PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS ACIDENTES OFÍDICOS NO AMAZONAS NO PERÍODO DE 2008 A 2015.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS ACIDENTES OFÍDICOS NO AMAZONAS NO PERÍODO DE 2008 A 2015."

Transcrição

1 1 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS ACIDENTES OFÍDICOS NO AMAZONAS NO PERÍODO DE 2008 A EPIDEMIOLOGICAL PROFILE OF SNAKEBITES IN THE AMAZON FROM 2008 TO RAQUEL TOMÉ DA SILVA¹ e ANA PAULA MIRANDA MUNDIM POMBO² Resumo Entre os acidentes por animais peçonhentos, aqueles envolvendo serpentes são os mais frequentes na região Amazônica. A identificação deste acidente, bem como o tipo de serpente envolvida e perfil da população é fundamental para o planejamento de medidas profiláticas. O presente estudo consiste em um estudo observacional descritivo retrospectivo baseado em dados do SINAN. Das notificações identificadas neste período, a maior parte delas ocorreu em período chuvoso, e envolvendo principalmente as serpentes do gênero Bothrops. Entre as vítimas destacam-se os indivíduos do sexo masculino. Conclui-se que o perfil epidemiológico no Amazonas não se diferencia do restante do país, em relação ao sexo da vítima, sazonalidade do acidente e gênero de serpente. Palavras-chaves: Amazonas, acidentes ofídicos e perfil epidemiológico. Abstract 1014

2 2 Among envenomations those involving snakes are the most frequent in the Amazon region. The identification of this accident and the type of snake wrapped and profile of the population is important for planning preventive measures. This study consists of a retrospective descriptive observational study based on SINAN data. Of the notifications identified in this period, most of them occurred in the rainy season, especially involving snakes Bothrops. The victims stand out from the males. We conclude that the epidemiological profile in the Amazon is no different from the rest of the country, in relation to the sex of the victim, the accident seasonality and snake genre. Keywords: Amazon, snake bites and epidemiological profile. Introdução Os acidentes por serpentes são considerados um problema de saúde Pública no Brasil (Ministério da Saúde MS, 2001) há várias décadas. No entanto, passaram a ser um agravo de notificação obrigatória somente a partir do ano de 1986, o que permitiu uma melhor compreensão de sua epidemiologia (Rojas et al., 2007). Na América do Sul, o Brasil é o país com maior número de acidentes com cerca de casos por ano, seguido pelo Peru (4.500), Venezuela (2.500 a 3.000), Colômbia (2.675), Equador (1.200 a 1.400) e Argentina (1.150 a 1.250) (Warrel, 2004). No Brasil, as regiões com maior incidência de acidentes ofídicos por habitantes são as regiões centro-oeste e norte (Araujo et al., 2003). A região Norte registra a maior incidência do país (52.6/ habitantes) (Brasil, 2008). 1015

3 3 Material e Métodos Trata-se de um estudo observacional descritivo, em que foram analisados, de maneira retrospectiva, informações sobre os acidentes ofídicos no Estado do Amazonas. Foi abarcada no estudo a população que tenha sido vítima de acidente ofídico e tenha sido inserida no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). Resultados e Discussão No período de 2008 a 2015 foram notificados casos de acidentes ofídicos no Amazonas, possuindo uma incidência de 2,76/1.000 habitantes. O ano de 2013 apresentou a maior frequência de notificação. O município de São Gabriel da Cachoeira, distante km de Manaus, predominou nos 5 primeiros anos de estudo, há relatos de que picadas de cobras matam 25 vezes mais no município que em qualquer outro lugar do Brasil. Há relatos que o veneno da jararaca originária do Rio Negro tem potência 30 vezes maior do que o da encontrada no Estado de São Paulo, o que reduziria a ineficácia do soro produzido no Brasil, que se destina a um uso em geral. O município de Uarini, 570 km distante da Capital, predominou nos anos de 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013, e segundo Guedes et al., (2011), o município trata-se de um conglomerado de alto risco para os acidentes ofídicos, sabese que o município é parcialmente povoado por indígenas. Os meses com maior ocorrência de acidentes foram: Janeiro, Fevereiro, Março, Abril e Maio, tratam-se do período de inverno amazonense, e de acordo com os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), tratam-se dos meses com maior precipitação pluviométrica. Relacionam-se os fatores climáticos e o aumento da 1016

4 4 atividade humana no campo à elevação de ocorrência de tais acidentes. O gênero de serpente com maior incidência foi Bothrops (67%), seguido de Lachesis (22%). O gênero Micrurus raramente causa acidentes na Região Amazônia (Guedes et al., 2011). Foram mais acometidas pessoas do sexo masculino (78%). A maioria destes acidentes ocorre com trabalhadores rurais do sexo masculino (Bochner & Struchiner, 2003), as serpentes não apresentam interesse em picar uma pessoa e, quando fazem isso, é para se defenderem. E no Brasil, nenhuma espécie peçonhenta vem intencionalmente até uma pessoa para picá-la, são as pessoas que não percebem a presença da cobra e se aproximam dela. Por isso, toda atenção é recomendada quando estamos nos habitats desses animais (Bernarde, 2009). Conclusão O perfil epidemiológico no Amazonas não se diferencia do encontrado no restante do país, constata-se a relação dos acidentes com a precipitação pluviométrica e cheia dos rios. Referências Bibliográficas ARAUJO, F.A.A.; SANTALUCIA, M.; CABRAL, R.F. Epidemiologia dos acidentes por animais peçonhentos. In: CARDOSO J.L.C., SIQUEIRA FRANÇA F.O., WEN F.H., SANT ANA MALAQUE C.M., HADDAD V. J. Animais peçonhentos no Brasil: biologia, clínica e terapêutica dos acidentes. São Paulo: Sarvier, p BERNARDE, P.S.; Acidentes Ofídicos. Universidade Federal do Acre,

5 5 BOCHNER, R.; STRUCHINER, C.J.; Epidemiologia dos acidentes ofídicos nos últimos 100 anos no Brasil: uma revisão. Cad. Saúde Pública, 19(1): BRASIL, Sistema Nacional de Vigilância em Saúde. Mato Grosso do Sul, MS. BRASIL. Ministério da Saúde. FUNASA. Fundação Nacional da Saúde. Manual de diagnóstico e tratamento de acidentes por animais peçonhentos. 2 ed. Brasília, p. GUEDES, W.C.; AMORIM, G.B.; NUNES, G.G.; Uma análise puramente espacial para os casos de acidentes por animais peçonhentos no estado do Amazonas. Anais 42 Reunião Regional da Associação Brasileira de Estatística, PINHO, F.M.O.; PEREIRA, I.D. Ofidismo: artigo de revisão. Revista 11 da Associação Médica Brasileira, São Paulo, SP, v.47, n.1, p-24-29, ROJAS, C. A.1; GONÇALVES, M. R.; ALMEIDA-SANTOS, S. M.; Epidemiologia dos acidentes ofídicos na região noroeste do estado de São Paulo, Brasil. Rev. Bras. Saúde Prod. An., v.8, n.3, p , jul/set, WARREL, D.A. Snakebites in Central and South America: epidemiology, clinical features, and clinical management. In: CAMPBELL J.A., LAMAR W.W. The venomous reptiles of the Western Hemisphere. New York: Cornell University Press, p

ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA, RJ. Palavras-chave: Animais peçonhentos; Acidentes. Mangaratiba. Rio de Janeiro.

ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA, RJ. Palavras-chave: Animais peçonhentos; Acidentes. Mangaratiba. Rio de Janeiro. Revista Eletrônica Novo Enfoque, ano 2012, v. 15, edição especial, p. 07 15 ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA, RJ CARDOSO, Carlos Ferreira de Lima 1 SOARES, Marcelo de Araújo

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE ACIDENTES OFÍDICOS EM MACHADO, MINAS GERAIS, BRASIL. David Júnior Gomes de Almeida

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE ACIDENTES OFÍDICOS EM MACHADO, MINAS GERAIS, BRASIL. David Júnior Gomes de Almeida PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE ACIDENTES OFÍDICOS EM MACHADO, MINAS GERAIS, BRASIL David Júnior Gomes de Almeida Graduado em Biologia no IFSULDEMINAS Campus Machado/MG. Pós-Graduando em Meio Ambiente e Engenharia

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO COM ACIDENTES OFÍDICOS NA REGIÃO DE ITAPEVA-SP DO ANO DE 2007 A 2012

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO COM ACIDENTES OFÍDICOS NA REGIÃO DE ITAPEVA-SP DO ANO DE 2007 A 2012 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO COM ACIDENTES OFÍDICOS NA REGIÃO DE ITAPEVA-SP DO ANO DE 2007 A 2012 Suzuki, Cristiane Emiko Discente do curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva

Leia mais

ESCORPIOFAUNA EM MATA DE GALERIA NA AMAZÔNIA ORIENTAL

ESCORPIOFAUNA EM MATA DE GALERIA NA AMAZÔNIA ORIENTAL ESCORPIOFAUNA EM MATA DE GALERIA NA AMAZÔNIA ORIENTAL Moutinho, C. S. (1,2) ; Peniche, T. S. (1,2) ; Sidônio, I. A. P. (1,2) ; Nascimento, F. A. (1,2) ; Ferreira, R. M. A. (1,2) ; Caldas, E. M. (1,2) ;

Leia mais

SERPENTES RESPONSÁVEIS POR ENVENENAMENTOS NO BRASIL

SERPENTES RESPONSÁVEIS POR ENVENENAMENTOS NO BRASIL SERPENTES RESPONSÁVEIS POR ENVENENAMENTOS NO BRASIL A seguir serão apresentadas listas (tabelas 1, 2, 3 e 4) com os nomes científicos/família, nomes populares das serpentes incluindo também dados de distribuição

Leia mais

Caracterização dos acidentes escorpiônicos em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 2005 a 2009

Caracterização dos acidentes escorpiônicos em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 2005 a 2009 NOTA RESEARCH NOTE 1785 Caracterização dos acidentes escorpiônicos em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 2005 a 2009 Epidemiological study of scorpion stings in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil,

Leia mais

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO MONITORAMENTO HIDROLÓGICO 2015 Boletim Nº. 03 23/01/2015 Boletim de acompanhamento - 2015 1. Comportamento das Estações monitoradas De acordo com a figura 01 e as tabelas I e II, em termos estatísticos,

Leia mais

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO MONITORAMENTO HIDROLÓGICO 2015 Boletim Nº. 31 14/08/2015 Boletim de acompanhamento - 2015 1. Comportamento das Estações monitoradas De acordo com a figura 01 e as tabelas I e II, em termos estatísticos,

Leia mais

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO MONITORAMENTO HIDROLÓGICO 2013 Boletim n o. 32 19/09/2013 Boletim de acompanhamento - 2013 1. Figura 01: Mapa de estações estratégicas 2. Comportamento das Estações monitoradas De acordo com as tabelas

Leia mais

Aspectos epidemiológicos dos acidentes ofídicos ocorridos no Estado de Roraima, Brasil, entre 1992 e 1998

Aspectos epidemiológicos dos acidentes ofídicos ocorridos no Estado de Roraima, Brasil, entre 1992 e 1998 NOTA RESEARCH NOTE 271 Aspectos epidemiológicos dos acidentes ofídicos ocorridos no Estado de Roraima, Brasil, entre 1992 e 1998 Epidemiological characteristics of snakebites in the State of Roraima, Brazil,

Leia mais

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO

MONITORAMENTO HIDROLÓGICO MONITORAMENTO HIDROLÓGICO 2015 Boletim Nº. 04 30/01/2015 Boletim de acompanhamento - 2015 1. Comportamento das Estações monitoradas De acordo com a figura 01 e as tabelas I e II, em termos estatísticos,

Leia mais

EXPERIÊNCIA DO CROAM EM FISCALIZAÇÃO NAS ÁREAS DE FRONTEIRAS

EXPERIÊNCIA DO CROAM EM FISCALIZAÇÃO NAS ÁREAS DE FRONTEIRAS EXPERIÊNCIA DO CROAM EM FISCALIZAÇÃO NAS ÁREAS DE FRONTEIRAS EXPERIÊNCIA DO CROAM EM FISCALIZAÇÃO NAS ÁREAS DE FRONTEIRAS. O Estado do Amazonas possui dimensões continentais e particularidades impressionantes

Leia mais

AÇÃO DA PEDRA PRETA (CARVÃO ANIMAL) SOBRE O EFEITO LET AL DO VENENO DA SERPENTE Bothrops atrox

AÇÃO DA PEDRA PRETA (CARVÃO ANIMAL) SOBRE O EFEITO LET AL DO VENENO DA SERPENTE Bothrops atrox AÇÃO DA PEDRA PRETA (CARVÃO ANIMAL) SOBRE O EFEITO LET AL DO VENENO DA SERPENTE Bothrops atrox Venina Vale' Jane Raquel Silva de Oliveira' Maria Célia Pires Costa" Marilene Oliveira da Rocha Borges'" Antônio

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS RÉPTEIS CARACTERÍSTICAS GERAIS Répteis do latim REPTARE= RASTEJAR. Têm cerca de 7 mil espécies. Surgiram há cerca de 300 milhões de anos. Vivem em ambientes terrestres (secos) ou alguns são aquáticos.

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE ACIDENTES OFÍDICOS EM MACHADO/MG NO TRIÊNIO E SUA RELAÇÃO COM A ESCOLARIDADE DOS ENVOLVIDOS.

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE ACIDENTES OFÍDICOS EM MACHADO/MG NO TRIÊNIO E SUA RELAÇÃO COM A ESCOLARIDADE DOS ENVOLVIDOS. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CÂMPUS MACHADO DAVID JÚNIOR GOMES DE ALMEIDA PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE ACIDENTES OFÍDICOS EM MACHADO/MG NO TRIÊNIO 2007 2010 E

Leia mais

PROGNÓSTICO DE VERÃO

PROGNÓSTICO DE VERÃO 1 PROGNÓSTICO DE VERÃO (Janeiro, Fevereiro e Março de 2002). O Verão terá início oficial às 17h21min (horário de verão) do dia 21 de dezembro de 2001 e estender-se-á até às 16h15min do dia 20 de março

Leia mais

ASPECTOS BIOLÓGICOS NA AVALIAÇÃO DOS ACIDENTES CAUSADOS POR COBRAS CORAIS NO BRASIL

ASPECTOS BIOLÓGICOS NA AVALIAÇÃO DOS ACIDENTES CAUSADOS POR COBRAS CORAIS NO BRASIL iv PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MESTRADO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E SAÚDE ASPECTOS BIOLÓGICOS NA AVALIAÇÃO

Leia mais

Acidentes por raias (Potamotrygonidae) em quatro comunidades da Área de Proteção Ambiental-APA do rio Curiaú, Macapá-AP

Acidentes por raias (Potamotrygonidae) em quatro comunidades da Área de Proteção Ambiental-APA do rio Curiaú, Macapá-AP BIOTA AMAZÔNIA ARTIGO Acidentes por raias (Potamotrygonidae) em quatro comunidades da Área de Proteção Ambiental-APA do rio Curiaú, Macapá-AP Júlio César Sá-Oliveira, Eduardo Augusto Costa, Francineide

Leia mais

Assustadores e Venenosos

Assustadores e Venenosos Assustadores e Venenosos Assustado e chocado com as plantas tóxicas? Agora o temor e o choque serão ainda maiores. Nos próximos slides, os três animais peçonhentos mais famosos e perigosos que existem

Leia mais

2º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SAÚDE E AMBIENTE 19-22 de outubro de 2014 Belo Horizonte MG. EIXO 1: Desenvolvimento socioeconômico e conflitos territoriais

2º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SAÚDE E AMBIENTE 19-22 de outubro de 2014 Belo Horizonte MG. EIXO 1: Desenvolvimento socioeconômico e conflitos territoriais 2º SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SAÚDE E AMBIENTE 19-22 de outubro de 2014 Belo Horizonte MG EIXO 1: Desenvolvimento socioeconômico e conflitos territoriais Caracterização da população do campo, floresta e águas:

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR JANEIRO 75 0 75 2 73 1440 0 1440 104 1336 7 0 7 5 2 119 0 119 1 118 293 0 293 11 282 225 0 225 5 220 2 0 2 0 2 116 0 116 4 112 Página 1 de 12 FEVEREIRO 73 0 73 2 71 1336 0 1336 385 951 2 0 2 2 0 118 0

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR. Planilha Controle de Estoque - Materiais de Limpeza - 2013 ESTOQUE ANTERIOR

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR. Planilha Controle de Estoque - Materiais de Limpeza - 2013 ESTOQUE ANTERIOR JANEIRO 20 0 20 1 19 13 0 13 0 13 0 5 5 0 5 16 0 16 1 15 17 0 17 0 17 5 0 5 2 3 20 0 20 2 18 107 0 107 5 102 59 0 59 1 58 23 0 23 1 22 215 0 215 7 208 60 0 60 1 59 5 0 5 0 5 5 0 5 1 4 Página 1 de 12 FEVEREIRO

Leia mais

Aspectos ecológicos e epidemiológicos de acidentes ofídicos em comunidades ribeirinhas do baixo rio Purus, Amazonas, Brasil

Aspectos ecológicos e epidemiológicos de acidentes ofídicos em comunidades ribeirinhas do baixo rio Purus, Amazonas, Brasil Aspectos ecológicos e epidemiológicos de acidentes ofídicos em comunidades ribeirinhas do baixo rio Purus, Amazonas, Brasil Fabiano WALDEZ 1, 3, Richard C. VOGT 2 RESUMO Acidentes ofídicos foram registrados

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 FREQUÊNCIA DE HEMOPARASITOSES EM CÃES NA REGIÃO SUL FLUMINENSE RJ PEDRO HENRIQUE EVANGELISTA GUEDES 1, ANA PAULA MARTINEZ DE ABREU 2, THIAGO LUIZ PEREIRA MARQUES 2, PATRÍCIA DA COSTA 1 1 Alunos de curso

Leia mais

Estudo do perfil docente nos cursos de odontologia da região Sul

Estudo do perfil docente nos cursos de odontologia da região Sul Estudo do perfil docente nos cursos de odontologia da região Sul lu c a s Pr e u s s l e r d o s sa n T o s 1 da n i e l e si g a l li n h a r e s 1 Ta l ita ca r n i e l 2 ca r lo s al B e r T o Fe l

Leia mais

MAPEAMENTO DAS DOENÇAS EPIDÊMICAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA PARA O MUNICÍPIO DE VITÓRIA - ES

MAPEAMENTO DAS DOENÇAS EPIDÊMICAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA PARA O MUNICÍPIO DE VITÓRIA - ES UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Humanas e Naturais CCHN Departamento de Geografia DEFESA DE MONOGRAFIA MAPEAMENTO DAS DOENÇAS EPIDÊMICAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA PARA O MUNICÍPIO

Leia mais

Bula com informações ao Paciente soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético. solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Bula com informações ao Paciente soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético. solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético APRESENTAÇÃO O soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético,

Leia mais

GEOGRAFIA DE MATO GROSSO DO SUL

GEOGRAFIA DE MATO GROSSO DO SUL MARCUS CAVALCANTE GEOGRAFIA DE MATO GROSSO DO SUL TEORIA 70 QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS, VESTIBULARES E EXERCÍCIOS PROPOSTOS GABARITADOS Teoria e Seleção das Questões: Prof. Marcus Cavalcante Organização

Leia mais

ESTUDO RETROSPECTIVO DA DENGUE NO DISTRITO FEDERAL

ESTUDO RETROSPECTIVO DA DENGUE NO DISTRITO FEDERAL ESTUDO RETROSPECTIVO DA DENGUE NO DISTRITO FEDERAL Fabiana Marques Caixeta 1 Juliana Patrícia Ferraz de Souza Guedes 2 1 Biomédica. Aluna da Pós-Graduação em Vigilância Sanitária pelo IFAR/PUC-GO. 2 Bióloga.

Leia mais

Acidentes por animais peçonhentos e uso racional de soros antiveneno.

Acidentes por animais peçonhentos e uso racional de soros antiveneno. Acidentes por animais peçonhentos e uso racional de soros antiveneno. Nota Técnica 1 OBJETO Uso racional de soros antivenenos e atualizações dos protocolos de manejo dos acidentes por animais peçonhentos.

Leia mais

ANÁLISE DOS DADOS DE REANÁLISE DA PRECIPITAÇÃO MENSAL NO PERÍODO DE 62 ANOS NO MUNICÍPIO DE IBATEGUARA-AL

ANÁLISE DOS DADOS DE REANÁLISE DA PRECIPITAÇÃO MENSAL NO PERÍODO DE 62 ANOS NO MUNICÍPIO DE IBATEGUARA-AL ANÁLISE DOS DADOS DE REANÁLISE DA PRECIPITAÇÃO MENSAL NO PERÍODO DE 62 ANOS NO MUNICÍPIO DE IBATEGUARA-AL Kedyna Luanna Tavares Bezerra 1, Nayara Arroxelas dos Santos 2, Adriana de Souza Costa², Anderlan

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 AGRAVOS POR MORDEDURAS DE CÃES EM CAMPUS UNIVERSITÁRIO, CURITIBA-PR INJURIES BY BITING DOGS IN UNIVERSITY CAMPUS, CURITIBA CITY, BRAZIL MAYSA PELLIZZARO 1, GRAZIELA RIBEIRO DA CUNHA 2, ANA CAROLINA YAMAKAWA

Leia mais

Biomas Brasileiros. www.tiberiogeo.com.br A Geografia Levada a Sério

Biomas Brasileiros. www.tiberiogeo.com.br A Geografia Levada a Sério Biomas Brasileiros FLORESTA AMAZÔNICA Solos com limitações quanto à fertilidade natural. Características Localiza-se: Região Norte; parte do norte do Mato Grosso e Goiás; e parte oeste do Maranhão; O maior

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DA VARIABILIDADE INTERANUAL DAS VAZÕES MÉDIAS MENSAIS NA AMERICA DO SUL

CARACTERIZAÇÃO DA VARIABILIDADE INTERANUAL DAS VAZÕES MÉDIAS MENSAIS NA AMERICA DO SUL CARACTERIZAÇÃO DA VARIABILIDADE INTERANUAL DAS VAZÕES MÉDIAS MENSAIS NA AMERICA DO SUL Julián D. Rojo 1, Nelson J. Ferreira 2, Oscar J. Mesa 1 1 UN Medellín Colômbia, 2 CPTEC/INPE - Cachoeira Paulista

Leia mais

Os trabalhadores da agropecuária desenvolvem

Os trabalhadores da agropecuária desenvolvem FEVEREIRO/ 2012 Edição nº4, ano 2 FEVEREIRO/ 2012 Edição nº4, ano 2 ACIDENTES DE TRABALHO DEVIDO À INTOXICAÇÃO POR AGROTÓXICOS ENTRE TRABALHADORES DA AGROPECUÁRIA 2000-2011 INFORME DO CENTRO COLABORADOR

Leia mais

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R:

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R: Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 7 ANO A Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1-(1,0) A paisagem brasileira está dividida em domínios morfoclimáticos.

Leia mais

Não ficam longe da água. Respiram também pela pele. Ajudam a controlar a população de moscas e mosquitos. primeiras vítimas do desequilíbrio.

Não ficam longe da água. Respiram também pela pele. Ajudam a controlar a população de moscas e mosquitos. primeiras vítimas do desequilíbrio. Não ficam longe da água. Respiram também pela pele. Ajudam a controlar a população de moscas e mosquitos. primeiras vítimas do desequilíbrio. Brasil: 776 espécies no total. O Rio Grande do Sul: 95 espécies

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE PPGICS ICICT/ FIOCRUZ

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE PPGICS ICICT/ FIOCRUZ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE PPGICS ICICT/ FIOCRUZ Claudio Machado Acidentes crotálicos no Estado do Rio de Janeiro: há problemas de informação? Orientador: Dra Rosany

Leia mais

ANÁLISE TERMOPLUVIOMÉTRICA E BALANÇO HÍDRICO CLIMATOLÓGICO DOS DADOS DA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA DO PEIXE TO

ANÁLISE TERMOPLUVIOMÉTRICA E BALANÇO HÍDRICO CLIMATOLÓGICO DOS DADOS DA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA DO PEIXE TO ANÁLISE TERMOPLUVIOMÉTRICA E BALANÇO HÍDRICO CLIMATOLÓGICO DOS DADOS DA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA DO PEIXE TO TATIANA DINIZ PRUDENTE 1 ALINE DE FREITAS ROLDÃO 2 ROBERTO ROSA 3 Resumo: O presente trabalho tem

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SAÚDE ESCOLAR NAS ÁREAS PRIORITÁRIAS DA PREVENÇÃO DE COMPORTAMENTOS DE RISCO POR MEIO DO PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

INTERVENÇÃO DE SAÚDE ESCOLAR NAS ÁREAS PRIORITÁRIAS DA PREVENÇÃO DE COMPORTAMENTOS DE RISCO POR MEIO DO PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA INTERVENÇÃO DE SAÚDE ESCOLAR NAS ÁREAS PRIORITÁRIAS DA PREVENÇÃO DE COMPORTAMENTOS DE RISCO POR MEIO DO PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA RECART JUNIOR Marco Aurelio Rispoli 1, RIOS Andressa Oliveira 2,RODRIGUES

Leia mais

Perfil epidemiológico de acidentes ofídicos do Estado do Amapá

Perfil epidemiológico de acidentes ofídicos do Estado do Amapá Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 42(3):329-335, mai-jun, 29 ARTIGO/ARTICLE Perfil epidemiológico de acidentes ofídicos do Estado do Amapá Epidemiological profile of snake poisoning

Leia mais

ARANEÍSMO EM ALFENAS, MINAS GERAIS, BRASIL

ARANEÍSMO EM ALFENAS, MINAS GERAIS, BRASIL ARANEÍSMO EM ALFENAS, MINAS GERAIS, BRASIL David Júnior Gomes de Almeida¹, Rafael Henrique de Alvarenga², Jovania Maria Marcolina³, Alessandra Pereira de Paula 4. 1 Especialista em Meio Ambiente e Engenharia

Leia mais

INDICADORES SOCIOAMBIENTAIS E SAÚDE NO MUNICÍPIO DE TEFÉ- AM

INDICADORES SOCIOAMBIENTAIS E SAÚDE NO MUNICÍPIO DE TEFÉ- AM INDICADORES SOCIOAMBIENTAIS E SAÚDE NO MUNICÍPIO DE TEFÉ- AM Rodrigo de Oliveira Silva Graduando em Geografia Bolsista de iniciação científica rodrigo_geo13@hotmail.com CEST/UEA Natacha Cíntia Regina Aleixo

Leia mais

Perfil epidemiológico dos acidentes ofídicos em homens

Perfil epidemiológico dos acidentes ofídicos em homens ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO Epidemiological profile of snakebites in men Perfil epidemiológico de las mordeduras de serpientes en los hombres Disponível em: http://dx.doi.org/10.12707/riii1255 Selma de Almeida

Leia mais

ACIDENTES OFÍDICOS. Dr. Paulo Sérgio Bernarde. Laboratório de Herpetologia - Centro Multidisciplinar - Campus Floresta

ACIDENTES OFÍDICOS. Dr. Paulo Sérgio Bernarde. Laboratório de Herpetologia - Centro Multidisciplinar - Campus Floresta ACIDENTES OFÍDICOS Dr. Paulo Sérgio Bernarde Laboratório de Herpetologia - Centro Multidisciplinar - Campus Floresta Universidade Federal do Acre UFAC SnakeBernarde@hotmail.com www.herpetofauna.com.br

Leia mais

PROGNÓSTICO TRIMESTRAL (Setembro Outubro e Novembro de- 2003).

PROGNÓSTICO TRIMESTRAL (Setembro Outubro e Novembro de- 2003). 1 PROGNÓSTICO TRIMESTRAL (Setembro Outubro e Novembro de- 2003). O prognóstico climático do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), órgão do Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento,

Leia mais

Amazônia : Uma Abordagem Geográfica da Dinâmica Populacional Recente. José Antonio Sena do Nascimento

Amazônia : Uma Abordagem Geográfica da Dinâmica Populacional Recente. José Antonio Sena do Nascimento Amazônia : Uma Abordagem Geográfica da Dinâmica Populacional Recente José Antonio Sena do Nascimento Jorge Kleber Teixeira Silva 1 O trabalho em questão faz parte de uma linha de pesquisa desenvolvida

Leia mais

www.tiberioge.tibe o.c rioge om.br o.c A Ge G og o r g afi f a Le L va v da d a Sério

www.tiberioge.tibe o.c rioge om.br o.c A Ge G og o r g afi f a Le L va v da d a Sério 1 FLORESTA AMAZÔNICA 2 Características Localiza-se: Região Norte; parte do norte do Mato Grosso e Goiás; e parte oeste do Maranhão; O maior bioma brasileiro ocupa, praticamente, um terço da área do País.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CAMPUS PATOS-PB

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CAMPUS PATOS-PB UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CAMPUS PATOS-PB WINÍCIUS RODRIGUES PEREIRA DE MEDEIROS REGISTROS DE ATAQUES POR ANIMAIS

Leia mais

-III Assembléia Mundial pela Saúde dos Povos PHA3. 6 a 11 de julho de 2012 Universidade de Western Cape Cape town, África do Sul

-III Assembléia Mundial pela Saúde dos Povos PHA3. 6 a 11 de julho de 2012 Universidade de Western Cape Cape town, África do Sul -III Assembléia Mundial pela Saúde dos Povos PHA3 6 a 11 de julho de 2012 Universidade de Western Cape Cape town, África do Sul EM DEFESA DA AMAZÔNIA "ambientes sociais e físicos que destroem ou promovem

Leia mais

Aspectos epidemiológicos da Leishmaniose Tegumentar Americana no município de Juína, Mato Grosso, Brasil

Aspectos epidemiológicos da Leishmaniose Tegumentar Americana no município de Juína, Mato Grosso, Brasil Artigo Original Aspectos epidemiológicos da Leishmaniose Tegumentar Americana no município de Juína, Mato Grosso, Brasil Epidemiological aspects of American Cutaneous Leishmaniasis in the city of Juína,

Leia mais

Integrando as Ações de Monitoramento e Avaliação com Avaliação para Melhoria da Qualidade da Saúde da Família no Estado do Amazonas

Integrando as Ações de Monitoramento e Avaliação com Avaliação para Melhoria da Qualidade da Saúde da Família no Estado do Amazonas Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas Integrando as Ações de Monitoramento e Avaliação com Avaliação para Melhoria da Qualidade da Saúde da Família no Estado do Amazonas Autores: Edylene Maria dos

Leia mais

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008 (continua) Produção 5 308 622 4 624 012 4 122 416 3 786 683 3 432 735 1 766 477 1 944 430 2 087 995 2 336 154 2 728 512 Consumo intermediário produtos 451 754 373 487 335 063 304 986 275 240 1 941 498

Leia mais

Nº 23 Março 2012. Perfil da Raça da População Cearense

Nº 23 Março 2012. Perfil da Raça da População Cearense Nº 23 Março 2012 Perfil da Raça da População Cearense Análise a partir dos dados do Censo Demográfico 2010 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Cid Ferreira Gomes Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho Vice Governador

Leia mais

Sazonalidade da temperatura do ar e radiação solar global em cidades de diferentes portes na Amazônia Brasileira.

Sazonalidade da temperatura do ar e radiação solar global em cidades de diferentes portes na Amazônia Brasileira. Sazonalidade da temperatura do ar e radiação solar global em cidades de diferentes portes na Amazônia Brasileira. Ingrid Monteiro Peixoto de Souza 1, Antonio Carlos Lôla da Costa 1, João de Athaydes Silva

Leia mais

Estudo de Caso : Configuração da Atmosfera na Ocorrência de Baixo Índice da Umidade Relativa do Ar no Centro-Oeste do Brasil

Estudo de Caso : Configuração da Atmosfera na Ocorrência de Baixo Índice da Umidade Relativa do Ar no Centro-Oeste do Brasil Estudo de Caso : Configuração da Atmosfera na Ocorrência de Baixo Índice da Umidade Relativa do Ar no Centro-Oeste do Brasil 1 Elizabete Alves Ferreira, Mamedes Luiz Melo 1, Josefa Morgana Viturino de

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA Instituto Nacional de Meteorologia INMET Coordenação Geral de Agrometeorologia

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MAPA Instituto Nacional de Meteorologia INMET Coordenação Geral de Agrometeorologia 1 PROGNÓSTICO DE ESTAÇÃO PARA A PRIMAVERA DE 2003 TRIMESTRE Outubro-Novembro-Dezembro. A primavera começa neste ano às 07:47h do dia 23 de setembro e vai até 05:04h (horário de Verão) de Brasília, do dia

Leia mais

MINERAÇÃO MORRO VELHO: 150 ANOS DE REGISTROS PLUVIOMÉTRICOS MORRO VELHO MINING: 150 YEARS OF RAINFALL RECORDS

MINERAÇÃO MORRO VELHO: 150 ANOS DE REGISTROS PLUVIOMÉTRICOS MORRO VELHO MINING: 150 YEARS OF RAINFALL RECORDS MINERAÇÃO MORRO VELHO: 150 ANOS DE REGISTROS PLUVIOMÉTRICOS Ruibran Januário dos Reis 1 ; Daniel Pereira Guimarães 2 ; Elena Charlotte Landau 3 Resumo Este trabalho analisou a série histórica mensal das

Leia mais

Relatório Técnico. Equipamentos de proteção individual testados através de ataque real de serpentes peçonhentas

Relatório Técnico. Equipamentos de proteção individual testados através de ataque real de serpentes peçonhentas Relatório Técnico Equipamentos de proteção individual testados através de ataque real de serpentes peçonhentas Bote de Cascavel (Crotalus durissus terrificus) Fte: Autor desconhecido São Paulo/SP Janeiro

Leia mais

MATERIAIS E METODOLOGIA

MATERIAIS E METODOLOGIA QUANTIFICAÇÃO DA PRECIPITAÇÃO E A RELAÇÃO COM A PRESSÃO ATMOSFÉRICA EM UMA ÁREA DE CULTIVO DE MANGA NO MUNICÍPIO DE CUIARANA-PA SILVA, F. M. 1 ; TORRES, C.S.C. 2 ; SOUSA, A. M. L. 3 ; NUNES, H. G. G. C.

Leia mais

PERFIL DOS ACIDENTES DE TRABALHO NO BRASIL, 2004/2007

PERFIL DOS ACIDENTES DE TRABALHO NO BRASIL, 2004/2007 PERFIL DOS ACIDENTES DE TRABALHO NO BRASIL, 2004/2007 Everton Fernando Alves Enfermeiro; Especialista em saúde do Trabalhador pela Universidade Estadual do Norte do Paraná - UNEP. E-mail: evertonando@hotmail.com

Leia mais

Scientia Amazonia, v. 1, n.3, - Revista on-line http://www.scientia.ufam.edu.br ISSN:2238.1910

Scientia Amazonia, v. 1, n.3, - Revista on-line http://www.scientia.ufam.edu.br ISSN:2238.1910 ASPECTOS DO OFIDISMO NO BRASIL E PLANTAS MEDICINAIS UTILIZADAS COMO COMPLEMENTO À SOROTERAPIA 1 Valéria Mourão de Moura 2, Rosa Helena Veras Mourão 3 Resumo Os acidentes provocados por serpentes peçonhentas

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Da Sra. Thelma de Oliveira) Art. 1º Ficam suspensas, pelo período de três anos, as autorizações para

PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Da Sra. Thelma de Oliveira) Art. 1º Ficam suspensas, pelo período de três anos, as autorizações para PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Da Sra. Thelma de Oliveira) Suspende as autorizações para queimadas e desmatamentos ou, supressão de vegetação na Amazônia Legal. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º Ficam

Leia mais

PERFIL BRASILEIRO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA FISIOTERAPIA EM ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO: REVISÃO SISTEMÁTICA

PERFIL BRASILEIRO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA FISIOTERAPIA EM ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO: REVISÃO SISTEMÁTICA PERFIL BRASILEIRO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DA FISIOTERAPIA EM ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO: REVISÃO SISTEMÁTICA DE CARVALHO, P. E.; SALVADOR, C. A.; MIRANDA, T. T.; LOPES, J. Resumo: O acidente vascular

Leia mais

INSTITUIÇÃO:UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

INSTITUIÇÃO:UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO TÍTULO:AVALIAÇÃO DA INCIDÊNCIA DA DENGUE NO CAMPUS DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO ATRAVÉS DA CONFIRMAÇÃO SOROLÓGICA AUTORES: Cavalcanti, A. C.; Oliveira A. C. S. de; Pires, E. C. ; Lima, L.

Leia mais

O Pólo Industrial de Manaus como Política de Desenvolvimento e Proteção da Amazônia

O Pólo Industrial de Manaus como Política de Desenvolvimento e Proteção da Amazônia O Pólo Industrial de Manaus como Política de Desenvolvimento e Proteção da Amazônia Alexandre Rivas, Ph.D.. Brasília DF, 18/03/2014 Baseado em Instrumentos Econômicos para a Proteção da Amazônia A experiência

Leia mais

Estudo Epidemiológico dos Casos de Dengue na Cidade de Vassouras no Ano de 2008

Estudo Epidemiológico dos Casos de Dengue na Cidade de Vassouras no Ano de 2008 Estudo Epidemiológico dos Casos de Dengue na Cidade de Vassouras no Ano de 2008 Wevelin S. Matos 1, Diego Santa Rosa 1, Marina Shu Fong 1, Ac. Fernanda C. da Silva Coelho 1, Ac. Mariana F. Carvalho 1,

Leia mais

INCIDÊNCIA DE FEBRE MACULOSA NA CIDADE DE AMPARO. Palavras- Chave: Saúde, Pesquisa, Febre Maculosa, Patologia, Enfermagem.

INCIDÊNCIA DE FEBRE MACULOSA NA CIDADE DE AMPARO. Palavras- Chave: Saúde, Pesquisa, Febre Maculosa, Patologia, Enfermagem. INCIDÊNCIA DE FEBRE MACULOSA NA CIDADE DE AMPARO Daniela Aparecida Correa Aline Gritti Rodrigues Resumo: O presente artigo terá como objetivo abordar a incidência de Febre Maculosa na cidade de Amparo

Leia mais

COMPLEXOS REGIONAIS A AMAZÔNIA

COMPLEXOS REGIONAIS A AMAZÔNIA COMPLEXOS REGIONAIS A AMAZÔNIA Ocupa mais de 5 milhões de km ²; Abrange quase toda a região Norte, centro-norte do Mato Grosso e oeste do Maranhão; É marcada pela presença da Floresta Amazônica; A Floresta

Leia mais

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO

Leia mais

A CHEIA DO RIO NEGRO EM MANAUS E SEUS IMPACTOS NO CENTRO E NA PONTA NEGRA EM 2009

A CHEIA DO RIO NEGRO EM MANAUS E SEUS IMPACTOS NO CENTRO E NA PONTA NEGRA EM 2009 A CHEIA DO RIO NEGRO EM MANAUS E SEUS IMPACTOS NO CENTRO E NA PONTA NEGRA EM 2009 1. INTRODUÇÃO Diego Lopes Morais 1 1 Graduando em Geografia / Universidade do Estado do Amazonas - UEA Instituto Nacional

Leia mais

Estudo da ilha de calor urbana em cidade de porte médio na Região Equatorial

Estudo da ilha de calor urbana em cidade de porte médio na Região Equatorial Estudo da ilha de calor urbana em cidade de porte médio na Região Equatorial Paulo Wilson de Sousa UCHÔA (1); Antônio Carlos Lola da COSTA (2) Mestrando em Recursos Naturais da Amazônia Universidade Federal

Leia mais

ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DA FREQUÊNCIA DE PRECIPITAÇÃO EM DIFERENTES INTERVALOS DE CLASSES PARA RIO DO SUL/SC

ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DA FREQUÊNCIA DE PRECIPITAÇÃO EM DIFERENTES INTERVALOS DE CLASSES PARA RIO DO SUL/SC ANÁLISE DA DISTRIBUIÇÃO DA FREQUÊNCIA DE PRECIPITAÇÃO EM DIFERENTES INTERVALOS DE CLASSES PARA RIO DO SUL/SC Katiani Eli 1, Joabe Weber Pitz 1, Leonardo de Oliveira Neves 2, Roberto Haveroth 3,Evandro

Leia mais

SERPENTES PEÇONHENTAS Família Elapidae Micrurus corallinus - Cobra-coral* Micrurus frontalis - Cobra-coral

SERPENTES PEÇONHENTAS Família Elapidae Micrurus corallinus - Cobra-coral* Micrurus frontalis - Cobra-coral SERPENTES Família Elapidae Micrurus corallinus - Cobra-coral* Micrurus frontalis - Cobra-coral Família Viperidae Bothrops alternatus - Urutu* Bothrops atrox - Jararaca do norte Bothrops bilineata - Jararaca

Leia mais

Serpentes de Viçosa e região (Minas Gerais)

Serpentes de Viçosa e região (Minas Gerais) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais O (), da é um centro de referência em estudos com a fauna de vertebrados da região Sudeste. As coleções do constituem um dos mais significativos

Leia mais

CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL POR PARASITAS ENTÉRICOS EM REBANHO CRIADO EM PASTAGENS NATIVAS NO PANTANAL SUL- MATO-GROSSENSE.

CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL POR PARASITAS ENTÉRICOS EM REBANHO CRIADO EM PASTAGENS NATIVAS NO PANTANAL SUL- MATO-GROSSENSE. 1 VINÍCIUS DUARTE RODRIGUES 1, MATHEUS CALVIS ALEXANDRE 1, RUTH SILVA ALBUQUERQUE 1, EDSON RODRIGO GAYOZO AFONSO 1, BRUNO ALBRES 1, HEITOR MIRAGLIA HERRERA 1. 1Universidade Católica Dom Bosco. CONTAMINAÇÃO

Leia mais

EXPANSÃO DA LEISHMANIOSE E PERDA DE BIODIVERSIDADE

EXPANSÃO DA LEISHMANIOSE E PERDA DE BIODIVERSIDADE PROBIO II EXPANSÃO DA LEISHMANIOSE E PERDA DE BIODIVERSIDADE Drª CELESTE SOUZA LAB. DE IMUNOMODULAÇÃO E PROTOZOOLOGIA INSTITUTO OSWALDO CRUZ - RJ Leishmanioses Representam um complexo de doenças que afetam

Leia mais

MEMÓRIA DA REUNIÃO 1. PAUTA

MEMÓRIA DA REUNIÃO 1. PAUTA Assunto: Reunião/Palestra saúde para orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as ações preventivas na área da saúde pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Lucimara Rios

Leia mais

ACIDENTES OFÍDICOS COM SERPENTES BRASILEIRAS EM MINAS GERAIS.

ACIDENTES OFÍDICOS COM SERPENTES BRASILEIRAS EM MINAS GERAIS. ACIDENTES OFÍDICOS COM SERPENTES BRASILEIRAS EM MINAS GERAIS. ALMEIDA, Amanda Augusta de Lima*; MACEDO, Maria Esther** *Aluna do curso de graduação em Ciências Biológicas. Centro Universitário Metodista

Leia mais

ANÁLISE DO MODELO ETA COMPARADO COM DADOS OBSERVADO DA ESTAÇÃO EM MACEIÓ.

ANÁLISE DO MODELO ETA COMPARADO COM DADOS OBSERVADO DA ESTAÇÃO EM MACEIÓ. ANÁLISE DO MODELO COMPARADO COM DADOS OBSERVADO DA ESTAÇÃO EM MACEIÓ. Allan Rodrigues Silva 1 Adriano Correia de Marchi 2 Roberto Fernando da F. Lyra 3 Rosiberto Salustiano da Silva Junior 3 Thalyta Soares

Leia mais

HANSENÍASE EM IDOSOS NO BRASIL NO ANO DE 2012

HANSENÍASE EM IDOSOS NO BRASIL NO ANO DE 2012 HANSENÍASE EM IDOSOS NO BRASIL NO ANO DE 2012 Ana Elisa P. Chaves (1), Kleane Maria F. Araújo (2) Maria Luísa A. Nunes (3),Thainá Vieira Chaves (4), Lucas Chaves Araújo (5) 1 Docente Saúde Coletiva-UFCG

Leia mais

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2010

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2010 Contas Regionais do Brasil 2010 (continua) Brasil Agropecuária 5,3 Indústria 28,1 Indústria extrativa 3,0 Indústrias de transformação 16,2 Construção civil 5,7 Produção e distribuição de eletricidade e

Leia mais

Graduanda do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da FAP Faculdade de Apucarana, Paraná;

Graduanda do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da FAP Faculdade de Apucarana, Paraná; LEVANTAMENTO POPULACIONAL DE Troglodytidae musculus, Zonotrichia capensis, Passer domesticus E Molothrus bonarienses EM ÁREAS URBANA: NA CIDADE DE APUCARANA, PR SILVA, E. B. 1 ; VILELA, V. L. D. 2 1 Graduanda

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM DENGUE NA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE DE DOURADOS/MS Fernanda de Brito Moreira bolsista UEMS 1

AVALIAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM DENGUE NA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE DE DOURADOS/MS Fernanda de Brito Moreira bolsista UEMS 1 AVALIAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM DENGUE NA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE DE DOURADOS/MS Fernanda de Brito Moreira bolsista UEMS 1 Roberto Dias de Oliveira orientador 2 Cidade Universitária

Leia mais

CAP. 20 REGIÃO CENTRO- OESTE. Prof. Clésio

CAP. 20 REGIÃO CENTRO- OESTE. Prof. Clésio CAP. 20 REGIÃO CENTRO- OESTE Prof. Clésio 1 O MEIO NATURAL E OS IMPACTOS AMBIENTAIS A região Centro- Oeste é formada pelos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. Ocupa cerca

Leia mais

AULA 20: ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS. No Brasil há cerca de 250 espécies de serpentes, porém cerca de 20% dessas são perigosas.

AULA 20: ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS. No Brasil há cerca de 250 espécies de serpentes, porém cerca de 20% dessas são perigosas. AULA 20: ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS 1- ACIDENTE OFÍDICO No Brasil há cerca de 250 espécies de serpentes, porém cerca de 20% dessas são perigosas. No Brasil estima-se que ocorre, anualmente, cerca

Leia mais

PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DA OSTEOPOROSE ATENDIDOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DA OSTEOPOROSE ATENDIDOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DA OSTEOPOROSE ATENDIDOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Raquel Lino de Menezes 8, Francielda Geremias da Costa Luz¹, Maycon Allison Horácio de

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE ECOMORFOLOGIA E LOCOMOÇÃO DE SERPENTES

RELAÇÃO ENTRE ECOMORFOLOGIA E LOCOMOÇÃO DE SERPENTES RELAÇÃO ENTRE ECOMORFOLOGIA E LOCOMOÇÃO DE SERPENTES Adriana Mohr, Ana Cristina Silva, Danilo Fortunato, Keila Nunes Purificação, Leonardo Gonçalves Tedeschi, Suelem Leão, Renan Janke e David Cannatella

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 ESTUDO RETROSPECTIVO DE NEOPLASIAS DE PELE EM CÃES, NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM-PA, NO PERÍODO DE 2013 A 2014. RENZO BRITO LOBATO¹, ADRIANA MACIEL DE CASTRO CARDOSO¹, BRENO COSTA DE MACEDO¹, KARINA

Leia mais

Para a REDEBLH, o futuro é agora

Para a REDEBLH, o futuro é agora Para a REDEBLH, o futuro é agora Planejamento Estratégico Paulo Ricardo da Silva Maia FIOCRUZ/IFF/REDEBLH pmaia@fiocruz.br Set-2011 O quadro Fonte: Vincent Van Gogh Gallery A Foto Primeira foto colorida.

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES IMOBILIÁRIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES IMOBILIÁRIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 7.938 0,37 0 0,00-7.938 0,37

Leia mais

USO DE GEOPROCESSAMENTO NA DELIMITAÇÃO DE CONFLITOS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DO RIO VERÊ, MUNICÍPIO DE VERÊ PR.

USO DE GEOPROCESSAMENTO NA DELIMITAÇÃO DE CONFLITOS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DO RIO VERÊ, MUNICÍPIO DE VERÊ PR. USO DE GEOPROCESSAMENTO NA DELIMITAÇÃO DE CONFLITOS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DO RIO VERÊ, MUNICÍPIO DE VERÊ PR. Ivan Rodrigo Dal-Berti, Marcio Pigosso, Wanessa Suelen

Leia mais

Boletim Epidemiológico Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Influenza: Monitoramento até a Semana Epidemiológica 29 de 2014

Boletim Epidemiológico Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Influenza: Monitoramento até a Semana Epidemiológica 29 de 2014 Boletim Epidemiológico Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Influenza: Monitoramento até a Semana Epidemiológica 29 de 2014 A vigilância da influenza no Brasil é composta pela vigilância

Leia mais

ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS: ASPECTOS HISTÓRICOS, EPIDEMIOLÓGICOS, AMBIENTAIS E SÓCIO- ECONÔMICOS

ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS: ASPECTOS HISTÓRICOS, EPIDEMIOLÓGICOS, AMBIENTAIS E SÓCIO- ECONÔMICOS ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS: ASPECTOS HISTÓRICOS, EPIDEMIOLÓGICOS, AMBIENTAIS E SÓCIO- ECONÔMICOS Rosany Bochner Tese apresentada a Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca como requisito à

Leia mais

Times de futebol com maiores torcidas em Manaus

Times de futebol com maiores torcidas em Manaus PESQUISA: Times de futebol com maiores torcidas em Manaus presentamos a seguir os resultados da pesquisa TIMES A DE FUTEBOL COM MAIORES TORCIDAS EM MANAUS realizada sob a iniciativa deste Instituto de

Leia mais

Série Didática Número 5

Série Didática Número 5 Animais Peçonhentos: Serpentes_ Serpentes são animais vertebrados que pertencem ao grupo dos répteis. Seu corpo é coberto de escamas, o que Ihes confere um aspecto às vezes brilhante, às vezes opaco, ou

Leia mais

Programa Amazônia Conectada Cap Luciano Sales

Programa Amazônia Conectada Cap Luciano Sales Programa Amazônia Conectada Cap Luciano Sales Centro Integrado de Telemática do Exército Sumário Por que? Problemas com a infraestrutura de TI na Região Amazônica; Possibilidades existentes; Visão do Programa.

Leia mais

BIOLOGIA BIOMAS BRASILEIROS

BIOLOGIA BIOMAS BRASILEIROS BIOLOGIA BIOMAS BRASILEIROS Caatinga Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia e Norte de Minas. Forte presença de arbustos com galhos retorcidos e com raízes

Leia mais

II Simpósio de Ciências Biológicas

II Simpósio de Ciências Biológicas II Simpósio de Ciências Biológicas Universidade Católica de Pernambuco Recife - Pernambuco 23 a 27 de agosto de 2010 25 - JARDIM BOTÂNICO DO RECIFE: DIVULGAÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL Karollyna Andrade Alves

Leia mais

MÉTODOS DE ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL NA RESERVA FLORESTAL DE CAXIUANÃ, MELGAÇO PA

MÉTODOS DE ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL NA RESERVA FLORESTAL DE CAXIUANÃ, MELGAÇO PA MÉTODOS DE ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL NA RESERVA FLORESTAL DE CAXIUANÃ, MELGAÇO PA ALEXANDRA L. TAVARES 1, ANTONIO C. L. DA COSTA 2, MONIK F. DE ALBUQUERQUE 3, MARIA C. F. DE OLIVEIRA 4,

Leia mais