Os testes feitos com as lentes Eyezen reuniram usuários de óculos e pessoas que nunca utilizaram óculos. Seus olhos preparados para o ataque digital

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os testes feitos com as lentes Eyezen reuniram usuários de óculos e pessoas que nunca utilizaram óculos. Seus olhos preparados para o ataque digital"

Transcrição

1 rasileiros* elo menos, s abaixo ao tos digitais: Benefícios reais aprovados por quem tem uma vida conectada. Os testes feitos com as lentes Eyezen reuniram usuários de óculos e pessoas que nunca utilizaram óculos. nos olhos o pescoço nas costas de cabeça 90 % 89 % 83 perceberam menos cansaço visual* em relação às lentes que utilizavam (ou em relação a não usar nenhuma lente). 91 % sentiram que ler letras pequenas foi mais fácil usando as lentes Eyezen*. Seus olhos preparados para o ataque digital relataram menos ofuscamento diante de telas digitais* e ganho em nitidez e contraste. consideraram mesmo aque nenhuma len s coçando lhos secos rimejando Disponibilidade uscamento * In-Life Wearers Test - Essilor Eyezen (N=76). Estudo realizado por terceiro independente (França) Essilor International Todos que participaram dos testes usam intensamente telas digitais e experimentaram Eyezen pela primeira vez. A grande maioria, que inclui usuários óculos, notaram benefícios.

2 Seus olhos preparados para o ataque digital

3 Na era digital, o uso de diversos equipamentos é cada vez maior. Mais de 90% das pessoas* entre 20 e 65 anos de idade usam diariamente equipamentos digitais. São utilizados 4 equipamentos digitais* em média. 64% das pessoas* usam por 4 horas ou mais o computador todos os dias. Cerca de 97% dos brasileiros* relataram sentir, pelo menos, um dos sintomas abaixo ao utilizarem equipamentos digitais: Cansaço nos olhos Dor no pescoço Dor no ombro ou nas costas Dor de cabeça Olhos coçando Olhos secos Olhos lacrimejando Ofuscamento * In-Life Wearers Test - Essilor Eyezen (N=76). Estudo realizado por terceiro independente (França) Essilor International

4 Conheça Conheça Conheça A lente ideal para A o lente uso de ideal telas para digitais.. A o lente uso de ideal telas para digitais.. o uso de telas digitais.. Atualmente, com os diversos Atualmente, recursos tecnológicos, com os diversos olhos Atualmente, recursos estão sempre tecnológicos, com os voltados diversos olhos para recursos as estão telas sempre tecnológicos, digitais. voltados A vida os olhos para as estão telas sed conectada requer a troca constante conectada de requer aparelhos, a troca seja constante conectada lendo, assistindo de requer aparelhos, a a um troca filme seja constante ou lendo, mesmo assistindo de jogando. aparelhos, a um Neste filme seja ou lendo, mesmo assis contexto, as diferentes condições contexto, de leitura as diferentes exigem o condições máximo contexto, da de visão. leitura as diferentes exigem o condições máximo da de visão. leitura exigem o máximo da visã TV > Tablet Tablet TV > > Smartphone Tablet Tablet Smartphone TV > > Smartphone Tablet > TV Tablet Smartphone TV > Smartphone > Notebook > TV Smartph TV > Para cada distância, os olhos Para trabalham cada distância, para buscar os olhos um novo Para trabalham foco. cada Além distância, para da buscar luz os direta olhos um novo das trabalham telas, foco. existe Além para ainda buscar luz a direta um novo das telas, foco. ex Al alteração frequente de distância alteração do aparelho frequente em de relação distância ao alteração olho. do aparelho Por frequente isso, em após de relação o distância esforço ao olho. de do um aparelho Por dia isso, inteiro, em após relação é o esforço ao olho. de um Por d normal sentir cansaço nos olhos. normal sentir cansaço nos olhos. normal sentir cansaço nos olhos. Eyezen foi elaborada para ajudar Eyezen os olhos foi elaborada neste esforço para ajudar Eyezen e, ao mesmo os olhos foi elaborada tempo, neste esforço oferecer para ajudar e, proteção ao mesmo os olhos contra tempo, neste a esforço luz oferecer e, proteção ao mesm azul-violeta nociva das telas, azul-violeta o que colabora nociva para das prevenir telas, azul-violeta o problemas que colabora nociva visuais para das prevenir no telas, futuro. o problemas que colabora visuais para prevenir no futuro. problem

5 As lentes Eyezen contam As com lentes duas Eyezen tecnologias contam As com lentes exclusivas: duas Eyezen tecnologias contam com exclusivas: duas tecnologias Faça exclusivas: o teste Este teste foi elab perceber se ele te Você é um us MAIS MAIS MAIS MAIS CONFORTO CONFORTO PROTEÇÃO PROTEÇÃO igitais. A vida jogando. Neste 1 - Quantos disposit você possui: laptop TV digital? (A) Nenhum (B) 1 ou 2 ntes que diminui Um desenho a necessidade de lentes de que diminui Um desenho A a necessidade tecnologia de lentes que de protege que diminui a saúde A a necessidade tecnologia visual contra que de protege os raios a saúde A tecnologia visual contra que protege (C) os 3 raios ou 4 a saúde v (D) todos estes e mai e perto, preservando esforço na os visão olhos de perto, preservando esforço UV, na mas os visão olhos também de perto, contra preservando a UV, luz mas azul-violeta os olhos também nociva, contra a UV, luz mas azul-violeta também nociva, contra a luz a 2 - Com que frequên cansada ao e longo sua mente do dia. descansada ao e longo sua emitida mente do dia. descansada por telas digitais. ao longo A radiação emitida do dia. UV por e a telas luz azul-violeta digitais. A radiação emitida UV por e a telas luz azul-violeta digitais. A radiação aparelhos? podem ser uns dos fatores que podem comprometem ser uns dos a fatores saúde que podem comprometem ser uns dos (A) a fatores saúde Nunca ou que rarame com (B) Todos os dias Notebook visual, podendo causar a catarata visual, e podendo a degeneração causar a catarata visual, e podendo a degeneração causar a catarata SCRITO GRAU PRESCRITO GRAU PRESCRITO (C) Diversas vezes ao macular relacionada à idade macular (DMRI). relacionada à idade macular (DMRI). relacionada (D) O à tempo idade todo (DM + + iste ainda a 0.4D Obs.: Há outros 0.4D fatores de risco que contribuem Obs.: para Há o outros desenvolvimento fatores risco da DMRI, que contribuem Obs.: para Há o outros desenvolvimento fatores risco da DMRI, que contribuem para ia inteiro, é como idade, genética, tabagismo, dieta, etc. como idade, genética, tabagismo, dieta, etc. como idade, genética, tabagismo, Resultado: dieta, etc. Para cad opção A = 1 ponto, o s relataram 90% sentir dos menos usuários cansaço relataram 90% sentir dos menos usuários cansaço relataram sentir menos cansaço lentes Eyezen*. quando usaram lentes Eyezen*. quando usaram lentes Eyezen*. Entre 5 e 9 pontos: V Entre 10 e 14 ponto contra a luz uma lente que propo ight Scan possuem As residual lentes levemente com tecnologia roxo. Light Scan possuem As residual lentes levemente com tecnologia roxo. Light Scan possuem residual levemente roxo. Entre 15 e 20 ponto stão disponíveis sem As lentes a tecnologia Eyezen LightScan, também estão que pode disponíveis ser substituída sem As lentes a tecnologia por Eyezen um antirreflexo LightScan, também estão que padrão pode disponíveis (que ser também substituída sem a protege tecnologia por um contra antirreflexo LightScan, os raios que padrão UV, pode mas (que ser também substituída protege por um contra antirreflexo os raios padrão UV, mas (que também protege contr é muito importante te nociva). sem filtrar a luz azul violeta nociva). sem filtrar a luz azul violeta nociva). ilor Eyezen (N=76).* Estudo In-Life realizado Wearers Test por terceiro - Essilor independente Eyezen (N=76). -* Estudo 2015 In-Life (França) realizado Wearers Essilor Test por terceiro - Essilor International independente Eyezen (N=76). - Estudo 2015 (França) realizado Essilor por terceiro International independente (França) Essilor International

6 para cliente descobrir precisa Faça das se o teste o lentes seu para cliente Eyezen. descobrir precisa das se o lentes seu cliente Eyezen. precisa das lentes Eyezen. orado entificar para seus ajudar Este hábitos teste o cliente digitais. foi elaborado a identificar Conforme para seus a pontuação ajudar hábitos o cliente digitais. obtida, a identificar Conforme será possível seus a pontuação hábitos digitais. obtida, Conforme será possível a pontuação obtida, será possível uário m o perfil das lentes ideal perceber para Eyezen. ser se É um ele simples usuário tem o e perfil rápido. das lentes ideal para Eyezen. ser É um simples usuário e rápido. das lentes Eyezen. É simples e rápido. pamentos uário constante Você digitais? é de um equipamentos usuário constante digitais? de equipamentos digitais? o ivos você eletrônicos utiliza normalmente 1 - Quantos dispositivos 3 estes - Como você eletrônicos 5 - utiliza Como normalmente seria o mundo 3 estes - para Como você sem 5 - utiliza Como normalmente seria o mundo estes para você sem 5 - Como seria o mundo para você sem, mentos? tablet, smartphone, você possui: equipamentos? laptop, tablet, equipamentos smartphone, eletrônicos? equipamentos? equipamentos eletrônicos? equipamentos eletrônicos? r vez TV digital? (A) 1 por vez (A) Normal, vivo sem eles (A) tranquilamente 1 por vez (A) Normal, vivo sem eles tranquilamente (A) Normal, vivo sem eles tranquilamente r vez (A) Nenhum (B) 2 por vez (B) Menos prático somente (B) 2 por vez (B) Menos prático somente (B) Menos prático somente r vez (B) 1 ou 2 (C) 3 por vez (C) Muito mais difícil (C) 3 por vez (C) Muito mais difícil (C) Muito mais difícil s de uma vez (C) 3 ou 4 (D) todos de uma (D) Não vez sei como viveria (D) sem todos equipamentos de uma (D) Não vez sei como viveria sem equipamentos (D) Não sei como viveria sem equipamentos s outros (D) todos estes e mais outros eletrônicos eletrônicos eletrônicos ndo falta algum destes aparelhos, 4 - Quando falta algum destes aparelhos, 4 - Quando falta algum destes aparelhos, ocê cia você se sente? usa estes 2 - Com que frequência como você você se sente? usa estes como você se sente? sente falta aparelhos? (A) Não sente falta (A) Não sente falta e nte falta, mas não altera (A) Nunca sua rotina ou (B) raramente Sente falta, mas não altera sua rotina (B) Sente falta, mas não altera sua rotina a alguma alternativa (B) Todos imediatamente os dias (C) Busca alguma alternativa imediatamente (C) Busca alguma alternativa imediatamente dia consegue se imaginar (C) Diversas sem seu(s) vezes (D) Não ao dia consegue se imaginar sem seu(s) (D) Não consegue se imaginar sem seu(s) ento(s) eletrônico(s) (D) O tempo todo equipamento(s) eletrônico(s) equipamento(s) eletrônico(s) a seguinte resposta forma: assinalada, Resultado: some pontos Para cada seguinte resposta forma: assinalada, some pontos da seguinte forma: tos pção e opção B = 2 pontos, D = opção 4 pontos. opção A = 1 C ponto, = 3 pontos opção e opção B = 2 pontos, D = 4 pontos. opção C = 3 pontos e opção D = 4 pontos. se ocê conectou é um dos ao poucos mundo Entre que 5 digital e 9 ainda pontos: ou usa não Você poucos se conectou é um equipamentos. dos ao poucos mundo que digital ainda ou usa não poucos se conectou equipamentos. ao mundo digital ou usa poucos equipamentos. s: tal Você e a tendência está conectado Entre é que estes 10 ao e mundo 14 equipamentos pontos: digital Você e a façam tendência está conectado cada é vez que mais estes ao mundo parte equipamentos da digital sua vida. e a façam tendência Escolha cada é vez que mais estes parte equipamentos da sua vida. façam Escolha cada vez mais parte da sua vida. Escolha rcione lhos das maior telas conforto digitais. uma lente e proteja que proporcione seus olhos das maior telas conforto digitais. e proteja seus olhos das telas digitais. s: fundamentais Os equipamentos no Entre seu eletrônicos dia 15 e a dia, 20 pontos: provavelmente já são fundamentais Os equipamentos fica difícil no seu imaginar eletrônicos dia a dia, sua provavelmente já vida são sem fundamentais eles. Então, fica difícil no seu imaginar dia a dia, sua provavelmente vida sem eles. Então, fica difícil imaginar sua vida sem eles. Então, os r as no lentes esforço ideais exigido é para muito pelas ajudar importante telas seus e também olhos ter as no lentes para esforço ideais proteger exigido para a pelas sua ajudar visão telas seus no e também olhos futuro. no para esforço proteger exigido a pelas sua visão telas no e também futuro. para proteger a sua visão no futuro.

7 Benefícios reais aprovados por quem tem uma vida conectada. Os testes feitos com as lentes Eyezen reuniram usuários de óculos e pessoas que nunca utilizaram óculos. 90 % 91 % 89 % 83 % perceberam menos cansaço visual* em relação às lentes que utilizavam (ou em relação a não usar nenhuma lente). sentiram que ler letras pequenas foi mais fácil usando as lentes Eyezen*. relataram menos ofuscamento diante de telas digitais* e ganho em nitidez e contraste. consideraram a adaptação rápida*, mesmo aqueles que não usavam nenhuma lente. Consulte o preço Use o leitor QR Code em seu celular. Disponibilidade Essilor Eyezen Airwear Essilor Eyezen Orma Também disponível com Transitions cinza, na mesma grade. Cil. até -6,00 Esf. +6,00 até -10,00 * In-Life Wearers Test - Essilor Eyezen (N=76). Estudo realizado por terceiro independente (França) Essilor International Todos que participaram dos testes usam intensamente telas digitais e experimentaram Eyezen pela primeira vez. A grande maioria, que inclui usuários e não usuários de óculos, notaram benefícios.

8 Eyezen, Eyezen Focus, Light Scan, Orma e Airwear são marcas registradas da Essilor International. Transitions e o swirl são marcas registradas da Transitions Optical Inc Transitions Optical, Inc. é marca registrada da Transitions Optical, Inc.. Ago/15 Cód.: DMK A Essilor International é líder mundial em design, fabricação e personalização de lentes oftálmicas. Atuando em cinco continentes, a Essilor oferece uma ampla gama de lentes das marcas Varilux, Crizal,Optifog, Xperio e Eyezen para corrigir a miopia, a hipermetropia, a presbiopia e o astigmatismo.

Mais segurança, leveza e conforto para os seus olhos em todas as situações.

Mais segurança, leveza e conforto para os seus olhos em todas as situações. L E N T E S Mais segurança, leveza e conforto para os seus olhos em todas as situações. Resistência a impactos Resistência e 100% de a impactos proteção e UV. 100% de proteção Tudo que você precisa Tudo

Leia mais

Escola Técnica Estadual Republica ETER Sistema de Informação Profª: Adriana. Alunos: Rodolfo Ribeiro Paulo Vitor

Escola Técnica Estadual Republica ETER Sistema de Informação Profª: Adriana. Alunos: Rodolfo Ribeiro Paulo Vitor Escola Técnica Estadual Republica ETER Sistema de Informação Profª: Adriana Alunos: Rodolfo Ribeiro Paulo Vitor De olho nos seus OLHOS! Síndrome da visão do computador Índice Vista Vermelha, embaçada e

Leia mais

DESCUBRA O EYE PROTECT SYSTEM TM UMA REVOLUÇÃO NA PROTEÇÃO CONTRA RAIOS UV E LUZ AZUL NOCIVA

DESCUBRA O EYE PROTECT SYSTEM TM UMA REVOLUÇÃO NA PROTEÇÃO CONTRA RAIOS UV E LUZ AZUL NOCIVA DESCUBRA O EYE PROTECT SYSTEM TM UMA REVOLUÇÃO NA PROTEÇÃO CONTRA RAIOS UV E LUZ AZUL NOCIVA A LUZ É ESSENCIAL, MAS PODE SER NOCIVA A luz tem um papel essencial na vida de todos. Além de permitir o funcionamento

Leia mais

Projeto CAPAZ Básico Ametropias 2 Astigmatismo e Presbiopia

Projeto CAPAZ Básico Ametropias 2 Astigmatismo e Presbiopia 1 Introdução Ao assistir à aula, você teve acesso à continuidade do nosso estudo de ametropias. Nesta apostila você terá mais algumas informações para o aprofundamento dos conteúdos trabalhados e um organograma

Leia mais

EVITANDO ACIDENTES. Como evitar acidentes com os olhos. Cozinhando. Produtos de limpeza. Objetos e crianças. Plantas

EVITANDO ACIDENTES. Como evitar acidentes com os olhos. Cozinhando. Produtos de limpeza. Objetos e crianças. Plantas EVITANDO ACIDENTES Como evitar acidentes com os olhos Quando se trata de acidentes com os olhos, o melhor remédio é a prevenção, pois algumas lesões podem causar desde a perda da qualidade da visão até

Leia mais

UM GUIA PARA LENTES DE USO DIÁRIO

UM GUIA PARA LENTES DE USO DIÁRIO Mais escolhas: UM GUIA PARA LENTES DE USO DIÁRIO E LENTES SOLARES YOUNGER OPTICS DO BRASIL COMERCIAL DE LENTES LTDA Rua Alfredo Achcar, 970 Prédio 10 Bairro Nova Vinhedo Vinhedo SP CEP 13280-000 Fone:

Leia mais

Saúde Ocular. Atitudes para uma visão saudável.

Saúde Ocular. Atitudes para uma visão saudável. Saúde Ocular Atitudes para uma visão saudável. O OLHO HUMANO Todos os sentidos do corpo humano são importantes, mas a visão é o que estimula grande parte das informações recebidas e interpretadas pelo

Leia mais

Projeto CAPAZ Biblioteca Comunicação na Ótica

Projeto CAPAZ Biblioteca Comunicação na Ótica 1 Comunicação na Ótica Transformando complicadas características técnicas em convincentes argumentos de venda É verdade que estamos passando por uma fase da Óptica onde a informação tem sido a principal

Leia mais

VISÃO: MITOS E VERDADES

VISÃO: MITOS E VERDADES Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira VISÃO: MITOS E VERDADES Quem usa óculos enxerga pior à noite? Os míopes enxergam menos à noite, mesmo

Leia mais

Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio

Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio 01 - (ACAFE SC/2012) A figura abaixo mostra esquematicamente o olho humano, enfatizando nos casos I e II os dois defeitos de visão mais comuns.

Leia mais

Unidade IV. Aula 20.2 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras e instrumentos ópticos. INTERATIVIDADE FINAL

Unidade IV. Aula 20.2 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras e instrumentos ópticos. INTERATIVIDADE FINAL Unidade IV Óptica, Ser humano e Saúde Aula 20.2 Conteúdo Os defeitos da visão e as lentes corretoras e instrumentos ópticos. 2 Habilidade: Compreender os conceitos das propriedades da óptica geométrica

Leia mais

Tornando a visão uma prioridade de saúde. Enxergue bem durante toda a sua vida

Tornando a visão uma prioridade de saúde. Enxergue bem durante toda a sua vida Tornando a visão uma prioridade de saúde Enxergue bem durante toda a sua vida A visão de todos nós pode mudar com a idade Algumas alterações na visão podem dificultar a realização de tarefas diárias. Estas

Leia mais

Biofísica da Visão. OLHO EMÉTROPE é o olho normal, sem defeitos de visão.

Biofísica da Visão. OLHO EMÉTROPE é o olho normal, sem defeitos de visão. Biofísica da Visão O OLHO HUMANO: O olho humano é um órgão extremamente complexo, constituído de numerosas partes. Do ponto de vista físico, podemos considerar o olho humano como um conjunto de meios transparentes,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS: CURSO: ALUNO:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS: CURSO: ALUNO: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS: CURSO: ALUNO: DISCIPLINA: FÍSICA II PROFESSOR: EDSON JOSÉ LENTES ESFÉRICAS 1. (FGV/2012) Uma estudante usou uma lupa para pesquisar a formação

Leia mais

Conheces a janela através da qual vês o mundo???

Conheces a janela através da qual vês o mundo??? Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Conheces a janela através da qual vês o mundo??? Pestanas : São filas de pêlos fininhos que saem das

Leia mais

Óptica da Visão. Prof.: Bruno Roberto Física 1 2º ano UP - 2015

Óptica da Visão. Prof.: Bruno Roberto Física 1 2º ano UP - 2015 Óptica da Visão Prof.: Bruno Roberto Física 1 2º ano UP - 2015 O Olho Humano Partes do Olho Humano Córnea: Transparente. Serve para a passagem da luz. Umedecida pelas lágrimas. Humor Aquoso: Líquido incolor

Leia mais

PROJETO OLHAR BRASIL Dra. Lilia M.Contreiras Corrêa

PROJETO OLHAR BRASIL Dra. Lilia M.Contreiras Corrêa Dra. Lilia M.Contreiras Corrêa Assessora Técnica da Diretoria de Atenção Especializada Oftalmologia/SESAB Reconhecendo as dificuldades do acesso da população brasileira, não só à consulta oftalmológica,

Leia mais

Brainloop Secure Dataroom versão 8.30 App QR Code Scanner para ios e Android Guia rápido

Brainloop Secure Dataroom versão 8.30 App QR Code Scanner para ios e Android Guia rápido Guia rápido Brainloop Secure Dataroom Versão 8.30 Direitos autorais Brainloop AG, 2004-2016. Todos os direitos reservados. Versão do documento 1.3. Todas as marcas registradas, citadas neste documento

Leia mais

Visão Subnormal. Guia do Apresentador

Visão Subnormal. Guia do Apresentador Visão Subnormal Guia do Apresentador SLIDE 1 Introdução do apresentador. O propósito desta apresentação é oferecer informações sobre o que é a visão subnormal, o que pode ser feito sobre ela e onde se

Leia mais

André Sanchez Blog Esboçando Ideias E-BOOK GRÁTIS. Uma realização: André Sanchez. www.esbocandoideias.com

André Sanchez Blog Esboçando Ideias E-BOOK GRÁTIS. Uma realização: André Sanchez. www.esbocandoideias.com E-BOOK GRÁTIS 10 maneiras comprovadas de ler a Bíblia mesmo tendo pouco ou nenhum tempo livre Uma realização: André Sanchez www.esbocandoideias.com Se quiser falar com o autor, entre em contato pelo e-mail:

Leia mais

Projeto CAPAZ Básico Ametropias 1 Miopia e Hipermetropia

Projeto CAPAZ Básico Ametropias 1 Miopia e Hipermetropia 1 Introdução Ao assistir à aula, você teve acesso ao comportamento do olho humano, constatou quando há uma deficiência visual e como é possível corrigi-la. Vimos algumas peculiaridades, o que acontece

Leia mais

HÁBITOS E COMPORTAMENTO

HÁBITOS E COMPORTAMENTO HÁBITOS E COMPORTAMENTO DOS USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS NO BRASIL 2013 JUNHO 2013 LOCAIS DE ACESSO À INTERNET É o principal local de acesso para 10,7% Apesar da importância do acesso à internet no domicílio,

Leia mais

14 / 18 Progressivo Côncavo Free Form ASFÉRICO AMPLITUDE DE VISÃO LIVRE DE ABERRAÇÕES ASFÉRICO AMPLITUDE DE VISÃO. Tecnologia como você nunca viu

14 / 18 Progressivo Côncavo Free Form ASFÉRICO AMPLITUDE DE VISÃO LIVRE DE ABERRAÇÕES ASFÉRICO AMPLITUDE DE VISÃO. Tecnologia como você nunca viu Tecnologia como você nunca viu LIVRE DE ABERRAÇÕES Um sistema único e totalmente inovador, leva em consideração o desenho da armação comercializada ao efetuar os cálculos das superfícies das lentes progressivas.

Leia mais

Doenças e Condições Oculares Relacionadas ao Envelhecimento. Guia do Apresentador

Doenças e Condições Oculares Relacionadas ao Envelhecimento. Guia do Apresentador Doenças e Condições Oculares Relacionadas ao Envelhecimento Guia do Apresentador SLIDE 1 Introdução do apresentador. O propósito desta apresentação é fornecer informações sobre doenças e condições oculares

Leia mais

Conferência Crianças e Meios Digitais Móveis em Portugal

Conferência Crianças e Meios Digitais Móveis em Portugal Conferência Crianças e Meios Digitais Móveis em Portugal Painel 1 Meios móveis de acesso à internet: O contexto português Cristina Ponte Co-funded by the European Union Estrutura da apresentação o Locais

Leia mais

Conhecendo o Aluno com Deficiência Múltipla

Conhecendo o Aluno com Deficiência Múltipla I - [FICHA DE AVALIAÇÃO SOBRE O ALUNO COM DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA] Usar letra de forma É importante considerarmos que o aluno com deficiência múltipla da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro possui

Leia mais

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Você pode adicionar fotos e histórias da família aos registros dos seus antepassados na Árvore Familiar. Com o novo recurso Adicionar Fotos e Histórias,

Leia mais

Promoção 1 mês grátis na aquisição do Decodificador Vivo Play

Promoção 1 mês grátis na aquisição do Decodificador Vivo Play REGULAMENTO Promoção 1 mês grátis na aquisição do Decodificador Vivo Play Esta promoção é realizada pela Telefônica Data S.A, aqui denominada, TDATA com sede na Avenida Tamboré, nº 341/71 - Barueri - SP,

Leia mais

Visão: Um pixel equivalerá a milhares de palavras

Visão: Um pixel equivalerá a milhares de palavras Toque: Você poderá tocar através do seu telefone Imagine usar seu smartphone para comprar um vestido de casamento e poder sentir a seda do vestido, ou a renda do véu, tudo pela superfície da tela. Ou,

Leia mais

13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET

13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET 13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET AGENDA METODOLOGIA PANORAMA GERAL GRANDES APRENDIZADOS F/RADAR METODOLOGIA TÉCNICA Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal em pontos de fluxo

Leia mais

Disponibilidade das Lentes. Visão Simples

Disponibilidade das Lentes. Visão Simples Disponibilidade das Lentes Visão Simples Material: Resina NPU Índice de Refração: 1.70 Valor Abbe: 36 Peso específico: 1,41 Design: Superfícies de curvas Bi-Asféricas Tratamento: Anti-Reflexo Hi-Vision,

Leia mais

Heteroforias. Desvio latente que só aparece quando há quebra da fusão; Indivíduo com uma capacidade fusional boa

Heteroforias. Desvio latente que só aparece quando há quebra da fusão; Indivíduo com uma capacidade fusional boa Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Heteroforias Definição É um desvio latente que os eixos visuais estão fixando normalmente o objeto

Leia mais

INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA

INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA RESUMO Elissandra de Campos Viegas; Cibelle de Fátima Castro de Assis Universidade

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET 1 SEJA BEM-VINDO à net! Caro cliente, Este guia foi desenvolvido para você conhecer um pouco mais sobre os produtos e serviços NET que estão à sua disposição. Aproveite

Leia mais

Formadora: Sónia Rodrigues 1

Formadora: Sónia Rodrigues 1 Unidade A Operar, em segurança, equipamento tecnológico, designadamente o computador Unidade A Operar, em segurança, equipamento tecnológico, designadamente o computador Formadora: Sónia Rodrigues Critérios

Leia mais

Sobre a MLG Educação pág 04. Metodologia pág 06. Formato e Prazo pág 09. Programa fidelidade pág 11. Player de Video pág 13

Sobre a MLG Educação pág 04. Metodologia pág 06. Formato e Prazo pág 09. Programa fidelidade pág 11. Player de Video pág 13 P á g i n a 1 P á g i n a 2 P á g i n a 3 Indice Sobre a MLG Educação pág 04 Metodologia pág 06 Formato e Prazo pág 09 Programa fidelidade pág 11 Player de Video pág 13 Módulos dos cursos e Forum pág 16

Leia mais

Fácil. Seguro. Fantástico.

Fácil. Seguro. Fantástico. Fácil. Seguro. Fantástico. Fácil. Seguro. Fantástico. Um olhar para o Windows Vista e verá imediatamente a diferença, incluindo um design inovador, ferramentas de pesquisa e organização fáceis de utilizar

Leia mais

MAXPRO. em Nuvem SERVIÇOS DE VÍDEO HOSPEDADO EM NUVEM PARA PROTEGER SEUS NEGÓCIOS. Vídeo a qualquer momento, em qualquer lugar

MAXPRO. em Nuvem SERVIÇOS DE VÍDEO HOSPEDADO EM NUVEM PARA PROTEGER SEUS NEGÓCIOS. Vídeo a qualquer momento, em qualquer lugar MAXPRO em Nuvem SERVIÇOS DE VÍDEO HOSPEDADO EM NUVEM PARA PROTEGER SEUS NEGÓCIOS Vídeo a qualquer momento, em qualquer lugar VIGILÂNCIA DE VÍDEO HOSPEDADO Vídeo em Nuvem 2 A qualquer momento, em qualquer

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

Oficina: Matemática, jogos locativos e geolocalização. Danilo Lemos Batista

Oficina: Matemática, jogos locativos e geolocalização. Danilo Lemos Batista Oficina: Matemática, jogos locativos e geolocalização Danilo Lemos Batista Olá, pessoal como prometido estou enviando o conteúdo discutido na oficina do CIENART. O material foi adaptado para que vocês

Leia mais

Luz, olho humano e óculos Capítulo 12

Luz, olho humano e óculos Capítulo 12 Luz, olho humano e óculos Capítulo 12 O olho humano O papel da retina e do cérebro A Pupila - É a estrutura do olho responsável por regular a entrada da quantidade de luz para a formação da imagem; - Em

Leia mais

E-book Como Diminuir Diabetes em 30 dias

E-book Como Diminuir Diabetes em 30 dias E-book Como Diminuir Diabetes em 30 dias Dicas e Informações sobre Diabetes Nesse e-book você vai aprender um pouco mais sobre diabetes e também vai descobrir algumas dicas para diminuir o seu nível de

Leia mais

CONVOLUÇÃO. O que é a Convolução? o Significado. o Conceito Físico. o Definição Matemática. o Será benéfico ou prejudicial o efeito de. convolução?

CONVOLUÇÃO. O que é a Convolução? o Significado. o Conceito Físico. o Definição Matemática. o Será benéfico ou prejudicial o efeito de. convolução? CONVOLUÇÃO O que é a Convolução? o Significado o Conceito Físico o Definição Matemática o Será benéfico ou prejudicial o efeito de convolução? O que é a Desconvolução? Propriedades Matemáticas Visualização

Leia mais

Índice de Refração. c v. n =

Índice de Refração. c v. n = Refração da Luz O que é Refração? É um fenômeno que ocorre quando a luz passa através da interface que separa dois meios, ocasionando uma mudança na direção de propagação. A refração é decorrente de uma

Leia mais

Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003. Rio de Janeiro, 28 de maio de 2008.

Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003. Rio de Janeiro, 28 de maio de 2008. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Departamento de Artes & Design Curso de especialização O Lugar do Design na Leitura Disciplina: Estratégia RPG Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003

Leia mais

Frederico Damasceno Bortoloti. Adaptado de: Claudio Esperança Paulo Roma Cavalcanti

Frederico Damasceno Bortoloti. Adaptado de: Claudio Esperança Paulo Roma Cavalcanti Fundamentos de Representação Gráfica Frederico Damasceno Bortoloti Adaptado de: Claudio Esperança Paulo Roma Cavalcanti Estrutura do Curso Avaliação através de Prova Estudo / Seminário Nota parcial NP

Leia mais

Conectado. Mais Vigo Mais

Conectado. Mais Vigo Mais VIGO PRO CONNECT VIGO CONNECT 91 19 11 /7.9 DecisionMaker2 TM Direcionalidade Adaptativa Multibanda Adaptativa Gerenciamento de Ruído Três Estágios / Voicefinder Modulação Cancelamento de Feedback Dinâmico

Leia mais

Unidade 7. Ondas, som e luz

Unidade 7. Ondas, som e luz Unidade 7 Ondas, som e luz ONDA É uma perturbação ou oscilação que se propaga pelo meio (ar, água, sólido) e no vácuo (ondas eletromagnéticas). Ex: Abalos sísmicos, ondas do mar, ondas de radio, luz e

Leia mais

TABELA DE PREÇOS ESSILOR

TABELA DE PREÇOS ESSILOR TABELA DE PREÇOS ESSILOR Prços sugridos da óptica para o consumidor Válida por tmpo indtrminado a partir d 1 o d fvriro d 2016 LANÇAMENTO AINDA MAIS CONFORTO E ADAPTAÇÃO. AGORA COM A TECNOLOGIA WAVE 2.0

Leia mais

Óptica do olho Humano.

Óptica do olho Humano. Universidade de São Paulo Faculdade de Educação Instituto de Física Metodologia do Ensino de Física I Professor Dr. Maurício Pietrocola Óptica do olho Humano. Autores: Allan Fernandes do Espirito Santo

Leia mais

www.cpsol.com.br TEMA 002 USUÁRIOS DE COMPUTADOR CUIDADO COM OS OLHOS

www.cpsol.com.br TEMA 002 USUÁRIOS DE COMPUTADOR CUIDADO COM OS OLHOS TEMA 002 USUÁRIOS DE COMPUTADOR CUIDADO COM OS OLHOS 1/8 É cada vez maior o número de pessoas com a patologia diagnosticada como Fadiga Visual ou Síndrome do Usuário de Computador, conhecida também como

Leia mais

VPCSB15GB. Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics

VPCSB15GB. Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics VPCSB15GB Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics Windows 7 Professional 500GB HDD 4GB DDR3 SDRAM (expansível até 8GB) Tela VAIO Plus de

Leia mais

Beats Pill. Conheça a Beats Pill

Beats Pill. Conheça a Beats Pill Beats Pill Conheça a Beats Pill Não seja escravo do seu aparelho de som Ambiente Externos e Viagens Negócios Lar Você pode levar a Pill nas próximas férias para poder amplificar suas músicas favoritas.

Leia mais

Tornado a Visão uma Prioridade de Saúde Guia do Orador

Tornado a Visão uma Prioridade de Saúde Guia do Orador Tornado a Visão uma Prioridade de Saúde Guia do Orador SLIDE 1 Introdução do orador. O propósito desta apresentação é oferecer informações sobre alterações na visão que podem ocorrer devido à idade, e

Leia mais

Ao se falar sobre fotografia cinematográfica estão envolvidos diversos elementos que devem ser levados em consideração:

Ao se falar sobre fotografia cinematográfica estão envolvidos diversos elementos que devem ser levados em consideração: 1 OBJETIVAS E COMPOSIÇÃO Ao se falar sobre fotografia cinematográfica estão envolvidos diversos elementos que devem ser levados em consideração: 1 - AS LENTES: As objetivas são comumente chamadas de lentes,

Leia mais

Todos merecem evoluir!

Todos merecem evoluir! Uma família de produtos para atender a cada uma das necessidades Descrição geral das características do CRISP PROCESSAMENTO SONORO CRISP 2 CRISP 3 WDRC Logarítmico, número de canais 7 8 Canais para ajustes

Leia mais

Unidade IV. Aula 20.1 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras. INTERATIVIDADE FINAL

Unidade IV. Aula 20.1 Conteúdo. Óptica, Ser humano e Saúde. Os defeitos da visão e as lentes corretoras. INTERATIVIDADE FINAL Unidade IV Óptica, Ser humano e Saúde Aula 20.1 Conteúdo Os defeitos da visão e as lentes corretoras. 2 Habilidade Reconhecer características ou propriedades dos instrumentos ópticos e a óptica da visão,

Leia mais

Introdução redes sociais mulheres Digg

Introdução redes sociais mulheres Digg O século XIX ficou conhecido como o século europeu; o XX, como o americano. O século XXI será lembrado como o Século das Mulheres. (Tsvi Bisk, Center for Strategic Futurist Thinking, 2008) A Sophia Mind,

Leia mais

Todo o conjunto que compõe a visão humana é chamado globo ocular.

Todo o conjunto que compõe a visão humana é chamado globo ocular. Olho humano O olho humano é um sistema óptico complexo, formado por vários meios transparentes além de um sistema fisiológico com inúmeros componentes. Olho humano Todo o conjunto que compõe a visão humana

Leia mais

A nova Série G Solução de segurança integrada

A nova Série G Solução de segurança integrada A nova Série G Solução de segurança integrada BINBR_GSERIES_v20150508.indd 1 2015-07-07 14:54:58 Mais segurança. Mais controle. Proteja as pessoas e suas propriedades com a série G da Bosch. Para prédios

Leia mais

Estrutura do OLHO HUMANO:

Estrutura do OLHO HUMANO: ÓPTICA DA VISÃO Estrutura do OLHO HUMANO: É um fino tecido muscular que tem, no centro, uma abertura circular ajustável chamada de pupila. Ajustam a forma do cristalino. Com o envelhecimento eles perdem

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA A2/ II BIM15 LENTES PARE II

LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA A2/ II BIM15 LENTES PARE II Aparecida de Goiânia, de de 205. Aluno (a): nº Série: 2 Ano Turma: Professor (a): Cristiano C. Gonçalves (cristiano_fisica@hotmail.com) LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA A2/ II BIM5 LENTES PARE II Vergência

Leia mais

A TECNOLOGIA REINVENTOU COMO CONSUMIDORES ASSISTEM TV

A TECNOLOGIA REINVENTOU COMO CONSUMIDORES ASSISTEM TV A TECNOLOGIA REINVENTOU COMO CONSUMIDORES ASSISTEM TV Como deve ser a resposta da Medição de Audiência? O DESAFIO NÃO É A FALTA DE DADOS DE AUDIÊNCIA. O DESAFIO É COMBINAR OS DADOS DE UMA FORMA QUE NOS

Leia mais

Roteiro. Coordenador do curso Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto. Autor Professor Conteudista Rafael Moralez

Roteiro. Coordenador do curso Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto. Autor Professor Conteudista Rafael Moralez Roteiro 1 Coordenador do curso Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto Autor Professor Conteudista Rafael Moralez PACC Programa Anual de Capacitação Continuada Curso: Produção de Vídeo. de Massetto, F. I.,

Leia mais

Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*)

Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*) Solução de Segurança patrimonial com a tecnologia RFID(*) (*) - RFID Identificação por Rádio Freqüência Usa antenas que lêem e gravam informações em chips, para monitoramento de ativos pessoas ou objetos

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA COLÉGIO ESTADUAL VICENTE RIJO Ensino Fundamental, Médio e Profissional. Av. Juscelino Kubitscheck, 2372. Londrina Paraná Fone: (43) 3323-7630 / 3344-1756 / 3334-0364 www.vicenterijo@sercomtel.com.br CURSO

Leia mais

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo.

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Desafios da vigilância por vídeo hoje O mercado de vigilância por vídeo está crescendo, impulsionado por preocupações de segurança

Leia mais

Conectando sonhos e negócios.

Conectando sonhos e negócios. Conectando sonhos e negócios. Quem somos Somos uma agência com sede em Porto Alegre, que tem como objetivo abraçar todos os desafios de planejamento, criação e execução de ideias daqueles que transformam

Leia mais

MÚLTIPLAS TELAS PARA MÚLTIPLOS MOMENTOS

MÚLTIPLAS TELAS PARA MÚLTIPLOS MOMENTOS MÚLTIPLAS TELAS PARA MÚLTIPLOS MOMENTOS CONSUMIDOR TEM UM NOVO COMPORTAMENTO DE MÍDIA E ISSO IMPACTA AS ESTRATÉGIAS DE TV POR ASSINATURA, UMA MÍDIA SEGMENTADA POR NATUREZA. ATENDER A DEMANDAS E PERFIS

Leia mais

Como estudar o SIPIA CT

Como estudar o SIPIA CT Como estudar o SIPIA CT Versão 1.0 Índice 1. Introdução... 2 2. O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)... 2 3. Recursos do AVA... 4 3.1. Fórum de dúvidas e discussões... 5 3.2. Apostila Eletrônica...

Leia mais

76 Anos Educando para a Vida. Os usos e abusos da internet

76 Anos Educando para a Vida. Os usos e abusos da internet CIANSP - COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Rua Monsenhor Domingos Pinheiro, 35 Calafate/BH Fone: (31) 3334 6913 - coorden acao@colegiopied ade.co m.b r 76 Anos Educando para a Vida DISCIPLINA: REDAÇÃO PROFESSOR(A):SANDRA

Leia mais

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 EXPOSIÇÕES Exposições Permanentes Exposições Temporárias Vencer a Distância - Cinco Séculos de Comunicações em Portugal História dos Correios e Telecomunicações

Leia mais

Preparativos iniciais

Preparativos iniciais Manual Stone Mobile ÍNDICE 03 03 04 04 05 06 07 07 08 08 09 11 Preparativos iniciais Instalação do Aplicativo Realizando seu cadastro Funções do Aplicativo Enviando uma transação Lista de Transações Realizadas

Leia mais

A VARILUX PARA A VIDA DIGITAL

A VARILUX PARA A VIDA DIGITAL PRCISÃO CONFORTO PR O USO D TLS DIGITIS VRILUX PR VID DIGITL z azul-violeta, está presente em ambientes internos, na luz artificial, e em ambientes externos. ntramos a luz artificial na maioria dos equipamentos

Leia mais

Guia de Instalação do ponto de acesso Powerline 500 Sem Fio XWNB5201

Guia de Instalação do ponto de acesso Powerline 500 Sem Fio XWNB5201 Guia de Instalação do ponto de acesso Powerline 500 Sem Fio XWNB5201 Suporte Técnico Agradecemos por escolher os produtos NETGEAR. Após instalar o dispositivo, localize o número de série no rótulo do produto

Leia mais

Informativo de Versão 18.09cb

Informativo de Versão 18.09cb Informativo de Versão 18.09cb Índice Resulth Business... 3 Movimento Cobrança Eletrônica / Remessa (Chamado 23025)... 3 Movimento Digitação e Emissão NF-e (Chamado 23538)... 4 Cadastro de Produtos (Chamado

Leia mais

Total Retail 2015 O varejo e a era da disrupção

Total Retail 2015 O varejo e a era da disrupção www.pwc.com.br/varejo-e-consumo O varejo e a era da disrupção Junho/2015 Sérgio D Ávila Reino Unido Dinamarca Rússia Canadá França Alemanha Turquia EUA Itália Suíça China/Hong Kong Bélgica Oriente Médio

Leia mais

Conectores de Vídeo Radiofreqüência (RF)

Conectores de Vídeo Radiofreqüência (RF) 15 Conectores de Vídeo Existem vários tipos de conexões de vídeo que você pode encontrar no PC e em aparelhos eletrônicos como TVs, aparelhos de DVD e videoprojetores. Apesar de a finalidade geral desses

Leia mais

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR EXERCÍCIOS LENTES E VISÃO

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR EXERCÍCIOS LENTES E VISÃO PRÉ VESTIBULAR Física / / PRÉ-VESTIBULAR Aluno: Nº: Turma: EXERCÍCIOS LENTES E VISÃO 01. Sherlock Holmes neste dia usava seu cachimbo e uma instrumento ótico que permitia uma análise ainda mais nítida

Leia mais

PROPOSTA DE MERCHANDISING

PROPOSTA DE MERCHANDISING 03 a 06 setembro 2013 Brasília DF ALGODÃO GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE RESULTADOS PROPOSTA DE MERCHANDISING SUCESSO DE MAIS DE 20 ANOS DE EXPERIÊNCIA UM GRANDE PONTO DE ENCONTRO ENTRE PESSOAS E RESULTADOS SERÃO

Leia mais

DuraVision Platinum. Veja mais. Viva mais. Lentes de alta precisão ZEISS. O tratamento antirreflexo mais resistente de todos os tempos*

DuraVision Platinum. Veja mais. Viva mais. Lentes de alta precisão ZEISS. O tratamento antirreflexo mais resistente de todos os tempos* DuraVision Platinum abril/2012 *Comparado aos atuais antirreflexos da Carl Zeiss Vision O tratamento antirreflexo mais resistente de todos os tempos* Veja mais. Viva mais. Lentes de alta precisão. Líder

Leia mais

ILUMINAÇÃO NA ARQUITETURA. Prof. Arq. Minéia Johann Scherer

ILUMINAÇÃO NA ARQUITETURA. Prof. Arq. Minéia Johann Scherer NA ARQUITETURA Prof. Arq. Minéia Johann Scherer Objetivo da iluminação em atividades laborativas e produtivas: Obtenção de boas condições de visão associadas à visibilidade, segurança e orientação dentro

Leia mais

GABARITO. Física B 07) 56 08) A 09) E. Nas lentes divergentes as imagens serão sempre virtuais. 10) A

GABARITO. Física B 07) 56 08) A 09) E. Nas lentes divergentes as imagens serão sempre virtuais. 10) A Física B Extensivo V. 4 Exercícios 0) V V V V F 0. Verdadeiro. Lentes, disositivos que ormam imagem usando essencialmente as leis da reração. 0. Verdadeiro. Eselhos vértice, oco, centro de curvatura. Lentes:

Leia mais

Quantas vezes o olho humano pisca, por minuto?

Quantas vezes o olho humano pisca, por minuto? Quantas vezes o olho humano pisca, por minuto? Em uma conversa, os interlocutores piscam uma média de 22 vezes por minuto. Quando alguém lê, a frequência desta piscadela se produz 12 a 15 vezes por minuto.

Leia mais

Redação do Enem deve conter no mínimo sete linhas

Redação do Enem deve conter no mínimo sete linhas Redação do Enem deve conter no mínimo sete linhas Texto pode ser anulado pelos corretores mesmo que apresente conteúdo relacionado ao tema proposto. A redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deve

Leia mais

COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET

COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET Comece a trabalhar com a internet Trabalhar na internet se tornou um dos principais focos das pessoas nos dias atuais devido a possibilidade de operar em mercados distintos

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Smart tv insights 2015 UM ESTUDO SOBRE O MERCADO DE SMART TV E AS MUDANÇAS NO CONSUMO DE TV NO BRASIL.

Smart tv insights 2015 UM ESTUDO SOBRE O MERCADO DE SMART TV E AS MUDANÇAS NO CONSUMO DE TV NO BRASIL. Smart tv insights 2015 UM ESTUDO SOBRE O MERCADO DE SMART TV E AS MUDANÇAS NO CONSUMO DE TV NO BRASIL. RESULTADOS BRASIL APOIO realização 1/21/2016 FATORES-CHAVE BRASIL #1 Os 91% dos proprietários de Smart

Leia mais

Eu não nasci de óculos!

Eu não nasci de óculos! A U A UL LA Eu não nasci de óculos! Enquanto Roberto conversa com Gaspar, Ernesto coloca os óculos de Roberto e exclama: - Puxa, estou enxergando tudo embaralhado. Tudo meio turvo! - É como você tivesse

Leia mais

COLABORAÇÃO COMPLETA PARA O MIDMARKET

COLABORAÇÃO COMPLETA PARA O MIDMARKET COLABORAÇÃO COMPLETA PARA O MIDMARKET Você está realmente conectado? Esse é o desafio atual no panorama dos negócios virtuais e móveis, à medida que as empresas se esforçam para ter comunicações consistentes

Leia mais

Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br

Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br HUMANIZAÇÃO NO SERVIÇO ODONTOLÓGICO Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br É a proposta de uma nova relação entre usuário, os profissionais que o atendem e os serviços. Todos

Leia mais

AGE CONTRA OS EFEITOS NOCIVOS DA LUZ AZUL-VIOLETA LENTE CRIZAL PREVENCIA PROTEÇÃO EFICAZ PARA A SAÚDE DOS SEUS OLHOS.

AGE CONTRA OS EFEITOS NOCIVOS DA LUZ AZUL-VIOLETA LENTE CRIZAL PREVENCIA PROTEÇÃO EFICAZ PARA A SAÚDE DOS SEUS OLHOS. AGE CONTRA OS EFEITOS NOCIVOS DA LUZ AZUL-VIOLETA LENTE CRIZAL PREVENCIA PROTEÇÃO EFICAZ PARA A SAÚDE DOS SEUS OLHOS. LUZ E SAÚDE OCULAR Diversos estudos comprovam o papel crucial da luz na saúde dos seus

Leia mais

Aula 01. Revisão Final. Julio Cesar

Aula 01. Revisão Final. Julio Cesar Aula 01 Revisão Final Julio Cesar 07. (ENEM/2010) As ondas eletromagnéticas, como a luz visível e as ondas de rádio, viajam em linha reta em um meio homogêneo. Então, as ondas de rádio emitidas na região

Leia mais

A TV INVADIU A REALIDADE.

A TV INVADIU A REALIDADE. A TV INVADIU A REALIDADE. SUA EMOÇÃO ACABA DE GANHAR AINDA MAIS REALIDADE. É A SUA SKY COM QUALIDADE DE IMAGEM E SOM IMPRESSIONANTES. A partir de agora, você tem nas mãos a maior evolução da TV por assinatura.

Leia mais

Deficiência Visual Cortical

Deficiência Visual Cortical Deficiência Visual Cortical A deficiência Visual Cortical se refere a uma condição do Cérebro e não uma condição do olho e é o resultado das lesões no Cérebro e no Sistema Visual no que se refere ao processo

Leia mais

ÓPTICA GEOMÉTRICA ÓPTICA REFLEXÃO MEIOS DE PROPAGAÇÃO DA LUZ CORPOS TRANSPARENTES CORPOS TRANSLÚCIDOS CORPOS OPACOS

ÓPTICA GEOMÉTRICA ÓPTICA REFLEXÃO MEIOS DE PROPAGAÇÃO DA LUZ CORPOS TRANSPARENTES CORPOS TRANSLÚCIDOS CORPOS OPACOS 12. Num calorímetro de capacidade térmica 8,0 cal/ o C inicialmente a 10º C são colocados 200g de um líquido de calor específico 0,40 cal/g. o C. Verifica-se que o equilíbrio térmico se estabelece a 50º

Leia mais

Introdução. A essas e outras questões serão respondidas durante nosso encontro.

Introdução. A essas e outras questões serão respondidas durante nosso encontro. Introdução Milhares de trabalhadores precisam exercer suas atividades utilizando óculos com lentes corretivas ao mesmo tempo que precisam usar óculos de segurança para se proteger contra os riscos inerentes

Leia mais

Prevenção ao uso de drogas na escola: o que você pode fazer?

Prevenção ao uso de drogas na escola: o que você pode fazer? Prevenção ao uso de drogas na escola: o que você pode fazer? O educador pode contribuir para prevenir o abuso de drogas entre adolescentes de duas formas básicas: incentivando a reflexão e a adoção de

Leia mais

Unidade I - Fundamentos I.1 Introdução à Computação Gráfica

Unidade I - Fundamentos I.1 Introdução à Computação Gráfica Unidade I - Fundamentos I.1 Introdução à Computação Gráfica I.1.1 Introdução Começou com Exibição de informação para plotters Telas de tubos de raios catódicos (CRT) Tem se desenvolvido Criação, armazenamento

Leia mais

Leitura de PH. 1 Configurações de Terminal

Leitura de PH. 1 Configurações de Terminal Leitura de PH Desenvolvido processo de Leitura do Coletor de PH e Leitura de Etiquetas de Rastreabilidade para o programa de Digitação de PH e a Leitura do Coletor de PH para o programa de Digitação de

Leia mais