de alegria FESTIVAL DO CRATO - BOLETIM MUNICIPAL ESPECIAL - SETEMBRO 2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "de alegria FESTIVAL DO CRATO - BOLETIM MUNICIPAL ESPECIAL - SETEMBRO 2013"

Transcrição

1 ExploSao s de alegria FESTIVAL DO CRATO - BOLETIM MUNICIPAL ESPECIAL - SETEMBRO 2013

2 Festival do Crato, um Festival de afectos! Discurso de Inauguração (excerto) do Presidente da Câmara Municipal do Crato, João Teresa Ribeiro A não acabaram Consolidaram-se e cresceram - O - Apesar sucessivos cortes já feitos pelo Governo mais de dois milhões de euros Ficha Técnica Boletim Municipal do Crato Especial Festival do Crato Director: Presidente da Câmara, Dr. João Teresa Ribeiro Redacção: Gab. de Comunicação e Gab. de Apoio ao Presidente Consultoria: Retrato Falado Design: Retrato Falado Tiragem: exemplares Depósito Legal: /13 já pagou mais de três milhões de euros das dívidas deixadas pela anterior Câmara luta pelo bem-estar das populações são do vasto leque de intervenções realizadas a Câmara fez um investimento de milhões de euros O apoio a quem mais precisa tem sido uma preocupação social do Município - - da deve-se - que cooperaram - com a Câmara Municipal resolução de problemas obras, projectos, iniciativas contribuíram a promoção e progresso para ajudar e facilitar a vida das populações A está e vai continuar a cumprir o seu dever para facilitar a vida e o bem-estar social ajudar a construir uma vida melhor para todos 2

3 Um festival de afectos Na sua 29ª edição, a Feira de Artesanato e Gastrono- papel incontornável na promoção do que de melhor País. Os mais de 50 mil visitantes que passaram pelo recinto tiveram a oportunidade de apreciar ao vivo o trabalho dos cerca de 80 artesãos que este ano marcaram presença no certame, bem como desfrutar do melhor da nossa gastronomia, bem presente não Dando continuidade à parceria de sucesso iniciada no actual mandato, por proposta da Câmara, as associações e instituições do Concelho assumiram a venda algumas verbas essenciais para a sua actividade. Ao contrário do que acontecia no mandato anterior, - Festival do Crato, um Festival de afectos! 3

4 Festival do Crato O Festival que dá música à crise Direccionado para públicos de todas as idades, o Festi Festival do Crato, um festival de afectos! 4

5 Actividades Paralelas ao Festival do Crato V Concurso do Rafeiro do Alentejo Como já é tradição no Festival do Crato, realizou-se o V Concurso Regional do Rafeiro do Alentejo, que foi uma das atracções da tarde de sábado, 31 de Agosto. Muitos foram os criadores que quiseram apresentar os seus exemplares, tendo-se procedido à devida avaliação e entrega de prémios. Animação de rua As áreas de gastronomia e artesanato do Festival do Crato contaram este ano com a qualidade e diversidade dos projectos de animação de rua que, ao longo dos quatro dias do evento, aqueceram o ambiente para os concertos que se realizaram mais tarde no palco do Festival. Domingos & Dias Santos Tradicional Corrida de Toiros Os 30 anos de alternativa de Joaquim Bastinhas foram assinalados na tradicional Corrida do Festival do Crato, com a oferta de um painel de azulejaria de Flor da Rosa, pelo Presidente da Câmara Municipal do Crato, João Teresa Ribeiro. A Corrida que encheu por completo cada há cerca de um ano pela Câmara Municipal, contou ainda com os cavaleiros Marcos Bastinhas e Jacobo Botero, e com os grupos de forcados de Alter, Monforte e Ribatejo. Os toiros foram cedidos pela ganadaria Pontes Dias e a Filarmónica do Crato abrilhantou, com a habitual mestria, este grande espectáculo. Trupe Euterpe Xaral s Dixie Tuna Agostinhos da Roseta Festival do Crato, um Festival de afectos! 5

6 Actividades Paralelas ao Festival do Crato Exposição de Artes Plásticas Pode Ser Saudade Foi inaugurada na Galeria de Exposições Temporárias da Biblioteca Municipal do Crato, uma das actividades paralelas do Festival do Crato, a Exposição de Artes Plásticas Pode Ser Saudade com ilustração, de Vera Barradas, Sílvia Trindade e Margarida Leite Rio. Festival do Crato, um festival de afectos! II Torneio Internacional de Futebol 7 Feminino O Estádio Municipal do Crato acolheu o II Torneio Internacional de Futebol de 7 Feminino, uma organização do CCD Desportalegre com o apoio da Câmara Municipal do Crato, que teve como vencedor a equipa do CD Portalegrense 1925, que venceu o CD La codosera por 6-3. O Vereador do Desporto, Fernado Gorgulho, e o Presidente da Junta de Freguesia de Crato e Mártires, José Belo, entregaram lembranças às equipas participantes, que receberam um painel de azulejaria pintado na Escola de Olaria de Flor da Rosa. Ana Morais foi a árbitra nomeada pelo Conselho de Arbitragem da AFPortalegre para apitar o torneio. Curtas em Flagrante O Auditório Municipal do Crato acolheu a iniciativa Curtas em Flagrante - I Mostra de Curtas Metragens do Crato. A iniciativa organizada em parceria com a Associação PédePano - Projectos Culturais, proporcionou a projecção das seguintes curtas metragens: João Seguro; cisco Manuel Souse 6

7 Actividades Paralelas ao Festival do Crato 1º Festival Internacional de Folclore do Crato Integrado no programa de actividades pararelas do Festival, o Crato acolheu o 1º Festival Internacional de Folclore do Concelho, que se realizou na Praça de Toiros. Os grupos participantes foram o Rancho Folclórico dos Fortios, o Rancho Regional de Argoncilhe (Douro Litoral), Ikusgarri Euskal Dantza Jaldea (País Basco - Espanha) e Viginti Millys Gruppo Folklorico (Sícilia - Itália). A noite teve como ponto de partida a concentração dos ranchos participantes junto da sede da ARPIC Mais de 3500 boleias para o Festival Atenta às necessidades dos vários visitantes do Festival do Crato da região, a Câmara Municipal do Crato procurou inovar nesta edição ao organizar, com a colaboração da Rodoviária do Alentejo, três circuitos de transporte de passageiros com partida e regresso de Gáfete, Portalegre e Ponte de Sôr. A iniciativa foi de tal forma bem acolhida que mais de 3500 pessoas utilizaram os autocarros como transporte para o Festival e todos agradeceram a boleia. bidos por uma enorme plateia que esgotou os lugares disponíveis. Após a oferta de lembrança a cada grupo (um cantil produzido na Escola de Olaria de Flor da Rosa) entregue pelo Presidente da Câmara Municipal do Crato, João Teresa Ribeiro, foi a vez de assistir a duas horas cultura tradicional do Douro, passando pelo Alentejo, País Basco Espanha e terminando na ilha da Sicília, em Itália. Festival do Crato, um festival de afectos! 7

8 Um festival Festival do Crato, um festival de afectos! À semelhança do que acontece todos os anos, a alegria e a felicidade marcaram também presença no Festival do Crato, invadindo os rostos e corações dos largos milhares de visitantes que se entregaram 8 a quatro dias e noites de magia e diversão intensa. Foi sem dúvida mais um festival de sorrisos, porque motivos não faltaram para esquecer as tristezas e festejar o que de melhor a vida tem.

9 Festival do Crato, um festival de afectos! de sorrisos 9

10 Verão Total da RTP a promover o melhor do concelho do Crato Festival do Crato, um festival de afectos! À margem do Festival do Crato, e com o intuito de promover as potencialidades turísticas, económicas e culturais do concelho do Crato, no País e no Mundo, o programa Verão Total, apresentado por Tânia Ribas de Oliveira e Helena Coelho, regressou ao concelho do Crato para uma transmissão em directo do Jardim Municipal para a RTP e RTP Internacional, numa viagem pelo que de melhor o Crato tem para oferecer. Participantes:

11 11 Festival do Crato, um festival de afectos!

12 Parque de campismo com sucesso renovado Viver o Festival ao máximo Mais uma vez a aposta no campismo, gratuito para quem adquirisse o passe para os quatro dias do Festival, numa zona especialmente preparada pela Câmara Municipal, revelou-se um verdadeiro sucesso e muitos foram os jovens de todo o País que optaram por acampar e viver ao máximo o espírito festivaleiro no Crato. De modo a receber o melhor possível todos os campistas e a dar continuidade ao bom ambiente que se viveu nas edições anteriores, a zona para o parque de campismo foi novamente melhorada na área de sombreamento, nas instalações sanitárias e balneários, no serviço de snack-bar, assim como foi criada uma nova área para fogareiros. Festival do Crato, um Festival de afectos! Aplicação para Android Aproveitando os benefícios das novas tecnologias, e também como novidade, este ano o Festival do Crato lançou uma aplicação para dispositivos android, gratuita, com toda a informação necessária sobre este grande evento. Através da aplicação, o usuário poderia facilmente aceder ao cartaz do Festival e aos horários dos concertos (geral e por dia), obter informação sobre a gastronomia e artesanato expostos no recinto, sobre as actividades eventos paralelos, sobre o parque aquático e parque de campismo, ou sobre os transportes, para além de outras informações gerais, sendo ainda possível aceder à opção de criar lembrete para os espectáculos e actividades paralelas e de localização no recinto do festival através de GPS. 12

13 Festas de Verão animam Concelho Com a convicção da importância que as tradições representam na identidade cultural do concelho do Crato, a Câmara Municipal continua a apoiar as tradicionais festas de verão que se realizam anualmente nas Freguesias do Concelho. Num contexto de crise, a política de austeridade em que vivemos e o corte de mais de 2 milhões de euros feito pelo Governo exigem uma gestão mais rigorosa na utilização dos meios financeiros da Câmara Municipal do Crato, pelo que esta, ao longo dos últimos quatro anos, gastou menos um milhão e 800 mil euros no apoio às festas das Freguesias do Concelho, comparativamente ao que foi gasto em 2009 pela anterior Câmara, cumprindo assim o que sempre afirmou, que era possível e desejável realizar as várias e diferentes festas, em especial nas Freguesias, com muito menos dinheiro. Monte da Pedra Flor da Rosa Aldeia da Mata Festas de S. Sebastião Festas de Nossa Senhora das Neves e São Bento Festas em honra de São Martinho Festival do Crato, um Festival de afectos! 13

14 Festas de Verão animam Concelho Gáfete Festas de Verão Vale do Peso Festival do Marisco Festival do Crato, um Festival de afectos! Parabéns Gafetense! Realizou-se no dia 1 de Setembro no Estádio Municipal do Crato o jogo da primeira eliminatória da Taça de Portugal entre o Grupo Desportivo e Recreativo Gafetense e o Sport Clube Vianense. O Gafetense venceu esta eliminatória por 2-1, assegurando assim a passagem à segunda eliminatória desta importante competição nacional, o que acontece pela primeira vez na sua história desportiva do clube, contribuindo para o prestígio do concelho do Crato. 14

15 A actual Câmara, em 4 anos, gastou menos 3 milhões 422 mil euros em festas do que tinha gasto a anterior Câmara, em 2009 A Câmara Municipal do Crato apoiou, nos 4 anos do actual mandato autárquico, as festas populares em todas as Freguesias e organizou sempre a Feira de Artesanato e Gastronomia (FAG), agora também conhecida por Festival do Crato, porque são efectivamente espaços de liberdade, de convívio, de divertimento, de alegria, de encontro de famílias, de amigos, de pessoas com idades, culturas, sensibilidades e são também espaços valiosos e necessários para dinamizar a economia local e regional, para saborear a nossa gastronomia, para ouvir e sentir a música local, nacional e internacional de qualidade, para observar e valorizar o nosso artesanato, para dar a conhecer, divulgar e valorizar os nossos recursos e potencialidades, para desenvolver o nosso Concelho e as suas 6 Freguesias e para promover certamente o bem-estar social das suas populações. O Festival do Crato se como um Festival de grande prestígio e qualidade a nível nacional e foi, sem dúvida, um grande sucesso porque teve a maior receita e participação de sempre, e nunca foi tão ouvido e falado em todo o País e no estrangeiro através das televisões, rádios, jornais e revistas. A actual Câmara Municipal tem tornado público anualmente quer as despesas, quer as receitas, das festas das Freguesias e do Festival do Crato/FAG, ao contrário do que tinha acontecido nos últimos 12 anos, entre 1998 a É, por isso, que se torna público que a actual Câmara, sob a presidência de João Teresa Ribeiro, gastou menos 3 milhões 422 mil euros em Festas, em apenas 4 anos, de 2010 a 2013, comparando com o que a anterior Câmara, sob a presidência de Correia Luz, gastou em 2009, e teve mais 305 mil euros de receitas leitura e avaliação do quadro abaixo. Esta grande redução de despesas e aumento das receitas é o resultado natural da gestão de contenção de despesas, solidária e responsável realizada pela Câmara Municipal e à sua grande e permanente preocupação social de nanceiros para ajudar a reduzir as que vivem as populações, impostas pelo actual Governo e pela Troika, e apoiar, socialmente, quem mais precisa, nomeadamente desempregados, reformados, jovens, famílias e instituições particulares de solidariedade social. Comparação das despesas, receitas e saldos do Festival do Crato/FAG e de outras Festas/eventos Festas e iniciativas Culturais Festival do Crato/ FAG Passagem de Ano Despesas Diferença das despesas Diferença das receitas Receitas Despesas Receitas Despesas Receitas Despesas Receitas Despesas Carnaval Comemorações do 25 de Abril Festas Gáfete (Jun.S.João, Jul/ Piscinas e Festas Agosto) Festas Stº António Pisão e Crato Festas Aldeia da Mata StºAntónio e Agosto Festas de São Pedro (Crato) Festas Monte da Pedra Festas Flor da Rosa Festas Vale de Peso Piscinas Municipais Crato(anim. musical) Jogos Tradicionais /Jogos NAlentejano Iniciativas e locais Totais Receitas Nota 1: Nota 2: Festival do Crato, um Festival de afectos! 15

16

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

Agenda 2014, 2.º semestre

Agenda 2014, 2.º semestre Agenda 2014, 2.º semestre julho 2013 de 27 de junho a 27 de julho Exposição de pintura «As Idades da Mulher» de Maria Guia Pimpão Local: Museu Etnográfico Dr. Louzã Henriques Organização: C. M. Lousã Apoio:

Leia mais

Family Days PORTO. Informação aos Media

Family Days PORTO. Informação aos Media 3 e 4 de Outubro O maior salão de miúdos e graúdos Informação aos Media A 000 Eventos - Organização de Eventos Temáticos, irá realizar, nos próximos dias 3 e 4 de Outubro, de, entre as 0h e as 23h, no

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 16.ª reunião

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09 INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino Cerimónia de Abertura do WTPF-09 Centro de Congressos de Lisboa, 22 de Abril de 2009 (vale a versão

Leia mais

Objectivos do Ano. Reconhecimento dos Direitos das Pessoas em Situação de Pobreza. Responsabilidade Partilhada e Participação

Objectivos do Ano. Reconhecimento dos Direitos das Pessoas em Situação de Pobreza. Responsabilidade Partilhada e Participação Objectivos do Ano Reconhecimento dos Direitos das Pessoas em Situação de Pobreza Responsabilidade Partilhada e Participação Coesão Empenho e Acções Concretas Objectivos a Nível Concelhio Objectivo 1: Sensibilização

Leia mais

Presidente da Câmara Municipal de Oeiras Teresa Pais Zambujo Vereador da Cultura e Juventude Jorge Barreto Xavier

Presidente da Câmara Municipal de Oeiras Teresa Pais Zambujo Vereador da Cultura e Juventude Jorge Barreto Xavier Presidente da Câmara Municipal de Oeiras Teresa Pais Zambujo Vereador da Cultura e Juventude Jorge Barreto Xavier Oeiras é um Concelho apontado, diria que justamente, como um exemplo de desenvolvimento

Leia mais

Festas 10 A celebração da Memória e Identidade concelhias

Festas 10 A celebração da Memória e Identidade concelhias Festas 10 A celebração da Memória e Identidade concelhias De 4 a 8 de Setembro, o recinto das Festas 10 promete ser o palco de toda a animação. À mostra das associações, das freguesias, do tecido empresarial,

Leia mais

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 Futebol Feminino no Desporto Escolar Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 INTRODUÇÃO O Futebol Feminino é uma atividade que tem crescido nos últimos tempos em Portugal e por isso, sentimos

Leia mais

Trabalho Prático. Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática

Trabalho Prático. Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática Trabalho Prático Designação do Projecto Proposta de Valorização da Zona Ribeirinha do Montijo Tema Cidades Saudáveis e Respostas Locais Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática

Leia mais

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS:

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS: INTRODUÇÃO NÍVEL I O Gira-Volei é um jogo de iniciação à modalidade destinada aos jovens com idades compreendidas entre os 8 e 15 anos, onde através do jogo simplificado (2x2) e utilização do passe faz

Leia mais

Informação Escrita do Presidente á Assembleia de Freguesia. Exmº Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia. Exmºs Srs. Membros da Assembleia

Informação Escrita do Presidente á Assembleia de Freguesia. Exmº Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia. Exmºs Srs. Membros da Assembleia Pág. 1 Exmº Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia Exmºs Srs. Membros da Assembleia Em cumprimento da alínea o), do nº1 do art. 17º da Lei 169/199, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas

Leia mais

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho.

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho. Boletim Informativo nº 37 - Maio 2010 Convívio André Leite Convívio nº 37 - Maio 2010 Presidente da Direcção Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves Instituição Particular de Solidariedade Social

Leia mais

1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1

1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1 Tv's_25_Janeiro_2016 Revista de Imprensa 1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1 2. Conversa com Marisa Matias, RTP 2 - Página 2, 25-01-2016

Leia mais

O campismo desportivo no MMSC

O campismo desportivo no MMSC O campismo desportivo no MMSC Tal como todas as outras modalidades desportivas, o campismo desenvolve-se no seio dos clubes e manifesta-se não em competições em que vence a melhor equipa em campo, o mais

Leia mais

Notícias da Quinta do Outeiro

Notícias da Quinta do Outeiro 4ª Edição 03 de Julho de 2014 Notícias da Quinta do Outeiro Editorial Apresentamos a quarta edição das Notícias da Quinta do Outeiro - Lar para Idosos, Lda, que estará disponível em formato digital e manuscrito

Leia mais

-------- ORDEM DE TRABALHOS.

-------- ORDEM DE TRABALHOS. Folha N.º 55 ------------------------------------------ATA NÚMERO NOVE -------------------------------------------- -------- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONFORTE, REALIZADA EM 2 DE

Leia mais

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral Criado em 2006, o Serviço Educativo do Museu de Santa Maria de Lamas (MSML) tem desenvolvido um conjunto de actividades pedagógicas e lúdicas, no sentido de divulgar o património integrado no seu vasto

Leia mais

Edição Trimestral -N.º2, Março de 2004

Edição Trimestral -N.º2, Março de 2004 Edição Trimestral -N.º2, Março de 2004 Índice Uma viagem pela minha terra 1º Ano 2º Ano 3º Ano 4º Ano Informática Expressão Plástica English Corner O Cantinho da Fantasia Educação Especial Expressão Dramática

Leia mais

SANTARÉM FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE CELESTINO GRAÇA 5 A 9 SET 12. 7, 8 e 9 SET ARGENTINA ESPANHA ESTÓNIA INDONÉSIA PERÚ PORTUGAL

SANTARÉM FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE CELESTINO GRAÇA 5 A 9 SET 12. 7, 8 e 9 SET ARGENTINA ESPANHA ESTÓNIA INDONÉSIA PERÚ PORTUGAL FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE CELESTINO GRAÇA 5 A 9 SET 12 SANTARÉM ARGENTINA ESPANHA ESTÓNIA INDONÉSIA PERÚ ESPECTÁCULOS NO AUDITÓRIO DO CNEMA NOS DIAS: 7, 8 e 9 SET Organização: Apoios: Media Partners:

Leia mais

Agenda 21 Local do Concelho de Redondo. Síntese do Diagnostico do Concelho

Agenda 21 Local do Concelho de Redondo. Síntese do Diagnostico do Concelho Agenda 21 Local do Concelho de Redondo Síntese do Diagnostico do Concelho Redondo 2004 INTRODUÇÃO O presente documento constituí uma Síntese do Diagnóstico do concelho, elaborado no âmbito da Agenda 21Local

Leia mais

CULTURA E LAZER O DESPORTO

CULTURA E LAZER O DESPORTO 6 CULTURA E LAZER O DESPORTO 6 Capítulo Capítulo 6 65 As actividades desportivas e lúdicas constituem não só uma forma de ocupação dos tempos livres, como contribuem activamente para a formação complementar

Leia mais

Crescer com. Histórias... Magusto. 3ª Edição Novembro de 2014 Dir. Edição: Vânia Lemos Gratuito. www.ahma.pt

Crescer com. Histórias... Magusto. 3ª Edição Novembro de 2014 Dir. Edição: Vânia Lemos Gratuito. www.ahma.pt 3ª Edição Novembro de 2014 Dir. Edição: Vânia Lemos Gratuito Av. Bernardino Máximo Albuquerque, nº 35 3850-017 Albergaria-a-Velha Tel.: 234 525 545 Fax: 234 523 381 e-mail: ahma_ipss@sapo.pt www.ahma.pt

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO JUNTA DE FREGUESIA DE S. JOÃO DO CAMPO EDITORIAL SUMÁRIO ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 JULHO AGOSTO SETEMBRO EDITORIAL

BOLETIM INFORMATIVO JUNTA DE FREGUESIA DE S. JOÃO DO CAMPO EDITORIAL SUMÁRIO ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 JULHO AGOSTO SETEMBRO EDITORIAL ANO 7 BOLETIM Nº 27 2012 SUMÁRIO BOLETIM INFORMATIVO EDITORIAL JULHO AGOSTO SETEMBRO A Rua principal, a Dr Jaime Cortesão tem estado cortada EDITORIAL MANIFESTAÇÃO EM LISBOA POSTO MÉDICO ao trânsito, devido

Leia mais

Eventos Religiosos. Festa em honra de S. Luís (Festa das Chouriças) - Alte. Entre Janeiro e princípios de Fevereiro. Semana Santa - Alte

Eventos Religiosos. Festa em honra de S. Luís (Festa das Chouriças) - Alte. Entre Janeiro e princípios de Fevereiro. Semana Santa - Alte O Carnaval, a Semana Cultural de Alte e a Festa do 1º de Maio são, sem dúvida, os momentos mais Eventos Religiosos Festa em honra de S. Luís (Festa das Chouriças) Alte Entre Janeiro e princípios de Fevereiro

Leia mais

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS PLANO DE ATIVIDADES 2013 DEZEMBRO 2012 OBJETIVOS ESTRATÉGICOS Os grandes objetivos delineados para o quadriénio 2013-2016, onde se enquadram as atividades a realizar durante o ano de 2013: ACERVOS Inventariação

Leia mais

Edição: Escola Profissional Abreu Callado / GAEP Periodicidade: trimestral Nº 11 Abril 2015 - Junho - 2015

Edição: Escola Profissional Abreu Callado / GAEP Periodicidade: trimestral Nº 11 Abril 2015 - Junho - 2015 Edição: Escola Profissional Abreu Callado / GAEP Periodicidade: trimestral Nº 11 Abril 2015 - Junho - 2015 nº11 Animador Sociocultural Índice Turismo Ambiental e Rural 3. EDITORIAL 4. ANIMADOR SOCIOCULTURAL

Leia mais

pormenor grafismo (baseado na renda vencedora do concurso 2010)

pormenor grafismo (baseado na renda vencedora do concurso 2010) pormenor grafismo (baseado na renda vencedora do concurso 2010) Nunca foste a Peniche, Nunca viste o farol, Nunca viste as Penicheiras A fazer renda ao sol. J. Leite de Vasconcelos, Cancioneiro Popular

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE MUNICÍPIO DE ALCOCHETE ASSEMBLEIA MUNICIPAL N.º 05/08 ACTA DA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL REALIZADA EM 19 DE NOVEMBRO DE 2008 1 Aos dezanove dias do mês de Novembro do ano de 2008, nesta

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 7/2002

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 7/2002 30 ACTA N.º 7/2002 Acta da reunião ordinária realizada aos vinte e sete dias do mês de Março de dois mil e dois. Aos vinte e sete dias do mês de Março de dois mil e dois reuniu no Salão Nobre dos Paços

Leia mais

6 Plano de Acção 2005/2006

6 Plano de Acção 2005/2006 1 6 Plano de Acção 2005/ A Rede social iniciou actividades efectivas em em 2003, tendo sido realizado, até 2004 o Pré-Diagnóstico, o Diagnóstico Social, o Plano de Desenvolvimento Social e o Plano de Acção

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS AO ASSOCIATIVISMO

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS AO ASSOCIATIVISMO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS AO ASSOCIATIVISMO (Aprovado na 6ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal realizada em 18 de Março de 2003, na 2ª Sessão Extraordinária de Assembleia Municipal, realizada

Leia mais

OBRAS PÚBLICAS REQUALIFICAÇÃO DA ESCOLA EB 2,3 JOÃO DE MEIRA ADJUDICAÇÃO E APROVAÇÃO DA MINUTA DO CONTRATO Adjudicar a empreitada

OBRAS PÚBLICAS REQUALIFICAÇÃO DA ESCOLA EB 2,3 JOÃO DE MEIRA ADJUDICAÇÃO E APROVAÇÃO DA MINUTA DO CONTRATO Adjudicar a empreitada Fls. 1 EDITAL ANTÓNIO MAGALHÃES, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES, FAZ SABER, em cumprimento do disposto no art. 91º da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, alterada e republicada pela Lei nº 5-A/2002,

Leia mais

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant A equipa somos nós Ano letivo 2015/2016 Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant Projeto curricular escola Ano letivo 2015/2016 Entende-se

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GÂMBIA, PONTES E ALTO DA GUERRA

JUNTA DE FREGUESIA DE GÂMBIA, PONTES E ALTO DA GUERRA JUNTA DE FREGUESIA DE GÂMBIA, PONTES E ALTO DA GUERRA De 1 a 30 Exposição José Afonso - Geografias de Uma Vida. Polo da Biblioteca Torneios de sueca e de ténis de mesa. Torneios de damas, sueca, dominó

Leia mais

XXXII ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO NA ESCOLA

XXXII ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO NA ESCOLA Projecto: XXXII ENCONTRO NACIONAL DE TEATRO NA ESCOLA SOBREDA, 04, 05, 06 e 07 de Maio - 2011 1- ENTIDADES PROMOTORAS: IDENTIFICAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ELIAS GARCIA Rua Manuel Parada, 2819-505 Sobreda

Leia mais

Plano de Comunicação/Divulgação Pós LIFE

Plano de Comunicação/Divulgação Pós LIFE O Plano de Comunicação/Divulgação Pós LIFE, visa dar a conhecer a forma como a CMMN pretende continuar a divulgar os resultados obtidos ao longo do projecto GAPS. Dividido em duas partes, a primeira tem

Leia mais

xposição Pintura "outras formas de olhar" outubro2008 galeria municipal exposição colectiva Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço

xposição Pintura outras formas de olhar outubro2008 galeria municipal exposição colectiva Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço exposição colectiva "outras formas de olhar" Maria Emília Milheiro Teresa Rodarte xposição Pintura Lucinda Barrinha Manuela Reis outubro2008 galeria municipal Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço

Leia mais

Boletim Informativo nº 52 - Setembro 2013. Convívio. Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves Instituição Particular de Solidariedade Social

Boletim Informativo nº 52 - Setembro 2013. Convívio. Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves Instituição Particular de Solidariedade Social Boletim Informativo nº 52 - Setembro 2013 Convívio Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves Instituição Particular de Solidariedade Social Prontos para (re)começar! Setembro de 2013, iniciamos

Leia mais

Proposta de Plano de Atividades do. Conselho Educativo de Marvila para 2014-2017

Proposta de Plano de Atividades do. Conselho Educativo de Marvila para 2014-2017 Proposta de Plano de Atividades do Conselho Educativo de Marvila para 2014-2017 1. Introdução A Lei de bases do Sistema Educativo (Lei nº 46/86 de 14 de Outubro, com a redação que lhe foi dada pela Lei

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR A C T A -----Aos vinte e três dias do mês de Outubro de dois mil e seis, reuniu ordinariamente a Junta de Freguesia de Rio Maior, sob a presidência da Senhora Dra. Isaura

Leia mais

3 de julho de 2013. Gabinete do Presidente Nota de Imprensa Nº 62. Reunião de Câmara - 03 de julho de 2013

3 de julho de 2013. Gabinete do Presidente Nota de Imprensa Nº 62. Reunião de Câmara - 03 de julho de 2013 3 de julho de 2013 Nota de Imprensa Nº 62 assunto(s) Reunião de Câmara - 03 de julho de 2013 Apresentamos por este meio, sobre as principais deliberações da Reunião do Executivo da Câmara Municipal de

Leia mais

Data: 10 de dezembro de 2015 Local: Auditório dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal Horário: 9.30 horas

Data: 10 de dezembro de 2015 Local: Auditório dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal Horário: 9.30 horas 55.ª Reunião plenária ordinária do Conselho Local de Ação Social do Seixal - Comemorações do Dia dos Direitos Humanos e inauguração da Exposição da Manta da Igualdade Data: 10 de dezembro de 2015 Local:

Leia mais

AGENDA DE MARÇO DE 2015

AGENDA DE MARÇO DE 2015 AGENDA DE MARÇO DE 2015 O Agrupamento de Escolas N.º2 de Abrantes tem como um dos seus objetivos a plena integração na comunidade de que faz parte. Surge assim como natural a divulgação das suas atividades,

Leia mais

O princípio da afirmação da sociedade civil.

O princípio da afirmação da sociedade civil. Dois dos Valores do PSD O Princípio do Estado de Direito, respeitante da eminente dignidade da pessoa humana - fundamento de toda a ordem jurídica baseado na nossa convicção de que o Estado deve estar

Leia mais

Dossier de apresentação

Dossier de apresentação Dossier de apresentação caparica - primavera surf fest Às portas da primavera, mais um motivo de rejúbilo na Costa da Caparica! o novo festival, o Caparica Primavera Surf Fest! Contacto: António Miguel

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Vendas Novas 30 de Outubro de 2012 SUBPROGRAMA 3 - Dinamização das Zonas Rurais 3.1 DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA E CRIAÇÃO DE EMPREGO 3.1.1 Diversificação

Leia mais

N.º 4 Setembro/14 BOLETIM. Informação das Actividades da Junta de Freguesia

N.º 4 Setembro/14 BOLETIM. Informação das Actividades da Junta de Freguesia N.º 4 Setembro/14 BOLETIM Informação das Actividades da Junta de Freguesia Introdução A presente Informação aos membros da Assembleia de Freguesia de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca, refere-se

Leia mais

DESAFIAR, EMPREENDER E INOVAR QUALIFICAR O DESENVOLVIMENTO SOCIAL LOCAL 17 20 JAN 11 SANTA MARIA DA FEIRA

DESAFIAR, EMPREENDER E INOVAR QUALIFICAR O DESENVOLVIMENTO SOCIAL LOCAL 17 20 JAN 11 SANTA MARIA DA FEIRA DESAFIAR, EMPREENDER E INOVAR QUALIFICAR O DESENVOLVIMENTO SOCIAL LOCAL 17 20 JAN 11 SANTA MARIA DA FEIRA desafiar, empreender e inovar qualificar o desenvolvimento social local De 17 a 20 de Janeiro de

Leia mais

Casa do Povo de Porto Judeu Instituição Particular de Solidariedade Social Contribuinte n.º 512 007 136

Casa do Povo de Porto Judeu Instituição Particular de Solidariedade Social Contribuinte n.º 512 007 136 Contribuinte n.º 512 007 136 PLANO DE ACTIVIDADES ANO DE 2009 I INTRODUÇÃO A Casa do Povo de Porto Judeu, como instituição de solidariedade social, e com algum peso no desenvolvimento desta freguesia no

Leia mais

Arte e solidariedade aos olhos das crianças

Arte e solidariedade aos olhos das crianças Junta de Freguesia de Santa Maria dos Olivais Plano de Atividades Componente de Apoio à Família 2012/2013 Arte e solidariedade aos olhos das crianças Se a criança não receber a devida atenção, em geral,

Leia mais

" A história URCA MARCA DA NOSSA TERRA

 A história URCA MARCA DA NOSSA TERRA " A história URCA MARCA DA NOSSA TERRA A União Recreativa e Cultural da Abrunheira, faz parte da identidade desta Abrunheira contemporânea. Desde que existe, tem marcado todos os acontecimentos da nossa

Leia mais

Câmara Municipal de Barcelos

Câmara Municipal de Barcelos Câmara Municipal de Barcelos Reunião ordinária do executivo 17 de janeiro de 2014 Lista completa das deliberações 1. Atribuição de subsídio para refeição escolar, com efeitos retroativos à data do pedido

Leia mais

REGULAMENTO programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira

REGULAMENTO programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira REGULAMENTO programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira PG 02 NOTA JUSTIFICATIVA O presente regulamento promove a qualificação das

Leia mais

Câmara Municipal de Barcelos. Reunião ordinária do Executivo 23 de novembro de 2015 10h00

Câmara Municipal de Barcelos. Reunião ordinária do Executivo 23 de novembro de 2015 10h00 Câmara Municipal de Barcelos Reunião ordinária do Executivo 23 de novembro de 2015 10h00 Lista completa de deliberações 1. Atribuição de apoio para refeição escolar aos alunos do 1.º CEB e ensino pré-escolar.

Leia mais

FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS DE PONTE DE LIMA REGULAMENTO. 1º Objectivos

FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS DE PONTE DE LIMA REGULAMENTO. 1º Objectivos FESTIVAL INTERNACIONAL DE JARDINS DE PONTE DE LIMA REGULAMENTO 1º Objectivos São objectivos do Festival contribuir a nível local, nacional e internacional para uma maior sensibilidade para a arte dos jardins

Leia mais

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa Oferta formativa 2009/2010 Centro de Informação Europeia Jacques Delors DGAE / Ministério dos Negócios Estrangeiros Curso de Formação «A Cidadania Europeia e a Dimensão Europeia na Educação» Formação acreditada,

Leia mais

Um lugar de encontro...sempre!

Um lugar de encontro...sempre! Caro(a) leitor(a) e amigo(a), Um lugar de encontro...sempre! Num mês que se adivinha frio, a Biblioteca surge como uma alternativa, onde pode disfrutar de momentos bem passados, num local aconchegante

Leia mais

Ficha de Caraterização de Práticas Inspiradoras

Ficha de Caraterização de Práticas Inspiradoras Ficha de Caraterização de Práticas Inspiradoras Nota: Se pretende que a S/ prática seja integrada na Base de Dados de Práticas Inspiradoras dinamizada pelo ACM, I.P., deverá enviar esta ficha devidamente

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE DOIS NOVOS ÁLBUNS MUSICAIS

APRESENTAÇÃO DE DOIS NOVOS ÁLBUNS MUSICAIS APRESENTAÇÃO DE DOIS NOVOS ÁLBUNS MUSICAIS É já na próxima sexta-feira, 25 de setembro de 2015, pelas 22h30 Horas que o GRUPO DE CORDAS DA FAJÃ DA OVELHA irá apresentar dois novos Álbuns musicais no palco

Leia mais

ACTUAR NOS CONDICIONANTES VIVER A VIDA: MAIS E MELHOR. Reduzir as desigualdades em saúde. Promover a saúde das crianças, adolescentes e famílias

ACTUAR NOS CONDICIONANTES VIVER A VIDA: MAIS E MELHOR. Reduzir as desigualdades em saúde. Promover a saúde das crianças, adolescentes e famílias ACTUAR NOS CONDICIONANTES VIVER A VIDA: MAIS E MELHOR Reduzir as desigualdades em saúde Garantir um ambiente físico de qualidade Promover a saúde das crianças, adolescentes e famílias Melhorar a saúde

Leia mais

Programa para Cultura e Educação no Porto 07-Jul-2009

Programa para Cultura e Educação no Porto 07-Jul-2009 Programa para Cultura e Educação no Porto 07Jul2009 Numa cidade «com fortes tradições culturais, com a maior universidade e a maior escola de artes do país, com uma enorme diversidade de instituições de

Leia mais

Porto Escondido. Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo

Porto Escondido. Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo 47 Porto Escondido Cuidados de saúde a pessoas sem-abrigo 51 Na cidade do Porto, voluntários de Médicos do Mundo - Portugal percorrem a pé, duas noites por semana, as ruas da cidade. Fazem-no durante

Leia mais

8,9,10 maio 2015. 7 a edição do salão ser mamã. Este vai ser o maior salão ser mamã! salão da pré-mamã, bebé e criança. 7a edição

8,9,10 maio 2015. 7 a edição do salão ser mamã. Este vai ser o maior salão ser mamã! salão da pré-mamã, bebé e criança. 7a edição salão da pré-mamã, bebé e criança ENA! Este vai ser o maior salão ser mamã! informação aos media 8,9,10 maio 2015 7 a edição do salão ser mamã A 1000 Eventos Organização de Eventos Temáticos, irá realizar,

Leia mais

Junho. Inf mail MUNICIPAL M U N I C Í P I O. Cu ura Desporto Lazer

Junho. Inf mail MUNICIPAL M U N I C Í P I O. Cu ura Desporto Lazer M U N I C Í P I O PESO DA RÉGUA AG E NDA MUNICIPAL lt o Inf mail Cu ura Desporto Lazer Junho 2009 J u n h o 2009 S 1 T 2 Q 3 Q 4 S 5 S 6 D 7 S 8 T 9 Q 10 Q 11 S 12 S 13 D 14 S 15 T 16 Q 17 Q 18 S 19 S

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice - Presidência do Governo Gabinete do Vice-Presidente

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice - Presidência do Governo Gabinete do Vice-Presidente Senhor Presidente da Assembleia Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente Senhora e Senhores Membros do Governo Permitam-me que, pela primeira vez que tenho a honra de intervir nesta Assembleia,

Leia mais

-Senhor Reitor da Universidade do Minho

-Senhor Reitor da Universidade do Minho -Senhor Reitor da Universidade do Minho - Senhor Presidente da Comissão Parlamentar de Educação e Ciência. - Senhor Arcebispo Primaz - Digníssimas Autoridades Académicas, Civis, Militares e Religiosas

Leia mais

Designação Projecto Integrado de Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde (PIDS CV)

Designação Projecto Integrado de Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde (PIDS CV) Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Projecto Integrado de Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde (PIDS CV) Subprojecto 2.1 Desenvolvimento Sociocomunitário em Cabo Verde Ilha de Santiago

Leia mais

Torneio de Futsal Inter-Associações de Mortágua

Torneio de Futsal Inter-Associações de Mortágua CÂMARA MUNICIPALL DE MORTTÁGUA TORNEIO DE FUTSAL DE 2015 INTER-ASSOCIAÇÕES DE MORTÁGUA TORNEIO DE FUTSAL INTER-ASSOCIAÇÕES 2015 1º ORGANIZAÇÃO 1- O Município de Mortágua será responsável pela estruturação

Leia mais

A não perder em Portimão...

A não perder em Portimão... A/c de Agenda N.º de Pág. 5 Para divulgação Data 07/08/2009 A não perder em Portimão... DE 14 A 23 DE AGOSTO O destaque vai para o Festival da Sardinha, o espectáculo Dreams, a Mostra de Artes e Sabores

Leia mais

8 de Março 2011- E urgente acabar com as discriminações que a mulher continua sujeita em Portugal Pág. 2

8 de Março 2011- E urgente acabar com as discriminações que a mulher continua sujeita em Portugal Pág. 2 8 de Março 2011- E urgente acabar com as discriminações que a mulher continua sujeita em Portugal Pág. 1 A SITUAÇÃO DA MULHER EM PORTUGAL NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER DE 2011 RESUMO DESTE ESTUDO No dia

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura 1 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas...

Leia mais

enewsletter NOVEMBRO`09

enewsletter NOVEMBRO`09 Página Web 1 de 7 enewsletter NOVEMBRO`09 www.centralprojectos.pt Central Projectos conquista estatuto de PME Líder A Central Projectos foi recentemente reconhecida como PME Líder pelo IAPMEI no âmbito

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL A vida é a arte de pintar e sentir a nossa própria história. Somos riscos, rabiscos, traços, curvas e cores que fazem da nossa vida uma verdadeira obra de arte! Autor

Leia mais

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Preâmbulo A Câmara Municipal de Nordeste tem vindo a apoiar ao longo dos anos de forma directa e organizada toda a actividade cultural no concelho

Leia mais

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas

Informação Escrita. 1. Actividades de Representação e participação externas Informação Escrita Nos termos da alínea o) do artº.17º da Lei nº.5-a/2002 de 11 de Janeiro, e no âmbito das suas competências, a Junta de Freguesia de Portimão apresenta à Assembleia de Freguesia, a informação

Leia mais

Local, Regional, Nacional. Faro Regional Ver Área-chave 5. Semelhante à Área-chave 5.

Local, Regional, Nacional. Faro Regional Ver Área-chave 5. Semelhante à Área-chave 5. Timestamp Tipo de Organização/ Entidade área de intervenção concelho abrangência 6. Mobilidade / Acesso à Informação OBSTÁCULOS/ DESAFIOS 6. Mobilidade / Acesso à Informação SOLUÇÃO/MELHORAMENTO 12-04-2012

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/02/1999 (Contém 9 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

PROJECTO DE REALIZAÇÃO

PROJECTO DE REALIZAÇÃO APPEUC Associação de Professores de Português dos Estados Unidos e Canadá MONTREAL 2007 13, 14 e 15 de Abril de 2007 no Hotel Auberge Universel em Montreal PROJECTO DE REALIZAÇÃO Comissão Organizadora:

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré- Escolar do Lombo de São João - Ribeira Brava 1 Índice Introdução...

Leia mais

Acta n.º 57. 1. Discussão das propostas de alteração às Normas e Critérios de Apoio ao Movimento Associativo para 2010;

Acta n.º 57. 1. Discussão das propostas de alteração às Normas e Critérios de Apoio ao Movimento Associativo para 2010; Acta n.º 57 No dia 4 de Fevereiro de 2009, pelas 21 horas, realizou-se a 57ª reunião ordinária da Comissão Executiva do. A reunião contou com as seguintes presenças: Sr. Vereador Joaquim dos Santos; Adjunto,

Leia mais

III Montra de Oportunidades de Lamego: exemplo de cooperação e empreendedorismo!

III Montra de Oportunidades de Lamego: exemplo de cooperação e empreendedorismo! III Montra de Oportunidades de Lamego: exemplo de cooperação e empreendedorismo! Boletim Informativo n.º 31 abril 2012 SUMÁRIO III MONTRA DE OPORTUNIDADES pág.: 1 LIFE 2.0- CONCURSO pág.: 2 EDUCAÇÃO&EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Junta de Freguesia de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 2011. Introdução

Junta de Freguesia de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 2011. Introdução Junta de Santiago PLANO DE ACTIVIDADES 21 Introdução O ano de 21, para além de ser um ano de continuidade de Projectos idealizados e iniciados no ano transacto é sem sombra de dúvidas um ano complicado

Leia mais

Lisboa, 8 janeiro 2012 EXMO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DOS ASSUNTOS EUROPEUS, DR. MIGUEL MORAIS LEITÃO

Lisboa, 8 janeiro 2012 EXMO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DOS ASSUNTOS EUROPEUS, DR. MIGUEL MORAIS LEITÃO Intervenção do Ministro da Solidariedade e da Segurança Social na Conferência sobre o Quadro Estratégico Europeu 2014-2020 «Os Fundos Comunitários: Passado e Futuro» Lisboa, 8 janeiro 2012 EXMO SENHOR

Leia mais

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011

Ano VI N.º 22. Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente. Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Ano VI N.º 22 Boletim Informativo da Junta de Freguesia da Ribeira Quente Quinta-Feira 28 de Julho de 2011 Bandeira Azul Hasteada na Ribeira Quente A Praia do Fogo da Ribeira Quente recebeu no dia 28 de

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO NORMAS DE FUNCIONAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática de actividades de animação regular e sistemática,

Leia mais

UM PROGRAMA PARA A MUDANÇA

UM PROGRAMA PARA A MUDANÇA UM PROGRAMA PARA A MUDANÇA pelo valor da nossa terra Preâmbulo O Concelho de Seia enfrenta hoje desafios absolutamente determinantes e estratégicos. Num tempo de aceleradas mudanças e de forte competitividade,

Leia mais

XII Feira Gastronómica do Porco

XII Feira Gastronómica do Porco XII Feira Gastronómica do Porco Boticas -, e Janeiro Dossier de Imprensa DOSSIER DE IMPRENSA XII Feira Gastronómica do Porco O PORCO VOLTA A SER REI EM Nos próximos dias, e de Janeiro, Boticas promete

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2008 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2008 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2008 ORDEM DO DIA ASSUNTO APRECIADO AO ABRIGO DO ART. 83.º DA LEI N.º 169/99, DE 18 DE SETEMBRO, REPUBLICADA PELA LEI

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Artigo 2º. Natureza. Artigo 3º. Competência Territorial

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Artigo 2º. Natureza. Artigo 3º. Competência Territorial REGULAMENTO INTERNO Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º 1. A Lei de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo, n.º 147/99 de 1 de Setembro, regula a criação, competência e funcionamento das Comissões

Leia mais

O QUE É? EXEMPLOS DE INTERVENÇÕES RECOMENDAÇÕES DE POLÍTICA

O QUE É? EXEMPLOS DE INTERVENÇÕES RECOMENDAÇÕES DE POLÍTICA O QUE É? EXEMPLOS DE INTERVENÇÕES RECOMENDAÇÕES DE POLÍTICA ? O QUE É A ANIMAÇÃO TERRITORIAL A Animação Territorial é um processo dinâmico de intervenção social, que pressupõe uma atitude reflexiva activa

Leia mais

Freguesia de Gouveia

Freguesia de Gouveia PROGRAMA DE OCUPAÇÃO DE TEMPOS LIVRES DA FREGUESIA REGULAMENTO 1º Objecto O Programa de Ocupação de Tempos Livres promovido pela Junta de Freguesia, tem por objectivo proporcionar a ocupação saudável dos

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 05.12.2014

NOTÍCIAS À SEXTA 05.12.2014 RELATÓRIO Portugal-Saúde Mental em Números 2014 O relatório "Portugal - Saúde Mental em Números 2014", que se baseia no 1º Estudo Epidemiológico Nacional de Saúde Mental divulgado em 2013, afirma que um

Leia mais

www.cm-albufeira.pt/ema

www.cm-albufeira.pt/ema www.cm-albufeira.pt/ema MENSAGEM Não há dúvida de que Albufeira é um município forte e dinâmico sob diversos pontos de vista. Economicamente, este é um concelho de enorme importância a nível nacional,

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS Critérios específicos de apoio para época desportiva 2011/2012 Introdução O Regulamento n.º 635/2010 Regulamento Municipal de Apoio às Entidades

Leia mais

Circuito de Atletismo em Pavilhão Games and Fun

Circuito de Atletismo em Pavilhão Games and Fun 2014 Circuito de Atletismo em Pavilhão Games and Fun Departamento Técnico Associação de Atletismo do Porto Introdução O Circuito de Torneios de Atletismo em Pavilhão tem como propósito o combate dos modelos

Leia mais

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a Fl. ATA N.º 14/13 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 01 DE JULHO DE 2013 Ao primeiro dia do mês de Julho de dois mil e treze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais