superego da sociedade o papel da atividade jurisprudencial na "sociedade órfã". Trad. Martônio Lima e Paulo Albuquerque. Novos Estudos CEBRAP. n. 58. nov./2000. MELO FILHO, Hugo Cavalcanti. A reforma do Poder Judiciário brasileiro: motivações, quadro atual e perspectivas. Revista do Centro de Estudos Judiciários. Brasília. n. 21. abr./jun NAVES, Nilson Vital. Panorama dos problemas no Poder Judiciário e suas causas: o Supremo, o Superior Tribunal e a reforma. Revista do Centro de Estudos Judiciários. Brasília. n. 13. jan./abr NERY JR., Nelson. Aspectos da teoria geral dos recursos no processo civil. Revista de Processo. São Paulo: Revista dos Tribunais. a.51. n NOJIRI, Sérgio. O dever de fundamentar as decisões judiciais. São Paulo: Revista dos Tribunais, (Coleção estudos de direito de processo Enrico Tullio Liebman). NUNES, Dierle José Coelho. O princípio do contraditório. Revista Síntese de Direito Civil e Processual Civil. Porto Alegre: Síntese. a. v. n. 29. mai./jun

8 NUNES, Dierle José Coelho. O recurso como possibilidade jurídico-discursiva das garantias do contraditório e da ampla defesa Dissertação (Mestrado em Direito Processual) Faculdade Mineira de Direito, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte. PAIXÃO CÔRTES, Osmar Mendes. Recurso Extraordinário: origens e desenvolvimento no Direito Brasileiro. Rio de Janeiro: Forense, PERO, Maria Thereza Gonçalves. A motivação da sentença civil. São Paulo: Saraiva, SUNSTEIN, Cass R. One Case At a Time: judicial minimalism on the Supreme Court. Cambridge: Harvard University, THEODORO JÚNIOR, Humberto. Celeridade e efetividade da prestação jurisdicional: insuficiência da reforma das leis processuais. Revista de Processo. São Paulo: Revista dos Tribunais. n a. 30. jul./2005. THEODORO JÚNIOR, Humberto. Alguns reflexos da Emenda Constitucional 45, de , sobre o Processo Civil. Revista de Processo. São Paulo: Revista dos Tribunais. n a. 30. jun./2005b. THEODORO JÚNIOR, Humberto. Processo e Cidadania. Revista da Faculdade de Direito Milton Campos. Belo Horizonte, v. 3. n. 3. THEODORO JÚNIOR, Humberto. Princípios Gerais do Direito Processual Civil. Revista de Processo. São Paulo: Revista dos Tribunais. n. 23. a. 4. jul./set TUCCI, José Rogério Cruz e. Precedente judicial como fonte do direito. São Paulo: Revista dos Tribunais, VIANNA, Luiz Werneck. BURGOS, Marcelo. Revolução processual do direito e democracia progressiva. In: VIANNA, Luiz Werneck (org.). A democracia e os três poderes no Brasil. Belo Horizonte / Rio de Janeiro: UFMG / IUPERJ / FAPERJ, (Humanitas). VIANNA, Luiz Werneck. CARVALHO, Maria Alice Rezende de. et alli. A judicialização da política e das relações sociais no Brasil. Rio de Janeiro: Revan,

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA 1 PLANO DE ENSINO TEORIA GERAL DO PROCESSO (JUR1060) CARGA HORÁRIA 60h/a (teórica) CRÉDITOS 4 2º semestre/2015-1 Professora Mestra Waleska Mendes Cardoso OBJETIVOS DA DISCIPLINA Compreender que a intervenção

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS ANEXO 23 DO EDITAL 143/2011-PRH CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR NÃO-TITULAR DEPARTAMENTO DE DIREITO PRIVADO E PROCESSUAL Área de conhecimento: DIREITO PROCESSUAL CIVIL PROGRAMA DE PROVA 1. Métodos alternativos

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual Civil IV. CH total: 72h. SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre

DISCIPLINA: Direito Processual Civil IV. CH total: 72h. SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre DISCIPLINA: Direito Processual Civil IV CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR137 1. EMENTA: Aspectos gerais da execução. Liquidação de sentença. Execução de

Leia mais

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados - ENFAM Programa de Capacitação em Poder Judiciário.

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados - ENFAM Programa de Capacitação em Poder Judiciário. Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados - ENFAM Programa de Capacitação em Poder Judiciário (aperfeiçoamento) 1. Identificação do Requerente Escola: Escola Superior da Magistratura

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito Processual Civil

Leia mais

AQUISIÇÕES MARÇO/ABRIL

AQUISIÇÕES MARÇO/ABRIL AQUISIÇÕES MARÇO/ABRIL NUCCI, Guilherme de Souza. Manual de direito penal: parte geral e parte especial. 7.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011. 1151 p. AZEVEDO, Álvaro Villaça. Estatuto da família

Leia mais

THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito processual civil. 42. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005. v. 1.

THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito processual civil. 42. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005. v. 1. ÁREA 5 DIREITO PROCESSUAL CIVIL, I, II, III, IV, V e VI DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Sujeitos do processo. Litisconsórcio. Intervenção de terceiros. Petição inicial. Causa de pedir. Pedido. Citação. Atos

Leia mais

Tópicos em Direito Processual Civil Carga Horária: 20 h/a

Tópicos em Direito Processual Civil Carga Horária: 20 h/a Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Civil Tópicos em Direito Processual Civil Carga Horária: 20 h/a 1- Ementa A presente

Leia mais

AS REGRAS DE DIVISÃO DO ÔNUS DA PROVA DEVEM LI- MITAR OS PODERES INSTRUTÓRIOS DO JUIZ?

AS REGRAS DE DIVISÃO DO ÔNUS DA PROVA DEVEM LI- MITAR OS PODERES INSTRUTÓRIOS DO JUIZ? REVISTA DA ESMESE, Nº 04, 2003 - DOUTRINA - 117 AS REGRAS DE DIVISÃO DO ÔNUS DA PROVA DEVEM LI- MITAR OS PODERES INSTRUTÓRIOS DO JUIZ? Flávia Moreira Pessoa, Juíza do Trabalho Substituta (TRT 20ª Região),

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINA: NPJ I NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA I Jurisdição Civil Especial de 1ª Instância PERÍODO: SEMESTRE Noturno/Matutino DEPARTAMENTO:

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINA: NPJ II NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA II FAMÍLIA - 1ª Instância (3 Créditos) (Grade 2008) PERÍODO: 6 SEMESTRE Noturno/Matutino

Leia mais

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito

Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Escola Paulista de Direito EPD Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito O NOVO CONCEIITO DE SENTENÇA Especialização: Direito Civil e Processual Civil Especializandos: Thiago Martinelli de Vergueiro

Leia mais

DESCRIÇÃO DE DISCIPLINA

DESCRIÇÃO DE DISCIPLINA Do Processo de Conhecimento 44 horas/aula O Processo de Conhecimento: Jurisdição Da Ação Das Partes Dos atos Processuais Da Propositura da Ação - Meios de Defesa IncidentesProcessuais Da Formação e Extinção

Leia mais

Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Processual Civil Área: Público PLANO DE ENSINO

Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Processual Civil Área: Público PLANO DE ENSINO Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Prática Jurídica I Curso: Direito Carga Horária: 80 Departamento: Direito Processual Civil Área: Público PLANO DE ENSINO EMENTA Petição inicial. Requisitos.

Leia mais

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010.

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010. ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO COMUNICADO A MESA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual Civil II SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Direito Processual Civil II SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Direito Processual Civil II SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR130 1. EMENTA: Direito probatório. Audiência de instrução e julgamento. Antecipação

Leia mais

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA

CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO DE DISCIPLINA 1) IDENTIFICAÇÃO Código DIR269 Nome DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Créditos 04 Carga horária total 68 horas/aula (17 aulas) Semestre letivo 1.º/2012 Professor

Leia mais

EXECUÇÃO POR COERÇÃO PATRIMONIAL E A EFETIVIDADE DO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO

EXECUÇÃO POR COERÇÃO PATRIMONIAL E A EFETIVIDADE DO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO III Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação PUCRS EXECUÇÃO POR COERÇÃO PATRIMONIAL E A EFETIVIDADE DO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO Isadora Albornoz Cutin. José Maria Rosa Tesheiner (orientador) Programa de pós-graduação

Leia mais

XI Semana de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação - SEPesq Centro Universitário Ritter dos Reis

XI Semana de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação - SEPesq Centro Universitário Ritter dos Reis - SEPesq A introduçao de precedentes vinculantes pelo novo Código de Processo Civil e seus reflexos na conformação do Direito ao Processo Justo Relatório parcial de projeto de pesquisa Luis Alberto Reichelt

Leia mais

COISA JULGADA NAS AÇÕES DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE E O DEVIDO PROCESSO LEGAL

COISA JULGADA NAS AÇÕES DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE E O DEVIDO PROCESSO LEGAL COISA JULGADA NAS AÇÕES DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE E O DEVIDO PROCESSO LEGAL Diogo Henrique Dias da Silva 1 Giovanni G. Vilaça Gregório 2 Juliana Maria Matos Ferreira 3 João Paulo Teixeira da Silva

Leia mais

CURSO DE DIREITO. B. Quanto ao momento: principal ou adesivo. C. Quanto à fundamentação: livre ou vinculada

CURSO DE DIREITO. B. Quanto ao momento: principal ou adesivo. C. Quanto à fundamentação: livre ou vinculada CURSO DE DIREITO CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MÓDULO: TÓPICOS GERAIS DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL II PROFª DRª MONICA LUCIA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE DUARTE MARIZ-NÓBREGA EMENTA: Teoria Geral dos Recursos e

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/1 DISCIPLINA: DIREITO CONSTITUCIONAL II PROFESSOR: SERGIO ROBERTO LEAL DOS SANTOS TURMA: 4º

Leia mais

PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO

PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO MARCELO ZENKNER Professor da Faculdade de Direito de Vitória, Espírito Santo, Brasil UNIDADES CONTEÚDOS OBJETIVOS TÉCNICA

Leia mais

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Processual Penal I. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º.

PLANO DE ENSINO. I Identificação Direito Processual Penal I. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º. PLANO DE ENSINO I Identificação Disciplina Direito Processual Penal I Código PRO0065 Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 5º II Ementário O direito processual penal. A norma: material

Leia mais

UMA CRÍTICA À TEORIA DAS CONDIÇÕES DA AÇÃO: A possibilidade jurídica do pedido como questão de mérito

UMA CRÍTICA À TEORIA DAS CONDIÇÕES DA AÇÃO: A possibilidade jurídica do pedido como questão de mérito 563 UMA CRÍTICA À TEORIA DAS CONDIÇÕES DA AÇÃO: A possibilidade jurídica do pedido como questão de mérito Rafael Arouca Rosa (UNESP) Introdução Dentre as mudanças propostas no anteprojeto do novo Código

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Direito Processual Civil IV Código:DIR-000 CH Total: 60h Pré-requisito: Direito Processual

Leia mais

A apreciação das provas no processo do trabalho

A apreciação das provas no processo do trabalho A apreciação das provas no processo do trabalho Ricardo Damião Areosa* I. Introdução Segundo Aroldo Plínio Gonçalves, processualista mineiro e juiz do trabalho, Nulidade é a conseqüência jurídica prevista

Leia mais

Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho Direito Processual do Trabalho Carga Horária: 64 h/a 1- Ementa O curso

Leia mais

CONASS. para entender a gestão do SUS DIREITO À SAÚDE. Artigo

CONASS. para entender a gestão do SUS DIREITO À SAÚDE. Artigo CONASS para entender a gestão do SUS 2015 DIREITO À SAÚDE Artigo A VINCULAÇÃO DA JUDICIALIZAÇÃO DO DIREITO À SAÚDE À LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL (LRF) Fábio Ferreira Mazza 2015 1 a Edição CONSELHO NACIONAL

Leia mais

PLANO DE CURSO 2010/2

PLANO DE CURSO 2010/2 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL II PROFESSOR: BRUNO ALBINO RAVARA TURMA: 2º ANO INTEGRAL PLANO DE CURSO

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: RAPHAEL BOLDT DE CARVALHO TURMA: 6 AM PLANO DE CURSO 2012/2

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito das Obrigações

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina Direito das Obrigações

Leia mais

(querela nullitatis) Ação de nulidade da sentença. Capítulo X

(querela nullitatis) Ação de nulidade da sentença. Capítulo X Capítulo X Ação de nulidade da sentença (querela nullitatis) A decisão judicial existente pode ser impugnada, basicamente, por dois meios de impugnação: o recurso e a ação rescisória. Esses meios servem

Leia mais

Rua Álvares Maciel, 628 Santa Efigênia CEP 30.150-250 - Belo Horizonte MG Tel.: (31) 2125-8800 e-mail: secposgraduacao@domhelder.edu.

Rua Álvares Maciel, 628 Santa Efigênia CEP 30.150-250 - Belo Horizonte MG Tel.: (31) 2125-8800 e-mail: secposgraduacao@domhelder.edu. ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MESTRADO EM DIREITO AMBIENTAL E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Rua Álvares Maciel, 628 Santa Efigênia CEP 30.150-250 - Belo Horizonte

Leia mais

OBRAS CONSULTADAS Negócio jurídico existência, validade e eficácia Origem dos direitos dos povos Teoria geral do processo

OBRAS CONSULTADAS Negócio jurídico existência, validade e eficácia Origem dos direitos dos povos Teoria geral do processo OBRAS CONSULTADAS AZEVEDO, Antônio Junqueira de. Negócio jurídico existência, validade e eficácia. 3ª ed., São Paulo: Saraiva, 2000. ALTAVILA, Jayme de. Origem dos direitos dos povos. 6ª ed., São Paulo:

Leia mais

A DEFENSORIA PÚBLICA E O REQUISITO DA HIPOSSUFICIÊNCIA. O breve estudo que se apresenta aborda o requisito da hipossuficiência

A DEFENSORIA PÚBLICA E O REQUISITO DA HIPOSSUFICIÊNCIA. O breve estudo que se apresenta aborda o requisito da hipossuficiência A DEFENSORIA PÚBLICA E O REQUISITO DA HIPOSSUFICIÊNCIA O breve estudo que se apresenta aborda o requisito da hipossuficiência para a prestação do serviço de assistência jurídica pela Defensoria Pública.

Leia mais

PLANO DE CURSO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO

PLANO DE CURSO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento Programa de Pós-Graduação PLANO DE CURSO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM PODER LEGISLATIVO DISCIPLINA: Estudos Avançados em Direito

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA Lista de Compra de Livros - 1º Semestre de 2016

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA Lista de Compra de Livros - 1º Semestre de 2016 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA Lista de Compra de Livros - 1º Semestre de 01 Cód. AUTOR TÍTULO EDITORA Tomo Vol. Ed./Ano Solicit. QTD. Compra_ 01 1 Organizador Constituição da República Federativa do

Leia mais

TRANSFERÊNCIA FDV 2011/1 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 3º PERÍODO

TRANSFERÊNCIA FDV 2011/1 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 3º PERÍODO Disciplina: TEORIA GERAL DO DIREITO 3º PERÍODO Pressupostos político-sociais do conhecimento jurídico-dogmático moderno. Dogmática Jurídica enquanto Teoria da Norma Jurídica. Dogmática Jurídica enquanto

Leia mais

FICHADE DISCIPLINA. 60h. CO-REQUISITOS: Organiza~ao do Estado e dos Poderes. ()BJETIVOS

FICHADE DISCIPLINA. 60h. CO-REQUISITOS: Organiza~ao do Estado e dos Poderes. ()BJETIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA FACULDADE DE DIREITO CURSO DE GRADUA«;AO EM DIREITO FICHADE DISCIPLINA DISCIPLINA: Teoria Geral do Processo CODIGO: UNIDADE ACADEMICA: F ADIR PERiODO/SERIE: 3 periodo

Leia mais

Revista Pesquisas Jurídicas ISSN 2316 6487 (v. 3, n. 2. jul./out. 2014)

Revista Pesquisas Jurídicas ISSN 2316 6487 (v. 3, n. 2. jul./out. 2014) 4 AS TUTELAS DE URGÊNCIA E EVIDÊNCIA NO ANTEPROJETO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Felipe Maciel Pinheiro Barros 1 INTRODUÇÃO O Código de Processo Civil vigente CPC encontra-se obsoleto não apenas pelo

Leia mais

21 de agosto: Apresentação da disciplina e bibliografia; divisão de seminários

21 de agosto: Apresentação da disciplina e bibliografia; divisão de seminários DISCIPLINA: Sistemas de Justiça e Desenvolvimento Profa. Dra. Mônica Teresa Costa Sousa Linha de pesquisa: Direito e Instituições do Sistema de Justiça Carga horária: 60 horas Horário: Quinta-feira, 14:00

Leia mais

CAROLINA TUPINAMBÁ. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV Curso de Pós-Graduação lato sensu em Direito Empresarial do Trabalho concluído em Agosto/2005;

CAROLINA TUPINAMBÁ. FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV Curso de Pós-Graduação lato sensu em Direito Empresarial do Trabalho concluído em Agosto/2005; CAROLINA TUPINAMBÁ FORMAÇÃO ACADÊMICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ Curso de Direito concluído em Julho/2003; UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ Curso de Pós-Graduação lato sensu

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. Identificação Unidade Acadêmica Especial de Letras, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas Regional Jataí Curso: Direito. Disciplina Optativa: Ações Coletivas. Carga horária semestral:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA IDENTIFICAÇÃO TÍTULO O Direito do Consumidor na Prática: para além da sala de aula DATA INÍCIO DATA FIM 29/03/2012 29/03/2016 PROGRAMA DE EXTENSÃO VINCULADO LOCAL DE REALIZAÇÃO Curitiba/PR O projeto será

Leia mais

Metodologia: 1.1. Instrumentos: Debates, pesquisas, provas, trabalhos e leitura complementar.

Metodologia: 1.1. Instrumentos: Debates, pesquisas, provas, trabalhos e leitura complementar. Curso: Bacharelado em Ciências Jurídicas (DIR31030) Carga Horária: 80 Professor DAVID ALVES MOREIRA (Dr). Disciplina: Direito Processual Penal III Período: 7º - Ano: 2015/1 Semestre Bacharel em Direito

Leia mais

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Secretaria de Documentação Coordenadoria de Biblioteca Seção de Gerência do Acervo

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Secretaria de Documentação Coordenadoria de Biblioteca Seção de Gerência do Acervo Lista de duplicatas de livros Mês: Junho/10 SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Secretaria de Documentação Coordenadoria de Biblioteca Seção de Gerência do Acervo X Autor: Humberto Theodoro Junior Título: Curso de

Leia mais

1 TEMA... 2 2 JUSTIFICATIVA... 2 3 PROBLEMA DA PESQUISA... 3 4 OBJETIVOS: GERAL E ESPECÍFICOS...

1 TEMA... 2 2 JUSTIFICATIVA... 2 3 PROBLEMA DA PESQUISA... 3 4 OBJETIVOS: GERAL E ESPECÍFICOS... SUMÁRIO 1 TEMA... 2 2 JUSTIFICATIVA... 2 3 PROBLEMA DA PESQUISA... 3 4 OBJETIVOS: GERAL E ESPECÍFICOS... 3 4.1 OBJETIVO GERAL... 3 4.2 OBJETIVO ESPECÍFICO... 3 5 REFERENCIAL TEÓRICO... 4 6 METODOLOGIA

Leia mais

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador RENAN CALHEIROS

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador RENAN CALHEIROS PARECER Nº, DE 2012 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Mensagem Presidencial nº 82, de 2012 (nº 403, 10 de setembro de 2012, na origem), que submete à aprovação do Senado Federal

Leia mais

PONDERAÇÕES SOBRE O REGIME FINANCEIRO DO PROCESSO CIVIL E O PROJETO DE NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL.

PONDERAÇÕES SOBRE O REGIME FINANCEIRO DO PROCESSO CIVIL E O PROJETO DE NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. PONDERAÇÕES SOBRE O REGIME FINANCEIRO DO PROCESSO CIVIL E O PROJETO DE NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. ALEXANDRE MELLO 1 O tão propalado acesso à Justiça, cristalizado no Artigo 5, XXXV, da Constituição

Leia mais

Jurisdição e ação: conceito, natureza e características; das condições da ação

Jurisdição e ação: conceito, natureza e características; das condições da ação Jurisdição e ação: conceito, natureza e características; das condições da ação Jurisdição: é o poder de dizer o direito Ação: direto público subjetivo Processo: método de compor litígios Procedimento:

Leia mais

O ACESSO À JUSTIÇA E A EFETIVIDADE PROCESSUAL RESUMO

O ACESSO À JUSTIÇA E A EFETIVIDADE PROCESSUAL RESUMO 32 O ACESSO À JUSTIÇA E A EFETIVIDADE PROCESSUAL Cristiano José Lemos Szymanowski 1 RESUMO A proposta deste trabalho estrutura-se na análise de dois temas que se conjugam, o Acesso à Justiça e a Efetividade

Leia mais

Concurso de Teses do VII Congresso Nacional dos Defensores Públicos. Samara Wilhelm - DPRS

Concurso de Teses do VII Congresso Nacional dos Defensores Públicos. Samara Wilhelm - DPRS Concurso de Teses do VII Congresso Nacional dos Defensores Públicos Samara Wilhelm - DPRS A Lei Maria da Penha como Novo Paradigma de Acesso Integral à Justiça Categoria Defensores Públicos A Lei Maria

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS ÍNDICE Código Disciplina Página DIR 02-07411 Direito Constitucional I 2 DIR 02-07417 Direito Constitucional II 3 DIR 02-00609 Direito Constitucional III 4 DIR 02-00759 Direito

Leia mais

José Domingues Filho 1. 1. O Problema O MÉRITO NO PROCESSO EXECUÇÃO CIVIL

José Domingues Filho 1. 1. O Problema O MÉRITO NO PROCESSO EXECUÇÃO CIVIL O MÉRITO NO PROCESSO EXECUÇÃO CIVIL José Domingues Filho 1 SUMÁRIO RIO: 1. O problema. 2. Conceito de mérito 3. Defesa de mérito no processo de conhecimento. 4. Julgamento de mérito no processo de conhecimento.

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Direito Trabalho de Conclusão de Curso

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Direito Trabalho de Conclusão de Curso Pró-Reitoria de Graduação Curso de Direito Trabalho de Conclusão de Curso A ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DA AÇÃO À LUZ DA TEORIA DA ASSERÇÃO E A SUA APLICAÇÃO EM PRECEDENTES DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Autor:

Leia mais

Possibilitar ao estudante o conhecimento das noções básicas do processo civil, a partir do estudo sistematizado de seus principais institutos.

Possibilitar ao estudante o conhecimento das noções básicas do processo civil, a partir do estudo sistematizado de seus principais institutos. PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I (D-20) Área: Ciências Sociais Período: Quarto Turno: matutino Ano: 2013.1 Carga Horária: 72 H; Créd.: 04 III. Pré-Requisito:

Leia mais

EMPRESAS DE PEQUENO PORTE. IMPOSSIBILIDADE DE DEMANDAREM NO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL. ABORDAGEM CONSTITUCIONAL

EMPRESAS DE PEQUENO PORTE. IMPOSSIBILIDADE DE DEMANDAREM NO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL. ABORDAGEM CONSTITUCIONAL EMPRESAS DE PEQUENO PORTE. IMPOSSIBILIDADE DE DEMANDAREM NO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL. ABORDAGEM CONSTITUCIONAL 9 FÁBIO COSTA SOARES 3 INTRODUÇÃO Trata-se de breve estudo sobre a norma do artigo 74 da Lei

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINA: NPJ I NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA I Jurisdição Comum Civil de 1ª Instância PERÍODO: SEMESTRE Noturno/Matutino DEPARTAMENTO:

Leia mais

Regime Financeiro do Processo Civil

Regime Financeiro do Processo Civil Regime Financeiro do Processo Civil III Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação PUCRS Nome do Aluno da Pós: Alexandre Schmitt da Silva Mello, Nome do Orientador: José Maria Rosa Tesheiner Programa de Pós-Graduação

Leia mais

BIBLIOTECA DO IAB OBRAS DOADAS - OUTUBRO/2009

BIBLIOTECA DO IAB OBRAS DOADAS - OUTUBRO/2009 Doação do Membro Efetivo e Autor: Thiago Bottino Doação do Membro Efetivo e Autor: Ernane Paiva Simões O DIREITO AO SILÊNCIO NA JURISPRUDÊNCIA DO STF O ENIGMA DO UNIVERSO: ACASO OU PROJETO INTELIGENTE?

Leia mais

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 08 18 14 18 14 4 2 2 Complementação Total Acumulado 08 26 42 60 76 80

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 08 18 14 18 14 4 2 2 Complementação Total Acumulado 08 26 42 60 76 80 Intificação Plano Ensino Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Ano/semestre: 2012-01 Carga horária: Total: 80H Semanal: 4H Professor: DANIEL BRIGE Período/turno 3º MAT (A e B) E NOT (A)

Leia mais

O ÔNUS DA PROVA E O SISTEMA ACUSATÓRIO NO DIREITO PROCESSUAL PENAL BRASILEIRO

O ÔNUS DA PROVA E O SISTEMA ACUSATÓRIO NO DIREITO PROCESSUAL PENAL BRASILEIRO O ÔNUS DA PROVA E O SISTEMA ACUSATÓRIO NO DIREITO PROCESSUAL PENAL BRASILEIRO Prof. Claudiney Alessandro Gonçalves Professor do Curso de Direito da Faculdade de Educação, Administração e Tecnologia de

Leia mais

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPEDES DE MARÍLIA AUTOR(ES): GIOVANE MORAES PORTO

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPEDES DE MARÍLIA AUTOR(ES): GIOVANE MORAES PORTO TÍTULO: IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DOS PRECEDENTES VINCULANTES NO ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO E A DELIMITAÇÃO DO QUADRO SEMÂNTICO DOS TEXTOS NORMATIVOS. CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E

Leia mais

A (in) dispensabilidade da presença do advogado no processo admnistrativo disciplinar

A (in) dispensabilidade da presença do advogado no processo admnistrativo disciplinar A (in) dispensabilidade da presença do advogado no processo admnistrativo disciplinar Igor de Carvalho Leal Campagnolli Advogado, Graduado em Direito pelo Centro Universitário de Educação Superior do Amazonas

Leia mais

PENHORA ON-LINE Marina Matos Lemos de Souza Lima * Luís Antônio de Aguiar Bittencourt** Resumo: O objetivo deste artigo é analisar o que se convencionou chamar de Penhora On-Line, demonstrando alguns de

Leia mais

A criação de um novo Código de Processo Civil e a busca pela celeridade e efetividade na prestação da justiça

A criação de um novo Código de Processo Civil e a busca pela celeridade e efetividade na prestação da justiça A criação de um novo Código de Processo Civil e a busca pela celeridade e efetividade na prestação da justiça Thalisson de Albuquerque Campos* O Presidente do Senado Federal José Sarney instituiu, através

Leia mais

A DISTRIBUIÇÃO DINÂMICA DO ÔNUS DA PROVA NO PROJETO DE LEI Nº 8.046/2010, QUE INSTITUI O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

A DISTRIBUIÇÃO DINÂMICA DO ÔNUS DA PROVA NO PROJETO DE LEI Nº 8.046/2010, QUE INSTITUI O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL A DISTRIBUIÇÃO DINÂMICA DO ÔNUS DA PROVA NO PROJETO DE LEI Nº 8.046/2010, QUE INSTITUI O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Arnaldo de A. Machado Júnior, advogado, especialista em direito processual civil pela

Leia mais

A repercussão geral como pressuposto de admissibilidade no recurso extraordinário

A repercussão geral como pressuposto de admissibilidade no recurso extraordinário 1 A repercussão geral como pressuposto de admissibilidade no recurso extraordinário Alencar Frederico (*) Sumário. 1. Introdução; 1.1. Generalidades sobre o recurso extraordinário; 1.2. Os requisitos comuns

Leia mais

O Novo Processo Civil Brasileiro

O Novo Processo Civil Brasileiro FACULDADE 7 DE SETEMBRO CURSO DE DIREITO Grupo de Estudo e Pesquisa O Novo Processo Civil Brasileiro Professor Daniel Gomes de Miranda 20 de janeiro de 2014 SUMÁRIO TEMA... 3 JUSTIFICATIVA... 3 OBJETIVOS...

Leia mais

A contestação no Projeto do Novo Código de Processo Civil. Autor: João Pedro Ruppert Krubniki - jprkrubniki@gmail.com

A contestação no Projeto do Novo Código de Processo Civil. Autor: João Pedro Ruppert Krubniki - jprkrubniki@gmail.com A contestação no Projeto do Novo Código de Processo Civil Autor: João Pedro Ruppert Krubniki - jprkrubniki@gmail.com Orientadora: Adriana Timóteo dos Santos Zagurski - Professora do departamento de direito

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Curso: Direito Carga Horária: 64 EMENTA

PLANO DE ENSINO. Curso: Direito Carga Horária: 64 EMENTA Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito do Consumidor Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Privado Área: Direito Empresarial PLANO DE ENSINO EMENTA Base Constitucional

Leia mais

O PRINCÍPIO DO ACESSO À JUSTIÇA E OS ÓBICES PARA SUA EFETIVAÇÃO

O PRINCÍPIO DO ACESSO À JUSTIÇA E OS ÓBICES PARA SUA EFETIVAÇÃO O PRINCÍPIO DO ACESSO À JUSTIÇA E OS ÓBICES PARA SUA EFETIVAÇÃO RODRIGO MORAES SÁ 1 ALESSANDRA MORAES SÁ TOMARÁS 2 RESUMO A finalidade da prestação jurisdicional pode, basicamente, ser resumida como a

Leia mais

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 01. 27/07/2015 Página 1 de 5. Período 8º PERÍODO

AN 01 IT 013 PQ 03 Plano de Ensino Rev. 01. 27/07/2015 Página 1 de 5. Período 8º PERÍODO 27/07/2015 Página 1 de 5 PLANO DE ENSINO - CURSO SEMESTRAL Disciplina PRÁTICA FORENSE CIVIL I Código 140 Curso Graduação Período 8º PERÍODO Turmas A, B e D Carga horária 77 horas-aula 64 horas-relógio

Leia mais

Ementas das disciplinas do 4º período. DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a

Ementas das disciplinas do 4º período. DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a 1 DISICIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL II (SOC. EMPRESARIAIS) C/H: 80h/a Teoria geral do direito societário. Sociedade empresária. Constituição das sociedades contratuais. Sociedades contratuais menores. Sociedade

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2011 DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL PENAL II PROFESSOR: GUSTAVO SENNA MIRANDA TURMA: 3º AI UNIDADES

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Noções introdutórias e históricas.

Leia mais

Faculdade de Administração Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação. MBA em Propriedade Intelectual e Tecnologia

Faculdade de Administração Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação. MBA em Propriedade Intelectual e Tecnologia Faculdade de Administração Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação MBA em Propriedade Intelectual e Tecnologia Tópicos Especiais Carga Horária: 32 h/a 1- Ementa Estado moderno e Constitucionalismo.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ FACULDADE DE DIREITO. Prof. Dr. Rodrigo Xavier Leonardo. DIREITO DOS CONTRATOS DIREITO CIVIL B (diurno e noturno)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ FACULDADE DE DIREITO. Prof. Dr. Rodrigo Xavier Leonardo. DIREITO DOS CONTRATOS DIREITO CIVIL B (diurno e noturno) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ FACULDADE DE DIREITO Prof. Dr. Rodrigo Xavier Leonardo Professor Adjunto de Direito Civil nos cursos de graduação e pós-graduação na Universidade Federal do Paraná-UFPR Mestre

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO BARROS, Alice Monteiro de. Curso de Direito do Trabalho. São Paulo: LTr BOMFIM, Vólia. Direito do Trabalho. São Paulo: Método. DELGADO. Maurício Godinho. Curso de Direito do Trabalho..Direito

Leia mais

EDITAL PARA EXTRAORDINÁRIO APROVEITAMENTO NOS ESTUDOS 2011/2:

EDITAL PARA EXTRAORDINÁRIO APROVEITAMENTO NOS ESTUDOS 2011/2: FACULDADE DE DIREITO DA FUNDAÇÃO ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO Credenciada pela Portaria MEC n. 3.640, de 17/10/2005 DOU de 20/10/2005. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO Atendendo o disposto

Leia mais

Súmula Vinculante: de protetora dos direitos fundamentais a violadora do princípio democrático.

Súmula Vinculante: de protetora dos direitos fundamentais a violadora do princípio democrático. Súmula Vinculante: de protetora dos direitos fundamentais a violadora do princípio democrático. Francisco Tarcísio Rocha Gomes Júnior 1 Resumo A súmula é instrumento processual criado para facilitar o

Leia mais

DESCRIÇÃO DE DISCIPLINA. Direito Processual Constitucional

DESCRIÇÃO DE DISCIPLINA. Direito Processual Constitucional DESCRIÇÃO DE DISCIPLINA Direito Processual Constitucional O Processo na Constituição Princípios - Ações Constitucionais típicas - Outros instrumentos constitucionais de garantia dos Direitos Fundamentais.

Leia mais

Sistema Bacen-Jud posição do CNJ.

Sistema Bacen-Jud posição do CNJ. Sistema Bacen-Jud posição do CNJ. O texto que segue abaixo não é um artigo com opiniões do autor, mas apenas um breve relatório sobre duas decisões do Conselho Nacional de Justiça em relação ao tema envolvendo

Leia mais

U n i v e r s i d a d e d o E s t a d o d o R i o d e J a n e i r o. C e n t r o d e C i ê n c i a s S o c i a i s

U n i v e r s i d a d e d o E s t a d o d o R i o d e J a n e i r o. C e n t r o d e C i ê n c i a s S o c i a i s GRADE HORÁRIA MANHÃ/TARDE 2014/2 2º SEMESTRE 1º PERÍODO SALA 7002 F História do do Pensamento Político I História do Política I Política I I I História do Política I Política I Introdução à Introdução

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 2016. série: 4ª Turma (s): A e B Turno (s):[diurno] - [noturno] Carga Horária Semanal: 144 h/ano + 150 h/a atividades de estágio

PLANO DE ENSINO - 2016. série: 4ª Turma (s): A e B Turno (s):[diurno] - [noturno] Carga Horária Semanal: 144 h/ano + 150 h/a atividades de estágio PLANO DE ENSINO - 2016 1 INFORMAÇÕES GERAIS. Professor Doutor José Antônio de Faria Martos Departamento: Direito Público Disciplina: Prática Jurídica I série: 4ª Turma (s): A e B Turno (s):[diurno] - [noturno]

Leia mais

Marcia Carla Pereira Ribeiro Professora Doutora de Direito Comercial

Marcia Carla Pereira Ribeiro Professora Doutora de Direito Comercial 1 I. Mestrado IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Fundamentos do Direito Societário Área de concentração: Direito das Relações Sociais Linha de pesquisa: Novos Paradigmas do Direito Professora: Dra. Marcia Carla

Leia mais

EDITAL Nº 067/2015. Leonardo Nemer Caldeira Brant

EDITAL Nº 067/2015. Leonardo Nemer Caldeira Brant EDITAL Nº 067/2015 PROCESSO SELETIVO PARA MATRÍCULA EM DISCIPLINAS ISOLADAS DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM DIREITO, DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS, PARA O SEGUNDO SEMESTRE

Leia mais

O ACESSO À JUSTIÇA POR MEIO DA DEFENSORIA PÚBLICA

O ACESSO À JUSTIÇA POR MEIO DA DEFENSORIA PÚBLICA ANAIS - I Congresso Norte Mineiro de Direito Constitucional - Outubro de 2015 ISSN 2447-3251- Montes Claros, MG-p. 1 O ACESSO À JUSTIÇA POR MEIO DA DEFENSORIA PÚBLICA BISPO, Bruno Henrique Câmara Acadêmico

Leia mais

Revista. Artigo. Conclusão

Revista. Artigo. Conclusão Artigo Revista Apontamentos sobre a necessidade de divulgação da pesquisa de preços no edital do pregão, apesar da jurisprudência do Tribunal de Contas da União em contrário. Gabriela Moreira Castro Elaborado

Leia mais

A PENHORA DO FATURAMENTO DE EMPRESA DEVEDORA E AS CONSEQÜÊNCIAS DO ATO NA EXECUÇÃO TRABALHISTA

A PENHORA DO FATURAMENTO DE EMPRESA DEVEDORA E AS CONSEQÜÊNCIAS DO ATO NA EXECUÇÃO TRABALHISTA A PENHORA DO FATURAMENTO DE EMPRESA DEVEDORA E AS CONSEQÜÊNCIAS DO ATO NA EXECUÇÃO TRABALHISTA Paulo Mazzante de Paula Advogado; Especialista em Direito Processual Civil; Mestrando pela Unespar/Fundinop;

Leia mais

BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS

BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS BIBLIOTECA - UNIDADE LONDRINA RELAÇÃO DE OBRAS DIREITO ADMINISTRATIVO TÍTULO: CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO 25ª/2ª TIRAGEM AUTOR: CELSO ANTÔNIO BANDEIRA DE MELLO ANO: 2008 TÍTULO: DIREITO ADMINISTRATIVO

Leia mais

DIREITO CIVIL DIREITO DAS SUCESSÕSES 13

DIREITO CIVIL DIREITO DAS SUCESSÕSES 13 DIREITO CIVIL DIREITO DAS SUCESSÕSES 13 13.1. Interação do conceito: o legado é uma deixa testamentária dentro do acervo transmitido pelo autor da herança; o legado deve ser instituído por testamento,

Leia mais

TÍTULO DO TRABALHO DE CURSO EM ARIAL

TÍTULO DO TRABALHO DE CURSO EM ARIAL CENTRO UNIVERSITÁRIO PARA O DESENVOLVIMENTO DO ALTO VALE DO ITAJAÍ UNIDAVI PRÓ- REITORIA DE ENSINO PROEN COLEGIADO DE ÁREA DAS CIÊNCIAS SOCIALMENTE APLICÁVEIS CSA CURSO DE DIREITO OBSERVAÇÃO INICIAL: AS

Leia mais

QUESTÕES CONTROVERTIDAS SOBRE O CUMPRIMENTO DE SENTENÇA POR EXECUÇÃO

QUESTÕES CONTROVERTIDAS SOBRE O CUMPRIMENTO DE SENTENÇA POR EXECUÇÃO QUESTÕES CONTROVERTIDAS SOBRE O CUMPRIMENTO DE SENTENÇA POR EXECUÇÃO Leandro J. Silva Advogado da União em Curitiba; Professor de Direito Processual Civil. RESUMO: O presente trabalho tem por objetivo

Leia mais

EMBARGOS DECLARATÓRIOS - EDCL.

EMBARGOS DECLARATÓRIOS - EDCL. 1. Conceito EMBARGOS DECLARATÓRIOS - EDCL. Os embargos de declaração ou embargos declaratórios, doravante denominados EDcl., visam aperfeiçoar as decisões judiciais, propiciando uma tutela jurisdicional

Leia mais

A TUTELA DE URGÊNCIA E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

A TUTELA DE URGÊNCIA E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL A TUTELA DE URGÊNCIA E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Alexandre Mota Brandão SUMÁRIO: Introdução; I - Do direito comparado; II - Da tutela de urgência; III - Da tutela da evidência; IV - Do procedimento;

Leia mais