AUDIOLIVRO : inovações tecnológicas, tendências e divulgação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AUDIOLIVRO : inovações tecnológicas, tendências e divulgação"

Transcrição

1 PÔSTER IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA Uso estratégico das tecnologias em informação documentária AUDIOLIVRO : inovações tecnológicas, tendências e divulgação PALETTA, F. A. C. 1 WATANABE, E. T. Y. 2 PENILHA, D. F. 3 RESUMO O acesso à leitura é parte fundamental da educação de qualquer indivíduo, seja ele deficiente ou não. Com o surgimento de novas tecnologias e o uso acelerado de novas mídias, o audiolivro surge como alternativa para os leitores, possuindo um formato que se adapta ao cotidiano das pessoas do mundo atual, que tem cada vez menos tempo livre. Ouvir um livro tornou-se, deste modo, a atividade cultural do homem moderno. Além disso, o audiolivro é uma ótima ferramenta de interação e reflexão entre colegas de trabalho, professores, educadores e alunos. Os livros falados são todos editados com a ajuda do computador, utilizando dispositivos de captura de som, software de edição e um drive gravador de CD. A adesão a este novo suporte está revolucionando cada vez mais o mercado editorial. Palavras-chaves: Audiolivro. Inovação tecnológica. Educação. Livro falado. ABSTRACT The education of any individual, even if he or she has some kind of disability, should primarily foresee the access to reading material. With the advent of new technology, as well as with the increase in the use of new media, the audio book appears as an alternative for readers, since it comes in a format that can be easily adapted to modern life, where people are running out of leisure time. In fact, listening to a book has become a cultural pastime for the modern man. Audio books also constitute an excellent tool for interaction and debate among fellow workers, professors, educators, and students. All talking books are produced with the aid of computers by means of audio recording tools, sound editing software, and a CD-ROM recorder drive. This new option is becoming increasingly popular among readers, and is bringing about a revolution in the publishing market. Keywords: Audio book. Technological innovation. Education. Talking book.

2 2 1 INTRODUÇÃO Audiolivro é um livro em áudio, para se ouvir. Também chamado de livro falado ou audiobook. Os arquivos de áudio geralmente são salvos em MP3, WMA, entre outros, podendo ser gratuitos ou pagos. As versões pagas contam com a vantagem de possuírem narradores profissionais contando a história, podendo haver ainda efeitos sonoros, que ajudam na interpretação do texto e evitam a monotonia na escuta. Já os gratuitos trazem uma grande variedade de obras para download, a maioria atualmente em domínio público, copyleft ou outra licença pública livre disponível, narradas por voluntários gratuitamente. Com o ritmo acelerado nas grandes cidades, os congestionamentos de trânsito, a falta de tempo para ler, muitas pessoas optaram pelos audiolivros para poder ler enquanto dirigem, faz ginástica ou andam de transportes públicos. 2 HISTÓRIA Dos tijolos de barro aos dígitos eletrônicos, o livro tem muita história para contar. Nem sempre as escritas foram em papel, ou tivemos computador para armazenar informações. Os povos antigos usavam materiais disponíveis, como vegetais, animais e minerais. O papel substituiu o pergaminho, os bytes substituíram os manuscritos, as telas substituíram o papel. Os meios audiovisuais são muitos. Os livros de papel perderam a novidade, mas não a importância. (FIRMINO, 2008). Na Idade Média, o ato de ler estava sempre ligado ao de falar: a leitura em voz alta era muito difundida. A tradição foi mantida também na Idade Moderna. Ainda no século XIX, lia-se muito em voz alta: poesias, livros e cartas. Com o passar do tempo, diante do avanço da alfabetização, a leitura de um texto foi perdendo sua ligação intrínseca com a voz. Nas famílias, mantiveram-se quando muito o costume de ler para as crianças, quase sempre antes de adormecerem. (BORCHARDT, 2008). As gravações de obras literárias e teatrais surgiram pouco depois da Primeira Guerra Mundial para entreter soldados que perderam a visão durante as

3 3 batalhas. O que era um produto para cegos, porém, foi se tornando uma opção também para pessoas que não tinham tempo para ler livros tradicionais. Com o advento das tecnologias digitais, os audiolivros surgem como novo tipo de produto que tem tudo para revolucionar o hábito de leitura. Os Estados Unidos saíram na frente em 1980 na popularização do formato e hoje possuem o maior mercado de audiolivros do mundo, com mais de 18 mil títulos disponíveis. Segundo a APA - Audio Publishers Association, o segmento vem crescendo a uma taxa de 10% ao ano e já movimenta mais de US$ 800 milhões anualmente. Na Europa, os audiolivros são sucesso principalmente na Grã-Bretanha e Alemanha. Desde a década de 90 surgiram inúmeras editoras especializadas nesse formato. As crianças são incentivadas à leitura, e em inúmeros locais pode-se ouvir um livro, como em bares, pontos de encontro e festivais de literatura falada. O interesse pelo formato faz com que, nesses países e nos Estados Unidos, os lançamentos editoriais sejam, com freqüência, disponibilizados simultaneamente em versão impressa e em áudio. Segundo a Publishing Trends, publicação norte-americana especializada no mercado editorial, uma pesquisa realizada em 2005 nos Estados Unidos mostrou que 53% dos fãs do formato ouvem os livros falados nos seus carros ou em transportes públicos. Na Inglaterra, há audiolivros em todas as livrarias e os preços são semelhantes aos dos livros. Em Portugal foi anunciado para 2008, o lançamento do I-Phone, uma revolução ao I-Pod, que possibilitará ouvir o audiolivro no próprio telefone celular. No Brasil, contabiliza apenas 140 audiolivros, segundo a Biblioteca Nacional, mas a oferta começa a aumentar. O audiolivro é predominantemente visto como um auxílio para deficientes visuais. As Instituições de apoio ao deficiente visual como o Centro Cultural São Paulo (CCSP) e Lara Mara dispõem de audiolivros. O CCSP tem um convênio com a Fundação Dorina Nowill, que também

4 4 faz gravações. Essas instituições produzem livros em áudio em estúdio de rádio, tentando melhorar a qualidade dos audiolivros que fazem, normalmente com a ajuda de locutores voluntários. Os CDs produzidos não podem ser vendidos, porque não são produtos feitos para o mercado e, portanto, estão livres de vários encargos e burocracias. 3 RECURSOS EDUCACIONAIS Nas bibliotecas norte-americanas, o audiolivro aparece em lugar de destaque, pois se tornaram populares entre os americanos, que os ouvem especialmente nas estradas e nos congestionamentos e as bibliotecas perceberam que valia a pena, incluiu-os na listagem de compra. No Brasil, as bibliotecas para deficientes visuais, são as pioneiras a divulgar o material. A biblioteca do Senac Ribeirão Preto é uma das nove de todo o Estado de São Paulo a contar com um acervo de CDs de audiolivros (arquivos em MP3). A iniciativa faz parte do projeto piloto Ilha de Audição, da Fundação Dorina Nowill para Cegos (FDNC), que visa levar obras contemporâneas gravadas nesse formato para portadores de deficiência visual. Os usuários podem escutar os audiolivros dentro da biblioteca da instituição utilizando o aparelho com MP3 ou computadores, e os que possuem equipamentos em casa ainda têm a possibilidade de solicitar o empréstimo gratuito dos títulos. A produção de audiolivros em meio digital é feita pela Fundação Dorina Nowill para Cegos há cerca de um ano. A escolha das obras é baseada na lista dos livros mais vendidos, publicada semanalmente pela revista Veja. Os títulos que permanecem mais de quatro semanas consecutivas nessa relação são gravados em MP3. A Biblioteca Virtual do Estudante de Língua Portuguesa Escola do Futuro da Universidade de São Paulo - USP (FIGURA 1), reúne clássicos da literatura nacional no formato de livro falado. A pesquisa pode ser feita por gênero ou título, no site (http://www.bibvirt.futuro.usp.br), é um projeto que visa oferecer gratuitamente recursos educacionais úteis para estudantes e professores desde o ensino infantil até o universitário, ajudando a suprir a carência de bibliotecas

5 5 escolares no país e de material de qualidade em língua portuguesa na Internet, além de estimular o interesse pela leitura. Ao mesmo tempo, é uma iniciativa que pretende contribuir para a criação de infra-estrutura para o ensino à distância e inclusão digital. O acervo compreende textos integrais de obras literárias, textos, artigos, documentos, imagens, sons e vídeos. Ali se encontram, entre outros materiais, centenas de obras de literatura brasileira e estrangeira, a coleção dos livros do Telecurso 2000, livros falados da Fundação Dorina Nowill, documentários em vídeo, vozes de personalidades da história, artigos sobre Educação e parte do acervo permanente do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo. Recentemente foi incorporado o projeto Gutenberg, que é conhecido mundialmente por ter sido um dos primeiros a disponibilizar textos eletrônicos gratuitos para download na Internet e por reunir clássicos da literatura em suas línguas originais. Atualmente, o projeto possui cerca de obras disponíveis. Ressaltamos que as obras de Domínio Público estão disponíveis a todos os usuários e os indivíduos privados de visão podem acessar as obras, de acordo com a lei n 9.610, sendo beneficiário da Lei de Isenção de Direito Autoral (http://www.audiolivro.com/legal.php). Figura 1 Pesquisa na Biblioteca Virtual do Estudante e Língua Portuguesa

6 6 4 PROCEDIMENTOS DE GRAVAÇÃO O narrador precisa ter uma voz saudável (sem patologias), clara e bem articulada, trabalhando a dicção, ou seja, articulação, entonação, inflexão, ritmo, respeitando o timbre de voz de cada pessoa. Estar atento à velocidade da fala. Falar rápido demais dificulta a articulação e a compreensão das palavras; e falar lento demais pode tornar a fala monótona e desinteressante. O ideal é equilibrar a velocidade da fala. Verificar o tipo de equipamento que deve ser utilizado para a gravação, pois ele tem influência direta na qualidade do som. A seleção do microfone, do software de gravação e do formato de compactação do som são alguns dos aspectos que devem ser observados. Explicitar as técnicas de gravação, ou seja, o que gravar dos livros, como gravar e organizar essas informações para que possam ser facilmente acessadas pelos usuários. 5 TIPOS DE ARQUIVOS SONOROS Em termos de qualidade de som os arquivos sonoros praticamente se equivalem, mas em tamanho eles se diferenciam e muito. Existem vários tipos de arquivos sonoros, como: O wave, formato padrão do Windows, oferece uma excelente qualidade de som. Sua principal desvantagem é o tamanho do arquivo. Ainda assim, é o formato mais utilizado por produtores profissionais devido à sua fidelidade de som. Praticamente qualquer software de edição de áudio para Windows suporta este padrão de áudio digital. O mp3 (Movie Pictures Expert Group nível áudio 3) é um sistema de som comprimido que pode gerar um arquivo de som de excelente qualidade, próxima à qualidade de CD, mantendo o tamanho do arquivo bastante pequeno. O wma (Windows Media Audio) é o novo formato de áudio compactado criado pela Microsoft para disputar mercado com o mp3. Com ele consegue-se uma

7 7 taxa de compactação maior que o mp3 (são 42% menores que os mp3) com uma perda de qualidade quase imperceptível. Os arquivos de Real Áudio, com as extensões rm, ram, ou ra, utilizam uma tecnologia muito empregada para streaming (rádio e/ou vídeo on-line) na Internet. Com ele consegue-se uma boa taxa de compactação com uma boa qualidade de áudio. Outras codificações de arquivos sonoros: aiff, mp3pro, a2b music, sox, asf, twinvq file, vqf, ogg vorbis, PlayJ, mp4, algumas prometendo revolucionar esta área. A taxa de transferência (bitrate) de um arquivo influência diretamente no tamanho e na qualidade do arquivo sonoro. À medida que a taxa de transferência aumenta, a qualidade do som melhora e o tamanho do arquivo cresce; se a taxa de transferência diminuir, acontece o inverso. Embora a taxa de transferência de 128Kbps seja o padrão industrial para gravações no formato mp3, a maioria dos usuários não percebe uma diferença significativa entre arquivos gravados em 128Kbps ou em 320Kbps. O mercado oferece vários modelos e aparelhos portáteis e soluções para escutar MP3 no seu carro: IPOD MP3 players Sistemas que tocam CD s de MP3

8 8 Sistemas que têm entrada de auxiliar para você plugar seu mp3 player portátil FM transmiter um aparelho portátil ligado no acendedor de cigarros. Ele se conecta ao seu IPOD ou aparelho de MP3 portátil e transmite uma onda na freqüência de seu rádio. 6 VANTAGENS DO AUDIOLIVRO Pode ser usado em situações nas quais a leitura não é possível, e por pessoas com deficiência visual; Não ocupam espaço na sua prateleira ou em sua casa; Não têm peso ou volume, o audiolivro é um arquivo digital; As páginas não podem ser rasgadas ou danificadas; São muitos versáteis, permitindo que o usuário realize multi-tarefas, enquanto ouve; O livro em papel e o audiolivro são duas realidades que não se excluem. Ouvir pode ser um estímulo para a compra do texto em suporte impresso; O audiolivro não vai concorrer diretamente com o livro impresso, mas sim complementá-lo; o preço em relação ao impresso pode reduzir em 50%; Devido à possibilidade de interpretação, em determinados trechos, o áudio é muito superior ao livro impresso, pois consegue dar ao ouvinte a dimensão exata das técnicas sugeridas; Ler em voz alta para as crianças é uma das atividades que mais ajudam a desenvolver a habilidade de leitura. Ouvindo um livro falado, as crianças ampliam o vocabulário, aprendem entonação, pronúncia e, principalmente, têm contato com o universo da literatura de uma forma lúdica e agradável. Os clássicos da literatura que são incluídos, nas listas de leitura obrigatória dos principais vestibulares do País, estão em formato de audiolivros.

9 9 7 DEPOIMENTOS Quando quero ler, eu ouço. Pago uma pessoa para gravar os livros em fitas e depois, quando sinto vontade, as coloco para tocar. (Oscar Niemeyer) Há cerca de três anos, o bibliófilo José Mindlin sofreu um problema na visão que o impede de ler os livros. Desde então, conta com pessoas que lêem para ele e recentemente experimentou e gostou de acompanhar as narrativas literárias gravadas em CD (audiolivros). "É uma ferramenta a mais que, como tal, deve ser aproveitada. Não tem o mesmo encanto do contato físico com o livro, mas quando isso não é possível, o CD substitui". (José Mindlin) Para a comunicação verbal o audiolivro é um apoio extraordinário. Sem conteúdo não há que falar. E sem leitura fica difícil ter conteúdo. Com o audiolivro as pessoas terão mais uma boa opção para obter informações e enriquecer a mensagem. Se você ainda não ouviu um audiolivro, sugiro que experimente. Tenho certeza de que terá muito prazer em ouvir o conteúdo de um livro de sua preferência. (Reinaldo Polito) Uma degeneração ocular poderia inibir a realização de um dos mais perfeitos sonhos do doutor em educação Osmar Salles de Figueiredo, primeiro diretor do Colégio Técnico de Campinas (Cotuca), da Unicamp: a publicação de mais um livro. Mas aos 90 anos, não se rendeu às circunstâncias e teve outra brilhante idéia: gravou em áudio o texto de Sofia e Moria e acabou desenvolvendo uma técnica de gravação de voz sintetizada para ser usada em qualquer mídia. Além da versão impressa, Sofia e Moria pode ser vista em libras e ouvida na televisão, no computador, no MP4 e no ipod. A técnica é acessível a deficientes visuais, auditivos, físicos e até acamados, que podem fazer a leitura pela televisão com letras em tamanho grande. (Osmar Salles de Figueiredo)

10 10 REFERÊNCIAS AUDIOLIVRO downloads. Disponível em: <http://portuguese.articlespublish.com/multimedia/audio-livro-downloads.html>. Acesso em: 04 jun AUDIOLIVROS SENAC RP promove inclusão cultural. Disponível em: <http://www.movimentosdasartes.com.br/htm/mda_it/pop_071/070221b.htm>. Acesso em: 29 maio AUDIOLIVROS, uma opção boa e barata. Disponível em: <http://establog.uniblog.com.br/324032/audiolivros-uma-opcao-boa-e-barata.html>. Acesso em: 12 maio BIBLIOTECA Virtual do Estudante de Língua Portuguesa. Disponível em: <http://www.bibvirt.futuro.usp.br/layout/set/print>. Acesso em: 10 mar BORCHARDT, K. Leitura para cegos de guerra. Disponível em: <http://www.audiolivro.com/news.php> Acesso em: 14 mar BRAGANÇA, A. A mídia impressa, o livro e os desafios das novas tecnologias. Disponível em: <http://www2.metodista.br/unesco/pcla/revista9/documentos%209-3.htm> Acesso em: 15 maio BUNN, D. Da história oral ao livro infantil: identidades e memórias. Disponível em: <http://www.cfh.ufsc.br/abho4sul/pdf/daniela%20bunn.pdf> Acesso em: 18 maio COSTA, V. M. Da celulose ao som: o processo de gravação na Biblioteca Virtual Sonora. In: FÓRUM DE INFORMÁTICA APLICADA A PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS, 3, Disponível em: <http://www.niee.ufrgs.br/cbcomp/cbcomp2004/html/pdf/forum/t _3.pdf>. Acesso em: 14 abr FIRMINO, S. A importância do livro no Brasil do século XXI. Disponível em: <http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/501839>. Acesso em: 28 abr FUNDAÇÃO DORINA NOWILL lança livro digital. Disponível em: <http://www.panoramaeditorial.com.br/edicoes.php?id=31> Acesso em: 02 jun GALRÃO, F. Coleção livros para ouvir. Disponível em: <http://www.101noites.com/index.php?option=com_content&task=view&id=71&itemid...>. Acesso em: 05 jun PAULA, M. A. C. Fundador do Cotuca lança Sofia e Moria aos 90 anos. Disponível em: <http://www.unicamp.br:80/unicamp/divulgacao/bdnd/nd_1366/nd_1366.html> Acesso em: 10 jun

11 11 RANGEL, V. Livro para escutar. Disponível em: <http://www.audiolivro.com/news.php>. Acesso em: 25 mar ROSETTO, M. Os novos matérias bibliográficos e a gestão da informação: livro eletrônico e biblioteca eletrônica na América Latina e Caribe. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=s >. Acesso em: 27 mar TAVARES, C. Audiolivros Expresso. Disponível em: <http://funcionalidade.blogspot.com/2007_03_01_archive.html>. Acesso em: 19 maio VEGAS, C. Clássicos da literatura para ouvir. Disponível em: <http://www.audiolivro.com/news.php>. Acesso em: 11 abr VITÓRIA, A. Ler livros sem olhar páginas ou a facilidade do audiolivro. Disponível em: <http://jn.sapo.pt/2007/10/13/cultura/ler_livros_olhar_paginasou_a-facilid.html>. Acesso em: 06 maio VYBB, V. O audiolivro. Disponível em: <http://pt.shvoong.com/humanities/ audiolivro/>. Acesso em: 30 abr WELLE, D. Feira de Frankfurt aposta no mercado do livro eletrônico. Disponível em: <http://www.odebate.com.br/index.php?option+com_content&task+view&id=6733&ite...>. Acesso em: 18 abr Fátima Aparecida Colombo Paletta, Universidade de São Paulo (USP), Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas (DBDCQ), 2 Edna Tiemi Yokoti Watanabe, Universidade de São Paulo (USP), Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas (DBDCQ), 3 Débora Ferrazoli Penilha, Universidade de São Paulo (USP), Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas (DBDCQ),

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens Aprenda a Trabalhar com Telemensagens 1 Incluindo dicas de Cestas, Flores, Presentes e Internet Do Iniciante ao Profissional www.as2.com.br 1 Aprenda a Trabalhar com Telemensagens FASCÍCULO 1 Adquira o

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA AULA 01: TECNOLOGIAS DIGITAIS, MUDANÇAS SOCIAIS E A EDUCAÇÃO TÓPICO 02: VOCÊ E O COMPUTADOR 2.1 VOCÊ E O COMPUTADOR Nesta aula você irá refletir um pouco sobre como o computador, a

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO ÁUDIO-LIVRO PARA O DEFICIENTE VISUAL NO ESTUDO DE LITERATURA

A IMPORTÂNCIA DO ÁUDIO-LIVRO PARA O DEFICIENTE VISUAL NO ESTUDO DE LITERATURA A IMPORTÂNCIA DO ÁUDIO-LIVRO PARA O DEFICIENTE VISUAL NO ESTUDO DE LITERATURA Fernanda Antônia Bezerra 44 Joranaide Alves Ramos 45 nad.alvesramos@hotmail.com RESUMO Este trabalho mostra a importância do

Leia mais

Dicas para um Áudio Mobile. www.mvmob.com.br

Dicas para um Áudio Mobile. www.mvmob.com.br www.mvmob.com.br 1 1. Introdução Este guia foi produzido para auxiliar educandos e educadores durante as ofi cinas oferecidas pelo projeto MVMob - Minha Vida Mobile, como material de subsídio pedagógico.

Leia mais

Trabalhando com arquivos de som. Prof. César Bastos Fevereiro 2008

Trabalhando com arquivos de som. Prof. César Bastos Fevereiro 2008 Trabalhando com arquivos de som Prof. César Bastos Fevereiro 2008 Usando a mídia de som Vamos considerar os programas gratuitos como base de nossas ferramentas nesse curso, assim todos poderão usufruir

Leia mais

FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-ROM. Professor Carlos Muniz

FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-ROM. Professor Carlos Muniz FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-Rom Até pouco tempo atrás, as opções mais viáveis para escutar música eram os discos de vinil e as fitas cassete. Porém, a Philips, em associação com outras empresas, desenvolveu

Leia mais

Mídias Contínuas. Mídias Contínuas

Mídias Contínuas. Mídias Contínuas Mídias Contínuas Processamento da Informação Digital Mídias Contínuas Mídias Contínuas (dinâmicas ou dependentes do tempo) Digitalização de Sinais Áudio Vídeo 1 Digitalização de Sinais Codificadores de

Leia mais

COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg

COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg Para que possamos digitalizar nossos programas de rádio gravados em fita cassete, utilizaremos: - o próprio gravador

Leia mais

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre

17:47:08. Introdução à Informática com Software Livre 17:47:08 Introdução à Informática com Software Livre 1 17:47:09 Audacity 2 Audacity 17:47:09 Audacity é um Software Livre de edição digital de áudio, disponível principalmente nas plataformas: Windows,

Leia mais

Introdução à multimídia na Web

Introdução à multimídia na Web Aplicações Multimídia Aplicações Multimídia para Web Introdução à multimídia na Web Co-autoria com Profº. Diogo Duarte Aplicações Multimídia para Web Multimídia Multimídia é tudo que você ouve ou vê. Textos,

Leia mais

Título do trabalho: Entre ledores humanos e leitores digitais

Título do trabalho: Entre ledores humanos e leitores digitais Temática(s):Acessibilidade em Cultura e Educação Tipo de Trabalho: Relatos de Experiências Título do trabalho: Entre ledores humanos e leitores digitais Autores e Filiações: Arnais, Magali Ap. Oliveira

Leia mais

Documentação Eletrônica

Documentação Eletrônica Documentação Eletrônica Universidade Federal Fluminense Ciência da Computação Disciplina: Informática I Prof.: Otton Teixera da Silveira Filho Alunos: Bernardo Baptista do Couto César Motohiro Ujihara

Leia mais

Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004

Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004 Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004 Aluno: Rafael Lima Brandão Orientador : Prof. Jose Joaquim Lunazzi Resumo Os experimentos apresentados todo o semestre na disciplina F809 são filmados e gravados

Leia mais

sac.brasil@phonak.com www.phonak.com.br SAC 0800 701 8105

sac.brasil@phonak.com www.phonak.com.br SAC 0800 701 8105 Life is on A Phonak tem como objetivo melhorar, substancialmente a qualidade de vida de pessoas com deficiência auditiva e das que convivem com elas. As desafiar de maneira criativa os limites da tecnologia,

Leia mais

Produção de textos online. O modelo de consumo de uma nova era

Produção de textos online. O modelo de consumo de uma nova era Produção de textos online O modelo de consumo de uma nova era Introdução Novas tecnologias, ou mesmo o aprimoramento daquelas já existentes, tem transformado o modo como são consumidos os conteúdos disponibilizados

Leia mais

Técnicas Assistivas para Pessoas com Deficiência Visual

Técnicas Assistivas para Pessoas com Deficiência Visual Técnicas Assistivas para Pessoas com Deficiência Visual Aula 15 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE.

Leia mais

Movie Maker: Recurso para produção e comunicação.

Movie Maker: Recurso para produção e comunicação. Movie Maker: Recurso para produção e comunicação. O que é o Windows Movie Maker? O Windows Movie Maker é um programa de computador que permite criar vídeos ou editar os que já existem e transformá-los

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS PARA O CURSO:

PRÉ-REQUISITOS PARA O CURSO: PRÉ-REQUISITOS PARA O CURSO: Para que você possa acompanhar as lições deste curso é necessário que você já tenha preenchido os seguintes pré-requisitos: Conhecimento básico em informática. Algumas palavras

Leia mais

Música e internet: uma expressão da Cultura Livre

Música e internet: uma expressão da Cultura Livre Música e internet: uma expressão da Cultura Livre Auta Rodrigues Moreira Irene Guerra Salles Lilian Braga Carmo Luana Roberta Salazar Resumo: Atualmente, com a presença marcante das tecnologias, torna-se

Leia mais

Montando seu Estúdio Digital

Montando seu Estúdio Digital Montando seu Estúdio Digital 1. Definição da configuração ideal Antes de tudo, é preciso saber o que você pretende fazer em seu estúdio, para podermos definir os componentes necessários para a realização

Leia mais

CONHECENDO O AUDACITY E O PODOMATIC

CONHECENDO O AUDACITY E O PODOMATIC CONHECENDO O AUDACITY E O PODOMATIC O Audacity (Audio (áudio) + Acity (cilindrada) - (http://audacity.sourceforge.net/) é uma aplicação de Software Livre para gravação e edição de áudio. No Audacity, através

Leia mais

Nas ondas do rádio produção de programa na Web

Nas ondas do rádio produção de programa na Web Nas ondas do rádio produção de programa na Web O rádio chegou ao Brasil na festa de centenário da Independência, em 7 de setembro de 1922. Hoje é um meio de comunicação amplamente difundido em nosso país,

Leia mais

Oficina de produção de tutoriais. WALESKA - TUTORIAL Audacity

Oficina de produção de tutoriais. WALESKA - TUTORIAL Audacity Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação Implementação de Informática Aplicada à Educação Oficina de produção de tutoriais WALESKA - TUTORIAL Audacity Oficina de produção de tutoriais

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda)

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) NÚCLEO DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FACULDADE DA CIDADE DE MACEIÓ Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação I INTRODUÇÃO: O Núcleo

Leia mais

Deficiência Visual. Eficiência Tátil Inteligência - Adaptações. V Compartilhando Eficiências. Seção de Educação Especial SEE - DE

Deficiência Visual. Eficiência Tátil Inteligência - Adaptações. V Compartilhando Eficiências. Seção de Educação Especial SEE - DE Deficiência Visual Eficiência Tátil Inteligência - Adaptações V Compartilhando Eficiências Seção de Educação Especial SEE - DE a voar como os pássaros, Temos aprendido a nadar como os peixes, Mas ainda

Leia mais

UM NOVO SOFTWARE LIVRE PARA COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA. Gustavo Theodoro LASKOSKI 1 e Percy NOHAMA 2

UM NOVO SOFTWARE LIVRE PARA COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA. Gustavo Theodoro LASKOSKI 1 e Percy NOHAMA 2 UM NOVO SOFTWARE LIVRE PARA COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA Gustavo Theodoro LASKOSKI 1 e Percy NOHAMA 2 Universidade Tecnológica Federal do Paraná Av. Sete de Setembro 3165, Curitiba, Paraná RESUMO: Neste artigo,

Leia mais

Introdução... 2. Características das placas de som... 2

Introdução... 2. Características das placas de som... 2 á Placa de som: principais características... 2 Introdução... 2 Características das placas de som... 2 Conversores ADC e DAC... 2 Resolução das placas de som... 2 Taxa de amostragem... 3 Resposta de freqüência...

Leia mais

Introdução. É Chegada a hora tão esperada! O momento de trabalhar com edição digital.

Introdução. É Chegada a hora tão esperada! O momento de trabalhar com edição digital. Introdução É Chegada a hora tão esperada! O momento de trabalhar com edição digital. Desde o começo do curso, esperamos a utilização das técnicas mais avançadas de produção radiofônica, para que assim

Leia mais

Radionovela para e com deficientes visuais 1

Radionovela para e com deficientes visuais 1 Radionovela para e com deficientes visuais 1 Gabriela Rodrigues Pereira CAPPELLINI 2 Raquel PELLEGRINI 3 Christian GODOI 4 Centro Universitário do Monte Serrat, Santos, SP RESUMO Narrar histórias a deficientes

Leia mais

INCLUINDO O BRAILLE E A ALFABETIZAÇÃO EM CASA: NÃO PERMITA QUE SEU VERÃO PASSE SEM SER APROVEITADO

INCLUINDO O BRAILLE E A ALFABETIZAÇÃO EM CASA: NÃO PERMITA QUE SEU VERÃO PASSE SEM SER APROVEITADO INCLUINDO O BRAILLE E A ALFABETIZAÇÃO EM CASA: NÃO PERMITA QUE SEU VERÃO PASSE SEM SER APROVEITADO Resumo: Sugestões de atividades de alfabetização que podem ser realizadas em casa. Incluem-se livros em

Leia mais

ÍNDICE O QUE É... 2 COMO FUNCIONA... 3. Acervo... 3. Meus Livros... 4. Livros em destaque... 7. Fórum... 7. Notícias... 8. Ajuda... 9. Suporte...

ÍNDICE O QUE É... 2 COMO FUNCIONA... 3. Acervo... 3. Meus Livros... 4. Livros em destaque... 7. Fórum... 7. Notícias... 8. Ajuda... 9. Suporte... ÍNDICE O QUE É... 2 COMO FUNCIONA... 3 Acervo... 3 Meus Livros... 4 Livros em destaque... 7 Fórum... 7 Notícias... 8 Ajuda... 9 Suporte... 9 POR QUE USAR... 10 EQUIPE RESPONSÁVEL... 12 CONTATO... 13 O

Leia mais

A NATUREZA DO SOM. Diogo Maia

A NATUREZA DO SOM. Diogo Maia A NATUREZA DO SOM Diogo Maia "SE UMA ÁRVORE CAÍSSE NA FLORESTA E NÃO HOUVESSE NINGUÉM LÁ PARA OUVIR, ELA FARIA BARULHO...? "SE UMA ÁRVORE CAÍSSE NA FLORESTA E NÃO HOUVESSE NINGUÉM LÁ PARA OUVIR, ELA FARIA

Leia mais

Audacity. Os primeiros passos com o Audacity!

Audacity. Os primeiros passos com o Audacity! Audacity Os primeiros passos com o Audacity! João Torres joao.torres@dgidc.min-edu.pt Milena Jorge milena.jorge@dgidc.min-edu.pt Dezembro de 2009 Conteúdo 1 Sobre este documento 2 2 O que é o Audacity?

Leia mais

Melhore o desempenho dos seus aparelhos auditivos. Acessórios Wireless da Phonak

Melhore o desempenho dos seus aparelhos auditivos. Acessórios Wireless da Phonak Melhore o desempenho dos seus aparelhos auditivos Acessórios Wireless da Phonak A moderna tecnologia dos aparelhos auditivos faz com que a maioria das situações torna-se mais agradável de ouvir e entender.

Leia mais

SISTEMA PARA CATALOGAR PALAVRAS INDÍGENAS SISCAPI. Manual do Usuário. Versão 1.0

SISTEMA PARA CATALOGAR PALAVRAS INDÍGENAS SISCAPI. Manual do Usuário. Versão 1.0 1 SISTEMA PARA CATALOGAR PALAVRAS INDÍGENAS SISCAPI Manual do Usuário Versão 1.0 Para usar o sistema acesse: www.palavrasindigenas.com.br Equipe: Dener Guedes Mendonça Local: Instituto Federal do Norte

Leia mais

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha MODERNA.COMPARTILHA: INTEGRAR TECNOLOGIA E CONTEÚDOS A FAVOR DO APRENDIZADO. Os alunos deste século estão conectados com novas ideias, novas

Leia mais

Tecnologias de Informação voltadas para pessoas com deficiência visual

Tecnologias de Informação voltadas para pessoas com deficiência visual Tecnologias de Informação voltadas para pessoas com deficiência visual (Technologies of Information destined to peoples with visual deficiency) Daniela Ragazzi dos Santos 1 ; Sérgio Ricardo Borges 2 1

Leia mais

Roxio Easy CD & DVD Burning

Roxio Easy CD & DVD Burning Roxio Easy CD & DVD Burning Guia de Introdução 2 Começando a usar o Easy CD & DVD Burning Neste guia Bem-vindo ao Roxio Easy CD & DVD Burning 3 Sobre este guia 3 Sobre o conjunto Easy CD & DVD Burning

Leia mais

Tire suas dúvidas sobre os leitores digitais

Tire suas dúvidas sobre os leitores digitais Tire suas dúvidas sobre os leitores digitais Amazon anuncia lançamento do Kindle no Brasil por cerca de R$ 1 mil. G1 lista o que você precisa saber antes de comprar esse tipo de eletrônico. Juliana Carpanez

Leia mais

Aula 09. Exportação e Licenças

Aula 09. Exportação e Licenças Aula 09 Exportação e Licenças Exportação Como exportar um vídeo para celular, dispositivos móveis e internet? As propriedades para exportar um vídeo para celular e dispositivos móveis Dica Como saber qual

Leia mais

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery 12 Razões Para Usar Lightroom André Nery André Nery é fotógrafo em Porto Alegre. Arquitetura e fotografia outdoor, como natureza, esportes e viagens, são sua área de atuação. Há dez anos começou a ministrar

Leia mais

Tecnologias para pessoas com deficiência auditiva

Tecnologias para pessoas com deficiência auditiva Tecnologias para pessoas com deficiência auditiva ANTONIO BORGES TDD é a abreviatura de Telecommunications Device for the Deaf (Aparelho de telecomunicações para o surdo). O TDD é um sistema de comunicação

Leia mais

Streaming na pratica Shoutcast Flumotion

Streaming na pratica Shoutcast Flumotion Streaming na pratica Shoutcast Flumotion Felipe Santos dos Santos 1 1 Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas(FATEC) Rua Gonçalves Chaves, 602 Centro CEP: 96.015-560 Pelotas RS Brasil Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens Aprenda a Trabalhar com Telemensagens 3 Incluindo dicas de Cestas, Flores, Presentes e Internet Do Iniciante ao Profissional www.as2.com.br 1 Aprenda a Trabalhar com Telemensagens FASCÍCULO 3 Adquira o

Leia mais

+YMEHIVIJIVÃRGMEVÊTMHE

+YMEHIVIJIVÃRGMEVÊTMHE +YMEHIVIJIVÃRGMEVÊTMHE Adaptec, Inc. 691 South Milpitas Boulevard Milpitas, CA 95035 2000 Adaptec, Inc. Todos os direitos reservados. Adaptec e o logo da Adaptec são marcas registradas da Adaptec, Inc.

Leia mais

1 Noções de software musical Conteúdo

1 Noções de software musical Conteúdo Introdução Conceitos básicos de software educacional e informática na educação O software musical como auxílio aos professores de música Software para acompanhamento Software para edição de partituras

Leia mais

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ 1. O que é o Mapa Musical da Bahia? O Mapa Musical da Bahia é uma ação da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) para mapear, reconhecer e promover a difusão da música

Leia mais

ASSISTINDO AOS NOSSOS VÍDEOS EM APARELHOS DE DVD Converta os vídeos para o formato VCD e assista aos jogos no seu DVD

ASSISTINDO AOS NOSSOS VÍDEOS EM APARELHOS DE DVD Converta os vídeos para o formato VCD e assista aos jogos no seu DVD ASSISTINDO AOS NOSSOS VÍDEOS EM APARELHOS DE DVD Converta os vídeos para o formato VCD e assista aos jogos no seu DVD Você tem (ou conhece alguém que tenha) um simples gravador de CDs? Se a resposta for

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 02 PROCESSO DE INTERAÇÃO EM EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Interação em EAD A partir das novas mídias e tecnologias, tais como a televisão, o telefone

Leia mais

PASSO A PASSO MOVIE MAKER

PASSO A PASSO MOVIE MAKER PASSO A PASSO MOVIE MAKER Nesta etapa, você deverá apresentar o programa e ajudá-los a montarem o filme. Veja como é fácil. Siga as instruções do passo-a-passo: DICA O que é o Movie Maker? Com o Microsoft

Leia mais

QR CODE. O envio dos arquivos pode ser feito mesmo depois de encerrado o período de escrita, e de o livro ter sido impresso.

QR CODE. O envio dos arquivos pode ser feito mesmo depois de encerrado o período de escrita, e de o livro ter sido impresso. 1 QR CODE Além de muita diversão, a oficina O Elevador Mágico traz uma grande novidade que é a possibilidade de o aluno narrar a história que criou. O livro impresso apresentará um QR Code que, quando

Leia mais

Produção de conteúdo multimídia sobre a obra "O Pagador de Promessas" para os alunos do Pré-vestibular Popular Alternativa. 1

Produção de conteúdo multimídia sobre a obra O Pagador de Promessas para os alunos do Pré-vestibular Popular Alternativa. 1 Produção de conteúdo multimídia sobre a obra "O Pagador de Promessas" para os alunos do Pré-vestibular Popular Alternativa. 1 RESUMO Camila Nunes da ROSA 2 Juliana Facco SEGALLA 3 Marcos Rodrigo SOARES

Leia mais

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.4. Áudio. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.4. Áudio. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Sistemas e Conteúdos Multimédia 4.4. Áudio Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt O som é um fenómeno físico causado pela vibração da matéria (p. ex. a pele de um tambor) A vibração provoca

Leia mais

Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO

Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO Piracicaba, 2000 Fabrício Aparecido Breve INTERNET E MUNDIALIZAÇÃO Este trabalho se destina a avaliação da disciplina de Teoria da Comunicação Piracicaba,

Leia mais

Rádio WAP: Você já ouviu?

Rádio WAP: Você já ouviu? Rádio WAP: Você já ouviu? Este tutorial apresenta os conceitos e características da aplicação Rádio WAP, serviço que pode ser oferecido pelas operadoras de Telefonia Celular para seus assinantes. Ricardo

Leia mais

TUTORIAL. TP - Versão 3.1

TUTORIAL. TP - Versão 3.1 TUTORIAL TP - Versão 3.1 Criação: Andréia Rauber 1, Anabela Rato 2, Denise Kluge 3 e Giane Santos 4 Desenvolvimento: Marcos Figueiredo 5 O TP (Teste/Treinamento de Percepção) é um aplicativo de software

Leia mais

Disciplina: Aplicações Informáticas B Ano Letivo: 2011/2012

Disciplina: Aplicações Informáticas B Ano Letivo: 2011/2012 Disciplina: Aplicações Informáticas B Ano Letivo: 2011/2012 Professora: Angélica Vieira Realizado por: Miguel Sandim nº21 e Susana Ribeiro nº24 12ºF Índice Introdução... 3 Resumo... 4 Conceito Multimédia...

Leia mais

CyberLink. PowerDVD Mobile. Guia do Usuário

CyberLink. PowerDVD Mobile. Guia do Usuário CyberLink PowerDVD Mobile Guia do Usuário Copyright e aviso de isenção Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada em um sistema de recuperação ou transmitida

Leia mais

Portfólio de comunicação wireless da Phonak Informações do produto

Portfólio de comunicação wireless da Phonak Informações do produto Portfólio de comunicação wireless da Phonak Informações do produto Durante todo este tempo recebemos informações importantes para entender perfeitamente o que importa para você. Cada nova geração de produtos

Leia mais

PROPOSTA DE UM MODELO DE SISTEMA HIPERMÍDIA PARA APRESENTAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

PROPOSTA DE UM MODELO DE SISTEMA HIPERMÍDIA PARA APRESENTAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO PROPOSTA DE UM MODELO DE SISTEMA HIPERMÍDIA PARA APRESENTAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Fabiana Pacheco Lopes 1 1 Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) fabipl_21@yahoo.com.br Resumo.Este

Leia mais

Situação em 15/10/2013

Situação em 15/10/2013 A instrução para o - aplicativo passo a passo: Com esse aplicativo podem ser usados ebooks no formato epub, assim como eaudios e emusic no formato WMA em todos os smartphones, ipodtouchs e Tablets com

Leia mais

Entenda os formatos mais populares de vídeo

Entenda os formatos mais populares de vídeo Entenda os formatos mais populares de vídeo Com o grande crescimento da internet banda larga no país muitos internautas estão cada vez mais tendo contato com arquivos de vídeo, tanto na visualização online

Leia mais

MEDIA CENTER EDITION 2005

MEDIA CENTER EDITION 2005 ARTIGO MEDIA CENTER EDITION MEDIA CENTER EDITION 2005 O MICROSOFT WINDOWS XP MEDIA CENTER EDITION 2005, OU SIMPLESMENTE MCE, PROPORCIONA O MAIS AVANÇADO ENTRETENIMENTO DOMÉSTICO DA COMPUTAÇÃO ACTUAL. COM

Leia mais

Vamos começar a aprender

Vamos começar a aprender Vamos começar a aprender Fique familiarizado com o Ambiente de ensino online eteachergroup Ltd 1 Tabela de Conteúdos 1. Requisitos do Sistema 4 2. Instalar Software.. 5 3. Ambiente de Estudo Pessoal Entrada..

Leia mais

Curso em grupo DEUTSCH online (Níveis A1 e A2)

Curso em grupo DEUTSCH online (Níveis A1 e A2) Curso em grupo DEUTSCH (Níveis A1 e A2) Seite 1 Seite 2 Gruppenkurs DEUTSCH Vantagens das aulas à distância Flexibilidade Ritmo de aprendizagem individual Acompanhamento individual pelo tutor, durante

Leia mais

Easy VHS to DVD 3 & Easy VHS to DVD 3 Plus. Guia de Introdução

Easy VHS to DVD 3 & Easy VHS to DVD 3 Plus. Guia de Introdução Easy VHS to DVD 3 & Easy VHS to DVD 3 Plus Guia de Introdução ii Roxio Easy VHS to DVD Guia de Introdução www.roxio.com Começar a usar o Roxio Easy VHS to DVD 3 Neste guia Bem-vindo ao Roxio Easy VHS to

Leia mais

Gravando CDs Musicais com o Windows Media Player 9

Gravando CDs Musicais com o Windows Media Player 9 Gravando CDs Musicais com o Windows Media Player 9 Aproveite a mais nova tecnologia de Media da Microsoft e crie CD s musicais com ótimos recursos, como a normalização (todas músicas com o mesmo volume).

Leia mais

Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf

Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf Vox4all Manual de Utilização http://arca.imagina.pt/manuais/manual Vox4all BR.pdf A voz ao seu alcance! Software de comunicação aumentativa e alternativa para smartphone e tablet Projeto co financiado

Leia mais

TRANSMITINDO CONHECIMENTO ON-LINE

TRANSMITINDO CONHECIMENTO ON-LINE TRANSMITINDO CONHECIMENTO ON-LINE POR MEIO WEB-RÁDIO E WEB-TV 1 BORGES, Caio C. A.; DEUS JÚNIOR, Getúlio A. de; CASTRO, Marcelo S. Escola de Engenharia Elétrica e de Computação, Universidade Federal de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS Trabalho final da disciplina Computadores, Redes, IP e Internet Professor: Walter Freire Aluno:

Leia mais

SOM E MÚSICA NAS AEC Audacity: Novas Tecnologias no Ensino da Música RECURSOS DE APOIO AOS CURSOS MELOTECA

SOM E MÚSICA NAS AEC Audacity: Novas Tecnologias no Ensino da Música RECURSOS DE APOIO AOS CURSOS MELOTECA SOM E MÚSICA NAS AEC Audacity: Novas Tecnologias no Ensino da Música RECURSOS DE APOIO AOS CURSOS MELOTECA António José Ferreira 16/06/2009 O Audacity é um programa gratuito concebido para edição de áudio

Leia mais

Easi-Speak Grave vozes, sons ou música em movimento

Easi-Speak Grave vozes, sons ou música em movimento Easi-Speak Grave vozes, sons ou música em movimento Utilizador GUIA DO USUÁRIO www.tts-shopping.com Informações importantes n Guarde estas instruções para futura consulta, pois contêm informações importantes.

Leia mais

MP4 / MP3 / WMA / WAV / FM / PEN DRIVE / VÍDEOS

MP4 / MP3 / WMA / WAV / FM / PEN DRIVE / VÍDEOS MP4 / MP3 / WMA / WAV / FM / PEN DRIVE / VÍDEOS Leia este manual com atenção antes de usar seu produto pela 1ª vez. Parabéns pela aquisição do MP4 Portátil. Nós preparamos este manual detalhado para você

Leia mais

Formação Movie Maker. FORMAÇÃO PERMANENTE PARA PROFESSORES DO LEI Dias 18 e 19 de setembro de 2014

Formação Movie Maker. FORMAÇÃO PERMANENTE PARA PROFESSORES DO LEI Dias 18 e 19 de setembro de 2014 Formação Movie Maker FORMAÇÃO PERMANENTE PARA PROFESSORES DO LEI Dias 18 e 19 de setembro de 2014 Sobre mim Antônio José Instrutor de Informática Desenvolvedor web Técnico em Informática Contatos: http://www.conceitomaster.com.br

Leia mais

ipod shuffle Manual do Usuário

ipod shuffle Manual do Usuário ipod shuffle Manual do Usuário Índice 3 Capítulo 1: Sobre o ipod shuffle 4 Capítulo 2: Noções básicas do ipod shuffle 4 Visão geral do ipod shuffle 5 Como usar os controles do ipod shuffle 5 Como conectar

Leia mais

Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira

Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira Biblioteca Ramiro da Silva Oliveira Bibliotecária Juliana Ribeiro de Campos Solla CRB-8 201/2013 Provisório Horário de Atendimento de segunda a sexta-feira das 8:00 h às 12:00 h e das 17:00 h às 21:00

Leia mais

Recursos e Estratégias para o Ensino de Pessoas com Cegueira e Baixa Visão. Professora Valdirene Stiegler Simão valdirene.simao@gmail.

Recursos e Estratégias para o Ensino de Pessoas com Cegueira e Baixa Visão. Professora Valdirene Stiegler Simão valdirene.simao@gmail. Recursos e Estratégias para o Ensino de Pessoas com Cegueira e Baixa Visão Professora Valdirene Stiegler Simão valdirene.simao@gmail.com Deficiência Visual O que é deficiência visual? O que é baixa visão?

Leia mais

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento Britannica Escola Online Manual de Treinamento 1 ÍNDICE Conhecendo a Britannica Escola Online...3 Como Acessar a Britannica Escola Online...3 Página Inicial da Britannica Escola Online...4 Área de Pesquisa...4

Leia mais

A Apreensão do Conhecimento

A Apreensão do Conhecimento A Apreensão do Conhecimento Introdução Leitura inteligente em forma de mapa Verifique superficialmente primeiro os pontos principais; Prepare o esqueleto do grande mapa; Não leia meramente mais depressa,

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social

Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Comunicação Social O SISTEMA DE RÁDIO DIGITAL: A MODERNIZAÇÃO DO M.C.M. MAIS POPULAR DO PLANETA Texto redigido para embasar apresentação de seminário na

Leia mais

Manual de Instrução. Download de Imagens para Encartes dos Produtos GIRANDO SOL

Manual de Instrução. Download de Imagens para Encartes dos Produtos GIRANDO SOL Manual de Instrução Download de Imagens para Encartes dos Produtos GIRANDO SOL Apresentação A Girandosol disponibiliza um Manual de Instrução para download de arquivos da nossa linha de produtos, visando

Leia mais

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP Empresa Nome fantasia: Rádio Kiss FM Razão Social: Kiss Telecomunicações LTDA. Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Campinas 107,9 MHz; Brasília 94,1 MHz CNPJ: 59.477.240/0001-24.

Leia mais

PRANCHAS ESTÁTICAS E DINÂMICAS CONSTRUÍDAS COM SÍMBOLOS ARASAAC EM SOFTWARES DE LIVRE ACESSO

PRANCHAS ESTÁTICAS E DINÂMICAS CONSTRUÍDAS COM SÍMBOLOS ARASAAC EM SOFTWARES DE LIVRE ACESSO PRANCHAS ESTÁTICAS E DINÂMICAS CONSTRUÍDAS COM SÍMBOLOS ARASAAC EM SOFTWARES DE LIVRE ACESSO Autoras: Vera Lucia Vieira Souza; Miryam Bonadiu Pelosi Universidade Federal do Rio de Janeiro. Introdução A

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. MP4 Digital Player UT-03

MANUAL DO USUÁRIO. MP4 Digital Player UT-03 MANUAL DO USUÁRIO MP4 Digital Player UT-03 Manual UT03.indd 1 6/11/2008 13:32:51 Índice Conheça o Player... 3 Aparência e botões... 3 Operação dos botões... 3 Características... 4 Operações básicas...

Leia mais

Tópicos Especiais em Informática. Msc. Márcio Alencar

Tópicos Especiais em Informática. Msc. Márcio Alencar Tópicos Especiais em Informática Msc. Márcio Alencar Recursos Certamente, um dos atrativos do chamado e- Learning (ou ensino á distância com uso de ferramentas computacionais/eletrônicas), são os novos

Leia mais

Temática(s): ACESSIBILIDADE COMUNICACIONAL RELATO DE EXPERIÊNCIA

Temática(s): ACESSIBILIDADE COMUNICACIONAL RELATO DE EXPERIÊNCIA Temática(s): ACESSIBILIDADE COMUNICACIONAL RELATO DE EXPERIÊNCIA ACESSIBILIDADE INFORMACIONAL: alunos com deficiência visual na Universidade Federal do Rio Grande do Norte MELO, E. S. F. de. (Universidade

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Eu Sei o Seu Idioma 1. Filipe Yung Tay DA GAMA 2 Rafael GENTIL 3 Patrícia Rangel Moreira BEZERRA 4 Faculdades Integradas Rio Branco, São Paulo, SP

Eu Sei o Seu Idioma 1. Filipe Yung Tay DA GAMA 2 Rafael GENTIL 3 Patrícia Rangel Moreira BEZERRA 4 Faculdades Integradas Rio Branco, São Paulo, SP Eu Sei o Seu Idioma 1 Filipe Yung Tay DA GAMA 2 Rafael GENTIL 3 Patrícia Rangel Moreira BEZERRA 4 Faculdades Integradas Rio Branco, São Paulo, SP RESUMO: Pesquisa realizada para a produção da peça multimídia

Leia mais

Utilização do vídeo, CD e DVD na sala de aula

Utilização do vídeo, CD e DVD na sala de aula Utilização do vídeo, CD e DVD na sala de aula José Manuel Moran A seguir são apresentadas sugestões de utilização de vídeo, CD e DVD. Vídeo como produção Como documentação, registro de eventos, de aulas,

Leia mais

RELATóRIO ANUAL 2012. victor civita. prêmio victor civita

RELATóRIO ANUAL 2012. victor civita. prêmio victor civita Angela Dannemann Diretora da Fundação Victor Civita Mensagem da diretora A data mais aguardada na Fundação Victor Civita todos os anos o Dia do Professor contou com uma festa especial em 2012. No dia 15

Leia mais

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO)

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) Há vários tipos de sistemas de gravações digitais. Os mais baratos consistem de uma placa para captura de vídeo, que

Leia mais

PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1. Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4

PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1. Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4 PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1 Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4 Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG RESUMO Como forma de estimular a criatividade

Leia mais

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte

Leia mais

1 Como seu Cérebro Funciona?

1 Como seu Cérebro Funciona? 1 Como seu Cérebro Funciona? UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC) O cérebro humano é capaz de processar as informações recebidas pelos cinco sentidos, analisá-las com base em uma vida inteira de experiências,

Leia mais

www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php CDD: 025.346 O AUDIOLIVRO E SUA CONTRIBUIÇÃO NO PROCESSO DE DISSEMINAÇÃO DE INFORMAÇÕES E NA INCLUSÃO SOCIAL

www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php CDD: 025.346 O AUDIOLIVRO E SUA CONTRIBUIÇÃO NO PROCESSO DE DISSEMINAÇÃO DE INFORMAÇÕES E NA INCLUSÃO SOCIAL CDD: 025.346 O AUDIOLIVRO E SUA CONTRIBUIÇÃO NO PROCESSO DE DISSEMINAÇÃO DE INFORMAÇÕES E NA INCLUSÃO SOCIAL THE AUDIOBOOK AND ITS CONTRIBUTION TO THE PROCESS OF INFORMATION DISSEMINATION AND SOCIAL INCLUSION

Leia mais

PODCAST GUIA RÁPIDO Bem-vindo ao guia rápido do PODCAST da BEHRINGER

PODCAST GUIA RÁPIDO Bem-vindo ao guia rápido do PODCAST da BEHRINGER Bem-vindo ao guia rápido do PODCAST da BEHRINGER Obrigado por escolher um de nossos produtos para podcast. Este pacote de hardware e software de primeira qualidade te permite produzir podcasts de som para

Leia mais

MP4 / MP3 / WMA / WAV / FM / PEN DRIVE / VÍDEOS. Manual de Instruções Leia este manual com atenção antes de usar seu produto pela 1ª vez.

MP4 / MP3 / WMA / WAV / FM / PEN DRIVE / VÍDEOS. Manual de Instruções Leia este manual com atenção antes de usar seu produto pela 1ª vez. MP4 / MP3 / WMA / WAV / FM / PEN DRIVE / VÍDEOS Manual de Instruções Leia este manual com atenção antes de usar seu produto pela 1ª vez. Parabéns pela aquisição do MP4 Portátil. Nós preparamos este manual

Leia mais

Audiolivro e história das tecnologias de gravação e reprodução sonora: um produto em construção 1

Audiolivro e história das tecnologias de gravação e reprodução sonora: um produto em construção 1 Audiolivro e história das tecnologias de gravação e reprodução sonora: um produto em construção 1 DALMOLIN, Aline Roes 2 MARONEZ, Indira Tatsch 3 UFSM/RS Resumo: O artigo procura discutir o audiolivro

Leia mais

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som

Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida. por Caio Amon. Imagens Sonoras. A Expansão da Imagem pelo Som Imagens Sonoras por Caio Amon A Expansão da Imagem pelo Som Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida Aprenda a produzir som e trilha para seus projetos. Imagens Sonoras A Expansão

Leia mais