BoletIM do Observatório Imobiliário do DF

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BoletIM do Observatório Imobiliário do DF"

Transcrição

1 BoletIM do Observatório Imobiliário do DF Novembro/Dezembro/ SEDHAB - SUPLAN

2 Edição Nº 06 NOV/DEZ 2012 SUMÁRIO 1. Introdução. 2. Situação do Mercado Imobiliário segundo o índice FIPEZAP em Novembro/Dezembro de Situação Geral nas sete regiões pesquisadas Situação Geral no Distrito Federal Situação por Localidades pesquisadas no DF Mapas ilustrativos do índice FIPEZAP no DF por localidade Dezembro/ Comentários e análises gerais. 4. Bibliografia. 5. Equipe Técnica. Anexo I O que é o índice FIPEZAP. Elaboração: Núcleo de Monitoramento da Dinâmica Imobiliária Gerência de Monitoramento do Território - GEMOT Diretoria de Planejamento Urbano e Territorial - DIPLU SUPLAN / SEDHAB / GDF 1

3 Edição Nº 06 NOV/DEZ Introdução O Boletim do Observatório Imobiliário do DF, com publicação bimestral, tem como objetivo acompanhar a situação do mercado imobiliário no DF sintetizando informações relativas a imóveis residenciais construídos e lotes residenciais, comerciais e de prestação de serviços. Quanto aos imóveis residenciais construídos é utilizado o Índice FIPEZAP, publicação mensal da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas FIPE em associação com o portal de anúncios imobiliários na internet ZAP Imóveis. Com base nas informações publicadas, em notícias veiculadas pela imprensa e em observações empíricas procura-se traçar um quadro geral e realizar análises preliminares do mercado imobiliário relacionando-as, sempre que possível, com as ações de política urbana no DF. Nesta edição, o BoletIM apresenta uma síntese compilada da situação do mercado imobiliário no DF nos meses de novembro e dezembro de 2012, segundo o Índice FIPEZAP. Em anexo, como informação de referência para os seus leitores, apresenta-se o que é o Índice FIPEZAP de Preços de Imóveis Anunciados e a sua metodologia de pesquisa. 2. Situação do Mercado Imobiliário segundo o índice FIPEZAP 2.1. Situação Geral nas sete regiões pesquisadas As publicações do Índice FIPEZAP de Preços de Imóveis Anunciados 1 que ocorreram em 05 de dezembro de 2012 e 04 de janeiro de 2013 referem-se respectivamente aos meses de novembro e dezembro de Na média das sete regiões pesquisadas o valor do m² anunciado passou de R$ em novembro/2012 para R$ em dezembro/2012. Repetindo o ocorrido no mês de novembro/12, o Rio de Janeiro apresentou o maior preço médio anunciado (R$ 8.616,00) e Salvador, o menor valor médio do m² anunciado, de R$ 3.935,00. (Ver Gráfico 1 e Tabela 1). Com aumento de 1,0% em dezembro/12, o Índice FipeZap Composto encerrou o ano de 2012 com alta de 13,7% no preço médio anunciado do m². Este valor representa praticamente a metade do percentual da alta ocorrida em 2011, de 26,3%. A maior variação no ano ocorreu em Recife, que registrou aumento de 17,8% nos preços anunciados. Por outro lado, no Distrito Federal o preço médio anunciado do m² subiu somente 4% em 2012, menos do que a inflação acumulada em igual período. A maior desaceleração entre as sete regiões pesquisadas foi em São Paulo (1,2% em novembro e 0,8% em dezembro). Rio de Janeiro (1,0%), Belo Horizonte (1,1%), Salvador (2,1%) e Fortaleza (0,6%) foram as demais regiões com aumento nos preços, Recife (0,4%) manteve o mesmo nível. O Distrito Federal apresentou em dezembro/12 variação mensal positiva de 1,5% no preço médio de m² anunciado, mas em novembro/12 a variação mensal foi negativa em -0,2%. (Ver Tabela 1). 1 O anexo I apresenta explicação sobre a metodologia de cálculo do Índice FIPEZAP de Preços de Imóveis Anunciados. 2

4 Edição Nº 06 NOV/DEZ 2012 Fonte : Índice Fipezap de Preços de Imóveis Anunciados - Dezembro/ Situação Geral no Distrito Federal Desde setembro de 2012, o DF perdeu a condição de localidade com o mais elevado valor de preço de m² anunciado, passando a figurar no segundo lugar no ranking do índice FipeZap. O valor do preço médio do m² anunciado foi de R$ em dezembro/2012 com variação de 1,5% em relação à novembro/2012. Na edição de dezembro/12, o índice FipeZap não apresentou a variação nos últimos 12 meses, que neste mês coincide com a variação acumulada em Para o DF ela foi de 4%, a menor dentre as regiões pesquisadas, o que confirma a desaceleração acelerada do preço dos imóveis no DF em relação às outras regiões. Deve se considerar, contudo, que em novembro/2012 a variação anual foi de somente 2,3% e a elevação para 4% deve-se a variação mensal positiva de 1,5% em dezembro/12. (Ver Tabela 1). 3

5 Edição Nº 06 NOV/DEZ 2012 Fonte: Índice Fipezap de Preços de Imóveis Anunciados - Dezembro/2012 Quadro 1 - Preço médio anunciado/m² no Distrito Federal Índice Fipezap Ago/2012 a Mai/2012 Preço médio anunciado (m²) Var.% Dez Nov Out Set Ago Jul Todos os tipos - 1, Dormitório + 11, , Dormitórios + 0, , Dormitórios - 1, , Dormitórios - 26, , Fonte: Elaboração própria com base no Índice Fipezap de Preços de Imóveis Anunciados de dez/2012 a jul/2012. A variação semestral (Dez/2012 a Jul/2012) para todos os tipos de imóveis residenciais foi negativa de -1,30% (Quadro 1). O Quadro 1 mostra que imóveis com 4 dormitórios ou mais foram os que tiveram maior desvalorização no semestre, de 26,83%, ampliando a desvalorização no bimestre anterior, de 17,0 %. Esta é a maior desvalorização já registrada para um tipo de imóvel no DF desde o início da série histórica do Índice FipeZap. Também apresentaram desvalorização no semestre os imóveis com 3 dormitórios 4

6 Edição Nº 06 NOV/DEZ 2012 (-1,06%). Os imóveis com 1 e 2 dormitórios tiveram valorização, destacando-se a grande valorização dos imóveis de 1 dormitório ( + 11,63%) Situação por Localidades pesquisadas no DF A Tabela 2 a seguir apresenta o preço médio do metro quadrado de apartamentos e casas anunciadas na página na internet do Zap Imóveis (http://www.zap.com.br/imoveis/fipezap/) em dezembro e novembro de Foi elaborado com base nas informações e estatísticas coletadas na página na internet do Zap Imóveis em cada uma das localidades ou zonas de ponderação pesquisadas pelo Índice Fipezap no Distrito Federal. Além do preço médio do metro quadrado, a tabela apresenta a variação no mês de referência para cada tipo de imóvel (casa ou apartamento) e o número de amostras coletas em cada localidade por tipo de imóvel. As localidades que apresentaram o maior número de amostras nos meses de novembro e dezembro de 2012 foram Águas Claras, Asa Norte, Asa Sul, Lago Sul, Lago Norte (CA) e Noroeste, no segmento de apartamentos e Lago Sul, Lago Norte, Park Way e Taguatinga Norte no segmento de casas. Com relação às transações realizadas por imobiliárias estas foram as localidades mais dinâmicas do DF nos meses de referência. No segmento de apartamentos, houve desvalorização na Asa Sul, lago Norte, Lago Sul, Nororeste, Ceilândia e Taguatinga Norte, valorização na Asa Norte, Águas Claras Park Sul, Sudoeste e Samambaia e estabilidade dos preços das demais localidades. No segmento de casas houve desvalorização em Taguatinga Sul e Norte, Ceilândia, Samambaia Norte e Sobradinho, valorização no Jardim Botânico, Lago Norte e Lago Sul e estabilidade dos preços das demais localidades. Os Quadros 3 e 4 apresentam uma retrospectiva dos preços médios do m² anunciado de apartamentos e casas em cada dos 12 meses de 2012 nas 10 localidades com os valores mais elevados no DF. No segmento de apartamentos, algumas localidades se destacaram pela valorização ocorrida em 2012, como Guara II (22,95%) Cruzeiro (20,5%) e Asa Norte (12,13%) e outras pela desvalorização em 2012 como Lago Sul (-25,39%), Setor Park Sul (-9,23%) e Área Octogonal (- 4,99%). No segmento de casas, ocorreu valorização destacada no Jardim Botânico 2 (67,14%), Samambaia Norte (36,10%), Riacho Fundo (37,86%) e Lago Sul (33,98%) e desvalorização no Guara II (- 5,11%), Lago Norte (-2,95) e Taguatinga Sul (-1,26%). 2 A valorização no Jardim Botânico deve ser relativizada em função do pequeno número de amostras e dos padrões diferenciados de construção, o que pode influir no preço médio do m² anunciado. 5

7 Edição Nº 06 NOV/DEZ 2012 Localidade Preço Médio m² - todos os tipos Variação no Mês** Amostras Aptº Casa Aptº Casa Aptº Casa dez/12 nov/12 dez/12 nov/12 % % dez/12 nov/12 dez/12 nov/12 Águas Claras - Areal R$ 5.082,00 R$ 4.843,00 R$ 2.586,00 * 4,9 * * Águas Claras -Arniqueiras * * R$ 1.778,00 R$ 1.778,00 * 0 * * 1 1 Águas Claras Norte R$ 5.225,00 R$ 5.139,00 * * 1,7 * * * Águas Claras Sul R$ 4.974,00 R$ 4.985,00 * * -0,2 * * * Área Octogonal R$ 7.143,00 R$ 7.143,00 * * 0 * 1 1 * * Asa Norte R$ 8.921,00 R$ 8.722,00 R$ ,00 R$ ,00 0 2, Asa Sul R$ 9.475,00 R$ 9.523,00 R$ 6.373,00 R$ 6.373,00 0-2, Ceilândia Norte R$ 3.298,00 R$ 3.326,00 R$ 2.500,00 R$ 2.625,00-0,8-4, Cruzeiro Novo R$ 6.601,00 R$ 6.601,00 * * 0 * 2 2 * * Guara II R$ 6.113,00 R$ 6.113,00 R$ 2.620,00 R$ 2.620, Jardim Botânico * * R$ 5.188,00 R$ 3.702,00 * 40,1 * * 2 4 Lago Norte / CA R$ 7.672,00 R$ 7.728,00 * * 0,7 * * * Lago Norte * * R$ 4.194,00 R$ 4.180,00 * 0,3 * * Lago Sul R$ 5.711,00 R$ 5.745,00 R$ 4.952,00 R$ 4.946,00-0,6-0, Planaltina Setor Residencial Leste * * * * * * * * * * Riacho Fundo * * R$ 2.571,00 R$ 2.571,00 * 0 * * 3 3 Samambaia Norte R$ 3.645,00 R$ 3.505,00 R$ 2.545,00 R$ 2.210, , Setor Noroeste R$ ,00 R$ ,00 * * 1,1 * * * Setor Park Sul -SMAS R$ 7.963,00 R$ 7.668,00 * * 3,87 * 1 2 * * Setor Park Way * * R$ 3.496,00 R$ 3.462,00 * Setor Sudoeste R$ 9.278,00 R$ 9.127,00 * * 1,7 * * * Sobradinho * R$ 5.575,00 R$ 1.993,00 R$ 2.061,00 * -3,3 * Taguatinga Norte R$ 3.693,00 R$ 3.784,00 R$ 2.380,00 R$ 2.416,00-2,4-1, Taguatinga Sul R$ 4.739,00 R$ 4.739,00 R$ 2.816,00 R$ 3.998,00 8,4-6, Legenda * - indica que não houve amostras representativas no mês de referência ** - Percentual de variação entre os dois meses pesquisados TABELA 2 - INDICE FIPEZAP DE PREÇOS DE IMÓVEIS ANUNCIADOS-VENDA - DEZ e NOV 2012 Fonte: elaboração própria com base em informações e estatísticas do Índice FipeZap Dezembro-Novembro/

8 Edição Nº 05 SET/OUT 2012 Quadro 3 localidades com os mais altos preços médios m²/ Apartamentos- Ano 2012 Localidade Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Var.% Setor Noroeste , , , , , , , , , , , ,00-2,07 Asa Sul 9.437, , , , , , , , , , , ,00 0,40 Setor Sudoeste 8.665, , , , , , , , , , , ,00 7,07 Asa Norte 7.956, , , , , , , , , , , ,00 12,13 Park Sul-SMAS 8.773, , , , , , , , , , , ,00-9,23 Lago Norte / CA 7.718, , , , , , , , , , , ,00-0,60 Área Octogonal 7.518, , , , , , , , , , , ,00-4,99 Cruzeiro Novo 5.478, , , , , , , , , , , ,00 20,50 Guara II 4.972, , , , , , , , , , , ,00 22,95 Lago Sul * * 7.654, , , , , , , , , ,00-25,39 Índice= (Valor m2 mês atual x 100 / Valor m2 mês anterior) 100 ( x 100 / 10742) 100 = - 2,06 % Quadro 4 localidades com os mais altos preços médios m²/ Casas- Ano 2012 Preço médio anunciado m² / casas por localidade Ano de 2012 Localidade Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Var.% 1 Asa Norte R$ 9.081,00 R$ 8.580,00 R$ 8.368,00 R$ 7.850,00 R$ 8.066,00 R$ 8.916,00 R$ 8.293,00 R$ 8.293,00 R$ 8.304,00 R$ 8.751,00 R$ ,00 R$ ,00 11,24 2 Asa Sul R$ 5.686,00 R$ 7.126,00 R$ 6.538,00 R$ 5.756,00 R$ 6.592,00 R$ 5.824,00 R$ 5.899,00 R$ 5.899,00 R$ 7.166,00 R$ 5.204,00 R$ 6.373,00 R$ 6.373,00 12,08 3 Jardim Botânico R$ 3.104,00 R$ 3.764,00 R$ 3.542,00 R$ 3.757,00 R$ 3.757,00 R$ 2.407,00 R$ 2.507,00 R$ 2.507,00 R$ 2.581,00 R$ 2.510,00 R$ 3.702,00 R$ 5.188,00 67,14 4 Lago Sul R$ 3.696,00 R$ 4.087,00 R$ 4.304,00 R$ 4.751,00 R$ 4.903,00 R$ 4.824,00 R$ 5.028,00 R$ 5.028,00 R$ 4.897,00 R$ 4.777,00 R$ 4.946,00 R$ 4.952,00 33,98 5 Lago Norte R$ 4.308,00 R$ 4.156,00 R$ 4.095,00 R$ 4.036,00 R$ 4.055,00 R$ 4.090,00 R$ 4.172,00 R$ 4.172,00 R$ 4.065,00 R$ 4.179,00 R$ 4.180,00 R$ 4.194,00-2,65 6 Setor Park Way R$ 3.273,00 R$ 3.520,00 R$ 3.497,00 R$ 3.528,00 R$ 3.420,00 R$ 3.233,00 R$ 3.242,00 R$ 3.242,00 R$ 3.470,00 R$ 3.388,00 R$ 3.462,00 R$ 3.496,00 6,81 7 Taguatinga Sul R$ 2.852,00 R$ 3.455,00 R$ 3.189,00 R$ 3.133,00 R$ 2.686,00 R$ 2.837,00 R$ 3.469,00 R$ 3.469,00 R$ 3.603,00 R$ 2.965,00 R$ 3.998,00 R$ 2.816,00-1,26 8 Guara II R$ 2.761,00 R$ 2.924,00 R$ 3.157,00 R$ 2.545,00 R$ 2.882,00 R$ 2.757,00 R$ 2.538,00 R$ 2.538,00 R$ 2.204,00 R$ 2.274,00 R$ 2.620,00 R$ 2.620,00-5,11 9 Riacho Fundo R$ 1.865,00 R$ 1.744,00 R$ 1.744,00 R$ 1.865,00 R$ 2.406,00 R$ 2.406,00 R$ 2.745,00 R$ 2.745,00 R$ 2.745,00 R$ 2.745,00 R$ 2.571,00 R$ 2.571,00 37,86 10 Samambaia Norte R$ 2.821,00 R$ 2.440,00 R$ 1.870,00 R$ 2.119,00 R$ 2.057,00 R$ 2.146,00 R$ 2.645,00 R$ 2.645,00 R$ 2.733,00 R$ 2.645,00 R$ 2.210,00 R$ 2.545,00 36,10 7

9 Edição Nº 05 SET/OUT 2012 O Quadro 5 a seguir apresenta o preço médio do metro quadrado de apartamentos e casas anunciadas na página na internet do Zap Imóveis (http://www.zap.com.br/imoveis/fipezap/) em dezembro de 2012 nas principais localidades do DF que representam submercados imobiliários. Foi elaborado com base nas informações e estatísticas coletadas na página na internet do Zap Imóveis em cada uma das localidades ou zonas de ponderação pesquisadas pelo Índice Fipezap no Distrito Federal. Quadro 5 localidades com os mais altos preços médios m²-índice Fipezap/ Dez Preço médio anunciado m² / localidade Apartamentos Casas 1 Setor Noroeste R$ ,00 Asa Norte R$ ,00 2 Asa Sul R$ 9.475,00 Asa Sul R$ 6.373,00 3 Setor Sudoeste R$ 9.278,00 Jardim Botânico R$ 5.188,00 4 Asa Norte R$ 8.921,00 Lago Sul R$ 4.952,00 5 Setor Park Sul -SMAS R$ 7.963,00 Lago Norte R$ 4.194,00 6 Lago Norte / CA R$ 7.672,00 Setor Park Way R$ 3.496,00 7 Área Octogonal R$ 7.143,00 Taguatinga Sul R$ 2.816,00 8 Cruzeiro Novo R$ 6.601,00 Guara II R$ 2.620,00 9 Guara II R$ 6.113,00 Riacho Fundo R$ 2.571,00 10 Lago Sul R$ 5.711,00 Samambaia Norte R$ 2.545,00 Fonte: elaboração própria com base em informações do Índice Fipezap/Dezembro Mapas ilustrativos do índice FIPEZAP no DF por localidade Dezembro 2012 A partir da tabela 3 foram construídos dois mapa do DF, um com a indicação em gráfico do preço médio do metro quadrado de apartamentos e outro com a indicação em gráfico do preço médio do metro quadrado de casas. Os gráficos representados nos mapas referem-se às localidades com maior número de amostras, portanto com maior representatividade. 8

10 Edição Nº 05 SET/OUT 2012 Fonte : Elaboração própria com base em informações e estatísticas do Índice Fipezap/Dezembro

11 Edição Nº 05 SET/OUT 2012 Fonte : Elaboração própria com base em informações e estatísticas do Índice Fipezap/Dezembro

12 3. Comentários e análises gerais BOLETIM DO OBSERVATÓRIO IMOBILIÁRIO DO DF Edição Nº 04 NOV/DEZ 2012 Desde setembro de 2012, o DF não detém mais o posto de localidade com o mais elevado preço médio de metro quadrado anunciado dentre as regiões pesquisadas pelo Índice FipeZap. Em novembro e dezembro de 2012 manteve-se na segunda posição, atrás do Rio de Janeiro, que passou a ser a localidade de maior valorização imobiliária do país, situação que o DF manteve nos últimos anos. O ritmo de elevação dos preços de imóveis manteve a tendência de desaceleração progressiva e após índices negativo de -1,1% e -0,2% em outubro/2012 e novembro/12 respectivamente, recuperou levemente as perdas em 2012, registrando alta de 1,5% em dezembro. Isto elevou a variação nos últimos 12 meses para 4%, sendo que em novembro/2012 ela foi de somente 2,3%. Mesmo assim, a variação foi bem menor do que o índice composto nacional de 13,7% em 2012 e menor ainda se comparada a elevação de preços no DF em 2011 que foi de 14%. Na prática o índice de 4% em 2012, menor que a inflação acumulada no mesmo período, representou uma desvalorização nos imóveis. A situação por tipo de imóvel mostrou, no último semestre de 2012, uma desvalorização média para todos os tipos de imóvel de - 1,3% entre Julho e Dezembro de 2012, com forte discrepância no comportamento dos preços de imóveis de 4 ou mais dormitórios, que tiveram perda média de valor em quase 30% (26,83%) e os imóveis de 1 dormitório, que tiveram elevação de 11,63% (Ver Quadro 1). Isto pode levar a mudanças nas estratégias de empreendedores imobiliários, que tendem a concentrar seus lançamentos em imóveis menores e de menor valor final, reduzindo a oferta de imóveis de luxo com maior número de dormitórios e maior área total. A redução de taxas de juros de financiamento de imóveis para imóveis populares e os incentivos governamentais para empreendimentos imobiliários no segmento de menor renda também podem estar influenciando nessa mudança de postura do mercado imobiliário. Um indicativo que confirma essa tendência foi a recente extensão do benefício de redução de juros para imóveis acima de 500 mil reais, que estão fora do SFH Sistema Financeiro da Habitação. Efetuada pela Caixa Econômica Federal, buscando compensar a redução de demanda para imóveis mais caros. Se for considerada a situação por localidade do DF, houve comportamento diferenciado, com desvalorização efetiva e estabilidade de preço na maior parte das localidades, mas também com valorização em outras localidades. As localidades que apresentaram valorização foram, no segmento de apartamentos, Asa Norte, Águas Claras, Park Sul, Sudoeste e Samambaia e no segmento de casas, Jardim Botânico, Lago Norte e Lago Sul. As demais localidades apresentaram desvalorização ou estabilidade dos preços. As localidades com maior preço anunciado médio do m² em dezembro de 2012, segundo o Índice FipeZap, foram, por ordem decrescente, no segmento de apartamentos de todos os tipos: 1)Setor Noroeste, 2)Asa Sul, 3)Setor Sudoeste, 4) Asa Norte e 5) Setor Park Sul SMAS e no segmento de casas de todos os tipos: 1)Asa Norte, 2)Asa Sul, 3)Jardim Botânico, 4) Lago Sul e 5)Setor Park Way., 11

13 Edição Nº 04 NOV/DEZ 2012 Situações destacadas: No segmento de apartamentos, o Setor Park-Sul que havia ultrapassado a Asa Norte em preço anunciado médio do m² em outubro de 2012 é agora a 5ª localidade com maior preço anunciado médio do m² no DF. Sobradinho que em outubro/2012 estava entre as 10 localidades com maior preço anunciado médio do m², em dezembro não figura mais nessa lista. No segmento de casas, o Setor Jardim Botânico surpreendeu com valores mais altos que Lagos Sul e Norte, passando da 10ª posição em out/2012 para a 3ª em dez/2012. Entretanto, a inesperada valorização deve ser relativizada em função do pequeno número de amostras em dez/12. 12

14 Edição Nº 04 NOV/DEZ Bibliografia FIPE Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Indice FIPEZAP de Preços de Imóveis Anunciados Setembro e Outubro de Disponível em Página na Internet do Zap Imóveis / Índice FipeZap / Estatísticas Zap Imóveis. Disponível em 5. Equipe Técnica Supervisão: Heloísa Azevedo Gerente de Monitoramento Territorial Elaboração: Sérgio Jatobá Chefe do Núcleo de Monitoramento da Dinâmica Imobiliária Colaboração: Danilo Barbosa Concepção e elaboração da Capa Camila Pires Mapas Amanda Brasil Planilhas 13

15 Edição Nº 04 NOV/DEZ 2012 ANEXO I O que é o índice FIPEZAP O Índice FIPEZAP de Preços de Imóveis Anunciados é publicado mensalmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas FIPE, entidade privada com sede em São Paulo e ligada ao Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP). O índice é calculado com base nos anúncios publicados na página da internet do ZAP Imóveis, um portal de classificados imobiliários na internet. É um indicador com abrangência nacional que acompanha os preços de venda e locação de imóveis em sete capitais brasileiras: Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e o Distrito Federal. O Índice FIPEZAP começou a ser publicado em fevereiro de 2011( com dados relativos a janeiro de 2011), mas suas séries históricas abrangem, em algumas cidades, pesquisas de preços dos imóveis desde dezembro de 2007, data a partir da qual os anúncios começaram a ser publicados no site do ZAP Imóveis. Para o DF, entretanto, só há dados disponíveis a partir de setembro de De acordo com a metodologia disponível na página da internet da FIPE adotou-se como fonte de informação preferível os anúncios de imóveis por considerá-la mais confiável do que as outras duas opções de pesquisa inicialmente cogitadas: 1) registros cartoriais de transações imobiliárias e 2) dados das instituições financeiras, responsáveis pelo financiamento imobiliário. No primeiro caso, a limitação foi a dificuldade de acesso ao banco de dados dos registros dos cartórios de imóveis e o fato de que muitas das escrituras não refletirem de forma fidedigna os valores transacionados. No segundo caso, a limitação foi a de que a base somente abrange imóveis financiados. Além disso, há um longo tempo decorrido entre a assinatura do contrato e a disponibilização da informação em banco de dados. Quanto à utilização de anúncios de imóveis como fonte de informação, a metodologia da FIPE reconhece que a grande desvantagem é a óbvia distância entre o preço ofertado e o preço de fato transacionado. Mas adota a hipótese de que no médio e longo prazo a evolução dos dois preços (anunciado e efetivamente transacionado) têm tendências semelhantes, sendo esta a razão da escolha desta fonte de informação, neste momento, para compor o Índice FIPEZAP. A pesquisa para compor o Índice se restringe a imóveis usados e não abrange lançamentos imobiliários que, em geral, não anunciam preços por internet, mas somente sob consulta. 14

Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano

Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano SEDHAB Secretário de Estado Geraldo Magela Secretário Adjunto Rafael Oliveira Subsecretário de Planejamento Urbano Rômulo Andrade de Oliveira

Leia mais

BoletIM do. Julho/Agosto/2013. Observatório

BoletIM do. Julho/Agosto/2013. Observatório BoletIM do Julho/Agosto/2013 Observatório 10 SEDHAB - SUPLAN Imobiliário do DF Secretaria de Estado de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano SEDHAB Secretário de Estado Geraldo Magela Secretário

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Preço dos imóveis ficará estável em 2015, dizem os corretores

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Preço dos imóveis ficará estável em 2015, dizem os corretores + Boletim de Conjuntura Imobiliária 52ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Julho de 2015 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Agosto de 2014 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Janeiro de 2014 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Criada nova letra imobiliária que tem isenção de IR e reconhecimento internacional

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Criada nova letra imobiliária que tem isenção de IR e reconhecimento internacional + Boletim de Conjuntura Imobiliária 50ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult

Leia mais

Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Boletim de Conjuntura Imobiliária 23ª Edição Comercial - Econsult Consultoria

Leia mais

+ Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

+ Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br + Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Boletim de Conjuntura Imobiliária 27ª Edição Comercial - de 2012 Econsult

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Governo anuncia criação de nova faixa do Minha Casa, Minha Vida

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Governo anuncia criação de nova faixa do Minha Casa, Minha Vida + Boletim de Conjuntura Imobiliária 48ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Governo rejeita liberar compulsório para financiar imóvel

Governo rejeita liberar compulsório para financiar imóvel + Boletim de Conjuntura Imobiliária 58ª Edição Comercial Abrilde 2015 de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Leia mais

Índice FipeZap de Preços de Imóveis Anunciados - Março/2011 http://www.zap.com.br/imoveis/fipe-zap http://www.fipe.org.br/web/indices/fipezap

Índice FipeZap de Preços de Imóveis Anunciados - Março/2011 http://www.zap.com.br/imoveis/fipe-zap http://www.fipe.org.br/web/indices/fipezap Índice FipeZap registra variação de 2,4% em março e 6,4% no primeiro trimestre; Preço do m 2 anunciado em São Paulo ultrapassa R$ 5.000 pela primeira vez A variação do Índice FipeZap Composto em março/2011

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Versão Comercial - Outubro de 2010

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Versão Comercial - Outubro de 2010 Comercialização No mês de outubro, foram analisados 18.164 imóveis destinados à comercialização, contemplados em imóveis residenciais e comerciais. Na amostra, a participação dos imóveis residenciais obteve

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: CONSTRUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: CONSTRUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: CONSTRUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO Novembro de 2009 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 19ª Edição Comercial - Janeiro de 2012

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 19ª Edição Comercial - Janeiro de 2012 Boletim de Conjuntura Imobiliária 19ª Edição Comercial - Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Especialistas debatem sobre garantias locatícias em Brasília.

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Especialistas debatem sobre garantias locatícias em Brasília. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 41ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult

Leia mais

Boletim da Conjuntura Imobiliária

Boletim da Conjuntura Imobiliária MAIO DE 2015 Boletim da Conjuntura Imobiliária Brasília, junho de 2015 1 Boletim da Conjuntura Imobiliária Junho de 2015 2 Boletim da Conjuntura Imobiliária Maio de 2015 Descrição Capa: BRB - BANCO DE

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Águas Claras é a cidade mais rentável do Distrito Federal. 46ª Edição Comercial Abril de 2014

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Águas Claras é a cidade mais rentável do Distrito Federal. 46ª Edição Comercial Abril de 2014 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 46ª Edição Comercial Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Construção e Comercialização

Construção e Comercialização 1 Construção e Comercialização Esta pesquisa fornece informações sobre o mercado de imóveis novos - construídos para vender. São apurados, mensalmente, os preços de oferta para venda à vista, a quantidade

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO Relatório de Janeiro de 27 PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE JANEIRO DE 27 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de janeiro de 27 no

Leia mais

Aluguel residencial com aniversário em julho e reajuste pelo IGP-M subirá 5,59%.

Aluguel residencial com aniversário em julho e reajuste pelo IGP-M subirá 5,59%. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 60ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vantagens de casas e apartamentos em condomínios fechados. 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vantagens de casas e apartamentos em condomínios fechados. 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 35ª Edição Comercial - Maio de 2013 de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015 No mês de novembro, os valores médios observados caíram 0,1%, em relação ao mês anterior. No acumulado de 12 meses,

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Versão Comercial - Novembro de 2010

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Versão Comercial - Novembro de 2010 O Censo Demográfico 2010 e o mercado do DF Boletim de Conjuntura Imobiliária Alguns resultados do último recenseamento feito pelo IBGE foram divulgados. Os dados mostram que o Distrito Federal registrou

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO Relatório de Abril de 28 PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE ABRIL DE 28 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de abril de 28 no que diz

Leia mais

SINCOR-SP 2016 FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2016 FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS FEVEREIRO 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Estatísticas dos Corretores de SP... 6 3. Análise macroeconômica...

Leia mais

Comprar ou alugar? Especialistas falam sobre as vantagens de cada opção.

Comprar ou alugar? Especialistas falam sobre as vantagens de cada opção. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 63ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Especialistas descartam uma possível bolha imobiliária. 38ª Edição Comercial Agosto de 2013 de 2012

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Especialistas descartam uma possível bolha imobiliária. 38ª Edição Comercial Agosto de 2013 de 2012 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 38ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult

Leia mais

Mercado Imobiliário em São Paulo

Mercado Imobiliário em São Paulo Mercado Imobiliário em São Paulo Gráfico 1 Evolução dos preços dos imóveis residenciais Variações % anuais 3 Os preços dos imóveis aumentaram acentuadamente entre 2 e 211, conforme evidenciado no Gráfico

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE AGOSTO DE 2014 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de agosto de 2014 no que diz respeito aos lançamentos,

Leia mais

Aumento do preço dos imóveis perdeu força novamente em agosto

Aumento do preço dos imóveis perdeu força novamente em agosto Aumento do preço dos imóveis perdeu força novamente em agosto Variação do preço anunciado do m 2 é de 4,8% em 2014 na média de 20 cidades, ligeiramente acima da inflação O Índice FipeZap Ampliado, que

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO Relatório de Maio de 29 PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE MAIO DE 29 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de maio de 29 no que diz

Leia mais

SECOVI/DF debate a lei do corretor associado

SECOVI/DF debate a lei do corretor associado + Boletim de Conjuntura Imobiliária 56ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Crise não atinge mercado imobiliário de luxo.

Crise não atinge mercado imobiliário de luxo. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 64ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária Versão Comercial

Boletim de Conjuntura Imobiliária Versão Comercial Boletim de Conjuntura Imobiliária Versão Comercial Julho de 2010 Brasília, agosto de 2010 Oferta de Imóveis 1. Comercialização A seguir, gráficos comparativos que ilustram as diferenças na participação

Leia mais

Versão Comercial Agosto de 2010. Publicado em Outubro de 2010

Versão Comercial Agosto de 2010. Publicado em Outubro de 2010 Versão Comercial Agosto de 2010 Publicado em Outubro de 2010 Comercialização No mês de agosto foram analisados 12.951 imóveis destinados à comercialização. A participação de imóveis residenciais foi de

Leia mais

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br

Agenda. Mapa de Preços do ZAP. Índice FipeZap novos dados do mercado. painel.fipezap.com.br Agenda painel.fipezap.com.br Agenda Mapa de Preços do ZAP Índice FipeZap novos dados do mercado Mapa de Preços Índice FipeZap Novos dados Agenda 1 2 3 4 5 Introdução Índice FipeZap: novas cidades Evolução

Leia mais

SINCOR-SP 2015 DEZEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 DEZEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS DEZEMBRO 20 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

CRESCE O DESEMPREGO NA GRANDE FORTALEZA

CRESCE O DESEMPREGO NA GRANDE FORTALEZA PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 MARÇO DE 2015 Ano 8 Divulgação Nº03 CRESCE O DESEMPREGO NA GRANDE FORTALEZA As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego

Leia mais

06 a 10 de Outubro de 2008 Olinda - PE

06 a 10 de Outubro de 2008 Olinda - PE 06 a 10 de Outubro de 2008 Olinda - PE Nome do Trabalho Técnico Previsão do mercado faturado mensal a partir da carga diária de uma distribuidora de energia elétrica Laucides Damasceno Almeida Márcio Berbert

Leia mais

No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis.

No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis. Brasília, 10 de Novembro de 2012 NOTA À IMPRENSA No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis. Por: (*) Rafhael Carvalho Marinho O índice de preços imobiliários verifica a existência de descolamento

Leia mais

NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007

NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007 NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007 Introdução Guilherme R. S. Souza e Silva * Lucas Lautert Dezordi ** Este artigo pretende

Leia mais

www.cristianepoleto.com.br Quanto Custa Alugar e Comprar no DF Pesquisa mapeia os preços de aluguel e vendas de imóveis usados

www.cristianepoleto.com.br Quanto Custa Alugar e Comprar no DF Pesquisa mapeia os preços de aluguel e vendas de imóveis usados www.cristianepoleto.com.br Quanto Custa Alugar e Comprar no DF Pesquisa mapeia os preços de aluguel e vendas de imóveis usados Aluguel de Imóvel Usado em Brasília Brasília Participação Preço Mínimo Preço

Leia mais

Corretores de imóveis são mantidos como Microempreendedores Individuais

Corretores de imóveis são mantidos como Microempreendedores Individuais + Boletim de Conjuntura Imobiliária 62ª Edição Comercial de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Cesta Básica DIEESE/PROCON atinge o maior valor de sua história. Gráfico 1 Cesta Básica DIEESE/PROCON Valor Diário (EM URV/Real) 190,00 2º. Sem.

Cesta Básica DIEESE/PROCON atinge o maior valor de sua história. Gráfico 1 Cesta Básica DIEESE/PROCON Valor Diário (EM URV/Real) 190,00 2º. Sem. ANOTE Informativo Eletrônico do DIEESE Ano 4, N.º. 38 Maio de 2.003 1 CONJUNTURA Cesta Básica DIEESE/PROCON atinge o maior valor de sua história Calculada diariamente desde março de 1990, ou seja, a mais

Leia mais

Promessa: Controlar a Inflação

Promessa: Controlar a Inflação Promessa: Controlar a Inflação Entendimento O Conselho Monetário Nacional define uma meta de inflação anual e uma banda em torno da meta, equivalente a mais ou menos 02 pontos de percentagem. Atualmente

Leia mais

ANÁLISE. Oferta cai para imóveis residenciais e comerciais

ANÁLISE. Oferta cai para imóveis residenciais e comerciais PESQUISA ALUGUÉIS Belo Horizonte Outubro de 2009 A Pesquisa ALUGUÉIS levanta as características determinantes dos imóveis disponíveis para alugar em Belo Horizonte a partir de uma amostra das principais

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 NOVEMBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS NOVEMBRO 20 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais Junho 2015

Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais Junho 2015 Índice Periódico de Variação de Custos Condominiais Junho 2015 Elaborado pelo Departamento de Pesquisa - AABIC CONSIDERAÇÕES JUNHO DE 2015 No mês de junho, o IPEVECON registrou variação positiva de 0,72%,

Leia mais

Aumenta a taxa de desemprego

Aumenta a taxa de desemprego PED JANEIRO DE 2012 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO DIVULGAÇÃO N o 326 Aumenta a taxa de desemprego Diminui o nível de ocupação na Indústria e no Comércio Pequeno crescimento

Leia mais

Construção Civil, Habitação e Programa Minha Casa Minha Vida

Construção Civil, Habitação e Programa Minha Casa Minha Vida Construção Civil, Habitação e Programa Minha Casa Minha Vida Ministro Paulo Bernardo Brasília - DF, outubro de 2009 Sumário 1. Situação recente do setor da construção civil 2. Medidas já adotadas pelo

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE JULHO DE 2014 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de julho de 2014 no que diz respeito aos lançamentos,

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro Tema: Emprego

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro Tema: Emprego Boletim de Conjuntura Econômica Outubro Tema: Emprego Brasil Atinge mais de 2 milhões de Emprego em 2010 Setor de Serviços lidera com 35% dos empregos Gerados no período Em setembro foram gerados 246.875

Leia mais

Energia Elétrica: Previsão da Carga dos Sistemas Interligados 2 a Revisão Quadrimestral de 2004

Energia Elétrica: Previsão da Carga dos Sistemas Interligados 2 a Revisão Quadrimestral de 2004 Energia Elétrica: Previsão da Carga dos Sistemas Interligados 2 a Revisão Quadrimestral de 2004 Período 2004/2008 INFORME TÉCNICO PREPARADO POR: Departamento de Estudos Energéticos e Mercado, da Eletrobrás

Leia mais

Desempenho da Economia de Caxias do Sul Dezembro de 2015

Desempenho da Economia de Caxias do Sul Dezembro de 2015 Dezembro/2015 1- Desempenho da Economia de Caxias do Sul A economia de Caxias do Sul, em dezembro, apresentou indicador com leve recessão no mês (-0,3%). Foi a Indústria que puxou o índice para baixo,

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego. Abril 2011

Pesquisa Mensal de Emprego. Abril 2011 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2011 1 1 Rio de Janeiro, 26/05/2011 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro O Janeiro

Leia mais

3. Situação do Mercado Imobiliário segundo o índice FIPEZAP em Dezembro de 2011

3. Situação do Mercado Imobiliário segundo o índice FIPEZAP em Dezembro de 2011 1 SUMÁRIO Apresentação 1. Introdução 2. O que é o índice FIPEZAP 3. Situação do Mercado Imobiliário segundo o índice FIPEZAP em Dezembro de 2011 3.1. Situação Geral nas sete regiões pesquisadas 3.2. Situação

Leia mais

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 Nota de Crédito PJ Janeiro 2015 Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 mai/11 mai/11 Carteira de Crédito PJ não sustenta recuperação Após a aceleração verificada em outubro, a carteira de crédito pessoa jurídica

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 11ª Edição Comercial - Maio de 2011. Custo do metro quadrado na construção no DF em maio foi de R$873,43

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 11ª Edição Comercial - Maio de 2011. Custo do metro quadrado na construção no DF em maio foi de R$873,43 Boletim de Conjuntura Imobiliária 11ª Edição Comercial - Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Preço dos imóveis mantém trajetória de queda em abril

Preço dos imóveis mantém trajetória de queda em abril Preço dos imóveis mantém trajetória de queda em abril Índice FipeZap Ampliado tem nova queda real O Índice FipeZap, que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras, registrou aumento

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Barômetro do Mercado Imobiliário. Valorização dos preços dos imóveis é de 6,8% no 1º trimestre de 2013

Barômetro do Mercado Imobiliário. Valorização dos preços dos imóveis é de 6,8% no 1º trimestre de 2013 Barômetro do Mercado Imobiliário - São Paulo, Março 2013 O Barômetro do Mercado Imobiliário em São Paulo é o mais novo, ágil e confiável indicador do mercado imobiliário que acompanha a evolução dos preços

Leia mais

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Indicadores CNI SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Indústria da construção aprofunda deterioração A indústria da construção continua a se deteriorar. O índice de nível de atividade e o número de empregados

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O MB HORIZONTE FIC FIA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ: Informações referentes a Janeiro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o As informações completas sobre esse fundo podem ser

Leia mais

Tendências importantes para o spread e inadimplência

Tendências importantes para o spread e inadimplência Tendências importantes para o spread e inadimplência A inadimplência confirma mínima histórica em 3,0% e o spread bancário volta a se elevar, alcançando 13,1%. Os dois movimentos são os principais destaques

Leia mais

Pesquisa Ademi-Rio. A tabela abaixo mostra as unidades lançadas na cidade do Rio de Janeiro quanto à finalidade: residencial, comercial e hotel.

Pesquisa Ademi-Rio. A tabela abaixo mostra as unidades lançadas na cidade do Rio de Janeiro quanto à finalidade: residencial, comercial e hotel. Mercado Imobiliário da Cidade Rio de Janeiro no 1º trimestre de 2016 I - UNIDADES LANÇADAS Pesquisa Ademi-Rio A análise dos dados apurados pela Pesquisa ADEMI do Mercado Imobiliário no primeiro trimestre

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO Relatório de Fevereiro de 28 PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE FEVEREIRO DE 28 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de fevereiro de

Leia mais

em seguida veremos como esses dados variam em termos percentuais.

em seguida veremos como esses dados variam em termos percentuais. Introdução O trabalho a seguir desenvolvido tem por finalidade explicar o que são e como funcionam alguns índices econômicos e financeiros, tais como IBOVESPA; NASDAQ, entre outros que aqui serão apresentados,

Leia mais

Subtítulo da Apresentação

Subtítulo da Apresentação Subtítulo da Apresentação MOTIVAÇÃO METODOLOGIA 15 cidades analisadas Análise do valor médio dos imóveis cadastrados no VivaReal 15 cidades + 1,8 mi Maior Base de imóveis entre os portais Análise de Intenção

Leia mais

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45

Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo CNPJ: 16.844.885/0001-45 Demonstrações Financeiras Banrisul Foco IRF - M Fundo de Investimento Renda Fixa Longo Prazo (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ: 92.702.067/0001-96) e 2014 com Relatório

Leia mais

Construção civil: desempenho e perspectivas 10/02/2015

Construção civil: desempenho e perspectivas 10/02/2015 Construção civil: desempenho e perspectivas 10/02/2015 Emprego com Carteira Evolução Recente Fonte: MTE, SindusCon-SP/FGV Emprego com Carteira Segmento Dez 2014 / Dez 2013 Dez 2014 / Nov 2014 dessaz. Acumulado

Leia mais

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego para junho de 2010 confirmam a recuperação do emprego

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Município de São Paulo Lançamentos Residenciais Mun. de São Paulo Mil Unidades Média = 31,7 22,6 24,9 25,7 39,0 34,5 31,6 38,2

Leia mais

Indicadores Conjunturais

Indicadores Conjunturais Ano 25 número 07 agosto 2010 Indicadores Conjunturais SISTEMA FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO PARANÁ - DEPARTAMENTO ECONÔMICO Resultados de Julho de 2010 Vendas Industriais página 04 O resultado

Leia mais

INFORMA DIEESE agosto/2008

INFORMA DIEESE agosto/2008 INFORMA DIEESE Nº. 74 AGOSTO/2008 1 INFORMA DIEESE agosto/2008 A INFLAÇÃO RECENTE E AS CAMPANHAS SALARIAIS A inflação voltou? Como ficam as campanhas salariais dos trabalhadores? Com o objetivo de discutir

Leia mais

Decomposição da Inflação de 2011

Decomposição da Inflação de 2011 Decomposição da de Seguindo procedimento adotado em anos anteriores, este boxe apresenta estimativas, com base nos modelos de projeção utilizados pelo Banco Central, para a contribuição de diversos fatores

Leia mais

MARÇO/2011 Ano XII - Nº 135

MARÇO/2011 Ano XII - Nº 135 MARÇO/2011 Ano XII - Nº 135 Índice de Velocidade de Vendas IVV Mercado Imobiliário de Maceió MARÇO/2011 COMENTÁRIOS OFERTAS, VENDAS E IVV POR ÁREA ÚTIL EM GERAL MARÇO 2011 Área m2 Ofertas Vendas IVV 35

Leia mais

Novo fôlego para o mercado imobiliário

Novo fôlego para o mercado imobiliário + Boletim de Conjuntura Imobiliária 59ª Edição Comercial Maio de 2015 de 2012 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Leia mais

O gráfico 1 mostra a evolução da inflação esperada, medida pelo IPCA, comparando-a com a meta máxima de 6,5% estabelecida pelo governo.

O gráfico 1 mostra a evolução da inflação esperada, medida pelo IPCA, comparando-a com a meta máxima de 6,5% estabelecida pelo governo. ANO 4 NÚMERO 31 OUTUBRO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO 1-CONSIDERAÇÕES INICIAIS O gerenciamento financeiro do governo, analisado de forma imparcial, se constitui numa das

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Banco Central descarta bolha imobiliária no país. 44ª Edição Comercial Fevereiro de 2014

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Banco Central descarta bolha imobiliária no país. 44ª Edição Comercial Fevereiro de 2014 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 44ª Edição Comercial Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

SINCOR-SP 2016 ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2016 ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS ABRIL 2016 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 2 Sumário Palavra do presidente... 4 Objetivo... 5 1. Carta de Conjuntura... 6 2. Estatísticas dos Corretores de SP... 7 3. Análise macroeconômica...

Leia mais

RODADA DE MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL

RODADA DE MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL RODADA DE MERCADO IMOBILIÁRIO NACIONAL Janeiro 2013 João Crestana / Celso Petrucci CONSOLIDAÇÃO DE DADOS DO MERCADO IMOBILIÁRIO 2 15 ENTIDADES POSSUEM PESQUISAS DE MERCADO ENTIDADES REGIÃO RESPOSTAS 1

Leia mais

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA ADEMI DO MERCADO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DE JANEIRO DE 214 I INTRODUÇÃO O objetivo deste relatório é analisar os resultados da Pesquisa ADEMI no mês de janeiro de 214 no que diz respeito ao VSO

Leia mais

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados Preço médio de locação teve queda nominal de 3,34% em 2015 No mesmo período a inflação foi de 10,67%. Dessa maneira o preço médio de locação caiu 12,66% em termos reais no ano passado O Índice FipeZap

Leia mais

Índice DMI-VivaReal aponta Curitiba e Florianópolis como capitais com maior alta no valor do m² para compra de imóvel

Índice DMI-VivaReal aponta Curitiba e Florianópolis como capitais com maior alta no valor do m² para compra de imóvel Índice DMI-VivaReal aponta Curitiba e Florianópolis como capitais com maior alta no valor do m² para compra de imóvel Análise realizada em 15 cidades mostra que em nove delas houve variação de preços acima

Leia mais

Análise das Tarifas e Progressividade da conta de água em 13 Estados brasileiros

Análise das Tarifas e Progressividade da conta de água em 13 Estados brasileiros Análise das Tarifas e Progressividade da conta de água em 13 Estados brasileiros Análise das Tarifas de Água OBJETIVO: O objetivo desse trabalho é comparar e analisar as tarifas de água cobradas em diversos

Leia mais

Alternativas para o Brasil. Claudio L. S. Haddad Endeavor - Outubro de 2004

Alternativas para o Brasil. Claudio L. S. Haddad Endeavor - Outubro de 2004 Alternativas para o Brasil Claudio L. S. Haddad Endeavor - Outubro de 2004 Tema do Momento: Crescimento Apesar da recente recuperação da economia, crescimento sustentável continua sendo a preocupação central

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC julho 2012

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC julho 2012 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC julho 2012 Rio de Janeiro, 08 de agosto de 2012 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR julho de 2012 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR

Leia mais

PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/2013 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis

PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/2013 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/201 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis Com 4,27 no mes, Minas Gerais e Paraná registraram as maiores taxas de juros

Leia mais

RELATÓRIO DO OMBUDSMAN DA BM&FBOVESPA 2012

RELATÓRIO DO OMBUDSMAN DA BM&FBOVESPA 2012 RELATÓRIO DO OMBUDSMAN DA BM&FBOVESPA 2012 São Paulo, fevereiro de 2013. 2 ÍNDICE Apresentação Pag. 3 Função Reativa Dados consolidados do ano de 2012 Pag. 4 Função Pró-ativa Uma retrospectiva de 2012

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Junho de 2012

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Junho de 2012 Boletim de Conjuntura Imobiliária Junho de 2012 Brasília, julho de 2012 Sumário Ressalvas Técnicas... 4 Introdução... 5 1. Atividade Econômica... 6 1.1. Cenário Nacional... 6 1.1.1. Consumidor... 6 1.1.2.

Leia mais

Crédito - junho. Brasil - Estoque de Crédito como Proporção do PIB (%)

Crédito - junho. Brasil - Estoque de Crédito como Proporção do PIB (%) set/03 fev/04 jul/04 mai/05 out/05 mar/06 ago/06 jan/07 nov/07 abr/08 fev/09 jul/09 mai/10 out/10 ago/11 jan/12 Crédito - junho 26/07/12 Diversos indicadores do crédito no Brasil em junho seguiram a trajetória

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS

RELATÓRIO DE GESTÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS SICOOB JURISCRED - COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS MAGISTRADOS E SERVIDORES DA JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS LTDA. RELATÓRIO DE GESTÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS [29] [RUA 72, ESQUINA BR-153, Nº234, JARDIM GOIÁS, GOIÂNIA-

Leia mais

Preço do imóvel continua valorizado no primeiro semestre do Rio e Zona Norte acompanha crescimento

Preço do imóvel continua valorizado no primeiro semestre do Rio e Zona Norte acompanha crescimento Barômetro do Mercado Imobiliário - Rio de Janeiro, Junho 2013 O Barômetro do Mercado Imobiliário no Rio de Janeiro é o mais ágil e confiável indicador do mercado imobiliário que acompanha a evolução dos

Leia mais

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 2/2 - Janeiro de 2014

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 2/2 - Janeiro de 2014 Notícias Economia Internacional e Indicadores Brasileiros Nº 2/2 - Janeiro de 2014 Sindmóveis - Projeto Orchestra Brasil www.sindmoveis.com.br www.orchestrabrasil.com.br Realização: inteligenciacomercial@sindmoveis.com.br

Leia mais

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1

ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 ANEFAC IMA Institute of Management Accountants 1 PESQUISA DE JUROS - MAIO As taxas de juros das operações de crédito ficaram estáveis em maio/2013. Vale destacar que em maio o Banco Central voltou a elevar

Leia mais

Vendas crescem 29,26% em dezembro e imóvel usado fecha 2010 com valorização de até 269,09%

Vendas crescem 29,26% em dezembro e imóvel usado fecha 2010 com valorização de até 269,09% Balanço 2010 - CRECISP Aluguel/Venda residencial Imóveis usados Cidade de São Paulo Aluguel residencial aumenta até 146,43% Vendas crescem 29,26% em dezembro e imóvel usado fecha 2010 com valorização de

Leia mais

Relatório Mensal - Julho

Relatório Mensal - Julho Relatório Mensal - Julho (Este relatório foi redigido pela Kapitalo Investimentos ) Cenário Global A economia global apresentou uma relevante desaceleração nos primeiros meses do ano. Nosso indicador de

Leia mais