Síntese Curricular Maria de Fátima Paiva Santos Coelho (Fátima Paiva Coelho) Habilitações. Domínios de Especialização.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Síntese Curricular Maria de Fátima Paiva Santos Coelho (Fátima Paiva Coelho) Habilitações. Domínios de Especialização. fatimapaivacoelho@kie."

Transcrição

1 Síntese Curricular Maria de Fátima Paiva Santos Coelho (Fátima Paiva Coelho) Habilitações 2012 Doutoramento em Intervenção Psicopedagógica e Educação Especial da Universidade Extremadura com especial desenvolvimento dos temas atitudes e formação de professores face à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais Orientação Professor Doutor Florentino Blázquez.e Professor Doutor Sixto Cubo 1993/08 Mestrado em Psicologia da Educação, Orientação Prof Dr José Morgado, no ISPA- Instituto Superior de Psicologia Aplicada, com especial desenvolvimento dos temas Métodos; Educação, Desenvolvimento e Dimensões Sociais; Mecanismos Cognitivos e Aquisições; Análise de Situações Especiais; Projectos e Avaliação de Projectos e Estágios. 1981/ /76 Domínios de Especialização Curso de Professores de Educação Especial Complemento de Formação do curso anterior para atribuição de Diploma de Estudos Superiores Especializados Instituto António Aurélio da Costa Ferreira, Escola Superior de Educação de Lisboa Obtida a qualificação de Professor de Educação Especial titular de Diploma de Estudos Superiores Especializados Curso do Magistério Primário, na Escola do Magistério Primário de Lisboa, obtendo a qualificação de Professora 1º Ciclo do Ensino Básico - Bacharelato Formação complementar na área da educação especial em Portugal 1978 Congresso Nacional para o Desenvolvimento da Criança Lisboa 1979 I Encontro Nacional de Educação Especial - Beja 1979 Curso promovido pelo Ministério da Educação no âmbito do acordo luso sueco com o Dr Hakan Brocksted : Modelos de Reeducação 1980 Encontro de Educação Especial Évora 1980 Congresso do Movimento da Escola Moderna Lisboa 1981 II Encontro Nacional de Educação Especial Lisboa 1981 Encontro Internacional Família e Saúde Mental Porto 1985 III Encontro Nacional de Educação Especial - Lisboa Síntese Curricular Mestra Fátima Paiva pág. 1 de 6

2 1985/1986 Sessões mensais com o Prof Sérgio Niza. Apoio Técnico e sistemático aos professores das unidades de orientação educativa 1988 Congresso Internacional de Saúde Mental Comunitária Lisboa 1989 Seminário de Psicologia da Leitura e da Escrita, ISPA - Lisboa 1990 Introdução à informática na reabilitação IBM Lisboa 1991 V Encontro Nacional da Educação Especial Porto 1992 Conferência Europeia Família e Pessoa com Deficiência Realidades e Oportunidades Lisboa 1993 Conferência Internacional Emprego Apoiado em Meio Competitivo de Trabalho Lisboa 1993 VI Encontro Nacional de Educação Especial Lisboa 1994 A Esquizofrenia Departamento de Psiquiatria do hospital do Barreiro 1997 A Gestão das ONGS na área da Reabilitação Secretariado nacional de Reabilitação Lisboa 1997 A Rede de Telecomunicações Telemática na escola Lisboa 1998 A Inclusão Educativa, Profissional e Social de grupos desfavorecidos : Novos Desenvolvimentos e Novas Perspectivas Setúbal 1999 Repensar a Relação Pedagógica: Caminhos e Encruzilhadas na Relação Professor Aluno Barreiro 1999 A Problemática da Adolescência e o (in)sucesso escolar Prof Dr Daniel Sampaio Lisboa 2000 Transições da 1ª Infância à Adolescência Centro Doutor João dos Santos - Lisboa 2001 Perturbações do Espectro do Autismo - Hospital Pediátrico de Coimbra Coimbra 2001 Reorganização Curricular no Ensino Básico Ministério da Educação - Lisboa 2003 Estudo Acompanhado Ensinar a Aprender a Aprender Faculdade de Psicologia - Lisboa 2004 Fórum Educação Algoz : Perturbações na Comunicação Linguagem e Fala Algoz Algarve Formação complementar na área da educação especial no estrangeiro ª Conferência Europeia sobre Deficiência Mental Deficiência Mental Um desafio Europeu Bruxelas 1992 Encontro Europeu do Projecto Agora - Projecto de Formação Profissional em Posto de Trabalho para jovens Deficientes mentais - Irlanda 1992 Trabalho directo com o Professor Dr Paul Wehman e a sua equipa no Centro de Formação e Investigação em Reabilitação da Universidade de Virgínia Richmond - EUA sobre Modelos de Transição da escola para a vida adulta 1992 VII Simpósio dos EUA sobre Supported Employment Norfolk Virgínia 1993 Conferência Reviewing Realities A European Fórum Dublin Irlanda 1994 Conferência Current Innovation in Supported Employment - Rotterdam Holanda 1994 Conferência Working Together Waterford - Irlanda 1995 Participação numa delegação de Técnicos Europeus, que efectuaram uma visita de estudo com trabalho directo em diversos projectos de intervenção com crianças e jovens com NEE, nos Estados Unidos, nomeadamente nas Universidades de Oregon (Prof. Dr. David Mank), Los Angeles ( Prof. Dr. Larry Neave) e de Virgínia ( Prof. Dr. Paul Wheman) 1995/1998 Participação em acções de formação para formadores promovidas pelas Universidades de Oxford e Leicester 2002 Participação em visita de estudo à Áustria integrada num grupo de vários docentes de vários países da Europa Síntese Curricular Mestra Fátima Paiva pág. 2 de 6

3 Áreas de Investigação actual Qualificações profissionais Alunos com Necessidades Educativas Especiais. A Escola Inclusiva. Pedagogia e Sociedade. Aptidões e competências de formador Certificado de Formador atribuído pelo Conselho Científico da Formação Contínua de Professores (nº CCPFC/RFO 02699/97) nas áreas da Educação Especial e Psicologia da Educação 1985/7 Formadora de professores das unidades de orientação educativa: Tema: Crianças com dificuldades de aprendizagem 1989/90 Formadora de professores das Equipas de educação especial: Tema: Intervenção dos docentes de educação especial nas escolas 1990/91 Formadora do Departamento de Educação Básica de docentes das instituições de educação especial: Tema: Programação educativa Formadora e co-autora de manual de formação destinado a docentes e auxiliares de acção educativa: Tema: crianças com NEE na sala de aula. Formadora no âmbito do Projecto PROACT- Projecto de transição de jovens da escola para a vida adulta: Tema: Metodologias de Transição. Formadora de Professores de Instituições do Ministério da Educação, do Ministério da Justiça e do Ministério da Segurança Social: Intervenção Educativa Formadora dos Centros de Formação de Professores de Setúbal e Palmela Formadora e co-autora de manual de formação de Docentes das escolas de ensino regular na Península de Setúbal: Tema: Necessidades educativas especiais na sala de aula Formadora do Centro de Formação de Professores do Barreiro: Tema: Transição para a vida adulta - um modelo de intervenção. 2003/2004- Formadora de Docentes dos Centros de Formação de Monchique e Lagoa. Temas: Estudo acompanhado e Necessidades educativas especiais na sala de aula Aptidões e competências de organização Aptidões e competências técnicas Línguas Organização e participação no Projecto Internacional Agora/Programa Horizon. (Projecto de Formação Profissional em posto de trabalho para jovens deficientes mentais) 1995/97 - Elaboração em co-autoria, coordenação e participação directa do projecto Youthin. Projecto destinado a jovens desfavorecidos, que estavam em abandono escolar 1995/97 Elaboração e participação em projectos de Intercâmbio de jovens desfavorecidos ou portadores de deficiências com vários países da Europa - Programa Juventude com a Europa 1997/ Elaboração e Coordenação Transnacional do Projecto ZOE Uma escola para a vida. Este projecto destinava-se a fazer uma análise comparada das respostas inovadoras para o atendimento a crianças e jovens com NEE em cada país participante: Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Alemanha Elaboração da proposta Portuguesa e Participação no Projecto Imagine - Programa Sócrates - Tema. Este Projecto destinava-se a construir com vários países da Europa um processo de desenvolvimento dos projectos educativos das várias escolas parceiras (Portugal, Áustria, Bulgária, Estónia, Letónia, Polónia) Bom domínio na utilização de material áudio visual. Bons conhecimentos de informática na óptica do utilizador. Síntese Curricular Mestra Fátima Paiva pág. 3 de 6

4 Português (língua materna). Francês e Inglês (línguas de trabalho) Carreira Profissional 2009/ - Docente da Universidade Fernando Pessoa dos Cursos de Mestrado e de Pós Graduação em educação especial e membro da equipa de coordenação 2007/2009 Docente da Escola Superior de Educação de Torres Novas, onde exerce funções docentes e de Coordenação do Centro de Estudos e Formação Avançada de Torres Vedras, do qual foi fundadora 2007/08 Coordenação Pedagógica do Gabinete de Formação Pós Graduada da Universidade Moderna. Docente da Universidade Moderna e responsável pela execução de dossiers para a Formação de Professores. 2006/07 Presidente do Conselho Executivo de um agrupamento de escolas - Ministério da Educação - Direcção Regional de Educação do Algarve 2003/07 Representante do Ministério da Educação na Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo de Lagos, onde exerce funções de Presidente 2003/06 Coordenadora da Equipa de Coordenação dos Apoios Educativos dos Concelhos de Lagos, Aljezur e Vila do Bispo - Ministério da Educação - Direcção Regional de Educação do Algarve. Análise das necessidades educativas específicas dos alunos e propostas de organização dos apoios educativos/educação especial. Adaptação das condições de ensino aprendizagem. Implementação de práticas pedagógicas e estratégias diversificadas com vista à inclusão das crianças e jovens no sistema regular de ensino. Gestão de recursos especializados das diferentes instituições educativas dos concelhos. Articulação com todos os serviços da comunidade. Orientação pedagógica e supervisão da acção desenvolvida pelos docentes e outros técnicos com funções de apoio educativo. 2002/08 Docente da Universidade Moderna de Lisboa. Coordenadora, em Parceria com a Mestre Luisa Saavedra, do Curso de Pós Graduação e Formação Especializada em Educação Especial no Campus de Lisboa. Coordenadora, em Parceria com o Mestre Armindo Nunes, do Curso de Pós Graduação e Formação Especializada em Educação Especial no CEFI - Centro de Estudos e Formação Interdisciplinares em Lagoa. Docente do módulo de Avaliação, Programação e Intervenção nas Crianças com Necessidades Educativas Especiais. Docente do módulo de Transição para a Vida Adulta. 2002/03 Professora de Educação Especial - Docente de Apoio Educativo no Agrupamento de Escolas de Silves - Ministério da Educação Direcção Regional de Educação do Algarve. Deu Apoio directo a alunos do 1º ciclo de escolaridade com necessidades educativas especiais. Responsável pelo núcleo dos apoios educativos do agrupamento. Síntese Curricular Mestra Fátima Paiva pág. 4 de 6

5 2000/02 Exerceu funções na equipa de Coordenação Regional dos Apoios Educativos da Direcção Regional de Educação de Lisboa - Ministério da Educação Direcção Regional de Educação de Lisboa. Responsável pela Coordenação e Gestão das Equipas dos Apoios Educativos dos Centros das Áreas Educativas de Setúbal e do Oeste. Responsável pelas Instituições de Educação Especial das mesmas áreas. Orientação pedagógica e supervisão da acção desenvolvida por todos os docentes e outros técnicos com funções de apoio educativo. Avaliação de Projectos de Instituições de Educação Especial. Supervisão de Projectos 2000/02 Exerceu funções Docentes na Escola Superior de Educação Almeida Garrett de Lisboa Universidade Lusófona. Docente da Disciplina de Didáctica na formação inicial de professores Docente da Disciplina de Estratégias e Adaptações Curriculares no curso de complemento de formação para educadores e professores. 1997/00 Coordenadora da Equipa de Coordenação dos Apoios Educativos do Concelho do Barreiro - Ministério da Educação Direcção Regional de Educação de Lisboa. Análise das necessidades educativas específicas dos alunos e propostas de organização dos apoios educativos/educação especial. Adaptação das condições de ensino aprendizagem. Implementação de práticas pedagógicas e estratégias diversificadas com vista à inclusão das crianças e jovens nos sistemas regulares de ensino. Gestão de recursos especializados das diferentes instituições educativas do concelho. Articulação com todos os serviços da comunidade. Orientação pedagógica e supervisão da acção desenvolvida pelos docentes e outros técnicos com funções de apoio educativo. Representante do Ministério da Educação na Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo do Barreiro. Juiz Social. 1988/97 Exerceu funções na Rumo - Cooperativa de Educação, em regime de comissão de serviço - Ministério da Educação Docente de educação especial. Trabalho directo com crianças e adolescentes com necessidades educativas especiais. Contribuiu para a integração das crianças e jovens da instituição em escolas de ensino regular. Directora Técnica. Coordenadora de Projectos Transnacionais 1987/88 Exerceu Funções de Docente de Educação Especial na Equipa de Educação Especial da Moita - Ministério da Educação. Apoio directo a crianças com perturbações no domínio cognitivo e motor. Apoio a 3 escolas do 1º ciclo. 1985/87 Coordenadora da Equipa na Unidade de Orientação Educativa - Ministério da Educação Constituição de uma equipa multidisciplinar e inter serviços de detecção, encaminhamento e apoio a crianças em situação de insucesso escolar. Apoio directo a crianças com dificuldades na aprendizagem. Responsável pela formação sistemática dos professores que constituíam as unidades de orientação educativa. 1984/85 Docente de Educação Especial na Cooperativa Rumo em Comissão de Serviço - Ministério da Educação. Concepção e execução do 1º projecto de integração de crianças de uma instituição de educação especial numa escola do sistema regular de ensino. Síntese Curricular Mestra Fátima Paiva pág. 5 de 6

6 1981/84 Docente de Educação Especial em formação a pedido do Estado e em representação do distrito de Setúbal. Funda com outros nove elementos a Cooperativa de Educação Rumo - A 1º e única instituição actuando no âmbito da reabilitação em que os membros são exclusivamente profissionais de educação. Dispensada de serviço docente para frequentar o curso de formação de professores de educação especial. 1978/81 Docente na CERCIMB- Cooperativa de Educação Especial (em comissão de serviço). Membro do Conselho Psicopedagógico Elaboração do 1º Plano Psicopedagógico e Social da Instituição. 1976/78 Docente na CRINABEL- Cooperativa de Educação Especial (em comissão de serviço). Responsável pelo Projecto Open Classroom. Responsável por um grupo de 9 crianças com perturbações graves nos domínios cognitivo e emocional Docente do 1º ano de Escolaridade na Escola básica de 1º Ciclo em Alvalade do Sado. Ministério da Educação. Comunicações 1986 Articulação de Serviços Locais - Évora 1989 Pré-Profissional - O Futuro Constrói-se Também contigo - Barreiro 1991 Pré-Profissional / Orientação Profissional Um modelo de Intervenção Caldas da Rainha 1992 Um Projecto para Inclusão Social das Pessoas com Deficiência Mental - Formação e emprego em mercado competitivo de trabalho 1995 Coordenação de Workshop e apresentação de comunicação Natural Supports Dublin Irlanda 1998 Construir uma Escola de Sucesso para Todos Universidade do Minho 1999 Bons Maus e Assim Assim - A responsabilidade da Diversidade Barreiro 2004 O Sucesso Escolar na Dislexia Algoz - Algarve 2007 Sonhos e Realidades - Seminário da CPCJ Lagos Síntese Curricular Mestra Fátima Paiva pág. 6 de 6

Educação Formação Avançada

Educação Formação Avançada ISEC Instituto Superior de Educação e Ciências Educação Formação Avançada ISEC Instituto Superior de Educação e Ciências Educação Formação Avançada Unidade Científico- Pedagógica de Ciências da Educação

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Manuel Joaquim Flores Fernandes NOME

CURRICULUM VITAE. Manuel Joaquim Flores Fernandes NOME CURRICULUM VITAE NOME Manuel Joaquim Flores Fernandes Naturalidade: Rossas - Vieira do Minho Data de Nascimento: 31 de Outubro de 1969 Bilhete de Identidade Nº 8423421 - emitido em 04/07/2007 pelo Arquivo

Leia mais

Cargos Atuais. E- mail. Habilitações. Síntese Curricular. Armindo da Purificação Nunes. (Armindo Nunes) armindopnunes47@gmail.com

Cargos Atuais. E- mail. Habilitações. Síntese Curricular. Armindo da Purificação Nunes. (Armindo Nunes) armindopnunes47@gmail.com Síntese Curricular Armindo da Purificação Nunes (Armindo Nunes) Cargos Atuais Segundo Secretário da Assembleia- geral da KIE Associação Conhecimento, Inovação e Educação. E- mail armindopnunes47@gmail.com

Leia mais

Os desafios da Formação Práticas e Problemáticas

Os desafios da Formação Práticas e Problemáticas Os desafios da Formação Práticas e Problemáticas Certificação Parcial reflexões Mª Luz Pessoa e Costa Centro de Reabilitação Profissional de Alcoitão 09.Julho.2010 Breve Apresentação do CRPA Certificação

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro EDUCAÇÃO ESPECIAL Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro GRUPO ALVO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL Alunos que apresentam limitações graves ao nível da Actividade e Participação, decorrentes de Execução de uma ação

Leia mais

3. Actividade Pedagógica e Cientifica. 1) Experiência no Ensino Superior Ao Nível do 2º Ciclo do Ensino Superior:

3. Actividade Pedagógica e Cientifica. 1) Experiência no Ensino Superior Ao Nível do 2º Ciclo do Ensino Superior: 1. Informação Biográfica Naturalidade: Coimbra (Sé Nova) Data de Nascimento: 10 de Fevereiro de 1970 Bilhete de Identidade: 8832094 de 12/10/2004 Coimbra Nacionalidade: Portuguesa Estado Civil: casada

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 609/XI/2.ª

PROJECTO DE LEI N.º 609/XI/2.ª Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 609/XI/2.ª Cria o Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família Exposição de motivos A Escola defronta-se hoje com uma multiplicidade de tarefas a que a sociedade e principalmente

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

IBE. A Alfabetização e o Ambiente Alfabetizador 300. A arte de contar histórias 200. A arte de escrever bem 180. A arte na educação 180

IBE. A Alfabetização e o Ambiente Alfabetizador 300. A arte de contar histórias 200. A arte de escrever bem 180. A arte na educação 180 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição A Alfabetização e o Ambiente Alfabetizador

Leia mais

REDE SOCIAL DE SERPA DIAGNÓSTICO SOCIAL OUTUBRO 2007 ANEXOS. Educação/Ensino

REDE SOCIAL DE SERPA DIAGNÓSTICO SOCIAL OUTUBRO 2007 ANEXOS. Educação/Ensino Educação/Ensino 1 MAPA DOS MAPA DOS AGRUPAMENTOS DE ESCOLAS AGRUPAMENTOS DE ESCOLAS DO CONCELHO DE SERPA DO CONCELHO DE SERPA Brinches Brinches Pias Pias Vale DE Vargo Vale de Vargo Serpa S.Iria V.N.S.Bento

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Desde 1997 Professora-Adjunta (de nomeação definitiva) da Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve.

CURRICULUM VITAE. Desde 1997 Professora-Adjunta (de nomeação definitiva) da Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve. CURRICULUM VITAE 1. IDENTIFICAÇÃO E CONTACTOS Nome: Maria Leonor Alexandre Borges Santos Terremoto Mail: mlborges@ualg.pt Local de trabalho: Escola Superior de Educação e Comunicação, da Universidade do

Leia mais

Ramos Coelho, Cristina Maria

Ramos Coelho, Cristina Maria Curriculum EUROPASSE Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada Ramos Coelho, Cristina Maria Avenida Pio XII, Lt A, 5º D, 7300-073 Portalegre Telefone 245362348 / 933410973 Endereço

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DOS SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

REGIMENTO INTERNO DOS SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO REGIMENTO INTERNO DOS SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Artigo 1º Objectivo e Âmbito 1. Os (SPO) constituem um dos Serviços Técnico-Pedagógicos previsto no artigo 25º alínea a) do Regulamento Interno

Leia mais

VISEU9.OUT. Lisboa24.OUT

VISEU9.OUT. Lisboa24.OUT VISEU9.OUT vila real9.out coimbra9.out porto16.out braga16.out Lisboa24.OUT NOVAS EDIÇÕES EM PORTUGAL Após a experiência positiva da 1ª edição da Pós Graduação em Neurociência Cognitiva Aplicada à Educação

Leia mais

CENED. A arte de escrever e questões práticas da língua portuguesa 200. A arte de ouvir e contar histórias 180

CENED. A arte de escrever e questões práticas da língua portuguesa 200. A arte de ouvir e contar histórias 180 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CENED A arte de escrever e questões

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO SETEMBRO A DEZEMBRO 2011

PLANO DE FORMAÇÃO SETEMBRO A DEZEMBRO 2011 PLANO DE FORMAÇÃO SETEMBRO A DEZEMBRO 2011 INDICE: Quem somos? Oferta formativa Curso Acções Formativas CURSO DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES ESTES MIÚDOS SÃO IMPOSSÍVEIS!!! - GESTÃO DE COMPORTAMENTOS

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto. Orquestra Geração

Ficha de Caracterização de Projecto. Orquestra Geração Ficha de Caracterização de Projecto Orquestra Geração 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto(s) Orquestras Sinfónicas Juvenis - Orquestra Geração Sigla Orquestra Geração Morada Rua dos Caetanos

Leia mais

Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja. Regulamento Interno. Biblioteca Escolar

Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja. Regulamento Interno. Biblioteca Escolar Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja Regulamento Interno 2014 1. A 1.1. Definição de A é um recurso básico do processo educativo, cabendo-lhe um papel central em domínios tão importantes como: (i) a aprendizagem

Leia mais

Perspectivas da Educação Inclusiva. Seminário Uma Escola Para Todos São Miguel 22/23 de Fevereiro 2008

Perspectivas da Educação Inclusiva. Seminário Uma Escola Para Todos São Miguel 22/23 de Fevereiro 2008 Perspectivas da Educação Inclusiva Seminário Uma Escola Para Todos São Miguel 22/23 de Fevereiro 2008 DA INTEGRAÇÃO À EDUCAÇÃO INCLUSIVA Ano Internacional do Deficientes 1981 Normas das N.U. sobre a Igualdade

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO CÂMARA MUNICIPAL DE ITABORAÍ ESTADO DO RIO DE JANEIRO Meta 4: universalizar, para a população de 4 (quatro) a 17 (dezessete) anos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

REGULAMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL A g r u p a m e n t o d e E s c o l a s S a n t o s S i m õ e s Regulamento Interno Serviço de Educação Especial 1 Artigo 1.º Definição 1.1. O Presente documento define e regula o funcionamento e a missão

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cuba. Plano de Formação

Agrupamento de Escolas de Cuba. Plano de Formação Agrupamento de Escolas de Cuba Plano de Ano Letivo de 2012/2013 Índice Introdução... 3 1- Departamento curricular da educação pré-escolar... 6 2- Departamento curricular do 1º ciclo... 6 3- Departamento

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL E RESPECTIVAS LITERATURAS UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 1

CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL E RESPECTIVAS LITERATURAS UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 1 CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL E RESPECTIVAS LITERATURAS UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 1 Reconhecido pelo Decreto Estadual N.º 11.025, de 14.05.14, D.O.E. nº 9.206 de 15.05.14. Para

Leia mais

Portaria nº 1102/97. DR. Nº 254 I-B de 3 de Novembro

Portaria nº 1102/97. DR. Nº 254 I-B de 3 de Novembro 1 Portaria nº 1102/97 DR. Nº 254 I-B de 3 de Novembro As cooperativas e associações de ensino especial sem fins lucrativos corporizam uma importante experiência educativa e podem constituir um recurso

Leia mais

INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO CURRICULUM VITAE

INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO CURRICULUM VITAE INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO CURRICULUM VITAE Informação Pessoal Nome Morada INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO Av. 25 de Abril nº 32 5º D 2800-299 ALMADA Telemóvel Correio electrónico, icamacho@fmh.utl.pt de nascimento

Leia mais

Informações básicas. Programa Ensino Integral

Informações básicas. Programa Ensino Integral Informações básicas Programa Ensino Integral Abril/2014 1) Premissas básicas do novo modelo de Ensino Integral O novo modelo de Ensino Integral pressupõe inovações em alguns componentes fundamentais da

Leia mais

NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA

NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA FUNDAÇÃO SOUSÂNDRADE INSTITUTO UNIVERSITÁRIO ATLÂNTICO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO CONDUCENTE AO MESTRADO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL - ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO: COGNIÇÃO E MOTRICIDADE A REALIZAR NO BRASIL E A REALIZAR

Leia mais

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Évora A.1.a. Outra(s)

Leia mais

Programa para o Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro Mário Guerreiro Silva Ferreira

Programa para o Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro Mário Guerreiro Silva Ferreira Programa para o Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro Mário Guerreiro Silva Ferreira. 2011-2014 1 Programa de acção Um programa de acção para qualquer unidade orgânica deve atender aos objectivos

Leia mais

Lei n.º 21/2008 de 12 de Maio

Lei n.º 21/2008 de 12 de Maio Lei n.º 21/2008 de 12 de Maio Primeira alteração, por apreciação parlamentar, ao Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de Janeiro, que define os apoios especializados a prestar na educação pré-escolar e nos ensinos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES Inovação e Qualidade Plano de Ação Estratégico - 2012/2013 ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES PROJECTO DE INTERVENÇÃO PLANO DE ACÇÃO ESTRATÉGICO 2012/2013 Escola de Oportunidades e de Futuro Telmo

Leia mais

As TIC em entrevista ao Doutor João Paiva, 2004/11/22

As TIC em entrevista ao Doutor João Paiva, 2004/11/22 As TIC em entrevista ao Doutor João Paiva, 2004/11/22 (revista educação_texto editores) Nascido em Coimbra em 1966, João Carlos de Matos Paiva é Doutorado em Química (2000) pela Universidade de Aveiro.

Leia mais

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Para que o início das aulas do novo ano lectivo se realize com facilidade, a Direcção dos Serviços de Educação

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Matos Castro, Maria da Luz de Deus Morada Rua Ilha dos Amores, Lte 04.09.01A.-1ºC, 1990-119 Lisboa Telefone 218966325 / 939738237 Fax Correio

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016 PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016 JULHO 2015 1. Enquadramento. O presente Plano Estratégico para o ano 2015-2016, dá cumprimento ao disposto no artigo 15.º do Despacho Normativo n.º6/2014, de 26 de maio. Apresentam-se

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro

Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro Escola Sede: E.B. 2,3 de Pegões 1. FUNCIONAMENTO DO SPO Desenvolve o seu trabalho com base em atribuições e competências legais, adaptadas ao contexto

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Arronches. Metas Estratégicas para a Promoção da Cidadania ACTIVA e do Sucesso Escolar

Agrupamento de Escolas de Arronches. Metas Estratégicas para a Promoção da Cidadania ACTIVA e do Sucesso Escolar Agrupamento de Escolas de Arronches Metas Estratégicas para a Promoção da Cidadania ACTIVA e do Sucesso Escolar João Garrinhas Agrupamento de Escolas de Arronches I. PRINCIPIOS, VALORES E MISSÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO. José Matias Alves

EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO. José Matias Alves Seminário NORTE 2015 O Desenvolvimento Regional no Novo Horizonte Europeu: O caso do Norte de Portugal 25.Maio.2005 EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO José Matias Alves Norte Continente População 25-64 com 12º ano 22

Leia mais

Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores

Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores Experiência da Biblioteca Municipal de Armando Correia Janeiro 8 CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA Direcção Municipal de Desenvolvimento Social Departamento de

Leia mais

isa.alves.esteves@gmail.com Planear e dinamizar actividades

isa.alves.esteves@gmail.com Planear e dinamizar actividades Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido (s) / Nome próprio Alves Esteves, Isabel Morada Rua da Formiga, n. º 62, Apartamento 602, 4750-159 Arcozelo arcelos (Portugal) Telefone 253815379 Telemóvel 916390227

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO I ( INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA)

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO I ( INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA) Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO NAS QUATRO PRIMEIRAS SÉRIES DO ENSINO FUNDAMENTAL SERIADO ANUAL - NOTURNO 04 (QUATRO)

Leia mais

Manual de Procedimentos no âmbito da Educação Especial

Manual de Procedimentos no âmbito da Educação Especial AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA NOVA DE PAIVA Escola Sede: Escola Secundária de Vila Nova de Paiva Rua Padre Joaquim Rodrigues da Cunha 3650-219 Vila Nova de Paiva Telefone: 232609020 Fax:232609021 http://esvnp.prof2000.pt

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DO AGRUPAMENTO

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DO AGRUPAMENTO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES DO AGRUPAMENTO Pré-Escolar, 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico, Cursos de Educação Formação e Cursos EFA Ano letivo 2012/2013 1 I - CARATERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO 1- Contexto sociocultural

Leia mais

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma*

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Glória Macedo, PQND do 4º Grupo do 2º Ciclo do EB e Formadora do CFAE Calvet de Magalhães, Lisboa A Reorganização Curricular do Ensino Básico

Leia mais

CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS

CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS 1 CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS Nome: Maria José Bravo Escritório: Rua Paiva Coelho, n.º 28-1º Esq., 2840-520 Seixal Telefone: 21 221 75 81 Fax: 21 222 84 54 Telemóvel: 91 458 88 48 / 96 304 08 67

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Decreto-Lei n.º 3/2008 de 7 de Janeiro

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Decreto-Lei n.º 3/2008 de 7 de Janeiro MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Decreto-Lei n.º 3/2008 de 7 de Janeiro Constitui desígnio do XVII Governo Constitucional promover a igualdade de oportunidades, valorizar a educação e promover a melhoria da qualidade

Leia mais

AGENDA DE TRABALHO 2

AGENDA DE TRABALHO 2 AGENDA DE TRABALHO 2 Agrupamento de Escolas (Educação Pré-Escolar e Ensino Básico/ Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Ensino Secundário) 1.º DIA 9:00 CHEGADA À ESCOLA-SEDE 9:00-10:30 SESSÃO DE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro de 2011.

Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro de 2011. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA CONSELHO SUPERIOR Resolução nº 30/CONSUP/IFRO, de 03 de outubro

Leia mais

MINISTÉRIOS DA EDUCAÇÃO, DA SAÚDE E DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE

MINISTÉRIOS DA EDUCAÇÃO, DA SAÚDE E DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE MINISTÉRIOS DA EDUCAÇÃO, DA SAÚDE E DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE Despacho Conjunto n.º 891/99 No domínio da intervenção precoce para crianças com deficiência ou em risco de atraso grave de desenvolvimento,

Leia mais

Candidatura de. António Dourado Pereira Correia. a Director da FCTUC. Programa de acção do Director da FCTUC

Candidatura de. António Dourado Pereira Correia. a Director da FCTUC. Programa de acção do Director da FCTUC Candidatura de António Dourado Pereira Correia a Director da FCTUC Programa de acção do Director da FCTUC No momento em que as regras de gestão da nossa Faculdade se alteram tão profundamente, centrando-a

Leia mais

Projecto de Sensibilização à Língua Inglesa para a Educação Pré-Escolar

Projecto de Sensibilização à Língua Inglesa para a Educação Pré-Escolar Projecto de Sensibilização à Língua Inglesa para a Educação Pré-Escolar Julho de 2005 LÍNGUA INGLESA NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Enquadramento do Projecto e objectivos inerentes Este projecto de Língua Inglesa

Leia mais

ACORDO DE PRINCÍPIOS PARA A REVISÃO DO ESTATUTO DA CARREIRA DOCENTE E DO MODELO DE AVALIAÇÃO DOS PROFESSORES DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO

ACORDO DE PRINCÍPIOS PARA A REVISÃO DO ESTATUTO DA CARREIRA DOCENTE E DO MODELO DE AVALIAÇÃO DOS PROFESSORES DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO ACORDO DE PRINCÍPIOS PARA A REVISÃO DO ESTATUTO DA CARREIRA DOCENTE E DO MODELO DE AVALIAÇÃO DOS PROFESSORES DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO E DOS EDUCADORES DE INFÂNCIA Considerando a vontade comum do

Leia mais

Documento Conclusões Seminário Juventude em Acção Rumo a 2020

Documento Conclusões Seminário Juventude em Acção Rumo a 2020 Documento Conclusões Seminário Juventude em Acção Rumo a 2020 1. Participação, Cultura e Criatividade Existem diferentes formas de participação na democracia e várias formas de utilização do programa Juventude

Leia mais

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa Oferta formativa 2009/2010 Centro de Informação Europeia Jacques Delors DGAE / Ministério dos Negócios Estrangeiros Curso de Formação «A Cidadania Europeia e a Dimensão Europeia na Educação» Formação acreditada,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA Plano Estratégico de Melhoria 2011-2012 Uma escola de valores, que educa para os valores Sustentabilidade, uma educação de, e para o Futuro 1. Plano Estratégico

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente. Proposta para apoio em Terapia da Fala e Psicologia

Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente. Proposta para apoio em Terapia da Fala e Psicologia Proposta para apoio em Terapia da Fala e Psicologia Centro de Apoio e Intervenção no Desenvolvimento Infantil PROJETO AIDI I. Exposição Na atualidade, os recursos técnicos disponíveis nos jardins-de-infância

Leia mais

A FORMAÇÃO DOCENTE INICIAL NO CURSO DE MATEMÁTICA: RELATOS DECORRENTES DO COMPONENTE CURRICULAR LIBRAS Inês Ivone Cecin Soprano 1

A FORMAÇÃO DOCENTE INICIAL NO CURSO DE MATEMÁTICA: RELATOS DECORRENTES DO COMPONENTE CURRICULAR LIBRAS Inês Ivone Cecin Soprano 1 A FORMAÇÃO DOCENTE INICIAL NO CURSO DE MATEMÁTICA: RELATOS DECORRENTES DO COMPONENTE CURRICULAR LIBRAS Inês Ivone Cecin Soprano 1 Resumo: O presente relato é fruto de uma experiência do componente curricular

Leia mais

AERT EB 2/3 DE RIO TINTO CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS DE CARATER PERMANENTE

AERT EB 2/3 DE RIO TINTO CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS DE CARATER PERMANENTE AERT EB 2/3 DE RIO TINTO CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS DE CARATER PERMANENTE (de acordo com o Decreto Lei n.º 3/2008 de 7 de Janeiro) AVALIAÇÂO Como uma

Leia mais

RELATÓRIO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL

RELATÓRIO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL RELATÓRIO DO GRUPO DE TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL criado pelo Despacho n.º 706-C/2014 (Ministérios da Educação e Ciência e da Solidariedade, Emprego e Segurança Social) ÍNDICE 1.Mandato 2.Metodologia

Leia mais

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS 8h45 9h00-11h00 11h00-12h30 12h30 14h30-16h30 17h00-18h00 18h00 1.º dia Chegada à escola-sede do Agrupamento Sessão de apresentação do Agrupamento pela Direcção e primeira

Leia mais

CARTA DE COMPROMISSO

CARTA DE COMPROMISSO CARTA DE COMPROMISSO Introdução O Centro para a Qualificação e Ensino Profissional (CQEP) do Agrupamento de Escolas nº1 de Gondomar encontra-se sedeado na Escola-sede do Agrupamento, a Escola Secundária

Leia mais

jacfmarques@gmail.com

jacfmarques@gmail.com CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada MARQUES, Jacqueline Ferreira Rua Padre Donaciano Abreu Freire, n.º 12-A 2º esquerdo 3860-384 Estarreja Telemóvel 938 111 853 Correio electrónico Nacionalidade

Leia mais

Ciclo de Conferências e Workshops

Ciclo de Conferências e Workshops Ciclo de Conferências e Workshops 5 de Março Mesa-redonda: Aprender a Europa em Contextos Não-Formais Oradores: Profª Doutora Maria do Céu Roldão (Profª Aposentada da E.S.E. de Santarém) Dr. António Pedro

Leia mais

ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO

ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO A inclusão é uma realidade mundial. Desde a Declaração de Salamanca em

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Formação de Professores Tema: Educação Especial 16 17 Edição Instituto de Educação da

Leia mais

FORMULÁRIO E RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PESSOAL DOCENTE

FORMULÁRIO E RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PESSOAL DOCENTE REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO FORMULÁRIO E RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PESSOAL DOCENTE IDENTIFICAÇÃO Unidade Orgânica: Docente avaliado: Departamento

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

Estrutura e Funcionamento da Educação Básica. Objetivos da aula: Revisão da aula de 2 de abril. Ciências Sociais. Profa. Cristiane Gandolfi

Estrutura e Funcionamento da Educação Básica. Objetivos da aula: Revisão da aula de 2 de abril. Ciências Sociais. Profa. Cristiane Gandolfi Estrutura e Funcionamento da Educação Básica Ciências Sociais Profa. Cristiane Gandolfi Objetivos da aula: Compreender a estrutura didática definida na LDBEN 9394/96 e sua articulação com o conceito de

Leia mais

CURRICULUM VITAE HABILITAÇÕES / PERCURSO ACADÉMICO ACTIVIDADES ACTUAIS

CURRICULUM VITAE HABILITAÇÕES / PERCURSO ACADÉMICO ACTIVIDADES ACTUAIS CURRICULUM VITAE Nome: Luís Miguel Gonçalves de Oliveira Data de Nascimento: 11 de Janeiro de 1976 Nacionalidade: Portuguesa Residência: Rua da Sancheira, lote 2, Bairro Senhora da Luz. 2510-099 Óbidos

Leia mais

Plano de Actividades 2009

Plano de Actividades 2009 Plano de Actividades 2009 Introdução No prosseguimento da sua missão consultiva, instituída no quadro da Lei de Bases do Sistema Educativo de 1986, e tendo por referência a Lei Orgânica (Decreto-lei nº

Leia mais

Novembro de 2008 ISBN: 978-972-614-430-4. Desenho gráfico: WM Imagem Impressão: Editorial do Ministério da Educação Tiragem: 5 000 exemplares

Novembro de 2008 ISBN: 978-972-614-430-4. Desenho gráfico: WM Imagem Impressão: Editorial do Ministério da Educação Tiragem: 5 000 exemplares Título: Educação em Números - Portugal 2008 Autoria: Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE)/Ministério da Educação Edição: Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE)/Ministério

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DA ESTBARREIRO/IPS. Índice

PLANO DE ATIVIDADES DA ESTBARREIRO/IPS. Índice PLANO DE ATIVIDADES 2015 Índice 1. Introdução... 2 1.1. Âmbito e organização... 2 1.2. Enquadramento institucional... 2 2. Objetivos estratégicos e operacionais... 5 3. Metas a alcançar e atividades a

Leia mais

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23 1 Indice Implementação do Cartão Social..... Pág. 3 Implementação da Oficina Doméstica.. Pág. 4 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida.. Pág. 5 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida...

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 88-GR/UNICENTRO, DE 12 DE MAIO DE 2014. Especifica a estrutura curricular do Curso de Especialização em Educação e Formação Empreendedora, modalidade de educação a distância, aprovado pela

Leia mais

Normas Orientadoras. Centros de Recursos TIC para a Educação Especial

Normas Orientadoras. Centros de Recursos TIC para a Educação Especial Normas Orientadoras Centros de Recursos TIC para a Educação Especial Julho 2007 1 Contexto Plano de Acção para a Integração das Pessoas com Deficiência ou Incapacidade A criação de uma rede nacional de

Leia mais

Abordagens comuns do empreendedorismo:

Abordagens comuns do empreendedorismo: Abordagens comuns do empreendedorismo: principalmente do ponto de vista económico, administrativo, organizacional, sociológico, observando as partes da realidade, em detrimento do ponto de vista psicológico,

Leia mais

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA Psicopedagogia Projeto Pedagógico CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA

Leia mais

difusão cdie bibliográfica dezembro 2015 MANUAIS ESCOLARES centro de documentação e informação em educação

difusão cdie bibliográfica dezembro 2015 MANUAIS ESCOLARES centro de documentação e informação em educação dge difusão 63 bibliográfica dezembro 2015 cdie centro de documentação e informação em educação Travessa das Terras de Sant Ana, 15 1250-269 Lisboa tel: 213 895 117/8 fax: 213 895 299 Estes registos bibliográficos

Leia mais

Pós graduação EAD Área de Educação

Pós graduação EAD Área de Educação Pós graduação EAD Área de Educação Investimento: a partir de R$ 109,00 mensais. Tempo de realização da pós graduação: 15 meses Investimento: R$109,00 (acesso ao portal na internet e livros em PDF). Ou

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 120 23 de Junho de 2010 2237

Diário da República, 1.ª série N.º 120 23 de Junho de 2010 2237 Diário da República, 1.ª série N.º 120 23 de Junho de 2010 2237 o previsto para os docentes da educação pré -escolar e do 1.º ciclo do ensino básico, continua aplicar -se o disposto no seu artigo 18.º

Leia mais

RESOLUÇÃO CP N.º 1, DE 30 DE SETEMBRO DE 1999. (*)

RESOLUÇÃO CP N.º 1, DE 30 DE SETEMBRO DE 1999. (*) RESOLUÇÃO CP N.º 1, DE 30 DE SETEMBRO DE 1999. (*) Dispõe sobre os Institutos Superiores de Educação, considerados os Art. 62 e 63 da Lei 9.394/96 e o Art. 9º, 2º, alíneas "c" e "h" da Lei 4.024/61, com

Leia mais

Lara, Patrícia Tanganelli - UNESP/Marília Eixo Temático: Formação de professores na perspectiva inclusiva

Lara, Patrícia Tanganelli - UNESP/Marília Eixo Temático: Formação de professores na perspectiva inclusiva A CONSTITUIÇÃO DE UMA POLÍTICA DE INCLUSÃO ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO: ESTUDO DE CASO ATRAVÉS DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Lara, Patrícia Tanganelli - UNESP/Marília

Leia mais

Relatório de Atividades

Relatório de Atividades 2013 Gabinete para a Inclusão GPI Janeiro, 2014 ÍNDICE 1. TAREFAS REALIZADAS DE FORMA PERMANENTE PELO GPI... 3 1.1 ATENDIMENTO... 3 1.2 RESPOSTA AOS PEDIDOS DE APOIO DOS ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA OU DOS

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco

PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco Objectivos pedagógicos e gerais do projecto VITAMINA: Proporcionar um espaço onde as famílias, por razões profissionais

Leia mais

Regras de enquadramento do POPH. O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH.

Regras de enquadramento do POPH. O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH. Regras de enquadramento do POPH O presente documento técnico integra fichas de síntese das principais Tipologias de Intervenção do POPH. Este documento é orientativo da regulamentação do Programa, não

Leia mais

Quais os alunos que devem ser apoiados pela educação especial?

Quais os alunos que devem ser apoiados pela educação especial? Quais os alunos que devem ser apoiados pela educação especial? Para efeitos de elegibilidade para a educação especial deve-se, antes de mais, ter presente o grupo - alvo ao qual esta se destina alunos

Leia mais

Bilinguismo, aprendizagem do Português L2 e sucesso educativo na Escola Portuguesa

Bilinguismo, aprendizagem do Português L2 e sucesso educativo na Escola Portuguesa Bilinguismo, aprendizagem do Português L2 e sucesso educativo na Escola Portuguesa Projecto-piloto em desenvolvimento no ILTEC (Instituto de Linguística Teórica e Computacional) com financiamento e apoio

Leia mais

Vicentina Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste Encontro Atividades Marítimo Turísticas Desafios e Oportunidades Albufeira, 28 abril de 2014

Vicentina Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste Encontro Atividades Marítimo Turísticas Desafios e Oportunidades Albufeira, 28 abril de 2014 Vicentina Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste Encontro Atividades Marítimo Turísticas Desafios e Oportunidades Albufeira, 28 abril de 2014 Titulo da apresentação: Apresentação do projeto Mar&

Leia mais

Fórum de Boas Práticas

Fórum de Boas Práticas Câmara Municipal de Torres Vedras Sandra Colaço Fórum de Boas Práticas Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis 28 de Outubro de 2009 TORRES VEDRAS População -72 259(2001) Área 407 Km2 O concelho no país Na

Leia mais

CONCLUSÕES. 2. Funcionamento do Núcleo de Educação Especial

CONCLUSÕES. 2. Funcionamento do Núcleo de Educação Especial CONCLUSÕES Analisados os documentos considerados necessários, ouvidos docentes, encarregado de educação e órgão de administração e gestão, e após a observação directa dos apoios prestados, concluiu-se

Leia mais

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L.

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de 2010/2011 Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de de Pessoal Docente e Não Docente 2010/11 INTRODUÇÃO O Plano de do Instituto de S. Tiago surge da cooperação entre todas as

Leia mais

Investir na Educação, Construir o Futuro. Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada

Investir na Educação, Construir o Futuro. Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada Investir na Educação, Construir o Futuro Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada Caracterização do Concelho de Mealhada - Área: 111 Km 2 - População: 22 099 habitantes - Território

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº de 2009. (Do Sr. Chico Lopes) Art. 1º - Fica criada a profissão de Educador e Educadora Social, nos termos desta Lei.

PROJETO DE LEI Nº de 2009. (Do Sr. Chico Lopes) Art. 1º - Fica criada a profissão de Educador e Educadora Social, nos termos desta Lei. PROJETO DE LEI Nº de 2009 (Do Sr. Chico Lopes) Dispõe sobre a criação da profissão de educador e educadora social e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º - Fica criada a profissão

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Objetiva ampliar os estudos científicos acerca da Atividade Física e do Exercício Físico, da Saúde Pública e da Saúde Coletiva, instrumentalizando

Leia mais

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 ÍNDICE NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 1.1 Formação do Pessoal Docente 3 1.2 Formação do Pessoal Não Docente 4 1.3 Formação orientada para os alunos 4 1.4 Formação orientada para os pais e

Leia mais

Oferta Escolar 2015/2016

Oferta Escolar 2015/2016 Oferta Escolar 2015/2016 Ana Carina Pereira Serviço de Psicologia e Orientação 9º ano e agora? Oferta Escolar de Ensino Secundário: Cursos Científico-Humanísticos Curso Profissional Curso Vocacional de

Leia mais

A AIS tem uma postura única em Portugal relativamente ao ensino inclusivo

A AIS tem uma postura única em Portugal relativamente ao ensino inclusivo PR Text Author Authorized by Paula Cardoso, Lisbon Maria Joao Lobato / Maria Teresa Sanches Date 03. 02. 2015 Head Past. Present. Future. A legislação Portuguesa prescreve, dentro de determinados parâmetros,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. 7462 Diário da República, 2.ª série N.º 35 19 de Fevereiro de 2010. Gabinete do Secretário de Estado Adjunto e da Educação

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. 7462 Diário da República, 2.ª série N.º 35 19 de Fevereiro de 2010. Gabinete do Secretário de Estado Adjunto e da Educação 7462 Diário da República, 2.ª série N.º 35 19 de Fevereiro de 2010 8.2 Do requerimento devem constar os seguintes elementos: a) Identificação completa (nome, filiação, naturalidade, data de nascimento,

Leia mais

Dissertações de Doutoramento

Dissertações de Doutoramento Revista Portuguesa de Educação, 2006, 19(1), pp. 187-198 2006, CIEd - Universidade do Minho Dissertações de Doutoramento Marlène Fernandes da Silva e Silva (2005). A Pragmática Lexicultural em Educação

Leia mais