SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR"

Transcrição

1 SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR

2 SAW SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB MINIGUIA OPERACIONAL Versão 1.0 ÁREA: ATENDIMENTO PERFIL: PRESTADOR 2015

3 Este miniguia demonstra, de maneira prática, as principais funções realizadas no SAW por estabelecimentos como Consultórios, Laboratórios, Clínicas e Hospitais, direcionado especificamente à área de Atendimento. 4 5

4 SAW SISTEMA DE ATENDIMENTO WEB SUMÁRIO Acesso ao Sistema e Recuperação de Senha...06 Registro de Atendimento...08 Elegibilidade de Beneficiário...12 Status (situação) da Guia...16 Ações da Guia...18 Legenda dos Ícones...20 Guia de Consulta Eletiva...24 Guia de SP/SADT...28 Guia de Internação...32 Guia de Prorrogação...36 Guia de Odontologia...40 MINIGUIA OPERACIONAL Guias de Anexos Guia de OPME...44 Guia de Radioterapia...48 Guia de Quimioterapia...52 Comunicação de Internação e/ ou Alta de Beneficiários...56 Relatórios...57 Realização de Procedimentos da Guia...58 Pesquisa de Guias...60 Impressão de Guias...62 Resposta de pendências para a Operadora...64 Envio de documentos digitalizados (anexar arquivos)...66 Conteúdo Online

5 ACESSO AO SISTEMA E RECUPERAÇÃO DE SENHA O SAW está disponível na internet, no endereço https://saw.trixti. com.br. Para acessá-lo, é necessário ser cadastrado pela Operadora. Cada pessoa que acessa o SAW deve possuir login e senha únicos, aos quais estarão vinculados os dados e os registros de ações individuais, preservando o histórico de tudo o que é feito durante o uso do sistema. Por isso é importante que cada usuário do sistema mantenha os dados de acesso de modo restrito, não os repassando a outra pessoa. Se você ainda não possui login e senha para acessar o SAW, mande um para e solicite seu acesso ou entre em contato com a Operadora. Abaixo, a tela de acesso do SAW, onde são solicitadas as informações de login e senha: Caso o usuário esqueça a senha, acesse o link ʻEsqueceu sua senha?ʼ para receber uma nova temporária por . A senha para acesso ao SAW deve conter, no mínimo, 6 dígitos e, pelo menos, 1 letra e 1 número. Será necessário informar o login cadastrado e um código randômico de segurança. A qualquer momento, depois de conectado ao sistema, o usuário pode alterar sua senha e os seus dados pessoais, como nome, telefone e . Para alterar essas e outras informações, acesse o menu Configurações. Após preencher e enviar o formulário acima, o usuário receberá um de Recuperação de Senha com o código enviado pelo SAW, conforme imagem abaixo: Após cinco tentativas consecutivas inválidas de login o usuário será bloqueado. Para reativá-lo é necessário contactar o suporte: SAW 8 9

6 REGISTRO DE ATENDIMENTOS O Registro de Atendimentos no SAW é realizado a partir das guias do padrão TISS - Troca de Informação em Saúde Suplementar da ANS (Agência Nacional de Saúde). Nos próximos itens deste manual serão explicados os passos necessários para o cadastro e o acompanhamento de guias de atendimento no SAW. A seguir, um breve resumo sobre os tipos de guias e suas aplicações. TIPOS DE GUIAS E SUAS APLICAÇÕES A Guia de Consulta Eletiva deve ser utilizada para cobrança do respectivo honorário médico referente a consulta em caráter eletivo e sem procedimento médico associado. Em alguns casos, a Guia de Consulta Eletiva pode ser utilizada para elegibilidade e autorização de atendimentos, conforme critérios estabelecidos pela Operadora. Não deve ser usada para atendimentos em hospitais, em caráter de urgência/emergência ou para consultas de referência. A Guia de SP/SADT - Serviços Profissionais / Serviço Auxiliar Diagnóstico e Terapia - é utilizada para solicitação (autorização), quando é o caso, e/ou para realização (execução) de procedimentos, medicamentos, taxas e equipamentos, com exceção de casos de pacientes internados. Também deve ser utilizada para consultas de urgência/ emergência em hospitais e consulta de referência (realizada a partir da indicação de um outro profissional médico para continuidade do tratamento). A Guia de SP/SADT Também é utilizada para fins de cobrança

7 A Guia de Internação é destinada para solicitações de autorizações de atendimentos com pacientes internados e deve ser utilizada para atendimentos em regime hospitalar, hospital-dia ou domiciliar. Pode ser utilizada também para remoções de pacientes internados. SOLICITAÇÃO DE GUIAS DE ANEXOS As Guias de Anexos servem para solicitação e/ou autorização de complementos de um pedido inicial, que podem ser Guia de SP/SADT e/ou Guia de Solicitação de Internação. A nova guia de Solicitação de Prorrogação foi adicionada com a versão 3.0 da TISS. Ela deve ser utilizada somente para complementação de um atendimento inicial de um paciente internado. Essa guia deve estar vinculada a uma guia de Solicitação de Internação já cadastrada no SAW e com o status Autorizada ou Autorizada Parcial. A Guia de Solicitação de Tratamento Odontológico pode ser utilizada para elaboração do tratamento, solicitação (autorização) e/ou para cobrança de procedimentos realizados por dentistas e/ou cirurgiões-dentistas em consultórios ou em clínicas odontológicas. Pode ser vinculada a outra guia de odontologia para exames complementares, como, por exemplo, exames de imagem. A Guia de Anexo de Solicitação de OPME - Órtese, Prótese e Materiais Especiais - deve ser utilizada para a complementação de um procedimento médico, geralmente um ato cirúrgico. A Guia de Anexo de Solicitação de Radioterapia é utilizada para complementar a autorização de procedimentos radioterápicos, exigidos para o tratamento de doenças oncológicas, dentre outras. Também pode ser utilizada em tratamentos cirúrgicos, pré ou pós-operatórios. A Guia de Anexo de Solicitação de Quimioterapia é utilizada também para o complemento de medicamentos para o tratamento de doenças oncológicas, dentre outras. Também pode ser utilizada em combinação com atos cirúrgicos e tratamento de radioterapia

8 ELEGIBILIDADE DE BENEFICIÁRIOS A elegibilidade é o mecanismo sistêmico definido pela Operadora que autoriza a continuidade ou não do atendimento aos clientes (Beneficiários). O SAW é uma solução que se integra totalmente aos sistemas das Operadoras de plano de saúde, possibilitando que a elegibilidade dos clientes seja realizada em tempo real, a partir de uma consulta online diretamente na base de dados da Operadora. Contudo, o SAW ainda disponibiliza três formas para verificar a pessoalidade dos clientes da Operadora, aferindo que a pessoa que está sendo atendida é, de fato, o cliente do plano de saúde. As três formas de elegibilidade de Beneficiários que o SAW dispõe estão declaradas a seguir: Digitação do Código do Cartão do Beneficiário Esse é o mecanismo mais básico para identificação do cliente. Se essa opção estiver definida pela Operadora, o SAW apresentará o(s) campo(s) para a digitação do código de identificação do cliente, que pode ser composto do código da Operadora e do código único de identificação do cliente na empresa. Utilização de Leitor de Cartões A utilização de leitor de cartões (leitor de tarja magnética) é o mecanismo mais utilizado por Operadoras para aferição da pessoalidade de seus clientes. Se você possui um leitor de cartões e a Operadora definiu esse mecanismo para uso, o SAW apresentará um único campo para identificação do cliente. Esse campo deve ser selecionado e, em seguida, o cartão do cliente da Operadora deve ser passado na leitora de cartões. As informações contidas na carteirinha de plano de saúde do cliente serão traduzidas, e o sistema preencherá automaticamente os campos que se referem à identificação do cliente. Se o Sistema não conseguir identificar o cliente, tente passar o cartão novamente na leitora. Se mesmo assim não obtiver sucesso, tente limpar a tarja magnética do cartão (faixa preta no verso). 15

9 Autenticação por Biometria O funcionamento do mecanismo de biometria do SAW requer, além do leitor de digitais, a instalação do programa Java, versão 6 ou superior. A autenticação por biometria é o mecanismo mais seguro que o sistema disponibiliza e, geralmente, é utilizado com a leitura do cartão do cliente. De qualquer forma, os dados do cliente da Operadora devem ser inseridos para que o sistema apresente a tela para identificação biométrica. A imagem a seguir representa a tela de Cadastro de Digital do Beneficiário, que é apresentada somente se o cliente ainda não possui a digital cadastrada. Para cadastrar é necessário a escolha de um dos dedos para a captura da digital. Caso o cliente já possua o cadastro da digital, o SAW apresentará a tela de Autenticação Biométrica, que inclusive mostrará qual dedo está cadastrado, bastando que o cliente insira-o no leitor biométrico quando solicitado pelo sistema. Abaixo, a tela de autenticação biométrica: Após o cadastro da digital, será solicitado a leitura digital novamente para o segmento da operação. Na imagem acima, também pode ser visualizada a opção Isentar Biometriaʼ. Se essa opção estiver habilitada, será permitida a escolha de uma justificativa pré-definida para a não utilização do mecanismo de biometria. A isenção do uso da Biometria pode ser limitada pela Operadora e, de qualquer forma, produz alertas para que a empresa possa realizar auditorias sobre esses eventos. SAW 16 17

10 STATUS DA GUIA PERFIL PRESTADOR STATUS JUSTIFICATIVA STATUS CANCELADA JUSTIFICATIVA Representa uma Guia sem efeito, anulada, eliminada, suprimida. A COMPLEMENTAR Guias que necessitam de complementação. Para que a guia seja enviada à Operadora, é necessário responder à seguinte pergunta: Deseja solicitar um anexo? EM TRAMITAÇÃO Significa que a Operadora definiu uma pendência a ser verificada e respondida. AGUARDANDO Estado inicial da Guia quando não é finalizada de forma automática pela Operadora. A guia foi enviada à Operadora e é necessário aguardar sua finalização. O preenchimento do campo Observação também direciona a este status EXPIRADA IMPORTADA Guias antigas que já ultrapassaram o prazo de tramitação no Sistema, que é definido pela Operadora. Guias importadas a partir do arquivo de cobrança em formato XML, desde que não tramite no SAW. AUTORIZADA Representa que a Guia está autorizada pela Operadora, ou seja, todas os serviços requisitados foram autorizados. NEGADA Guias Negadas pela Operadora por alguma restrição contratual. AUTORIZADA PARCIAL Representa que a Guia está autorizada parcialmente pela Operadora, ou seja, há serviços não autorizados ou autorizados parcialmente. RESPONDIDA Guias em que as pendências associadas foram respondidas. CADASTRADA Guias sem prestador executante vinculado. O Estado da Guia será atualizado assim que o prestador executante assumir a guia. É também utilizado em guias de cobrança. PRÉ-AUTORIZADA Guias avulsas, somente cadastradas, sem nenhuma validação com a Operadora, utilizadas apenas para cobrança

11 AÇÕES DA GUIA Durante o uso do SAW, cada guia permite a seleção de ícones para ações específicas, inclusive conforme o status em que a guia se encontra. As possíveis ações para cada guia estão declaradas a seguir: GUIA DE INTERNAÇÃO GUIA DE PRORROGAÇÃO GUIA DE CONSULTA ELETIVA GUIA DE ODONTOLOGIA GUIA DE SP/SADT GUIAS DE ANEXOS 20 21

12 LEGENDA DOS ÍCONES NOVO - Define uma nova guia com todos os campos de formulário vazios ou com valor inicial. CANCELAR - Define a guia para o status Cancelada, impossibilitando qualquer alteração posterior. ANEXAR LAUDOS - Permite o envio de arquivos para uma guia já cadastrada. ALTERAR - Permite a edição de alguns campos da guia, conforme definição da Operadora ou pelo próprio padrão TISS. DADOS BENEFICIÁRIO - Permite a definição ou a visualização dos dados de contato (telefone, ) do Beneficiário da guia. PEDIR REVISÃO - Permite o questionamento de uma negativa ou de uma autorização fornecida pela Operadora. Define a guia com o status Aguardando. DESPESAS - Permite anexar uma guia de Outras Despesas a uma guia de SP/SADT ou Resumo de Internação. Objetiva o envio de cobrança para a Operadora. IMPRIMIR - Permite a impressão da guia em formato PDF. É necessária a instalação do software Adobe Reader. GUIA PRINCIPAL - Permite a vinculação da guia a uma guia já existente, com o status Autorizada ou autorizada parcial. RECARREGAR - Atualiza a página, limpando todos os campos de formulário. DOWNLOAD XML - Permite o download de um arquivo no formato XML-TISS contendo os dados da guia registrada. INTERNAÇÃO/ALTA - Informa a Operadora sobre a finalização de um atendimento hospitalar (com paciente internado ou não). GUIA MODELO - Permite a utilização de modelos pré-definidos para o preenchimento automático dos campos da guia. ANEXOS - Permite solicitar e acompanhar os processos de anexos (OPME, Quimioterapia e Radioterapia) do TISS EXECUTANTE - Permite a alteração do contratado executante da guia de SP/SADT

13 N. DE GUIA/ BENEF. - Permite a abertura de uma nova guia com os mesmos dados de Beneficiário de uma guia já cadastrada. GUIA AVULSA - Permite o registro de uma nova guia a partir da transcrição de uma guia preenchida manualmente (guia em papel). LIMPAR - Remove todo o preenchimento dos campos de formulário da guia. EXIBIR GUIAS - Abre uma nova janela com o conteúdo da guia cadastrada. REALIZADO - Indica que o procedimento da guia foi completamente ou parcialmente realizado. ATESTADO - Permite a geração/visualização de atestados médicos em formato eletrônico. PEDIDO MÉDICO - Possibilita a um profissional médico o registro eletrônico de um pedido médico. GRAVAR - Finaliza o cadastro da guia. PRORROGAR - Permite solicitar e acompanhar os pedidos de prorrogação de uma internação já autorizada. VOLTAR - Retorna à guia que estava aberta antes desta opção estar disponível. EXECUTAR - Permite a declaração da execução do(s) procedimento(s) autorizado(s) da guia. EXECUTADO - Informa que o(s) procedimento(s) autorizado(s) da guia já foram executados. 24

14 Consulta Eletiva ACESSO Para registrar uma guia de Consulta Eletiva no SAW, você pode acessar a opção de Menu Solicitar -> Consulta Eletivaʼ ou utilizar a opção de Menu TISS -> Painel de Execuçãoʼ, no ícone correspondente. FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará uma mensagem de sucesso para o usuário. IMPORTANTE: Em todas as guias, os campos brancos são OBRIGA- TÓRIOS e os verdes são OPCIONAIS. Posteriormente, você pode enviar a cobrança dessa Guia, no padrão TISS, pelo próprio SAW. Basta acessar o Menu TISS -> Faturamento Eletrônicoʼ. Para mais informações, acesse: SAW 27

15 Consulta Eletiva GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Atendimento a RN: destinado para indicação de recém-nascido. Deve ser utilizado no prazo de até 30 dias após o nascimento da criança, período determinado como legal (Art. 12, inciso III, alínea A da Lei de 1998) pela ANS para realização de procedimentos com o código da carteira da mãe (titular do plano). Número da guia do Prestador: campo destinado ao preenchimento do número da guia do prestador, fornecido pelo sistema do prestador. Caso o usuário não preencha o campo, o sistema gera o número automaticamente. Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia. Observação/ Justificativa: Caso seja inserida alguma informação neste campo, a guia estará condicionada à auditoria médica da Operadora. 28

16 FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o SP/SADT registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra ACESSO de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Para registrar uma guia de tratamento SP/SADT no SAW, você pode Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará acessar a opção de Menu Solicitar -> SP/SADTʼ ou utilizar a opção de uma mensagem de sucesso para o usuário. Menu TISS -> Painel de Execuçãoʼ, no ícone correspondente. REGRAS E DICAS DE PREENCHIMENTO Também é possível informar o número de guia principal vinculando-a a uma guia de SP/SADT ou de Internação com status já Autorizada ou Autorizada Parcial. Se a guia está com status Aguardando, fique atento. Antecipe a solicitação da operadora e envie o laudo médico ou o relatório, se necessário. 30

17 SP/SADT GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Número da guia principal: campo destinado à inclusão do número da guia principal. Seu preenchimento é opcional para a guia SP/SADT, mas obrigatório para todas as guias de anexo. Muita atenção com este campo. Ao selecionar um tipo, ele poderá definir ações diferentes quanto à autorização. Número da guia do Prestador: campo destinado ao preenchimento do número da guia do prestador, fornecido pelo sistema do prestador. Caso o usuário não preencha o campo, o sistema gera o número automaticamente. Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia. Atendimento a RN: destinado para indicação de recém-nascido. Deve ser utilizado no prazo de até 30 dias após o nascimento da criança, período determinado como legal (Art. 12, inciso III, alínea A da Lei de 1998) pela ANS para realização de procedimentos com o código da carteira da mãe (titular do plano)

18 Internação ACESSO Para registrar uma guia de solicitação de internação no SAW, você pode acessar a opção de Menu Solicitar -> Internaçãoʼ ou utilizar a opção de Menu TISS -> Painel de execuçãoʼ, no ícone correspondente. REGRAS E DICAS DE PREENCHIMENTO Para o preenchimento de uma guia de internação, é necessário ter, ao menos, um código de diária. Procure sempre inserir o maior número de informações na guia. Se possível, já anexe relatório e/ou laudo médico ao gravar, para facilitar a auditoria da operadora. FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará uma mensagem de sucesso para o usuário. O SAW apresenta uma lista contendo os tipos de diárias que o beneficiário tem contratado. SAW 35

19 Internação GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia. Caráter da Internação: Eletiva ou Urgência/Emergência. A solicitação do médico deve ser informada de forma adequada. Essa informação implicará na forma da autorização. Procure descrever o motivo da internação e o estado do beneficiário de forma bem clara, já que um auditor da operadora terá que interpretar a informação. Os dois primeiros campos são direcionados à solicitação de diárias. O preenchimento desses campos é condicionado à Operadora. Os serviços passam a ser inseridos somente a partir do terceiro. Atendimento a RN: destinado para indicação de recém-nascido. Deve ser utilizado no prazo de até 30 dias após o nascimento da criança, período determinado como legal (Art. 12, inciso III, alínea A da Lei de 1998) pela ANS para realização de procedimentos com o código da carteira da mãe (titular do plano). Previsão de uso de OPME: destinado a seleção de resposta ʻSimʼ ou ʻNãoʼ para indicação de previsão de uso de órteses, próteses e medicamentos especiais. Previsão de uso de quimioterapia: destinado a seleção de resposta ʻSimʼ ou ʻNãoʼ para indicação de previsão de procedimentos de quimioterapia. Indicação de acidente (acidente ou doença relacionada): destinado a seleção de resposta para indicação de acidente. O preenchimento correto deste campo facilita a geração de indicadores de saúde reais para a ANS

20 Prorrogação ACESSO Para registrar uma guia de prorrogação no SAW, você pode acessar a opção de Menu Solicitar -> Prorrogaçãoʼ ou utilizar a opção de Menu TISS -> Painel de Execuçãoʼ. É possível ainda fazer uso do ícone Prorrogaçãoʼ, localizado nas ações da guia de solicitação de internação. REGRAS E DICAS DE PREENCHIMENTO Obrigatoriamente, para solicitar uma prorrogação, a guia de internação deve estar com status Autorizada ou Autorizada Parcial. Pode conter apenas diárias, apenas procedimentos ou procedimentos e diárias. FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará uma mensagem de sucesso para o usuário. 38

21 Prorrogação GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Número da Guia de Solicitação de Internação: destinado ao fornecimento do número da guia de solicitação de internação inicial. É de preenchimento obrigatório e garante o vínculo com a solicitação inicial. Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia. Número da guia do Prestador: campo destinado ao preenchimento do número da guia do prestador, fornecido pelo sistema do prestador. Caso o usuário não preencha o campo, o sistema gera o número automaticamente. Procure descrever o motivo da internação e o estado do beneficiário de forma bem clara, já que um auditor da operadora terá que interpretar a informação. Procedimentos adicionais solicitados. As três primeiras linhas são direcionadas para solicitação de diárias, sendo que a primeira e a segunda podem prorrogar as diárias que foram preenchidas na guia principal. Os procedimentos são inseridos apenas a partir da quarta linha

22 Odontologia ACESSO Para registrar uma guia de tratamento odontológico no SAW, você pode acessar a opção de Menu Solicitar -> Odontologiaʼ ou utilizar a opção de Menu TISS -> Painel de Execuçãoʼ. REGRAS E DICAS DE PREENCHIMENTO Também é possível informar o número de guia principal para a guia de tratamento odontológico vinculando-a a uma Guia de Solicitação de Odontologia já cadastrada no sistema e com status Autorizada ou Autorizada Parcial. Obrigatoriamente, para se cadastrar uma guia de tratamento odontológico no SAW, é necessário informar o código do beneficiário, o prestador executante (dentista) e, no mínimo, um procedimento. FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará uma mensagem de sucesso para o usuário. Posteriormente, você pode enviar a cobrança dessa Guia, no padrão TISS, pelo próprio SAW. Basta acessar o Menu TISS -> Faturamento Eletrônicoʼ. Para mais informações, acesse: SAW 43

23 Odontologia GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Número da guia referenciada: campo de preenchimento condicional, tornando-se obrigatório em casos de atendimentos anteriores. Deve ser informado no momento do registro da solicitação. Número da guia do Prestador: campo destinado ao preenchimento do número da guia do prestador, fornecido pelo sistema do prestador. Caso o usuário não preencha o campo, o sistema gera o número automaticamente. Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia

24 GUIAS DE ANEXOS OPME ACESSO Para registrar um Anexo de OPME no SAW, você pode acessar a opção de Menu ʻSolicitar -> OPMEʼ ou utilizar a opção de Menu TISS -> Painel de Execuçãoʼ. É possível ainda fazer uso do ícone Anexosʼ, localizado nas ações da guia de solicitação de internação ou de tratamento SP/SADT. REGRAS E DICAS DE PREENCHIMENTO A Guia de OPME deve ser utilizada para solicitação de autorizações de Órtese, Prótese e Materiais Especiais. A guia de OPME foi criada para substituir os campos existente nas guias de SP/SADT e de Internação. No entanto, nunca deixa de estar vinculada a uma dessas. FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará uma mensagem de sucesso para o usuário. 47

25 GUIAS DE ANEXOS OPME GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Número da guia referenciada: campo de preenchimento obrigatório. Deve ser informado no momento do registro o número da solicitação principal que deu origem ao atendimento. Onde os códigos de OPME são inseridos. Foi adicionado o campo opção, que vai informar ao auditor da operadora qual será a preferência do médico solicitante. Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia. Número da guia do Prestador: campo destinado ao preenchimento do número da guia do prestador, fornecido pelo sistema do prestador. Caso o usuário não preencha o campo, o sistema gera o número automaticamente. O nome do médico solicitante e o telefone do profissional se tornam obrigatórios para o preenchimento. Procure descrever o motivo da solicitação de OPME e o estado do beneficiário de forma bem clara, já que um auditor da operadora terá que interpretar a informação

26 ACESSO GUIAS DE ANEXOS Radioterapia Para registrar um Anexo de Radioterapia no SAW, você pode acessar a opção de Menu Solicitar -> Radioterapiaʼ ou utilizar a opção de Menu TISS -> Painel de execuçãoʼ. É possível ainda fazer uso do ícone Anexosʼ, localizado nas ações da guia de solicitação de internação ou de tratamento SP/SADT. REGRAS E DICAS DE PREENCHIMENTO Para substituir o antigo formulário que era anexado a uma guia de SP/SADT ou de internação, foi criado o anexo de Radioterapia, sendo vinculado sempre a uma guia principal (SP/SADT ou Internação). Seu preenchimento é igual ao do antigo formulário, porém, de forma eletrônica. FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará uma mensagem de sucesso para o usuário. 50

27 GUIAS DE ANEXOS RADIOTERAPIA GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Número da guia referenciada: campo de preenchimento obrigatório. Deve ser informado no momento do registro da solicitação. O nome do médico solicitante e o telefone do profissional se tornam obrigatórios para o preenchimento. Número da guia do Prestador: campo destinado ao preenchimento do número da guia do prestador, fornecido pelo sistema do prestador. Caso o usuário não preencha o campo, o sistema gera o número automaticamente. Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia. Serão aceitos somente códigos de serviço nestes campos

28 GUIAS DE ANEXOS Quimioterapia ACESSO Para registrar um Anexo de Quimioterapia no SAW, você pode acessar a opção de Menu Solicitar -> Quimioterapiaʼ ou utilizar a opção de Menu TISS -> Painel de execuçãoʼ. É possível ainda fazer uso do ícone Anexosʼ, localizado nas ações da guia de solicitação de internação ou de tratamento SP/SADT. REGRAS E DICAS DE PREENCHIMENTO Para substituir o antigo formulário que era anexado a uma guia de SP/SADT ou de internação, foi criado o anexo de Quimioterapia, sendo vinculado sempre a uma guia principal (SP/SADT ou Internação). Seu preenchimento é igual ao do antigo formulário, porém, de forma eletrônica. FINALIZAÇÃO DO CADASTRO Após o preenchimento dos campos obrigatórios, para finalizar o registro da guia, acesse a opção (gravar), localizada na barra de ações, no canto superior esquerdo da tela de cadastro da guia. Caso a operação seja finalizada sem erros, o sistema apresentará uma mensagem de sucesso para o usuário. Posteriormente, você pode enviar a cobrança dessa Guia, no padrão TISS, pelo próprio SAW. Basta acessar o Menu TISS -> Faturamento Eletrônicoʼ. Para mais informações, acesse: SAW 54 55

29 GUIAS DE ANEXOS QUIMIOTERAPIA GUIA DE SOLICITAÇÃO DESTAQUE DOS PRINCIPAIS CAMPOS Número da guia referenciada: campo de preenchimento obrigatório. Deve ser informado no momento do registro da solicitação. O nome do médico solicitante e o telefone do profissional se tornam obrigatórios para o preenchimento. Número da guia do Prestador: campo destinado ao preenchimento do número da guia do prestador, fornecido pelo sistema do prestador. Caso o usuário não preencha o campo, o sistema gera o número automaticamente. Número da guia atribuído pela operadora: campo destinado ao preenchimento do número da guia que é gerado automaticamente pela operadora. O número só é gerado e apresentado após o cadastro da guia. Serão aceitos medicamentos (decrição ou códigos) nestes campos

30 COMUNICADO DE INTERNAÇÃO E/ OU ALTA DE BENEFICIÁRIOS A versão do TISS estabelece uma mensagem que deve ser enviada pelo Prestador à Operadora, com o objetivo de informar uma alta ou internação de algum Beneficiário. A mensagem deve ser enviada eletronicamente por meio de troca de arquivos em formato XML(WebServices) ou na própria interface do SAW, acessando a opção de menu: TISS -> COMUNICAÇÃO INT/ALTA BENEFICIÁRIO. Esta ação também pode ser realizada acessando o ícone (ícone Internação/Alta) na barra de ações da guia de Internação com o Status: AUTORIZADA ou AGUARDANDO. A tela abaixo será apresentada para o registro da mensagem sobre a internação ou alta de um Beneficiário. GERENCIADOR DE RELATÓRIOS O SAW disponibiliza diversos relatórios e mecanismos de acompanhamento de informações sobre os atendimentos realizados durante um período. Para acessar os relatórios acesse o menu Relatórios. Cada relatório disponível no sistema possui opções de filtro específicas, mas todos seguem um mesmo padrão de apresentação, conforme pode ser visualizado na imagem abaixo: Após o registro da mensagem o SAW apresenta uma lista, contendo todas as mensagens já envidas e o seu respectivo retorno de confirmação de recebimento pela Operadora, conforme imagem abaixo: Para visualizar os relatórios você deve ter instalado um software, em seu computador ou smartphone, para visualização de documentos de formato PDF. SAW 58 59

31 REALIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS DA GUIA A realização (execução) de procedimentos no SAW consolida o atendimento ao Beneficiário e, posteriormente, permite a cobrança desses procedimentos pelo prestador à operadora. Para realizar um ou mais procedimentos de uma guia no SAW, ela precisa estar com status Autorizada ou Autorizada Parcial. Após identificar a guia, é necessário acessar a opção, localizada na barra de ações da guia de SP/SADT correspondente. A imagem abaixo corresponde à tela de realização de todos os procedimentos da guia: Conforme a imagem acima, para um ou mais procedimentos da guia, será sempre obrigatório o preenchimento dos campos Data, Hora Inicial/Final e ʻQuantidade a realizarʼ. A quantidade de procedimentos a realizar deverá ser sempre menor ou igual à quantidade de procedimentos autorizada. Após realizar o(s) procedimento(s) da guia, o sistema apresentará as informações sobre a realização no grupo de campos Procedimentos e Exames Realizados, conforme imagem abaixo: A realização de procedimentos está sujeita aos mecanismos de elegibilidade definidos pela Operadora e disponíveis no SAW. Veja a página

32 PESQUISA DE GUIAS Todas as guias registradas no SAW estão acessíveis para consulta, impressão e outras ações por meio do Menu ʻTISS ->Painel de execuçãoʼ. Para a localização de guias, você pode utilizar as opções de filtro de pesquisa, conforme a imagem ao lado. Listagem de Guias: nesta área estão apresentadas as seguintes informações: Histórico da Guia, Autenticação Biométrica, Número de Guia da Operadora, Número de Guia do Prestador e Tipo da Guia. Guias TISS: nesta área estão disponíveis as Guias para preenchimento. Os tipos de guia disponíveis para registro podem ser definidos pela Operadora. Filtros de Pesquisa: aqui estão as diversas opções de pesquisa para localização de uma ou várias guias. Os campos Tipo de Guia e Período de Pesquisa são obrigatórios. Você pode ordenar o resultado de sua pesquisa acessando o nome da coluna correspondente. Paginação de Resultados: Caso a pesquisa retorne muitos registros, é possível navegar entre os resultados por esta área. Status de Impressão: nesta área é possível acompanhar o status de cada guia e/ou gerar o arquivo em formato PDF para impressão acessando o ícone, que também é visualizado na Guia TISS

33 IMPRESSÃO DE GUIAS O SAW disponibiliza funcionalidade exclusiva de impressão de guias TISS geralmente utilizadas em contingência (indisponibilidade de energia e/ou acesso ao SAW). A impressão de guias é feita de maneira avulsa para cada tipo de guia padrão TISS. Para imprimir guias TISS o prestador deve acessar a opção de menu TISS > IMPRESSÃO DE GUIAS. Abaixo a tela com a listagem de guias já geradas em destaque o acesso à ação GERAR NOVAS GUIAS. Após a geração das guias o usuário deve retornar a listagem de guias geradas e acessar a opção DETALHAR LISTAGEM DE GUIAS GERADAS, a partir do ícone conforme pode ser observado na imagem abaixo. Antes da geração de guias para impressão o usuário deve informar o tipo de guia, a versão TISS a ser utilizada, a quantidade de guias a serem geradas para impressão, o prestador solicitante e executante quando for o caso. Abaixo a imagem a tela de geração de guias TISS para impressão, o prestador deve informar o campos orbigatórios e acessar a opção GERAR. Por último o usuário deve, na tela de LISTAGEM DE GUIAS GERADAS PARA IMPRESSÃO, acessar à ação IMPRIMIR disponível a partir do ícone, conforme pode ser observado na imagem abaixo

34 RESPOSTA DE PENDÊNCIAS PARA A OPERADORA Após o registro da Guia, o SAW retorna uma mensagem da Operadora, informando o status (situação) em que ela se encontra. Mediante a análise da Operadora, a guia pode apresentar, dentre outros, o status Em Tramitação, que significa que a Operadora está solicitando uma resposta sobre algum questionamento realizado por ela referente à Guia registrada inicialmente. É necessário responder à pendência definida pela Operadora para que a ela finalize a análise/auditoria da Guia. Uma Guia com alguma pendência a ser respondida pode ser localizada com a pesquisa de Guias no Painel de Execução (Menu ʻTiss -> Painel de Execuçãoʼ), definindo o campo do filtro ʻStatus da Guiaʼ com a opção Em Tramitação. Após acessar a ação de Pesquisa, o SAW mostrará todas as guias que precisam de resposta para continuar o processo de autorização. Clique no Número da Guia para abrir e, em seguida, verifique a(s) mensagem(ens) de pendência que aparecem no topo da página e/ou no(s) procedimento(s) da Guia. Para responder à pendência de um Procedimento, localize-o na Guia, no grupo de campos de ʻProcedimentos/Exames Solicitadosʼ, com o Status Pendente. Para cada Procedimento com status Pendente haverá um ícone, conforme a imagem abaixo: Após acessar o ícone para responder à pendência do Procedimento, o SAW apresentará as informações detalhadas da pendência, com a opção. A tela abaixo é utilizada para inserir os dados de resposta da pendência, inclusive para o envio de arquivos em formato digital

35 ENVIO DE DOCUMENTOS DIGITALIZADOS Em alguns casos, será necessário o envio de documentos em formato digital, para que a Operadora finalize a análise de uma Guia já cadastrada ou quando a própria natureza/complexidade do pedido médico exigir. O SAW SAW O SAW informa a documentação exigida pela Operadora para cada Procedimento digitado na Guia! permite anexar arquivos, sem limite de quantidade, em qualquer formato digital voltado para textos e imagens. Esses arquivos servirão para a Operadora continuar o processo de regulação e atendimento da Guia registrada. Para anexar arquivos à Guia já cadastrada, identifique na barra de ações da Guia correspondente o ícone. O SAW apresentará a tela correspondente à imagem abaixo: O envio de arquivos em formato digital para a Operadora pode ser feito para Guias de SP/SADT, Internação, Prorrogação, Quimioterapia, Radioterapia, OPME e Odontologia, desde que estejam com Status: Aguardando, Em Atendimento, Em Tramitação, Em Análise, Em Auditoria, Na Unimed e em Cotação. O tamanho máximo do arquivo a ser transmitido não pode ultrapassar 5MB. Arquivos em formatos que não sejam de imagem deverão ser baixados e visualizados com os respectivos softwares de leitura instalados na máquina do usuário Para visualizar os arquivos já enviados para uma Guia, basta acessar o ícone, na barra de ações

36 CONTEÚDO ONLINE Para uma busca mais precisa das funcionalidades do sistema, acesse o endereço Você encontrará o manual online completo do SAW. Ele contém a explicação de todas as funcionalidades, distribuídas de acordo com o perfil de usuário de acesso. Administrador Auditor Concessão Regras Auditoria Contratos Registro Auditoria Regulação SAW Regulação Triagem OPME Operadora Pedido Execução Cobrança Recepção Análise Retorno Prestador Analista de Contas Este miniguia pode ser acessado eletronicamente por meio do endereço na internet A Trix TI disponibiliza uma equipe de suporte 24 horas, todos os dias da semana, e pode ser contactada pelo e por meio do Canal de Relacionamento: Telefone: SAW 70 71

37 ANOTAÇÕES ANOTAÇÕES 72 73

38 ANOTAÇÕES ANOTAÇÕES 74 75

39 76

Cartilha de navegação Novo Portal AMS TISS

Cartilha de navegação Novo Portal AMS TISS Cartilha de navegação Novo Portal AMS TISS Sumário Introdução...04 Telaincial...05 Usuário e Senha...06 Menu incial...07 Beneficiário / Validação...08 Autorização / Solicitar...09 Autorização / Últimas

Leia mais

TOP SAÚDE SEPACO AUTOGESTÃO

TOP SAÚDE SEPACO AUTOGESTÃO TOP SAÚDE SEPACO AUTOGESTÃO Dezembro / 2014 Sumário 1. Apresentação e acesso ao sistema...3 2. Tela inicial do sistema...5 3. Autorização de Procedimento Via Prestador...6 3.1. Impressão Guia TISS...6

Leia mais

Webplan Webplan Belo Horizonte 2014

Webplan Webplan Belo Horizonte 2014 Webplan Webplan Belo Horizonte 2014 Sumário Objetivo... 3 Funcionalidades... 3 Iniciando o Webplan... 3 Guia Rápido: Autorizando Procedimentos... 5 Guia de Consulta... 7 Descrição dos Campos... 8 Resumo

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO 1 Procedimento inicial para acessar o sistema na web No browser digitar: Para Homologação: http://treinamento.assiste.mpu.gov.br/homologacao Para Produção: http://assiste.mpu.gov.br/producao

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL 1 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Recursos Disponíveis... 5 Guias Consulta / SADT (Solicitação, Execução

Leia mais

Controle de Documento

Controle de Documento 1 Controle de Documento Revisor Versão Data Publicação Suelen Longoni 1.0 11/09/2009 2 Sumário Controle de Versão... 2 Índice de Figuras... 6 1. Informações Iniciais... 11 1.1. Sobre o documento... 11

Leia mais

AP_CONTA WEB Portal de Digitação e envio do Faturamento

AP_CONTA WEB Portal de Digitação e envio do Faturamento [Digite texto] 2013 Portal de Digitação e envio do Faturamento O AP_Conta tem como objetivo permitir aos prestadores de serviços médicos digitarem as guias de faturamento em conformidade com o padrão TISS,

Leia mais

SISTEMA HILUM HOSPITAIS

SISTEMA HILUM HOSPITAIS SISTEMA HILUM HOSPITAIS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - HOSPITAIS A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio

Leia mais

MANUAL TISS Versão 3.02.00

MANUAL TISS Versão 3.02.00 MANUAL TISS Versão 3.02.00 1 INTRODUÇÃO Esse manual tem como objetivo oferecer todas as informações na nova ferramenta SAP que será utilizada pelo prestador Mediplan, a mesma será responsável para atender

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01 Produtos: Saúde Pró Upload Versão: 20130408-01 Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 LOGIN... 4 3 VALIDADOR TISS... 7 4 CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 10 4.1 DADOS CADASTRAIS MATRIZ E FILIAL... 11 4.2 CADASTRO DE

Leia mais

Manual do AP_Conta. Manual do AP_Conta. Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS

Manual do AP_Conta. Manual do AP_Conta. Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS 2014 Manual do AP_Conta Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS 0 Sumário 1. Sobre esse manual... 3 2. Habilitando e Configurando o AP_Conta... 4 3. Habilitação e Licenciamento...

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR WEB

MANUAL DO PRESTADOR WEB MANUAL DO PRESTADOR WEB Sumário 1. Guia de Consulta... 3 2. Guia de Procedimentos Ambulatoriais... 6 3. Guia de Solicitação de Internação... 8 4. Prorrogação de internação... 8 5. Confirmação de pedido

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde.

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. PORTAL SPA TISS Manual do Credenciado Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. Equipe de Treinamento de Desenvolvimento TIS SPA Saúde Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo...

Leia mais

VOLUME 1 2012 MANUAL. Sistema Autorizador. Laboratórios de Análises Clínicas

VOLUME 1 2012 MANUAL. Sistema Autorizador. Laboratórios de Análises Clínicas VOLUME 1 2012 MANUAL Sistema Autorizador Laboratórios de Análises Clínicas ÍNDICE 1 Introdução 1 Definições Gerais 2 Intraestrutura e Componentes 3 Acessando o Sistema 5 Tela Inicial 6 Execução de Procedimento

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT...

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT... INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4 Pesquisar Beneficiário... 5 Elegibilidade Beneficiário... 6 Nova Guia Consulta Eletiva... 7 Nova Guia SP/SADT... 10 Nova Guia Anexo de Radioterapia... 14 Nova Guia Anexo

Leia mais

Manual do Prestador Versão TISS 3.02

Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Caro(a) Prestador(a) Serviços, É com muito prazer e satisfação que aproveitamos esta página para demonstrar nosso agradecimento em relação à confiança depositada por

Leia mais

Importação de Guias TIIS. Gestão de Plano de Saúde

Importação de Guias TIIS. Gestão de Plano de Saúde Gestão de Plano de Saúde Sumário Sumário... 2 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Tabela de Domínio TISS (versão 2.02.03)... 4 4. Como é feito o envio do Arquivo XML à Operadora de Saúde?... 5 5. Fluxo:

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Radar TISS Manual de Preenchimento 3ª Campanha Odontologia Referência Junho 2010 MINISTÉRIO DA SAÚDE Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS

Leia mais

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5 ÍNDICE 1. PRIMEIRO ACESSO AO SITE... 3 2. MAPA DO SITE... 4 2.1. Funcionalidades... 5 3. ENVIO DE COBRANÇAS ELETRÔNICAS... 5 3.1. Solicitações... 7 3.1.1. Internação... 7 3.1.2. Prorrogação... 8 3.1.3.

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Portal de Chamados Softplan Guia prático para abertura de Chamados Perfil 2

Portal de Chamados Softplan Guia prático para abertura de Chamados Perfil 2 Portal de Chamados Softplan Guia prático para abertura de Chamados Perfil 2 Descrição: Guia prático para abertura Responsável: Jailson Martins Revisão: 1.0.1 de Chamados Detalhes: Detalhamento dos passos

Leia mais

Manual do Usuário. Portal TISS Versão 3.02.00

Manual do Usuário. Portal TISS Versão 3.02.00 Manual do Usuário Portal TISS Versão 3.02.00 1 canais de comunicação Departamento de Credenciamento (DECRE - Cadastro) Tel.: (21) 2126-7186 / 2126-7187 Email: decre@cac.org.br Entrega de Processo/ Cronograma

Leia mais

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014)

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014) Versão 1.15 Portal StarTISS Portal de Digitação e Envio do Faturamento Manual de Utilização Versão 1.15 (Agosto/2014) Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 1 3. ACESSANDO O PORTAL STARTISS...

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

TISS 3.02.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 VERSÃO 1.

TISS 3.02.00 CARTILHA. 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS. 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 VERSÃO 1. VERSÃO 1.0 CARTILHA TISS 3.02.00 1. Divulgação 3.02.00 Unimed Planalto Médio/ANS 2. Material TISS 3.02.00 3. Componentes da TISS 3.02.00 4. Rotina Operacional 5. Rotina Operacional Autorizações Contas

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia

Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia Manual do FACGTO - Autorizador Online Odontologia 1 Acessar o endereço: http://facgtounafisco.facilinformatica.com.br 1.2 - Será exibida a página abaixo, selecionar o Tipo de acesso (Clínica (CNPJ) e/ou

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO

SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO SAÚDE CONNECT 03.010 AUTORIZAÇÃO AUTORIZAÇÃO... 2 1. INFORMAÇÕES COMUNS DAS GUIAS AUTORIZAÇÃO.... 2 2. GUIA DE CONSULTA... 7 3. GUIA DE SP/SADT... 9 4. PRÉ-AUTORIZAÇÃO DE SP/SADT... 13 5. ANEXO SOLICITAÇÃO

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DA LEITORA BIOMÉTRICA TECHMAG BIOSII-S180 E NAVEGADORES MOZILLA FIREFOX E GOOGLE CHROME

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DA LEITORA BIOMÉTRICA TECHMAG BIOSII-S180 E NAVEGADORES MOZILLA FIREFOX E GOOGLE CHROME MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DA LEITORA BIOMÉTRICA TECHMAG BIOSII-S180 E NAVEGADORES MOZILLA FIREFOX E GOOGLE CHROME Versão 1.0 Data: 23/01/2014 Desenvolvido por: - TI Unimed Rio Verde 1 ÍNDICE

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADVANCE MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DIGITAÇÃO CONTAS MÉDICAS VIA PORTAL OPS Portal Web Página 1 Acesso Para acessar o Portal é necessário abrir o navegador de Internet (Internet Explorer

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL TISS 3.02.00 Setembro 2015 - Versão 3 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Quais são os Recursos Disponíveis...

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 30 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB. Última atualização: 29/08/2014 1

MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB. Última atualização: 29/08/2014 1 MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB 1 Índice 1. Acesso ao Portal WEB... 2. Digitação de Contas Médicas... 2.1. Criação de Protocolo... 2.1.1. Digitação Contas... 2.1.1.1. Guia Consulta...

Leia mais

Manual de Digitação online de guia de SADT Desenvolvido por: Iuri Silva Setor: Inteligência Corporativa Unimed VR BEM VINDO AO SISTEMA VOXIS!

Manual de Digitação online de guia de SADT Desenvolvido por: Iuri Silva Setor: Inteligência Corporativa Unimed VR BEM VINDO AO SISTEMA VOXIS! BEM VINDO AO SISTEMA VOXIS! 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema Voxis... 4 3. Digitação de guia de SP/SADT... 5 3.1 Guia em Construção... 10 3.2 Guia Registrada... 11 4. Encaminhar guias

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS

SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - CONSULTÓRIOS A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj Manual Atendimento Caberj ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO... 5 EDITANDO

Leia mais

VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR. Versão do Manual - 1.00

VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR. Versão do Manual - 1.00 VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR Versão do Manual - 1.00 1 2 Histórico de versões Versão Data 1.00 14/12/07 Atualização Criação do Documento Autor Cayo Prado Créditos Coordenador de Desenvolvimento Marcos

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Junho de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

Portal Autorizador Intermédica

Portal Autorizador Intermédica Versão 1.14 Portal Autorizador Intermédica Portal para Autorização de Procedimentos Manual de Utilização Versão 1.14 (Junho/2014) Tempro Software Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS...

Leia mais

Autorizador Web Notredame

Autorizador Web Notredame 2013 Autorizador Web Notredame Portal para Autorização de Procedimentos Manual de Utilização Versão 1.13 ( Maio/2013) Tempro Software Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 2 3. ACESSANDO

Leia mais

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 UNIMED BLUMENAU COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO SCCard Sistema de Autorização On-Line O SCCard é a interface web do sistema de autorização da Unimed Blumenau

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1 Manual do Prestador Versão 1.0 Maio/2014 Manaus - Amazonas 1 SUMÁRIO Apresentação... 3 1. Identificação do beneficiário...3 2. Atendimento ao beneficiário... 4 2.1. Requisitos para o atendimento... 4 2.2.

Leia mais

Manual Sistema de Autorização Online GW

Manual Sistema de Autorização Online GW Sistema de Autorização Online GW Sumário Introdução...3 Acesso ao sistema...4 Logar no sistema...4 Autorizando uma nova consulta...5 Autorizando exames e/ou procedimentos...9 Cancelamento de guias autorizadas...15

Leia mais

Cartão Usuário ISSEM

Cartão Usuário ISSEM Cartão Usuário ISSEM Objetivo: O sistema é on-line e oferece ao segurado do Instituto, facilidade e rapidez nos atendimentos junto aos nossos credenciados. Com o uso de um cartão, o segurado pode dirigir-se

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento Manual de Atendimento ÍNDICE INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA)... 3 ACOMPANHAMENTO DE PEDIDO... 8 2 INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA) Utilizado para solicitação de senha para procedimentos pré-autorizados.

Leia mais

Manual do Prestador. Autorizador Web

Manual do Prestador. Autorizador Web Manual do Prestador Autorizador Web Instruções Gerais Quando houver a realização de consultas que os beneficiários estiverem sem o cartão de identificação, ou quando este cartão não for reconhecido na

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução-

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução- Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução- A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15 MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 4 2. Perfil de Emissores do Sistema... 4 3. Analisando os certificados emitidos... 5 3.1. Certificados

Leia mais

Padrão TISS RADAR TISS Operadoras Edição 2013

Padrão TISS RADAR TISS Operadoras Edição 2013 Padrão TISS RADAR TISS Operadoras Edição 2013 SUMÁRIO Questão 1 - Valor dos eventos de atenção à saúde, por grupo e origem... 4 Questão 2 Quantitativo e valor dos eventos de atenção à saúde por prestador...

Leia mais

Portal de Vendas Online

Portal de Vendas Online Portal de Vendas Online Manual do Representante Versão 1.0 Manual do Representante 2 Sumário Introdução ao Portal da Dorma... 3 Fluxo de Vendas... 3 Fluxo de Cadastro ou Alteração de Cliente... 4 Orientações

Leia mais

Manual de instalação e utilização do programa Faróis Vinco Pedidos

Manual de instalação e utilização do programa Faróis Vinco Pedidos Página 1 de 23 SUMÁRIO 1. Pré-requisitos do computador para instalação do sistema Faróis Vinco Pedidos... 2 2. Instalação do... 3 3. Executando o sistema pela primeira vez... 5 4. Menus do sistema... 6

Leia mais

Manual de Utilização Chat Intercâmbio

Manual de Utilização Chat Intercâmbio Manual de Utilização Chat Intercâmbio 1 INDICE 1 Chat Intercâmbio... 6 1.1 Glossário de Termos Utilizados.... 6 1.2 Definições de uma Sala de Chat... 7 1.3 Como Acessar o Chat Intercâmbio... 8 1.4 Pré-requisitos

Leia mais

SISTEMA MEDLINK E-TISS PASSO-A-PASSO (USE JUNTO COM A VÍDEO AULA)

SISTEMA MEDLINK E-TISS PASSO-A-PASSO (USE JUNTO COM A VÍDEO AULA) 1 / 16 SISTEMA MEDLINK E-TISS PASSO-A-PASSO (USE JUNTO COM A VÍDEO AULA) Este guia passo-a-passo tem o objetivo de facilitar o entendimento: - da ordem de execução dos processos. - dos conceitos do sistema.

Leia mais

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 índice Passo 1: Visão geral 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 Passo 3: Recursos disponíveis 4 Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 Pesquisa de histórico

Leia mais

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Documentação de Sistemas Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Módulo de Protocolo Versão 1.17.0 Última revisão: 26/11/2015 2015 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos

Leia mais

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc Página: 1 Página: 2 INDICE EMISSÃO DE GUIAS VIA INTERNET... 3 WEBGUIAS...4 1. Página Inicial...5 2. Alterando a senha padrão fornecida pela Santa Casa Saúde:...6 3. Mensagens WEB...7 4. Autorização de

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Sistema Ativo de Segurança Automotiva

Sistema Ativo de Segurança Automotiva Sistema Ativo de Segurança Automotiva Manual de Utilização Conteúdo HOME Página inicial 3 Última posição 3 Rastrear 5 Relatórios 6 Histórico de Posições 6 Localização 7 Faturamento 7 Monitoramento 9 Alerta

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Item MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Página 1.Apresentação... 4 2.Funcionamento Básico... 4 3.Instalando o MCS... 4, 5, 6 4.Utilizando o MCS Identificando

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

6- Controladoria 7- Jurídico

6- Controladoria 7- Jurídico Total de Macroprocessos: 04 Total de Processos:08 Total de Subprocessos:23 Macroprocessos Finalísticos 1- Gestão de Atendimento 2-3- Monitramento 4- Gestão de Usuários Macroprocessos de Apoio a Missão

Leia mais

Números do Sistema Unimed. 354 Cooperativas Unimed. Presente em 83% dos municípios

Números do Sistema Unimed. 354 Cooperativas Unimed. Presente em 83% dos municípios Números do Sistema Unimed 354 Cooperativas Unimed 300 Operadoras de plano de saúde 37 Prestadoras de serviço 110 mil Cooperados ativos 19,5 milhões Beneficiários 2.960 Hospitais Presente em 83% dos municípios

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (INTERNET EXPLORER) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 21 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

GW Unimed Blumenau. Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau.

GW Unimed Blumenau. Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau. 2010 GW Unimed Blumenau Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau. GW uma ferramenta on-line de auditoria ligada diretamente com o próprio sistema da operadora, o que

Leia mais

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Índice 1 -. Apresentação...3 2 -. Ambiente Operacional & Requisitos...4 3 -. Normas do Pregão Eletrônico...5 4 -. Procedimentos do Pregão Eletrônico...6

Leia mais

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador Sistema MV Saúde Manual do Prestador Indice: Como logar 3 COMO GERAR UMA GUIA DE CONSULTA 5 COMO GERAR UMA GUIA DE SP/SADT (PROCEDIMENTOS) 8 COMO GERAR UMA GUIA DE INTERNAÇÃO 12 2 Como logar Sistema MV

Leia mais

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE ANS nº 34.600-4 AUTORIZADOR ON-LINE Para ter acesso ao autorizador on-line da Uniodonto Piracicaba siga os passos abaixo: 1 Acesse www.uniodontopiracicaba.com.br e clique em

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DO CERTIFICADO TIPO A1

MANUAL DE EMISSÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 MANUAL DE EMISSÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 VERSÃO 9 Atualizado em 10/10/2014 Página 1 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez e em sistema operacional Windows XP SP3 ou Windows

Leia mais

SISTEMA HILUM PRESTADORES

SISTEMA HILUM PRESTADORES SISTEMA HILUM PRESTADORES 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - PRESTADORES A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos.

Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos. 1 - PRIMEIRO ACESSO AO AUTORIZADOR Tutorial Autorizador WEB Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos. 1.1. Acessar o endereço http://assiste.mpu.gov.br/autorizadorweb;

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS. Versão 2.1 NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Utilização Envio de arquivos RPS Versão 2.1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. LAYOUT DO ARQUIVO... 4 3. TRANSMITINDO O ARQUIVO... 5 4. CONSULTANDO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

MANUAL VERSÃO 1.13-abv

MANUAL VERSÃO 1.13-abv 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES PERIÓDICOS... 9

Leia mais

Departamento de Gestão da Rede Prestadora

Departamento de Gestão da Rede Prestadora Manual de atualização da Versão do Sistema de Gestão Unimed SGU Florianópolis, 07 de Julho de 2015. Visando o processo de melhoria contínua do Sistema de Gestão Unimed- SGU, informamos que a partir de

Leia mais

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA 1 Acessar o endereço www.unafiscosaude.org.br, no menu Credenciados>Prestadores odontológicos>se deseja acessar o Sistema Facgto clique aqui. 1.2

Leia mais

Manual das Secretárias. Manual do usuário. Módulo Secretárias

Manual das Secretárias. Manual do usuário. Módulo Secretárias Manual do usuário Módulo Secretárias 1. Login O login é único e permite o acesso exclusivo ao consultório médico. Será informado por email às secretária que enviaram os dados para cadastro. Obs: A senha

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador Web V2

Manual de Utilização Autorizador Web V2 Manual de Utilização Autorizador Web V2 OBJETIVO Esse manual tem como objetivo o auxílio no uso do Autorizador de Guias Web V2 do Padre Albino Saúde. Ele serve para base de consulta de como efetuar todos

Leia mais

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia

Wordpress - Designtec. Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia Wordpress - Designtec Manual básico de gerenciamento Práticas de Geografia 1 Índice Acessando o painel administrativo... 3 Gerenciamento de edições... 3 Gerenciamento de artigos... 3 Publicando mídias...

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 37 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 1.2. OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DA NFS-E... 4 1.3. CONTRIBUINTES IMPEDIDOS DA EMISSÃO

Leia mais

APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado.

APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado. APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado. Índice: 1- Acessando o WebSIGOM pág. 03 2- Menu Cadastro pág. 04 2.1- Para inserir um novo usuário pág. 04 2.2- Para consultar

Leia mais

Manual de Comunidades RIPALC

Manual de Comunidades RIPALC Manual de Comunidades RIPALC Última atualização 13 de março de 2012 1 Sumário 1. Como se autenticar no site?...3 2. Como funcionam as comunidades?...4 3. Como participar de um Fórum (Painel de Discussão)?...6

Leia mais

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Índice 1 Acessando o Portal... 2 1.1 Verificação do Browser... 2 1.2 Entre em contato... 3 1.3 Portal Autenticado... 5 2 Meus Cursos... 6 2.1 Matriculando-se em

Leia mais

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença.

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Tutorial Report Express Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Índice Apresentação Pág. 3 Passo 1 Pág. 4 Instalação do MasterDirect Integrações Passo 2 Pág. 8 Exportar clientes Linha Contábil

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS Conteúdo MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS... 2 Conceito de Manual Procedimentos... 2 Objetivos do Manual... 2 Aspectos Técnicos... 2 1. ACESSO AO SISTEMA ODONTOSFERA... 3 2. STATUS DO PACIENTE NO SISTEMA...

Leia mais