SISTEMAS DISTRIBUIDOS. Prof. Marcelo de Sá Barbosa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMAS DISTRIBUIDOS. Prof. Marcelo de Sá Barbosa"

Transcrição

1 Prof. Marcelo de Sá Barbosa

2 SISTEMAS DISTRIBUIDOS Introdução e o Domain Name System Serviço de Diretório Estudo de caso: Global Name Service Estudo de caso: X.500 Directory Service

3 Introdução SISTEMAS DISTRIBUIDOS Em um sistema distribuído, são usados nomes para fazer referência a uma ampla variedade de recursos, como computadores, serviços, objetos remotos e arquivos, assim como usuários. A atribuição de nomes é um problema facilmente desprezado mas com certeza fundamental no projeto de sistemas distribuídos. Os nomes facilitam a comunicação e o compartilhamento de recursos. È necessário um nome para pedir a um sistema de computador atuar sobre um recurso específico escolhido entre muitos, por exemplo, é necessário um nome na forma de um URL para acessar uma página web específica. Os processos não podem compartilhar recursos em particular a não ser que possam atribuir nomes a menos que possam dar nomes uns aos outros, como por exemplo, com endereços de .

4 Introdução Um atributo importante de uma entidade, que normalmente é relevante em um sistema distribuído é seu endereço, por exemplo: - O DNS faz o mapeamento de nomes de domínio internet para atributos de um computador host: seu endereço IP, o tipo de entrada e, por exemplo, o período de tempo durante o qual a entrada desse host permanecerá válida. - O serviço de diretório X500 pode ser usado para fazer o mapeamento do nome de um pessoa em atributos, incluindo se endereço de e número de telefone.

5 Introdução URL SISTEMAS DISTRIBUIDOS DNS lookup Resource ID (IP number, port number, pathname) WebExamples/earth.html Network address 2:60:8c:2:b0:5a file Web server Socket

6 e o Domain Name System Um serviço de nomes armazena um conjunto de um ou mais contextos de atribuição de nomes conjunto de vínculos entre nomes textuais e atributos de objetos, como usuários, computadores, serviços e objetos remotos. A principal operação que um serviço de nomes suporta é a resolução de um nome isto é, pesquisar atributos de determinado nome. Originalmente, os serviços de nomes eram muito simples, pois foram projetados apenas para atender a necessidade de vincular nomes a endereços em único domínio de gerenciamento, correspondendo a um única LAN ou WAN. A interconexão de redes e a maior escala de sistemas distribuídos, geraram um problema de mapeamento de nomes muito maior.

7 e o Domain Name System Os servidores DNS não reconhecem nomes relativos: todos os nomes ser referem à raiz global. Entretanto, na prática, as implementações dos softwares cliente mantêm uma lista de nomes de domínio que são anexados automanticamente a todo nome de componente único, antes da transformação. Por exemplo, o nome www apresentando no domínio cdk4.net provavelmente ser refere a o software cliente anexará o domínio padrão cdk4.net e tentará resolver esse nome. Se isso falhar, então mais nomes de domínio padrão poderão ser anexados; finalmente, o nome www é apresentado à raiz para resolução.

8 e o Domain Name System Aliases: Infelizmente, nomes com mais de um ou dois componentes são complicados de digitar e lembrar. Em geral, um alias é semelhante a um vínculo simbólico do estilo UNIX, permitindo que um nome conveniente substitua um mais complicado. O DNS permite fazer aliases em que um nome de domínio é definido para representar outro. A razão para se ter aliases é propiciar transparência. Por exemplo, os aliases são geralmente usados para especificar os nomes das máquinas que executam um servidor web ou um servidor FTP.

9 e o Domain Name System Resolução de nomes: Em geral, a resolução é um processo iterativo pelo qual um nome é repetidamente apresentado a diferentes contextos de atribuição de nomes. Um contexto de atribuição de nomes faz o mapeamento de determinado nome diretamente em um conjunto de atributos primitivos ou faz um mapeamento a um novo contexto de atribuição de nomes e em um nome derivado a ser representado a esse contexto.

10 e o Domain Name System Uso de cache: No DNS e em outros serviços de nomes, o software cliente de resolução de nomes e os servidores mantêm uma cache com os resultados das resoluções de nomes anteriores. Quando um cliente solicita uma pesquisa de nome, o software de resolução de nomes consulta sua cache. Se contiver um resultado recente de uma pesquisa anterior de nome ele o retornará para o cliente, caso contrário, comecará a procurá-lo em um servidor. O uso da cache é importante para o desempenho do serviço de nomes e ajuda na manutenção das disponibilidade tanto do serviço de nomes como de outros serviços a despeito de falhas do servidor de nome.

11 e o Domain Name System O Domain Name System é um projeto de serviço de nomes cujo banco de dados de atribuição de nomes é usado na internet. Os objetos nomeados pelo DNS são principalmente computadores para os quais, basicamente, os endereços IP são armazenados como atributos e o que nos referimos neste capítulo como domínios de atribuição de nomes são chamados simplesmente de domínios no DNS. O DNS é projetado para ser usado em várias implementações, cada uma das quais podendo ter se próprio espaço de nomes. Na prática, entretanto, somente um é amplamente usado e é o de atribuição de nomes da internet. O espaço de nomes DNS da internet é particionado tanto de forma organizacional como geográfica.

12 e o Domain Name System O domínios organizacionais de nível superior usados na internet, originalmente, eram: Organizações comerciais: com Universidades e outras instituições educacionais: edu Òrgãos governamentais: gov Principais centros de suporte a rede: net

13 e o Domain Name System Note: Name server names are in italics, and the corresponding domains are in parentheses. Arrows denote name server entries ns1.nic.uk (uk) co.uk ac.uk a.root-servers.net (root) uk purdue.edu yahoo.com ns0.ja.net (ac.uk) ns.purdue.edu (purdue.edu) *.purdue.edu ic.ac.uk qmw.ac.uk dcs.qmw.ac.uk *.qmw.ac.uk *.dcs.qmw.ac.uk *.ic.ac.uk alpha.qmw.ac.uk (qmw.ac.uk) dns0.dcs.qmw.ac.uk (dcs.qmw.ac.uk) dns0-doc.ic.ac.uk (ic.ac.uk)

14 Estudo de caso: Global Name Service O GNS foi projetado e implementado para fornecer facilidades para a localização de recursos como endereços de e autenticação. O bando de dados de atribuição de nomes potencialmente grande e a escala do ambiente distribuído em que o GNS é feito para operar tornam fundamental o uso de cache. O GNS gerencia um bando de dados de atribuição de nomes composto de uma árvore de diretórios contendo nomes e valores. Os diretórios são nomeados por nomes de caminho de várias partes que se referem a um raiz ou relativos a um diretório de trabalho de forma muito parecida com os que serve como identificador de diretório (DI) exclusivo. EC é o identificador do diretório EC.

15 Estudo de caso: Global Name Service DI: 599 (EC) DI: 543 UK FR DI: 574 DI: 437 AC DI: 322 QMW Peter.Smith mailboxes password Alpha Beta Gamma

16 Estudo de caso: X500 Directory Service O X500 é um serviço de diretório. Ele pode ser usado da mesma maneira que um serviço de nomes convencional, mas é utilizado principalmente para atender consultas descritivas, projetadas para descobrir os nomes e atributos de outros usuários ou recursos de sistema. As organizações de padronização ITU e I SO definiram o X500 como um serviço de rede destinado a atender esses requisitos. O X500 é especificado como um serviço em nível de aplicação no conjunto de padrões OSI. Os dados armazenados nos servidores X500 são organizados em uma estrutura em árvore com nós nomeados, como no caso dos outros servidores de nome discutidos neste capítulo. A árvore de nomes do X500 é chamada de DIT ( Directory information tree ).

17 Estudo de caso: X500 Directory Service X.500 Service (root)... France (country)great Britain (country)greece (country) BT Plc (organization)university of Gormenghast (organization) Computing Service (organizationalunit) Department of Computer Science (organizationalunit) Engineering Department (organizationalunit) Departmental Staff (organizationalunit) ely (applicationprocess) Research Students (organizationalunit) Alice Flintstone (person)... Pat King (person)james Healey (person) Janet Papworth (person)...

SERVIÇO DE NOMES. Sistemas Distribuídos. Vinícius Pádua

SERVIÇO DE NOMES. Sistemas Distribuídos. Vinícius Pádua SERVIÇO DE NOMES Sistemas Distribuídos Serviço de Nomes Nomes facilitam a comunicação e compartilhamento de recursos Nomes são vinculados a objetos Nomes devem ser resolvidos antes de de invocar os objetos

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Redes de Computadores Redes de Computadores 2 1 Máquinas e processos podem ser identificados por endereços (hierárquicos ou não) conforme visto, como IP, IP+NroPorta, No uso por usuários

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Capítulo 9 Introdução aos sistemas de designação, de descoberta e de localização de serviços Material de suporte às aulas de Sistemas Distribuídos de Nuno Preguiça Copyright DI FCT/

Leia mais

Gestão de nomes: Objectivo

Gestão de nomes: Objectivo Gestão de Nomes Sistemas Distribuídos 12/13 1 Gestão de nomes: Objectivo Associar nomes a objectos Objectos podem ser computadores, serviços, objectos remotos, ficheiros, utilizadores, etc Nomes facilitam

Leia mais

Resolução de nomes. Professor Leonardo Larback

Resolução de nomes. Professor Leonardo Larback Resolução de nomes Professor Leonardo Larback Resolução de nomes A comunicação entre os computadores e demais equipamentos em uma rede TCP/IP é feita através dos respectivos endereços IP. Entretanto, não

Leia mais

Prof. Luiz Fernando Bittencourt MC714. Sistemas Distribuídos 2 semestre, 2014

Prof. Luiz Fernando Bittencourt MC714. Sistemas Distribuídos 2 semestre, 2014 MC714 Sistemas Distribuídos 2 semestre, 2014 Nomeação Nomeação Compartilhar recursos, identificar entidades de maneira única, fazer referência a localizações... Resolução de nomes Espaço de nomes e implementação

Leia mais

DNS - Domain Name System

DNS - Domain Name System DNS - Domain Name System Converte nome de máquinas para seu endereço IP. Faz o mapeamento de nome para endereço e de endereço para nome. É mais fácil lembramos dos nomes. Internamente, softwares trabalham

Leia mais

Redes de Computadores. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br ricardo.souza@ifpa.edu.br

Redes de Computadores. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br ricardo.souza@ifpa.edu.br Redes de Computadores Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br www.ricardojcsouza.com.br CAMADA DE APLICAÇÃO Desempenha funções específicas de utilização dos sistemas Identificação de parceiros

Leia mais

Capítulo 8 - Aplicações em Redes

Capítulo 8 - Aplicações em Redes Capítulo 8 - Aplicações em Redes Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 31 Roteiro Sistemas Operacionais em Rede Modelo Cliente-Servidor Modelo P2P (Peer-To-Peer) Aplicações e Protocolos

Leia mais

Sistemas Distribuídos Aula 9

Sistemas Distribuídos Aula 9 Sistemas Distribuídos Aula 9 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Doutoranda em Ciência da Computação - UFU Mestre em Ciência da Computação UFU Bacharel em Ciência da Computação - UFJF Implementação de um espaço

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES DOMAIN NAME SYSTEM

GESTÃO DE SISTEMAS E REDES DOMAIN NAME SYSTEM GESTÃO DE SISTEMAS E REDES DOMAIN NAME SYSTEM OUTLINE DOMAIN NAME SYSTEM NOMES DE DOMINIO CONSULTAS DNS SERVIDORES DE NOMES NAVEGAÇÃO E CONSULTA REGISTO DE RECURSOS O DNS é um serviço de nomes, normalizado

Leia mais

Servidor DNS. João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) Fatern 2009.1 1 / 15

Servidor DNS. João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) Fatern 2009.1 1 / 15 Servidor João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) Fatern 2009.1 1 / 15 O que? O que? O que o define Domain Name Server Serviço utilizado para traduzir nomes em endereços IP e vice-versa Baseado em uma hierarquia

Leia mais

Redes de Computadores. Funcionamento do Protocolo DNS. Consulta DNS. Consulta DNS. Introdução. Introdução DNS. DNS Domain Name System Módulo 9

Redes de Computadores. Funcionamento do Protocolo DNS. Consulta DNS. Consulta DNS. Introdução. Introdução DNS. DNS Domain Name System Módulo 9 Slide 1 Slide 2 Redes de Computadores Introdução DNS Domain Name System Módulo 9 EAGS SIN / CAP PD PROF. FILIPE ESTRELA filipe80@gmail.com Ninguém manda uma e-mail para fulano@190.245.123.50 e sim para

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE RESOLUÇÃO DE NOMES (DNS E WINS). Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE RESOLUÇÃO DE NOMES (DNS E WINS). Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS DE RESOLUÇÃO DE NOMES (DNS Domain Name System (DNS) e Windows Internet Name Service (WINS) são os protocolos usados para resolver nomes para endereços IP.

Leia mais

Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet

Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet Projeto de sistemas O novo projeto do Mercado Internet Mercados em potencial de serviços Serviços da Web ftp,http,email,news,icq! Mercados em potencial de serviços FTP IRC Telnet E-mail WWW Videoconferência

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DNS (DOMAIN NAME SYSTEM)

FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DNS (DOMAIN NAME SYSTEM) FUNDAÇÃO DE ESTUDOS SOCIAIS DO PARANÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DNS (DOMAIN NAME SYSTEM) CURITIBA 2006 GUILHERME DE SOUZA JEAN THIAGO MASCHIO

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2011 Camada de Aplicação

Leia mais

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET DEFINIÇÕES BÁSICAS A Internet é um conjunto de redes de computadores interligados pelo mundo inteiro, ue têm em comum um conjunto de protocolos e serviços. O ue permite a

Leia mais

O que são DNS, SMTP e SNM

O que são DNS, SMTP e SNM O que são DNS, SMTP e SNM O DNS (Domain Name System) e um esquema de gerenciamento de nomes, hierárquico e distribuído. O DNS define a sintaxe dos nomes usados na Internet, regras para delegação de autoridade

Leia mais

Domain Name System. Domain Name System DNS

Domain Name System. Domain Name System DNS Domain Name System Você aprenderá: O que é Domain Name System (DNS) e quais os seus componentes. O que é uma zona de autoridade. Como funcionamento do processo de resolução de nomes. DNS - 1 Domain Name

Leia mais

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Sistemas Distribuídos Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Nomeação Estruturada, Nomeação Baseada em Atributo Capítulo 5 Agenda Nomeação Estruturada (cont.) Implementação de um Espaço de Nomes DNS Definição

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

Teleprocessamento e Redes

Teleprocessamento e Redes Teleprocessamento e Redes Aula 21: 06 de julho de 2010 1 2 3 (RFC 959) Sumário Aplicação de transferência de arquivos de/para um host remoto O usuário deve prover login/senha O usa duas conexões TCP em

Leia mais

Introdução ao Conceito de Redes e Infra estrutura Internet

Introdução ao Conceito de Redes e Infra estrutura Internet Introdução ao Conceito de Redes e Infra estrutura Internet Prof. José Alexandre da Costa Alves (MSc) O que é uma rede de Computadores Conjunto de unidades de processamento com capacidade de trocar informações

Leia mais

AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER

AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER Objetivo: Instalar e detalhar o funcionamento de um Servidor de DNS (Domain Name System) no sistema operacional Microsoft Windows 2003 Server. Ferramentas: - ISO

Leia mais

Internet. Internet é uma Rede de Computadores, que opera no Modelo Cliente/Servidor e interliga diversos tipos de dispositivos

Internet. Internet é uma Rede de Computadores, que opera no Modelo Cliente/Servidor e interliga diversos tipos de dispositivos Professor Gedalias Valentim Informática para Banca IADES Internet Conceitos Básico Internet é uma Rede de Computadores, que opera no Modelo Cliente/Servidor e interliga diversos tipos de dispositivos 1

Leia mais

DNS - Domain Name System

DNS - Domain Name System DNS - Domain Name System IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm DNS Pessoas: muitos identificadores: RG, nome, passporte Internet hosts, roteadores: endereços

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL Na internet, cada computador conectado à rede tem um endereço IP. Todos os endereços IPv4 possuem 32 bits. Os endereços IP são atribuídos à interface

Leia mais

Camada de Aplicação. DNS Domain Name System. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz

Camada de Aplicação. DNS Domain Name System. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Camada de Aplicação Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Camada de Aplicação A camada de aplicação fornece os serviços "reais" de rede para os usuários. Os níveis abaixo da aplicação fornecem

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Principais Protocolos na Internet Aula 2 Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Compreender os conceitos básicos de protocolo. Definir as funcionalidades dos principais protocolos de Internet.

Leia mais

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL 1 HTTP Uma página WWW é composta de objetos e endereçado por uma

Leia mais

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System Redes - Internet 9º C 2008 09 24 Sumário } Estrutura baseada em camadas } Endereços IP } DNS -Domain Name System } Serviços, os Servidores e os Clientes } Informação Distribuída } Principais Serviços da

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira Wireshark Captura de Protocolos da camada de aplicação Maicon de Vargas Pereira Camada de Aplicação Introdução HTTP (Hypertext Transfer Protocol) 2 Introdução Camada de Aplicação Suporta os protocolos

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. Késsia Marchi

Redes de Computadores. Prof. Késsia Marchi Redes de Computadores Prof. Késsia Marchi Redes de Computadores Redes de Computadores Possibilita a conexão entre vários computadores Troca de informação Acesso de múltiplos usuários Comunicação de dados

Leia mais

DWEB. Design para Web. Fundamentos Web I. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico

DWEB. Design para Web. Fundamentos Web I. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico DWEB Design para Web Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico Fundamentos Web I E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual

Leia mais

Cap 03 - Camada de Aplicação Internet (Kurose)

Cap 03 - Camada de Aplicação Internet (Kurose) Cap 03 - Camada de Aplicação Internet (Kurose) 1. Qual a diferença entre um Programa de computador e um Processo dentro do computador? R. Processo é um programa que está sendo executado em uma máquina/host,

Leia mais

NOMEAÇÃO SISTEMAS DISTRIBUÍDOS: MSC. DANIELE C. OLIVEIRA 2

NOMEAÇÃO SISTEMAS DISTRIBUÍDOS: MSC. DANIELE C. OLIVEIRA 2 NOMEAÇÃO SISTEMAS DISTRIBUÍDOS: MSC. DANIELE C. OLIVEIRA 2 IMPLEMENTAÇÃO DE UM ESPAÇO DE NOMES Serviço que permite que usuários e processos adicionem, removam e consultem nomes Serviço de nomeação é implementado

Leia mais

Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Configurando DNS Server. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Entendendo o DNS É o serviço responsável por: Traduzir nomes em endereços IP (e vice-versa), de um determinado

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 03 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências Instalação do Active Directory e serviços

Leia mais

Tópicos Especiais em Informática

Tópicos Especiais em Informática Tópicos Especiais em Informática DNS Prof. Ms.-Eng. Igor Sousa Faculdade Lourenço Filho 10 de novembro de 2014 igorvolt@gmail.com (FLF) Tópicos Especiais em Informática 10 de novembro de 2014 1 / 15 Introdução

Leia mais

Lista de Exercícios-01 DISCIPLINA DE ARQUITETURA FECHADA WINDOWS SERVER Estrutura lógica estrutura física

Lista de Exercícios-01 DISCIPLINA DE ARQUITETURA FECHADA WINDOWS SERVER Estrutura lógica estrutura física Lista de Exercícios-01 1. Faça uma breve descrição sobre o Active Directory-AD Serviço de diretório é um conjunto de Atributos sobre recursos e serviços existentes na rede, isso significa que é uma maneira

Leia mais

UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo,

UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo, Laboratório de Redes. Domain Name Service - DNS Pedroso 4 de março de 2009 1 Introdução UM dos protocolos de aplicação mais importantes é o DNS. Para o usuário leigo, problemas com o DNS são interpretados

Leia mais

Aula-28 Camada Aplicação - DNS. Prof. Dr. S. Motoyama

Aula-28 Camada Aplicação - DNS. Prof. Dr. S. Motoyama Aula-28 Camada Aplicação - DNS Prof. Dr. S. Motoyama 1 Camada Aplicação Escrever programas que Executem sobre diferentes sistemas finais e Se comuniquem através de uma rede. Ex.: Web software de servidor

Leia mais

Introdução ao Active Directory AD

Introdução ao Active Directory AD Introdução ao Active Directory AD Curso Técnico em Redes de Computadores SENAC - DF Professor Airton Ribeiro O Active Directory, ou simplesmente AD como é usualmente conhecido, é um serviço de diretórios

Leia mais

Sistemas Distribuídos Capítulos 5 e 6 - Aula 9

Sistemas Distribuídos Capítulos 5 e 6 - Aula 9 Sistemas Distribuídos Capítulos 5 e 6 - Aula 9 Aula Passada Comentários Prova Nomes, Identificadores, Endereços Nomeação Simples Nomeação Estruturada Aula de hoje Nomeação estruturada Implementação de

Leia mais

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc. Endereços IP Endereços IP IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.) precisam ter endereços. Graças

Leia mais

Aula 1 Cleverton Hentz

Aula 1 Cleverton Hentz Aula 1 Cleverton Hentz Sumário da Aula Introdução História da Internet Protocolos Hypertext Transfer Protocol 2 A Internet é um conjunto de redes de alcance mundial: Comunicação é transparente para o usuário;

Leia mais

Introdução ao DNS. Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys. Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp.

Introdução ao DNS. Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys. Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp. 1 Introdução ao DNS Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys Laboratório de Sistemas Integráveis http://www.lsi.usp.br/ 2 Agenda O que é DNS? Servidores DNS Requisição DNS Caching

Leia mais

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross

Redes. Pablo Rodriguez de Almeida Gross Redes Pablo Rodriguez de Almeida Gross Conceitos A seguir serão vistos conceitos básicos relacionados a redes de computadores. O que é uma rede? Uma rede é um conjunto de computadores interligados permitindo

Leia mais

www.victorpinheiro.jimdo.com www.victorpinheiro.jimdo.com

www.victorpinheiro.jimdo.com www.victorpinheiro.jimdo.com SERVIÇOS DE REDES DE COMPUTADORES Prof. Victor Guimarães Pinheiro/victor.tecnologo@gmail.com www.victorpinheiro.jimdo.com www.victorpinheiro.jimdo.com Modelo TCP/IP É o protocolo mais usado da atualidade

Leia mais

SERVIÇOS DE REDES - DNS

SERVIÇOS DE REDES - DNS Aula 18 Redes de Computadores 21/11/2007 Universidade do Contestado UnC/Mafra Curso Sistemas de Informação Prof. Carlos Guerber SERVIÇOS DE REDES - DNS DNS é a abreviatura de Domain Name System. O DNS

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUIDOS

SISTEMAS DISTRIBUIDOS 1 2 Caracterização de Sistemas Distribuídos: Os sistemas distribuídos estão em toda parte. A Internet permite que usuários de todo o mundo acessem seus serviços onde quer que possam estar. Cada organização

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II INTERNET Protocolos de Aplicação Intranet Prof: Ricardo Luís R. Peres As aplicações na arquitetura Internet, são implementadas de forma independente, ou seja, não existe um padrão

Leia mais

Introdução. Definição de um Sistema Distribuído (1) Definição de um Sistema Distribuído(2) Metas de Sistemas Distribuídos (2)

Introdução. Definição de um Sistema Distribuído (1) Definição de um Sistema Distribuído(2) Metas de Sistemas Distribuídos (2) Definição de um Sistema Distribuído (1) Introdução Um sistema distribuído é: Uma coleção de computadores independentes que aparecem para o usuário como um único sistema coerente. Definição de um Sistema

Leia mais

DNS: Domain Name System

DNS: Domain Name System DNS: Domain Name System O objetivo desta unidade é apresentar o funcionamento de dois importantes serviços de rede: o DNS e o DHCP. O DNS (Domain Name System) é o serviço de nomes usado na Internet. Esse

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES

Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES Camada de aplicação Um protocolo da camada de aplicação define como processos de uma aplicação, que funcionam em sistemas finais diferentes,

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 2.5 - DNS Prof. Jó Ueyama Março/2014 1 DNS: Domain Name System Pessoas: muitos identificadores: RG, nome, passaporte. Hosts e roteadores na Internet: endereços IP (32 bits)

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL DE REDE (AULA 4)

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL DE REDE (AULA 4) Prof. Breno Leonardo Gomes de Menezes Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL DE REDE (AULA 4) Serviço de diretório Serviço de diretório é um conjunto

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Domain Name System (DNS) Aula 25 Máquinas na Internet são identificadas por endereços IP Nomes simbólicos são atribuídos a máquinas

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. Thiago Caproni Tavares DNS. Prof. Thiago Caproni Tavares

Redes de Computadores. Prof. Thiago Caproni Tavares DNS. Prof. Thiago Caproni Tavares Prof. Thiago Caproni Tavares Redes de DNS Prof. Thiago Caproni Tavares DNS: Domain Name System pessoas: muitos identificadores: CPF, nome, passaporte hospedeiros da Internet, roteadores: endereço IP (32

Leia mais

Gestão de Nomes. Gestão de nomes: Objectivo. Exemplos de nomes. Conceitos Base

Gestão de Nomes. Gestão de nomes: Objectivo. Exemplos de nomes. Conceitos Base Gestão de nomes: Objectivo Gestão de Nomes Sistemas Distribuídos 2009/10 1 Associar nomes a objectos Objectos podem ser computadores, serviços, objectos remotos, ficheiros, utilizadores, etc Nomes facilitam

Leia mais

Desenvolvimento de Sistemas Distribuídos Aula 03 Sistema de Arquivos Distribuídos

Desenvolvimento de Sistemas Distribuídos Aula 03 Sistema de Arquivos Distribuídos Desenvolvimento de Sistemas Distribuídos Aula 03 Sistema de Arquivos Distribuídos Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com Agenda Sistema de Arquivos Distribuídos Introdução Requisitos do sistema de arquivos

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers DNS Parte 1 Linux Network Servers DNS é a abreviatura de Domain Name System. O DNS é um serviço de resolução de nomes. Toda comunicação entre os computadores e demais equipamentos de uma rede baseada no

Leia mais

Redes de Computadores Camada de Aplicação. Prof. MSc. Hugo Souza

Redes de Computadores Camada de Aplicação. Prof. MSc. Hugo Souza Redes de Computadores Camada de Aplicação Prof. MSc. Hugo Souza É a camada que dispõe a programação para as aplicações de rede através dos protocolos de aplicação; Provém a implantação da arquitetura de

Leia mais

Sistemas Distribuídos e Paralelos

Sistemas Distribuídos e Paralelos Sistemas Distribuídos e Paralelos Serviços de Nomes Ricardo Mendão Silva Universidade Autónoma de Lisboa r.m.silva@ieee.org January 7, 2015 Ricardo Mendão Silva (UAL) Sistemas Distribuídos e Paralelos

Leia mais

Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net

Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net Procedimento para criar uma árvore O procedimento usado para criar uma árvore com o Assistente para instalação do Active Directory

Leia mais

1969 ARPANet - Advanced Research Projects Agency Network

1969 ARPANet - Advanced Research Projects Agency Network FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br @ribeirord 1969 ARPANet - Advanced Research Projects Agency Network O

Leia mais

Aula 03-04: Modelos de Sistemas Distribuídos

Aula 03-04: Modelos de Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE Computação Aula 03-04: Modelos de Sistemas Distribuídos 2o. Semestre / 2014 Prof. Jesus Principais questões no projeto de um sistema distribuído (SD) Questão de acesso (como sist. será acessado)

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

Modelos de Arquiteturas. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com

Modelos de Arquiteturas. Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Modelos de Arquiteturas Prof. Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Agenda Introdução Arquitetura de Sistemas Distribuídos Clientes e Servidores Peer-to-Peer Variações Vários Servidores Proxy Código Móvel

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Soquetes Um soquete é formado por um endereço IP concatenado com um número de porta. Em geral, os soquetes utilizam uma arquitetura cliente-servidor. O servidor espera por pedidos

Leia mais

Modelos de Camadas. Professor Leonardo Larback

Modelos de Camadas. Professor Leonardo Larback Modelos de Camadas Professor Leonardo Larback Modelo OSI Quando surgiram, as redes de computadores eram, em sua totalidade, proprietárias, isto é, uma determinada tecnologia era suportada apenas por seu

Leia mais

INTERNET CONCEITOS. Internet é a "grande rede mundial de computadores"

INTERNET CONCEITOS. Internet é a grande rede mundial de computadores INTERNET CONCEITOS O que é Internet Estamos acostumados a ouvir que Internet é a "grande rede mundial de computadores" Entretanto, essa definição não é muito simplista. Na realidade, Ela é uma coleção

Leia mais

Resolução de Nomes e o protocolo DNS

Resolução de Nomes e o protocolo DNS Resolução de Nomes e o protocolo DNS Thiago Cunha Pinto DNS: Domain Name System pessoas: muitos identificadores: CPF, nome, passaporte hospedeiros da Internet, roteadores: endereço IP (32 bits) usado para

Leia mais

1. O DHCP Dynamic Host Configuration Protocol

1. O DHCP Dynamic Host Configuration Protocol CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO TIPO 5 2º ANO TÉCNICO DE INFORMÁTICA/INSTALAÇÃO E GESTÃO DE REDES 2008/2009 INSTALAÇÃO REDES CLIENTE SERVIDOR WINDOWS SERVER 2003 Após a instalação Instalação de serviços de

Leia mais

Gestão de Nomes. Sistemas Distribuídos 14/15

Gestão de Nomes. Sistemas Distribuídos 14/15 Gestão de Nomes 1 Sistemas Distribuídos 14/15 Gestão de nomes: Objectivo Associar nomes a objectos Objectos podem ser computadores, serviços, objectos remotos, ficheiros, utilizadores, etc Nomes facilitam

Leia mais

3. Faça uma breve descrição sobre a topologia da rede e o Active Directory-AD DISCIPLINA DE ARQUITETURA FECHADA WINDOWS SERVER

3. Faça uma breve descrição sobre a topologia da rede e o Active Directory-AD
 DISCIPLINA DE ARQUITETURA FECHADA WINDOWS SERVER Lista de Exercícios-01 1. Faça uma breve descrição sobre o Active Directory-AD O Active Directory-AD é uma implementaçao de serviço de diretório no protocolo LDAP que armazena informaçoes sobre objetos

Leia mais

DNS e Serviço de Nomes. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviço de Redes

DNS e Serviço de Nomes. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviço de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática DNS e Serviço de Nomes Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviço de Redes Pontos importantes Nomes (Ex: URLs) são ligados a objetos (Ex:

Leia mais

Endereço de Rede. Comumente conhecido como endereço IP Composto de 32 bits comumente divididos em 4 bytes e exibidos em formato decimal

Endereço de Rede. Comumente conhecido como endereço IP Composto de 32 bits comumente divididos em 4 bytes e exibidos em formato decimal IP e DNS O protocolo IP Definir um endereço de rede e um formato de pacote Transferir dados entre a camada de rede e a camada de enlace Identificar a rota entre hosts remotos Não garante entrega confiável

Leia mais

Processo Judicial Eletrônico

Processo Judicial Eletrônico Processo Judicial Eletrônico Internet: origem, desenvolvimento e funcionamento Conceitos básicos das novas tecnologias Documento eletrônico Criptografia e métodos de assinatura digital Processo eletrônico

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMA DE ARQUIVOS DISTRIBUÍDOS (DFS) Visão geral sobre o Sistema de Arquivos Distribuídos O Sistema de Arquivos Distribuídos(DFS) permite que administradores do

Leia mais

Network Services Location Manager. Guia para os administradores de rede

Network Services Location Manager. Guia para os administradores de rede apple Network Services Location Manager Guia para os administradores de rede Este documento descreve o software Network Services Location (NSL) Manager e fornece informações sobre como configurar uma

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUIDOS. Prof. Marcelo de Sá Barbosa

SISTEMAS DISTRIBUIDOS. Prof. Marcelo de Sá Barbosa Prof. Marcelo de Sá Barbosa Introdução Visão geral das técnicas de segurança Algoritmos de criptografia Assinaturas digitais Criptografia na prática Introdução A necessidade de proteger a integridade e

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

Neste apêndice mostraremos o que é e como funciona o serviço de nomes de domínio.

Neste apêndice mostraremos o que é e como funciona o serviço de nomes de domínio. APÊNDICE 10 Neste apêndice mostraremos o que é e como funciona o serviço de nomes de domínio. Infelizmente, informações sobre características mais avançadas não serão encontradas aqui. Para mais informações

Leia mais

DNS. Domain Name System

DNS. Domain Name System DNS Domain Name System Sistema de Nomes de Domínios (DNS) Domain Name System Protocol (DNS) Grupo 7: José Gomes, Ernesto Ferreira e Daniel Silva a5571@alunos.ipca.pt, a7821@alunos.ipca.pt e a7997@alunos.ipca.pt

Leia mais

unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Tópicos em Sistemas de Computação Administração de Redes TCP/IP DNS - Domain Name Service (Parte 1 - Características e Conceitos) Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian adriano@ieee.org

Leia mais

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO 3º ANO / 2º SEMESTRE 2014 INFORMÁTICA avumo@up.ac.mz Ambrósio Patricio Vumo Computer Networks & Distribution System Group Services Provided by DNS nós, seres humanos, podemos

Leia mais

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Í n d i c e Considerações Iniciais...2 Rede TCP/IP...3 Produtos para conectividade...5 Diagnosticando problemas na Rede...8 Firewall...10 Proxy...12

Leia mais

Senado Federal Questões 2012

Senado Federal Questões 2012 Senado Federal Questões 2012 Sistemas Operacionais Prova de Analista de Sistemas Prof. Gustavo Van Erven Senado Federal Questões 2012 Rede Social ITnerante http://www.itnerante.com.br/ Vídeo Aulas http://www.provasdeti.com.br/

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

1 http://www.google.com

1 http://www.google.com 1 Introdução A computação em grade se caracteriza pelo uso de recursos computacionais distribuídos em várias redes. Os diversos nós contribuem com capacidade de processamento, armazenamento de dados ou

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 02. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 02. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 02 Prof. André Lucio Competências da aula 2 Instalação e configuração dos sistemas operacionais proprietários Windows (7 e

Leia mais

DNS DHCP Proxy -Firewall. Recomenda-se o acompanhamento destes slides juntamente com a apostila DNS-Proxy-DHCP- Firewall

DNS DHCP Proxy -Firewall. Recomenda-se o acompanhamento destes slides juntamente com a apostila DNS-Proxy-DHCP- Firewall DNS DHCP Proxy -Firewall Recomenda-se o acompanhamento destes slides juntamente com a apostila DNS-Proxy-DHCP- Firewall DNS Domain Name System O DNS existe porque as aplicações utilizam endereços IP de

Leia mais

Rafael Goulart - rafaelgou@gmail.com Curso ASLinux v.3

Rafael Goulart - rafaelgou@gmail.com Curso ASLinux v.3 Conceito Serviço que traduz RESOLVE nomes de máquinas para endereços IP e endereços IP para nomes de máquina. É um sistema hierárquico e descentralizado/distribuído. Simplifica a administração do complexo

Leia mais